Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Douglas Cesar de Almeida

Outra

Divulgação Científica
  • exposição do norte de goiás do bicentenário da independência do brasil: 200 anos de ciência, tecnologia e inovação no brasil
  • A Exposição do Norte de Goiás do Bicentenário da Independência do Brasil: 200 Anos de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil se propõe, a partir de agora, a ser um evento anual que una pesquisa de ponta, ensino público de qualidade e visão estratégica de desenvolvimento econômico nacional, regional e local. A partir da celebração do Bicentenário da Independência do Brasil, propomos unir a comemoração do passado, a ações do presente e foco em sonhar-criar um futuro brilhante para a nação e os(as) nossos(as) futuros comandantes, que são as(os) nossas(os) estudantes. É através da contribuição local para a ciência nacional que conectamos passado-presente-futuro ao propormos ações que visam valorizar a escola pública e empoderar estudantes de escolas públicas, que geralmente são excluídos do meio. Como proposta, pretendemos resgatar a História dos achados dos Meteoritos Campinorte e Uruaçu, respectivamente o terceiro e o quinto maiores meteoritos achados no país, a partir de uma exposição de meteoritos, rochas e minerais. E como consequência, propomos criar uma rede de monitoramento permanente da região citada do céu noturno e seus fenômenos a partir da instalação de três centros de monitoramento de meteoritos como parte do projeto BRAMON em Campinorte, Uruaçu e Niquelândia. Aliado a isso, também propomos, a luz do Bicentenário da Independência e da 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, criarmos o nosso 1º Campeonato de Lançamento de Foguetes de Uruaçu e Região, com objetivo de catalisar novos talentos para o desenvolvimento tecnológico, técnico e aeroespacial da nação. A partir dos princípios de renovação, da acessibilidade, da reutilização, da colaboração, do compartilhamento e da gift culture propomos que as ações desenvolvidas nesse projeto sejam levadas a todo o país, em especial as escolas públicas.
  • Secretaria da Educação de Goiás - GO - Brasil
  • 21/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Douglas Domingues Bueno

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • controle de veículos aéreos não-tripulados (vant) para transporte de cargas em voo de formação
  • Atualmente existe enorme disponibilidade de veículos aéreos não-tripulados (VANTs). Assim como em outros países, no Brasil diversos serviços técnicos de engenharia têm sido oferecidos. Podem ser citadas as empresas Flight Technologies, XMobots, Santos Lab, Horus Aeronaves, G Drones, AGX (comprada pela Transpreserv), entre outras. Em geral, tais serviços são ligados ao entretenimento (filmagem), à agricultura e agropecuária de precisão, como determinação de áreas, contagem de gados, inspeção de pastagens, etc. Também, tem-se observadas aplicações de transporte de cargas, como apresentaram as empresas Dómino, Amazon, XMobots, MissionGO, entre outras. O transporte de cargas pode ser feito por uma formação de VANTs. As formações de VANTs correspondem a um grupo de VANTs que cooperam para atingir um objetivo comum. O uso de formações é motivado para superar limitações inerentes ao indivíduo, como limite de carga. O sistema de VANTs em formação também apresenta vantagens como maior agilidade em missões de identificação aérea, redundância da operação, flexibilidade e menores custos para a manutenção e reposição de componentes. Pode-se citar o uso de formações em espetáculos de luzes na abertura das olimpíadas de Tokyo 2020, aplicações militares e em atividades como mapeamento de locais, busca e resgate e monitoramento de instalações. Apesar dos trabalhos citados para o voo em formação, a aplicação de transporte de carga com VANTs em formação é pouco explorada. Assim, o presente projeto compreende desenvolver estratégias usando três diferentes abordagens de aprendizado de máquinas (Redes Neurais Artificiais, Algoritmos Evolutivos - Particle Swarm Optimization, Algoritmos Genéticos) para controle de voo da formação de VANTs transportando uma carga em voo. O escopo compreende simulações computacionais e ensaios em voo usando quadricópteros. Além disso, o trabalho compreende formação de alunos de graduação, mestrado e doutorado nos temas da proposta.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Douglas Jardim Messeder de Alvarenga

