Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Aline Fernanda Furtado Silva

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • elas na robótica - promovendo a participação feminina nos cursos de engenharia e ads por meio da robótica
  • O projeto ELAS na robótica: Promovendo a participação feminina nos cursos de Engenharia e ADS por meio da robótica, tem como principal objetivo estimular a formação de mulheres para as carreiras de Engenharia Elétrica e Computação na região do Cerrado Mineiro despertando o interesse vocacional de estudantes do sexo feminino da Educação Básica e do Ensino Superior por estas profissões e para a pesquisa científica e tecnológica por meio da robótica. Para alcançar este objetivo foram selecionadas cinco escolas de Ensino Básico da rede pública do município de Patrocínio, sendo duas municipais, duas estaduais e uma federal. Destas, três escolas em região de vulnerabilidade social, com IDEB em torno de 4,3. Alcançando direta e indiretamente um público em torno de quatro mil e duzentas meninas e mulheres. Para o desenvolvimento deste projeto adotaremos uma metodologia experimental, na qual a aprendizagem é adquirida através de atividades “makers” onde as estudantes envolvidas assumem a autoria do processo do conhecimento por meio de experimentos práticos e montagens de pequenos protótipos eletrônicos e da reprodução e elaboração de softwares.Além disso, será feito uso de tecnologia aberta, hardware e softwares livres para aprendizado e desenvolvimento dos protótipos, tais como Placa microcontroladora Arduino, Kits de robótica educacional, sensores, motores e drivers diversos. Pretende-se também utilizar uma impressora 3D para a fabricação de peças, estimulando o uso de softwares de modelagem para design das mesmas. Ao mesmo tempo será estimulado o aproveitamento de material reciclável e/ou sucata eletrônica para a confecção dos projetos robóticos. Mídias digitais, redes sociais, produção de vídeos, oficinas, entre outras ferramentas também comporão o procedimento de trabalho adotado para a aplicação desta proposta. Serão executadas atividades (oficinas, práticas, experimentos, minicursos) tanto na instituição proponente quanto nas escolas participantes, para execução destas atividades será elaborado, em conjunto com as professoras das escolas públicas alcançadas, um cronograma com as datas e horários de todas estas atividades, respeitando as disponibilidades tanto da instituição executora, quanto das professoras e alunas das escolas envolvidas. Tais atividades serão destinadas não somente às alunas atendidas pelo projeto, mas também abertas a meninas e mulheres da comunidade. As alunas bolsistas irão realizar pesquisas de iniciação científica aplicadas à área de robótica e programação, sendo os resultados de suas pesquisas divulgados em forma de publicações científicas e participações em eventos. Pretende-se inscrever equipes de meninas nas principais olimpíadas, torneios e maratonas de robótica e programação no país, mostrando ao público o potencial feminino nas áreas tecnológicas. Não só as estudantes contempladas por bolsas de IC e ICJ se sentirão motivadas, mas principalmente as jovens participantes da educação básica alcançadas pelo projeto ao verem-se capazes de criar, desenvolver seus próprios equipamentos e programas, e terem a possibilidade de mostrar seus trabalhos para sua comunidade escolar, suas famílias e também através da internet. Acredita-se que uma vez motivadas será fácil persuadi-las a ingressar em carreiras nas áreas de engenharia e informática, tais quais as ofertadas no IFTM Campus Patrocínio. Acredita-se ainda, que as moças já matriculadas nos Cursos de ADS e Engenharia ao envolverem-se no projeto sintam-se mais engajadas em seus respectivos cursos, recebam o reconhecimento dos colegas e professores sentindo-se valorizadas e realizadas em suas carreiras universitárias.
  • Instituto Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 01/12/2018-30/06/2021
Foto de perfil

