Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Diego Carvalho Viana

Outra

Divulgação Científica
  • a transversalidade da tríplice hélice (indústria, universidade e governo) no design thinking
  • ARegião Tocantina aponta como uma das mais promissoras do Estado do Maranhão. Sua vocação para o agronegócio já está consolidada. E nas últimas décadas a Região aponta para ser um grande centro de Educação. A Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL) recentemente tem se esforçando para difundir Ciência nas diferenças áreas. Nesse contexto a realização da SNCT com apoio do CNPq poderá viabilizar uma proposta lúdica de transversalidade de difusão e população da Ciência nos municípios de Imperatriz e Açailândia assim como os demais. Diante das diferenças sociais e regionais a realização de um evento como esse corrobora o compromisso do CNPq eUEMASUL em proporcionar um diálogo com diferentes públicos e locais extra muros. As duas maiores cidades do sudoeste do Maranhão terão o enorme prazer em serem sedes desse belo evento.
  • Universidade Estadual da Região Tocantina do MA - MA - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Diego Carvalho Viana

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • ecotoxicologia e biomonitoramento do meio aquático
  • Os organismos presentes no ambiente aquático estão, regularmente, expostos a misturas complexas de agentes químicos, de natureza biogénica (metabolitos de plantas e animais; toxinas produzidas por fungos, plantas e animais) e antrópica (pesticidas, fármacos, químicos industriais). A exposição contínua de organismos vivos a uma mistura complexa de tóxicos, provoca danos em suas estruturas e processos biológicos, que podem ser avaliados a partir de ensaios histopatológicos e enzimáticos. O fígado é um excelente biomarcador histopatológico, uma vez que ele é responsável pelo metabolismo de substâncias tóxicas, podendo sofrer alterações quando exposto a poluentes. Além disto, quando o metabolismo hepático dos peixes é exposto a poluentes pode alterar a composição bioquímica do animal, com liberação de enzimas hepáticas na circulação e alterações histológicas. As substâncias xenobióticas em sistemas aquáticos possuem alvos específicos (tecidos, órgãos), causando determinados efeitos que podem ser monitorados, como a inibição da atividade de algumas enzimas (AChE, CAT e GST). Este curso, apesar de curta duração, visa impulsionará o avanço científico no Maranhão pelo envolvimento de estudantes de graduação, pós-graduação, pesquisadores e demais interessados. Além de terem a oportunidade de conhecer as técnicas de investigação mais importantes empregadas na área de ecotoxicologia, serão capacitados à atuação profissional. Lembrando, que o monitoramento de potenciais efeitos nocivos da ação antrópica em sistemas aquáticos são essenciais, sobretudo, quando estamos falando de ambientes aquáticos ricos em ictiofauna e com populações locais dependentes de seus produtos.
  • Universidade Estadual da Região Tocantina do MA - MA - Brasil
  • 07/12/2021-30/06/2024
Foto de perfil

Diego José Santana Silva

Ciências Biológicas

Zoologia
  • conservação da diversidade taxonômica, funcional e genética dos anfíbios e répteis da bacia do alto paraguai
  • As alterações humanas nos ambientes naturais têm causado impactos drásticos sobre a biodiversidade. Neste século das extinções, taxonomistas estão em uma corrida contra o tempo para conhecer e descrever a biodiversidade, e muitas das novas espécies são descritas já sob algum grau de ameaça. O desafio da taxonomia é ainda maior por sabermos que os meios tradicionais de abordagem da disciplina subestimam a riqueza de linhagens evolutivas. Entretanto, o reconhecimento da diversidade críptica tornou-se mais fácil com o uso de métodos que utilizam dados moleculares, análises filogenéticas e filogeográficas. Assim, práticas integrativas são essenciais para o avanço na taxonomia. Entre as diversas ameaças sobre a herpetofauna nos dias atuais, o fogo é um distúrbio que impacta de formas diferentes a herpetofauna dependendo da escala, afetando direta (matando os indivíduos) ou indiretamente (alterando e/ou extinguindo os habitats). Numa escala mais ampla, o fogo pode gerar a extinção local de populações que se reproduzem em corpos d’água isolados. Por exemplo, no Pantanal, inserido dentro da Bacia do Alto Paraguai (BAP), foi contabilizado recentemente carcaças de animais encontradas e, baseado em um modelo matemático, as serpentes aquáticas representaram 60% do total dos 17 milhões de vertebrados queimados. Assim, cada vez mais, a utilização de ferramentas integradas é empregada para descoberta dos padrões de distribuição das espécies e delimitação de áreas de grande diversidade. Baseado na necessidade de melhor identificar e revelar a diversidade da herpetofauna na BAP, e para cobrir lacunas zoológicas e evolutivas antes que incêndios florestais e outros efeitos das atividades antrópicas continuem a promover extinções, este projeto visa avaliar a taxonomia, diversidade funcional e genética dos anfíbios e répteis da BAP, além de identificar áreas de maior importância biológica para esses animais e regiões com maiores ameaças, principalmente aquelas atingidas pelo fogo.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Diego Mauricio Yepes Maya

