Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Everardo Magalhaes Carneiro

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • análise do mecanismo de ação do tudca sobre a função mitocondrial e integridade das membranas associadas à mitocôndria (mam) de ilhotas pancreáticas submetidas à restrição de aminoácidos em associação com ácidos graxos
  • A desnutrição é uma desordem metabólica que acomete cerca de 795 milhões de indivíduos em todo o globo, sendo decorrente da redução no aporte energético ou nutricional em uma determinada fase de vida. É sabido que a deficiência nutricional, durante o desenvolvimento e maturação, gera perturbações na comunicação, biogênese e função mitocondrial em diferentes tecidos de roedores e humanos, levando ao desequilíbrio do controle glicêmico e ruptura na homeostase energética, predispondo ao desenvolvimento da obesidade e Diabetes Mellitus do tipo 2 (DM2) na fase adulta. Nosso laboratório possui uma sólida linha de investigação, utilizando a restrição de aminoácidos, simulando um processo de desnutrição. Além disso também usamos a suplementação com o aminoácido taurina e derivados como TUDCA, objetivando a busca por alvos terapêuticos para tratamento destes distúrbios. O TUDCA, formado a partir da associação do UDCA a taurina, já demonstrou aumentar a biogênse mitocondrial e sobrevivência celular, e reduzir o estresse de retículo em diferentes tipos celulares. Além disto, foi observado que a administração de TUDCA preservou a morfofunção das células beta;, normalizando a secreção de insulina e aumentando a sensibilidade deste hormônio tanto em roedores quanto humanos obesos. Contudo, a ação terapêutica do TUDCA ainda não foi avaliada em roedores com obesidade desenvolvida posteriormente ao processo de desnutrição. Portanto, neste projeto caracterizaremos a ação do TUDCA, in vitro, sobre a função mitocondrial e integridade da MAM e seu potencial impacto terapêutico em ilhotas pancreáticas submetidas à restrição de aminoácidos em associação com ácidos graxos. A partir da caracterização das ações efetivas deste ácido biliar, in vitro, poderemos extrapolar para o modelo in vivo no desenvolvimento de uma possível ferramenta terapêutica com foco no controle e/ou tratamento da obesidade e comorbidades, quando da associação entre desnutrição e dieta rica em gordura.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Everardo Valadares de Sa Barretto Sampaio

Ciências Agrárias

Agronomia
  • implantação de rede de sítios de pesquisas ecológicas de longa duração no bioma caatinga
  • A pecuária é a principal atividade antrópica no bioma Caatinga. As alterações ecológicas que ela causa são, via de regra, de curso temporal lento, fazendo com que muitas sejam imperceptíveis quando analisadas na escala temporal convencionalmente praticada em pesquisas ecológicas no Brasil. Análises sistêmicas e especializadas de forma a permitir avaliações regionais da frequência, magnitude e intensidade das perturbações são imprescindíveis para adoção de práticas mais sustentáveis de manejo dos ecossistemas. Medir o impacto da herbivoría nos ciclos naturais de um ecossistema requer desenhos experimentais específicos para acompanhamento por longos períodos na mesma unidade experimental. Atualmente, na Caatinga, o número de estudos de longa duração é muito pequeno. A presente proposta foi elaborada por uma equipe que inclui vários grupos de pesquisa, de diferentes instituições, dedicados a temas relacionados ao uso sustentável do bioma Caatinga e visa obter recursos para garantir a implantação e acompanhamento inicial (três primeiros anos) da primeira rede de parcelas permanente para estudos ecológicos em áreas de uso pecuário no bioma Caatinga. O projeto contempla a implantação de 14 unidades experimentais objetivando o monitoramento dos efeitos da pecuária em uma análise de longa duração, sendo nove em Pernambuco, oito instaladas nas estações experimentais do Instituto Agronômico de Pernambuco e uma em Petrolina, no campo experimental da Embrapa Semiárido, acompanhadas por equipes destas instituições e da UFPE, ITEP e UFRPE. Adicionalmente, serão implantadas mais quatro unidades, no Ceará (UFC), Paraíba (APNE), Alagoas (UNEAL) e Sergipe (UFS). A proposta tem prazo para implantação e acompanhamento das parcelas durante 3 anos, mas elas foram desenhadas para analises ecológicas de longo prazo. Cada unidade consiste de parcelas de 625m2 em áreas de Caatinga densa e aberta (duas parcelas, com e sem exclusão de animais, em cada), e de pastagem (três parcelas, uma sem exclusão e duas com sendo uma cortada periódicamente e a outra para regeneração). Em cada parcela serão monitoradas as dinâmicas sazonais da fitossociologia e do acúmulo de biomassa total (incluindo necromassa e serapilheira) e forrageira, a fixação biológica de nitrogênio e as concentrações de C e N e as alterações na biologia dos solos. Também serão coletados dados agrometereológicos através do desenvolvidos e calibração de sensores climáticos de baixo custo,que permitirão ampliar a rede de dados climáticos coletados pelo projeto. Será criado um banco de dados espectrais de solos e biomassa da Caatinga e suas variações na refletância em função da fitossociologia, estádio fenológico e particularidades edafoclimáticas. Os dados coletados através dessa rede multidisciplinar e interinstitucional subsidiarão a criação de um repositório de informações agrometeorológicas, fitossociológicas e espectrais do bioma Caatinga, em especial em áreas utilizadas como pastagem. Tais informações permitirão a formação de um banco de dados ecológicos harmônicos e sistematizados com coordenadas geográficas precisas que poderão ser cruzadas a fim de permitir uma visão espacializada dos fluxos biogeoquímicos e estoques de biomassa total e forrageira no bioma Caatinga. A proposta inclui o principal grupo de pesquisadores do Observatório Nacional da Dinâmica da Água e Carbono no Bioma Caatinga (ONDACBC), financiado pelo Edital INCT 16/2014, que agrega outras instituições de pesquisa nacionais e internacionais e que tem conduzido um diversificado conjunto de pesquisas sobre manejo de recursos hídricos, produção agropecuária e ciclagem biogeoquímica no Bioma Caatinga.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Everton José Goldoni Estevam

