Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Anaelli Aparecida Nogueira Campos

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • modulação das representações motoras por objetos emocionais
  • A percepção de pistas emocionais no ambiente pode ser crítica para a sobrevivência. Permanentemente, em qualquer tipo de interação que realizamos no dia-a-dia, com o meio ambiente ou com outros indivíduos de nossa espécie, avaliamos de forma implícita se algo pode ser repulsivo ou atrativo, doloroso ou interessante, desagradável ou agradável. A maior parte dessas interações depende ainda da capacidade dos indivíduos perceberem as propriedades do alvo com o qual interage. O presente projeto tem como objetivo entender se o affordance gerado pela observação de objetos, com propriedades motora e emocional distintas, modula as representações motoras. Para isso, pulsos de Estimulação Magnética Transcraniana (EMT) serão aplicados no córtex motor primário dos voluntários, enquanto os mesmos observam fotografias de objetos diferentes com base em suas propriedades motora (preensão fina e grosseira) e emocional (agradável e desagradável). Potenciais evocados motores (PEMs) serão registrados em dois músculos da mão dos voluntários: músculo primeiro interósseo dorsal e o músculo abdutor do dedo mínimo. Espera-se, ao final deste estudo, compreender de maneira mais ampla como a interação com objetos emocionais pode modular as representações motoras.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Anamaria Mello Miranda Paniago

Ciências da Saúde

Medicina
  • prevalência de aspergiloma pulmonar em pacientes com tuberculose
  • O Aspergillus foi descrito pela primeira vez por Micheli em 1729 e em 1842, foi relatado o primeiro caso da infecção humana, tendo observado este fungo no escarro de um paciente com aspergilomas em cavidades tuberculosas.As manifestações da aspergilose são variadas e dependem do local, da gravidade do envolvimento e da resposta imunológica do indivíduo. A bola fúngica aspergilar ou aspergiloma é caracterizada pelo crescimento de hifas de Aspergillus spp em cavidades pré-existentes, em geral causadas por tuberculose. O aspergiloma é a forma mais comum e reconhecida de envolvimento pulmonar devido Aspergillus. Geralmente se desenvolve em uma cavidade preexistente no pulmão. A tuberculose é a causa mais comum associada à bola fúngica. O diagnóstico do aspergiloma pulmonar é baseado em resultados clínicos e radiográficos, combinados com evidências sorológicas ou microbiológicas de Aspergillus spp. A grande maioria dos pacientes permanece assintomática, porém quando os sintomas estão presentes, a hemoptise pode ocorrer de forma moderada a grave, podendo ter evolução fatal, particularmente em pacientes com diagnóstico de tuberculose. A letalidade de hemoptise relatada pelo aspergiloma varia entre 2 e 14%. A tuberculose é a doença infecciosa crônica mais prevalente no Brasil e no mundo e possivelmente o aspergiloma está sendo subdiagnosticado, visto que o quadro clínico é semelhante ao da tuberculose. A busca sistemática de bola fúngica aspergilar nos casos de tuberculose não costuma ser feita na rotina clínica, até porque os exames para o seu diagnóstico demandam estrutura laboratorial e tomográfica disponíveis apenas nos serviços de saúde mais complexos. É possível que o aspergiloma seja responsável por muitas das complicações e óbitos imputados à tuberculose.Será conduzido um estudo para avaliar a prevalência de aspergiloma pulmonar em pacientes com diagnóstico confirmado ou presuntivo de tuberculose pulmonar, acompanhados no ambulatório geral de Doenças Infecciosas e Parasitárias (DIP) do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian – HUMAP-UFMS. Este projeto será dividido em duas etapas. A primeira será um estudo transversal com a realização de exame micológico direto e cultura do escarro, reação de imunodifusão dupla em gel de Agar (IDD) contra anticorpos específicos de Aspergillus spp e do teste imunoenzimático ELISA específico para Aspergillus spp e tomografia de tórax de alta resolução (TCAR) nos pacientes que trataram tuberculose nos últimos cinco anos. A segunda etapa será um estudo de coorte prospectivo com pacientes admitidos com diagnóstico de tuberculose confirmado ou presuntivo e aqueles que já estão em tratamento. Estes pacientes serão avaliados quanto ao exame micológico direto e cultura do escarro, IDD contra anticorpos específicos de Aspergillus spp e do teste de ELISA específico para Aspergillus spp e do teste de ELISA específico para Aspergillus spp e TCAR no momento da inclusão no estudo até dois anos após o término do tratamento da tuberculose.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Anand Subramanian