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • valorização energética de biomassa residual para precursores de alto valor energético
  • Visando melhorar os processos de geração de energia não convencional a partir de biomassa, o presente projeto tem como objetivo contribuir à segurança energética do brasil, propondo o estudo do processo de pirólise através de estudos cinéticos e modelos computacionais. O projeto visa, entre outros produtos, modelar sob diferentes condições operacionais a pirólise de resíduos agroindustriais. A biomassa selecionada (fécula de mandioca) representa um problema de poluição para o setor agroindustrial devido a práticas indevidas de disposição final, onde os resíduos concentrados em grandes quantidades poluem o meio ambiente, específicamente o solo, oferecendo uma oportunidade para seu aproveitamento pela rota termoquímica. Por outro lado, a tecnologia a estudar (pirólise) tem grande potencial por seu baixo consumo energético para converter a biomassa em diversos bioenergéticos (biochar, bio-oil e gases não condensáveis). De maneira complementar, propõe-se utilizar técnicas avançadas como a termogravimétrica acoplada a espectrômetro massas e a espectrofotometria infravermelha com transformada de Fourier (TG/MS/FTIR) para obter informação que permita validar modelagem e simulação do processo de pirólise e estabelecer faixas de operação de sistemas a grande escala. A pesquisa científica trabalha intensivamente para encontrar soluções que ajudem a diminuir as emissões dos gases de efeito estufa e nesse sentido, os recursos de biomassa sustentáveis têm crescido em importância como alternativas parciais aos recursos fósseis. Os produtos da pirólise da biomassa, por exemplo obio-oil poderiam substituir os combustíveis líquidos sem aumentar a quantidade de CO2 depositado na atmosfera, devido que a mesma quantidade de CO2 é capturada no processo de crescimento da biomassa.
  • Universidade Federal de Itajubá - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Dijnane Fernanda Vedovatto Machado

Ciências Humanas

Educação
  • a relação entre a universidade e a escola no estágio supervisionado em educação física: estudo de casos múltiplos
  • No estágio os estudantes acedem ao contexto real de ensino, experienciando a panóplia de funções cometidas pelo professor, compreendendo e assimilando a cultura profissional da escola. Este projeto, tem como objetivo identificar e analisar a inserção profissional do estudante estagiário na escola, tendo como referência a docência como profissão. Por forma a responder ao propósito serão considerados os níveis nacional, local e pessoal (dos intervenientes no processo). A pesquisa qualitativa se caracteriza como estudo de casos múltiplos, pois trata de analisar e compreender os contextos de universidade e professores da escola. O estudo está organizado em dois momentos: análise documental (análise de documentos institucionais e marcos regulatórios que abordam a formação de professores e os estágios supervisionados); contato com o público alvo (egressos; professores orientadores e equipe diretiva)de quatro instituições de formação de professores de Educação Física, três nacionais e uma internacional. A seleção de participantes será com base nos profissionais que já receberam (ou recebem) estagiários, pois essa condição permitirá que a discussão abarque elementos advindos das experiências relacionadas aos processos de inserção profissional. A coleta de dados se dará por meio de fonte documental, grupo focal que pode ser entendido como uma entrevista em grupo com egressos dos cursos de formação de professores em Educação Física e entrevistas individuais com professores e equipe gestora da escola que recebe estagiários. Os dados serão triangulados e analisados usando procedimentos dedutivo-indutivos de análise ao longo do processo de condensação e exibição de dados, bem como no desenho e verificação das conclusões. Com esse trabalho há como perspectiva fornecer subsídios para uma política de estágio supervisionado que melhore a relação entre a universidade e a escola enquanto espaço formativo que reúna o campo profissional e o acadêmico.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Dilmeire Sant'Anna Ramos Vosgerau

Ciências Humanas

Educação
  • mobilização via redes sociais digitais para o compartilhamento de práticas inovadoras no ensino superior
  • As redes sociais digitais (RSD) – como o Linkedin, Instagram, WhatsApp e Facebook – totalizam cerca de 140 milhões de usuários ativos. Diante disso, este estudo dá sequência a pesquisa iniciada em 2014 – “Portal Observa - Observatório de Inovações de Práticas de Ensino e Aprendizagem”(www.observatoriodepraticas.com.br). Seu objetivo é analisar a contribuição das RSD para a mobilização do compartilhamento de experiências de ensino e aprendizagem, empreendidas nas salas de aula de cursos de graduação, em um portal na Internet. Hipótese: as RSD contribuem, como um instrumento mobilizador e a partir da interação entre usuários, para promover mais acessos ao Portal Observa, propiciando que um número maior de professores se desenvolvam profissionalmente, a partir do conteúdo disponibilizado e da colaboração entre usuários. Este estudo fenomenológico ocorrerá em 7 fases: 1ª aplicação de um questionário para selecionar docentes; 2ª a partir das respostas obtidas com o questionário, serão criados perfis do Portal Observa nas RSD; 3ª. serão realizadas transmissões ao vivo como esses professores para o compartilhamento de práticas 4ª. realização de entrevistas para entender como a participação nas transmissões os impactou; 5ª o conteúdo obtido com as transmissões será adaptado e complementado de forma colaborativa com uma equipe de apoio para posterior postagem no portal. Ao longo da elaboração dos conteúdos, os materiais serão apresentados e discutidos com os professores e após as validações, será disponibilizado no portal; 6ª. os docentes serão novamente entrevistados para relatarem as aprendizagens e experiências vividas durante a produção; 7ª. passados seis meses do material disponibilizado, será realizada uma nova entrevista com os professores participantes para compreender de que forma utilizaram o portal, se foram procurados para auxiliar outras pessoas devido à participação no portal, se passaram a colaborar mais ou menos com os colegas, entre outras questões.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Dimas Tadeu Covas

