Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Daniel dos Santos Rocha

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • iv mostra científica da ete arcoverde: criando saberes científicos no sertão do moxotó
  • A “IV Mostra Científica da ETE Arcoverde: Criando Saberes Científicos no Sertão do Moxotó”, será um evento de abrangência municipal atingindo estudantes e escolas dos municípios de Arcoverde, Pedra, Venturosa; integrantes da microrregião do Vale do Ipanema no Agreste; Sertânia, Buíque, Custódia, Tupanatinga; integrantes do sertão do Moxotó. Desenvolvido durante o ano de 2021 entre os sete primeiros meses do ano, integrando a formação discente e docente e a utilização de plataformas virtuais de aprendizagem, integrando o formato remoto, utilizado na edição do evento no ano de 2020, que deu certo e gerou resultados satisfatórios, fazendo um evento híbrido, levando em conta a provável volta às aulas presenciais ainda em 2020. Por isso, tendo em vista o sucesso da edição online/virtual/remota do evento em 2020, pretendemos manter um formato híbrido, principalmente a fim de integrar as escolas e participantes dos municípios circunvizinhos remotamente, bem como também, utilizar o formato remoto para a formação docente ofertada aos educadores orientadores de projetos. Os eventos de Mostras Científicas promovidos pela Escola Técnica de Arcoverde vêm se consolidando como etapas importantes na formação docente dos educadores da região, no ano de 2020, obrigatoriamente, devido a suspensão das aulas presenciais em face das medidas preventivas contra a disseminação da Covid-19, os processos formativos se deram de forma remota englobando a utilização das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDICs) na orientação de projetos de forma remota. Mesmo em meio a pandemia de Covid-19 tivemos 91 projetos cadastrados e destes 87 foram apresentados oralmente de forma remota e segura respeitando o distanciamento social e tiveram seus banners expostos em uma página web, conforme os registros disponibilizados nos links nos próximos tópicos da presente proposta. Na edição online em 2020 os estandes virtuais dos pôsteres de projetos tiveram 22294 visitas registradas entre os dias de evento virtual, produzimos mais de 30 horas gravadas de evento remoto que foram disponibilizadas no canal do Youtube da ETE em uma playlist (https://www.youtube.com/playlist?list=PL5Sby8ZIlMcj-LPru65JuRLMXGNfBiE1D), recebemos depoimentos de estudantes do nível médio técnico que foram contactados por estudantes e professores orientadores de instituições de nível superior a fim de saberem mais sobre os trabalhos. Durante a construção do evento em 2020 e da orientação dos trabalhos, professores foram estimulados através das nossas capacitações, a realizarem demonstrações virtuais em laboratórios virtuais da Pearson, baixando e instalando os laboratórios em suas máquinas, bem como os educadores e discentes desenvolveram pesquisas de campo e entrevistas que tiveram seus dados coletados por meio de recursos digitais como formulários google. As categorias disponíveis para inscrição serão sobre as temáticas ligadas a linguagens, ciências da natureza, ciências exatas e ciências humanas, os professores irão orientar os grupos de estudantes em cerca de 20 encontros, que poderão ser remotos ou presenciais, a depender a situação da Pandemia até lá. O evento será híbrido, havendo momentos presenciais de orientação nos laboratórios e em sala de aula, havendo também a utilização de laboratórios virtuais da Pearson para demonstrações que serão gravadas e disponibilizadas, de forma que possam gerar e compartilhar conhecimento em prol da construção gradual dos projetos. Os professores receberão orientações, que poderão ser presenciais ou remotas, quanto ao passo a passo da construção dos projetos escritos, pôsteres e criação de materiais audiovisuais expositivos. No ano de 2020, iniciamos uma parceria com o grupo de Pesquisa MAPS, vinculado a Universidade Federal de Pernambuco e ao departamento de Engenharia de Produção, essa parceria terá o foco na orientação de projetos nas áreas de portfólio e gestão de projetos, portanto, haverá um fortalecimento da formação docente que acontecerá, conforme posto pelo próprio grupo de pesquisa, de forma remota, através de reuniões web, buscando aumentar o fator de impacto dos nossos projetos e a produção acadêmica estratégica.
  • ETE PROFESSOR FRANCISCO JONAS FEITOSA COSTA - PE - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Daniel dos Santos Rocha

Ciências Humanas

Educação
  • v mostra científica da ete arcoverde: estimulando a criatividade
  • A “V Mostra Científica da ETE Arcoverde: Estimulando a Criatividade”, será um evento de abrangência municipal atingindo estudantes e escolas dos municípios de Arcoverde, Pedra, Venturosa; integrantes da microrregião do Vale do Ipanema no Agreste; Sertânia, Buíque, Custódia, Tupanatinga; integrantes do sertão do Moxotó. Desenvolvido durante o ano de 2022 entre os sete primeiros meses do ano, integrando a formação discente e docente e a utilização de plataformas virtuais de aprendizagem, integrando o formato remoto, utilizado na edição do evento no ano de 2020 e 2021, que deu certo e gerou resultados satisfatórios, fazendo um evento híbrido, levando em conta a provável volta às aulas presenciais ainda em 2020 e 2021. Por isso, tendo em vista o sucesso da edição online/virtual/remota do evento em 2020, pretendemos manter um formato híbrido, principalmente a fim de integrar as escolas e participantes dos municípios circunvizinhos remotamente, bem como também, utilizar o formato remoto para a formação docente ofertada aos educadores orientadores de projetos. Com a implementação definitiva do Novo Ensino Médio com os novos itinerários formativos nós faremos o direcionamento dos trabalhos com os temas de Humanas, Ciências da Natureza, Exatas e Linguagens, de forma a integrar os itinerários com o itinerário técnico dos cursos de legística e redes de computadores já ofertados. os professores das bases técnicas de redes e de logística, irão fazer formações para os demais professores dos componentes propedêuticos de forma a Os eventos de Mostras Científicas promovidos pela Escola Técnica de Arcoverde vêm se consolidando como etapas importantes na formação docente dos educadores da região, no ano de 2020, obrigatoriamente, devido a suspensão das aulas presenciais em face das medidas preventivas contra a disseminação da Covid-19, os processos formativos se deram de forma remota englobando a utilização das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDICs) na orientação
  • ETE PROFESSOR FRANCISCO JONAS FEITOSA COSTA - PE - Brasil
  • 08/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Daniel dos Santos Rocha