Engenharias

Engenharia de Produção
  • algoritmos para resolução de problemas de escalonamento da produção e roteamento de veículos
  • Este projeto trata da resolução de problemas de escalonamento de tarefas (PETs) e de problemas de roteamento de veículos (PRVs). Problemas desta natureza possuem uma grande importância prática e tipicamente ocorrem nas áreas de gestão da produção e logística, respectivamente. De modo geral, PRVs e PETs são bastante complexos e suas variantes frequentemente se enquadram na classe NP-difícil, isto é, não há algoritmos capazes de achar soluções ótimas em tempo polinomial. Ainda assim, tem-se observado um grande progresso na resolução exata desses problemas, sobretudo ao se considerar instâncias de pequeno e médio porte. Por outro lado, abordagens heurísticas continuam sendo as mais recomendadas para tratar tais problemas na prática. O principal escopo desse projeto está relacionado ao desenvolvimento de abordagens exatas e heurísticas para resolver diversas variantes de PETs e PRVs. Com relação aos PETs, pretende-se estudar problemas que incluem diversas características como datas de liberação, tempos de setup, penalidades por antecipação e atraso, manutenções periódicas e assim por diante. Já os PRVs a serem abordados consideram diversos atributos como frota heterogênea, coleta e entrega, aspectos ambientais, etc. A equipe desse projeto conta com pesquisadores de diversas instituições, a saber: UFPB, UFF, PUC-Rio, Università degli studi di Modena e Reggio Emilia (UNIMORE) e University of Bath. A duração do projeto está prevista para 36 meses.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Anderson Araújo Meireles

Ciências Humanas

Educação
  • semana nacional de ciência e tecnologia do ifma campus santa inês
  • Este projeto visa divulgar as ações de ensino, pesquisa e extensão do IFMA - Campus Santa Inês durante as atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia
  • Instituto Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 21/10/2019-30/04/2020
Foto de perfil

Anderson Barbosa Evaristo

Ciências Agrárias

Agronomia
  • seleção de genótipos de soja para sistemas integrados de cultivo
  • A região noroeste do Estado de Minas Gerais destaca-se por ser a principal região da produção de grãos nesse estado e possuir uns dos maiores rebanhos bovinos. Apesar de ser uma região tecnificada, existe ainda uma grande demanda por tecnologias no setor agropecuário, principalmente nas áreas de média altitude. O estado do Tocantins faz parte da região denominada Matopiba, considerada última fronteira agrícola do país. O Matopiba compreende o bioma Cerrado dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia e responde por grande parte da produção brasileira de grãos e fibras. O bioma cerrado das regiões do noroeste de Minas Gerais e do estado do Tocantins estão sofrendo com a degradação do solo e dos recursos hídricos provocados em partes pelas atividades do setor agropecuário. O desenvolvimento de tecnologias que visam a redução do impacto ambiental e promovem o desenvolvimento econômico e social é foco das políticas públicas nacionais. A utilização de sistemas integrados de cultivos como Integração Lavoura-Pecuária (ILP), Lavoura-Floresta (ILF) e Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) são exemplos de tecnologias adotadas pelos produtores, que muitos dos casos contem financiamento público, que promovem o aumento da sustentabilidade no bioma cerrado. Estima-se que no Brasil há cerca de 11,5 milhões de hectares com alguma adoção de sistema de integrado de cultivo como exemplo ILPF (EMBRAPA, 2016). A cultura da soja (Glycine max) é a principal cultura agrícola no Brasil e além de ser muito utilizada nos sistemas integrados como exemplo em ILF e ILPF. No entanto não há recomendações técnicas validadas para escolha de cultivares de soja nesses sistemas de cultivo, que apresentam diferentes graus de sombreamento. O presente projeto pretende selecionar genótipos de soja para sistemas integrados de cultivo, desenvolver metodologias para a seleção precoce de genótipos e selecionar descritos morfoagronômicos e morfofisiológicos que permitem selecionar genótipos de soja em diferentes níveis de sombreamento para o desenvolvimento de cultivares de soja para sistemas integrados de cultivo.
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson Bastos Martins

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • fronteiras seculares: pós-colonialidade, globalização e cosmopolitismo na ficção contemporânea
  • Este projeto investiga novas possibilidades teóricas e críticas dos estudos literários anglófonos pós-coloniais a partir de um estudo comparativo entre suas premissas e as pesquisas recentes sobre os conceitos de globalização e cosmopolitismo e sobre as práticas literárias e culturais derivadas dos mesmos. Com base em narrativas de autoria de quatro ficcionistas contemporâneos, a saber, Nadine Gordimer (1923- 2014) , Salman Rushdie (1947), Mohsin Hamid (1971) e Chimamanda Ngozi Adichie (1977), o enfoque é comparar e contrastar a ficção pós-colonial em seu momento nacional (Nadine Gordimer e Salman Rushdie) com a ficção pós-colonial em tempos de globalização (Nadine Gordimer, Salman Rushdie, Mohsin Hamid e Chimamanda Ngozi Adichie), com o objetivo de atualizar a teoria e crítica pós-coloniais anglófonas diante dos desafios da contemporaneidade global e cosmopolita.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson Castro Soares de Oliveira

Ciências Humanas

Educação
  • ciência, tecnologia e sociedade
  • O projeto “Ciência, Tecnologia e Sociedade” consiste de um conjunto de ações como oficinas, seminários, exposições, ciclo de palestras, painéis e trabalhos artísticos com conexão a construção de um crescimento econômico mais inclusivo, igualitário e conservável. Este projeto proporcionará a interação entre cientistas e as comunidades atendidas, apresentando a ciência e a tecnologia na promoção de atividades econômicas baseadas na utilização sustentável e inovadora de recursos biológicos renováveis (biomassa), em substituição às matérias-primas fósseis, para a produção de alimentos, rações, materiais, produtos químicos, combustíveis e energia produzidos por meio de processos biológicos, químicos, termoquímicos ou físicos, fomentando a saúde, o desenvolvimento sustentável, o crescimento nacional e o bem-estar da população. Além disso, este projeto visa sensibilizar e informar as comunidades atendidas sobre a importância da ciência e tecnologia, como ferramenta no desenvolvimento regional sustentável, por meio da geração e disseminação de conteúdos técnicos, artísticos e culturais. Assim, as ações aqui definidas visam aproximar a Universidade e a sociedade, e contribuir de maneira objetiva para se cumprir o tema “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 05/10/2019-31/07/2020
Foto de perfil

