Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

José Augusto Gomes Azevêdo

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • entendendo o papel da espécie nas exigências nutricionais e eficiência de utilização dos nutrientes em caprinos e ovinos
  • O conhecimento das exigências nutricionais permite o nutricionista formular rações mais adequadas, visando o monitoramento e adequação do manejo nutricional, bem como minimização de gastos e de impacto ambiental da produção animal. Dessa forma, estudos têm sido conduzidos isoladamente com o intuito de determinar as exigências de diferentes espécies animais em condições nacionais. Entretanto, os questionamentos acerca das diferenças e/ou semelhanças nas exigências nutricionais entre espécies próximas permanecem inconclusivas. Alguns sistemas de alimentação deliberadamente propõem exigências para animais ruminantes de maneira conjunta, contemplando ou não pequenos ajustes para espécie (INRA, CSIRO), outros, por sua vez, propõem as exigências específicas para cada espécie animal (NRC, NASEM). Comparados à espécie ovina, os caprinos são mais seletivos e apresentam maior eficiência de colheita, o que leva a consumo de matéria seca diferenciado uma vez que ingerem alimento de maior qualidade e apresentam maiores taxas de passagem do alimento, o que os permite aproveitar, principalmente, o conteúdo celular das forragens. Assim, interpreta-se que extrapolações de recomendações nutricionais das espécies ovina para a espécie caprina são inadequadas. Entretanto, será que as diferenças no material ingerido levariam necessariamente a diferenças nas exigências nutricionais? Dessa forma o objetivo desse estudo é avaliar o efeito da espécie nas exigências nutricionais e eficiência de utilização de nutrientes. Para isso, serão conduzidos 2 estudos com caprinos e ovinos com peso corporal variando de 20 a 40 kg e de 40 a 60 kg, em que serão avaliadas as exigências de energia e proteína para mantença e ganho, bem como a estimativa de proteína metabolizável. Os modelos de exigências nutricionais serão analisados quanto à sensibilidade utilizando Monte Carlo e os seguintes critérios: R2, CCC, a predição do quadrado médio do erro e sua decomposição em viés médio e viés sistemático.
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 08/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

José Augusto Miranda Nacif

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • utilizando computação heterogênea em nuvem para acelerar simulações de redes reguladoras de genes
  • As redes reguladores de genes ou GRNs são modelos dinâmicos implementados por grafos que possuem várias aplicações em bioinformática como, por exemplo, o estudo de diferenciação celular, metabolismo e a evolução de doenças como o câncer. Porém, para simular todo espaço de estados de uma GRN, o crescimento no tempo de execução é exponencial, limitando os estudos a GRNs com poucos genes (da ordem de 20 a 40). Existem vários modelos com mais de 50 genes documentados na literatura que foram poucos explorados em função da sua complexidade. Este trabalho propõe o desenvolvimento de novas ferramentas e técnicas para facilitar o estudo de GRNs utilizando computação de alto desempenho de forma eficiente, escalável e transparente para usuário final. Dessa forma, será possível diminuir o tempo de execução de simulações em até 4 ordens de grandeza, permitindo a exploração de redes reguladoras maiores. As ferramentas podem ser usadas em computadores na nuvem com aceleradores (GPUs e FPGAs), explorando o paralelismo de grão grosso/fino, além de poderem ser integradas a outros softwares de ampla utilização na área de biologia como o Cytoscape. As ferramentas desenvolvidas neste projeto têm como objetivos específicos permitir que o usuário possa dinamicamente construir e ajustar os modelos de GRNs em tempo de execução. Finalmente, todo o trabalho desenvolvido será disponibilizado para os pesquisadores da área de biologia em repositórios de domínio público.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 27/08/2020-31/08/2022
Foto de perfil

José Barbosa dos Santos

Engenharias

Engenharia Nuclear
  • fitorremediação de resíduos de herbicidas no ambiente: implicações para descontaminação de águas superficiais e subterrâneas
  • Em se tratando de águas superficiais, subterrâneas e residuais, a contaminação por resíduos de herbicidas tem sido negligenciada pelo desconhecimento geral da sociedade da ação dessa classe de agrotóxicos. Por um lado, herbicidas possuem menor risco de intoxicação a animais e ao ser humano, e menor probabilidade de contaminação de alimentos em função de serem produtos com mecanismos de ação em rotas, normalmente, específicas a plantas, aplicados em períodos distantes das colheitas. Por outro lado, os resíduos de herbicidas são potencialmente mais danosos aos cursos hídricos por causar a morte do fito-plâncton e elevada toxicidade a microrganismos, alterando a disponibilidade de oxigênio e vida aquática. Pesquisas já demonstraram que os herbicidas estão entre as substancias com maior poder de contaminação de águas, sendo encontrados em lençóis nos Estados Unidos, Europa e em praticamente todo o território agrícola brasileiro. Mesmo com a evolução na tecnologia de aplicação de defensivos e formulações mais seguras, resíduos são lançados diariamente e a contaminação de águas persiste. Desde 2003 no Brasil, a fitorremediação tem sido proposta como biotecnologia ambiental para descontaminar ambientes com resíduos de herbicidas. Nos últimos anos essa tecnologia ganhou destaque pela internacionalização dos resultados de pesquisa, interessando grupos na Europa e restante da América, dado o aspecto ecológico por meio da recomendação de espécies arbóreas, herbáceas e mesmo macrófitas, na diminuição de resíduos de atrazine, sulfentrazone e sulfonilureias. Apresentamos esse novo projeto como proposta de biotecnologia ambiental no direcionamento de política pública nacional para diminuição de resíduos de herbicidas no ambiente. Propõem-se um conjunto de experimentos em campo e ambiente controlado, visando consolidar a fitorremediação como opção ao manejo de resíduos de herbicidas e estudo da contribuição microbiana no processo. Estudos da biodegradação por microrganismos simbiontes das fitorremediadoras serão feitos para ampliar opções de bioestimulação. O resultado esperado é a recomendação de um programa contendo elenco de espécies vegetais aptas a remediarem sítios com resíduos dos principais herbicidas, isolamento e caracterização de microrganismos envolvidos no processo e formação de recursos humanos qualificados ao nível de ensino médio, graduação e pós-graduação.
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK - MG - Brasil
  • 08/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

José Benjamim Picado Sousa e Silva

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • enredo: rede e laboratório integrados de assessoria de conteúdos em ficção seriada televisiva
  • Esta proposta objetiva estabelecer bases teóricas e materiais, em itens de capital (equipamentos, bibliografia, mobiliário) e de custeio (passagens aéreas e diárias, eventuais reformas de espaços para atividades de ensino e pesquisa), para formar uma infra-estrutura laboratorial de uma Rede Laboratorial de Assessoramento e Tutoria de Projetos de Dramaturgia e Narrativa em Formatos de Ficção Seriada Televisiva(pensar um nome de fantasia): no horizonte de atendimento previsto para esta Rede, dirigiremos os serviços prestados pela equipe proponente a diversos atores institucionais desses universos da produção audiovisual (roteiristas, produtoras independentes, empresas de conteúdo, Organizações não-governamentais, etc.), na assessoria qualificada e tutoria continuada para elaboração de conteúdos narrativos em formatos de ficção seriada televisiva (com foco na concepção dramatúrgica e narrativa desses projetos), visando seu posicionamento em contextos concorrenciais de disputa por eventuais financiamentos de diversas fontes nesse campo da produção cultural. Para além dessa finalidade de atendimento, esta rede integrada de laboratórios visa igualmente estabelecer programações continuadas de formação (em caráter de extensão universitária, em cada uma das sedes da equipe proponente), dirigida aos interessados em obter formação para a criação dramatúrgica de conteúdos narrativos, com cursos sobre a arte do roteiro, em dinâmicas de “salas de roteiristas”, conteúdos relativos às dinâmicas da economia criativa nesse campo, entre outros). A proposta conjuga um histórico de esforços da equipe proponente, em diferentes instituições, todos devotados ao exame de diferentes dimensões, formas de aproximação e dinâmicas de formação para a criação de conteúdos de ficção seriada televisiva – com histórico prévio de atividades conjuntas assim na qualidade da inserção da equipe no campo científico, demonstrada por índices de produtividade qualificada e de formação na área da proposta.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Bento Pereira Lima

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • avaliação da resistencia a inseticidas em anofelinos de regiões com alta incidência de malária no brasil
  • e manter uma linhagem de An. darlingi no laboratório, sem a necessidade de cópula forçada, que possa servir como referência para inúmeros estudos futuros de susceptibilidade a compostos, estratégias de controle, estudos de fisiologia, bioquímica e competência vetorial. Acreditamos que este projeto contribuirá academicamente de forma significativa com o conhecimento a cerca do fenômeno da resistência, bem como dará um importante passo na configuração de um sistema nacional de vigilância e monitoramento da RI em anofelinos da Amazônia brasileira.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 06/12/2019-31/10/2023
Foto de perfil

José Carlos Messias Santos Franco

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • construindo as competências digitais: curso de capacitação para professores em metodologia multimodal, lúdica e afetiva
  • A disseminação de tecnologias digitais por todas as esferas sociais desafia o ensino tradicional, demandando a capacitação de professores e alunos para as competências digitais. Quando canalizadas para o ensino-aprendizagem, as práticas com as mídias digitais permitem desenvolver tanto competências associadas à cultura letrada clássica quanto competências relacionadas a letramentos multimidiáticos. Entendendo que a sala de aula precisa ser modernizada a fim de preparar os alunos para os desafios do século XXI, a metodologia aqui proposta desenvolve as competências e aprendizados necessários para atuar na cultura digital, promovendo a integração entre mídias e produtos de comunicação como livros, filmes, quadrinhos, games, aplicativos, entre outros. Experiências pregressas do proponente e demais integrantes no estado do Rio de Janeiro, no âmbito do Laboratório de Mídias Digitais (UDT-LMD) do PPGCOM/Uerj, possibilitaram o desenvolvimento de uma metodologia de aprendizagem que integra essas mídias digitais ao conteúdo das disciplinas do ensino fundamental. Nomeamos essa metodologia de multimodal, lúdica e afetiva, pois seu objetivo é introduzir técnicas de comunicação multimodal (recursos textuais, audiovisuais, hápticos), de forma lúdica e afetiva, para dinamizar a sala de aula e capacitar alunos e professores para as competências digitais. Agora docentes em suas respectivas instituições, a saber, UFMA, UFJF, UFU e Uerj, a rede denominada Comunicação, Lúdico, Afeto e Cognição (CLAC) busca recursos para compra de equipamentos para cursos de capacitação para professores do ensino fundamental II, ampliando assim o alcance do projeto para escolas em todo território nacional – ainda que prioritariamente voltado para o estado do Maranhão e região Nordeste, além de Minas Gerais e Rio de Janeiro, onde estão localizadas as instituições colaboradoras. Os cursos serão ministrados na modalidade remota, inicialmente, em duas edições com capacidade para atender 80 professores.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Cláudio Alves de Oliveira

Ciências Sociais Aplicadas

Museologia
  • ex-votos das américas: etapa américa do sul
  • A presente proposta é a continuidade dos Projetos Ex-votos do Brasil, Ex-votos das Américas: Central e do México, que mapearam salas de milagres, santuários e museus, documentaram, analisaram e iconografaram ex-votos para os campos da ciência da informação, comunicação e museologia, tratando de vetores como a memória social, a semiótica e a folkcomunicação, áreas que se reservam ao estudo dos fluxos e trocas de informação e ao estudo da cultura popular, sua expressividade e processo comunicacional, respectivamente, campos definidores que ajudarão na compreensão das mensagens escritas, pictóricas e escultóricas, para percepção do universo do indivíduo e coletividade, além do estudo comparativo com a tipologia ex-votiva estudada. Objetivos gerais: Pesquisar e analisar os ex-votos dos santuários de N. Sra Chiquinquirá (Colômbia), N. Sra do Carmo, Sta Teresa de Los Andes (Chile), N. Sra das Mercês (Peru), N. Sra da Apresentação (Equador), N. Sra de Luján, Catedral de Salta, N. Sra de Lourdes, Difunta Correa (Argentina), N. Sra de Copacabana (Bolívia), N. Sra dos Trinta e Três (Uruguai), e os museus Nacional (Chile), Arte Religiosa e Palácio Arzobispal (Peru), para estudar a tipologia, os discursos, a iconografia e os seus múltiplos formatos que trazem mensagens, dados e informações diversas. Objetivos Específicos: Estender a análise e comparação aos ex-votos do Brasil, América Central e México já estudados; Estudar sinteticamente as origens dos santuários e museus; Identificar e catalogar a tipologia dos ex-votos nas salas de milagres e museus; Verificar a variação e permanência dos ex-votos em cada sala e museu; Analisar as formas de entrada dos objetos ex-votivos, nas salas e museus; Mapear possíveis museus com acervos ex-votivos; Analisar os discursos nas cartas, bilhetes e fontes pictóricas e fotográficas; Tecer estudos iconográficos e iconológicos dos objetos tridimensionais e pictóricos. Verificar a existência de retableros. Buscar depoimentos de peregrinos.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

José Cláudio Rocha

Ciências Humanas

Filosofia
  • panacum: ifeira de ciências e mostra científica transterritorial da bahia
  • O presente projeto intitulado FEIRA DE CIÊNCIAS E MOSTRA CIENTÍFICA TRANSTERRITORIAL DA BAHIA, será executado pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB) através do Centro de Referência em Desenvolvimento e Humanidades (CRDH), órgão suplementar, centro de pesquisa multiusuário e interdisciplinar, com área de atuação em todo o estado da Bahia e sede no Campus Professor Jaime Sodré, Pelourinho, Centro histórico e Antigo de Salvad Diversos autores como Castells (CASTELLS, 2008), Zaoual (ZAOUAL, 2003), Masi (MASI, 2001), Sabbag (SABBAG, 2007), Santos (SANTOS, 2011) e Rocha (ROCHA, 2008), entre outros, concordam que o século XXI trouxe em seu bojo uma série de mudanças que representam grandes transformações no plano econômico, social e cultural no mundo inteiro. A humanidade está, progressivamente, deixando a sociedade industrial, para ingressar, de uma vez por todas, na chamada Sociedade 5.0 ou Sociedade da Aprendizagem e Economia do Conhecimento, recorrendo a uma expressão utilizada por Stiglitz (STIGLITZ, 2017), que reforça a importância da educação continuada nos dias atuais. De fato, a evolução das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), na base da infraestrutura econômica mundial, está modificando toda a superestrutura política, social e cultural, com consequências irreversíveis para a vida da grande maioria das pessoas. Questões como inteligência artificial; big data; internet das coisas; energias renováveis; internet 5G; estão na ordem do dia, impactando no comportamento das pessoas, organizações produtivas e no mundo do trabalho. Como foi trabalhado durante a IV Conferência de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia (SECTI , 2019) - evento organizado em 11 conferências territoriais e uma conferência estadual, pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) e Conselho Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia (CONCECTI) é preciso formar pessoas para a Sociedade 5.0, e decidir sobre quais pilares vamos erguer nossa nova civilização. De pouco adiantará investir em políticas públicas de Ciências e Tecnologia (CTI), editais de inovação, formação de ambientes e ecossistemas de inovação e projetos de pesquisa e desenvolvimento, se não investirmos na formação de pessoas para a sociedade tecnológica que temos, pois, todos esses ambientes de inovação são formados, sobretudo, pelos seres humanos. Por outro lado, os jovens brasileiros ainda recebem pouco estímulos para o campo das ciências, impactando negativamente, na procura pelas profissões tecnológicas como engenharias, informática e ciências exatas. É preciso investir urgentemente na popularização da ciência, tecnologia e inovação. É preciso gerar, preservar e difundir conhecimento, juntar-se com outras pessoas para buscar soluções para melhorar a vida das pessoas e superar os grandes desafios nacionais. O cientista social Castells, nos diz que quem está fora dos fluxos de informação e conhecimento, provavelmente, estará fora dos fluxos de trabalho, emprego, renda, riqueza e poder (CASTELLS, 2008). Já o economista e Prêmio Nobel em economia (2001) Stiglitz, nos diz que cerca 85% da melhoria da vida das pessoas nos últimos 60 anos são decorrentes da inovação tecnológica, por este motivo, as nações investem fortemente nessa área (STIGLITZ, 2016). Ante o exposto o OBJETIVO GERAL deste projeto é promover a popularização da Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI), assim como do empreendedorismo de vanguarda e da qualidade da educação, voltada para inclusão produtiva e social das pessoas, recorrendo a promoção de um multievento com Feira de Ciências, Mostra Científica e atividades culturais e artísticas, valorizando a transterritorialiade e diversidade humana, natural e social baiana. Este multievento será organizado de forma participativa e colaborativa, na modalidade híbrida, sempre pensando em metodologias ativas que promovam o protagonismo dos estudantes e das comunidades de prática envolvidas, com atividades presenciais (realizadas na sede do CRDH/UNEB no Pelourinho e no Largo Tereza Batista no Pelourinho), assim como atividades assíncronas, realizadas dentro do tempo e disponibilidade das pessoas, como divulgação de conteúdo em um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), na TV CRDH/UNEB, site do centro, redes sociais e biblioteca MAAT Digital, nossa biblioteca virtual. Este multievento voltado para a popularização da CT&I, busca estimular a curiosidade, criatividade e raciocínio científico, assim como a capacidade de inovação e empreendedorismo, levando em consideração as especificidades encontradas em nosso estado, como a transterritorialiade, que reconhece as múltiplas conexões do cidadão em mais de um território e em múltiplas dimensões (humana, social, cultural). or, à Ladeira do Carmo, nº 37, Santo Antônio, Salvador, Bahia, Brasil.
  • Universidade do Estado da Bahia - BA - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

José da Cruz Machado

Ciências Agrárias

Agronomia
  • transmissibilidade e detecção molecular dos agentes causais da podridão de phytophthora e da mancha alvo em sementes de soja e algodão
  • A associação de patógenos com sementes tem sido uma das causas mais preocupantes e frequentes de perdas na Agricultura por diversas razões. Além de ser uma forma eficaz de disseminar doenças em todo o Mundo a qualidade sanitária de sementes provoca reduções significativas de produção e perdas irreparáveis no âmbito ambiental e social. No caso de soja e algodão, a exemplo do que ocorre com as demais espécies vegetais cultivadas, inúmeros aspectos sobre a interação de alguns patógenos de natureza epidêmica ainda requerem investigações científicas mais aprofundadas e urgentes. Neste projeto são focados dois patossitemas envolvendo fungos patogênicos, Phytophthora sojae e Corynespora cassiicola em soja e algodão, que ainda não foram devidamente estudados em relação a transmissibilidade de sementes a plantas e de plantas a sementes, e a sua detecção em amostras de sementes por métodos moleculares. Estas informações são de suma relevância para o manejo das doenças envolvidas, tendo se em mente a diagnose precoce e o conhecimento do nível de interação destes organismos com as sementes dos respectivos hospedeiros. Os trabalhos serão conduzidos em condições controladas utilizando se de recursos metodológicos disponibilizados pela equipe participante da proposta e devendo ser estendidos em fases posteriores para condições de campo. Serão parceiros neste projeto a Universidade Federal de Lavras e Empresas que trabalham com proteção de plantas voltadas para Tratamento Sanitário de Sementes no Brasil. Todos os membros da equipe proponente apresentam qualificação e experiência no âmbito de Patologia de Sementes, tendo todos adquiridos parte de seus conhecimentos na Wageningen University and Research Centre ,Holanda, com a qual ainda mantêm forte ligação com pesquisadores da área deste projeto.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 29/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Daniel Soares de Paiva

Engenharias

Engenharia de Produção
  • desenvolvimento de protocolos para reuso seguro de respiradores n95 e alternativa inovadora a partir de de filtros químicos na proteção respiratória dos profissionais de saúde expostos a covid-19
  • No Brasil, o número de colaboradores da saúde que estão se afastando do trabalho pelo contágio da COVID-19 está aumentando consideravelmente dia após dia, portanto, percebe-se que as medidas de proteção não estão sendo eficazes. A Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco já diagnosticou 800 casos de COVID-19 em profissionais de saúde do total de 3.000 casos registrados no Estado até a data de 22 abril de 2020, ou seja, 26% dos casos. Portanto, o objetivo geral desde trabalho consiste em avaliar a microbiota e a integridade de respiradores N95 reusados no expurgo da Central de Material de Esterilização do Hospital Geral da Restauração do Estado de Pernambuco e estudar o comportamento de filtros químicos associados à respiradores reutilizáveis como medida de proteção respiratória alternativa contra a exposição de profissionais de saúde à paciente acometidos pela COVID-19. O projeto será desenvolvido no Laboratório Emergencial de Combate ao COVID 19 do Centro Regional de Ciências Nucleares do Nordeste - CRCN-NE em conjunto com Laboratório de Higiene Ocupacional do Instituto Federal de Pernambuco – Campus Abreu e Lima. Para alcançar os objetivos, a metodologia a ser empregada conta com a realização de ensaios de descontaminação de respiradores N95, imageamento a nível molecular de filtros químicos e de respiradores N95, além da realização de ensaios de viabilidade e carga virais. A comprovação científica de que o reuso de respiradores N95 é seguro e que os filtros químicos são eficazes na proteção respiratória contra o coronavírus ajudará a desafogar a demanda por respiradores N95, além se apresentar nova metodologia de avaliação de eficiência de filtros em respiradores para proteção contra agentes biológicos. A pesquisa tem forte potencial para diminuir os custos de importação de EPI´s e aumentar o leque de opções de proteção respiratória no combate ao coronavírus.
  • Instituto Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Jose David Mangueira Viana

