Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adriana Vidal de Oliveira

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • rotas de cuidado, mapas de direitos: mapeamento dos deslocamentos de trabalhos reprodutivos para uma cidade menos desigual
  • A ausência de dados sobre os deslocamentos feitos na cidade para as funções de cuidado é um grande entrave para a concretização de direitos no espaço urbano. Esta ausência de dados se relaciona diretamente com a invizibilização de trabalhos domésticos realizados por mulheres, principais cuidadoras dos grupos familiares e/ou grupo mais representativo entre os trabalhos domésticos remunerados. Sendo a organização dos transportes e dos serviços urbanos gerida baseada em dados que não consideram estes deslocamentos, as políticas urbanas têm difícil chance de real efetividade para cidades menos desiguais e mais acessíveis à toda população. Possibilitando o mapeamento destes deslocamentos via de regra ignorados, pode-se contribuir para a alocação de serviços de maneira a atender os fluxos reais da cidade, garantindo o acesso a direitos que deles dependem, como educação, saúde, lazer, além de uma melhor gestão de transportes. A gestão de transportes e serviços tem sido uma das principais questões de projetos urbanos ao redor do globo para aumento da qualidade de vida e, sobretudo após as crises geradas pela pandemia de Covid-19, criação de cidades com menos dependência de grandes deslocamentos (compactas), como o atual projeto da cidade de quinze minutos em Paris. Mas, para tanto, é necessária a produção de dados reais sobre os deslocamentos de cuidado. A presente proposta pretende, pois, criar mecanismos para suprir esta lacuna a partir da combinação de pesquisas qualitativas e ferramentas tecnológicas. Concretamente, será criado um aplicativo para mapeamento dos deslocamentos diários de um grupo amostral significativo de mulheres, articulado a pesquisas qualitativas sobre o tema, para gerar dados sobre os deslocamentos de cuidado e, com isso, contribuir com o planejamento urbano e efetivação de direitos na cidade.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 23/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Adriane Belló Klein

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • mecanismos fisiopatológicos envolvidos na caquexia cardíaca induzida por hipertensão arterial pulmonar: avaliação do papel protetor da melatonina
  • O projeto propõe avaliar o papel da melatonina na prevenção da caquexia muscular induzida pela hipertensão arterial pulmonar (HAP). Sabe-se que a insuficiência cardíaca provocada pela HAP desencadeia um aumento na atividade de vias catabólicas e caquexia. A ação benéfica da melatonina já foi constatada nas complicações da HAP; porém, não existem estudos que explorem seu impacto sobre a caquexia decorrente da HAP. Portanto, hipotetizamos que a melatonina reduz a caquexia induzida pela HAP, devido à sua ação antioxidante, anti-inflamatória e estimulatória das vias de sobrevivência celular. Este tema é bastante relevante, pois pacientes com caquexia associada a doenças cardiovasculares apresentam pior prognóstico e maior mortalidade, e não há estratégias terapêuticas para prevenir essa condição. A proposta é induzir a caquexia por monocrotalina em camundongos e ratos e acompanhar a função cardíaca e o estado de caquexia. A melatonina será fornecida como terapia durante 8 e 4 semanas em camundongos e ratos, respectivamente. Serão avaliados a força de contração muscular e indicadores de caquexia. Além disso, o papel do estresse oxidativo, do sistema imunitário e inflamatório, do estresse de retículo endoplasmático e as vias de morte e sobrevivência celular também serão foco do estudo. Dos seis pesquisadores proponentes, 3 são bolsistas de produtividade em pesquisa do CNPq e possuem diversos artigos em colaboração na área do estresse oxidativo, inflamação e sistema cardiovascular. A UFRGS será a instituição executora e a UFPel e Hospital de Clínicas de POA serão colaboradoras. O projeto propõe uma nova estratégia para o tratamento da caquexia, portanto, além da perspectiva translacional do projeto, cujos resultados podem contribuir para o tratamento de uma doença com alta mortalidade, este estudo irá acrescentar conhecimentos importantes para a compreensão de mecanismos moleculares envolvidos com a ação da melatonina no músculo caquético que ainda não foram explorados.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025