Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Wagner Franco Molina

Ciências Biológicas

Genética
  • aspectos evolutivos e diversidade citogenética de peixes do arquipélado de são pedro e são paulo, região meso-atlântica.
  • A ictiofauna do arquipélago de São Pedro e São Paulo, região meso-atlântica, apresenta uma importância evolutiva e econômica significativa. Evolutivamente, essas regiões despertam considerável interesse biológico devido ao seu grau de isolamento geográfico. Levantamentos genéticos preliminares de suas populações e espécies levantaram várias questões sobre sua ictiofauna. Neste projeto são propostas análises conjuntas, utilizando marcadores cromossômicos (convencionais e citogenômicos) e moleculares (sequências mitocondriais e nucleares) e da forma do corpo, por morfometria geométrica (GM). O uso combinado dessas abordagens provou ser eficiente diante da complexidade das situações biológicas identificadas. De fato, abordagens combinadas permitirão caracterizar a evolução cromossômica de diferentes famílias, reconhecendo níveis de variabilidade intra e interespecífica, conectividade genética entre o Arquipélago de São Pedro e São Paulo, regiões costeiras brasileiras e áreas do Caribe, separadas pela barreira do Amazonas/Orinoco barreira e seus padrões de divergência morfológica. A ampliação das análises para um espectro taxonômico e biogeográfico mais amplo, fornecerá informações valiosas sobre o contexto da distribuição espacial da variabilidade genética, envolvendo o arquipélago de São Pedro e São Paulo e ilhas oceânicas adjacentes, que serão úteis na conservação dos recursos marinhos, evolutiva e economicamente importantes, dessas regiões oceânicas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 28/11/2019-30/11/2022
Foto de perfil

Wagner Neves Diniz Chaves

Ciências Humanas

Antropologia
  • os registros sonoros de théo brandão: identificação e estudo dos itinerários de uma coleção fonográfica
  • Este projeto tem por objetivo analisar a produção e circulação dos registros sonoros que o antropólogo, etnógrafo e folclorista alagoano Théo Brandão realizou entre 1940 e 1970 e que constituem um dos mais ricos, diversificados e ainda desconhecidos acervos de música tradicional brasileira. Partindo de pesquisa etnográfica nos arquivos do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular (CNFCP), no Rio de Janeiro e no Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore (MTB), em Maceió, instituições que guardam e conservam os arquivos do pesquisador, com este projeto pretende-se, por um lado, identificar e analisar as redes de interações envolvidas nos processos de pesquisa e produção etnográfica de Théo Brandão ao longo de sua trajetória e, por outro, promover um conjunto de ações de salvaguarda desses acervos a partir do tratamento técnico da coleção para fins de disponibilização, consulta pública e pesquisa. Acredita-se que a visibilidade dada a esse conjunto documental suscitará uma série de novos estudos, usos e apropriações por parte de diferentes segmentos da sociedade, pesquisadores, músicos e artistas, grupos e coletivos populares. Situada na interface entre antropologia, etnomusicologia e museologia, a presente pesquisa, em um plano mais geral e comparativo, irá contribuir para a reflexão acerca do lugar dos registros sonoros na construção do campo de estudos de folclore bem como na própria configuração da etnomusicologia, da antropologia e das ciências sociais no Brasil.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 29/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Wagner Rodrigues Valente

Ciências Humanas

Educação
  • produção de novos saberes para o ensino e formação de professores que ensinam matemática: relações históricas entre campos disciplinares e profissional
  • Este projeto de pesquisa trata de estudos históricos sobre a produção curricular em matemática para o ensino e para a formação de professores dos primeiros anos escolares. Utilizando resultados obtidos com o desenvolvimento de projetos anteriores, o estudo dedica-se à análise das relações estabelecidas historicamente entre campos disciplinares (Matemática, Educação Matemática e Ciências da Educação) e campo profissional da docência (professores e suas entidades representativas) envolvidos na produção e sistematização de saberes contidos em documentos curriculares. Mobilizando ferramentas teórico-metodológicas como campo científico (Bourdieu; Hofstetter & Schneuwly), experts (Maxim & Arnold; Hofstetter & Schneuwly) e variação de escalas (Ricoeur), o estudo analisará a produção curricular advinda das ações de cerca de quarenta personagens atuantes desde finais do século XIX até as últimas décadas do século XX, os experts. A pesquisa norteia-se pela seguinte interrogação: Que mudanças ocorreram nas relações travadas ao longo do tempo entre campos disciplinares e campo profissional da docência em matemática resultando em novos saberes sistematizados em documentos curriculares para o ensino e formação de professores?
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 17/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Wagner Souza Lima

