Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ahyas Siss

Ciências Humanas

Educação
  • as comissões de heteroidentificação étnico-racial de autodeclaração no sistema de cotas no acesso às instituições de ensino superior públicas federais: implementação e atuação
  • Essa pesquisa interinstitucional busca dar prosseguimento à linha de investigação que a equipe integrante deste projeto vem desenvolvendo na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) por meio do Opaas (Observatório das Políticas de Ação Afirmativa do Sudeste), na interface dos campos das relações étnico-raciais e da educação, entendendo-se a categoria campo na perspectiva que a ela é dado por Bourdieu, ou seja, como um espaço de disputa onde digladiam diferentes forças e agentes na tentativa de dominá-lo. Objetivamente, estaremos aqui interessados em: a) analisar as políticas de cotas para alunos PPI’s (pretos pardos e indígenas), instituídas pelo Estado brasileiro presentes nas universidades federais parceiras deste projeto e b) os processos de criação, implementação e ação das comissões de heteroidentificação étnico-racial de autodeclaração em tais políticas de cotas étnico-raciais enquanto mecanismo de sua efetivação. Embora a Lei Federal 13.409./2016 ao atualizar a Lei 12.711/2012 inclua nela pessoas com deficiência como beneficiários de tal política, as lentes analíticas deste projeto de pesquisa estarão voltadas especificamente para os alunos PPI’s na sua relação com a ação das comissões de heteroidentificação étnico-racial.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ailton Reis

Ciências Agrárias

Agronomia
  • diversidade de isolados de pythium obtidos de hortaliças no brasil, gama de hospedeiros e sensibilidade ao fungicida mefenoxam
  • A olericultura representa importante setor da agricultura brasileira, em especial pela relevante participação das hortaliças na alimentação de boa qualidade, geração de empregos e retorno financeiro em pequenas áreas. Apesar de ser um mercado altamente diversificado em termos de produtos, cerca de 12 espécies de olerícolas - entre elas a batata, o tomate, a cebola, a cenoura, a alface, as folhosas da família Brassicaceae e as cucurbitáceas representam mais de 80% do valor total gerado pelos hortigranjeiros. A cadeia produtiva de hortaliças possui vários entraves ao aumento da produção e/ou qualidade do produto em razão principalmente das mudanças climáticas já presenciada nos últimos anos, custo dos insumos e incidência de pragas e doenças. Diversos problemas fitossanitários ainda desafiam e limitam a produtividade e qualidade de diversas culturas, merecendo destaque patógenos habitantes do solo em razão da dificuldade de controle. Dentre esses, os oomicetos compõe um grupo de organismos heterotróficos compreendendo várias espécies fitopatogênicas, principalmente dentro dos gêneros Phytophthora e Pythium. Oomicetos do gênero Pythium estão entre os patógenos mais comumente distribuídos no solo, sendo geralmente polífagos e de rápido desenvolvimento. Estes patógenos causam diversas doenças em hortaliças, sendo as principais o tombamento de mudas e podridões de raiz. A dificuldade de controle destes oomicetos em hortaliças deve-se principalmente à ampla gama de hospedeiras (isto dificulta o emprego de rotação de culturas), à reduzida oferta de fungicidas registrados e o surgimento de populações resistentes aos poucos ingredientes ativos utilizados em seu controle. O principal fungicida utilizado no controle de oomicetos, o mefenoxan, apresenta sítio de ação específico, podendo selecionar indivíduos resistentes. Assim, é importante conhecer a diversidade de espécies de Pythium que atacam hortaliças no Brasil, pois isso implica diretamente na determinação da gama de hospedeiros e a sensibilidade a fungicidas das principais espécies identificadas, visando ter suporte para decidir quais as medidas de manejo a serem implementadas. É importante mencionar que existem poucos grupos de pesquisa trabalhando com oomicetos fitopatogênicos no Brasil. No caso do gênero Pythium, praticamente não existem grupos de pesquisa trabalhando com as espécies fitopatogênicas. Um diferencial deste projeto é que a coleção representativa de isolados já está praticamente montada e o pesquisador coordenador da pesquisa localiza-se no Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, que tem parceiros nas diversas regiões produtoras e ainda recebe amostras de hortaliças, para diagnose de doenças, de todo o Brasil. Estes fatores, aliados a algumas viagens pontuais, são estratégicos para a montagem de uma coleção representativa de isolados de Pythium. O objetivo deste projeto é realizar a caracterização morfológica e molecular de isolados de Pythium provenientes de diversas regiões produtoras de hortaliças do Brasil. A partir dessa caracterização, ter-se-á informação essencial para a proposição de medidas sustentáveis de controle ao se poder determinar a patogenicidade em diferentes espécies olerícolas (manejo cultural) e avaliar a sensibilidade ao fungicida mefenoxam (controle químico).
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Aires Pergentino da Silva

