Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Moises Palaci

Ciências da Saúde

Medicina
  • operacionalização e avaliação de um novo teste fenotípico capaz de, simultaneamente, isolar, identificar e determinar a sensibilidade de mycobacterium tuberculosis a isoniazida e rifampicina
  • De acordo com o Relatório Global sobre a Tuberculose da Organização Mundial de Saúde (OMS) de 2016, 10,4 milhões de novos casos foram registrados no mundo em 2015, dos quais 5,9 milhões (56%) entre homens; 3,5 milhões (34%) entre mulheres e um milhão entre crianças. Do total de casos computados, 1,2 milhão eram portadores do HIV. A OMS estima que 1,8 milhões de pessoas tenham morrido com tuberculose em 2015, entre as quais 400.000 portadoras do HIV. Em seu relatório, a OMS estima ainda que tenha ocorrido 480.000 casos novos TB resistente a múltiplas drogas (TB-MDR) e 100.000 casos diagnosticados apenas com resistência à rifampicina que seriam elegíveis para o tratamento da TB-MDR. Segundo a OMS, das 580 mil pessoas que em 2015 passaram a ser elegíveis para o tratamento específico da tuberculose multirresistente, apenas 20% foram abrangidas. Apesar dos avanços tecnológicos e de todos os esforços direcionados à pesquisa de novos métodos diagnósticos, não existe até o momento nenhum teste fenotípico ou genotípico com as características desejadas no que se refere à rapidez para obtenção de resultado, simplicidade operacional, baixo custo e alta sensibilidade/especificidade para o diagnóstico da tuberculose e detecção de resistência de M. tuberculosis as drogas antituberculose. Diante desta premissa, o nosso objetivo é operacionalizar e avaliar um teste fenotípico simples e de baixo custo chamado de “Swab Culture Optimized Test” (SCOT-TB) capaz de, simultaneamente, detectar o crescimento, identificar e determinar a sensibilidade de M. tuberculosis a isoniazida e rifampicina a partir de amostras de escarro. O teste SCOT-TB foi desenvolvido por pesquisadores do Núcleo de Doenças Infecciosas da UFES e consiste em uma plataforma denominada de laminocultivo que é formada por um tubo cilíndrico transparente, oco, feito de polipropileno (PP), com abertura em cada uma de suas extremidades. Tampas de rosca são devidamente rosqueados em suas extremidades para garantir a vedação do tubo. Em uma das extremidades do tubo existe uma tampa (superior) na qual são fixadas duas plataformas ou lâminas com faces opostas. Cada lâmina de PP possui dois poços em sentido transversal com base rugosa para aderência do meio de cultura de Ogawa. O primeiro poço contém apenas meio de Ogawa (controle), o segundo contém acido P-Nitrobenzóico (PNB, o terceiro e quarto poços na face oposta, contém meio de cultura de Ogawa com isoniazida (INH) e rifampicina (RIF) respectivamente. O teste é realizado de forma simples, rápida e segura do ponto de vista de biossegurança. Introduz-se um swab na amostra de escarro, transfere-se o swab para uma solução descontaminante por 2 minutos e semeia-se a amostra na superfície dos meios de cultura dos poços do laminocultivo. Ocorrendo o crescimento, é possível identificar o bacilo da tuberculose (presença de crescimento poço controle e ausência de crescimento poço com PNB) e determinar a sua sensibilidade ou resistência a isoniazida e a rifampicina. Este, é o único teste fenotípico existente em âmbito mundial que permite a realização simultânea de quatros exames diferentes: (i) isolamento da bactéria; (ii) identificação da bactéria; (iii) determinação da sensibilidade de MTB a isoniazida; (iv) determinação da sensibilidade de MTB a a rifampicina. Neste projeto os pesquisadores proponentes pretendem, portanto, operacionalizar o processo de produção de laminocultivo, ou seja, adquirir um molde de aço inox para injeção de PP e confecção dos tubos de laminocultivos em escala industrial; produzir kits do SCOT-TB e realizar um estudo multicêntrico para avaliar a sua acurácia.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 05/10/2018-31/10/2021
Foto de perfil

Moises Porfirio Rojas Leyva

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • emaranhamento quântico em modelos na rede e pontos quânticos em metamateriais eletrônicos
  • A mecânica quântica desempenha papel fundamental na computação e informação quântica. Um dos mais simples sistemas quânticos que apresentam características de emaranhamento é a cadeia de Heisenberg de spin-1/2, o qual é considerado o candidato mais natural na física do estado solido, nas propostas de realização de computação quântica. Neste projeto de pesquisa, pretendemos estudar o papel das correlações quânticas em sistemas quânticos híbridos de spins Ising e spins de Heisenberg em cadeias infinítas. Mais especificamente, inicialmente, concentraremos nossos esforços no cálculo analítico deduzidas recentemente pelo nosso grupo que irão abordar o emaranhamento térmico de algumas cadeias infinítas tipo Ising-Heisenberg com uma ou mais impurezas, pretendemos estudar os efeitos das impurezas no emaranhamento, teletransporte de informação e discórdia quântica. Uma segunda linha de pesquisa concentra-se no estudo do grau de emaranhamento de qubits eletrônicos localizados em pontos quânticos erigidos em metamateriais eletrônicos confinados em superficies curvas.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Moisés Tolentino Bento da Silva