Ciências da Saúde

Medicina
  • inct em células-tronco e terapia celular no cancer
  • A presente proposta constitui a continuidade e a ampliação das atividades do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Células Tronco e Terapia Celular, um dos INCT criados pelo CNPq/FAPESP em 2008. Naquela oportunidade, propusemos o desenvolvimento de um extenso programa de pesquisas básicas e clínicas para entender, isolar, cultivar e usar terapeuticamente as células-tronco somáticas e pluripotentes, que também previa o estudo de células-tronco neoplásicas, em particular as associadas às leucemias e aos linfomas. Considerando a evolução do conhecimento científico sobre as células-tronco neoplásicas que culminaram na proposta de um novo modelo de oncogênese segundo o qual existem múltiplas subpopulações de células-tronco tumorais (CTT) que exibem maior ou menor dominância na massa tumoral ao longo da evolução da doença, decidimos nesta proposta isolar, cultivar e caracterizar células tumorais individuais (single cell analysis) e estudar o microambiente tumoral com o objetivo de melhor compreender os mecanismos intrínsecos e extrínsecos que levam a gênese do câncer. Adicionalmente, pretendemos realizar terapias inovadoras contra o câncer, incluindo a imunoterapia e a nanomedicina, que deverão originar estudos pré-clínicos e clínicos em diversas de neoplasias. Para executar este ambicioso plano de pesquisa, reunimos especialistas e instituições com comprovada experiência científica nas áreas envolvidas: biologia celular e molecular, genética, imunologia, hematologia, oncologia, biologia de sistemas e bioinformática, química de proteínas, engenharia química e de materiais e veterinária. A participação dos pesquisadores principais e colaboradores será feita de forma integrada e complementar, fruto do entendimento de que o câncer é um problema complexo que somente poderá ser abordado eficientemente de forma multidisciplinar. A produção científica destes pesquisadores no tema “terapia celular”, durante o período de execução do projeto (2009-2014) foi de mais de 470 artigos publicados em revistas indexadas o que representa um acréscimo de mais de 50% quando comparado ao período de cinco anos anterior ao INCTC; foram publicados 7 livros, 11 capítulos de livros e depositadas 5 patentes. Foram concluídas 66 dissertações de mestrado, 72 teses de doutorado e 34 pós-doutorados. Também foram concedidas, com recursos do projeto, 28 bolsas de pós-doc júnior, 59 bolsas de Desenvolvimento Técnico Industrial (DTI), 19 bolsas de Apoio Técnico e 20 bolsas de IC. As bolsas concedidas durante o andamento do projeto foram essenciais para o êxito das propostas. A presente proposta reúne 15 PIs, de 7 instituições, com expressiva produção acadêmica, destacando-se a publicação de 1358 artigos em revistas indexadas com 14.084 citações e índice h de 56, constituiu um dos melhores grupos de pesquisa com células-tronco, terapia celular e câncer do país - reunida de forma integrada para trabalhar um problema desafiador, como é o câncer, possibilitará um grande avanço científico capaz de colocar o país em posição de destaque no cenário internacional. De forma, geral, o conjunto de estudos na área de pesquisa básica envolve o isolamento e caracterização de células tumorais e células-tronco tumorais que serão estudadas em nível detalhado por ferramentas de: transcriptoma, genômica, epigenômica, citômica e proteômica que permitem a integração da biologia de larga escala e abordagem sobre sistemas biológicos. A proposta científica compreende três grandes áreas: 1) Estudos básicos para o entendimento da biologia do Câncer; 2) Desenvolvimentos de novas abordagens terapêuticas com foco em imunoterapia e 3) Estudos pré-clínicos e clínicos. As atividades educacionais voltadas ao ensino básico são coordenadas pela Casa da Ciência e serão amplamente divulgadas principalmente no seu portal educacional que permite acesso interativo pelos professores, alunos e pós-graduandos envolvidos no projeto. Também serão realizadas atividades no Museu e Laboratório de Ensino de Ciência localizado no Campus USP-RP. Estas atividades ainda têm o suporte da TV Hemocentro que é um centro de produção de mídias, composto por estúdio de televisão, edição e produção. A área educacional e de divulgação da ciência mantém inúmeros programas de formação e de iniciação científica voltada para professores e alunos do ensino fundamental e médio, como por exemplo o programa “Adote um Cientista” no qual alunos de pós-graduação são os tutores de pequenos grupos de alunos de nível médio e fundamental com o objetivo de discussão e estudo de temas de biologia que são temas das pesquisas realizadas pelo centro. O ensino de Pós-graduação estrito senso também tem sido desenvolvido como parte do programa de disseminação de conhecimentos e formação de pessoal. Em 2010, foram organizados dois cursos ligados ao Departamento de Clínica Médica e ministrado por pesquisadores do INCTC. O curso de mestrado e doutorado em “Oncologia Clínica, Celulas-Tronco e Terapia Celular” e o curso de mestrado profissional em “Hemoterapia e Biotecnologia”. As atividades de inovação serão ampliadas com apoio da Agência de Inovação-USP e da SUPERA - Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto. Desde 2005, 15 empresas foram incubadas na unidade da Incubadora localizada no Hemocentro. Recentemente, as duas unidades da SUPERA foram incorporadas que reúne todas as empresas incubada. Adicionalmente, serão desenvolvidas novas ações visando o desenvolvimento tecnológico e a sua transferência para o setor produtivo. Por fim, as atividades de internacionalização, em conjunto com o programa de pesquisa, disseminação e difusão de ciência e de transferência de tecnologia, formam os pilares do INCTC. Esta proposta conta com onze colaboradores internacionais, comprometidos com a equipe. Esta proposta pretende manter um forte e estreito vínculo com instituições parceiras do exterior, realizando reuniões presenciais e virtuais, além de fortalecer o intercâmbio entre pesquisadores e alunos.
  • Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto - SP - Brasil
  • 25/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Dimas Tadeu Covas