Outra

Divulgação Científica
  • vi semana nacional de ciência e tecnologia da ete arcoverde: 200 anos de ciência e tecnologia no brasil
  • O projeto destina-se à organização da VI Semana Nacional de Ciência e Tecnologia da ETE PROFESSOR FRANCISCO JONAS FEITOSA COSTA, popularmente conhecida como ETE Arcoverde, dentro das atividades da Semana Nacional de Tecnologia 2022. O objetivo principal é integrar estudantes e professores do Ensino Médio e Técnico da Microrregião do Sertão do Moxotó e Microrregião do Ipanema, na perspectiva de estimular a expansão, em quantidade e qualidade, de trabalhos científicos produzidos nas instituições educacionais e unidades escolares da região. Refletindo nas estratégias de formação de professores e estudantes das escolas da Educação Básica, que são pouco fundamentadas teórica e metodologicamente, e não possibilitam uma participação mais ativa e criativa na proposição de projetos. Além disso, a SNCT - A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia tem como objetivo, estimular e apresentar à comunidade o desenvolvimento científico e tecnológico através de seminários, oficinas e formações pedagógicas para docentes e discentes da região, buscando promover a reflexão crítica sobre a transversalidade de cada um dos projetos e temas abordados. A escola deve ser um espaço de formação integral, que permita ao aluno refletir, aprender e agir, relacionando o conteúdo apreendido com a realidade, sendo capaz de agir de forma crítica, responsável e consciente na sociedade, acompanhando suas mudanças constantes. Nesse sentido, a Semana de Ciência e Tecnologia visa constituir, na ETE Arcoverde e nos municípios circunvizinhos que serão abrangidos, um espaço de divulgação científica e suas aplicações no cotidiano. Explorar e comparar, dentro de uma concepção atual, científica e tecnológica, os fenômenos da natureza e as transformações realizadas pelo homem, relacionando a teoria a prática com o Tema dos 200 anos de Ciência e Tecnologia no Brasil, além de proporcionar à comunidade uma aproximação com o mundo científico e tecnológico, os fará praticar e estudar sobre a cidadania. Desenvolver com
  • ETE PROFESSOR FRANCISCO JONAS FEITOSA COSTA - PE - Brasil
  • 16/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Daniel dos Santos Rocha

Outra

Robótica, Mecatrônica e Automação
  • v semana nacional de ciência e tecnologia da ete arcoverde: abordando a transversalidade dos problemas locais
  • O projeto destina-se à organização da V Semana Nacional de Ciência e Tecnologia da ETE PROFESSOR FRANCISCO JONAS FEITOSA COSTA, popularmente conhecida como ETE Arcoverde, dentro das atividades da Semana Nacional de Tecnologia 2021. O objetivo principal é integrar estudantes e professores do Ensino Médio e Técnico da Microrregião do Sertão do Moxotó e Microrregião do Ipanema, na perspectiva de estimular a expansão, em quantidade e qualidade, de trabalhos científicos produzidos nas instituições educacionais e unidades escolares da região. Refletindo nas estratégias de formação de professores e estudantes das escolas da Educação Básica, que são pouco fundamentadas teórica e metodologicamente, e não possibilitam uma participação mais ativa e criativa na proposição de projetos. Além disso, a SNCT - A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia tem como objetivo, estimular e apresentar à comunidade o desenvolvimento científico e tecnológico através de seminários, oficinas e formações pedagógicas para docentes e discentes da região, buscando promover a reflexão crítica sobre a transversalidade de cada um dos projetos e temas abordados. A escola deve ser um espaço de formação integral, que permita ao aluno refletir, aprender e agir, relacionando o conteúdo apreendido com a realidade, sendo capaz de agir de forma crítica, responsável e consciente na sociedade, acompanhando suas mudanças constantes. Nesse sentido, a Semana de Ciência e Tecnologia visa constituir, na ETE Arcoverde e nos municípios circunvizinhos que serão abrangidos, um espaço de divulgação científica e suas aplicações no cotidiano. Explorar e comparar, dentro de uma concepção atual, científica e tecnológica, os fenômenos da natureza e as transformações realizadas pelo homem, relacionando a teoria e a prática com os Temas Transversais, além de proporcionar à comunidade uma aproximação com o mundo científico e tecnológico, os fará praticar e estudar sobre a cidadania. Desenvolver competências e habilidades em ciência, tecnologia e capacidade de senso crítico e noções de cidadania, que estão fortemente atrelados aos temas transversais, na Educação Básica, e ainda por cima em instituições que ofertam ensino técnico profissionalizante integrado ao ensino médio, pressupõe a contextualização e a interdisciplinaridade, além ser um dos papéis da escola. Nesse contexto, as Feiras de Ciências são eventos que possibilitam o desenvolvimento dessas capacidades, além da integração da escola com a comunidade. Nela, os alunos são responsáveis pela comunicação de projetos planejados e executados por eles durante o ano letivo, ou seja, no decorrer do evento, os alunos exibem trabalhos provenientes de pesquisas em que procuraram informações, agruparam dados e os interpretaram, sistematizando-os para comunicá-los a outros discentes, ou então arquitetaram algum componente tecnológico. Dessa forma, vivenciaram uma iniciação científica de maneira prática, procurando soluções técnicas e metodológicas para a resolução de problemas locais contextualizados com o cotidiano dos mesmos. Segundo Mancuso (2009) e Lima (2008), a realização de eventos científicos dessa natureza que envolvem estudantes da educação básica traz benefícios tanto para alunos quanto aos professores, além de mudanças positivas no trabalho em ciências. Dentre outras, destacam as seguintes mudanças: (1) O crescimento pessoal e a ampliação dos conhecimentos; (2) A ampliação da capacidade comunicativa devido à troca de idéias; (3) Mudanças de hábitos e atitudes com o desenvolvimento da autoconfiança e da iniciativa; (4) O desenvolvimento da criticidade com o amadurecimento da capacidade de avaliar o próprio trabalho e o dos outros; (5) Maior envolvimento e interesse e, consequentemente, maior motivação para o estudo de temas relacionados à ciência; (6) O exercício da criatividade conduz à apresentação de inovações dentro da área de estudo das ciências; (7) Maior politização dos participantes devido à ampliação da visão de mundo. Os projetos desenvolvidos pela ETE Arcoverde caracterizam-se como uma forma para a construção de conhecimento, por envolverem diversas ações e áreas do saber, dentre elas, as disciplinas e temáticas propedêuticas e técnicas. Além disso, oferecem condições de se incorporar a dimensão afetiva na formação dos alunos. Trabalhar com projetos possibilita a melhoria do processo educativo e, ao contrário da pedagogia tradicional, descontextualizada e teórica, proporciona uma aprendizagem significativa. Na busca por materiais, informações, orientações, etc., os alunos encontram estímulos para o desenvolvimento de suas competências. Sendo assim, os projetos são fonte de investigação e criação, que passam por pesquisas, aprofundamento, análise e criação de novas hipóteses, apresentando as diferentes capacidades e deficiências dos integrantes do grupo.
  • ETE PROFESSOR FRANCISCO JONAS FEITOSA COSTA - PE - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Daniel Lima Marques de Aguiar

