Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Danielle Ramos Brasiliense

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • masculinidades na encruzilhada: as novas possibilidades de gênero e suas produções midiáticas.
  • Esta pesquisa pretende trabalhar a partir de dois caminhos: 1)examinar os discursos que vêm sendo construídos e reforçados midiaticamente sobre as masculinidades;2)mapear as performances geradas como produção de sentidos das novas masculinidades. Na primeira proposta iremos analisar como determinadas estratégias enunciativas, utilizadas na produção das publicações midiáticas das redes sociais contribuem para um processo de afirmação ou descontrução da performance, especialmente, masculina heteronormativa. Como segundo ponto consideramos importante pensar exatamente o lugar de choque, de cruzamentos narrativos, que diz respeito à luta discursivo/performática pelas mudanças dos modelos tradicionais de gênero. Este método será usado para identificar os embates e as violências, onde nasce a indeterminação dos gêneros e todas as novidades advindas desses cruzamentos. Este estudo terá os discursos atuais sobre o mito da masculinidade como parâmetro para pensar as novas condições de masculinidades. A ideia é perceber como esses discursos se atravessam. Mais especificamente será feita uma observação aos grupos considerados masculinistas e que fazem parte do que se denominou machoesphere por comunidades criadas na internet, que se prontificam em reforçar a cultura da masculinidade heteronormativa, machista, misóginas, homofóbicas e transfóbicas. Concomitantemente serão analisadas as novas possibilidades de produção narrativo/performáticas da masculinidade como: grupos de homens hetero com pretensões de desconstruir o machismo; homens trans e da geração queer. Compreender a dinâmica a respeito da produção narcisista e perversa das masculinidades é essencial para pensar tanto nas memórias e consequências da cultura patriarcal, e seus privilégios sociais, quanto às violências aplicadas aos novos discursos de gênero produzidos pela diversidade. A ideia é analisar grupos de Whatsapp, Instagram, Podcasts, Youtube e Artes Visuais.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Danila Gentil Rodriguez Cal Lage

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • comunicação, democracia e modos de (r)existência de mulheres na amazônia
  • A Amazônia possui uma rica diversidade étnica, cultural e populacional. Por sua importância na geopolítica global, é palco de intensos conflitos, decorrentes do embate entre os interesses das populações e modelos de desenvolvimento de base neoextrativista e neocolonial, impostos pelo capital transnacional. Verifica-se, nesse contexto, um histórico apagamento das atuações políticas das mulheres, principalmente das subalternizadas e racializadas. Considerando esse cenário e tomando a Comunicação como processo interacional constituidor de sujeitos e de contextos sociais (França; Braga), objetivamos compreender as dimensões relacionais e intersubjetivas das lutas políticas contemporâneas de mulheres na Amazônia. Focalizamos (1) a identificação das formas de resistência individuais e coletivas e (2) os modos como as noções de democracia, feminismo e desenvolvimento atravessam e são tensionadas pelas atuações políticas cotidianas e pelas manifestações públicas dessas mulheres. Indagamos: como esses sentidos são constituídos e reconstituídos a partir dessas lutas políticas? Como reverberam internamente nesses movimentos e também em debates na sociedade? Partimos da hipótese de que um novo ciclo de lutas se inaugurou a partir dos anos 2000 na América Latina, com fortes reverberações na Amazônia brasileira. Nesse ciclo, as mulheres ocupam o centro da cena como agentes políticos e a articulação das lutas se dá em uma dinâmica multiescalonada (local, nacional e subcontinental), gerando uma rede densa de organizações (Svampa) e uma combinação entre mobilizações de base e a ativa inserção contra-hegemônica em territórios digitais. Como estratégias metodológicas, pretendemos realizar: a identificação e o levantamento dos principais movimentos e coletivos de mulheres ativos na Amazônia, por meio de pesquisas documentais; observação participante em marchas e protestos públicos; análises das mídias digitais dos movimentos selecionados; e entrevistas com ativistas e não ativistas.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Danilo Grünig Humberto da Silva

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • melatonina e ergotioneína como terapia antioxidante: mecanismos celulares de adaptação redox em camundongos transgênicos para anemia falciforme
  • A homeostase redox é importante para a função e viabilidade celular. Por isso, há cada vez mais evidências mostrando que o estresse oxidativo está relacionado com os mecanismos fisiopatológicos primários ou secundários de diversas doenças, como por exemplo a anemia falciforme (AF). Nesse sentido, dentre as vias de sinalização redox, destacam-se importantes mecanismos de detecção de estresse, como o sistema TXNIP/Trx e as vias PI3K/AKT/FOXO3 e Keap1/Nrf2/ARE que se complementam e/ou sobrepõem no controle da adaptação metabólica, diferenciação e proliferação celular. Neste contexto, a melatonina (MEL) e a ergotioneína (ERT) parecem transpor o “paradoxo antioxidante” comumente observado em terapias antioxidantes. Com isso, a presente proposta tem como objetivo avaliar os efeitos protetores da MEL e ERT sobre mecanismos de adaptação redox em modelo animal humanizado de camundongos transgênicos portadores de AF. Além dos objetivos científicos, este projeto pretende: a) ampliar a formação de recursos humanos em ciência e tecnologia de alta qualidade visando melhoria da qualidade do ensino e da pesquisa no estado de Mato Grosso do Sul; b) Consolidar o grupo de pesquisa e as parcerias interinstitucionais aqui presentes; c) Divulgar os resultados obtidos em congressos e revista internacionais de qualidade a fim de acelerar o desenvolvimento científico na região Centro-Oeste; d) Explorar os conhecimentos obtidos visando testes em humanos com AF, promovendo melhora na qualidade de vida desses indivíduos; e) Criar uma rede de pesquisa na fronteira do conhecimento, visando acelerar a produção e a relevância do conhecimento científico produzido, particularmente no estado do Mato Grosso do Sul.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Danilo Manzani