Anderson da Costa Armstrong

Ciências da Saúde

Medicina
  • associação entre marcadores inflamatórios para aterosclerose e marcadores sorológicos para chikungunya e doença cardiovascular subclínica em populações indígenas do vale do são francisco: projeto de aterosclerose em indígenas (pai)
  • Introdução As doenças cardiovasculares são preocupações de âmbito mundial e seu desenvolvimento associa-se a fatores relacionados ao estilo de vida comumente adotado no Ocidente. Comunidades indígenas mudam o perfil de risco cardiovascular ao passar por processos de transformação socioeconômica advindos da urbanização, porém não dispõem em suas aldeias tradicionais do mesmo acesso ao sistema de saúde assistencial e à educação em saúde. A Bacia do Rio São Francisco possui elevado potencial econômico no Sertão Nordestino. Economicamente há grandes ações voltadas à irrigação para grandes cultivos de terras, à Transposição das Águas do São Francisco para consumo humano de outras regiões semiáridas e à construção de barragens e usinas que explorem o potencial hidroelétrico da região. Tais intervenções vêm afetando o modo de vida das populações tradicionais indígenas ao longo da Bacia do São Francisco, com impacto desconhecido sobre o risco de doenças cardiovasculares dessa população. Dados de vigilância epidemiológica já mostram um crescimento substancial na mortalidade cardiovascular nos grupos indígenas mais urbanizados na nossa região. Marcadores inflamatórios têm se correlacionado a doença cardíaca tanto através de doença aterosclerótica como de infecções que provocam inflamação crônica. A Chikungunya é uma doença inflamatória com surto recente no Brasil, mas a associação entre a infecção por Chikungunya, inflamação crônica e doença cardiovascular subclínica ainda é desconhecida. Atualmente, o método de Speckle Tracking Echocardiography tem sido utilizado para detecção precoce de alterações cardíacas subclínicas, mas a relação entre fatores inflamatórios e alterações cardiovasculares precocemente detectadas a partir do emprego dessas técnicas ainda não é esclarecido em populações indígenas em franco processo de urbanização. Objetivo Identificar a associação de marcadores inflamatórios para doença aterosclerótica e de marcadores sorológicos para Chikungunya com disfunção cardíaca subclínica em populações tradicionais indígenas do Vale do São Francisco. Métodos A fase transversal do Projeto de Aterosclerose em Indígenas foi desenvolvida nos Estados de Pernambuco e Bahia, ao longo da área da bacia hidrográfica do Rio São Francisco. Três grupos populacionais foram incluídos no estudo, totalizando 1.061 participantes: Um grupo indígena com baixo processo de urbanização (Aldeia Funi-ô); um grupo indígena já afetado pelo processo de urbanização (Etnia Truká); e um grupo de moradores de área urbana (área de baixo perfil migratório no Município de Juazeiro-BA). Os participantes foram incluídos se idade 30 a 70 anos, de ambos os sexos e excluídos participantes com insuficiência cardíaca clinicamente manisfestada, passado de evento coronariano agudo que requereu internação, insuficiência renal em diálise, passado cirúrgico para procedimento cardíaco ou arterial periférico, doença cerebrovascular que tenha requerido internação e participantes que manifestem restrição quanto à coleta de sangue para análise laboratorial. Dados clínicos, laboratoriais e de ecocardiografia foram coletados de forma transversal. Propomos dosagem de marcadores inflamatórios e sorologia para Chikungunya, para posterior análise da associação entre tais parâmetros e disfunção miocárdica calculada por Speckle Tracking Ecocardiography. Resultados esperados Esperamos identificar os mediadores inflamatórios que possam estar afetando a saúde cardiovascular das comunidades indígenas do Vale do São Francisco, ainda em fase de doença subclínica.
  • Universidade Federal do Vale do São Francisco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson de Moura Zanine

