Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alexandre Ferreira do Nascimento

Ciências Agrárias

Agronomia
  • sistemas integrados: adaptação e mitigação às mudanças do clima
  • Sistemas de integração envolvendo lavoura, pecuária e floresta (ILPF) vêm ganhando mais espaço no setor agropecuário nacional ao longo dos últimos anos como alternativa sustentável para a produção de grãos, carne e madeira. Além da sustentabilidade econômica e social, as modalidades de ILPF contribuem para a adaptação e a mitigação às mudanças do clima, em total alinhamento ao plano ABC+, lançado para alcance de metas do setor agropecuário até 2030 frente aos cenários climáticos. A mitigação das emissões de gases de efeito estufa (GEE) em sistemas ILPF ocorre principalmente pela remoção, em que o carbono (C) é estocado no solo e nos troncos das árvores. Além deste potencial, as modalidades com árvores também podem promover a adaptação, com potencial de diminuição nas temperaturas em relação às pastagens em monocultivo, melhorando ambiência animal. Como a capacidade de sistemas de ILPF em promover a adaptação e a mitigação é reflexo também da interação entre o solo e o clima, a validação das tecnologias passa necessariamente pela sua avaliação nos biomas brasileiros. Nesse sentido, o objetivo da presente proposta é avaliar o potencial de adaptação e de mitigação de sistemas de ILPF nas condições de solo e de clima do sul da Amazônia. O experimento a ser avaliado foi implantado com 10 tratamentos e 4 repetições em cerca de 70 ha há mais de 10 anos, com resultados parciais importantes sobre o efeito dos sistemas de ILPF no microclima e nos estoques de C. Estações meteorológicas monitorarão as variáveis microclimáticas para medir o potencial de adaptação frente ao aumento da temperatura, indicando a potencial diminuição da temperatura com a inclusão de árvore no sistema. Para avaliar o potencial de mitigação serão avaliados os estoques de C até 100 cm de profundidade do solo e no fuste das árvores. Espera-se com este estudo recomendar sistemas agropecuários com potencial de adaptação e de mitigação às mudanças do clima nas condições de solo e de clima do sul da Amazônia
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Alexandre Fortes

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • obtenção, identificação, separação e efeito do processamento sobre compostos bioativos em alimentos: uma estratégia para o fortalecimento do ppgcta-ufrrj.
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 04/02/2020-03/02/2025
Foto de perfil

Alexandre Fortes

Ciências Humanas

História
  • história do trabalho na era digital: atualizando métodos e ferramentas
  • O Brasil ocupa papel de destaque no cenário internacional dos estudos históricos sobre o trabalho. A realização de seminários nacionais anuais por mais de vinte anos, com participação crescente de pesquisadores estrangeiros; o aumento da publicação de autores brasileiros pelos principais periódicos mundiais da área; os doze anos de atividade da Revista Mundos do Trabalho; a transformação do GT-Mundos do Trabalho em Associação Nacional de História do Trabalho demonstram o vigor desse campo de estudos no país. Paralelamente, aumenta a disponibilidade online de fontes primárias e recursos bibliográficos e ampliava-se o número de integrantes da comunidade de historiadores profissionais dedicados ao tema, com a expansão das universidades públicas e do sistema de pós-graduação. A despeito da consolidação do campo, a expansão das fontes e bibliografia em circulação e o aumento do número de especialistas têm imposto desafios à produção de balanços historiográficos capazes de orientar o desenvolvimento de pesquisas futuras. Ao mesmo tempo, a consistência, o volume e o reconhecimento internacional da qualidade da pesquisa brasileira em história do trabalho ainda não se refletiram em mudanças mais expressivas nas metanarrativas dominantes sobre a história do país. O vasto conhecimento gerado ao longo das últimas décadas sobre o papel ativo da classe trabalhadora na história brasileira continua a ser em grande medida ignorado pela mídia, em obras de síntese produzidas por historiadores para o grande público e em debates relevantes das demais ciências sociais. Este projeto, integrando centros de pesquisa e documentação de quatro universidades, pretende fazer uso da tecnologia digital para gerar as condições necessárias à produção de sínteses historiográficas atualizadas e abrangentes, facilitar o acesso de novos pesquisadores a acervos e instrumentos de apoio à análise e ampliar o impacto das iniciativas de história pública do trabalho no país.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025