Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Pedro Luiz Borges Chaffe

Engenharias

Engenharia Civil
  • a influência da paisagem no balanço hídrico de uma lagoa costeira - bacia da lagoa do peri
  • Os efeitos da floresta nas diversas escalas temporais e espaciais do ciclo hidrológico ainda são pouco entendidas. Esse conhecimento é necessário para entender por que o distúrbio da floresta afeta à resposta hidrológica de uma bacia e como afeta à migração de nutrientes. Muitos processos hidrológicos são dependentes de escala e devemos usar o monitoramento para relacionar esses processos com diferentes estruturas da paisagem. O fluxo da água é dominado por duas velocidades diferentes: uma que controla a resposta dos traçadores; e as celeridades (ou velocidade com que as perturbações são transmitidas, que controlam o hidrograma). Muitas vezes, a água da chuva que chega ao solo contribui para uma rápida saída da água (em questão de minutos ou horas) da bacia hidrográfica, essa água que aparece no rio permaneceu armazenada durante muito tempo dentro da bacia (meses ou anos), esse efeito é conhecido como "paradoxo da água antiga" ("old-water paradox”). Conseguir traçar o caminho completo da água é importante porque o avanço da hidrologia existirá não apenas com o desenvolvimento de modelos que obtenham as respostas corretas, mas também que essas respostas sejam certas pelos motivos certos. O tempo de residência médio é um dos índices principais para elucidar os processos de armazenamento e o movimento da água na bacia. A dificuldade em estimar o tempo de residência é entender o percurso da água até chegar no rio. O uso de isótopos conservativos da água (deutério e oxigênio-18) pode ser a chave para o entendimento do armazenamento e liberação de água nos diversos compartimentos do ciclo hidrológico. Poucos estudos experimentais no Brasil identificaram caminhos hidrológicos dentro de bacias cobertas por Mata Atlântica, apesar de esta estar na lista de prioridades para a conservação global. Com este projeto, nós pretendemos avançar no conhecimento gerado até o momento nos estudos dos efeitos da estrutura florestal nos processos hidrológicos. A Lagoa do Peri é a maior lagoa de água doce de Santa Catarina, Brasil, e também é o principal manancial de abastecimento público da Ilha de Santa Catarina. A característica principal deste projeto é que, apesar de ser voltado para a área de hidrologia, ele é interdisciplinar no que se refere a sistemas ecológicos e também na área produtiva. O objetivo geral deste projeto é entender a influência da Mata Atlântica sobre a qualidade e quantidades dos recursos hídricos através de diferentes estruturas de paisagem e escalas hidrológicas. Os objetivos específicos são: (i) avaliar a influência da Mata Atlântica na alteração da qualidade da água da chuva interceptada pelo dossel;(ii) avaliar a perda por interceptação na Mata Atlântica; (iii) Analisar a influência da Mata Atlântica na geração de escoamento superficial em encosta e bacias de primeira ordem; (iv) compreender a dinâmica da rede de drenagem e os mecanismos de geração de escoamento superficial dominantes; (v) investigar a existência de uma área elementar representativa da bacia da Lagoa do Peri; (vi) verificar a influência das características da paisagem e dos índices hidrométricos da bacia hidrográfica da Lagoa do Peri sobre o balanço hídrico; (vii) analisar o comportamento espacial dos isótopos do escoamento de base; (viii) determinar os tempos de resposta médio (TRM) e o tempo de trânsito médio (TTM); (ix) a modelagem integrada de águas superficiais e subterrâneas e de regeneração de florestas. O presente trabalho contribuirá para o desenvolvimento da hidrologia brasileira principalmente na área de traçadores isótopos da água que é uma técnica de destaque mundial. Espera-se que além de utilizarmos a tecnologia através de contatos com instituições parceiras em outros países, possamos importar e desenvolver tecnologia para análise dos mesmos. Esse trabalho também servirá de base para o entendimento dos processos hidrodinâmicos e de ecossistema desta Lagoa costeira. Espera-se além de avançar o conhecimento dos processos hidrológicos com técnicas e perguntas que estão na fronteira do conhecimento científico atual, desenvolver metodologias de estudo piloto que se adequem a realidade de Santa Catarina e que possam ser transferidas facilmente para outras regiões brasileiras.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Mandagará Ribeiro

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • documentação literária ninam-xiriana
  • Este projeto visa documentar a literatura oral do povo Xiriana, que fala majoritariamente a língua Ninam-Xiriana, do grupo linguístico Yanomami. Para tanto, elaborou-se o conceito de “documentação literária”, a partir do conceito de documentação linguística. A documentação da literatura oral Xiriana será feita de forma participativa, a partir de prioridades estabelecidas pelas comunidades e com a atuação de colaboradores indígenas na coleta, transcrição e tradução dos dados. A metodologia da História Oral também será utilizada para a condução de entrevistas nas comunidades. A pesquisa será organizada por meio de duas pesquisas de campo, no intervalo entre as quais pesquisadores indígenas também realizarão coleta de material. O resultado da documentação será um acervo multimídia que possa ser utilizado pela comunidade para fins de memória e ensino, assim como por pesquisadores de fora.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Manoel Mendes de Moraes Vieira

