Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Eliane D Elia

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento e avaliação de revestimetos com base em grafeno e compósitos metal-grafeno eletrodepositados sobre aço carbono frente à corrosão
  • Novos revestimentos com base em óxido de grafeno e compósitos metal-óxido de grafeno reduzido eletrodepositados sobre peças de aço carbono, destinadas à indústria de petróleo, estão sendo estudados. As peças modificadas serão submetidas a ensaios de corrosão atmosférica em câmara de névoa salina e ensaios eletroquímicos de impedância e de curvas de polarização para avaliar as propriedades anticorrosivas dos revestimentos. Além dos ensaios de corrosão, as peças revestidas serão caracterizadas por Microscopia eletrônica de varredura acoplada à espectroscopia de energia dispersiva (EDS) e Espectroscopia de fotoelétrons excitados por raios-X (XPS). Nos primeiros seis meses foram obtidos revestimentos compósitos de diferentes metais Cd, Ni e Zn com óxido de grafeno reduzido sobre peças de aço carbono em condições e banhos já praticados pela empresa Eletromatrix para deposição desses metais. A deposição foi feita a potencial constante por tempos já determinados para alcançar uma determinada espessura de filme, mas pretendemos através deste projeto realizar a deposição em outras condições, com vistas a melhorar a qualidade dos revestimentos utilizando ainda menores concentrações dos íons metálicos. Os procedimentos para obtenção desses revestimentos compósitos serão otimizados na segunda fase do projeto tendo como variáveis respostas o módulo da impedância em 0,001 Hz, a densidade de corrente de corrosão e os tempos que os corpos de prova resistem à corrosão acelerada em câmara de névoa salina. Para isso, modelos estatísticos de triagem e modelagem, tais como o modelo Plackett-Burman e Experimento Composto Central, respectivamente, serão aplicados (onde várias variáveis serão estudadas, a saber, a potência do banho de ultrassom e o tempo usados na esfoliação do óxido de grafite, a concentração do cátion metálico, a concentração do óxido de grafeno, o pH da solução, a tensão e /ou densidade de corrente aplicada e o tempo de eletrodeposição, em dois níveis). Na primeira fase foram produzidos filmes de óxido grafeno sobre o aço carbono 1020 utilizando a técnica de deposição eletroforética onde um estudo de triagem pelo método Plackett Burman foi realizado com vistas a obter as melhores condições para produção do revestimento de óxido de grafeno sobre a placa de aço carbono 1020 e obtenção de uma possível condição ótima. Esse planejamento estudou a influência de sete fatores: Razão Grafite/KMnO4, Tempo de esfoliação do óxido de grafite, Concentração de óxido de grafeno [OG], pH da solução de deposição, Potencial de deposição, Tempo de deposição e Tempo de secagem do revestimento obtido, sobre a variável resposta do módulo de impedância em 0,001 Hz. Nenhum parâmetro estudado foi considerado ativo, não sendo necessário, desta forma, realizar a modelagem dos parâmetros. Sendo assim, a melhor condição experimental foi definida de acordo com o efeito de cada parâmetro (Tabela 4 do relatório técnico), que corresponde a 0,5 mg mL-1 de óxido de grafeno, 1 V de potencial de deposição, 200 s de deposição, 2 h de secagem, 20 h de esfoliação, razão Grafite/KMnO4 de 1:10 e pH = 2. Esses valores estão de acordo com o experimento 13 (Tabelas 2 e 3 do relatório técnico), onde foi obtido o maior módulo de impedância. A deposição dos revestimentos compósitos realizada na primeira fase utilizou a concentração de OG de 0,5 mg mL-1. Esta concentração está bem abaixo dos valores de concentração encontrados na literatura para produção de compósitos M-OG. Mesmo utilizando baixa concentração de OG foi possível mostrar que a sua incorporação ao filme metálico aumenta substancialmente a resistência contra a corrosão. A ideia será otimizar as condições de produção de cada compósito estudado (Zn-OG, Cd-OG e Ni-OG) e /ou outros (Zn-Ni-OG) e verificar a possibilidade de usar concentrações menores dos sais desses metais pela adição de OG sem perder a sua proteção contra corrosão. O objetivo será encontrar condições que levem a filmes mais resistentes contra a corrosão e à fragilização pelo hidrogênio mesmo usando concentrações menores de íons metálicos no banho de deposição. A Eletromatrix é uma empresa 100% brasileira, voltada para produção de revestimentos metálicos por galvanoplastia, a sua missão é prestar serviços de tratamento de superfícies metálicas em revestimento de cádmio, zinco, níquel, prata, ouro, fosfatização, cobre, oxido negro, alodine, cromo, cobre e estanho. É uma empresa homologada na indústria de petróleo & gás, aviação, infraestrutura, defesa, marítima, entretanto até o momento não existe nenhum processo que envolva o óxido de grafeno no processo de obtenção dos revestimentos da empresa, logo a proposta é inovar na Eletromatrix com novos processos envolvendo revestimentos com base em compósitos de metais com óxido de grafeno em substituição a revestimentos metálicos puros como de cádmio. O Laboratório de Eletroquímica e Eletroanalítica (UFRJ) tem como foco desenvolver métodos anticorrosivos principalmente para o aço carbono em suas diversas aplicações, onde diferentes meios corrosivos vêm sendo estudados, como a água produzida de petróleo, meios de decapagem ácida, água de refrigeração, entre outros. Em paralelo o laboratório tem vasta experiência no desenvolvimento de métodos analíticos para análise de combustíveis, fármacos e alimentos. Nessa linha a coordenadora vem pesquisando sensores eletroquímicos com base em óxido de grafeno reduzido nos últimos anos, portanto o grupo de pesquisa tem experiência na produção de óxido de grafeno por diferentes metodologias, bem como na sua caracterização. Esta proposta apresenta uma ideia inovadora que busca novos revestimentos anticorrosivos com base em óxido de grafeno para serem aplicados na empresa Eletromatrix que é de pequeno porte e busca aprimorar os seus processos de deposição metálica, bem como o desempenho das peças produzidas, isso certamente refletirá em aumento de sua produtividade e competitividade.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 29/09/2021-31/03/2023
Foto de perfil