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • caracterização funcional do complexo enzimático succinato desidrogenase na homeostase redox e em respostas ao estresse mediadas por ácido salicílico
  • As espécies reativas de oxigênio (ROS) são importantes moléculas sinalizadoras, ou mensageiros secundários, em uma complexa rede de sinalização, que é fundamental para o desenvolvimento e resposta de plantas a diferentes estímulos ambientais. Por outro lado, estas moléculas representam uma ameaça oxidativa, e em altas concentrações podem danificar diferentes componentes celulares. Dessa forma, as vias de produção e eliminação de ROS devem ser finamente moduladas, e apesar destas vias terem sido amplamente estudadas, incontáveis aspectos ainda permanecem desconhecidos. Recentemente nós demonstramos que o complexo II da cadeia transportadora de elétrons mitocondrial, correspondente ao complexo succinato desidrogenase (SDH) é um importante sítio de geração de ROS em plantas e é um sítio direto de ação do hormônio vegetal ácido salicílico, regulando mecanismos de controle da expressão gênica, o desenvolvimento e a resposta de plantas ao estresse. Diferentes trabalhos demonstram que mutações ou o silenciamento dos genes das subunidades da SDH levam a alterações no estado redox das plantas, decorrentes da diminuição do conteúdo líquido de ROS e deficiência nos mecanismos de resposta ao ácido salicílico. No entanto, muitos aspectos relacionados com o papel da SDH nas vias de transdução de sinal mediadas pelo ácido salicílico, e de que forma este hormônio regula o metabolismo mitocondrial, ainda permanece desconhecido. Neste trabalho pretendemos caracterizar molecular e bioquimicamente as diferentes subunidades de SDH e o papel dos mecanismos de geração de ROS, nas vias de sinalização mediadas por ácido salicílico. Com o conjunto de resultados obtidos esperamos identificar novas vias de sinalização, ampliando a visão do papel das ROS no desenvolvimento vegetal e nos mecanismos de respostas de plantas a estímulos ambientais geradores de estresse oxidativo.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Douglas Lau

Ciências Agrárias

Agronomia
  • desenvolvimento e validação de ferramentas para monitoramento e tomada decisão de manejo de epidemias causadas por vírus transmitidos por insetos
  • Epidemias de Doenças cujos patógenos são Transmitidos por Insetos (EDTIs) são frequentes e impactantes nas áreas da saúde humana, animal e vegetal. Devido à sua complexidade, a compreensão da dinâmica das EDTIs requer o acúmulo de dados epidemiológicos oriundos de redes de monitoramento e o uso de modelos que estabeleçam a cadeia de relações entre os seus componentes e calculem, sob oscilações ambientais, a razão e o progresso dos processos biológicos envolvidos. Este grupo de pesquisa vem trabalhando em um conjunto de ferramentas computacionais que deverão compor uma plataforma, disponível via web, que integra sistemas de gerenciamento de dados, softwares de análise de imagem e modelos de simulação do hospedeiro e de insetos vetores. Em conjunto estas ferramentas auxiliarão no monitoramento e na tomada de decisão de manejo de EDTIs. A validação das ferramentas será realizada para o patossistema trigo-afídeos-barley yellow dwarf virus, composto de múltiplas redes tróficas e que causam impactos médios a produtividade de cereais de inverno ao redor de 20%. Os usuários (avaliadores) das ferramentas serão pesquisadores e técnicos de fundações de pesquisa ligadas a cooperativas.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Dulce Elena Casarini