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • 6ª mostra viver ciência
  • A 6ª Mostra Acreana de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação – Viver Ciência é um evento de continuidade das Mostras Viver Ciência, que já pertence ao calendário escolar do Estado do Acre. É organizado pela Secretaria de Estado de Educação e Esportes do Acre, em parceria com outras instituições, que promove a Divulgação Científica, através de um arcabouço de diversas atividades direcionadas a diversidade de público, sendo uma oportunidade para troca de conhecimentos, estímulo à criatividade, valorização da experimentação, da ação investigativa, da atividade inovadora, de trabalhos interdisciplinares e da promoção da iniciação científica. O evento geralmente é realizado no segundo semestre do respectivo ano, na Universidade Federal do Acre - UFAC. A Mostra é uma ação que visa integrar as ações e políticas públicas de promoção da Ciência no Estado do Acre. Prever-se a 6ª Mostra como um reflexo das edições anteriores. A prioridade de atendimento são os alunos das escolas da Educação Básica, em todos os segmentos. A Mostra tem um caráter inclusivo e formativo, sendo composta de atividades, para os mais diversos públicos, como atividades para as crianças, os adultos, pessoas de comunidades rurais, povos indígenas, público Geek, etc. Esta edição trará o diálogo de saberes entre o científico e o cotidiano, sendo composta de uma programação diversificada, com atividades apresentadas de forma lúdica e criativa. Farão parte do evento ações como: oficinas, minicursos, palestras, contação de histórias, exposição de trabalhos científicos, apresentações culturais e sessões no planetário, além da exposição de diversas atividades das instituições parceiras que, certamente, irão despertar o interesse do público infanto-juvenil e adultos pela ciência e tecnologia. A julgar pelos números das últimas edições, esperamos, para 2020, a visita de mais de 36 mil visitantes, atendendo a mais de 140 escolas. E, em termos de produção científica, atendermos a 300 projetos para serem apresentados na Exposição Científica, além de oferecermos um rico menu de atividades que ocorrem, simultaneamente, nos 3 dias de evento a contar com o auxílio dos parceiros.
  • Secretaria de Estado de Educação e Esporte do Estado do Acre - AC - Brasil
  • 31/01/2021-31/01/2022
Foto de perfil

Airton Cardoso Cançado

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • gestão social e políticas públicas: tics e possibilidades da participação direta
  • O objetivo da proposta é identificar e discutir as possibilidades da Gestão Social mediada pelas Tecnologias da Informação e Comunicação – TICs na participação direta da sociedade no ciclo das políticas públicas. A pesquisa parte da premissa que a sociedade tem o dever e o direito de participar nas escolhas relativas ao seu futuro, no que tange às políticas públicas. A base teórica do trabalho está centrada nos conceitos de Gestão Social e Ciclo das Políticas Públicas, mediados pelas TICs. Gestão Social entendida como a tomada de decisão coletiva e participação direta. Ciclo da Política Pública entendido como o processo de construção da agenda, elaboração da proposta, discussão, escolha dos meios e processos e avaliação. A metodologia da pesquisa tem natureza qualitativa, o método caminha em duas vertentes: a teórica é baseada na análise de conteúdo, a empírica que é a construção e teste de um instrumento de identificação da Gestão Social em organizações baseadas na decisão coletiva. Essas análises têm como pano de fundo a utilização das TICs como mediadoras da participação. Os resultados serão o mapeamento do sentido do conceito de Gestão Social e da utilização de TICs para a participação em contexto nacional e internacional. Como produtos acadêmicos serão elaborados um relatório de estágio pós-doutoral, uma dissertação e artigos. Outro produto será um instrumento testado para a identificação da Gestão Social em Organizações.
  • Universidade Federal do Tocantins - TO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aírton Mendes Conde Júnior