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de nanocompósitos com upconversion e luminescência persistente: dos fundamentos a aplicações em armazenamento de energia
  • Em virtude de funcionalidades específicas como luminescência persistente, separação fotoinduzida de cargas e amplificação/transmissão de luz, nanocompósitos dopados com lantanídeos mostram perspectivas promissoras na detecção de gases, ótica-eletrônica, imagens por upconversion e armazenamento de energia. A melhoria dessas aplicações requer entendimento do ambiente químico, estrutura eletrônica, passivação de superfície, engenharia de defeitos e mecanismos de migração de energia. Propomos a elaboração de novos nanocompósitos fotônicos à base de vidros e polímeros contendo perovskitas persistentes de terras raras e nanopartículas para conversão ascendente de energia. Exploraremos assim as propriedades mecânicas, estabilidade química, transparência e processabilidade de materiais vítreos e poliméricos em combinação com as propriedades fotônicas únicas das perovskitas, fluoretos e óxidos. A investigação da sinergia partícula/matriz será multidisciplinar e compreende a síntese controlada, caracterização estrutural/óptica avançada e estudos teóricos. O cerne desta proposta é estruturar um grupo de jovens pesquisadores com formação complementar para que possamos correlacionar estrutura, interfaces e propriedades ópticas para projetar materiais fotônicos com melhor desempenho. Os objetivos envolvem o estudo de propriedades espectroscópicas fundamentais e mecanismos de upconversion e luminescência persistente nesses compósitos. Propomos ainda a aplicação de métodos avançados de RMN em sólidos para descrever as interações de curto e médio alcance nos materiais. Os mecanismos de transferência fotoinduzida de cargas serão investigados por teoria funcional de densidade dependente do tempo (TD-DFT). Finalmente, as aplicações serão buscadas pelo pós-processamento dos materiais selecionados por crescimento in-situ através de processamentos a laser.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Danilo Rheinheimer dos Santos

Ciências Agrárias

Agronomia
  • contaminantes emergentes na água, sedimentos e biofilmes epilíticos em bacias hidrográficas agrícolas e urbana e seus efeitos sobre organismos não-alvos.
  • O uso intensivo de fertilizantes fosfatados, de metais pesados, de agrotóxicos e de medicamentos veterinários no meio rural inexoravelmente conduzirá a transferências destes aos cursos d’água, comprometendo a saúde aquática. Ao entrarem nos corpos hídricos, uma mínima quantidade desses contaminantes permanecerá dissolvida na água, visto que a maior parte será retida pelos sedimentos ou irá impregnar os biofilmes epilíticos. Os biofilmes são comunidades de microrganismos que se desenvolvem aderidos em uma superfície inerte ou viva, conjuntamente em uma matriz de substâncias poliméricas extracelulares de origem microbiana. Essa matriz representa a base da teia trófica e é altamente representativa da saúde do meio aquático. Nesse sentido, o presente projeto, propõe-se a associar o monitoramento hidrossedimentológico em escala de bacias hidrográficas com os parâmetros de qualidade da água, dos sedimentos e dos biofilmes e com os efeitos ecotoxicológicos em organismos não-alvos. Hipótese fundamental é que a interferência antrópica na paisagem (rural e urbana) sem respeitar a aptidão agroambiental e com manejos inadequados está comprometendo a qualidade dos recursos hídricos, principalmente pela transferência de agrotóxicos, medicamentos, fósforo, metais pesados, inclusive com perda da diversidade biológica. Estrategicamente serão monitoradas quatro bacias hidrográficas rurais e urbana contrastantes e representativas do Sul do Brasil. Além do monitoramento tradicional (perda de água, sedimentos e elementos químicos), serão enfatizadas as transferências de agrotóxicos e de medicamentos e suas acumulações em sedimentos de fundo e biofilmes. Será monitorada a capacidade de depuração dos biofilmes para algumas moléculas de agrotóxicos e medicamentos. Serão realizadas análises de diversidade e de resistência bacteriana em biofilmes. Analisar-se-á a diversidade de diatomáceas em biofilmes. Serão feitas análises de alterações bioquímicas, genéticas e histopatológicas em peixes.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Danilo Santos Souza