Aline Ferreira Ourique

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • nanoemulsões contendo óleos essenciais como alternativa para o tratamento de haemonchose
  • A criação de ovinos no Brasil é uma atividade econômica que está sempre em constante crescimento. Esse crescimento foi impulsionado pelos altos valores pagos aos criadores por várias décadas, tornando a atividade atraente e lucrativa. Uma situação relevante é que na produção desses animais as infecções provocadas por nematódeos gastrointestinais, particularmente por Haemonchus contortus, são consideradas as mais prevalentes e patogênicas. As parasitoses constituem a principal adversidade nos rebanhos ovinos. Sem a manipulação adequada dessa patologia, a criação de ovinos pode se tornar inviável do ponto de vista econômico devido à diminuição na produtividade e à mortalidade dos animais. Para combater estes nematódeos, a maioria das fazendas administram anti-helmínticos para os seus animais em intervalos frequentes, e sem levar em consideração os princípios de gestão parasitária integrada e sustentável. Isto desencadeou crescentes problemas devido ao desenvolvimento de populações de nematoides gastrintestinais resistentes em grande parte do mundo, especialmente o parasita Haemonchus contortus. O desenvolvimento da resistência a vários grupos de anti-helmínticos e o problema dos resíduos de fármacos em produtos animais despertou o interesse pelo estudo de plantas medicinais como uma fonte alternativa para combater esses parasitas. Assim, a fitoterapia é uma das alternativas que vem sendo estudada para ajudar no controle das patologias gastrintestinais de pequenos ruminantes. Neste contexto, os óleos essenciais de eucalipto e capim-limão apresentam-se como potenciais soluções para este problema devido as diferentes propriedades já descritas para estes compostos, como atividade antimicrobiana e anti-helmíntica. No entanto, estes óleos essenciais apresentam instabilidade frente a diferentes condições como presença de oxigênio e luz, além da baixa solubilidade aquosa e volatilização, características que dificultam o desenvolvimento de formulações adequadas. Sendo assim, uma alternativa para aumentar a estabilidade e garantir a eficácia destes compostos seria a nanoemulsificação.
  • Universidade Franciscana - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aline Helena Appoloni Eduardo

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • efeitos mediadores e moderadores de variáveis clínicas e psicológicas na intensidade da dor e recuperação pós-operatórias
  • O completo processo de recuperação cirúrgica resulta quanto a pessoa readquiriu energia suficiente para retornar a completa capacidade em realizar atividades em níveis semelhantes ou melhores que previamente a cirurgia. A recuperação cirúrgica pode ser influenciada por fatores clínicos, psicológicos e ambientais, que promovem desgastes físico e emocional dos pacientes e familiares, prolongamento de hospitalizações, investimentos dos profissionais de saúde e pacientes em terapias para reabilitação, com novas intervenções cirúrgicas e investimentos financeiros de todos os sistemas envolvidos neste processo. Objetivo: identificar as variáveis moderadoras e mediadoras que interferem a recuperação cirúrgica e na intensidade da dor pós-operatória, entre pacientes submetidos a cirurgias eletivas. Métodos: trata-se de estudo observacional com delineamentos de pesquisa de coorte prospectivo e transversal. Será desenvolvido na unidade de clínica cirúrgica de um hospital de ensino, os participantes do estudo serão os pacientes internados para realização de cirurgias eletivas, estima-se uma amostra de 202 participantes. Os participantes serão entrevistados em distintos momentos, período pré-operatório quando responderão aos instrumentos Formulário para caracterização de variáveis sociodemográficas, clínicas e cirúrgicas, a Escala de Medos relacionados à Cirurgia, Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HADS), a versão brasileira do Quality of Recovery - 40 item (QoR-40) e a Escala de Categoria Numérica (NRS) para avaliação da dor; no período pós-operatório, por três momentos nas primeiras 48 horas após a cirurgia, quando responderão ao Formulário para caracterização de variáveis sociodemográficas, clínicas e cirúrgicas (continuação de informações cirúrgicas), HADS, o QoR-40 e a NRS para avaliação da dor e, por seis meses, serão entrevistados via contato telefônico para avaliação da recuperação cirúrgica e (QoR-40) e da dor (NRS). Será investigada a associação e correlação das médias da EMRC, HADS, NRS para avaliação da dor e QoR-40; a análise empregada (paramétrica ou não paramétrica) dependerá da distribuição dos dados. As análises exploratórias para investigar a influência das variáveis sociodemográficas, clínicas e psicológicas nos efeitos de mediação e moderação acontecerão pela metodologia de regressão, pelo teste linear de efeito de modelos mistos ou efeitos aleatórios. A fidedignidade da EMRC, HADS e QoR-40, entre os pacientes submetidos a cirurgias eletivas, será acessada pela consistência interna, através do Alfa de Cronbach. Resultados esperados: divulgações dos resultados em eventos científicos (5), publicações em periódicos indexados (4), formação de recursos humanos para pesquisa (4 iniciações científicas e 1 mestrado), ampliação da fidedignidade dos instrumentos utilizados, fortalecimento para o cuidado perioperatório e de pesquisas futuras na área.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aline Lorandi