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • estudo dos mecanismos celulares e moleculares envolvidos na melhora induzida por exercício físico sobre dismotilidade gástrica induzida por hipertensão (2r1c) em ratos
  • No Brasil, a hipertensão arterial sistêmica (HAS) atinge 32,5% (36 milhões) e indivíduos adultos, mais de 60% dos idosos, contribuindo direta ou indiretamente para 50% das mortes por doenças cardiovasculares. A HAS frequentemente se associa a distúrbios metabólicos, incluindo alterações funcionais e/ou estruturais de órgãos-alvo, sendo agravada pela presença de outros fatores de risco, como a dislipidemia, a obesidade abdominal e a diabetes do tipo 2. Além dessas disfunções, a hipertensão também pode ocasionar efeitos secundários em outros sistemas fisiológicos como o trato gastrintestinal (TGI), onde a mesma pode gerar sintomas de pancreatite aguda, isquemia da parede gastrintestinal, eritema da mucosa e sangramento para o interior da cavidade gástrica. Nas últimas décadas, muitos estudos foram conduzidos para avaliar os efeitos do SRA no TGI. Assim, vários componentes do SRA foram encontrados amplamente distribuídos ao longo dos tecidos gastrintestinais, incluindo a enzima conversora de angiotensina (ECA), a ANG II e os seus receptores AT1 e AT2, dentre outros componentes. Além disso, foi demonstrado experimentalmente que a administração intraperitoneal de ANG II diminuiu o esvaziamento gástrico de ratos, enquanto que o bloqueio farmacológico de receptores AT1 pela saralasina reverteu esse efeito, sugerindo a importância do RAS na retenção gástrica. Mostramos recentemente que durante o desenvolvimento da hipertensão arterial renovascular 2R1C, esta desencadeia um quadro de dismotilidade gástrica levando a uma diminuição do esvaziamento gástrico, que aparentemente pode ser prevenido pelo exercício físico. Nós sugerimos que aumentos circulantes de angiotensina II durante a hipertensão renovascular é o desencadeador dos efeitos gástricos. Contudo, os reais mecanismos envolvidos ainda permanecem inconclusivos. Assim esse referido projeto tem por objetivos: i) Investigar quais mecanismos envolvidos no exercício físico que promovem melhoria da dismotilidade gástrica em ratos com hipertensão 2R1C; ii) Analisar complacência gástrica e o trânsito intestinal em ratos com hipertensão renovascular e submetidos a exercício físico; iii) Investigar a resposta contrátil in vitro de tecidos gastrintestinais de ratos com hipertensão renovascular e submetidos a exercício físico; iv) Caracterizar os possíveis mecanismos antioxidantes que possam estar envolvidos na dismotilidade de ratos hipertensos 2R1C e qual a influência o do exercício; v) Quantificar o nível de citocinas inflamatórias em amostras de tecido gástrico de ratos hipertenso e submetidos a exercício físico; vi) Avaliar a expressão gênica do sistema renina angiotensina via estudo da ANG I, ANG II, ANG 1-7, ECA2 bem como dos receptores AT1 e AT2.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Monalessa Fábia Pereira

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • análise de fatores relacionados com a virulência e resistência em amostras de klebsiella pneumoniae multirresistentes de diferentes linhagens
  • A emergência de linhagens de Klebsiella pneumoniae multirresistentes tem sido uma grande preocupação para a saúde pública mundial, pois essas bactérias estão envolvidas com graves infecções nosocomiais e também na comunidade. A importância clínica de K. pneumoniae é atribuída principalmente ao rápido desenvolvimento de resistência aos fármacos utilizados na sua terapêutica. A disseminação da resistência está associada a elementos genéticos móveis, tais como plasmídeos que também podem conter determinantes de virulência. No entanto, a interação entre resistência e virulência ainda são mal compreendidas e merecem atenção. O objetivo deste projeto é investigar e correlacionar as variações genotípicas e fenotípicas associadas com a virulência e resistência de 11 linhagens de K. pneumoniae multirresistentes, além de caracterizar a resposta imunológica gerada pelas mesmas. Para isso, a presença de genes relacionados com importantes fatores de virulência, tais como adesinas, lipopolissacarídeos, sideróforos e formação de cápsula dessa bactéria serão investigados. Ensaios de virulência com o modelo Galleria mellonella serão realizados. O modelo também será utilizado para monitorar o crescimento microbiano e a reposta imune desencadeada por K. pneumoniae. Mecanismos de resistência à tigeciclina e polimixina (últimos recursos terapêuticos no tratamento de infecções causadas por K. pneumoniae produtoras de carbapenemase) serão investigados por análises genômicas. A resposta imunológica de macrófagos humanos frente à infecção causada por K. pneumoniae será analisada com a avaliação da fagocitose e persistência das células bacterianas e também com a produção de citocinas. O aumento da incidência de K. pneumoniae em infecções graves, traz a necessidade de elucidar os mecanismos de virulência desse patógeno, e além disso, compreender a relação da virulência com a resistência em K. pneumoniae. Expandir o conhecimento sobre essa relação pode fornecer importantes informações para a compreensão da interação entre patógeno e hospedeiro, principalmente aquelas relacionadas com a colonização e evasão, que podem ser essenciais para expor novas possibilidades de controle do patógeno.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Mônia Clarissa Hennig Leal