Ciências Humanas

Educação
  • ensino exploratório de matemática na educação básica
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual do Paraná - PR - Brasil
  • 12/08/2019-31/10/2022
Foto de perfil

Everton Lazzaretti Picolotto

Ciências Humanas

Sociologia
  • reconfigurações no sindicalismo rural: agricultores familiares e assalariados rurais em um cenário de disputas
  • A presente proposta de investigação visa analisar as mudanças na estrutura sindical dos trabalhadores rurais nas últimas décadas, marcadas pela emergência de novas identidades que lutam pelo reconhecimento de sua diversidade e pela constituição de formas próprias de representação. Desde os anos de 1980 têm ocorrido algumas experiências iniciais de organizações de assalariados e pequenos agricultores por fora dos canais sindicais estabelecidos. No entanto, foi nos primeiros anos do século XXI que ocorreu a formação de uma organização sindical própria de agricultores familiares que passou a competir com o sindicalismo da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e, mais recentemente, ocorreu a formação de uma Confederação Nacional de Assalariados Rurais (Contar), como representante exclusiva dos assalariados rurais. O projeto visa explorar estas mudanças recentes na representação dos trabalhadores do campo, os conflitos de posição gerados e as suas relações com o Estado.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Everton Leandro Galdino Alves

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • promovendo a inspeção guiada de refatoramentos de código
  • Refatoramentos são transformações de código que visam melhorar os aspectos estruturais do software sem alterar seu comportamento externo. Estudos recentes evidenciam a importância dessas edições. Cerca de 30% de todas as mudanças realizadas durante o desenvolvimento de software são refatoramentos. Além disso, aproximadamente 90% de todos os refatoramentos aplicados são manuais, o que os torna mais suscetíveis a erro. Faltas de refatoramento não detectadas de imediato podem levar a deterioração do código do sistema, bem como implicar em altos custos para correção. Faltas de refatoramento podem ser de dois tipos: missing steps, quando passos essenciais para um refatoramento bem sucedido não são realizados; ou extra edits, quando edições não relacionadas ao refatoramento, e que podem impactar o comportamento do sistema, são realizadas em conjunto com edições de refatoramento. Na prática, desenvolvedores tendem a não aplicar refatoramentos de maneira isolada, o que leva a introdução de faltas do tipo extra edits. O projeto de pesquisa proposto neste documento objetiva a realização de estudos empíricos para melhor entender que tipos de edições extra são realizadas em conjunto com cada tipo de refatoramento. Resultados dessa análise serão usados para desenvolver soluções visando auxiliar desenvolvedores a inspecionar e melhor validar seus refatoramentos.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Everton Murilo Carvalho de Abreu

