Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alberto Ferreira da Rocha Junior

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • diversidade sexual e teatro no brasil: visibilidade, minoritarismo e representação
  • Esta pesquisa tem como objetivo principal investigar, no âmbito da cena teatral produzida no Brasil, três noções caras aos estudos sobre diversidade sexual: a da visibilidade, a do minoritarismo e a da representação, de modo a permitir uma reflexão histórica e historiográfica sobre o teatro produzido no Brasil em suas relações com a diversidade sexual. Essas três noções são atualmente encontradas com bastante frequência em práticas discursivas (incluídos aqui textos militantes, midiáticos e teóricos, sendo ‘texto’ entendido aqui no sentido lato da palavra, incluindo debates orais, entrevistas, espetáculos teatrais, filmes, críticas etc.) e com elas têm se defrontado todas/todos aquelas/aqueles que trabalham com questões relativas aos direitos humanos em geral. Não se trata de discussão restrita às questões de diversidade sexual e de diversidade de gênero, mas uma discussão que pode ser ampliada para as discussões relativas ao racismo e ao capacitismo dentre outras. Nossa proposta é investigar as relações entre teatro no Brasil e diversidade sexual a partir das seguintes obras: O patinho torto, de Coelho Neto; Greta Garbo, quem diria, acabou no Irajá, de Fernando Melo; Blue Jeans, de Wanderley Aguiar Bragança e Zeno Wilde; e A ópera do malandro, de Chico Buarque. Do ponto de vista dos direitos humanos, utilizaremos as noções de visibilidade, minoritarismo e representação, do ponto de vista teatral, pretendemos investigar a cena a partir dos tensionamentos entre: comicidade e seriedade (compreendidos frequentemente como opostos nas discussões sobre teatro e direitos humanos); personagem e estereótipo (bastante presente e muitas vezes criticado na caracterização de personagens LGBT – Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros). Ao longo da pesquisa, pretendemos produzir comunicações, pôsteres, capítulos de livros e artigos científicos e um momento laboratorial cênico; pretendemos também continuar propondo projetos em nível de Iniciação Científica com recortes específicos dentro da presente proposta, e estimular a elaboração e o desenvolvimento de projetos em nível de Mestrado Acadêmico dentro da linha de pesquisa “Cultura, Política e Memória” no Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da UFSJ. É nossa intenção desenvolver ações extensionistas pontuais voltadas para a educação básica. No caso desta proposta, nossa intenção é enfatizar as ações de trabalhos com arquivos teatrais, fontes primárias e produção documental.
  • Universidade Federal de São João Del-Rei - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alberto Gustavo Paashaus Junior

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • vii feira de ciências do ifpb campus picuí (vii fecap-2021)
  • As Feiras de Ciências são eventos nos quais alunos são responsáveis pela comunicação de projetos planejados e executados por eles sob a orientação de um professor. Durante o evento, os alunos apresentam algum artefato tecnológico ou trabalhos que lhes tomaram várias horas de estudo e investigação, em que buscaram informações, reuniram dados e os interpretaram, sistematizando-os para comunicá-los ao público. Eles vivenciam, desse modo, uma Iniciação Científica Junior de forma prática, buscando soluções técnicas e metodológicas para problemas que se empenham em resolver. Assim, esta proposta tem por objetivo a realização de uma Feira de Ciências de abrangência estadual, com no mínimo 80 trabalhos científicos de estudantes do ensino fundamental, ensino médio e técnico, de escolas públicas e privadas de pelo menos 10% dos municípios do Estado da Paraíba, no IFPB Campus Picuí através da construção gradual do método científico junto aos discentes com enfoque nas potencialidades regionais para o desenvolvimento da ciência e da tecnologia, conforme as regras definidas na Chamada CNPq/MCTIC Nº 17/2020. Para consecução do objetivo proposto, serão desenvolvidas as etapas prévias de formação de equipe técnica qualificada para a execução da proposta; captação de potenciais parceiros (Prefeitura e Estado); escolha do tema relacionado com a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT-2021); realização de um concurso de identidade visual da VII FEACAP; minicursos e oficinas preparatórias com participantes do evento; Divulgação ampla da Feira em todo o estado da Paraíba. A culminância do projeto se dará com a realização da VII Feira de Ciências do IFPB campus Picuí na qual haverá exposições de trabalhos científicos por alunos do ensino fundamental e médio; salas temáticas; oficinas e minicursos; Open Lab IFPB; competições; exibições e premiação dos melhores trabalhos. Espera-se atingir como resultados da proposta representações de pelo menos 28 municípios da Paraíba. Também é esperado pelo menos 700 inscrições de participantes em cem trabalhos, entre projetos, salas temáticas, oficinas e minicursos. Os premiados nas cinco categorias propostas (Mérito Científico, Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias, Ciências Humanas e suas tecnologias e Trabalho de Nível Fundamental) além do Prêmio Meninas Cientistas, terão, após o evento, a possibilidade de desenvolverem seus projetos por meio do auxílio de bolsas de pesquisa e de apresentar seus trabalhos em feiras, amostras e competições nacionais ou internacionais.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB - PB - Brasil
  • 05/01/2021-31/01/2023