Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Marinaide Lima de Queiroz Freitas

Ciências Humanas

Educação
  • permanência e cultura organizacional escolar no proeja: a construção de comunidades de aprendizagens
  • Vide projeto anexo Resumo O presente projeto de pesquisa objetiva produzir conhecimento e fornecer contributos para a construção, implementação e desenvolvimento de comunidades de aprendizagem profissionais no Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja), no âmbito do Instituto Federal de Alagoas (Ifal). Tem como problematização: que processos formativos podem ser mediados para a criação de comunidades de aprendizagem, em busca da permanência escolar dos sujeitos-estudantes do Proeja? Assume como premissa, a construção de culturas escolares e profissionais assentes em um trabalho colaborativo horizontal, em comunidades de práticas potenciadoras de contextos mais favoráveis para a aprendizagem dos profissionais docentes e a melhoria das aprendizagens dos alunos, resultando, consequentemente, na permanência escolar. Tem por princípio a transformação de uma realidade, e recorrer-se-á à metodologia pesquisa-ação como aquela que melhor se adequa a favorecer as mudanças profissionais e institucionais educativas, ao envolver um coletivo no dinamismo da ação-intervenção. Nesse quadro metodológico, assume-se a modalidade de investigação-ação crítica que vai para além da ação, ao procurar facilitar a implementação de soluções que promovam a melhoria da própria ação, por meio dos “ciclos de espirais”. O projeto envolverá 4 Câmpus do Ifal, e os respectivos professores, gestores, coordenadores pedagógicos e estudantes que serão coexecutores na investigação de forma participativa e colaborativa, no sentido de assumir coletivamente a responsabilidade do desenvolvimento e transformação da prática. Espera-se que o projeto produza conhecimentos que contribuam para a criação de formatos de comunidades de aprendizagens profissionais que permitam a melhoria da ação docente, das aprendizagens dos estudantes bem como a reconfiguração da coordenação pedagógica e gestão do Proeja
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Mario Abbud Filho

Ciências da Saúde

Medicina
  • efeito da morte encefálica e da preservação do rim à frio após tratamento com tocilizumabe.
  • Centros transplantadores buscaram formas alternativas para aumentar a oferta de órgãos utilizando rins de doadores falecidos com critérios estendidos (DCE) ou com elevados escores de risco designados rins “não-ideais”. A morte encefálica (ME) desencadeia uma inflamação sistêmica com consequente ativação de vias inflamatórias nos órgãos doados para transplantes (Tx) e o tempo prolongado de isquemia fria também pode estar envolvido na mudança do perfil inflamatório desses rins. Em estudo anterior observamos que, apesar de compartilhar ambiente pró-inflamatório semelhante, biópsias pré-implantação de rins “não-ideais”, apresentavam maior expressão de genes da inflamação estéril. Postulamos que a maior atividade inflamatória observada nesses rins poderia ser devido à maior sensibilidade desses órgãos aos eventos inflamatórios gerados pela ME e pelo processo de isquemia renal, o que poderia levar o sistema imune a iniciar uma inflamação estéril mais intensa. Fármacos capazes de bloquear citocinas pró-inflamatórias envolvidas na fisiopatologia dos rins submetidos ao processo de ME poderia ser uma proposta para o pré-tratamento dos rins de doadores “não-ideais”. Assim, pretendemos avaliar os efeitos do agente biológico anti-IL-6 (Tocilizumabe) no perfil de moléculas inflamatórias de rins de ratos com ME. A ação do Tocilizumabe poderá reduzir a carga inflamatória desses órgãos, melhorando a lesão renal gerada pela inflamação estéril, e dessa forma minimizar a lesão pós-reperfusão renal que ocorre pós-Tx. Serão utilizados ratos divididos em 4 grupos: ratos sham, ratos controles com indução da ME e sem tratamento; ratos com indução da ME e administração de Tocilizumabe no momento da ME. Após a manutenção da ventilação os rins dos animais serão perfundidos e analisados nos tempos 12/24h de preservação a frio. A partir das amostras de rins coletadas, será realizada a expressão gênica para genes envolvidos na inflamação além de análises histológicas e imunohistoquimicas.
  • Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto - SP - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Mario Augusto Bertella

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • bolhas, crashes e rede social
  • Esta pesquisa possui o propósito de investigar o efeito de vieses emocionais e de redes sociais na formação de bolhas e crashes em um modelo baseado em agentes no qual o comportamento dos investidores difere do padrão otimizador e racional da teoria econômica convencional. As Finanças Comportamentais, em conjunto com a Psicologia, têm revelado que os agentes não são tão racionais quanto a teoria econômica padrão supõe. Por outro lado, a Economia Computacional baseada em Agentes procura verificar qual resultado agregado prevalece quando diferentes agentes com distintos comportamentos interagem. Neste sentido, o instrumental agent-based é uma importante forma de testar e simular se o aspecto micro predomina e quais fatores podem explicar a divergência de resultados sob o ponto de vista macro. Por outro lado, como os agentes econômicos relacionam-se com os demais investidores, o objetivo é também incluir algumas tipologias de rede social (rede de Barabási, pequeno mundo, dentre outras) para averiguar sua influência na formação de booms e crashes no mercado acionário. A nossa hipótese é que as redes sociais podem ter enorme impacto no preço dos ativos, contribuindo para acentuar a intensidade das bolhas financeiras e, consequentemente, de seus crashes.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 21/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Mario Eduardo Rangel Moreira Cavalcanti Mata