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • aspectos gerais de teoria clássica e quântica de campos em espaços de fase comutativos e não-comutativos e econofísica
  • Neste projeto pretendemos principalmente analisar a física do Universo primordial através de formulações não-comutativas da Teoria Quântica de Campos. Para isso, mergulhamos na geometria não-comutativa formalismos variados como formalismo de interferência em teoria quântica de campos (formalismo de solda), métodos de quantização lagrangeanos, etc.. Além disso introduziremos formulações não-comutativas em conjunto com formalismos variados de física estatística, como formalismo de Tsallis, Kaniadakis, etc.. Estes últimos também serão usados em linhas de pesquisa em econofísica, como distribuição de renda e mercado de ações.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Everton Nei Lopes Rodrigues

Ciências Biológicas

Zoologia
  • contribuição à taxonomia e sistemática de aranhas da subfamília theridiinae (arachnida: araneae, theridiinae)
  • Vide projeto anexo
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ewerton Wagner Santos Caetano

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • interações entre biomoléculas via estratégia de fragmentação usando dft e um modelo não homogêneo para a constante dielétrica
  • A presente proposta consiste na aplicação de duas metodologias distintas para descrever a blindagem dielétrica em interações envolvendo fármacos e proteínas tendo em vista a possibilidade de melhorar a qualidade do design de fármacos in silico usando cálculos no formalismo da teoria do funcional da densidade (DFT) e a estratégia de fragmentação de resíduos, permitindo ainda uma caracterização mais acurada das propriedades vibracionais de proteínas. A primeira metodologia envolve a determinação de uma constante dielétrica média estimada a partir de valores locais da constante dielétrica de cada resíduo de aminoácido no sítio de ligação da proteína, enquanto a segunda emprega uma representação dos resíduos próximos por cargas pontuais obtidas de modo autoconsistente. Os dois métodos serão aplicados a diversos sistemas de interesse: neurotransmissores, drogas contra a osteoporose, pressão alta, farmacocinética envolvendo albumina e interações entre o colágeno e as integrinas, importantes para a compreensão de vários mecanismos bioquímicos, entre os quais a metástase do câncer.
  • Instituto Federal do Ceará - Reitoria - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ezequiel Saretta

