Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ana Paula Milla dos Santos Senhuk

Ciências Humanas

Filosofia
  • ii mostra de trabalhos em ciência e tecnologia ambiental
  • A II Mostra de Trabalhos em Ciência e Tecnologia Ambiental, de abrangência municipal, tem como objetivo incentivar o desenvolvimento de projetos ambientais por alunos do Ensino Fundamental das escolas municipais de Uberaba-MG. Esta proposta visa contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico do País, aproximando alunos da Rede Básica de Ensino, Instituições de Ensino Superior e comunidade. Os projetos ambientais serão desenvolvidos em cada uma das 29 escolas municipais por Agentes do Meio Ambiente, grupos formados por no máximo 12 alunos do 6° ao 9° do Ensino Fundamental. Cada projeto será acompanhado pela equipe do Núcleo de Sustentabilidade e Educação Ambiental da UFTM - NUSEA. Os projetos, contendo resultados e discussão preliminares, serão enviados em forma de resumo para a Comissão Científica, a fim de serem avaliados. Um evento de dois dias será realizado no final do segundo semestre de 2021, no Instituto de Ciências Tecnológicas e Exatas da UFTM, em Uberaba-MG. Durante o evento, os alunos serão divididos em grupos menores e participarão de atividades alternadas como: apresentação dos resultados em forma de pôster e visitas guiadas ao herbário, laboratórios e à exposição de projetos de pesquisa. A Comissão Científica dará uma nota para o resumo e outra para a apresentação do trabalho em forma de pôster, resultando na escolha e premiação dos cinco melhores trabalhos. Cinco alunos do Ensino Fundamental, representantes dos trabalhos premiados, receberão uma bolsa de Iniciação Científica Júnior cada um, com vigência de 6 meses, estimulando a continuação do projeto na escola. Ao final de 6 meses os bolsistas deverão enviar um Relatório Final das atividades desenvolvidas à coordenação do evento. A primeira edição do evento teve uma avaliação positiva pelos participantes. Muitos alunos relataram nunca ter ouvido falar sobre a UFTM, sendo a primeira vez que conheciam uma Universidade. Espera-se que a aprovação desta proposta possa continuar viabilizando a troca de experiência e conhecimentos entre estudantes do Ensino Fundamental, com graduandos, pós-graduandos, professores e pesquisadores sobre temas relacionados ao meio ambiente, criando um ambiente favorável à formação de profissionais conscientes de seu papel na sociedade, além de identificar jovens talentosos e estimular o interesse pela pesquisa, fomentando o surgimento de novos cientistas e pesquisadores.
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 04/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Ana Paula Paes de Paula

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • a afetividade ético-política e a gestão de práticas participativas nas organizações: a experiência da gabinetona da câmara municipal de belo horizonte
  • O problema de pesquisa a ser abordado é como aspectos da afetividade ético-política influenciam a gestão de práticas participativas nas organizações, tendo como objeto teórico esse conceito enquanto elemento que dinamiza a intersubjetividade e a alteridade, buscando, em Brandão (2012), em Habermas (2012a; 2012b) e nos aportes da psicanálise, subsídios para refletir sobre o aprimoramento da ação comunicativa. O objetivo geral é validar e consolidar aportes teóricos que possibilitem a investigação da influência de aspectos da afetividade ético-política na gestão de práticas participativas nas organizações, de modo a fazer recomendações para seu aprimoramento e para a incorporação de tecnologias sociais. Os objetivos específicos são: consolidar o conceito de afetividade ético-político, desenvolvido por meio de aportes habermasianos e psicanalíticos para abordar sua influência na gestão das práticas participativas nas organizações; investigar, validando os aportes teóricos construídos, como aspectos da afetividade ética-política podem influenciar a gestão de práticas participativas, por meio de uma experiência exemplar - a Gabinetona da Câmara Municipal de Belo Horizonte; e, apontar recomendações para o aprimoramento da gestão de práticas participativas, bem como para a incorporação de tecnologias sociais. Do ponto de vista metodológico, a primeira parte da pesquisa proposta tem cunho eminentemente teórico, pois se dedica à reconstrução de teorias, conceitos e ideias, bem como quadros de referências e condições explicativas da realidade, buscando rigor conceitual, análises acuradas e argumentação diversificada. Na segunda parte, pretendemos realizar uma investigação qualitativa, envolvendo levantamento documental e entrevistas semi-estruturadas com as representantes da Gabinetona, sendo que os dados serão submetidos à análise de conteúdo, bem como à elaboração micrológica benjaminiana, subsidiando recomendações para um repensar das práticas de gestão.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 14/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ana Paula Ramos