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • a transversalidade científica e tecnológica na paraíba: a aproximação, sustentabilidade, riqueza e diminuição das desigualdades na região do semiárido
  • A presente proposta adere aos objetivos definidos pela Chamada CNPq/MCTIC Nº 06/2021, em seu Item 1, pois trata de iniciativa interdisciplinar, e visa aproximar o setor de desenvolvimento de pesquisas e tecnologias que reside dentro da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG em seus 07 Campi, à comunidade regional, para que a mesma possa a vir tomar conhecimento de métodos e processos que são passíveis de utilização regional e nacional, e como essas ações que são consideradas transversais impactam no empoderamento social, desenvolvimento sustentável e qualidade de vida da população do Estado da Paraíba, o qual é um estado que ainda apresenta uma grande assimetria socioeconômica em relação ao Nordeste e ao Brasil. Além disso, nossa proposta visa estimular a busca pelo conhecimento através da popularização da ciência e tecnologia para comunidade em geral da Paraíba, considerando principalmente os estudantes de ensino fundamental e médio das escolas públicas, uma vez que esse público representa os potenciais talentos futuros que podem contribuir significativamente para a construção de uma sociedade com menor assimetria, considerando o desenvolvimento de novas tecnologias e conceitos de inovação. Outro grande objetivo de nossa proposta é demonstrar a importância da mulher na produção científica e nos aspectos transversais que a pesquisa científica abordada pelo corpo de pesquisadoras femininas da UFCG impacta no Brasil e principalmente na Paraíba
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Mario Fernando Montenegro Campos

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • cooperação de agentes robóticos e humanos e percepção multimodal para o monitoramento de regiões
  • Recentemente, testemunhamos o crescimento do uso de veículos autônomos e de técnicas de percepção para reduzir os custos e a exposição de humanos a situações de risco. Nesse contexto, aplicações como monitoramento ambiental, tarefas de busca e salvamento, vigilância, entre outras, podem se beneficiar da utilização de times heterogêneos de agentes, por exemplo, formados por robôs de diferentes tipos e humanos. Nas aplicações mencionadas, é fundamental a criação e manutenção de uma representação consistente da situação atual do ambiente. Robôs móveis, aéreos ou terrestres, além de atuarem em diferentes meios, quando equipados com sensores, são capazes de adquirir informações como temperatura, umidade, níveis de pH e CO2, e até mesmo som e imagens. Entretanto, a utilização de veículos autônomos apresenta desafios, e uma das formas de mitigar os riscos e beneficiar o desempenho do sistema é a introdução de humanos, cujas decisões complementam a tomada de decisão utilizada pelos robôs. O emprego de múltiplos agentes coletando informações resulta em grande quantidade de dados e uma maior probabilidade de redundância. Para tratar esse problema, propomos identificar informações relevantes, utilizando dentre outras técnicas, a análise de movimento. Este projeto propõe um sistema de percepção e navegação integrado para o monitoramento de grandes áreas. Dentre os problemas específicos a serem abordados estão o planejamento de caminhos e coordenação de múltiplos agentes, a fusão de dados de diferentes fontes (e.g., áudio, vídeo, tridimensional), a análise de movimentação de agentes humanos, e a seleção de informações relevantes em grandes massas de dados, como vídeos longos do monitoramento. Espera-se contribuições científicas para cada uma dessas etapas, bem como a proposição de novos algoritmos e a formação de recursos humanos especializados. Além disso, o projeto tem potencial social e de mercado, podendo resultar em produtos a serem utilizados pela sociedade.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Mario Jorge Sobreira da Silva

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • erlotinibe e gefitinibe no tratamento do câncer de pulmão de células não pequenas: revisão sistemática e impacto orçamentário
  • O câncer de pulmão é um dos principais responsáveis pela mortalidade por câncer, correspondendo a 18% de todas as mortes por câncer no mundo. Um dos tipos histológicos mais comuns do câncer de pulmão é o carcinoma de células não pequenas (CPCNP). Com estudos moleculares das células cancerígenas descobriu-se o receptor do fator de crescimento epidérmico (EGFR), o qual é um receptor de tirosina quinase (TK) cuja sinalização tem importante papel na manutenção e crescimento dos tecidos epiteliais. Gefitinibe e erlotinibe estão entre os fármacos que compõem a classe terapêutica de inibidores de tirosina quinase EGFR e que foram incorporados pela Conitec em 2013 para compor o rol de tratamento, estando inclusive recomendados nas Diretrizes Diagnósticas e Terapêuticas do Câncer de Pulmão. Para a incorporação do gefitinibe e erlotinibe, estudos clínicos randomizados, não randomizados e revisões sistemáticas, embasaram a tomada de decisão da Conitec. Após a incorporação, nenhuma nova avaliação foi conduzida para fins de monitoramento da tecnologia, o que acaba gerando incertezas a cerca do real benefício pós incorporação. Com tais incertezas, constrói-se as seguintes questões: 1. Os medicamentos gefitinibe e erlotinibe mantem a eficácia e segurança observadas nos estudos clínicos randomizados controlados quando é utilizado pela população em geral? 2. O impacto orçamentário estimado em 2013, cumpriu-se ao longo destes sete anos? 3. A população estimada na ocasião da incorporação, teve acesso ao medicamento? Os benefícios para os pacientes do Sistema Único de Saúde, em termos de efetividade e segurança, podem ser analisados por meio de estudos delineados para analisar dados de mundo real e serão empregados neste projeto. Já as questões relacionadas ao impacto orçamentário e população usuária da tecnologia, poderão ser respondidas utilizando estratégias das ciências de dados, como mineração de dados inserida na técnica de Knowledge Discovery in Databases
  • Instituto Nacional de Câncer - RJ - Brasil
  • 20/12/2021-31/12/2022
Foto de perfil