Eliane Fialho de Oliveira

Ciências da Saúde

Nutrição
  • das uvas às panc: como seus compostos fenólicos atuam em culturas de células de câncer de mama? estratégias bioquímicas, moleculares e metabolômica.
  • De acordo com a OMS, o câncer é uma das principais causas de mortalidade no mundo. A busca por fitoquímicos com potencial quimiopreventivo e quimioterapêutico é de extrema relevância e um dos principais desafios encontrados no tratamento de diferentes tipos de câncer é a resistência a quimioterápicos. Os eventos celulares regulados por fitoquímicos incluem o reparo do DNA, parada da progressão do ciclo celular, diminuição da proliferação celular, diferenciação e indução da apoptose, dentre outros. Todos os mecanismos envolvidos nestes processos atuam em conjunto na quimioprevenção e até na quimioterapia. Porém, os estudos ainda são inconclusivos e ressalta-se a necessidade de se estabelecer eficácia e toxicidade de combinações de fitoquímicos e quimioterápicos. Sendo assim, o projeto objetiva identificar e caracterizar polifenóis presentes em uma espécie de uva tinta e três espécies de ora-pro-nóbis, uma vez que a literatura sugere moléculas em comum, assim como o uso desses isolados ou combinados entre si ou com diferentes quimioterápicos em culturas de células de câncer de mama resistentes ou sensíveis a quimioterápicos. A primeira fase do projeto será identificar e caracterizar os polifenóis por meio de CLAE/EM. Posteriormente, os compostos isolados (obtidos por CLAE/MS ou padrões comerciais) ou combinados entre si ou com diferentes quimioterápicos serão empregados nas diferentes culturas de células de câncer de mama. Viabilidade, citotoxicidade, migração, formação de colônias e proliferação celulares, mecanismos de morte celular, alteração de ciclo celular, produção de EROs e estresse oxidativo celulares serão avaliados. O perfil metabólico das diferentes linhagens celulares, após os diferentes tratamentos, será analisado por CG-EM/EM e CLAE-EM/EM. A elucidação das melhores combinações entre fitoquímicos e quimioterápicos poderá contribuir e subsidiar futuras estratégias de utilização em ensaios experimentais e clínicos no tratamento de câncer de mama.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Eliane Fonseca Campos Mota

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • elas pensam logo existem
  • O projeto “Elas pensam logo existem” surge da iniciativa do CNPq em fomentá-lo e pela necessidade de desenvolvê-lo em nossa instituição de ensino e região. O problema abordado tem relação com a desigualdade de gênero nas profissões e nas ciências das áreas de exatas e tecnológicas. Há uma predominância masculina nessas áreas no IF Goiano Campus Urutaí, fazendo-se necessário o desenvolvimento de ações que desmistifiquem na sociedade, a incapacidade feminina de ocuparem esses espaços. O IF Goiano Campus Urutaí, localizado na zona rural do município de Urutaí, oferta na área de exatas os cursos de Licenciatura em Matemática, Licenciatura em Química e Tecnologias da Informação. É perceptível a predominância de estudantes do sexo masculino nesses cursos, por isso, esse projeto tem por objetivo promover ações que possam despertar e estimular o interesse vocacional de estudantes do sexo feminino do ensino básico e diminuir a desigualdade de gênero nas áreas de matemática, química e tecnológicas, profissional e cientificamente, e estimular a permanência daquelas que já estão inseridas nessas áreas no curso superior. Três escolas públicas de ensino básico participarão desse projeto, sendo duas estaduais e uma municipal. Cada escola participante está situada em uma cidade que circunvizinha o IF Goiano Campus Urutaí, a saber, Ipameri-Go, Urutaí-Go e Pires do Rio-Go. As duas escolas estaduais ofertam o ensino fundamental II e o ensino médio (Pires do Rio e Urutaí), já a escola municipal oferta apenas o ensino fundamental II (Ipameri). Este projeto será composto apenas por mulheres e meninas, sendo professoras e alunas dos cursos de graduação das áreas de exatas do IF Goiano campus Urutaí e professoras e alunas das escolas de ensino básico. Serão desenvolvidas várias ações no decorrer de 18 meses, iniciando-se com a preparação e integração entre a equipe, pesquisas a serem realizadas tanto pelas estudantes de graduação quanto das escolas, atividades práticas na escola e na instituição proponente, cursos de capacitação para os professores do ensino básico e divulgação do projeto. A aproximação das estudantes da educação básica com atividades diferenciadas e significativas é o principal elemento motivador para que elas queiram ingressar na carreira de exatas. As palestras, mesas redondas e as pesquisas a serem realizadas também são potencializadores da motivação e encorajamento para enfrentar os desafios dessas profissões. Todas as propostas visam mostrar a essas meninas que elas são capazes, que se elas quiserem elas podem e devem ingressar nas carreiras de exatas, engenharias ou tecnológicas. Quanto as acadêmicas dos cursos de graduação, o envolvimento delas na organização de algumas atividades, a aproximação com as professoras, a participação nas palestras, visitas técnicas, mesas redondas, realização de pesquisas e o estímulo a participação em eventos científicos são ações que potencializam a permanência delas em seus cursos.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 25/03/2021-30/09/2022
Foto de perfil

Eliane Gonçalves dos Santos

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • salão das ciências
  • O projeto Salão de Ciências será pautado na perspectiva de formação para ciência em um processo de dois anos, planejando, orientando, desenvolvendo e projetando a ação junto das escolas locais no intuito de desenvolver a área de ciências. Assim contribuiremos fortemente na formação de cidadãos mais críticos e preparados para o futuro e quiçá com o gosto pelas ciências ao fazer desenvolver o campo científico.A abrangência da feira será municipal, sendo no município de Cerro Largo–RS (sede da UFFS) junto às escolas estaduais, municipais e particular. Além das escolas esperamos envolver de modo direto e indireto a secretaria da saúde, meio ambiente, educação e cultura, EMATER, Sindicatos e Associações Municipais. São esperados 300 alunos das escolas de Educação Básica, 40 professores de Ciências, Biologia, Física e Química do município, 140 licenciandos bolsistas de programas como PIBID, Residência Pedagógica e PET, Pesquisa e Extensão da UFFS e em torno de 15 professores formadores da UFFS, oficineiros e palestrantes. Em anos anteriores os vencedores ganharam troféus, medalhas e certificados, além da bolsa, participaram das atividades de iniciação a prática científica na UFFS, de eventos como o V SEPE – UFFS, Salão do Conhecimento da UNIJUÍ, Encontro sobre Investigações na Escola do RS. Ações que pretendemos manter e ampliar para o novo projeto 2021-2022 se aprovado.
  • Universidade Federal da Fronteira Sul - SC - Brasil
  • 05/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Eliane Macedo Sobrinho Santos

