Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alberto Gustavo Paashaus Junior

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • vii feira de ciências do ifpb campus picuí (vii fecap-2021)
  • As Feiras de Ciências são eventos nos quais alunos são responsáveis pela comunicação de projetos planejados e executados por eles sob a orientação de um professor. Durante o evento, os alunos apresentam algum artefato tecnológico ou trabalhos que lhes tomaram várias horas de estudo e investigação, em que buscaram informações, reuniram dados e os interpretaram, sistematizando-os para comunicá-los ao público. Eles vivenciam, desse modo, uma Iniciação Científica Junior de forma prática, buscando soluções técnicas e metodológicas para problemas que se empenham em resolver. Assim, esta proposta tem por objetivo a realização de uma Feira de Ciências de abrangência estadual, com no mínimo 80 trabalhos científicos de estudantes do ensino fundamental, ensino médio e técnico, de escolas públicas e privadas de pelo menos 10% dos municípios do Estado da Paraíba, no IFPB Campus Picuí através da construção gradual do método científico junto aos discentes com enfoque nas potencialidades regionais para o desenvolvimento da ciência e da tecnologia, conforme as regras definidas na Chamada CNPq/MCTIC Nº 17/2020. Para consecução do objetivo proposto, serão desenvolvidas as etapas prévias de formação de equipe técnica qualificada para a execução da proposta; captação de potenciais parceiros (Prefeitura e Estado); escolha do tema relacionado com a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT-2021); realização de um concurso de identidade visual da VII FEACAP; minicursos e oficinas preparatórias com participantes do evento; Divulgação ampla da Feira em todo o estado da Paraíba. A culminância do projeto se dará com a realização da VII Feira de Ciências do IFPB campus Picuí na qual haverá exposições de trabalhos científicos por alunos do ensino fundamental e médio; salas temáticas; oficinas e minicursos; Open Lab IFPB; competições; exibições e premiação dos melhores trabalhos. Espera-se atingir como resultados da proposta representações de pelo menos 28 municípios da Paraíba. Também é esperado pelo menos 700 inscrições de participantes em cem trabalhos, entre projetos, salas temáticas, oficinas e minicursos. Os premiados nas cinco categorias propostas (Mérito Científico, Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias, Ciências Humanas e suas tecnologias e Trabalho de Nível Fundamental) além do Prêmio Meninas Cientistas, terão, após o evento, a possibilidade de desenvolverem seus projetos por meio do auxílio de bolsas de pesquisa e de apresentar seus trabalhos em feiras, amostras e competições nacionais ou internacionais.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB - PB - Brasil
  • 05/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Alberto Luiz Serpa

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • materiais poroelásticos - investigação e otimização de propriedades acústicas
  • Este projeto visa desenvolver competências na área de Acústica, com ênfase na caracterização e otimização das propriedades acústicas de diferentes tipos de materiais (espumas, fibras, materiais compósitos, blendas, etc). Os métodos de caracterização envolvem experimentos para determinar o coeficiente de absoração e a perda de transmissão sonora, que serão realizados em um tubo de impedância. Está sendo solicitado neste projeto um equipamento que permitirá determinar experimentalmente a resistividade ao fluxo de ar dos materiais, possibilitando a modelagem de problemas de propagação de ondas em materiais porosos/fibrosos. O projeto será desenvolvido no Departamento de Mecânica Computacional (DMC) da Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), que abriga atualmente o Laboratório de Vibroacústica (LVA). Os docentes vinculados ao LVA formam o grupo de pesquisas do CNPq sobre Identificação e Controle de Vibração e Ruído, cujo interesse é investigar diferentes temas relacionados à Acústica e Vibrações de Sistemas Mecânicos, entre eles a modelagem, a otimização, o controle, a caracterização de problemas dinâmicos, vibratórios e acústicos, e mais recentemente, a investigação de materiais/estruturas com propriedades otimizadas conforme algum critério de projeto. Estes materiais/estruturas são denominados Metamateriais e requerem a caracterização experimental de suas propriedades, de modo a possibilitar a melhoria do conforto acústico por exemplo em veículos e ambientes. Isto tem motivado os estudos para caracterização de materiais no LVA. Do ponto de vista dos materiais, pretende-se investigar mantas poliméricas obtidas por eletrofiação, e também materiais porosos considerados clássicos, tais como lã de vidro, lã de rocha e espuma de melamina. Um outro sistema de interesse que se pretende investigar são painéis acústicos perfurados que serão confeccionados a partir de placas eletrônicas provenientes do descarte de lixo eletrônico.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alberto Novaes Ramos Júnior