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • avaliação do efeito da irrigação na produtividade da nogueira-pecã
  • A nogueira-pecã [Carya illinoinenses (Wangenh.) K. Koch] tem sido utilizada como incremento de renda para os agricultores. A cultura tem origem nos Estados Unidos da América e foi trazida para o Brasil, sendo introduzida na Região Sul. Atualmente, é cultivada desde o Sul do Brasil até Minas Gerais (Poletto et al., 2015). Em termos de exigência de água, nos Estados Unidos da América, se tem reportado valores entre 500 e 1400 mm, para completar o ciclo anual (Samani et al., 2011). Essa variação da lâmina de água depende do espaçamento entre plantas, que nos Estados Unidos está entre 10 x 10 m e 15 x 15 m. Nessas condições, o volume requerido para o ciclo pode ser de aproximadamente 129 m³, com produtividade em torno de 20 kg por planta (Call et al., 2006). É importante salientar que essa demanda de água está relacionada à tradição americana de irrigação por superfície (Samani et al., 2011). Na realidade brasileira, tem-se especulado irrigação localizada, especialmente microaspersão. Assim, deve haver uma correção (redução) na lâmina a ser aplicada, dado que se irriga apenas uma fração da área (Frizzone et al., 2012). Nesse sentido, Wells (2015) não encontrou diferença significativa na produtividade quando reduziu cerca de 38% na lâmina de irrigação, utilizando microaspersão em plantas espaçadas em 15,2 x 15,2 m, em clima úmido da Georgia (EUA). Para as condições brasileiras, ainda não se tem informações a respeito do efeito da irrigação na produtividade, mesmo nos trabalhos mais recentes (Fronza et al., 2018). Essa escassez de informações mantém uma lacuna no sistema de produção, sendo que o agricultor não tem muitas bases para tomada de decisão para instalação da irrigação. Atualmente, a Divinut tem parceria de comprar de produção de mais de 3000 agricultores do Brasil, que têm demandado informações. Isso sem considerar uma quantidade de outras empresas do setor. Na região central do Rio Grande do Sul tem aumentado o interesse dos agricultores no cultivo de nogueira-pecã, tanto pelo lucro esperado (Fronza et al., 2018), quanto pelo manejo simplificado, em relação a cultivos tradicionais. Segundo a Divinut, a maioria dos pomares dessa cultura possui área próxima a 1 ha, de agricultura familiar. Apesar de alguns agricultores terem instalado pomares há cerca de 15 anos, muitos estão iniciando na atividade. Portanto, há uma quantidade de pomares com árvores jovens, em início de produção. A instalação de pomares requer elevado investimento inicial, que pode demorar alguns anos para seu retorno (Fronza et al., 2018). Normalmente, a produção inicia entre o quarto e o décimo ano (Wells, 2017), dependendo das condições de cultivo, cultivar utilizada, etc. Caso a irrigação puder antecipar a produção, o retorno do investimento poderá ser mais rápido. Os principais efeitos do deficit hídrico na cultura são observados na fase reprodutiva (polinização) e no enchimento do fruto (Wells, 2015). Durante o enchimento da amêndoa, a falta de água acarreta em frutos chochos, com baixo rendimento e, consequentemente, inaceitáveis para consumo. Na região de Cachoeira do Sul, RS, no centro do estado, o deficit (falta de chuvas) tem ocorrido em ambas as épocas, especialmente no ano de 2018, com período seco entre janeiro e maio, coincidindo com o enchimento do fruto. Por essa razão, segundo a Divinut, a produção de nozes deste ano talvez tenha sido a menor dos últimos 20 anos. Considerando todas essas condições de investimento e de cultivo, com escassas informações sobre as condições brasileiras de irrigação, o principal objetivo deste projeto é avaliar o efeito de lâminas de irrigação na produtividade da nogueira-pecã. Ao final, espera-se obter uma relação entre as duas variáveis, podendo-se predizer a lâmina que maximiza a produtividade. Os resultados desse efeito são imprescindíveis para futuros estudos de engenharia e manejo da irrigação na cultura, tanto em aspectos de quantidade de água e estimativa de consumo, quanto em relação aos componentes do sistema.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabian Andres Lara Molina

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • análise e projeto de manipuladores robóticos sujeitos a incertezas
  • Este projeto de pesquisa está voltado ao estudo das incertezas nos manipuladores robóticos. Os manipuladores são utilizados em aplicações que requerem alto desempenho dinâmico e precisão na execução das tarefas. Diversas aplicações dos manipuladores robóticos requerem um alto desempenho dinâmico, dentre estas aplicação destaca-se: usinagem, aplicações medicas, embalagem e paletização de alimentos, e dispositivos para micro posicionamento, dentre outras. No entanto, os manipuladores robóticos estão sujeitos inevitavelmente a incertezas nos seus parâmetros e nas suas entradas que diminuem o desempenho na execução das tarefas para as quais foram projetados; Ditas incertezas nos parâmetros referem-se a variações nas inercias ou atritos; por exemplo variações para diferentes valores de carga útil no efetuador final; as entradas incertas referem-se a ruído nos sensores ou torques nas juntas produzidos pela operação em ambientes não estruturados. Portanto, neste projeto de pesquisa, inicialmente será desenvolvida uma metodologia para modelar e simular numericamente o modelo do manipulador robótico com incertezas. Baseada na modelagem com incertezas, novas metodologias para avaliar a confiabilidade e o projeto ótimo serão desenvolvida junto com técnicas de optimização heurísticas tais como Algoritmos Genéticos, Evolução Diferencial ou Recozimento simulado entre outras. Os modelos numéricos e metodologias para a avaliação da confiabilidade serão verificadas em um protótipo experimental que será construído a partir da especificação das variáveis de projeto pela metodologia de projeto robusto
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiana Barzotto Kohlrausch