Mario Jose Abdalla Saad

Ciências da Saúde

Medicina
  • inct de obesidade e diabetes
  • O Instituto tem quatro grandes missões: 1-Pesquisa, 2- formação de recursos humanos, 3- transferência de conhecimentos para a sociedade e 4a- transferência de conhecimento para o governo com participação ativa nas políticas públicas voltadas à obesidade e ao diabetes, - 4b transferência de conhecimento ao setor empresarial ou ao governo na forma de patentes com objetivos diagnósticos e terapêuticos. A seguir descreveremos os objetivos gerais e específicos para o cumprimento de cada uma das missões: 1. Pesquisa Objetivos gerais: a. Desenvolvimento de pesquisa básica ousada, nas áreas de patogênese, mecanismos fisiopatológicos e complicações em obesidade, diabetes e em outras doenças com componentes metabólicos como osteoporose e hipertensão arterial, visando o processo translacional. b. Desenvolvimento de pesquisa clínica inovadora, certamente de padrão competitivo internacional, nas áreas de tratamento da obesidade, do diabetes e suas complicações, e de outras doenças metabólicas, utilizando as informações geradas na pesquisa básica, completando assim o processo translacional. c. Desenvolvimento de novos fármacos para o tratamento da obesidade e do diabetes, com base nos mecanismos fisiopatológicos em investigação no Instituto. Objetivos específicos 1.1a- Investigar a composição da microbiota intestinal – flora bacteriana e viroma - de pacientes com a)DM2 de diferentes regiões do Brasil, b)com hipertensão arterial ou c) com osteoporose. 1b- investigar em camundongos germ-free, se o transplante de microbiota de pacientes diabetes, com hipertensão arterial ou com osteoporose pode modular o metabolismo de glicose, o controle da pressão ou a massa óssea, respectivamente desses animais, investigando a relação causa-efeito através de estudos funcionais, moleculares e metabolômica. 1c- Investigar se a exposição ao PM2.5 em curto ou longo prazo altera mecanismos de resistência à leptina e insulina no hipotálamo, amígdala e striatum, tais como a expressão de citocinas pró-inflamatórias, ativação do TLR4, JNK, e IKKbeta, IKKepsilon, PKR e a indução do estresse RE em camundongos. 1d- Investigar em pacientes obesos antes e seis meses após a cirurgia bariátrica, através de ressonância eletromagnética funcional, a resposta hipotalâmica a uma sobrecarga de glicose, e em paralelo, através de PET/CT, a presença de tecido adiposo marrom, procurando correlacionar os dados de ressonância funcional com a quantidade de tecido adiposo marrom. 1e- Investigar o efeito temporal da dieta hiperlipídica no processo de desdiferenciação de células beta em camundongos, correlacionando estes dados com resultados metabólicos e de secreção de insulina in vivo. 1f- Investigar o efeito de diferentes grupos de drogas utilizadas para o tratamento da DM2 sobre o processo de desdiferenciação de células beta em roedores: agonistas de GLP-1, insulina, metformina, sulfoniluréias e iDPP4. 1g- Investigar a modulação do estresse oxidativo, a ativação do circuito dependente de ROS (ERK, MLK3 e JNK), bem como de outras fosfoproteínas (por fosfoproteômica) em tecidos de animais tratados com dieta hiperlípídica por 2 dias, 7 dias, 15 dias, 30 e 60 dias, associando estes dados com o desenvolvimento de resistência e alteração da sinalização de insulina. 1h- Estudos enfocando a metabolômica na fisiopatologia da obesidade e do diabetes. 1i- Estudar os mecanismos moleculares que conectam a resistência à insulina à HAP. 1j- Investigar a importância da resistência à insulina para a exacerbação do recrutamento eosinofílico pulmonar, 1k-Investigar o efeito da obesidade no desenvolvimento de cancer de colon em camundongos, 1l- Investigar, em estudos prova de conceito, o efeito das seguintes drogas: a) Amlexanox b) inibidor de PKR – AP-2 – c) inibidores do TLR4 associado, d) efeito dos iiniidores do estresse de retículo TUDCA ou 4-PBA, associado à metformina no controle glicêmico e perfil metabólico-imunológico de pacientes com DM2, que apresentaram falência ao uso exclusivo de metformina. 1m- Comparar as diferentes formas de cirurgia bariátrica ou de exercício para o tratamento da obesidade e do diabetes, investigando os mecanismos fisiopatológicos que levam a melhora do controle ou reversão do diabetes, utilizando para isto a metabolômica. 2 Formação de Recursos Humanos Selecionar e formar 30-50 alunos de pós-graduação/ano, 35-40 pós-doutores/ano e 50-60 alunos de iniciação científica/ano, vinculados à programas de pesquisa do Instituto. Criar, a partir do segundo ano um curso específico de pós-graduação em Obesidade, Diabetes e Metabolismo. Especialização Oferecer cursos teórico-práticos de atualização em fisiopatologia e tratamento da obesidade e do diabetes, com programação prática diferenciada para médicos, nutricionistas, biólogos, farmacêuticos, educadores físicos e enfermeiras. Duração: 2 meses, com oferecimento semestral 3 Transferência de Conhecimento para a Sociedade O Instituto terá como objetivo criar os seguintes programas de educação em ciência e difusão do conhecimento: 3a. Programa de palestras para alunos da educação fundamental e média sobre obesidade e diabetes 3b. Programa de respostas online, para dúvidas de alunos do primeiro e segundo graus, sobre obesidade e diabetes. 3c. Produção de vídeos educativos, em diferentes níveis,. 3d Portal do instituto com textos informativos e serviço de atendimento à população. 3e. Ensino à distancia. 3f. Publicação de livros em sistema digital e papel. 3g. Organização de eventos científicos periódicos, para discutir os achados do instituto, com a participação de pesquisadores estrangeiros e do pais. Internacionalização O INCT manterá pesquisas em conjunto com os seguintes laboratórios do exterior: Prof Andre Marette – University of Laval, Prof CR Kahn -Harvard University, Prof G Hotamisligil – Harvard University, Prof A Chawla UCSF. Os alunos de doutorado e os pos-doutores deverão ter obrigatoriamente uma experiência em laboratório de excelência no exterior de pelo menos 1
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Mário Lúcio Vilela de Resende