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • recobrimento de titânio com filmes biomiméticos e seu impacto na osteointegração de implantes odontológicos
  • O preparo de materiais nanoestruturados que promovam respostas específicas em sistemas biológicos deu origem a um novo campo de estudo- a nanobiotecnologia, que possui papel central nas áreas de diagnóstico de doenças, entrega controlada de drogas e materiais implantáveis. A composição química, topografia e rugosidade e molhabilidade e energia livre das superfícies ditam as aplicações desses materiais. A interconexão entre estas propriedades direcionam suas respostas frente a estímulos externos. Desta forma, modificações superficiais podem originar materiais com diferentes propriedades biológicas e funcionalidades, não alterando as propriedades de “bulk”. No caso de implantes, as propriedades de superfície tornam-se mais importantes, uma vez que o sucesso da aplicação se baseia no contato interfacial implante-tecido hospedeiro. A interação com moléculas de água, adsorção de proteínas e adesão celular são os primeiros eventos que ocorrem nesta interface. O contato celular inicial não ocorre sobre uma superfície limpa, mas sim com uma superfície já condicionada por moléculas de água, íons e proteínas adsorvidas a partir do plasma sanguíneo, o que vai ditar o comportamento e adesão celular. Neste projeto, superfícies bioativas, que sejam capazes de induzir a formação de apatita em contato com meio fisiológico, serão preparadas e caracterizadas com relação aos parâmetros físico-químicos e termodinâmicos destacados acima. Foco será dado às modificações superficiais de Ti (metal mais utilizado em implantes odontológicos) com filmes biomiméticos Langmuir-Blodgett contendo lipídeos e proteínas osteogênicas. Além disso, partículas de biominerais (carbonatos e fosfatos de cálcio) serão depositadas sobre os implantes. Esses materiais serão implantados na tíbia de coelhos e sua capacidade de estimular osteointegração, comparada ao controle (implante não-recoberto) será investigada. Espera-se que os recobrimentos biomiméticos estimulem respostas osteogênicas aprimoradas.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ana Paula Romero Bacri

Ciências Biológicas

Biologia Geral
  • iv feira da iniciação científica do pontal do triângulo mineiro - iv ficp
  • A Feira de Iniciação Científica do Pontal do Triângulo Mineiro (FICP) é uma iniciativa que vem do desejo de continuidade e expansão de movimentos de feiras de ciências na cidade de Ituiutaba. O objetivo principal da FICP é, por meio da apresentação de projetos criativos e inovadores, integrar os professores, alunos e demais agentes em educação desde a educação infantil, ensino fundamental 1 e 2, ensino médio, profissionalizante, técnica, EJA (Educação de Jovens e Adultos) e superior no Pontal do Triangulo Mineiro com vistas a aprimorar o processo de construção do conhecimento e de protagonismo dos estudantes por meio da iniciação científica, valorizando a Ciência e o conhecimento científico atuando como uma ação disseminadora de cultura científica. A previsão de sua realização é para mais de 100 projetos inscritos, oriundos da mesorregião do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, em todas as áreas do conhecimento, em todos os níveis de escolaridade, e em concomitância com a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Será implementada por meio de uma parceria entre a Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e a Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Ituiutaba, e englobará mais sete SREs da mesorregião, que serão convidadas e incentivadas a realizarem feiras por meio do envio dos trabalhos que participarão da FICP. A área de gestão destas oito SREs possui um total de 86 municípios e mais de 2.300.000 habitantes. As atividades a serem desenvolvidas englobam a divulgação do evento e a realização de encontros online com professores, no formato de roda de conversa que favorecem a troca de saberes entre os pares, em todas as SREs participantes e nas cidades que demonstrarem interesse de participarem do evento. Devido às medidas de afastamento social para a contenção da propagação da pandemia de COVID-19 a IV FICP será realizada em formato online.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 10/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Ana Paula Santos de Melo Fiori

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • iii feira de ciências ambientais: estimulando o interesse e a criatividade dos estudantes do ensino médio
  • Este documento apresenta uma proposta para desenvolvimento de uma Feira de Ciências Ambientais, a ser realizada durante a comemoração da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em Marechal Deodoro - AL, tendo como foco os estudantes do ensino médio. Para tanto serão desenvolvidas atividades distribuídas em oito modalidades.
  • Instituto Federal de Alagoas - Matriz - AL - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Ana Paula Solino Bastos