Ciências Sociais Aplicadas

Museologia
  • degradação controlada de materiais: a ciência em benefício do patrimônio cultural
  • No âmbito da preservação patrimonial, a conservação preventiva pode ser compreendida como o campo do saber multidisciplinar dedicado ao estudo e ao desenvolvimento de um conjunto de estratégias e ações que intentam mitigar/impedir as deteriorações de bens culturais. Nesse contexto, é do domínio da conservação preventiva, estudar as reações de degradação, que afetam os bens patrimoniais, bem como os fatores ambientais (umidade, luminosidade, temperatura, etc.) que as influenciam. Uma ferramenta importante usada no estabelecimento dessas estratégias, diz respeito ao envelhecimento artificial dos materiais, através de ensaios de degradação controlada, conduzidos em laboratório, através de modelos experimentais. Embora sejam cruciais para o desenvolvimento de propostas de conservação preventiva acuradas as condições dos museus brasileiros, são raros os esforços da comunidade científica nacional em desenvolver esse tipo de abordagem de investigação. O grupo de pesquisadores reunidos neste projeto intenta estabelecer protocolos de envelhecimento de materiais e que simulem as condições encontradas em museus brasileiros, de forma a avaliar utilização (ou não) de certos materiais usados na conservação de bens culturais. A ideia central do projeto é realizar experimentos de degradação controlada com papéis de diferentes naturezas, vernizes (com e sem inibidores de fotooxidação) e materiais inovadores (ecocompósitos) de forma a extrair informações úteis à museólogos e profissionais de conservação e restauro. Os experimentos serão conduzidos no Laboratório de Estudos em Ciências da Conservação (Escola de Belas Artes/UFRJ, LECiC-EBA/UFRJ), que já desenvolve projetos correlacionados com estudantes bolsistas próprios e com professores e estudantes de laboratórios parceiros - Laboratório de Papel (LabPEL-EBA/UFRJ) e com o Laboratório de Experimentações em Design (LED-EBA/UFRJ).
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 23/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Daniel Lima Ventura

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • aplicações de formalismos lógico-semânticos em programação concorrente e redes móveis de próxima geração
  • Atualmente, sistemas concorrentes (i.e. sistemas baseados em agentes ou processos que interagem entre si) são ubíquos em diversos domínios e aplicações, cobrindo desde sistemas biológicos até serviços em nuvem e redes móveis. Em geral, sistemas concorrentes apresentam formas complexas de interação, e.g. os encontrados em modelos biológicos, sistemas multimídia interativos, redes sociais e dispositivos de Internet das Coisas (IoT). Os frameworks para especificação/verificação dos sistemas atuais devem ser escaláveis para o tratamento de grandes sistemas e propriedades cada vez mais intrincadas. Este projeto tem por finalidade a aplicação de Métodos Formais em diferentes aspectos relacionados ao desenvolvimento de sistemas concorrentes. Investigamos dois domínios de aplicação em particular: a programação concorrente e as redes móveis de próxima geração (5G e 6G). Os grandes desafios postos pelos sistemas atuais estão presentes nesses domínios: sistemas de nuvem, onde alocações (de recursos) podem ser aninhadas; redes móveis de próxima geração, onde slices devem ser criados e gerenciados de forma autônoma; e sistemas de tipos adequados para linguagens que dão suporte à programação concorrente. O estabelecimento de fundamentos rigorosos para tais sistemas apresenta um grande desafio à Ciência da Computação. Em particular, dois aspectos devem ser garantidos: representação adequada do sistema investigado (i.e. a evolução do sistema está em correspondência 1-1 com reduções/derivações no modelo); e oferta de ferramentas que permitam o raciocínio para a verificação de propriedades dos sistemas. De fato, planejamos adotar abordagens complementares para atacar a complexidade inerente destes sistemas: modelos declarativos para concorrência e lógica de reescrita. Além disso, os tipos de sessão serão o fundamento para uma investigação operacional/denotacional em linguagem de programação concorrente.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Daniel Marcal de Queiroz