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • ii semana territorial de ciência e tecnologia alto sertão sergipano - stct 2022
  • A proposta apresentada é referente à realização da II Semana Territorial de Ciência e Tecnologia do Alto Sertão Sergipano, que ampliará as discussões propostas pelo Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação - MCTIC da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que em 2022 trabalhará o tema “BICENTENÁRIO DA INDEPENDÊNCIA: 200 anos de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil” em todo Território Nacional. Nessa edição, o evento proposto, envolverá os 7 municípios do Território Alto Sertão Sergipano, por meio de atividades interdisciplinar ou transdisciplinar, integrando Instituições e profissionais em ações que visam contribuir com as mais diversas alternativas para diminuição das desigualdades, consumo e produção sustentável de alimentos saudáveis nas esferas locais, territoriais e mundiais e utilização de Transversalidade da Ciência, em particular, áreas de importância crucial que demandam ações transversais: Pessoas, Planeta, Prosperidade, Paz e Parceria. Será ainda, realizado um destaque as tecnologias inovadoras relacionadas com a principal cadeia de valor do Território do Alto Sertão Sergipano, a CADEIA “Do Grão ao Leite”. Será abordada a Transversalidade como estratégia para melhoria da qualidade de vida da população da cidade e do campo, levando em consideração os setores produtivos presentes no Território do Alto Sertão Sergipano (comércio, agroindústrias, leite e produtos lacteos, produção de grãos, fruticultura, pesca e aquicultura etc). Para viabilizar as ações do projeto, as atividades planejadas pela equipe executora e parceiros serão realizadas pontualmente, nos municípios sede que fazem parte do Alto Sertão Sergipano, que foram escolhidas utilizando o recorte de sete municípios correspondente à Microrregião Sergipana do Sertão do São Francisco, escolhidos de forma estratégica considerando as informações de IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal).
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Danilo Santos Souza

Outra

Multidisciplinar
  • feira territorial de ciências do alto sertão sergipano
  • A proposta apresentada é referente à realização da Feira Territorial de Ciências do Alto Sertão Sergipano, que ampliará as discussões direcionadas pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação – MCTI. Nessa edição, o evento envolverá os 9 municípios do Território Alto Sertão Sergipano, por meio da realização de Feiras de Ciências e Mostras Científicas, integrando Instituições e profissionais em ações que visam contribuir com as mais diversas alternativas para diminuição das desigualdades sociais, consumo e estimulando a produção sustentável de alimentos saudáveis nas esferas do território do Alto Sertão Sergipano. Em particular, serão abordadas áreas cruciais demandando ações que envolvam os 5 P’s (Pessoas, Planeta, Prosperidade, Paz e Parceria). Será ainda, realizado um destaque às tecnologias inovadoras relacionadas com as cadeias de valor do Território do Alto Sertão Sergipano. Serão organizadas Feiras de Ciências e Mostras Científicas como estratégia de divulgação de ideias e projetos inovadores, buscando a melhoria da qualidade de vida da população das cidades e do campo, sempre levando em consideração os setores produtivos presentes no Território do Alto Sertão Sergipano (comércio, agroindústrias, leite e produtos lácteos, produção de grãos, fruticultura, pesca, aquicultura, etc). Para viabilizar as ações do projeto, as atividades planejadas pela equipe executora e parceiros serão realizadas pontualmente, nos municípios sede que fazem parte do Alto Sertão Sergipano. Desta forma, utilizou-se o recorte de sete municípios correspondentes à Microrregião Sergipana do Sertão do São Francisco, escolhidos de forma estratégica considerando as informações de IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal), de acordo com dados do Censo Demográfico 2010 (IBGE).
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 15/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Danival Jose de Souza

Ciências Agrárias

Agronomia
  • ingredientes ativos de kalanchoe laetivirens para o controle de formigas-cortadeiras baseado na imunossupressão de operárias
  • Algumas espécies de formigas-cortadeiras são pragas severas da agricultura brasileira. A despeito da existência de vários microrganismos patogênicos em seu meio, raramente suas colônias sucumbem a eles em condições naturais. Isso se deve, em grande parte, aos mecanismos comportamentais e fisiológicos de defesa. Dentre os mecanismos fisiológicos, destaca-se o sistema imune inato, comum aos invertebrados. Várias substâncias de origem vegetal têm o potencial de inibir a resposta imune inata dos insetos, particularmente plantas que exibem propriedades anti-inflamatórias e têm uso medicinal na cultura popular (Kalanchoe e Artemisa, por exemplo). Por isso, é possível usar substâncias imunossupressoras que tornem as formigas-cortadeiras mais suscetíveis aos seus inimigos naturais, obtendo-se assim o seu controle com menor uso de inseticidas sintéticos. Imunossuprimidas, as colônias se tornam vulneráveis a patógenos oportunistas já presentes na colônia. A hipótese de trabalho é que a planta medicinal K. laetivirens possui compostos ativos que afetam negativamente a imunidade de operárias de Atta sexdens, tornando-as vulneráveis a patógenos do seu meio. Serão realizados extratos botânicos dessa planta que serão analisados quimicamente e determinado suas composições. As frações dos extratos serão aplicadas em operárias de A. sexdens (ingestão e topicamente) e serão avaliados comportamento, sobrevivência e parâmetros de imunidade das operárias. Determinadas doses letais mínimas e imunossupressoras serão testadas em conjunto com doses subletais de fungos entomopatogênicos e oportunistas para avaliar o efeito combinado desses fatores. Espera-se que doses subletais de patógenos oportunistas causem mortalidade significativas de operárias quando em contato com esses compostos imunossupressores. Finalmente, serão produzidas iscas granuladas experimentais contendo os ingredientes ativos para testes em colônias de laboratório e adequação para realização de testes de campo.
  • Universidade Federal do Tocantins - TO - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Danniel da Silva Carvalho

