Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ícaro Putinhon Caruso

Ciências Biológicas

Biofísica
  • flavonoides como candidatos antivirais ao bolso hidrofóbico no sítio de interação nucleoproteína/fosfoproteína do vírus sincicial respiratório humano: uma combinação de abordagens experimentais e computacionais
  • O Vírus Sincicial Respiratório humano (hRSV) é um dos principais causadores de doenças respiratórias agudas mais comum em recém-nascidos, crianças e idosos, responsável por complicações tais como bronquiolite e pneumonia. Atualmente, as patologias causadas pelo hRSV não são bem entendidas e os dados de desenvolvimento de vacinas não são satisfatórios. Dentre as proteínas codificadas pelo vírus, a nucleoproteína N destaca-se por sua importância na proteção do RNA viral formando o nucleocapsídeo (NC) e por sua atuação como molde para a replicação e transcrição pelo complexo da polimerase viral. O reconhecimento eficiente e específico do molde NC pela RNA polimerase dependente de RNA é mediado pela fosfoproteína P. Isso deve-se à interação de resíduos do C-terminal da proteína P em um bolso hidrofóbico no domínio N-terminal da proteína N (N-NTD). A partir do contexto apresentado, o presente projeto propõe uma investigação detalhada da possível ligação de flavonoides ao hotspot hidrofóbico no domínio N-NTD, pois dados da literatura reportam um efeito inibitório da replicação do hRSV de até 90% na presença desses compostos polifenólicos. Para alcançar o objetivo de identificar flavonoides com um potencial antiviral a partir de sua interação no bolso hidrofóbico do N-NTD, uma combinação de técnicas experimentais como anisotropia de fluorescência e Ressonância Magnética Nuclear (medidas de perturbação de deslocamento químico, relaxação de spin nuclear e dispersão de relaxação) em conjunto com abordagens computacionais de docking e dinâmica molecular será empregada. Essas metodologias possibilitarão caracterizar parâmetros de ligação do complexo N-NTD/flavonoide como: constante de dissociação, perfil termodinâmico, região de ligação na proteína, interações não covalentes responsáveis pela estabilização do complexo e dinâmicas conformacionais da proteína na ausência e presença de flavonoides. Modificações químicas nas estruturas dos flavonoides serão propostas e realizadas com o intuito de promover um aumento na afinidade e especificidade desses compostos polifenólicos para com o sítio hidrofóbico no N-NTD. Os resultados esperados da presente proposta possibilitarão avanços relevantes na geração de conhecimento dos mecanismos de interação de potenciais inibidores da infecções por hRSV e também permitirá desenvolver novas estratégias de combate ao vírus que visam interromper o ciclo replicativo viral. A proposta de um fármaco candidato ao combate das infecções respiratórias impactará na qualidade de vida das crianças e idosos quem são acometidos, promovendo também uma redução de gastos em saúde pública.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ida Chapaval Pimentel

Ciências Agrárias

Agronomia
  • avaliação em campo de novas linhagens de beauveria bassiana e isaria javanica no controle de duponchelia fovealis em morangueiro
  • A lagarta-da-coroa (Duponchelia fovealis Zeller) é uma praga introduzida no Brasil. Seu registro ocorreu em 2010 em plantios de morangueiro no Paraná, sendo posteriormente relatada em outros Estados. Os níveis ocorrência de D. fovealis em 90% das lavouras monitoradas na safra 2015/2016 em regiões produtoras de morango do Paraná vêm preocupando técnicos e produtores e estes estão buscando alternativas para o seu controle. O desenvolvimento do projeto Processo CNPq 403266/2013-0 coordenado pela proponente gerou como resultados de maior impacto o isolamento de duas cepas entomopatogênicas que foram eficazes no controle de D. fovealis, em condições de laboratório e semi-campo. Porém não existem informações sobre a eficiência destes em condições de campo, fato que motivou a realização deste trabalho. Neste contexto, propomos o presente projeto, a ser executado no período de 36 meses, com investimento de R$ 60.000,00. O objetivo geral desta proposta é avaliar eficiência em campo das novas linhagens de fungos entomopatogênicos Beauveria bassiana (BEA 111) e Isaria javanica (Isa 340) no controle de D. fovealis em morangueiro visando à produção de novos bioinseticidas. Como objetivos específicos: a) Validar doses de duas linhagens de fungos entomopatogênicos Beauveria bassiana (BEA 111) e Isaria javanica (Isa 340) a campo; b) Publicação de artigos de alto impacto com divulgação dos resultados. A presente proposta consolidará a linha de pesquisa multidisciplinar em controle biológico com uma rede de colaboradores, de diferentes instituições e com expertise reconhecida para pesquisa de alto impacto dos produtos. Os resultados gerados darão subsídios para o desenvolvimento de pesticidas biológicos com baixo impacto ambiental e para a saúde humana, promovendo estratégias sustentáveis no controle de D. fovealis. Com o desenvolvimento dos estudos, pretendem-se capacitar futuros profissionais de Agronomia, Ciências Biológicas e Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia em pesquisas aplicadas no controle biológico de pragas.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ide Gomes Dantas Gurgel