Ciências Biológicas

Morfologia
  • papel de proteinas de proliferação, morte e estrutura celular nas glândulas salivares de camundongos balb/c com leishmaniose visceral
  • O protozoário Leishmania infantum, causador da leishmaniose visceral, se dissemina sistemicamente para propagar-se no macrófago de órgãos internos, principalmente fígado, baço, medula óssea e linfonodos. A leishmaniose está entre as doenças endêmicas negligenciadas prevalentes no Brasil. Diante da importância epidemiológica dos estudos com Leishmania e da necessidade de aprofundar o conhececimento da leishmaniose e sua relação com as glândulas salivares, propõe-se estudar a histologia do parênquima e túbulos das glândulas salivares de camundongos BALB/c experimentalmente infectados com L. infantum chagasi, com enfoque na avaliação da expressão de proteínas de proliferação e morte celular, e matriz extracelular. O projeto encontra-se na fase de apreciação pelo Comissão de Ética do Uso de Animais (CEUA) sob o número de protocolo 506/18. Serão utilizados 64 camundongos isogênicos machos da linhagem BALB/c, provenientes do biotério do Centro Central da Universidade Federal do Piauí/UFPI. Os animais serão divididos aleatoriamente, de forma que haverá a avaliação dos tecidos durante a fase aguda e crônica da doença, concomitantemente aos grupos controles. Após eutanásia dos animais, as glândulas salivares, baço, fígado, linfonodo e medula óssea serão submetidos ao processamento histológico, imunohistoquímica, morfometria e western blotting para a investigação de necrose, expressão de proteínas apoptóticas (Caspase- 3 e Bcl-2), proteínas de proliferação e ativação do ciclo celular (PCNA e Ki-67), e proteínas da matriz extracelular (Colágeno I e clágeno III). Acredita-se na contribuição e ampliação do conhecimento na caracterização da morfofisiologia de glândulas salivares em camundongos BALB/c experimentalmente infectados com leishmaniose visceral, nas diferentes fases de infecção.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alacoque Lorenzini Erdmann

