Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Aluísio Jardim Dornellas de Barros

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • pesquisa epidemiológica baseada na internet: avaliação do perfil de saúde e de estratégias de pesquisa em um estudo longitudinal através da plataforma coortesnaweb
  • Introdução: As pesquisas epidemiológicas sempre contribuíram para importantes achados na área de saúde. Para traduzir tais achados em políticas públicas, é importante conduzir pesquisas epidemiológicas com alto rigor metodológico em vista de maximizar sua validade. Um fator que pode comprometer a validade desses estudos é o constante declínio nas taxas de resposta, o qual é influenciado por diversos fatores, entre eles o método de coleta de dados. Com o aumento do acesso à internet no Brasil, conduzir pesquisas epidemiológicas através da internet se mostra uma boa alternativa. A plataforma coortesnaweb foi desenvolvida com o objetivo de acompanhar longitudinalmente pela internet o perfil de saúde dos participantes da coorte de nascimentos de 1993 de Pelotas. Depois de seis meses, a taxa de resposta média foi superior a 50,0%. Apesar disso, a taxa de resposta para os questionários iniciais foi muito superior àquelas dos questionários aplicados no final do estudo. Dessa forma, novos desafios surgiram com relação à retenção e motivação desses participantes ao longo de todo o período do estudo. Objetivo: Expandir a plataforma coortesnaweb para atrair novos participantes através de métodos de recrutamento online e off-line, e integrar novos questionários interativos, componentes de gamificação, novas alternativas de lembretes e incentivos para manter os participantes motivados para responder os questionários em um estudo longitudinal conduzido através da internet. Métodos: Um aplicativo móvel será desenvolvido para estreitar a comunicação entre a plataforma coortesnaweb e seus usuários. Este aplicativo deverá ter acesso aos recursos visuais, sonoros e de sensores dos dispositivos móveis com o propósito de coletar dados de forma interativa, visando aumentar a motivação dos participantes. Além disso, elementos de gamificação serão adicionados à plataforma. Novos membros da coorte de nascimentos de 1993 de Pelotas serão convidados a se cadastrar na plataforma através de contatos feitos por meios online (e-mail e mídias sociais) e off-line (telefone, correio). Ao longo de seis meses, questionários eletrônicos serão liberados e os participantes convidados a responder. A taxa de resposta de cada questionário será calculada para avaliar a participação dos indivíduos.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aluiza Alves de Araújo

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • descrição do português oral culto de fortaleza - porcufort (fase ii): uma pesquisa em tempo real
  • Esta pesquisa se embasa na Sociolinguística Variacionista e propõe a construção de uma nova amostra de linguagem falada e culta que comporá a fase II do Projeto Descrição do português oral culto de Fortaleza – PORCUFORT (FASE II): uma pesquisa em tempo real, partindo da mesma estratificação social do projeto PORCUFORT – fase I, que é a seguinte: sexo (masculino e feminino), faixa etária (22 a 35 anos; 36 a 55 anos e 56 anos em diante) e tipo de registro (Diálogo entre Informante e Documentador – DID; Diálogo entre Dois Documentadores – D2 e Elocução Formal - EF). Ao todo, entrevistaremos 90 informantes que serão distribuídos da seguinte forma: 45 pessoas do sexo masculino e 45 do sexo feminino, 30 falantes em cada faixa etária e 30 em cada tipo de registro. A construção da nova amostra do PORCUFORT possibilitará, aos pesquisadores, a descrição e análise, em tempo real e em tempo aparente, de diversos fenômenos linguísticos nos diferentes níveis da variedade culta e falada em Fortaleza-CE. Ademais, a realização desta pesquisa fornecerá condições para a formação de novos pesquisadores.
  • Universidade Estadual do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alvaro Antonio Ochoa Villa

