Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alejandro Germán Frank

Engenharias

Engenharia de Produção
  • transformação digital visando a implantação dos conceitos da indústria 4.0: desenvolvimento de projetos-piloto de implementação
  • Os estudos atuais sobre Indústria 4.0 tem se concentrado sobre os aspectos do impacto das tecnologias ou as características dos ecossistemas de inovação voltados para a Indústria 4.0. Contudo, esses trabalhos não analisam como as complementariedades entre atores é materializada em projetos de implantação concreta dentro da indústria. Isto significa que há uma carência de estudos acadêmicos aplicados, que permitam guiar as empresas na implantação de projetos piloto voltados para a Indústria 4.0. Portanto, do ponto de vista teórico, ressalta-se a seguinte questão de pesquisa que este projeto propõe abordar: Como diversas competências tecnológicas de atores regionais podem ser integradas e gerenciadas para o desenvolvimento conjunto de projetos-piloto de soluções da Indústria 4.0? Visando responder a essa questão de pesquisa, o objetivo geral deste projeto é propor um modelo de gestão para a implementação de projetos piloto da Indústria 4.0 de forma escalonada a partir da maturidade contextual de cada empresa e construído a partir de evidências empíricas sobre os desafios que diversos setores industriais enfrentam ao implementar os conceitos propostos pela Indústria 4.0. Neste sentido, propõe-se um modelo que norteie primeiramente o diagnóstico de maturidade nas etapas de implementação da Indústria 4.0 a partir do alinhamento estratégico da empresa e que, a partir disso, auxilie na condução da implementação das soluções parciais necessárias para o avanço na maturidade, utilizando para isso a base de conhecimentos de atores externos, integrados na forma de soluções complexas conjuntas. O projeto contempla quatro macro-etapas distribuídas em um horizonte de 36 meses: Etapa 1: Desenvolvimento conceitual – modelo de implementação da indústria 4.0; Etapa 2: Análise quantitativa – estudo da implementação da indústria 4.0 em casos práticos; Etapa 3: Análise qualitativa – avaliação setorial da implementação da indústria 4.0; Etapa 4: Desenvolvimento de projeto piloto e consolidação do modelo. O projeto utiliza uma abordagem metodológica baseada em métodos mistos, combinando pesquisas quantitativas com qualitativas, assim como uma abordagem multidisciplinar internacional, envolvendo instituições renomadas como o Massachusetts Institute of Technology (Estados Unidos), o Politécnico de Mião (Itália) e o Instituto Politécnico de Grenoble (França).
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alejandro Kocsard

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • sistemas dinâmicos em dimensões baixas
  • Nos últimos anos a UFF vem contratando um grande número de jovens doutores. Dentre esses novos professores, a área de Sistemas Dinâmicos(e Teoria Ergódica) está fortemente representada, ao ponto que o grupo de Sistemas Dinâmicos da UFF é na atualidade, em termos numéricos, um dos maiores -talvez o maior- do Brasil. Dentro deste grupo, destaca-se a equipe dedicada aos sistemas dinâmicos em espaços de dimensões baixas que, nestes últimos anos, tem se focado no estudo dos seguintes assuntos: dinâmica topológica de homeomorfismos de superfícies; difeomorfismos conservativos $C^r$-genéricos em superfícies; cohomologia dinâmica; ações de grupos abelianos e nilpotentes em superfícies; teoria ergódica diferenciável; e aplicações unidimensionais reais e holomorfas.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alejandro Ruiz Padillo

Engenharias

Engenharia de Transportes
  • estudos sobre planejamento e operação de sistemas logísticos e de transportes mediante uso de metodologias de simulação e decisão multicritério
  • A crescente complexidade das atividades de planejamento e operação dos sistemas logísticos e de transportes e a escassez de recursos para investimentos públicos e privados na área exigem dos gestores uma adequada tomada de decisões. Essas decisões precisam de um fundamento técnico sobre vários critérios, que influenciam no problema de forma concomitante e com importâncias diferentes, assim como de aplicação de modelos de previsão de demanda que contemplem simulações de cenários e projeções futuras. O presente projeto de pesquisa tem como objetivo o desenvolvimento de ferramentas de ajuda de tomada de decisão a partir da ponderação de fatores e avaliação de alternativas mediante métodos de análise multicritério e de simulação de tráfego e técnicas de coleta de dados e de participação de especialistas e população em geral. Essas ferramentas serão empregadas em estudos de casos reais relacionados com os modais de transportes e sistemas logísticos que permitam verificar sua aplicabilidade e a coerência dos seus resultados.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alencar Kolinski Machado

