Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Jairo Werner Junior

Ciências da Saúde

Medicina
  • dimensões da saúde mental no isolamento antártico: estudos dos processos afetivo-cognitivos, dos diagnósticos e do modelo preventivo e de assistência presencial e remota (apoio matricial)
  • O presente projeto situa-se em contexto de emergente importância dada a aspectos humanos envolvidos no isolamento imposto por locais de pesquisa como a Antártica. A evolução das possibilidades de exploração espacial torna ainda mais eminente compreender os processos psíquicos de seres humanos sob isolamento e confinamento. Desde a metade do século XX, pesquisas começaram a investigar os fenômenos psíquicos presentes em pesquisadores e militares no ambiente antártico, evidenciando grande prevalência de quadros de ansiedade e depressão, dentre outros. Entretanto, ainda é necessário estabelecer modelo teórico abrangente que permita compreender os modos como surgem tais manifestações psíquicas. Este projeto contribuirá na proposição de um modelo abrangente e permitirá a apropriação de novos conhecimentos acerca das interações existentes no contexto biopsicossocial do isolamento e confinamento antártico. O método de investigação científica utilizado deve abarcar não só o modelo médico descritivo da psicopatologia clássica, mas também considerar o papel determinante das condições materiais e simbólicas desse contexto no funcionamento psicofisiológico dos indivíduos, analisando as diversas particularidades presentes, tais como a missão, o ambiente, as atividades desempenhadas e as ferramentas utilizadas, que compõem o conjunto das interações sociais existentes. Tal método de investigação é possibilitado pela fundamentação teórica da psicologia histórico-cultural, que analisa o psiquismo humano levando em consideração suas múltiplas determinações de ordem antropológica, psicológica e sociológica, bem como as múltiplas dimensões políticas, geográficas e históricas nas quais o ser humano está inserido. Partindo dessa fundamentação, a pesquisa, cujos sujeitos de estudo são os próprios expedicionários antárticos, envolverá a presença no campo, nas dimensões dos acampamentos, base e navios, possibilitando aos pesquisadores a observação participante. A colaboração com outros projetos possibilitará a realização da pesquisa com grupos de outras instituições, inclusive acompanhando seus acampamentos. Propõe-se a aplicação de protocolos individuais, questionários e escalas para ansiedade e depressão, avaliações do estado mental e dos processos afetivo-cognitivos, obtenção de informações por meio de narrativas, histórias de vida, entrevistas dialogadas, grupos operativos, rodas de conversa, registros da observação de campo e registro de ocorrências – informações que serão analisadas inter e multidisciplinarmente. Também propõe-se a testagem de modelo de supervisão remota em saúde mental antártica, sob a infraestrutura do Laboratório Holográfico de Telessaúde (criado com cooperação técnica, acadêmica e científica entre a Universidade Federal Fluminense – UFF e a Marinha do Brasil). O projeto contará com a infraestrutura técnica e profissional da UFF e do Instituto de Pesquisas Heloisa Marinho (IPHEM - RJ). Objetiva-se a divulgação científica dos resultados nos meios qualificados e também ao público universitário, escolar e leigo, colocando em evidência a questão da Medicina e Psiquiatria Polar e a presença brasileira na Antártica. O projeto está perfeitamente alinhado à necessidade de desenvolvimento de novas fronteiras do conhecimento, como elencadas no Action Plan for Brazilian Antarctic Science 2013-2022 do PROANTAR (Investigations on psychology of groups under extreme stress in the area of Polar Medicine), identificando que os aspectos humanos precisam ser melhor enfocados, a fim de abranger toda a dimensão humana, biofísica e climática do PROANTAR, de forma estratégica, integrando atores civis e militares.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 25/12/2018-31/12/2022
Foto de perfil

Jairton Dupont

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • hidrogenação de co2 para ácido fórmico e metanol em líquidos iônicos
  • A conversão de CO2 em produtos químicos e combustíveis está se tornando um componente-chave na busca de matéria-prima e energia para a indústria química do futuro. Catalisadores podem combinar CO2-H2 para criar unidades de Cn e, assim, proporcionar uma alternativa "verde" aos reagentes estequiométricos convencionais, resultando em alta economia atômica sendo a água o único subproduto. Recentemente, vários avanços na ativação de CO2 para a produção de produtos químicos têm sido reportados. Por outro lado, para uma de suas principais aplicações, a produção de hidrocarbonetos, poucos avanços têm sido descritos e o conhecimento científico está defasado. A hidrogenação de CO2 para o ácido fórmico, formaldeído, metanol ou produtos Fischer-Tropsch (FT) são, provavelmente, os métodos que estão mais perto de uma execução tecnológica. No entanto, esses processos sofrem de graves limitações econômicas, tecnológicas e/ou de segurança. Nos processos FT, os catalisadores de metais não-nobres oferecem vantagens potenciais significativas sobre os catalisadores homogêneos de hidrogenação de CO2 baseados em Pd, Rh e Ir pois, operam na faixa de temperatura 200-300 °C e sob baixa pressão relativa. Essas vantagens incluem um menor custo de funcionamento, a capacidade de operar sob condições de fluxo e eficiências catalíticas mais elevadas. Para potencializar essas vantagens, uma série de questões devem ser estudadas. Em particular, o desempenho catalítico (seletividade e atividade) deve ser melhorado. O objetivo desse projeto é melhorar a atividade e seletividade catalítica dos processos de FT através do desenvolvimento de uma nova geração de nanocatalisadores bimetálicos ricos em metais não-nobres que contenham líquidos iônicos como o principal componente do suporte. O uso desses materiais cataliticamente ativos do tipo membrana (MCA) permitirá a utilização de NPs bimetálicas ricas em metais não-nobres para efetuar a hidrogenação seletiva de CO2 para ácido fórmico e metanol, sob condições reacionais amenas. O incremento de seletividade e atividade catalítica desses processos levará a uma mudança radical na tecnologia de funcionalização do CO2.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jairza Maria Barreto Medeiros