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • paisagens linguísticas homoafetivas na região nordeste do brasil
  • O estudo das paisagens linguísticas visa à compreensão dos signos linguísticos que tornam os espaços públicos social, cultural, político ou economicamente significativos. Sua interface com estudos sobre sexualidade pode ser um ponto de acesso esclarecedor na análise do significado social da sinalização nesses espaços. Este projeto transdisciplinar tem como objetivo principal investigar as paisagens linguísticas homoafetivas em cidades da região nordeste do Brasil, lançando mão dos conceitos de normatividade e nordestino como referências teóricas basilares. São questões da pesquisa: Com quais facetas as experiências-de-ser-homem se apresentam nas paisagens linguísticas nordestinas? Quais seus contornos e formas? Que normas as condicionam? A pesquisa será desenvolvida a partir da coleta e documentação da sinalização linguística e não linguística em locais LGBTQIA+ de 22 cidades da região nordeste do país, que consistirão em fotografias e vídeos de fachadas, decorações e inscrições em espaços públicos e estabelecimentos comerciais voltados àquele público, a fim de verificar como a sinalização nesses ambientes é usada para construir discursivamente identidades sexuais e de gênero, desejos e práticas sexuais em uma região do país inscrita historicamente no imaginário brasileiro como “terra de cabra macho”. Os esforços de análise serão concentrados na sinalização em espaços públicos cujos frequentadores identifiquem-se como membros da comunidade LGBTQIA+, sendo esta sinalização qualificada como tendo efeito cumulativo na criação de espaços homoafetivo. Essa sinalização será interpretada a partir do atravessamento de visões de diferentes áreas de investigação, e os dados serão tratados através de modelos estatísticos com o intuito de se estabelecer um mapeamento o mais acurado possível das diversas leituras das (não-)masculinidades nordestinas. O principal produto da pesquisa será um atlas digital da amostra coletada das paisagens linguísticas homoafetivas nordestinas.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Dante Homero Mosca Júnior

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • nanobiodispositivos de nanopartículas magnéticas e dispositivos magnetoelétricos microfabricados
  • A proposta visa produzir e investigar as propriedades químico-estruturais, eletrônicas e magnéticas de nanopartículas magnéticas (NPMs) e nanoestruturas com efeito magnetoelétrico (ME) induzido artificialmente para desenvolver demonstradores de conceito e protótipos de dispositivos sofisticados de interesse estratégico e alto valor econômico. Já produzimos NPMs de nitretos de ferro (Fe16N2) por irradiação a laser de um alvo de ferro em nitrogênio líquido usando equipamento que expirou por empréstimo. NPMs de Fe16N2 com geometria de cubo com tamanhos controlados possuem alta estabilidade química, momento magnético e anisotropia magnética superiores aos valores observados no ferro metálico. Protocolos de avaliação toxicológica baseados em variações biológicas in vivo do nematóide Caenorhabditis elegans mostraram que a toxicidade de tais NPMs é menor do que a relatada para NPMs de óxido de ferro. NPMs encapsuladas e funcionalizadas para ensaios de liberação de drogas mediados por campo magnético voltadas a purificação de proteínas, detecção de toxinas e tratamento de neoplasia mamária. Nanoestruturas com efeito ME compostas pelo acoplamento de pares de óxidos metálicos magnéticos de camada única (CeO2, V2O5/VO2, TiO2, Ga2O3, Fe2O3) e titanato de zirconato de chumbo PZT com espessuras nanométricas serão caracterizadas com um sistema de medidas que reúne um analisador de parâmetros de rede vetorial integrado com gerador de radiofrequências externo e eletroímã. Demonstradores de conceito e protótipos de dispositivos compostos por matrizes de padrões com dimensões micrométricas com geometria e relações de aspecto variáveis serão microfabricados usando processos de litografia ótica para análises de desempenho dependentes da frequência. A equipe proponente possui afinidade acadêmica e produção científica prévia relevante pertinente. Um laser pulsado de alta intensidade é solicitado para a produção da amostra e, em troca, uma excelente infraestrutura de pesquisa é fornecida.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Dany Sanchez Dominguez