Ciências Biológicas

Imunologia
  • estudo e caracterização do lipídio endógeno de mamífero 12-oahsa como um novo fármaco para o tratamento de doenças inflamatórias e metabólicas
  • Lipídios ou ácidos graxos são considerados excelentes fontes de energia e novas informações sobre o papel inesperado dos ácidos graxos nos processos fisiológicos e inflamatórios surgiram. Isso trouxe os ácidos graxos para um novo nível de importância. Recentemente, fiz parte da equipe que descobriu uma nova classe de lipídios que não havia sido descrita anteriormente em tecidos de mamíferos - ácidos graxos de ácidos graxos hidroxi (FAHFAs). Os membros desta família lipídica estão presentes em muitos tecidos e no soro de camundongos e humanos. Certos ácidos graxos são ligantes naturais de receptores de superfície celular e receptores nucleares e atuam como moléculas de sinalização que regulam funções fisiológicas tão diversas quanto a secreção de insulina, inflamação e produção hepática de glicose. O objetivo geral desta proposta é determinar os papeis biológicos de um membro específico da família FAHFA, o ácido oleoil-12-hidroxiesteárico (12-OAHSA), que encontramos, em nossos estudos de rastreamento, ser o FAHFA com maior capacidade anti-inflamatória. No Objetivo 1, por espectrometria de massa, quantificaremos os níveis de 12-OAHSA no soro e em vários tecidos e células imunes e determinaremos sua regulação em modelos murinos genéticos (deficiência em leptina) e dietéticos de resistência à insulina. Em seguida, determinaremos se o 12-OAHSA é absorvido pelas células imunes ou se é secretado por essas células usando o 12-OAHSA e o ácido esteárico hidroxi marcados com 13C. No Objetivo 3, investigaremos os efeitos do 12-OAHSA nas vias inflamatórias e na regulação imunometabólica dos macrófagos. Nossos dados preliminares mostram o 12-OAHSA como um candidato promissor e demonstra a viabilidade de algumas de nossas abordagens e a relevância para os seres humanos. O objetivo desta proposta é determinar de forma abrangente os papeis biológicos do 12-OAHSA nos estados fisiológicos e patológicos. Isso poderia levar a um novo tratamento para diabetes do tipo 2.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Marcos Gomes Soares

Ciências Biológicas

Morfologia
  • a interface entre as células inflamatórias, o sistema colinérgico e as células de cajal na patogênese das alterações funcionais no curso da mucosite gastrintestinal induzida por 5-fluorouracil.
  • O estudo avaliou a interface entre as células inflamatórias, o sistema colinérgico e as células Cajal na patogênese das alterações funcionais no curso da mucosite intestinal induzida pelo 5-fluorouracil, baseando-se em achados importantes que obtivemos no estudo de Ph.D. em Farmacologia durante o ano de 2004 a 2008. Nesta tese, mostramos que a mucosite intestinal induzida por 5-fluorouracil está relacionada a alterações na motilidade gastrointestinal e é dependente da presença de citocinas e células inflamatórias. Além disso, as alterações na motilidade foram persistentes mesmo após a resolução da mucosite experimental induzida pelo 5-FU. Publicações importantes foram obtidas com estes resultados: Cancer Chemother Pharmacol. 2008 dez; 63 (1): 91-8; Câncer Chemother Pharmacol. 2011 set; 68 (3): 713-20 (QUALIS B1). Muitos estudos demonstraram que as lesões inflamatórias intestinais levam à destruição do sistema nervoso entérico, caracterizada por grave redução no número de células gliais, mesmo em tecidos sem evidência de processo inflamatório. A compreensão da inter-relação entre o sistema nervoso entérico, o sistema autonômico e o processo inflamatório na patogênese das alterações morfofuncionais e da motilidade gastrointestinal induzida pelo 5-FU não é clara. Em 2014, aprovamos a Universal que terminou no ano de 2017. Neste período, demonstramos que existe um mecanismo antiinflamatório colinérgico no curso da mucosite intestinal induzida pelo 5-FU. Alterações morfológicas também foram observadas em neurônios entéricos, principalmente neurônios colinérgicos. Em resumo, esses achados podem nos ajudar a entender as manifestações clínicas da dismotilidade gastrointestinal presente na mucosite. No entanto, nosso trabalho não conseguiu demonstrar como as células inflamatórias se comunicam com esses neurônios. Uma das hipóteses seria a produção de mediadores não-adrenérgicos não colinérgicos, em particular a serotonina. Este mediador sendo produzido por macrófagos poderia sinalizar para neurônios entéricos e células de Cajal. Assim, a possibilidade de elucidar essa interface ajudaria a entender a disfunção da motilidade gastrointestinal presente nessa condição e pode contribuir em novas abordagens terapêuticas para a mucosite causada por agentes antineoplásicos e este é o foco da proposta da Universal 2018.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Murilo Sales Nunes

Ciências Biológicas

Zoologia
  • sistemática e taxonomia do gênero helicops wagler 1828 (serpentes, xenodontinae): as espécies de dorso verde e o complexo h. leopardinus
  • A presente proposta se enquadra na área de Zoologia, abordando um tema de sistemática e taxonomia de grupos recentes, com atenções voltadas para cinco espécies nominais do gênero de serpente neotropical Helicops Wagler, 1828 que apresentam problemas taxonômicos e evidências de representarem complexos de espécies. As serpentes do gênero Helicops com coloração dorsal verde, associadas aos nomes H. carinicaudus (Wied, 1825), H. infrataeniatus Jan, 1865, H. modestus Günther, 1861 e H. trivitattus (Gray, 1849), representam exemplos claros de grupos muito variáveis em termos de coloração e cuja taxonomia merece revisão criteriosa. A maior parte das características diagnósticas associadas a padrões de cor e contagens segmentares não se sustentam diante de grandes amostras com cobertura geográfica abrangente e a densa e confusa história atrelada à taxonomia destas espécies, dificultando muito o estabelecimento de limites específicos e a atribuição de nomes. Filogenias baseadas em dados moleculares e morfológicos sugerem que as espécies de Helicops de dorso verde são filogeneticamente aparentadas a H. leopardinus (Schlegel, 1837), uma espécie que exibe manchas negras ao longo do corpo. Essas relações de parentesco fazem desse grupo de táxons importantes na abordagem da evolução da coloração lisa e/ou estriada do dorso. Adicionalmente, um estudo recente de revisão do complexo H. leopardinus indica que o nome acomoda pelo menos quatro entidades evolutivas independentes, necessitando de adequações na taxonomia e estudos aprofundados, desejavelmente envolvendo dados moleculares. Neste contexto, neste projeto pretende-se explorar estas questões partindo de uma abordagem taxonômica e filogenética, baseando-se em dados morfológicos e moleculares, do componente formado pelas serpentes do gênero Helicops de dorso verde e do complexo H. leopardinus, passando também por uma nova aproximação das relações filogenéticas deste grupo com as demais espécies do gênero, além das espécies alocadas nos gêneros Hydrops e Pseudoeryx, também integrantes da tribo Hydropsini. Com esses resultados, pretende-se readequar a taxonomia dos grupos-alvo à nova hipótese filogenética e discutir a evolução da coloração dorsal dentro da tribo Hydropsini.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Olmo Stancioli Vaz De Melo