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • desenvolvimento de um sistema inteligente para caracterização da variabilidade espacial do solo em agricultura de precisão
  • A agricultura de precisão (AP) é aplicada com o objetivo de maximizar o retorno financeiro da atividade agrícola. Na aplicação da AP é essencial ter pleno conhecimento da variabilidade espacial dos atributos do solo. Os sensores de solo, principalmente os de condutividade elétrica aparente (CEa), vêm sendo utilizados para caracterizar esta variabilidade espacial, melhorando a resolução espacial dos mapas gerados e reduzindo o número de amostras coletadas e de análises laboratoriais. Os sensores existentes no mercado são, normalmente, tracionados por veículos, dificultando sua adoção por agricultores de pequenas fazendas e de áreas montanhosas. Além disso, alguns sensores apresentam problemas na aquisição de dados em condições como solo com baixo teor de água e com presença cobertura morta na superfície, reduzindo a acurácia do mapeamento do solo. Embora a CEa do solo dependa da temperatura e teor de água, os sensores não medem essas variáveis. A hipótese a ser investigada é que é possível desenvolver uma plataforma multissensor inteligente e portátil, de baixo custo, para caracterização da variabilidade espacial de atributos do solo em pequenas fazendas e em áreas montanhosas. Computadores de placa única (CPUs) e outros hardware abertos vêm sendo utilizados no desenvolvimento de sistemas para AP a um custo acessível aos pequenos agricultores. Os CPUs possibilitam o desenvolvimento de sensores inteligentes, com capacidade de analisar os sinais adquiridos antes do cálculo da variável de interesse, aumentando a acurácia das medições. Essa proposta consiste em desenvolver uma plataforma multissensor inteligente de CEa, de teor de água e de temperatura do solo, usando como base o CPU Raspberry Pi. Será desenvolvido, ainda, um sistema, com base em fusão de sensores, para a combinação dos dados obtidos pela plataforma multissensor e dados de índices de vegetação gerados a partir de imagens de sensoriamento remoto para a caracterização da variabilidade espacial do solo.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Daniel Mario Ugarte

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • nanomateriais avançados aplicados a sensores para agricultura de precisão de solos e armazenamento de energia
  • Materiais avançados são essenciais às atividades econômicas baseadas no conhecimento; isto envolve ações de sustentabilidade, optimização do uso da energia e produção agrícola. No Brasil, a agricultura tem alto impacto na balança comercial e isso ocorre apenas com o aumento da produção sem acréscimo da área plantada. A agricultura de precisão visa a avaliação de nutrientes na área de plantio, permitindo o uso racional de fertilizantes e herbicidas, mas muitas análises de solo são feitas por metodologias complexas como absorção atômica, espectroscopias de plasma, Raman, etc., procedimentos pouco utilizados na prática devido ao alto custo. Consequentemente, apesar dos avanços na compreensão de solos, poucos sensores de fácil operação estão disponíveis no mercado. Aqui, estudaremos a optimização de nanoestruturas (polímeros, grafeno, nanopartículas, etc.) para o desenvolvimento de sensores aplicados a análise de solos e armazenamento de energia (supercapacitores). A exploração de nanomateriais em processos tecnológicos adiciona enorme valor agregado a produtos, serviços e processos, gerando impacto direto no desenvolvimento social e econômico. A otimização dos materiais será feita mediante modernos métodos físicos e químicos de caracterização, e para deposição de multicamadas moleculares a técnica de automontagem por adsorção facilitará o design dos dispositivos. A impressão 3D facilitará prototipagens e fabricação de eletrodos mais robustos, e o uso de sistemas microfluídicos permitirá redução nas quantidades analisadas e descartes. Para solos, pretendemos evitar a etapa de pré-processamentos a fim de desenvolver sensores com funções e arquiteturas ainda não disponíveis no mercado. Exploraremos arquiteturas moleculares envolvendo nanopartículas, nanofios semicondutores, polímeros condutores e hidrogéis com elevado potencial para análise seletiva de macronutrientes (N, P, K) e metais pesados (Pb, Cd e Hg) em amostras de solo que serão simplesmente diluídas em água.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 13/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Daniel Moreira de Avelar

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • desenvolvimento e avaliação de testes diagnósticos para leishmaniose tegumentar com potencial de aplicação em unidades básicas de saúde
  • Os testes disponíveis no SUS para o diagnóstico da leishmaniose tegumentar (LT) são poucos, exigem coleta de amostra por procedimento invasivo, capacitação continuada de laboratoristas e limitado desempenho. Apesar de testes moleculares de elevada acurácia já serem ofertados em centros de referência, sua disponibilidade centralizada e a exigência de biópsia continuam mantendo o acesso ao diagnóstico como um dos principais entraves no alcance do controle da LT. Por outro lado, evidências sustentando o uso de amostras coletadas de forma minimamente invasiva e por profissional não médico são crescentes e despontam como uma alternativa capaz de mudar o panorama do diagnóstico da LT. Testes baseados na detecção de antígenos ou na amplificação isotérmica de DNA possuem como principais vantagens alta sensibilidade potencial aliada à possibilidade de implantação em laboratórios com menor infraestrutura, resultando na melhoria de acesso e contribuindo para a oferta de tratamento em menor tempo. Estratégias de diagnóstico baseadas no uso de anticorpos monoclonais (AcMos) para detecção de antígenos e na amplificação isotérmica de alvos lineares (LIMA) estão em fase de desenvolvimento no Instituto René Rachou, apresentando resultados iniciais promissores: 1) detecção de antígenos de Leishmania, utilizando ACMOs por ELISA Direto; 2) sensibilidade analítica do LIMA-Leish equivalente a um único parasito. Desta forma, esse projeto propõe o desenvolvimento e validação de dois kits protótipos para LT: a) teste rápido de detecção de antígeno de Leishmania e; b) teste molecular isotérmico (LIMA-Leish). Inicialmente serão testadas diferentes concentrações dos reagentes e após padronização, os dois kits protótipos serão avaliados quanto aos parâmetros analíticos (sensibilidade, especificidade, repetibilidade e reprodutibilidade) e clínico (acurácia diagnóstica). Os resultados poderão ser utilizados em pedidos de patentes, além da produção de Kits comerciais para o diagnóstico da LT.
  • Fundação Oswaldo Cruz - MG - Brasil
  • 16/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Daniel Munari Vilchez Palomino