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • alternativas alimentares com subprodutos da agroindústria do babaçu na alimentação animal
  • Tendo em vista o potencial de produção animal brasileiro e a grande produção de resíduos da agroindústria de babaçu no Estado do Maranhão, serão realizados três experimentos. O primeiro experimento terá como objetivo avaliar a composição química-bromatológica e a degradabilidade in situ dos subprodutos da agroindústria de babaçu com potencial para a nutrição animal, como a torta, farinha fina do mesocarpo, farinha grossa do mesocarpo e o grumo do babaçu. Será utilizado para a avaliação químico-bromatológica o delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos que consistirão dos subprodutos do babaçu (torta, grumo, farinha grossa do mesocarpo e farinha fina do mesocarpo) e dez repetições. As amostras serão coletadas a cada 7 dias de forma a ter maior representatividade dos subprodutos avaliados. Para o ensaio de degradabilidade, será utilizado o delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos que consistirá dos subprodutos do babaçu (torta, grumo, farinha grossa do mesocarpo e farinha fina do mesocarpo) e quatro repetições representadas pelos animais, em parcelas subdivididas nos tempos de incubação 0, 3, 6, 12, 24, 72 e 144 horas. O segundo experimento terá como objetivo avaliar a produção de silagem de ração total (SRT) contendo cana-de-açúcar e dois subprodutos da agroindústria do babaçu (farinha grossa do mesocarpo e a torta de babaçu) em substituição ao milho nessas dietas, para atendimento das exigências nutricionais de vacas leiteiras. Será avaliado o perfil fermentativo, composição bromatológica, perdas na ensilagem, degradabilidade e o custo com os ingredientes de cada SRT. O delineamento experimental será o inteiramente casualizado com quatro tratamentos e seis repetições. As SRT serão compostas por 60% de volumoso, silagem de cana-de-açúcar, e 40% de concentrado. Sendo os tratamentos compostos por silagem de cana-de-açúcar; silagem de ração total (SRT) composta por cana-de-açúcar e 40% de concentrado, com inclusão da farinha de mesocarpo de babaçu; silagem de ração total composta por cana-de-açúcar e 40% de concentrado com inclusão da torta de babaçu, e silagem de ração total composta por cana-de-açúcar e 40% de concentrado, com base na dieta padrão (milho e soja). O terceiro experimento terá como objetivo avaliar a produção de silagem de ração total (SRT) contendo cana-de-açúcar e dois subprodutos da agroindústria do babaçu (farinha grossa do mesocarpo e a torta de babaçu) em substituição ao milho nessas dietas, para atendimento das exigências nutricionais de ovinos de corte. As SRT, terão as mesmas avaliações do experimento 2. O delineamento experimental será o inteiramente casualizado com quatro tratamentos e seis repetições. Sendo os tratamentos compostos por silagem de cana-de-açúcar; silagem de ração total (SRT) composta por cana-de-açúcar e 50% de concentrado, com inclusão da farinha de mesocarpo de babaçu; silagem de ração total composta por cana-de-açúcar e 50% de concentrado com inclusão da torta de babaçu, e silagem de ração total composta por capim- cana-de-açúcar e 50% de concentrado, com base na dieta padrão (milho e soja). No final do projeto terá um volume de informações científicas relevantes concernentes aos subprodutos da agroindústria de babaçu, em substituição de fontes tradicionais de energia, proteína e fibra pela farinha de mesocarpo, torta e/ou gruma do babaçu, que possivelmente deve ser incluída em dietas de ovinos, além de estabelecer qual o melhor subproduto que potencializará uma dieta de alto valor nutricional. Não obstante, o experimento da composição químico-bromatológica e da degradabilidade mostrarão resultados do uso desses subprodutos, que poderá proporcionar uma possível economia no custo dos ingredientes da dieta e melhoria do processo fermentativo das silagens. Além de possibilitar alternativas aos agroindustriais em agregar valores aos seus subprodutos.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson de Oliveira Lobo

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • eletrofiação coaxial e bioimpressão de biomateriais multifuncionais para engenharia tecidual
  • Neste projeto de pesquisa está sendo buscado o desenvolvimento da próxima geração de biomateriais funcionais utilizando polímeros, hidrogéis e biosilicato. A estratégia da pesquisa será buscar a construção de um nanobiomaterial funcional que seja capaz de estimular a regeneração tecidual através de grupos funcionais bioativos, especialmente tecido ósseo. Este projeto está buscando nuclear uma nova linha de pesquisa no Brasil, especificamente no programa de Pós-graduação em Ciência dos Materiais da Universidade Federal do Piaui. Neste, o proponente, recém concursado como Titular-Livre está apresentando um projeto de inovação e extensão do estágio pós-doutoral e aplicação como professor visitante realizado na “Harvard Medical School” e “Massachusetts Institute of Technology” durante os últimos dois anos. Está sendo esperado uma colaboração internacional envolvendo alunos de graduação e pós-graduação através de curtos estágios para continuar a cooperação com os colaboradores americanos. Utilizará a técnica de eletrofiação e bioimpressão para a produção de scaffolds. Adicionalmente, com este projeto, o proponente poderá desenvolver conjuntamente com seus colaboradores do exterior e professores do programa de pós-graduação de ciência dos materiais, novos polímeros funcionais a base de poliésteres, hidrogéis e biosilicatos para a engenharia tecidual. Após a confecção, serão realizados também ensaios biológicos in vitro e in vivo. Espera-se desenvolver um novo nanobiomaterial tridimensional, funcional e com propriedades biomiméticas que melhorem a regeneração de tecidos. Por último, pretende-se envolver alunos de iniciação científica, mestrado e doutorado dos programas de graduação e pós-graduação em ciência dos materiais.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson de Paula Borges