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • da natureza à ciência - cinco séculos da pesquisa científica no brasil -
  • Visando contribuir para o entendimento de como se processou o desenvolvimento da pesquisa científica no Brasil e o papel do status de nação independente neste processo, propõe-se uma análise histórica do tema sob a forma de uma palestra a ser apresentada em diferentes escolas durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) de 2022. Posteriormente, a expansão desta análise propiciará a elaboração de um vídeo-documentário, principal objetivo deste projeto, que contemplará o processo de conhecimento da geo- e biodiversidade brasileira, ilustrada pelo papel dos pesquisadores que realizaram os primeiros estudos desta natureza na região Nordeste do Brasil. Este documentário será distribuido para escolas do ensino fundamental e médio do Estado de Sergipe, porém estará apto a atingir um maior alcance através da sua disponibilização para download nas redes sociais da Fundação Paleontológica Phoenix. Os temas trabalhados estarão relacionados à transversalidade entre processos e eventos que relacionam a Geologia, Biologia e Paleontologia, que compõem a essência da diversidade natural brasileira, auxiliando o seu conhecimento e divulgação ao público em geral e salientando a importância da preservação deste legado natural. O projeto será monitorado em três escolas do Município de Aracaju e duas do Município de Laranjeiras. Contudo, como sua distribuição será online, ele atingirá, de imediato, 80 escolas estaduais subordinadas à “Diretoria de Educação de Aracaju”, vinculada à Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, bem como outras 242 escolas em 74 municípios do Estado de Sergipe, vinculadas às suas diretorias regionais (DREs).
  • Fundação Paleontológica Phoenix - SE - Brasil
  • 13/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Walber Hugo de Brito

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • investigação das propriedades eletrônicas e térmicas de óxidos complexos e compostos intermetálicos
  • Óxidos complexos e compostos intermetálicos são conhecidos por exibirem uma grande variedade de propriedades emergentes, incluindo altas respostas termoelétricas. Entretanto, para se obter aplicações comerciais, as propriedades eletrônicas e térmicas desses materiais devem ser bem entendidas. Neste projeto, iremos investigar as propriedades eletrônicas e térmicas do FeGa3-yGey e BaBiO3, que veem atraindo bastante atenção devido a suas propriedades emergentes e possibilidade de estados topológicos não triviais. Primeiramente, queremos entender a cooperação entre as correlações eletrônicas e graus de liberdade da rede e de spin para o aparecimento das propriedades emergentes do FeGa3-yGey, incluindo sua termoeletricidade. No caso do BaBiO3, iremos investigar suas propriedades eletrônicas (incluindo quando o mesmo é dopado com lantânio), além da dinâmica dos fônons e condutividade térmica. Nossos estudos irão combinar ferramentas teóricas e experimentais 'estado da arte', através das quais iremos mapear os ingredientes fundamentais para o desenvolvimento de materiais termoelétricos mais eficientes. Este projeto irá possibilitar a consolidação de uma colaboração recente envolvendo os Professores Walber Hugo de Brito, Valentina Martelli e Júlio Larrea Jiménez. O Prof. Walber é membro do grupo de Física de Muitos Corpos - UFMG (https://sites.google.com/view/muitoscorposfisicaufmg), que possui acesso a infraestruturas de supercomputadores, que serão utilizados para o desenvolvido dos cálculos associados a este projeto. Os Profs. Larrea e Martelli são coordenadores do Laboratório de Materiais Quânticos em condições extremas (https://lqmec.com), que possui a infraestrutura que irá garantir a realização dos experimentos e a execução deste projeto.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 04/04/2022-30/04/2025