Outra

Divulgação Científica
  • iii semana nacional de ciência e tecnologia do ifnmg - campus araçuaí
  • A Semana de Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) é o evento Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG), Campus Araçuaí, em comemoração à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Em 2021, o tema da SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí é "III SNCT do IFNMG – Campus Araçuaí: A transversalidade da CT&I", alinhado com a temática da Semana Nacional “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta”. A SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí acontecerá no período de 04 a 08 de outubro de 2021, no Campus Araçuaí do IFNMG. Durante a SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí serão realizadas as atividades principais da III SNCT do IFNMG – Campus Araçuaí: A transversalidade da CT&I, a II SAEAA: Semana Acadêmica da Engenharia Agrícola e Ambiental e o I IFthon. A programação do evento foi planejada de forma a atender aos anseios do público diversificado esperado para o evento. Foram organizadas atividades em diferentes áreas temáticas, tais como: educação, agrárias e ambiental, administração, humanas, ciências da computação, saúde, tecnologia e inovação e muitas outras. Em virtude da pandemia do Coronavírus muitas atividades acontecerão no formato virtual, até que sejam permitidas as atividades presenciais. A III Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do IFNMG - Campus Araçuaí (III SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí) será desenvolvida com o intuito de fomentar a divulgação de trabalhos de pesquisa junto à comunidade acadêmica e extramuro, promover ações de integração entre pesquisadores de outras instituições de pesquisa e atualizar o conhecimento acerca de futuras parcerias para o desenvolvimento da pesquisa a nível regional. O evento terá sua culminância no período de 04 a 08 de outubro de 2021, no IFNMG – Campus Araçuaí, contemplando ainda diferentes atividades estabelecidas num prazo de seis meses, a partir da data de culminância do evento. Serão realizadas palestras, mesas redondas e workshops relacionados com a pesquisa científica e tecnológica para estudantes, pesquisadores e comunidade em geral, além de minicursos de cunho científicos e mostra dos trabalhos acadêmicos. Um destaque da SNCT deste ano são as atividades focadas na educação empreendedora. Uma maneira de fomentar o empreendedorismo, impulsionar a inovação e promover soluções criativas. Também é importante para o desenvolvimento de competências que ajudam no gerenciamento de empresas. A educação empreendedora pode estar inserida em todos os níveis de ensino e, quanto mais cedo for abordada, melhor. A realização da SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí corrobora com o efetivo processo de interiorização da universidade pública, principalmente em regiões de elevadas demandas em todos os segmentos socioeconômico como é no semiárido mineiro, compreendendo uma das regiões mais carentes de Minas Gerais. Esse projeto de evento de ciência e tecnologia possibilita ao IFNMG, como instituição pública de ensino superior, assumir, de fato, o lugar e os meios de se tornar agente solidário da sociedade mineira e nacional. Neste contexto, o IFNMG se desponta como um promissor centro de produção Científica regional, participando diretamente dos arranjos produtivos locais e colaborando com o reconhecimento das potencialidades e desenvolvimento das vocações regionais. Por fim, a SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí oferecerá oportunidades de discussões sobre os rumos da C&T, principalmente nas regiões norte e nordeste de Minas Gerais, sendo as discussões pautadas no tema “Transversalidade da CT&I”. A metodologia do evento consistirá em gerenciar e planejar a disposição dos horários de apresentações e exposições dos trabalhos acadêmicos, bem como as demais atividades contempladas no evento. Por fim ressalta-se algumas atividades destaque que farão parte da proposta: 3° Wi-Sci; 2° Edutech; KaiauMaker; 2° Maratona Inovac; 2° Ciclo de Palestras da Agro (EAA e Agroecologia); Projeto: As potencialidades do Vale; Projeto: Minha baia, minha vida; Projeto: Vale-Fish; COVID-19 em foco. Atenção especial será dada ao plano de como fazer a melhor divulgação do evento. A divulgação da SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí será dirigida para um público prioritário por isso será necessário ter uma estratégia de produção de conteúdo bem definida para que a mensagem chegue às pessoas certas. Dessa forma, a divulgação do evento seguirá o que foi contemplado no plano de comunicação demonstrado. Para obter êxito total na organização do evento, primeiramente preparou-se um checklist, do que deve ser feito para a programação científica do evento, de modo que nada passasse despercebido. A definição dos espaços de apresentação foi planejada previamente, de acordo com a capacidade de participantes e quantidade de apresentações que serão feitas no evento. Definiu-se com antecedência as salas e locais de apresentação, sendo este um pré-requisito para o planejamento. Após ter os locais definidos foi o momento de partir para a programação dos horários, que se encaixou perfeitamente com a programação geral do evento. Cuidados foram tomados para os horários de apresentação não coincidirem com as atrações principais do evento e também permitir um horário que a maioria dos participantes possam acompanhar as apresentações. Optou-se na metodologia do evento por criar as trilhas de apresentações por áreas temáticas. Isso facilita para que o público do evento compareça as apresentações de sua área de interesse, tanto com horários próximos como em áreas próximas do evento. Portanto na hora da criação das trilhas por tema foi importante levar em consideração os locais próximos e horários para concentrar um mesmo tema ou temas relacionados. No último dia do evento será realizada a avaliação do evento, onde será obtido feedback dos participantes. Esta etapa tem por objetivo saber quais são as expectativas dos participantes do s evento e constatar se elas foram atendidas e saber o que agradou.
  • Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Elibio Leopoldo Rech Filho