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • "fórmulas" de aferição da “margem de apreciação do legislador” na conformação de políticas públicas de inclusão social e de proteção de minorias e grupos em situação de vulnerabilidade pelo stf e pela corte idh
  • O controle jurisdicional de Políticas Públicas se constitui em um tema controverso (tanto do ponto de vista operacional quanto teórico), uma vez que envolve aspectos como relação entre Poderes, discricionariedade e liberdade de conformação do legislador, estando associado ao fenômeno de “judicialização” próprio do Estado Constitucional democrático. No contexto de uma sociedade complexa e heterogênea, em que a realização do direito de igualdade e de não-discriminação pressupõe a inclusão e proteção das minorias e grupos vulneráveis, incumbe ao legislador a tarefa de elaborar leis e políticas públicas capazes de realizar tais direitos, dispondo, para tanto, de uma “margem de conformação”. Esta “margem”, ainda que reforçada pelo aspecto político-representativo (lógica majoritária), não é, contudo, absoluta, podendo ser objeto de controle por parte dos Tribunais, com fundamento na garantia do direito de igualdade e de não-discriminação (função contramajoritária). A extensão e intensidade desse controle pode, contudo, variar, conforme uma noção de maior ou menor vinculação aos preceitos constitucionais (a partir da utilização de conceitos como dimensão objetiva dos direitos fundamentais, “dever de proteção estatal”), ou até mesmo em face da concepção acerca do papel e dos limites de atuação jurisdicional em sua relação com os demais Poderes (no caso dos Tribunais Constitucionais) ou com a soberania estatal (no caso dos Tribunais Internacionais). Neste cenário, delineia-se o seguinte problema de pesquisa: “é possível, tomando-se como referência os fundamentos desenvolvidos pela teoria constitucional alemã e uma dimensão material do direito de igualdade, identificar-se e/ou propor-se, a partir da análise de decisões do Supremo Tribunal Federal brasileiro (STF) e da Corte Interamericana de Direitos Humanos (Corte IDH), a utilização de ‘fórmulas’ relacionadas à aferição de diferentes níveis de margem de apreciação do legislador na conformação de políticas públicas de inclusão social e de proteção de minorias (étnicas, raciais, de gênero, migrantes, etc.) e grupos vulneráveis, enquanto critério para o controle jurisdicional de Políticas Públicas?”. Para tanto, o método de abordagem a ser adotado é o hermenêutico. Já como método de procedimento, trabalhar-se-á com o método histórico-crítico (no que concerne ao controle jurisdicional de políticas públicas no contexto democrático) e com o método analítico (no que se refere à análise das categorias centrais do trabalho – “margem de conformação do legislador” e “fórmulas” desenvolvidas pelo Tribunal Constitucional alemão como critério para a garantia do direito de igualdade – e à análise das decisões do Supremo Tribunal Federal e da Corte Interamericana de Direitos Humanos selecionadas). Pretende-se, assim, a partir dos elementos teóricos estudados e das decisões analisadas, propor uma sistematização de “fórmulas” referentes à utilização da noção de “margem de conformação do legislador” (Beurteiligungsspielraum des Gesetzgebers) pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e pela Corte Interamericana de Direitos Humanos (Corte IDH), contribuindo-se, assim, para a consolidação de uma teoria adequada e que possa servir de aporte e de instrumento para o controle jurisdicional de Políticas Públicas tanto no âmbito do direito interno quanto internacional.
  • Universidade de Santa Cruz do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Monica Alonso Cotta

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • nanofios semicondutores como ferramentas para a investigação em sistemas biológicos
  • Neste projeto, planejamos estudar a síntese de nanofios semicondutores do grupo III-V e aplicações destes nanomateriais na investigação de propriedades de sistemas biológicos. Para isso, pretendemos estudar a síntese de nanofios planares para possíveis aplicações em biossensores e de nanofios de GaP/InGaP com luminescência na região do espectro visível para utilização como ferramenta para medida de força de adesão. Ao mesmo tempo, pretendemos desenvolver estratégias para explorar de forma controlada processos bacterianos e entender seus mecanismos fundamentais. Utilizaremos substratos com potenciais de superfície controlados e arrays de nanofios semicondutores para o crescimento de biofilmes e análise dos efeitos de agentes antimicrobianos; em particular objetivamos entender o papel do N-acetilcisteína (NAC) no controle da patogenicidade da bactéria Xylella fastidiosa.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Mônica Cavalcanti Sá de Abreu

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • construção de cenários para adaptação às mudanças climáticas e transição para economia circular
  • Este projeto se propõe a construir uma agenda de pesquisa em torno da compreensão das tensões na sustentabilidade corporativa, decorrentes da necessidade de integração simultânea das dimensões econômica, ambiental e social sem, a priori, enfatizar uma sobre qualquer outra. A visão integrativa pressupõe que as empresas precisam aceitar tensões e buscar diferentes aspectos de sustentabilidade simultaneamente, mesmo que pareçam se contradizer. A estrutura teórica proposta neste projeto vai além da tríade tradicional das dimensões econômica, ambiental e social, e argumenta que as tensões na sustentabilidade corporativa ocorrem entre diferentes níveis (e.g. individual, firma e sistema), em processos de mudança e dentro de um contexto temporal e espacial. A visão integrativa traz à tona a questão o paradoxo das estratégias que as empresas podem usar para incorporar as tensões e atender simultaneamente aspectos conflitantes de sustentabilidade. No planejamento desse estudo, serão abordadas estratégias de adaptação às mudanças climáticas e de transição para economia circular, adotadas por empresas no Brasil, Canadá, Dinamarca e Inglaterra. A pesquisa pode contribuir de três maneiras diferentes para a conceituação de respostas corporativas à sustentabilidade. Em primeiro lugar, esclarece a natureza das várias tensões, relacionando-as aos diferentes níveis, aos processos de mudança, e ao contexto espacial e temporal em que ocorrem. Em segundo lugar, através desta lente sistemática, as fontes e a lógica subjacente dessas tensões podem ser identificadas. Em terceiro lugar, fornece insights sobre diferentes tipos de estratégias de aceitação e resolução que as empresas podem usar para gerenciar essas tensões sem descartá-las, através da construção de cenários futuros de transição. No geral, aceitar tensões baseadas em uma lógica integrativa deve resultar em contribuições corporativas significativas para a sustentabilidade.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Mônica Cidele da Cruz