Ciências da Saúde

Medicina
  • polimorfismo genético das enzimas conversoras de angiotensina (eca e eca2) e sua correlação com biomarcadores moleculares nas diferentes manifestações clínicas da covid – 19: doença ambulatorial leve, hospitalizado-doença moderada, hospitalizado-doen
  • Na COVID-19 doença causada pelo SARS-CoV-2, os pacientes apresentam-se assintomáticos ou com sintomas leves, porém, alguns desenvolvem uma pneumonia com síndrome respiratória aguda grave com desfecho fatal. O tropismo do SARS-CoV-2 pela enzima conversora de angiotensina 2 (ECA2), é fator preponderante para a piora do quadro clínico dos pacientes, pois a diminuição dos níveis da ECA2 com aumento da atividade da enzima conversora de angiotensian 1 (ECA1) gerando níveis elevados da angiotensina II (Ang II) agrava a lesão pulmonar e sistêmica devido ativação dos receptores AT1. Fatores genéticos contribuem para que os níveis da expressão da ECA1 e ECA2 sejam diferentes entre os indivíduos, e os polimorfismos dos genes da ECA1 de Inserção/Deleção (I/D) e o da ECA2, G8790A, contribuem para que diferentes fenótipos possam coexistir e determinar diferentes expressões quantitativas das enzimas, que aliada a comorbidades e a diferentes manifestações de biomarcadores inflamatórios, contribuem no desfecho da COVID-19, uma doença multifatorial de manifestação sistêmica. O conhecimento dessas associações nos pacientes auxiliará o diagnóstico, contribuindo para tomadas de decisões qualificadas para o tratamento mais adequado. Este estudo visa compreender a patogenicidade da COVID-19, e suas conseqüências em pacientes com Doença ambulatorial leve, Hospitalizado com Doença Moderada e Doença Grave. Faremos análise genética correlacionando os polimorfismos I/D da ECA e G8790A da ECA2 à maior suscetibilidade ao desenvolvimento das manifestações desde leves a graves nesses pacientes. Analisaremos os parâmetros clínicos e bioquímicos, avaliando ainda a dinâmica das atividades dessas enzimas na doença, associados aos possíveis marcadores inflamatórios estabelecendo os polimorfismos/atividades das enzimas como biomarcadores eficazes, capazes de classificar os pacientes com base em seu risco, imprescindível para garantir o tratamento imediato.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Dulcineia Furtado Teixeira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • prospecção de agentes ativos e/ou adjuvantes de origem vegetal na terapia do câncer
  • O câncer é uma das mais principais doenças existentes e seu crescimento se dá na medida do aumento da expectativa de vida e da agressão química que sofremos. Por isso, grande parte das pesquisas por ativos é direcionado à busca de novos agentes antitumorais. Um grande número das moléculas ativas no mercado é de origem natural e, por isso, a pesquisa por fontes vegetais é relevante. Uma planta pode servir como fonte de moléculas diferentes que, por sua vez, podem atuar em sistemas celulares e enzimáticos diferentes. Os flavonoides são uma das principais classes de metabólitos especiais presentes na família Asteraceae. Para estes metabólitos, a literatura científica sobre suas atividades biológicas é abundante – contra o câncer, inclusive. Além deles, os fenilpropanoides e os terpenoides também representam a família. Na busca por verificar a viabilidade da família como fornecedora de insumos ativos contra linhagens de câncer de mama, melanoma e leucemia, diferentes espécies (Tithonia diversifolia, Sphagneticola trilobata, Chromolaena odorata, Solidago chilensis) serão coletadas de fontes parceiras. Serão estabelecidos protocolos de extração baseados nas partes da planta, tipo de extração e seus parâmetros. Em sequência, os extratos que mostrarem atividade frente às linhagens de câncer testadas serão submetidos a fracionamentos por meio de técnicas cromatográficas adequadas no sentido de caracterizar quimicamente as frações e permitir que se obtenham substâncias isoladas. O monitoramento será realizado também através de técnicas cromatográficas, previamente a técnicas espectroscópicas e espectrométricas, como na região do ultravioleta/visível, massas e ressonância magnética nuclear. As etapas do processamento serão também monitoradas biologicamente. Pretende-se que o projeto permita identificar as espécies e os grupamentos moleculares responsáveis pelos efeitos antitumorais, visando estabelecê-los como matrizes viáveis para a obtenção de ativos antitumorais
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 24/06/2022-30/06/2024
Foto de perfil

Dulcinéia Ghizoni Schneider

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • competências ético-morais na formação em enfermagem: perspectivas teóricas e metodológicas
  • A discussão sobre a necessidade de incrementar estratégias para o ensino da ética na graduação em Enfermagem e Saúde, visando desenvolver nos acadêmicos competências não somente técnicas, mas também éticas, é premente e tem sido há muito sinalizada. Entende-se por competência a aptidão de desenvolver conhecimento e habilidade que aprimora a prática profissional de várias maneiras. A educação ético-moral é complexa e exige qualificação dos processos formativos e apoio em referenciais e metodologias pertinentes e fundamentadas. Na perspectiva de diversificar estratégias para o ensino da ética e bioética, Schneider e Ramos (2019) desenvolveram pesquisa sobre o Ensino simulado e deliberação moral: contribuições para a formação profissional em saúde; e Saioron, Ramos e Schneider (2021) a Ferramenta EducETIC: proposições para a educação ético-moral na formação profissional em enfermagem. Visando à continuidade dos estudos e ampliação do desenvolvimento de referenciais no ensino da ética, emerge a questão de pesquisa: como desenvolver estratégias para o desenvolvimento de competências ético-morais na formação acadêmica e na educação permanente em enfermagem? Para tal, são objetivos deste estudo: 1) analisar a sensibilidade moral dos enfermeiros diante dos conflitos éticos da prática assistencial; 2) analisar a influência da sensibilidade moral e dos valores éticos fundamentais da profissão no desenvolvimento de competências ético-morais em enfermeiros; 3) validar a aplicabilidade do Guia para abordagem de problemas éticos em experiências formativas na graduação em enfermagem; e 4) propor e validar estratégias para o desenvolvimento de competências ético-morais na graduação e na educação permanente em enfermagem. Propõe-se triangulação metodológica entre métodos e dentro de métodos. Assim, os objetivos 1 e 2 serão desenvolvidos por meio de métodos mistos com estratégia explanatória sequencial (QUAN-qual) e os objetivos 3 e 4 por estudo metodológico.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 29/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Durcilene Alves da Silva