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • moses: modelos de comportamentos sociais de larga escala
  • A partir de sistemas sociais ubíquos, é possível registrar praticamente todas as interações dos seres humanos com o ambiente que os cerca. Mais ainda, é fascinante que, por trás dos nomes e números registrados em todos esses dados, vemos o reflexo do próprio ambiente e da sociedade, ou seja, por trás de cada registro, há uma decisão tomada por alguém. Assim, o conhecimento de como processar esse banco de dados de valor inestimável e em evolução pode levar, consequentemente, a uma melhor compreensão dos interesses e da dinâmica de cada entidade em um determinado sistema, comunidade ou na sociedade. Pela primeira vez na história, pode-se validar e propor modelos de comportamento social a partir de dados reais, variados e de larga escala e, com isso, prever as suas ações e projetar políticas para alterá-las. O objetivo principal deste projeto é modelar o comportamento de larga escala de seres humanos a partir de técnicas de descoberta de conhecimento em dados contendo interações sociais. Mais especificamente, três linhas de pesquisa serão abordadas: aprendizado de representações de textos informais (LP1), modelagem de interações sociais temporais (LP2) e modelagem aplicada (LP3). Trabalhos da linha de pesquisa LP1 focarão na análise de textos informais registrados na Internet a partir de técnicas de processamento de linguagem natural em conjunto com métodos de aprendizado de máquina. Na linha de pesquisa LP2, analisaremos e proporemos modelos que consideram tanto as dinâmicas individuais quanto os efeitos em rede que essas alavancam. Uma possível abordagem para resolver esse problema é através de processos pontuais em rede, que é um modelo estocástico em que os dados tomam a forma de uma série temporal de eventos aleatórios observados em cada entidade do sistema. Por fim, na linha de pesquisa LP3 pretendemos aplicar os modelos aprendidos e desenvolvidos nas duas linhas anteriores para alavancar aplicações que possam impactar diretamente e positivamente na sociedade. Espera-se obter, ao final do prazo deste projeto (36 meses), os seguintes resultados: (i) sistemas de coleta de dados oriundos de diversos sistemas que registram interações sociais; (ii) um banco de dados integrado; (iii) novos modelos de comportamento social que sejam validados por dados reais e de larga escala; (iv) um arcabouço computacional capaz de integrar os modelos propostos (e já existentes na literatura) a fim de ampliar o entendimento sobre as dinâmicas de sociedades; (v) aplicações baseadas nos modelos propostos, tais como um caracterizador de registros de mobilidade, um sumarizador de textos informais e um aplicativo para descrever o comportamento de políticos. Além disso, pretendo (vi) formar três doutores, seis mestres e quatro alunos de iniciação. Em termos de produção científica, pretendo (vii) publicar três artigos em periódicos e seis artigos em conferências internacionais e nacionais.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Parga Rodrigues

Ciências Humanas

História
  • machado de assis na diretoria da agricultura e o mundo rural oitocentista
  • O presente projeto desdobra das discussões realizadas no Núcleo de Pesquisas sobre a Propriedade e suas Múltiplas Dimensões (NUPEP) e do INCT Proprietas. Ambos possuem como eixo norteador entender a propriedade enquanto um construto social e histórico, desnaturalizando a sua forma individual e absoluta. Eles têm como foco os estudos sobre as diversas facetas da propriedade: intelectual, da terra, inovação tecnológica, patrimônio, direito autoral, direitos conexos, etc. Pretende-se explorar a questão agrária oitocentista, sobretudo nas décadas de 1870 e 1880, tendo como fio condutor o escritor Machado de Assis e a sua atuação na Diretoria de Agricultura do Ministério da Agricultura, Comércio e Obras Públicas. Ele entrou para este ministério em 1873, tendo se tornado chefe da 2ª Seção da Diretoria da Agricultura em 1876. Também atuou como membro do gabinete do titular da pasta por um curto período de tempo, no início da década de 1880. Neste sentido, o recorte cronológico da pesquisa começará em 1873, quando o Bruxo do Cosme Velho passou a atuar na referida repartição, e terminará em 1889, quando ocorreu a Proclamação da República. Na condição de funcionário desta repartição, ele atuou em diversos processos administrativos envolvendo a questão agrária oitocentista. Neste intervalo de tempo, o romancista, contista, cronista e funcionário público em questão escreveu um conto intitulado Na Arca: três capítulos (inéditos) das gênesis. Este texto foi publicado em 1878 no jornal O Cruzeiro e republicado na coletânea Papéis Avulsos I em 1882. Embora tenham ocorrido modificações de uma versão para a outra, ambas foram paródias do texto bíblico na qual as personagens se digladiavam pela delimitação territorial de seus domínios territoriais. Machado ainda publicou uma coletânea sobre a legislação territorial em 1886 e participou em uma comissão, nomeada pelo ministro Sinimbu, dedicada a reformar a Lei de Terras de 1850. Neste sentido, pretendemos explorar as concepções de propriedade presentes, implícita ou explicitamente, nos processos administrativos examinados na Diretoria de Agricultura acerca da questão territorial oitocentista, bem como nos textos ficcionais e técnicos machadianos. Trata-se de um tema desconsiderado pela historiografia, que privilegiou o assunto, não menos importante, da visão do autor acerca do cativeiro. Para isso, reunimos pesquisadores preocupados com a história econômica e agrária oitocentista, bem como discentes interessados em aprender sobre acerca dos aspectos econômicos-sociais do Brasil Império, assim como sobre a história agrária e da propriedade. Neste sentido, pretendemos não só construir conhecimento acerca do assunto, mas também formar futuros pesquisadores capazes de trabalhar estes temas em perspectiva histórica.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Parini Marques de Lima