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • fonologia das línguas nambikwara – subgrupos mamaindê, negarotê, kithaulu, wakalitesu, manairisu, hahaintesu e wasusu
  • O objetivo deste projeto é descrever e documentar aspectos da fonologia da língua Nambikwara, à luz dos pressupostos das fonologias não lineares, especificamente, a Geometria de Traços. De acordo com Rodrigues (1986), a família linguística Nambikwara é considerada uma das menores famílias linguísticas localizadas ao sul da Amazônia brasileira. O foco deste projeto são os subgrupos Nambikwara do Vale (Mamaindê e Negarotê), Nambikwara do Cerrado (Kithaulu e Wakalitesu) e Nambikwara do Guaporé (Alantesu, Hahaintesu e Wasusu). As línguas desses subgrupos ainda são faladas com bastante vitalidade e as suas comunidades de fala permanecem como grupos autônomos. Sabemos que, mesmo com o avanço dos estudos de documentação das línguas indígenas, uma grande parte delas já foram extintas e outras correm sério risco de extinção, principalmente, por serem línguas sem escrita alfabética e, devido à necessidade de seus falantes comunicarem-se em português para interagirem com a sociedade envolvente, essas línguas correm risco de perderem sua função social sem serem repassadas às gerações mais jovens. As línguas indígenas, além de guardarem toda a tradição e cultura de seus respectivos povos indígenas, são importantíssimas para a área da Linguística, por isso, extremamente relevantes para a ciência da Linguagem. Nesse sentido, a descrição e documentação das línguas indígenas têm um papel fundamental, em se tratando da preservação da cultura e dos conhecimentos tradicionais dos povos indígenas e, embora, as pesquisas na área de língua indígenas tenham crescido bastante nos últimos anos, ainda são poucos os estudos e os linguistas que se propõem a tal tarefa. Por isso, é extremamente necessária e urgente pesquisa nessa área, pois as línguas indígenas estão desaparecendo numa velocidade cada vez maior. Nesse contexto, estão as línguas nambikwara que carecem de estudo, principalmente, enquanto há falantes e a língua ainda exerce plena função comunicativa entre eles. Dessa forma, entendemos que o registro linguístico é o último recurso para um amplo conhecimento e preservação de aspectos fonológicos da língua materna, bem como, para a cultura nambikwara. Para tanto, os estudos das fonologias não-lineares é um caminho fundamental para a compreensão do componente global fonológico da língua desses dois subgrupos, uma vez que elementos desse campo teórico é que fornecerão subsídios para analisar e descrever os aspectos suprassegmentais da fonologia dessa língua. Além dos mais, consideramos esta proposta como um passo importantíssimo para a documentação e o registro dessa língua que, dentre muitas, corre um sério risco de desaparecer. No mais, irá fornecer elementos linguísticos e base para outros estudos tanto para a mesma língua ou para línguas do mesmo tronco genético ou de outras que, porventura, apresentarem semelhanças fonológicas em número expressivo. Sendo assim, a relevância desta pesquisa se respalda, pelo menos, em razões de duas naturezas: 1. Social, que diz respeito à relevância de qualquer língua para a sociedade e ao direito de preservá-la, previsto na Constituição de 1988 e 2. Linguística, que se refere à contribuição potencial que o conhecimento de línguas ágrafas ou ainda pouco documentadas podem dar para a construção da teoria linguística e para a linguagem de modo geral.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Mônica Corrêa Ledur

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • identificação de genes associados à síndrome da torção do mesentério em suínos
  • Na indústria suinícola, a síndrome da torção do mesentério (TM) é a causa mais comum de morte súbita em suínos nas fases de crescimento e terminação. Esta patologia acomete animais saudáveis, com elevado potencial produtivo e geralmente no final do ciclo produtivo, elevando os prejuízos econômicos. Além das perdas mensuráveis, a torção do mesentério também impacta negativamente no bem estar animal. Apesar de ser uma anomalia multifatorial, tem-se pouco entendimento sobre a influência de fatores genéticos associados a esse problema, o que torna esse tema altamente inovador. Dessa forma, objetiva-se nessa proposta identificar regiões genômicas envolvidas na manifestação da torção do mesentério por meio do estudo de associação global do genoma (GWAS) e assim evidenciar os mecanismos genéticos envolvidos nessa patologia. Para isso, será utilizada a metodologia de GWAS em delineamento caso-controle envolvendo a TM. Será utilizada uma linhagem pura materna pertencente ao Programa de Melhoramento Genético da BRF S.A. (BRF). A linhagem será monitorada para a determinação da frequência de TM, sendo que os animais que morrerem com os sintomas serão necropsiados para confirmação da patologia. Serão considerados dois grupos de animais, sendo 150 animais afetados (que morrerem devido a TM) e 300 animais controle que não apresentarem essa anomalia no período de avaliação e provenientes de famílias que não apresentaram este problema na geração atual e anterior. As amostras para a extração de DNA serão provenientes do Banco de Tecidos já implementado para essa linhagem. As genotipagens em grande escala serão realizadas com o painel de 50K SNPs da Illumina®. Para os estudos de associação global do genoma serão utilizadas metodologias de marcadores únicos e múltiplos para identificação dos SNPs associados com a anomalia. As regiões de interesse serão investigadas a partir das bases de dados públicas disponíveis, visando identificar os genes responsáveis pelos efeitos observados. Além disso, utilizando os dados de genotipagem, regiões de CNVs serão prospectadas entre os grupos normais e afetados com torção do mesentério. Dessa forma, espera-se identificar mecanismos moleculares envolvidos com a TM, juntamente com marcadores que possam ser utilizados na seleção assistida para reduzir a ocorrência desta anomalia no sistema produtivo. Esta proposta será desenvolvida por uma equipe multidisciplinar, envolvendo a parceria entre a Embrapa Suínos e Aves e a empresa privada BRF, abordando um problema de grande impacto para a suinocultura nacional. Nesta proposta, objetiva-se também a continuidade da linha de pesquisa de apoio aos Programas Nacionais de Melhoramento de Suínos, onde se busca o fortalecimento da integração entre o setor privado e empresas públicas de pesquisa nacional em prol do desenvolvimento científico e tecnológico no Brasil e consequente manutenção da competitividade do setor.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Mônica Cox de Britto Pereira