Outra

Divulgação Científica
  • 2ª semana nacional de ciência e tecnologia do delta do parnaíba
  • A busca pela redução das desigualdades sociais exige um movimento humano que se dá pelo fortalecimento e engajamento de ações coletivas. Ao adotar medidas integradas e convergentes, é possível gerar oportunidades para a construção de uma sociedade com equilíbrio social. Dentro desse contexto, o uso de medidas educacionais, para o fomento de ações voltadas para Ciência, Tecnologia e Inovação são pontos chaves para resolução de problemas sociais. Nesse cenário, a presente proposta será executada no Piauí, estado brasileiro que possui segunda maior taxa de analfabetismo. Assim, objetivando a promoção de atividades para divulgação e popularização da ciência integrando diferentes saberes, bem como o desenvolvimento de ações motivacionais com a finalidade de superar desafios regionais no âmbito educacional e assim gerar resultados de aprendizagem relevantes e eficazes.
  • UNIVERSIDADE FEDERAL DO DELTA DO PARNAÍBA - PI - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Durcilene Alves da Silva

Outra

Multidisciplinar
  • i feira de ciências e inovação do delta do parnaíba
  • Parnaíba, situada ao norte do Estado do Piauí possui amplo potencial econômico, no entanto, as ainda ineficientes ações de políticas públicas contribuem para permanência de seus problemas socioeconômicos, como falta de infraestrutura básica, baixa renda familiar e ainda baixo qualidade de escolaridade perpetuado por várias gerações. Diante deste contexto, a necessidade de ações para contribuir com a melhoria da qualidade de ensino, sendo um dos caminhos por meio da difusão e popularização da Ciência, Tecnologia e Inovação. A realização da I Feira de Ciência e Inovação do Delta do Parnaíba (FeCINov) viabilizara a aproximação do academia e comunidade em um ambiente de discussão e construção inovador. Para a execução desta proposta contaremos com a participação de docentes e alunos da UFDPar, UFPI e IFPI e dos Programas de Pós-graduação PPGBiotec e PPGCM, com ações coordenadas e estruturadas em 3 momentos. No primeiro teremos a etapa preparatória e mobilização com professores das escolas da rede básica de ensino, com a apresentação de regras para a participação na I FeCINov, seguida da etapa de Inscrição de equipes e seleção de trabalhos por uma comissão para a realização da feira, e por último a etapa de acompanhamento de projeto dos alunos contemplados com bolsas de iniciação científica júnior por um ano. Todas as atividades propostas se prestam a acompanhar e dar suporte aos alunos considerando as dificuldades enfrentadas pelos mesmos, a fim de desenvolver a capacidade inventiva dos estudantes, por meio de estudo de problemas e questões da sociedade. Essa proposta visa dar continuidade a projetos e ações já desenvolvidas por a proponente e a equipe durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Ademais, esta proposta está alinhada e contribuirá não apenas para a percepção social do papel da ciência, tecnologia e inovação para o desenvolvimento humano e sustentável, mas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 17/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Durcilene Alves da Silva

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • nanobiotecnologia aplicada ao combate da covid19.
  • A necessidade de aprimoramento dos métodos diagnósticos bem como a busca por novos fármacos e Terapias voltados a diferentes enfermidades, sobretudo às doenças infectocontagiosas, a exemplo da Covid 19, têm sido alvo de inúmeros estudos e investimentos na área científica e tecnológica. Técnicas como HPLC, espectrometria de massa ("electrospray"), nanoimunossensores eletroquímicos e microscopia de força atômica, tem sido utilizadas de forma inovadora pelo nosso grupo de pesquisa como pode ser demonstrado em nossas publicações, sempre buscando métodos diagnósticos mais precisos e sensíveis aliando a prospecção de marcadores moleculares específicos. Estes estudos são aliados a técnicas de caracterização e estrutura-função de biomoléculas nativas, recombinantes, modificadas e sintéticas, demonstrando vantagens em relação a outras técnicas em termos de seletividade, reprodutibilidade, custo e produtividade. A Biodiversidade do Brasil abriga hoje entre 15% e 20% das espécies vegetais, animais e microrganismos do mundo. Apesar do crescente interesse internacional pela megabiodiversidade brasileira, sabemos que ela por si só não é garantia de crescimento econômico, tampouco de desenvolvimento sustentável. Com isso, a inserção de técnicas nanotecnológicas irão dar maior agregação aos produtos primários e com certeza este tema seja de fundamental importância para técnicos e profissionais dos países latino-americanos. O presente curso propõe uma ementa teórico-prática onde técnicas inovadoras utilizadas em nossos projetos como: Microscopia de força atômica; Micro-Balanças eletroquímicas/imunossensores, LC-MSMS e métodos de avaliação farmacológica e toxicológica, citotóxica e vasodilatadoras aliados ao uso de produtos naturais e nanobiotecnologia destes produtos no desenvolvimento de ferramentas inovadoras em de diagnóstico e terapêutica voltada a COVID 19.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 07/12/2021-30/06/2024
Foto de perfil

