Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Glauber Lima Moreira

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • protótipo de dicionário eletrônico de turismo para o ensino da língua espanhola para brasileiros
  • As pesquisas já realizadas mostram que o uso de dicionários, Monolíngues, Bilíngues, Semibilingues, etc., em sala de aula e fora dela, contribui efetiva na aprendizagem dos seus usuários e, principalmente, no desenvolvimento da aprendizagem dos estudantes, independente do seu conhecimento linguístico. Podemos aqui citar algumas destas investigações, a saber: Hernández Hernández (2001), Porto Dapena (2010), Maldonado (1998, 2012, 2017), etc. Nesse sentido, este projeto tem o objetivo principal de elaborar um dicionário semibilingue de espanhol no formato eletrônico de acesso aberto ao público em geral. Este dicionário será desenhado e direcionado, sobretudo, aos estudantes de espanhol que estão ligados ao setor do turismo. Esta proposta justifica-se pelo fato de, atualmente, não existir uma obra deste tipo no mercado editorial no Brasil e, por isso, faz-se necessário oferecermos uma ferramenta desta natureza, uma vez que será de grande utilidade para o ensino e para a realização de diversas pesquisas vinculadas à área de turismo. Como afirma Rodríguez Barcia (2016, 9), um dicionário é uma ferramenta importante porque é “[...] entendido como respuesta, como obra essencial, congénere a los procesos de descripción y aprendizaje de una lengua [...]”. Para a elaboração deste trabalho será necessário: i) preencher as fichas terminográficas; ii) desenhar a microestrutura abstrata, iii) redigir os verbetes que formarão o dicionário propriamente dito. Também faremos: a seleção dos candidatos a termos; a Apresentação, o Prólogo, a Introdução que explicará a estrutura da obra e como deverá ser consultada, além das partes finais com informações relevantes como, por exemplo, aspectos variados de interesse sobre a língua e a cultura hispânica, pontos turísticos de destaque e comidas e bebidas típicas dos países que falam o espanhol, e alguns aspectos gramaticais que julgamos pertinentes.
  • UNIVERSIDADE FEDERAL DO DELTA DO PARNAÍBA - PI - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Glaucia Fernandes Cota

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • desenvolvimento e validação de modelo de implementação de tecnologias em saúde para o sistema único de saúde (sus).
  • Atualmente o Sistema Único de Saúde (SUS) adota métodos explícitos de decisão baseados em evidências para subsidiar a tomada de decisão quanto à incorporação, exclusão, alteração ou ampliação das tecnologias em saúde. Dezenas de tecnologias são incorporadas pelo SUS a cada ano, dando início a um longo e complexo processo de implementação, ou seja, a disponibilização da tecnologia ao usuário final, o que deveria ocorrer em no máximo 180 dias. Diferentemente da fase de incorporação, as ações mínimas necessárias para a implementação ainda não foram sistematizadas de forma a garantir padronização, sustentabilidade, transparência e eficiência ao processo. Neste cenário, a adoção de um roteiro de ações coordenadas representa estratégia necessária para guiar e articular os gestores das diferentes esferas decisórias do SUS na execução das ações de implementação e monitoramento do uso das tecnologias incorporadas. Propomos uma estratégia baseada na ferramenta de gestão PDCA, sendo que roteiro de ações sequenciais será estabelecido e deve orientar gestores nos passos fundamentais para execução do processo: 1. caracterização da tecnologia/cenário/indicação,mapeamento da trajetória da tecnologia e do contexto de uso; 2. estabelecimento de estratégia de divulgação da tecnologia entre profissionais/usuários e implantação de mecanismos de automatização de uso e de canais interativos de comunicação com pontos focais; 3. identificação de indicadores críticos de uso e impacto e dos sistemas de registro monitoráveis; 4. planejamento de análise de impacto. Para validação do modelo, duas propostas de implementação serão construídas em conjunto com gestores, o que permitirá formação de expertise e consolidação do NATS-IRR como serviço estratégico para o SUS para consultoria/formação de recursos humanos. Ao fim, diretriz nacional de implementação será apresentada e deverá padronizar a implementação de tecnologias pelo SUS e a estratégia de monitoramento da tecnológico de forma continua.
  • Fundação Oswaldo Cruz - MG - Brasil
  • 26/05/2022-31/05/2024
Foto de perfil

Glaucia Morgana de Melo Guedes

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • multirresistência em *pseudomonas aeruginosa* no ceará: perfil genômico e o reposicionamento de fármacos como estratégia de otimizar o efeito de antimicrobianos
  • A bactéria *Pseudomonas aeruginosa* é protagonista de grande parte das infecções relacionadas à assistência à saúde no Brasil. Sua multirresistência e fácil disseminação representam uma séria ameaça à saúde pública. Dentre os mecanismos de resistência empregados por *P. aeruginosa*, destacam-se a formação de biofilme, produção de beta-lactamases, e a expressão de bombas de efluxo. O uso de antimicrobianos no ambiente hospitalar, para tratar indivíduos com COVID-19 que desenvolveram infecções bacterianas secundárias, possivelmente intensificou esse fenômeno de resistência, favorecendo uma pressão seletiva de cepas multirresistentes. Diante desse cenário, se apresentam as seguintes questões: 1) Qual é o perfil genômico de resistência expresso por essas cepas circulantes no Ceará? 2) De que forma esses mecanismos podem ser controlados a partir do reposicionamento de fármacos e prospecção de drogas com potencial antimicrobiano? Pesquisas demonstram o potencial antimicrobiano de inibidores de bomba de efluxo (clorpromazina e fluoxetina) e de inibidores de beta-lactamases (magnolol; um composto natural isolado da casca de árvores de magnólia). Portanto, além da análise molecular, será investigado se os inibidores de bomba de efluxo e/ou magnolol podem otimizar a ação dos antimicrobianos. Considera-se uma ação de saúde pública, analisar as cepas de *P. aeruginosa* multirresistentes do Ceará, a fim de compreender seus mecanismos de resistência e buscar alternativas terapêuticas que facilitem seu controle no ambiente hospitalar. O projeto visa identificar os genes que codificam bombas de efluxo e beta-lactamases de cepas circulantes no Ceará, por meio da técnica de PCR em tempo real; e busca elucidar e controlar a multirresistência dessas cepas na forma planctônica e de biofilme, a partir do uso de inibidores de bomba de efluxo e/ou de beta-lactamases. Assim, esta proposta pretende compreender para melhor controlar a multirresistência em *P. aeruginosa*.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Glaucio Valdameri

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • identificação de novos inibidores do transportador abcg2: triagem, mecanismo bioquímico de inibição e formulação farmacêutica
  • Mais da metade dos pacientes oncológicos não responde adequadamente ao tratamento quimioterápico, devido à resistência a múltiplas drogas (MDR). A superexpressão de transportadores ABC representa a principal causa do fenótipo de MDR. Dentre os transportadores ABC humanos, 3 são os principais e com comprovada relevância clínica: glicoproteína-P (P-gp), MRP1 e ABCG2 (BCRP). Considerando esse cenário, o desenvolvimento de inibidores dessas proteínas para uso associado com a quimioterapia convencional é uma estratégia extremamente promissora. Até a presente data, apenas inibidores da P-gp foram testados na clínica, ou seja, nenhum teste clínico foi realizado com inibidores dos transportadores MRP1 e ABCG2. Mesmo no caso dos inibidores da P-gp, o uso clínico ainda não foi inserido na rotina oncológica, haja vista que os resultados dos testes clínicos apontaram a necessidade de inibir os outros transportadores ABC, principalmente o transportador ABCG2. Assim, a identificação de potentes inibidores do transportador ABCG2 é urgente e extremamente atrativa para a indústria farmacêutica. O projeto vislumbra a identificação de novos inibidores através da triagem de diferentes classes de compostos. Algumas dessas classes são inibidores de segunda geração, ou seja, derivados de inibidores previamente identificados pelo grupo. Integrantes da equipe e colaboradores internacionais realizaram a síntese dos novos compostos que serão testados nesse projeto. A identificação dos inibidores será realizada através de análises de citometria de fluxo em células humanas transfectadas para superexpressar o transportador ABCG2. Para os melhores inibidores, o mecanismo bioquímico e molecular será avaliado por diferentes métodos in vitro: ensaio de transporte, citotoxicidade, conformação, tipo de inibição, expressão proteica, bem como análises in silico de modelagem molecular. Por fim, uma formulação farmacêutica baseada em lipídeos será realizada.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Glauco Barreira Magalhaes Filho

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • o conceito de bem comum na filosofia prática grega: contribuições para a ordem jurídica brasileira
  • Desde Platão e Aristóteles, a ideia de que o fim do Estado é a consecução do bem comum permeou a história do pensamento jurídico ocidental. A organização política da sociedade deveria servir para promover a educação dos cidadãos (paideia) e formar as estruturas sociais de autorrealização pessoal (eudaimonia). Com o advento da modernidade, ganha força a noção de autonomia individual, em que cada indivíduo é visto como uma partícula de subjetividade, dissociada dos demais. Os fins do Estado se restringiram a garantir segurança e liberdade a cada um dos sujeitos, a fim de evitar a “guerra de todos contra todos”, ou distribuir benefícios materiais entre as classes, para apaziguar os conflitos sociais. Por consequência, sugiram correntes individualistas e coletivistas, para as quais a atuação estatal deveria ou privilegiar o indivíduo sobre a sociedade ou vice-versa, respectivamente. Essas duas linhagens teóricas se distanciam da concepção clássico-medieval, na medida em que adotam como referência bens sensíveis parciais, e não um bem geral imaterial. Isso tem gerado instabilidade na ordem jurídica constitucional brasileira, pela falta de consenso entre os grupos sociais quanto aos fins da Federação. Nesse contexto, o objetivo desta pesquisa é investigar como conciliar a opção escolhida pelo constituinte brasileiro de consagrar uma pluralidade de objetivos fundamentais da República, aparentemente contraditórios. Parece haver uma impossibilidade fática de “construir uma sociedade livre, justa e solidária” (art. 3°, I, CRFB), dentro da qual a tensão entre indivíduo e Estado não é refletida adequadamente. A estratégia metodológica é a leitura dialética e hermenêutica de textos clássicos, com o propósito de compreender paradigmas e apontar soluções. Isso permitirá o aprofundamento e o confronto entre os autores estudados para comprovar ou refutar as hipóteses levantadas.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Glauco de Paula Cocozza

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • sistema de espaços livres e o projeto para uma cidade saudável: indicadores de saúde da população e a relação com a forma urbana.
  • Esse projeto de pesquisa é um trabalho de morfologia urbana, e se insere dentro na linha de investigação sobre cidades saudáveis. A Organização Mundial da Saúde (OMS), através de seu programa Healthy Cities (Cidades Saudáveis), reitera que a cidade é o local onde muitas doenças são potencializadas, devido a diversos fatores como poluição, stress para locomoção, diminuição de áreas para atividades físicas, entre outros. A saúde da população não é somente papel dos setores ligados a saúde pública e a medicina, mas também de urbanistas, planejadores urbanos, geógrafos e profissionais que deveriam pensar o espaço urbano com o objetivo de proporcionar maior grau de bem-estar, mais saúde física e mental para sua população. O modelo de cidade brasileira vem sendo questionado por ser um exemplo de urbanização que prejudica em diferentes graus a saúde de sua população. A pandemia do COVID-19 nos revelou como estamos vulneráveis, e trouxe uma importante reflexão sobre quais modelos e espaços urbanos apresentam menor risco de contágio, trazendo à tona novamente o papel do ambiente urbano na promoção de saúde para população. Assim, a proposta da pesquisa é analisar a relação entre indicadores de saúde da população de cidades brasileiras, utilizando para isso dados de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), que possam ter relação com a quantidade, distribuição e configuração dos elementos morfológicos e com o sistema de espaços livres, associando-os e estabelecendo critérios de indicadores da configuração urbana que potencializam riscos e benefícios para a população, seja relacionada a saúde física e mental. Espera-se com essa pesquisa estabelecer critérios de riscos e vulnerabilidades relacionados ao espaço urbano, e assim, construir diretrizes urbanísticas através dos indicadores de saúde pública, capazes de auxiliar o poder público municipal na tomada de decisões.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Glauco Vieira Miranda

Ciências Agrárias

Agronomia
  • melhoramento de plantas para nutracêuticos. bioativos e fragr ncias com tecnologias 4.0 para ambientes controlados e iluminados artificialmente
  • Existem oportunidades para aumentar a produtividade e a diversidade das plantas para produzir nutracêuticos, bioativos, fragrâncias, entre outros componentes, combinando avanços em controles ambientais, iluminação, fenômica, internet das coisas e inteligência artificial com o melhoramento genético permitindo que novas variedades sejam obtidas para o novo cenário de ambiente fechado e iluminado artificialmente (CEA). As cultivares desenvolvidas para o campo não estão adaptadas e otimizadas para produzir os bioativos eficientemente como no CEA. A combinação da nova infraestrutura, novos protocolos para obter cultivar e a aprendizagem profunda de máquina possibilitam patentes e parcerias com a indústria criando uma plataforma disruptiva globalizada de produção CEA. A produção em CEA de hortaliças por meio de fábricas verticais tem recebido grande aporte de recursos no exterior. Os objetivos deste projeto são obter cultivares com maior porcentagem de bioativos, nutracêuticos e fragrâncias, otimizar técnicas de manejo para produção com aprendizagem profunda de máquinas e desenvolver infraestrutura tecnológica e protótipos para CEA. Para isto, serão escolhidas espécies vegetais com nutracêuticos, bioativos e fragrâncias adaptáveis ao CEA também considerando aspectos mercadológicos e de sustentabilidade. O melhoramento das plantas será realizado pela introdução e a seleção de genótipos para rendimento e produção de metabólitos secundários em CEA. Genótipos superiores serão cruzados e selecionados para os produtos. Estudos fitotécnicos, fisiológicos e bioquímicos vão ser realizados em genótipos contrastantes em resposta aos efeitos ambientais controlados. Todos os parâmetros do CEA serão monitorados e controlados por atuadores e sensores e manejados pela inteligência artificial. Serão avaliadas redes neurais artificiais do tipo perceptron multicamadas e convolucionais para manejo da produção e da gestão dos sistemas de fertirrigação e iluminação.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Glaura Goulart Silva

Engenharias

Engenharia Química
  • processo inovador de obtenção de grafeno com características diferenciadas para múltiplas aplicações
  • Este projeto envolve o desenvolvimento da produção de óxido de grafeno e seus derivados com viabilidade técnico-econômica, bem como sua interface com a indústria para identificar a melhor forma de implementação de um negócio de base tecnológica. A Fase 2 do projeto será baseada nos três eixos principais de produção, validação e estruturação do negócio, a partir dos resultados obtidos na Fase 1 e nas perspectivas para viabilização do empreendimento almejado. A produção do óxido de grafeno envolverá a substituição completa de todos os reagentes empregados de alta pureza controlada por insumos comerciais, de forma a garantir a viabilidade técnico-econômica do processo (atualmente em produção piloto) e sua adequação para exploração industrial. Um rigoroso controle de qualidade será empregado para atestar que a substituição completa por insumos comerciais não irá resultar em comprometimento da qualidade do produto, com implementação de ajustes no processo para corrigir eventuais desvios. O fornecimento para as 5 áreas de validação inicial na Fase 1 (compósitos poliméricos, dessalinização e tratamento de água, recobrimentos anticorrosivos, indústria têxtil e impressão 3D) será mantido, porém com maior enfoque de P&D da equipe técnica para as áreas que envolvem suspensões líquidas de óxido de grafeno devido à maior facilidade para implementação industrial. O P&D interno da equipe também envolverá o avanço na integração de óxido de grafeno em polímeros discutida na Fase 1, a fim de realizar um mapeamento mais completo dos potenciais benefícios do produto a partir da rota tecnológica desenvolvida com alto grau inovador. As duas áreas com maior atratividade para aplicação (de acordo com a avaliação das tecnologias validadas, demandas expressivas de mercado e empresas interessadas) serão selecionadas para o desenvolvimento de MVPs mais robustos, com objetivo de uma rápida avaliação do potencial de cada demanda para identificar quais são os produtos mais adequados para a inserção do grafeno no mercado. O campo de estruturação do negócio será vinculado à elaboração de um Plano de Negócios expandido, planejamento completo de planta industrial de produção de óxido de grafeno, consolidação de pelo menos um investidor para viabilização do negócio e início de montagem da planta.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 27/09/2021-31/03/2023
Foto de perfil

Gleidson Giordano Pinto de Carvalho

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • eficiência de suplementos energéticos com nível fixo de proteína na produção e bem-estar de ruminantes manejados em pastos tropicais
  • A produção de ruminantes a pasto é uma estratégia sustentável frente à insegurança alimentar causada pelas mudanças climáticas. No Brasil, marcadamente Norte e Nordeste, a produção de bovinos, ovinos e caprinos ocorre de forma extensiva em pastos nativos, que não suportam a pressão de pastejo e acabam por colapsar. Com vistas a reduzir os impactos antrópicos sobre esses pastos, o uso de pasto tropical cultivado associado com programas de suplementação eficiente, podem proporcionar maior estabilidade à produção de ruminantes. Neste contexto, a adoção de suplementos que otimizem o uso dos nutrientes do pasto, e incrementem a performance dos animais, passa pelo entendimento das relações entre os carboidratos e as proteínas no âmbito do rúmen e da espécie animal. A literatura é rica em reportar os limites mínimos de inclusão de proteína no suplemento para bovinos, bem como a necessidade do sincronismo entre as fontes de carboidratos e proteína para aumento da eficiência microbiana no rúmen dos bovinos, ovinos e caprinos. Por outro lado, também é reportado na literatura a inconstância das respostas dos animais a suplementação em pastejo, fato atribuído à variação nos teores de proteína e energia dos pastos e suplementos. Portanto, tem-se como hipótese que para um nível de proteína fixo no suplemento existe uma proporção de energia adequada, capaz de maximizar as respostas produtivas de ruminantes em pastos tropicais. As atividades se darão pelas aptidões e competências de cada instituição e profissional. Serão conduzidos 12 ensaios com ruminantes a pasto: 5 na UFBA (2 com cordeiros e 3 com cabras leiteiras); 3 na UESB (1 experimento in vitro e 2 com bovinos); 1 na UFRB (vacas leiteiras); 1 na UFERSA (caprinos de corte); 2 no IFBaiano (1 com cabritas de descarte e 1 experimento in vitro). Assim, espera-se melhorar a eficiência de suplementação, para promover o fortalecimento sustentável da bovinocultura e caprinovinocultura em relação ao desempenho produtivo dos animais.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Gleise da Silva Brandão