Ciências Agrárias

Agronomia
  • inct do café
  • O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia do Café (INCT do Café) caracteriza-se por ser um arrojado empreendimento criado para prover pesquisa de qualidade, formação de recursos humanos e transferência de tecnologias relevantes para a cadeia produtiva do café no Brasil. Contando com a integração das competências em oito instituições, UFLA, UFV, EMBRAPA, EPAMIG, IAC, INCAPER, IAPAR e UESB, que atuam na fronteira do conhecimento da cafeicultura no Brasil, objetiva-se a perenização do Instituto, fortalecendo o desenvolvimento competitivo do negócio café no país. Busca-se nesta proposta assegurar a sustentabilidade da produção, atenuar o impacto das alterações climáticas sobre a cafeicultura, preservar os recursos naturais por meio de geração de tecnologias sustentáveis, desenvolver modelos adaptados para os sistemas especiais de produção e melhorar a qualidade e a competitividade da cafeicultura, como um todo. A nova proposta do INCT do Café está concentrada em dez linhas de pesquisa que abrangem desde o melhoramento genético da lavoura, resistência à estresses de natureza biótica e abiótica, genômica estrutural e funcional do cafeeiro e de patógenos do cafeeiro, cultura de tecidos, clonagem e transformação genética, otimização de sistemas de produção, além de estudos relacionados a café e clima, pós-colheita e qualidade do café e produtos inovadores para a cadeia produtiva. Propõe-se o desenvolvimento de cultivares com características de interesse do cafeicultor e da indústria. Para isso, serão desenvolvidas pesquisas de mapeamento físico e genético visando conseguir marcadores moleculares para características de tolerância a seca, resistência a pragas e doenças e qualidade de grãos e de bebida. Além disso, a exploração dos bancos de dados genômicos ajudará a criar bancos de marcadores moleculares funcionais de café, com subsequente aplicação em programa de seleção assistida com marcadores, uma antiga demanda dos programas de melhoramento do café. Serão desenvolvidos protocolos eficientes para calogênese e embriogênese somática de cultivares importantes para a cadeia do agronegócio do café, além da realização de análises funcionais com genes de interesse identificados, mediante a transformação genética. Visando a transformação de plantas e a multiplicação das mesmas serão desenvolvidos no Instituto protocolos de criopreservação a partir de diferentes explantes de cultivares de Coffea spp. Buscando-se trabalhar em sistemas de produção sustentáveis com menor impacto no meio ambiente são propostas alternativas para o controle de pragas e de doenças, além de práticas de mitigação dos efeitos das mudanças climáticas na cafeicultura. Com relação ao controle de doenças do cafeeiro serão realizadas pesquisas com bioindutores de resistência caracterizando-se os mecanismos bioquímicos e moleculares ativados. Com ênfase ainda ao desenvolvimento sustentável na cafeicultura, será estudado o controle biológico da broca do fruto, praga emergente na cafeicultura. As tecnologias geradas no Instituto serão transferidas com o apoio do Núcleo de Inovação Tecnológica da UFLA (NINTEC) e pelos Núcleos de Inovação (NIT's) de instituições associadas. O NINTEC e os demais NIT’s serão responsáveis pela gestão da política de inovação tecnológica e proteção ao conhecimento gerado no Instituto. O Instituto possui uma plataforma que vai permitir o acompanhamento das atividades propostas nas diferentes linhas de pesquisa em cada instituição envolvida. Nesta plataforma já implementada, viabilizada na forma de site (www.inctcafe.ufla.br), será permitida a discussão entre os grupos envolvidos, o gerenciamento em diversos níveis de questões administrativas, e acesso do público aos resultados que poderão ser disponibilizados. Além disso, outras informações poderão ser disponibilizadas, tais como: calendário de eventos e reuniões, estado da arte das diversas linhas de pesquisa, publicações mais relevantes, o que possibilitará a formação de uma biblioteca virtual. Em síntese, o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia do Café terá como missão a geração de tecnologias apropriadas, competitivas e sustentáveis, por meio da integração de competências institucionais, capacitação de recursos humanos, estímulo à capacidade de inovação e geração de negócios de alto valor agregado na cadeia produtiva do café.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 25/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Mário Massayuki Inomoto

Ciências Agrárias

Agronomia
  • manejo cultural de insetos-pragas e fitonematoides em maracujazeiro-amarelo
  • Uso de coberturas vegetais como culturas intercalares em pomares de maracujá é altamente recomendável dentro da proposta de agricultura sustentável, aumentando a proteção do solo e prevenindo ou controlando algumas doenças, como as viroses e as nematodes. Sabe-se que plantas de cobertura podem abrigar inimigos naturais de pragas do maracujazeiro, porém também podem aumentar a população de pragas emergentes, como a traça-das-crucíferas. O mesmo se dá com os fitonematoides. O objetivo deste projeto é estudar o efeito do plantio intercalar de coberturas vegetais na densidade populacional de pragas do maracujazeiro (com destaque para a mosca-do-botão-floral-do-maracujazeiro), seus inimigos naturais e os nematoides do maracujazeiro (principalmente o nematoide-reniforme e os nematoides-das-galhas). Para atingir esses objetivos, serão realizadas capturas das pragas e dos inimigos naturais, em cinco pomares de maracujazeiro. Além disso, um experimento de campo e um de casa de vegetação serão efetuados com cinco plantas de cobertura: crotalária-espectábilis (Crotalaria spectabilis), aveia-preta (Avena strigosa), milheto (Pennisetum glaucum), capim-sudão (Sorghum sudanense) e nabo-forrageiro (Raphanus sativus).
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 28/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Mario Otavio Batalha