Ciências da Saúde

Nutrição
  • consumo de dieta hiperlipídica associado ou não a suplementação com extrato da casca de cebola (allium cepa l): uma investigação dos efeitos da programação metabólica sobre parâmetros endócrinos, inflamatórios e do comportamento alimentar
  • Pesquisas sobre a programação do desenvolvimento fetal tem demonstrado que alterações no ambiente materno podem influenciar o desenvolvimento do indivíduo e contribuir para um maior risco de desenvolver enfermidades crônicas à longo prazo. Trabalhos têm demonstrado diversas alterações em indivíduos expostos precocemente à dietas desequilibradas, dentre elas alterações endócrinas, inflamatórias e comportamentais. Em estudos anteriores do nosso laboratório foi observado que a exposição materna no período perinatal à dieta hiperlipídica promoveu nos descendentes hipercolesterolemia, obesidade visceral e esteatose hepática. Assim, o presente estudo pretende investigar os efeitos do consumo materno de dieta hiperlipídica palatável durante a gestação e lactação associado ou não a suplementação do extrato da casca da cebola no período perinatal sobre parâmetros inflamatórios, metabólicos, endócrinos, da permeabilidade intestinal e do comportamento alimentar em ratos descendentes adultos. O estudo será desenvolvido em duas fases: Na primeira serão utilizadas ratas adultas Wistar durante gestação e lactação. Após a constatação da gestação, as ratas serão divididas em dois grupos, segundo a manipulação nutricional. O grupo controle (GC) receberá dieta padrão comercial (Nuvilab® CR1). O grupo hiperlipídico (GH) receberá a dieta de hiperlipídica palatável, previamente padronizada. Durante esse período será analisado o ganho ponderal materno, o peso ao nascer e número de filhotes por ninhada. Ao final do período de lactação será verificada circunferência abdominal, índice de Lee, IMC, peso do tecido adiposo retroperitoneal, peso do tecido adiposo marrom e peso do cérebro, fígado, intestino e coração das ratas. Na segunda fase (21º a 120º dia de vida) os descendentes dos grupos controle e teste serão subdivididos: Grupo descendentes controle 1 (DC1, n=10), formado por descendentes de ratas GC e alimentados com dieta a partir do 21º dia de vida, Grupo descendentes controle 2 (DC2, n=10), descendentes de ratas GC e alimentados com dieta hiperlipídica a partir do 21º dia de vida, Grupo descendentes controle 3 (DC3, n=10), descendentes de ratas do GC e alimentados com dieta controle suplementada com 1% de pó da casca da cebola rica em quercetina, a partir do 21º dia de vida, Grupo descendente controle 4 (DC4, n=10), formado por descendentes de ratas GC e alimentados com dieta hiperlipídica suplementada com 1% de pó da casca da cebola rica em quercetina, a partir do 21º dia de vida. Da mesma forma irá ocorrer com o Grupo Hiperlipídico a seguinte subdivisão: Grupo descendente Hiperlipídico 1 (DH1, n=10), composto por descendentes de ratas GH e alimentados com dieta hiperlipídica a partir do 21º dia de vida, o Grupo descendente hiperlipídico 2 (DH2, n=10), descendentes de ratas GH e alimentados com dieta controle a partir do 21º dia de vida, o Grupo descendente hiperlipídico 3 (DH3, n=10) descendentes de ratas GH e alimentados com dieta hiperlipídica suplementada com 1% de pó da casca da cebola rica em quercetina a partir do 21º dia de vida, e o Grupo descendente hiperlipídico 4 (DH4, n=10), descendentes de ratas GH e alimentados com dieta controle suplementada com 1% de pó da casca da cebola rica em quercetina a partir do 21º dia de vida. Semanalmente, após o nascimento, serão avaliados o peso corporal, comprimento corporal, circunferência abdominal, Indice de Lee e Índice de Massa Corporal. Entre os dias 30 e 40, 110 e 120 de vida serão feitos os estudos do consumo alimentar e da sequência comportamental da saciedade. Aos 120 dias de vida, após eutanásia dos animais, serão avaliados o peso e características histológicas do tecido adiposo branco, tecido adiposo marrom, intestino, fígado e coração; parâmetros inflamatórios (PCR, TNFα e LPS); permeabilidade Intestinal (Claudina 3); níveis séricos de leptina; perfil lipídico: colesterol total, triglicerídeos, Lipoproteína de alta densidade (HDL) e Lipoproteína de baixa densidade (LDL); enzimas hepáticas: Alanina aminotransferase (ALT), Aspartato aminotransferase (AST) e Gama-glutamil transpeptidase (GGT) e a expressão de genes relacionados à inflamação e ao consumo alimentar. A partir dos resultados do presente estudo pretende-se compreender quais as consequências fisiopatológicas de uma alimentação inadequada no início da vida. Além disso, irá ajudar na compreensão da seguinte questão: Até que ponto a utilização do extrato da casca da cebola rica em quercetina no período pós desmame pode atenuar os efeitos obesogênicos e inflamatórios de uma dieta hiperlipídica em períodos críticos do desenvolvimento? O desenvolvimento deste projeto irá contribuir para estimular a formação de futuros pesquisadores através de programas de iniciação científica e de pós-graduação. Igualmente, contribuirá para a consolidação da linha de pesquisa: “Bases experimentais e Clínicas da Nutrição” do Programa de Pós Graduação em Alimentos, Nutrição e Saúde da Escola de Nutrição da UFBA.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jamal Rafique Khan