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • análise retórica das estratégias dogmáticas de neutralização do dissenso em direitos humanos
  • O projeto volta-se à análise retórica da noção contemporânea de direitos humanos a partir dos discursos produzidos nos âmbitos legislativo e judicial. Pressupõe-se que há um alto grau de retoricidade no discurso jurídico em geral. Nada obstante, raramente os elementos retóricos que compõem e estruturam esses discursos são explicitados. É justamente esse fenômeno que se designa “retórica da supressão da retórica”. Pretende-se, pois, investigar, por meio da retórica analítica, do ponto de vista quantitativo, o grau de retoricidade dos discursos jurídicos que estabelecem as características supostamente intrínsecas à noção de direitos humanos e, do ponto de vista qualitativo, a função e o valor de cada um dos elementos retórico-discursivos que estruturam o discurso jurídico (todos os que forem identificados durante a investigação proposta neste projeto). Durante a pesquisa, pois, pretende-se apontar cada um desses elementos por meio dos métodos próprios da retórica analítica. A proposta parte da hipótese de que a atividade do jurista ao produzir direito é essencialmente retórica na sua prática (evidentemente argumentativa, interpretativa e decisional) e também em suas elaborações teoréticas de modelos, esquemas e metodologias dogmáticas. A técnica dogmática desenvolvida no ocidente e disseminada em todos os continentes e entre as mais diferentes tradições é intrinsecamente conectada à clássica arte retórica. A jurisprudência dos antigos que se propaga até hoje é inescapavelmente uma arte tópica e retórica, isto é, problematizante e argumentativa. Assim, diante desses pressupostos, tomando por marco teórico a noção de “retórica analítica” cunhada por Ottmar Ballweg, pretende-se desenvolver um trabalho investigativo de análise retórica da práxis e das metodologias dogmáticas no âmbito dos discursos institucionais sobre direitos humanos. A análise retórica se divide em três diferentes frentes de abordagem dos fenômenos: a fronética, a holotática e a semiótica, cada uma dessas subdividindo-se em mais três campos diferentes, respectivamente na ordem: agôntica, ergôntica e pitanêutica; ontotática, axiotática e teleotática; sintaxe, semântica e pragmática. A pesquisa se volta, assim, à analise do caráter retórico das estratégias de neutralização do dissenso. “Neutralização do dissenso” é uma expressão conceitual tipicamente retórica. Portanto, mesmo que não seja empregada exclusivamente com esse intuito, isto é, mesmo que não tenha se desenvolvido no contexto de uma teoria da argumentação ou de uma abordagem retórica dos fenômenos comunicativos sociais, continua ligada às noções retóricas de consenso, dissenso, convencimento e persuasão. Se o direito dogmático é entendido como uma técnica de neutralização do dissenso e a dogmática jurídica como uma tecnologia que organiza essa técnica, pode-se afirmar que tanto a atividade prática quanto a atividade teórica dos juristas são tipicamente argumentativas e, portanto, retóricas, porque lidam com a persuasão e o convencimento. Podemos afirmar que a retórica é por excelência a arte ou técnica da argumentação, desde sua origem há 2.500 anos na Sicília e no sul da península itálica. Modernamente, uma das mais eficientes estratégias retóricas dos juristas é a da acima mencionada “retórica da supressão da retórica”. Essa estratégia é adotada diante de uma situação de imanência do utente da linguagem (ou sujeito do discurso) em relação ao seu próprio sistema linguístico: é o que o faz não tomar a realidade como uma efetivação retórica de sua linguagem. Paradoxalmente, é como se a retórica fosse mais bem-sucedida justamente na medida em que não é percebida como retórica. A análise retórica do direito dogmático como expressão de sua retórica material e da dogmática jurídica como organização de uma retórica prática torna-se pertinente nesse sentido, isto é, na medida em que investiga e explicita as características e os elementos tipicamente retóricos ao mesmo tempo entranhados e camuflados nas práticas argumentativas e nas teorias dogmáticas que as corroboram. Dessa forma, enquanto objetivo geral do projeto, pretende-se investigar em que medida e de que maneira os elementos retóricos dos discursos jurídicos dogmáticos atuam na elaboração, na fundamentação, na afirmação e na crítica das noções fundamentais para a construção de uma noção generalizada de direitos humanos. É no sentido prático e no analítico que Ballweg afirma que “retórica é uma das mais antigas formas de esclarecimento”. Apesar de não ser objetivo da retórica a defesa de qualquer tipo de ideologia iluminista, o próprio esclarecimento não pode ser considerado um privilégio da filosofia. De fato, descobrir como dominar o discurso e os modos de persuasão (e, além disso, ser capaz de refletir sobre a que se deve a própria persuasão) é o ponto mais original de tomada de consciência sobre as formas de existência tipicamente humanas relacionadas à manipulação da linguagem, isto é, da retórica material, dos conceitos e metáforas que formam o nosso mundo real. As ideias de possibilidade e de concretude presentes na manipulação da noção de direitos humanos evidenciam o caráter fragmentário, contingente, circunstancial e temporário – retórico, portanto – da tarefa de fundamentação dos direitos humanos. A fundamentação depende evidentemente do discurso que a efetiva. E o sucesso do discurso enquanto fundamentação depende de suas capacidades de persuasão e convencimento. O trabalho de pesquisa tem como objetivo específico selecionar os casos mais relevantes e promover uma análise dos discursos legislativos e judiciais que os constituem. Assim, o presente projeto prevê a distribuição dos temas polêmicos envolvendo os direitos humanos entre os pesquisadores que compõem a equipe e a integração de cada pesquisa individual no processo de mapeamento e exame dos elementos retóricos que estão presentes tanto no processo legislativo quanto nas decisões judiciais à luz da metodologia da retórica analítica.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Paulo Corbi