Ciências Biológicas

Genética
  • estudo de associação entre polimorfismos em genes relacionados ao sistema imunológico e o desenvolvimento de silicose simples e complicada em trabalhadores dos estaleiros navais da orla marítima da baía de guanabara no rio de janeiro
  • A silicose é uma doença pulmonar causada pela inalação de sílica cristalina que induz reação tecidual de caráter fibrigênico. A doença acomete trabalhadores expostos à poeira de sílica em diversas atividades: indústria extrativa, beneficiamento de minerais, indústria de transformação e atividades mistas. Os fatores de risco são dependentes da exposição, da resposta orgânica individual, concomitância de outras doenças respiratórias, hiperreatividade brônquica e suscetibilidade genética. A silicose é a pneumoconiose mais prevalente no Brasil e no mundo e sua alta incidência em trabalhadores dos estaleiros navais da orla marítima da Baía de Guanabara desperta interesse. Observou-se que pacientes expostos à sílica por períodos de tempo semelhantes, desenvolveram silicose com diferentes gravidades, mesmo quando sujeitos aos mesmos fatores de risco. Uma das hipóteses seria de que diferenças genéticas individuais poderiam levar a diferentes respostas fenotípicas por exposição à sílica. Estudos genéticos são realizados em populações de indivíduos expostos à sílica com o objetivo de avaliar se polimorfismos genéticos influenciariam o desenvolvimento da silicose. Nenhum estudo genético foi realizado trabalhadores brasileiros expostos à silica até o presente. Portanto, o objetivo deste projeto é de avaliar a influência de 13 polimorfismos em genes relacionados à resposta imune na gravidade clínica da silicose em brasileiros expostos à sílica. Os pacientes recrutados para este estudo pertencem a uma coorte de 334 trabalhadores com história de exposição ocupacional à sílica, cadastrados no ambulatório de Pneumopatias Ocupacionais do HUAP-UFF e HUPE-UERJ. Os polimorfismos estudados serão analisados através de PCR. As análises estatísticas consistirão de análises comparativas entre os grupos (teste de qui-quadrado) e de regressão logística.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/12/2021
Foto de perfil

Fabiana Besen Santos

Ciências Humanas

Educação
  • avaliação de tecnologias sociais: o desempenho do programa mulheres sim do instituto federal de santa catarina
  • O Programa Mulheres Sim é desenvolvido em todas as regiões de Santa Catarina pelo Instituto Federal de Santa Catarina desde 2014. O programa visa atender mulheres em vulnerabilidade social, impulsionando-as para a geração de renda, possibilitando a continuação nos estudos e a inserção das mulheres no mundo de trabalho. Suas ações se concentram em três grandes projetos: o curso “Educação e Gênero”, “Feira de Economia Solidária” e “Acompanhamento das Egressas”, convergindo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Atualmente, o processo avaliativo para as adaptações e melhorias desse importante Programa é é realizado a partir de uma abordagem, predominantemente, descritiva. Desta forma, a avaliação atual não oferece parâmetros ou critérios para comparação e mensuração de desempenho. Neste contexto, essa proposta tem como objetivo avaliar o desempenho da Tecnologia Social Programa Mulheres Sim mensurando os resultados do programa, de acordo com critérios e indicadores apropriados para Programas Públicos, e dando voz às mulheres atendidas, de modo a registrar os resultados individuais e sociais dessa ação pública. Para tal, a proposta será desenvolvida em três etapas: a primeira uma revisão bibliométrica da literatura para subsidiar a construção de critérios e indicadores. A segunda etapa, uma abordagem qualitativa, consiste no levantamento de dados acerca do contexto do Programa Mulheres Sim nos municípios dos territórios priorizados que são respectivamente: Caçador, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Gaspar, Joinville, Lages e Tubarão. para avançar na construção do instrumento de avaliação de forma dialógica. Por fim, a terceira etapa consiste na validação do instrumento, com a aplicação do mesmo junto aos envolvidos na execução do Programa e as mulheres participantes no período de 2014 a 2017. Com as três etapas descritas será possível obter um processo avaliativo para o Programa Mulheres Sim, com critérios e indicadores para mensurar o desempenho do mesmo, permitindo análises entre os anos de execução a fim de acompanhar os avanços e recuos, bem como estabelecer comparações entre o desempenho de cada campus ofertante. A expectativa dos resultados desta proposta está na possibilidade da avaliação por meio de critérios e indicadores que corroboram para análise da eficiência, eficácia e efetividade do Programa na melhora da autoestima, no combate à violência contra as mulheres, na erradicação do trabalho infantil, no empoderamento das mulheres, para atuação digna nos diversos espaços sociais e a conquista de seus direitos por meio do trabalho e da geração de renda como consta na descrição dos relatórios do próprio Programa.   Além da aplicação na avaliação do desempenho do Programa Mulheres Sim, a metodologia a ser desenvolvida poderá ser reaplicada na avaliação de outros Programas e Projetos de cunho social, consolidando de forma positiva esta proposta e contribuindo para estimar o impacto de outras tecnologias sociais desenvolvidas pela metodologia de projetos ou programas.
  • Instituto Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/12/2018-30/11/2021
Foto de perfil