Ciências Humanas

Geografia
  • núcleo de educação, pesquisa e práticas em agroecologia e geografia - neppag ayni
  • A proposta de criação do Núcleo de Educação, Pesquisa e Práticas em Agroecologia e Geografia - NEPPAG Ayni, localizado no Departamento de Ciências Geográficas da Universidade Federal de Pernambuco tem como objetivo geral promover a Agroecologia dentro do ambiente universitário e na sociedade a partir do tripé ensino, pesquisa, extensão. Para atingir o sucesso do Projeto, têm-se como objetivos específicos: a) promover o diálogo de saberes entre universidade e comunidades urbanas e rurais; b) contribuir para o ensino e pesquisa a partir de cursos, oficinas, seminários, formação com estudantes de nível técnico e superior, técnicos e agricultores(as) sobre referências teóricas e metodológicas em agroecologia e produção orgânica; c) promover articulação, parcerias e ações de extensão para produção e comercialização com base agroecológica, entre instituições e órgãos de Assistência Técnica e Extensão Rural (em especial o Centro Sabiá e o Serta), núcleos de Agroecologia de Pernambuco fortemente enraizados em alguns dos territórios, grupos de agricultores familiares e consumidores; d) sistematizar, socializar e realizar o diálogo de conhecimentos e trocas de experiências agroecológicas nos espaços produtivos e de comercialização nos municípios de Recife, Brejinho, São Lourenço e Paudalho, por meio de intercâmbios, dias de campo, mutirões; e) contribuir na sensibilização para processos de transição agroecológica, e na promoção da soberania e segurança alimentar, nutricional e hídrica; e f) efetivar as potencialidades das ações em rede para o fortalecimento dos sujeitos envolvidos. A realização do projeto é uma oportunidade para evidenciar o papel da agroecologia no desenvolvimento sustentável e fortalecer os processos de transição agroecológica em curso nos municípios beneficiados. O público alvo da proposta são estudantes da UFPE; agricultores (as) familiares, estudantes da zona rural e técnicos dos territórios envolvidos; grupo de mulheres agricultoras em aŕea urbana na cidade do Recife; agricultores (as) e consumidores (as) envolvidos (as) nas feiras agroecológicas da UFPE e estudantes e técnicos do Serta. No que se refere à orientação didático-pedagógica a presente proposta tem como base o tripé ensino-pesquisa-extensão, de forma a interligar as atividades téorico-práticas e aproximar a universidade da realidade social do campo/da cidade, e dos movimentos sociais, na perspectiva da interdisciplinaridade e do diálogo de saberes. Todas as atividades propostas serão orientadas pelos pressupostos teórico-metodológicos da pesquisa participante que promovem relações entre diferentes saberes, sujeitos, temporalidades e territorialidades, em busca da construção de um modelo sob bases agroecológicas. A concepção pedagógica para as ações está baseada nos conceitos da pedagogia freiriana, uma aprendizagem contínua - continuar a aprender, a partir de suas experiências de vida, do seu saber, da sua cultura, do entendimento do ambiente onde está inserido e da sua realidade local. Consideramos, a extensão como comunicação, o ensino e a aprendizagem como experiências de construção conjunta de conhecimentos entre os sujeitos, assim, os papéis de educadores e educandos são exercidos por todos. Permite-se o exercício desalienante baseado no respeito mútuo, na valorização dos saberes dos educandos, e na busca de autonomia e apropriação do conhecimento entre todos envolvidos. Para tal, elegemos um conjunto de metodologias participativas como o intercâmbio de experiência metodologia largamente utilizada no campo agroecológico por agências de ATER e em consonância com os pressupostos da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica; as oficinas que serão realizadas como uma forma de produção coletiva do conhecimento, partindo-se do princípio de que todos e todas têm a aprender e a ensinar, de maneira diferenciada; dinâmicas de grupo, ferramenta que permite a dinamização de um grupo e o trabalho em equipe e as instalações artísticos pedagógicas que configuram-se como espaços privilegiados de intercâmbio e troca de saberes entre os saberes populares e o saber da academia, utilizando-se de linguagens diversas e estimulando a senso-percepção do grupo. Após a execução da proposta espera-se que os seguintes resultados tenham sido alcançados: a) ampliação do número de famílias com possibilidade de adotarem a agroecologia como modelo de sustentabilidade; b) multiplicação dos conhecimentos gerados para o conjunto da sociedade através da publicação e disponibilização em diferentes meios de comunicação das atividades realizadas no âmbito do projeto; c) maior interação entre universidade, comunidades, grupos e movimentos sociais; d) fortalecimento dos intercâmbios de conhecimentos estabelecidos no âmbito do projeto e da RENDA-NE. e) ampliação da comunicação popular como estratégia no processo de construção do conhecimento.f) fortalecimento dos processos de transição agroecológica; e g) apoio à comercialização de alimentos que contribuem com a soberania e a segurança alimentar, bem como com uma alimentação saudável.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 01/01/2018-31/08/2021
Foto de perfil

Monica Cristina de Moura

Ciências Sociais Aplicadas

Desenho Industrial
  • design contemporâneo e inovação social aplicados no desenvolvimento de produtos gráficos educativos para pessoas com deficiência visual
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Monica da Costa Pereira Lavalle Heilbron