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • avaliação das atividades antibacterianas e estudos de interação com moléculas alvo de complexos metálicos de ag(i) e cu(ii) com sulfonamidas
  • Por um longo período, os metais foram utilizados de forma puramente empírica para tratar diversos males do ser humano. Civilizações antigas descobriram, por exemplo, que metais como o cobre e a prata eram capazes de manter a água potável por mais tempo. Hoje, sabe-se que tais elementos possuem a habilidade de inibir a proliferação de certos tipos de microrganismos que contaminam não somente a água, mas também alimentos comumente consumidos em nosso dia a dia. Vários outros exemplos são descritos na literatura, como o uso do ouro na idade média como um elemento de força e rejuvenescimento, e da prata no tratamento de feridas e úlceras de pele. Já no final do século XIX, teve início a era do uso racional de metais em medicina. Alguns exemplos foram a aplicação do dicianidoaurato(I) de potássio no tratamento da tuberculose e a posterior preparação dos tiolatos de ouro para esta e outras finalidades. Embora não seja classificado como um metal, os compostos de arsênio também tiveram destaque no início do século XX como agentes eficazes no tratamento da sífilis. No entanto, a descoberta das atividades antimicrobianas das sulfas e, posteriormente, a descoberta da penicilina reduziram bastante o uso de sais metálicos e de seus complexos no tratamento de doenças infecciosas. As sulfonamidas, ou sulfas, tiveram grande impacto no tratamento de infecções bacterianas, sendo consideradas como constituintes da primeira classe de substâncias para este fim. São substâncias que possuem em sua fórmula estrutural o grupo SO2NH-R e que tiveram suas atividades descobertas na década de 30 de século XX. Desde então, inúmeras sulfonamidas foram sintetizadas e muitas delas hoje fazem parte de um amplo grupo de fármacos antimicrobianos utilizados na clínica médica. No entanto, com o surgimento crescente de cepas multirresistentes aos fármacos presentes no mercado, incluindo as sulfas, novas estratégias têm sido consideradas na busca por fármacos mais eficientes sobre tais cepas. Uma destas estratégias é combinar fármacos com reconhecida ação antimicrobiana e metais, como a prata e o cobre, na síntese de novas substâncias ativas frente a microrganismos. Com base na literatura, nosso grupo de pesquisas tem atuado nos últimos anos na síntese de novos complexos metálicos envolvendo sulfonamidas e uma série de metais, com destaque para aqueles de prata e cobre. Os resultados dos estudos in vitro mostram que, em muitos casos, a ação dos complexos é superior ao das sulfas livres e de outros fármacos. Assim, faz-se necessário um aprofundamento no estudo destes complexos visando compreender seus mecanismos de ação e, principalmente, seus principais alvos celulares. Desta forma, este projeto visa a síntese e a avaliação das atividades antimicrobianas de complexos metálicos de prata e cobre com sulfonamidas, bem como o estudo de suas interações com biomoléculas tais como o DNA e proteínas específicas.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Pedrosa Rebouças Filho

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • desenvolvimento de plataforma on line de segmentação e classificação de doenças para auxílio ao diagnóstico médico em 3d usando imagens de tomografia computadorizada
  • O presente projeto de pesquisa será desenvolvido em cooperação acadêmica entre o Instituto Federal de Educação Tecnológica do Ceará (IFCE), a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), e a Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Este projeto visa propor novas técnicas de segmentação de órgãos humanos em três dimensões, e também das estruturas internas a estes órgãos e de patologias associadas, utilizando imagens de Tomografia Computadorizada (TC), notadamente do tórax para a auxílio a diagnóstico de doenças pulmonares e do crânio para auxílio ao diagnóstico do cérebro. Este projeto também visa realizar a reconstrução dessas estruturas em três dimensões visando otimizar o tempo de uso do tomógrafo e de sua workstation, diminuindo os custos inerentes à compra e uso destes equipamentos, bem como aumentar a robustez e diminuir a subjetividade dos diagnósticos realizados. Esta reconstrução e a análise também permite o planejamento cirúrgico em ambas as áreas. Os resultados esperados são novas técnicas e implementações para aplicações de auxílio ao diagnóstico médico para análise do pulmão e do cérebro, além de gerar massa crítica de pesquisadores para atuar nesta área dentro do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). A parceria com a FEUP e UNIFOR, e outros grupos associados com a mesma, alavancará novas tecnologias que serão integradas numa plataforma computacional e agregadas ao conhecimento prévio do grupo de pesquisa no desenvolvimento de novas tecnologias e conhecimentos para todos os envolvidos.
  • Instituto Federal do Ceará - Reitoria - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Teixeira Lacava

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • da matéria condensada à física estatística: propostas em energia, sensores e nuclear.
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica - SP - Brasil
  • 17/02/2020-16/02/2025
Foto de perfil

Pedro Val

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • rastreando a reorganização da paleodrenagem pós-formação do rio amazonas transcontinental: um estudo de proveniência de zircão detrítico em depósitos abandonados na amazônia centro-oriental
  • A transcontinentalização do Rio Amazonas promoveu uma mudança drástica no nível de base e proporcionou a erosão intensificada do baixo curso do Rio Amazonas e de seus principais tributários. A consequência desta erosão é evidenciada em processos de captura de drenagem que hoje estão preservados na forma de wind-gaps, water-gaps, drenagens afogadas e entrincheiradas, e paleovales hoje abandonados contendo depósitos de paleocanal. Conforme será demonstrado nesta proposta, estas feições delineiam um profundo processo de reorganização da paisagem da Amazônia oriental. O que não se sabe, porém, é se esse processo foi acompanhado da expansão da bacia de drenagem para regiões não drenadas pela proto-bacia do Rio Amazonas (a bacia pré-transcontinental). Propõe-se aqui a investigação desta questão através da determinação da proveniência de zircões detríticos via idades U-Pb em depósitos sedimentares de paleo-canal (abandonados) e sedimentos de corrente na calha norte da bacia sedimentar do Rio Amazonas e no escudo cristalino ao norte. A importância desta investigação vai além das questões geocientíficas, sendo essencial para o entendimento da evolução das vias aquáticas da região de maior biodiversidade continental do planeta Terra. Portanto, os resultados das investigações aqui propostas beneficiarão os estudos científicos da Amazônia como um todo e auxiliarão na nova vertente de investigação, que é a relação entre a evolução da paisagem e a evolução da biota aquática.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Vasconcellos Eisenlohr