Ciências Sociais Aplicadas

Ciência da Informação
  • a mediação da informação e a formação acadêmica de arquivistas e bibliotecários: saberes informacionais necessários ao perfil do mediador
  • O papel do mediador da informação tem caráter social e pode contribuir para uma maior autonomia dos sujeitos no processo de satisfação de suas necessidades informacionais. Nesse sentido, para uma atuação consciente, entende-se ser necessário desenvolver saberes informacionais para lidar criticamente com a informação considerando aspectos estéticos, políticos, éticos e colaborativos para estabelecer uma relação dialógica com o sujeito. Esse conjunto de saberes precisa ser contemplado ao longo da sua formação acadêmica. Assim, propõe-se compreender a base conceitual dos saberes informacionais no contexto da mediação da informação e o seu impacto na construção do perfil do mediador da informação; investigar de que forma a mediação da informação tem sido contemplada na formação acadêmica dos estudantes dos cursos de Arquivologia e Biblioteconomia no Brasil; e analisar quais os saberes informacionais voltados à construção do perfil desse mediador estão sendo promovidos. Os procedimentos metodológicos envolvem cinco fases: 1) Aprofundamento e sistematização das abordagens teóricas dos saberes informacionais no contexto da mediação da informação; 2) Busca e seleção dos currículos dos cursos de graduação em Arquivologia e Biblioteconomia; 3) Estudo documental e aplicação de questionário; 4) Análise e interpretação dos dados coletados por meio da análise de conteúdo e 5) discussão e divulgação dos resultados. O principal impacto previsto é de caráter teórico no sentido de consolidar o conceito de saberes informacionais no contexto da mediação da informação. A perspectiva deste estudo é contribuir para a formação acadêmica de arquivistas e bibliotecários, sobretudo, no que diz respeito à construção de um perfil mais qualificado e consciente para atuar como mediador da informação, além de produção científica (artigos e papers) para divulgação dos resultados.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Glendo de Freitas Guimarães

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • estudos avançados em técnicas de modelagem e design de dispositivos fotônicos e aplicações
  • A presente proposta visa apoiar ações de pesquisa, realizadas no âmbito do Laboratório de Fotônica - IFCE e parceiros, visando o desenvolvimento tecnológico da fotônica e áreas correlatas, providenciando avanços no estudo de dispositivos fotônicos para aplicação em redes ópticas e sensoriamento. A proposta contempla estudos computacionais e experimentais no campo da fotônica. Através de simulações numéricas, pretende-se propor a modelagem, o design e a aplicação de dispositivos ópticos tanto em estruturas de escalas convencionais como em nanoestruturas (nanofotônica). Quanto aos estudos experimentais, a partir da expertise em projetos anteriores envolvendo protótipos de sensores, componentes de redes ópticas e nanoestruturas, busca-se realizar testes laboratoriais das estruturas estudadas, a fim de se analisar as propriedades ópticas (lineares e não-lineares), além de se realizar o levantamento de dados que serão explorados através de técnicas computacionais, buscando a otimização de dispositivos fotônicos em determinadas aplicações. É previsto o uso de técnicas baseadas em tensores/álgebra multilinear (que permitem a representação de sistemas complexos através de dados multidimensionais), inteligência artificial (machine learning e deep learning), além de outras técnicas que poderão ser testadas, para a solução de problemas de processamento de sinais e inverse design envolvendo sistemas de comunicação óptica e sensoriamento. Tais técnicas deverão explorar as bases de dados obtidas tanto de forma numérica como de forma experimental. Serão estudados dispositivos fotônicos em guias de onda, fibras ópticas e espaço livre sobre efeitos lineares e não-lineares. A expectativa é que o tratamento numérico juntamente com os desenvolvimentos experimentais permita o avanço na compreensão de estruturas ópticas complexas, a proposição de novas técnicas de sensoriamento óptico e aplicações às novas gerações de sistemas de telecomunicação (5G e 6G).
  • Instituto Federal do Ceará - Reitoria - CE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Glenio Guimarães Santos

Ciências Agrárias

Agronomia
  • identificação e quantificação de plintita em solos das planícies dos rios araguaia e tocantins
  • Esta proposta tem como objetivo geral estudar o comportamento químico, físico, mineralógico e micromorfológico da plintita, mediante a alternância de regime hídrico e realizar procedimentos de laboratório para sua identificação e quantificação em solos das bacias dos rios Araguaia e Tocantins, como meio para facilitar a sua classificação e, ainda, como uma das metas a ser alcançada, utilizar os dados do estudo como conhecimento para aperfeiçoamento de classes de solos e atualização de conceitos do Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. O projeto será desenvolvido em áreas sob influência das duas planícies de inundação. Como principais contribuições científicas e tecnológicas, espera-se obter conhecimentos mais detalhados do processo de formação da plintita e, na sequência, da petroplintita, no que diz respeito à repetição de ciclos alternados de umedecimento e secagem, principalmente, no que concerne à constituição e quantificação dos elementos químicos do solo que interferem no processo de plintitização. Também, pretende-se gerar dados consistentes e disponibilizá-los para aperfeiçoamento dos critérios e conceitos de classes de solos que apresentem processo de plintitização, junto ao Comitê Executivo gestor do Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. Finalmente, almeja-se que os resultados a serem obtidos, por conta desse projeto, possam originar conhecimentos científicos de aplicabilidade prática em áreas que apresentem solos com plintitização ou potencial para desenvolvimento desse atributo, fornecendo as informações necessárias para o manejo e conservação dessas áreas e, ainda, colaborando de forma positiva tanto para o incremento produção e produtividade agropecuária quanto para a preservação ambiental das planícies dos rios Araguaia e Tocantins, de forma racional e sustentável.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Grace Teresinha Marcon Dal Sasso

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • saúde móvel e tele-monitoramento na atenção primária em saúde: uma proposta para a(o) enfermeira(o) virtual no brasil
  • Os aplicativos móveis de telemonitoramento centrados no usuário são usados na área da saúde e ganharam popularidade, facilitando a manutenção da saúde e o gerenciamento de condições crônicas. O atendimento virtual por meio de dispositivos móveis e o monitoramento remoto, mostraram-se um campo complexo e em evolução para a enfermagem ao longo dos anos. Pesquisas têm sido realizadas sobre as novas maneiras de reduzir os custos de saúde e reduzir as internações hospitalares associadas às doenças crônicas. Ênfase está sendo colocada na melhoria dos eficácia dos serviços ambulatoriais e domiciliares por meio do uso de avanços em telemedicina como o telemonitoramento doméstico. Há necessidade de desenvolvimento de uma estratégia para o cuidado em saúde virtual alinhada ao plano de ação para a Saúde Digital no Brasil 2020-2028, proposto pelo Ministério da Saúde. O estudo visa responder: Quais os critérios de usabilidade de aplicativos móveis integrados ao Programa de telemonitoramento das doenças crônicas na Atenção Primária em Saúde? e Qual o nível de satisfação dos usuários com a implementação do Programa de telemonitoramento das doenças crônicas na Atenção Primária em Saúde?. Estudo de produção tecnológica com apoio da metodologia Scrum e de avaliação de tecnologias a partir de critérios de usabilidade e de medida de satisfação de usuários. Etapas metodológicas: princípios dos métodos ágeis a partir da Scrum; estruturação do ambiente de Tele-monitoramento; arquitetura para a estruturação do ambiente de tele-monitoramento; aplicação da escala SUS e aplicação de questionário de satisfação. Os dados serão analisados com apresentação de análise estatística descritiva e inferencial. Farão parte do estudo os participantes que concordarem e assinarem o TCLE e que tiverem a aprovação do Comitê de ética em pesquisa das Universidades participantes. Espera-se contribuir para uma nova prática em saúde móvel e telemonitoramento e um novo conceito de enfermeira virtual.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Graciela Ines Bolzon de Muniz

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • expansão e consolidação do lcnano/ufpr no programa sisnano
  • A missão do LCNANO é disponibilizar equipamentos, fornecer serviços e desenvolver projetos de qualidade em Nanociências e Nanotecnologias auxiliando o desenvolvimento econômico e social do estado do Paraná. Os setores mais desenvolvidos da economia paranaense são a agricultura, a agroindústria, a indústria madeireira (celulose e papel) e a indústria automobilística. Dentre as maiores demandas do estado estão a produção de fármacos e serviços de saúde e a transmissão de energia para localidades rurais. O LCNANO baseia sua estratégia de ação o contexto dos potenciais e limitações do estado do Paraná. Assim sendo, as frentes de atuação dos laboratórios LCNANO (síntese e caracterização, sensores e dispositivos e usos e aplicações da nanotecnologia) darão preferência a parcerias com empresas voltadas ao agronegócio/agroindústria, à indústria madeireira, celulose e papel, à geração e distribuição de energia renovável de fontes não convencionais e à produção de fármacos e insumos para o setor de saúde. Tendo a maior estrutura laboratorial e de recursos humanos especializados em Nanociências e Nanotecnologias (N&N) do estado do Paraná, o LCNANO tem condições de atender às demandas desses setores no estado além das demandas de parceiros de outras regiões do país e de outros países. A proposta do LCNANO para o SisNANO é a semente que possibilitará a consolidação das N&N no estado do Paraná. Caso a proposta seja contemplada a Fundação Araucária irá aportar recursos para a formação da Rede Paranaense de Nanotecnologia (RPN). Enquanto maior centro de N&N do Paraná, caberá ao LCNANO coordenar a Rede que contará com a participação de outras universidades e centros de pesquisa do estado. O atendimento aos usuários do LCNANO será aperfeiçoado com a implantação do Sistema de Gestão de Laboratórios. Esse sistema permitirá o agendamento e o gerenciamento no uso de equipamentos, na contratação de serviços em conformidade com o marco legal de C&T e com as resoluções da UFPR. A implantação e a gestão do sistema ficarão a cargo da fundação da universidade (FUNPAR). O LCNANO ampliará e fortalecerá os laços que já possui com a indústria através de campanha de divulgação de seus serviços e atividades em seu portal e em redes sociais. A participação em feiras e rodadas de negócio também fazem parte da estratégia de prospecção de novos parceiros. O corpo de colaboradores do LCNANO tem experiência em prestação de serviços e em projetos em colaboração com a indústria. A qualidade do RH na concepção e execução de projetos é divulgada pelas indústrias parceiras, este é o melhor marketing para o laboratório. Dentre os equipamentos disponibilizados pelo LCNANO destacam-se os microscópios eletrônicos (transmissão e varredura), microscópios de força atômica (ATM), Raios X (difração e espalhamento), espectroscopia (Raman, FTIR, ressonância magnética nuclear (RMN). Usuários do LCNANO podem fazer a síntese, caracterização e a análise de partículas, materiais e compósitos nanoestruturados contando com o apoio dos mais de 50 pesquisadores que integram o laboratório. Sensores e dispositivos nanoestruturados são desenvolvidos por diversos grupos de pesquisa do LCNANO. As aplicações desses sensores e dispositivos vão da detecção de substâncias à detecção da luz para conversão em energia elétrica. A participação no SisNANO deu ao LCNANO o selo de protagonistas no desenvolvimento das N&N. Este selo facilita a captação de colaborações acadêmicas no país e no exterior. Entre as colaborações internacionais viabilizadas via SisNANO está a colaboração com o Waterloo Institute of Nanotechnology para síntese e aplicações de celulose nanoestruturada. Os programas de cooperação internacional permitem ao LCNANO conhecer os avanços e demandas internacionais em N&N. Para este ciclo o LCNANO irá participar de mais chamadas internacionais para projetos com o apoio da Agência UFPR Internacional.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/12/2019-31/12/2023
Foto de perfil

Graciela Ines Bolzon de Muniz

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • compósitos poliméricos multifuncionais à base de nanocelulose/nanoquitosana como plataforma tecnológica para o desenvolvimento de novos produtos
  • Usualmente, tecnologias de descontaminação de gases e líquidos, revestimentos biomédicos e embalagens derivam da combinação de materiais eco ou citotóxicos, como inorgânicos ou de origem fóssil. Dessa maneira, a utilização de micro e nanoestruturas de celulose e quitosana como suporte para reticulação do tanino é vislumbrada como uma solução eficiente para estas áreas, visto que a combinação dos três materiais tende a potencializar a capacidade de adsorção, bem como outras propriedades de interesse em um produto multifuncional, como atividade antimicrobiana, anti-inflamatória e cicatrizante; propriedades de barreira contra gases, líquidos, e a formação de biofilme em dispositivos médicos. Isto é, a combinação dos três materiais com propriedades destacadas em diferentes rotas de síntese proporcionará desde características relacionadas a materiais superadsorventes, até biocompatibilidade para aplicações biotecnológicas. As patentes depositadas e concedidas, e os artigos científicos publicados pelo grupo elucidam o potencial da nanoquitosana na forma de elemento filtrante e membrana para aplicações na separação de gases, descontaminação de efluentes e cicatrização de pele. Porém, há necessidade de aprimorar estes produtos devido a sua baixa resistência mecânica, o que remete ao potencial da nanocelulose, a qual pode atuar como matriz e reforço mecânico quando sob interação com a nanoquitosana e tanino reticulado. É essencial explorar ainda mais o potencial destes compostos orgânicos de origem vegetal e animal para a potencialização de produtos de alto valor agregado com um caráter biodegradável, atendendo aos preceitos de uma bioeconomia sustentável. As estratégias de ação versam sobre a interação dos três materiais a partir de metodologias e protocolos patenteados ou de amplo conhecimento pelo grupo para três rotas estratégicas, meio-ambiente, biotecnologia e nanotecnologia, em prol do desenvolvimento de um produto multifuncional em uma plataforma tecnológica.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Gracieli Dienstmann

Engenharias

Engenharia Civil
  • efeitos da velocidade sobre a interpretação de ensaios in situ
  • O estudo dos efeitos decorrentes do fluxo transitório motiva a elaboração da presente proposta de pesquisa, na qual propõe-se a execução em laboratório de ensaios de piezocone (CPTu), dilatométrico (DMT) e palheta (VT) em amostras siltosas compactadas em câmara de calibração. Adaptações da câmara de calibração, sistema de cravação e aquisição de dados serão realizadas, visando a execução de ensaios a diferentes velocidades, na faixa de 0,01mm/s a 100mm/s. Amostras homogêneas de materiais arenosos e siltosos serão compactadas e ensaiadas. A amostra arenosa (areia uniforme de comportamento conhecido) será utilizada para a execução de ensaios com o objetivo de aprimoramento da câmara, sistema de cravação e aquisição de dados. Na sequência uma amostra siltosa será ensaiada visando a obtenção da curva característica de drenagem. Complementa-se a presente pesquisa através da utilização de métodos numéricos para auxilio a interpretação. Soluções com base em expansão de cavidade, reconhecidas como úteis na interpretação da resposta de fundações em estacas e ensaios de campo como piezocone, dilatométrico e pressiométrico serão utilizadas. A ideia consiste em aprimorar as soluções analíticas, semi-analíticas e numéricas desenvolvidas para a interpretação de ensaios de campo. Como resultados esperados, busca-se uma melhor compreensão de ensaios de campo executados em materiais de fluxo transitório (materiais siltosos, dentre estes resíduos de mineração). Este entendimento irá auxiliar no planejamento e interpretação de ensaios e fornecer maior confiabilidade na obtenção de parâmetros geotécnicos.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Gracyanne Freire de Araujo

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • educação empreendedora na universidade: experiências e inovações educacionais
  • A educação empreendedora é um alicerce central para a promoção de uma sociedade orientada pela criatividade, inovação e protagonismo. Entretanto, ainda conhecemos pouco sobre as experiências de inovação educacional que são produzidas e aplicadas no âmbito universitário. O objetivo dessa pesquisa é mapear, descrever e categorizar as experiências e inovações educacionais de empreendedorismo no âmbito do ensino superior. A pesquisa empírica orienta-se pelo método qualitativo, exploratório e interpretativo, com base em documentos variados e entrevistas em profundidade. Em um primeiro momento, serão mapeadas e selecionadas as experiências nacionais e internacionais de inovação educacional ligadas ao empreendedorismo. As experiências selecionadas serão documentadas e analisadas de forma a melhor descrever e categorizar suas singularidades e tipologias. O resultado da pesquisa poderá contribuir para melhor conhecer as experiências de inovação educacional no ensino do empreendedorismo, bem como regenerar e inspirar novas pedagogias.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Graziela Breitenbauch de Moura

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • políticas públicas para o desenvolvimento pesqueiro artesanal catarinense: um estudo de memórias e experiências em comunidades litorâneas do vale do itajaí.
  • As políticas públicas institucionais se manifestam pelo conjunto de programas e ações desenvolvidas pelos órgãos governamentais a fim de garantir direitos à população. Essas medidas no setor da pesca artesanal não se limitam somente a gerar efeitos econômicos, mas a trocas sociais que afetam as características culturais, sociais e artísticas de um território. Os relatos dos pescadores são peças chaves de um quebra cabeça e com resgate da cultura de trabalho que demarcam as suas especificidades em sua ação produtiva da pesca e nas políticas públicas de desenvolvimento do setor. O saber fazer integram a cultura do trabalho que muitas vezes foram perpetuadas pelas heranças simbólicas. Assim, esta pesquisa apresenta a seguinte pergunta norteadora de pesquisa: Como as experiências de vida de pescadores artesanais em comunidades podem resgatar memórias de uma arte? Este trabalho tem como objetivo geral analisar as experiências e memórias dos pescadores artesanais em comunidades litorâneas do Vale do Itajaí diante das políticas públicas para o desenvolvimento pesqueiro artesanal catarinense. Para isso, será verificado o contexto normativo catarinense da pesca artesanal e apresentado o pescador tradicional como transmissor ou intermediador entre o patrimônio cultural e a educação social. É importante compreender os saberes tradicionais de preservação das formas de vida dos pescadores artesanais e seus valores culturais e suas relações com as políticas públicas para o desenvolvimento da pesca artesanal. A metodologia adotada para esta pesquisa tem a abordagem qualitativa. Trata-se de uma pesquisa exploratória que busca conhecer com maior profundidade as memórias e experiências dos pescadores artesanais. Dessa forma, serão realizadas entrevistas semiestruturadas com 03 colônias de pescadores localizadas na região do Vale do Itajaí. Os resultados serão apresentados de forma analítica com textos interpretativos com o uso do software Atlas ti.
  • Universidade do Vale do Itajaí - SC - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Graziela Dias Alperstedt