Dusan Schreiber

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • adoção de tecnologias da indústria 4.0 para a redução do impacto ambiental na fabricação de móveis
  • O processo de fabricação de móveis, à base de chapas de MDF, contribui de forma significativa para a dimensão econômica (PIB, empregos, renda) e social (bem estar), porém também impacta o meio ambiente em função do processo produtivo. As diversas mudanças que ocorreram no processo de produção, com destaque para adoção de novas técnicas de produção, revisão de práticas operacionais, bem como desenvolvimento de máquinas e equipamentos visavam, até agora, propiciar maior eficiência, produtividade e segurança aos trabalhadores, sem gerar efeitos para a promoção da sustentabilidade e a prevenção do impacto ambiental. As referidas medidas preventivas ambientais, como técnicas end-of-pipe, análise ciclo de vida, revisão sistêmica operacional e organizacional e reposicionamento estratégico e revisão do modelo de negócios, apresentam comprometimento na sua real efetividade. No entanto, com a crescente adoção de tecnologias digitais, no ambiente industrial, com destaque, à automação industrial, de comunicação máquina a máquina, internet das coisas, armazenamento de dados na nuvem, entre outros, no âmbito da denominada indústria 4.0 evidencia-se a oportunidade para utilizar as referidas tecnologias para mitigar o risco ambiental. Alguns setores industriais já demonstraram a efetividade na adoção de tecnologias da indústria 4.0 para mitigar os impactos ambientais. Entretanto, na fabricação de móveis o referido processo ainda pode ser considerado incipiente, pois utilizando-se as palavras chave industry 4.0, Furniture industry e environmental na base de dados da ScienceDirect , encontrou-se apenas 18 estudos. Nesta perspectiva, o objetivo deste projeto de pesquisa é analisar o portfólio das tecnologias da indústria 4.0 para identificar quais delas apresentam características de viabilidade técnica e econômica, para serem adotadas e operacionalizadas, contribuindo para mitigar o impacto ambiental, no processo de fabricação de móveis a base de MDF.
  • Universidade Feevale - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ecivaldo de Souza Matos

Outra

Divulgação Científica
  • ciência, tecnologia e inovação em computação: novos computares como mecanismos de enfrentamento aos desafios sociais contemporâneos
  • Esta proposta está articulada em dois eixos: Eixo 1 - Difusão do Raciocínio Computacional como elemento propulsor de leitura do mundo e ação sobre o mundo; e Eixo 2 - Design de Tecnologias por Todxs: ética, tecnologia e sociedade. As ações do Eixo 1 visam a difusão do Raciocínio Computacional como elemento propulsor de leitura do mundo e ação sobre o mundo, além de promover reflexões sobre a transversalidade com tecnologias digitais, como foco em jovens escolares e professores da educação básica, por meio de atividades interdisciplinares com temas transversais, de modo que seja possível mostrar como a ciência da computação pode auxiliar a identificar e resolver problemas simples e complexos do cotidiano. Essas ações serão realizadas por meio de um Conjunto de Oficinas de CT&I, minicursos, rodas de conversa e 03 eventos. Essas oficinas têm o objetivo de desenvolver e ressignificar problemas e/ou situações, divulgar e socializar conhecimento científico da computação, de modo transversal aos diversos conhecimentos escolares e tradicionais, bem como ajudar jovens e adultos a ler e resolver problemas disciplinares e interdisciplinares do cotidiano social e escolar por meio da ciência da computação e das tecnologias digitais livres, como mecanismos de enfrentamento aos desafios da sociedade contemporânea. Com isso, espera-se para além da difusão científica, estimular o desenvolvimento de criticidade, logicidade, criatividade, objetividade, colaboração e cooperação, ao despertar para a possibilidade de produção e o uso crítico de tecnologia por todos, com equidade e empatia, contribuindo para a melhoria da autonomia e da autoestima desses sujeitos.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Ecivaldo de Souza Matos