Outra

Microeletrônica
  • exploração de computação aproximada e armazenamento aproximado para sistemas de codificação de vídeo energeticamente eficientes
  • O objetivo deste projeto é utilizar os conceitos de computação aproximada e armazenamento aproximado para o desenvolvimento de soluções em software e hardware para as principais etapas de processamento em codificadores de vídeo modernos e para o desenvolvimento de projetos de memórias dedicadas em codificadores de vídeo. Todas as soluções propostas têm como foco principal a redução no consumo energético em sistemas de codificação de vídeo mantendo a alta eficiência de codificação proporcionada por codificadores atuais com o VVC e o AV1. Neste contexto, o projeto pode ser dividido em duas linhas principais, onde a primeira está relacionada com o desenvolvimento de algoritmos e aceleradores de hardware utilizando computação aproximada e a segunda está relacionada com o projeto de memórias dedicadas utilizando armazenamento aproximado. O projeto conta com uma equipe de pesquisadores de diferentes instituições que têm experiências complementares em desenvolver soluções energeticamente eficientes para sistemas de codificação de vídeo. Além disso, o projeto também conta com a participação de alunos de graduação e pós-graduação que já possuem alguma experiência técnica com as ferramentas que serão utilizadas na execução do projeto. Dentre os resultados esperados com a execução dos marcos físicos previstos no projeto é possível citar: (1) contribuição para o estado-da-arte em um tópico de interesse acadêmico e industrial na área de microeletrônica, (2) desenvolvimento de tecnologias alinhadas com as prioridades definidas recentemente pelo MCTI, (3) consolidação da cooperação de pesquisa entre os pesquisadores das quatro instituições envolvidas no projeto, (4) treinamento dos estudantes em manipular ferramentas e tecnologias importantes para o desenvolvimento científico e tecnológico do país e (5) divulgação dos resultados em publicações científicas e para a comunidade em geral.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Daniel Ordine Vieira Lopes

Outra

Divulgação Científica
  • semana de educação, ciência e tecnologia do ifg cãmpus formosa
  • O IFG - câmpus Formosa participa, desde a sua criação em 2010, da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovendo em âmbito local a Semana de Educação, Ciência e Tecnologia (SECITEC). Desde 2016 o evento busca expandir sua atuação para além de Formosa, seja na forma de organização conjunta com outras instituições, no convite a palestrantes e na disponibilização de ônibus para transporte de estudantes de outros municípios. Em 2022 realizará a 13ª edição desse evento. Reafirmamos o compromisso de realizar um evento aberto, diversificado, que atenda às demandas acadêmicas das áreas que compõem a nossa instituição, além de aprofundar o diálogo necessário entre as instituições de formação profissional e superior e as Escolas de Educação Básica do Município de Formosa. A SECITEC ocorrerá no Câmpus do IFG Formosa em quatro dias com algumas atividades realizadas também no câmpus Luziânia e Anápolis. A SECITEC é um evento multimodalidade: Portas Abertas: realizamos diversas oficinas e cursos abertos a toda a comunidade em nossos laboratórios que normalmente só são usados em disciplinas técnicas específicas. Também promovemos diversas atividades visando a integração da comunidade local com o câmpus, principalmente a professores e estudantes das redes municipal e estadual, convidando à integração e parcerias com a instituição; Conjunto de Oficinas de CT&I: Realizamos diversas oficinas, aproveitando o conhecimento e experiência dos docentes da instituição em atividades laboratoriais e artísticas e as instalações adequadas de um câmpus de educação da Rede Federal, que tem tradição por uma formação acadêmica com forte vinculação a problemas práticos e técnicas científicas avançadas. Seminário ou Ciclo de Palestras: Aproveitamos o evento para debater com especialistas, da própria instituição ou convidados, temas de pesquisa conectados ao tema da SNCT 2022. Mostra de Vídeos: Utilizaremos o auditório com capacidade para 330 pessoas para exibição de vídeos relacionados à SNCT.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás - GO - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Daniel Pacheco Bruschi

Ciências Biológicas

Genética
  • rastreamento genômico das regiões sexo-específica de espécies de anfíbios com diferentes estágios de diferenciação de cromossomos sexuais
  • Diferente de mamíferos e aves onde os cromossomos sexuais são antigos e citogeneticamente heteromóficos, em anfíbios a trajetória evolutiva desses pares ainda é incerta. Dentre as espécies estudadas até o momento são encontradas evidências de mudanças entre a heterogametia masculina ou feminina, com distintos sistemas de regulação da determinação sexual em cromossomos ainda homomórficos. Os sistemas são distintos quanto às origens evolutivas, tipos de heterogametia e localizações genômicas, indicando rápido turnover nos genomas anfíbios durante a evolução dos pares sexuais. A supressão de recombinação nas regiões sexo-específica desses organismos parece ser lenta e permeável, favorecendo o rápido turnover nesses cromossomos e evitando ligação entre genes determinantes e antagonistas sexuais durante o estabelecimento da região sexo-específica no organismo heterogamético. Usaremos abordagens genômicas (Rad-seq) para identificar a composição molecular de regiões sexo-específicas em Pipa carvalhoi, que não apresenta cromossomos sexuais heteromórficos e em espécies do complexo Physalaemus cuvieri – Physalaemus ephippifer, as quais apresentam pares sexuais em diferentes estágios de diferenciação. Nossa hipótese é que as regiões sexo-específicas tem rápido e diferencial acúmulo de DNAs repetitivos e alta taxa de mutação em genes sexualmente antagonistas no sexo heterogaméticos. Especificamente, investiremos nos elementos genéticos móveis e no seu papel na atração de genes relacionados ao sexo para essas regiões e/ou em sua coopção molecular durante a construção desses blocos genômicos. Buscaremos identificar marcadores sexo-específicos, que serão validados por sequenciamento Sanger e localizados cromossomicamente (dependendo da extensão dessas regiões) por meio de sondas de oligo-FISH. Esperamos poder aproximar as predições dos modelos de evolução de pares sexuais nesses casos em que ainda se encontram indiferenciados ou em estágios iniciais de diferenciação citogenética.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Daniel Pedro Bezerra Chaves