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • produção de nanoformulações de extrato hidroalcoólico de açaí (euterpe oleracea mart.) para normalização da disfunção mitocondrial e da inflamação crônica associada a doenças neuropsiquiátricas
  • Indivíduos acometidos por doenças neuropsiquiátricas podem apresentar disfunção mitocondrial. Tal desbalanço celular atua por comprometer o funcionamento correto dos neurônios em decorrência do estabelecimento do estresse oxidativo. Além disso, tais indivíduos são correlacionados a presença de uma resposta inflamatória crônica, tanto a nível periférico como neuronal. Dessa forma, é cada vez mais evidente a necessidade de se investigar tais aspectos para melhor entender a etiologia e a fisiopatologia de tais doenças que até o momento se mantém obscuras. Concomitante a isto, a busca por novos métodos terapêuticos se faz de grande validade e neste sentido, os produtos naturais vêm ganhando destaque. O Euterpe oleracea Mart., conhecido popularmente como açaí, é um fruto nativo da região amazônica e que comprovadamente possui extrato hidroalcoólico com efeito neuroprotetor por atuar a nível de complexo mitocondrial I, reestabelecendo o funcionamento de mitocôndrias disfuncionais. Todavia, a estabilidade do extrato de açaí em relação ao tempo e oxidação por exposição ambiental podem comprometer a sua eficácia. Adicionalmente, a barreira sangue-cérebro pode ser um desafio à passagem do extrato até o sistema nervoso central. Logo, este projeto possui por objetivo o desenvolvimento de nanoformulações contendo extrato de açaí destinadas a normalização da disfunção mitocondrial e redução da neuroinflamaçao relacionada a doenças neuropsiquiátricas com garantia de eficácia e segurança. Para isso, serão produzidos o extrato hidroalcoólico de açaí, bem como suas nanoformulações a partir de frutos frescos obtidos de uma região de colheita da floresta amazônica. Após todas as avaliações de caracterização, tanto o extrato quanto as nanoformulações serão avaliados quanto ao perfil de segurança utilizando diferentes linhagens celulares normais e desenvolvendo diferentes ensaios de avaliação de cito e genotoxicidade. Transcorrido o perfil de toxicidade, será testado o perfil de eficácia do extrato hidroalcoólico de açaí e suas nanoformulações em diferentes linhagens celulares de neurônios e células da glia com disfunção mitocondrial induzida, bem como será avaliada a eficácia anti-inflamatória do extrato hidroalcoólico de açaí e suas nanoformulações em linhagens celulares de macrófagos e micróglias ativadas quanto a inflamação. Por fim, realizar-se-á a verificação do perfil de eficácia e segurança do extrato hidroalcoólico de açaí livre e suas nanoformulações sobre parâmetros comportamentais, bioquímicos e moleculares em modelo in vivo de discinesia orofacial induzida por antipsicótico em ratos. Acredita-se que os resultados a serem obtidos, caso da aprovação deste projeto, poderão contribuir expressivamente ao meio científico de maneira a sugerir um potencial agente suplementar coadjuvante, produzido a partir da nanotecnologia, ao tratamento de doenças neuropsiquiátricas, bem como poderá corroborar na elucidação da correlação existente entre a disfunção mitocondrial e a ativação neuroinflamatória crônica, tornando-se também mais bem entendida a fisiopatologia de doenças psiquiátricas, pois atualmente ainda não se possui tais aspectos completamente elucidados.
  • Universidade Franciscana - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alesandro Bail

Engenharias

Engenharia Química
  • produção de sílica mesoporosa magnética como material core-shell a partir de fontes alternativas e estudo de sua aplicação em reprodução de equinos
  • A geração de resíduos industriais e seu reaproveitamento seguro e inteligente, assegurando ao mesmo tempo, diminuição dos impactos ambientais, agregação de valor e exploração de novas tecnologias, é uma combinação atraente e necessária atualmente. As diversas áreas do conhecimento, principalmente as de origem científica e tecnológica, devem pensar soluções modernas e eficazes para contribuir com o crescimento sustentável de um país. A área de química contribui nesse aspecto devido ao conhecimento da transformação da matéria, seja ela na forma virgem ou processada e reutilizada. As áreas tecnológicas contribuem para o desenvolvimento de processos viáveis técnica e economicamente. Esta proposta de projeto de pesquisa visa à união dos rejeitos industriais, do processamento químico de alto desempenho e da aplicação na área de medicina veterinária. O rejeito industrial produzido pela decapagem química de superfícies de aço, formado por uma solução de ácido clorídrico, íons ferro e alguns contaminantes, é tratado de maneira simplista atualmente. A precipitação química com bases de baixo custo e disposição do sólido em aterros. A água resultante é neutralizada e descartada de acordo com a legislação. Nesse projeto, o rejeito industrial contendo ferro será tratado quimicamente a ponto de gerar compostos de alta pureza e submetidos a uma sequência de reações químicas para a formação de nanopartículas de óxido de ferro magnético, às quais será aplicado um recobrimento com sílica mesoporosa para a produção de nanopartículas magnéticas do tipo core-shell (MNPs). Essas MNPs serão submetidas ao contato com células reprodutoras de equinos no REPROLAB da UFRGS para atuarem na assistência à pré-seleção de sexo desses animais, por seletividade a um tipo de espermatozoide, o que deve favorecer questões de reprodução desses animais para fins comerciais. Os materiais preparados serão caracterizados por diferentes técnicas analíticas: difração de raios X, microscopia eletrônica de varredura acoplada a um dispositivo de energia dispersiva, análise morfológica pelo método BET e BJH, espectroscopia vibracional no infravermelho, magnetometria de amostra vibrante e espalhamento de luz dinâmico. Os materiais produzidos poderão ser funcionalizados para que seja estudada a influência de determinados grupos químicos na interação com as células animais. Além disso, os responsáveis pelo projeto buscarão por parcerias Universidade-Empresa com o intuito de instalar uma planta piloto de pequeno porte na UTFPR Câmpus Apucarana para a produção de nanopartículas magnéticas nacionais.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022