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • síndrome de down e dislexia de desenvolvimento: um estudo sobre a consciência fonológica e sua relação com habilidades cognitivas na busca pela intervenção precoce
  • Esta proposta de estudo tem como objetivo a investigação sobre habilidades linguísticas e não-linguísticas relacionadas a dois tipos de população que conhecidamente apresentam dificuldades com a consciência fonológica: a síndrome de Down e a dislexia do desenvolvimento, visando à intervenção precoce. O aporte teórico encontra na Psicolinguística e nas Neurociências Cognitivas uma interface que possa dar conta desses problemas de aprendizagem de uma forma mais abrangente e adequada, tendo em vista suas naturezas multifacetadas, em uma perspectiva desenvolvimental. A metodologia conta com testes de consciência linguística, assim como teste para avaliação da memória fonológica, da atenção continuada, da nomeação rápida, do vocabulário receptivo e das funções executivas. Espera-se oferecer contribuições importantes para as áreas de atuação dos profissionais que lidam com a síndrome de Down e com a dislexia, de modo mais particular, e com o desenvolvimento da linguagem de modo geral, de modo a que se possam pensar estratégias de intervenção junto a essas populações, visando ao desenvolvimento precoce de habilidades que, em um efeito cascata, possam melhorar sua consciência fonológica e também suas habilidades de leitura e escrita.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Aline Mara dos Santos

Ciências da Saúde

Medicina
  • cardiotoxicidade induzida por quimioterápicos antineoplásicos: o papel da sinalização mediada pela quinase de adesão focal
  • As complicações cardiovasculares das terapias antineoplásicas são consideradas um problema de saúde pública emergente, dada a crescente população de sobreviventes ao câncer. A cardiotoxicidade induzida pela ação de quimioterápicos de escolha para diversas neoplasias, como a doxorrubicina, é uma condição grave, que pode evoluir para cardiomiopatia crônica, insuficiência cardíaca congestiva e morte do paciente. A complexa e não completamente compreendida patogênese dessas complicações dificulta o planejamento de medidas preventivas de sucesso. Estudos com foco na sinalização ativada por terapias antineoplásicas vêm demonstrando a importância da proteína quinase de adesão focal (FAK) para a sobrevivência e resistência celular frente a esse tratamento, no entanto, essa sinalização permanece pouco compreendida. A presente proposta visa identificar e caracterizar os mecanismos moleculares pelos quais FAK promove sobrevivência e resistência à cardiotoxicidade induzida por doxorrubicina em miócitos H9C2. Dados preliminares de experimentos de Co-Imunoprecipitação demonstraram que FAK pode interagir e regular proteínas centrais da resposta ao dano no DNA (DDR), como PARP1, DNA-PK1, MRE11A, XRCC5 e BCLAF1. A regulação desses alvos por FAK será investigada por uma combinação de técnicas sofisticadas em miócitos, as quais irão prover um conjunto de dados funcionais e estruturais que permitirão o estabelecimento dos mecanismos moleculares envolvidos. Os dados gerados pelo presente estudo poderão contribuir para a compreensão da sinalização ativada por agentes antineoplásicos e também para o estabelecimento de novas modalidades terapêuticas para o tratamento tumoral com amenização dos efeitos deletérios sobre a função cardíaca.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022