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • ecossistemas de inovação social e cidades no brasil: um olhar direcionado aos negócios de impacto socioambiental (nis)
  • Esse projeto visa avançar na agenda de pesquisa nacional sobre os Ecossistemas de Inovação Social (EIS) e seus efeitos para ampliação da resiliência nas cidades, por meio de estudos comparados, com ênfase para os Negócios de Impacto socioambientaIS (NIS) no Brasil, suas práticas e os problemas socioambientais sobre os quais se mobilizam. Os NIS são aqui entendidos enquanto empreendimentos sociais que se caracterizam pelo hibridismo, a partir da combinação de diferentes lógicas. Os fundamentos teóricos do projeto encontram alicerce no debate atual sobre Ecossistemas de Inovação Social e suas consequências, e sobre os Negócios de Impacto (e definições afins). Para tanto, o projeto tem como objetivo geral compreender comparativamente as características e particularidades dos Ecossistemas de Inovação Social que envolvem os NIS na realidade de diferentes cidades brasileiras, a partir de cartografia que será realizada pelos pesquisadores em quatro regiões do país (Nordeste, Sudeste, Centro-Oeste e Sul). A pesquisa se inspira no enfoque analítico-metodológico de cartografia e análise de EIS já desenvolvido e testado a partir da experiência de implementação do Observatório de Inovação Social de Florianópolis (OBISF), que envolve a coleta de dados primários, com a aplicação de questionários, entrevista e observação, e de dados secundários. Assim, a pesquisa visa contribuir para o avanço da agenda de pesquisa sobre o tema, além de ampliar a conexão entre pesquisadores brasileiros envolvidos com a temática e favorecer o intercâmbio e a aprendizagem coletiva e colaborativa entre as diferentes comunidades de prática em torno dos NIS no Brasil e seus potenciais financiadores.
  • Universidade do Estado de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 03/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Graziela Jardim Pacheco

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • inserção de rota biossintética de canabinóides em actinomicetos: uma abordagem para análise de produtividade e seleção de microrganismos
  • Canabinóides obtidos de Cannabis sp são conhecidos por seus efeitos terapêuticos, com evidências para epilepsia refratária e outras doenças. Diferente do tetrahidrocanabinol (THC), outros canabinóides como o canabidiol (CBD) não têm efeitos psicoativos. O acesso a tratamentos à base de canabinóides apresenta desafios para o Sistema Único de saúde. Assim, a pesquisa e a produção de medicamentos à base de CBD contribuem de modo inovador para o desenvolvimento tecnológico nacional. A produção de canabinóides em organismos geneticamente modificados pode contribuir para a solução de problemas legais e regulatórios. O Brasil autoriza a comercialização de produtos derivados de Cannabis, mas o plantio ainda não é permitido para a pesquisa e produção do insumo no Brasil, devido à falta de estruturas de controle, do ponto de vista jurídico. Além disso, produtos vegetais estão sujeitos a variação sazonal e clima, que dificultam o controle da produção. Alternativamente, este projeto propõe desenvolver a produção de canabinóides sem THC, a partir de bactérias geneticamente modificadas. Em culturas microbianas a obtenção de canabinóides é mais reprodutível, permitindo melhor controle de concentração por lote. Ademais, estratégias de Biologia Sintética podem viabilizar a obtenção de outros canabinóides de baixo rendimento na planta. Procedimentos adotados para o insumo final podem seguir normas regulatórias de qualidade mais estabelecidas, adequadas para aprovação e permitindo o fornecimento de formulações inovadoras com mais segurança e eficácia. Cabe ressaltar que Farmanguinhos possui autorização da Anvisa e parceria para produção de CBD com insumo importado. Seu portfólio inclui antibióticos e imunossupressores, com insumos a partir de Streptomyces. Portanto, o domínio de técnicas de manipulação das vias metabólicas de Streptomyces apresentaria externalidades no desenvolvimento de processos produtivos de vários insumos para o Complexo Econômico-Industrial da Saúde.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Graziela Piccoli Richetti

Ciências Humanas

Educação
  • a disseminação de conteúdos virais da internet e o conhecimento científico: potencialidades para o desenvolvimento da alfabetização científica e tecnológica
  • O crescente acesso à internet têm provocado mudanças nas formas de comunicação e disseminação de informações nas redes sociais. Alguns conteúdos alcançam rapidamente grande popularidade porque são acessados e compartilhados em larga escala, possuindo potencial de viralização. Muitos desses conteúdos estão relacionados à Ciência com finalidades diversas e diferentes daquelas para as quais foram produzidas. Verifica-se a necessidade de investigar de que forma é possível contribuir para a formação das pessoas para que se tornem capazes de avaliar esses conteúdos. Assim, propõe-se como questão de pesquisa: Quais as contribuições das oficinas temáticas sobre conteúdos virais relacionados à ciência, amplamente divulgados nas redes sociais, para a promoção da alfabetização científica? Para isso propõe-se analisar conteúdos virais cujos temas possam ser relacionados à Ciência e à Tecnologia e realizar oficinas temáticas sobre esses temas com estudantes da educação básica. Essa análise orientará a identificação das possibilidades e limitações dos conteúdos virais para a Alfabetização Científica e Tecnológica das pessoas. Inicialmente será realizado um levantamento dos principais assuntos pesquisados no buscador Google Trends. Os conteúdos digitais mais acessados relacionados com os principais assuntos pesquisados serão identificados e selecionados conforme sua relação com os conhecimentos científicos. Vídeos e imagens com conteúdos virais serão discutidos nas oficinas temáticas, que serão gravadas, transcritas e analisadas por meio da Análise de Conteúdo. As categorias serão definidas a posteriori e deverão compreender os indicadores de Alfabetização Científica e Tecnológica. A hipótese é que os resultados contribuam para caracterizar a forma como Ciência e Tecnologia são apresentadas nos conteúdos digitais virais de forma que possam orientar sobre o uso desses materiais no ensino de ciências e subsidiar outras pesquisas sobre os perfis de usuários destes conteúdos.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Graziele Ribeiro Bitencourt

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • simulação realística como tecnologia de capacitação na documentação clínica de enfermagem
  • A documentação clínica é de interesse nos processos de saúde, tanto na transmissão de informações sobre o paciente tanto em questões de faturamento no setor público. A enfermagem é o serviço que mais apresenta intervenções diretas ao paciente no contexto hospitalar, já que é responsável pelo monitoramento e vigilância contínua do mesmo. Os sistemas de linguagem padronizada em enfermagem podem auxiliar na padronização de termos utilizados na documentação de pacientes neste contexto, de modo a qualificar esses registros e evitar glosas no sistema de saúde. A simulação realística através da metodologia de aprendizagem baseada em problemas pode ser um método inovador de educação permanente no tema, pois através do uso de tecnologias pode refletir em situações cotidianas do próprio serviço. Entretanto, não foi encontrado na literatura científica estudos que utilizem a simulação realística com esta finalidade, de modo que precisa-se validar esse recurso enquanto estratégia educacional no desenvolvimento de linguagem padronizada no contexto hospitalar. A partir disso, este projeto apresenta como objetivo geral desenvolver e validar um plano educativo de desenvolvimento da documentação clínica em enfermagem no contexto hospitalar a partir da simulação realística com o suporte metodológico da Aprendizagem Baseada em problemas. Para tanto, utilizaremos como método o plano de intervenção, o qual fundamenta-se em nos pressupostos da pesquisa-ação, a partir das fases de: 1) planejar; 2) agir; 3) monitorar e descrever e 4) avaliar. Utilizaremos como instrumento de avaliação o validado em diferentes cenários e contextos Quality of documentation of nursing Diagnoses, Interventions and Outcomes (Q-DIO), que monitora a documentação clínica em enfermagem através do emprego de Sistemas de Linguagem Padronizada. Os dados serão analisados de forma estatística inferencial.
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 26/05/2022-31/05/2024
Foto de perfil

Gregorio Luis Silva Araujo

Engenharias

Engenharia Civil
  • aplicação de solo transparente e geossintéticos em engenharia geotécnica
  • As obras de engenharia geotécnica envolvem grandes volumes de solos e, assim sendo, muitas vezes, geram grande impacto ambiental tendo em vista a necessidade de extração desses materiais. Além disso, o uso e ocupação do solo cada vez maior tem aumentado o custo desse consumo ao longo dos anos. Dessa forma, são necessárias contínuas pesquisas visando melhorar os métodos de dimensionamento, gerando menores impactos ambientais e reduzindo custos. Uma maneira de aumentar a vida útil, diminuir impactos ambientais e reduzir custos é por meio do uso de geossintéticos. Apesar de já serem empregados há alguns anos, os métodos de dimensionamento ainda necessitam de melhorias. Em pavimentação, rodoviária ou ferroviária, um dos problemas que pode haver é o bombeamento de partículas de um solo fino de menor capacidade (como o subleito) para uma camada superior, normalmente com grãos de grandes dimensões como, por exemplo, uma brita. Uma das formas de reduzir esse carreamento de grãos para camada superior é por meio de um geossintético como elemento separador. Outro problema que merece atenção é a resistência de interface entre geossintéticos e outros materiais em obras como aterro sanitário. Caso esse valor seja muito pequeno, o material sobrejacente pode deslizar , conforme pode-se encontrar na literatura. Também é possível avaliar tal interface por meio de solo transparente, técnica recente no assunto. Este projeto de pesquisa visa analisar ensaios de laboratório objetivando avaliar o uso da rugosidade dos geomembranas medidas por um microscópio óptico como um parâmetro de projeto. Por meio de outros experimentos, também tentará avaliar-se o uso de geossintéticos em pavimentos para evitar bombeamento de finos. Além disso, uma técnica de análise de imagem será empregada visando a obtenção de campos de deslocamentos em alguns ensaios. Os resultados podem ajudar a entender o comportamento das obras envolvidas.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 09/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Gregório Miguel Ferreira de Camargo

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • estudos genômico-moleculares para tamanho corporal, resistência a parasitas e doenças, variabilidade genética e viabilidade bioquímica de tecidos em equinos e asininos.
  • A presente proposta de projeto tem como objetivo propor estudos genômico-moleculares para equinos e asininos, espécies pouco estudadas no âmbito da genética e melhoramento animal. Propõe-se realizar estudos de associação genômica ampla com equinos da raça Campolina para quinze características morfométricas, realizar prospecção e associação de variação do número de cópias e identificação de assinaturas de seleção, na mesma população, verificar transferabilidade, desequilíbrio de ligação e rearranjo cromossômico em asininos genotipados com chips de SNPs. Estudo de prospecção de polimorfismos e comparação de populações em genes do MHC e PRDM9 em diversas raças de equinos e asininos. Esses genes possuem funções em resistência parasitária e aumento da variabilidade genética. Alguns grupos de equídeos domésticos são resistentes a parasitas e zoonoses e outros grupos possuem perda de variabilidade genética, cabendo ações para melhor manejá-los e conservá-los. Pretende-se ainda estudar genes expressos no leite e pele de asininos a fim de se melhor compreender o potencial biológico desses tecidos, valorizados no mercado e com potencial de valorizar e fomentar a produção da espécie. As metodologias estatísticas e laboratoriais a serem empregadas são as correntes e usuais usadas em genética e melhoramento animal e melhor descritas abaixo. Além da proposta acima, reforça-se que equinos e asininos possuem raças de tamanho e função diferentes, sendo interessante serem utilizados para se verificar efeitos de seleção. A proximidade das espécies de equídeos permite ainda estudos de evolução e especiação ainda não compreendidos, salientando conclusão obtidas outrora somente pela citogenética. A equipe proponente é composta por 10 doutores-pesquisadores de 6 instituições distintas, além de equipe de apoio composto por pós-doutorandos, alunos de pós-graduação e graduação.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Guenther Carlos Krieger Filho

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • estudo experimental e computacional de incêndios florestais em países do brics: ocorrência, propagação e supressão de incêndios
  • Incêndios florestais compõem os maiores desastres naturais do mundo, que ameaçam seriamente a estabilidade dos sistemas econômicos e ecológicos. Os incêndios florestais por ano destroem mais de 10 milhões de hectares de áreas florestais e queimam cerca de 9 bilhões de toneladas de biomassa em média. Os incêndios florestais também representam uma séria ameaça ao equilíbrio dos ecossistemas globais. Por exemplo, as emissões de carbono de um incêndio florestal na Indonésia em 1997 foram responsáveis por mais de 13% do total de emissões de carbono da combustão de combustíveis fósseis no mundo naquele ano (Nature, 420 (2002) 61-65). Nos últimos anos, a mudança climática global e também o aumento do impacto antrópico causaram cada vez mais incêndios no mundo. No documento da estrutura estratégica "Agenda 2030 para um mundo seguro contra incêndios", recentemente formulado pela Associação Internacional para a Ciência da Segurança contra Incêndios (IAFSS), o incêndio florestal foi listado como o principal desafio da comunidade de segurança contra incêndios nos próximos 20 anos. O BRICS é uma das áreas mais atingidas pelos incêndios florestais no mundo. Nos biomas do BRICS, nos últimos anos, o risco de incêndios florestais continuou a aumentar. As vastas florestas e pradarias da Rússia foram devastadas por incêndios durante anos. Dados oficiais mostram que, apenas em 2018, os incêndios queimaram mais de 15 milhões de hectares de terra em todo o país, o que é quase o dobro da área territorial da Irlanda. O relatório de 2015 sobre florestas da Índia (ISFR) indica que 64,29% das florestas do país são áreas propensas ao fogo, levando a perdas econômicas anuais de 55 bilhões de rublos. Segundo o Centro de Ciência e Meio Ambiente (CSE), houve 15.937 incêndios florestais na Índia em 2015, mas o número subiu para 35.888 em 2017, que aumentou 1,25 vezes em apenas dois anos. Incêndios florestais incontroláveis não só incendiaram a vegetação, mas também a matéria orgânica da superfície, aumentando a frequência das inundações e a erosão do solo na Índia. Para lidar com isso, em dezembro de 2017, o governo indiano atualizou oficialmente a "Intensificação do Esquema de Manejo Florestal" para "Esquema de Prevenção e Gerenciamento de Incêndios Florestais". A floresta amazônica está localizada no vasto território do Brasil. De acordo com as estatísticas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), as emissões anuais de carbono da floresta tropical chegam a 255 milhões de toneladas, o que ameaça seriamente o clima ecológico global. Incêndios frequentes são considerados a principal fonte de emissões de carbono. Nesse contexto, o Brasil sedia ativamente a 7ª Conferência Internacional de Incêndio Florestal neste ano de 2019, com o objetivo de promover a pesquisa e o manejo de incêndios florestais em todo o mundo. Os incêndios florestais da China são ainda mais sérios. Desde 1950, tem havido mais de 13.000 incêndios florestais anualmente na China, e a área afetada é de 650.000 hectares. O Daxing'anling Wildfire de 1987 foi o incêndio mais sério do mundo nos últimos 100 anos. Em março de 2019, o incêndio florestal de Liangshan na China tirou as preciosas vidas de 30 bombeiros. Entender e quantificar os processos de ignição e propagação de incêndios florestais é essencial para reduzir seus riscos de incêndio. A complexidade físico/matemática dos incêndios florestais é oriunda do forte acoplamento entre os mecanismos de dinâmica dos fluidos, transferência de calor e massa, reações químicas na fase gasosa (homogêneas) e fase condensada (heterogêneas). Este projeto centra-se na investigação experimental e computacional da cinética química e nos modelos de pirólise do combustível florestal, no mecanismo físico da ignição por raios, bem como nos mecanismos e comportamentos do fogo de superfície e do fogo de copa de árvores. Como resultados deste projeto de pesquisa espera-se: 1) base de dados experimental de condições ambientais e características do combustível florestal em situação de ignição e propagação; 2) consolidação dos resultados de cinética química em modelo computacional (mecânica dos fluidos computacional em domínio 3D) para previsão de ignição e propagação de incêndios florestais. 3) validação do modelo computacional com dados experimentais de incêndios em campo. Espera-se que as teorias e modelos desenvolvidos guiem a tomada de decisões de prevenção e emergência de incêndios florestais nos países do BRICS e sejam de grande valor para a redução do risco de desastres e o desenvolvimento sustentável dos países do BRICS.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 08/08/2019-31/08/2022
Foto de perfil

Guido Imaguire

Ciências Humanas

Filosofia
  • noções hiperintensionais em metafísica
  • 1. O objetivo geral deste projeto é investigar as propriedades formais e possíveis aplicações de algumas noções metafísicas que têm sido propostas recentemente, incluindo em particular fundação e dependência ontológica. 2. A metafísica analítica desde os anos 50 do século anterior foi caracterizada pela ideia de que sua tarefa principal seria o estabelecimento de critérios de existência. Se destaca aqui a proposta de comprometimento ontológico proposto por Quine. Além disso, as teorias modais de mundos possíveis foram instrumento central na resolução de vários problemas de metafísica, incluindo estatuto de leis da natureza e das propriedades mentais. No entanto, nos últimos 10 anos surgiu uma nova proposta baseada na noção de fundação (grounding), que é uma noção hiperintensional (equivale ao "porque" explanatório), especialmente baseada na percepção de que tal noção resolveria impasses das propostas anteriores. 3. As noções de dependência e fundação aparecem conectadas em vários contextos. Alguns, inclusive, defendem sua identidade (seriam a mesma noção de prioridade metafísica). Pretendemos investigar as conexões e a possibilidade de definir uma em termos da outra. Além disso, pretendemos usar a noção de grounding para resolver (i) a disputa em torno do fisicismo, (ii) problemas da ontologia social, (iii) o estatuto das propriedades nas leis da natureza e (iv) a possibilidade de uma teoria de essência não baseada nas modalidades. 4. Pretendemos oferecer uma caracterização de fundação esclarecendo suas propriedades formais e suas possíveis aplicações nos itens mencionados (i)-(iv). 5. Em particular, pretendemos expandir a teoria padrão de fundação, que restringe sua aplicação a fatos, para todas as categorias ontológicas, incluindo objetos e propriedades. 6. A pesquisa será executada, como é usual em filosofia, no estudo dos artigos, discussão com pares, apresentação de trabalhos em eventos e publicações dos resultados.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Guilherme Augusto Barros Conde