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • sistemas de comunicação e de segurança da informação baseados em sistemas dinâmicos
  • Esta proposta possui três eixos principais, todos associados à aplicação de sistemas dinâmicos. A depender da finalidade, características específicas do sistema dinâmico é explorada na concepção de subunidades do sistema de comunicação. Empregamos sistemas caóticos como plataforma para transmissão de dados, beneficiando-se da eficiência energética e segurança da informação propiciada por esses. Empregamos mapas caóticos discretos para o projeto de geradores de números pseudoaleatórios computacionalmente competitivos e de fácil implementação em unidades lógicas programáveis. Por fim, associando mapas caóticos e códigos corretores de erros, o primeiro exercendo o papel de fonte de entropia e o segundo a função de proteção da informação, desenvolvemos estratégias para inserção e verificação de marcas d'água frágeis e de marcas d'água robustas. O projeto visa desenvolver sistemas de comunicação sem fio utilizando sistemas dinâmicos caóticos e, principalmente, empregando características topológicas de atratores caóticos tridimensionais e algoritmos de aprendizagem de máquina para melhorar o desempenho em relação às propostas atuais da literatura. Entre outras, a proposta visa apresentar alternativas para sistemas de comunicação com acesso múltiplo. No contexto de geradores de números pseudoaleatórios, será dada ênfase aos mapas caóticos definidos sobre anéis de inteiros. Têm-se como objetivo identificar bons geradores para fins criptográficos, utilizar estas estruturas discreta para diminuir a complexidade computacional e aumentar a eficiência operacional quando comparados a mapas definidos sobre os reais e técnicas clássicas. As comparações considerarão a complexidade de implementação em hardware e o throughput do sistema. Por fim, desenvolveremos marcas d'águas robustas, frágeis e híbridas de baixa complexidade. Para tal, o trabalho foca no emprego de códigos corretores de erros e bits caóticos para, conjuntamente, agregarem ao esquema robustez, sigilo e autenticação.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 11/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Daniel Ribeiro Cardoso

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • inteligência computacional na modelagem do valor do solo como estratégia mitigadora de gentrificação
  • Quatro elementos principais definem gentrificação: reinvestimento de capital, aumento da oferta de serviços especializados, mudança da paisagem e o deslocamento compulsório, direto ou indireto, de grupos mais vulneráveis da população. Entendido como fenômeno eminentemente socioeconômico de natureza excludente, a gentrificação é associada a mudanças em áreas degradadas que atrairiam a atenção do mercado imobiliário e de novos moradores, de maior poder aquisitivo, que demandariam um incremento de infraestrutura e serviços especializados, provocando, assim, a valorização econômica da área que culminaria com o afastamento dos residentes originais, que não mais poderiam arcar com os custos de vida e moradia. O valor do solo desempenha um papel importante nessas dinâmicas complexas do sistema urbano, sendo uma referência decisiva para urbanistas na questão da gentrificação. A complexidade inerente a centros urbanos deve, por sua vez, ser contemplada com um arcabouço teórico e técnico adequado, onde dispositivos possam ser propostos como suporte ao planejamento. Para isso, pretende-se, através do presente projeto de pesquisa, o uso do ML, em uma de suas formas de enxergá-lo: como se este fosse um simplificador, sendo uma tecnologia que permite a compressão de grandes conjuntos de dados em modelos preditivos para um problema em questão. Através de técnicas de ML, serão gerados, para um recorte urbano específico - o Distrito de Inovação, modelos que expliquem o valor do solo em função de dados como variáveis socioeconômicas, físico-ambientais e demográficas, e localização de pontos de interesse. Serão também investigadas as correlações entre essas variáveis e diferentes indicadores de gentrificação urbana, com o objetivo de orientar, dentro de plataformas de CIM, o planejamento desta área, de forma a mitigar os efeitos desse fenômeno. Entende-se que os modelos pretendidos permitirão, portanto, em estudos rápidos e interativos dar suporte à tomada de decisão no planejamento.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Daniel Ribeiro Preve

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • o direito à cidade e os conflitos territoriais e urbanos em balneário camboriú, criciúma e florianópolis: uma análise a partir da aplicabilidade dos instrumentos da política urbana
  • O processo intenso de urbanização das cidades brasileiras, sem um planejamento e políticas públicas adequadas, aliado as desigualdades sociais no país, promoveram inúmeras dificuldades para o acesso da maior parte da população urbana aos serviços básicos de saúde, gestão de resíduos sólidos e saneamento, habitação, mobilidade urbana, equipamentos urbanos públicos, entre outros. Desta forma, o presente projeto de pesquisa tem como objetivo geral, analisar a aplicabilidade e a eficácia dos instrumentos da política urbana, com base no Direito à Cidade, em relação aos conflitos territoriais e urbanos, em três cidades catarinenses. Como objetivos específicos aponta-se: investigar a eficácia das políticas públicas urbana e habitacional realizadas, enquanto instrumentos do pleno desenvolvimento das funções sociais da propriedade urbana e do direito ao meio ambiente sustentavelmente equilibrado; sistematizar a legislação e as experiências, em relação ao Direito à Cidade e, consequentemente, ao desenvolvimento e aplicação de políticas de sustentabilidade urbana e ambiental, tendo como premissa a democracia participativa no espaço urbano; estudar parâmetros possíveis, para o desenvolvimento de políticas urbanas e habitacionais, que tenham como objeto de garantia e acesso pleno ao Direito à Cidade. Neste contexto, como e quais os instrumentos da política urbana, a partir da legislação, da gestão e do planejamento, podem contribuir para reduzir as desigualdades estruturais que marcam as cidades brasileiras? Como hipótese verifica-se que os conflitos territoriais e urbanos são dirimidos, quando da participação efetiva da sociedade civil na elaboração, acompanhamento e implementação das políticas urbanas e habitacionais. Com um método de abordagem dedutivo, procedimento bibliográfico, documental e estudo de caso e análise comparada, busca-se a sistematização e formulação de instrumentos que possam contribuir para a produção de cidades inclusivas, democráticas e sustentáveis.
  • Universidade do Extremo Sul Catarinense - SC - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Daniel Sampaio Souza