Engenharias

Engenharia Nuclear
  • protótipo de microtomógrafo de raios x de baixo custo para análises de compósitos cimentícios
  • A indústria da construção civil é um dos setores mais relevantes da economia brasileira e mundial, ao mesmo tempo tem um grande potencial para à reciclagem de resíduos mediante à incorporação desses resíduos como agregados. O desenvolvimento e a incorporação destes novos materiais cimentícios com perfil sustentável requer o estudo e caracterização de suas propriedades. Outro dos problemas associados a esta indústria é a necessidade contínua de inspeção de grandes obras e projetos de infraestrutura, como pontes ou edifícios altos. Ensaios não-destrutivos são amplamente utilizados na caracterização de novos materiais e na inspeção de estruturas de concreto. Dentre deles, destaca a microtomografia de raios X que permite obter detalhes da estrutura interna dos objetos, entretanto uma de suas limitações é o alto custo dos equipamentos. Nesse contexto, a presente proposta visa projetar, construir e validar um protótipo de um microtomógrafo de raios X de baixo custo, para realização de ensaios não-destrutivos no estudo de amostras de materiais cimentícios. Os principais componentes deste microtomógrafo são: a fonte de raios X, o sistema de detecção, o sistema eletromecânico, a estrutura de suporte e proteção radiológica, o sistema de controle e o sistema computacional. A validação da eficácia do microtomógrafo prevê o estudo da porosidade e patologias dos materiais cimentícios a partir dos ensaios microtomógraficos e a comparação destes resultados com os ensaios mais frequentemente utilizados. Entre as principais contribuições da proposta estão a aquisição de know-how e a promoção de independência tecnológica em uma área tradicionalmente dominada pelos países desenvolvidos, ou por grandes multinacionais como a Siemens e a Bruker. Enfatizamos que dominar e/ou desenvolver tecnologias de ponta é um dos principais alicerces do crescimento econômico e do desenvolvimento social.
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Darci Alberto Gatto

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • biorrefinaria da casca de eucalipto: bioeconomia circular na elaboração de novos materiais
  • O desenvolvimento de atividades de inovação tecnológicas no Brasil, principalmente quando baseadas em recursos naturais presentes em abundância, deve e necessita ser incentivado, favorecendo os conceitos de bioeconomia circular e biorrefinarias. Assim, este projeto objetiva o reaproveitamento da casca de eucalipto da cadeia produtiva de polpa celulósica. Na empresa parceira deste projeto, a CMPC Brasil, o montante de casca como resíduo alcança 105 toneladas/mês, sendo um passivo ambiental de grande escala. Inicialmente será realizada a caracterização completa do resíduo por meio de análises físicas, químicas, térmicas e morfológicas. Obteremos duas novas matérias-primas a partir da casca, a celulose e o extrato. A celulose será transformada em nanocelulose utilizando um microfluidizador, sendo avaliada por morfologia, potencial zeta e difração de raios-x. O extrato será avaliado quanto seu teor de fenólicos, taninos condensados, capacidade antioxidante e bioativa. Dois materiais serão criados a partir destas novas matérias-primas: embalagens e aerogéis funcionalizados. As embalagens serão elaboradas utilizando um sistema de filtração a vácuo, em que diferentes concentrações de extrato da casca serão adicionadas à nanocelulose como matriz. Propriedades morfológicas, mecânicas, físicas, superficiais, térmicas e in situ na proteção de alimentos serão avaliadas visando a aplicação deste material nos setores alimentícios e farmacêuticos. Os aerogéis de nanocelulose funcionalizados com extrato da casca serão confeccionados utilizando um ultra turax com elevada rotação. Este material, além de testes mecânicos, físicos e morfológicos, terá sua efetividade analisada em ensaios de isolamento térmico e acústico. Por fim, os aerogéis serão aplicados em ensaios de absorção e adsorção de metais pesados e corantes. Assim, espera-se a obtenção de dois novos materiais de elevado valor agregado, auxiliando na reutilização de um resíduo industrial de baixo custo.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Davi do Socorro Barros Brasil