Ciências Humanas

Filosofia
  • a distinção entre doxa e epistêmê em platão
  • Esta pesquisa propõe uma investigação em 36 meses a ser desenvolvida no programa de Pós-Graduação e no curso de Filosofia da Faculdade de Filosofia da UFG. O tema central é a distinção entre doxa e epistêmê em dois períodos distintos da produção de Platão: na fase dos diálogos socráticos e na dos textos do período médio. O objetivo é investigar se aquelas duas noções preservam o mesmo sentido e o mesmo escopo cognitivo em ambas as fases. Como hipótese geral, sustenta-se que a concepção de conhecimento definicional, proposta e aplicada nos textos chamados “diálogos socráticos”, encaminha uma distinção entre doxa e epistêmê, presente já no Górgias e no Mênon, mas mais bem desenvolvida em Fédon, Banquete e República. Este último fornece uma explicação extensa da distinção platônica entre opinião e conhecimento. Contudo, ao se examinar a forma como Platão lida com os limites cognitivos da doxa em República V-VII, nota-se que a distinção entre doxa e epistêmê aí contida é mais rígida do que a dos textos socráticos. De fato, nos textos da fase madura Platão parece propor que nenhum dos logoi (discursos ou definições) sobre objetos cognoscíveis, elaborados no âmbito das doxai, representa de fato tais objetos. Somente logoi autênticos (logos tês ousias) seriam capazes de uma representação verdadeira e completa. Isso contrasta com uma concepção epistêmica mais fraca atribuída a Sócrates e a seus interlocutores nos primeiros diálogos. Como alguns scholars notam, Sócrates não reclama para si um conhecimento completo das definições, mas uma convicção epistêmica estável, amparada no regime do elenchos, que lhe permite defender com alguma convicção as proposições que são contraditórias às propostas pelos interlocutores. Ainda que se aceite que essa condição na qual Platão coloca Sócrates é restrita às investigações éticas desses textos, não tendo impacto sobre vários tópicos que interessam a Platão – conhecimento, política, psicologia da alma, inter alios –, é evidente que a concepção de conhecimento definicional que ampara tal concepção é a mesma que dá suporte ao tratamento filosófico daqueles tópicos platônicos, sobretudo sob a forma como são tratados na República. Além disso, os textos socráticos não parecem sugerir que as respostas dos interlocutores às questões investigadas são opiniões completamente destituídas de valor epistêmico. Ao contrário, algumas dessas respostas são tomadas como formalmente corretas do ponto de vista de uma definição. Por fim, nota-se que a separação rígida entre objetos da doxa e objetos da epistêmê é estranha à proposta de Teeteto 187-210, um texto com datação posterior, mas que mobiliza os requerimentos socráticos de definição para investigar as propriedades essenciais do conhecimento. Assim, o presente projeto propõe investigar se Platão mantém, nas duas fases, uma concepção coerente sobre os limites cognitivos da doxa em face da epistêmê. Visamos estimular o progresso do entendimento desse problema específico por meio de várias atividades de pesquisa, das quais as seguintes são as principais: a) contato com as pesquisas afins conduzidas por pesquisadores brasileiros que irão colaborar com este projeto; b) estímulo à pesquisa discente no âmbito do projeto sob a forma de orientação e concessão de bolsas de IC; c) organização de conferências dos colaboradores e realização de um evento internacional sobre o tema “Definição em Sócrates e Platão”; d) produção científica do proponente no período do projeto.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson de Sá Nunes

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • morte de linfócitos induzida pela saliva de aedes aegypti e sua eferocitose in vitro e in vivo
  • A saliva de fêmeas do Aedes aegypti é composta por uma mistura de moléculas que participam do combate à hemostasia e ao sistema imunológico do hospedeiro vertebrado no momento do repasto sanguíneo. Patógenos podem se aproveitar dessa particularidade da saliva para se estabelecer no hospedeiro e causar doenças. Dentre as atividades imunomoduladoras encontradas na saliva desse vetor está uma citotoxicidade rápida, potente e seletiva sobre linfócitos, mediada por uma molécula presente somente na saliva de fêmeas da espécie e descrita recentemente por nosso grupo. Essa morte está associada a exposição de fosfatidilserina na porção externa da membrana plasmática, mas somente essa informação não permite uma classificação precisa do tipo de morte celular envolvida. Além disso, não se conhecem ainda suas consequências biológicas e se fagócitos seriam capazes de reconhecer as células mortas e eliminá-las pelo processo de eferocitose. Neste projeto, pretendemos a realizar a caracterização bioquímica e molecular da morte de linfócitos induzida pela saliva de A. aegypti e avaliar o papel da eferocitose como consequência dessa citotoxicidade in vitro e in vivo. Para isso, linfócitos incubados com os componentes salivares serão co-cultivados com macrófagos e com células dendríticas in vitro e um modelo de exposição de camundongos às picadas do mosquito será empregado para avaliações in vivo. Esse estudo aprimorará o entendimento do microambiente criado pela saliva do A. aegypti na pele do hospedeiro no momento da picada e seu papel na transmissão dos arbovírus causadores de doenças humanas, contribuindo com futuros estudos para gerar novas alternativas de combate ao mosquito e dos patógenos transmitidos por esses vetores.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson dos Reis Albuquerque