Ciências Humanas

Educação
  • o ideário de paulo freire na ressignificação da educação em ciências no nordeste brasileiro
  • A educação brasileira vem passando por diversas mudanças ao longo do tempo e uma delas, atualmente, tem sido as reformas curriculares oficiais propostas pelo MEC, o qual defende um currículo comum a todos ao mesmo tempo em que exige uma parte diversificada, considerando o contexto de cada local. Pesquisas em Educação em Ciências têm discutido sobre a organização curricular das escolas serem estruturados com base em temas locais que sintetizam situações-limite de uma comunidade que, em sua maioria, estão pautados nos pressupostos de Paulo Freire, a exemplo da Abordagem Temática Freireana. Considerando as demandas apresentadas pelas atuais reformas curriculares e a proposta educacional freireana no ensino de ciências, bem como a carência dessa área na formação de professores na região nordeste, este projeto parte das seguintes questões de pesquisa: como propor processos formativos para licenciandos em Física e Pedagogia e professores de escolas públicas em algumas regiões de Alagoas e Bahia, considerando a perspectiva freireana e as atuais exigências curriculares? Quais limites e possibilidades de elaboração e implementação dessas propostas curriculares com base na Abordagem Temática Freireana no contexto das novas reformas do currículo de ciências? Alguns estudos na área têm iniciado reflexões evidenciando possíveis articulações entre a Abordagem Temática Freireana e alguns aspectos propostos pelo novo currículo oficial brasileiro. A pesquisa envolve duas etapas: 1) elaboração e implementação de processos formativos de professores da Educação Básica do sertão alagoano e das regiões da Bahia: Costa do Cacau e Recôncavo Baiano; 2) implementação de atividades didático-pedagógicas em cursos de licenciatura em Pedagogia e Física, na UFAL, UESC e UFRB. Para obtenção dos dados, serão utilizados diários, vídeogravações, entrevistas, narrativas e produções elaboradas pelos professores e licenciandos, que serão analisados pela Análise Textual Discursiva.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ana Paula Trussardi Fayh

Ciências da Saúde

Nutrição
  • proposição de valores de referência de ângulo de fase e equações preditivas de composição corporal a partir da bioimpedância elétrica para pacientes com câncer: um estudo de coorte prospectivo multicêntrico
  • O câncer provoca alterações metabólicas significativas com perda de peso involuntária e desnutrição. Alterações na composição corporal, como a perda de massa muscular, predizem piores desfechos clínicos, como maior tempo de internação, complicações pós-operatórias, toxicidade ao tratamento e diminuição da sobrevida. Dentre os possíveis métodos de avaliação da massa muscular, a bioimpedância elétrica (BIA) tem se destacado como um método de estimativa da composição corporal e, indiretamente, de estado nutricional, pelo ângulo de fase (AF). Apesar da extensa literatura mostrando a utilidade da BIA em populações saudáveis, permanecem limitações ao avaliar pessoas com doenças crônicas, como câncer. Essas limitações referem-se à ausência de equações de estimativa de composição corporal específicas para pacientes com câncer, bem como valores de referência de AF e pontos de corte de composição corporal com poder de predição para o risco de mortalidade e indicação de tratamento paliativo. Com isso, o objetivo deste estudo é descrever valores de referência de AF em pacientes com câncer, além de propor equações de estimativa da composição corporal a partir dos valores de resistência e reactância obtidos pela BIA. Será realizado um estudo prospectivo multicêntrico. Os pacientes serão avaliados (dados clínicos, antropometria e BIA) no momento basal e seguidos por 12 meses ou até a data do óbito, para verificar possíveis associações da composição corporal com os desfechos. Os valores de referência do AF serão apresentados pela distribuição percentilar. A regressão logística será usada para a proposição das equações de composição corporal, usando a imagem da tomografia computadorizada como padrão-ouro. Modelos estatísticos ajustados por fatores de confusão (sexo, idade, etnia, sitio do tumor, estadiamento, tipo de tratamento) serão usados para a determinação de pontos de corte para a predição do risco de mortalidade e tratamento paliativo.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ana Regina Barros Rêgo Leal