Engenharias

Engenharia Química
  • “potencial de oleaginosas da amazônia para o aproveitamento e desenvolvimento de novos produtos com atividade antioxidante.”
  • É visível no Estado do Pará uma grande área de interesse para o desenvolvimento tecnológico: a de produtos naturais concernentes à flora Amazônica. A diversidade dos recursos naturais da região em oleaginosas, corantes e aromas das mais variadas origens, tem um significativo potencial de utilização na produção de sabões, sabonetes, velas, cosméticos, biofilmes funcionais, produtos fitoterápicos, entre outros produtos que podem ser obtidos em pequena, média e grande escala. Nesse aspecto, foram selecionadas três oleaginosas da Amazônia: açaí, castanha-do-Brasil e andiroba, cujos potenciais benéficos e atividades biológicas já são do conhecimento científico e tradicional na região, para o aproveitamento na obtenção de novos produtos que poderão, com os devidos testes, ser utilizados nas indústrias alimentícias, de cosméticos, de higiene e limpeza, entre outras. Inicialmente serão realizados estudos de extração estatisticamente planejados para obtenção dos óleos de açaí, castanha-do-Brasil e andiroba para verificar a influência de variáveis de processo no rendimento e nas propriedades dos óleos obtidos. Na segunda etapa do projeto, os óleos serão utilizados na obtenção de sabonetes (indústria de produtos de higiene e limpeza), batons (Indústria de cosméticos) e biofilmes biodegradáveis a base de amido (Indústria de embalagens, indústria de películas biodegradáveis, entre outras). Finalmente os produtos obtidos serão submetidos a ensaios de qualidade, química, físico-química, física e biológica para comprovar as funcionalidades pretendidas (atividade antioxidante). Durante todo o período do projeto, a técnica de modelagem molecular será utilizada para fazer predições sobre os sistemas moleculares a serem desenvolvidos e utilizados com o intuito de verificar os melhores sistemas a serem reproduzidos experimentalmente. Essa estratégia diminui os gastos com reagentes e diminui significativamente o tempo necessário para a obtenção das melhores condições experimentais.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 04/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Davi dos Santos Lima

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • alagoas dinâmica
  • Sistemas Dinâmicos é o estudo de tudo que evolui com o tempo, ou seja, essencialmente tudo que enxergamos no universo. O estudo de Sistemas Dinâmicos tem aplicações na compreensão de diversos fenômenos, por exemplo na compreensão da evolução do clima, economia e na própria matemática, como em Teoria dos Números. Este projeto tem como objetivo estudar os espectros dinâmicos de Markov e Lagrange bem como estudar propriedades topológicas e estatísticas de sistemas dinâmicos. Investigaremos sobre a existência, unicidade e propriedades estatísticas de estados de equilíbrio de mapas descontínuos semi-conjugados a mapas não-uniformemente expansores, bem como a classificação de endomorfismos parcialmente hiperbólicos com pontos críticos. Além disso, pretendemos compreender melhor as propriedades fractais dos espectros dinâmicos a fim de viabilizar aplicações nos espectros clássicos. Isso se faz necessário para uma maior entendimento da teoria de sistemas dinâmicos bem como suas aplicações. Para estudar as propriedades estatísticas, abordaremos sistemas semi-conjugados a mapas cujo operador de Ruelle-Perron-Frobenius tem gap espectral e que nas fibras, o sistema induzido na folheação invariante tem um operador de transferência contrator no subespaço das medidas com sinal com média zero. Pretendemos classificar endomorfismos parcialmente hiperbólicos com pontos críticos no toro T^2. Os espectros dinâmicos serão associados a dinâmicas C^2 com uma ferradura hiperbólica e em alguns casos a dinâmica será conservativa. A plausibilidade para atacar estes problemas estão nos trabalhos prévios dos membros desta equipe onde resultados nas direções das questões e hipóteses foram obtidos. A metodologia é a clássica em Matemática pura: seminários para revisão bibliográfica e troca de ideias com discussões, visitas científicas.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

David Antonio da Costa

Ciências Humanas

Educação
  • curadoria de objetos digitais do repositório de historia da educação matemática
  • As pesquisas sobre educação matemática em perspectiva histórica têm crescido muito nos últimos anos no Brasil. A catalogação de fontes para a História da Educação Matemática não é uma experiência nova. Diversos materiais foram disponibilizados em mídias eletrônicas ou ainda em livros impressos. Por outro lado, o uso e reuso do conhecimento desenvolvido necessita estar disponível e organizado para viabilizar um desenvolvimento científico e tecnológico articulado e prospectivo. Nesse sentido, o conceito de curadoria digital vem sendo cada vez mais utilizado nas ações que podem agregar valor e manter itens informacionais digitais disponíveis ao longo do tempo para as gerações atuais e futuras de usuários (BEAGRIE, 2006). Este projeto tem como objetivo geral promover melhorias no uso e reuso de informações cientificas do repositório de informações cientificas de História da Educação Matemática hospedado na UFSC a partir dos conceitos de Curadoria Digital. A gestão ativa dos dados da pesquisa reduz as ameaças ao seu valor de pesquisa de longo prazo e mitiga o risco de obsolescência digital (DIGITAL CURATION CENTRE, 2019). Existem alguns modelos para o gerenciamento do ciclo de vida de objetos digitais, que em sua maioria, enfatizam a importância de considerar as melhores práticas para o arquivamento em todas as etapas do ciclo de vida da gestão da informação. Nesse sentido, o uso de um repositório, com o apoio da Biblioteca Central da Universidade Federal de Santa Catarina, intenta ser um espaço público de divulgação de fontes digitalizadas dos projetos coletivos, fruto do trabalho dos pesquisadores do GHEMAT - Grupo de Pesquisa de História da Educação Matemática, em rede, dos diferentes estados brasileiros (https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/1769).
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

