Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Rosiel Camilo Sena

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • iii feira de ciências do ifam/campus lábrea
  • Acreditamos que a realização da III Feira de Ciências /IFAM/Campus Lábrea, com recursos do presente projeto, estão alinhados com os objetivos específicos da Chamada CNPq/MCTIC Nº 11/2019 - Feiras de Ciências e Mostras Científicas e sua execução irá contribuir significativamente no sentido de aprimorar o ensino de ciência nas escolas de educação básica; promover o ensino por investigação voltado à solução de problemas; estimular o interesse dos alunos da educação básica pelas carreiras científicas; identificar jovens talentos para as ciências; fomentar a implementação de soluções inovadoras que contribuam para aprimorar o ensino e o aprendizado de ciências; incentivar o uso de novas tecnologias educacionais e novos métodos de ensino de ciências; fortalecer a interação entre escolas de educação básica, democratizar o conhecimento e popularizar a ciência.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas - AM - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Rosilane de Lima Brito Magalhães

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • adesão ao acompanhamento de gestantes expostas à sífilis e fatores associados à perda de seguimento
  • A sífilis é uma doença infecciosa, crônica e sistêmica; configura-se como um grave problema de saúde pública, com gravidade mais exponencial em populações vulneráveis e também em gestantes. O estudo tem como objetivo analisar os fatores relacionados à perda do seguimento clínico em gestantes expostas a sífilis na atenção básica do município de Teresina-PI. Trata-se de um estudo analítico, com abordagem quantitativa. Como critério de inclusão será considerado: Ter diagnóstico de sífilis em qualquer idade gestacional; estar grávida em qualquer idade gestacional; ser cadastrada em uma ESF de Teresina-PI; ter idade igual ou superior a 18 anos. No desenho do estudo será utilizado o processo de amostragem por conglomerado que consiste em uma técnica probabilística. Neste estudo cada Unidade Básica de Saúde que possuir pelo menos uma equipe cadastrada da ESF, será um conglomerado. Para ter uma amostra representativa serão selecionados os conglomerados que apresentarem número igual ou superior a um caso de gestantes expostas a sífilis. As gestantes e legíveis para o estudo serão selecionadas por conveniência. Todos os dados referentes aos exames de VDRL das participantes serão coletados conforme informação do cartão da gestante e também dos exames impressos, já realizados durante o pré-natal. A coleta de dados contará com o auxílio dos alunos da graduação que serão contemplados com bolsa do Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) ou Iniciação Científica Voluntária (ICV) e uma mestranda. Será aplicado um instrumento que será validado quanto a forma e conteúdo por juízes com domínio da temática. Os dados serão coletados na Unidade Básica de Saúde, no dia da consulta de pré- natal, das gestantes elegíveis, na primeira etapa da pesquisa. As mesmas serão abordadas em conformidade com melhor adequação do horário, antes ou depois da consulta. A coleta de dados ocorrerá em três momentos distintos, no período de outubro/2018 a julho de 2019a saber: Primeira etapa: Levantamento e seleção das Unidades Básicas de Saúde. Segunda etapa: aplicabilidade do instrumento de coleta de dados. Terceira etapa: Nessa etapa serão coletados dados referentes a adesão ao seguimento da sífilis que deverá ocorrer no dia da consulta puerperal nas UBS, geralmente até 42 dias pós parto. E elaboração do protocolo. Os dados serão organizados e será realizado dupla digitação, e exportados para o programa estatístico StatisticalPackage for the Social Sciences(SPSS), e Será realizado análises exploratórias dos dados coletados, incorporando a complexidade do desenho amostral, com vistas a caracterizar a população do estudo e responder aos objetivos propostos, por meio de distribuição de frequência (uni e bivariada) e medidas descritivas (médias, desvio padrão e/ou medianas). Será verificado o nível de significância e regressão logística. O projeto conta com a provação da Ética da Fundação municipal de Saúde de Teresina e foi encaminhado ao Comitê de Ética e Pesquisa (CEP) da Universidade Federal do Piauí. Dentre os riscos aos quais as participantes possam estar expostas descartam-se: riscos de desconforto em relação à exposição da sua situação de saúde ou alguma pergunta em relação ao seu comportamento. O principal benefício envolve a oportunidade de detecção das lacunas em relação ao controle da sífilis gestacional e oportunidade de rastrear casos de sífilis que tiveram perda do seguimento, que poderá refletir na redução de novos agravos e transmissão vertical em gestações futuras. Ao final do estudo será elaborado um protocolo tendo como base os resultados do estudo, para aplicabilidade em Unidades Básicas de saúde de Teresina.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rosilene de Sá Ribeiro