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • restauração ecológica na transição cerrado-amazônia: adequabilidade ambiental, atributos funcionais e mudanças climáticas
  • Diversos estudos buscam desenvolver diretrizes e técnicas para amenizar a degradação aos ambientes naturais decorrentes de atividades antrópicas, cenário no qual se destaca a restauração ecológica. Para elevar a chance de sucesso em programas de restauração ecológica, é necessário conhecer os ambientes, ecossistemas e também o nicho ecológico de cada espécie com potencial de ser utilizada na restauração. Esta proposta almeja identificar áreas com adequabilidade ambiental favorável para as espécies vegetais da transição Cerrado-Amazônia e com potencial para utilização na restauração de áreas degradadas dessa região, tendo como alvo as seguintes perguntas: 1) Quais são as espécies vegetais com potencial para serem utilizadas em programas de restauração ecológica da transição Cerrado-Amazônia? 2) A partir das espécies selecionadas em (1), quais deverão encontrar áreas de adequabilidade climática na região considerando os diferentes cenários de aquecimento global previstos pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC)? 3) Considerando as espécies selecionadas em (2), quais possuem traços funcionais relacionados à adaptação a ambientes mais secos e quentes? Serão desenvolvidos modelos para as espécies de interesse utilizando 10 algoritmos que constam do pacote “biomod2” do ambiente R. Para cada espécie, serão processados 100 modelos por algoritmo, totalizando 1000 modelos. Modelos com desempenho insatisfatório serão descartados. De posse dos modelos selecionados, será obtido um modelo de consenso médio para cada espécie. Assim, serão identificadas quais das espécies estudadas terão maior chance de encontrar adequabilidade ambiental para a transição Cerrado-Amazônia considerando as mudanças climáticas. Essas espécies serão submetidas a investigações anatômicas que indicarão o potencial que cada uma possui frente os cenários de mudanças climáticas previstos pelo IPCC em termos de seus traços funcionais caulinares e foliares (Pergunta 3). Com isso, será possível um diagnóstico realista das “espécies do futuro” da flora da transição entre os maiores domínios fitogeográficos da América do Sul, compondo, assim, rico material para utilização em programas de restauração ecológica, o que poderá minimizar os impactos do aquecimento global e do desmatamento na região.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Vieira da Silva Magalhães

Ciências da Saúde

Medicina
  • análise de expressão gênica no córtex pré-frontal de vítimas de suicídio
  • Estudos post-mortem são essenciais para a identificação de alterações do sistema nervoso central. Coleções de tecido cerebral são raras em psiquiatria em relação à importância de tais investigações. Bancos de cérebro com tecido coletado após o suicídio são ainda mais raros. O suicídio é uma consequência trágica da doença mental e existe um forte consenso sobre a ligação entre eles. Nós propomos aqui investigar as mudanças moleculares no tecido cerebral obtidas de pessoas que cometeram suicídio. Mais especificamente, planejamos investigar mudanças no córtex pré-frontal medial, uma região associada à expressão emocional e transtornos do humor. Empregaremos a microdissecção por captura a laser, que é capaz de identificar e isolar tipos celulares específicos, evitando a expressão diferencial confusa. Neurônios e células gliais serão os tipos de células de interesse. Pretendemos obter o consentimento informado para doação de tecido das famílias de 30 pessoas que cometeram e pessoas que sofreram outras formas de morte violenta (a condição de controle). Análises planejadas incluem a comparação da expressão gênica e posterior validação de alvos. Usando microscopia confocal, observaremos a distribuição celular de alvos candidatos em neurônios e glia. O uso de tecido cerebral doado após o suicídio, a microdissecção por captura a laser e as análises propostas em agregação não foram realizadas e devem ser capazes de ampliar o conhecimento sobre a neurobiologia molecular do suicídio.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pelayo Munhoz Olea

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • gestão do conhecimento e inovatividade como impulsionadores da inovação de produto no setor têxtil brasileiro e português
  • A teoria sobre inovação e gestão do conhecimento tem se desenvolvido, nas últimas décadas, no setor industrial, em específico, o setor têxtil. Em virtude de o Brasil possuir uma das últimas cadeias têxteis completas do ocidente, o objetivo desse projeto é verificar se os processos de gestão do conhecimento e a inovatividade levam a inovação de produto em indústrias têxteis brasileiras. O setor têxtil é um setor inovador, devido ao número de lançamento anual que é no mínimo de quatro vezes, assim como seu ambiente é composto pela capacidade de inovar, também ocorrem os processos de gestão do conhecimento criado e adquirido pela empresa. A base teórica do projeto é composta pelas teorias da visão baseada em recursos, visão baseada no conhecimento, capacidades dinâmicas e difusão da inovação. O método de pesquisa consistirá em duas abordagens, uma quantitativa, em que antevê a utilização de um questionário estruturado com o uso de survey eletrônica, aplicados aos gestores das indústrias têxteis brasileiras. Serão utilizadas análises multivariadas dos dados coletados com a aplicação de técnicas quantitativas, e também com a utilização de software e outra qualitativa em que serão utilizadas técnicas de análise de conteúdo, por codificação, clusters e mapas cognitivos e mapas de associação de ideias. Será utilizada a codificação das falas dos entrevistados, e as técnicas a serem utilizadas serão a codificação de entrevistas com base na codificação aberta, axial e seletiva, e a análise por mapas cognitivos e mapas de associação de ideias a fim de representar os resultados obtidos das entrevistas frente à teoria codificada a priori. Este projeto busca como finalidade contribuir de maneira científica nesta área do conhecimento, agregando novos estudos ao tema da gestão do conhecimento e inovação, com o intuito de incentivar as práticas de gestão do conhecimento para a inovação de produto nas indústrias têxteis brasileiras.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Perla Calil Pongeluppe Wadhy Rebehy

