Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Saulo Alves Santos de Oliveira

Ciências Agrárias

Agronomia
  • bases científicas e tecnológicas para o manejo integrado das podridões radiculares da mandioca
  • A mandioca (Manihot esculenta Crantz) é uma espécie que possui destacada importância econômica e social na África, Ásia e América Latina. Contudo, várias doenças podem afetar sua produtividade, dentre elas as podridões radiculares, causada por um complexo de patógenos habitantes do solo, destacando-se os fungos Phytophthora spp., Botryosphaeria spp. e Fusarium spp. As perdas podem chegar a 100%, dependendo da intensidade da infestação. Em função da etiologia das podridões radiculares, o controle químico é ineficiente e muitas vezes podem gerar danos ambientais. Em vista disso é necessário estudar técnicas de controle e manejo para diminuir a incidência e severidade dessas doenças, contribuindo para o incremento da produção nas principais regiões produtoras da cultura. Atualmente, a abordagem mais econômica e confiável para manejo das podridões radiculares da mandioca se baseia no plantio de variedades resistentes. Avanços nas áreas de fisiologia vegetal, bioquímica e genômica vêm contribuindo para o entendimento do comportamento das plantas na interação planta-patógeno e as respostas dos mecanismos de defesa. Estudos sobre a interação Manihot esculenta vs fungos causadores da podridão radicular são incipientes no Brasil, sendo assim, este projeto tem como objetivo principal desenvolver estratégias eco-eficientes de controle patógenos radiculares por meio da identificação de fontes de resistência e da caracterização dos determinantes genéticos envolvidos nas relações entre patógenos x M. esculenta. Apesar do grande importância da resistência genética no manejo das podridões radiculares, existe a necessidade de desenvolvimento de técnicas complementares que também visem o manejo destas doenças, com intuito de garantir a estabilidade da resistência genética, evitando a sua suplantação, ou mesmo favorecendo o manejo para aquelas regiões onde variedades resistentes e adaptadas ainda não estão disponíveis. Neste sentido, a indução de supressividade de solos, por meio de diferentes estratégias como a sucessão de cultivos, uso de coberturas vegetais e adubos verdes e diferentes fontes de nutrientes é fundamental na estratégia de proteção de plantas. Deste moto, os resultados deste projeto visam contribuir para o conhecimento básico sobre o complexo de patógenos causadores das podridões radicular da mandioca, bem como identificar fontes de resistência genética e os principais genes envolvidos na reação de resistência e subsidias estratégias de manejo da podridão radicular da mandiocultura baseadas em manejo cultural.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Saulo Carneiro de Souza Silva

Ciências Exatas e da Terra

Astronomia
  • modelos cosmológicos com interação no setor escuro: fundamentos teóricos e testes observacionais
  • Daremos continuidade às pesquisas teóricas e observacionais sobre modelos cosmológicos com interação que vêm sendo desenvolvidas por nosso grupo há mais de uma década. Em particular, testaremos os modelos em estudo com recentes e futuras observações de distribuição de galáxias, como as dos projetos DES e J-PAS (do qual participamos), combinando-as com testes anteriores de supernovas, LSS e CMB. Daremos também prosseguimento ao estudo teórico dos fundamentos desses modelos, em particular à sua descrição em termos de campos escalares unificados e gás de Chaplygin generalizado.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Saulo da Luz e Silva

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • efeito do sistema de terminação, taxa de crescimento e critério de abate sobre o metabolismo pós-morte e qualidade de carne de bovinos angus x nelore.
  • Este trabalho será desenvolvido para avaliar o efeito do sistema de terminação, da taxa de crescimento e critério de abate sobre o metabolismo pós-morte, perfil morfométrico muscular e características de qualidade da carne de bovinos Angus x Nelore. O experimento será realizado utilizando delineamento em blocos casualizados (peso vivo inicial) em um arranjo fatorial 2 x 2 x 2, sendo, dois sistemas de terminação (pasto e confinamento), duas taxas de ganho de peso (alta e baixa) e dois critérios de abate (peso de abate e tempo de alimentação). Serão utilizados 50 machos castrados ½ Angus x ½ Nelore, com peso médio inicial de 350±30 kg e 14 meses de idade. No início do experimento, dois animais serão separados aleatoriamente para serem abatidos, como animais referência, como forma de comparar caraterísticas de carcaça, características da fibra muscular e qualidade da carne dos animais após o período de engorda. Dos 48 animais restantes, 24 animais serão alojados em confinamento experimental e 24 animais serão alocados em piquetes de capim Brachiaria brizantha cv. Marandu. Em cada sistema de terminação (confinamento e pasto) será definida duas taxas de ganho de peso distintas, ou seja, confinamento com elevada taxa de ganho de peso (12 animais), confinamento com baixa taxa de ganho de peso (12 animais), pasto com elevada taxa de ganho de peso (12 animais) e pasto com baixa taxa de ganho de peso diária (12 animais). Além disso, dos 12 animais de cada sistema de produção citado anteriormente, 6 animais serão abatidos ao atingir 520 kg de peso vivo e 6 animais serão abatidos após 140 dias de alimentação. Durante o período experimental serão avaliados o desempenho animal, o perfil sanguíneo e as características de carcaça por ultrassonografia. Após o abate, será avaliado o perfil metabolômico e o perfil morfométrico de dois músculos (Longissimus e Semitendinosus) durante o post-mortem. Também, serão avaliadas as características de qualidade da carne como a cor, a perda por cocção e a força de cisalhamento em diferentes tempos de maturação. Além disso, será avaliado o comprimento de sarcômero, a concentração de lipídio intramuscular total, a vida útil de prateleira, a oxidação lipídica e o perfil de ácidos graxos. Adicionalmente serão realizadas análises de aceitação da carne pelo consumidor por meio de análise sensorial.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022