Ciências Biológicas

Genética
  • inct biologia sintetica
  • A atividade econômica abastecida pela pesquisa e inovação em ciências biológicas, denominada “bioeconomia”, constitui um segmento de rápido crescimento no mundo, direcionando substanciais benefícios sócio-econômicos. Esta proposta trabalha a “bioeconomia” pela rota de biologia sintética e possui dois escopos de interesse do país. O primeiro é o desenvolvimento econômico e tecnológico e o segundo é de preservação ambiental e agregação de valor a biodiversidade. Ao longo das ultimas décadas de pesquisa, o desenvolvimento de ferramentas cada vez mais acuradas e rápidas para obtenção e uso de dados biológicos, trouxeram-nos mais perto do limiar de um futuro, até então, inimaginável: plantas adaptadas a condições adversas, produtos alimentares desenhados para atender às necessidades alimentares específicas, combustíveis líquidos produzidos diretamente a partir de CO2, plásticos biodegradáveis, a partir de biomassa, biossensores para monitoramento em tempo real das plantações, ambiente e saúde, biofábricas de drogas e moléculas sintéticas para a saúde. Cada vez mais a pesquisa científica e tecnológica está empenhada em intensificar as abordagens multidisciplinares, para soluções dos mais exigentes desafios sociais e econômicos, que deverão afetar profundamente o futuro. Os avanços da bioeconomia dependem da expansão das tecnologias emergentes, como a genômica, proteômica e metabolômica (estudo sistematizado e manipulação de vias metabólicas), bioinformática (ferramentas computacionais para a análise de “big data” de origem biológica) que formam o fundamento para a biologia sintética (a edição de genomas, rotas metabólicas e engenharia de plantas e microrganismos). Para ser bem sucedido e contínuo desenvolvimento, a bioeconomia deverá buscar a geração constante de novos processos e produtos que atendam às necessidades nacionais e globais de competitividade e sustentabilidade. O Brasil aloca uma das biodiversidades mais ricas do mundo, sendo um membro do grupo composto por 17 países megadiversos. Desta forma, o país é especialmente responsável por uma mudança de paradigma. Estabelecer áreas de proteção tem sido um dos instrumentos mais eficazes para a conservação da biodiversidade. O Brasil tem agido de forma inovadora na preservação de áreas protegidas. O trabalho para a preservação envolve o conhecimento da biodiversidade e a valoração desta, sem o tradicional processo extrativista de geração de riqueza. Entretanto, a biodiversidade constitui um sistema biológico complexo, que para ser estudado com base na agregação de valor, depende do uso intensivo e acelerado de avanços biotecnológicos na fronteira do conhecimento. A proposta do INCT-BioSyn inclui a biologia sintética como um desafio adicional, direcionado para a efetiva contribuição na preservação, uso sustentável e agregação de valor à biodiversidade, com foco no desenvolvimento de plataformas para engenharia da função gênica em plantas e microrganismos. Sabemos que o desenvolvimento de produtos de alto valor agregado estão diretamente relacionados com a utilização intensivo de conhecimento e altos padrões tecnológicos. Este fato indica que a utilização da biotecnologia avançada em seu sentido pleno constitui uma opção viável e uma ferramenta imprescindível para orientar o uso sustentável e desenvolvimento de produtos de alto valor agregado derivados da biodiversidade. O uso da biotecnologia desde a prospecção, genoma, metaboloma, engenharia da função gênica e desenvolvimento de ativos biotecnológicos, que possam fundamentar a futura geração de produtos e processos inovadores, implicará na coleta de alguns organismos, ou parte deles, como fonte de matéria-prima genética que permitirá a prospecção, caracterização, engenharia da expressão gênica e função usando biologia sintética e prova-de-conceito (investigação deve demonstrar a eficácia funcional de uma característica ou tecnologia no organismo alvo, a fim de reduzir o risco de falha do produto) e geração de plataformas tecnológicas transversais para plantas e microrganismos. Existem várias abordagens para a engenharia de sistemas biológicos sintéticos. A proposta do INCT-BioSyn, possui um formato de um sistema de “inovação aberta” e visa a geração da base bio-nanomolecular para uso da biologia sintética. Inicialmente, deveremos elencar recursos biológicos de plantas e microrganismos nativos e domesticados da biodiversidade utilizados comercialmente. A partir destes recursos será gerada uma base de dados genéticos nanoestruturais, que constitui o fundamento para estabelecer modelos operacionais com possíveis “espaço-biologia sintética”. A partir da compilação de partes da biodiversidade pode-se constituir unidades básicas construídas a partir de genes e proteínas ou seus fragmentos. As unidades básicas são definidas como um elenco de peças e circuitos com complexidade convergentes relativos aos sistemas biológicos complexos. Serão unidades básicas, aqui denominadas como “R-bions” (definidos como componentes nanomoleculares envolvendo unidades básicas programáveis, visando o dobramento e montagem de estruturas 3D de interesse). Os R-bions podem interagir para gerar unidades auto-montáveis, que podem combinar e organizar unidades básicas para produzir conjuntos e sistemas biológicos funcionais. Com esse amplo espectro de uso potencial nos diferentes setores de produção, a proposta do INCT-BioSyn deverá concentrar no desenvolvimento de provas de conceito e geração de modelos de plataformas transversais, para geração de base de dados dinâmicas e integrativas de recursos biológicos, incluindo genomas, metagenomas, metaboloma, produção R-bions, peças e circuitos biológicos, encapsulamento e compartimentalização funcional em sistemas de expressão de plantas e microrganismos, visando e engenharia da função gênica, associados a descrição de como envolvendo o desenvolvimento de inovação relacionada a agregação de valor a biodiversidade.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 25/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Eliene Barbosa Lima

Ciências Humanas

Educação
  • o cálculo diferencial e integral: uma análise das tentativas de sua escolarização
  • Este projeto tem como objetivo analisar debates que intentaram incluir o Cálculo Diferencial e Integral como conteúdo escolar a partir da Reforma Benjamin Constant até os dias atuais. Isso porque, pelo menos desde essa Reforma, há tentativa de escolarização do Cálculo Diferencial e Integral no então curso secundário. O que se seguiu a esse tempo foram debates e muitas discussões com o intuito de trazer o Cálculo Diferencial e Integral para o nível não universitário. Tendo em vista essas tentativas e argumentações as mais diversas sobre a inserção do Cálculo Diferencial e Integral em nível escolar, este projeto norteia-se pela seguinte questão: Por que o Cálculo Diferencial e Integral não se consolidou como um conteúdo da disciplina escolar Matemática? O insight inicial deu-se a partir dos resultados alcançados sobre o ensino de cálculo diferencial e integral no âmbito do ensino superior, durante o desenvolvimento do projeto de pesquisa, de cunho histórico, intitulado “Tecendo o processo histórico de profissionalização docente, no âmbito da matemática, nos seus diferentes níveis de formação na Bahia, de 1925 a década de 1980”, fomentado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), mediante aprovação no Edital da Chamada Universal MCTI/CNPQ n. 01/2016.
  • Universidade Estadual de Feira de Santana - BA - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Eliete Neves da Silva Guerra

Ciências da Saúde

Odontologia
  • modulação do processo de reparo em modelos pré-clínicos de osteorradionecrose
  • Estudos recentes da atividade de inibidores naturais da via PI3K-PTEN-AKT-mTOR mostraram aumento da proliferação e migração celular. Com isso, sugere-se que a aplicação tópica de compostos farmacológicos derivados da Curcuma longa possa apresentar efeitos vantajosos para a regeneração epitelial em lesões de pele, mucosa e tecido ósseo. No osso irradiado, a fotobiomodulação foi capaz de controlar a resposta inflamatória, aumentar a vascularização tecidual e acelerar o reparo ósseo. Assim, esse projeto tem como objetivos estabelecer modelo in vitro de osteorradionecrose com co-cultura celular de osteoblastos e fibroblastos para analisar a modulação do reparo ósseo pós-terapia com curcumina e fotobiomodulação. Em seguida, pretende-se transpor essa análise para estudos in vivo, com modelo em animal. Metodologia: Etapa 1- Estabelecer modelo in vitro de osteorradionecrose utilizando co-cultura celular de osteoblastos e fibroblastos gengivais, induzida por bactéras e radiação ionizante. Avaliar os efeitos da curcumina e fotobiomodulação, analisando a morfologia, a viabilidade e migração celular, produção de células-tronco progenitoras, bem como a expressão gênica de citocinas inflamatórias e proteínas da via PI3K-PTEN-AKT-mTOR. Etapa 2- Estabelecer modelo de osteorradionecrose in vivo animal para avaliar a reposta óssea tecidual após extração dentária e irradiação ionizante com e sem tratamento com curcumina e fotobiomodulação; análise clínica e de imagem, histológica e molecular, analisando o aumento da produção de células-tronco progenitoras e a expressão gênica e proteica de citocinas inflamatórias e dos componentes da via PI3K-PTEN-AKT-mTOR no processo de reparo. Resultados esperados: A investigação inédita de modelos pré-clínicos de osteorradionecrose, bem como a avaliação dos efeitos de moduladores do reparo ósseo poderão contribuir para o aprimoramento de terapias, impactando na qualidade de vida dos pacientes oncológicos e na redução de gastos públicos.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Eliete Zanardi Lamardo