Fabiana Cardoso Pereira Valera

Ciências da Saúde

Medicina
  • a eficácia da faringoplastia expansora modificada em comparação a adenoamigdalectomia para tratamento de saos em crianças obesas
  • A Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) é uma doença comum na infância e que pode trazer consequências importantes para a saúde e qualidade de vida das crianças. Existem muitos fatores envolvidos na sua etiopatogenia, sendo a hipertrofia adenoamigdaliana e a obesidade os mais comuns. A adenotonsilectomia é atualmente a primeira linha de tratamento para SAOS na infância, porém, alguns trabalhos têm observado uma quantidade significativa (entre 20-70%) de crianças que persistem com SAOS residual após a cirurgia. Além de um fator associado à presença da SAOS, a obesidade é também um dos principais fatores de risco para a SAOS residual. A faringoplastia expansora é um procedimento que vem ganhando destaque no tratamento cirúrgico da SAOS em adultos. Recentemente um estudo retrospectivo demonstrou que a faringoplastia expansora modificada teve também resultados superiores aos da adenoamigdalectomia convencional num grupo de crianças com SAOS grave e com diferentes fatores associados. Este trabalho tem o objetivo de esclarecer se a faringoplastia expansora modificada é mais eficaz em tratar a SAOS em crianças obesas em relação a adenoamigdalectomia convencional.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiana Cardoso Vilela

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • alterações neuroendócrinas envolvidas no desenvolvimento do transtorno do estresse pós-traumático
  • O transtorno do estresse pós-traumático (TEPT) pode modificar o metabolismo, porém não é bem esclarecido se o metabolismo modificado pode alterar o desenvolvimento do TEPT. Assim, um dos objetivos é compreender as alterações neuroendócrinas responsáveis pelas mudanças no desenvolvimento do TEPT em animais com síndrome metabólica, diabetes mellitus ou hipotireoidismo. Nesta proposta, o TEPT será induzido por exposição ao choque elétrico inescapável seguida por isolamento social durante 14 dias. Para verificar o desenvolvimento do TEPT serão utilizados testes comportamentais como campo aberto, interação social e nado forçado. Além disso, a exposição a situações adversas estressoras durante o período fetal pode programar alterações comportamentais e neuroendócrinas permanentes na prole. Porém, pouco é conhecido sobre a influência do TEPT durante a gestação sobre essas alterações. Assim, um outro objetivo é estudar o desenvolvimento do TEPT durante a gestação e suas consequências neuroendócrinas e comportamentais tanto na mãe quanto na prole. Um outro foco da proposta, é avaliar o limiar nociceptivo de animais que apresentam TEPT e verificar o envolvimento da via descendente inibitória da dor nesses animais com TEPT. Com essa proposta, pode-se sugerir novos alvos farmacológicos para o tratamento do TEPT além de auxiliar no entendimento das alterações neuroendócrinas que ocorrem durante o desenvolvimento do TEPT que acomete mais de dois terços da população que já enfrentou experiências traumáticas em algum momento da vida. Em adição, esse transtorno implica em muitos aspectos de saúde relacionados à qualidade de vida, incluindo funções psicossociais tornando-se pertinente um estudo em que se possa identificar as alterações envolvidas no desenvolvimento desse transtorno.
  • Universidade Federal de Alfenas - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiana de Amorim Marcello

Ciências Humanas

Educação
  • cinema e ensino de ciências: metodologias de ensino com imagens fílmicas
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 12/08/2019-30/11/2021
Foto de perfil