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • mecanismos de governança das cooperativas nas cadeias de valor da economia circular: promoção de inovação e eficência econômica socioambiental
  • Apesar das eco-inovações, da eco-eficiência e da responsabilidade corporativa serem práticas recorrentes nas empresas que buscam um desenvolvimento sustentável, estas ainda são insuficientes para entregarem os resultados desejados frente aos desafios globais que a sociedade atual vem enfrentando. Para que os resultados sejam satisfatórios é preciso implementar abordagens holísticas de inovação que englobem as dimensões sociais, ambientais e econômica, bem como estabelecer um pensamento sistêmico voltado para a efetividade, de modo que o novo sistema socioeconômico estimule a otimização de impactos positivos e ações que apoiem o ecossistema terrestre como um todo, como almejado pela Economia Circular. Sendo assim, as particularidades nos arranjos associativos, intercooperação e alianças estratégicas das cooperativas são essenciais para entender como as cadeias de valor podem interagir para promover a Economia Circular de uma forma solidária. As cooperativas têm estabelecido caráter transformador no atual sistema econômico, pelo entendimento de que as novas formas de organização para o trabalho coletivo baseadas na autogestão não se organizam juridicamente apenas na forma de cooperativas, mas também associações, pequenas e microempresas, entre outros. O cooperativismo traz de volta os princípios do valor atribuído à democracia e à igualdade dentro dos empreendimentos, a insistência na autogestão e o repúdio ao assalariamento. No entanto, essas cooperativas se relacionam com outras empresas na cadeia de valor, sejam como fornecedoras, processadoras, distribuidoras ou varejistas. Portanto é importante compreender a maneira com que acontecem esses relacionamentos e se eles são benéficos para o desenvolvimento sustentável das cooperativas. Diante desse contexto, este projeto tem como objetivo identificar os diferentes mecanismos de governança existente entre as cooperativas e empresas nas cadeias de valor da economia circular, com vistas a promover a inovação e eficiência econômica e socioambiental. Para atingir este objetivo, realizaremos múltiplos estudos de caso em empresas que compõem 4 setores econômicos circulares que tenham cooperativas em suas cadeias de valor.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 08/09/2018-30/09/2021
Foto de perfil

Pétala Tuani Candido de Oliveira Salvador

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • avaliação da contribuição do uso de objeto virtual de aprendizagem para o ensino da sistematização da assistência de enfermagem
  • A competência para trabalhar de forma sistematizada no âmbito da enfermagem está presente nas Diretrizes Curriculares tanto do Curso Superior quanto do Técnico em Enfermagem. A Sistematização da Assistência de Enfermagem é a metodologia indicada pelo Conselho Federal de Enfermagem desde 2002, mas ainda não é uma realidade na prática assistencial, o que reflete a necessidade de revisão do processo de formação para a prática, sobretudo nos Cursos Técnicos. O objetivo do projeto é avaliar a contribuição do uso de um Objeto Virtual de Aprendizagem para apoiar o ensino da Sistematização da Assistência de Enfermagem. O projeto tem sua justificativa pautada em quatro pilares: 1) visa estudar uma temática relevante, que reconhecidamente representa um entrave para a consolidação da Sistematização da Assistência de Enfermagem, e portanto é um dificultador para a solidificação e afirmação da enfermagem como profissão de bases científicas sólidas; 2) pode incidir em melhorias no âmbito da enfermagem, tanto no campo assistencial quanto no ensino; 3) o fenômeno que se propõe estudar ainda é incipientemente tratado na literatura, no que diz respeito ao escopo dessa pesquisa – avaliação de uma tecnologia educacional para o ensino da Sistematização da Assistência de Enfermagem; e 4) alinha-se à proposta exposta na agenda nacional de prioridades de pesquisa em saúde no Brasil, no que diz respeito ao desenvolvimento e avaliação de conteúdos, métodos e estratégias educacionais para formação e capacitação de recursos humanos para atuar em diferentes áreas da saúde. As etapas metodológicas incluirão: estudo qualitativo para definir o instrumento de avaliação do alcance dos objetivos educacionais do Objeto Virtual de Aprendizagem (que será utilizado como pré e pós-teste); estudo quantitativo para validação de conteúdo do instrumento construído; e estudo quase-experimental de grupo-controle não-equivalente do tipo pré e pós-teste, para avaliar a efetividade de intervenção educativa. A efetividade educacional do objeto virtual será aferida a partir da comparação de duas intervenções distintas: com uso do Objeto Virtual de Aprendizagem (grupo experimental) x aula expositiva sem apoio de tecnologias educacionais (grupo controle). Para o grupo controle, será realizada a seguinte sequência: aplicação do pré-teste, condução das aulas expositivas (quatro encontros com temáticas semelhantes ao grupo experimental) e aplicação do pós-teste. Por sua vez, os encontros educativos do grupo experimental serão realizados a partir da proposta do blended learning. Serão compostos por quatro encontros, com periodicidade semanal. A cada semana, de forma não presencial, os discentes serão convidados a navegar em cada uma das telas de conteúdo do Objeto Virtual de Aprendizagem. Os encontros presenciais corresponderão à realização de encontro educativo guiado pela utilização do Team Based Learning acerca do conteúdo da tela da semana correspondente, de modo que a navegação no Objeto Virtual corresponderá à fase de preparação para o Team Based Learning. Do mesmo modo, os discentes do grupo experimental responderão ao pré-teste no primeiro encontro e ao pós-teste após a finalização do último encontro. Para a comparação entre as pontuações referentes às avaliações pré-teste e pós-teste dos grupos controle e experimental será utilizado o teste-t de Student. O nível de significância adotado será de 5% (p<0,05). O estudo seguirá os preceitos éticos estabelecidos para a pesquisa com seres humanos pela Resolução nº 466/2012, do Conselho Nacional de Saúde. Espera-se disponibilizar o Objeto Virtual de Aprendizagem para apoio ao ensino da Sistematização da Assistência de Enfermagem, válido em seu conteúdo, em sua aparência, em sua usabilidade e com sua efetividade comprovada para as diversas instituições de ensino que formem profissionais de enfermagem dos diferentes níveis acadêmicos, bem como para os serviços assistenciais, como um subsídio para a efetivação desse importante campo de saber.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Peterson Cleyton Avi