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • repercussões sobre o ambiente e a saúde humana decorrentes do cultivo da cana-de-açúcar
  • O impacto à saúde decorrente dos processos produtivos se apresenta de forma variada e complexa. Os processos produtivos e os padrões de consumo são geradores de pressão sobre o ambiente e podem ser considerados como produtores de desigualdades e de iniquidades, relacionadas tanto ao acesso aos serviços de saúde quanto à distribuição de riscos. A proliferação de múltiplos riscos ambientais é decorrente dos processos produtivos existentes nos territórios, que impactam sobre a saúde dos trabalhadores. Esses riscos podem comprometer os ecossistemas e a população do entorno, seja como consumidora dos recursos naturais, sendo causas de acidentes e numerosas doenças ocupacionais e de danos ambientais de graves implicações para a saúde humana, acometendo, de forma particular, os grupos sociais mais vulneráveis. No Brasil, a presença de riscos ambientais à saúde em contextos vulneráveis está diretamente relacionada à maior probabilidade de doença e morte das populações afetadas e à degradação de sistemas de suporte à vida nos ecossistemas atingidos. A economia de Pernambuco baseia-se na agricultura, nos serviços e na indústria, com destaque para o crescimento da indústria química. Na agricultura, o estado destaca-se como segundo maior produtor de cana-de-açúcar das regiões Norte e Nordeste e figura entre um dos maiores do país, com plantações concentradas na Zona da Mata. Este cultivo é atualmente um dos maiores consumidores de agrotóxicos no Brasil, juntamente com a soja e o milho. Ao analisar a toxicidade decorrente da exposição a contaminantes ambientais deve-se levar em consideração as condições em que acontece a exposição humana aos poluentes, em particular aos agrotóxicos, em que estão presentes múltiplas exposições e uma grande diversidade de outros condicionantes bio-sócio-ambientais que podem interferir no fenômeno de toxicidade. O modelo químico dependente do uso de agrotóxicos reveste-se de insustentabilidade ambiental, pois no seu espaço se cria um território com muitas e novas situações de vulnerabilidades ocupacionais, sanitárias, ambientais e sociais que induzem eventos nocivos que se externalizam em trabalho degradante e análogo ao escravo, acidentes de trabalho, intoxicações humanas, cânceres, malformações, mutilações e ainda, contaminação de todos os compartimentos ambientais com agrotóxicos. Considerando os impactos para a saúde e para o ambiente decorrentes da exposição aos contaminantes ambientais no cultivo da cana-de-açúcar, a vulnerabilidade socioambiental do trabalho no campo e a importância da organização da vigilância em saúde de populações expostas a agrotóxicos, bem como a importância da agricultura para o estado de Pernambuco, torna-se necessária a realização de estudos para avaliar a contaminação ambiental, identificando indicadores de efeito precoces em populações expostas, fortalecendo a atuação do estado voltada à promoção da saúde e prevenção de agravos em uma perspectiva participativa.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Iêda Maria Garcia dos Santos

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • filmes finos de espinélios zn2sno4 ou zn2tio4 dopados com nitrogênio aplicados na fotocatálise
  • A descarga de efluentes industriais têxteis, em combinação com a legislação cada vez mais rigorosa, gerou uma busca pelo desenvolvimento de tecnologias eficientes e baratas para o tratamento de efluentes. Neste contexto, merecem destaque os processos oxidativos avançados (POAs), como uma tecnologia capaz de reduzir os problemas ambientais eliminando componentes tóxicos e danosos gerados por estes efluentes, sendo capazes de mineralizar contaminantes orgânicos por reações sucessivas de oxidação. Dentre os POAs, destaca-se a fotocatálise heterogênea, que baseia-se na excitação de um fotocatalisador por radiação com energia maior ou igual ao seu band gap, levando à formação do par elétron-buraco, que por sua vez, produzem radicais livres altamente oxidantes que permitem a destruição de compostos poluentes. Estruturas do tipo espinélio têm sido empregadas em sistemas fotocatalíticos. Entre eles, destacam-se os espinélios estanato (Zn2SnO4) e titanato de zinco (Zn2TiO4), que já foram testados na degradação de corantes têxteis. Além disso, nosso grupo de pesquisa sintetizou as soluções sólidas Zn2Sn1-xTixO4, na forma de pó, utilizando o método Pechini modificado, com bons resultados na fotocatálise, especialmente para o Zn2SnO4. Apesar do uso dos espinélios na fotocatálise ser conhecido, não há relatos na literatura do uso de filmes finos desses materiais. A vantagem do uso dos filmes é a facilidade de remoção do meio favorecendo o seu reuso. Além disso, é possível orientar os filmes, expondo determinadas superfícies que pode ser cataliticamente mais ativas. Dessa maneira, o interesse desse trabalho é obter o Zn2TiO4 e o Zn2SnO4 na forma de filmes finos. Para isso, será utilizado um método de baixo custo, a deposição química de solução (CSD, do inglês chemical solution deposition), sendo a solução obtida pelo método Pechini. Outro ponto importante será a dopagem dos filmes finos com N, buscando realizar a fotocatálise utilizando luz na região visível, o que também não foi reportado na literatura para esses espinélios. Outro ponto importante será o uso de marcadores, de modo a determinar as espécies envolvidas na fotocatálise (buraco, elétron e radicais hidroxila), permitindo compreender o mecanismo envolvido na fotocatálise.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2022
Foto de perfil

