Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Yvan Jesus Olortiga Asencios

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • caracterização físico-química de materiais derivados de macroalgas do litoral da baixada santista e seu uso como filtro purificador de água.
  • Este projeto tem como objetivo caracterizar por diversos métodos físico-químicos materiais baseados em macroalgas presentes no litoral da Baixada Santista, que sejam utilizados na remoção de metais pesados contaminantes Pb, Cd, Zn, Cu, Cr presentes em águas contaminadas, visando sua aplicação como filtros purificadores de água. Inicialmente será estudada a afinidade de diferentes macroalgas naturais coletadas do litoral da Baixada Santista por diferentes metais contaminantes em solução aquosa (Pb, Cd, Zn, Cu, Cr). Depois disso, as algas naturais serão tratadas por diferentes métodos químicos para obter algas modificadas (por protonação, por oxidação com permanganato e por entrecruzamento das cadeias), visando melhorar a capacidade na remoção dos diferentes cátions metálicos. Uma vez otimizados os parâmetros para obter uma máxima remoção de cátions metálicos, os melhores biossorventes serão testados na remoção de diferentes cátions metálicos presentes em um efluente industrial. A presente proposta de estudo é importante devido a que a Baixada Santista encontra-se próximo de diversos tipos de indústrias (indústrias químicas e do petróleo), e existem estudos que revelam sérios problemas de contaminação em algumas regiões do estado de São Paulo por metais pesados. No presente projeto, diversas técnicas de caracterização físico-química como: Adsorção-dessorção de Nitrogênio (área superficial BET), Medição da carga superficial (pHZPC), Espectroscopia na região do infravermelho (FTIR), Microscopia eletrônica de varredura (MEV/EDX), Fluorescência de Raios X por Reflexão Total (TXRF), Microfluorescência de Raios X (µXRF), Espectroscopia fotoeletrônica de raios X (XPS) e Difratometria de Raios-X (DRX) serão utilizadas para caracterizar os materiais biossorventes. Alguns parâmetros operacionais tais como pH da solução de cátion de metal pesado, temperatura da solução, concentração inicial da solução contaminante e relação biossorvente/solução contaminante serão avaliados através de curvas de equilíbrio de adsorção e cinética; estes resultados junto aos ensaios de caracterização físico-química dos materiais biossorventes ajudarão a entender o mecanismo cinético/químico envolvido no processo de remoção do cátions. Com o desenvolvimento do presente projeto espera-se contribuir com materiais alternativos que sejam usados como filtros purificadores de águas contaminadas por metais contaminantes para regiões carentes.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-30/06/2021
Foto de perfil

Zaida Ines Antoniolli

Ciências Agrárias

Agronomia
  • micorrização, potencial invasivo e diversidade de fungos ectomicorrízicos em pomares de nogueira-pecã no sul do brasil
  • Os fungos ectomicorrízicos encontram-se associados de forma mutualística às raízes, principalmente de essências florestais, e desempenham um papel fundamental na absorção de água e nutrientes por estas plantas. Dados referentes à diversidade destes organismos associados a plantações de nogueira-pecã (Carya illinoinensis Wangenh. K. Koch), no Rio Grande do Sul praticamente inexistem. Assim, torna-se urgente a necessidade de pesquisas ligadas ao conhecimento da biodiversidade e micorrização e potencial invasivo deste importante recurso genético que podem auxiliar para o desenvolvimento sustentável do país. Os objetivos do trabalho são (1) estudar a diversidade de fungos ectomicorrízicos ocorrentes em povoamentos florestais de C. illinoinensis, com base em características morfológicas e moleculares; (2) obter isolados de fungos ectomicorrizicos; (3) verificar o potencial invasivo do gênero Tuber em espécies florestais nativas e exóticas, e (4) avaliar o efeito da micorrização com Tuber em mudas de nogueira-pecã. As coletas de fungos ectomicorrízicos com hábito epígeo e hipógeo serão realizadas em pomares de nogueira-pecã no Estado do Rio Grande do Sul. Raízes e estruturas reprodutivas serão coletadas e identificadas através de técnicas morfológicas e ferramentas de biologia molecular. Será realizado o isolamento destes fungos e produção de inóculo, o qual posteriormente será reinoculado em mudas onde será avaliada a compatibilidade entre o fungo e a planta. A micorrização, os parâmetros morfológicos e químicas de mudas de nogueira-pecã inoculadas com Tuber também serão avaliadas. O potencial invasivo do gênero Tuber em espécies florestais nativas e exóticas será determinado através da avaliação de micorrização. Neste sentido, serão geradas importantes informações sobrea biodiversidade de fungos ectomicorrízicos associados às raízes de nogueira-pecã, dados estes ainda desconhecidos no Brasil, que poderão gerar resultados significativos para a comunidade científica, como o conhecimento de novas espécies de fungos ectomicorrízicos. Além disso, a produção de inóculo como produto biotecnológico possibilitará a utilização econômica de espécies fúngicas. Os efeitos da micorrização com Tuber e a determinação do seu potencial invasivo, poderá permitir o desenvolvimento da truficultura associada à produção de nozes. Os resultados da pesquisa permitirão a elaboração de artigos científicos que serão publicados em periódicos indexados internacionalmente, e com isto, aumentará a consolidação do grupo de pesquisas e a formação de recursos humanos pelo treinamento de alunos de Iniciação Científica e de pós-graduação.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022