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • desenvolvimento de metodologias e ferramentas de geoprocessamento para a identificação de zonas de risco e vulnerabilidade ao hiv/aids em adolescentes e jovens adultos no município de santarém-pará
  • O esforço de identificar regiões e zonas de crescimento da infecção pelo HIV e vulnerabilidade tem levado o Ministério da Saúde (MS) a fortalecer as ações de combate à doença. Ações como a identificação dos municípios com maior número de casos e a busca por indicadores que mapeiem e tracem o perfil de forma mais efetiva da disseminação e o avanço da do HIV/AIDS tem desafiado o MS e as secretarias de saúde dos estados mais afetados, como é o caso do estado do Pará. Neste contexto, este projeto traz a proposta inovadora de melhorar o desempenho do combate à disseminação do HIV através do desenvolvimento de uma ferramenta computacional que combine as informações da análise espacial com a descoberta de conhecimento utilizando técnicas de inteligência computacional, aplicados na tomada de decisões no processo de combate a HIV/Aids.
  • Universidade Federal do Oeste do Pará - PA - Brasil
  • 03/02/2020-28/02/2023
Foto de perfil

Guilherme Baldo

Ciências Biológicas

Genética
  • edição de células-tronco hematopoiéticas com crispr-cas9 para terapia gênica ex vivo das mucopolissacaridoses
  • As mucopolissacaridoses (MPS) são doenças lisossômicas raras causadas por deficiências de enzimas lisossômicas e consequente acúmulo de glicosaminoglicanos. Os pacientes podem apresentar manifestações viscerais e neurológicas graves, com degeneração irreversível. Os tratamentos disponíveis aprovados possuem limitações importantes, como administrações repetidas, ação somente nos tecidos viscerais, custo extremamente elevado (na terapia de reposição enzimática), morbimortalidade associada ao procedimento e necessidade de doadores compatíveis (no transplante alogênico de células-tronco hematopoiéticas alogênico). Dadas as limitações apresentadas, propomos o desenvolvimento de um produto terapêutico baseado em terapia gênica ex vivo, no qual células-tronco hematopoiéticas (CTH) são submetidas à edição genômica ex vivo e transplantadas ao paciente (no caso, no modelo animal), constituindo um transplante autólogo e suprindo as deficiências do transplante convencional. Os produtos consistem em vetores recombinantes adeno-associados (rAAV) contendo trangenes para a expressão das enzimas IDUA e IDS – para o tratamento das MPS do tipo I e II – e sequências de homologia para integração a um locus safe harbor no genoma após indução da quebra do DNA pelo sistema CRISPR/Cas9. O vetor contendo IDS é absolutamente inovador, enquanto que resultados preliminares do produto contendo IDUA para MPS I mostraram que este é eficaz na correção das manifestações fenotípicas da doença, inclusive com atividade enzimática significativa no cérebro, algo difícil de ser observado em outras terapias experimentais. Assim, os produtos terapêuticos aqui apresentados possuem grande potencial de se tornarem terapias curativas para as MPS I e II. Se bem sucedidos, estes produtos podem conferir uma terapia de dose única e curativa para os pacientes e, ainda, gerar uma economia significativa para o SUS, uma vez que as terapias dispendiosas usadas agora poderiam ser substituídas pela terapia da presente proposta.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 08/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Guilherme Bergmann Borges Vieira

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • análise dos fatores de sucesso na gestão da cadeia de suprimentos relacionados a diferentes cenários de mercado
  • As cadeias de suprimentos são críticas para a economia e constantemente afetadas por eventos que impactam a dinâmica dos mercados, tais como pandemias, conflitos, mudanças legais, entre outros. Tais eventos afetam a demanda, os preços, a imagem das marcas e a saúde financeira das empresas. Para que as empresas e as cadeias consigam se adaptar a tais eventos, é necessário identificar os diferentes tipos de cenários a que podem estar sujeitas e sua relação com os fatores críticos de sucesso (FCS). Nesse sentido, com base em uma revisão sistemática da literatura, foram identificados os principais FCS associados à gestão da cadeia de suprimentos e definidos os possíveis cenários a que podem estar sujeitas, de acordo com seu nível de incerteza. Nas etapas subsequentes da pesquisa, este projeto se propõe a uma validação qualitativa por meio de um grupo focal composto por gestores especialistas no tema e quantitativa mediante uma survey com gestores de empresas dos setores metal mecânico e automotivo do Brasil e do México. Esses setores foram selecionados tanto devido à amplitude, internacionalização e complexidade de suas cadeias de suprimentos quanto por sua relevância econômica e social para os dois países em questão. Como resultados esperados, busca-se a validação de um modelo de relação entre FCS e níveis de turbulência em cadeias de suprimento, com impactos científicos e de inovação tecnológica, a partir de um configurador de priorização de estratégias para diferentes cenários de mercado que apoiará a tomada de decisão por parte das empresas. Desse modo, os resultados da pesquisa e o produto tecnológico a ser desenvolvido contribuirão para a alavancagem da competitividade das cadeias de suprimentos dos setores e países em análise, gerando impactos econômicos (eficiência e eficácia produtiva) e sociais (emprego e trabalho) para as regiões.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 23/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Guilherme de Sousa Ribeiro

Ciências da Saúde

Medicina
  • avaliação do desempenho de testes sorológicos para diagnóstico de infecção pelo sars-cov-2
  • Segundo uma pesquisa realizada com 119 cientistas que investigam a COVID-19 em 23 países, 89% deles acreditam que a doença se tornará endêmica no mundo. Diante deste cenário, mesmo em um contexto de elevada cobertura vacinal, o fortalecimento da capacidade de diagnóstico da infecção permanecerá como uma necessidade para definir condutas médicas e orientar ações de vigilância e prevenção da transmissão do vírus. Entre os métodos diagnósticos existentes, a técnica de RT-PCR em secreções obtidas das vias aéreas é considerada o padrão ouro para o diagnóstico da COVID-19. Entretanto, o RT-PCR não é suficientemente sensível após a primeira semana do início dos sintomas e requer profissionais e laboratórios especializados. Ao contrário, testes sorológicos, baseados na detecção de anticorpos, são úteis após a primeira semana do início dos sintomas, apresentam maior simplicidade na execução e um maior número de laboratórios tem condições de empregá-los. Eles são ainda fundamentais durante inquéritos populacionais. As plataformas mais utilizadas pelos testes sorológicos são as de imunoensaio, quimioluminescência, imunofluorescência e imunocromatografia. Esta última é empregada nos testes rápidos, que oferecem um resultado em cerca de 15 minutos, sem a necessidade de infraestrutura laboratorial. Entretanto, pouco se sabe sobre a capacidade de muitos dos testes sorológicos em uso em distinguir pessoas com COVID-19 daquelas com outras doenças, daquelas que tiveram uma infecção pregressa pelo SARS-CoV-2 e mesmo daquelas que foram vacinadas. Também não está claro se a variante viral circulante pode influenciar no desempenho destes testes. Nós propomos criar um grande biorrepositório de amostras de soro de pacientes bem caracterizados clinicamente e avaliar o desempenho de diferentes testes sorológicos, quanto a sensibilidade, especificidade e reprodutibilidade. Os resultados servirão para orientar os laboratórios e secretarias de saúde sobre quais testes utilizar em suas rotinas.
  • Fundação Oswaldo Cruz - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Guilherme Diniz Tavares

Ciências da Saúde

Farmácia
  • nanopartículas poliméricas contendo dexametasona para o tratamento da síndrome respiratória aguda grave relacionada à covid-19: estudo de escalonamento, investigação da eficácia e avaliação da estabilidade após inclusão em formulação inalatória
  • Com o surgimento do SARS-CoV-2, cientistas do mundo inteiro têm focado na avaliação de protocolos para tratamento da COVID-19, sobretudo nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), a qual é caracterizada por intensa inflamação pulmonar. Por outro lado, apesar da aprovação de vacinas, a influência de variantes do vírus na eficácia vacinal ainda é incerta. Sob essa perspectiva, a pesquisa por alternativas terapêuticas inovadoras poderá contribuir para mitigar os efeitos graves decorrentes da SRAG. Ainda não há consenso em relação ao tratamento dessa síndrome. Entretanto, a dexametasona (DEX), devido às ações anti-inflamatória e imunossupressora, vem sendo amplamente empregada. A DEX é disponibilizada comercialmente apenas em formas de administração oral ou parenteral. Assim, o desenvolvimento de sistemas para sua entrega pulmonar pode ser promissor. Para isso, a aplicação de nanocarreadores tem sido proposta, com destaque para as nanopartículas poliméricas (NP). A quitosana (QT) é bastante utilizada para o preparo das NP devido às suas propriedades biológicas, incluindo a ação anti-inflamatória, o que poderia potencializar a atividade da DEX. Ademais, estudos indicam a ação anti-SARS-CoV-2 da QT. Nesse cenário, nossa equipe está envolvida em um projeto, referente à dissertação de mestrado em andamento no Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas da UFJF, que visa desenvolver e caracterizar NP de QUI contendo DEX e padronizar as condições de secagem para obtenção de formulação inalatória. Portanto, com a proposta aqui apresentada, pretendemos dar um passo além: objetivamos padronizar a produção em escala piloto dessas nanopartículas, o que tornaria mais exequível sua secagem posterior, e avaliar, in vitro, os efeitos anti-SARS-CoV-2 e anti-inflamatório das mesmas. Pretendemos também desenvolver e caracterizar a formulação inalatória, investigar seu efeito anti-inflamatório in vivo e estudar a estabilidade do produto ao longo do tempo.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Guilherme Dotto Brand

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • nova estratégia de combate a infecções bacterianas utilizando peptídeos e peptômeros imunomoduladores ativados por proteases locais
  • De acordo com a Organização Mundial de Saúde, dos 32 antibióticos no pipeline das indústrias em 2019, somente 6 foram considerados inovadores por explorar novos mecanismos de ação e/ou novos alvos moleculares. Isso indica uma crescente escassez de medicamentos para o combate dos chamados microrganismos resistentes, os quais devem causar a morte de 10 milhões de pessoas ao ano em 2050. O presente projeto se propõe ao desenho racional e síntese química de peptídeos, N-metil-peptídeos e peptômeros (polímeros híbridos de peptídeos e peptóides) compostos por três módulos: (i) um módulo de característica membrano-ativa, capaz de acúmulo preferencial em membranas procarióticas; (ii) um módulo dotado de um sítio de hidrólise para proteases humanas e/ou microbianas encontradas no sítio da infecção; e (iii) um terceiro módulo com características quimiotáticas, capaz de promover a atração de leucócitos e estímulo da resolução da infecção e inflamação por meio da ativação de receptores de peptídeos formilados do tipo 2 (FPR2). O trabalho toma como ponto de partida a quimera peptídica Chim2, sintetizada previamente em nosso grupo, e pretende otimizar a estrutura e função de novos análogos em aspectos relevantes ao seu mecanismo de ação. Este projeto de pesquisa reúne elementos de Química fina seguido por grupos especializados em Morfologia e Imunologia Aplicada, com apoio translacional do centro de pesquisa clínica do Hospital Universitário, para além de colaboração internacional com a Universidade de Edimburgo. Assim, contemplamos estudos in silico, a síntese química de análogos da série Chim, testes biológicos in vitro utilizando sistemas modelo e culturas celulares 2 e 3D humanas, para além de estudos com modelos de infecção in vivo. Ao cabo deste, teremos elementos para a seleção de um composto “Hit to lead” (H2L) com ação antibacteriana com mecanismo inovador para patenteamento e ensaios clínicos em território nacional.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Guilherme Frederico Marranghello

Outra

Divulgação Científica
  • o jovem e os espaços de divulgação da ciência na perspectiva da astronomia
  • Este projeto reúne pesquisadores de todas as regiões do estado do RS com o intuito de investigar a relação entre os jovens, a ciência e o conhecimento cientifico, avaliando o papel dos centros de ciências, em especial aqueles ligados à Astronomia, como observatórios e planetários, no incentivo destes jovens para uma carreira científica. Para a realização da pesquisa, contaremos com atividades itinerantes com experimentos, sessões de planetário e observações com telescópios, em consonância com um curso de formação continuada para professores da educação básica. Para a coleta de dados, utilizaremos questionários que serão aplicados em cada cidade visitada, definindo o perfil do público visitante e sua relação com a ciência e o conhecimento científico. Com os primeiros dados preliminares em mãos, será desenvolvido um material de apoio inclusivo que utilizaremos tanto nas visitações quanto no curso para professores. Desta forma, pretendemos determinar as principais características da relação entre os jovens e a ciência, além de elaborar e validar materiais didáticos inclusivos que promovam a interação do jovem com a ciência. Com esta informação, traçaremos os caminhos a serem seguidos por centros e museus de ciências, de forma que estes possam contribuir no fomento às carreiras científicas.
  • Universidade Federal do Pampa - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Guilherme Garcia de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • previsão espacial de eventos extremos hidrológicos: novas abordagens que integram geotecnologias e sensoriamento remoto com modelos hidrológicos e de aprendizagem de máquinas
  • Eventos extremos hidrológicos causam graves prejuízos sociais e econômicos, e sua previsão contribui para mitigação de impactos. Porém, a previsão de inundações, por exemplo, costuma ser realizada pontualmente, em locais com monitoramento fluviométrico, fornecendo o nível a ser atingido pelas águas em uma seção fluvial. Quando a previsão revela o alcance espacial, em geral, está associada às áreas no entorno do ponto monitorado ou, quando considera apenas a pluviosidade, costuma indicar quais municípios ou microrregiões devem ficar em estado de alerta. Avanços recentes nas áreas das geotecnologias e inteligência artificial possibilitam o desenvolvimento de novas abordagens para a modelagem de eventos extremos. Neste contexto, este projeto busca responder à seguinte questão: será possível fornecer uma previsão espacial de eventos extremos hidrológicos, a partir de dados de sensoriamento remoto e técnicas de aprendizagem de máquinas? Baseado em pesquisas recentes, que indicam o potencial desses métodos para o mapeamento de áreas suscetíveis a partir de variáveis físicas e ambientais, este projeto testará a hipótese de que, conhecida a distribuição espaço-temporal da precipitação, é possível prever as áreas a serem atingidas por inundações, enxurradas ou movimentos de massa, por meio de uma estratégia metodológica que combina dados de sensoriamento remoto, modelos hidrológicos e técnicas de aprendizagem de máquinas. Para tanto, a metodologia de pesquisa compreenderá: o mapeamento da ocorrência de eventos extremos com múltiplos sensores orbitais e suborbitais; a definição de amostras por geoprocessamento e análise espacial, considerando como variáveis de entrada, índices morfométricos, geologia, solos, uso e cobertura da terra e chuva antecedente; o desenvolvimento e aplicação de modelos hidrológicos e técnicas de aprendizagem de máquinas para previsão espacial de inundações, enxurradas e movimentos de massa, com divulgação dos mapas e alertas em uma plataforma online.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Guilherme Gomes Ferreira

Ciências Sociais Aplicadas

Serviço Social
  • mulheres em privação de liberdade: saúde e vulnerabilidades em tempos de pandemia da covid-19 no brasil
  • A dimensão do gênero nas prisões ainda é pouco debatida na área das ciências sociais e humanas, embora possamos assumir que esse campo de conhecimento científico recebeu maior investimento nos últimos 20 anos, acompanhando o fenômeno social do encarceramento feminino que também vem crescendo em grande escala no Brasil e no mundo - cerca de 50% de aumento no período de 2000-2017 (Global Prison Trends, 2019). Desde o surgimento da covid-19, no entanto, temos tido menores possibilidades de analisar o tratamento penal e as experiências sociais dessas mulheres no cumprimento da pena privativa de liberdade, sobretudo porque a crise pandêmica exigiu o impedimento de ingresso, nas prisões, de familiares de pessoas presas, de organismos de controle social e de pesquisadores ou ativistas que até então vinham provocando o debate público local e nacional sobre a temática. Agora, passado um ano e meio da pandemia, surge a necessidade de avaliarmos qual foi o impacto da covid-19 no cotidiano de mulheres presas no Brasil, considerando que boa parte das suas necessidades humanas já não eram satisfeitas mesmo antes dessa crise sanitária. Nossa hipótese, a partir desse problema, é que a crise acentuou a ausência de respostas da política penitenciária em relação a esse contingente populacional e se restringiu à medicalização para solução de questões como isolamento, solidão e falta de acesso a bens e políticas sociais. Duas pesquisas em andamento evidenciam que essa hipótese pode ser verdadeira: uma sobre tratamento penal para presos LGBTI+ nas prisões gaúchas (Ferreira, 2021) e outra sobre o uso indiscriminado de benzodiazepínicos em mulheres presas (Einloft, 2021). Para responder a esse problema, pretendemos lançar mão de um questionário online com todos os estabelecimentos femininos do Brasil e da aplicação de uma pesquisa qualitativa em profundidade com cinco prisões do país, uma para cada região brasileira, onde realizaremos entrevistas com presas e trabalhadoras da prisão.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Guilherme José Ramos Oliveira

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • produção de geopolímeros “one-part” à base de rejeito de bauxita e lama vermelha
  • O recente rompimento de barragens de rejeitos de mineração em Minas Gerais trouxe à tona a necessidade de sua reutilização, diminuindo a quantidade de rejeitos dispostos em forma de pilhas e barragens. Os geopolímeros são conhecidos como uma alternativa ao uso de cimento Portland, que apresenta alto consumo energético e elevada emissão de gás carbônico em sua fabricação. Deste modo, caracterizam-se como uma alternativa sustentável, impactando positivamente em questões sociais e ambientais. Além disso, podem apresentar maior resistência ao fogo e resistência mecânica. Este projeto dedica-se à utilização de rejeito de bauxita e lama vermelha proveniente do processo Bayer, dispostos em barragens, para fabricação de geopolímeros “one-part”. O método de fabricação "one-part", também conhecido como "just add water", apresenta a vantagem de dispensar o uso de soluções alcalinas, consistindo da mistura de sólidos calcinados com água. Para cumprir o objetivo do trabalho, as amostras serão preparadas e caracterizadas em termos de composição química (fluorescência de raios X), composição mineralógica (difratometria de raios X), morfologia das partículas (microscopia eletrônica de varredura e microtomografia de raios X) e grupos químicos (espectroscopia no infravermelho). Serão determinados, também, densidade, área superficial e granulometria. Posteriormente, geopolímeros serão produzidos pela metodologia "one-part" e a resistência à compressão determinada por ensaio em prensa hidráulica, seguindo normas técnicas. Por fim, a estrutura interna dos geopolímeros será estudada por meio de microscopia eletrônica de varredura e microtomografia de raios X.
  • Universidade Federal de Alfenas - MG - Brasil
  • 25/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Guilherme Lopes