Engenharias

Engenharia Aeroespacial
  • estudo do estol dinâmico em seções de pá de turbina eólica considerando comportamentos aeroelásticos não-lineares
  • Uma previsão precisa dos carregamentos aerodinâmicos e da resposta estrutural das pás é fundamental para o aumento da eficiência na geração de energia em geradores eólicos. Variações temporais do vento incidindo nas turbinas eólicas, devido a gradiente de velocidade da camada limite atmosférica, turbulência do vento, interferência de turbinas a montante, entre outros fatores, e vibrações causadas por folgas de montagem e efeitos aeroelásticos, podem provocar a ocorrência de estol dinâmico. Como consequência, as pás podem sofrer oscilações torcionais e flexionais de grande amplitude, provocando falhas por tensões excessivas ou diminuindo sua vida devido à fadiga. Modelos semi-empíricos de estol dinâmico tipicamente baseiam-se em observações experimentais de aerofólios submetidos a movimentos harmônicos. Entretanto, a resposta aeroelástica de aerofólios sob estol dinâmico dificilmente resulta em um movimento harmônico. O objetivo da presente proposta de pesquisa é avaliar a validade das hipóteses adotadas por modelos semi-empíricos de estol dinâmico considerando aerofólios em movimentos resultantes de respostas aeroelásticas não-lineares. Erros na previsão da velocidade de flutter de estol a partir de modelos aeroelásticos que utilizam modelos de estol dinâmico consolidados para cálculo dos carregamentos aerodinâmicos foram reportados na literatura recente e podem estar associados a fragilidades das hipóteses baseadas em movimentos harmônicos da seção. Respostas aeroelásticas realistas de seções, com liberdade de movimento do ângulo de incidência, sob estol dinâmico serão obtidas a partir de experimentos em túneis de vento e servirão para configurar simulações numéricas de dinâmica dos fluidos computacional utilizando códigos próprios e de fonte aberta. Observações experimentais do escoamento e resultados de simulações serão utilizados para estudar a evolução do estol dinâmico e compará-lo com as hipóteses adotadas por modelos semi-empíricos consolidados.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Daniel Souza Corrêa

Engenharias

Engenharia de Produção
  • nanoestruturas biocatalíticas baseadas em membranas de nanofibras modificadas com enzimas aplicadas na remoção de poluentes de interesse ambiental
  • A contaminação de recursos hídricos por interferentes endócrinos constitui um dos principais problemas ambientais da atualidade. Tais contaminantes são substâncias que, mesmo em baixas concentrações, interferem no funcionamento natural do sistema endócrino de espécies animais, incluindo os seres humanos. Deste modo, existe atualmente um consenso geral sobre a importância de se intensificar as pesquisas relacionadas ao desenvolvimento de produtos e processos capazes de remover estas substâncias do meio ambiente. Neste contexto, este projeto tem como principal objetivo convergir e integrar estratégias nanotecnológicas e biotecnológicas visando ao desenvolvimento de membranas biocatalíticas baseadas em nanofibras poliméricas que possam ser empregadas como alternativa mais eficiente e econômica às tecnologias de remediação de poluentes atuais. As membranas poliméricas serão obtidas pelas técnicas de eletrofiação e fiação por sopro em solução e servirão como suporte para imobilização de enzimas lacases produzidas pelo fungo filamentoso Trametes versicolor ATCC 200801. As condições empregadas para imobilização enzimática serão avaliadas a fim de se determinar os melhores parâmetros de eficiência de imobilização, rendimento de imobilização e atividade enzimática. As membranas biocatalíticas serão caracterizadas em função das suas propriedades físico-químicas, bioquímicas e catalíticas e serão empregadas para biorremediação de interferentes endócrinos fenólicos. As condições experimentais dos ensaios de remediação serão otimizadas a fim de se obter a melhor performance catalítica. Além disso, a viabilidade de reutilização das membranas em vários ciclos de degradação também será investigada. Resultados anteriores demonstram que a lacase imobilizada por ligação covalente e encapsulamento usando materiais eletrofiados tem potencial para aplicação em processos de proteção ambiental para a remoção de antibióticos. Os desdobramentos deste projeto certamente permitirão o avanço do conhecimento científico bem como de tecnologias baseadas em novos materiais e processos para a remoção de poluentes ambientais.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - SP - Brasil
  • 21/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Daniel Veras Ribeiro

Engenharias

Engenharia Civil
  • avaliação do desempenho e da durabilidade de matrizes geopoliméricas
  • O presente projeto de pesquisa aborda dois importantes aspectos da construção civil: o uso de um ligante alternativo ao cimento Portland e o estudo de sua durabilidade. Estudos a respeito da produção de cimentos alternativos com menor impacto ambiental (zero clínquer) vêm ganhando crescente interesse, sobretudo por emitir menores quantidades de CO2 em sua produção. Um destes ligantes, denominado de geopolímero, é obtido a partir da ativação alcalina de materiais ricos em sílica e alumina, podendo derivar de subprodutos/resíduos industriais, sendo, assim, um aglomerante de reduzido impacto ambiental. Entretanto, estudos que abordem a durabilidade deste tipo de ligante com relação à corrosão por ação de cloretos ou devido à carbonatação são incipientes e inconclusivos, deixando uma lacuna no que se refere à avaliação da vida útil e potencial de substituição ao cimento Portland. O presente projeto tem como finalidade avaliar o desempenho e a durabilidade de concretos contendo ligantes geopoliméricos por meio de testes que avaliarão a atuação dos cloretos, como ensaios de migração de cloretos, potencial de corrosão, resistividade elétrica e espectroscopia de impedância eletroquímica (EIE), além de seu comportamento quanto à ciclagem gelo-degelo e carbonatação. Para efeito de comparação, serão moldados concretos com cimento Portland de mesma classe de resistência. O desenvolvimento do presente estudo permitirá ter dados comparativos de desempenho e durabilidade entre o ligante Portland e o ligante geopolimérico, permitindo estimar parâmetros de durabilidade para concretos obtidos com este ligante alternativo. Assim, acredita-se que o desenvolvimento do presente projeto possa trazer informações relevantes e agregar novos conhecimentos à área de materiais de construção, aumentando a confiança na utilização desta nova matriz.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Daniel Wunder Hachem