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • modelagem computacional do estanato de bário nitretado e fuoretado (basno3−δ :n,f) para aplicações em fotocatálise, células solares e condutores transparentes
  • Óxidos de perovskitas (ABO 3 ) compreendem uma família de materiais com inúmeras aplicações em células solares, catálise, sensores de gases e pressão, células de memória, eletrônica, spintrônica, entre outras. Os avanços no desenvolvimento de dispositivos miniaturizados a base de óxidos com estrutura perovskita têm impulsionado os estudos da estrutura de superfícies e propriedades eletrônicas desses materiais a nível teórico e experimental. Para quase todas as aplicações citadas, a forma mais representativa desses materiais são na forma de flmes finos nanoestruturados. O aprimoramento de materiais para uma determinada aplicação requer o controle de fase, de morfologia, de dopantes, e da estrutura eletrônica. Dentre os óxidos de perovskitas o estanato de bário, BaSnO 3 , apresenta características favoráveis para aplicações como sensor de gases, fotocatalisador e condutor óptico transparente de alto desempenho. Neste sentido, a Química Quântica Computacional fornece subsídeos necessários para a compreensão de muitas propriedades dos materiais in silico , permitindo o design de novas perovskitas para aplicações específicas. Especificamente para o BaSnO3, muitos trabalhos teóricos e experimentais têm explorado o efeito da substituição catiônica nos sítios A e B para melhoramento de propriedades específicas deste óxido. Entretanto, praticamente não há trabalhos teóricos (ou mesmo experimentais) buscando compreender os efeitos e relevância das substituições e dopagens do BaSnO3 com nitrogênio (nitretação) e flúor (fluoretação) frente à propriedades sensoras, (foto)catalíticas e condutoras. Assim, esse projeto visa simular computacionalmente, ao nível DFT, filmes finos e nanopartículas de BaSnO3−δ:F,N quanto à estrutura, morfologia e estrutura eletrônica voltados à aplicações integradas de sensoriamento de gases, fotocatalisador e condutor transparente de alto desempenho. A filosofia da modelagem do material proposto será baseada no que costumase chamar de 'Engenharia de Defeitos' em Química do Estado Sólido. Para a execução deste projeto o proponente conta com a colaboração de mais quatro especialistas na área, de quatro Universidades distintas, com experiência e domínio dos métodos e técnicas necessárias para a execução da pesquisa.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Anderson Ferreira

Ciências Agrárias

Agronomia
  • “comunidades bacteriana e a emissão de óxido nitroso em rizosfera e solos cultivados com soja dentro de sistemas integrados de produção no ecótono cerrado/amazônia.”
  • Com a crescente busca por maior produção as áreas de lavouras e pastagens têm aumentado gradativamente. Isso acarreta impactos ambientais onde expansão das áreas agrícolas ameaça os biomas Cerrado e Amazônia, principalmente quando realizado de maneira inadequada. Embora, a última década tenha sido marcada pela adoção de novas práticas culturais há muito a ser estudado quando o assunto é biodiversidade microbiana e emissão de gases de efeito estufa. O uso de tecnologias de ultima geração, como sequenciamento de nova geração e cromatografia destacam-se como importantes ferramentas na busca de práticas agrícolas ambientalmente sustentáveis no estado de Mato Grosso. Nesse sentido, o presente trabalho objetiva determinar a biodiversidade de bactérias e as emissões de óxido nitroso em rizosfera e solo sob sistemas agrícolas exclusivos e integrados de produção no ecótono Cerrado/Amazônia. Esses estudos possibilitarão fazer um diagnóstico dentro desses sistemas e direcionar estratégias e políticas públicas de melhoria agropecuária no estado.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Anderson Guimarães Baptista Costa

Ciências Biológicas

Imunologia
  • papel das proteínas da saliva de flebotomíneos na resposta inflamatória inicial ao parasito leishmania.
  • As leishmanioses, transmitidas pela picada do inseto vetor flebotomíneo, são zoonoses causadas por parasitos do gênero Leishmania. Durante o repasto sanguíneo de um flebotomíneo, componentes derivados do vetor ou do parasito, como saliva, proteofosfoglicanos e exosomas, são regurgitados na área da picada e possuem capacidade de modular a reposta imune do hospedeiro vertebrado em favor da sobrevivência do parasito. Logo após a picada do inseto, os neutrófilos são as primeiras células recrutadas para o sítio infeccioso e são as primeiras células infectadas pelo parasito. Este influxo precoce de neutrófilos nos tecidos infectados é associado à susceptibilidade, tanto no modelo murino de leishmaniose cutânea causada por L. major, quanto de leishmaniose visceral causada por L. chagasi. Um fato interessante é que a picada de um inseto não infectado gera o mesmo recrutamento de neutrófilos à picada de um inseto infectado, sugerindo que o influxo de neutrófilos ocorre a despeito da presença do parasito. Ainda, sugere que fatores derivados do inseto são responsáveis pelo recrutamento de neutrófilos para o local da picada. Nós trabalhamos com a hipótese de que a saliva do inseto possui um fator quimiotático específico para neutrófilos. Avaliamos o papel da saliva de L. longipalpis, vetor de leishmaniose visceral nas Américas, e P. duboscqi, vetor de leishmaniose cutânea, no recrutamento de neutrófilos para o local da picada do inseto. Neste trabalho, estamos descrevendo (manuscrito em preparação) que as salivas destes insetos vetores possuem uma família de proteínas (proteínas yellow) que agem como quimiocinas, recrutando neutrófilos de forma direta in vitro e in vivo. Desta forma, acreditamos que o primeiro influxo de neutrófilos, após a picada do inseto, é ditado por sua saliva e não somente pelo dano causado pela picada. Além disso, observamos que o influxo de neutrófilos induzido pelas proteínas yellow exacerba a infecção em camundongos C57BL/6. O projeto atual, aqui apresentado, é um aprofundamento dos nossos dados anteriores, cujo os objetivos visam entender os mecanismos envolvidos no processo de recrutamento dos neutrófilos causado pela saliva dos flebotomíneos, bem como entender os mecanismos envolvidos no processo de exacerbação da infecção.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson José Ferreira