Ciências Agrárias

Agronomia
  • biofortificação de culturas agrícolas com selênio e zinco como uma ferramenta contra a fome oculta e o déficit hídrico
  • A qualidade nutricional de alimentos e a resiliência de sistemas de produção têm recebido atenção em pesquisas envolvendo segurança alimentar. Além de energia, o alimento deve prover quantidades adequadas de elementos essenciais para combater a desnutrição e manter/melhorar a imunidade/saúde da população. Dentre esses elementos, o selênio (Se), por atuar no sistema antioxidante, e o zinco (Zn), importante no crescimento celular, dentre outras funções, são importantes para fortalecer o sistema imunológico. Práticas de manejo como a adubação (biofortificação agronômica) podem enriquecer os alimentos com esses elementos, contribuindo para aumentar a resistência das culturas contra estresses abióticos (e.g., déficit hídrico). A biofortificação pode estimular a agricultura funcional (produção de alimentos saudáveis) e aumentar a resiliência dos sistemas de produção, o que é especialmente relevante no contexto atual da pandemia da covid-19 e de mudanças climáticas. A hipótese dessa proposta é que o potencial de acumulação dos elementos-alvo nas partes comestíveis, bem como o papel do Se contra o déficit hídrico, alteram em função do modo/época de aplicação, doses, e fonte pela qual o elemento é fornecido (e.g., via fertilizantes fosfatados, nitrogenados, etc.). Aplicações foliares tardias podem ser mais efetivas para a biofortificação, porém, a melhoria da tolerância das plantas a estresses hídricos pode requerer o fornecimento antecipado do elemento. Além disso, entender a disponibilidade dos elementos em diferentes solos é importante para estabelecer doses mais eficazes. Propõe-se a execução de estudos em condições controladas e campo com culturas de grãos (foco em arroz) e batata doce, as quais serão cultivadas com doses variáveis de Se e Zn, aplicadas por diferentes métodos (solo/foliar) e fontes/fertilizantes visando avaliar as melhores estratégias para, simultaneamente, aumentar o valor nutricional dos alimentos e mitigar os problemas causados pelo déficit hídrico.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 09/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Guilherme Loureiro Werneck

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • avaliação da implementação do uso das coleiras impregnadas com inseticida em cães em municípios prioritários para o controle da leishmaniose visceral humana e canina no brasil
  • Contexto, justificativa e objetivos: O controle da leishmaniose visceral (LV) tem sido um esforço desalentador para gestores da saúde pública e pesquisadores brasileiros. Desde a década de 1980, a doença passou por um notável processo de urbanização e disseminação geográfica, e a situação epidemiológica está longe de mostrar algum progresso substancial. As principais estratégias para reduzir a transmissão propostas pelo programa brasileiro de vigilância e controle da leishmaniose visceral (PVCLV) ainda são o controle de vetores com inseticidas residuais e a eliminação de cães soropositivos. No entanto, poucos estudos epidemiológicos bem desenhados dão suporte para seu uso em larga escala. Dentre as novas abordagens promissoras para o controle da LV, o uso de coleiras caninas impregnadas com inseticidas tem se destacado como ferramenta disponível, atuando por meio de uma ação repelente e inseticida. Estudos avaliando a efetividade do seu uso têm demonstrado resultados satisfatórios no Brasil e no mundo. Entre 2011 e 2016, nosso grupo de pesquisa avaliou a efetividade do uso de coleiras impregnadas com deltametrina 4% para o controle da LV em 13 municipios brasileiros de alta transmissão por meio de um ensaio de intervenção comunitária controlado e randomizado. Os resultados mostraram que o uso das coleiras esteve associado a uma redução significativa de cerca de 50% na prevalência e incidência da infecção canina e de 27% na incidência de casos humanos. O uso de coleiras também foi associado à redução no número de flebotomíneos capturados. Estudo subsequente, também realizado pelo nosso grupo de pesquisa, demonstrou que o uso de coleiras era custo-efetivo para o controle da leishmaniose visceral canina. É nesse contexto que o PVCLV do Ministério da Saúde resolve incorporar as coleiras impregnadas com inseticida no arsenal de estratégias preconizadas para o controle da LV. De forma coerente, a incorporação dessa tecnologia de prevenção vem acompanhada da demanda por uma avaliação do processo de implementação. Assim, considerando nosso histórico envolvimento com a realização de estudos de intervenção comunitária para avaliação da efetividade de estratégias de controle da LV, apresentamos esse projeto que visa avaliar a implementação do uso das coleiras impregnadas com inseticida em cães em municípios prioritários para o controle da leishmaniose visceral humana e canina no Brasil, considerando seus potenciais efeitos na infecção humana e canina, na incidência de casos humanos, na densidade vetorial, na taxa de infecção e no hábito alimentar de flebotomíneos. Além disso pretende-se avaliar aspectos operacionais relacionados ao processo de implementação da estratégia assim como avaliar a percepção da população sobre os riscos e benefícios dessa intervenção. Metodos Desenho de estudo Trata-se de um estudo de implementação interessado não só na produção do conhecimento, mas na tradução desse conhecimento para a ação. Serão utilizados dois desenhos de estudo: (1) um estudo “não-controlado do tipo antes-depois e (2) um estudo “controlado do tipo antes-depois”. Critérios de elegibilidade e seleção dos municípios e áreas de estudo A definição final de quais serão os municípios a serem avaliados nesse projeto dependerá do resultado da avaliação dos critérios de elegibilidade (nível de transmissão de leishmaniose visceral alta, intensa ou muito intensa em associação com características de infraestrutura e acesso). O estudo avaliará a implementação em 8 municípios, dentre o total de elegíveis. Para cada município selecionado para o estudo serão definidas as áreas de trabalho local (ATL), que serão as unidades básicas para implementação e avaliação do programa de intervenção. Em todos os municípios serão também selecionadas áreas “controle”, similares em termos de sua vulnerabilidade social e ambiental à transmissão da LV, mas sem intervenção. Procedimentos para avaliação da implementação Os procedimentos específicos para a implementação da intervenção nas ATLs serão definidos pelos atores envolvidos diretamente na implementação com a participação da equipe da pesquisa. De forma geral, a estratégia envolverá visita domiciliar, contato com proprietários para obtenção de autorização para o encoleiramento e orientações sobre a conduta a ser seguida em caso de potencias eventos adversos, realização do encoleiramento e coleta de material biológico do cão para avaliação de infecção canina, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde. No momento da visita domiciliar e contato com o proprietário do(s) cão(es) será aplicado um questionário para obtenção de dados acerca das características dos animais, da habitação e do peridomicilio. Nas visitas subsequentes, a cada seis meses, será aplicado um questionário similar para monitorar eventuais mudanças nessas características, verificar a perda de coleira entre os ciclos e obter informações sobre eventos adversos. O estudo envolve a avaliação da implementação considerando cinco principais componentes: (1) Componente entomológico (densidade, taxa de infecção, hábito alimentar, dispersão e mortalidade vetorial); (2) Componente veterinário (infecção canina); (3) Componente humano (casos de LV e infecção humana); (4) Componente operacional (reações adversas, perda de coleiras e fatores associados) e (5) Componente da população envolvida (percepção e barreiras à implementação). Resultados esperados: Ao contribuir para aumentar o conhecimento acerca tanto dos efeitos quanto das dificuldades e barreiras à sua implementação, espera-se que os resultados desse estudo contribuam para o aperfeiçoamento dos processos de implementação de um programa de controle para LV em nível populacional com base no uso das coleiras impregnadas com inseticida para cães.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 01/01/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Guilherme Malafaia Pinto

Outra

Ciências Ambientais
  • avaliação da toxicidade de peptídicos da proteína spike do sars-cov-2 (isolados ou em combinação com distintos poluentes) em vertebrados aquáticos e terrestres: uma nova ameaça da covid-19?
  • A COVID-19, causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), tem promovido impactos globais sem precedentes, tanto economicamente, quanto em termos de saúde pública. Entretanto, a identificação do vírus e/ou de suas partículas nos ecossistemas aquáticos tem suscitado a preocupação de que os efeitos danosos da pandemia podem ser ainda mais abrangentes. Estudos do nosso grupo confirmaram a presença de peptídeos virais em rios e revelaram que larvas de anfíbios e mosquitos expostas a esses fragmentos sofrem drásticos efeitos fisiológicos. Assim, objetivaremos com este projeto dar continuidade às investigações sobre os efeitos desses peptídeos na fauna silvestre, visando subsidiar ações voltadas à prevenção ou remediação desses impactos antes de uma tragédia ainda maior. Embora os investimentos atuais estejam, em muitos países, se concentrado em pesquisas sobre a profilaxia e tratamento da COVID-19, não podemos negligenciar a iminência da pandemia estar impactando ou intensificando os danos da poluição aquática que tanto afeta a biodiversidade. Assim, utilizaremos vertebrados (D. rerio, P. cuvieri, C. japonica e M. musculus) para avaliar os efeitos da exposição à distintos peptídeos da proteína Spike do SARS-CoV-2. Para isso, serão formados, em cada modelo, os grupos “controle, P1, P2, P3, Mix, P1+Mix, P2+Mix e P3+Mix”, permitindo-nos avaliar os efeitos isolados dos peptídicos e de sua associação com um mix de poluentes, simulando a dispersão peptídica em águas poluídas. Após 45 dias de exposição, avaliaremos vários biomarcadores preditivos de alterações neurotóxicas, histológicas, bioquímicas, imunológicas, além daquelas relacionados a efeitos mutagênicos e cito-genotóxicos. Até onde vai nosso conhecimento, nenhum estudo similar ao proposto foi conduzido até o momento e, portanto, acreditamos que nosso projeto constitua oportunidade ímpar de anteciparmos nossas ações voltadas à prevenção e/ou redução dos efeitos da pandemia da COVID-19 sobre a biodiversidade animal.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Guilherme Marcondes Klafke

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • resistência múltipla a acaricidas no carrapato rhipicephalus microplus e sua associação com a babesiose bovina.
  • Carrapatos da espécie Rhipicephalus microplus multirresistentes aos acaricidas (MRA), foram detectados nas principais regiões de produção pecuária do Brasil, sendo um problema particularmente grave no Rio Grande do Sul (RS), onde ocorrem em cerca de 85% das propriedades de produção de gado. Os carrapatos MRA determinam um grande prejuízo econômico para os produtores por conta dos gastos com uso de produtos ineficazes e da persistência do parasitismo que leva à diminuição da produção e maior chance de transmissão de patógenos como Babesia bovis e B. bigemina. SNPs (single nucleotide polymorphisms) associados a resistência em R. microplus já foram descritos para diversos pesticidas e podem ser usados no diagnóstico da resistência por PCR. O uso de um painel de SNPs como teste diagnóstico de resistência a diferentes pesticidas, que inclua marcadores de infecção por Babesia sp. nos carrapatos, tem aplicabilidade para o monitoramento simultâneo da MRA e de risco de babesiose em uma propriedade. Aliados à informação sobre a imunidade do rebanho e ocorrência de casos clínicos, estes dados podem fornecer informações relevantes para o controle de vetor e doença gerando benefícios para o produtor. A hipótese é a que a presença da MRA favorece uma alta carga parasitária, aumentando a taxa de inoculação do agente, refletindo em um maior número de casos de babesiose. No presente projeto será investigada a prevalência de carrapatos MRA infectados com Babesia sp. e sua relação com a imunidade dos rebanhos e casos de babesiose nos bovinos em diferentes fazendas do RS. O diagnóstico de resistência aos acaricidas será realizado por TaqMan qPCR e confirmado por bioensaios. A detecção de Babesia sp. em carrapatos também será realizada por TaqMan qPCR. A soroprevalência no rebanho será avaliada por ELISA e a casuística de babesiose investigada por questionários com os produtores.
  • Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação/RS - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Guilherme Max Dias Ferreira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • biocarvões de bagaço de cana-de-açúcar modificado com sais de fe e mn para remoção e monitoramento de herbicidas: compreendendo mecanismos para propor aplicações eficientes
  • O bagaço de cana-de-açúcar (BCA) é um resíduo gerado abundantemente a partir do processamento da cana-de-açúcar em nível mundial, com destaque para o Brasil, maior produtor da cultura. Aplicações do BCA se estendem para várias áreas, incluindo geração de energia e desenvolvimento de novos materiais, como biocarvões (BC). Os BC são obtidos pela pirólise de matéria orgânica na ausência ou baixa concentração de oxigênio, podendo atuar como adsorventes para remoção de contaminantes de matrizes aquosas, incluindo contaminantes emergentes (CE) como os ácidos 2,4-diclorofenoxiacético (2,4-D) e 4-clorofenoxiacético (4-D). Mesmo em baixas concentrações, os CE podem ter impacto negativo sobre o meio ambiente e a saúde humana. Portanto, a produção de BC a partir de BCA constitui uma alternativa econômica e ambientalmente sustentável para remoção de 2,4-D e 4-D de águas residuais. Entretanto, produzir um BC com desempenho desejado para remoção de um contaminante requer avaliar diferentes rotas de modificação da biomassa e condições de pirólise. Isso porque a variedade de estruturas possíveis para os BC determina diferentes performances e mecanismos de adsorção, ainda pouco estudados e conhecidos para os CE. Assim, a questão central dessa proposta é: como são alterados os mecanismos e a performance de adsorção de 2,4-D e 4-D em BC obtidos de BCA modificados com sais de Fe ou Mn e submetidos a diferentes temperaturas e atmosferas de pirólise? Sabe-se a modificação de biomassa com sais, associada a diferentes condições de pirólise, pode afetar os grupos funcionais de superfície, a área superficial específica e a estrutura e distribuição de tamanho dos poros do material, impactando na sua capacidade adsortiva. Para resolver a questão central, serão conduzidos estudos de adsorção (cinética, equilíbrio, calorimetria, coluna de leito fixo, aplicações) dos CE 2,4-D e 4-D em BC de BCA produzidos em diferentes condições e caracterizados por MEV, TGA, DRX, Raman, FTIR e análises químicas.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 07/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Guilherme Miranda Tavares

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • ingredientes proteicos emergentes: agregando valor ao glúten de milho
  • O cenário mundial de crescimento populacional é uma bomba-relógio para a sustentabilidade e a segurança alimentar. A prospecção do uso de ingredientes proteicos de fontes emergentes, como as proteínas vegetais, tem sido apontada como promissora na desaceleração deste cenário, no entanto, essa não é uma tarefa fácil. Dos ingredientes proteicos de origem vegetal com escala industrial, o Glúten de Milho (GMC) tem sido altamente negligenciado. Esse material é um coproduto pouco solúvel e de baixo valor agregado da produção de amido de milho, mas que possui cerca de 60% de proteínas (majoritariamente zeínas). Além disso, esse material apresenta um considerável, porém pouco explorado, conteúdo de carotenoides (224-550mg/kg). Segundo dados do Governo Federal (CONAB), na safra de 2020/2021, a produção de milho representou 40% da produção total de grãos do país, demonstrando a importância desta commodity no cenário nacional e a relevância para o agronegócio de pesquisas para agregar valor ao GMC. Este projeto propõe explorar o GMC tanto por seu conteúdo proteico, quanto de carotenoides (antioxidantes e corantes naturais/caráter bioativo), na estabilização físico-química de emulsões para aplicações alimentares, nutraceuticas e cosméticas. Para tanto, duas abordagens serão aplicadas na produção das emulsões: (i) uma abordagem química envolvendo o princípio de desolvatação e (ii) uma abordagem física envolvendo a microfluidização por alta pressão. Para compreender o papel dos carotenoides do GMC na estabilidade química das emulsões produzidas, o presente projeto também prevê estudar o mecanismo de interação molecular entre zeínas e carotenoides por técnicas multi-espectroscópicas e de docking molecular. Apesar do reconhecido potencial do GMC para aplicações industriais, a falta de conhecimento sobre suas propriedades moleculares dificulta essa tarefa. A abordagem deste projeto contribuirá com a diminuição do empirismo na aplicação do CMG na formulação de novos produtos.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Guilherme Morais Puga

Ciências da Saúde

Educação Física
  • treinamento com mat pilates de maneira remota e/ou presencial como estratégia de reabilitação em pacientes com síndrome pós-covid-19
  • Com o avanço do conhecimento sobre COVID-19, o número de pacientes recuperados e de pessoas com sequelas pela doença aumentam. Assim, faz-se necessário um programa de reabilitação específico para essa população. Acredita-se que durante um longo período de tempo, ainda teremos pessoas com a síndrome pós-COVID-19 no mundo todo. Neste sentido, o exercício físico é uma estratégia indicada na reabilitação de diversas doenças do trato respiratório e cardiovasculares, além de disfunções neuromusculares, incapacidade funcional, e doenças neurocognitivas e relacionadas à saúde mental. Dessa forma o Mat Pilates pode ser uma estratégia interessante nessa reabilitação por trabalhar com o controle respiratório, força muscular, capacidade aeróbia, e função neurocognitiva, além de ter boa aderência na população. Assim, o objetivo deste projeto será verificar os efeitos dos exercícios de Mat Pilates na reabilitação de pacientes com síndrome pós-COVID-19. Serão analisados parâmetros da: composição corporal, atividade funcional, força, aptidão cardiorrespiratória, marcadores inflamatórios e do estado função autonômica, neurocognitivos e relacionados a saúde mental. Além disso investigaremos a aderência e efetividade do programa de reabilitação realizado de maneira presencial e remota. Nossa hipótese é que esse treinamento trará melhorias nos componentes avaliados, especialmente na capacidade funcional e saúde cardiorrespiratória. Além disso, esperamos que o treinamento realizado de maneira remota traga benefícios aos paciente com boa aderência. Após a alta hospitalar, os pacientes serão avaliados e iniciarão um programa de 12 semanas de treinamento de Mat Pilates (3x semana, com duração de 50 min cada sessão) de maneira presencial e remota através de videos aulas e chamada telefônica. Termos um 3º grupo de aconselhamento (controle). A divisão será realizada de maneira randomizara com n=30 em cada grupo. Avaliaremos também a aderência e efetividade dos treinamentos para os pacientes.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Guilherme Oliveira Mota