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • reconstituindo o orógeno riaciano desmembrado na faixa ribeira central, se do brasil: uma abordagem multidisciplinar dos complexos do embasamento pré 1,7 ga.
  • A proposta global de pesquisa pretende reconstituir o Orógeno Riaciano na Região Sudeste Brasileira, integrando dados da borda cratônica com as faixas Móveis e propor correlações com o segmento norte do CSF, onde este orógeno está muito bem exposto. Estas correlações permitirão ainda comparar a evolução Paleoproterozóica deste segmento da plataforma sul-americana com os modelos de supercontinentes globais em discussão no presente momento na literatura internacional. A proposta de pesquisa é multidisciplinar e agrega pesquisadores da UERJ, UFRJ, USP, CETEM e CPRM, além de inúmeros parceiros no Brasil e no exterior. O regime acrescionário preponderante no Paleoproterozóico teve papel fundamental na evolução da crosta terrestre, refletindo na convecção e ascensão mantélica associada à subducção da litosfera oceânica, proporcionando em escala global a dispersão e aglutinação de massas continentais nos chamados ciclos supercontinentais. Esses ciclos,por sua vez, conduzem ao desaparecimento de oceanos por conta da geração sucessiva de arcos intra-oceânicos, os quais são paulatinamente amalgamados à arcos continentais, culminando com a construção de grandes massas continentais ao longo do tempo geológico. Em cenários geológicos policíclicos, como o caso do embasamento cristalino da região sudeste brasileira, a abordagem mais adequada combina a cartografia geológica de detalhe e qualidade, com a obtenção de dados de geoquímica elementar e isotópica, bem como de idades U-Pb precisas, seja nas rochas ígneas e meta-ígneas ou nas unidades supracrustais coevas. Em adição, a interpretação integrada dos dados geológicos nesses orógenos peculiares é essencial para a caracterização da evolução crustal e dos processos petrogenéticos e modelos tectônicos envolvidos no Paleoproterozóico. Correlações regionais com a porção norte do Cráton do São Francisco para o melhor entendimento do orógeno Riaciano neste segmento do embasamento cristalino brasileiro integram o escopo principal da proposta.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Monica da Silva Nunes

Ciências da Saúde

Medicina
  • sintomas e diagnósticos homeopáticos em pacientes com doença de alzheimer: estudo piloto no município de rio branco, acre.
  • O envelhecimento populacional tem sido uma das grandes conquistas da humanidade, mas também um de seus maiores desafios. Se uma maior expectativa de vida traz benefícios a sociedade, também faz com que aumente a população de idosos, e com eles, as doenças da longevidade. Nas últimas décadas, as demências têm aumentando de prevalência, em parte por esse fenômeno de aumento da sobrevida, e também por outras causas. A prevalência de demência no mundo é de 50 milhões de pessoas, com cerca de 10 milhões de casos novos todo ano. A Doença de Alzheimer (DA), é hoje a principal forma de demência, contribuindo com 60 a 70 % dos casos de demência no mundo. A prevalência de demência na população brasileira com mais dos 65 anos e \de 7,1%, sendo que a DA foi responsável por 55% dos casos. Considerando a prevalência de demência no Brasil e a população de idosos de aproximadamente 15 milhões de pessoas, a estimativa para demência é de 1,1 milhão de pessoas no Brasil. Em 2013, o Ministério da Saúde lançou um protocolo para diagnóstico e tratamento da Doença de Alzheimer no SUS, revisado em 2017. Esse protocolo prevê o uso de drogas anticolinesterasicas e de Memantina nos casos de DA leve, moderada e grave. Apesar dessas drogas serem eficientes em retardar a progressão da Doença, não há cura, e o paciente inexoravelmente progride para os estágios avançados da demência, com comprometimento cognitivo e funcional, dependendo da família para uma série de atividades as quais não consegue mais executar sozinho. Além disso, as alterações de humor, labilidades emocionais, depressão e outras comorbidades comuns no idoso sobrecarregam não só o paciente, mas a família e o sistema de saúde. Em 2006 o Ministério da Saúde lançou a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, entre elas a Homeopatia. A Homeopatia usa a Lei dos Semelhantes, criada por Hipócrates e aprofundada por Hahneman, o fundador da Homeopatia. Por essa lei, ao usar um medicamento que causa um determinado sintoma, o sintoma causado pelo remédio ira se sobrepor ao sintoma existente no paciente, desde que sejam similares, e ira enfraquece—lo até o seu desaparecimento. O tratamento homeopático costuma ser feito em doses mínimas e em potencias suaves, para não haver efeitos colaterais. O objetivo deste projeto e: a) identificar os sintomas mentais e dos demais órgãos presentes em paciente com Doença de Alzheimer tratados no SUS de Rio Branco, no Acre; b) efetuar os diagnósticos medicamentosos em Homeopatia e correlaciona-los com o estágio da doença; c) efetuar um estudo piloto de tratamento complementar homeopático para esses pacientes, em conjunto com a medicação proposta pelo Ministério da Saúde e adotada no SUS; d) Estruturar um ambulatório de atendimento homeopático a pacientes com Demência na Universidade Federal do Acre.
  • Universidade Federal do Acre - AC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Mônica de Carvalho Magalhães Kassar

Ciências Humanas

Educação
  • projeto interinstitucional tecnologia de informação e comunicação (tic) e inovação nos processos de escolarização na educação inclusiva: diferentes contextos no brasil e na espanha
  • O domínio do uso da língua materna, em suas diferentes formas, tem papel estruturante na organização do pensamento e na aquisição dos demais conhecimentos escolares, o que o torna imprescindível e prioritário no processo de escolarização. Um dos problemas da educação brasileira hoje consiste justamente no insucesso do cumprimento da meta de se alfabetizar todos os alunos até os oito anos de idade, em contextos de diversidade. Com atenção a essa demanda, este projeto de investigação tem o objetivo de analisar propostas de modificações na relação de ensino-aprendizagem, implantadas em diferentes espaços de escolarização para fomento de ações criativas e inovadoras na escolarização de crianças em situações de diversidade, a partir do uso cotidiano de tecnologias de informação e comunicação (TIC). Em específico, objetiva-se: 1. Avaliar possíveis desdobramentos do uso cotidiano de TIC em salas de aula no desenvolvimento escolar dos alunos, em especial nos processos de leitura e escrita; 2. Investigar possíveis mudanças decorrentes de ações de formação continuada para uso das TIC para professores da educação básica, nos processos de criação de procedimentos para a escolarização; 3. Analisar possíveis implicações do intercâmbio de professores sobre suas práticas pedagógicas, que envolvem o uso dessas tecnologias e materiais educacionais, com foco na diversidade, em escolas no Brasil e na Espanha; 4. Analisar possíveis contribuições que o intercâmbio de informações entre alunos de diferentes localidades envolvidos nesta pesquisa possa favorecer ao processo de escolarização dessa população. Para o desenvolvimento deste trabalho, realizar-se-á uma pesquisa-ação, com ações de formação de professores sobre temas levantados por essa população e sobre utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e, ainda, com desenvolvimento de atividades de sala de aula com os alunos, em diferentes contextos educacionais. O campo empírico constitui-se em salas de aulas públicas sediadas nas cidades de Belém (PA), Rio de Janeiro (RJ), Duque de Caxias (RJ), Dourados (MS) e Corumbá (MS) no Brasil e Guadalajara (C-LM, Espanha) e Alcalá de Henares (CM, Espanha) na Espanha. A proposta se articula de forma multidisciplinar, envolvendo conhecimentos produzidos por grupos de pesquisadores que já empreendem trabalhos conjuntos há alguns anos. Esta proposta justifica-se por ser uma tentativa de promover uma articulação qualificada entre a universidade e escolas da educação básica, como forma de contribuir para que ocorram mudanças nessa realidade.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Mônica de Fatima Bianco