Ciências Humanas

Educação
  • i feira municipal de matemática de santa rosa
  • No ano de 2019 será realizada a I FEIRA MUNICIPAL DE MATEMÁTICA DE SANTA ROSA, está prevista a exposição de cerca de 60 projetos de matemática do município de Santa Rosa. A Feira será realizada no dia 30 de agosto no município de Santa Rosa - RS. A realização da Feira objetiva promover a construção e divulgação dos conhecimentos Matemáticos, socializando suas pesquisas e resultados. Despertando, nos alunos, maior interesse na aprendizagem da Matemática e promovendo o intercâmbio de experiências pedagógicas da Matemática com outras áreas do conhecimento. O referido evento possui mais de 30 anos de existência no Estado de Santa Catarina e no estado do Rio Grande do Sul vai para o seu terceiro ano, envolve professores e estudantes da Educação Básica (Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio), Educação Especial e Educação Superior e representa um momento de integração. A I Feira Regional de Matemática no RS aconteceu no dia 25 de agosto de 2017 e foi um sucesso tendo 81 trabalhos apresentados e quase 3000 visitantes, enquanto a II Feira Regional de Matemática do RS aconteceu no dia 24 de agosto de 2018 com 97 trabalhos apresentados e cerca de 2500 visitantes. É de relevância destacar que este evento passou a ter abrangência Nacional a partir do ano de 2010 com a realização da 1° Feira Nacional de Matemática realizada em Blumenau Santa Catarina e que é realizado a cada dois anos. Entendemos que a realização da Feira de Matemática no município de Santa Rosa é importantíssima visto os resultados significativos das feiras regionais já realizadas no RS. É fundamental continuar esse movimento que pode apresentar grande relevância para o sistema educacional gaúcho considerando a trajetória já existente e a integração do projeto na Rede de Feiras de Matemática. O evento é apoiado pela SBEM (Sociedade Brasileira de Educação Matemática) e tem como proposta a realização anual do evento, e dessa forma, atingindo um maior número de estudantes que venham a despertar o interesse pelo desenvolvimento do conhecimento Matemático no âmbito científico e tecnológico.
  • Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Petrônio Filgueiras de Athayde Filho

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de moléculas bioativas hipotensoras, anticâncer e contra bactérias super-resistentes
  • Atualmente há grande interesse no desenvolvimento de Projetos transversais de Pesquisas básicas com aplicabilidades visando o desenvolvimento de tecnologias ou inovações. O presente projeto é uma pesquisa transversal com foco no desenvolvimento de “Novas Moléculas Orgânicas” com “Atividades Biológicas”, ou seja, um estudo de síntese e caracterização de moléculas bioativas promissoras como fármacos para a indústria farmacêutica. O projeto de P&DT se refere ao desenvolvimento de novas moléculas candidatas a “Novos Fármacos” e se justifica por abordar três problemas relevantes da “Saúde Pública” e da “Química Medicinal”, com foco no desenvolvimento de novos fármacos ou agentes terapêuticos para combater doenças causadas por Bactérias Resistentes, Câncer e ainda para tratar a Hipertensão O desenvolvimento das pesquisas inerentes ao projeto permitirá à obtenção de moléculas de selênio da nova classe denominada “selenoglicolicamidas” as quais foram sintetizadas pela primeira pelo nosso grupo de pesquisados e que comprovadamente apresentam atividades antimicrobianas e anticâncer. No projeto prevê a possibilidade para a obtenção 71 (setenta e um) compostos inéditos, sendo 21 (vinte e um) intermediários bioativos, 44 (qurenta e quatro) compostos hibridados das selenoglicolicamidas (antimicrobianos e anticâncer) e ainda 06 (seis) novos nitratos para o tratamento da hipertensão. A proposta de síntese orgânica do projeto foi planejada como uma ferramenta para a transformação de moléculas que podem aglutinar projetos ou subprojetos entre o LPBS e outros Laboratórios de Pesquisas (Microbiologia, Farmacologia e Biotecnologia, com possibilidades de resultar inúmeros usos, como novos materiais úteis para a sociedade (Inovação), exemplificados pelos fármacos. O projeto também visa às potencialidades para com a formação de recursos humanos, com a produção científica (publicação de artigos, formação de recursos humanos) e tecnológica, inovações protegidas por patentes de produtos e processos, diretamente relacionadas com a Indústria Farmacêutica. Também é uma proposta incremental, através das pesquisas básicas, com metodologias e processos de baixos custos para o desenvolvimento de moléculas potentes, ou seja, com maiores atividades biológicas, seletividades e menores toxicidades. A proposta de síntese foi planejada para a obtenção de moléculas hibridas tendo os haletos de alquila ou arila, como os “vetores” para promoverem novas ligações covalentes, com bioativos consagrados ou inéditos na obtenção de compostos selenorgânicos (quimioterapicos, antimicrobianos) e nitratos orgânicos (hipotensores exoênos). Por ser um projeto cientifico e tecnológico de caráter interdisciplinar, este envolverá em uma segunda etapa, pesquisadores de outras Instituições e Unidades Acadêmicas, assim, os estudos químicos serão supervisionados pelo coordenador do projeto e os estudos biológicos serão realizados sob a supervisão de professores, pesquisadores e colaboradores agregados ao projeto, como do Centro de Biotecnologia da UFPB, Departamento de Biologia Molecular da UFPB, Departamento de Morfologia e Fisiologia Animal da Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE e School of Veterinary Medicine (Louisiana – USA).
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Phellipy Pereira Jácome

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • por uma história do jornalismo satírico: a tradição de textos metacríticos na américa latina
  • A pesquisa busca contribuir para a caracterização de uma tradição textual jornalística satírica na América Latina, aportando elementos para a compreensão de processos históricos de construção noticiosa divergentes da estética realista, além de construir ferramentas analíticas que ajudem no desenvolvimento dos estudos historiográficos no campo da Comunicação. Partimos da premissa de que a sátira é capaz de promover uma “autoconsciência” narrativa que oferece um desnudamento, revelando e explicitando ficcionalidades, ou seja, o ato configurante do saber-jornal (construção de personagens, utilização de recursos imagéticos, a posição do narrador, proposição de espacialidades etc.). E o faz acionando elementos das próprias narrativas e do formato jornalístico sedimentados, tornando-os opacos a partir dos mesmos elementos que gerariam a transparência. Desse modo, ao empregar e criticar métodos de construção jornalísticos, essas publicações questionam limites e pressupostos rígidos, propondo novas formas de acesso e de configuração das realidades. A análise transversal de exemplos latino-americanos contribuirá para a visibilidade de práticas textuais perenes, mas ainda esquecidas nas análises do campo da Comunicação.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022