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • fronteiras na teoria de ramsey
  • Almejamos obter avanços significativos em frentes da Teoria de Ramsey, área que estuda a inevitabilidade de subestruturas ordenadas em estruturas arbitrariamente desordenadas. Em Teoria de Ramsey, investigamos a existência ou não de partições de uma dada estrutura matemática de forma que todas as partes evitem uma propriedade de interesse. Resultados célebres da teoria afirmam que não existem tais partições que evitam subestruturas de interesse em todas as partes. A Teoria de Ramsey também pode ser entendida como uma grande generalização da teoria de coloração de grafos e hipergrafos. Aqui, focaremos em grafos, tanto determinísticos quanto aleatórios. Investigaremos principalmente problemas dos tipos "size-Ramsey", "Coberturas/partições monocromáticas" e "colorações irregulares". A seguir apresentamos uma breve descrição desses tipos de problemas e variações: (i) Estimar para certos grafos H a menor quantidade de arestas m tal que existe um grafo G com m arestas de modo que toda k-coloração de E(G) contém uma cópia monocromática de H; (ii) Investigar o quão denso deve ser um grafo aleatório para que, dada qualquer coloração das arestas desse grafo com k cores, consigamos cobrir/particionar seus vértices em f(k) cópias de grafos de uma dada família; (iii) Estimar, para grafos G, a menor quantidade de cores necessárias para colorir as arestas de G evitando um certo subgrafo pequeno monocromático. Resultados parciais sobre as questões acima vêm sendo obtidos nos últimos anos, inclusive por membros da equipe; é realista supor que obteremos avanços significativos nas frentes propostas. Ressaltamos que investigaremos problemas relacionados que possam surgir ao longo da pesquisa.A pesquisa será executada com reuniões e visitas entre os membros da equipe e colaboradores, brasileiros e estrangeiros, além da organização de oficinas. Faremos uso de técnicas clássicas e contemporâneas e esperamos desenvolver novas estratégias para atacar os problemas propostos e variantes.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Guilherme Ortigara Longo

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • impactos locais e globais sobre os ecossistemas recifais no arquipélago de fernando de noronha
  • Os recifes estão entre os ecossistemas mais ameaçados do mundo, devido a impactos antrópicos em escala local (e.g. sobrepesca e poluição) e escala global (e.g. aquecimento e acidificação dos oceanos). Estes impactos afetam a sobrevivência, dinâmica de recrutamento e competição entre organismos, levando a uma diminuição na resiliência de comunidades recifais. Apesar de os impactos locais serem mais intensos em recifes costeiros, recifes oceânicos mais isolados, como os do Arquipélago de Fernando de Noronha (FN), não estão imunes aos impactos da sobrepesca e poluição, mesmo protegidos por unidades de conservação (UCs). Conhecer a efetividade das UCs na mitigação de impactos locais e globais é, portanto, fundamental para a conservação desses ecossistemas. Neste projeto avaliaremos o mosaico de UCs de Fernando de Noronha como ferramenta para mitigação de impactos locais e globais sobre ambientes recifais através de múltiplas abordagens. Pretendemos avaliar a influência da qualidade de água na saúde dos recifes e avaliar experimentalmente o efeito sinérgico de impactos locais (esgoto) e globais (aquecimento e acidificação do oceano) sobre os corais e seus endossimbiontes, através de amostragens em campo e experimentos em laboratório. A integração dessas múltiplas abordagens preencherá lacunas de conhecimento prioritárias e na fronteira do conhecimento da ecologia marinha, atendendo também às necessidades da gestão das UCs de FN e promovendo ações informadas de manejo e conservação.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 03/12/2019-30/11/2022
Foto de perfil

Guilherme Ramalho Arduini

Ciências Humanas

Educação
  • o papel do estado nacional brasileiro na atividade educativa das igrejas cristãs, dos anos 1930 ao presente
  • O objetivo é compreender as interações entre algumas das igrejas geograficamente mais presentes no eixo Rio de Janeiro-São Paulo com o Estado Nacional, concernente às políticas de educação para infância e juventude. A questão consiste em analisar os debates registrados nas mídias confessionais a respeito dos valores a serem perseguidos pela formação dos novos cidadãos com a ocupação do território urbano pelas instituições públicas e confessionais voltadas para este público. A região escolhida para o estudo é protagonista nacional na produção de conteúdo midiático e também no modo como se estrutura a ocupação do espaço urbano. A relevância do estudo se justifica pela importância, no passado recente e no presente, das redes de pressão vinculadas a estas igrejas nas definições das políticas públicas voltadas para a infância e a juventude, mormente no que diz respeito à sua escolarização, sem se resumir a isso. Considera-se pertinente iniciar a pesquisa pelos anos 1930, porque eles representam o início de uma participação intensiva do Governo Federal na definição das políticas educacionais. Tanto no Império quanto na Primeira República os governos estaduais exerciam um papel fundamental na implantação e regulação de escolas, por muitas vezes em alianças com eclesiásticos. Mas, a criação do Ministério da Educação em 1930, somada com a inscrição pioneira da Educação como um Direito Social garantido pela Constituição de 1934, enseja uma mudança na correlação de forças na definição das políticas públicas, com participação relevante da hierarquia católica nas disputas educacionais do período. A mesma hierarquia que, atualmente, hoje divide este espaço com os protestantes históricos de missão e (neo)pentecostais. Por fim, será contemplado no estudo a emergência das novas lógicas do agir comunicativo impostas pelas redes sociais e sua produção concorrente com a mídia tradicional.
  • Instituto Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Guilherme Ramos da Silva Muricy

Ciências Biológicas

Zoologia
  • esponjas marinhas cavernícolas das ilhas oceânicas brasileiras e sua microbiota associada: biodiversidade e potencial biotecnológico
  • As cavernas submarinas abrigam espécies raras e de grande relevância taxonômica, ecológica, biogeográfica, paleontológica e biotecnológica. Os poríferos são frequentemente os organismos dominantes em cavernas submarinas, mas as esponjas cavernícolas e seus micro-organismos associados ainda são muito pouco conhecidos, especialmente no Brasil. Neste projeto serão descritas as esponjas cavernícolas das ilhas oceânicas brasileiras, sua microbiota e as atividades antimicrobianas das suas bactérias associadas. A maior parte dos estudos taxonômicos e análises microbiológicas serão feitas com material coletado em Fernando de Noronha, cujas cavernas são bem conhecidas. Na Ilha da Trindade serão feitos apenas mergulhos exploratórios para localizar possíveis cavernas submarinas e eventuais esponjas cavernícolas, atualmente desconhecidas. As esponjas serão descritas com a metodologia da taxonomia integrativa, combinando caracteres morfológicos, citológicos e moleculares para obter identificações mais precisas e um melhor conhecimento da sua biologia. A microbiota associada será estudada por metagenômica e culturas in vitro. As bactérias cultiváveis serão testadas para atividades antimicrobianas contra bactérias resistentes a antibióticos, antibiofilme e surfactante e para a produção de exoenzimas. A conclusão deste projeto apontará novas espécies de esponjas e bactérias como alvos interessantes para o desenvolvimento de novas drogas e tratamentos contra infecções causadas por micro-organismos patogênicos resistentes a antibióticos. Os resultados serão divulgados em periódicos e congressos científicos, mas o projeto também contempla a formação de pessoal e atividades de extensão universitária.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 28/11/2019-30/11/2022
Foto de perfil

Guilherme Ribeiro Corrêa

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • codificação de sinais visuais assistida por aprendizado de máquina
  • A utilização de mídias visuais se popularizou nas últimas décadas através dos vídeos digitais, com um expressivo aumento recente devido à pandemia de COVID-19. Outros tipos de mídia, como vídeos de ultra-alta definição e nuvens de pontos, vêm também atraindo a atenção do público devido à sua maior capacidade de imersão do usuário. O enorme volume de dados presentes nestes tipos de mídia faz com que a sua compressão seja mandatória e, assim, novos padrões foram especificamente criados para possibilitar a sua compressão. Entretanto, a compressão é um processo computacionalmente muito custoso, por vezes impossibilitando a manipulação deste tipo de mídia em dispositivos com baixo poder computacional e limitações energéticas. A origem de tal complexidade está, geralmente, na busca pelo modo de codificação que resulta na melhor relação entre taxa de compressão e qualidade visual do conteúdo, uma tarefa que pode ser observada como um problema de otimização ou sob a ótica de um problema de decisão/classificação. Neste sentido, este projeto prevê o estudo e o emprego de técnicas de aprendizado de máquina que possam ser aliadas à codificação de vídeos e de nuvens de pontos, gerando soluções para o problema da alta complexidade. O projeto tem o objetivo de propor soluções para a redução de complexidade e consumo energético dos codificadores de vídeo AOMedia Video (AV1) e Versatile Video Coding (VVC) e dos codificadores de nuvens de pontos Video-based Point Cloud Compression (V-PCC) e Geometry-based Point Cloud Compression (G-PCC), todos considerados o estado-da-arte atual. Por abordarem um problema de grande interesse industrial, as soluções propostas têm potencial para geração de produtos e patentes. A equipe do projeto tem grande experiência no tema e está dividida em quatro times, cada um deles concentrado em um diferente codificador. A equipe é formada por 7 doutores de 5 instituições de ensino (uma estrangeira), além de 7 alunos de doutorado e 2 alunos de graduação.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 24/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Guilherme Tavares Nunes

Ciências Biológicas

Ecologia
  • uso do espaço tridimensional por aves marinhas e peixes-voadores no arquipélago de são pedro e são paulo.
  • As áreas protegidas que possuem planos de manejo baseados na distribuição dos seus organismos apresentam alta eficiência para cumprimento de seus objetivos. Nesse contexto, as espécies da megafauna têm papel relevante e crescente para subsidiar ações de manejo em Unidades de Conservação marinhas, pois possuem alta mobilidade (i.e. espécies guarda-chuva) e estão posicionadas nos níveis tróficos superiores da comunidade, representando indicadores biológicos da qualidade do ambiente. As aves marinhas têm sido utilizadas como fonte de informação para a gestão ambiental, pois, apesar de apresentarem amplas áreas de vida, possuem forte estruturação populacional e adaptação local aos recursos disponíveis no entorno das áreas de reprodução. É o caso do arquipélago de São Pedro e São Paulo (ASPSP), onde três espécies de aves marinhas nidificam (atobá-marrom Sula leucogaster, viuvinha-marrom Anous stolidus, e viuvinha-preta A. minutus) e têm como base de sua dieta os peixes-voadores (Família Exocoetidae). Por exemplo, a população de atobás-marrons do ASPSP encontra-se isolada geneticamente, com significativa diferenciação morfológica das demais colônias do Brasil, e 95% de sua dieta é composta por peixes-voadores. Os peixes-voadores ainda representam a base da dieta de outros representantes da megafauna do ASPSP, como é o caso da albacora-da-lage, da cavala, e do peixe-prego. Portanto, o estudo da distribuição no mar de aves marinhas, durante viagens de alimentação, possui um grande potencial para subsidiar o processo de construção do plano de manejo, especificamente o zoneamento ambiental, do Monumento Natural e da Área de Proteção Ambiental do ASPSP. Além disso, a caracterização das relações tróficas das aves marinhas, associada ao estudo de distribuição espacial de alta resolução com equipamentos multisensores, permite um avanço no conhecimento sobre a distribuição de peixes-voadores no entorno das ilhas brasileiras. Esse ponto apresenta alta relevância científica, pois tais peixes representam a base da dieta de espécies da megafauna marinha tropical. Considerando esses aspectos, o presente projeto tem como objetivo subsidiar o zoneamento das Unidades de Conservação do ASPSP a partir de dados de distribuição no mar de aves marinhas e peixes-voadores. Para isso, serão utilizadas técnicas de rastreamento remoto, com equipamentos que combinam diferentes sensores (i.e. GPS, acelerômetro triaxial, termômetro, barômetro, e microcâmeras), para identificar, com precisão, as áreas de alimentação de cada espécie no entorno do ASPSP. A partir dos dados de distribuição espacial, serão combinados modelos de mistura e técnicas de inteligência artificial para caracterizar o uso do espaço tridimensional pelas aves marinhas. As interações tróficas serão caracterizadas a partir de análises de material regurgitado, e de isótopos estáveis de carbono e nitrogênio. A partir do refinamento das informações sobre a dieta espécie-específica das aves marinhas, e da identificação dos locais de captura dos peixes, serão construídos modelos de distribuição de espécies para os peixes-voadores. Os dados obtidos dos equipamentos multisensores serão utilizados como covariáveis ambientais para informar os modelos de distribuição dos peixes-voadores. Complementarmente, dados já obtidos nos arquipélagos de Fernando de Noronha e Abrolhos serão utilizados para refinar os modelos de distribuição de peixes-voadores. A partir disso, serão construídos mapas para subsidiar o plano de manejo das Unidades de Conservação do ASPSP, de modo que o zoneamento ambiental dessas áreas considere a distribuição de aves marinhas e peixes-voadores, os quais formam a base da dieta da megafauna do arquipélago. A aplicação de uma abordagem inovadora e transversal a diversas áreas do conhecimento só é possível a partir de uma equipe multidisciplinar com ampla experiência nos métodos propostos e em estudos no ASPSP. Além disso, a formação de pesquisadores em nível de graduação e pós-graduação em habilidades que envolvem desenho amostral, técnicas de campo, processamento de amostras em laboratório, análises de dados de distribuição espacial e de interações tróficas, redação científica, e aplicação de dados científicos à gestão ambiental, é um aspecto indissociável da presente proposta.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/12/2019-31/10/2022
Foto de perfil

Guilherme Yuuki Koga

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento e desempenho de novos recobrimentos ferrosos amorfos, nanocristalinos e compósitos resistentes à corrosão e ao desgaste
  • Elevadas resistências ao desgaste e à corrosão são requisitos básicos para materiais empregados em condições severas em setores essenciais para a economia brasileira, tais como as indústrias petroquímica, naval, de mineração e agroindústria. Apesar de possuir propriedades estruturais adequadas, os aços convencionais são susceptíveis à degradação prematura originada na superfície, principalmente devido à corrosão e/ou desgaste. Recobrimentos metálicos são projetados e aplicados em superfícies de componentes estruturais almejando proteção e aumento da durabilidade, diminuindo impactos econômicos, ambientais e de segurança. O presente projeto de pesquisa propõe a concepção e o desenvolvimento de novas ligas ferrosas avançadas com características microestruturais e composicionais otimizadas, baseadas numa estrutura amorfa, nanocristalina ou compósita para aplicações nas quais são exigidas resistência à corrosão e ao desgaste em recobrimentos. Embora emergente nas áreas de eletroquímica e tribologia, progresso significativo tem sido alcançado pelo nosso grupo de pesquisa na produção de recobrimentos ferrosos vítreos, nanocristalinos e compósitos de elevado desempenho quando testados em corrosão em ambientes salinos ácidos e básicos, e em desgaste por deslizamento e abrasivo. Técnicas de aspersão térmica, por deposição de metal a laser, por feixe de elétrons, por plasma com arco transferido, e por deposição por spray têm sido usadas com sucesso para a produção de recobrimentos resistentes à corrosão e ao desgaste. A metodologia do presente projeto será baseada na seleção de ligas por cálculos computacionais e critérios de formação de amorfo, produção de pós por atomização a gás e moagem, e seu uso para a produção de recobrimentos protetores em substrato de aço. Os recobrimentos serão caracterizados da estala micro à nanométrica e suas resistências à corrosão, ao desgaste e à tribocorrosão avaliadas por diferentes técnicas eletroquímicas, tribológicas e triboeletroquímica.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Gustavo Bruno Bicalho Gonçalves

Ciências Humanas

Educação
  • etnografia da emergência de modelos pedagógicos agroecológicos em escolas rurais do sul da bahia
  • Em colaboração com mestres dos saberes tradicionais e populares ligados à rede conhecida como Teia dos Povos, a pesquisa pretende realizar um diagnóstico qualitativo nas escolas em contexto rural e/ou de comunidades tradicionais na região sul da Bahia, enfocando as atuais condições de oferta, bem como potenciais e limites para a incorporação dos saberes agroecológicos e tradicionais em seus currículos. Para tanto, será traçado o perfil sócio-econômico das comunidades atendidas pelas escolas e dos docentes em exercício em unidades educacionais de algumas comunidades escolhidas dentre aquelas integradas à rede de diálogos da Teia para a difusão de saberes agroecológicos. Temos por hipótese que a Teia possui grande potencial de atuação em consonância com as escolas em coerência com orientações da BNCC sobre a importância do diálogo da escola com diferentes culturas presentes na comunidade, com a finalidade de promover uma educação intercultural e inclusiva por meio da diferenciação de práticas como forma de responder às realidades e necessidades específicas dos estudantes. Na primeira etapa o projeto examinará as condições de oferta das escolas rurais, das redes estadual e municipais de ensino, de sete municípios do território de atuação da Teia (mesorregião Sul baiano), definidos junto aos mestres dos saberes tradicionais e populares. A partir de pesquisa documental e questionários submetidos on-line serão identificados condicionantes da gestão e organização do trabalho escolar nas práticas pedagógicas e na constituição das identidades e perfis dos profissionais da educação. Na segunda etapa serão realizados sete estudos etnográficos em escolas escolhidas dentre aquelas participantes na primeira etapa, a partir da adesão - ou distanciamento - destas escolas em relação às propostas agroecológicas da Teia. A proposta pressupõe a realização de entrevistas com atores-chave nos contextos analisados, diálogo com mestres do saber, gestores e docentes.
  • Universidade Federal do Sul da Bahia - BA - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Gustavo Cardoso Guimarães