Ciências da Saúde

Medicina
  • desenvolvimento de uma plataforma para produção de células imunes alogênicas expressando car para o tratamento de neoplasias cd19+
  • O uso de células T autólogas expressando receptores quiméricos de antígeno (CAR) revolucionou a terapia de neoplasias hematológicas. No entanto, o uso de células T-CAR alogênicas possui inúmeras vantagens sobre as terapias autólogas, como a disponibilização imediata de lotes criopreservados para infusão, padronização do produto celular final, tempo hábil para múltiplas modificações genéticas nas células, readministração das doses e uso combinado de células CAR-T contra diferentes alvos moleculares. Esta estratégia também permite o escalonamento da produção de células T-CAR e consequente redução dos custos que consiste atualmente em um desafio para o Sistema Única de Saúde (SUS) brasileiro. O principal obstáculo para o uso de células T-CAR alogênicas é que elas podem atacar os tecidos do receptor, causando a doença do enxerto contra o hospedeiro (DECH), que é potencialmente fatal. Como o receptor de células T (TCR) αβ presente nas células T-CAR é o principal mediador da DECH, o uso de células imunocompetentes que não expressem tal receptor pode contornar esta limitação. Por isso, o objetivo desta proposta é desenvolver uma plataforma de imunoterapia celular por meio da expressão de CAR em células alogênicas que não expressam o TCR αβ (células natural killer e células T γδ); ou em células T αβ cujo TCR e HLA sejam deletados por edição gênica utilizando a tecnologia de CRISPR/Cas9. Para viabilizar disponibilização desta terapia ao SUS, realizamos um acordo estratégico de cooperação para o desenvolvimento de um CAR anti-CD19 inédito. Com o apoio indispensável do CNPq, nosso grupo desenvolveu uma plataforma para produção de células T-CAR autólogas anti-CD19 para aplicação clínica e realizou o primeiro tratamento de um paciente utilizando células T-CAR na América Latina. Estamos confiantes de que esta oportunidade de financiamento permitirá a implementação de uma nova geração de imunoterapia celular avançada que facilitará o acesso a esta terapia pelos usuários do SUS.
  • Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto - SP - Brasil
  • 09/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Diogo Borges Provete

Ciências Biológicas

Ecologia
  • dinâmicas eco-evolutivas da biodiversidade urbana: entendendo impactos antrópicos e propondo medidas para coexistência entre homem e natureza
  • Cidades são sistemas sócio-eco-evolutivos complexos nos quais processos ecológicos e evolutivos contribuem para moldar sua biodiversidade. A ONU projeta que mais de 75% das pessoas viverão em cidades até 2050, o que intensificará processos de homogeneização biótica, extinção de espécies associados à mudança no uso da terra e comprometimento de serviços ecossistêmicos e do bem-estar humano. No entanto, pouco se sabe sobre quais os efeitos destas mudanças sobre dinâmicas ecológicas e evolutivas em cidades tropicais, já que estudos anteriores se concentram em países do hemisfério norte, cujos históricos de uso e ocupação da terra são diferentes. Logo, analisar os efeitos da urbanização numa perspectiva sócio-eco-evolutiva é essencial para entender o seu efeito sobre a biodiversidade e assim contribuir para tornar cidades mais resilientes à mudanças globais. As principais questões investigadas neste projeto serão: Qual o grau de homogeneização biótica ao longo de um gradiente de urbanização? Qual é o papel relativo de processos ecológicos e evolutivos nas mudanças de atributos fenotípicos ao longo do gradiente de urbanização? A magnitude dos impactos da urbanização na biodiversidade é dependente de características das cidades (e.g., idade e tamanho)? Amostraremos comunidades de anfíbios utilizando métodos padronizados ao longo de um gradiente de urbanização em cinco cidades com diferentes idades e tamanhos. Utilizaremos métodos de marcação-recaptura para estimar sobrevivência, medir características bioacústicas (e.g., frequência mínima, máxima e dominante), morfometria e atributos funcionais, junto com variáveis de composição da paisagem. Usaremos modelos de equação estrutural e métodos multidimensionais para testar o efeito da urbanização na diversidade funcional, diversidade beta, frequência do canto e morfologia. Nossos resultados serão úteis para gerar programas de manejo da biodiversidade em cidades, garantindo o fornecimento de serviços ecossistêmicos.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Diogo Elias da Vinha Andrade

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • a influência da adição de nanopartículas no comportamento microscópico e macroscópico de óleos parafínicos
  • A produção e o transporte de petróleos parafínicos em cenários marítimos (offshore) são desafios para a indústria do petróleo. Esses materiais estão em altas temperaturas nos reservatórios (entre 70 e 150°C) e perdem calor durante o transporte em tubulações que estão no fundo do mar com temperatura da ordem de 4°C. Abaixo da temperatura de cristalização, ocorre a precipitação de cristais de parafina no petróleo. Esses cristais podem formar uma estrutura percolada, sendo responsáveis pela gelificação e pelo comportamento não newtoniano desses materiais. Nessa situação o material passa a apresentar Tensão Limite de Escoamento (TLE). Na situação da gelificação, elevadas pressões são necessárias para quebrar a estrutura gelificada e reiniciar o escoamento. Diversos estudos foram realizados para entender fatores que influenciam na cristalização e nas características reológicas desses materiais, além de ações que podem ser tomadas para reduzir a TLE e a viscosidade dos petróleos parafínicos com o intuito de aumentar a produção. No presente projeto, será avaliada a influência da adição de nanopartículas tanto nas características microscópicas quanto macroscópicas de óleos parafínicos. As nanopartículas podem ser pontos preferenciais para a cristalização de parafinas. Partindo-se dessa premissa, a hipótese é de que as nanopartículas podem aumentar os pontos de nucleação de novos sólidos, diminuir o tamanho e formato finais dos cristais formados e, consequentemente, reduzir a TLE e a viscosidade do material. O trabalho será composto por parte experimental e teórica. O estudo teórico da cristalização e crescimento dos cristais será realizado utilizando o método LBM (lattice Boltzmann method). Os testes serão realizados utilizando óleos parafínicos formulados onde se pode controlar a composição e garantir repetibilidade dos experimentos. Serão realizadas análises microscópicas, testes reológicos e testes em aparatos experimentais.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Diogo Martins Souto