Engenharias

Engenharia de Produção
  • novas tecnologias digitais para a agropecuária brasileira: fatores de adoção e impactos.
  • O incremento da competitividade sustentada do agronegócio brasileiro - responsável por cerca de 25% do PIB nacional - fundamenta-se em uma agropecuária cada vez mais exigente em termos de novas tecnologias de produto, processo e gestão. É neste contexto que a agricultura digital revela toda a sua importância. A coleta e análise de um conjunto de dados espaciais e temporais, adoção de tecnologias digitais da dita agricultura 4.0 confere decisões mais assertivas, maior eficiência no uso dos recursos naturais, resultando em aumento de produtividade, redução de custos ou ganhos de qualidade do produto. No entanto, uma maior difusão das tecnologias digitais na agricultura ainda enfrenta obstáculos. Este projeto avançará no enfrentamento deste problema pela consecução de três objetivos complementares focados nas fases de geração e adoção de uma tecnologia. O primeiro é propor métodos de análise ex ante dos fatores que podem levar um produtor rural a adotar uma determinada tecnologia digital. Este objetivo é importante para agentes de inovação e difusão de tecnologias para o agro, caso da EMBRAPA e das agritechs que têm surgido no Brasil. Modelos de aceitação e o uso de tecnologias que incorporam aspectos comportamentais dos possíveis adotantes serão desenvolvidos e testados. O segundo objetivo é realizar uma avaliação ex post dos fatores que levaram os agricultores a adotar um conjunto de tecnologias digitais. Neste caso, serão utilizados modelos econométricos (logit, probit, etc) que permitam identificar e quantificar os fatores determinantes da adoção. O terceiro avaliará os impactos das tecnologias digitais no desempenho econômico das propriedades rurais por meio de modelos quantitativos de avaliação de impacto. Este último objetivo é igualmente importante para o desenho e adaptação de políticas públicas e privadas para aumentar a disponibilidade, a difusão e o uso de novas tecnologias digitais na agropecuária brasileira para melhorar a segurança alimentar global.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Mário Roberto Maróstica Junior

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • frutas nativas brasileiras: caracterização química, bioacessibilidade, e potencial preventivo e curativo em doenças crônicas inflamatórias
  • O Brasil possui ecossistemas heterogêneos com grande variedade de plantas nativas e seus biomas possuem frutas ricas em compostos bioativos, como bacaba (Oenocarpus bacaba), grumixama (Eugenia brasiliensis), jabuticaba (Myrciaria jaboticaba), jussara (Euterpe edulis), uxi (Endopleura uchi) e mangaba (Hancornia speciosa). Ao serem ingeridas, os seus compostos podem sofrer transformações pelo trato gastrointestinal e microbiota, gerando metabólitos de identidade ou ação ainda pouco conhecidas, mas potencialmente ativas contra doenças crônicas. De forma geral, as frutas na alimentação têm sido associadas à prevenção e tratamento de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), como obesidade e doenças inflamatórias intestinais (DIIs). Considerando que essas doenças têm aumentado de forma alarmante no Brasil, faz-se relevante conhecer o papel preventivo de frutas da biodiversidade brasileira utilizando modelos in vitro e in vivo, com conhecimento dos mecanismos funcionais fisiológicos envolvidos. A hipótese do projeto é que o consumo do extrato de frutas brasileiras ricas em compostos bioativos, assim como seus metabólitos são eficazes na prevenção de DCNT. Para comprovação, as seis frutas serão extraídas por técnicas verdes e os seus extratos serão caracterizados quimicamente, sendo que os dois extratos com os maiores teores de compostos bioativos serão submetidos à digestão in vitro pelo Simulator of the Human Intestinal Microbial Ecosystem - SHIME® para determinação da bioacessibilidade dos metabólitos formados neste processo. O extrato que apresentar o maior teor de compostos bioativos bioacessíveis será estudado em modelos animais de obesidade e DIIs. Dentre as análises dos estudos in vivo, estão: análises clínicas, bioquímicas, histopatológica, molecular e perfil da microbiota intestinal. Complementando, um estudo qualiquantitativo explorará percepções, atitudes e expectativas do consumidor brasileiro sobre as frutas estudadas.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Mário Sérgio Mantovani

Ciências Biológicas

Genética
  • investigação de indução de danos no dna e morte celular por compostos com potencial terapêutico antiproliferativo em cultura 3d de células tumorais.
  • A busca por novos compostos com potencial antiproliferativo que respondam com menor toxicidade para as células tem sido o foco do desenvolvimento de muitos estudos. Os compostos com propriedades antiproliferativas tem sido o alvo desses estudos como fonte natural de origem vegetal para o desenvolvimento de novos fármacos. As avaliações incluem desde técnicas clássicas de citologia até as mais modernas abordagens em biologia molecular de estudos de expressão gênica em modelo 3D. A utilização dos modelos 3D in vitro com células humanas tumorais, além de contribuir para o uso racional de animais experimentais, também tem fornecido importantes informações dos mecanismos de ação dos compostos investigados, além de terem grande aplicação na triagem de novos compostos e avaliações de risco para a saúde de seres humanos. Para as avaliações propostas utilizaremos as linhagens MCF-7, HeLa, HepG2, HT29, NCI-H460, entre outras. As avaliações antiproliferativas que utilizaremos incluem: um estudo de citotoxicidade (Ensaio de Resazurina) para determinação do IC50; um estudo alterações de fases do ciclo celular e indução de morte (Citometria de Fluxo); um estudo de indução de danos no DNA (Ensaio do Cometa); e um estudo de expressão de mRNA de genes envolvidos no processo de morte, controle do ciclo celular e indução de danos no DNA (PCR-Real Time). Os compostos escolhidos são cinco promissores agentes com potencial antiproliferativo como: zerumbona, dimetoxicurcumina, ácido ursólico, tomatina e diosgenina. Os resultados poderão esclarecer e ampliar o entendimento dos mecanismos de ação desses compostos e servir de parâmetros de riscos à saúde de seres humanos, contribuindo para o desenvolvimento de novos fármacos.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Marionilde Dias Brepohl de Magalhaes