David Barbosa de Oliveira

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • mídias alternativas da nova direita e poderes constituídos: representações discursivas sobre democracia e independência entre poderes
  • Esta pesquisa intitulada “Mídias alternativas da nova direita e poderes constituídos: representações discursivas sobre democracia e independência entre poderes” se propõe a investigar, sob um enfoque original, os discursos de youtubers da nova direita sobre as instituições e poderes constituídos, no período compreendido entre 2019 e 2022. Os vídeos postados nos canais desses grupos são replicados nas redes sociais (facebook, whatsapp etc) e fortalecem a construção de um discurso alinhado a ideias de desconfiança e ruptura institucional. A propagação desses discursos gera resistências aos atos dos ministros da Suprema Corte e de congressistas, tensionando as instituições democráticas. O número de manifestações pelo fechamento das instituições se intensificou a partir de 2019, podendo se perceber uma disputa discursiva entre os agentes políticos e/ou jurídicos e os youtubers da nova direita em torno de conceitos como: democracia, golpe, intervenção militar constitucional, separação de poderes, liberdade de opinião etc. Ante esse estado de coisas, tem-se como objetivos: compreender as representações discursivas utilizadas para fomentar as manifestações contra os poderes constituídos; analisar as representações discursivas sobre os poderes instituídos; e identificar as respostas das instituições às práticas sociais de ataque aos poderes constituídos. Para dar conta desse escopo, utilizar-se-á o referencial teórico e metodológico da Análise de Discurso Crítica (FAIRCLOUGH, 1999, 2003, 2008) para, por meio de uma investigação discursiva, evidenciar a construção dos sentidos da mídia da nova direita sobre os poderes constituídos, identificando os direcionamentos ideológicos, as práticas sociais e as relações de poder entre esses atores. Por fim, busca-se com essa investigação contribuir para a compreensão dos tensionamentos sociais entre os poderes constituídos a partir das mídias de nova direita.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

David Manuel Lelinho da Motta Marques

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • funcionamento de longo prazo de lagoas subtropicais rasas extremamente grandes associados à agro produção e conservação sob o efeito combinado de mudança climática e uso
  • Este trabalho visa compreender o funcionamento de um sistema integrado bacia hidrográfica-lagoa, utilizando como suporte o acoplamento entre um modelo hidrológico de grande escala (MGB-IPH), um modelo hidrodinâmico-qualidade da água-malha trófica (IPH-ECO), combinados com modelagem por sensoriamento remoto, sob o efeito de estressores naturais e antrópicos. Esta integração, usando uma estrutura inovadora de pareamento de modelos bacia-lagoa de grande escala, permite uma análise única das alterações no funcionamento de grandes lagoas rasas, associadas a produção agro intensa e conservação. Propõe-se que a interação de estressores alteram não só o estado do sistema, promovem hot spots biogeoquímicos, em diferentes escalas temporal e espacial, como as bases funcionais necessárias ao provimento dos serviços ecossistêmicos. A estimativa quantitativa das alterações no funcionamento com base em cenários possíveis fornece os elementos necessários ao planejamento de medidas para mitigar na origem os impactos neste tipo de ecossistema, com representa tação em diferentes partes do globo, tanto para produção associada como a conservação. O sistema de referência é a bacia hidrográfica e a Lagoa Mirim e Lagoa Mangueira, com uma área de 4820km2, localizada no Sul do Brasil, fornecendo água para irrigação de 5,1% da produção brasileira de arroz e conservação por meio Estação Ecológica do Taim (ESEC-Taim).
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 05/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

David Santos Fonseca

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • variação subnacional e a persistência do autoritarismo punitivo: efeitos insuspeitos na política prisional brasileira
  • O projeto de pesquisa se destina a analisar as dinâmicas atuais de privação de liberdade no país, com enfoque às variações entre seus entes federativos. Pretende utilizar as bases de dados nacionais para compilar informações sobre a evolução histórica das populações prisionais estaduais e permitir a identificação dos elementos de variação existentes na esfera subnacional. A democracia brasileira tem passado por um agudo momento de crise nos últimos anos. A dinâmica de controle do crime e punição no Brasil, por sua vez, têm passado por transformações desde o advento dessa crise política e econômica que se instalou no país a partir de 2015. A racionalidade de desenvolvimento de políticas públicas de segurança, presente nas iniciativas do governo federal desde a retomada democrática, passa a ser substituída por uma retórica e prática caracterizada pelo voluntarismo de instituições de segurança, o protagonismo das instituições policiais, a presença das Forças Armadas na gestão da segurança pública e o fomento do armamento civil como suposta forma de autodefesa. A retórica que se estabelece é abertamente beligerante, com ênfase em um modelo robusto de controle da criminalidade. Essa nova postura na segurança pública apresenta desafios para um sistema penal já marcado por seus altos níveis de violência e exclusão. Com discursos calcados na punitividade, a expectativa residiria em um ainda maior crescimento da população e das taxas prisionais. Com base em um recorte sobre alinhamento político dos governos estaduais, responsáveis pela maior parte do policiamento, administração da justiça e execução penal no país, a pesquisa busca entender como orientações políticas poderiam impactar o desenvolvimento da população e das taxas prisionais. A permanência e influência de estruturas autoritárias no interior dos aparatos penais estaduais consistiria ainda em um elemento de especial atenção, de modo a compreender sua premência na elaboração de políticas públicas na área.
  • Universidade Federal do Sul da Bahia - BA - Brasil
  • 16/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Dayana Bastos Costa