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • física ao alcance de todos: tecnologias aplicadas à internet das coisas (iot) e inteligência artificial
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 20/10/2020-30/04/2021
Foto de perfil

Rosilene Marques Sobrinho de França

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • a ação do estado no âmbito do sistema de segurança pública e de justiça para a população carcerária no piauí
  • O projeto de pesquisa com o tema “A ação do estado no âmbito do sistema de segurança pública e de justiça para a população carcerária no Piauí”, visa realizar estudo bibliográfico e documental com o objetivo de examinar as ações dos sistemas de justiça e de segurança pública no âmbito dos programas educacionais coordenados pela Secretaria de Justiça do Estado do Piauí (SEJUS) e dos Projetos Audiência de Custódia, Reeducar e Ressocializar para Não Prender, analisando-se o atendimento à população carcerária do estado do Piauí, notadamente no que se refere às ações de educação prisional, concessão de liberdades provisórias e o estabelecimento de penas alternativas, bem como em relação aos processos de ressocialização de presos e de egressos do sistema prisional.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rosimeire Maria Orlando

Ciências Humanas

Educação
  • acesso e a permanência de alunos com deficiência no ensino superior brasileiro a partir dos indicadores sociais
  • A presente proposta de estudo tem como tema a educação escolar de pessoas com deficiência, especificamente o acesso e a permanência de alunos com deficiência no ensino superior brasileiro a partir dos indicadores sociais. Tem como objetivo geral, analisar as alterações quantitativas referentes ao acesso e a permanência de alunos com deficiência no ensino superior e específicos: 1. Identificar dados oficiais de matrículas de sujeitos da Educação Especial no ensino superior brasileiro; 2. Verificar as condições de acesso e permanência das pessoas com deficiência ao Ensino Superior brasileira cotejando os dados oficiais do poder público sobre incidência demográfica e matrículas; 3. Caracterizar e analisar as condições de acesso e permanência no ensino Superior brasileiro de acordo com as grandes regiões brasileiras; 4. Identificar as alterações quantitativas referente ao acesso e a permanência de pessoas com deficiência no Ensino Superior brasileiro; 5. Analisar a trajetória acadêmica referente ao acesso e a permanência de alunos com deficiência no ensino superior brasileiro. Metodologicamente, toma-se como unidade de análise a incidência demográfica e dados sobre o acesso e condições de permanência no ensino superior dessa parcela da população. Terá como fonte as estatísticas públicas do Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE/2010), das Pesquisas Nacionais por Amostras de Domicílios (PNAD), e do Censo da Educação Superior de (2005- 2017) coletadas e divulgadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Entre outras contribuições espera-se que, além da troca de experiência e intercâmbio entre as universidades, a ampliação do conhecimento produzido sobre os indicadores sociais contribua para o aprofundamento das análises das condições de escolarização da pessoa com deficiência e como base para a realização de novas investigações em Educação e em Educação Especial.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rosineide Marques Ribas