Outra

Multidisciplinar
  • surfando na onda digital: oficinas e eventos de difusão da ciência da computação para enfrentamento dos desafios da sociedade contemporânea
  • Esta proposta está articulada em dois eixos: Eixo 1 - Difusão do Raciocínio Computacional como elemento propulsor de leitura do mundo e ação sobre o mundo; e Eixo 2 - Design de Tecnologias por Todxs: ética, tecnologia e sociedade. As ações do Eixo 1 visam a difusão do Raciocínio Computacional como elemento propulsor de leitura do mundo e ação sobre o mundo, além de promover reflexões sobre a transversalidade com tecnologias digitais, como foco em jovens escolares e professores da educação básica, por meio de atividades interdisciplinares com temas transversais, de modo que seja possível mostrar como a ciência da computação pode auxiliar a identificar e resolver problemas simples e complexos do cotidiano. Essas ações serão realizadas por meio de um Conjunto de Oficinas de CT&I intitulado Oficina e Minicursos de Difusão do Raciocínio Computacional, a serem desenvolvidas em escolas e durante o VI Fórum Interdisciplinar sobre Formação Docente com Tecnologias. As ações do Eixo 2 visam promover discussões sobre a Ética no uso e na produção de tecnologias por meio do design colaborativo (codesign), bem como despertar novas ideias e práticas em defesas de causas sociais, utilizando a internet e as redes sociais como recurso de comunicação e disseminação de informação. Essas ações serão realizadas por meio do Ciclo de Palestras: Sociedade, Ética e Sistemas e do Seminário Interações: discutindo relações entre humanos e computadores. Essas oficinas têm o objetivo de desenvolver e ressignificar problemas e/ou situações, divulgar e socializar conhecimento científico da computação, de modo transversal aos diversos conhecimentos escolares e tradicionais, bem como ajudar jovens e adultos a ler e resolver problemas disciplinares e interdisciplinares do cotidiano social e escolar por meio da ciência da computação e das tecnologias digitais livres, como mecanismos de enfrentamento aos desafios da sociedade contemporânea. Com isso, espera-se para além da difusão científica, estimular o desenvolvimento de criticidade, logicidade, criatividade, objetividade, colaboração e cooperação, ao despertar para a possibilidade de produção e o uso crítico de tecnologia por todos, com equidade e empatia, contribuindo para a melhoria da autonomia e da autoestima desses sujeitos.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Ed Wilson Rodrigues Vieira

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • impactos da pandemia da covid-19 no uso de serviços de atenção primária à saúde e em indicadores de saúde da população usuária
  • O surgimento de um novo coronavírus (SARS-CoV-2) em 2019 e a pandemia pela doença por ele provocada (COVID-19) tem colocado, mundialmente, sistemas de saúde sob pressão, impactando-os sob diversos aspectos. Na atenção primária à saúde (APS) pode ter havido redução nos atendimentos preventivos e às condições crônicas, impondo riscos à saúde para além dos relacionados diretamente com a COVID-19, além de mudanças no perfil de morbidade atendida. Passados quase dois anos da declaração de pandemia, e com a flexibilização das medidas de controle, uma avaliação retrospectiva da utilização de serviços de APS e de indicadores de saúde da população atendida pode ser essencial à compreensão dos impactos no Sistema Único de Saúde. Assim, o objetivo deste Projeto será analisar impactos da pandemia da COVID-19 na utilização de serviços de APS e em indicadores de saúde da população usuária. Será um estudo com desenho ecológico, transversal e de séries temporais, utilizando dados do Sistema de Informação para a Atenção Básica (SISAB) referentes ao número mensal de atendimentos realizados de março/2016 a março/2023 nos 5.570 municípios brasileiros. A extração de dados será automatizada e considerará a faixa etária e o sexo das pessoas atendidas. Os dados extraídos serão: problemas avaliados, vigilância em saúde bucal, diagnósticos, condutas e tipos de atendimentos. Ao todo serão 53 desfechos e as unidades de análises serão municípios, estados e regiões. Nas análises, as taxas de atendimentos para cada 1.000 habitantes, segundo aspectos temporais antes e durante a pandemia serão comparadas utilizando diagramas de controles, diferenças entre médias e Machine Learning com o método Fuzzy c-means. Análises de séries temporais utilizarão regressão linear de Prais-Winsten, Joinpoint e modelos autorregressivos integrados de média móvel. Todos os resultados, por municípios ou conjunto de municípios, poderão ser acessados por uma Plataforma interativa e de acesso aberto ao final do estudo.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Eder Carlos Guedes dos Santos

Engenharias

Engenharia Civil
  • degradação de geossintéticos em obras geotécnicas construídas com resíduos de construção e demolição reciclados (rcdw).
  • Os resíduos de construção e demolição (RCD) causam severos impactos econômicos e ambientais nas grandes cidades. Neste cenário, a reciclagem dos RCD e o seu emprego em obras de terra apresenta-se como uma interessante solução, uma vez que tais obras deixariam de consumir uma significante quantidade de materiais naturais. O emprego dos resíduos de construção e demolição reciclados (RCD-R) em obras com geossintéticos (materiais de base polimérica), uma vez que tais tipos de obras possuem uma maior tolerantes para o uso de materiais com presença marcante de grãos de finos (solos). No entanto, é importante saber as propriedades dos materiais empregados envolvidos na obra, de modo a conhecer a interação entre tais materiais. No caso específico do uso de geossintéticos, é fundamental conhecer as mudanças das suas propriedades ao longo do tempo. Mas os estudos sobre a degradação em geossintéticos causada por RCD-R são recentes e exigem maiores investigações. Esta pesquisa visa preencher essa lacuna, por meio da investigação da exposição de geossintéticos e RCD-R em diferentes tipos de obra geotécnicas: i) estruturas de solo reforçado com geossintéticos e ii) obras de controle de erosão com geossintéticos. Estudos realizados na instituição já apresentaram resultados iniciais de fatores de redução (FR) de resistência com o uso de RCD-R em obras com geossintéticos, os quais demonstraram que essas obras poderiam ser concebidas incorporando facilmente esses novos parâmetros de projeto. Neste estudo, os RCD-R serão coletados numa usina de reciclagem e caracterizadas as suas propriedades geotécnicas e químicas. Em seguida, serão construídas e monitoradas estruturas experimentais de campo e testes de laboratório que simulam (em pequena escala) as obras de interesse da pesquisa, com a utilização de geossintéticos e RCD-R como os dois materiais principais. As amostras de geossintéticos exumadas serão ensaiadas e seus resultados serão comparados com os de amostras virgens.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 14/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Éder Cláudio Lima