Ciências Humanas

História
  • violência na era dos direitos humnanos: a questão da invisiblidade social de grupos vulneráveis
  • Estudo sobre as ressonâncias da violência praticada em governos e sistemas autoritários que afetaram e ainda afetam os segmentos da sociedade ditos vulneráveis relativamente à aquisição de bens de cidadania. Neste estudo, elegeram-se os indígenas, os imigrantes diaspóricos (em relevo, o caso dos haitianos) e as mulheres que sofreram e sofrem, quando atingidas pelo ato policial, de agressão de natureza diversa. Importa aqui colaborar para a elaboração de uma política de memória (nos moldes epistêmicos e políticos criados para este fim) a partir da reconstrução das memórias subterrâneas tal qual o concebe Michael Pollack, ou seja, aquelas que não são trazidas à tona ou que são invisibilizadas pela sociedade e pelo Estado. A violação de direitos que incide sobre tais grupos sociais é de difícil mensuração, donde a dificuldade de se obter a reparação com respeito aos crimes perpetrados. Difícil é também o reconhecimento da parte da sociedade, pois os preconceitos de cor, de gênero, religiosos e sociais obliteram a consciência, relegando ao silêncio, senão mesmo ao esquecimento dos efeitos de tais crimes. Tal esquecimento incide também sobre as políticas culturais, que não raro, elegem uma narrativa icônica dos chamados grandes vultos e fatos consagrados como notáveis. Some-se ainda que em muitos casos, políticas de cerceamento de memórias quando do retorno à democracia nos países da América Latina, geraram, por sua vez, uma política de esquecimento reforçada pela ausência de uma ampla discussão e de um conhecimento mais profundo da noção de justiça transicional. Contra esta tendência, voltaram-se as comissões de verdade instaladas em diversos países. Neste tocante, o presente projeto poderá ser uma oportunidade de revisitar a documentação destas comissões, a partir da linguagem acadêmica e jurídica, superando com isto seus marcos definidores. Entende-se que, quando está em foco colaborar para a superação de práticas insidiosas de violência (que resultam, na maioria das vezes, numa contra-violência), as ações institucionais têm de caminhar paripassu com intervenções que influenciem a opinião pública. Nesta direção, pretende-se criar um banco de dados com o objetivo de dotar de visibilidade a história destas populações, promovendo ações educativas de reconhecimento, ampliação do seu espaço público por meio do debate e a recomendação de políticas públicas de reparação e de prevenção contra a violação de direitos humanos.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 01/12/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Marisa Marcia Mussi

Ciências da Saúde

Medicina
  • toxoplasmose gestacional na américa latina: estimativa do risco de soroconversão e das fontes de infecção
  • A toxoplasmose afeta cerca de 30% da população mundial. Quando a infecção aguda ocorre durante a gestação, pode ser transmitida para o feto, com possibilidade de sequelas severas na criança, em especial deficiência visual e anormalidades neurológicas. Na América Latina, a soroprevalência populacional de toxoplasmose tem sido estimada em 50-80%, sugerindo um risco elevado de exposição das gestantes ao parasita. A incidência da infecção congênita também é considerada elevada. Apesar da morbidade significativa associada à doença na região, não existem estudos locais em larga escala avaliando a história natural da toxoplasmose gestacional e sua transmissão vertical. Este estudo pretende investigar a hipótese de que a infecção aguda gestacional e a transmissão vertical sejam frequentes na América Latina, onde cepas mais virulentas do Toxoplasma são encontradas, quando comparadas com estudos europeus de referência. Adicionalmente, pretende-se estimar indiretamente a importância da transmissão atribuída à contaminação da água, que parece ser frequente nas Américas. Esta estimativa permitirá o planejamento de intervenções adequadas para prevenção da infecção aguda. Para tanto, serão utilizados dados clínicos e amostras clínicas já obtidos e armazenados para o estudo ZIP, patrocinado pelo NICHD/NIH, que incluiu >6400 gestantes e seus filhos em 10 centros latino-americanos. Será feita uma avaliação sorológica ampla para estimar a soroprevalência da toxoplasmose em gestantes e relatar a taxa de infecção gestacional e congênita. As alterações clínicas encontradas nas crianças infectadas, incluindo alterações visuais e de neurodesenvolvimento, serão descritas a partir dos dados colhidos no estudo ZIP. Serão realizados também testes sorológicos específicos para avaliar a frequência de infecções causadas por oocistos e esporozoítos do Toxoplasma, estágios associados à transmissão por contaminação da água.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 23/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Maristela da Silva do Nascimento