Ciências Exatas e da Terra

Astronomia
  • aplicação de técnicas de inteligência artificial na exploração de grandes conjuntos de dados em astrofísica.
  • A astronomia do começo do século XXI vivencia a era dos grandes levantamentos de dados. Projetos com objetivos científicos que observam bilhões de objetos celestes se tornaram relativamente comuns e contemplam as mais diversas áreas do conhecimento astrofísico, desde exoplanetas a galáxias distantes. Entre eles, podemos destacar missões espaciais de detecção de exoplanetas, TESS e Kepler, bem como a missão espacial Gaia, que até o presente momento já catalogou mais de um bilhão de estrelas na Galáxia. A astronomia do século XX vai ficando, de certa forma, ultrapassada, uma vez que já não é possível analisar todos os objetos observados individualmente. Em paralelo, avanços tecnológicos possibilitaram o desenvolvimento e aplicação de algoritmos de inteligência artificial que podem ser aplicados em diversos problemas da atualidade e, em particular, em problemas astrofísicos. Neste projeto, utilizaremos técnicas de inteligência artificial na exploração de grandes conjuntos de dados em Astrofísica, determinando e analisando as propriedades físicas e químicas de estrelas e galáxias. Propomos estudar os temas da conexão química entre estrela-exoplaneta, da cartografia e arqueologia Galáctica, obtenção de estrelas pertencentes a aglomerados a partir de suas abundâncias, a taxa de binaridade e variabilidade em estrelas quentes e os gradientes de metalicidade em galáxias próximas. Estudaremos quantitativamente efeitos de variabilidade espectral e de abundâncias em função de processos físicos na atmosfera estelar (difusão e dragagem) e em função radial no plano galáctico, bem como a química de estrelas com exoplanetas similares à Terra. Todos os projetos serão analisados a partir de uma metodologia inicial padrão com técnicas de inteligência artificial. Utilizaremos algoritmos de classificação e agrupamento de objetos para buscar desde padrões entre a química de estrelas com e sem exoplanetas a gradientes de metalicidades extragalácticos.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Diogo Onofre Gomes de Souza

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • inct para doenças cerebrais, excitoxicidade e neuroproteção
  • Muitas doenças que afetam o SNC tanto de forma aguda (AVC, hipóxia, convulsão e traumatismo cerebral) quanto em doenças crônicas neurodegenerativas (como doença de Alzheimer – DA, doença de Parkinson - DP, epilepsias, esclerose múltipla e neuromielite óptica) apresentam a excitotoxicidade como um dos mecanismos envolvidos em sua patogenia. Excitotoxicidade pode ser definida como um desequilíbrio na transmissão sináptica envolvendo neurotransmissores excitatórios, em particular o glutamato. Uma estimulação excessiva do sistema glutamatérgico, em consequência do aumento de glutamato na fenda sináptica, é uma situação extremamente prejudicial à atividade cerebral. Uma cascata complexa de eventos bioquímicos é desencadeada com duração de segundos e minutos após o episódio excitotóxico agudo, incluindo a entrada maciça de Ca2+ em células neurais, causando estresse oxidativo, disfunção mitocondrial e modulação de vias de sinalização celular, que geram respostas adaptativas, inflamatórias ou morte de células. Inúmeros estudos apontam forte envolvimento entre disfunção das sinapses glutamatérgicas e a produção anormal de beta-amilóide na DA, bem como do envolvimento de receptores glutamategicos NMDA na epileptogênses e redes neurononais aberrantes. Entretanto, ainda há muitas lacunas no conhecimento sobre os mecanismos exatos envolvidos nas alterações/morte de células neurais observado nas doenças cerebrais, o que prejudica sobremaneira os avanços na descoberta de estratégias terapêuticas efetivas para estas doenças. Assim, acredita-se que a descoberta desses mecanismos que levam à morte celular no SNC deveria ser permanentemente e profundamente buscada em todos os alvos moleculares da cascata de eventos e em todas as fases das doenças cerebrais, proporcionando o desenvolvimento de novas formas estratégias farmacológicas/não farmacológicas de tratamento e prevenção. Dentre as doenças cerebrais, AVCs constituem a segunda causa de morte no mundo e constituem a principal causa de lesões neurológicas incapacitantes e duradouras no continente americano. Em 2015 estimam-se cerca de 18 milhões de novos casos de AVCs e, em 2030, 23 milhões de novas ocorrências. Considerando a alta incidência de AVCs e sua importância como causa de morbidade e mortalidade no Brasil, o Ministério da Saúde, através da Portaria nº. 665, de 12 de abril de 2012, dispõe sobre os critérios de habilitação dos estabelecimentos hospitalares como Centro de Atendimento de Urgência aos Pacientes com AVC, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), institui o respectivo incentivo financeiro e aprova a Linha de Cuidados em AVC, reforçando a relevância do tema. As demências apresentam uma crescente taxa de prevalência na população principalmente devido ao aumento expectativa de vida dos indivíduos, uma vez que o seu aparecimento está relacionado ao envelhecimento. A AD representa mais de 60% dos casos de demência, sendo patologicamente caracterizada pela deposição das placas amilóides, pelos emaranhados neurofibrilares e pela gliose. Projeta-se que o numero de pessoas com demência dobre a cada 20 anos atingindo 65,7 milhões em 2030. O numero total de novos casos no mundo a cada ano é de aproximadamente 7,7 milhões, uma média de um novo caso a cada 4 segundos. A excitotoxicidade, na base desta e outras demências, também envolve altos níveis. sinápticos de glutamato ou, em alguns casos, níveis normais, mas alta sensibilidade dos receptores glutamatérgicos (e.g. receptores NMDA). Em ambos os casos, nos estágios iniciais do processo degenerativo há disfunção glial, que leva a perda da conectividade sináptica e excitotoxicidade e, nos estágios mais avançados, há neuroinflamação, onde a patologia beta-amilóide é causa e consequência. A presente proposta contida neste Instituto abrange, além do AVC e as demências, outras doenças cerebrais associadas à excitotoxicidade e a distúrbios da neurotransmissão que serão abordadas pela alta relevância social e econômica, devido à alta taxa de mortalidade ou incapacitação gerada, como as epilepsias, o traumatismo cerebral, a doença de Parkinson, a hipóxia neonatal, a esclerose múltipla e várias doenças metabólicas e hereditárias que levam ou predispõem à excitotoxicidade. Nestas doenças, há a necessidade de aprofundar a compreensão dos mecanismos envolvidos em todos os seus estágios, para detectar sinais bioquímicos precoces da doença (biomarcadores), para acompanhar a progressão do tratamento ou mesmo para o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas. Diversos grupos de pesquisa no Brasil, em especial os participantes desta rede, vêm nas últimas décadas estudando e contribuindo para o entendimento da neurobiologia da excitotoxicidade e dos possíveis mecanismos de neuroproteção, abordando aspectos básicos e clínicos em pacientes e em modelos experimentais de doenças cerebrais, incluindo a isquemia cerebral, as epilepsias, as demências, a doença de Parkinson, a neuromielite óptica, as doenças metabólicas e as desordens associadas ao desenvolvimento. Este INCT vai ampliar a formação de recursos altamente qualificados no tema, num ambiente multidisciplinar; vai proporcionar a interação entre a pesquisa básica, a pesquisa clinica, de fato numa abordagem translacional da excitotoxicidade; vai dar continuidade à tarefa de inclusão de grupos emergentes de pesquisa no tema que precisam de apoio e cooperação; vai direcionar propor e avaliar estratégias preventivas e terapêuticas para combater ou amenizar essas doenças cerebrais que cursam altas taxas de mortalidade e incapacitação. Nossa proposta visa contribuir ao bem estar de pacientes e seus familiares, bem como reduzir os elevados custos econômicos e sociais das doenças cerebrais. O conhecimento gerado estará associado à formulação de uma proposta sócio-educativa junto à população, principalmente através da rede escolar e de saúde pública, enfatizando a importância da saúde cerebral, particularmente associada às situações excitotóxicas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Diogo Onofre Gomes de Souza