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • avaliação do cuidado de enfermagem a pacientes com covid-19 em hospitais universitários brasileiros
  • No Brasil, os hospitais universitários são centros de referência de média e alta complexidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) no atendimento a pacientes com COVID-19. Nesses cenários, destaca-se a atuação da enfermagem, pois é a categoria responsável pela maioria dos cuidados recebidos pelos pacientes durante a hospitalização, podendo influenciar diretamente na qualidade assistencial, segurança do paciente/profissional e busca pela excelência dos resultados institucionais. Assim, este estudo tem como objetivo geral avaliar o cuidado de enfermagem a pacientes com COVID-19 em hospitais universitários brasileiros, sob a perspectiva dos profissionais e pacientes. Trata-se de uma proposta multicêntrica nacional, que reúne 10 instituições de ensino federais, sendo duas de cada região do Brasil: (1) Sul: Universidade Federal de Santa Catarina (proponente) e Universidade Federal de Santa Maria; (2) Sudeste: Universidade Federal de São Paulo e Universidade Federal do Rio de Janeiro; (3) Nordeste: Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Universidade Federal da Bahia; (4) Norte: Universidade Federal do Pará e Universidade Federal do Amazonas; e, (5) Centro-oeste: Universidade Federal do Mato Grosso e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. A metodologia será desenvolvida em quatro momentos, com distintas estratégias de pesquisa: (1) Estudo documental, com abordagem quantitativa, por meio de consulta a boletins e relatórios institucionais; (2) Pesquisa de métodos mistos com profissionais e gestores que atuam/atuaram no cuidado de pacientes infectados com COVID-19 para conhecer a experiência de enfermeiros no cuidado de pacientes com COVID-19, analisar o ambiente de trabalho da enfermagem, identificar recomendações para melhorias para o enfrentamento da COVID-19 e conhecer estratégias de continuidade do cuidado na alta hospitalar para o domicílio e/ou transição para atenção primária à saúde; (3) Estudo exploratório e interpretativo, com abordagem qualitativa com pacientes recuperados da doença para desvelar atributos de satisfação relacionados à segurança e qualidade assistencial, bem como sugestões para melhorias para o enfrentamento da COVID-19 e futuras pandemias; e, (4) Sessão integradora de translação do conhecimento e grupo de peritos para validação de um guia de boas práticas para o cuidado de enfermagem a pacientes com COVID-19. Em cada etapa, serão utilizadas técnicas específicas de coleta e análise de dados quantitativas e qualitativos, conforme o foco estudado. A partir da pesquisa, pretende-se contribuir com a produção de novos conhecimentos para melhoria do cuidado em saúde/enfermagem no SUS no combate a COVID-19, por meio do desenvolvimento de um repositório digital para compartilhamento de boas práticas de cuidado de enfermagem para o enfrentamento da COVID-19 e aprimoramento da atenção à saúde. Além disso, busca-se ampliar a massa crítica em termos de profissionais da saúde, estudantes e pesquisadores acerca da qualidade do cuidado para lidar com pandemias e de possíveis estratégias para o desenvolvimento de padrões/boas práticas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 16/07/2020-15/08/2022
Foto de perfil

Alaim Souza Neto

Ciências Humanas

Educação
  • educação escolar, currículo e tecnologias: análise de infraestrutura, formação docente e aspectos didático-pedagógico-curriculares sobre o uso de tecnologias digitais na escola.
  • Este projeto está inserido como uma das ações de nosso grupo de pesquisa registrado junt6o ao CNPQ: Observatório de Práticas Curriculares. Assim, este projeto tem por objetivo investigar os usos pedagógicos de tecnologias digitais contemporâneas (computadores, tablets, celulares, etc.) em escolas públicas da rede estadual de ensino localizadas no município de Blumenau, estado de Santa Catarina, atentando, sobretudo, para elementos didáticos e pedagógicos que revelem elementos de possíveis mudanças curriculares durante os processos de ensino e de aprendizagem no ensino de Matemática e Química, relacionando os campos da Educação, Currículo e Tecnologias. Como ênfase teórica, tem-se diferentes interfaces entre os campos do Currículo, Formação de Professores e Políticas Educacionais, além de outras linhas de atuação teórica, como cultura escolar, práticas pedagógicas, etc. No campo macro, pretende-se realizar um mapeamento social das políticas que contemplam os usos de Tecnologias Digitais - TD na escola, juntamente com um mapeamento da situação de escolas públicas blumenauenses no que diz respeito à infraestrutura tecnológica, formação docente e práticas curriculares com o uso dessas TD. Com base nesse diagnóstico, almeja-se realizar um estudo qualitativo em escolas, objetivando investigar em que medida, possíveis mudanças curriculares, especialmente, vinculadas aos processos de seleção, organização, difusão e socialização do conhecimento escolar (conteúdos escolares), podem ser identificadas no cotidiano das escolas selecionadas a partir dos usos das TD e quais dessas relações são possíveis configurá-las como inovadoras à aprendizagem dos alunos. Como base de dados, pretende-se trabalhar com as informações disponibilizadas nos resultados do Censo Escolar e INEP, bem como dados dos questionários, entrevistas e, se possível, observações de práticas pedagógicas, todos estes em relações estreita com disciplinas que ministramos nos cursos de Licenciatura em Química e Matemática, a saber: Didática; Organização Escolar; e, Educação, Ciência e Tecnologias. Almeja-se, ainda, criar redes de pesquisa com outras instituições, inclusive Universidades e grupos de pesquisa já constituídos, a fim de estabelecer interlocução com a rede pública de educação básica na cidade de Blumenau, contribuindo com a formação inicial e continuada de professores. Por fim, pretende-se contribuir com a consolidação da implantação da UFSC Blumenau, sobretudo dos cursos de formação de professores para as áreas de Química e Matemática, bem como estimular e promover parcerias nacionais e internacionais em torno dessa temática, como meio de criação de novos espaços de pesquisa.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alam Gustavo Trovó