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • salmonella spp. multiresistente a antimicrobianos (mdr) versus processos tecnológicos da indústria de alimentos
  • Salmonella spp. é um dos mais importantes agentes causadores de doenças transmitidas por alimentos (DTAs). A emergência de cepas de Salmonella resistentes a múltiplos antimicrobianos (MDR) traz desafios à indústria de alimentos e à saúde pública. Além disso, este patógeno é altamente versátil e possui capacidade de se adaptar ao ambiente, permitindo sua sobrevivência e/ou crescimento, mesmo após a aplicação dos processos tecnológicos. O presente estudo visa investigar o comportamento de cepas de Salmonella MDR, frente aos principais processos tecnológicos utilizados na indústria de alimentos, como: acidificação, tratamento térmico e redução da atividade de água (aw), além da capacidade de formação de biofilme e a presença de diferença genômicas. A resistência ácida será avaliada em caldo tripticase de soja (TSB) com pHs 4,0 e 3,5. A resistência térmica será testada em TSB a 60 e 70 °C. A resistência à baixa aw será avaliada em TSB com aw de 0,90, 0,92 e 0,94. A formação de biofilme será aferida de acordo com a capacidade de adesão das cepas de Salmonella à superfície de microplacas, utilizando-se o método do cristal violeta com leitura de densidade óptica (OD). Clonalidade e parentesco dos isolados serão investigados usando análise de polimorfismo de nucleotídeo único (SNP). Os resultados obtidos no presente estudo poderão auxiliar no desenvolvimento de novas estratégias para o controle de Salmonella MDR na indústria de alimentos e no setor agropecuário.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Maritana Mela Prodocimo

Outra

Ciências Ambientais
  • avaliação do impacto de micropoluentes do rio iguaçu em populações de peixes com base em análises biológicas
  • O desenvolvimento socioeconômico exerce forte pressão sobre os ambientes aquáticos no Brasil, em particular, ao maior rio do estado do Paraná, o Rio Iguaçu, conhecido pelas suas Cataratas, mas também considerado o segundo rio urbano mais contaminado do país. Estudos recentes realizados pelo nosso grupo demonstraram que a bacia do Rio Iguaçu é impactada por micropoluentes originários de atividade urbana e industrial, bem como por intensa atividade agropecuária ao longo do rio. Apesar de já existirem equipamentos com grande sensibilidade, ainda não há tecnologia disponível para a identificação de todos os micropoluentes encontrados nos ambientes aquáticos, e mesmo essa detecção não é informativa sobre o que pode estar acontecendo com a ictiofauna, que nesse caso 70% é endêmica onde já existem espécies ameaçadas de extinção. Neste contexto, o uso de múltiplos biomarcadores permitirá avaliar a qualidade da água do Rio Iguaçu com base na saúde de peixes expostos aos micropoluentes presentes neste ecossistema. A fim de avaliar os efeitos dessas misturas complexas de contaminantes sobre a população humana e a biota, será usada uma combinação de biomarcadores, uns já bem estabelecidos nos trabalhos do grupo, e outros que representam novas metodologias, como análises imunológicas e biópsia líquida. Estas novas metodologias tornarão mais robustas as avaliações dos efeitos de poluentes sobre a biota, sendo de vital importância para a compreensão não apenas dos danos às espécies aquáticas, mas também do risco para a população humana. Estas novas metodologias permitirão um salto de inovação tecnológica a favor do biomonitoramento ambiental e uma visão integrada realista sobre a saúde dos peixes após a exposição crônica em condições naturais. Os resultados obtidos poderão auxiliar na gestão dos recursos hídricos, contribuindo para a melhoria da qualidade das águas, assim como poderão ser utilizados como argumento decisório em políticas ambientais para a região.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 11/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Maritsa Carla de Bortoli

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • modelos de apoio ao cuidador domiciliar: uma revisão de escopo
  • A atenção domiciliar (AD) visa promover a desinstitucionalização dos indivíduos e a promoção da integralidade do cuidado por meio da articulação da AD com as demais linhas de cuidado. Além disso, o domicílio é visto com um ambiente potencializador da saúde, uma vez que as equipes multiprofissionais conseguem entender e trabalhar questões que vão além dos parâmetros clínicos, promovendo assim uma atenção mais holística, humanizada, centrada no usuário e em conjunto com seus cuidadores e familiares. Apesar dos avanços conquistados na AD, ainda existem desafios na oferta e qualificação do cuidado promovido pelas equipes, dificuldades na articulação da AD nas Redes de Atenção à Saúde (RAS), e insuficiência no apoio oferecido aos cuidadores, uma vez que há estudos na literatura mostrando que muitos cuidadores se sentem inseguros, esgotados física e emocionalmente, e sem condições financeiras e técnicas de cuidar de pessoas funcionalmente incapacitadas. Dessa forma, a revisão de escopo, elaborada de acordo com as recomendações metodológicas do instituto Joanna Briggs (JBI), terá como objetivo mapear e comparar os modelos de suporte à cuidadores de pessoas dependentes funcionalmente existentes no Brasil e no mundo, apresentando suas principais características, formas de desenvolvimento, público-alvo, barreiras para implementação e as potencialidades dos mesmos. Os resultados obtidos serão compartilhados com os demandantes da revisão e com atores sociais relevantes na temática para que se abram canais de diálogo e trocas de experiências e saberes para que possam ser exploradas propostas de programas ou ações para apoio aos cuidadores domiciliares e o fortalecimento da Política Nacional de Atenção Domiciliar.
  • Instituto de Saúde - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2023
Foto de perfil