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • estratégias neuroprotetoras em modelos experimentais de doenças cerebrais
  • As neuropatologias têm alta prevalência e custo que as colocam entre as principais causas de doenças no mundo ocidental. Esse custo tende a aumentar já que a incidência das neuropatologias aumenta com a idade e o envelhecimento é a principal matriz demográfica na população ocidental. Este projeto apresenta uma característica multidisciplinar e interinstitucional que reúne experiências dos pesquisadores e objetiva a contribuição científica para o avanço no conhecimento de mecanismos envolvidos na neurodegeneração e em estratégias de proteção em doenças cerebrais com alta prevalência no Brasil e no mundo, como as doenças de Alzheimer, Parkinson, Huntington, o traumatismo crânio encefálico, o acidente vascular encefálico e a depressão. Os laboratórios envolvidos na proposta têm ampla experiência no estudo de compostos endógenos, exógenos e estratégias não farmacológicas com potencial neuroprotetor. O foco do estudo é avaliar a prevenção e/ou recuperação de alterações em comportamentos emocionais e cognitivos; investigar a modulação de eventos bioquímicos associados à neuroplasticidade, como a neurogênese e sinaptogênese; alterações no eixo intestino-cérebro, microbiota intestinal e barreira hematoencefálica; reatividade astrocitária e microglial; status oxidativo e capacidade bioenergética; modulação de vias de sinalização como SUMOilação e autofagia; sinalização por exossomas na degeneração e proteção celular; resposta imune sistêmica e neuroinflamação. Esse conhecimento proporcionará a identificação de estratégias de neuroproteção, quer seja por prevenção e/ou por abordagens farmacológicas para novos tratamentos que auxiliem na manutenção da homeostase cerebral. Através da integração de grupos e pesquisadores com competências distintas e complementares pretendemos colaborar para a compreensão de mecanismos moleculares centrais na neuroproteção em diferentes condições patológicas cerebrais, contribuindo para uma melhora na qualidade de vida da população.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 23/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Diogo Ramalho de Oliveira

Outra

Divulgação Científica
  • x feira de ciência e tecnologia de três lagoas – fecitel 2022
  • As Feiras de Ciência e Tecnologia são promovidas anualmente pelos 10 campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS). Todos os anos, o IFMS publica o edital para a seleção dos trabalhos que serão apresentados. Desde o ano de 2013, o campus Três Lagoas promove a Feira de Ciência e Tecnologia de Três Lagoas (FECITEL). O evento faz parte da programação da Semana de Ciência e Tecnologia (SCT), e busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa por estudantes dos níveis fundamental, médio e técnico integrado de nível médio, de escolas públicas e privadas. Após 8 anos de FECITEL o IFMS campus Três Lagoas conta com uma média de 59 trabalhos apresentados, tendo alcançado em 104 trabalhos apresentados em 2017. Hoje em dia, a FECITEL atrai trabalhos da cidade de Três Lagoas e de sua região.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 23/02/2022-29/02/2024
Foto de perfil