Ciências da Saúde

Medicina
  • biomarcadores moleculares e atividade inflamatória no carcinoma prostático após prostatectomia radical assistida por robô (rarp).
  • O carcinoma prostático (CaP) é a segunda causa de morte entre os homens. O rastreamento é realizado pela concentração do antígeno específico da próstata, ultrassonografia transretal e o exame do toque retal e o diagnóstico definitivo com análise histológica da biópsia. O tratamento pode ser cirúrgico, radioterápico, hormonioterápico ou observação vigilante. A prostatectomia radical aberta tem sido substituída pela prostatectomia radical assistida pôr robô (RARP), estudada na redução do processo inflamatório, complicações cirúrgicas e tempo de internação hospitalar. O CaP tem composição genética complexa, incluindo processos epigenéticos, como os RNA longos não codificadores de proteína (lncRNA), já associados a câncer e processos inflamatórios. A caracterização de lncRNA no plasma de pacientes com CaP, além de não invasiva, pode auxiliar na descoberta de biomarcadores de diagnóstico e prognóstico do CaP e de alvos moleculares para o desenvolvimento de fármacos que minimizem complicações clínicas e pós-cirúrgicas decorrentes da resposta inflamatória. Assim, o objetivo do estudo é avaliar a expressão de lncRNAs em exossomos plasmáticos isolados de portadores de CaP e sua associação com a expressão de marcadores tumorais e com a atividade inflamatória, evolução clínica e desfechos funcionais após RARP. Os exossomos serão isolados do plasma e seus lncRNA extraídos utilizando kits comerciais específicos. O mRNA será isolado de células do sangue com o RNaesy mini kit e o cDNA sintetizado com o kit RT2 First Strand. A expressão dos lncRNAs PCAT1, PCA3, DRAIC e PCAT29 e dos genes BRCA2, PRUNE2 e AR será realizada com TaqMan®Assays por qPCR. A expressão de 84 lncRNAs de resposta inflamatória será realizada em formato de arranjos por qPCR. As concentrações dos marcadores inflamatórios serão determinadas com a plataforma Luminex®100TM. Assim, espera-se elucidar a relação da expressão de lncRNA em pacientes com CaP e contribuir na descoberta de novos alvos moleculares no CaP.
  • Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência SP - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Gustavo Carlos Juan Escobar

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • climatologia sinótica associada com eventos extremos de chuva na região sul do brasil
  • A região Sul do Brasil é frequentemente afetada por eventos extremos de chuva que provocam fortes impactos na população das principais áreas mais vulneráveis da região. O foco principal deste projeto é avançar no conhecimento dos principais sistemas meteorológicos causadores destes eventos extremos de chuva com o intuito final de contribuir na melhoria da previsão desses eventos na região Sul do Brasil. Devido à grande variabilidade dos diferentes sistemas meteorológicos que atuam no Sul do Brasil, faz-se necessário caracterizar e identificar de forma simplificada os principais modos de circulação atmosférica relacionados com esses eventos extremos de chuva. Desta forma, poderá elaborar-se modelos conceituais associados com eventos extremos de chuva que ocorrem nas principais áreas vulneráveis da área de estudo. Este objetivo principal poderá ser alcançado através da aplicação de metodologias estatísticas, principalmente a análise de componentes principais, que permitirão também, avançar no conhecimento da variabilidade interanual e intrasazonal dos principais padrões sinóticos de eventos extremos de chuva na região Sul do Brasil. Por fim, se realizará uma avaliação objetiva dos principais modelos numéricos de previsão de tempo do INPE. O intuito desta avaliação é analisar a destreza de cada um dos modelos em situações específicas associadas com EEC relacionados com acumulados significativos de chuva ou com tempestades severas nas principais áreas vulneráveis da RSB. Serão avaliadas diferentes variáveis meteorológicas, fazendo ênfase na precipitação, a pressão atmosférica ao nível médio do mar e na altura geopotencial.
  • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Gustavo da Silva Claudiano

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • papel da adição de bactérias autóctones do intestino de colossoma macropomum sobre a fisiopatologia da sepse: sanidade e desempenho zootécnico
  • A sepse é definida como disfunção orgânica com alta mortalidade. O intestino desempenha um papel importante na fisiopatologia da sepse. Os mecanismos responsáveis não são completamente elucidados, mas, é sabido que a microbiota intestinal é crucial no desenvolvimento e maturação do sistema imunológico. Assim, os probióticos são largamente estudados como alternativa a doenças, destacam-se, pois colonizam o trato gastrointestinal e são consideradas microrganismos favoráveis devido à sua capacidade de melhorar desempenho zootécnico e sanitário em peixes. Assim, o projeto objetiva isolar linhagens de bactérias autóctones de tambaquis com efeitos imune-protetor e de valor zootécnico para mesma espécie, com foco na compreensão da dinâmica das relações probiótico-hospedeiro durante o desenvolvimento de Colossoma macropomum. Primeiramente será isolada e identificada cepas de bactérias de tambaquis saudáveis para investigar a viabilidade in vitro destas quanto sua resistência as barreiras biológicas, fixação superfícies celulares, produção substancias antimicrobiana e viabilidade em processos industriais. Seguido, essa(s) cepa(s) selecionada(s) será(ão) utilizada(s) na suplementação de tambaquis por 90 dias na concentração de 1x1012 UFC de aditivo e será misturado em 3 concentrações/Kg de ração de 1g, 3g e 5g para analisar a capacidade de colonização no intestino destas cepas, seus efeitos na morfohistólogia intestinal, na microbiota, nos parâmetros biométricos e na composição bromatológica da carcaça dos peixes. Além disso, pretende-se avaliar o efeito destes probióticos na modulação do sistema imune, nos parâmetros clínicos e na sobrevivência dos tambaquis na aeromonose. A prospecção de suas potencialidades tecnológicas é de extrema importância para a ampliar o entendimento da interação patógeno-hospedeiro o que possibilitará a construção de conhecimentos para subsidiar em programas desenvolvimento de estratégias voltadas ao controle e a profilaxia das doenças infecciosas
  • Universidade Federal do Oeste do Pará - PA - Brasil
  • 22/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Gustavo Davi Rabelo

Ciências da Saúde

Odontologia
  • monitoramento avançado das lesões orais de osteonecrose: avaliação clínica e radiográfica por meio da inteligência artificial aliada à identificação de biomarcadores
  • Pacientes oncológicos exigem intenso monitoramento para acompanhamento e prevenção de possíveis complicações associadas ao tratamento do tumor. Uma destas complicações do tratamento de câncer na região de cabeça e pescoço é a osteonecrose (ON) de maxila ou mandíbula, do tipo osteorradionecrose ou osteonecrose medicamentosa. A ON é caracterizada pela exposição de osso necrótico em cavidade bucal, podendo evoluir para fraturas patológicas e exigir tratamentos mais complexos, como as cirurgias de ressecção. O difícil manejo dessa condição reflete na qualidade de vida dos pacientes, com prejuízo na fala, mastigação e deglutição, impactando na reabilitação e na condição psicossocial do indivíduo. Desse modo, há a necessidade de monitorar a efetividade das terapias empregadas no tratamento da ON, avaliando parâmetros preditores e de eficiência terapêutica. Neste sentido, tem-se como hipótese que a identificação de risco de desenvolvimento da ON poderia ser realizada utilizando parâmetros clínicos, radiográficos e séricos, junto do monitoramento da efetividade de terapias empregadas. As imagens clínicas, que refletem a condição bucal dos pacientes, podem ser analisadas com uso de Aprendizado de Máquina (AM), resultando assim em benefícios na tomada de decisões de diagnóstico e tratamento. Quanto a plausabilidade da hipótese, deve-se considerar que o reconhecimento de imagens é uma técnica bem estabelecida no AM e utilizada em diversas áreas do conhecimento. A estratégia metodológica se baseia em duas etapas: 1) Monitorar clinicamente a evolução da ON, juntamente com avaliações radiográficas e de biomarcadores séricos, para auxiliar na conduta terapêutica; 2) Utilizar os dados obtidos para alimentar um algoritmo de AM por Rede Neural Convolucional, que atuará no reconhecimento da ON, bem como, em cruzar os dados clínicos com os exames de imagem e os biomarcadores séricos para o monitoramento avançado destas lesões, identificando àquelas com maior potencial de agravamento.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Gustavo Falbo Wandalsen

Ciências da Saúde

Medicina
  • caracterização clínica e alergológica de crianças e adolescentes com alergia ocular
  • A alergia ocular (AO) é uma condição altamente prevalente que compreende um grupo heterogêneo de doenças inflamatórias que afetam a conjuntiva, pálpebras e córnea, tendo como mecanismo fisiopatológico reações de hipersensibilidade dos tipos I e IV. As AOs oculares podem ser classificadas em diferentes tipos, tais como: conjuntivite alérgica sazonal (CAS e perene (CAP), ceratoconjuntivite vernal (CCV) e atópica (CCA). Há carência de dados nacionais sobre a caracterização da AO. Estimativas internacionais apontam que entre 10% e 20% da população apresente alguma forma de AO e que os impactos destas doenças ultrapassam a saúde ocular, repercutindo negativamente na qualidade de vida e na produtividade. A associação entre a AO e doenças alérgicas é elevada. Entre as diferentes formas de AO, acredita-se que haja participação relevante da inflamação alérgica na CAP e CAS, mas também nas ceratoconjuntivites, doenças de etiopatogenia mais complexa. A caracterização do perfil de sensibilização alérgica é tradicionalmente limitada pela quantidade de alérgenos que são investigados de forma simultânea, empregando-se os testes cutâneos de leitura imediata ou a pesquisa de IgE sérica específica, seja pelo custo de bateria extensas, ou pelas limitações técnicas. Os objetivos deste projeto são de caracterizar clinicamente as diferentes formas de AO em crianças e adolescentes, avaliar os impactos da AO na qualidade de vida de crianças com AO, avaliar o perfil de sensibilização alérgica de crianças e adolescentes com AO e identificar alérgenos associados à maior gravidade e/ou formas mais graves de AO (CVC e CCA). O projeto irá caracterizar crianças e adolescentes com AO acompanhados em cinco centros do país. O perfil de sensibilização alérgica será avaliado pelo teste ImmunoCAP ISAC, plataforma comercial de tecnologia microarray para detecção simultânea de 112 componentes proteicos, provenientes das principais fontes alergênicas.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Gustavo Gomes de Araujo

Ciências da Saúde

Educação Física
  • respostas metabólicas, técnicas, táticas e de desempenho de atletas de futebol: uma abordagem metabolômica, cinemática e de inteligência artificial
  • A inequidade de sexo e gênero nas pesquisas e projetos tem sido negligenciada, limitando a transferênciae aplicabilidade dos avanços científicos à prática para as mulheres. Em se tratando especificamente da ciência do esporte, o mesmo cenário se repete, sendo as diferenças amplificadas no futebol principalmente pelos fatores culturais e econômicos. O interesse nas características de desempenho de jogo do futebol masculino avança rapidamente, permitindo a compreensão e aplicação das demandas e avaliações dos jogadores em treinamento e competição com maior precisão, ao passo que menor progresso tem ocorrido no futebol feminino e mais pesquisas são necessárias em relação à quantificação dos atributos físicos, técnicos e tácticos de jogadoras. Dois principais pontos, (1) compreender melhor e caracterizar o ambiente do futebol feminino, independente do masculino, visando propor diretrizes específicas, próprias do gênero e necessidades da modalidade para melhorar a avaliação, prescrição e monitoramento das atletas; (2) contribuir com as comparações entre gêneros, não meramente para verificar as diferenças, mas com o intuito de encontrar aspectos comuns e testar o que pode ser transferido ou não para a realidade feminina. O objetivo será comparar métricas de centralidade de redes complexas construídas entre parâmetros de desempenho esportivo físico, técnico (cinemático 3D) e tático (rastreamento), cinemática e metabolômica obtidas por avaliações com alta validade ecológica e integradas por meio da inteligência artificial entre jogadores de futebol do sexo feminino e masculino durante uma temporada. A hipótese a ser testada: as variáveis determinantes e as medidas de centralidade (física, metabólica, técnica e tática) em atletas do futebol masculino não serão análogas e nem passíveis de aplicação para as atletas do futebol feminino. Medidas de centralidade serão alteradas pela intervenção temporal em ambos os sexos.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Gustavo Guadagnucci Fontanari

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • valorização do potencial funcional da biomassa amazônica: atividade antioxidante e antimicrobiana de peptídeos e extrato concentrado de tortas descartadas após extração de óleo
  • O bioma amazônico abriga o estado do Pará, que contém uma imensa área de árvores que chamam a atenção por sua madeira e frutos silvestres. Dentre elas, as oleaginosas, que são utilizadas para extração de óleo e geram toneladas de biomassa (torta), atualmente descartada pela indústria. O desinteresse pela biomassa, se deve à escassez de informações sobre o potencial funcional dos constituintes que permanecem incorporados na torta após sua extração. A falta de exploração nas frações nutricionais ainda presentes na biomassa, faz de seus frutos interesse secundário na floresta amazônica. Como resultado, suas árvores tornaram-se o grande atrativo na região, contribuindo para o aumento do desmatamento na Amazônia. Desta forma, o aproveitamento dos subprodutos oriundos dos frutos da Amazônia, como a biomassa, contribui para despertar o interesse dos setores produtivos direcionados para os frutos ao invés das árvores. Assim, justifica-se o estudo da potencialidade funcional dos extratos e frações de peptídeos que continuam presentes nas tortas descartadas após extração do óleo pela indústria. É sabido o efeito que peptídeos bioativos exercem sobre funções orgânicas, entre eles, a ação antioxidante. A ação antimicrobiana é correlacionada com substâncias presentes nos extratos desses frutos, sustentando que é necessário a exploração de ambas frações presentes na biomassa. Para isso, as proteínas de três diferentes biomassas, a de tucumã (Astrocaryum vulgare), murumuru (Astrocaryum muru-muru) e andiroba (Carapa guianensis), serão isoladas e hidrolisadas com a enzima industrial alcalase, as frações peptídicas serão separadas por HPLC. O extrato concentrado da biomassa será obtido a partir de extração com solvente orgânico, juntamente com as frações peptídicas, serão avaliados a capacidade antioxidante, baseada no poder redutor férrico calculada a partir de uma curva com Trolox, e a atividade antimicrobiana será determinada utilizando o método de difusão de discos em ágar.
  • Universidade Federal Rural da Amazônia - PA - Brasil
  • 17/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Gustavo Henrique de Araújo Freire

Ciências Sociais Aplicadas

Ciência da Informação
  • ciência da informação no ciberespaço: inovação para pesquisa - ensino - extensão
  • O presente Projeto propõe o desenvolvimento de tecnologias digitais de informação e comunicação no campo da Ciência da Informação, mediante o intercâmbio de experiências e conhecimentos entre as Universidades Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Universidade de São Paulo (USP), através de seus Grupos de Pesquisa (CNPq), respectivamente, Informação e Inclusão social, Comunicação, Redes, Políticas de Informação, Observatório do Mercado de Trabalho do Profissional da Informação na Era Digital e Gestão da informação, Conhecimento e Tecnologias. O Laboratório de Tecnologias Intelectuais – LTi também é parceiro nesta proposta, através do Portal LTi e do Canal LTi no YouTube, onde serão disponibilizados documentos e artefatos digitais. Na presente proposta, teoria e prática se reunirão mediante aulas, palestras, cursos de curta duração e workshops promovidos pelos participantes e abertos a pesquisadores e profissionais em formação da área, com transmissão ao vivo pela Internet. Com relação às tecnologias educacionais, trata-se de uma inovação que pode agregar um valor inestimável às ações de pesquisa & desenvolvimento na área da Ciência da Informação, no Brasil.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Gustavo Henrique Goldman

Ciências Biológicas

Genética
  • a influência de proteínas quinases ativadas por mitógenos (mapk) na expressão de determinantes genéticos importantes para a virulência de aspergillus fumigatus
  • As MAP quinases e fosfatases são as principais vias de sinalização que coordenam respostas celulares de tolerância ao estresse em eucariotos. A natureza multifatorial do programa de virulência e patogenicidade de A. fumigatus no mamífero hospedeiro posiciona a resposta a diferentes tipos de estresses como um dos fatores mais importantes no processo de estabelecimento deste organismo como patógeno oportunista. Estas vias de sinalização e respostas celulares são importantes para a biossíntese, a organização e a remodelagem da parede celular, respostas a estresses oxidativos e a drogas antifúngicas, assim como a construção de biofilmes e a adesão tecidual. Além disso, as MAP quinases estão possivelmente envolvidas em outras características fundamentais relacionadas ao processo infeccioso e ainda não investigadas, tais como a disseminação na corrente sanguínea a partir do epitélio pulmonar e estratégias de evasão imunológica. A compreensão das redes metabólicas que são coordenadas pelas MAP quinases proporcionará uma oportunidade para a construção de vias de sinalização e respostas celulares importantes para a tolerância ao estresse e o estabelecimento do programa de virulência e patogenicidade de A. fumigatus no hospedeiro mamífero. Assim, os principais objetivos deste projeto são: (i) a identificação de fatores de transcrição específicos que são ativados durante diferentes estresses e que são dependentes de MAP quinases; (ii) a identificação de proteínas que interagem fisicamente com as MAP quinases quando A. fumigatus está exposto a diferentes tipos de estresse; (iii) a investigação de um possível "crosstalk" entre as diferentes MAP quinases de A. fumigatus durante diferentes tipos de estresse; (iv) a caracterização molecular de MpkB e a verificação se esta MAP quinase é importante para a virulência de A. fumigatus, e (v) a investigação das interações entre os mutantes de A. fumigatus gerados neste estudo com o hospedeiro murino imunossuprimido e imunocompetente.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Gustavo Henrique Gravatim Costa