Marize Campos Valadares

Ciências da Saúde

Farmácia
  • terapia avançada inovadora aplicada a degeneração macular relacionada à idade (dmri): membrana contendo células do epitélio pigmentar da retina (rpe) oriundas de células tronco dentárias para implante no espaço subretinal
  • A degeneração macular relacionada a idade (DMRI) é considerada a principal causa de cegueira em indivíduos acima de 50 anos. De etiologia multifatorial, o principal atributo que contribui para a fisiopatologia da doença é a deposição de proteínas e lipídeos abaixo do epitélio pigmentado da retina (EPR), o que a longo prazo culmina na instauração de um processo inflamatório crônico, levando à degeneração desse estrato. Uma vez que o EPR é essencial para a homeostase e função das células fotorreceptoras da retina, esses neurônios iniciam um processo de degeneração, levando ao quadro clínico da DMRI, que se inicia com a perda da acuidade visual e pode chegar à cegueira irreversível. Tendo em vista que a terapia celular tem sido considerada uma das alternativas mais promissoras para o tratamento da DMRI, o objetivo desse projeto é desenvolver, caracterizar e avaliar a aplicabilidade de uma biomembrana biodegradável e biocompatível para implantação guiada de células pigmentares da retina em pacientes acometidos pelas diferentes formas da doença. Para tal, as células do EPR serão diferenciadas a partir de células-tronco dentárias, as quais constituem um fonte vantajosa de células indiferenciadas em relação aos outros tipos de células-tronco empregadas para essa finalidade, considerando aspectos técnicos, clínicos e éticos. A biomembrana será composta pelo polímero PLGA e por elementos de matriz extracelular, a qual conterá uma monocamada de células pigmentares diferenciadas a partir de células-tronco dentárias e garantirá uma ideal polarização, função e implantação destas no espaço subretinal. A ideia é que essa proposta de terapia celular permita a interrupção do avanço em casos precoces e auxilie na reversão dos casos avançados da DMRI, diminuindo os encargos sobre a pasta de assistência oftalmológica do SUS, uma vez que os tratamentos atualmente empregados para essa patologia são de alto custo e possuem eficácia questionável sobre as diferentes formas da doênça.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 08/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Marize Pereira Miagostovich

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • qualidade da água e saúde única na ilha da marambaia
  • A qualidade da água e, portanto, da saúde humana e animal, pode ser afetada pela presença de patógenos derivados de esgotos não tratados que são lançados em águas superficiais. Considerados importantes contaminantes ambientais estão diretamente associados a doenças de veiculação hídrica. No âmbito de um Acordo de Cooperação estabelecido entre o Centro de Avaliação da Ilha da Marambaia (CADIM) e o Laboratório de Virologia Comparada e Ambiental do Instituto Oswaldo Cruz, este projeto tem como objetivo, utilizando uma abordagem de Saúde Única, avaliar a qualidade das águas da Ilha da Marambaia. A Ilha, localizada no município de Mangaratiba, RJ, é uma área de domínio da Marinha do Brasil onde residem militares, seus familiares e uma população civil. A fim de se avaliar o risco quantitativo de se adquirir infecções por microrganismos entéricos e fornecer dados para ações de mitigação e prevenção na região, serão realizados estudos visando avaliar a qualidade da água de consumo e recreacional nas regiões Sul e Norte da Ilha (ocupados pela comunidade civil) e no CADIM. Neste contexto, amostras de fezes de animais silvestres e domésticos, que circulam nas proximidades da rede de abastecimento de água de consumo e águas recreacionais serão analisadas, uma vez que podem ser consideradas fonte de infecção e sentinelas para o monitoramento de vírus e protozoários. Metodologias moleculares de qPCR previamente descritas serão utilizadas para investigar a ocorrência de adenovírus humano e animal, poliomavírus JC, rotavirus A, norovirus e SARS-CoV-2. Também serão estabelecidos protocolos moleculares de quantificação de Giardia lamblia e Cryptosporidium spp. Parâmetros bacteriológicos e físico-químicos serão realizados de acordo com as metodologias recomendadas nas legislações vigentes (potabilidade/balneabilidade). A caracterização molecular dos vírus detectados será realizada utilizando protocolos de sequenciamento nucleotídico de nova geração.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Márkilla Zunete Beckmann Cavalcante

Ciências Agrárias

Agronomia
  • aplicação de boro e indução de tolerância ao déficit hídrico em plantas de girassol ornamental
  • A escassez de chuvas típica de regiões semiáridas é um dos fatores que mais afeta o crescimento e rendimento das culturas agrícolas. Em condições de restrição hídrica, as plantas devem ativar mecanismos estruturais e fisiológicos para otimizar o uso da água, minimizar o estresse oxidativo, manter a atividade fotossintética e consequentemente garantir a sobrevivência e crescimento. A compreensão dos efeitos da seca sobre as plantas e os mecanismos de indução de tolerância são fundamentais por possibilitar a seleção de genótipos tolerantes, além de permitir o desenvolvimento de tecnologias e estratégias de manejo. A suplementação mineral com boro (B) pode aumentar a tolerância das plantas ao déficit hídrico, visto que atua em diversos processos fisiológicos, bioquímicos e metabólicos das plantas. Porém, pouco se sabe como realmente o B atua para aliviar o estresse hídrico. O girassol ornamental é um produto importante no mercado, mas as informações sobre características fisiológicas e de manejo são escassas para o cultivo em condições semiáridas. A hipótese é de que o grau de tolerância ao déficit hídrico em girassol ornamental é variável entre genótipos, e que a aplicação de B pode atenuar os efeitos nocivos da seca. Serão implantados três experimentos: no primeiro, serão investigados os mecanismos morfofisiológicos e bioquímicos de indução da tolerância à seca e o grau de tolerância de 6 genótipos de girassol ornamental ao déficit hídrico por meio da suspensão da irrigação em diferentes períodos. No segundo, serão selecionados os genótipos susceptíveis e tolerantes à seca e avaliar-se-á a aplicação de B em diferentes doses como atenuador de estresse hídrico. O terceiro experimento será conduzido em campo, e os tratamentos serão baseados nos resultados do primeiro e segundo ensaios. Pretende-se com as informações obtidas implementar estratégias de economia de água e produção de flores com sustentabilidade em regiões semiáridas como o Vale do São Francisco.
  • Universidade Federal do Vale do São Francisco - PE - Brasil
  • 04/04/2022-30/04/2025