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • disseminação da resistência e uso de antimicrobianos em utis de adultos de hospitais de referência no estado de minas gerais
  • Infecções Relacionadas à Assistência a Saúde (IRAS) geram conseqüências significativas para um sistema de saúde; são causa de taxas elevadas de mortalidade e morbidade e tem grande impacto para a economia, resultado do maior tempo de internação e aumento nos custos com assistência à saúde. Entretanto, no nosso meio, é notória escassez de dados de estudos multicêntricos sobre o impacto destas infecções, sobretudo das causadas por micro-organismos multirresistentes especialmente em unidades de terapia intensiva (UTIs). Sendo assim, um estudo com característica multicêntrica e que propõe esclarecer as lacunas do conhecimento da epidemiologia das IRAS em Unidades Críticas e embasar políticas para sua prevenção e controle deve ter abrangência e representatividade. Para isso, deve incluir hospitais com características diversas, representativas da realidade macroeconômica do estado e do país; abordar fatores determinantes das IRAS, avaliar sua etiologia, disseminação clonal ou policlonal dos micro-organismos, estrutura de suporte para diagnóstico microbiológico e orientação da terapêutica antimicrobiana; avaliar os padrões e políticas de uso desses fármacos; quantificar a influência das IRAS sobre o tempo de permanência e mortalidade hospitalar bem como o impacto financeiro das infecções associadas por micro-organismos multirresistentes. Este projeto trata-se de estudo multicêntrico de prevalência de IRAS e disseminação clonal de micro-organismos multirresistentes, delineado para inclusão de amostra representativa de UTIs de hospitais de portes e características diferentes localizados nas 10 regiões de planejamento do Estado de Minas Gerais, com seus respectivos municípios: Alto Paranaíba (31), Central (158), Centro-Oeste de Minas (56), Jequitinhonha/Mucuri (66), Mata (142), Noroeste de Minas (19), Norte de Minas (89), Rio Doce (102), Sul de Minas (155) e Triângulo (35). A disseminação clonal de Acinetobacter baumannii resistentes aos carbapenêmicos será avaliada por PFGE e as avaliações referentes ao viruloma e resistoma dos principais clones serão realizados por sequenciamento completo do genoma.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rosivaldo dos Santos Borges

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento e inovação em fármacos, medicamentos e moléculas bioativas na amazônia brasileira
  • Este projeto visa o isolamento e otimização estrutural de moléculas bioativas obtidos de plantas medicinais da Amazônia, modificação molecular de fármacos e medicamentos com aplicação em saúde, através da seleção, caracterização, transformação molecular pela interação em química medicinal usando reações clássicas e avaliação biológica. O projeto busca finalizar diversos projetos anteriores e os estudos planejados por métodos de modelagem molecular com parcerias nacionais e internacionais previamente estabelecidas. Espera-se desenvolver produtos e processos para uso terapêutico aplicados a saúde, valorização de produtos naturais da Amazônia, formar recursos humanos, fortalecer a pesquisa e as colaborações em fármacos e medicamentos capaz de desenvolver compostos bioativos.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rosmari Terezinha Cazarotto

Ciências Sociais Aplicadas

Demografia
  • cidades médias e os fluxos imigratórios internacionais recentes: o exemplo da cidade de lajeado na região do vale do taquari-rs
  • A presente proposta de pesquisa, encaminhada para a Chamada Universal MCTIC/CNPq 2018, Faixa A, foi elaborada em conjunto com pesquisadores de outra universidade que estudam as cidades médias e o processo de desenvolvimento regional. O tema da pesquisa é a espacialidade dos fluxos migratórios internacionais recentes para a região do Vale do Taquari-RS, no período de 2010 a 2016. Ingressaram 1.908 imigrantes estrangeiros de diversas nacionalidades, sendo que os predominantes foram os haitianos, perfazendo 68%. Com este trabalho pretende-se compreender a dinâmica intra-regional destes fluxos migratórios a partir da centralidade da cidade média de Lajeado, bem como as conexões nacionais e transnacionais estabelecidas partir dos locais de assentamento. O processo de globalização, viabilizado pela construção do meio-técnico-cientifico-informacional, acelerou os fluxos de pessoas, informação, dinheiro, produto, dívida e aproximou os lugares. Contudo, enquanto contradição do processo, as economias regionais têm se diferenciado por sua especialização, acentuando as desigualdades regionais, as quais favorecem a busca por novas oportunidades oferecidas pelos lugares. Metodologicamente a proposta deste trabalho consiste em um estudo exploratório, o qual articulará informações de dados quantitativos, utilizando-se de métodos estatísticos, seguida de análise qualitativa tendo como foco o processo. Desde o início, como no decorrer da pesquisa pretende-se revisar conceitos referentes aos temas: migrações, transnacionalismo, cidade média e centralidade e analisar a sua contribuição para a compreensão da dinâmica espacial dos imigrantes internacionais recentes para o Vale do Taquari. Como resultados da pesquisa espera-se aumentar a densidade de informações e análise a respeito do processo da imigração internacional recente, bem como desvendar qual tem sido o papel das cidades médias no contexto do processo de redefinição de novas centralidades no Estado do Rio Grande do Sul.
  • Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rosmeri Porfírio da Rocha