Iglenir João Cavalli

Ciências Biológicas

Genética
  • estratégias proteômicas e interatômicas na identificação de biomarcadores em subtipos moleculares do câncer de mama
  • O câncer de mama é a neoplasia mais incidente na população feminina (exceto casos de câncer de pele não melanoma), sendo responsável por altas taxas de morbidade e mortalidade no Brasil e no mundo. A doença apresenta relevante heterogeneidade tumoral, resultando em aspectos clínico-patológicos distintos, com procedimentos, respostas terapêuticas e prognósticos diferentes. A pesquisa por novos marcadores moleculares que permitam a discriminação dos subtipos moleculares já estabelecidos e, inclusive, a identificação de novos subtipos, contribuirá para uma melhor compreensão sobre o desenvolvimento da doença, com aplicações na prática clínica. Métodos proteômicos permitem a caracterização do conteúdo proteico de amostras biológicas, identificando proteínas expressas sob condições fisiológicas específicas (proteoma). A análise de interações proteicas (interatoma) também constituem uma importante estratégia na pesquisa em doenças, uma vez que os processos celulares mediados por proteínas geralmente envolvem diversas interações, com complexos multiproteicos e interações binárias essenciais para a função biológica. No cenário pós-genômico, a abordagem proteômica aliada à interatômica constitui um método fundamental para elucidar diferenças na expressão proteica, novas proteínas e modificações pós-traducionais bem como novas redes de proteínas que podem ser utilizadas para uma melhor compreensão, detecção e tratamento do câncer. As proteínas podem demonstrar com maior precisão os mecanismos genéticos intrínsecos de uma célula e seus impactos sobre o microambiente, já que são efetoras de processos celulares e caracterizam alvos terapêuticos acessíveis. Assim, no estudo do câncer, a proteômica torna-se uma relevante abordagem para identificar a expressão diferencial de proteínas em estágios distintos da progressão tumoral e para discriminar os subtipos moleculares dos tumores mamários. Informações de expressão proteica em conjunto com estudos de interactoma permitem analisar as proteínas no contexto de suas funções biológicas na tumorigênese. A comparação dos proteomas de tecidos mamários em condições sadias e patológicas também permite indicar proteínas relevantes para a compreensão do processo da tumorigênese, bem como alterações importantes em vias bioquímicas e mecanismos biológicos que atuam para a manutenção das integridades celular e genômica. Neste projeto, propomos a comparação dos proteomas expressos por diferentes subtipos moleculares do câncer de mama, avaliando proteínas com diferença significativa de expressão entre tumores distintos e a progressão da doença conforme o subtipo tumoral (comparação entre tecidos mamários não tumorais e tumoral pareados, para cada subtipo). As proteínas diferencialmente expressas serão investigadas no desenvolvimento do câncer de mama de acordo com suas funções em vias, processos biológicos e redes de interação. A avaliação funcional dessas proteínas fornecerá reguladores e alvos de relevância na pesquisa do câncer de mama, os quais ao final poderão ser aplicados na prática clínica. A compreensão da patogênese do câncer de mama considerando sua heterogeneidade tem sido abordada sob diferentes estratégias, fornecendo informações relevantes sobre os mecanismos moleculares subjacentes a cada subtipo tumoral. Neste contexto, a análise proteômica integrada à interatômica e à biologia de sistemas contribuirá para a identificação de proteínas que podem ter função-chave no desenvolvimento do câncer de mama e atuar como marcadores moleculares para auxiliar no diagnóstico precoce, estadiamento, direcionamento terapêutico e prognóstico da doença.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ignez Caracelli

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • estudos in silico do modo de ligação e seletividade de ligantes complexados com albumina sérica hsa
  • Para ampliar a compreensão sobre as propriedades de ligação de albumina de soro humano (HSA) serão realizados estudos de docking e de dinâmica molecular em diferentes domínios da proteína albumina. Duas famílias de diferentes de compostos, compostos dansilados e inibidores de quinases, serão estudadas para seu avaliar e entender seu modo de ligação e a especificidade para cada um dos diferentes domínios. Os resultados serão analisados em tela gráfica e as interações fundamentais encontradas serão avaliadas usando cálculos de interações não covalentes (NCI).
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ignez de Pinho Guimaraes

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • caracterização do magmatismo granítico ao longo das zonas de cisalhamento com direções e-w e ne nas subprovíncias transversal e sul da província borborema
  • Rochas graníticas e zonas de cisalhamento transcorrentes constituem importantes feições da orogênese Brasiliana na Província Borborema. Neste projeto serão abordadas intrusões graníticas ao longo de zonas de cisalhamento de direção aproximada E-W e cinemática destral e, direção NE com cinemática sinistral. Dados obtidos em projetos anteriores e da literatura mostram a ocorrência de eventos magmáticos distintos ao longo de uma mesma zona de cisalhamento na Província Borborema. Em algumas destas zonas de cisalhamento, o magmatismo granítico compreende um período de cerca de 100 Ma (620 – 525 Ma - zona de cisalhamento Timbaúba - Coxixola) e varia de calcioalcalino a alcalino. Entretanto, ao longo de outra extensa zona de cisalhamento (Patos - Remígio – Pocinhos) rochas mais jovens que 570 Ma não foram identificadas até o presente. Neste projeto serão caracterizados granitoides de 03 grupos: 1 - cálcioalcalinos tipo Conceição; 2 - alto –K e 3- peraluminosos) com idades e/ou composições distintas, intrudidos ao longo de zonas de cisalhamento de direções E-W e NE. Granitoides cálcioalcalinos (tipo Conceição) ocorrem intrudidos dominantemente em metassedimentos, exceto um único pluton, Serra do Inácio Pereira, o qual intrude em ortognaisses ao longo da zona de cisalhamento Timbaúba - Coxixola. Estes granitoides mostram idades de cristalização variando de 638 a 595 Ma, sugerindo intrusão durante a fase compressiva da orogênese Brasiliana, ao longo de zonas de cisalhamentos de direção NE e E-W nas subprovíncias Transversal e Sul da Província Borborema. Alguns destes plutons mostram assinatura geoquímica similares a observada em adakitos, inicialmente definidos como rochas associadas a subdução. Entretanto, a literatura mais recente tem mostrado que adakitos ocorrem também associados a ambientes extensionais. A caracterização geoquímica e ambiente geotectônico em que estes granitoides foram intrudidos constituem importante contribuição ao entendimento da evolução da Província Borborema durante o Ediacarano/Criogeniano. Granitóides de alto-K com idades variando entre 585-590 Ma descritos na subprovíncia Transversal constituem grandes intrusões ao longo de zonas de cisalhamento com direções NE. Ao longo da Zona de Cisalhamento Timbaúba - Coxixola, foi recentemente identificado um pequeno pluton cálcioalcalino de alto-K (Pluton Coxixola). Neste projeto serão estudados os granitoides com idades semelhantes, que constituem os complexos Teixeira e Esperança, intrudidos ao sul da zona de cisalhamento Patos – Remígio – Pocinhos. O Complexo Esperança é constituído de 05 plutons (Puxinanã, Areial, Remigio, Pocinhos e Serrote da Cobra) com características químicas e petrográficas distintas. Os dados disponíveis mostram que o Pluton Puxinanã, intrusivo na borda sul do complexo em metassedimentos Neoproterozoicos, tem assinatura isotópica distinta dos demais, com idades modelo Sm - Nd TDM variando de 1.4 a 1.8 Ga, enquanto outras intrusões apresentam idades modelo TDM > 1.9 Ga. Não existe um mapeamento em detalhe do Complexo Teixeira, não sendo possível saber quantas intrusões constituem o complexo. O mapeamento do Complexo Teixeira será um dos objetivos deste projeto. O detalhamento destes granitoides envolverá análise química mineral detalhada, principalmente de minerais opacos, previamente analisados por microscopia de luz refletida; dados de suscetibilidade magnética; dados Lu-Hf e elementos traços em zircão. Em algumas intrusões, se faz necessário mais analises química de rocha total, e obtenção de mais dados isotópicos Rb-Sr e Sm-Nd. Estes dados permitiram estabelecer uma tipologia para estes granitoides e comparação entre os granitoides das subprovincias Transversal e Sul da Província Borborema. Um banco de dados com dados geoquímicos, mineralogia de opacos e isotópicos para todos os granitos de alto-K será produzido. Granitoides peraluminosos correspondem, até o presente, a 03 intrusões, 01 na subprovíncia Transversal e 02 na subprovíncia Sul da Província Borborema. O Pluton Quipapá, intrudido ao longo da zona de cisalhamento de direção NE, constitui um dos plutons peraluminosos da subprovíncia Sul e foi escolhido para detalhamento neste projeto, devido dados geocronológicos mostrarem idade de cristalização (635 Ma) similar aos plutons cálcioalcalinos e, intrudido durante a fase compressiva da orogênese Brasiliana. O mapeamento dos granitoides associados a um detalhamento geoquímico, geocronológico e isotópico, além da determinação de dados de suscetibilidade magnética constituirá importante ferramenta para a caracterização da granitogênese e definição da história evolutiva destas zonas de cisalhamento, contribuindo assim para o entendimento da evolução geotectônica da Província Borborema durante o Neoproterozoico.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Igor de França Catalão