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • síntese e atividade biológica de compostos heterocíclicos (calcogeno-heterocíclicos) por processos mais sustentáveis
  • O presente projeto de pesquisa propõe o desenvolvimento de metodologias químicas mais sustentáveis (verde), econômicas e adequadas do ponto de vista ambiental que permitam a incorporação de grupamentos organocalcogênio (S, Se, Te) em compostos O- ou N-heterocíclicos biologicamente ativo. Para tanto, planeja-se utilizar catalisadores suportados em diferentes matrizes sólidas, usando para tal finalidade materiais inertes como magnetitas (Fe3O4), alumina (Al2O3), cério (CeO2), sílica (SiO2) ou vidro. A utilização de catalisadores suportados em matrizes sólidas inertes é ainda pouco explorada em síntese orgânica, especialmente no que diz respeito à preparação de compostos organocalcogênio e de moléculas com potenciais atividades biológicas e/ou farmacológicas. Em virtude das moléculas-alvo desse projeto apresentarem potencial atividades biológicas, está previsto, também, a realização de alguns estudos biológicos, tais como atividade “GPx-like”, inibição da enzima acetilcolinesterase (AChE) e outras atividades antioxidantes. Além disso, o presente projeto de pesquisa visa o desenvolvimento de uma nova linha de pesquisa em síntese orgânica na Instituto de química-UFMS, em colaboração com outros grupos de pesquisa de ponta no cenário nacional, possibilitando a formação de recursos humanos de qualidade, principalmente em nível de graduação, mestrado e doutorado. Enfocamos também promover uma interação interdisciplinar ampla de modo que pesquisadores de diversas áreas do conhecimento possam trabalhar em sincronia para alcançar metas de grande apelo social. Sendo um novo professor visitante estrangeiro no INQUI-UFMS, este projeto vai ajudar na aplicação da minha pesquisa na universidade. Ademais, pretendemos contribuir cientificamente divulgando os resultados obtidos em congressos e em periódicos especializados da área, contribuindo para o desenvolvimento da universidade e também da região.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

James Ferreira Moura Junior

Ciências Humanas

Psicologia
  • bases autoritárias do preconceito de raça e de classe e seus impactos na tomada de decisão de julgamento no ceará e no rio grande do sul
  • Para além dos critérios legalmente estabelecidos para guiar a decisão na esfera judicial, os julgadores são influenciados por vieses, mesmo que guiados por uma motivação racional. Essas influências errôneas no processo de tomada de decisão decorrem das limitações do processamento cognitivo humano, prejudicando principalmente os réus que correspondem aos estereótipos de raça, classe e gênero, que associam certos perfis à criminalidade. No Brasil, a maioria dos apenados são negros, com baixa escolaridade e renda, que acumulam desvantagens em diversos aspectos ao longo da vida, inclusive no sistema de justiça criminal, advindas da atuação discriminatória dos agentes com base nesses estereótipos. Particularmente, a situação se agrava pelo fato de não haver um guidelines ou guia de sentença, o que evoca ainda mais o processamento intuitivo por parte dos julgadores, expondo-os à vieses. Acrescenta-se a esse contexto, a natureza autoritária da sociedade brasileira, desde sua fundação permeada por preconceitos e posicionamentos excludentes, numa cultura que desde os primeiros processos de socialização, nega a influência de marcadores, como raça, gênero e classe, no acesso a direitos e no tratamento institucional. Especificamente na justiça criminal, as disparidades na penalização podem ser compreendidas a partir da influência de variáveis legais, como gravidade do crime a histórico criminal do acusado, mas também, a partir de variáveis extralegais, como idade, raça e classe. Esses efeitos ocorrem para distintos atores jurídicos que, ao entrarem em contato com esses marcadores têm suas decisões influenciadas. Dentre esses, destaca-se o julgador, pois é o responsável pela decisão final do processo, sendo o ponto em que as interações entre esses marcadores convergem. Assim, a presente pesquisa busca analisar a influência do autoritarismo nas relações entre as discriminações de raça e de classe em decisões de julgamento no Ceará e no Rio Grande do Sul. Para tanto, optou-se por realizar um estudo misto. A primeira etapa consistirá em um estudo quantitativo quase-experimental com delineamento fatorial 2 x 2 utilizando cinco cenários; um deles sem manipulação experimental (controle) e quatro deles decorrentes do delineamento fatorial 2 (negro pobre e branco classe média) x 2 (vítima e agressor). Os participantes responderão às escalas de racismo moderno, de preconceito de classe, de autoritarismo de Adorno, de autoritarismo de direita, de dominância social; e tomarão a decisão de sentença a partir de cenários de julgamento simulado. Espera-se nessa etapa contar com a participação de, aproximadamente, 900 sujeitos da população geral, sendo 450 do Ceará e 450 do Rio Grande do Sul, e 400 estudantes do curso de Graduação em Direito, sendo 200 participantes cearenses e 200 participantes gaúchos. Os dados serão coletados por meio de um questionário online, respeitando os procedimentos éticos de pesquisa com humanos. Na segunda etapa, será realizado um estudo qualitativo por meio de estudo de caso coletivo com entrevistas narrativas. Nessa etapa, serão selecionados 24 estudantes de direito que tenham participado do estudo 1, igualmente distribuídos entre homens e mulheres, para a realização de entrevistas guiadas por questionário semiestruturado referente a questões sócio raciais e de justiça na sociedade brasileira. As análises de estatísticas descritivas e ANOVA serão efetuadas por meio do software SPSS (versão 20) e uma modelagem por equação estrutural, pelo software AMOS (versão 20). Também será realizada uma análise de conteúdo do conteúdo das entrevistas na etapa qualitativa, utilizando o software de análises de dados qualitativos Atlas.ti. Dessa forma, espera-se conhecer a influência de vieses preconceituosos de julgamento e contribuir para o desenvolvimento da teoria de julgamento, bem como fornecer elementos para a prática dos operadores de Direito e da população em geral, subsidiando a argumentação em favor de modelos alternativos de justiça penal e de intervenções junto ao judiciário.
  • Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