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • regionalizações climáticas em alta resolução para américa do sul e oceano atlântico sul: tendências e classificação dos sistemas ciclônicos
  • Os ciclones que se desenvolvem na costa leste da América do Sul impactam as condições de tempo e controlam o clima na maior parte do continente e também sobre o oceano Atlântico Sul. Considerando o conhecimento atual, estes ciclones podem ter diferentes estruturas térmicas e dinâmicas ao longo do ciclo de vida, podendo ser classificados como tropical, subtropical ou extratropical. Os ciclones, que ocorrem sobre o mar, geram intensos ventos próximos da superfície com grandes impactos nas atividades humanas e ecossistemas. Diante desse contexto, este projeto tem como objetivo gerar projeções climáticas regionalizadas em alta resolução, investigar as tendências climáticas das diferentes categorias de ciclones no oceano Atlântico Sudoeste no clima presente e futuro, com especial ênfase na contribuição dos ciclones subtropicais que causam eventos extremos (chuva e vento) no leste do Brasil, e desenvolver um banco de dados online para disponibilizar as projeções para a comunidade científica. As simulações climáticas regionais utilizarão um domínio que inclui a América do Sul e uma grande área do oceano Atlântico Sul e serão forçadas por dois modelos climáticos globais do CMIP5 e considerando dois cenários futuros (RCP4.5 e RCP8.5). Os ciclones serão rastreados e classificados utilizando a metodologia do CPS (cyclone phase space). O conhecimento de como os ciclones e os extremos associados se comportarão no clima futuro é essencial para atividades de planejamento econômico e desenvolvimento de políticas de mitigação. Esse projeto também é importante para a formação de novos pesquisadores, uma vez que inserirá alunos de graduação e pós-graduação contribuindo para formação nas áreas de dinâmica da atmosfera, climatologia e modelagem climática.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rossana Correa Netto de Melo

Ciências Biológicas

Morfologia
  • eosinófilos: respostas funcionais em modelos experimentais e doenças eosinofílicas humanas
  • Eosinófilos são leucócitos com múltiplas funções na saúde e em doenças humanas. O número dessas células aumenta acentuadamente em inúmeras situações incluindo doenças infecciosas, alérgicas, autoimunes e câncer. A pesquisa básica com foco em biologia de eosinófilos permanece como prioridade para o entendimento do papel destas células e tratamento de doenças eosinofílicas. Como células do sistema imune inato, uma característica de eosinófilos é o seu conteúdo de diversas citocinas e proteínas catiônicas armazenadas pré-formadas dentro de grânulos secretores e vesículas transportadoras. As funções de eosinófilos são baseadas na liberação regulada destes compostos, os quais mediam comunicação com outras células no microambiente dos tecidos. A definição dos mecanismos de secreção de eosinófilos e suas interações funcionais é crucial para o entendimento do papel destas células tanto na homeostasia imune como em doenças agudas e crônicas. O presente projeto tem como objetivo geral investigar diferentes aspectos estruturais e funcionais de eosinófilos murinos e humanos em situações experimentais e doenças eosinofílicas. Este projeto pretende avançar no conhecimento de mecanismos de secreção de citocinas e de outras proteínas típicas de eosinófilos, como a proteína básica principal e galectina-10 (cristais de Charcot-Leyden) e em mecanismos de transporte vesicular dessas proteínas. Com aplicação de diferentes estratégias metodológicas e, em continuidade com estudos do grupo liderado pela proponente (Grupo de Pesquisas em Biologia Celular/UFJF), em parcerias nacionais e internacionais, o conjunto de experimentos propostos pretende responder questões importantes sobre a capacidade secretora/funcional de eosinófilos e contribuir para o entendimento do papel destas células em doenças eosinofílicas. Doenças associadas com eosinófilos, incluindo alergias e esquistossomose mansoni constituem doenças prevalentes e problemas importantes de saúde pública. O conhecimento das funções de eosinófilos poderá levar à melhoria de terapias.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022