Diogo Thimoteo da Cunha

Ciências da Saúde

Nutrição
  • fatores de escolha de restaurantes comerciais e a experiência do consumidor brasileiro: um estudo por métodos mistos
  • No Brasil estima-se que há 700 mil restaurantes, resultando em uma receita bruta de 205 milhões de reais ao ano. A proporção do setor está diretamente relacionada ao aumento das refeições realizadas fora domicílio nos últimos anos. O consumidor, ao fazer suas escolhas, utiliza-se de trade-offs. A multidimensionalidade das escolhas do consumidor torna o processo de decisão e intenção de pagamento complexo, dificultando a implementação de estratégias de melhorias nos serviços de alimentação para seu desenvolvimento. Por isso, entender e identificar os principais aspectos relacionados a experiências do consumidor na escolha de restaurantes é essencial para gerar informações mais ajustadas às características do serviço de alimentação e dos consumidores. Esse diagnóstico é estratégico considerando que 335 mil bares e restaurantes fecharam em definitivo no Brasil durante a pandemia de Covid-19. Este estudo pretende construir, validar e aplicar um instrumento de avaliação dos fatores que determinam a escolha de restaurantes para entender melhor a relação entre os consumidores e os serviços de alimentação A percepção do cliente, também chamada de experiência, é a avaliação completa do produto/serviço ao longo da refeição. Muitos estudos relacionam características psico-comportamentais com a escolha alimentar e dos locais para alimentação fora do lar. Para atender a proposta apresentada, será utilizada uma abordagem de métodos mistos (quali-quantitativa) robusta, dividida em três etapas. Na primeira etapa, propõe-se a criação do instrumento para avaliação dos fatores de escolha de restaurante. Na segunda etapa, o instrumento será aplicado com consumidores para validação. A terceira etapa envolve a aplicação do instrumento com consumidores de diferentes cenários da alimentação coletiva em diferentes regiões do país. Essas etapas envolvem: revisão integrativa, grupos focais, análise fatorial confirmatória e exploratória, e triangulação de dados para interpretação do resultado.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Diogo Valença de Azevedo Costa

Ciências Humanas

Sociologia
  • o artesanato intelectual de florestan fernandes: uma perspectiva latino-americana sobre o desenvolvimento
  • A presente proposta se dedica à análise da sociologia do desenvolvimento de Florestan Fernandes a partir de sua inserção latino-americana, com base nos relatos do autor de sua própria trajetória acadêmica e na reconstrução de seu artesanato intelectual, cujas pistas podem ser encontradas em sua biblioteca e arquivo particulares (Biblioteca e Fundo Florestan Fernandes da UFSCar, São Carlos-SP). Assim, a preocupação será compreender como sua perspectiva latino-americana influencia em sua interpretação do capitalismo dependente brasileiro e, ao mesmo tempo, na elucidação dos caminhos para a resolução de nossos dilemas sociais. Nosso problema de pesquisa pode ser formulado do seguinte modo: como se configura a sociologia do desenvolvimento de Florestan Fernandes quando interpretada em seus horizontes políticos e culturais latino-americanos, não apenas especificamente brasileiros? A maioria dos estudos sobre o autor focaliza sua obra nos limites históricos da sociedade nacional, deixando-se de lado aspectos que só podem ser plenamente explicados no contexto mais abrangente da América Latina. Por isso, nossa hipótese afirma que sua síntese teórica e metodológica na sociologia do desenvolvimento, voltada para o enfrentamento dos problemas das sociedades subdesenvolvidas e dependentes, foi construída num diálogo comparativo com as realidades latino-americanas. Em pesquisas anteriores em sua biblioteca e arquivo particulares, percebemos que existem fontes ainda inexploradas sobre sua visão de América Latina, as quais ajudam a interpretar seus trabalhos sociológicos sobre o capitalismo dependente, tais como comentários à margem de livros, fichamentos e roteiros de exposição de aulas ou conferências, dentre outros. Nossa estratégia metodológica se concentra em duas direções, numa análise das narrativas autobiográficas de Florestan Fernandes sobre sua trajetória intelectual e na pesquisa etnográfica em sua biblioteca e arquivo pessoais.
  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Dirce Stein Backes

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • qualificação da atenção pré-natal na região central do rio grande do sul
  • O desenvolvimento infantil saudável inicia no período pré-natal da gestante, estende-se ao puerpério e aos primeiros anos de vida da criança. A assistência integral e qualificada à saúde no ciclo gravídico é essencial para a obtenção de desfechos favoráveis à mãe e o recém-nascido. Estes desfechos estão associados às menores taxadas de morbimortalidade materno-infantil e a não ocorrência de intervenções médicas desnecessárias, além de repercussões no desenvolvimento infantil saudável. O Brasil registra importantes avanços na atenção pré-natal, assistência ao parto e saúde materna e infantil em resposta aos programas governamentais à melhoria da saúde das mulheres e das crianças, bem como as iniciativas intersetoriais de redução da pobreza. Persistem, no entanto, dois importantes desafios, com características de epidemia, quais sejam: elevado número de cesarianas e a prematuridade, além dos desafios impostos pela pandemia da COVID-19. Não há justificativa para taxas de cesarianas que atingem mais de 50% dos partos, colocando o Brasil em posição de liderança mundial. A epidemia de nascimentos pré-termo, atribuível parcialmente às cesarianas desnecessárias e à baixa qualidade da atenção pré-natal, tem consequências em curto prazo, na morbimortalidade neonatal e, em longo prazo, nos déficits de desenvolvimento intelectual de crianças prematuras. Logo, como qualificar a atenção pré-natal com vistas à redução dos nascimentos pré-termo e a redução do número de cesarianas? Estudos evidenciam estreita relação entre a qualidade do pré-natal e a redução dos nascimentos pré-termo (TOMASI et al., 2017; 2021). Assim, com base em evidências prévias e iniciativas do Mestrado Profissional em Saúde Materno-Infantil (sob a coordenação da proponente), objetiva-se por meio de pesquisa-ação construtivista, desenvolver processo investigativo e de intervenção com vistas à qualificação da Atenção Pré-Natal e, consequentemente, reduzir os nascimentos pré-termo e o número de cesarianas.
  • Universidade Franciscana - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Divane de Vargas