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • ii feira de ciências da uemg frutal: estimulando inovações na educação
  • A II Feira de Ciencias da UEMG Frutal: Estimulando inovações na educação será; realizada como objetivo de inserir alunos do oitavo ano do ensino fundamental II ao terceiro ano do ensino medio, de 11 escolas publicas da cidade de Frutal-MG, dentro do contexto científico-tecnológico-educacional. Essa sera; realizada em ambiente virtual durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em outubro de 2021. Serao submetidos trabalhos nas areas de: Biologia, Quimica, Matematica, Fisica, Agronomia, Bioenergia, Tecnologia em Alimentos, Informatica e Geografia. Os trabalhos serao desenvolvidos ao longo do ano de 2021 pelos alunos da rede basica de ensino sob supervisao de seus professores, com acompanhamento de alunos de graduacao, pos-graduacao e professores da UEMG. Serao selecionados 40 projetos, sendo que cada trabalho devera ser proposto por grupo de no maximo 3 alunos. Essa seleco sera realizada por comissao formada por docentes da UEMG e alunos de pos-graduacao. A feira ocorrerá em ambiente virtual e terá duração de 5 dias. Os trabalhos serão submetidos anteriormente por meio de vídeos gravados que serão disponibilizados ao longo da semana, concomitantemente com outras atividades. Na feira, os 40 trabalhos serao novamente avaliados por docentes da UEMG e alunos de pos-graduacao, sendo que os 3 mais bem avaliados serao premiados com bolsas de iniciação científica júnior. Ao final, a feira de ciencias trabalhara com turmas de estudantes da rede basica de educaco, em numero aproximado de 1500. Desses, aproximadamente 120 (40 grupos de ate 3 alunos) serao selecionados para apresentacao. Alem disso, serao propostos cursos de capacitacao docente para professores da rede basica de ensino, para orientaca da organizacao e elaboracao das etapas dos trabalhos dos alunos “lives” sobre ciência no Facebook das escolas, conteúdos sobre ciências nas mídias sociais da Feira, curso de Raciocínio Lógico virtual, e visitas guiadas de alunos da rede basica de ensino nas dependencias da UEMG Frutal, visando integrar os alunos com a vivencia universitaria e contribuir na insercao dos estudantes na dinamica de funcionamento da instituicao fazendo despertar neles o interesse pelo ensino superior.
  • Universidade do Estado de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 08/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Gustavo José Luvizutto

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • elaboração de protocolo padronizado de avaliação para acompanhamento das manifestações neurológicas em pacientes com sars-cov-2
  • O coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2) é responsável por causar a doença COVID-19 e pode alterar funções do sistema nervoso central e periférico, dentre elas cognitivas, sensoriais e/ou motoras. Em um estudo recente com 36,4% pacientes com COVID-19 apresentaram manifestações neurológicas, e 18,7% necessitaram de tratamento intensivo devido ao comprometimento neurológico grave. As alterações neurológicas decorrentes do SARS-CoV-2 podem ter impactos negativos na funcionalidade à longo prazo. A implantação de protocolos unificados em rede sobre o monitoramento dos sintomas neurológicos pode esclarecer a evolução e impacto da SARS-CoV-2 na população. Portanto, o objetivo deste estudo será elaborar um protocolo padronizado para avaliação das manifestações neurológicas e verificar a evolução da doença causada por SARS-Cov-2. Trata-se de um estudo de coorte prospectiva. Os critérios de inclusão serão indivíduos com infecção por SARS-COv-2 após alta hospitalar e idade acima de 18 anos, além de indivíduos neurologicamente saudáveis pareados por idade e sexo. O projeto será dividido em três etapas: 1) elaboração e aplicação do formulário eletrônico para todos os indivíduos que testarem positivo para o COVID-19, informados por meio de lista da Secretaria da Saúde de cada município; 2) Triagem dos participantes para obtenção da confirmação do diagnóstico clínico e laboratorial de COVID-19; coleta dos dados extras por meio de entrevista com o participante/responsável e/ou análise de prontuário; identificação de dados clínicos por meio de entrevista e avaliação neurológica clássica; 3) aplicação do protocolo detalhado incluindo avaliação da função cognitiva por meio das escalas MOCA, Trail Making test e Digit Span Test; avaliação da atividade cerebral por meio espectroscopia funcional de infravermelho próximo (fNIRS), avaliação da olfação e gustação; avaliação da atividade elétrica muscular por meio de eletromiografia de superfície em membros superiores e inferiores; avaliação do teste de caminhada de 10 metros; aplicação do checklist da classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde (CIF); e avaliação da qualidade de vida por meio da EUROQOL. Os dados serão comparados com valores de referência da literatura para os testes propostas, bem como em uma população de indivíduos saudáveis, sem infecção por SARS-Cov-2 pareados por idade e sexo.
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 27/08/2020-26/09/2022
Foto de perfil

Gustavo Martini Dalpian

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • síntese e propriedades físicas de perovskitas híbridas orgânico-inorgânico de baixa dimensionalidade
  • Perovskitas híbridas (HPs)têm atraído atenção devido a propriedades optoeletrônicas com grande apelo para dispositivos de conversão de energia bem como emissores de radiação. A compreensão dos fenômenos físicos envolvendo as propriedades estruturais, eletrônicas, ópticas e de transporte elétrico é também de grande interesse científico. Apesar do grande progresso em eficiência, as principais desvantagens dessas HPs são a instabilidade sob condições ambientais e toxicidade. Em comparação com as HPs 3D, a família de baixa dimensionalidade exibe melhor estabilidade estrutural e alternativas variadas em composições e estruturas cristalinas. Nesta proposta, pretendemos obter um melhor entendimento sobre a síntese e propriedades de HPs de baixa dimensionalidade (0D e 2D) na forma de nanoestruturas, monocristais e dispositivos. Os dispositivos (células fotovoltaicas, dispositivos fotoeletroquímicos e emissores de luz) serão conjugados entre filmes 3D com estruturas 2D. Essa engenharia de interfaces 2D/3D pode resultar na otimização do dispositivo, melhor coleta de luz e transporte de carga e maior estabilidade. Estudaremos, experimentalmente e teoricamente, o efeito da pressão externa nas propriedades eletrônicas e ópticas nas amostras de baixa dimensionalidade. Esses estudos indicarão propriedades únicas, ajustáveis a objetivos específicos e sugerir novos materiais. Medidas serão realizadas no recém-finalizado SIRIUS (caracterização sob pressão). Obteremos melhor entendimento de alterações na fase cristalina, estrutura eletrônica e gap óptico, condutividade elétrica, fotoluminescência, bem como ARPES. Esse tipo de estudo nunca foi realizado em HPs 2D potencializando a obtenção de resultados único. Esta proposta foi elaborada de forma a ser composta por uma equipe com competências complementares – síntese/caracterização de nanoestruturas e monocristais; estudos das propriedades sob pressão; realização de cálculos teóricos; e fabricação de dispositivos optoeletrônicos.
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Gustavo Medeiros Freitas

Outra

Robótica, Mecatrônica e Automação
  • sistema de mapeamento e navegação de baixo custo para operação segura de dispositivos robóticos de serviço em plantas de produção
  • Dispositivos robóticos são empregados em tarefas de logística, inspeção, monitoramento e manutenção em plantas de produção, incluindo áreas industriais, agrícolas e de mineração. Essa robotização possibilita aumentar a segurança, padronizar processos, aumentar a eficiência e disponibilidade dos equipamentos, reduzindo acidentes e custos com manutenções não programadas. Para tal, estes equipamentos devem possuir funcionalidades autônomas e de operação assistida que dependem de um sistema de navegação capaz de perceber o ambiente, planejar os movimentos do robô de forma a garantir segurança na operação, levando em consideração a presença obstáculos no ambiente incluindo seres humanos e/ou outros robôs e veículos, e, por fim, comandar seus atuadores respeitando os limites físicos destes. Uma solução consiste no emprego de técnicas de localização e mapeamento simultâneos (SLAM), assim como o planejamento e controle de movimentos. Porém, a complexidade de tais algoritmos traz um alto custo computacional que dificulta o seu uso em ambientes com restrições computacionais. Implementações em tempo real, sensíveis à latência, assim como restrições de peso, consumo de potência e velocidade tornam necessário o desenvolvimento de algoritmos apropriados para implementações em sistemas embarcados com recursos limitados. Este projeto propõe o desenvolvimento de novos algoritmos otimizados para a sua eficiente implementação e desenvolvimento em sistemas digitais tais como MPSoC, empregando técnicas incluindo o LeGO LOAM baseadas em LiDAR, RTAB-Map, Dijkstra e RRT*, controles por campos vetoriais e preditivo. Os algoritmos serão testados em simuladores e plataformas robóticas aéreas e terrestres disponíveis na UFMG. Além disso, um sistema embarcado será desenvolvido para a validação dos algoritmos em operações de campo, mapeando ambientes por nuvens de pontos e controlando dispositivos e veículos inteligentes da Vale em áreas de mineração.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 09/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Gustavo Roese Sanfelice

Ciências da Saúde

Educação Física
  • ciclos olímpicos, mídia e inclusão
  • Este trabalho tem por objetivo analisar e interpretar os enquadramentos realizados pelos jornais Folha De São Paulo/Brasil e Zero Hora da cobertura jornalística dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Tóquio/2020, Paris/2024, bem como as formas de visibilidade de atletas paralímpicos brasileiros que foram aos respectivos Jogos. A identificação desses elementos se dará nos textos jornalísticos, fotos legendas, títulos, linhas de apoio (fragmentos de registro), enfim tudo que representar a pré-cobertura e cobertura dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Tóquio/2020 e Paris/2024. Serão consideradas as capas e contracapas dos dois jornais, bem como dos suplementos especiais dos jornais em suas edições online. Serão considerados todos os fragmentos de registro relativos à preparação para o evento nas respectivas sedes. Em relação a coleta de dados com atletas paralímpicos, realizaremos entrevista com atletas que representaram o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio/2020 e Paris/2024, considerando a representação desses atletas nas Paralimpíadas. Usaremos temo técnica de escolha dos participantes do estudo a ferramenta “bola de neve”, sendo que o ponto de partida será o atleta Gabriel Feiten atleta Paralímpico, mestre em Diversidade Cultural e Inclusão Social/Feevale que será o ponto de partida. Para o estudo, será utilizada a entrevista narrativa como técnica de coleta de dados, sendo elementos relativos as trajetórias e acesso e visibilidade olímpica balizarão as entrevistas. Todas as entrevistas serão realizadas pelo Google Meet. Para analisar as informações coletadas, o método a ser utilizado será análise de conteúdo de Bardin (2010). Para tanto, inicialmente é feita a exploração e a organização do material, seguidas da categorização dos elementos para a análise através do tratamento dos resultados encontrados nos relatos dos indivíduos estudados; por fim, far-se-á a análise, a inferência e a interpretação dos resultados.
  • Universidade Feevale - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Gustavo Sivieri de Araujo

Ciências da Saúde

Odontologia
  • influência da terapia fotodinâmica com fotossensibilizadores indocianina verde ou curcumina, e da medicação intracanal de hidróxido de cálcio, na adesão de pinos de fibra de vidro à dentina intrarradicular
  • Com avanço do Laser e Led, inovações ocorreram nos tratamentos da Área da Saúde, como a terapia fotodinâmica (TFD), sendo uma maneira alternativa no tratamento de doenças infecciosas. O tratamento endodôntico visa a descontaminação do sistema de canais radiculares (SCR) em dentes com necrose pulpar. Para este objetivo, diferentes estratégias terapêuticas são realizadas com intuito de reduzir os micro-organismos e seus produtos tóxicos. Estudos apontam que somente a terapia endodôntica convencional não permite que o SCR fique isento de infecções persistentes. Portanto, novas estratégias terapêuticas são investigadas para eliminar as infecções endodônticas. Estudos apontam que a TFD é utilizada na Endodontia após a realização do preparo biomecânico e antes do emprego da medicação intracanal de hidróxido de cálcio, para potencializar a descontaminação do SCR. Hipóteses: A TFD associada a medicação de hidróxido de cálcio não alterariam as propriedades mecânicas da dentina intrarradicular, cimento resinoso, resistência de união de pinos de fibra de vidro nos diferentes terços radiculares? Diferentes terços radiculares não influenciariam nas análises das propriedades mecânicas da dentina intrarradicular, do cimento resinoso, bem como, a resistência de união de pinos de fibra de vidro à dentina radicular? Nos últimos anos, Nosso Grupo de pesquisa estudou a TFD, nas propriedades mecânicas dentina intrarradicular, cimento resinoso, resistência de união de pinos de fibra de vidro com fotossensibilizador azul de metileno. Neste projeto de pesquisa será analisado a TFD com fotossensibilizadores indocianina verde comparada com curcumina e uso da medicação de hidróxido de cálcio nas propriedades mecânicas da dentina intrarradicular e cimento resinoso. Além disso, será avaliada resistência de união e a morfologia da interface adesiva da cimentação de pinos de fibra de vidro à dentina intrarradicular, caracterização da composição química e morfológica do substrato radicular.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Gustavo Tentoni Dias

Ciências Humanas

Sociologia
  • migração e o legado colonial: um estudo crítico sobre os manuscritos não-publicados de abdelmalek sayad.
  • Esse projeto de pesquisa explora, de forma crítica, a relação que os temas do colonialismo e neocolonialismo têm no desenvolvimento dos estudos sobre o fenômeno migratório na obra de Abdelmalek Sayad (1933-1998). Por meio de uma equipe de pesquisadores que se dedicam ao tema, a pesquisa foca em um denso levantamento documental a ser realizado na coleção de notas, manuscritos, correspondências e demais documentos deixados pelo autor e armazenados nos Arquivos Nacionais de Paris, na França. O estudo conta com uma ampla revisão literária, já em curso, e em ordem cronológica. Nosso objetivo, por meio dessa pesquisa, é compreender, por meio dessas fontes, como esse sociólogo, de origem cabila, ao longo de sua carreira acadêmica, na Argélia e na França, desenvolveu, de forma tão original e atual, conceitos e reflexões sobre o fenômeno migratório. Em particular, em que medida seus apontamentos sobre o colonialismo, lutas de independência argelina, violência no campo e, posteriormente, as políticas neocoloniais europeias sobre o continente africano, se fazem presentes em seu legado intelectual. Cientes do pouco acesso que seu pensamento tem, sobretudo, entre as gerações mais jovens de pesquisadores no Brasil, propomos realizar a publicação de artigos científicos, em revistas nacionais e internacionais, abertas e indexadas, livros disponíveis em PDF, organização de eventos gratuitos, bem como instituir uma rede internacional de pesquisadores.
  • Universidade Estadual de Montes Claros - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Gustavo Zambenedetti

Ciências Humanas

Psicologia
  • efeitos psicossociais da pandemia de covid-19 em municípios no interior do sul do brasil
  • A pandemia de covid-19 reconfigurou os modos dos sujeitos se relacionarem com diversas instituições sociais, como a saúde, a educação e o trabalho. Apesar da transição para um contexto pós-covid, é projetado que os impactos da pandemia não cessarão a curto prazo, abrindo a necessidade de estudos, com perspectivas interdisciplinares, que possam ampliar sua compreensão e estratégias de intervenção. Esta pesquisa interroga quais são os impactos psicossociais da pandemia de covid-19 em municípios no interior do Sul do Brasil. Tem como objetivo específicos: traçar os itinerários terapêuticos de pessoas que tiveram covid-19 e demandam processos de reabilitação pós-covid; mapear e analisar o processo de medicamentalização na saúde mental no contexto da pandemia; - conhecer e analisar as experiências de pessoas diagnosticadas com covid-19 em diferentes momentos da pandemia. Possui abordagem qualitativa, sob os referenciais da psicologia social da saúde, em convergência com a análise institucional, saúde coletiva e antropologia da saúde. Será desenvolvida em três municípios da região sul do Brasil: Marau/RS, Irati/PR e Prudentópolis/PR. A operacionalização ocorrerá em 3 frentes de trabalho: 1) Através de entrevistas, serão traçados os itinerários terapêuticos de pessoas com problemas de saúde decorrentes da covid-19 (pós-covid); 2) Através de levantamento em sistema de informação, será realizado o mapeamento da dispensação de psicotrópicos no período pré e durante a pandemia; 3) Através de entrevistas, serão analisadas as experiências de pessoas diagnosticadas com covid-19 em diferentes momentos da pandemia, observando-se os diferentes marcadores que interagem nas vivências do diagnóstico e acesso aos serviços de saúde. Espera-se ampliar a compreensão acerca dos aspectos psicossociais e das demandas em saúde e estratégias de cuidado em saúde, junto aos preceitos de integralidade e equidade nos serviços de saúde.
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste - PR - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Gutemberg de Vilhena Silva

Ciências Humanas

Geografia
  • a cooperação transfronteiriça do brasil: segurança pública sanitária, ações institucionais e temas relevantes
  • Os estudos de fronteira tomaram impulso com a ampliação de mecanismos de cooperação transfronteiriça, definida aqui como a cooperação entre autarquias locais e regionais de países limítrofes que tem por principal objetivo o enfrentamento de problemas comuns por meio de acordos internacionais. Na cooperação transfronteiriça, há as interações nas quais os países, em diferentes momentos, construíram pontes binacionais para fortalecer os mecanismos de cooperação entre pares de cidades fronteiriças, as cidades gêmeas. Hoje, no Brasil, há pontes em doze cidades gêmeas. Nosso problema é: como a cooperação transfronteiriça e as ações em segurança pública sanitária têm sido tratadas nas cidades escolhidas para a pesquisa? Para tanto, nosso objetivo geral é avaliar os temas de cooperação de maior destaque nas cidades gêmeas e as ações bilaterais na área da saúde. Em termos específicos, focaremos: i) na análise de quais temas e iniciativas mais se destacaram nos últimos 20 anos; e ii) na compreensão das ações de segurança pública sanitária em consequência do novo coronavírus. A equipe é formada, fundamentalmente, por docentes que trabalham em estados fronteiriços do Brasil e onde há pontes binacionais. Eles possuem experiência com estudos fronteiriços e trabalham em Programas de Pós-Graduação que têm as fronteiras internacionais como objeto relevante de análise. Além disso, cada pesquisador(a) possui especificidades em linhas de pesquisa que, no conjunto, demonstram ser plenamente possível executar as ações propostas. Em termos metodológicos, recorreremos a: i) sistematização e análise bibliográfica, documental e estatística; ii) trabalho de campo, por meio do qual faremos observação direta-indireta, registros fotográficos, entrevistas e aplicação de formulários; e, por fim, elaboração dos resultados (cartografias, artigos, relatórios, ações extensionistas e o documentário).
  • Universidade Federal do Amapá - AP - Brasil
  • 15/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Gyl Eanes Barros Silva

Ciências Biológicas

Genética
  • perfil genômico e metagenômico do câncer de pênis no maranhão: identificação e caracterização de potenciais biomarcadores de prognóstico
  • O câncer de pênis possui baixa incidência em países desenvolvidos, no entanto, há alta incidência em países em desenvolvimento como o Brasil. No país, o estado do Maranhão possui a maior incidência nacional e global já registrada da doença. