Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Beatriz Gallotti Mamigonian

Ciências Humanas

História
  • a liberdade precária e a escravização ilegal no brasil oitocentista
  • Este projeto pretende investigar a prática da escravização de pessoas livres e a maneira como foi criminalizada e julgada no Brasil ao longo do século XIX. Traçando paralelos com o trabalho análogo a de escravo no Brasil contemporâneo, a pesquisa buscará os casos (e sujeitos) no limite entre a liberdade e a escravidão, buscando recuperar os termos das reivindicações de condiçõe dignas e apurar o que era considerado aceitável e o que era intolerável para os trabalhadores e o judiciário. Além dos processos-crime por “redução à escravidão de pessoas livres” (artigo 179 do Código criminal) a pesquisa buscará ações cíveis envolvendo pessoas em liberdade condicional que foram escravizadas ilegalmente ou sofriam ameaça de sê-lo. Desta maneira, o projeto pretende contribuir para a história do trabalho e do direito, assim como dialogar com os estudos sobre trabalho escravo contemporâneo na busca do entendimento das fronteiras conceituais da escravidão.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Gomes Guimarães

Ciências Biológicas

Biofísica
  • caracterização de fatores da maquinaria de tradução de tripanossomatídeos como potenciais alvos para o desenho de inibidores
  • Protozoários patogênicos do grupo dos tripanossomatídeos permanecem um grande problema de saúde mundial. O Trypanosoma cruzi é o agente causador da doença de Chagas, mais de 20 espécies de Leishmania causam múltiplas formas de leishmaniose e duas subespécies de T. brucei estão envolvidas na tripanossomíase humana africana. O número estimado de pessoas portadoras da doença de Chagas foi relatado recentemente: 5,75 milhões na América Latina (o CDC dos EUA estima 8 milhões), com aproximadamente 61 milhões em risco. A leishmaniose, em suas diferentes formas, foi detectada em 102 países. As estimativas para a tripanossomíase humana africana indicam 69 milhões de pessoas em risco em 36 países da região subsaariana, com aproximadamente 3000 novos casos por ano relatados nos últimos anos, embora o número real de casos possa ser muito maior. Atualmente, não existem vacinas para a prevenção dessas doenças. Seus tratamentos são baseados em quimioterapia que, apesar de serem relativamente eficazes, estão associados a uma ampla lista de problemas, incluindo alto custo, duração e baixa eficiência dos tratamentos, além de efeitos colaterais graves. Além disso, os mecanismos de ação da maioria dos compostos são desconhecidos. Esses fatos reforçam a necessidade do desenvolvimento de compostos mais específicos contra esses parasitas. Recentemente, iniciamos um esforço para validar os componentes da maquinaria de síntese protéica, essencial para a viabilidade celular, como alvos de inibidores específicos contra os tripanossomatídeos. A iniciação da tradução em eucariotos é um processo complexo e altamente regulado, dependente da ação de várias proteínas para montar as subunidades ribossomais com o iniciador metionil-tRNA posicionado no códon inicial do mRNA. A associação do fator de iniciação eIF4E com a estrutura cap da extremidade 5 ' do mRNA é uma etapa fundamental para a tradução. Essa associação é complementada por uma interação com o fator eIF4G, uma proteína que desempenha uma função de ancoragem durante a formação do complexo eIF4F de iniciação da tradução. A maquinaria de síntese protéica dos tripanossomatídeos apresenta várias diferenças importantes quando comparada às células de mamíferos, que podem ser exploradas para o desenho de inibidores específicos. Essas diferenças incluem a estrutura do chamado cap-4 encontrado na extremidade 5 ' dos mRNAs, o número de genes que codificam para homólogos de eIF4E e eIF4G e o modo de interação entre os fatores de iniciação da tradução. O cap-4 é de particular interesse, pois exibe um conjunto único de modificações covalentes em comparação com outros eucariotos, que antecipam fortemente a existência de um modo de interação específico para o complexo EIF4E-cap-4 em tripanossomatídeos. Os principais pontos a serem explorados são as regiões de EIF4E que mediam interações com a estrutura cap-4, EIF4G e as proteínas de ligação a poli-A (PABPs). Poucas informações estruturais estão disponíveis a respeito destas proteínas. Portanto, o objetivo principal desta proposta é determinar as estruturas tridimensionais dos homólogos de eIF4E de T. cruzi e seus complexos com cap-4 e outros parceiros nos complexos de iniciação da tradução. Pretendemos assim contribuir para uma melhor compreensão do papel do cap-4 e das diferentes EIF4Es na síntese proteica e/ou mecanismos de regulação da tradução em tripanossomatídeos, bem como para o desenvolvimento de estratégias para o desenho de inibidores da síntese proteica seletivos para estes parasitas.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 05/12/2019-31/12/2021
Foto de perfil

Beatriz Gondim Matos

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • consumo colaborativo e economia criativa na região do cariri
  • O consumo colaborativo e suas práticas vem sendo incorporados aos estudos de marketing e consumo a fim de se pensar em novos modelos de negócios. Associado aos modelos emergentes de negócios quais combinam o intermédio da tecnologia, maior envolvimento do consumidor-usuário e distintas lógicas de troca em serviços, a economia criativa parece suscitar um campo promissor a estes estudos. Assim, esta pesquisa tem como objetivo geral: compreender a relação entre consumo colaborativo e economia criativa. E, como objetivos específicos, pretende-se identificar as atividades/setores criativos da região do Cariri; e, compreender as características dos sujeitos criativos que apresentam potenciais adesão às práticas colaborativas. A pesquisa, natureza exploratória e caráter qualitativo será realizada utilizando-se a estratégias pesquisa narrativa.
  • Universidade Federal do Cariri - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Mello Carvalho

Ciências Biológicas

Genética
  • desafios teóricos na datação molecular filogenômica
  • O estabelecimento de escalas de tempo biológicas é um passo fundamental na realização de análises evolutivas. Atualmente, a análise Bayesiana é a principal abordagem utilizada na inferência de tempos de divergência a partir de dados moleculares, devido a sua alta flexibilidade. Entretanto, na era de big data, os métodos Bayesianos não são capazes de lidar com a quantidade massiva de dados moleculares disponíveis. Isso torna a datação molecular Bayesiana um procedimento exaustivo e muitas vezes impraticável, pois envolve um número enorme de parâmetros a serem estimados. Assim, na última década, várias metodologias de datação molecular foram desenvolvidas com intuito de analisar conjuntos de dados filogenômicos. Esses métodos aceleram o conhecimento e permitem a realização de testes de hipóteses empregando big data. Contudo, nenhum estudo que compare amplamente a performance desses métodos foi realizado até o momento. Essa avaliação é fundamental para a continuidade das pesquisas em datação molecular, já que a tendência geral em filogenética e evolução molecular é o acúmulo crescente de dados e a reconstrução de mega-filogenias. Portanto, o projeto atual visa comparar as diferentes metodologias disponíveis para estimativa de tempos de divergência na era de big data. Para tal, serão utilizados datasets simulados que repliquem os conjuntos de dados genômicos utilizados em filogenética. Também serão empregados dados empíricos de diversos grupos biológicos já disponíveis. Dessa forma, será possível avaliar a acurácia, precisão e eficiência computacional de tais métodos. Como consequência, será proposto um manual de boas práticas em datação molecular filogenômica, fornecendo aos pesquisadores guidelines a serem utilizados na inferência de tempos de divergência empregando dados genômicos.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira Toso

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • produção do cuidado e validação de protocolo de fluxo para serviços de atenção domiciliar a crianças com necessidades especiais de saúde
  • Introdução: Os avanços tecnológicos e a qualificação dos profissionais de saúde, nas últimas décadas, refletiram na transição epidemiológica da infância, com diminuição da mortalidade infantil. Contudo, esse cenário proporcionou o crescimento das condições crônicas na infância, fazendo emergir o grupo de Crianças e adolescentes que necessitam de atenção especial à saúde (CRIANES). Estas crianças demandam cuidados diferenciados, que podem variar entre reabilitação psicomotora e social, dispositivos e tecnologias, fármacos e cuidados habituais modificados. Frente ao exposto, surge a necessidade de mudanças na forma de atenção à saúde e, neste contexto, a Atenção Domiciliar (AD) pode ser considerada uma das respostas do sistema de saúde para atender às demandas presentes nas condições crônicas. Objetivos: Este estudo, na fase 1 tem por objetivo: descrever o cuidado prestado às crianças e adolescentes com necessidades especiais de saúde nos serviços de atenção domiciliar que compõem o estudo, na perspectiva dos profissionais de saúde e da família; e na fase 2: validar protocolo de fluxo de cuidado a crianças com necessidades especiais de saúde na atenção domiciliar, modalidade dois. Metodologia: Pesquisa descritiva e exploratória, de abordagem qualiquantitativa, do tipo estudo de casos múltiplos, executada por meio de triangulação de métodos. A fase um divide-se em duas etapas. Na primeira, será desenvolvida a coleta de dados por meio de aplicação de formulário aos profissionais dos Serviços de Atenção Domiciliar (SAD) dos estados participantes, por telefone e correio eletrônico, a fim de conhecer e descrever os serviços às CRIANES atendidas e como é realizado o acompanhamento destas. A análise dos dados de caracterização dos serviços será estatística descritiva. A segunda etapa contemplará entrevista com roteiro estruturado com familiares e ou cuidadores das crianças atendidas pelos SAD, para compreender sua percepção dos cuidados prestados nos serviços, as quais serão submetidas à análise temática indutiva. Na segunda fase do estudo, após a compreensão do funcionamento dos serviços existentes, serão realizados procedimentos para validação de um protocolo de fluxo de cuidados específico às CRIANES na AD, elaborado no estado do Paraná. A validação psicométrica deste protocolo de fluxo irá ocorrer nos serviços participantes, por meio de validação de face, conteúdo e clínica. A taxa adequada de concordância para o consenso será de 90% e o valor de Kappa igual ou maior a 0,7, assim como Alfa de Cronbach acima de 0,9 para a consistência interna. Ainda será aplicado o teste de Kaiser Meyer-Olkin (KMO) para o ajuste na análise fatorial. Resultados esperados: A partir da análise dos serviços na perspectiva dos profissionais e da família assim como da validação de um protocolo de fluxo de cuidado com estratégias específicas para o acompanhamento das CRIANES, espera-se subsidiar a qualificação do cuidado na atenção domiciliar a estas crianças, de forma sistematizada, contribuindo com o desenvolvimento de tecnologias em saúde.
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Schwantes Marimon

Ciências Biológicas

Ecologia
  • transição cerrado-amazônia: bases ecológicas e socioambientais para a conservação (etapa iii)
  • O PELD-TRAN iniciou em 2010, com o edital MCT/CNPq Nº 59/2009 e continuou com a Chamada MCTI/CNPq/FAPs nº 34/2012, perfazendo mais de seis anos de coleta de dados e publicações, cujo foco é a transição entre os dois maiores biomas brasileiros, o Cerrado e a Amazônia, que somados abrigam a maior biodiversidade tropical do planeta. Esta nova proposta visa a expansão do Sítio TRAN, que passará a abranger toda a transição Cerrado-Amazônia que cruza o estado de Mato Grosso. Nosso objetivo é dar continuidade e ampliar o monitoramento intensivo da biota e de parâmetros ambientais da transição para compreender os mecanismos envolvidos nas mudanças causadas por ações antrópicas e ambientais e subsidiar iniciativas de restauração, manejo e conservação de ecossistemas regionais. Esta proposta também terá como foco ações socioambientais visando a divulgação científica e a formação de coletores que fazem parte da Rede de Sementes do Xingu. Esses coletores apresentam um papel-chave, principalmente na recuperação de Áreas de Proteção Ambiental localizadas no entorno do Parque Indígena do Xingu, onde o Sítio TRAN concentra quase metade de suas parcelas de monitoramento. Esta área estratégica do entorno vem sofrendo fortes impactos nos últimos 30 anos, com a conversão de quase 90% da vegetação nativa em lavouras ou pastagens, afetando diretamente os povos que vivem no Parque. Os indígenas vêm alertando para as mudanças climáticas (calor e seca) que estão modificando os tradicionais “sinais” da natureza usados por eles, há milênios, para guiar suas ações de sobrevivência. Os agricultores dessa região também têm reportado preocupações com os eventos de seca severos que vem se tornando mais frequentes nos últimos anos. A experiência adquirida pelo grupo do Sítio TRAN, nas duas etapas anteriores, permite agora que ele se amplie e envolva novas áreas e novos pesquisadores, visando não apenas um extraordinário aumento nos estudos da transição, que passará a englobar todo o estado de Mato Grosso, mas também possibilitando a consolidação de um grupo de pesquisadores da mesma universidade na atuação de pesquisas de longo prazo. Reforçando isto está a posição geográfica estratégica do Sítio TRAN, que atraiu parcerias internacionais importantes, as quais resultaram na inclusão das áreas que já estão sendo monitoradas em estudos de escala global. A proposta do Sítio TRAN também contribuirá de maneira direta para atingir algumas das metas nacionais de biodiversidade 2011-2020, estabelecidas na resolução CONABIO nº 6, e também metas estabelecidas pela GSPC (Global Strategy for Plant Conservation) durante a 10ª Conferência das Partes (COP10) e da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), em outubro de 2010 no Japão. Assim, o projeto do Sítio TRAN continuará buscando respostas para questões de longa duração relacionadas ao funcionamento dos ecossistemas e de como estes respondem às mudanças climáticas e ao uso da terra. Para tanto, levantamos seis questões de longa duração a serem investigadas: 1) Como os eventos climáticos podem afetar a dinâmica, estrutura, composição e o balanço do carbono da vegetação da transição? 2) Qual a resposta da vegetação à intensificação ou redução de impactos antrópicos na transição? 3) Quais as consequências dos diferentes usos da terra na hidrologia e limnologia de microbacias hidrográficas? 4) Como as variações nas características da água afetam os insetos aquáticos? 5) Como é o padrão de ocorrência de mamíferos de médio e grande porte na transição em relação ao mosaico vegetacional e a sazonalidade climática? 6) Como a divulgação científica e o treinamento de coletores da Rede de Sementes do Xingu poderão ajudar na conservação da biodiversidade e no uso sustentável dos recursos naturais? Esta proposta também foi pré-submetida para o Institutional Links do Fundo Newton, em parceria com o Prof. Oliver Phiilips da Universidade de Leeds (Reino Unido) e também solicitamos um orçamento específico para a FAPEMAT. A base do sítio localiza-se em uma unidade de conservação (UC) municipal (Parque do Bacaba) e na segunda etapa do projeto incorporamos novas áreas de estudo e uma nova UC, o Parque Estadual do Araguaia. Nesta terceira etapa, além de incorporar uma nova UC Federal (Estação Ecológica Serra das Araras), pretendemos completar a área de abrangência da transição Cerrado-Amazônia, desde o sul do Pará até a divisa com a Bolívia, em Mato Grosso, agregando os núcleos Cáceres e Tangará da Serra. Além disso, somado ao monitoramento da vegetação, que vem acontecendo sistemática e intensivamente desde a criação do sítio, também incorporaremos o monitoramento de parâmetros climáticos em 80% das parcelas permanentes, bem como estudos de um grupo-chave da fauna, os médios e grandes mamíferos. Assim, o Sítio TRAN englobará uma área total de monitoramento contínuo de 50 ha, distribuídos em três núcleos ao longo da transição Cerrado-Amazônia. Por fim, é importante salientar que em um estado cuja economia está baseada na agricultura e pecuária, jamais poderemos deixar de apoiar estudos que se propõem a compreender os efeitos do clima sobre a vegetação. Infelizmente ainda há muitas incertezas sobre as atuais tendências climáticas, tanto em escala global quanto em escalas regional e local. Portanto, é urgente e necessário priorizar pesquisas que contribuam para a redução dessas incertezas e permitam uma melhor compreensão de como o clima afeta a vegetação. Compreendendo melhor esses fatores poderemos recomendar ações de manejo e conservação da biodiversidade de áreas naturais, bem como ações voltadas para o setor agrícola, minimizando as perdas de safras e contribuindo para o sucesso socioeconômico de todas as pessoas que dependem da agricultura.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 08/02/2017-28/02/2021
Foto de perfil

Belchior Monteiro Lima Neto

Ciências Humanas

História
  • a áfrica na antiguidade greco-romana: identidades múltiplas, alteridades e estigmatização
  • Busca-se, com a pesquisa que ora se apresenta, contrapor a Imagem eivada de alteridade e de estigmatização construída acerca da África e dos africanos por diversos autores greco-romanos, entres eles Salústio, Estrabão, Pompônio Mela e Tácito, com a percepção oferecida pelos próprios africanos acerca de sua identidade e de sua inserção na sociedade romana imperial, presente em fontes escritas, epigráficas, musivas, funerárias e numismáticas, procedimento que acreditamos oferecer uma nova compreensão acerca das relações do Império Romano com as populações autóctones africanas, aproximando-se de uma perspectiva multifacetada em termos de transformação sociocultural.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Belita Koiller

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • informação quântica
  • Esta proposta apresenta o projeto para a realização de um novo Instiuto de Ciência e Tecnologia em Informação Quântica, estendendo e aperfeiçoando o Instituto atualmente em atividade. A pesquisa em Informação Quântica no Brasil atingiu um grau considerável de organização, coerência e maturidade durante os últimos anos. Como resultado imediato deste processo, a produtividade quantitativa e qualitativa teve aumento significativo, bem como o número de doutores e mestres formados na área. Nota-se ainda uma melhoria na qualificação do pessoal formado e a intensificação das cooperações internacionais. Vários recém-doutores foram contratados para posições na carreira de universidades e centros de pesquisa e agora participam deste projeto como pesquisadores e orientadores. Isto produziu uma renovação no grupo de pesquisadores participantes em comparação com o Instituto de 2008-presente, o que pode ser quantificado pelos 28 pesquisadores contratados em posições permanentes durante os ultimos 3 anos, entre os 107 cientistas participantes deste projeto. Além destes 107 pesquisadores, o Instituto engloba 15 Laboratórios associados, 28 estagiários de pós-doutorado, 100 estudantes de doutorado, 43 estudantes de mestrado e 35 estudantes de iniciação científica, totalizando uma equipe de 313 pesquisadores distribuídos em 24 grupos de pesquisa em 25 universidades e centros de pesquisa brasileiros, localizados em 12 estados da federação. Observamos nos últimos anos um crescente e forte interesse da comunidade internacional, inclusive no Brasil, em temas como correlações quânticas, termodinâmica quântica e metrologia quântica/controle quântico. Estes três temas foram portanto somados aos temas de comunicação e computação quântica, para estabelecer um foco renovado em torno de cinco linhas de pesquisa. O trabalho nestas linhas inclui o aprofundamento dos estudos dos atributos quânticos de diferentes sistemas físicos, que vão desde os fenômenos ópticos e atômicos até os sistemas de matéria condensada, visando identificar os melhores candidatos para a implementação de dispositivos de processamento, transmissão e armazenamento de dados. Notamos que a comunicação quântica ainda é o tema mais próximo das aplicações práticas e pretendemos explorar este caminho. Verificamos também que a computação quântica se diversificou e a simulação quântica passou a desempenhar um papel importante, abrindo o caminho para a realização de computadores quânticos dedicados. O objetivo geral da presente proposta é consolidar grupos ativos de pesquisa em torno dos cinco temas, buscando otimizar o entendimento e o controle de sistemas quânticos para solucionar ou melhorar soluções conhecidas para processamento, armazenamento e a transmissão de informação. O detalhamento do projeto pode ser encontrado no arquivo anexo.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Bellisa de Freitas Barbosa

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • papel funcional da molécula de adesão intercelular (icam)-1 na transmissão congênita de toxoplasma gondii em modelos experimentais humano (in vitro) e murino (in vivo)
  • A toxoplasmose congênita é um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo. A cada 10.000 nascimentos no Brasil, 5 a 23 crianças apresentam-se infectadas congenitamente por Toxoplasma gondii (DUBEY et al., 2012), podendo ocorrer problemas neurológicos, cegueira, retardamento mental, lesões oculares e abortos (DUBEY et al., 2012; KHAN; KHAN, 2018). O estado de Minas Gerais se destacou pela alta frequência de casos de toxoplasmose congênita entre os anos de 2006 e 2007, alcançando níveis de 13% no estado, quando comparado com os demais estados brasileiros, que chegaram a 6% (DUBEY et al., 2012). No entanto, um estudo mais recente realizado em Minas Gerais demonstrou 190 casos confirmados de toxoplasmose congênita num grupo de 146.307 recém-nascidos examinados pelo Programa Estadual de Triagem Neonatal de Minas Gerais (PETN-MG), o que equivale a 0,13% de positividade para T. gondii em crianças de Minas Gerais (CARELLOS et al., 2014). Portanto, é perceptível que as frequências de casos de toxoplasmose congênita variam consideravelmente ao longo dos anos, possivelmente pela falta de medidas preventivas, terapêuticas e/ou educacionais eficazes por parte da população geral e políticas de saúde. Em adição, o tratamento atual para reduzir os índices de toxoplasmose congênita se limita ao uso de espiramicina, sulfadiazina e pirimetamina (MONTOYA; LIENSENFELD, 2004; MONTOYA; REMINGTON, 2008). Entretanto, o uso de pirimetamina não é recomendado durante o primeiro trimestre de gestação por ter efeitos teratogênicos, incluindo supressão da atividade da medula óssea (KAYE, 2011; MONTOYA; REMINGTON, 2008). Recentemente, um estudo conduzido em Minas Gerais verificou alta porcentagem (44%) de efeitos hematológicos adversos em recém-nascidos com toxoplasmose congênita tratados com sulfadiazina e pirimetamina (CARELLOS et al., 2017). Assim, além dos elevados índices de toxoplasmose congênita no Brasil, os métodos terapêuticos tradicionais não trazem resultados satisfatórios, o que torna necessário novos estudos sobre a biologia de T. gondii na interface materno-fetal para elaborar futuras estratégias profiláticas, terapêuticas e/ou educacionais. Estas estratégias são de extremo interesse para o nosso país e também para o mundo, uma vez que a redução da infecção congênita impacta diretamente na melhoria de condições de vida das crianças, diminuindo mortalidade e morbidade, bem como na diminuição das despesas públicas. Para alcançar todos esses objetivos de melhoria da saúde pública no que tange à toxoplasmose congênita, torna-se necessário entender os mecanismos que favorecem a transmissão transplacentária de T. gondii, ou seja, precisamos compreender o que ocorre na interface materno-fetal quando esta é acometida pela infecção, permitindo a passagem do parasito para os tecidos embrionários ou fetais. T. gondii pode migrar pelos tecidos extracelularmente, o qual atravessa a barreira celular utilizando a via paracelular dependente da ligação de micronema (MIC)-2, uma proteína do parasito, e molécula de adesão intercelular (ICAM)-1, uma proteína de membrana das células dos hospedeiros. Portanto, é possível que T. gondii faça uso de ICAM-1 das células hospedeiras para migrar até locais do organismo ditos como imunologicamente privilegiados, como o microambiente placentário (BARRAGAN; BROSSIER; SIBLEY, 2005). De acordo com este raciocínio, estudos prévios mostraram que placentas com inflamações provocadas por T. gondii tiveram influxo de macrófagos para dentro da placenta, já que a expressão de ICAM-1 pelo trofoblasto proporcionou a adesão dessas células e, simultaneamente, favoreceu a infecção desses tecidos (JULIANO; BLOTTA; ALTERMANI, 2006). Entretanto, não se sabe praticamente nada ainda a respeito do papel de ICAM-1 na transmissão transplacentária de T. gondii. Assim, estudos que demonstrem o papel de ICAM-1 durante a transmissão transplacentária de T. gondii são extremamente necessários para verificar o papel desta molécula no desencadeamento da toxoplasmose congênita. Se verificarmos que ICAM-1 pode influenciar ativamente na transmissão vertical de T. gondii, esta proteína das células hospedeiras pode ser um futuro alvo terapêutico para a prevenção ou tratamento da toxoplasmose congênita, um sério problema de saúde pública no Brasil e no mundo.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Belmira Lara da Silveira Andrade da Costa

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • análise da biocompatibilidade de celulose bacteriana obtida em melaço da cana de açúcar em modelo experimental de traumatismo cranio-encefálico e na proliferação e diferenciação de células tronco neurais adultas
  • Exopolissacarídeos sintetizados por bactérias têm atraído interesse para Engenharia de tecidos como um biomaterial de elevada pureza, atóxico, capaz de ser incorporado ao tecido hospedeiro, permitindo a neovascularização e recuperação tecidual. A Neuroengenharia é uma área de estudo promissora na busca por biomateriais que possam atuar como suporte adequado à regeneração do tecido neural, principalmente pelas sequelas e severidade que lesões a este tecido podem ocasionar. Neste sentido, o traumatismo crânio-encefálico destaca-se como uma das causas prevalentes de morbidade no mundo, atingindo principalmente a população jovem. O implante intracerebral de polímeros naturais no local da lesão traumática abre uma perspectiva para recuperação das células residentes e repovoamento de novas células. O presente estudo visa testar a hipótese de que a celulose bacteriana produzida a partir do melaço da cana-de açúcar (CBCA), pode ser um novo biomaterial viável para futuro uso em Neuroengenharia de tecidos. Sua biocompatibilidade como substrato tridimensional, na forma de hidrogel coloidal, será investigada adotando-se um modelo de traumatismo craniano para avaliar a sua capacidade em permitir a incorporação de células neurais durante o processo de recuperação tecidual. Além disto, utilizando culturas bi e tri-dimensionais, será testada a sua adequação à proliferação e diferenciação de células-tronco neurais do cérebro adulto. A CBCA já vem sendo testada, com sucesso, em ensaios clínicos de fase II em outros tecidos. Além, disto, o fato desta celulose bacteriana ser produzida a partir de recursos renováveis de baixo custo, e capaz de gerar resíduos não poluentes são aspectos importantes que encorajam o presente estudo na busca por soluções alternativas futuras para minimizar custos na área da saúde e o impacto ambiental.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benar Fux Svaiter

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • teoria, algoritmos e aplicações em programação matemática e modelagem
  • Pretendemos desenvolver métodos de descida para otimização multiobjetivo de funções convexas não diferenciáveis, uma classe de problemas para os quais ainda não existem métodos de descida. Isto vai incluir o desenvolvimento de um novo método para otimização escalar convexa não diferenciável. Pretendemos desnvolver novas variantes do método híbrido proximal-extragradiente, uma modificação do método proximal que aceita erros relativos em cada iteração. Esta característica faz o método híbrido especialmente adequado para aplicações práticas e análise de complexidade Os métodos de decomposição permitem tratar problemas envolvendo soma operadores tratando um operador por vez em cada iteração. Há numerosos problemas que não poderiam ser resolvidos de forma factível, sem os métodos de decomposição. Pretendemos desenvolver novos métodos de decomposição, paralelos e sequenciais, para encontrar zeros de operadores monótonos e minimizar somas de funções convexas.Os métodos acelerados têm desempenho teórico nitidamente superior aos clássicos. No entanto, não há uma diferença tão grande no seu desempenho prático. Pretendemos desenvolver novas variantes de métodos acelerados, visando obter um ganho correspondente no desempenho prático dos mesmos Muitos problemas têm natureza estocástica, devido às incertezas. Mesmo em problemas determinísticos, algoritmos clássicos podem ser acelerados pela introdução de estocacidade na sua implementação. Estudaremos métodos estocásticos em otimização escalar para problemas determinísticos e estocásticos. Pretendemos aplicar técnicas de otimização e análise convexa à resolução de problemas inversos, que são problemas mal-postos que aparecem frequentemente na área de reconstrução de imagens e identificação de parâmetros. Pesquisaremos algoritmos para o problema de máquina de suporte vetorial, um problema fundamental na área de aprendizado de máquina em inteligência artificial. Pretendemos aplicaremos técnicas de otimização na área de reconhecimento de padrões e processamento de informação em grafos Tambem pretendemos aplicar métodos de otimização para o tratamento de problemas de economia matematica. Pretendemos modelar e avaliar a etiologia da leucemia aguda da infancia no Brasil usando diagramas causais e cadeias de Markov
  • Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benedito Gonçalves Eugênio

Ciências Humanas

Educação
  • currículo, diversidade cultural e relações étnico- raciais na educação escolar quilombola
  • O projeto objetiva investigar o trabalho com as relações étnico- raciais e sua intersecção com diversidade cultural e gênero por meio da análise das práticas curriculares desenvolvidas em escolas rurais quilombolas na região Sudoeste do Estado da Bahia. Após o levantamento das comunidades dos municípios que compõem o sudoeste baiano, pretendemos adentrar o cotidiano de duas escolas localizadas em comunidades quilombolas a fim de investigar suas práticas curriculares na interface com as relações étnicas/ culturais/de gênero. A metodologia empregada para a recolha dos dados será a etnografia, na perspectiva proposta por Geertz. Também contará com o recurso a instrumentos e procedimentos como: análise documental, entrevistas, observações. Teoricamente fará uso dos estudos críticos de currículo articulados aos estudos sobre a diversidade numa perspectiva intercultural.
  • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benedito Prado Dias Filho

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • desenvolvimento e caracterização de micro e nanoparticulas contendo produtos naturais e sintéticos c
  • A microencapsulação assim como a nanoencapsulação de substâncias ativas apresentam-se como alternativas inovadoras para melhorar o valor terapêutico de fármacos solúveis e insolúveis em água, melhorando assim sua biodisponibilidade, solubilidade, toxicidade, tempo de meia vida no organismo, reduzir o tempo de tratamento e também o número de dose necessária. Com isso o presente trabalho visa desenvolver novas formas farmacêuticas, como creme e enxaguatório bucal, para proporcionar aos indivíduos que sofrem de candidíase tanto tópica quanto oral possam ter um tratamento mais efetivo contra esse microrganismo. Isso se dará através da incorporação de micropartículas de alginato contendo berberina e fluconazol em bases de creme aniônicas e nâo aniônicas, e também a incorporação da mesma na formulação de enxanguatório bucal. A micropartículas produzidas serão submetidas a análises térmicas gravitacional, morfologia e difratometria de raio-x. As formulações serão avaliadas quanto ao aspecto, densidade relativa, estabilidade relativa, espalhabilidade, características organoléptica e ensaios de liberação. O projeto visa também a obtenção do extrato, frações e isolados das raízes de Piper corcovadensis e a avaliação das atividades contra Mycobacterium tuberculosis e fungos dermatófitos e ensaios de linearidade, precisão, exatidão sensibilidade e robustez. O desenvolvimento, caracterização e estudo da estabilidade de nanopartículas lipídicas sólidas do extrato bruto de P. corcovadensis (NLSPC) que serão avaliados quanto ao pH, estabilidade, tamanho, análise de dispersão, potencial zeta, eficiência de encapsulação, microscopia eletrônica de transmissão, atividade citotóxica em células. A atividade antifúngica do extrato bruto (EBPC) e compostos isolados livres ou encapsulados será determinada pela concentração inibitória e fungicida mínima contra Tricophyton mentagrophytes e T. rubrum, visando o desenvolvimento de diferentes formulações farmacêuticas para o tratamento de micoses superficiais.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benedito Rodrigues da Silva Neto