Ciências Humanas

Geografia
  • reestruturação urbana e diferenciação socioespacial em cidades latino-americanas
  • As crises de acumulação, geradas no âmbito do próprio desenvolvimento capitalista, em diferentes momentos históricos, costumam ser enfrentadas por iniciativas econômicas conectadas com mudanças espaciais, que geram inflexões, rupturas e transformações nas tendências consolidadas, denominadas na literatura de reestruturação. Ela ocorre tanto no âmbito produtivo quanto na configuração espacial regional e na divisão territorial do trabalho de forma a podermos dizer que há também uma reestruturação urbana. Desde os anos 1970, temos visto diversas crises e reestruturações alternantes e estas têm afetado as cidades, seja internamente, seja nas suas relações no âmbito da rede urbana. Córdoba, na Argentina, e Chapecó, no Brasil, são cidades que, embora diferentes em papéis e funções urbanas, também têm experimentado mudanças espaciais vinculadas aos processos de reestruturação. Nesse sentido, propomos, como objetivo geral deste projeto, comparar os processos de reestruturação dessas duas cidades, a fim de identificar sua expressão em termos de ampliação das diferenciações socioespaciais. Esta proposta se encaixa, na verdade, como um desdobramento de pesquisas que já estão sendo feitas sobre as duas cidades, porém de forma separada e sem um fio condutor único. Assim, propomos, pela comparação, identificar semelhanças e diferenças que possibilitem entender a produção do espaço urbano num contexto mais amplo de análise, recorrendo a uma estratégia metodológica que combina procedimentos qualitativos e quantitativos. Além de atingir o objetivo geral proposto, este projeto prevê a ampliação das relações acadêmicas entre os pesquisadores e instituições envolvidos, impactando positivamente na formação de pessoal e na produção intelectual.
  • Universidade Federal da Fronteira Sul - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Igor Guerreiro Hamoy

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • prospecção da variabilidade genética da espécie brycon melanopterus (cope, 1872) na bacia amazônica.
  • A espécie Brycon melanopterus (COPE, 1872), conhecida popularmente como matrinxã ou jatuarana, é um peixe amazônico com grande importancia comercial devido a intensa exploração dos seus estoques naturais e mais recentemente vem sendo amplamente cultivada em diferentes regiões do Brasil, em função de seu excelente desenpenho zootecnico e rápido crescimento em cativeiro, esta espécie já ocupa o quinto lugar na produção de peixes cultivados em território brasileiro. Apesar de sua relevância econômica, ainda não foram publicados estudos que caracterizem sua variabilidade genética em seu ambiente natural. Estudos sobre variabilidade genética em populações selvagens visão gerar subsídios para sua conservação e extrapolações para implementações programas de melhoramento genético. Este projeto tem como objetivo principal caracterizar a variabiliade genética das populações selvagens de B. melanopterus na bacia amazônica, serão coletadas amostras de indivíduos próximo aos municípios de Santarém e Óbidos no estado do Pará, Macapá no estado do Amapá, Manaus, Tefé e Tabatinga no estado do Amazonas. Serão amplificadas as regiões controle (D-loop) e Citocromo Oxidase subunidade I (COI) do seu DNA mitocondrial utilizando primers heterólogos com posterior sequenciamento. Os resultados obtidos serão analisados para obter os primeiros dados sobre a variabilidade genética e estrutura populacional de B. melanopterus na bacia amazônica a fim de gerar subsídios para sua conservação.
  • Universidade Federal Rural da Amazônia - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Igor Luchini Baptista