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • avaliação da degradação e toxicidade de contaminantes de interesse emergente e de seus produtos de transformação em matrizes ambientais durante processo foto-fenton modificado em condições próximas à neutralidade
  • A partir da década de 90, após avanços nas técnicas analíticas hifenadas (cromatografia líquida de alta eficiência acoplada à espectrometria de massas), tem sido possível detectar e quantificar a presença de uma nova classe de compostos conhecidos como contaminantes de interesse emergente. Fazem parte dessa classe hormônios, produtos cosméticos e de higiene pessoal, surfactantes, pesticidas, fármacos, dentre outros. Esses compostos estão presentes em matrizes ambientais como águas superficiais e efluentes de estações de tratamento de esgoto, em níveis de concentrações de ng a µg L-1 e, tem sido um dos maiores desafios na área de tratamento de água e efluentes, visto que muito deles não são legislados e a sua presença em ambientes aquáticos contribui para o desencadeamento de efeitos deletérios em humanos e animais. Uma estratégia para contornar esse problema é utilizar o processo de oxidação avançada, foto-Fenton, o qual é eficiente para a degradação de compostos tóxicos e recalcitrantes aos processos biológicos e convencionais. Vários estudos foram feitos aplicando o processo foto-Fenton para a degradação desses contaminantes em água destilada, utilizando concentrações dos compostos-alvo da ordem de mg L–1 e pH próximo de 3, sob radiação artificial, condições completamente diferentes das matrizes ambientais. Neste contexto, nesse estudo será avaliado o uso de diferentes ligantes orgânicos para tornar possível a degradação dos contaminantes de interesse emergente, em concentrações da ordem de µg L–1, pelo processo foto-Fenton em meio próximo da neutralidade, proporcionada pela formação de complexos solúveis de ferro e facilmente fotolisados, atribuído principalmente ao tipo de ligante, condições operacionais e fonte de radiação. A possibilidade de utilizar luz solar como fonte de radiação, contribuirá no desenvolvimento e viabilidade de tecnologias sustentáveis para uso em remediação ambiental. Diferentes parâmetros operacionais serão avaliados, tais como: tipo do ligante orgânico, reposição do ligante, concentração dos complexos de ferro e H2O2, composição das matrizes aquosas, pH e fontes de radiação. A eficiência do processo será baseada na degradação dos compostos-alvo, monitorada pelo decaimento da concentração desses contaminantes por cromatografia líquida de alta eficiência com detecção por arranjo de diodos. Além disso, será baseada no consumo de H2O2, concentração de ferro, pH, toxicidade aguda para a bactéria Vibrio fischeri e biodegradabilidade. Os produtos de transformação serão identificados com a finalidade de propor um mecanismo de degradação, bem como associar com o aumento e/ou redução da toxicidade. O conhecimento dos efeitos tóxicos e persistência dos contaminantes de interesse emergente, assim como de seus subprodutos, permitirá fazer uma correta avaliação dos riscos e impactos ambientais provocados por eles. Assim, a execução desse projeto visa responder aos seguintes questionamentos: Complexos orgânicos de ferro viabilizam a aplicação do processo foto-Fenton em meio próximo da neutralidade para a degradação de contaminantes de interesse emergente presentes em matrizes ambientais? Qual é o melhor ligante orgânico, condição operacional, fonte de radiação e o perfil da toxicidade e biodegradabilidade dos compostos-alvo e de produtos de transformação gerados durante o tratamento?
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alan Barros de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • dessalinização de água por meio de nanotubos deformados na presença de campo elétrico: simulações de dinâmica molecular
  • Resumo O crescimento alarmante da relação demanda/oferta de água potável é preocupante atualmente. Processos de purificação da água são incansavelmente investigados a fim de se obter um meio eficiente para isso. Uma alternativa promissora é a dessalinização da água do mar. Contudo, os processos para tanto ainda são muito caros e pouco eficientes. Com o advento das nanoestruturas, tais como o grafeno, nanotubos, fulerenos, dentre outros, filtragem da água usando estas estruturas têm dado resultados promissores. Claramente, ainda há muito a ser feito, principalmente pelo fato de o estudo da água em meios confinados não ser uma tarefa simples. Montagens experimentais refinadas ou modelos computacionais complicados são necessários para isso. Cálculos analíticos são definitivamente inviáveis. Neste projeto, nos propomos a desenvolver um modelo computacional simples e barato para o estudo do transporte e separação água-soluto através de nanoestruturas. Este trabalho é importante pois problemas maiores (em tempo e tamanho) podem ser atacados. Além disso, a física por trás dos fenômenos fica mais evidente quando modelos simples são utilizados.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alan Grupioni Lourenco