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • remoção de compostos orgânicos emergentes de efluentes aquosos por adsorção e combinação com métodos oxidativo avançados
  • Compostos orgânicos utilizados na produção de fármacos, produtos de higiene pessoal, hormônios, aditivos de combustíveis, entre outros são utilizados em larga escala industrial tais como indústrias farmacêutica, petroquímica, etc. Por consequência são geradas grandes quantidades dessas substâncias que são liberadas posteriormente para efluentes aquosos. Esses compostos orgânicos são denominados contaminantes emergentes (CEs). Efluentes contendo CEs demandam tratamentos adequados antes de serem despejados nos ambientes aquáticos, porque a presença CEs na água causar um impacto organoléptico da água impróprio para o uso; a presença de CEs na água reduz de forma considerável a vida das espécies aquáticas. Além disso, esses compostos orgânicos podem causar várias doenças aos seres humanos. Deste modo, é muito importante desenvolver métodos de tratamento eficientes para a remoção de CEs. Nesse projeto serão feitos tratamentos de efluentes aquosos por adsorção em batelada; tratamento oxidativo avançado (AOP) e acoplamento do processo de adsorção com o AOP para remoção CEs de efluentes aquosos. Os resultados obtidos com a execução dessa proposta favorecerão a viabilidade de emprego de novas tecnologias de tratamento para a remediação de águas residuais bem como a conservação ambiental, uma vez que o adequado tratamento e a ausência de CEs poderão favorecer a reutilização da água. Finalmente, é essencial destacar que o presente projeto se enquadra plenamente na Área de Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável, especialmente no âmbito de Tratamento de Poluição. Enquadra-se, também, na Área de Tecnologias para Qualidade de Vida, no âmbito de Segurança Hídrica e na Área de Tecnologias para Popularização e Divulgação da Ciência e Tecnologia no que tange a aspectos de Comunicação Social e Ensino de Ciências. Adicionalmente, é importante destacar que a temática deste projeto tem uma abordagem multidisciplinar, pois relaciona áreas de Química, Ciências Ambientais e Ensino.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Éder da Silva Silveira

Ciências Humanas

Educação
  • a política de ampliação das escolas de ensino médio de tempo integral no brasil (2016-2024): narrativas de experiência e de resistência na rede pública estadual de ensino do rio grande do sul
  • A reforma do Ensino Médio instituída pela Medida Provisória 746/2016, posteriormente convertida na Lei 13.415/2017, estabeleceu um conjunto de mudanças curriculares para essa etapa da Educação Básica, prevendo a ampliação do tempo da jornada escolar, ao indicar, em seu artigo 13, a instituição da Política de Ampliação à Implementação de Escolas de Ensino Médio de Tempo Integral. Essa política se materializou através de um Programa denominado Programa de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio de Tempo Integral (PFEMTI), tema deste projeto. Como objetivo geral, busca-se compreender e problematizar as narrativas de professores e gestores das doze escolas de Ensino Médio da rede pública estadual do Rio Grande do Sul indicadas em 2018 para o PFEMTI, particularmente no que diz respeito à experiência ou à resistência a esta política. Como objetivos específicos, almeja-se: a) identificar e analisar a presença e a influência de Organizações Sociais ou de Institutos vinculados ao setor empresarial no currículo do Ensino Médio de Tempo Integral das escolas participantes da pesquisa; b) compreender as principais mudanças ou efeitos do PFEMTI na experiência de escolas que implementaram a política; c) analisar os enunciados das principais proposições que caracterizam o discurso oficial a respeito do PFEMTI; d) compreender como estes enunciados são recontextualizados nas escolas, isto é, como seus sujeitos interpretam e ressignificam os dispositivos normativos ou instrucionais do Ensino Médio de Tempo Integral no campo da prática; e) identificar as principais razões de resistência ao PFEMTI no estado do RS. Metodologicamente prevê-se a análise de documentos e realização de entrevistas com professores e gestores de escolas participantes. A perspectiva teórica e epistemológica estará alinhada aos estudos críticos do currículo e no conceito de recontextualização, oriundo da sociologia de Basil Bernstein.
  • Universidade de Santa Cruz do Sul - RS - Brasil
  • 09/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Eder Joao Lenardao