Ciências Biológicas

Morfologia
  • papel de parkin na resposta adaptativa do músculo esquelético durante o processo regenerativo.
  • O projeto contém propostas que conjuntamente visam a compreensão de mecanismos celulares e moleculares que controlam regeneração do músculo estriado esquelético, assim como a recuperação da massa muscular durante este processo. O conhecimento destes processos é de suma importância para que novas estratégias terapêuticas possam ser definidas, visando à manutenção da função muscular, com conseqüente melhoria da qualidade de vida. A capacidade regenerativa é um aspecto fundamental na fisiologia muscular, não somente para reparar grandes extensões de lesão, mas de forma importante, também para realizar reparos dos danos (microlesões) nas fibras musculares provocados pelas atividades de vida diária. A perda gradual da capacidade de reparo no envelhecimento é um fator chave que leva à inviabilidade das fibras musculares e consequentemente à perda de massa e força muscular. Vale ressaltar que a recuperação da massa muscular é fundamental para que a regeneração do músculo seja bem sucedida. Este projeto visa à identificação e caracterização de mecanismos envolvidos no processo mitofágico durante a regeneração muscular, utilizando modelos in vivo e cultura primária de células precursoras miogênicas em diferenciação. Em paralelo, analisaremos a importância de Parkin para o cross-talk entre mitocôndrias e retículo sarcoplasmático. Além disso, utilizaremos a suplementação com leucina como um agente terapêutico, a fim de investigar a capacidade deste aminoácido de melhorar o quadro regenerativo do tecido muscular.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Igor Martins Venancio Padilha de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • projeto rain - mudanças climáticas na margem continental brasileira: respostas do atlântico equatorial aos eventos abruptos milenares desde o último interglacial (130 mil anos ap) e seus impactos sobre o clima do nordeste do brasil
  • Regiões semiáridas, como o Nordeste do Brasil, apresentam uma maior vulnerabilidade a eventos climáticos extremos, que provavelmente serão mais intensos e frequentes nas próximas décadas, segundo projeções de modelos climáticos globais. Nossa capacidade de projetar mudanças climáticas globais (por exemplo, por meio de modelos numéricos climáticos) depende da nossa compreensão do sistema climático e de suas teleconexões. Nesse sentido, um maior conhecimento sobre os impactos de eventos climáticos abruptos pretéritos possibilita o aprimoramento da performance de modelos numéricos climáticos, ferramentas que se tornarão cada vez mais relevantes no subsídio da tomada de decisões por gestores públicos e privados. Esta proposta tem como objetivo principal estimar as mudanças nos parâmetros físicos (temperatura e salinidade) da superfície do oceano na porção oeste do Atlântico equatorial durante os eventos Heinrich e os ciclos Dansgaard-Oeschger que ocorreram nos últimos 130.000 anos. Além disso, esta proposta busca avaliar os impactos sobre o regime de chuvas e sobre os biomas do Nordeste do Brasil, identificando os principais processos climáticos ligados às variações observadas. Para isso, esta proposta fará uso de três testemunhos sedimentares marinhos (GL-1248, GL-1180 e GeoB16202-2) coletados sob a influência da Corrente Norte do Brasil (CNB) e da Subcorrente Norte do Brasil (SCNB), que possuem um grande potencial para realizar tal objetivo. Análises geoquímicas da composição isotópica (δ13C; δ18O), assim como da composição elementar (Mg, Ba, Ca) das testas de foraminíferos planctônicos provenientes desses testemunhos, permitirão estimar valores de paleotemperatura e paleosalinidade durante os principais eventos climáticos dos últimos 130.000 anos. Estas estimativas tornarão possível avaliar a evolução das mudanças climáticas no oeste do Atlântico equatorial desde o último interglacial e compreender os principais processos oceânicos e atmosféricos ligados às variações encontradas. Além disso, dados palinológicos e de geoquímica orgânica provenientes de análises que serão realizadas nos testemunhos e dados isotópicos (δ18O) de espeleotemas previamente publicados auxiliarão no entendimento do impacto das mudanças no clima do Nordeste do Brasil. Por fim, os resultados obtidos por este estudo serão comparados com cenários gerados por modelos atmosféricos, acoplados oceano-atmosfera e de superfície (vegetação) no intuito de validar e aprimorar os mesmos.
  • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Igor Pinto Sacramento

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • o imperativo da saúde: corpo, estilo de vida e performances de gênero na cultura da mídia contemporânea (décadas de 1980/2010)
  • Este projeto de pesquisa tem como objetivo investigar como os discursivos midiáticos articulam as relações entre corpo, performances de gênero e estilo de vida saudável em duas décadas: nos anos 1980, quando surgiram no mercado editorial brasileiro revistas especializadas em veicular informações sobre saúde e boa forma, e nos anos 2010, quando a partir do lançamento do Instagram, diversos perfis se especializar em publicar postagens sobre estilo de vida saudável, particularmente associado à promoção de hábitos considerados fitness. A pesquisa se interessa por observar as continuidades e descontinuidades dos processos representacionais das performances de gênero e do corpo em relação às redes discursivas sobre saúde, beleza e bem-estar, bem como acerca dos ideias de feminilidade e de masculinidade, implicados nos enunciados das revistas e dos perfis do Instagram. Trataremos, também, do fato de que desde a década de 1980 há um processo de consolidação da configuração do corpo como capital – algo que diversos autores denominam como a “cultura do corpo” -, fazendo com que o próprio corpo seja insígnia de cuidado de si, da capacidade de autoaprimoramento, o que vem garantido aos sujeitos dos corpos em consonância com a moral da boa forma (“sarados”, “secos”, “torneados”) se legitimem como peritos no estilo de vida. Nesse processo, há diferentes construções discursivas de ideais de corporeidade masculina e feminina. É, ainda, objetivo da pesquisa analisar as estratégias discursivas que posicionam os sujeitos da prática e do desejo de uma saúde-espetáculo, baseada nas imagens de boa forma e bem-estar. Em contextos e modos distintos, tornou-se necessária a autovigilância, de modo a evitar sofrimentos ocasionados pelo descumprimento tanto das parâmetros de otimização de si quanto daqueles de performance de gênero.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Igor Suzano Machado