Fabiana Faleiros Santana Castro

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • efeito da eletroestimulação transcutânea sacral no intestino neurogênico em paciente com lesão medular traumática: ensaio clínico randomizado, controlado e cego
  • As alterações da motilidade intestinal, perda do controle esfincteriano, juntamente com mobilidade reduzida e a falta de destreza manual, tornam a gestão do intestino um grande problema, limitando as atividades cotidianas, além de ser uma importante fonte de comorbidades, e é uma das grandes razões pela qual, os pacientes com lesão medular se restringem ao âmbito domiciliar e atividades sociais, diminuindo sua qualidade de vida. Por esta razão, deve ser realizado o quanto antes, intervenções e estratégias educativas incluídas em programas de reabilitação, que se inicie no ambiente hospitalar e se expanda para o contexto domiciliar. Alem disso faz-se necessário identificar e desenvolver novas tecnologias de reabilitação, que possam melhorar está disfunção intestinal neurogênica (DIN) causada pela lesão medular. A estimulação elétrica das raízes sacrais tem tido algum sucesso na DIN, porém na maioria das terapias são utilizadas técnicas invasivas para este procedimento de eletroestimulação. Métodos que utilizam a estimulação transcutânea como forma de tratamento para a DIN, apresentam um menor risco, por não ser invasivo, não apresentarem complicações ou efeitos colaterais, tendo relatado somente dermatite de contato ao eletrodo auto-adesivo. Além da possibilidade de ser aplicada em regime ambulatorial ou domiciliar. Nessa direção, o presente estudo pretende avaliar o efeito da eletroestimulação transcutânea sacral na disfunção intestinal neurôgenica, e esfincteriana anal em pacientes com lesão medular traumática, nos moldes da técnica alemã, contribuindo para o empoderamento, a capacitação e o oferecimento do tratamento para brasileiros com DIN causada pela LME. Visando a exploração do uso das tecnologias na reabilitação para o desenvolvimento de técnicas menos invasivas, com resultados mais promissores na gestão intestinal, refletindo no potencial físico, autonômico, de convívio social e inclusão social.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/07/2021
Foto de perfil

Fabiana Fator Gouvêa Bonilha

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • estudo comparativo de ferramentas computacionais para a conversão e a edição de partituras em braille
  • O presente projeto visa investigar as tecnologias voltadas à transcrição de partituras em Braille, que consistem em obras musicais transcritas para uso de pessoas cegas. Pretende-se, a partir do estudo de tecnologias já existentes, realizar o levantamento de requisitos que subsidiem o futuro desenvolvimento de um software livre que permita a transcrição de partituras do formato convencional (impresso ou digitalizado) para o Braille, tornando o processo tão automatizado quanto possível. Neste estudo, consideram-se os desafios inerentes a cada fase da transcrição, incluindo: a digitalização da partitura, a conversão desta para um formato de texto, a conversão em Braille, a leitura tátil e auditiva realizada pelos usuários cegos, a revisão da obra e sua impressão. Este estudo é social e cientificamente relevante, uma vez que seus resultados contribuem para o acesso de pessoas com deficiência visual a bens culturais e à educação musical qualificada. Ele representa também um avanço do conhecimento para a área da Tecnologia Assistiva, que compreende recursos voltados à autonomia e à ampliação de funcionalidades das pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida. O trabalho é motivado pela própria experiência de sua autora principal (coordenadora deste projeto) que possui cegueira congênita e, que, como pesquisadora, tem se dedicado a realizar estudos visando prover a melhoria do acesso de pessoas cegas ao ensino da música e à atuação profissional nesta área.
  • Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer - SP - Brasil
  • 01/06/2017-30/07/2021
Foto de perfil

Fabiana Fernandes Bressan

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • geração de células tronco pluripotentes in vitro (células ips) no modelo suíno a partir de metodologia não invasiva e não transgênica
  • Com a possibilidade de induzir uma célula diferenciada a um estado indiferenciado através da expressão exógena de fatores de pluripotência embrionários, foi possível gerar células pluripotentes induzidas (iPS), que apresentam alto potencial de utilização tanto na medicina veterinária quanto na humana para a medicina regenerativa e terapia celular. O suíno é considerado o modelo animal mais adequado ao humano devido a sua semelhança quanto à fisiologia, morfologia e sistema imune, entre outros. Consequente à possibilidade de indução de células a pluripotencia através de vetores epissomais busca-se gerar células iPS, não transgênicas, à partir de três diferentes tecidos e métodos de coleta, sendo: fibroblastos a partir de biopsia de pele, células sanguíneas mononucleares a partir coleta de sangue periférico e células progenitoras a partir coleta de urina do modelo suíno. Será realizada a caracterização das células iPS obtidas dos diferentes tecidos por meio do teste de fosfatase alcalina, morfologia e diferenciação in vitro, para posterior análise dos resultados e comparação quanto a eficiência dos procedimentos. Os resultados obtidos juntamente com as contribuições de projetos desenvolvidos no próprio laboratório, serão utilizados como base para futuros experimento de diferenciação, caracterização e possibilidade de atuar com a engenharia genética com enfoque em medicina regenerativa e translacional.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiana Gonçalves dos Reis