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • rede nacional de combate à desinformação – entre a pesquisa e a extensão _
  • Lançada em setembro de 2020, a RNCd (https://rncd.org/ ) consiste em uma rede de parceiros de diversas áreas do conhecimento, das cinco regiões brasileiras e de distintas formas de composição, atuação e objetivos, e que trabalham em prol de da informação enquanto conhecimento comunicado. A RNCd Brasil atualmente possui 125 parceiros e tanto se compõe por parceiros com atuação direta junto à sociedade como os aplicativos, os coletivos e projetos de fact-checking, os laboratórios, os observatórios, as redes, as agências de diversas naturezas, os projetos de divulgação científica, os projetos de comunicação educativa, as instituições do campo da comunicação e da educação, as organizações não governamentais, os sites de notícia, os movimentos populares; como também por núcleos, grupos e projetos de pesquisa, dentre outros. Nesse sentido, este projeto se posiciona como uma segunda fase e objetiva viabilizar o crescimento da RNCd tendo em vista alguns polos principais de atuação para os próximos anos. O primeiro deles volta-se para o incentivo à visibilidade para a pesquisa na área, nesse sentido, temos a pretensão de criar uma página que se coloque ao público como um grande repositório das pesquisas da rede sobre o fenômeno e o ambiente da desinformação no Brasil e no mundo. O segundo polo de interesse do presente projeto é a organização de uma página em que possamos colocar o acervo de narrativas desinformacionais recebidas pelo aplicativo @Eufiscalizo (parceiro da RNCd) constituindo um grande banco de dados disponível para a pesquisa. O terceiro foco do atual projeto se refere a uma reformulação do atual site objetivando dar maior visibilidade à produção dos mais de 120 parceiros. O quarto ponto será a gestão profissional das redes sociais da RNCd. O projeto prevê ainda a realização de eventos nacionais bimensais e outros de natureza acadêmica que teriam periodicidade anual e uma publicação anual.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 15/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ana Rieger Schmidt

Ciências Humanas

Filosofia
  • mulheres na história da filosofia: desafios metodológicos
  • O projeto "Mulheres na história da filosofia: desafios metodológicos" pretende contribuir para a inclusão de filósofas no cânone filosófico. O projeto se insere em três áreas da história da filosofia - antiga, medieval e moderna - centrando-se sobre as contribuições de três figuras centrais: as pitagóricas (as primeiras e as tardias), Christine de Pizan e Anne Conway. O projeto visa consolidar o estudo dessas mulheres no Brasil, assim como contribuir para sua integração à historiografia especializada, a qual tradicionalmente ignora a produção de mulheres. A proposta está organizada em atividades que, no cenário nacional, contribuirão para a mudança do imaginário público acerca do valor e presença das mulheres na História da Filosofia: workshops, obtenção de acervo bibliográfico às instituições envolvidas, promoção de debate nacional e internacional sobre o tema e uma ou mais publicações resultantes do debate promovido nos workshops.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ana Roberta da Silva Paulino

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • estudo climatológico da maré lunar na região da mesosfera e baixa termosfera.
  • A maré atmosférica lunar desempenha um papel importante na dinâmica da mesosfera e baixa termosfera, pois responde às mudanças que ocorrem nas condições básicas da atmosfera. Eventos associados à atividade solar e aos aquecimentos súbitos da estratosfera polar modificam as condições básicas da atmosfera e, consequentemente, a forma como a maré se propaga dentro da atmosfera. Desta maneira, o presente projeto tem como objetivo investigar a dependência da maré atmosférica lunar na região da mesosfera e baixa termosfera em relação à atividade solar a partir das medidas de temperatura fornecidas pelo instrumento SABER/TIMED no período de 2002 a 2021. O período de estudo compreende dois ciclos solares e possui uma quantidade relevante de eventos de aquecimento da estratosfera que torna possível desenvolver um estudo climatológico do comportamento desta oscilação. Além das medidas de temperatura, deverão ser utilizadas observações de ventos da região da mesosfera e baixa termosfera e parâmetros ionosféricos como conteúdo eletrônico total, frequência crítica e altitude da camada F da ionosfera para corroborar os estudos. A metodologia que será empregada neste estudo consiste em determinar a assinatura da maré lunar nos campos atmosféricos ( método dos mínimos quadrados) e analisar quais os índices que serão utilizados para analisar a atividade solar. Além disso, será necessário classificar os eventos de aquecimento súbito da estratosfera polar e investigar suas influências na variabilidade da maré lunar. Com o desenvolvimento dessa pesquisa espera-se entender os efeitos da atividade solar na assinatura da maré atmosférica lunar nas medidas de temperatura e contribuir para o entendimento do processo de acoplamento das atmosferas neutra e ionizada, além de investigar a propagação vertical da maré lunar na atmosfera. O presente projeto também está estritamente relacionado com a formação de pessoal qualificado a nível de graduação, mestrado e doutorado na UEPB.
  • Universidade Estadual da Paraíba - PB - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025