Ciências Humanas

Sociologia
  • o direito depois do direito: uma análise da cultura jurídica e política dos profissionais de saúde quanto ao tema do aborto
  • A presente pesquisa pretende realizar uma série de entrevistas com profissionais de saúde capixabas para, como base nelas, reconhecer a cultura jurídico-política desses profissionais no que tange ao aborto. A legalização do aborto está atravessando um novo capítulo no cenário nacional com sua discussão no STF, via ADPF 442. Diante da possibilidade e mudança do regramento sobre a criminalização do aborto, seja via decisão do STF, seja via reação do Congresso Nacional, a equipe de pesquisa achou importante analisar quais seriam as possíveis reações dos profissionais de medicina e enfermagem diante de tal mudança, conhecendo também sua postura atual diante dos casos de aborto que chegam a seu conhecimento, dentro do regramento atual. A pesquisa se justifica também por permitir a reflexão teórica e metodológica acerca de como a efetividade do direito precisa, por vezes, ser analisada para além do âmbito interno das instituições propriamente judiciais, já que, nesse caso, qualquer decisão judicial não seria efetiva sem a concordância dos profissionais de saúde responsáveis por realizar o procedimento abortivo.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Igor Thiago Borges de Queiroz e Silva

Ciências da Saúde

Medicina
  • avaliação de biomarcadores preditores de mortalidade por sepse relacionada à leishmaniose visceral
  • A leishmaniose visceral (LV) é uma doença parasitária cosmopolita, que provoca morte dos casos não tratados, principalmente quando associados a fatores de mau prognostico. Vários casos que evoluem para óbito tem relação com evidencias de sepse e estudos mostram que a translocação bacteriana da luz intestinal pode contribuir para essa casuística. O estudo, que será realizado em pacientes do Serviço de Assistência Especializada em HIV/AIDS (SAE) do estado de Pernambuco e do Hospital Giselda Trigueiro no Estado do Rio Grande do Norte, avaliará biomarcadores preditores de mortalidade por sepse relacionada à leishmaniose visceral, diferenciando daqueles que evoluem para cura, os quais serão acompanhados em consultas ambulatoriais de rotina. Na investigação de LV serão coletados dados epidemiológicos e clínicos, e realizados exames: parasitológico (esfregaço de medula óssea); anticorpo em soro (testes de aglutinação direta, Elisa e teste rápido) e os tratamentos serão realizados pelos serviços de origem dos pacientes, seguindo recomendações do Ministério da Saúde do Brasil. A pesquisa possibilitará predizer e apontar biomarcadores relacionados ao óbito por LV, bem como descrição dos aspectos epidemiológicos, clínico e terapêutico nos estados de Pernambuco e do Rio Grande do Norte, possibilitando aos pacientes um tratamento adequado com redução da letalidade por LV.
  • Universidade Potiguar - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ilana Nogueira Bezerra

Ciências da Saúde

Nutrição
  • tendência do consumo de alimentos fora de casa no brasil entre 2002/2003 e 2017/2018
  • O objetivo do presente projeto é avaliar a evolução do consumo de alimentos fora de casa no Brasil no período entre 2002/2003 e 2017/2018, com foco tanto no consumo efetivo de alimentos, como nos locais de aquisição de alimentos para consumo fora de casa, tendo como base os dados das Pesquisas de Orçamentos Familiares de 2002/2003, 2008/2009 e 2017/2018. Tendo em vista a maior participação da alimentação fora de casa na dieta da população e as possíveis consequência desfavoráveis à saúde em decorrência desse hábito, torna-se necessário explorar a temática sobre alimentação fora do lar no intuito de compreender as características atuais desse hábito e analisar tendências desse comportamento no Brasil. O foco das publicações sobre alimentação fora de casa no país tem sido na caracterização pontual desse hábito, visto que não se tinha muita informação sobre o mesmo com representatividade nacional. Assim, não há estudos que avaliem a tendência da realização desse hábito no país. Esse conhecimento permitiria fundamentar estratégias de intervenções em saúde pública no intuito de promover alimentação saudável e contribuir com as lacunas na pesquisa do tema. A proponente, coordenadora da presente proposta, trabalha com o tema da alimentação fora do lar há mais de 10 anos, já recebeu financiamento do CNPQ na Chamada Universal de 2014 para aprofundamento da temática e atualmente vem sendo apoiada pela universidade em que trabalha para continuar a investigação com alunos de graduação e pós-graduação. Serão utilizados os dados das três últimas Pesquisas de Orçamentos Familiares para analisar a tendência dos locais de aquisição dos alimentos consumidos fora de casa, a partir da utilização dos dados de aquisição provenientes das POFs 2002/2003, 2008/2009 e 2017/2018 e a tendência do consumo efetivo de alimentos fora de casa a partir dos dados do módulo de consumo alimentar das POFs 2008/2009 e 2017/2018. Assim, a presente proposta propõe fornecer dados que possam subsidiar as políticas públicas com objetivo de promoção da saúde e maior acesso a alimentos saudáveis à população e gerar subsídios para o desenvolvimento de estratégias de intervenção para o setor de alimentação fora do domicílio.
  • Universidade Estadual do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ilane Ferreira

Ciências Humanas

Educação
  • tecnologias assistivas na educação a distância nos institutos federais da região nordeste
  • O presente projeto trata de uma investigação sobre a inclusão de estudantes com deficiência de cursos de Educação Profissional, na modalidade de Educação à Distância (EaD), dos Institutos Federais do Nordeste. Objetiva-se compreender os usos e produções de tecnologias assistivas (TAs) nos cursos EaD, bem como conhecer as ações dos Núcleos de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE) no tocante a tais cursos, dos docentes e das coordenações de curso. Para isso, baseamo-nos numa fundamentação teórica sobre as TAs, sobre a acessibilidade de ambientes virtuais de aprendizagem (SCHLÜNZEN JÚNIOR, HERNANDES, 2011), bem como uma metodologia quanti-qualitativa, através da coleta de dados com questionários e entrevistas, tabulação e análise. O foco da pesquisa se volta para a Educação Profissional, haja vista a grande participação dos IF na Rede e-tec (ensino técnico a distância), mas também pode incluir ensino superior a distância, conforme o mapeamento a ser realizado quanto à quantidade de estudantes com deficiência em cada instituição consultada. Esperamos assim, não só elaborar um mapeamento do ensino-aprendizagem de pessoas com deficiência na EaD, compreendendo o que já tem sido feito nesse sentido, mas buscando contribuir com o avanço da acessibilidade dos cursos EaD dos Institutos Federais, divulgando os resultados de forma a compartilhar os conhecimentos adquiridos e contribuir para a inclusão sócioeducacional nas instituições de Educação Profissional.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ilda de Fátima Ferreira Tinôco