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • envolvimento do eixo eca2 / angiotensina-(1-7) / receptor mas no remodelamento ósseo alveolar
  • Introdução: O envelhecimento populacional mundial tem sido marcado pelo incremento significativo de indivíduos com doenças crônicas que envolvem perda óssea, como a doença periodontal (DP). A DP é uma condição infecciosa e inflamatória dos tecidos de suporte dos dentes, caracterizada pela resposta exacerbada do hospedeiro a microrganismos. Recentemente, componentes do sistema renina-angiotensina (SRA) foram relacionados a condições imunoinflamatórias: o antagonismo do receptor AT1 de angiotensina (Ang) II exerce efeitos anti-inflamatórios na DP. Já a ativação da via Enzima Conversora de Angiotensina (ECA) 2/Ang-(1-7)/Mas, que contrabalanceia os efeitos de Ang II, minimiza a inflamação na artrite. Objetivo: Determinar o papel do eixo ECA2/Ang-(1-7)/Mas na perda óssea alveolar. Metodologia: Este projeto propõe investigar mecanismos associados à perda óssea utilizando o modelo de DP induzida por Aggregatibacter actinomycetemcomitans e o de DP associada à AR em camundongos. Os camundongos serão tratados com fármacos ativadores de ECA2, agonistas ou antagonistas do receptor Mas. A DP também será induzida em camundongos deficientes para o receptor Mas. Serão avaliados parâmetros da condição periodontal, incluindo: perda óssea alveolar (morfometria), análise histopatológica (histologia e imunohistoquímica), quantificação de osteoclastos e neutrófilos nas maxilas, citocinas nos tecidos periodontais (ELISA). Também serão realizados ensaios in vitro com osteoblastos e osteoclastos para se avaliar a atividade celular e a expressão de mediadores inflamatórios frente ao tratamento com agonistas ou antagonistas da via ECA2/Ang-(1-7)/Mas. Resultados esperados: A partir desses dados experimentais, espera-se caracterizar o envolvimento do eixo ECA2/Ang-(1-7)/Mas na perda óssea alveolar, fornecendo dados que determinem se os componentes do SRA têm potencial terapêutico em contextos de perda óssea inflamatória.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Anderson Luis Nunes

Ciências Agrárias

Agronomia
  • variabilidade genética do degrane em arroz vermelho
  • O arroz é um dos alimentos mais importantes para a maioria da população mundial. O degrane ou debulha natural ainda presente nas cultivares de arroz é uma característica evolutiva e adaptativa para a dispersão e distribuição de sementes. Esta característica pode causar perdas consideráveis no rendimento de grãos sendo uma preocupação da equipe de melhoramento genético da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Clima Temperado. Ainda a equipe de pesquisa da área de plantas daninhas da mesma empresa entende que o degrane presente no arroz vermelho é uma característica que torna a erradicação desta planta daninha impossível em função da dispersão e realimentação de sementes no sistema de produção. O arroz vermelho cresce e compete com o arroz cultivado, mas não pode ser colhido devido ao elevado degrane das sementes. O arroz é a planta cultivada mais conhecida em nível genético, fisiológico, bioquímico e molecular. Baseado nas informações existentes no arroz cultivado é possível entender processos importantes que regulam o degrane em arroz. O objetivo deste projeto é identificar a variabilidade fenotípica e genotípica do degrane em arroz vermelho de forma a produzir informações para o desenvolvimento de métodos moleculares que resultem na diminuição da ocorrência desta planta daninha em lavouras de arroz irrigado. Dessa forma, o produto a ser gerado e protegido por patentes serão sequencias nucleotídicas de DNA correspondentes a genes relacionados ao degrane. Estes conhecimentos constituem-se em necessidade básica para estudos posteriores a serem realizados com o objetivo de desenvolver tecnologias de biologia molecular que resultem na diminuição do degrane de arroz cultivado e arroz vermelho gerando enorme impacto na cadeia produtiva do arroz. Desta forma, a produtividade do arroz aumentará e a permanência do arroz vermelho na lavoura poderá ser diminuída em virtude da retirada de suas sementes na operação da colheita do arroz cultivado.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Anderson Luiz Rezende Mól