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • comportamento judicial em relação à convenção americana de direitos humanos: uma análise empírica do poder judiciário brasileiro
  • Muitos países têm práticas judiciais classificadas como abertas aos tratados de direitos humanos e tribunais internacionais, como é a relação entre a Corte Interamericana de Direitos Humanos, México, Costa Rica e Argentina. No Brasil, pesquisas constatam uma postura judicial refratária à aplicação dessas normas e resistente ao Direito Internacional dos Direitos Humanos, dificultando a incorporação de parâmetros protetivos a esses direitos. Pesquisa no TJRJ constatou que parte significativa dos magistrados nunca sequer havia estudado direitos humanos, afirmou conhecer apenas superficialmente ou não conhecer o funcionamento dos Sistemas Internacional e o Sistema Interamericano de Direitos Humanos e afirmou não acreditar que o conhecimento do conteúdo das sentenças da Corte IDH poderia auxiliá-los nas suas decisões (https://bit.ly/3kHOg5G). A constatação é problemática pois contraria a jurisprudência da Corte IDH que determina que os juízes dos Estados Partes devem realizar o controle de convencionalidade: um exame da compatibilidade das leis e atos normativos internos com a CADH, com a declaração de nulidade das normas internas que forem contrárias à convenção. Diante dessa hipótese evidênciada no artigo referido - falta de aplicação concreta da Convenção Americana de Direitos Humanos (CADH) no TJRJ - o objetivo geral da pesquisa é identificar, por meio de pesquisa de campo e coleta de documentos dos Tribunais de Justiça estaduais, Tribunais Regionais Federais, Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal, os motivos que levam à baixa aplicação da CADH no Poder Judiciário brasileiro em geral. A pesquisa será quantitativa e qualitativa, com envio de questionários para resposta por magistrados, entrevistas e pesquisa no banco de jurisprudência de cada Tribunal pesquisado. A pesquisa jurisprudencial abrangerá julgados dos últimos 10 (dez) anos. Já as entrevistas serão limitadas aos presidentes do órgão especial ou órgão semelhante de cúpula de cada tribunal.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 03/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Daniel Zimmermann Mesquita

Ciências Agrárias

Agronomia
  • projeto de criação do núcleo de estudo em agroecologia e produção orgânica (nea) no âmbito do instituto federal de educação, ciência e tecnologia de mato grosso do sul (ifms) – campus naviraí
  • O modelo convencional de desenvolvimento rural tem trazido diversos problemas econômicos, sociais e ambientais. Vivemos atualmente em um ambiente de agricultura extremamente competitiva em que é necessário buscar a produção por escala para obter rendas lucrativas, sem contar na necessidade de intervenção do governo em alguns momentos para garantir preços adequados dos produtos aos produtores e evitar o exagero de preços praticados ao consumidor. A luta do agricultor familiar por uma agricultura mais igualitária com menor uso de agrotóxicos, maior diversificação, diminuindo também o uso de insumos externos à propriedade rural, buscando aproveitar os recursos internos da propriedade visando à produção de alimentos mais saudáveis, baratos e com qualidade, tem sido também bandeira de luta de alguns setores da economia, do poder público e da sociedade civil. Com a finalidade em contribuir para uma produção de alimentos mais saudáveis, através de uma agricultura baseada em sistemas de manejo e produção que visem a preservação dos recursos naturais e do meio ambiente, atendendo também a demanda por produtos ecologicamente corretos, produzidos sem o uso indiscriminado de agrotóxicos, fertilizantes e outros produtos químicos com grandes e difusos impactos ambientais, faz-se necessário a implantação do Núcleo de Agroecologia e Produção Orgânica (NEA). A partir da criação de um Núcleo de Agroecologia e Produção Orgânica (NEA) no Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) Campus de Naviraí, MS, será possível integrar profissionais ligados à área de ensino, pesquisa e extensão e promover um maior envolvimento e uma maior contribuição com a produção orgânica dos agricultores de Naviraí-MS e região. O projeto visa envolver principalmente aqueles trabalhadores da agricultura familiar que tem como característica a produção de alimentos para subsistência. Além dos citados, serão envolvidos também os estudantes do ensino médio da própria instituição IFMS, e estudantes de escolas do município tanto da parte urbana como rural. Importante observar que, a implantação do NEA, permitirá ainda, uma interação maior com a comunidade rural, conhecendo suas tramas e vivências, identificando a realidade rural, social e econômica, suas limitações e potencialidades. Dessa maneira, enfatizando os preceitos e ações propostas pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS), e atendendo também os termos da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO), a expectativa é que haja uma melhoria na qualidade de vida de toda população, por meio do uso sustentável dos recursos naturais e da oferta e consumo de alimentos saudáveis. Além disso, o projeto pretende ser um modelo de referência ao possibilitar a formação necessária ao técnico em agricultura na inter-relação com o produtor orgânico, promovendo uma experiência única de viver o ensino, promover a pesquisa e realizar a extensão, de maneira que se possa chegar a um denominador comum em que todos os envolvidos ganham.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 01/08/2017-31/10/2022