James Ribeiro de Azevedo

Ciências Agrárias

Agronomia
  • núcleo de estudos em agroecologia do baixo parnaíba-ma
  • É necessário construir conhecimento e divulgar tecnologias que promovam o desenvolvimento rural sustentável do nordeste maranhense. Por isso, esse projeto tem como objetivo compartilhar informações tecnológicas sobre Agroecologia e produção orgânica entre professores e estudantes de ciências agrárias, técnicos de extensão rural e agricultores familiares do território Baixo Parnaíba-MA com base na integração entre ensino, pesquisa e extensão. As suas ações serão orientadas pela denominada Extensão Agroecológica abrangendo aspectos como: enfoque sistêmico, estudo da realidade local, respeito à diversidade cultural, valorização do saber do agricultor familiar, a segurança alimentar e o uso sustentável dos recursos locais (CAPORAL, COSTABEBER, 2004) e também pela troca de saber científico e empírico, através da comunicação dialógica (FREIRE, 1983). Essas ações serão realizadas para promover mudança gradual nos sistemas de produção, procurando-se fazer uma transição agroecológica para sistemas de produção sustentáveis (GLEISSMAN, 1997). Serão realizadas atividades tais como: cursos, implantação de unidades de referência em produção com base na Agroecologia ou produção orgânica, dias de campo, visitas técnicas, publicações sobre Agroecologia ou produção orgânica e feiras agroecológicas. Espera-se como resultado que Agricultores familiares estejam produzindo produtos orgânicos com base na Agroecologia ou em fase de transição agroecológica e a população dos municípios envolvidos estejam consumindo conscientemente produtos orgânicos ou com base na Agroecologia.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 01/08/2017-31/10/2022
Foto de perfil

Jamile Zeni

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • síntese de biocompostos por micro-organismos imobilizados em poliuretano
  • A bioconversão a partir de processos fermentativos vem sendo empregada industrialmente para obtenção de uma grande diversidade de produtos de alto valor agregado. O desenvolvimento de técnicas de imobilização celular tem propiciado o aumento da produtividade destes processos, assim, o uso de células imobilizadas para a produção de biocompostos, como enzimas e goma xantana, vêm sendo avaliados. O emprego de micro-organismos imobilizados em relação ao uso de células livres apresentam vantagens, tais como a facilidade da extração dos metabólitos de interesse do meio de cultivo, a utilização de altas concentrações celulares e proteção das células, contra substâncias tóxicas, facilidade no controle do processo fermentativo, redução do custo operacional e possibilidade de processos contínuos. A imobilização das células microbianas consiste na interação física ou química entre estas e um suporte, natural ou sintético. Os métodos mais utilizados para imobilização celular são de engaiolamento em géis, contenção entre membranas e adsorção. A metodologia de adsorção vem sendo empregada com sucesso em processos de imobilização de células microbianas, como fungos e bactérias. Destacando-se principalmente o uso de espumas de poliuretano, as quais apresentam porosidade e leveza adequadas para o crescimento destes micro-organismos. Assim, considerando a crescente importância do emprego de células imobilizadas nos processos fermentativos o presente projeto tem como objetivo imobilizar os micro-organismos Xanthomonas campestris e Penicillium brasilianum em poliuretano na forma in situ e por contato para a produção de goma xantana e de pectinases, respectivamente. O processo de imobilização in situ consiste na mistura de poliol e isocianato mais as células do micro-organismo, ocorrendo a incorporação das células no suporte durante a formação da espuma. Já na imobilização por contato, o micro-organismo ao crescer vai se impregnando na espuma de poliuretano. A imobilização, bem como a estabilidade do imobilizado em relação ao armazenamento e a capacidade de reciclos reacionais serão avaliadas pela quantidade de biocompostos produzidos e pelo desprendimento de células da matriz.
  • Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jamille Gregório Dombrowski