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • microgeração na refrigeração por compressão mecânica através da utilização de motor de combustão interna para uso remoto em processos de refrigeração para conservação de produtos alimentícios perecíveis
  • A refrigeração é necessária em diversas atividades de nosso dia a dia, portanto, sempre representa uma área importante na pesquisa e desenvolvimento do Pais. Na conservação de alimentos a refrigeração joga um papel vital para seu desenvolvimento, sendo que a refrigeração está atrelada ao consumo energético para seu funcionamento. Em lugares onde a eletricidade é precária e inacessível (como por exemplo regiões agrícolas isoladas do estado de Pernambuco, e outros setores no Nordeste do Brasil), assim como também nos setores de pesca artesanal, a refrigeração mecânica representa um duplo problema, já que não há suficiente (eletricidade) e/ou nenhuma, para o acionamento de sistemas de refrigeração, e também, o tempo de vida dos alimentos, já que dependem exclusivamente, de outros métodos, como conservação com gelo, para sua duração. Através da utilização de um sistema de microgeração de energia útil (energia de eixo) e utilizando biocombustíveis, pode-se chegar no sistema de refrigeração mecânica de forma remota que permita solucionar e/ou minimizar estes problemas, além de favorecer ao meio ambiente, devido à utilização de combustíveis renováveis e/ou não renováveis para a produção de frio. A ideia é dimensionar e testar um sistema de microgeração de energia útil de eixo e refrigeração por compressão mecânica através da utilização de motor de combustão interna para uso remoto em processos de refrigeração para conservação de produtos alimentícios perecíveis. A proposta do protótipo capaz de produzir energia mecânica de eixo para o acionamento direto de um sistema de refrigeração mecânica (compressor - balcão frigorífico) na conservação de alimentos perecíveis (verduras, pescados, outros). Desde o ponto de vista econômico, este sistema impulsionará o mercado nacional da produção de biocombustíveis, conservação de alimentos e peixes em zonas artesanais.
  • Instituto Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Álvaro Luiz Fazenda

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • computação em nuvem para a big-data em cidades inteligentes
  • O conceito de Cidades Inteligentes (Smart Cities) consiste no emprego de modernas técnicas de diversas áreas, em especial da Tecnologia da Informação e Comunicação, Engenharia Ambiental e Sanitária, Arquitetura, Urbanismo, Saúde, entre outros, para solucionar os principais desafios relacionados à melhoria da qualidade de vida e nas condições sócio-econômicas da vida cotidiana nas cidades. Para lidar com estes desafios, é necessário tratar de diferentes maneiras uma quantidade significativa de dados que podem ser obtidos das mais diversas formas, através de sensores que os coletam a partir de dispositivos baseados em Internet das coisas (IoT - Internet of Things). A velocidade, volume e variedade de dados passível de ser comumente coletado em ambientes urbanos é considerado grande demais para ser analisado por sistemas tradicionais, necessitando de técnicas de processamento e armazenamento de Big Data e, consequentemente, ser tratado por métodos especificamente desenvolvidos para este finalidade. Métodos para se lidar com big-data demandam, normalmente, arquiteturas computacionais com grande poder computacional, com diversas máquinas acopladas, grande quantidade de memória e de armazenamento, tal como a computação em nuvem (Cloud Computing). Neste projeto, planeja-se portar a plataforma InterSCity (Software livre desenvolvido e mantido pelo IME/USP como um framework para suporte a projetos em cidades inteligentes) para utilização da plataforma AWS (Amazon Web Services), desenvolvendo novas funcionalidades que permitam melhorar a usabilidade do sistema, disponibilidade e desempenho computacional em tarefas que envolvam a descoberta, interpretação e comunicação de padrões significativos nos dados (data analytics), incluindo métodos de aprendizagem de máquina. Além da plataforma InterSCity, também planeja-se executar o InterSCSimulator (simulador de cidades inteligentes também de código aberto e desenvolvido e mantido pelo IME/USP) no AWS para a geração de dados de testes dos novos serviços que serão desenvolvidos na plataforma InterSCity. O InterSCSimulator é capaz de simular um dia inteiro de uma grande cidade como São Paulo, porém isso demanda um alto poder computacional, o que torna o AWS um ambiente ideal para a execução de simulações de larga escala.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 14/09/2020-30/09/2022
Foto de perfil

Álvaro Luiz Moreira Hypolito

Ciências Humanas

Educação
  • trabalho docente, currículo e gestão
  • O objeto deste estudo é abranger três dimensões articuladas, a saber – Trabalho Docente, Currículo e Gestão, no sentido de compreender como as políticas curriculares afetam e são afetadas pelos modelos gerencialistas e quais seus efeitos sobre o trabalho docente. A ideia é capturar essas relações a partir de estudos sobre a BNCC e sua introdução na rede municipal de ensino; da análise dos modelos de gestão articulados na política educativa nacional e local, assim como efeitos dessas políticas sobre o trabalho docente – por meio da análise de projetos de plano de carreira e políticas de formação, e também a partir de dados produzidos e não analisados em outra investigação.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022