Ciências Biológicas

Genética
  • polimorfismos nos genes adh1b, adh7, mtfhr, egfr, cdh1, tlr4, hla-dqb1, prrc2a na suscetibilidade ao câncer de laringe, cabeça e pescoço, câncer de estomago e linfoma não hodgkin em trabalhadores rurais goianos: o uso de agrotóxicos é um fator de risco?
  • O câncer é a doença multifatorial que mais mata no mundo. Seu surgimento ocorre devido a interações de fatores ligados ao estilo de vida, exposição direta e indireta a agrotóxicos, hábitos de fumar e etilismo, dentre outros, sendo que a ação conjunta pode levar ao desenvolvimento do processo de carcinogênese, que apresenta duas formas distintas: a) cânceres familiais raros, primariamente causados pela herança de uma mutação específica, em linhagem celular germinativa, e b) esporádicos, apresentando mutações derivadas por diferentes formas de exposições a agentes genotóxicos. Pesquisas têm correlacionado variações genéticas e a exposição a agrotóxicos com o desenvolvimento de cânceres, como os de cabeça e pescoço, de estômago e linfomas. Neste sentido, como os agrotóxicos são potencialmente carcinogênicos e o Brasil tem se destacado, negativamente, há mais de 10 anos, como o maior consumidor, se faz necessário elucidar os mecanismos moleculares, aliados à exposição ambiental, que levam ao desenvolvimento desses cânceres. Assim, o objetivo deste estudo é caracterizar, molecularmente, os genes envolvidos na metabolização de agrotóxicos e associar com a susceptibilidade ao desenvolvimento dos canceres citados anteriormente. Esta pesquisa caracteriza-se como um estudo do tipo caso e controle que avaliará 600 agricultores, sendo 300 casos, compostos por indivíduos diagnosticados com câncer e atendidos na Associação de Combate ao Câncer do Estado de Goiás (ACCG) e 300 controles, compostos por agricultores goianos, expostos a agrotóxicos, mas saudáveis. Esta pesquisa visa aliar a suscetibilidade genética, com o ambiente (exposição ocupacional, tipos de agrotóxicos, tempo de exposição e cuidados básicos durante a aplicação dos produtos nas lavouras).
  • Universidade Estadual de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiana Lopes Del Rei Passos

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • biooroboro: o potencial biotecnológico das microalgas fechando ciclos em sistemas de tratamento de resíduos alimentares
  • A presente proposta tem como objetivo desenvolver pesquisas avançadas para aprimorar o tratamento de resíduos alimentares provenientes do restaurante universitário da UFMG em um sistema integrado. O sistema consiste de duas etapas de digestão anaeróbia, um reator em mistura completa e um reator UASB, seguido de uma lagoa de alta taxa onde microalgas desempenham um papel no tratamento do efluente e geração de produtos de valor agregado. O principal intuito é a reutilização de todos os subprodutos gerados no processo de tratamento, valorizando a biomassa microalgal, com foco em seu pré-tratamento e codigestão anaeróbia. Serão desenvolvidas pesquisas de ponta que ainda não foram implementadas em escala experimental com resíduo alimentar, como tecnologias para melhorar a sedimentabilidade das microalgas a partir da recirculação e o uso de pré-tratamento térmico para melhorar a biodegradabilidade da biomassa. A estratégia de processamento é de baixo custo, com a possibilidade de transformar o sistema integrado em autossuficiente ou gerador de energia. Além disso, será utilizada a Plataforma de Metanização de Resíduos Orgânicos (pMethar), um sistema já implementado no campus Pampulha da UFMG, onde ocorre diversas pesquisas científicas, projetos de pós-graduação e estudos em parceria com a Methanum (empresa privada de Engenharia Ambiental) e o INCT ETEs Sustentáveis (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia). 
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022