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • olimpíada brasileira de física das escolas públicas - obfep
  • As Olimpíadas de Física aparecem em uma centena de países não só como instrumento para divulgar a Física mas também como uma forma de identificar jovens talentosos que podem ser estimulados a seguir carreiras científico-tecnológicas. Para atingir esses e outros objetivos a Olimpíada necessita estar presente nas escolas públicas municipais, estaduais e federais onde se encontra a maioria da população estudantil. Esta é a finalidade do projeto Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP), um programa da SBF. A OBFEP atinge em cada edição cerca de 500 mil estudantes, vem acontecendo anualmente e é destinada a alunos do Ensino Médio e do nono ano do Ensino Fundamental, além de alunos da Educação de Jovens e Adultos. Ao final de cada edição são premiados estudantes com medalhas, escolas e professores com placas; os alunos melhor classificados podem receber Bolsas de Iniciação Científica Júnior e participar da preparação para as Olimpíadas Internacionais de Física. A OBFEP conta com o apoio de universidades federais, estaduais e institutos federais em todas as Unidades da Federação (UF) e com Coordenações em cada UF. O Projeto trabalha no sentido de valorizar estudantes, professores e suas escolas. A OBFEP ocorre em 2 Fases: a primeira é uma prova de múltipla escolha e acontece no mês de agosto; a segunda ocorre no último trimestre do ano, é uma prova discursiva com uma parte teórica e uma parte prática com questões sobre um kit didático.. A OBFEP objetiva atuar em frentes distintas envolvendo avaliações de níveis diferentes, trabalhos de extensão, ensino de física experimental, oficinas para professores e atividades paralelas como um concurso de ilustrações. As Cerimônias de Premiação ocorrem no ano seguinte a cada edição nos estados; as alunas medalhistas recebem prêmios especiais. Particular atenção é dada às escolas mais distantes dos grandes centros. Nessas Cerimônias ocorrem palestras de Divulgação e Popularização da Ciência sobre temas da Física.
  • Sociedade Brasileira de Física - SP - Brasil
  • 27/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Jose David Mangueira Viana

Ciências Humanas

Psicologia
  • olimpíada brasileira de física das escolas públicas - obfep
  • Vide projeto anexo
  • Sociedade Brasileira de Física - SP - Brasil
  • 30/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

José de Anchieta Alves de Albuquerque

Ciências Agrárias

Agronomia
  • desempenho agronômico e ocorrência de plantas daninhas em cultivo irrigado de mandioca consorciada com feijão-caupi e melancia na savana de roraima
  • O consórcio de plantas consiste no cultivo simultâneo de duas ou mais culturas numa mesma área. As principais vantagens do consórcio consiste no aumento da produtividade por unidade de área, na proteção do solo, na redução da incidência de pragas e doenças e controle de plantas daninhas, além de diversificar as fontes de renda e oferecer maior diversidade de produtos. As culturas do consórcio devem apresentar diferentes ciclos e arquiteturas vegetativas, não necessariamente semeadas ou plantadas ao mesmo tempo. As culturas da mandioca, feijão-caupi e melancia apresentam enorme importância sociocultural e econômica para o estado de Roraima, sendo esta última introduzida em maior escala principalmente nos últimos 8 anos e tem-se expandido em áreas da savana da região. A mandioca e feijão-caupi, em Roraima, são mais cultivadas por pequenos produtores e comunidades indígenas. Diferentemente da melancia, que seria uma novidade no consórcio com estas culturas na savana de Roraima. Diversificar as fontes de renda e oferecer maior diversidade de produtos com a introdução do cultivo da melancia em sistema irrigado por sulco e gotejamento no consórcio com as culturas da mandioca e feijão-caupi. Apesar da relevância do tema, há escassez de informações na literatura nacional e internacional, sendo necessário a busca de novas estratégias de manejo para melhoria da eficiência desse sistema de cultivo com a introdução da melancia. Em Roraima a melancia é cultivada em sistema de cultivo solteiro, com uso de irrigação, mas ainda não existe a consolidação de pesquisas no cultivo consorciado da melancia irrigada com a mandioca e feijão-caupi. O experimento será implantado em 2022 e 2023 onde serão utilizadas a irrigação por sulco e localizada (gotejamento) em diferentes arranjamentos espaciais, avaliando-se as características agronômicas das culturas consorciadas, os parâmetros florísticos e estruturais das plantas daninhas e a viabilidade econômica dos sistemas de cultivos.
  • Universidade Federal de Roraima - RR - Brasil
  • 29/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José de Ribamar Costa Junior

Ciências da Saúde

Medicina
  • evolução tardia (maior ou igual a 3 meses) da função ventricular em pacientes infectados por covid-19 com acometimento miocárdico agudo: avaliação clínica, laboratorial e por imagem;
  • Embora a infecção pelo COVID-19 atinja primariamente as vias aéreas, um considerável número de pacientes acometidos pode desenvolver sintomas relacionados ao aparelho cardiovascular, incluindo quadro sugestivo de miocardite aguda, com alterações clínicas (ICC) e nos exames complementares (ECG, ECO, RNM). A patogênese do envolvimento cardíaco na infecção por COVID-19 parece refletir o processo de replicação e disseminação do vírus na corrente sanguínea e no sistema linfático do trato respiratório. Embora o mecanismo ultra estrutural ainda não esteja definido, uma potencial ligação do receptor viral ao miócito pode favorecer a internalização e subsequente replicação do genoma viral e de suas proteínas de cápsula. Pouco se sabe sobre a evolução mais tardia (fora da fase hospitalar) da função miocárdica dos pacientes que se recuperam da infecção pelo COVID-19. O presente estudo se propõe a avaliar os pacientes com confirmação de infecção por este novo vírus que desenvolvam quadro agudo de injúria miocárdica na ausência de obstrução coronária a fim de identificar: (1) achados clínicos, de ECG e exames de imagem relacionados ao quadro agudo, (2) evolução dos exames complementares (ECG, ecocardiograma e RNM) na fase hospitalar e tardiamente (≥ 3 meses); (3) identificar preditores para melhor evolução da função miocárdica na fase tardia
  • Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia - SP - Brasil
  • 27/08/2020-26/09/2022
Foto de perfil

José Donizetti de Lima

Engenharias

Engenharia de Produção
  • modelo de avaliação de projetos de investimento da i4.0 para pmes
  • Com base no levantamento bibliográfico realizado para escrever este projeto de pesquisa e desenvolvimento tecnológico e de inovação (PPDT&I), percebe-se que as pequenas e médias empresas (PMEs) possuem dificuldades singulares e que as diferenciam de grandes organizações, tais como: acesso a recursos, dificuldades técnicas e de gestão. Adicionalmente, não foi identificado um modelo de suporte a avaliação de projetos de investimento (PI) da indústria 4.0 (i4.0) para PMEs, incluindo na análise o uso conjunto de ferramentas/metodologias das áreas de (i) Planejamento Estratégico (PE) e Estruturação de Problemas (EP), o qual deve ser um instrumento flexível e adaptável que busca continuamente detectar e aproveitar oportunidades de investimento, ou seja, o projeto precisa ter aderência estratégica; (ii) Pesquisa Operacional (PO) – métodos de apoio à decisão multicritério para estruturar, avaliar e selecionar PIs; (iii) Engenharia Econômica (EE) – avaliação do retorno, riscos, incertezas e flexibilidades gerenciais das melhores alternativas de PIs apontados pela PO; e (iv) Gestão ativa de projetos (GP). Salienta-se que os estudos, em geral, se concentram na avaliação econômico-financeira de um PI previamente identificado sem estar necessariamente alinhado ao PE e sem a devida compreensão do problema organizacional, ou seja, sem considerar na avaliação outras dimensões, tais como: ambientais, sociais, políticas e governança. Além disso, com esta proposta, almeja-se o monitoramento e controle ativo dos PIs implementados pelas PMEs, suprindo a deficiência da gestão passiva, geralmente utilizada. Neste contexto, o objetivo deste PPDT&I é desenvolver e implementar computacionalmente um modelo de avaliação de tecnologias da i4.0 para as PMEs, que incorpore métodos das áreas de PE, EP, PO, EE e GP para melhor subsidiar o processo de tomada de decisão. Para alcançar esse objetivo, será desenvolvido o modelo denominado MAPI-i4.0 e o aplicativo web de livre acesso $API-i4.0.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

José Edimar de Souza

Ciências Humanas

Educação
  • grupo escolar no rio grande do sul no século xx: culturas e práticas em perspectiva regional
  • Esta pesquisa compreende um estudo histórico que investiga a história dos grupos escolares implantados em três regiões de imigração germânica e italiana, no Rio Grande do Sul: Vale do Sinos, Serra Gaúcha e Norte. Nesse sentido, busca analisar e compreender, a partir de memórias, culturas e práticas, os processos de escolarização constituídos na segunda metade do século XX, em grupos escolares estaduais e sua relação com inovação do ensino naquele contexto. A escolarização é aqui entendida como um fenômeno educativo que possibilita refletir sobre as políticas, os modos de constituição e organização dos saberes e práticas desenvolvidos em um determinado espaço e tempo. Portanto, diante de um contexto pandêmico, de reinvenção da escola básica, questiona-se: como os grupos escolares contribuíram para o movimento de renovação pedagógica? Que vestígios desse processo se percebe no patrimônio edificado das instituições? Como as práticas instituídas por este tipo de escola produziram cultura escolar e qual relação com os grupos sociais dessas regiões? A investigação orienta-se pelos pressupostos da História Cultural e os procedimentos teóricos e metodológicos estão fundamentados em: Certeau, Escolano Benito, Halbwachs, entre outros. Vale-se dos procedimentos analíticos documentais, a partir do acesso a documentos escritos, orais e icnográficos. O estudo fará uso de documentos de arquivos e acervos públicos, privados e particulares, acessando: ofícios, cartas, mensagens, livros-ata, legislações, fotografias, entre outros. Quanto aos estudos de memória, pretende-se utilizar a metodologia da História Oral, com entrevista de professores e alunos. A institucionalização do ensino primário, por meio do ensino graduado, implica compreender os impactos da implantação deste tipo de instituição como processo de contribuição para formação de saberes, práticas que, contextualizadas, possibilitam inferir sobre as permanências e (des)continuidades da escola moderna na contemporaneidade.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jose Eduardo Krieger

Engenharias

Engenharia Biomédica
  • instituto nacional de ciência e tecnologia em medicina assistida por computação científica (inct-macc)
  • O objetivo principal desta proposta e transferir para o Sistema de Saude aplicativos médicos inovadores, orientados para o diagnóstico, tratamento, planejamento cirúrgico, treinamento e suporte à decisão auxiliados por computador. O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Medicina Assistida por Computação Científica (INCT-MACC) vem permitindo, desde 2008, integrar com sucesso uma rede de conhecimentos em modernas técnicas de comunicação e transmissão multimídia, desenvolvendo e gerenciando ambientes computacionais em nuvem e de alto desempenho para a modelagem e simulação computacional dos sistemas fisiológicos que integram o corpo humano, envolvendo múltiplas escalas nos níveis molecular, celular e sistêmico, promovendo o desenvolvimento do processamento de imagens médicas, da visualização científica e da realidade virtual no desenvolvimento de aplicativos médicos inovadores. As metas para o próximo período visam disponibilizar e testar os referidos aplicativos médicos além de modelar dados de genômica, proteômica e metabolômica para antecipar diagnósticos e desfechos em condições clinicas reais de um hospital terciário. Estas metas serão atingidas por meio de 16 objetivos específicos, contidos em cinco objetivos gerais: 1) Consolidar pesquisas e o desenvolvimento de tecnologias e focar esforços na integração de novos dados e desenvolvimento de aplicativos médicos na fronteira da ciência da Medicina Assistida por Computação Científica (MACC); 2) Formar recursos humanos em todos os níveis acadêmicos e capacitar profissionais no uso racional e eficiente destes novos conhecimentos; 3) Transferir para a sociedade conhecimentos e benefícios na área; 4) Transferir para o setor produtivo público e privado inovações científicas tecnológicas, contribuindo com o imediato uso das mesmas em benefício da saúde da população; e 5) Consolidar o INCT-MACC como ator internacional entre as poucas organizações protagonistas na modelagem computacional em Medicina. A combinação de estratégias integradas e inovadoras, conforme demonstrado nos resultados já produzidos pelo INCT-MACC e descritas nesta proposta, permitirão avanços consistentes com esforços globais de reengenharia dos Sistemas de Saude para torná-los mais resolutivos e universais sob condições econômicas sustentáveis para países em desenvolvimento e desenvolvidos. O tratamento de problemas universais nas condições brasileiras de processos, infraestrutura e as peculiaridades genéticas da população brasileira será de fundamental importância e aplicação sócio-economica. Espera-se também que o desenvolvimento destes objetivos se acompanhe do treinamento e formação de recursos humanos em todos os níveis, com treinamento interdisciplinar, capacitação em técnicas computacionais em biomedicina, profissionais que estão em grande demanda no País e no exterior e transferência tecnológica para os setores público e produtivo. Finalmente, é importante ressaltar que a proposta para o período 2015-2021 focalizara os centros médicos participantes, que demandam e testarão os novos conhecimentos, tecnologias e a integração de dados genomicos a aplicativos médicos e, por isso, emblematicamente propomos mudança na coordenação do INCT-MACC e a transferência da sede para o InCor-HCFMUSP (maior centro Latino-Americano e um dos mais importantes centros do mundo em Medicina Cardiovascular). A despeito dos resultados amplamente positivos do INCT, houve um aprendizado muito grande nos últimos seis anos que estimulou o grupo a considerar novas estratégias, detalhadas nos métodos, e que resultaram na proposta de um novo conjunto de 31 Laboratórios Associados, com sede em 11 estados, e por 17 Laboratórios Colaboradores com sede no exterior, distribuídos em 7 países, capazes de atender aos novos desafios propostos.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 28/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Jose Eduardo Krieger

Ciências da Saúde

Medicina
  • cardiomiocitos derivados de ipsc humanas (hipsc-cms) para reparo e regeneração cardíaca pós-infarto em suínos
  • A despeito de estratégias promissoras com base na transferência de genes/células a regeneração cardíaca pós-infarto permanece um desafio. Os cardiomiócitos derivados de células humanas pluripotentes induzidas (hiPSC-CMs) tem potencial pois proliferam e tem plasticidade nas fases precoces da diferenciação em tecido cardíaco e são derivados a partir de células adultas do próprio paciente. Além disto, há evidências de que o transplante de células multipotentes melhora o microambiente isquêmico proporcionando as condições para a pega dos cardiomiócitos derivados de iPSCs agindo sinergisticamente para aumentar a eficácia da reparação/regeneração cardíaca pós-infarto. Com o objetivo de superar gargalos importantes ao desenvolvimento da regeneração cardíaca pós-infarto, propomos: 1. Testar a eficácia do transplante de hiPSC-CMs em fase precoce da diferenciação cardíaca para substituir os cardiomiócitos perdidos; 2. Diminuir o potencial arritmogênico por meio da implantação de hiPSC-CMs geneticamente modificadas para favorecer a diferenciação das hiPSCs em cardiomiócitos de trabalho por meio de silenciamento permanente ou temporário de genes que regulam a expressão da conexina 40, preferencialmente expressa em tecido cardíaco especializado em condução de estímulos elétricos; 3. Aumentar a eficiência da pega celular por meio do co-transplante de células tronco adultas derivadas de tecido adiposo, cujo potencial de melhorar o microambiente cardíaco para aceitar as células contrateis está bem estabelecido. Finalmente, utilizar cardiomiócitos derivados de iPSCs humanas e os estudos in vivo em modelo suíno mimetizando os cuidados terapêuticos humanos pós-infarto. Assim, propomos endereçar diretamente limitações que previnem o desenvolvimento de estratégias eficazes para reparar/regenerar o tecido cardíaco pós-infarto do miocárdio utilizando uma plataforma que, em o caso de sucesso, pode ser transferida mais rapidamente para humanos.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 07/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Jose Eduardo Krieger

Ciências da Saúde

Medicina
  • caracterização dos fatores que influenciam a disfunção endotelial
  • A disfunção endotelial (DE) é um denominador de várias patologias cardiovasculares (CV) e é influenciada por fatores de risco clássicos como hipóxia, dislipidemia, inflamação e fluxo oscilatório. Usamos a expressão gênica global em células endoteliais da artéria coronária humana (HCAEC) para identificar as vias gênicas e processos celulares em resposta à substitutivos dos fatores de risco, como a hipóxia química, lipídios oxidados, IL-Beta; e fluxo oscilatório ou a combinação destes estímulos, como observado em pacientes CVs. Os achados foram validados em amostras de placas ateroscleróticas de coronária humana analisadas por sequenciamento de RNA células únicas. Descobrimos uma hierarquia entre os diferentes fatores de risco e o advento de fenótipos emergentes em resposta à estimulação combinada. Apesar dos novos insights sobre a arquitetura molecular da DE, os dados não servem para priorizar novos alvos terapêuticos para a DE. Por isso, na presente proposta utilizaremos a expressão gênica global como parâmetro para avaliar os efeitos da supressão sistemática de 1 ou 2 fatores de risco para identificar o(s) que tem maior peso para retroagir as redes gênicas eliciadas pela exposição das células à combinação de estímulos (processo inverso ao realizado no estudo anterior). Além disto, identificaremos se a assinatura molecular da DE associada a outras condições patológicas, a pré-eclâmpsia e a hipertensão gestacional, envolve somente diferenças quantitativas ou se há alterações qualitativas nas vias gênicas descritas e, se for o caso, identificá-las. Para tanto, compararemos a expressão gênica global em HCAEC expostas aos 4 fatores de risco com células expostas a plasma de gestantes com pré-eclâmpsia, hipertensão gestacional ou plasma de gestantes normais. Os resultados desta proposta contribuirão para melhor compreensão da arquitetura molecular da DE em dois processos patológicos importantes e para priorização de alvos gênicos para serem explorados terapeuticamente.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Eduardo Pompeu