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • o papel da matéria orgânica na biodisponibilidade de contaminantes orgânicos na coluna d’água e avaliação do risco ecológico em estuários com diferentes perfis de uso
  • A matéria orgânica (MO) é um emaranhado de estruturas complexas que não são totalmente elucidadas pela comunidade científica. Devido a esta complexidade, a interação da MO com os contaminantes no meio aquático ainda é pouco estudada. Entretanto, sabe-se que a MO tem um papel fundamental no transporte, biodisponibilidade e potencial tóxico dos contaminantes. Esta proposta visa investigar a hipótese de que a qualidade da matéria orgânica altera a biodisponibilidade dos biocidas usados em tintas anti-incrustantes e dos HPA. Estes compostos causam efeitos adversos aos organismos e ambos estão relacionados com atividades náuticas. Apesar de decorridos 2 anos do acidente com óleo que atingiu a costa brasileira, o legado deste evento (HPA) ainda é observado, principalmente na região de Tamandaré (PE). Este estudo propõe a caracterização da MO em 4 estuários brasileiros, através de suas propriedades ópticas, da composição elementar, e razões isotópicas do C/N. A ampla diversidade dos constituintes da MO está diretamente relacionada com os principais aportes, com as características físicas e químicas de cada ambiente, além de interferir na biodisponibilidade de contaminantes. Esta biodisponibilidade será avaliada por meio de amostradores passivos de borrachas de silicone e em ostras transplantadas para o local de estudo, comparando com o tipo de MO presente. Os efeitos dos estressores sobre os organismos transplantados serão medidos através de biomarcadores bioquímicos. O uso de amostradores passivos que integrem uma base temporal, concomitante com a avaliação de efeitos, traz um conhecimento sobre a saúde e de processos ambientais relevantes. Por fim, a sucessão ecológica dos organismos incrustados nos amostradores será avaliada e correlacionada com a capacidade sortiva dos mesmos. Este entendimento conduzirá à avaliações de riscos ecológicos e confecção de mapas de sensibilidade.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Eliezer Jesus de Lacerda Barreiro

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • inct de fármacos e medicamentos
  • Este projeto representa o avanço substancial do atual Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Fármacos e Medicamentos (INCT-INOFAR), e se propõe a prosseguir a bem sucedida iniciativa do atual INCT-INOFAR. A proposta se enquadra na área estratégica de Saúde e Fármacos, do edital 016/2014 do CNPq, tendo como principais objetivos consolidar e aprimorar a plataforma para desenvolvimento de novos fármacos e medicamentos, dedicada à inovação radical e incremental, agregando competências acadêmico-científícas e empresariais. Esta proposta objetiva avançar nas ações interativas construídas entre os segmentos universidade e empresa, ao longo do atual projeto em vigor, de maneira a viabilizar iniciativas de translacionalidade que permitam colher os frutos dos esforços de pesquisa realizados até aqui. Estas ações propiciaram a identificação de novas moléculas orgânicas sintéticas, autênticas candidatas a novos fármacos de distintas classes terapêuticas, completando os estudos de fase pré-clínica e espera-se atingir a fase clínica nos subprojetos mais avançados em termos de resultados que compõem esta proposta. Ademais, agregando novos laboratórios associados, pretende-se integrar competências chaves as pesquisas em andamento, em distintas fases, e identificar novos candidatos a fármacos, que prossigam rumo à plataforma pretendida. Obedecendo o edital, a presente proposta apresenta todos os itens sequenciados como lá indicados. Em virtude do limite de espaço e em conformidade com a determinação do Edital (30 páginas) e à amplitude de uma propoosta para um INCT, estão disponíveis na página do portal do atual INCT-INOFAR, na aba “Proposta-2014” (Proposal-2014), informações referentes à bibliografia citada no projeto, com link para acesso direto e no item “Material Suplementar” informações adicionais, diversas, possivelmente uteis à avaliação da proposta. Cabe registro que tivemos grande dificuldade em categorizar as subáreas e especialidades desta proposta, face àquelas disponíveis no formulário on-line que não preveem o termo QUÍMICA MEDICINAL, área que melhor caracteriza a proposta em tela. Esta proposta se dedica à inovação farmacêutica radical, à incremental e à social, e propoem o aprimoramento e avanço das atividades de divulgação e popularização das ciências dos fármacos e medicamentos. A complexidade da cadeia da inovação farmacêutica, estudada por muitos especialistas, evidencia seu caráter inter- e multidisciplinar, especialmente necessário ao seu pleno domínio em saber-fazê-la. Dentre as disciplinas imprescindíveis estão a Química Medicinal e a Farmacologia, representando as áreas da Química e da Biologia conforme aludiu Arthur Komberg, Nobel de Medicina. Em consonância com o estado da arte dos temas de estudos eleitos neste INCT-INOFAR, ênfase será dada à identificação de novas substâncias de interesse farmacêutico (inovação farmacêutica radical) para o tratamento de doenças crônicas degenerativas não transmissíveis (e.g. cardiovasculares, inflamatórias, metabólicas e câncer), além de parasitoses negligenciadas (e.g. leishmaniose e Chagas). A priorização das doenças alvo nesta proposta, baseia-se no avanço dos estudos até então conduzidos no atual INCT-INOFAR, que lograram identificar compostos promissores como protótipos de novos fármacos cardioativos, anti-inflamatórios, antidiabéticos, anticâncer e leishmanicidas. Resultados preliminares nos motivaram a incluir o estudo de novos compostos úteis para o combate à dependência química, especialmente à cocaína, caracterizando uma iniciativa de inovação radical de cunho social. No que se refere à inovação farmacêutica incremental, pretende-se adotar, como parte das estratégias de definições temáticas dos esforços de pesquisa, o estudo de rotas de síntese de fármacos genéricos atuais ou futuros - de relevo para empresas do setor ou de interesse econômico para o SUS. A demanda originária de empresas farmoquímicas ou farmacêuticas, parceiras, motivadas por projetos de iniciativas governamentais ou não, contarão com a capacitação técnica e acadêmica-científica deste INCT-INOFAR, que analisará a melhor estratégia para viabilidade e exequibilidade temporal da proposta. Ademais, foi possível articular a aproximação de empresa farmoquímica parceira (Nortec Química) com a Diretoria de Metrologia da Saúde (DIMAV) do Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro) para a implantação de unidade química de escalonamento, em condições de garantia de boas práticas laboratoriais, em área física daquela instituição federal e com apoio do Ministério da Saúde, para dirimir um importante gargalo da cadeia de inovação farmacêutica no País, diagnosticado pelo INCT-INOFAR que será co-partícipe ativo nesta iniciativa. No ambiente da inovação incremental, o INCT-INOFAR estudará rotas de síntese de novos fármacos genéricos sem produção no País e aqueles com proteção patentária vencida ou a vencer, que representem relevantes oportunidades de negócios. Pretende-se ainda ampliar o foco de atuação para estudar a verticalização de rotas de síntese de intermediários de insumos farmacêuticos ativos (IFA) estratégicos e otimizar as rotas sintéticas estudadas em termos de seus eventuais impactos ambientais, em consonância com os princípios de química verde e sustentabilidade. Outrossim, as atividades de popularização e divulgação da ciência serão realizadas nos moldes do atual INCT-INOFAR, com a ampliação dos projetos de confecção de material didático sobre o uso racional de medicamentos e seu adequado descarte, e sua divulgação, de forma interativa, em colégios do ensino fundamental e médio, através de convênios de colaboração firmados com as Secretarias de Educação municipal e estadual, respectivamente, além da realização de seminários e palestras no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR), a fim de fomentar vocações científicas e contribuir para na formação de licenciados em Química, nesta região carente do país.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Elisa Henning