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • a produção de competências profissionais sobre relações entre saúde mental e trabalho em unidades de saúde de vitória/es
  • O objetivo da presente pesquisa é investigar a mobilização de competências e seu contexto organizacional de produção sobre as relações entre transtorno mental e trabalho, bem como as representações sociais e as práticas de profissionais de saúde da Atenção Básica do Município de Vitória-ES em torno dessas relações. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa e uso de multimétodos, tais como levantamento documental, entrevistas, observações, autoconfrontação e grupos focais, para a produção de dados individuais e coletivos. Abordagens teóricas da representação social, da clínica da atividade, da ergologia, dentre outras, são base para as reflexões analíticas, uma vez que se entende como adequado para o estudo do trabalho, com foco nas práticas, o uso desse enfoque multidisciplinar. Os participantes serão de diferentes categorias, ocupantes de cargo de gestão e profissionais da saúde principalmente, e estes serão convidados a participar nas diferentes etapas previstas do projeto, após obter-se o consentimento livre e esclarecido de cada participante. Este projeto será executado em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde do município, pelo interesse na temática e pelo o entendimento de que os resultados da pesquisa poderão subsidiar futuramente a concepção de políticas públicas para o diagnóstico do adoecimento mental vinculado ao trabalho. Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Mônica Dias Martins

Ciências Humanas

Ciência Política
  • literaturas, nacionalidades e colonialismos: cartografia social das comunidades imaginadas entre brasil, cabo verde e guiné-bissau
  • Esta proposta aprofunda e expande o projeto do Observatório das Nacionalidades (ON), grupo certificado pelo CNPq e sediado na UECE, iniciado em 2015 com o tema “A Defesa do Atlântico Sul no contexto da cooperação Brasil-África”. O enfoque principal era a reflexão sobre um conceito multidimensional de defesa que levasse em conta aspectos ambientais, socioeconômicos, políticos e culturais provenientes de reinvindicações de setores sociais organizados e suas lutas por preservação da natureza, bem viver e valores democráticos. A abordagem renovada do conceito pode ser encontrada nas duas publicações que resultaram da pesquisa: o número temático da revista Tensões Mundiais (V.12, N. 12, 2016), editada pelo ON, e a coletânea intitulada a Defesa dos Povos do Atlântico Sul. No entanto, a expressão “comunidade sul-atlântica”, inspirada principalmente na obra Comunidades Imaginadas, de Benedict Anderson, não foi suficientemente trabalhada, sem maior atenção para a pluridiversidade que caracteriza os povos da região banhada pelo Atlântico Sul. O intenso debate acadêmico entre pesquisadores brasileiros e africanos, em particular ao tratar de narrativas e casos específicos de conflitos de diversas naturezas, revelou a necessidade de estudos das comunidades nacionais que não puderam ser desenvolvidos no curto período de um ano. Daí a importância de dar continuidade às atividades de investigação. O presente projeto, portanto, irá examinar em perspectiva transdisciplinar os processos nunca concluídos de construção das nacionalidades, tendo como campo empírico Brasil, Cabo Verde e Guiné-Bissau. A intenção de delimitar o escopo da pesquisa a três países deve-se ao fato de que o problema a ser investigado é, sobretudo, de caráter teórico-conceitual e diz respeito às interrelações entre nacionalidades e campo artístico, com destaque para as literaturas oral e escrita com expressão em língua portuguesa, seja como língua oficial seja como língua de comunidades de diáspora. Desse modo, busca-se concentrar esforços na elaboração de procedimentos metodológicos que tenham como ponto de partida os conceitos-chave de “comunidade imaginada”, de Benedict Anderson, e “cartografia social”, de Gilles Deleuze e Félix Guattari. Há indícios a serem aprofundados, no decorrer da pesquisa, de confluências e afinidades entre os autores, ainda pouco percebidas na academia. Trata-se de um caminho alternativo para pensar as mudanças advindas na ideia de nação, sendo imprescindível diferenciar o Estado da nação. Este é um campo de conhecimento complexo, que exige ter em conta as acepções de colonialismo, nacionalismo e imperialismo, muitas vezes usadas pela corrente epistemológica dominante na área de Relações Internacionais para “subalternizar” os povos dos continentes africano e latino-americano, os quais persistem como espaços de disputas globais no século XXI. Devido à grande quantidade de referências a serem abordadas, a equipe interinstitucional de pesquisadores provenientes da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e da Universidade de Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB) irá organizar um grupo de estudos e um curso de extensão, para debater os textos selecionados e analisar as realidades brasileira, cabo-verdiana e bissau-guineense. Cabe ressaltar o diálogo em curso entre o corpo docente e discente da UECE e da UNILAB, sendo os estudantes bissau-guineenses o segundo maior contingente populacional daquela instituição, atrás apenas dos brasileiros. A difusão dos resultados da pesquisa será feita tanto mediante informações sistemáticas no site do ON, como num número especial da revista Tensões Mundiais. A expectativa mais ampla é de que esta pesquisa possa contribuir para desenvolver processos e instrumentos metodológicos próprios e adequados a situações singulares, sem a pretensão de elaborar uma teoria que apague diferenças nem de assumir a abordagem eurocêntrica como perspectiva universal das relações sociais.
  • Universidade Estadual do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Monica Feijo Naccache