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • prognóstico funcional em adultos e idosos acometidos pela covid-19: estudo de coorte
  • Introdução: A síndrome dos sintomas clínicos causados pela (SARS-CoV-2) foi denominada "Doença do Coronavírus" (COVID-19) e classificada como uma infecção grave, de alto contágio, e fácil disseminação. Grande parte dos sobreviventes da fase de internação em UTI num momento pós agudo de estabilização do quadro, pode desenvolver a Síndrome Pós Terapia Intensiva (SPTI).Assim, a COVID-19 somada aos efeitos da SPTI podem trazer prejuízos em diversas estruturas e funções do corpo fundamentais para a funcionalidade (habilidade para a realização de atividades que permitem ao indivíduo cuidar de si próprio e viver de forma independente). Por se tratar de uma doença relativamente nova, poucos estudos analisaram o impacto da COVID-19 somados aos efeitos deletérios da internação hospitalar na funcionalidade pós alta. Os objetivos gerais do estudo são: avaliar os fatores preditores de prognósticos clínico e funcional de adultos e idosos com suspeita e diagnóstico de COVID-19. Os objetivos específicos são: (1) caracterizar a população internada com suspeita ou diagnóstico de COVID-19; (2) avaliar a função física e respiratória dos pacientes no momento da alta da UTI, da alta hospitalar e após 3 meses da alta hospitalar; (3) avaliar o prognóstico funcional (marcha, controle postural, capacidade física e pulmonar) de adultos e idosos após 3 meses da internação hospitalar; (4) analisar o impacto econômico familiar devido a alteração da atividade laboral pós internação por COVID 19; (5) analisar o retorno à atividade laboral de pacientes pós internação por COVID 19; (6) acompanhar o processo de cuidado e rede assistencial de pacientes pós críticos por COVID-19 no sistema de saúde; (7) avaliar uma possível associação entre as características clínicas prévias como comorbidades e uso de medicamentos com as complicações clínicas na fase hospitalar e 3 meses pós alta. Metodologia: Estudo multicêntrico de coorte. Amostra: Será utilizada uma amostra de conveniência buscando o máximo de registro possível dos casos de COVID-19 e acompanhamento pós alta hospitalar. A meta será incluir no mínimo 400 participantes para responder aos objetivos propostos e será considerado o intervalo de confiança de 95% das possíveis amostras. Critérios de Inclusão: indivíduos com 18 anos ou mais; admissão não programada no hospital; infecção suspeita ou confirmada por COVID-19. Critérios de Exclusão: registro duvidoso no prontuário e dados essenciais faltantes. Delineamento do estudo e procedimentos: Será um estudo observacional do tipo Coorte, com duas etapas: (E1) internação hospitalar e (E2) pós alta hospitalar. A E1 será dividida em duas partes: (P1) coleta dos dados de prontuário eletrônicos das características antropométricas, sociodemográficas e clínicas (laboratoriais, radiológicas, emergências clínicas, tempo de internação, ventilação mecânica, medicamentos, comorbidades, intercorrências, etc.); (P2) avaliações das funções física e respiratória no momento da alta da UTI e da alta hospitalar. A E2 será realizada 3 meses após a alta hospitalar por meio de avaliações em domicílio. Serão realizadas avaliações funcionais, respiratórias, qualidade de vida, além de contato via ligação telefônica sobre o retorno à atividade laboral, impacto econômico familiar quanto a atividade laboral e sobre a linha de cuidado seguida no processo de reabilitação após a alta hospitalar no sistema de saúde. Serão consideradas como desfecho primário medidas de atividades, de acordo com o modelo da Classificação Internacional de Funcionalidade (CIF). Portanto, o desfecho primário será a capacidade funcional avaliada 3 meses pós alta hospitalar. Os desfechos secundários serão domínios de estrutura e função do corpo da a CIF: força muscular global; estado nutricional; sarcopenia; força muscular respiratória; função pulmonar; mobilidade; controle postural; marcha; medo de cair e número de quedas; cognição; humor e fenótipo de fragilidade. Por fim, serão registrados o número de reinternações pós alta, número de óbitos, retorno ao trabalho e impacto econômico e acesso a reabilitação no sistema de saúde. Avaliações: Etapa 1 (internação hospitalar): Características clínicas e sociodemográficas dos pacientes coletadas a partir do prontuário eletrônico (Anexos 1 e 2). Avalições pós alta da UTI: força muscular (escala Medical Research Council e dinamometria manual); Escala de Mobilidade em UTI (Anexos 3); (4) Manovacuometria (5) Espirometria. Avaliação na alta hospitalar: Escala de Barthel (Anexo 4). Etapa 2 (pós alta hospitalar): as avaliações serão realizadas 30 dias e 3 meses após a alta. Serão realizadas as mesmas avalições da fase hospitalar e acrescidas as seguintes avaliações: teste de sentar e levantar cinco vezes; Life Space Assessment; Timed Up and Go; FES-I; questionário de quedas; Clinical Frailty Scale; Mini Nutritional Assessment; SARC-F; número de novas internações registro de óbito pós alta; mapeamento geográfico de residência e uso de serviço de saúde; retorno ou não a atividade laboral prévia e sua relação com as alterações físicas pós UTI e impacto econômico familiar com porcentagem de perda de renda na família pela incapacidade de retorno ao trabalho ou alteração de atividade e necessidade de cuidados no processo de reabilitação após a alta hospitalar e acesso aos centros de referência. Os dados serão inseridos em um banco de dados (RedCap). Para a caracterização sociodemográfica, clínica e funcional da população estudada será feito um georreferenciamento e apresentado por meio das estatísticas descritivas de tendência central e dispersão. Serão realizadas análises bivariadas para identificar possíveis associações entre características clínicas e complicações do quadro clínico, bem como da infecção pelo COVID-19 e fatores funcionais. Modelos de regressão múltipla serão construídos para estimar o peso líquido de cada variável independente. Será adotado p ≤ 0,05.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/07/2020-31/07/2023
Foto de perfil

Jose Eduardo Serrao

Ciências Biológicas

Zoologia
  • morfologia comparada de fomigas neotropicais com diferentes comportamentos sociais
  • Considerando a importância ecológica e econômica associada de formigas neotropicais serão investigados grupos taxonômicos de Formicidae com abordagem integrativa da morfologia e citogenética. Esta abordagem integrativa terá impacto na caracterização da biodiversidade destes insetos que estão sob pressão antrópica e trará contribuições para o conhecimento da evolução desses grupos em biomas como Mata Atlântica e Amazônia. Quais modificações estruturais e cromossômicas que surgiram durante evolução são caracteres para análises filogenéticas das formigas? Com isso iremos contribuir para ampliar o número de espécies de formigas caracterizadas morfológica e citogeneticamente, em uma perspectiva evolutiva contribuindo para novos conhecimentos das variações intra e interespecíficas e as relações destas com o sucesso evolutivo destes insetos. Para um grupo que possui menos de 8% de suas espécies cariotipadas e poucos estudos morfológicos os resultados obtidos representarão um avanço em termos biológicos, abrindo perspectivas para vários outros tipos de estudos comparativos futuros, tanto na área de morfologia, genética e evolução. Para tanto, a formigas terão os cérebros, glândulas exócrinas e cromossomos analisados em microscopia de luz e eletrônica, incluindo técnicas com marcadores imunocitoquímicos e moleculares.Os resultados serão divulgados para a comunidade científica nacional e internacional nos moldes de apresentação em congressos nacionais e internacionais em artigos publicados em periódicos internacionais e plataformas pré-print. As imagens de morfologia dos órgãos e de cromossomos serão disponibilizadas no repositório de dados de acesso livre antweb.org. Para o público em geral, os resultados serão adequados em relação a linguagem e conteúdo, para a divulgação através de minicursos nas cinco universidades envolvidas, vídeos e materiais didáticos nas redes sociais.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Eleutério Junior

Ciências da Saúde

Medicina
  • estudo comparativo do microbioma vaginal de mulheres menopausadas submetidas a radiofrequência fracionada (ablativa e não ablativa) com uso de estrógenio vaginal
  • Na menopausa ocorre decréscimo dos níveis hormonais e como consequência observa-se um espectro de sinais e sintomas geniturinários denominados Síndrome Geniturinária da Menopausa (SGM). O decréscimo dos níveis estrogênicos induz alteração da microbiota vaginal feminina com consequente redução no percentual de lactobacilos, alteração na microbiota local e diminuição na maturação do epitélio escamoso estratificado Objetivo: Avaliar comparativamente os efeitos da radiofrequência fracionada (RF) ,ablativa e não ablativa, com estrogênio local na microbiota vaginal e maturação epitelial em mulheres menopausadas. Métodos: Será realizado um estudo prospectivo descritivo comparativo com o propósito de descrever e comparar as alterações da microbiota vaginal secundárias as intervenções supracitadas:. Inicialmente, será avaliada a saúde vaginal através do instrumento do VHI (Vaginal Health Index). A maturação celular, usando o índice de Frost da citologia hormonal e a microbiota vaginal através do GRAM e quantificação absoluta dos micro-organismos por PCR em tempo real. Resultados esperados: Recentemente, métodos físicos, como a radiofrequência, em suas formas não ablativas, ablativas e micro ablativas, têm sido utilizados na mucosa vaginal como uma opção de tratamento alternativo àquelas pacientes com contra-indicação das terapias hormonais (estrógeno).Considerando o aumento da expectativa de vida das mulheres, é possível afirmar que a incorporação desta nova tecnologia, poderá impactar significativamente na qualidade de vida e bem-estar da população feminina. Ética e divulgação: Aprovado no comitê de ética local (n°81973618.2.0000.5292) e todas as participantes do estudo devem assinar um formulário de consentimento livre informado antes da randomização.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

José Freitas Siqueira Júnior

Ciências da Saúde

Odontologia
  • infecção endodôntica em pacientes oncológicos: análise da microbiota e dos resultados do tratamento
  • A lesão perirradicular é uma das doenças inflamatórias orais mais comuns, junto com cárie e doença periodontal, e é causada pela infecção bacteriana do canal radicular. Especialmente em pacientes sob uso de medicamentos antirreabsortivos, antiangiogênicos, bisfosfonatos ou aqueles irradiados em cabeça e pescoço, o tratamento endodôntico pode adiar ou mesmo eliminar a necessidade de extrações dentárias, salvando o dente e reduzindo os riscos de complicações de correntes da extração. O objetivo do presente ensaio clínico é avaliar a microbiota endodôntica e sua resposta ao tratamento endodôntico, bem como a incidência de dor pós-operatória em pacientes com osteorradionecrose ou osteonecrose relacionada ao uso de medicamentos, em comparação com pacientes não afetados por essas condições. Isto permitirá detectar fatores que podem influenciar o tratamento endodôntico adequado nestes pacientes e assim, desenvolver estratégias para melhorar os resultados. A amostra será constituída dos seguintes grupos: Grupo 1- Pacientes oncológicos em uso ou que usaram medicamentos antiangiogênicos, antirreabsortivos ou bisfosfonatos; Grupo 2 - Pacientes oncológicos que foram irradiados ou estão em radioterapia de cabeça e pescoço e Grupo 3 (controle) - Pacientes saudáveis (controle). Os tratamentos endodônticos serão realizados em duas sessões com uso de instrumentos acionados a motor e com aplicação de medicação intracanal com pasta de hidróxido de cálcio. Amostras bacteriológicas serão coletadas dos canais antes e após diferentes passos do tratamento e serão analisadas por métodos moleculares quantitativo (reação em cadeia da polimerase em tempo real) e qualitativo par identificação de patógenos endodônticos (checkerboard de captura reversa). A dor pós-operatória será avaliada 24 horas, 72 horas e 7 dias após o término do tratamento endodôntico. Os resultados clínico e radiográfico do tratamento endodôntico também serão avaliados.
  • Universidade Iguaçu - RJ - Brasil
  • 18/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

José Gabriel Rodríguez Carneiro Gomes

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • treino de redes neurais profundas para aplicações em qualidade de imagens, análise de tráfego, diagnóstico laboratorial e classificação de sentimentos
  • Esta proposta de projeto busca recursos, através da chamada CNPq/AWS 32/2019, para a realização de pesquisas, utilizando infraestrutura de computação em nuvem, em quatro linhas de pesquisa que estão em andamento no Laboratório de Processamento Analógico e Digital de Sinais (PADS) da COPPE/UFRJ. As quatro linhas de pesquisa se relacionam entre si através da metodologia em comum, que envolve a montagem e o uso de bases de dados específicas, o treino de redes neurais convolucionais profundas ou o treino de redes neurais recorrentes, e a comparação entre os resultados a serem obtidos e resultados pré-existentes. As quatro linhas de pesquisa têm forte componente no sentido de automatização da realização de tarefas que seriam, em alternativa, desenvolvidas com alto custo através de anotadores humanos em inspeção feita sobre bases de dados grandes (com imagens, vídeos ou textos), e por isso isso estão associadas à linha temática de “Transformação Digital”. Especificamente, as quatro linhas de pesquisa são: 1) análise automática da qualidade de imagens geradas por algoritmos de mapeamento de tons (“tone mapping”), aplicados às imagens com alta faixa dinâmica (HDR, do inglês “high dynamic range”) que são geradas por câmeras de alta qualidade; 2) análise automática do tráfego urbano, para a estimação dos níveis de poluição sonora, ou para a identificação de fontes de ruído, diretamente a partir do sinal de vídeo das câmeras que monitoram o tráfego; 3) diagnóstico laboratorial automatizado, a partir de imagens de lâminas de distensão sanguínea ou de gota espessa de sangue, capturadas por microscópios, para detecção da doença de Chagas; e 4) análise automática do sentimento expresso, em relação a um objeto (obra, notícia, pessoa, instituição etc.) pelo autor de um texto escrito em linguagem natural. As quatro linhas de pesquisa são tratadas, sempre nesta ordem, nas respostas que são dadas, neste documento, às questões propostas no Modelo de Proposta Estruturado que acompanha a chamada. Os quatro temas de pesquisa têm relevância atual e incentivam, além dos exercícios de aplicação de redes neurais profundas e do convite natural à utilização de ambientes de computação em nuvem, o desenvolvimento de soluções inovadoras para problemas práticos da sociedade. Para o desenvolvimento da pesquisa nestes temas, o projeto conta com a colaboração de professores e alunos da COPPE e Escola Politécnica da UFRJ (Laboratório de Processamento Analógico e Digital de Sinais, PADS, e Laboratório de Instrumentação e Simulação Acústica, LISA), do Centro de Ciências da Saúde da UFRJ (Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho), do Programa de Engenharia Elétrica da UERJ, e do CEFET-RJ em Petropolis.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/09/2020-30/09/2022
Foto de perfil

José Galizia Tundisi

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • pesquisas ecológicas de longa duração nas bacias hidrográficas dos rios itaqueri e lobo e represa da uhe carlos botelho
  • Os trabalhos no sítio BROA se desenvolvem desde 1971 e uma pesquisa de longo prazo revelou aspectos importantes ecológicos, socioambientais, interrelações, usos do solo, qualidade da água e contribuíram para a conservação dos ecossistemas e de sua função. No entanto, nesta nova fase pretende-se responder às seguintes questões científicas: • Como ocorrem os ciclos de substâncias dissolvidas na água (hormônios, disruptores endócrinos, pesticidas, herbicidas, cosméticos, produtos produtos de excreção de algas? • Como ocorrem os ciclos de nutrientes (fósforo, carbono, nitrogênio), ciclos de metais (com especial atenção aos metais pesados), e suas interrelações com a distribuição vertical e horizontal proporcionada pelos fatores climatológicos humanos / hidrológicos e pelas atividades? • Quanto há de estoques de biomassa, processos e moldes de interação entre os diferentes compartimentos da teia trófica microbiana planctônica e qual a influência da estrutura das comunidades de produtores primários e consumidores da cadeia trófica clássica nos estoques de biomassa e processos microbianos? • Qual a biodiversidade de comunidades microbianas planctônicas (procariontes e eucariontes) e sua dinâmica em relação aos fatores ambientais? • Qual a robustez de teorias ecológicas (habitualmente desenvolvida para animais e plantas) em sistemas microbianos? • Processos relacionados com uma teoria ecológica (“Tipping Point“, Exergia, Sucessão Ecológica) e que são fundados nas pesquisas de longo prazo serão estudados nesta fase do projeto. A bacia hidrográfica dos rios Itaqueri e Lobo e a represa UHE Carlos Botelho são tratados com uma abordagem sistêmica e integrada e com capacidade preditiva para remediação, correção de impactos, identificação dos impactos principais e conservação.Alem disto como dimensões deste ecossistema sistema artificial e a possibilidade de seu uso como “site” experimental torna-se este projeto muito importante do ponto de vista do teste e aplicação da teoria.
  • Instituto Internacional de Ecologia - SP - Brasil
  • 26/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Jose Garcia Ribeiro Abreu Junior

Ciências Biológicas

Morfologia
  • as implicações da via de sinalização wnt no desenvolvimento embrionário e nas doenças.
  • Este projeto investigará a regulação fina da via de sinalização Wnt/ß-catenina, cujos efeitos impactam na organização espacial dos territórios embrionários, destino e diferenciação celular de tecidos, e na homeostasia de tecidos adultos. O efeito desta sinalização tem implicações diretas e essenciais na correta formação do futuro cérebro e na regulação homeostática de tecidos adultos como no caso do sistema digestório. Erros nesta regulação podem ser catastróficos a ponto de impedir a formação e o correto funcionamento do cérebro ou iniciar um processo tumorigênico em células intestinais. Com base nos resultados que obtivemos até agora, este projeto será dividido em três partes: 1) Investigaremos novos mecanismos que controlam os campos morfogenéticos responsáveis pela formação da placa neural e do cérebro embrionário com atenção para os novos inibidores da via Wnt/ß-catenina Tmem, Tiki2 e Notum. 2) Investigaremos os efeitos na sinalização e as consequências fenotípicas em embriões de Xenopus produzidas pelas mutações no gene CTNNB1 (codifica a ß-catenina Humana); 3) Continuaremos o screening funcional com substâncias químicas combinando ensaios repórteres específicos para a via Wnt/ß-catenina em ensaios com embriões de Xenopus, modelo murino e ensaios com organoides de tecido do sistema digestivo. Pretendemos responder as seguintes questões: Como são moduladas as ações dos inibidores de Wnt, Tmem, Tiki2 e Notum durante a indução neural e a formação da região anterior do embrião? Quais os mecanismos e as consequências funcionais induzidas pelas mutações L388P e T551M CTNNB1? Estas mutações estão presentes em amostras humanas de pacientes com diagnósticos de malformações encefálicas? A combinação de sistemas celulares repórter, o embrião de Xenopus e organoides derivados do sistema digestório pode servir como plataforma de estudo na busca de novos moduladores específicos da via Wnt/ß-catenina com função antitumoral? Esta proposta tem como METAS INSTITUCIONAIS: 1) Avançar nas parcerias científicas com o professor Xi He (Harvard Medical School); 2) Formar recursos humanos qualificados na área de Biologia do Desenvolvimento e Embriologia Humana; As METAS CIENTÍFICAS são: 3) Incrementar a produção docente de qualidade; 4) Explorar um conjunto de abordagens inovadoras envolvendo embriologia experimental e a manipulação de vias de sinalização aplicáveis aos problemas da saúde humana; 5) Desenvolver estratégias translacionais a partir das abordagens do projeto. 6) Publicar no mínimo 6 artigos em revista cujo impacto recai sobre o Qualis A-B.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Jose Geraldo Mill

Ciências da Saúde

Medicina
  • uso da espectroscopia por infravermelho no diagnóstico da covid-19
  • No início de 2020, uma nova cepa de coronavírus denominada SARS-CoV-2 tornou-se um grande problema de saúde em todo o mundo. Alguns países, como a Coréia do Sul, que conseguiram controlar o surto da doença, denominada COVID-19, identificaram três aspectos principais para tal sucesso, sendo a testagem ampla um deles: (1) prevenção, (2) testagem ampla, (3) tratamento. Os principais desafios dos testes diagnósticos são o alto custo e o tempo para o resultado. O teste diagnóstico considerado padrão-ouro para a COVID-19, o RT-PCR, custa cerca de R$ 200-300 por teste (setor privado) e leva cerca de 24-48 h para dar o resultado, o que dificulta a testagem ampla e a identificação precoce de casos. Além disso, RT-PCR, mesmo sendo padrão-ouro, tem sensibilidade em torno de 63% quando feito entre o 3o ao 7o de sintomas, diminuindo para 45% depois do 15º dia. Algumas empresas estão desenvolvendo testes rápidos e de baixo custo, baseados na detecção de anticorpos, mas continuam a ter desempenho sofrível pela baixa especificidade, criando assim viés estatístico que dificulta a adoção de políticas de saúde pública adequadas. Ademais os testes de detecção de anticorpos possuem uma janela diagnóstica demasiada tardia (somente após o 10º dia de infecção) sendo assim pouco eficientes na triagem de casos para conter a disseminação. A espectroscopia de infravermelho (IR) é uma técnica analítica rápida, de baixo custo, sem reagentes, não invasiva e não destrutiva, capaz de gerar um espectro de impressões digitais de materiais biológicos. A luz infravermelha interage com as estruturas moleculares/químicas da amostra das principais biomoléculas como os ácidos nucleicos, gerando um sinal quantitativo para a informação do RNA viral. Outras biomoléculas - proteínas, lipídios e carboidratos - também podem ser identificadas, tornando possível detectar fragmentos virais. Além disso, o teste é passivo à automação, de modo que os diagnósticos podem ser realizados quase instantaneamente e o modelo de diagnóstico preditivo pode ser facilmente atualizado para mutação viral ou outras cepas. Neste projeto, propomos testar a técnica de IR para detectar amostras positivas para a SARS-CoV-2 em swab orofaringe de pacientes atendidos em ambulatórios ou internados com suspeita de COVID-19. O teste é extremamente rápido, gerando um espectro em, aproximadamente 1-2 minutos, o qual, submetido a leitura automatizada fornece de imediato o resultado. O custo estimado para este teste no Brasil seria de, aproximadamente, R$ 10. A grande vantagem seria a rapidez do resultado. Resultados preliminares obtidos pela equipe do Prof. Maneesh Singh entre 24 e 27/03/2020 (investigação piloto de Saúde Pública do País de Gales): Amostras (n = 31) de indivíduos do Reino Unido foram analisadas por espectroscopia de infravermelho seguindo o mesmo método proposta neste projeto. Destas, 17 eram COVID-19-positivo e 14 eram COVID-19-negativo. Seguindo o mesmo método aqui proposto para o estudo piloto a ser realizado no Brasil, foram identificadas as amostras positivas para COVID-19 com precisão de 93%, sensibilidade de 94% e especificidade de 92%. Assim, foi desenvolvido um algoritmo de machine learning e um software versão alfa para prever amostras positivas em tempo real naquela população (Reino Unido), demonstrando o potencial da espectroscopia de infravermelho para detecção de COVID-19 com base na medição de swabs da faringe. Para a presente proposta, um teste de potência baseado no teste exato de Fisher, com 5% de probabilidade de erro e proporção de positivos:negativos de 40-60%, indica um total de 673 amostras (270 positivos, 403 negativos) necessárias para obtenção de potência de 80%. Medindo inicialmente 600 amostras e em seguida 600 amostras para validação, este estudo superará o poder de 80%, aumentando assim as chances de observar diferenças entre amostras positivas e negativas. Com isso, pretendemos atestar a viabilidade da testagem para COVID-19 no Brasil usando espectroscopia por infravermelho no Brasil; similar ao que a equipe colaboradora vem fazendo no Reino Unido em parceria com o sistema público. Ambas as partes - equipe do Prof. Dr Mill no Brasil e a equipe colaboradora (Inglaterra e Alemanha) - estão comprometidos a desenvolver o teste proposto no Brasil dentro de um período de 6 meses. Como perspectivas nacionais, uma vez construído o algoritmo, pretendemos oferecê-lo a outros hospitais de referência no Brasil. Além de ser um teste rápido e barato com um equipamento portátil, essa tecnologia poderá ser usada, além dos hospitais, em aeroportos e outras fronteiras do Brasil.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

José Henrique Padovani Velloso

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • estudo, desenvolvimento e aplicação de técnicas e processos audiovisuais em tempo real na música interativa
  • A disseminação de recursos voltados a processos audiovisuais interativos vem desenvolvendo-se consideravelmente a partir do surgimento de linguagens, frameworks e sistemas voltados ao desenvolvimento para web, para jogos digitais, para instalações interativas e para novas práticas de performance (VJing, em especial). Tal desenvolvimento ocorreu pari passu a um crescente interesse na criação musical envolvendo processos visuais, o que repercutiu em gêneros, práticas e ferramentas associadas à visual music, aos processos de visualização do som, à síntese audiovisual e aos processos audiovisuais generativos. O presente projeto propõe a aproximação das pesquisas que se situam nessas novas fronteiras tecnológicas e artísticas, tendo por objetivo geral estudar, desenvolver e aplicar técnicas e processos audiovisuais em tempo real no contexto da composição e da performance de música interativa. A partir da hipótese de que processos audiovisuais em tempo-real têm o potencial de expandir os recursos expressivos da música e das artes digitais contemporâneas, a questão específica do projeto centra-se no desenvolvimento e aplicação criativa de recursos audiovisuais interativos, buscando integrar técnicas, estratégias e processos relacionados à captura, processamento e geração em tempo real de áudio e vídeo. A viabilidade do estudo sustenta-se pela profusão de novas ferramentas que integram processos audiovisuais em ambientes e linguagens voltados à música interativa e às artes digitais e por experimentos artísticos iniciais dos participantes envovelndo o uso desses recursos na composição. A metodologia da pesquisa estrutura-se, resumidamente, em etapas de revisão (I) e planejamento/desenvolvimento/aplicação/discussão (II), baseadas: I) no estudo técnicas, ferramentas e estratégias voltadas ao emprego de processos audiovisuais em tempo real na música interativa, e (II) em etapas cíclicas de planejamento, desenvolvimento, aplicação e discussão.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Jassuipe da Silva Morais

Ciências Humanas

Educação
  • ensino técnico profissional brasil-portugal como espaço de circulação de ideias: por uma historiografia do ensino comercial paraibano e conimbricense no século xx.
  • A movimentação de pessoas, documentos, publicações, cartas, imprensa, etc., no início do século XX marca a circulações de ideias Brasil-Portugal. As mudanças no panorama educativo, numa linha liberal e progressista, refletem-se na criação de escolas comerciais para profissionalização em contabilidade e finanças, datilografia e outras profissões ligadas ao comércio, bancos e indústria. O atual abandono dos edifícios dessas escolas, ou mesmo o seu desaparecimento, somados ao debilitado estado de conservação e acessibilidade de espólios documentais, apontam a urgência de se ampliar as investigações neste tema. O projeto "Ensino Ensino Técnico Profissional Brasil-Portugal como espaço de circulação de ideias: Por uma historiografia do ensino comercial paraibano no século XX", tem o objetivo de historiografar a educação comercial no século XX, com olhar para a circulação de ideias Brasil-Portugal. Este projeto pretende responder as seguintes perguntas: Como ocorreu a circulação de ideias entre Brasil-Portugal no ensino técnico-profissional do séc. XX e qual a sua influência sobre as escolas, seus cursos e programas de ensino? Como a imprensa noticiava as atividades das escolas comerciais? Que repercussões o ensino técnico profissional teve sob pessoas, economia e mercado de trabalho das microrregiões da Paraíba? Para responde a estas perguntas, o projeto adota como estratégia metodológica: Revisão sistematizada da literatura, pesquisa documental, entrevistas. Os dados serão tratados quantitativo e qualitativamente, com recurso à análise de conteúdos e frequência.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Joatan Rodrigues Júnior

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • caracterização e aplicação de laser aleatório utilizando materiais híbridos de sílica em fotônica e áreas da saúde
  • Sendo proposto inicialmente em 1967 por Lethokov e colaboradores, sistemas com emissão tipo laser aleatório a partir de meios espalhadores, têm sido largamente estudados nos últimos anos, já foram demonstradas várias arquiteturas de dispositivos em três e duas dimensões, além de fibra óptica. Os resultados demonstram um vasto potencial de aplicações tais como sensores, amplificadores ópticos, imagens de sistemas biológicos, detecção de tecido cancerígeno etc. Atualmente existe um esforço no sentido de desenvolver lasers aleatórios mais eficientes e com características específicas para cada aplicação, como alta eficiência, emissão em mais de um comprimento de onda e possibilidade de sintonia da emissão. O presente projeto visa o estudo e caracterização de lasers aleatórios utilizando materiais porosos híbridos de sílica dopados com materiais fluorescentes, orgânicos e inorgânicos. Os sistemas estudados serão avaliados em aplicações como sensores e dosimetria de radiação em doses típicas de radioterapia. Os grupos de pesquisa da UFS, da UNESP de Rio Claro e da UFABC, que fazem parte desse projeto, já mantêm uma colaboração no tema e o projeto possibilitará o fortalecimento dessa cooperação e melhoria da infraestrutura laboratorial das duas instituições, refletindo da consolidação das suas pós-graduações.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Jose Jorge de Carvalho

Ciências Humanas

Antropologia
  • inclusão no ensino superior e na pesquisa
  • Instalado em julho de 2009, o INCT de Inclusão obteve menção de Excelência em todos os quesitos na II Avaliação dos INCT’s em julho de 2013 e foi reconhecido por ter alcançado todas as metas que havia formulado até aquele momento. O que propomos, a partir de agora, é o aprofundamento do trabalho realizado nesses cinco anos e que já colocou o Instituto como centro de referência nacional (e em alguns países da América Latina e da África), na área de políticas de inclusão no ensino superior. O INCTI congregou uma comunidade de pesquisadores dispersa pelo país e consolidou a atual rede de pesquisa sobre ações afirmativas e políticas de inclusão no ensino superior. Criamos uma nova área de pesquisa no Brasil baseada em teorias, métodos e modelos de intervenção que têm sido formulados, em grande parte, por muitos dos pesquisadores do Instituto. Organizamos, ao mesmo tempo, um Banco de Dados sobre as ações afirmativas e o Encontro de Saberes que igualmente não existia no país antes da instalação do nosso Instituto. Consolidado o INCTI, recebemos demandas crescentes, tanto da sociedade como do Estado, para análise e acompanhamento das políticas vigentes e para a expansão das mesmas. Daí a necessidade de ampliar nossos recursos e nosso quadro de pesquisadores para que possamos dar continuidade às pesquisas em andamento e iniciar novas, expandindo o nosso espectro científico e nossa capacidade de intervenção e assessoramento ao Estado e à sociedade. Eis o quadro dos resultados principais alcançados e a visão prospectiva do Instituto. Entre as metas iniciais que conseguimos finalizar, duas são especialmente expressivas, tanto na inovação que significam, quanto no seu impacto enquanto produção acadêmica, divulgação científica e avanço pedagógico e curricular. 1. Criamos um Mapa das Ações Afirmativas, o qual sintetiza, em uma imagem multidimensional, multiescalar e com um sistema semiótico próprio, a centena de modelos distintos de cotas implementados nas universidades ao longo de uma década, projetado como guia de consulta para os estudantes secundaristas, para uso dos professores e também como material de avanço de interesse para os especialistas na área. Ele é complementado pelo livro A Política de Cotas no Ensino Superior, o qual explica o seu funcionamento e oferece uma teoria completa das ações afirmativas, tal como tem sido desenvolvida no Brasil até agora. O kit Mapa-Livro acaba de ser impresso pelo Ministério da Educação em uma edição de 37.000 exemplares, dos quais 5.000 ficarão para a rede ampla do Instituto e 32.000 para serem distribuídos em todas as instituições públicas de ensino superior e em todas as escolas de ensino médio do país. Conseguimos, portanto, impactar todo o sistema de ensino brasileiro com uma síntese descritiva e conceitual do novo universo das ações afirmativas que teve sua proposta pioneira na Universidade de Brasília, sede do Instituto de Inclusão. O próximo passo desse trabalho será atualizar o Mapa anualmente, de modo a monitorar as mudanças decorrentes da obrigatoriedade de implementação da Lei de Cotas, incluindo a recontagem dos seus impactos quantitativos, segundo o modelo que desenvolvemos das Cotas em Números. Versões atualizadas do Mapa serão igualmente distribuídas na rede de ensino médio e superior. 2. Criamos em 2010 a primeira edição da disciplina “Artes e Ofícios dos Saberes Tradicionais”, como ação pioneira do projeto Encontro de Saberes. Após quatro anos, a disciplina já foi ministrada em cinco universidades públicas brasileiras e uma colombiana (estando projetada em 2015 para mais três universidades daquele país, todas seguindo o nosso modelo). Neste momento, acabamos de alcançar um resultado contundente: o Ministério da Educação acatou nossa formulação de proposta de expansão do Encontro de Saberes e abriu uma nova rubrica, no total de 12.663.000,00, para que a disciplina seja ofertada em todas as 63 universidades federais no ano de 2015. O INCTI conseguiu, portanto, criar uma política de inovação pedagógica e epistemológica ao nível do Ministério da Educação válida para todas as universidades federais. Além dessas metas finalizadas, estamos em pleno desenvolvimento de duas outras, igualmente de grande fôlego e potencial inovador: a) a confecção da Cartografia dos Mestres e das Expressões das Culturas Populares e Tradicionais, que integrará uma dimensão importante do Plano Nacional de Cultura, de interesse central para o Ministério da Cultura; b) a elaboração da metodologia dos Centros Vocacionais de Trocas Tecnológicas, encomendada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação como modelo de política pública construída em diálogo, para a instalação de Centros equivalentes para os demais povos tradicionais (quilombolas, ribeirinhos, etc.), a ser replicado em escala nacional pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Sintetizando, o INCTI iniciou seus trabalhos com uma dotação orçamentária de 2.000.000,00. Após cinco anos de atividade, de pesquisa e de formulação de políticas públicas de inclusão para vários Ministérios, chegamos a captar diretamente para o Instituto o valor de 7.479.409,96 , além do valor de 12.663.000,00 que o MEC repassará às universidades federais em 2015 atendendo à proposta de generalização do Encontro de Saberes por nós solicitada. É com base nesses resultados, entre outros, que esperamos ser contemplados, na sua justa medida, na nossa solicitação de continuidade e crescente expansão do Instituto de Inclusão.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 08/01/2018-30/11/2024
Foto de perfil

José Júlio Costa Sidrim

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • resistência antimicrobiana e virulência em fungos e bactérias emergentes e reemergentes: estudo das interrelações entre pessoas, animais e o ambiente
  • A emergência/reemergência de patógenos resistentes a antimicrobianos tem marcado os últimos anos, pondo em risco a saúde humana e animal, enfatizando a necessidade de novas estratégias de controle. O uso indiscriminado de antimicrobianos é a causa mais aceita para a resistência, mas sabe-se que resíduos ambientais de antibióticos e de agroquímicos também causam pressão seletiva em populações microbianas. Já foi demonstrado que Aspergillus fumigatus, um fungo ambiental patogênico, desenvolve resistência clínica em decorrência da exposição a fungicidas da agricultura. Ademais, alguns agroquímicos aumentam a expressão de bombas de efluxo em leveduras e bactérias. Essas observações trazem indagações sobre o impacto de antimicrobianos e agroquímicos sobre patógenos que colonizam diferentes ambientes, como os fungos Candida spp., Cryptococcus spp., Trichosporon spp., Sporothrix spp., Histoplasma capsulatum e Coccidioides posadasii e as bactérias Burkholderia pseudomallei, Pseudomonas aeruginosa, Escherichia coli e Enterococcus spp. Esses patógenos colonizam solos, águas, plantas e animais, mas causam infecções sistêmicas em seres humanos e animais, havendo relatos de infecções não responsivas a antimicrobianos. Assim, hipotetiza-se que antibióticos e agroquímicos presentes no ambiente e na cadeia alimentar de animais induzem resistência a antimicrobianos e alterações na virulência de fungos e bactérias. Para validar a hipótese, será avaliada a sensibilidade antimicrobiana de fungos e bactérias isolados de seres humanos, animais e ambientes cultivados ou não com agroquímicos. Paralelamente, cepas fúngicas e bacterianas serão expostas a antibióticos e agroquímicos e serão avaliadas quanto à sensibilidade, à virulência, à integridade celular e ao perfil proteico. Por último, será avaliada a potencialidade antimicrobiana de diferentes compostos. Dessa forma, este projeto fará uma abordagem One Health, visando à melhor compreensão da resistência e da virulência microbiana.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Julio de Toledo

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • muito mais que madeira: estimando os estoques de carbono com aprendizado de máquina para analisar a viabilidade do pagamento de créditos de carbono em comparação com a exploração seletiva de madeira nas florestas do amapá
  • As estimativas de biomassa florestal na Amazônia possuem muitas incertezas associadas à extrapolação dos dados de parcela para a escala da paisagem. No atual cenário de aumento das concessões florestais para exploração madeireira na Amazônia é essencial espacializar a biomassa com precisão para poder prever os impactos da atividade sobre os estoques de carbono, que são estimados a partir da biomassa. Conhecer a distribuição florística das árvores também é um fator crucial para auxiliar na determinação das perdas de carbono, tendo em vista que a extração de madeira é seletiva sobre as árvores que armazenam mais carbono; as espécies com densidade de madeira pesada e árvores de grande porte. Particularmente, o Amapá detém quase a totalidade da cobertura florestal intacta devido às áreas protegidas, mas a previsão é de que 1,77 milhões de hectares sejam concedidos para exploração madeireira. Entretanto, até o momento não foi realizada uma estimativa apropriada de biomassa e nem foi conduzida uma avaliação da viabilidade da exploração em comparação com o pagamento de serviços ambientais. Esta proposta contribuirá para preencher esta lacuna através da quantificação da biomassa florestal e carbono combinando dados de imagens de satélite e variáveis ambientais com algoritmos de aprendizado de máquina para selecionar modelos preditivos robustos para estimar a biomassa, carbono e a distribuição florística de árvores com alta precisão. Os resultados dessa proposta possibilitarão o cálculo do valor da floresta “em pé” como prestadora de serviço de armazenamento de carbono para mitigação das mudanças climáticas, permitindo também uma comparação confiável da renda obtida com a exploração madeireira e da renda com créditos de carbono. Essa análise fornecerá subsídios para fomentar uma mudança no setor, de exploração madeireira para pagamento de serviços ecossistêmicos.
  • Universidade Federal do Amapá - AP - Brasil
  • 24/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Jose Lamartine Soares Sobrinho

Ciências da Saúde

Farmácia
  • desenvolvimento em quíntupla hélice de scaffold biopolimérico por impressão 3d para medicina regenerativa. cnpq, ufpe, cooperativa coperacaju, caatinga e a startup gumlife unidos pela inovação de impacto positivo.
  • O desenvolvimento da manufatura aditiva viabilizou grande avanço da pesquisa na área de regeneração de tecidos e órgãos através do desenvolvimento de scaffolds, dispositivos de suporte, que fornecem sustentação mecânica, propiciam o crescimento celular e permitem o transporte de nutrientes, metabólitos e fatores de crescimento. Os scaffolds atuam como substrato para adesão celular e apresentam características essenciais como biocompatibilidade e biodegradabilidade. Os materiais disponíveis atualmente para este fim vão deste de polímeros sintéticos como o poli álcool vinílico, poli(óxido de etileno) e poli(óxido de propileno) aos biopolímeros de origem natural como goma arábica, ácido polilático, quitosana e celulose; de amplo uso industrial, contudo ainda possuem limitações para esta aplicação, necessitando aprimoramento. Este projeto visa desenvolver novos materiais genuinamente brasileiros a base do biopolímero goma do cajueiro, otimizado por meio de combinações e reações químicas sustentáveis. Os materiais desenvolvidos serão de origem natural e de fonte renovável e contribuirão positivamente para o desenvolvimento socioeconômico e agroecológico positivo da Cajucultura Brasileira. O estimulo ao desenvolvimento agroecológico da Caatinga, único bioma exclusivamente brasileiro, é urgente, por este ser o bioma mais degradados do país, concentrando mais de 60% das áreas susceptíveis à desertificação. A metodologia será desenvolvida por meio da (1) compra do exsudato do cajueiro da Cooperativa de Agricultura Familiar CooperaCaju, localizada no Bioma da Caatinga, Nordeste Brasileiro; (2) beneficiamento do exsudato do cajueiro em hidrocoloide em parceria com a Startup Gumlife; (3) desenvolvimento do hidrogéis para impressão 3D e (4) obtenção dos scaffolds através de braço robótico. O projeto propicia contribuição não apenas para o desenvolvimento da medicina e saúde humana, mas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Luis Fernando Luque Alejos

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • taxonomia integrativa de helmintos parasitos em peixes dulcícolas do brasil: elucidando a biodiversidade ainda negligenciada
  • Na última década a taxonomia integrativa tem sido uma importante ferramenta para resolução de problemas taxonômicos, melhor compreensão de relações evolutivas e de padrões de biodiversidade relacionados aos helmintos parasitos. Todavia, apesar do crescente número de estudos focados nessa temática e a alta biodiversidade, tanto os peixes quanto sues parasitos ainda são pouco compreendidos nos biomas dulcícolas do Brasil. O panorama é claro quando a taxonomia desses grupos é destacada, sendo possível observar muitos problemas de classificação e diagnose, caracterizações genéticas escassas, relações evolutivas pouco elucidadas e, até mesmo, desconhecidas. Além disso, a inexistência de sequências referências para a maior parte das espécies é empecilho para a identificação molecular de espécies com importância na piscicultura ou zoonóticas. Visando preencher as lacunas nesta área do conhecimento, a presente proposta tem como objetivo contribuir para o conhecimento taxonômico de espécies dos principais táxons de helmintos (Nematoda, Platyhelminthes, Acanthocephala) parasitando peixes dulcícolas em importantes biomas brasileiros (Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga). Amostras de helmintos recuperadas de diferentes espécies de peixes serão estudados morfologicamente (microscopia de luz e eletrônica) e geneticamente (geração de sequencias de genes nucleares e mitocondriais). A estimativa é que mais de 100 espécies sejam avaliadas. Os dados serão integrados através de ferramentas bioinformáticas, e reconstruções filogenéticas serão geradas. Sequências genéticas também serão geradas para os hospedeiros, fortalecendo ainda mais as bases de dados. Espera-se que a abordagem taxonômica integrativa aqui proposta auxilie na constituição de base sistemática e de dados sólida, permitindo melhor compreensão da biodiversidade real de helmintos de peixes do Brasil, além de avançar no conhecimento de suas relações evolutivas e diagnose mais eficiente, além da descoberta de novas espécies.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

José Luiz Gondim dos Santos

Outra

Multidisciplinar
  • semana do conhecimento 2021 - a ciência e seus desafios globais
  • SEMANA DO CONHECIMENTO 2021 - A ciência e seus desafios globais. Evento que realizará a difusão da temas transversais que impactam as mudanças tecnológicas nas diversas áreas vivenciada pela comunidade acreana e brasileira, por meio de palestras, atividades expositivas e interativas, minicursos, oficinas e experimentos químicos que serão ministradas por intuições não governamentais e governamentais parceiras do projeto, e que realiza o desenvolvimento educacional científico no município de Rio Branco e Porto Acre, como ação da Semana Estadual de Ciência e Tecnologia.
  • Governo do Estado do Acre - AC - Brasil
  • 12/11/2021-30/11/2023
Foto de perfil

José Luiz Mazzei da Costa

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • avaliação do potencial anticâncer de terpenoides naturais e de seus derivados obtidos pela semissíntese e bioconversão
  • A classe química dos terpenos tem revelado importantes moléculas utilizadas na quimioterapia do câncer, além dos estudos pré-clínicos quanto à capacidade citotóxica, anti-inflamatória e imunomoduladora. Entre as moléculas ativas nesse estágio, estão alguns monoterpenos e ácidos triterpênicos com alto potencial terapêutico, mas que ainda oferecem dificuldades quanto à obtenção em larga escala e subsequente purificação. Este contexto abriga a presente investigação, na qual serão ensaiados a esterificação de dois monoterpenos do tipo p-mentano, como ácido perílico e ácido p-cumínico, comumente obtidos pela bio-oxidação do limoneno e do p-cimeno; e a separação e purificação de três triterpenos oriundos de fontes renováveis como as cascas de maçãs e folhas de uma espécie de Myrtaceae. Os monoterpenos serão focados sobre os métodos para qualificar a pureza química. Os triterpenos selecionados possuem amplas propriedade farmacológicas. Entretanto, há uma escassez de métodos descritos para purificá-los a partir de matrizes vegetais. Além disso, apresentam baixa biodisponibilidade em meio fisiológico, devido à pobre solubilidade decorrente da própria estrutura molecular. O estudo investigará soluções para ambos esses obstáculos, pelo ensaio de novos métodos de separação desses ácidos teriterpênicos, seguido de testes de esterificação, como estratégia para produzir moléculas farmaceuticamente mais aceitáveis. As substâncias serão testadas in silico quanto a atividades farmacológicas, toxicológicas, de metabolização e ancoragem molecular (capacidade de reverter MDR) e da capacidade citotóxica sobre linhagens tumorais. Esta última, associada aos mecanismos de indução de morte celular, será avaliada in vitro. Os ensaios in vivo abordarão a atividade antitumorigênica e antimetastática, pelo implante de células de tumor de mama, com foco na metástase óssea e analisando as respostas imunes.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 27/06/2022-30/06/2024
Foto de perfil

José Manuel Macário Rebêlo

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • avaliação da degradação da cobertura vegetal e do impacto na diversidade de dipteros vetores associados à doenças tropicais negligenciadas no estado do maranhão
  • No Maranhão, situado numa região ecotonal do Brasil, foi encontrada uma rica fauna de dípteros vetores de doenças tropicais, incluindo flebotomíneos (97 espécies), culicídeos (81 espécies) e Culicoides (45 espécies), mas várias espécies ainda necessitam de identificação. Estes insetos desempenham importantes funções nos ciclos parasitários florestais maranhenses e na transmissão de patógenos para os seres humanos e animais domésticos. Apesar desse conhecimento, desde a década de 90, quando o nosso grupo de pesquisa iniciou os estudos entomológicos, o avanço das fronteiras agrícolas, a urbanização e outras atividades humanas degradaram rapidamente a cobertura vegetal original em todo o Estado, causando intensas modificações nos ecossistemas florestais. Em consequência, uma parte representativa da cobertura vegetal onde estes insetos foram estudados, desapareceu ou é representada por vegetações secundárias. A hipótese deste estudo é que o desmatamento e outros tipos de degradação das florestas afeta a estrutura das comunidades dos insetos vetores, causando mudança na riqueza, tamanho das populações e ordem de dominância das espécies, que respondem aos diferentes níveis de degradação da cobertura vegetal. Esta hipótese é factível, pois estudos prévios e recentes, levados a efeito na Amazônia maranhense, demonstraram que houve redução da riqueza de flebotomíneos nos remanescentes florestais degradados e ocorrência de espécies, sem registros prévios, nos assentamentos rurais e periurbanos próximos, assim como, mudança no perfil epidemiológico das leishmanioses tegumentar e visceral. Para testar esta hipótese, iremos estudar a fauna desses dípteros em fragmentos de floresta primárias de áreas protegidas e, também, de florestas secundárias, em áreas representativas do estado do Maranhão, inseridas nos domínios Amazônia e Cerrado, e correlacionar com os níveis de degradação desses fragmentos florestais que serão determinadas por meio de análise de ecologia de paisagem.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

José Marcelo Domingues Torezan

Ciências Biológicas

Ecologia
  • sítio peld manp - mata atlântica do norte do paraná
  • Esta proposta visa à continuidade das atividades no Sítio PELD MANP, que consiste em um conjunto de amostras distribuídas em fragmentos de Floresta Estacional Semidecidual e sítios de restauração ecológica (reflorestamentos com espécies nativas) situados na região de Londrina, norte do estado do Paraná, em monitoramento por pesquisadores e estudantes do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas da UEL. Os fragmentos e reflorestamentos situam-se em uma região homogênea em termos de vegetação original, solos, clima e histórico de ocupação, além da técnica de restauração, no caso dos reflorestamentos. No domínio da Mata Atlântica, a Floresta Estacional Semidecidual é a fitofisionomia mais ameaçada, da qual restam menos de 4% da área original, e o PELD MANP situa-se em meio a uma das maiores regiões produtoras de grãos do País. A proposta do sítio é monitorar tanto a dinâmica de longo prazo nos fragmentos florestais quanto a evolução dos reflorestamentos, visando responder às seguintes questões principais: -Quais são, no médio-longo prazo, os padrões de resposta dos remanescentes de Mata Atlântica à fragmentação, contaminação com pesticidas e fertilizantes, invasões biológicas e à mudança climática? -Como evoluem, no médio-longo prazo, ecossistemas em restauração inseridos em uma paisagem agrícola, com habitats naturais reduzidos e fragmentados? -Como os padrões de resposta de remanescentes e áreas de restauração podem informar estratégias de conservação e manejo destes ecossistemas?
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 03/12/2020-31/12/2024
Foto de perfil

José Maria Barbosa Filho

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • estudo químico biomonitorado de algumas plantas da região semiárida do nordeste em especial do estado da paraíba, semissíntese de metabólitos secundários e estudos in sílico dos produtos naturais
  • Embora, quanto a dimensão territorial, a Paraíba não se inclua entre os maiores Estados da Federação, é notável a variação da sua vegetação natural. Cerca de 80% do seu território encontra-se no polígono da seca, numa região característica, denominada "Caatinga", um habitat específico para plantas não encontradas em outras regiões do globo. Estima-se que nos seus 56.372 km2 cerca de 500 espécies de plantas sejam empregadas com fins terapêuticos e algumas com valor econômico agregado. Este projeto pretende dar continuidade a um estudo multidisciplinar dos aspectos botânico, fitoquímico e farmacológico dos extratos de plantas, frações semipurificadas e constituintes químicos ativos isolados e identificados a partir de plantas medicinais e tóxicas ainda não analisadas anteriormente, como via para o desenvolvimento de novos agentes terapêuticos. Em adição se propõe também modificar os compostos isolados em maior quantidade em moléculas mais ativas e menos tóxicas utilizando programas de quimioinformática. Enfim, se baseia na cooperação de um grupo de pesquisadores (o Coordenador e mais 10 Doutores com larga experiência nas áreas acima, que têm aceitado em comum acordo o compromisso de se chegar o mais próximo possível de um fármaco ou fitoterápico contribuindo para a melhoria da qualidade socio-sanitária da região. Permitindo um fortalecimento substancial da nossa infraestrutura de pesquisa e aumento significativo da produção científica qualificada do grupo envolvido na proposta. É um projeto original, de impacto relevante para o desenvolvimento científico, tecnológico e ambiental da nossa região já que as plantas, objeto de estudo, fazem parte de um ecossistema pouquíssimo estudado, denominado "Caatinga Nordestina" uma vez que, até então, as nossas pesquisas se concentraram nas plantas próximas ao litoral, pertencentes a Mata Atlântica. Além do mais, quase nada se conhece a respeito dos estudos químicos-farmacológico dessas plantas, a maioria em extinção.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

José Maria Landim Dominguez

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • inct em ambientes marinhos tropicais
  • O inct AmbTropic é uma iniciativa muito bem sucedida que congrega as principais instituições da região norte e nordeste do país com atuação na área de ciências do mar. Esta rede de pesquisa tem proporcionado o acesso de pesquisadores e estudantes destas instituições a uma base compartilhada de instrumentos, laboratórios e realização conjunta de atividades de coleta de dados em campo. Nossa motivação para a submissão de uma proposta para a Fase II do inctAmbTropic está embasada nos seguintes aspectos: • É necessário dar continuidade aos programas de levantamentos sistemáticos de dados em curso, principalmente no que diz respeito: (i) medidas de CO2 no Oceano Tropical, com a manutenção das boias com sensores Carioca implantadas pelo inctAmbTropic nas ilhas Oceânicas brasileiras, (ii) geração de séries temporais longas (> 6 anos) com amplo espectro geográfico, das comunidades planctónicas na região plataformal - estão séries inexistem para a região norte e nordeste do Brasil, (iii) monitoramento dos ecossistemas coralinos utilizando um protocolo comum, (iv) medição das taxas de sequestro de carbono em manguezais, (v) avaliação do comportamento da linha de costa e dos deltas tropicais brasileiros e (vi) inventário do patrimônio genético e dos recursos vivos do oceano tropical. Estes levantamentos estão sendo realizados tendo como fio condutor o papel das heterogeneidades espaciais e temporais nas respostas dos ambientes marinhos tropicais às mudanças climáticas, com ênfase na região norte e nordeste do Brasil. A interrupção deste esforço certamente comprometerá a qualidade das séries de dados que estão sendo coletados e portanto a compreensão dos efeitos das mudanças climáticas no ambiente marinho tropical do Brasil. • Apresentar soluções para "gargalos" constatados durante a execução da Fase I do inctAmbTropic que implicam na urgente implantação do estabelecimento de laboratórios de referência, para a utilização não só por pesquisadores que integram a rede de pesquisa, como também da comunidade científica nacional, com as seguintes características: (a) Laboratório de CO2, (b) Laboratório de Esclerocronologia, (c) Laboratório para Análise e Processamento de Testemunos e (d) Laboratório de Determinação de Elementos Traço. As justificativas para a criação destes laboratórios estão detalhadas na proposta completa. • Repasse, de uma maneira mais efetiva, das informações e dados obtidos pelo inctAmbTropic nas suas duas fases, não só para a comunidade acadêmica, como também para a sociedade, órgãos governamentais e não-governamentais com interesse nos Ambientes Marinhos Tropicais do Brasil e os efeitos das mudanças climáticas nestes ambientes. A isto se associa o aumento formação de pessoal e aumento das competências regionais. As seguintes iniciativas estão previstas: (i) criação de um Curso de Especialização em Ambientes Marinhos Tropicais e Mudanças Climáticas de caráter multi-institucional reunindo os cursos de pós-graduação vinculados ao inctAmbTropic, (b) aumento na oferta de Escolas de Verão sobre diferentes aspectos dos Ambientes Marinhos Tropicais, incluindo tópicos relevantes para o aumento de competências locais, (c) oferecimento de disciplinas optativas compartilhadas nas grades curriculares dos Cursos de Pós-Graduação das instituições envolvidas de modo a promover a mobilidade de alunos e a fertilização de ideias entre as diferentes instituições de ensino e pesquisa integrantes do inctAmbTropic, e (d) realização de uma Conferência Internacional em Ambientes Marinhos Tropicais, para troca de experiências entre os pesquisadores do inctAmbTropic, os seus parceiros internacionais, e a comunidade de pesquisadores do Brasil. • Apoio para a participação das instituições de ensino e pesquisa da região norte e nordeste do Brasil em projetos internacionais de grande porte como é o caso do IODP (International Ocean Discovery Program), no qual o Brasil ingressou recentemente como "full member", através do aumento das competências locais e da infraestrutura laboratorial para o armazenamento e processamento de amostras coletadas no âmbito do IODP, principalmente na sua margem equatorial. O INCT de Ambientes Marinhos Tropicais reúne algumas das principais instituições de ensino e pesquisa da Região Norte e Nordeste do Brasil que atuam na área de Ciências do Mar, embora não esteja restrito apenas a pesquisadores desta região. O inctAmbTropic inclui também pesquisadores de outras regiões do Brasil, e do exterior, que atuam na área temática e geográfica de abrangência da mesmo.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

José María Monserrat

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • laboratório de produção e desenvolvimento de produtos nanotecnológicos no sul do brasil, nanosul
  • Em virtude de sua localização geográfica e antecedentes históricos, a FURG tem vocação Institucional direcionada ao reconhecimento, por meio da criação e difusão do conhecimento, da importância dos Sistemas Costeiros e oceânicos, já que nestes sistemas é onde ocorre uma das maiores produções naturais de matéria orgânica do nosso planeta. Neste cenário de grandes possibilidades de desenvolvimento industrial, social e ambiental, a presente proposta visa apresenta o “cluster” de laboratórios da Instituição com atuação na área de nanotecnologia, com ênfase nas áreas de Química Multidisciplinar, Farmácia e Farmacologia, e Toxicologia. O histórico da Instituição na prospecção de compostos bioativos e de aplicação tecnológica no ambiente marinho tem propiciado um grande potencial de transferência de tecnologia na área nano e a oferta de prestação de serviços à sociedade pelo uso de sua estrutura e pela capacidade técnica instalada. A atuação do Laboratório NanoSul está de acordo com Instrução Normativa MCTIC N° 11 de 02 de agosto de 2019 e será no âmbito da FURG, a qual conta com um projeto de desenvolvimento Institucional cadastrado no sistema da Universidade, SISPROJ, a partir de um convênio com a FAURG (Fundação de Apoio à Universidade do Rio Grande), o que possibilita à FAURG emitir nota fiscal e pagamentos pelos serviços, em especial os externos. Neste sentido, todos os centros e as restantes instalações possuem características multi-usuários, sendo rotineiramente utilizados por pesquisadores da FURG e de outras instituições públicas e privadas nacionais e estrangeiras. Na Instituição existem competências bem desenvolvidas pelos integrantes da proposta na área de alimentos e materiais da indústria alimentícia, utilizando polímeros obtidos de fontes naturais (ex: quitosana, pectina, alginato). Desta forma, a utilização de matéria prima oriunda do mar possibilitou gerar suplementos nanoencapsulados visando seu uso na saúde humana e, também, na Aquacultura, sendo priorizadas ações que visam o uso seguro dos nanomateriais através da aplicação de testes de toxicidade padronizados. Neste último ponto cabe salientar que integrantes da proposta têm participado na iniciativa europeia NanoReg, que teve como objetivo padronizar os ensaios para avaliação da toxicidade potencial de diferentes tipos de nanomateriais. Este exercício de intercalibração internacional permitiu o desenvolvimento de habilidades para executar ensaios de toxicidade em condições aceitas internacionalmente, o que gera confiabilidade dos dados toxicológicos obtidos, permitindo uma avaliação precisa do potencial risco ambiental do nanomateriais. Na área da saúde têm se buscado o desenvolvimento de novas formas farmacêuticas para tratamento de doenças neurodegenerativas (Alzheimer e doença de Parkinson), doenças negligenciadas (Tuberculose), AVC hemorrágico, problemas de pele, como melhora na cicatrização e o tratamento de queimaduras, entre outros. Além disso, nos últimos anos têm surgido na Instituição algumas áreas emergentes em nanotecnologia, como para a avaliação de propriedades mecânicas de nanomateriais. Neste sentido, trabalhos envolvendo a avaliação de revestimentos e modificações superficiais, com especial ênfase em aplicações envolvendo corrosão ou tribologia têm sido realizados. Finalmente, é importante salientar que a atuação conjunta e integrada das equipes do Laboratório NanoSul têm gerado informação científica e produtos tecnológicos com características diferenciadas, onde o foco principal está no uso de matérias-primas de origem natural, o que está propiciando a colaboração e a prestação de serviços não somente no país mas também no exterior, este último ponto favorecido pelas cooperações internacionais que a Instituição tem estabelecido em área de atuação como a Química Multidisciplinar, Farmácia e Farmacologia, e Toxicologia.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 18/12/2019-31/12/2023
Foto de perfil

José Maurício Haas Bueno

Ciências Humanas

Psicologia
  • estudo das propriedades psicométricas de uma bateria de testes de inteligência emocional
  • A inteligência emocional (IE) é um conjunto de habilidades relacionadas ao processamento cognitivo da informação emocional, incluindo a percepção, a compreensão e a regulação de emoções. Apesar dos trinta anos passados desde sua proposição e de sua aceitação como uma das inteligências do segundo estrato do modelo CHC das habilidades cognitivas, há poucos instrumentos para avaliá-la, o que tem sido motivo de críticas quanto à interdependência entre a teoria e o instrumento de avaliação. Além disso, a utilização de estímulos como os emojis, que são frequentemente usados para a veiculação de informações emocionais em mensagens de texto, pode ser útil para captar o processamento emocional e tornar a tarefa de resposta mais atrativa aos usuários. Em nosso grupo de pesquisa realizamos estudos preliminares para o desenvolvimento de instrumentos desse tipo para a avaliação de habilidades relacionadas à IE, com o desenvolvimento de testes de percepção, de compreensão e de regulação de emoções. Os resultados das análises psicométricas foram encorajadores, mas também mostraram pontos em que os instrumentos podem ser melhorados individualmente. Além disso, suas propriedades psicométricas ainda não foram avaliadas como uma bateria de testes para avaliação da IE. Por isso, este projeto propõe a revisão e o estudo das propriedades psicométricas de uma bateria de testes para avaliação da IE. Empregar-se-ão os conceitos teóricos e os procedimentos metodológicos próprios da psicometria para buscar evidências de validade (com base na estrutura interna e com base nas relações com variáveis externas relacionas à educação, saúde e trabalho) e investigar a precisão dos instrumentos que compuserem a bateria. Espera-se obter resultados compatíveis com os reportados na literatura científica para instrumentos estrangeiros similares e disponibilizar à comunidade científica e aos psicólogos brasileiros um instrumento com boas propriedades psicométricas para avaliação da inteligência emocional.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 19/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Mauro da Costa Hernandez

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • o impacto de comentários online elaborados por consumidores sobre atitudes e intenções: o papel moderador das características dos comentários e dos indivíduos
  • Esta proposta investiga a influência dos comentários postados na Internet sobre as atitudes e intenções dos consumidores. Este tema ganhou muita importância na última década em função do surgimento de inúmeras plataformas de recomendação como o TripAdvisor e Yelp e da crescente importância do comércio eletrônico no Brasil e no mundo. Vários relatórios sugerem que a maioria dos consumidores consulta comentários na Internet antes de efetuar uma compra ou uma reserva online. Nossa proposta, que compreende quatro estudos que já estão em diferentes estágios de desenvolvimento, investiga como a valência do comentário (positivos vs. negativos) e sua colocação na página influencia as decisões de diferentes consumidores (por exemplo, mais ou menos céticos). Apesar do crescente número de publicações científicas sobre este tema na última década, – uma indicação de sua crescente relevância – ainda existem muitas lacunas de conhecimento como a identificação do viés de negatividade. À despeito das evidências do viés de negatividade verificadas em outras áreas do conhecimento, as pesquisas de marketing sobre comentários na Internet não são inequívocas quanto ao viés de negatividade. Por meio de quatro estudos, procuramos demonstrar que o viés de negatividade é prevalente no ambiente de compras online e argumentamos que a ambiguidade da literatura decorre de paradigmas metodológicos inadequados utilizados nos estudos passados (estudo 1), de características individuais dos consumidores (estudo 2) ou da disposição e recência dos comentários online (estudos 3 e 4). Em todos os quatro estudos usaremos 10 (dez) desenhos experimentais controlados para testar nossas hipóteses. A hipótese comum a todos os estudos é que os comentários online negativos têm mais peso nas atitudes e intenções de compra dos consumidores, mas esta influência pode depender das características dos comentários ou dos consumidores. Dez experimentos serão realizados para testar as hipóteses dos 4 estudos.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Jose Mauro Granjeiro

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • desenvolvimento de produtos biológicos com base em diferentes composições de agnps para o tratamento de doenças negligenciadas, câncer e doenças degenerativas do tecido ósseo
  • A quantificação de processos biológicos tem ganhado cada vez mais destaque na metrologia, a ciência das medições, já que sua aplicação em diagnóstico e terapia personalizada vem aumentando a demanda do setor de biotecnologia. A metrologia visa promover a confiabilidade, veracidade e comparabilidade das medidas em bioanálise, sendo uma das respostas à atual crise de reprodutibilidade. Porém, a metrologia biológica é pouco explorada na biotecnologia. Nanopartículas de prata (AgNPs), vem sendo cada vez mais utilizadas na biotecnologia industrial, da saúde e do meio ambiente. Medições confiáveis, precisas e reprodutíveis são importantes para otimizar a geração de produtos eficazes e seguros para as pessoas e o meio ambiente. Para tanto, as propriedades físicas, químicas e biológicas dos nanomateriais devem ser determinadas por métodos padronizados e com aceitação regulatória para a efetiva geração de produtos para a saúde seguros e eficazes. Em câncer, apesar do crescente conhecimento da base genética e molecular de diversos tipos dessa patologia, o desenvolvimento de tratamento efetivo ainda é limitado. As doenças negligenciadas, na perspectiva das grandes indústrias farmacêuticas, estão em um segundo plano quanto a pesquisa de novos agentes terapêuticos. Doenças degenerativas do tecido ósseo estão diretamente relacionadas com o aumento da expectativa de vida populacional, gerando elevados custos para o sistema público de saúde. Com base no exposto, o projeto visa o desenvolvimento de um produto biotecnológico - AgNPs e nanoemulsões contendo AgNPs (aumento de interação com células) – para o tratamento de doenças negligenciadas, câncer e doenças degenerativas do tecido ósseo.
  • Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia - DF - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Messias Bastos

Ciências Humanas

Geografia
  • o setor de infraestrutura no brasil: do estrangulamento dos grandes serviços de utilidade pública à desindustrialização nacional
  • O setor de infraestrutura pode ser considerado um fenômeno eminentemente geográfico, com a particularidade de ser complexo. É formidável ponto de apoio para se identificar situações, pois se manifesta como fruto da convergência de força emanadas de um espaço amplo, quase sempre subordinadas a estruturas nacionais e internacionais. Possui rede de relações variadas, rico em qualidades espaciais, estruturais. Como ensinou Milton Santos, ao apontar a existência de três escalas principais da análise geográfica: o nível mundial, nacional e regional-local (SANTOS, 1978), é com tal abrangência que devemos investigar esse fenômeno. Realidade ignorada por muitos estudiosos. No Brasil, o setor se constitui como o grande gargalo a ser enfrentado, pois a economia é cada vez mais competitiva. É preciso, sendo nosso objetivo, apontar uma visão sistêmica dessa realidade para indicar as possibilidades de alavancar a eficiência do setor de transporte, comunicação, saneamento, comunicação e energia no país. Entre 2000 e 2018, os investimentos públicos no setor foram de pouco mais de 2% do PIB, com máxima de 2,53% em 2010 e média de 2,5% entre 2008-2013, decaindo após (BNDES, 2018). Países emergentes investiram entre 1995-2015, 6,4% do PIB, e os latinos 5,5% (FMI, 2018). É preciso investimentos de R$ 339 bilhões anuais para superar os gargalos infraestruturais do país em até 20 anos (5,5% do PIB) (IFRA 2038). A análise que propomos, ao diagnosticar os principais gargalos, avanços e recuos de cada ramo infraestrutural, possibilitará indicações de qual caminho seguir e no desenvolvimento de políticas que gerarão impactos nas exportações/ importações e na redução dos custos logísticos, tornando o país atrativo, permitindo expansão econômica, como ocorre em países com nível de desenvolvimento semelhante (BRICS). Iremos nos basear em pesquisa documental, relatórios oficiais nacionais/internacionais, analise de banco de dados/estatísticas, entrevistas, visitas técnicas e registros in loco
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Pedro Mansueto Serbena

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • sensor de adulteração de méis de abelhas baseado em transistores com porta eletrolítica
  • A presente proposta visa o desenvolvimento de sensores de adulteração de mel pela adição de xarope de açúcares. Estes sensores serão baseados em transistores com porta eletrolítica, cuja estrutura é composta por materiais já amplamente explorados na literatura científica para tal fim, mas com a peculiaridade de o próprio mel compor uma das camadas do transistor. A utilização do mel de abelha no dispositivo possui vantagens como: baixo custo, facilidade de manipulação e aplicação e a possibilidade de monitoramento das propriedades do próprio produto quanto à adulterações. Utilizar transistores como uma plataforma de sensoriamento é uma boa estratégia, uma vez que são dispositivos multiparamétricos, ou seja, através de medidas típicas de caracterização elétrica, é possível extrair um amplo conjunto de parâmetros que provêm mais confiabilidade em sua sensitividade e, seletividade. As propriedades elétricas formadas na interface do semicondutor com o mel impactam diretamente nestes parâmetros e a adulteração do mel gera mudanças mensuráveis nesta interface. Transistores com porta eletrolítica em arquitetura planar já são amplamente utilizados para fins de sensoriamento e a presente proposta é explorar o mel como eletrólito do sensor. Já transistores em arquitetura vertical são ainda pouco utilizados em sensoriamento, mas resultados apresentados na literatura científica demonstram ótimo potencial para tal aplicação. A utilização de transistores verticais com mel como eletrólito é inédita até o presente momento. Resultados obtidos perante ambas arquiteturas serão confrontados para concluir qual oferece melhores parâmetros para o sensor. Sensoriamento da adulteração de mel baseada em transistores traz uma nova possibilidade para tal detecção, baseada num método mais rápido e barato do que os atualmente utilizados, podendo inclusive ser utilizado in-loco. Esta é uma proposta de ferramenta para agregar valor ao produto de apicultores e meliponicultores.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 03/08/2022-31/08/2024
Foto de perfil

José Renan de Medeiros

Ciências Exatas e da Terra

Astronomia
  • astronomia na ufrn com o espectrômetro nirps
  • A busca e caracterização física de planetas extrassolares é hoje um dos tópicos multidisciplinares de fronteira, em particular face à perspectiva da descoberta de planetas tipo-Terra. A combinação da fotometria, para detecção de trânsitos planetários, com a espectroscopia, para a caracterização, é fundamental para a obtenção de resultados sólidos nesse tópico. Até o presente, foram descobertos 966 planetas via Velocidade Radial e 3453 via trânsito, sendo a espectroscopia crucial para a determinação completa das propriedades dos planetas e das estrelas hospedeiras. O uso de instrumentos dedicados é imperativo para a solução dos casos científicos aqui abordados. O problema geral da proposta é a busca e análise das propriedades físico-químicas de exoplanetas detectados pela missão TESS, em particular aqueles localizados em Zonas de Habitabilidade. Especificamente, o espectrômetro NIRPS (Near Infrared Planet Searcher) será usado para (i) a busca por planetas internos orbitando estrelas do tipo solar, com planetas tipo Júpiter já detectado, (ii) planetas orbitando estrelas de pequenas massas detectados pelo satélite TESS, e a caracterização atmosférica dos mesmos. O NIRPS cobrirá as bandas Y, J e H, com resolução espectral da ordem de 100.000, atualmente sendo montado no telescópio de 3,60 m do ESO/La Silla, com inauguração prevista para o primeiro trimestre de 2022. O Consórcio construtor do NIRPS (Univ. de Genebra, Montreal, UFRN, Grenoble, Porto e Instituto de Astrofísica de Canárias) terá tempo GTO de 720 noites para uso ao longo de 5 anos, das quais cerca de 80 noites serão destinadas à UFRN, fato este que viabiliza solidamente a presente Proposta. A metodologia consiste na detecção de trânsitos planetários via fotometria, pelo TESS, e observações e com o NIRPS, para síntese espectral e aplicação da técnica de Velocidade Radial para obtenção de soluções orbitais. A combinação destas duas técnicas é fundamental para confirmar e caracterizar um exoplaneta.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

José Ribamar Lopes Batista Júnior

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • escola virtual: letramento digital para o ensino a distância e seu impacto na aprendizagem
  • O uso de ferramentas digitais para o ensino a distância, tais como softwares, hardwares, plataformas de ensino, produção e edição de vídeos, dentre outros, tornou-se um desafio ante a realidade do ensino virtual. Em razão das mudanças ocorridas na modalidade de ensino, que passou do presencial ao virtual nestes dois últimos anos de pandemia, o presente projeto propõe investigar a relação entre proficiência digital/tecnológica dos professores para o ensino a distância (EaD) e a efetiva aprendizagem pelos alunos nos cursos/aulas a distância, remotas ou híbridas. Essa pesquisa parte do pressuposto de que a falta de habilidade no manuseio de tecnologias para o ensino digital impactam na qualidade e interação, prejudicando o ensino/aprendizagem e nesse sentido, propomos a Escola Virtual como laboratório e ambiente de aplicação de diferentes estratégias para incorporação da tecnologia e soluções nas aulas à distância. Investigaremos durante as atividades da Escola Virtual se há ou não relação entre o domínio dessas ferramentas e a aprendizagem e participação dos alunos nas atividades virtuais. Para tanto, professores voluntários participarão da Escola Virtual, avaliando de acordo com os parâmetros de desistência, níveis de interação e nota alcançada, bem como questionário de avaliação via google formulários junto aos alunos a verificação inicial e final do impacto do conhecimento sobre o desempenho discente.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Jose Ricardo Cezar Salgado

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • inovação tecnológica e sustentável de reutilização de pilhas e baterias
  • No decorrer dos últimos anos o descarte pilhas e baterias foi responsável pelo dobro do lixo gerado em apenas dezesseis anos. Isso torna o lixo eletrônico, o fluxo de lixo doméstico de crescimento mais rápido do mundo. No Brasil, são vendidos, em média, 400 milhões de baterias e cerca de 1,2 bilhão de unidades de pilhas, considerando as importações legais, ilegais e a produção nacional. Infelizmente, apenas 1% é reciclado segundo a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica. Avalia-se que cerca de 40 % desse mercado é dominado por produtos irregulares, relacionados ao contrabando nas fronteiras, por exemplo, entre Brasil (Foz do Iguaçu-PR) e Paraguai (Cidade do Leste), sendo esta, a fronteira mais movimentada do Brasil. As pilhas e baterias apreendidas são levadas para um aterro e lá permanece eternamente. Portanto, como objetivo proposto, que contará com a colaboração da Receita Federal, é buscar uma alternativa correta e ambientalmente sustentável para o destino de pilhas e baterias apreendidas na alfandega. Um dos exemplos é o de reaproveitamento da haste de grafite que atua como um eletrodo e é queimado ou deixado como resíduo do processo de reciclagem. A partir da esfoliação eletroquímica do grafite, um processo simples, de baixo custo e sustentável, é possível possuir o grafeno. Este material apresenta muitas propriedades consideradas extraordinárias tal como: alta área superficial, boa condutividade elétrica, entre outras. Estas propriedades oferecem uma ampla gama de aplicações em células a combustível, baterias, capacitores, sensores e etc. Nesse contexto, o grafeno produzido, será empregado como suporte para o desenvolvimento de catalisadores para reações em células a combustível que surgem como um objeto atraente para pesquisas. É uma tecnologia promissora e inovadora, focada na reciclagem de elementos obtidos de pilhas e baterias.
  • Universidade Federal da Integração Latino-Americana - PR - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Ricardo de Santana

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • estratégias de retomada do crescimento e políticas públicas: contribuições para a economia sergipana
  • Historicamente, além do estado de Sergipe apresentar uma economia pouco diversificada, sua dinâmica econômica tem sido baseada em setores com baixa produtividade e que agregam pouco valor ao produto estadual. A crise econômica enfrentada pelo Brasil (2014-2016) impactou a economia sergipana de forma mais intensa do que a economia nacional e a regional, o que revela sua vulnerabilidade. Além disso, essa situação se agravou, em 2020, por conta dos impactos econômicos decorrentes da pandemia COVID-19. Diante disso, quais setores teriam maior capacidade de alavancar a economia sergipana no longo prazo? Quais estratégias devem ser adotadas para se evitar os mesmos erros do passado? Dado o processo de desindustrialização enfrentado pelo país e pelo estado de Sergipe, assume-se como hipótese que atividades associadas ao segmento de serviços, mais especificamente serviços produtivos, devem assumir um papel relevante no longo prazo. Associado a isso, políticas públicas nas áreas de educação e ciência e tecnologia, entre outras, passam a ser essenciais para se investir em novos processos de aprendizagem e capital humano e, consequentemente, contribuir com o aumento da produtividade. Este projeto de pesquisa utilizará diferentes bases de dados e metodologias que se complementam na sua construção e hipóteses, quais sejam: modelagem econométrica (dinâmica, espacial e com correção de seleção amostral endógena), algoritmos de aprendizagem de máquina e modelos inter-regionais de insumo-produto e equilíbrio geral computável. A estratégia empírica levará em conta tanto a heterogeneidade setorial quanto a regional do estado de Sergipe. Com o uso das metodologias propostas será possível avaliar, de forma robusta e pioneira no estado, a distribuição de produtividade setorial e seus determinantes, cujos resultados serão essenciais para o desenho e implementação de políticas públicas que visem modernizar o estado e prepará-lo para uma trajetória de crescimento sustentado no longo prazo.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

José Ricardo Garcia Pereira Ramalho

Ciências Humanas

Sociologia
  • corporações transnacionais, trabalho e desenvolvimento industrial no brasil
  • Investimentos industriais são geralmente associados à geração de oportunidades de trabalho, arrecadação e negócios. No entanto, implantes recentes no Brasil frustraram tais expectativas. As diferentes modalidades de instalação e implicações para a mão de obra, a oferta de benefícios financeiros e tributários, e as redes de fornecimento próprias, na prática, restringiram iniciativas de integração de empresas locais e políticas de desenvolvimento econômico. Apesar disso, agentes operando em escalas nacional e subnacional vêm influenciando as condições de atuação das corporações automotivas, configurando padrões diversificados de relações de trabalho e sindicais, estruturas de fornecimento e cooperação com órgãos governamentais. Assim, a hipótese central da investigação é a de que o desenvolvimento econômico e social da indústria automotiva no Brasil, remetendo às condições de trabalho, à rede de fornecedores e às relações com o poder público, embora condicionado por estratégias de corporações transnacionais, é determinado pelas relações sociais de base territorial. Dessa forma, o desenvolvimento induzido por esse setor é um fenômeno relacional, dependente das interações entre firmas, grupos políticos e trabalhadores, enraizadas em histórias e políticas industriais variadas. Pesquisas recentes (Ramalho & Santos, no prelo; Dulci, 2021; Lima, 2021; Santos, 2021; Ramalho, 2015; 2005) demonstram que, apesar de desinvestimentos e de redução cíclica do emprego no setor, stakeholders nacionais e subnacionais promovem a internalização da produção de componentes, preservam níveis de emprego e engajam montadoras em formas de ação coletiva. A investigação utilizará um enfoque quali-quanti, envolvendo surveys sobre o perfil da força de trabalho e dos fornecedores no polo automotivo do Sul fluminense e outras localidades de produção automotiva, além de entrevistas semiestruturadas com representantes empresariais e políticos e análise de documentos oficiais e de mídia.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

José Roberto Linhares de Mattos

Ciências Humanas

Educação
  • práticas laborais em pequenas comunidades no brasil e em portugal: sustentabilidade no saber/fazer para equidade social e econômica
  • O espaço social é permeado por uma rede de inter-relações, como a divisão do trabalho por gênero e a não valorização de algumas atividades artesanais. Isso acirra discriminações e desigualdades, que acarretam problemas psicológicos, econômicos, sociais e ambientais. Muitas atividades atribuídas a um gênero são desenvolvidas por outro, o que auxilia, de forma sustentável, no empoderamento laboral. Tais atividades podem ser vistas como estratégias para dar visibilidade a todos os gêneros no contexto social e no mercado de trabalho produtivo. São práticas decoloniais que visam a sustentabilidade no saber/fazer e que servem como meios de vida, melhoria social, preservação da cultura e contra-exclusão de qualquer conhecimento, reforçando a diversidade intelectual. Assim, o problema de pesquisa reside na análise dessas práticas laborais que são meios de sobrevivência, incidindo a sua importância em práticas inovadoras que são utilizadas em comunidades de Portugal, e que podem gerar estudos para o contexto brasileiro. Parte-se da hipótese que práticas laborais de pequenas comunidades, com ênfase na cultura e na sustentabilidade no saber/fazer, visam a equidade de oportunidades sociais e o mercado produtivo, combatendo exclusões. Pequenas Associações e Cooperativas são formas de promover assistência social, cultural e educacional, além de viabilizar o negócio produtivo dos membros das comunidades. Assim, evidencia-se a plausibilidade da hipótese investigada. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa do tipo etnográfico, cujos principais instrumentos metodológicos utilizados serão observação participante, entrevistas e rodas de conversas. Isso envolverá a participação ativa e o contato direto com pessoas de comunidades de pequenos agricultores, quilombolas, mulheres rendeiras e pescadores artesanais no Brasil e em Portugal, para compreender significados e sentidos atribuídos por eles.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Jose Roberto Pellini

Ciências Humanas

Arqueologia
  • casa, tumba ou sítio arqueológico? paisagens potenciais, materialidades transitórias.
  • A presente proposta tem como objetivo dar continuidade aos trabalhos que vem sendo desenvolvidos desde 2015 pelo Programa Arqueológico Brasileiro no Egito da Universidade Federal de Minas Gerais (BAPE) na Tumba Tebana 123 (TT123). Longe do interesse oitocentista que o Brasil manifestou no passado pelo Egito, emulando os países centrais a partir de uma ideologia colonial, o presente projeto busca somar as discussões sobre Arqueologia e Colonialidade que vêm ocorrendo tanto na América do Sul quanto em outras regiões do planeta. Embora o projeto inclua ferramentas da egiptologia (como epigrafia e análise de materialidades faraônicas), a agenda de trabalho na tumba TT123, uma tumba faraônica localizada na planície de Sheikh Abd el Qurna em Luxor, Egito, é, antes de tudo, a de um projeto arqueológico integral, interessado na totalidade das materialidades, vestígios, estruturas e, acima de tudo, relações que marcam a biografia da TT123. A cuidadosa documentação e análise da íntegra deste registro, sobretudo das materialidades modernas, bem como a análise das diferentes relações que foram vivenciadas neste espaço, nos permitirão contribuir com elementos não só para a história egípcia durante o período faraônico, mas também para compreender a história moderna da tumba e o entrelaçamento entre este registro, a arqueologia e as comunidades locais ao longo dos séculos. Sabemos por informação etnoarqueológica que a tumba foi habitada na modernidade por familias egípcias mas esta história é silenciada pelas agendas da arqueologia egípcia. Neste sentido o Projeto parte da ideia de que a TT123, antes de ser apenas uma tumba, uma materialidade fixa, uma categoria predeterminada, é uma materialidade transitória e ponto de encontro de diferentes ontologias. Ao pensarmos as tumbas como materialidades potenciais que se materializam através de relações, reconhecemos que a tumba antes de ser só uma tumba pode ser uma residência, um sítio arqueológico ou qualquer outra coisa.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 24/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Roberto Postali Parra

Ciências Agrárias

Agronomia
  • instituto nacional de ciância e tecnologia de semioquímicos na agricultura
  • Considerado um INCT modelo no último quadriênio (2009-2013), segundo o parecer final do Comitê Assessor do CNPq, o INCT Semioquímicos na Agricultura desenvolve pesquisa científica e tecnológica inovadora em uma área estratégica para o desenvolvimento nacional, a agricultura, e por meio desta nova chamada, espera contribuir ainda mais para a consolidação do país nesta área, no curto, médio e longo prazos. Contemplando atividades de pesquisa de vanguarda de alta qualidade, elevada formação de recursos humanos, transferência de conhecimento para a sociedade e empresas, e forte internacionalização, esta nova proposta visa ao fortalecimento do atual INCT Semioquímicos na Agricultura. A partir da estrutura em rede hoje constituída e já consolidada, dos laboratórios e competências estabelecidos nos estados de São Paulo (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Esalq/USP, Piracicaba, Instituição Sede), Minas Gerais (Universidade Federal de Viçosa, UFV, Viçosa), Paraná (Universidade Federal do Paraná, UFPR, Curitiba), e Alagoas (Universidade Federal de Alagoas, UFAL, Maceió), o INCT Semioquímicos na Agricultura irá se expandir, nesta nova fase para outros locais do Brasil, visando a um maior equilíbrio e à formação de novos grupos de pesquisa em novos campi universitários e regiões em desenvolvimento, como preconizado pelo Edital. Serão acrescidos ao atual grupo, laboratórios representados pelos estados de Sergipe (Universidade Federal de Sergipe, UFS, Aracajú), Bahia (Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Ilhéus), Rio de Janeiro (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Três Rios), Mato Grosso (Universidade do Estado do Mato Grosso, UNEMAT, Tangará da Serra), Mato Grosso do Sul (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Cassilândia), Santa Catarina (Universidade Comunitária da Região de Chapecó, Unochapeco, Chapecó), e de outras duas instituições no Paraná (Universidade Estadual do Centro-Oeste, UNICENTRO, Guarapuava, e Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Cascavel). Levando em conta objetivos e metas claras, o INCT Semioquímicos na Agricultura estabeleceu como alicerce estratégico para o país, cinco linhas gerais de pesquisas a saber: (i) Semioquímicos nas interações inseto-inseto e inseto-planta, (ii) Semioquímicos no contexto do controle biológico, (iii) Identificação e síntese de semioquímicos, (iv) Formulação e tecnologia de liberação de semioquímicos, e (v) Aplicação de semioquímicos na agricultura. Todos os subprojetos de pesquisa propostos pelo atual INCT, se encaixam de forma harmônica em uma ou mais dessas linhas gerais, e são condizentes com as principais pragas e culturas de importância econômica da agricultura brasileira da atualidade, criando novas possibilidades de monitoramento e controle de pragas, e gerando conhecimentos e tecnologias para os agricultores, de forma sustentável e sem o uso de agroquímicos, tornando o país autosuficiente. Por se tratar de uma rede bem estruturada de instituições de ensino e pesquisa, o INCT Semioquímicos na Agricultura continuará contribuindo para a formação de recursos humanos do mais alto nível, expandindo e disseminando inovações para as mais diferentes regiões brasileiras. Amparado por instituições internacionais líderes nesta área de atuação, como University of California-Davis, University of California-Riverside, Penn State University, Wageningen University, University of Neuchâtel, Max Planck Institute of Chemical Ecology, Universität Hamburg, The University of Western Ontario, dentre outras, o INCT Semioquímicos na Agricultura manterá, como já vem sendo feito, constante intercâmbio, de alunos e pesquisadores, promovendo um aumento da produção científica e melhoria da qualidade desta produção. No que tange às relações com empresas nacionais, inúmeras têm sido as oportunidades de gerar novos produtos e tecnologias que favoreçam o crescimento empresarial do agronegócio, como já vem sendo feito por meio de empresas pioneiras e hoje líderes do mercado neste setor apoiadas pelo INCT Semioquímicos na Agricultura. Aliado a todo este esforço, a busca constante de iniciativas que transfiram este conhecimento para a sociedade, por meio de educação científica da população em geral tem sido implementada e disponibilizada pelos membros e instituições dos grupos participantes.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 28/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

José Roberto Viana Silva

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • mecanismos de ação de antioxidantes naturais (timol, alfa;-pineno e punicalagina) durante o cultivo in vitro e criopreservação de folículos ovarianos e oócitos bovinos
  • O estresse oxidativo durante o cultivo in vitro e criopreservação de folículos pré-antrais e de oócitos bovinos é responsável por reduzir a viabilidade celular e limitar o potencial destas biotécnicas para fornecer oócitos competentes para a produção de embriões in vitro. Como estratégia para minimizar os efeitos deletérios do estresse oxidativo, vários antioxidantes tem sido utilizados durante o cultivo de células in vitro. A ampla variedade de componentes bioativos presentes nos óleos essenciais de Lippia sidoides e Croton argyrophyllus e no extrato de Punica granatum tem despertado grande interesse de pesquisadores, devido às suas propriedades antioxidantes. Substâncias como timol, a-pineno e punicalagina, isolados respectivamente destes óleos essenciais e extrato, já apresentaram alta atividade antioxidante em estudos in vivo e in vitro. No entanto, ainda não se sabe se estas substâncias naturais reduzem o estresse oxidativo durante a criopreservação de tecido ovariano, cultivo de folículos pré-antrais e maturação oocitária in vitro. A realização deste projeto será de grande importância para o aperfeiçoamento das biotécnicas relacionadas com a produção in vitro de embriões e também para criar novas perspectivas de utilização de compostos ativos, presentes em plantas do Brasil, como suplementos de meios de cultivo e de criopreservação de folículos ovarianos. Os objetivos deste projeto são avaliar os mecanismos de ação do timol, do a-pineno e da punicalagina durante o cultivo folicular e maturação oocitária, bem como durante a criopreservação de tecido ovariano bovino. Serão investigados também os efeitos destas substâncias e dos óleos essenciais de L. sidoides e C. argyrophyllus e do extrato de P.granatum nas taxas de viabilidade, crescimento folicular, maturação oocitária, fragmentação de DNA, bem como na integridade ultraestrutural de organelas, expressão de RNAm e atividade das enzimas superóxido dismutase, catalase, periredoxina e glutationa peroxidase.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

José Rodolfo Lopes de Paiva Cavalcanti

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • estudo in vitro do comportamento regenerativo das células do tecido nervoso do encéfalo de humanos traumatizados após tratamento com astragalosídeo iv, ácido lipóico e óleo de linhaça
  • Vide projeto anexo
  • Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 07/01/2020-07/01/2025
Foto de perfil

José Tavares Araruna Júnior

Engenharias

Engenharia Civil
  • estudos e estratégias para utilização de sedimentos acumulados por ações antrópicas no complexo lagunar da baixada de jacarepaguá
  • A melhoria da qualidade dos serviços de saneamento urbano é imperativa ao desenvolvimento social e econômico do Brasil. A inabilidade do país em suprir condições básicas de saneamento é ilustrada pela degradação dos corpos hídricos em suas áreas urbanas. No caso específico do foco desta proposta, o crescimento da Baixada de Jacarepaguá no Rio de Janeiro ignorou o planejamento concebido pelo urbanista Lúcio Costa e a qualidade de seu sistema lagunar deteriorou sensivelmente em um curto intervalo de tempo. A recuperação ambiental do Complexo Lagunar de Jacarepaguá, prevista como um legado dos Jogos Olímpicos Rio 2016, deixou de ser executada por entraves jurídicos e administrativos. Atualmente é muito difícil que o projeto aprovado venha a ser realizado com o aporte de recursos públicos face à crise econômica vivenciada pelo Estado do Rio de Janeiro aliada a necessidade de privatização da CEDAE, (i.e., a venda da companhia estadual de saneamento está prevista no acordo de recuperação financeira estabelecido com o Governo Federal). Sendo assim, há uma necessidade de estudos que definam estratégias de utilização benéficas dos sedimentos existentes. Contrário a percepção popular, os sedimentos de sistemas lagunares eutrofizados não deveriam ser considerados como rejeitos posto que é possível realocá-los em seu ecossistema natural, através de operações de dragagem, e que são passíveis de utilização com ou sem tratamento prévio. A presente proposta visa a realizar estudos que possibilitem desenvolver estratégias para utilização de sedimentos acumulados por ações antrópicas dando continuidade a cooperação científica e tecnológica existente entre a PUC-Rio e a Tonji University. Vislumbra-se que a parceria com a Russian Academy of Science venha ainda mais a agregar esforços no sentido de contribuir para a formulação de políticas públicas na área de recursos hídricos.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 08/08/2019-31/08/2022
Foto de perfil

Jose Viriato Coelho Vargas

Indefinido

Indefinido
  • planta piloto de tratamento de efluentes e águas degradadas através do cultivo de microalgas
  • Este projeto propõe o desenvolvimento de planta piloto modular para tratamento de esgoto e recuperação de águas superficiais, subterrâneas e residuais, i.e., efluentes e águas degradadas através do cultivo de microalgas. Para tanto, será utilizado o cultivo de microalgas em fotobiorreatores (FBR) tubulares compactos via águas degradadas e resíduos sólidos urbanos (RSU) para geração de bioprodutos e energia como estratégia para uso eficiente e racional da água em sistemas de produção integrada. A inovação reside no uso acoplado de fotobiorreatores, biodigestor e incinerador, promovendo o tratamento de águas degradadas e esgotos, bem como RSU. Projetos anteriores financiados para este grupo de pesquisa permitiram a construção de um Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento em Energia Autossustentável (NPDEAS) na UFPR, composto por sistemas modulares que utilizam os efluentes de biodigestor local bem como de outras localidades como nutrientes em 5 fotobiorreatores compactos de cultivo de microalgas, cada um com capacidade de 12.000 L (5m x 2m x 8m), que também permitem a assimilação de emissões provenientes da incineração de resíduos sólidos com produção de diferentes coprodutos de alto valor agregado e geração de energia elétrica distribuída. A base fundamental para este projeto será o NPDEAS, o qual foi originalmente dividido em 5 módulos: 1) Unidade de Biodigestão, 2) Unidade de Fotobiorreatores, 3) Unidade de Operações Unitárias, 4) Unidade produtora de Ração Animal e 5) Unidade Incineradora com geração de energia elétrica de 20 kW. Além de funcionarem em conjunto, a tecnologia desenvolvida em cada unidade permite o desenvolvimento de diferentes produtos que atendem a um amplo espectro de atividades no mercado. Para este projeto, o NPDEAS será reestruturado para tratamento de águas degradadas por absorção direta de resíduos em suspensão (orgânicos e inorgânicos) e de emissões de incineração de RSU em escala piloto em FBR tubulares compactos. Nessa concepção, o módulo 2 original passará a ser o módulo 1 – Unidade de FBR, cujo meio de cultivo de microalgas coletado será direcionado para duas frentes de pesquisa: i) Floculação e centrifugação de meio de cultivo de microalgas livres (novo módulo 5), e ii) Cultivo de microalgas encapsuladas em polímeros naturais (novo módulo 6). A seguir, serão feitos estudos comparativos do desempenho físico e econômico das duas frentes de pesquisa. Para tanto, o projeto prevê o desenvolvimento de modelos matemáticos para simular o crescimento das microalgas e absorção das impurezas. Os modelos matemáticos para as duas frentes serão ajustados e validados experimentalmente via comparação direta com medições realizadas no processo implementado na planta piloto, determinando constantes de ajuste pela solução de um problema inverso de estimativa de parâmetros. Os modelos validados experimentalmente poderão então ser utilizados para simulação, projeto, controle e otimização desses sistemas para máximo desempenho. Além disso, a metodologia de análise exergoeconômica será aplicada nas duas frentes para realizar o estudo de viabilidade técnica e econômica dos processos desenvolvidos. Assim, espera-se que o projeto possa viabilizar empreendimentos de grande porte para tratamento de águas e resíduos sólidos em áreas urbanas e rurais.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 20/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Jose Viriato Coelho Vargas

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • energia sustentável, água potável e bioprodutos a partir de resíduos sólidos urbanos e microalgas
  • O desenvolvimento humano tem aumentado a demanda de energia, água e alimentos. Assim, processos acoplados sustentáveis serão alternativas que poderão viabilizar o desenvolvimento humano com mínimo impacto ambiental. Este grupo de pesquisa desenvolveu o Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento em Energia Autossustentável (NPDEAS) na UFPR, dividido em 7 unidades (módulos): 1) Fotobiorreatores (FBR), 2) Biodiesel, 3) Produtora de biomassa residual, 4) Incineradora e geradora de energia elétrica, 5) Operações Unitárias, 6) Tratamento de águas degradadas, e 7) Biodigestão. Nesta proposta, o NPDEAS incluirá a geração de água potável pela destilação de águas salinas, salobras ou degradadas com o calor da incineração de resíduos sólidos urbanos (RSU), pela instalação de um destilador multiestágios no módulo 4. As emissões serão tratadas em FBR tubulares existentes de 12.000 L cada um (5m x 2m x 8m), bem como em novos FBR modulares flutuantes de baixo custo, desenvolvidos para esta proposta, que comporão o novo módulo 6, que substitui o anterior. A biomassa de microalgas produzida no módulo 3 será utilizada para promoção do crescimento de plantas da cadeia produtiva agrícola, e na obtenção de metabólitos de interesse biotecnológico, no novo módulo 8) Bioprodutos. O desempenho físico e econômico do sistema será avaliado por: i) prospecção e identificação de microalgas eficientes, e ii) desenvolvimento de modelos matemáticos para simular o sistema de geração de água potável proposto, o cultivo das microalgas em FBR, o processo de indução do crescimento de plantas e de obtenção de metabólitos de interesse. Os modelos validados experimentalmente viabilizarão a simulação, projeto, controle e otimização desses sistemas para máximo desempenho. A metodologia de análise exergoeconômica dos sistemas permitirá o estudo de viabilidade técnica e econômica dos processos desenvolvidos. Espera-se que os resultados viabilizem empreendimentos acoplados de produção de energia, água e alimentos.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Joseli Soares Brazorotto

Ciências da Saúde

Fonoaudiologia
  • intervenção guiada por vídeo para famílias de crianças com deficiência auditiva
  • O input de linguagem oferecido pela família é um dos melhores preditores de desenvolvimento da linguagem. Há carência de evidências sobre a aplicabilidade e a eficácia de programas de intervenção direcionados às famílias de crianças com deficiência auditiva, especialmente no Brasil. Uma ferramenta em investigação em todo o mundo para a modificação de comportamentos dos cuidadores é o videofeedback, que possibilita a reflexão e o empoderamento destes adultos no sentido de otimizar a interação. Assim, a hipótese desta pesquisa é a de que um programa de intervenção fonoaudiológica guiado por videofeedback será eficaz para melhorar a interação entre cuidadores/pais e seus filhos com deficiência auditiva, com repercussão positiva no desenvolvimento infantil. São objetivos desta pesquisa avaliar a aplicabilidade e a eficácia de um programa de intervenção fonoaudiológica utilizando o videofeedback, monitorado pré e pós, nos três grupos estudo, com medidas eletrofisiológicas, psicoacústicas, de linguagem, desenvolvimento e check list com a família. Como método, um ensaio clínico randomizado, com um programa de 20 sessões de intervenção e o acompanhamento de três grupos, a saber: grupo A: 30 díades mãe-criança usuárias de um serviço de saúde auditiva, inseridas na intervenção guiada por vídeo; grupo B: 30 díades mãe-criança usuárias do mesmo serviço e grupo C: 30 díades mãe-criança ouvinte. Os grupos B e C participarão como controle e receberão a intervenção, caso necessário, após a finalização do período experimental. As avaliações pré e pós-intervenção contarão com a análise da interação nos ambientes clínico e doméstico, pelo registro em vídeo e uso do dispositivo Language Environment Analysis (LENA®), a avaliação do desenvolvimento cortical auditivo, da linguagem oral e global das crianças. Será empregada a análise estatística inferencial apropriada. Recomendações com base nestas evidências contribuirão para avanços da intervenção na deficiência auditiva infantil.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Josélio Maria Galvão de Araújo

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • investigação sobre a origem e as consequências de um novo surto por arbovírus no município de santa cruz (rn) em 2021.
  • Arboviroses são doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem, por exemplo, os vírus da Dengue, Zika e Chikungunya. Os vírus pertencentes ao gênero Flavivirus, como os vírus dengue (DENV) e Zika (ZIKV), são responsáveis por grandes surtos e epidemias, representando um grave problema de saúde pública. Além das flaviviroses acima descritas, outro arbovírus tem preocupado as autoridades de saúde pública no Brasil: o vírus Chikungunya (CHIKV), pertencente ao gênero Alphavirus. Até a 34a semana epidemiológica de 2021, um total de 1140, 896 e 137 casos de Chikungunya, Dengue e Zika foram confirmados no Rio Grande do Norte (RN), respectivamente. O problema das arboviroses tem se intensificado no Município de Santa Cruz (RN), área deste estudo. Nesse contexto, o presente projeto tem como objetivos (i) identificar e caracterizar geneticamente o(s) arbovírus circulantes em Santa Cruz (RN); (ii) descrever os fenótipos e acompanhar aproximadamente 30 casos suspeitos de exposição congênita por arbovírus; e (iii) testar a infectividade do arbovírus associado à achados clínicos congênitos e suas consequências para o desenvolvimento neural em modelos de células in vitro e animais.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Josenildo Campos Brussio

Ciências Sociais Aplicadas

Turismo
  • turismo religioso em desafios imagéticos: reconstruções da experiência festiva e devocional em geossantuários nordestinos nos tempos de (pós)pandemia
  • Trata-se de uma pesquisa no campo do turismo religioso como fenômeno socioeconômico e cultural que tem demonstrado um grande crescimento no panorama mundial. Quatro centros de devoção, nos estados nordestinos do Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte, foram selecionados pela relativa interdependência das respectivas capitais (São Luís, Teresina, Fortaleza e Natal) para esta exemplificação sobre as mutações - possíveis e necessárias - na governança das ações culturais vinculadas à saúde coletiva. São eles: São José do Ribamar - MA, Santa Cruz do Milagres-PI, São Francisco das Chagas de Canindé-CE e Santos Mártires- RN. O objetivo principal da pesquisa é examinar dinâmicas devocionais e festivas de significados turísticos nos geossantuários de São José do Ribamar - MA, Santa Cruz do Milagres-PI, São Francisco das Chagas de Canindé-CE e Santos Mártires- RN, na perspectiva de integração imagética de suas experiências contemporâneas (pandêmicas e pós-pandêmicas). O estudo visa ainda contribuir com as políticas públicas de planejamento do turismo religioso no âmbito das cidades sede dos geossantuários em estudo: São José de Ribamar - MA, Santa Cruz dos Milagres - PI, Canindé - CE, Cunhaú e Uruaçu – RN. Para a construção metodológica do presente projeto de pesquisa partimos do Modelo Metodológico Quadripolar de Bruyne, Herman e Schoutheete (2016), visto que o objeto de estudo em foco lida diretamente com fenômenos sociais, em suas diversas dimensões e abordagens qualitativas, religiosas, turísticas, culturais, geográficas, compreendendo objetos de investigação complexos, dotados de historicidade e subjetividade. Pelas características que são investigadas pelas ciências sociais e as relações elementares que envolvem indivíduos e sociedade, a pesquisa qualitativa torna-se mais apropriada para compreender estes fenômenos.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Josete Florencio dos Santos

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • estudos sobre as relações da esg com a estrutura de capital e o desempenho das empresas brasileiras
  • Questões de sustentabilidade são elementos importantes para a tomada de decisões financeiras à medida que as mudanças climáticas e sociais têm impacto nos mercados globais, fazendo parte das exigências dos investidores e governos, que estão pressionando as empresas a adotarem políticas consideradas sustentáveis. Assim, empresas com mais transparência sobre responsabilidade ambiental, social e de governança corporativa (ESG) são mais atrativas, pois diminui a assimetria de informações e os custos de agência, impactando no valor das empresas. Percebendo os benefícios econômicos decorrentes da proteção ambiental, as empresas se empenharão em P&D ambiental e níveis de emissão de CO2. Para isso, as empresas precisam comunicar aos acionistas e aos stakeholders suas ações de proteção socioambiental, promovendo o disclouse por meio de Relatórios, como o de Sustentabilidade, que tem o intuito de divulgar o desempenho corporativo em relação ao desenvolvimento sustentável, auxiliando a mensurar a sustentabilidade empresarial. Entretanto, benefícios da proteção ambiental muitas vezes não são alcançados diretamente por meio de resultados financeiros, devendo as empresas investirem em práticas ambientais que mantenham harmonia com as necessidades econômicas, senão, é possível que haja restrição de acesso ao capital, reduzindo o seu valor econômico-financeiro. Assim, investigar questões de ESG é importante, principalmente quando relacionamos ao desempenho e estrutura de capital. Portanto, o objetivo é investigar a relação das práticas de ESG com a estrutura de capital e a performance financeira das empresas listadas na B3, no período de 2010 a 2023. Supõem-se que o comprometimento com o meio ambiente tem efeito moderador sobre estas relações. Modelos econométricos irão relacionar um índice desenvolvido como proxy para a divulgação de ESG, com a alavancagem e o desempenho, aliado a variáveis de controle, com o Stata 13.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Josias de Oliveira Merib

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de novos dispositivos automatizados baseados em impressão 3d para utilização em técnicas de microextração
  • Este projeto envolve a produção e avaliação de um novo dispositivo automatizado de baixo custo para ser utilizado em uma técnica de microextração. O protótipo será confeccionado mediante impressão 3D e a automatização será realizada pela integração eletrônica com a plataforma aberta Arduino®. Particularmente, o dispositivo proposto será utilizado na técnica de microextração em filme fino (TFME) acoplada a um sistema de 96 poços para a extração de contaminantes ambientais (pesticidas, ésteres de ftalato e disruptores endócrinos) em amostras aquosas. Esta proposta se justifica em função de grande parte dos sistemas automatizados apresentarem custo bastante elevado, o que invariavelmente limita o acesso a estes por uma parcela significativa dos laboratórios. Além disso, a TFME constitui-se em uma técnica sustentável e que necessita uma quantidade muito baixa de solventes o que é preconizado pelos conceitos atuais de Química Analítica Verde. Outro fator que merece ser destacado é a ampla possibilidade de configurações oferecidas por meio da impressão 3D em Química Analítica. Tendo em vista o progresso obtido nos últimos anos na prototipagem 3D, bem como no desenvolvimento de sistemas automatizados baseados em componentes de baixo custo utilizando-se a plataforma Arduino®, há a concreta possibilidade da produção de um sistema acessível e com grande aplicabilidade. A configuração deste dispositivo será baseada em um suporte impresso em 3D que será integrado a motores de passos e circuitos eletrônicos de baixa complexidade utilizando-se componentes de baixo custo. Neste suporte serão acoplados os pentes, também impressos em 3D, nos quais será fixada a fase extratora que será utilizada para as extrações. Posteriormente às etapas de extração e dessorção, os extratos serão analisados por cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas em tandem (LC-MS/MS) sendo realizada a otimização das condições experimentais de extração e a validação da metodologia analítica
  • Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - RS - Brasil
  • 27/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Josilene Aires Moreira

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • inserção feminina na ciência e tecnologia: promovendo a popularização e a socialização da ciência da computação no interior da paraíba
  • O projeto tem como objetivo principal realizar ações de popularização da ciência e tecnologia no interior da Paraíba, tendo como público-alvo as alunas das Escolas Estaduais de Ensino Médio de 15 municípios do estado da Paraíba. Através de uma unidade de Ciência Móvel, serão oferecidas oficinas práticas de Ciência da Computação englobando o desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis, a programação e a construção de jogos digitais. Importantes parcerias já firmadas viabilizarão a execução do projeto: (i) A parceria com a Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia - SEECT-PB, que promoverá o acesso e a inclusão das alunas das escolas estaduais de ensino médio e fará a divulgação do projeto, e (ii) A parceria com a Superintendência de Ensino à Distância (SEAD) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), a qual proporcionará o acesso aos polos municipais de apoio presencial da SEAD em cada município, com sua infraestrutura. O veículo itinerante, uma VAN, será adaptado para conter oito postos de trabalho com notebooks; estes recursos serão complementados pelos computadores existentes em cada polo de educação dos municípios e nos laboratórios das escolas envolvidas. O público-alvo estimado é de 200 alunas em cada município (primeiro e segundo anos do ensino médio), abrangendo um total de 3000 estudantes, 15 professores e 15 coordenadores pedagógicos, sendo um de cada escola. A equipe de execução será composta por duas professoras do Centro de Informática e um professor do Centro de Tecnologia da UFPB, e de alunas dos cursos de graduação em Engenharia da Computação e Ciência da Computação do Centro de Informática. Esta equipe integra o grupo “Meninas na Ciência da Computação”, o qual desenvolve ações de extensão e pesquisa sobre a Inclusão de Mulheres em Ciência e Tecnologia desde 2014 e, portanto, possui experiência comprovada nestas ações. Ressalta-se que o grupo continuou com as ações através de plataformas remotas de ensino, mesmo durante o período de pandemia 2020/2021 . Ressaltam-se os projetos mais relevantes conduzidos pelo grupo: (a) Chamada SNCT 2018 “Ciência para a Redução das Desigualdades (CNPq/MCTIC-SEPED 14/2018) (b) Duas chamadas públicas para a Inserção Feminina na Ciência e Tecnologia (Meninas e jovens fazendo Ciências Exatas, Engenharias e Computação - 18/2013/MCTI/CNPq/SPM/Petrobras e CNPq/MCTIC No 31/2018 – Meninas nas Ciências Exatas, Engenharias e Computação), (c) Edital PROEXT/MEC/2016, (d) Edital Garotas STEM: Formando Futuras Cientistas/2021 (edital de formação educativa promovido pelo British Council, King’s College of London e o Museu do Amanhã).
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Josimar de Aparecido Vieira

Ciências Humanas

Educação
  • concepções epistemológicas e práticas de pesquisas presentes nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia do rio grande do sul
  • Um dos propósitos dos Institutos Federais (IFs) é desenvolver a educação profissional e tecnológica (EPT) como processo educativo e investigativo e, para tanto, deve fomentar e realizar a pesquisa aplicada, a inovação e o desenvolvimento científico e tecnológico, estimulando a produção de soluções técnicas e tecnológicas, estendendo seus benefícios à comunidade. Atuando na educação básica e superior, em diferentes níveis, formas e modalidades de ensino, a pesquisa e inovação são vistas nos IFs como princípios educativos e científicos de um processo de produção, inovação e difusão de conhecimentos científicos e tecnológicos. Nesta direção, este projeto busca analisar concepções epistemológicas e práticas de pesquisas institucionalizadas nos IFs, na área de ciências humanas, em programas de iniciação científica e tecnológica, de incentivo à pesquisa e inovação e de desenvolvimento científico e tecnológico. Tem o propósito de produzir dados que possam contribuir para qualificar o processo de produção da pesquisa que ocorre nos IFs do Estado do Rio Grande do Sul (RS). Trata-se de uma pesquisa do tipo descritiva, com dimensão exploratória, que será desenvolvida seguindo abordagem qualitativa, acompanhada por tratamento quantitativo. Envolverá análise de documentos, de projetos e relatórios de pesquisa da área de ciências humanas, desenvolvidos nos últimos 5 anos, nos três IFs do RS: IFRS, IFFar e IFSul, assumindo a forma de estudo de caso. Contará ainda com dados que serão coletados por meio da aplicação de um questionário aos pró-reitores de pesquisa, inovação e pós-graduação e aos coordenadores de pesquisa, inovação e pós-graduação dos 42 Campi desses IFs. A relevância do estudo prende-se ao compromisso social que assumimos, enquanto IF, de qualificar os processos educacionais desenvolvidos na sua região de abrangência. Este processo inclui análise dos processos educativos relacionados com a EPT, e nestes, das atividades de pesquisas que estão sendo desenvolvidas.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 07/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Josimeri Hebling Costa

Ciências da Saúde

Odontologia
  • desenvolvimento e análise físico-química e biológica de um scaffold bicamada multifuncional de policaprolactona e poli(óxido de etileno) funcionalizado com hidróxido de cálcio e quercetina para a regeneração do complexo dentino-pulpar
  • A exposição da polpa dental sem sinais de inflamação requer a utilização de materiais que permitam seu selamento, sem causar danos. Os materiais ultilizados atualmente para este fim induzem necrose de coagulação superficial do tecido, culminando em formação de uma barreira mineralizada passível de microinfiltrações e recontaminação bacteriana. Por outro lado, scaffolds associados a moléculas que modulem a resposta de células indiferenciadas presentes no tecido pulpar e que promovam selamento da exposição têm sido investigados. Portanto, a proposta do estudo é sintetizar e caracterizar scaffolds bicamada multifuncionais à base de policaprolactona (PCL) e poli(óxido de etileno) (PEO) funcionalizados com hidróxido de cálcio (HC) e quercetina (QU), e avaliar sua bioatividade sobre células da polpa dental humana (HDPCs). Na fase 1, será realizada síntese e caracterização da camada compacta de PCL dos scaffolds quanto à morfologia, solubilidade e viabilidade sobre HDPCs. Também será sintetizada a camada fibrilar composta de PCL/PEO e passará por análise físico-química e biológica sobre HDPCs. Na fase 2, os scaffolds bicamada serão incorporados com HC e caracterizados físico-quimicamente, bem como a resposta de HDPCs em contato a superfície fibrilar. Na fase 3, será avaliado o efeito da quercetina (QU) diluída no meio de cultura sobre HDPCs semeadas na camada fibrilar de scaffolds bicamada multifuncionais de PCL/PEO incorporados com HC quanto às respostas de HDPCs. Na fase 4, QU será incorporada ao biomaterial e os scaffolds bicamada multifuncionais de PCL/PEO/HC/QU serão avaliados quanto à morfologia e composição, interação química, liberação de QU, efeito sobre HDPCs em condições de homeostasia e sob estímulo inflamatório. Os dados numéricos serão avaliados para a escolha do teste estatístico, considerando alfa=5% e o tamanho da amostra será calculado para que seja mantido um poder do teste acima de 80%.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Josineide Pantoja da Costa

Ciências Humanas

Filosofia
  • xiii feira de ciência, inovação e tecnologia de igarapé-miri (feiciti): um novo olhar para o futuro: ciência, tecnologia e inovação como proposta para popularização da ciência na amazônia paraense.
  • A presente proposta refere-se à realização da XIII edição da Feira de Ciência, Inovação e Tecnologia de Igarapé-Miri (FEICITI) a ser promovida pela Secretaria Executiva Municipal de Educação (SEMED) ocorrerá em 2021 afim de se manter o incentivo a iniciação científica no Estado do Pará, sobretudo no interior onde há maior carência de participação e incentivo a pesquisa na educação básica, fato notório nos grandes eventos nacionais em que se observa uma pequena participação dos municípios pertencentes ao Pará, o que reforça a necessidade de popularização e democratização do saber científico em Igarapé-Miri, município situado no interior do Nordeste Paraense. Deste modo, em sua XIII versão, a FEICITI conta com um grupo de apoio de grande experiência em divulgação científica, resultado de um trabalho que vem se consolidando há doze anos entre universidades (UFPA, UFRJ,UEPA, IFPA, IMECT, IEC), secretarias (SEMED, SEDUC), Clubes de Ciências, Clubes de Robótica, Institutos e centros de pesquisa (IMECTI, IEC) e muitos parceiros de grandes eventos ao nível nacional de divulgação científica (FEBRACE, MOSTRATEC, MILSET, MCTEA). Deste modo, com o apoio financeiro do CNPq desde a versão de 2013, somado as grandes parcerias estabelecidas com grandes nomes da ciência ao nível de Brasil, a FEICITI atualmente configura-se como um dos maiores eventos ocorrentes no Estado do Pará, contribuindo grandemente para a difusão científica e fortalecimento de grupos de pesquisa no ensino básico. A FEICITI tem oportunizado grupos de pesquisa de alunos e professores da Amazônia paraense a participar como finalistas em eventos de grande porte no Brasil, o que tem incentivado e estimulado jovens do estado do Pará a estarem cada vez mais presentes nesses eventos. Assim, com a divulgação constante deste trabalho no território nacional através dos parceiros, o evento tomou grandes proporções, que aliado a carência de ações científicas na região Norte, tornou a FEICITI um importante e reconhecido evento na Amazônia Paraense, onde há grande carência de ações desta natureza. Assim, a FEICITI constitui-se em um evento que albergará projetos de iniciação científica de alunos ribeirinhos pertencentes ao município de Igarapé-Miri (situado as margens dos Rios Amazônicos), favorecendo a divulgação de suas ideias inovadoras dentro de várias áreas do conhecimento, bem como viabilizará o intercâmbio entre grupos de pesquisa de diferentes escolas, além de atuar como um ambiente de formação para alunos e professores, através das atividades paralelas que incluirão mostras de ciência, palestras e cursos. Nessa perspectiva, o incentivo a ocorrência de eventos científicos como a FEICITI, proporciona aos alunos a oportunidade de divulgar sua produção, além de viabilizar o contato com outros alunos pesquisadores, propiciando assim uma visão mais holística da ciência. Nesse sentido, diversidade de temáticas, enfoques, métodos e contextos verificado nas Feiras de ciências, acarreta naturalmente questionamentos de diferentes ordens para a pesquisa, tornando esses espaços em momentos de grande riqueza para produção e veiculação do saber científico. Deste modo, através de ações integradas, buscamos incentivar a criatividade e inovação aos jovens cientistas do Municipio de Igarapé-Miri, despertando a criticidade e criatividade, para que possam assim contribuir para melhorias sociais e qualidade de vida.
  • Prefeitura Municipal de Igarapê-Miri - PA - Brasil
  • 05/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Josué Carinhanha Caldas Santos

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de produtos e processos bioanalíticos para uma sociedade sustentável e com qualidade de vida: detecção e inibição de enzimas visando aplicações na agricultura, saúde e química forense
  • O uso de enzimas está associado a diferentes aplicações industriais e para população. Trata-se de um setor em constante crescimento com mercado mundial de USD 5,93 bilhões em 2020, e projeção de USD 9,13 bilhões para 2027. Devido à tendência de aumento e envelhecimento da população, redução de áreas agricultáveis, maior urbanização e aumento de mercados emergentes consumidores, o uso de enzimas associadas à produção de alimentos e bebidas, nutracêuticos, fármacos, diagnóstico de doenças, nutrição animal, biocombustíveis, dentre outros produtos, será significativamente maior. Contudo, tais processos precisam garantir alicerces para uma sociedade sustentável considerando a redução da emissão de CO2, qualidade da água e eficiência na produção de alimentos. Nesta perspectiva, estudos envolvendo produtos e processos relacionados a enzimas de interesse agrícola, saúde humana e provas periciais (crimes sexuais) são essenciais e necessários para o desenvolvimento da sociedade. Assim, este projeto visa avaliar diferentes inibidores enzimáticos explorando estudos biofísicos e desenvolvimento de sistema portátil de resposta rápida para detecção de enzimas explorando o papel como plataforma analítica. A inibição de ureases e tirosinases tem demandado esforços e tecnologias considerando as aplicações e benefícios para agricultura (fertilizantes de eficiência aumentada e redução do escurecimento de frutas) e saúde (erradicação da H. pylori e inibição da produção de melanina). Além disto, a determinação da atividade enzimática para fins agrícolas (solo), diagnóstico clínico e marcador forense (urease, fosfatase e arilsulfatase) são demandas atuais, e ainda baseados em métodos e procedimentos com elevado consumo de reagentes, baixa reprodutibilidade (mesmo para métodos de referência), não portabilidade, entre outros aspectos. Portanto, pretende-se desenvolver um kit portátil para detecção colorimétrica multienzimática que possa ser atender a diferentes propósitos.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 02/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Josué de Souza Oliveira

Outra

Divulgação Científica
  • v semana nacional de ciência e tecnologia de uruçuca: a transversalidade da ciência, tecnologia e inovações no território litoral sul da bahia
  • O reconhecimento da importância dos avanços científicos e tecnológicos para superar os desafios globais contemporâneos é fundamental, e a transversalidade destes conhecimentos é considerada estratégica para promoção do desenvolvimento sustentável. A proposição do evento V Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de Uruçuca: A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações no Território Litoral Sul da Bahia, tem o intuito realizar atividades alinhadas aos objetivos do MCTI, promovendo interações entre diversos setores (acadêmicos, sociais, culturais, econômicos, produtivos, governamentais). A programação proposta é diversificada e será transmitida online, em razão do distanciamento social no período da pandemia, com a possibilidade de ações em formato híbrido e/ou presencial durante todo o decorrer de execução do projeto, a depender das condições sanitárias na região de abrangência das ações. As estratégias e metodologia apresentadas objetivam atingir um público heterogêneo em relação à faixa etária e nível socioeconômico, promovendo amplo debate para além do conhecimento de áreas específicas, aproximando a população do conhecimento científico, em uma linguagem acessível, que estimulem a curiosidade, motivem diálogos e promovam a capilaridade da SNCT no Sul da Bahia.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - BA - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Joviana Quintes Avanci Pina

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • prevenção do suicídio na adolescência: revisão da literatura para subsidiar ações em saúde
  • Nos últimos anos, as taxas do comportamento suicida na adolescência tem se evidenciado preocupantes e as ações de prevenção são pouco conhecidas, o que dificulta a intervenção em estratégias que deveriam ser preconizadas para indivíduos com vulnerabilidade mais elevada. Diante de um cenário que coloca o Brasil num lugar de destaque nos números de tentativas e suicídio, especialmente na adolescência, o Sistema Único de Saúde tem sido convocado a instituir portarias, documentos e desenvolver capacitações que direcionam às ações preventivas em nível individual e coletivo, norteando e sistematizando as condutas a serem tomadas pelos serviços de saúde. A inteligência emocional é considerada um fator de proteção frente à instabilidade emocional, depressão, dificuldade de adaptação, conflitos interpessoais, explosão emocional, culpa, sentimentos de fracasso, frustração, medo, ansiedade, impulsividade e a diminuição do uso de substâncias psicoativas; os quais são elementos individuais que contribuem à ocorrência do comportamento suicida. Os benefícios da inteligência emocional têm sido demonstrados em diferentes âmbitos da vida cotidiana e em nível profissional. O objetivo desse trabalho é analisar a produção científica nacional e internacional a respeito de estratégias, iniciativas e programas sobre prevenção do comportamento suicida na adolescência baseados no referencial teórico da inteligência emocional, subsidiando ações que possam ser aplicadas no SUS. Baseia-se em uma revisão de escopo, que caracteriza-se por ser uma abordagem para a tomada de decisão a partir da análise da literatura sobre um determinado tópico ou problema. Pretende-se desenvolver as seguintes etapas: identificação do material; estabelecimento de critérios de inclusão e exclusão; seleção dos estudos; categorização dos estudos selecionados; análise e interpretação dos resultados; e apresentação da revisão/síntese do conhecimento. Espera-se que os resultados possam subsidiar ações no SUS.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 05/12/2021-31/12/2022
Foto de perfil

Joyce Kelly do Rosário da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • estudo metabolômico da interação planta-patógeno para o biocontrole da fusariose em piper nigrum
  • As bactérias promotoras de crescimento vegetal (BPCP) e antagonistas vem sendo empregadas na agricultura para o biocontrole de várias doenças fúngicas de plantas. Neste sentido, o entendimento do processo de resistência induzido no sistema patógeno- antagonista-planta pode ser empregado na melhoria da saúde da cultura, produtividade e fertilidade do solo. Atualmente, o estado do Pará é o segundo maior produtor nacional de pimenta-do-reino (Piper nigrum), mas a incidência da fusariose tem resultado em grandes perdas econômicas e com consequencias sociais. Neste sentido, o uso de BPCP e de seus metabólitos secundários em pimenteiras infectadas representa uma alternativa biotecnológica viável para o controle da fusariose na Amazônia. O projeto visa prospectar BPCP com ação antagonista in vitro e in vivo frente ao F. solani f. sp. piperis e integrar técnicas metabolômicas para identificação de marcadores químicos específicos de resistência em P. nigrum e dos compostos antifúngicos presentes nas BPCP. Os resultados podem ser aplicados no melhoramento genético dos cultivares comercialmente importantes e no desenvolvimento de um biofertilizante.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Juan Pablo de Lima Costa Salazar

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • simulação e análise de big data do ruído de aeronaves e seus mecanismos de geração (song)
  • O uso eficiente de plataformas de computação de alto desempenho (High Per-formance Computing- HPC) é de importância crítica para as estratégias de desen-volvimento nacional de todos os países BRICS. No entanto, há uma reconhecida carência em tecnologias de informação eficientes capazes de aproximar HPC às descobertas científicas e projeto de engenharia, de diminuir os custos de inovação e desenvolvimento de novos produtos. O Internacional Project Consortium (IPC) aqui apresentado tem o intuito de melhorar essa situação pelo desenvolvimento conjunto de algoritmos e software inovadores, sistemas escaláveis até a hexaescala, para a solução de problemas desafiadores como a redução significante de ruído gerado por aeronaves. Aeronaves abrangem toda máquina voadora civil, desde a frota crescente de aviões até veículos aéreos não-tripulados (VANTs) menores que têm se tornado cada vez mais populares. A International Civil Aviation Organization (ICAO) constantemente restringe os níveis permissíveis de ruído gerados por aeronaves. Essas medidas são realizadas com o objetivo de melhorar a condição ambiental ao redor de aeroportos e áreas urbanas. Além de jatos de passageiros, uma nova e importante direção na pesquisa de redução de ruído está associada com o ruído de VANTs propelidos por rotores. Em um futuro próximo VANTs devem tornar-se um elemento indispensável de cidades inteligentes. A recente aceleração no uso de VANTs com múltiplos rotores para entrega de encomendas indica o impacto imediato e significativo que os VANTs terão em ambientes internos, urbanos e áreas de preservação, e levanta a temática de redução de ruído gerado por essas máquinas. Para atingir os objetivos, o IPC pretende usar diversas tecnologias avançadas. Em adição a HPC, que é de crucial importância para os problemas desafiadores sob consideração, análise de big data e modelos de ordem reduzida serão usados para revelar mecanismos de geração de ruído e para o desenvolvimento de métodos específicos para facilitar a sua implementação em projetos industriais. As metas ambiciosas do projeto encorajou instituições reconhecidas de três dos países BRICS (Brasil, China e Rússia) a somarem seus esforços e competências complementares. O IPC compreende a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) do Brasil, o Keldysh Institute of Applied Mathematics of Russian Academy of Sciences (KIAM) da Rússia, o Hong Kong University of Science and Technology-Shenzhen Research Institute (SRI) e Peking University (PKU) da China. Tarefas específicas compreendidas pelo problema fundamentas sob consideração são agrupados em cinco pacotes de trabalho (PTs), a saber: PT1 Previsão de ruído de VANTs e rotores via HPC; PT2 Investigação de ruído de asa enflechada e superfícies hipersustendadoras (HLDs) de aviação civil via HPC; PT3 Novos algoritmos para projeção do ruído no campo distante; PT4 Desenvolvimento de implementações paralelas eficientes para plataformas modernas de HPC; PT5 Investigação de mecanismos de geração de ruído com base em análise de big data e modelos de ordem reduzida. Todos os parceiros (UFSC, KIAM, SRI, PKU) participam em todos os PTs.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 08/08/2019-31/08/2022
Foto de perfil

Juceline Batista dos Santos Bastos

Engenharias

Engenharia Civil
  • caracterização do comportamento mecânico e do ciclo de vida de materiais asfálticos e outros compósitos produzidos com fíleres sustentáveis
  • A pavimentação consome grande quantidade de recursos naturais, além de ser responsável por resíduos que advêm do seu ciclo de vida, sendo o material fresado, em inglês RAP (Reclaimed Asphalt Pavement), o principal. Apesar disso, a pavimentação é um dos setores que possui capacidade para a incorporação do seu e de vários outros resíduos, tais como: da construção e demolição (RCD); cinzas de termelétricas e de incineração de resíduos perigosos; escórias siderúrgicas, etc.. Assim, o objetivo desta proposta é contribuir para o avanço no conhecimento sobre a caracterização avançada de materiais asfálticos com a incorporação de fíleres advindos de diferentes resíduos sólidos, comparando-os as fíleres tradicionais, além de propor outros compósitos sustentáveis que consumam resíduos na sua produção, como geopolímeros e misturas álcali-ativadas. Apesar da experiência prévia da equipe na caracterização avançada de materiais e na investigação de resíduos aplicados em obras de infraestrutura, a originalidade do projeto está em unir inovações considerando o desenvolvimento de materiais sustentáveis a partir de junção de técnicas avançadas. Os resultados da pesquisa têm potencial impacto no aprimoramento das etapas de dosagem, execução e caracterização avançada de compósitos com incorporação de resíduos. Contribuirá também para a tomada de decisão na análise de soluções a partir da avaliação do ciclo de vida e na modelagem do comportamento mecânico dos materiais investigados. A modelagem do trincamento por fadiga e da deformação permanente, principais defeitos desses pavimentos, por meio de caracterização avançada (Tração-Compressão e Stress Sweep Rutting, respectivamente), permite a previsão de comportamento. Essa caracterização avançada já vem sendo utilizada para materiais asfálticas tradicionais na Universidade Federal do Ceará, com a qual a proponente já possui parceria há mais de uma década.
  • Instituto Federal do Ceará - Reitoria - CE - Brasil
  • 12/02/2022-28/02/2025