Ciências Biológicas

Biologia Geral
  • consequências da malária gestacional: estudo de fatores imunológicos, angiogênicos e de biomarcadores para malária placentária
  • A malária na gravidez caracteriza-se como a presença de Plasmodium spp. no sangue periférico ou na placenta, sendo uma das principais causas de mortalidade nas regiões tropicais, causando anemia materna, retardo do crescimento intrauterino, parto prematuro e baixo peso ao nascer. Plasmodium vivax é a espécie dominante de malária fora do continente africano, sendo responsável por cerca de 40% dos casos de malária no mundo. No Brasil, a espécie de maior prevalência também é o P. vivax, e apesar da importante redução dos casos por P. falciparum registrada em todo o país, o estado do Acre contribuiu com o maior número de casos por esta espécie, aproximadamente 42% do total notificado. A despeito da alta prevalência e a possível associação com importantes complicações durante a gravidez, os efeitos que processo inflamatório sistêmico e local, juntamente com o desbalanço angiogênico induzidos pela infecção durante a gestação ainda não estão totalmente compreendidos. Este projeto tem como objetivo identificar o impacto das múltiplas infeções por P. vivax e P. falciparum durante a gravidez estudando a patogênese envolvida (fatores imunológicos e angiogênicos) e suas consequências para o recém-nascido em gestantes da Região do Vale do Juruá (Acre). O conhecimento dos mecanismos envolvidos na patogênese da infecção durante a gestação e a identificação de possíveis biomarcadores para malária placentária trará uma importante contribuição para o entendimento da malária gestacional, além de possibilitar o desenvolvimento de conhecimentos que podem promover avanços para um diagnóstico oportuno e tratamento precoce, resultando em um prognóstico positivo, tanto para a mãe quanto para a criança.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jamilly Ribeiro Lopes

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • iv jornada científica do oeste baiano - a transversalidade da ciência, tecnologia e inovação no enfrentamento da covid-19: construindo caminhos pós-pandemia
  • Descoberto na China, no final de 2019, o novo Coronavírus (COVID-19) se alastrou pelo mundo rapidamente, sendo considerado como pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 11 de março de 2020. A pandemia tem provocado alterações drásticas nas relações sociais e de trabalho mundialmente. Os setores público e privado, em todos os países do mundo, têm destinado muito dinheiro em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) devido a pandemia. É de consenso que todo o investimento realizado para as adaptações ao novo cenário não será completamente descartado e a reflexão sobre quais as transformações na sociedade que se tornarão permanentes é de grande importância na atualidade. Além disso, no âmbito educacional, as relações de ensino-aprendizagem precisaram se adaptar ao novo contexto, exigindo a atualização de profissionais da educação para adequação de suas metodologias ao ensino remoto, bem como o aprendizado de novas ferramentas e tecnologias associadas a ele. O tema “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovação no enfrentamento da Covid-19: Construindo caminhos pós-pandemia”, configura-se como elemento inerente à proposta do evento, uma vez que este visa a divulgação científica, em comunidades da região, a partir de várias atividades, tais como: oficinas, palestras, exposição de experimentos científicos, debates e mesa redonda. Se tratando de uma abordagem transversal entre áreas de conhecimento, que se vale de diferentes ferramentas pedagógicas e de comunicação, assim como da valorização de alteridades e experiências dos sujeitos envolvidos, têm contribuído para o êxito no ensino remoto, se apresentando, ainda, como ferramentas importantes para a democratização do acesso à produção científica brasileira e popularização de CT&I juntos aos alunos e professores da educação básica. Já que as universidades são geradoras e difusoras de conhecimento e estão diretamente relacionadas aos debates tornando-se assim importantes centros de geração de massa crítica no intuito de nortear as mudanças que estão ocorrendo.
  • Universidade Federal do Oeste da Bahia - BA - Brasil
  • 09/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Jamir Afonso do Prado Júnior

Ciências Biológicas

Ecologia
  • serviços ecossistêmicos da vegetação arbórea de cerrado às margem de rodovias: uma importante lacuna para a conservação da biodiversidade
  • Embora as rodovias tenham um papel fundamental no desenvolvimento socioeconômico de um país, estudos apontam que elas estão associadas a graves problemas ambientais como fragmentação de habitas, atropelamento da fauna e acúmulo de resíduos sólidos. Ao longo das rodovias são reservadas faixas marginais de 15 m (faixas não edificáveis ou de servidão), que usualmente são cobertas por vegetação nativa. Embora essas faixas marginais sejam consideradas Áreas de Preservação Permanente segundo a legislação, pouco se conhece sobre seus reais serviços ecossistêmicos e capacidade de servir como refúgios de biodiversidade. Considerando-se a extensão da malha rodoviária que corta o domínio do Cerrado (superior a 100.000 km) e sua faixa marginal de 15 m de cada lado, chegamos a uma extensão de 300.000 ha. Essa área representa quase seis vezes toda a área protegida em unidades de conservação do Cerrado. Neste projeto, será quantificada a biodiversidade arbórea de cerrado sentido restrito (aspectos estruturais, florísticos e funcionais) abrigada às margens de rodovias, e os seus potenciais serviços ecossistêmicos (estoques de biomassa e carbono e oferta de recurso para a fauna). Serão amostradas 25 áreas (0,5 ha cada) em um total de 250 parcelas de 50 x 10 m (totalizando 12,5 ha) de vegetação arbórea (diâmetro a altura do solo ≥ 5 cm) de cerrado sentido restrito. Serão coletados e compilados onze traços funcionais (vegetativos e reprodutivos) que apresentam importantes relações com as funções ecossistêmicas e com as respostas às condições ambientais. Análises de diversidade, dominância, redundância e resposta funcional serão utilizadas para avaliar a resiliência dessas áreas. Análises de sensoriamento remoto permitirão avaliar como diferentes condições ambientais (pluviosidade, temperatura, solo, frequência de fogo e matriz de entorno) alteram os padrões de estrutura e diversidade florística e funcional dessas áreas. Os resultados obtidos serão comparados com estudos em outras áreas de cerrado sentido restrito. Considerando-se que a maioria das áreas de cerrado está altamente fragmentada, este estudo pode ajudar na compreensão de como o cerrado responderá às atuais mudanças climáticas e impactos antrópicos. Conhecer as espécies dominantes e suas características funcionais nesses ambientes altamente estressantes ajudará na formulação de listas de espécies mais efetivas para recuperação de áreas, já que os modelos focados em espécies pioneiras e tardias são ineficazes para o Cerrado. Por fim, a compreensão da real importância da vegetação às margens de rodovias para a biodiversidade como um todo e de seu potencial de resiliência frente a mudanças ambientais, permitirão o estabelecimento de políticas públicas efetivas que garantam a sua conservação.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jamylle Nunes de Souza Ferro