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • reologia de suspensões de óxido de grafeno
  • O grafeno foi isolado e caracterizado pela primeira vez em 2004. Desde então os nanomateriais bidimensionais (2D) têm sido objeto de estudo. Estes materiais têm revelado possuírem excelentes propriedades mecânica, térmica e elétrica, podendo levar a nanocompósitos poliméricos com características superiores aos encontrados com outros tipos de nanopartículas. Suas aplicações são bastante vastas, indo desde a área de embalagens de alimentos, indústria do petróleo, produtos têxteis até produtos aeronáuticos e de revestimentos. No presente Projeto de pesquisa propõe-se o estudo do comportamento reológico de suspensões poliméricas com óxido de grafeno, a fim de avaliar o efeito destas nanopartículas no comportamento mecânico dos nanofluidos compósitos resultantes.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Mônica Freire Belian

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • materiais inorgânicos aplicados à eliminação das larvas do aedes aegypti
  • O Aedes Aegypti, principal mosquito vetor das arboviroses de maior importância no mundo, é o responsável por 2,5 bilhões de pessoas viverem em uma área de alto risco de contágios e pelo contágio de mais de 50 milhões de pessoas anualmente, sendo muitas delas, crianças. Na ausência de vacinas eficazes para a prevenção da dengue, chikungunya e zika; o único meio de controle é o combate às larvas do mosquito. A cloração das águas era um dos principais meios de erradicação das larvas do mosquito, porém a utilização do hipoclorito de sódio (NaClO), por se tratar de um produto de baixo custo de produção e alta eficiência da desinfecção, tornou-se um problema pois gera subprodutos cancerígenos, os trihalometanos (THMs). Ciente deste problema, o presente trabalho prevê o uso dos processos oxidativos avançados (POAs) no combate à eliminação do mosquito vetor.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Mônica Grazieli Corrêa

Ciências da Saúde

Odontologia
  • avaliação clínica, radiográfica, microbiológica e do perfil de biomarcadores locais do impacto da plataforma switching na reabilitação dental de pacientes diabéticos tipo 2 por meio de overdentures retidas sobre implantes
  • O diabetes mellitus (DM) tem sido associado a elevados índices de perda dental e a reabilitação de pacientes diabéticos totalmente edêntulos por meio de overdentures sobre implantes dentais poderia ser considerada uma alternativa terapêutica interessante. Porém, o DM é considerado um fator que pode interferir negativamente no reparo ósseo peri-implantar e elevar a propensão à alterações inflamatórias nos tecidos peri-implantares. O objetivo do presente estudo será avaliar a performance da plataforma switching, reconhecida por ter potencial em minimizar a reabsorção da crista óssea peri-implantar, nos parâmetros clínicos, radiográficos, microbiológicos e imunoenzimáticos, na reabilitação de dendentados totais por meio de overdentures implantorretidas em pacientes portadores de DM tipo 2. Serão selecionados 20 diabéticos tipo 2 com mandíbula edêntula e indicação para colocação de implantes dentais para reabilitação com overdentures. Cada paciente receberá 2 implantes dentais - um deles receberá intermediário seguindo o conceito da plataforma switching (teste: intermediário de diâmetro inferior ao da plataforma do implante) e o outro receberá intermediário de forma convencional (controle: intermediário de diâmetro igual ao da plataforma do implante). No baseline (imediatamente após a instalação da overdenture) e após 6 e 12 meses, serão realizadas coletas do fluido peri-implantar para avaliação dos níveis de citocinas pró-inflamatórias [interleucina (IL)-1β, IL-6, IL-17, IL-23, interferon (IFN)-γ e fator de necrose tumoral (TNF)-α], anti-inflamatórias [IL-4, IL-10] e de marcadores de osteogênese/clasia [osteocalcina (OC), osteopontina (OPN),osteoprotegerina (OPG) e Receptor ativador do fator nuclear fkappa-B ligante (RANKL)], por meio de plataforma Luminex/Magpix. Nestes mesmos períodos, será coletado biofilme subgengival para a detecção e quantificação, por PCR em tempo real, A. actinomycetemcomitans, Tannerella fosythia e Porphyromonas gingivalis. As avaliações clínicas serão feitas nos mesmos períodos e serão avaliados os seguintes parâmetros: Profundidade de sondagem peri-implantar, Posição relativa da margem peri-implantar, Nível de Inserção Clínico Relativo, Índice de Placa/Sangramento Modificado. A avaliação radiográfica linear da altura da crista óssea marginal peri-implantar será realizada nas imagens obtidas no baseline e após 12 meses. Os resultados serão comparados estatisticamente de acordo com o grau de normalidade (ANOVA ou Kruskal Wallis), em nível de significância de 5%.
  • Universidade Paulista - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Monica Herz

Ciências Humanas

Ciência Política
  • a circulação de armas na américa latina
  • O presente projeto visa estudar a circulação de armas na América Latina entre 1990 e 2018. As formas de circulação legais e ilegais, nacionais, regionais e internacionais serão consideradas. Estas formas de circulação serão estudadas a partir da sua relação com ideias e práticas de normatização da circulação, produção e uso de armas, a militarização das relações sociais e a definição de ameaças por elites nacionais e outros atores sociais.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022