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • identificação de alvos moleculares de protótipos antifúngicos: docking molecular, atividade enzimática e quimioproteômica.
  • A elevada incidência e taxa de mortalidade por infeções fúngicas despertam o interesse pela busca por fármacos mais eficazes e menos tóxicos para o tratamento dessas infecções. A candidíase, por exemplo, é uma infecção fúngica considerada como grave problema de saúde pública devido às elevadas taxas de incidência, e muitas vezes, com alto custo hospitalar e grande mortalidade em pacientes imunodeprimidos, o que desperta a busca de novos medicamentos com ação mais eficaz. Outra doença fúngica causada por leveduras é a Criptococose a qual o arsenal antifúngico disponível para o tratamento ainda é restrito e está relacionado à elevada toxicidade e efeitos colaterais de alguns fármacos, causando grande prejuízo aos pacientes. Neste contexto, se faz necessário descobrir novos bioativos para enfrentar as infecções e reduzir os efeitos adversos. As plantas apresentam rica fonte de metabólitos secundários bioativos como taninos, terpenóides, saponinas, alcalóides, flavonoides e outros compostos, registrados com expressiva propriedade antimicrobiana. Portanto, a pesquisa de compostos naturais e derivados de produtos naturais tem sido pertinente nos últimos anos, devido à sua relevância na descoberta de novos medicamentos, além do que, a associação de fármacos ou compostos, com diferentes mecanismos de ação tem sido utilizada como alternativa na terapia convencional. A bioinformática, juntamente com a química computacional, tem mostrado um excelente direcionamento ao planejamento racional de fármacos através do sucesso envolvendo importantes fármacos e métodos baseados no docking molecular e busca virtual por candidatos a protótipo. A utilização destas tecnologias nos últimos anos tem sido promissoras, haja vista a descoberta de isoflavonoides como inibidores não-esteroidais da 5α-redutase. A multidisciplinaridade em pesquisa científica é um fator essencial que pode conduzir descobertas e avanços ainda maiores, nesse contexto a quimioproteoma é uma técnica capaz de integrar bioquímica e biologia celular com síntese orgânica e espectrometria de massas. Ela permite uma análise mais direta do modo de ação de fármacos no contexto de proteômica, pois demonstra a interação direta com os alvos celulares. Sabemos que moléculas bioativas atuam ligando-se aos seus alvos de forma física, por isso a detecção das interações dessas moléculas com seus alvos acaba sendo essencial para a caracterização dos seus modos de ação e efeitos colaterais, já que os fármacos interagem com alvos múltiplos e ligações promíscuas podem ter papel crítico. Existem várias abordagens para se tentar elucidar esses alvos terapêuticos para fármacos por quimioproteoma, uma delas é a imobilização de compostos, onde os compostos de interesse são imobilizados em um suporte sólido, o fármaco imobilizado é então incubado com a amostra proteica de interesse, as proteínas com as quais o composto interage são eluídas e identificadas por espectrometria de massas. Assim torna-se viável, pelo direcionamento in silico, e ao mesmo tempo efetivo pela acurácia in vitro, entender o mecanismo de ação de flavonoides sobre os fungos Candida e Criptococcus, pela execução de uma proposta que gere conhecimento dos mecanismos que sejam eficazes no possível tratamento destas infecções.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benemar Alencar de Souza

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • estudo de nano e biomateriais para desenvolvimento de materiais com aplicações diversas
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 05/02/2020-04/02/2025
Foto de perfil

Benhur de Godoi

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • síntese e avaliação da reatividade de o- e n-heterociclos contendo calcogênios
  • A presente proposta consiste no estudo e desenvolvimento metodologias sintéticas alternativas para a preparação de compostos heterocíclicos oxigenados e nitrogenados derivados de organocalcogênios. Dentre as metodologias a serem empregadas, destacam-se reações de ciclização mediadas por sais de metais de transição. Através destas metodologias, pretende-se viabilizar a síntese de diferentes classes heterociclos como indóis, ciclocarbonatos e oxazinonas, contendo grupamentos organocalcogênios ligados à unidade heterocíclica. A fim de estudar e explorar a aplicabilidade sintética dos produtos obtidos, estes serão submetidos às reações de acoplamento catalisadas por sais de metais de transição dos tipos Sonogashira, Suzuki e Negishi, para a preparação de substâncias orgânicas diferentemente funcionalizadas.
  • Universidade Federal da Fronteira Sul - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benildo Sousa Cavada