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • avaliação do efeito antitumoral do triterpeno pentacíclico friedelina em modelo murino de tumor de ehrlich
  • O câncer afeta um número cada vez maior de pessoas em todo o mundo, e no Brasil, com exceção do câncer de pele do tipo não melanoma, o câncer de mama é o tipo mais frequente em mulheres, apresentando elevados índices de mortalidade. Apesar dos avanços, os tratamentos disponíveis para a terapia do câncer ainda são insatisfatórios, e dentre os quimioterápicos, cerca de 60% das substâncias usadas no tratamento de neoplasias são obtidas e/ou modificadas a partir de produtos naturais, reforçando a importância destes recursos no desenvolvimento de fármacos para o tratamento dessas desordens. Com isso, compostos terpênicos obtidos de plantas medicinais, como o triterpeno pentacíclico friedelina, apresentam importantes efeitos biológicos descritos na literatura, como antiulcerigênicos, antimicrobianos, antifúngicos, anti-inflamatórios e antiproliferativos. Além disso, estudos recentes indicam uma atividade citotóxica da friedelina frente a uma linhagem de células de câncer de mama humano (MCF-7). Entretanto, o efeito deste triterpeno sobre o desenvolvimento de tumores in vivo ainda não foi avaliado. Desta forma, o objetivo do presente projeto consiste em avaliar o potencial antitumoral do triterpeno pentacíclico friedelina em um modelo murino de câncer. Uma vez alcançados os objetivos propostos, espera-se obter dados relevantes acerca dos efeitos antitumorais da friedelina, especificamente elucidar os efeitos deste triterpeno sobre a proliferação e a apoptose de células tumorais, bem como seu efeito antiangiogênico. Com isso, espera-se poder avançar nos conhecimentos sobre os efeitos farmacológicos da friedelina e propiciar bases para o desenvolvimento de um medicamento que seja mais eficaz e menos tóxico para os pacientes com câncer, tendo um impacto positivo diretamente sobre a saúde pública. Além disso, o projeto ora apresentado se insere fortemente nos objetivos de incremento da produção científica e em outros requisitos deste edital, onde espera-se garantir a formação de recursos humanos de elevado nível científico com know-how nesta área do conhecimento para atividades acadêmico-científicas aplicadas à saúde.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Janaina da Silva Crespo

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento de filmes finos biocompátiveis de pah/paa contendo nanopartículas de óxido de zinco obtidas por método convencional e verde
  • Materiais sintéticos biocompatíveis vêm sendo muito estudados e utilizados na área biomédica para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Dentre esses, filmes finos poliméricos se tornam atrativos por apresentarem características químicas versáteis, propriedades mecânicas similares aos tecidos humanos e biocompatibilidade. Atualmente, diversos estudos apresentam o desenvolvimento de filmes finos poliméricos contendo nanopartículas metálicas para aperfeiçoar ou alcançar determinadas propriedades. Nanocompósitos de polímero-metal podem ser utilizados na área médica como dispositivos condutores, sensores, entre outros, e contemplam poder bactericida de metais tais como prata e ouro. Estudos reportam também, a característica de biocompatibilidade de nanopartículas de óxido de zinco (ZnO). De acordo com os estudos, o óxido de zinco possui baixa toxicidade e biodegradabilidade. Dessa forma, este projeto visa desenvolver um filme fino polimérico contendo nanopartículas de zinco para potencial aplicação na área biomédica, considerando que determinados materiais poliméricos são biocompatíveis e que o óxido de zinco possui baixa toxicidade e ação bactericida. Além disso, é proposta a obtenção dessas nanopartículas por síntese verde utilizando-se extrato de erva mate como agente complexante.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Janaina de Moura Engracia Giraldi

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • comunicação da marca-país do brasil em anúncios promocionais de turismo por meio do ferramental da neurociência
  • A grande facilidade de acesso à informação no mundo atual tem contribuído para a formação da imagem de destino dos países. A imagem de destino de um país são representações mentais compostas por elementos cognitivos e afetivos que o turista tem sobre determinado destino e que pode ter influência na intenção de comportamento futuro em relação a ele. Para aprimorar a imagem de destino de um país, muitas vezes são desenvolvidas uma marca-país para destinos, que visam comunicar a identidade do país como um destino turístico e diferenciá-los dos demais. A comunicação de uma marca-país pode ser feita por meio de anúncios promocionais de destinos, que devem ser formados por elementos cognitivos de comunicação primária e sinais semióticos. Para um anúncio ser eficaz, é importante que o seu conteúdo e os seus sinais semióticos consigam chamar a atenção, transmitir conhecimento e afeto. Neste contexto, esta pesquisa busca compreender quais elementos da comunicação de marca-país primária e secundária em anúncios promocionais de turismo com conteúdo de experiência real, tem maior contribuição para a formação de uma imagem de destino eficaz para o Brasil. A coleta de dados será realizada por meio da aplicação de questionários e do uso de equipamentos de Eye Tracking e de Resposta Galvânica da Pele com estudantes de uma universidade estrangeira. É esperado que o presente estudo traga contribuições teóricas ao eliminar as lacunas referentes à atenção visual em anúncios promocionais de turismo com conteúdo de experiência real e contribuições práticas para as agências de marketing governamentais que visem desenvolver e tais anúncios.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Janaína Gonçalves de Oliveira