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • caracterização do ambiente térmico, aéreo e qualidade de cama em instalações para vacas leiteiras em sistemas compost barn abertos e fechados
  • A produção leiteira no Brasil é uma atividade de grande importância econômica, sendo que a alta produção estimada nos últimos anos, mantem o país entre os maiores produtores mundiais de leite. Contudo, uma das grandes preocupações dos produtores é o efeito que o ambiente de criação pode afligir sobre as vacas no período de lactação. Uma instalação utilizada para a produção leiteira deve ser bem construída e planejada para promover o máximo conforto do animal e amenizar os efeitos dos elementos climáticos como temperatura, umidade relativa do ar, radiação, chuvas e ventos. Atraindo o interesse global, o novo sistema de confinamento Compost Barn permite que as vacas permaneçam em livre circulação no interior de um galpão, sem nenhuma das divisórias de contenção encontradas em instalações de sistemas freestall. No Brasil, existem poucos estudos em relação ao sistema Compost Barn, contudo, nos últimos anos, um grande número de produtores tem passado a utilizá-lo, em razão das boas respostas ao clima e à produtividade leiteira. Desta forma o objetivo desta pesquisa é avaliar em condições de verão e de inverno, a distribuição espacial do ambiente térmico, qualidade do ar e analisar o comportamento do teor de água dos substratos utilizados como cama, no interior de sistemas Compost Barn. Sendo instalações abertas e fechadas, ventiladas naturalmente e por pressão negativa em modo túnel associado a resfriamento evaporativo, respectivamente; e realizar o mapeamento completo da distribuição das variáveis: temperatura do ar, umidade relativa do ar, velocidade do ar e índice de temperatura e umidade; correlacionando essas variáveis com a temperatura e umidade da cama nos diferentes tipos de instalações. Com os resultados pretende-se contribuir para a melhoria da qualidade na produção de leite difundido os resultados favoráveis. A geração de mapas das variáveis do ambiente térmico da instalação poderá ajudar a entender melhor o microclima interno, auxiliar nas técnicas de manejo e determinar a necessidade, ou não, da utilização de equipamentos, como ventiladores, para melhoria da condição térmica e aérea do ambiente interno. Além disso, através dos mapas térmicos poderão ser avaliados os períodos em que o interior da instalação apresenta valores de temperaturas e umidade relativa do ar dentro ou fora da faixa considerada de conforto térmico para bovinos de leite.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Inácio Crochemore Mohnsam da Silva

Ciências da Saúde

Educação Física
  • análises composicionais da atividade física, tempo sedentário e tempo de sono e sua associação com composição corporal em adolescentes de 15 anos pertencentes a uma coorte de nascimento de pelotas-rs
  • Introdução: Sobrepeso e obesidade são considerados já há algum tempo importantes problemas de saúde pública em todas as faixas etárias. Além dos malefícios do sobrepeso e obesidade na adolescência, essas condições tendem a ser mantidas ao longo da vida. Existem evidências suficientes do efeito da atividade física, comportamento sedentário e saúde do sono na composição corporal de adolescentes. Porém, as análises dessas variáveis são tradicionalmente abordadas de forma independente e novas propostas na literatura encorajam pesquisadores a estudar atividade física, sono e comportamento sedentário como uma variável composicional, já que essas atividades fazem parte do ciclo de 24 horas do dia de qualquer indivíduo. Objetivo: Investigar a associação transversal e longitudinal entre atividade física, comportamento sedentário e tempo de sono em ciclos de 24 horas com composição corporal em adolescentes de 15 anos pertencentes a uma coorte de nascimentos da cidade de Pelotas-RS. Métodos: Será realizado um estudo longitudinal do tipo coorte. Em 2004 todos os nascidos vivos na cidade de Pelotas-RS foram avaliados e vem sendo acompanhado no estudo denominado Coorte de Nascimentos de 2004 de Pelotas/RS. Os últimos acompanhamentos que coletaram dados de composição corporal e acelerometria, utilizados para avaliação de atividade física, comportamento sedentário e sono foram aos sete e 11 anos. Em 2019 está programado o acompanhamento dos 15 anos e novamente serão coletados dados de composição corporal, atividade física, comportamento sedentário e sono de forma objetiva. Os desfechos de composição corporal que serão avaliados serão massa gorda e massa livre de gordura medidos pelos aparelhos BOD POD e DXA, considerados como padrão-ouro para essa avaliação. A principal exposição será a análise de dados composicionais de atividade física, comportamento sedentário e sono em ciclos de 24 horas, medido por acelerômetros, aos sete e 11 anos (análises longitudinais) e aos 15 anos (análises transversais). Serão realizadas análises descritivas avaliando diferenças sociodemográficas na composição dos ciclos diários, bem como avaliando mudanças ao longo do tempo comparando os acompanhamentos. O efeito da composição dos ciclos diários de atividade física, comportamento sedentário e tempo de sono sobre a composição corporal dos adolescentes será analisado por modelos de substituição isotemporal. Estes modelos demonstrarão o quanto a realocação do tempo gasto em um determinado comportamento pode afetar a composição corporal dos adolescentes.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Inácio Helfer