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • uso de substancias psicoativas e saúde e enfermagem em adições: levantamento nacional sobre o ensino nos cursos de enfermagem, e proposta de um curso de capacitação online para enfermeiros e estudantes de enfermagem
  • No Brasil, as DCNT correspondem a 72% das causas de morbimortalidade da população, a maioria delas associa-se ao uso de álcool. Além disso afeta todas as dimensões do desenvolvimento sustentável; levando-o a ser considerado pela ONU como um obstáculo para o desenvolvimento das nações, exigindo dos países membros, incluindo o Brasil, a adoção de medidas de enfrentamento. Como a facilitação do acesso das populações à prevenção, e ao tratamento do uso prejudicial de álcool o que demandará profissionais capacitados. Entretanto, há evidencias de dificuldades dos profissionais de saúde inclusive dos enfermeiros em reconhecer, tratar e encaminhar pacientes com problemas relacionados as Substancias Psicoativas (SPA), devido a carência de conteúdos recebida durante a formação, que acarreta no déficit de conhecimento e impede uma ação mais efetiva nos serviços de saúde. Objetivo: Realizar um levantamento nacional sobre o ensino relacionado ao uso de SPA e saúde nos cursos de enfermagem do Brasil e propor e implementar um curso online de capacitação em enfermagem no uso de SPA e adições. Metodologia: Estudo multicêntrico prospectivo do tipo censo envolvendo os cursos de enfermagem do Brasil, que será desenvolvido em três fases: F1) Levantamento nacional sobre o ensino na área nos cursos de enfermagem do Brasil e a formação dos formadores; F2) Proposição e implantação de um curso online de capacitação F3) Estudo sobre o impacto da formação recebida nos conhecimentos, práticas e atitudes dos participantes da F2 e planejamento de estratégias de educação continuada. Resultados esperados: mapear e analisar o ensino da temática nos cursos de enfermagem do país, disponibilizar curso online com capacidade de abrangência nacional; capacitação técnica e científica da força de trabalho em enfermagem que contribuirá para efetiva atuação da enfermagem no enfrentamento do uso de SPA e saúde com potencial de repercussões nos indicadores de saúde dos indivíduos e comunidades brasileiras.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 08/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Divanizia do Nascimento Souza

Engenharias

Engenharia Nuclear
  • dosimetria ocupacional e médica em tempo real em odontologia e radiologia intervencionista
  • Procedimentos de Radiologia Intervencionista (RI) são muito importantes para o tratamento de pacientes, pois são menos invasivos que cirurgias, e possuem um tempo de internação e recuperação menores, o que diminui as chances de infecções hospitalares, além dos custos de internação. Já os procedimentos de Cone Beam CT (CBCT) são únicos para a obtenção de imagens de estruturas da face, mas que entregam doses de radiação maiores que os exames convencionais. Ambos podem expor, além dos pacientes, profissionais, que devem ou podem estar na sala de exames com o paciente. Desta forma, estas técnicas, além de contribuir com doses elevadas de radiação para o paciente, também são responsáveis por doses ocupacionais, e no caso da RI, as mais altas dentre todos os procedimentos existentes, que empregam radiações ionizantes. Devido à presença dos profissionais na sala, durante os procedimentos, é essencial a avaliação das doses de radiação em tempo real. Para isso será empregada simulação Monte Carlo para a dosimetria numérica e Machine Learning para o cálculo destas doses em tempo real. Estas técnicas se complementam, pois, a simulação de Monte Carlo permite que as doses de radiação sejam determinadas, levando em consideração todos os detalhes das salas, profissionais e pacientes, mas em condições estáticas, ou seja, sem dependência temporal. A técnica Machine Learning permitirá que este problema seja contornado, levando ao conhecimento das doses médicas e ocupacionais em tempo real, mesmo para condições em que os profissionais se movimentam na sala, ou com a movimentação do tubo de raios X. Como resultado deste projeto, pretende-se desenvolver um software que permite a avaliação das doses ocupacionais em tempo real, melhorando assim, a qualidade de vida dos profissionais, envolvidos em exames de RI e CBCT, visto que eles poderão ter acesso à dose em tempo real, escolhendo posições mais adequadas dentro da sala para redução das doses de radiação.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Djoille Denner Damm

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento, aplicação e degradação de revestimentos de dlc em componentes críticos de turbinas eólicas
  • O desenvolvimento de energia sustentável é vital para o crescimento de um país pois afeta a produção nacional e o PIB. O Brasil possui uma infraestrutura elétrica concentrada na geração de hidrelétricas que são suscetíveis a períodos de crises como o cenário atual devido a dependência do período, frequência e quantidade de chuva. Uma matriz energética diversificada focada na energia solar e na eólica pode minimizar esse risco e o Brasil possui um grande potencial de desenvolvimento para ambas. Na região nordeste, onde as secas são mais severas, o desenvolvimento é proeminente no Rio Grande do Norte e na Bahia. A Bahia possui mais de 60 usinas eólicas concentradas na região sudoeste devido ao clima favorável. No setor eólicos brasileiro as falhas e interrupções da produção são ocasionados em 25% das vezes pelo desgaste/corrosão das pás do rotor ou outros componentes das turbinas geradoras. Logo, o projeto de pesquisa em questão tem por objetivo a aplicação inovadora de revestimentos de Diamante Tipo Carbono (DLC) na superfície das pás, como nos componentes metálicos rotativos da caixa de transmissão visando o aumento da produtividade da turbina e a mitigação das perdas de produção por desgaste ou corrosão. O DLC possui dureza acima de 3500 HV, é quimicamente inerte, é capaz de reduzir em até 5 vezes o coeficiente de atrito da superfície dos aços, ou seja, aplicado a superfície das pás eólicas pode reduzir o desgaste erosivo e nos componentes da caixa de transmissão, além de anti-corrosivo, pode reduzir o atrito que é força contrária ao movimento das pás, aumentando a sua produtividade. O fomento ao projeto permitirá a implantação do Laboratório de Tribologia e Corrosão no CETENS-UFRB, a inserção de alunos de graduação (UFRB) e pós-graduação (PROCIMM e INPE) e a disseminação de conhecimento tecnológico entre o CETENS-UFRB e as instituições PROCIMM-UESC, DIMARE-INPE, CLOROVALE DIAMANTES S/A e potenciais parceiros do setor privado na geração de energia eólica.
  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025