Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Thyara de Deco Souza e Araujo

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • one conservation: desenvolvendo métodos de reprodução assistida para o intercâmbio genético entre onças-pintadas.
  • A onça pintada (Panthera onca) é o maior felino das américas e devido a fatores como a caça e a redução e fragmentação do habitat está ameaçada de extinção. Estratégias de conservação devem garantir a manutenção de uma população geneticamente viável, acessando o recurso genético disponível em cativeiro (ex situ) e de vida livre (in situ). A reprodução assistida tem a função de facilitar o intercambio genético entre indivíduos em diferentes localidades sobrepassando as intercorrências advindas da translocação de indivíduos. Os esforços nas últimas décadas garantiram um método eficaz para colheita e criopreservação de sêmen de animais de vida livre, porém ainda há de se aprimorar o protocolo para obtenção de amostras descongeladas de melhor qualidade – identificando o melhor crioprotetor para a espécie. Esse material pode então ser usado para inseminação artificial, fertilização in vitro ou mesmo injeção intracitoplasmática de espermatozoide (ICSI) dependendo da qualidade seminal disponível. O acesso aos animais de vida livre pode acontecer por meio de captura e soltura imediata ou captura com manutenção temporária em cativeiro. A manutenção temporária é uma estratégia viável para o revigoramento genético das populações de cativeiro (que serve de backup genético das espécies) até que as biotecnologias reprodutivas estejam consolidadas. Durante este período é possível parear casais para produção de filhotes por monta natural (com ou sem estimulação hormonal) e acessar uma quantidade maior de material genético (espermatozoides e oócitos) dos indivíduos. Propõe-se então desenvolver protocolos de pareamento de casais – com ambos ou um dos indivíduos de vida livre – somado a criopreservação de sêmen de animais de cativeiro e de vida livre, para colheita e criopreservação de material genético a ser usado em FIV e ICSI. Com essa integração do manejo in situ e ex situ será aplicado o conceito de One Conservation como estratégia de conservação de onças-pintadas.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Tiago Abreu Tavares de Sousa

Ciências Humanas

Filosofia
  • sétimo encontro de iniciação científica de palmeira dos índios
  • O VII Encontro de Iniciação Científica do Ifal - Campus Palmeira dos Índios (VII EIC-IFAL-PIn) é evento para popularização da ciência, focado despertar a vocação nos jovens, principalmente mulheres, de Palmeira dos Índios para ciências e tecnologias. Para isso o evento inlui em sua programação Palestras, minicursos, oficinas maker, apresentações científicas e desafios. Serão cindo dias de encontro no qual estudantes e professores poderão experimentar ciência com os olhos, os ouvidos e as mãos: os desafios e oficinas permitem aos participantes projetarem e construírem soluções nos eixos de Robótica e Programação; Energias Renováveis; Sustentabilidade; Ciências da Natureza; Inovação Tecnológica, Cultura e Territorialidade. O EIC deve continuar gerando frutos mesmo após os cinco dias do evento, com atrações para os professores transformarem suas aulas e bolsas para os jovens continuarem suas pesquisas.
  • Instituto Federal de Alagoas - Matriz - AL - Brasil
  • 12/02/2021-28/02/2023
Foto de perfil