Engenharias

Engenharia Civil
  • métodos estatísticos e de aprendizado de máquina para análise do consumo de água em edificações
  • Este projeto propõe a aplicação de métodos estatísticos e de aprendizado de máquina para análise do consumo de água em edificações. O processo envolverá a investigação de fatores intervenientes no consumo de água, incluindo aspectos sociais, demográficos, econômicos, construtivos das edificações e hábitos de consumo dos usuários. Situações de estresse hídrico e a presença de políticas públicas para promoção do uso racional de água também podem ser incluídas na análise. Serão analisadas diferentes tipologias de edificações, como residências unifamiliares e multifamiliares, unidades comerciais e de serviços, pois diferentes tipologias requerem modelos distintos para análises inferenciais e preditivas. O método proposto também será aplicado em municípios do estado, considerando as peculiaridades do consumo de água urbano e as diferenças regionais.Em relação à abordagem estatística, esta proposta inova ao propor a aplicação de diferentes modelos de regressão, com a finalidade de captar a estrutura complexa dos dados. Propõe-se o uso de Modelos Lineares Generalizados, Ridge, Lasso, Regressão por Componentes Principais e por Componentes Parciais. Modelos de Regressão Geograficamente Ponderada, podem complementar a análise incorporando a estrutura espacial local. Com a modelagem estatística espera-se inicialmente identificar os fatores que potencialmente afetam o consumo de água e, numa etapa posterior, permitir análises preditivas. Nesse contexto preditivo, propõe-se a também a aplicação de métodos de aprendizado de máquina. Serão aplicados os seguintes métodos: Árvores de Regressão, Florestas Aleatórias e Regressão por Vetores de Suporte. A cidade de Joinville e o Estado de Santa Catarina serão utilizados como estudos de caso para as modelagens. Na cidade será possível avaliar as diferentes tipologias e no estado, diferentes municípios. Ao final, espera-se identificar os melhores modelos para cada caso.
  • Universidade do Estado de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Elisabete Frollini

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • materiais poliméricos bio-baseados: estudos visando contribuir com o avanço da bioeconomia circular no país.
  • Materiais inteligentes gerados a partir da biomassa contribuem para o avanço da bioeconomia circular, importante questão para o país. O escalonamento nesta área é crítico. Materiais funcionalizados, obtidos via processos que permitam transferência para larga escala serão o alvo deste estudo. Pretende-se investigar a formação de materiais bio-baseados, encorpados e filmogênicos, e aditivados visando propriedades específicas, inseridades no contexto de sustentabilidade. A investigação ocorrerá de acordo com:(i)sínteses de polímeros bio-baseados do tipo poliuretanos e epóxi, em moldes, sob temperatura e pressão, na presença de reforços oriundos de biomassa lignocelulósica em escala macro, micro e nano(ii)formação de compósitos híbridos reforçados por mantas de fibras de juta e de carbono recicladas, usando como matrizes copolímero acrilonitrila-butadieno-estireno ou resina poliéster(iii)formação de espumas de carbono a partir de lignina(iv)formação de hidrogéis a partir da desconstrução de biomassa lignocelulósica, ou de amido(v)formação de filmes baseados em amido com aditivações específicas(vi)síntese de poliuretanas bio-baseadas com simultânea formação de filmes(vii)preparação de mantas e membranas, constituídas por fibras submicrométricas e nanométricas, via eletrofiação e fiação por sopro, respectivamente, aditivadas, por exemplo com enzimas (aplicação em biocatálise)(viii)formação de biossurfactantes (BSs) a partir de caldo enzimático gerado por hidrólise de lignocelulósicos(ix)síntese de nanopartículas (NPs), por exemplo de ZnO, em meio de BS(x)síntese de nanopartículas a partir de microrganismos, pela rota intracelular e extracelular. BSs e NPs obtidos serão usados como aditivos nos materiais mencionados, visando agregar propriedades antioxidantes e antimicrobiana, ampliando em muito escala de aplicação dos mesmos. A experiência prévia da equipe nos temas apresentados assegura o desenvolvimento com pleno êxito da presente proposta.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Elisabete Galeazzo

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • estudo de dispositivos, sistemas de medição e estratégias para detecção de compostos orgânicos voláteis em baixas concentrações
  • Sensores de gás miniaturizados são assunto relevante devido à demanda por aplicações de baixo consumo de energia, resposta rápida e portabilidade. Aplicações concentram-se no diagnóstico médico e monitoramento ambiental, onde há o interesse na detecção de compostos orgânicos voláteis (VOCs) e de poluentes em baixas concentrações (ppm). Neste contexto, nanomateriais, especialmente os baseados em carbono (nanotubos, grafeno, etc) são candidatos a este tipo de detecção devido a sua estabilidade química, elevada área ativa, boa condutividade térmica e elétrica, entre outros aspectos. Apesar das vantagens, nanomateriais têm problemas como falta de seletividade e baixa sensibilidade para determinados tipos de VOCs em ppm. Configurações de dispositivos (matrizes de sensores) e técnicas de condicionamento de sinais podem ser alternativas viáveis para reduzir estes problemas. Medidas elétricas condutimétricas em corrente contínua (DC) desvendam o comportamento elétrico resistivo do nanomaterial na presença de gases; análise no domínio da frequência (incluindo micro-ondas) podem explorar também características capacitivas, estabelecendo as melhores condições de operação do sensor para melhorar sua seletividade. Sinais oriundos de técnicas de condicionamento podem, ainda, serem processados matemática e computacionalmente para extração de características usadas em algoritmos de reconhecimento de padrões, melhorando a detecção e discriminação de espécies gasosas. Em resumo, a detecção de VOCs em ppm depende de: desenvolvimento de nanomateriais e dispositivos, combinação de técnicas de medição e condicionamento de sinais, e implementação de técnicas computacionais para otimização de parâmetros de sensoriamento. Neste contexto, pretende-se estudar e combinar estes campos de pesquisa para desenvolver dispositivos miniaturizados capazes de detectar e destacar ppm de VOCs, permitindo seu uso de maneira eficiente e pouco invasiva em aplicações médicas e de monitoramento ambiental
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Elisabetta Santoro