Engenharias

Engenharia Civil
  • modelos e métodos para gêmeo digital visando gestão da produção e segurança de obras integrando tecnologias digitais como vant, iot, ia e bim
  • Acompanhando a tendência de digitalização, a indústria da construção espera solucionar problemas como o da produtividade, que cresceu menos de 1% nos últimos 20 anos. Esta tendência, a Construção 4.0, consiste no emprego de tecnologias integradas entre si para assistir o trabalho dos diferentes profissionais envolvidos. Na fase de execução, a tecnologia dos gêmeos digitais cria uma ponte entre o espaço físico e o espaço virtual, destacando as informações necessárias para tomada de decisão rápida no controle físico das atividades e recursos da construção frente ao planejado. Para viabilizar o gêmeo digital, os dados do canteiro de obra são: adquiridos com sensores em soluções da Internet das Coisas (IoT) e de Computação em Nuvem; processados com algoritmos de Inteligência Artificial (IA); registrados com Blockchain; e transformados em informação integrada aos modelos BIM, onde são visualizadas num contexto compreensível à gestão. Entretanto, o entendimento sobre como desenvolver gêmeos digitais e integrar estas tecnologias para criar um ciclo contínuo de avaliação da eficácia do projeto para gestão da produção e segurança ainda possui lacunas, principalmente em nível de aplicações práticas. A questão de pesquisa deste estudo é “Como propor gêmeos digitais efetivos para gestão da produção e segurança com foco no sistema de paredes de concreto integrando tecnologias como VANT, IoT, IA e BIM?” A pesquisa adota a abordagem de Design Science Research envolvendo revisão da literatura, seleção de parceiros, estudo exploratório para caracterizar atividades e requisitos para os modelos e métodos, e o desenvolvimento, implementação e avaliação do gêmeo digital para gestão da produção e segurança a partir de dados adquiridos com as tecnologias integradas em estudos empíricos. Múltiplas fontes de evidência serão usadas, como dados coletados nas obras, análise de documentos, observação direta e participante, questionários e entrevistas e desenvolvimento de modelos e mapeamentos.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Dayse Carvalho da Silva Martins

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • porfirinas imobilizadas em nanopartículas de tio2 para aplicação em processos (foto)catalíticos ambientalmente amigáveis
  • A busca por novas maneiras de se obter produtos de alto valor agregado a partir de matérias-primas baratas, abundantes e renováveis, em substituição às fontes fósseis e finitas, é um campo de pesquisa bastante importante e promissor. Além disso, a possibilidade de diminuir qualquer tipo de poluição decorrente da produção e/ou utilização dos produtos da cadeia química global é uma necessidade. Neste sentido, a utilização de CO2, O2 e luz visível são imprescindíveis na busca por processos sustentáveis. Entretanto, as altas energias necessárias para ativar o CO2 ou a baixa conversão e seletividade utilizando oxigênio diretamente do ar são obstáculos frequentes ao se utilizar esses reagentes. Para tornar esses processos viáveis, o uso de catalisadores torna-se essencial. Assim, este projeto propõe a síntese de uma classe de porfirinas imobilizadas em TiO2 para uso como (foto)catalisadores em reações de conversão química do CO2, na difuncionalização de estireno e na degradação de poluentes ambientais. Estes complexos, em geral, apresentam boa interação com a luz, propriedade que será explorada para a reação fotocatalítica de difuncionalização do estireno e a degradação dos poluentes. A cicloadição de CO2 em epóxidos é uma reação com 100% de eficiência atômica para formação de carbonatos cíclicos, compostos com amplas aplicações industriais. As reações fotocatalíticas para difuncionalização do estireno serão realizas em um sistema aberto, na presença de estireno, O2 (ar) e LEDs, formando compostos utilizados como monômeros para polímeros, química fina e indústria farmacêutica. A síntese assistida por micro-ondas tem se configurado como uma tecnologia em consonância com a Química Verde e que tem permitido o desenvolvimento de nanocatalisadores de TiO2 com propriedades de superfície moduláveis propiciando o aprimoramento da sensibilização destes por porfirinas e a aplicação na fotodegradação de poluentes, empregando-se luz e/ou oxidantes ambientalmente amigáveis.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 03/03/2022-31/03/2025