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • produção da lectina recombinante de canavalia bonariensis (rcabo) e comparação com a lectina do tipo selvagem (cabo) em relação às características estruturais e toxicidade frente a artemia sp e células de glioma da linhagem c6
  • Lectinas são proteínas capazes de decifrar o código contido nas estruturas dos glicanos devido a sua propriedade de interagir de forma específica e reversível a carboidratos. É sabido que os carboidratos formam polímeros altamente ramificados e essa característica estrutural permite o armazenamento de informações na sua estrutura, formando o glicocódigo. Um dos processos patológicos com participação desse código é o câncer, no qual dentre os seus diversos tipos, os gliomas são os tumores cerebrais primários mais prevalentes e difíceis de serem tratados, de modo que em alguns tipos como o glioblastoma multiforme a sobrevida dos pacientes diagnosticados não passa de 12 meses. Nesse contexto, estudos recentes têm mostrado a capacidade de algumas lectinas de plantas, em especial lectinas do tipo ConA-like, de afetar negativamente células de glioma e inclusive induzir morte celular, efeitos esses que ocorrem via interação com glicanos na superfície celular que, em células malignas, apresentam estruturas diferentes das células normais devido a mudanças na maquinaria responsável pela glicosilação o que gera perfis de glicosilações diferentes. A aplicação das lectinas exige um estudo das suas características físico-químicas, estruturais e de interação com carboidratos. Para isso há a necessidade da purificação da lectina a partir do material vegetal ou, alternativamente, a produção da mesma de forma heteróloga, o que é bastante eficiente para a obtenção de moléculas com alto grau de pureza e rendimento, além de ser independente da sazonalidade ou disponibilidade do material de origem na natureza. A lectina de Canavalia bonariensis, CaBo, aplicada no presente estudo apresentou efeito antiglioma e teve sua estrutura tridimensional determinada experimentalmente. Considerando o apresentado anteriormente, o presente projeto visa produzir a lectina recombinante de Canavalia bonariensis, realizar a caracterização físico-química e estrutural, bem como comparar a lectina do tipo selvagem e recombinante em relação às suas características e a toxicidade frente a células de glioma da linhagem C6 e Artemia salina. A interação com carboidratos e glicanos também será avaliada experimentalmente por testes de inibição da hemaglutinação e computacionalmente por meio de simulações de docking e dinâmica molecular.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benito Bisso Schmidt

Ciências Humanas

História
  • histórias lgbt de porto alegre: produção acadêmica, acervos, ensino de história e história pública
  • O projeto busca incentivar a pesquisa e a divulgação da história LGBT de Porto Alegre ao longo do século XX, focando em personagens, espaços, eventos e processos relacionados às sexualidades desviantes da heteronormatividade. Para tanto, por um lado, pretende articular pesquisas em andamento ou recém-finalizadas sobre a temática e promover a reunião de acervos documentais e bibliográficos, e de entrevistas com vistas à formação do Centro de Referência sobre História LGBT; por outro, objetiva difundir os conhecimentos produzidos por meio de uma exposição e da elaboração de materiais (vídeo e livro paradidático) a serem utilizados nas redes estadual e municipal de ensino. O foco em Porto Alegre atende a objetivos operacionais, mas não se trata de uma proposta de história local. Ao contrário, quer-se, com o projeto, construir uma experiência de pesquisa e ensino da história LGBT capaz de incentivar atividades semelhantes em outros espaços.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benjamin Miranda Tabak

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • o processo de decisão, políticas públicas e testosterona: uma abordagem experimental
  • A literatura recente tem apontado que o hormônio testosterona está correlacionado à tomada de decisões de agentes econômicos em ambiente de risco. Essa pesquisa tem apresentado uma série de resultados relevantes para a compreensão das decisões econômicas, tais como as de consumo, poupança e investimento. Para medir o nível de testosterona, será utilizado a razão 2D:4D - que é conhecida na literatura como uma proxy para a testosterona. Consiste em método não invasivo e de fácil aplicação, sem riscos para os participantes. O objetivo geral desta pesquisa é o de testar se o hormônio testosterona - mensurado por meio da razão 2D:4D - está relacionado ao processo de tomada de decisões dos agentes econômicos. Por meio de experimentos, verificaremos se indivíduos com maior exposição à testosterona têm maior propensão a serem mais competitivos, disporem de maior educação financeira, terem maior excesso de confiança e outros vieses cognitivos. A pesquisa será aplicada a estudantes universitários e formuladores de políticas. Neste trabalho, procuramos contribuir para a literatura estudanto alguns vieses cognitivos e sua relação com os níveis de testosterona pré-natal (mensurados pela razão 2D:4D) que ainda não foram estudados. Também, serão realizados experimentos com formuladores de políticas públicas de modo a testar a prevalência desses vieses com profissionais da Administração Pública e sua relação com os níveis de testosterona. De modo a trazer maior relevância para a pesquisa, a equipe é formada por pesquisadores de vários estados, possibilitando que os experimentos sejam realizados em localidades distintas. A condução do experimento em diversos locais gera heterogeneidades no cross-section que conferem maior robustez às análises econométricas que iremos realizar para estudar a relação entre o hormônio testosterona e a tomada de decisão.
  • Fundação Getúlio Vargas - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benjamin Rache Salles

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • filmes finos multifuncionais para eletrônica moderna: 1. nanocompósitos magnéticos poliméricos e 2. filmes memrisitvos
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022