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • recorrência transgeracional de hanseníase em núcleos familiares de áreas com diferentes perfis de endemicidade no nordeste do brasil: magnitude, padrões e contextos de vulnerabilidade
  • A hanseníase representa condição crônica e negligenciada que persiste com elevados níveis de detecção de casos novos e de morbimortalidade em vários países, incluindo o Brasil. Os indicadores epidemiológicos e operacionais apontam para manutenção de níveis elevados de endemicidade nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A detecção precoce de casos impacta não apenas na dinâmica de transmissão de Mycobasterium leprae, mas também na redução do grau 2 de incapacidade. Nesta perspectiva, a recorrência transgeracional de hanseníase em núcleos familiares pode ser traduzida em indicadores de natureza operacional e epidemiológica com potencial significativo no contexto da vigilância à saúde no território da atenção primária, revelando de forma sensível dimensões de vulnerabilidade nos microespaços. No entanto, há um desconhecimento da magnitude deste evento bem como dos padrões e contextos de vulnerabilidade associados à manutenção da hanseníase em diferentes gerações da mesma família e nas redes sociais relacionadas a estas famílias. Explorar estes aspectos em diferentes cenários de endemicidade na região Nordeste, traz elementos importantes para o controle. Objetivo: Analisar a magnitude da recorrência transgeracional de hanseníase em núcleos familiares, bem como padrões e contextos de vulnerabilidade, em municípios dos Estados da Bahia e do Piauí com diferentes perfis de endemicidade, no período de 2001 a 2014. De forma específica, pretende-se caracterizar os aspectos clínicos, epidemiológicos e sociodemográficos dos casos de hanseníase nos núcleos familiares com recorrência transgeracional; descrever os tipos de família com recorrência de hanseníase e suas relações intrafamiliares e sociais com o meio e a comunidade onde habitam; caracterizar as diferentes gerações acometidas pela hanseníase, incluindo densidade de casos confirmados, itinerário diagnóstico-terapêutico e tempo transcorrido para diagnóstico entre os casos; determinar a magnitude de casos de hanseníase entre contatos intradomiciliares, coabitantes residentes e coabitantes sociais vinculados aos núcleos familiares com recorrência transgeracional.; identificar padrões de distribuição espaço-temporal de famílias com recorrência transgeracional de hanseníase nos municípios em estudo e descrever os contextos de vulnerabilidade individual, programática e social associados à manutenção da ocorrência de novos casos de hanseníase em um mesmo núcleo familiar. Procedimentos Metodológicos: estudo transversal, com abordagens descritiva e analítica, a ser realizado a partir de núcleos familiares com recorrência transgeracional de hanseníase residentes no Estado do Bahia (nos municípios de Vitória da Conquista e Tremedal), e no Estado do Piauí (nos municípios de Picos e Floriano), a partir de casos referência diagnosticados e notificados no período de 2001 a 2014. Está estruturado em 6 etapas. Nas primeiras 4, são abordadas diferentes dimensões do núcleo familiar. Compreende-se núcleo familiar como o conjunto de casos-referências, contatos intradomiciliares, coabitantes residentes e coabitantes sociais. Estima-se que existam aproximadamente 250 casos-referências vinculados a núcleos familiares com recorrência transgeracional de hanseníase nos municípios selecionados dos 2 estados, previamente identificados a partir de estudos conduzidos ou apoiados pela Universidade Federal do Ceará. A coleta de dados acontecerá por intermédio de entrevista estruturada com profissionais e gestores da atenção primária e vigilância epidemiológica, o caso referência, e caso tenha a autorização expressa por ele, será abordado os demais componentes do núcleo familiar também acometido pela hanseníase. Para entrada de dados será utilizado o programa EpiInfo Versão 7.1.5; a construção do genograma e ecomapa será feito no software GenoPro, versão 3.0. Para a etapa 5, em todas as visitas domiciliares aos sujeitos do estudo, serão mapeados os pontos de Global Positioning System. Para análise dos dados será utilizado o software Stata 11 e para os dados espaciais o software ARCGIS (versão 10.1). Na etapa 6, serão integrados dados das etapas anteriores para análise de dimensões de vulnerabilidade, sendo que para a programática, serão incluídas abordagens junto a gestores e profissionais de saúde, além de coordenadores da vigilância epidemiológica dos municípios envolvidos. O projeto será submetido ao Comitê de Ética (CEP), respeitando os termos da Portaria 466/2012, do Conselho Nacional de Saúde. A produção de conhecimento científico é essencial na tomada de decisão, monitoramento e avaliação de políticas públicas. Este estudo poderá subsidiar discussões baseadas em evidências trazidas por dados primários acerca da abordagem da hanseníase proposta atualmente pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde. A inserção de cenários com diferenças demográficas, sociais, econômicas e operacionais potencializa esta perspectiva. O envolvimento de profissionais de saúde e de estudantes de graduação e pós-graduação, contribuirá para formação/educação permanente ao longo dos três anos. A integração em rede de instituições nacionais e estrangeiras possibilitará, além da formação de pessoas, a consolidação de linha de pesquisa em hanseníase, bem como potencializar a produção técnico-científica e a interação em diferentes eventos.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 01/06/2017-30/06/2021
Foto de perfil

Alcides Buss

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • álgebras de operadores
  • Estudar álgebras de operadores, isto é, C*-álgebras através de sistemas dinâmicos não-comutativos e, em particular, analizar as propriedades funtoriais da construção via produtos cruzados exóticos e álgebras seccionais de fibrados de Fell sobre grupos, grupoides ou ainda semigrupos inversos.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022