Tiago do Prado Paim

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • inovação para intensificação sustentável de sistemas integrados de produção agropecuária
  • O uso de sistemas sustentáveis de produção de alimentos é uma demanda global, em especial sistemas que proporcionem maior sequestro de Carbono. Em Sistemas Integrados de Produção Agropecuária, têm-se pouca informação quanto as consequências do manejo animal sobre os demais componentes produtivos. Objetiva-se neste projeto avaliar os efeitos do pastejo em diferentes plantas de cobertura, bem como, avaliar os efeitos de diferentes níveis de suplementação dos animais durante a fase pecuária do sistema integrado. Para isto, serão realizados dois experimentos. No experimento 1, serão testados os efeitos do pastejo (com e sem) e de seis sistemas de plantas de cobertura (solteiro e consorciado), sendo: 1- Urochloa ruziziensis+Pennisetum glaucum+Fagopyrum esculentum+Crotalaria juncea; 2 - U. Ruziziensis+P. glaucum+F. esculentum; 3 – U. ruziziensis; 4 – Panicum maximum cv. Mombaça + P. glaucum+F. esculentum+C. juncea; 5 – P. maximum cv. Mombaça + P. glaucum+F. esculentum; 6 – P. maximum cv. Mombaça. No experimento 2, serão avaliados três níveis de suplementação dos animais (1 - sal mineral, 2 - proteinado na proporção de 0,5% do peso vivo (PV), 3 – concentrado a 1,5% do PV) em pastejo de Panicum maximum cv. Zuri, semeado em sucessão a soja. A hipótese a ser avaliada é a consequência do pastejo e da suplementação intensiva dos animais sobre a produtividade de soja em sucessão devido a maior aporte e ciclagem de nutrientes para o sistema e possível melhoria nos atributos físicos, químicos e biológicos do solo. Também será determinado o estoque de carbono total existente em cada camada e tratamento, bem como suas frações físicas e químicas. Será avaliada a distribuição geográfica dos animais ao longo do período de pastejo para relação com os parâmetros do solo, bem como produtividade da soja na safra seguinte. Outro ponto importante a ser determinado é o resultado econômico das diferentes estratégias de sistema produtivo integrado.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 01/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Tiago Dziekaniak Figueiredo

Ciências Humanas

Educação
  • a liberdade na sociedade do conhecimento: qual o meu lugar?
  • O projeto, vinculado ao Grupo de Pesquisa Tangram visa a realização de oficinas pedagógicas em quatro cidades do extremo sul do Brasil e um encontro de integração na sede da Universidade Federal do Rio Grande. Serão propostas oficinas envolvendo 300 participantes entre professores e estudantes de escolas das redes públicas municipais e estadual das cidades de Rio Grande São José do Norte, Santa Vitória do Palmar e Chuí, buscando constituir um espaço de reflexão por meio da criação uma rede colaborativa entre Universidade-Escola-Comunidade da região do extremo sul do Rio Grande do Sul para difundir ações que possibilitem um (re)pensar sobre os avanços das tecnologias digitais e a liberdade na sociedade do conhecimento ao longo dos 200 anos de independência do Brasil. Também será organizado e publicado um livro em formatos físico e digital de acesso aberto contendo relatos das experiências vividas pelos sujeitos participantes. Os livros em formato físico serão distribuídos para todas as escolas das redes públicas das cidades participantes. Com o projeto escolas, professores e estudantes terão um espaço de divulgação e valorização, podendo despertar nos demais o gosto e a vontade de fazer e divulgar ciência.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 14/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Tiago Dziekaniak Figueiredo

Ciências Humanas

Educação
  • “dando voltas com” a escola, a comunidade e a universidade: fazer e divulgar ciência em tempos de pandemia
  • O projeto visa a realização de atividades virtuais (lives) para promoção e divulgação da ciência produzida em escolas do extremo sul do Rio Grande do Sul, como forma de constituição de espaços coletivos capazes de integrar e evidenciar ações desenvolvidas no contexto escolar durante o período pandêmico causado pelo novo Coronavirus. Serão propostas 5 lives envolvendo escolas das redes públicas municipais e estadual das cidades de Rio Grande, São José do Norte, Santa Vitória do Palmar e Chuí, nas quais as mesmas terão espaço para divulgar projetos e atividades científicas desenvolvidos por seus professores e estudantes. Também será organizado e publicado um livro em formatos físico e digital de acesso aberto contendo relatos das experiências vividas pelos sujeitos participantes das lives. Os livros em formato físico serão distribuídos para todas as escolas das redes públicas das cidades participantes. Com o projeto escolas, professores e estudantes terão um espaço de divulgação e valorização, podendo despertar nos demais o gosto e a vontade de fazer e divulgar ciência.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023