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • o ato de fala do pedido na perspectiva da pragmática cross-cultural: x-spear, um banco de dados multilíngue para a pesquisa e o ensino
  • O Grupo de Pesquisa “Pragmática (inter)linguística, cross-cultural e intercultural” (GPP - www.gppragmatica-usp.com) dedica-se a estudar atos de fala para compreender as implicações de determinados fenômenos na análise de múltiplas línguas e culturas. Este projeto tem como objeto de estudo o ato do pedido, por ser um Face Threatening Act de alta frequência, sensível às variações culturais. Investigará, em perspectiva cross-cultural, estratégias e elementos moduladores presentes na realização desse ato em contextos variados. Material existente e novas coletas serão reunidos em um banco de dados multilíngue, acessível on-line à comunidade científica, a partir do qual serão criadas sequências didáticas que promovam a competência intercultural e (meta)pragmática no ensino/aprendizagem de línguas. Com efeito, expressar-se de maneira pragmaticamente inadequada pode dar origem a “mal entendidos” na comunicação intercultural (THOMAS, 1983) e a análise cross-cultural da linguagem, como atividade cognitiva e discursiva, permite descobrir convergências e divergências, favorecendo interações mais eficazes. A hipótese é que a investigação das escolhas linguísticas possibilite identificar padrões de funcionamento de cada língua e traços característicos de cada cultura. Pela importância de analisar esses padrões a partir de comparações com mais de duas línguas (VERSCHUEREN, 2016), foi decidido contemplar um maior número de idiomas, incluindo diferentes variedades de português, italiano, espanhol, alemão e mandarim, entre outros. Na fase de coleta de dados, serão utilizadas gravações e transcrições de Role Plays e Real Plays (COHEN, 1996), além de Written Discourse Completion Tasks (WDCTs). Com a taxonomia do GPP (SANTORO, 2017), os pedidos serão anotados por meio do software Atlas.ti e submetidos à análise estatística. Multiple Choice DCTs, caracterizados por um grau mais elevado de controle, e questionários de percepção garantirão a triangulação dos dados.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 13/06/2022-30/06/2025
Foto de perfil

Elisan dos Santos Magalhães

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • modelagem multifísica de processos de soldagem usando cuda-c
  • Apresenta-se neste projeto uma proposta para modelagem multifísica aplicada a análise térmica 3D de processos de soldagem. A proposta considera a análise em quatro frentes, o problema térmico, fluido dinâmico, eletromagnético e o problema inverso. Um dos principais problemas que inviabiliza esse estudo multifísico em três dimensões é o custo computacional. Atualmente, o uso de clusters de CPU reduziu consideravelmente o tempo computacional. No entanto, o custo para se ter acesso a um cluster de alta potência é inviável para jovens pesquisadores e grupos emergentes. Uma alternativa mais barata, eficiente, e que vem se popularizando no exterior é o uso de computação paralela em GPU (Graphic Process Unity). O uso do processamento paralelo de uma GPU de alta potência pode replicar o mesmo resultado que um cluster de centenas de milhares de Dólares em um tempo computacional equivalente. No entanto, a diferença principal é que o custo do GPU é apenas uma fração dos clusters. Dada essa vantagem, esse projeto propõe a utilização de GPU para resolução do problema proposto. Para isso, um código computacional na linguagem CUDA-C será desenvolvido para solução do problema proposto em GPU. O software será validado a partir de dados experimentais que serão coletados por instituições parceiras. Como consequencia direta da aprovação deste projeto será criado o Laboratório de Engenharia Térmica Aplicada (LETA) no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Esse laboratório visa suprir uma carencia identificada pelos integrantes da proposta relacionada a área de estudo de energia no ITA.
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Elisete Ana Barp

Outra

Divulgação Científica
  • 10ª mostra científica da região do contestado de santa catarina –mocisc
  • A Mostra Científica da Região do Contestado de Santa Catarina - MOCISC, promovida pela Universidade do Contestado em parceria com o CNPq/MCTI, desde 2011, tornou-se uma referência nas escolas da região de abrangência da UnC, localizada no centro oeste, planalto norte, planalto central e meio-oeste de Santa Catarina. Na sua área de abrangência, a MOCISC incorporou as Feiras Interdisciplinares e as Feiras de Matemática realizadas nas décadas de 80 e 90, tornando-se um evento científico de grande importância para a formação Científica de alunos de 33 municípios de SC. O objetivo deste evento é estimular professores e alunos da Educação Básica na condução de trabalhos de iniciação científica em todos os níveis e contribuir significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico e inovação, nas diferentes áreas do conhecimento. Em função da Pandemia da COVID-19, em 2020 as atividades da foram suspensas. Em 2021, a etapa final da 10ª MOCISC está programada para acontecer no dia 29/10/2021, na modalidade híbrida em duas etapas: a primeira é realizada nas escolas de forma presencial, e a etapa final, a qual será presencial, no auditório da UnC em Concórdia, com transmissão pelo canal da UnC no YouTube. Como nas edições anteriores, para 2022 propõe-se a realização de cinco etapas classificatórias e uma etapa final, onde são selecionados os alunos bolsistas do MCTI/CNPq e trabalhos que participarão das Feiras, das quais a MOCISC é afiliada. Para os alunos bolsistas, a UnC disponibiliza, para cada trabalho, um professor orientador. Destaca-se também a realização de cursos preparatórios para professores. Na perspectiva de dar continuidade ao evento, consolidado em toda região e aguardado por alunos e professores, apresenta-se a proposta de realização da 10a. MOCISC.
  • Universidade do Contestado - SC - Brasil
  • 10/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Eliseth Ribeiro Leão de Andrade Silva

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • e-naturezank - resposta imunológica e estados afetivos de indivíduos 50+ após contato direto e indireto com a natureza: ensaio clínico randomizado.
  • Em 2025, o Brasil deverá ser o sexto país do mundo em população idosa, atingindo 41,5 milhões em 2030, demandando maior investimento em estratégias preventivas e coletivas para envelhecimento saudável, maior qualidade de vida e menor sobrecarga dos sistemas de saúde. Embora diversos benefícios do contato com a natureza para a saúde física e mental sejam apontados, poucos estudos investigam o seu efeito sobre o sistema imunológico, como os que apontaram aumento significativo de atividade de células NK e linfócitos T em adultos frequentadores de florestas japonesas. Ainda, existem poucos ensaios clínicos randomizados sobre intervenções baseadas na natureza e nenhum fora da Europa e Ásia. Mesmo sabendo que o envelhecimento do sistema imunológico é inexorável, o contato com a natureza pode ser uma abordagem não farmacológica para retardar tal declínio, tanto de maneira direta, quanto indireta, pois um estudo realizado por alguns pesquisadores desse grupo evidenciou que a visualização de imagens de natureza gera emoções positivas, que podem influenciar no sistema imunológico. Assim, propomos este ensaio clínico controlado randomizado para comparar o impacto do contato com a natureza sobre o sistema imunológico de indivíduos com mais de 50 anos em dois grupos: intervenção direta realizada em ambiente natural, com ênfase na apreciação direcionada pelos sentidos e intervenção indireta, com visualização de imagens digitais da natureza. Também serão avaliados estados de ânimo pelo Profile of Mood States (POMS), perfil imune solúvel por ensaio multiplex (21 analitos presentes no plasma, cobrindo atividades inflamatórias e anti-inflamatórias), perfil imune celular por citometria de fluxo multiparamétrica (linfócitos T CD4+, CD8+, duplo negativos e NKT) e seu estado de ativação, potencial funcional (citocinas, moléculas líticas e quimiocinas) e status da memória, além de subpopulações de monócitos, macrófagos e células dendríticas).
  • Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Élison Fabrício Bezerra Lima