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • desenvolvimento e implementação de uma microrrede híbrida (ca/cc) no campus da faculdade de engenharia - ufjf
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Janaina Macke

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • inovação social e sustentabilidade no desenvolvimento territorial: um estudo de cidades brasileiras
  • Este projeto tem por objetivo desenvolver um modelo conceitual (framework) para analisar o papel da inovação social no processo de desenvolvimento territorial sustentável de comunidades e cidades. Espera-se que este modelo conceitual possa servir de instrumento de avaliação e diagnóstico de cidades, com vistas ao desenvolvimento territorial sustentável. A ideia da presente proposta teve início com uma parceria junto à Unidade Mista de Pesquisa PACTE (Politiques publiques, Action politique, Territoires), Grenoble, França. Além do objetivo principal, o projeto também prevê a definição de temas de pesquisa de interesse comum entre o PACTE e o grupo de pesquisa Teoria Social nas Organizações (TSO), visando ao desenvolvimento de pesquisas conjuntas e à mobilidade de pesquisadores e estudantes dos programas de pós-graduação envolvidos. Os resultados desse esforço cooperativo com o PACTE e com as demais instituições participantes poderão ser aplicados também em diferentes contextos brasileiros, com foco no desenvolvimento territorial.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Janaína Martins Cordeiro

Ciências Humanas

História
  • violência, história e contemporaneidade: pensar o século xx
  • A violência política sempre esteve presente na história da humanidade. No entanto, foi especialmente durante o século XX que se tornou mais evidente a presença da violência nos conflitos pelo poder, fruto da alta capacidade destrutiva propiciada pelos avanços da tecnologia. As duas guerras mundiais (1914-1918 e 1939-1945), assim como o Holocausto, converteram-se nos emblemas do caráter violento do século. Se o foco das reflexões sobre a violência política desenvolvida na primeira metade do século esteve, geralmente, centrado nos projetos políticos que levaram ao deflagrar das duas guerras mundiais, assim como no desenrolar destas, o interesse dos investigadores centrou-se, no que respeita à segunda metade do século, na violência levada à cabo pelos próprios Estados bem como nos conflitos caracterizados pela presença de organizações e grupos armados que enfrentaram o seu poder. Passada mais de uma década desde a mudança de século, este projeto propõe ampliar a visão sobre as diversas formas de violência política que caracterizou o século XX.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Janaina Miranda Bezerra

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • avaliação do emprego do teste rápido treponêmico na triagem reversa da sífilis em comparação ao teste vdrl em hospital de referência do sul do maranhão – nordeste
  • A sífilis é uma doença infecciosa crônica, causada pelo Treponema pallidum, considerado um importante agravo da saúde pública no Brasil e com altos índices de detecção no Maranhão. Dentre as doenças que podem ser transmitidas durante o ciclo gravídico-puerperal, a sífilis é a que apresenta uma das maiores taxas de transmissão, podendo ocorrer em qualquer fase da gestação e em qualquer estágio, no entanto quanto mais recente for a infecção materna, maior é o risco de comprometimento fetal. A sífilis na gestação ainda é observada em uma parcela significativa de mulheres, o que favorece diretamente a ocorrência de sífilis congênita (SC). Em 2016, a taxa nacional de detecção de SG/mil nascidos vivos, foi de 12,4 casos. No Estado do Maranhão esses indicadores chegaram a 6,4/mil nascidos vivos. O diagnóstico é baseado na realizacão de testes imunológicos não treponêmicos, como o Venereal Diseases Research Laboratory (VDRL), e testes treponêmicos, como o Teste Rápido (TR). A utilização dos testes rápidos, para o diagnóstico de infecção pelo HIV e da sífilis na gestação, tem se mostrado uma estratégia eficaz na implementação de novas medidas de abordagem para o diagnóstico rápido e eficaz dessas infecções durante a assistência ao pré-natal e ao parto. O teste rápido para HIV faz parte da rotina nas maternidades brasileiras, apesar de nem sempre estar disponível, já o teste rápido para sífilis ainda precisa ser implementado a nível nacional, principalmente no que tange as áreas com baixa adesão ao pré-natal e poucos recursos diagnósticos. O projeto visa analisar a concordância do teste rápido treponêmico com o teste VDRL e com o fluxograma de testes utilizados na rotina laboratorial para diagnóstico de sífilis em maternidade de referência. Além de avaliar a frequência do cumprimento das recomendações do protocolo ministerial preconizado para o diagnóstico da sífilis durante o pré-natal e parto. Serão selecionadas amostras de soros de gestantes e parturientes que realizarem teste rápido para Sífilis na triagem e apresentarem-se reagente e as mesmas serão encaminhadas para realização de VDRL e se reagente ou discordante, realização de confirmatório FTA-ABS, seguindo algoritmo proposto. Será realizado análise descritiva, incluindo distribuição de frequência para variáveis qualitativas e cálculo de média e desvio-padrão para variáveis quantitativas. As taxas de prevalência da infecção por T. pallidum serão estimadas pela presença de teste confirmatório positivo e serão fornecidas pelo diagnóstico em questão, sendo calculados os correspondentes intervalos de confiança a 95%. As possíveis associações entre as infecções e comportamentos de risco ou variáveis demográficas e clínicas serão realizadas por meio de testes de qui-quadrado com correção de Yates ou de Fischer quando apropriado. O teste kappa será utilizado para avaliação da concordância entre os resultados entre os testes. Além disso, serão mostrados os dados sócio-demográficos das gestantes e parturientes envolvidas no estudo.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Janaina Tauil Bernardo