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • estudos visando a prospecção de novos agentes antidepressivos e anti-alzheimer: heterociclos contendo selênio
  • A busca pelo desenvolvimento sustentável foi fortemente reforçada pelos países membros da ONU através da AGENDA 2030, que estabeleceu, em 2015, os 17 ODS. Para o sucesso de diversos dos ODS, como saúde e bem-estar e crescimento econômico, o papel do setor químico-farmacêutico é estratégico. A Química Verde pode garantir o alcance desses objetivos, incluindo a prospecção de novas drogas para tratamento de doenças. Este projeto une esforços para solucionar problemas relacionados à síntese de moléculas e materiais bioativos, com aplicação no tratamento da depressão e do Alzheimer. Estudos recentes demonstraram que híbridos moleculares contendo heterociclo e Se possuem atividade contra essas doenças. A proposta possui três eixos temáticos: 1) o desenvolvimento de métodos verdes para a síntese de heterociclos nitrogenados; 2) o preparo, caracterização e aplicação de biomateriais poliméricos e 3) estudos da atividade antidepressiva e anti-Alzheimer. Assim, serão sintetizados híbridos moleculares contendo heterociclos e organosselênio, sua combinação com biopolímeros e o estudo de suas atividades farmacológicas e toxicológicas. Entre as hipóteses a serem testadas estão a possibilidade de sintetizar de forma sustentável moléculas e novos materiais contendo Se, visando melhorar sua biodisponibilidade. A efetividade destas moléculas e materiais quanto às atividades antidepressiva e anti-Alzheimer será avaliada, bem como seus mecanismos de ação e possíveis efeitos adversos (in silico, in vitro e in vivo). As etapas de síntese serão realizadas seguindo os preceitos da química verde no que se refere ao uso de reações catalíticas, uso de solventes verdes e fontes de energia não clássicas (luz, micro-ondas, ultrassom). As moléculas serão combinadas com biomateriais seja na forma de suporte ou encapsuladas. A incorporação das moléculas será investigada por ensaios in situ ou ex situ. Os bioensaios (in vitro e in vivo) serão realizados utilizando diferentes modelos biológicos.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Eder Jorge de Oliveira

Outra

Divulgação Científica
  • predições genômicas para resistência a viroses quarentenárias da mandioca ausentes no brasil e validação de snps para classificação de clones quanto ao teor de compostos cianogênicos
  • Vide projeto anexo
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 29/11/2019-30/11/2023
Foto de perfil

Eder Pereira Miguel

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • existe relação entre atributos e métricas funcionais com variáveis de crescimento e produção de florestas tropicais e subtropicais
  • Dentre os diferentes tópicos ligados a avaliação de ativos florestais, a classificação da qualidade produtiva de florestas naturais de muitas espécies e idades, apresentou pouco avanço práticos na mensuração florestal nos últimos anos. Atualmente, não há um consenso sobre qual atributo da floresta possibilita, de forma fática, a predição e prognose da dinâmica, produtividade e da produção de diferentes sítios florestais. Dessa forma, nossas perguntas científicas são: Quais atributos dendrométricos/ecológicos/funcionais são preditores do volume, biomassa e carbono por unidade de área de três tipologias florestais ao longo do tempo? Qual a relação desses atributos com as mudanças florísticas e estruturais da vegetação? As teorias de Proporção de Massa, Complementaridade de Nicho, e as diferentes técnicas de modelagem de florestas multiâneas e heterogêneas são os norteadores da factibilidade dessa pesquisa. O estudo será realizado em quatro sítios florestais, sendo dois em corrente monitoramento e outros dois, destinados a validação das técnicas. Os sítios estão localizados no: 1) Cerrado – DF e TO - 10 anos de monitoramento; 2) Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas – PA, em instalação; 3) Floresta Ombrófila Densa Secundária Estágio Inicial – PA, 4 anos de monitoramento, e; 4) Floresta Ombrófila Mista – SC, em instalação. Para propor as relações métricas de classificação da produtividade, serão utilizados diferentes traços funcionais, tais como: densidade de árvores, alturas médias, área foliar específica, densidade básica da madeira, síndrome de dispersão, índice CWM, Riqueza, Equitabilidade e Divergência Funcional. A dinâmica será avaliada a partir da mortalidade, recrutamento, crescimento e o balanço do estoque em área basal, volume, biomassa e carbono. Espera-se selecionar atributos que possibilitem a classificação de cada sítio sob análise e que esses propiciem um procedimento prático para classificação de florestas públicas sob concessão florestal no Brasil.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025