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • inovação e o papel do conselho de administração: evidências do mercado brasileiro e americano
  • CEO conservadores tendem a preferir projetos com fluxos de caixa menos voláteis para reduzir o risco de comprometer sua riqueza ou perder seus empregos. Neste aspecto, têm pouco incentivo para inovar. Os acionistas bem diversificados, em contrapartida, tendem a preferir projetos arriscados porque o valor de suas ações pode apropriar das expectativas futuras de elevação dos fluxos de caixa. Isto posto, estabelece-se um problema clássico de agência. Nesse contexto, a atuação do conselho de Administração assume contornos fundamentais por possuir condições de atuar sobre a gestão do CEO de forma a garantir os interesses dos acionistas. Assim, este projeto de pesquisa propõe investigar se e como o papel desempenhado pelos conselhos de administração influencia as decisões de investimento em inovação em uma estrutura de regressão em painel dinâmico. O locus de investigação compreenderá companhias partícipes dos mercados de capitais brasileiro e americano. Partimos do pressuposto de que o problema do fluxo de caixa livre inflige investimentos de capital, enquanto o conservadorismo gerencial prejudica principalmente os investimentos em inovação. Neste aspecto espera-se que companhias maiores, em setores tradicionais, em mercados não competitivos e de alta alavancagem tendam a investir menos em inovação e, por conseguinte, demandem dos Conselhos de Administração uma atuação ancorada na função de gerência. Do ponto de vista do perfil de atuação do conselho a partir de suas funções (gerência e supervisão) como antecessores da inovação a literatura ainda é omissa, o que confere relevância do ponto de vista da contribuição teórico-empírico à academia.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson Luiz Ribeiro de Paiva

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • aprimoramento e difusão da técnica de filtração em margem para captação de água com melhor qualidade
  • A ocorrência de poluentes de origem antropogênica nas águas superficiais e subterrâneas vem se tornando um problema preocupante em função da diversidade e complexidade dos vários compostos usados. Isto representa sério risco à saúde da população que depende direta ou indiretamente desses mananciais para os mais variados usos. Faz-se necessário buscar alternativas de tratamento de água eficiente e de baixo custo que possam oferecer água de qualidade. O uso de técnicas alternativas de baixo custo, como a Filtração em Margem (FM), para obtenção de água de melhor qualidade é de grande importância para o abastecimento público, como já vem sendo utilizado em alguns países. Na Filtração em Margem um poço é bombeado próximo à um manancial superficial e induz o fluxo de água do rio através do meio poroso para o poço por percolação no solo. Durante a passagem da água pelos sedimentos das margens do leito, ocorrem processos hidrodinâmicos, mecânicos, biológicos e físico-químicos, responsáveis por produzir água de melhor qualidade, quando comparada à água extraída diretamente do corpo d’água, geralmente poluída e imprópria ao consumo humano. Muitos países têm utilizado a técnica de FM, sendo reconhecida como um eficiente processo de atenuação da poluição assegurando sustentabilidade no fornecimento de água para o abastecimento público. Nesse contexto, a técnica de Filtração nas Margens surge como uma alternativa bastante promissora que além da eficiência em sistemas de tratamento de água, o seu baixo custo enfatiza a importância do processo beneficiando grandes e pequenas cidades na aquisição de água de melhor qualidade para abastecimento. O desafio ressaltado por este projeto é, o refinamento de metodologias utilizadas e a seleção e uso de novas metodologias. Além de possibilitar o desenvolvimento de pesquisas científicas, o projeto contribui também para a formação de recursos humanos na área de Recursos Hídricos. O projeto intitulado " Aprimoramento e difusão da técnica de Filtração em Margem para captação de água com melhor qualidade”, está sendo submetido à CHAMADA UNIVERSAL MCTIC/CNPQ no 28/2018, no intuito de obter apoio financeiro para execução de suas atividades. Nesta proposta pretende-se avaliar a eficácia do sistema de Filtração em Margem para remoção de poluentes emergentes, propiciando um fornecimento de água de melhor qualidade para a população pernambucana em diferentes escalas e situações de campo. Para tal, será instalação um novo projeto piloto no semiárido, complementar ao que já existe no rio Beberibe. Os estudos serão realizados com monitoramento quantitativo e qualitativo das águas captadas pelos poços e da fonte de água superficial. Também serão realizadas análises laboratoriais de fármacos, da composição da meiofauna e dos sedimentos do leito na zona hiporreica.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson Messias Rodrigues

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • explorando a diversidade genética em agentes da esporotricose usando marcadores aflp (amplified fragment length polymorphism)
  • Sporothrix (Ophiostomatales) está frequentemente associado à infecção em mamíferos e inclui diferentes espécies de interesse clínico, i.e.: S. brasiliensis, S. schenckii, S. globosa e S. luriei, as quais formam um grupo monofilético. Estes fungos apresentam dimorfismo térmico e alcançam o hospedeiro via inoculação traumática pelo contato com vegetais, solo, e animais, entre eles, felinos e tatus. A esporotricose tem distribuição mundial, com focos endêmicos em países de clima tropical e subtropical. Nas últimas décadas foram relatados surtos da doença no Brasil, principalmente por S. brasiliensis a qual está intimamente relacionada à transmissão zoonótica por gatos. Este projeto tem como objetivo principal desenvolver marcadores AFLP (do inglês Amplified Fragment Lenght Polymorphisms) para investigar a diversidade genética dos isolados de Sporothrix oriundos de diferentes regiões geográficas brasileiras, cobrindo importante variação temporal e geográfica durante epizootias e zoonoses. Serão analisados cerca de 50 isolados provenientes de diferentes populações de Sporothrix de interesse clínico. A diferenciação populacional será investigada e os padrões de fluxo gênico serão estimados. A existência de etapas iniciais de especiação e a provável ocorrência de espécies crípticas serão avaliadas em conjunto com os resultados de sequenciamento de loci nucleares. Os dados contribuirão para o conhecimento da epidemiologia do fungo e servirão de subsídio para novas pesquisas, visando à elaboração de estratégias para o controle da doença.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022