Ciências Agrárias

Agronomia
  • tripes (insecta: thysanoptera) de importância econômica de ornamentais no brasil: identificação morfológica e molecular como subsídio ao manejo
  • A produção de flores e plantas ornamentais constitui um dos mais novos, dinâmicos e promissores segmentos da agricultura brasileira. As taxas de crescimento do setor estão em torno de 10% ao ano, e geram cerca de R$ 1,5 bilhão/ano. A sustentação econômica da atividade é garantida pelo vigor do mercado interno, mas alguns dos principais entraves à exportação são os problemas fitossanitários. Os tripes (Thysanoptera) constituem um dos mais importantes insetos-pragas dessas culturas. Seu pequeno tamanho, em geral entre 0,5 e 2 mm de comprimento, associado à alta capacidade reprodutiva e fácil dispersão, permitem a esses insetos rápida infestação de áreas de cultivo. Nos últimos anos, houve um aumento no número de registros de danos causados por tripes em plantas ornamentais no Brasil. A alimentação desses insetos em folhas e pétalas pode formar manchas prateadas, além de pontos negros da deposição de fezes, ou transmissão de vírus, que depreciam o valor comercial e em alguns casos impedem a venda. Nesta proposta, investigaremos pela primeira vez quais as espécies de tripes ocorrem em ornamentais no país por meio de amostragens nos principais cultivos, como de asteráceas, orquídeas, rosas, floricultura silvestre, mudas para jardim, folhagens e espécies arbóreas. Disponibilizaremos guias de identificação das espécies pragas e descreveremos os danos causados por esses insetos. Uma vez que tripes de ornamentais em geral envolvem grupos diversos e de difícil identificação morfológica, incluiremos informações anatômicas e o uso da técnica do DNA Barcode que permitirão um reconhecimento preciso e ágil por órgãos de inspeção sanitária, produtores e empresas. Essas informações terão relevância básica e aplicada, resultando em estudos de identificação de um grupo de insetos de interesse econômico ao mesmo tempo em que constituirão um passo fundamental em direção ao manejo integrado de pragas ou à aceleração de medidas fitossanitárias caso pragas exóticas ingressem no Brasil.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 02/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Eliza Mitiyo Morinaka

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • website da literatura brasileira traduzida: internacionalização, educação e acessibilidade
  • O objetivo deste projeto de pesquisa é criar um amplo portal eletrônico com informações sobre a presença da literatura brasileira no exterior, mirando, inicialmente, a tradução para a língua inglesa. Como exemplos de websites similares temos o “Dicionário de Tradutores Literários no Brasil”, da UFSC, e “Poesia Traduzida no Brasil”, da UnB, que têm como foco a literatura estrangeira traduzida no Brasil, e o portal “Literatura brasileira e transnacionalidades”, do IFRS, que apresenta um catálogo de obras brasileiras traduzidas para o inglês. Nosso portal, o Website da "Literatura Brasileira Traduzida", se diferencia dos demais, pois será mais abrangente e abrigará: a) pesquisas relevantes sobre a literatura brasileira traduzida para o inglês que não estão digitalizadas ou estão dispersas em diferentes repositórios; b) pesquisas sobre a tradução de obras brasileiras para outras mídias; e c) pesquisas na interseção entre literatura, acessibilidade, tecnologia assistiva, educação e formação de professores. Além disso, nosso projeto gerará os seguintes produtos: a) um acervo de biografias dos tradutores da literatura brasileira para o inglês; b) entrevistas com tradutores, editores e pesquisadores; e c) audiolivros da literatura brasileira traduzida para o inglês. O website terá as seguintes seções: 1. Lista de autores, tradutores e obras brasileiras traduzidas para o inglês com todas as informações catalográficas e links para indicar as redes associativas; 2. Biografia de tradutores da literatura brasileira; 3. Entrevistas; 4. Pesquisas acadêmicas; e 5. Audiolivros de obras brasileiras traduzidas para o inglês. A principal contribuição do website será reunir um vasto material para aprofundar o conhecimento sobre a literatura brasileira traduzida, os tradutores e o papel da tradução no contexto formativo e educacional. Além disso, enquanto obra de referência, o website é um instrumento fundamental de ciência básica para quem faz pesquisas na área dos Estudos da Tradução.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Elizabeth do Nascimento

Ciências da Saúde

Nutrição
  • crononutrição e utilização de partição de extrato vegetal como alvos de investigação no comportamento alimentar e metabolismo de ratos com obesidade induzida por dieta
  • A proposta do projeto envolve uma pesquisa pré-clínica com uso de uma dieta indutora de obesidade em ratos e restrição do tempo de alimentação, associados ou não ao uso da partição do extrato hidroetanólico de partes aéreas de Parkinsonia. aculeata (originária do semiárido nordestino) para avaliar repercussões fisio-metabólicas, comportamentais e expressão de genes osciladores circadianos responsáveis pelo pelos ritmos biológicos a exemplo do metabolismo e comportamento alimentar. As manipulações envolvem duas áreas emergentes na pesquisa nutricional: a crononutrição e o uso de extratos de plantas com fins terapêuticos para prevenção ou tratamento de doenças metabólicas crônicas. A P. aculeata faz parte da sabedoria popular, mas necessita de maior embasamento científico para sua aplicação. Estudos prévios publicados por membros da equipe mostraram alterações fisio-metabólicas e comportamentais consequentes ao uso da dieta e da restrição alimentar, bem como, efeitos positivos da P. aculeata sobre o metabolismo glicêmico e lipêmico em animais. Portanto, pretende-se avaliar: mudanças comportamentais (alimentar e locomotora), alterações na composição corporal, parâmetros bioquímicos, expressão de proteínas intracelulares e genes osciladores controladores de vias metabólicas relacionadas ao comportamento alimentar no hipotálamo e tronco encefálico, além de tecidos periféricos como o adiposo, o fígado e músculo esquelético. Com base em evidências prévias da equipe e da literatura em geral, a hipótese do estudo é que o extrato de P.aculeata reverterá as alterações relacionadas ao metabolismo energético a partir da modulação na expressão de genes osciladores circadianos, bem como, da expressão de proteínas e neuropeptídeos relacionados. A execução do projeto propiciará um estudo pioneiro e original neste campo do saber, contribuindo para o avanço da ciência da nutrição e de terapias alternativas no combate à obesidade e suas comorbidades.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025