Ciências Agrárias

Agronomia
  • agroecologia para guardiões de sementes crioulas da região centro sul do rio grande do sul
  • TÍTULO: AGROECOLOGIA PARA GUARDIÕES DE SEMENTES CRIOULAS DA REGIÃO CENTRO SUL DO RIO GRANDE DO SUL A agrobiodiversidade é um dos pilares da sustentabilidade ambiental, social e econômica da agricultura familiar. Os pacotes tecnológicos do agronegócio oferecem um sistema produtivo de alto custo que empobrece a agricultura familiar e promove a degradação ambiental. As sementes crioulas constituem uma tecnologia produtiva adequada à produção familiar, pois são mais adaptadas às condições ambientais locais, incluindo boa produtividade e tolerância aos fatores bióticos e abióticos adversos. Por isso essa ação-pesquisa objetiva criar um Núcleo de Estudos em Agroecologia e Sementes Crioulas (NEA) para promover a interação dos saberes tradicional e acadêmico e conscientizar sobre a importância de preservação da agrobiodiversidade. As atividades do projeto incluirão encontros técnicos com guardiões de sementes, seminários de formação em agroecologia, organização de feiras de troca e vivência com agricultores familiares. Ademais, serão desenvolvidas pesquisas de identificação e caracterização de variedades crioulas, e análises de qualidade do germoplasma do banco comunitário de sementes crioulas da UERGS. As atividades de formação beneficiarão também professores e acadêmicos do curso de agronomia, professores e alunos de escola técnica, técnicos da EMATER e agricultores (as) familiares. Os conhecimentos construídos no decorrer do projeto serão sistematizados para a publicação de artigos, resumos de congresso e materiais didático – pedagógicos, como cartilhas e fichas agroecológicas, assim como materiais para promover e divulgar a ação. Pretendem-se ainda filmar os encontros técnicos e produzir um documentário para publicação nas redes sociais. As trocas do banco regram-se por sistema dinâmico em que as sementes do banco doadas passam a serem armazenadas com guardiões que iniciaram a multiplicação das sementes, comprometendo-se a devolver o dobro da quantidade adquirida no banco após a colheita. Conclui-se que a ação trará resultados positivos para os municípios onde se insere, pois além de resgatar os saberes tradicionais será possível motivar os atores a terem um olhar diferenciado sobre seu papel da sociedade em busca da sustentabilidade. Palavras-chave: sementes crioulas, agroecologia, NEA
  • Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/08/2017-31/10/2022
Foto de perfil

Janayna Maria da Rocha Carvalho

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • reflexividade e mudança de parãmetros no português brasileiro
  • O português brasileiro (PB) passa por uma reestruturação do seu quadro de pronomes reflexivos. Neste projeto, estudaremos a variação sincrônica no uso de reflexivos nessa língua com vistas a entender, de modo amplo, os mecanismos de reflexividade nessa e outras línguas, além de questões ligadas à mudança linguística. Os dialetos do PB exemplificam variações em relação ao uso da anáfora se em relação aos seguintes fenômenos: (i) concordância em pessoa e número com a anáfora se; (ii) possibilidade de uso de verbos naturalmente reflexivos sem uma anáfora abertamente realizada, como em vestir-(se) e (iii) ocorrência de SE vs. pronomes com verbos de percepção. Todas essas mudanças acompanham outras mudanças já bastante descritas no PB, como enfraquecimento da concordância verbal, reestruturação do quadro dos pronomes pessoais, entre outras. Como as variações em sentenças reflexivas aqui descritas foram também documentadas na passagem do inglês antigo para o inglês médio, por exemplo, quando essa língua mudava sua marcação de parâmetro de pro-drop para não pro-drop, propomos que as mudanças em sentenças reflexivas devem ser integradas ao estudo de mudança paramétrica do PB com vistas a determinar a marcação paramétrica atual dessa língua. Em suma, um melhor entendimento das sentenças reflexivas do PB pode exemplificar os mecanismos pelos quais o PB e as línguas mudam de uma forma geral.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Jandir Ferrera de Lima

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • dialogos regionais: o desenvolvimento regional na perspectiva dos atores regionais
  • Esta pesquisa analisará a percepção e a evolução do desenvolvimento regional nas Mesorregiões diferenciadas brasileiras. As Mesorregiões Diferenciadas são espaços sub-nacionais, contíguas entre dois ou mais Estados, cujos perfis sociais, econômicos e históricos apresentam similaridades e por vezes interagem entre si. No caso dessas regiões, estudos do Ministério da Integração Nacional apontavam um nível de desenvolvimento socioeconômico abaixo da média estadual ou nacional, o que demonstrava um perfil de baixo dinamismo econômico ou estagnação. Essa pesquisa utilizará dados do Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal para traçar o perfil do desenvolvimento regional. Na sequência, essas informações serão debatidas com os dirigentes e lideranças que compõem o Fórum das Mesorregiões Diferenciadas, organismo de representação dessas regiões junto ao Ministério da Integração Nacional. Com os resultados, será possível captar a percepção do desenvolvimento regional nas lideranças das Mesorregiões Diferenciadas e avaliar a trajetória de desenvolvimento desses espaços.
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022