Ciências Humanas

Filosofia
  • o agente humano: aspectos da teoria da ação em hegel
  • A pesquisa sobre a “teoria da ação” em Hegel visa aprofundar conhecimentos relativos à teoria do agir no pensador de Berlim com destaque às noções de ação da pessoa, do agente moral e do agente na Sittlichkeit. O ponto de partida é a constatação de que Hegel apresenta contribuições significativas para a filosofia da ação. Como apresentado nos resultados anteriores, quando o foco da pesquisa examinava o tema a partir de Taylor (Projeto PQ anterior), o pensador de Berlim teria formulado uma concepção não causalista da ação (ou concepção qualitativa da ação), se opondo claramente a uma visão causal. Esta tese é polêmica. Como se sabe, ela originou uma longa e profícua trajetória discussão, cujas repercussões atuais são de grande monta, especialmente em Speigth-2001, Knowles-2002, Laitinen-2004, Fischbach-2004, Pippin-2008, Mcdowell-2009, Klotz-2010, Djordjevic-2011, Helfer-2011, Yeomans-2012, Cargnello-2014, Thibodeau-2014, Vieweg-2015 e Werle-2018. Esses comentadores aceitam, no geral, que a filosofia de Hegel é a exposição da atividade pura do espírito universal que existe em seu manifestar por intermédio de formas determinadas, o lado substancial da ação, e como uma determinidade interior do sujeito e sua execução, o lado subjetivo. Enquanto um diferenciar-se de si, o espírito se expressaria pelas ações humanas, com uma distinção entre ato e ação, die Tat e die Handlung, bem como seria o manifestar universal do Weltgeist, que conformaria as ações humanas como instrumentos de seu desdobramento. Até aqui há muitas concordâncias. Contudo, sobre as especificidades da ligação entre intenção e ação diferenças emergem. De um lado, os que pensam semelhante a Taylor, como Robert Pippin, Allen Speight e Djordjevic, que explicam a ação em Hegel sob o viés de uma concepção retrospectiva da intenção, que seria fundada sobre a unidade especulativa da interioridade e exterioridade e uma significação expressiva e política. De outro, a posição de Dudley Knowles, Arto Laitinen e Michael Quante, que defendem em linhas gerais uma teoria causal do agir, no sentido de que sempre uma dada ação é o efeito de uma intenção, que lhe é a causa, e que, portanto, esgota sua explicação nos estados mentais do sujeito que a promove. A condução da presente pesquisa visa continuar a reconstrução deste debate, salientar as diferenças e semelhanças, bem como apontar soluções no contexto da filosofia prática de Hegel. O seu propósito é o de examinar o papel que Hegel dá à ação na compreensão e avaliação do agir humano nas dimensões da pessoa de direitos, da moral e da Sittlichkeit. Pôr em evidência o debate entre as posições causalista e não causal, detectar e esclarecer possíveis erros, bem como apontar soluções no contexto da filosofia prática de Hegel, estas são as contribuições que a pesquisa visa promover.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Inacio Malmonge Martin

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • estudo do acoplamento atmosfera-ionosfera através da monitoração da ocorrência de descargas elétricas atmosféricas, conteúdo total de elétrons e campo geomagnético local e contagem de múons.
  • Nos últimos 30 anos, foram descobertos dois fenômenos que ocorrem relacionados a tempestades com descargas elétricas na troposfera: 1) enormes descargas elétricas que se propagam pela estratosfera e mesosfera, e 2) rajadas energéticas de radiação gama com energias superiores a 300 keV e atingindo 100 MeV. A descoberta relativamente tardia de tais fenômenos mostra que a nossa compreensão de processos que ocorrem na alta atmosfera ou mesmo na troposfera ainda é limitada. Além do ponto de vista do interesse da comunidade científica pela descrição de novos processos físicos, essas interações mostram que devem existir significantes transferências de energia entre a troposfera superior, camadas superiores da atmosfera e a ionosfera e o espaço próximo da Terra. Várias abordagens vêm sendo utilizadas para estudar como ocorre essa transferência de energia e como o acoplamento entre as várias camadas cosntituintes da atmosfera se manifesta. Nesse projeto, buscaremos avançar na compreensão desse acoplamento, combinando a análise espectral de séries de tempo de longa duração coletadas ao nível do solo de variáveis tais como precipitação, temperatura, pressão atmosférica, radiação infravermelha, cobertura de nuvens, variações do campo elétrico terrestre, campo magnético local, ocorrência de descargas elétricas, e medidas de múons (originados por raios cósmicos) com séries de tempo de variáveis referentes ao estado da ionosfera como o conteúdo eletrônico total (TEC) derivados de dados de satélites do sistema de posicionamento global (GPS). Para isso, usaremos um conjunto de instrumento sde medidas atmosféricas, em sua maior parte já isntalados e em uso em conjunto com dados obtidos de várias fontes (IBGE, INPE, NASA, NOAA). Um outro ponto que será abordado é o estudo da correlação de produção de descargas elétricas atmosféricas e raios cósmicos. É geralmente aceito que colisões entre granizo e cristais menores de gelo na presença de água liqida é um mecanismo eficiente para o gerar o acúmulo de caragas elétricas em nuvens, e que a combinação de processos microfísicos e a de larga escala envolvendo a dinâmica de nuvens gera a produção de dipolos ou tripolos elétricos em nuvens. No entanto, medidas efetuadas por balões mostram que a magnitude do campo elétrico no interio de nuvens pode chegar a 100 kV/m; no entanto campos com essa inetensidade não são capazes de causar o “electrical breakdown”. Com isso, outros mecanismos são sugeridos como iniciadores de descargas elétricas. Entre eles está a produção de elétrons relativísticos gerados por raiso cósmicos. Assim, buscaremos também, dentro dos limites dos instrumentos de coleta de dados, buscar por correlações entre variações no número de descargas elétricas e a radição cósmica medida ao nívels dos solo através de um detector de múons.
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022