Ciências da Saúde

Odontologia
  • determinação do perfil de expressão e de intervalos de referência de biomarcadores salivares em indivíduos periodontalmente saudáveis e em indivíduos com periodontite crônica
  • Diversos estudos têm buscado biomarcadores salivares a fim de prever, diagnosticar e monitorar a periodontite crônica (PC). Infelizmente, o uso de biomarcadores ainda não é uma realidade clínica, devido as grandes variações que as citocinas salivares sofrem, principalmente, em decorrência do constante desafio proporcionado por agentes patógenos diários e complexidade da resposta do hospedeiro. Este projeto de pesquisa objetiva avaliar a curva de expressão e o estabelecimento de intervalos de referência da IL-1β, IL-6, IL-8 e TNF-α em indivíduos periodontalmente saudáveis e em indivíduos com PC. Vale ressaltar que numerosos trabalhos apresentam essas citocinas como candidatas à biomarcadoras da PC. Para o desenvolvimento desse trabalho, avaliaremos os níveis salivares dessas citocinas em seis ocasiões durante um período de 15 dias. Farão parte do estudo, 15 homens e 15 mulheres periodontalmente saudáveis (Grupo 1) e 15 homens e 15 mulheres com PC (Grupo 2). Os participantes serão convidados a fazerem o seguinte protocolo de coleta: Tempo 1: primeira coleta será realizada, por volta das 8 horas, em jejum e na ausência de escovação dentária matutina. Após a primeira coleta os participantes farão a escovação dentária. A segunda coleta será realizada, ainda em jejum, após 1 hora da escovação, por volta das 9 horas. Após a segunda coleta os participantes farão o desjejum. Terceira coleta será realizada 2 horas após o desjejum, por volta das 11 horas. Tempo 2: Quinze dias após o tempo 1, os participantes serão convidados a realizarem novamente as mesmas coletas de saliva, utilizando a mesma metodologia. Os níveis salivares das diferentes citocinas serão determinados por ELISA. Pretendemos com essas diferentes coletas compreender o máximo de variáveis dentro do período mais utilizado por diversos trabalhos que coletam saliva para suas análises, ou seja, entre 8 e 12 horas. Através do coeficiente de correlação intraclasse, das análises das variâncias e concordâncias das diferentes mensurações das citocinas salivares avaliadas pelo método de Bland-Altman entre os dois grupos, pretendemos estabelecer intervalos de referência para as citocinas estudas, assim como verificar suas potencias confiabilidades e aplicabilidades como biomarcadoras da PC.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022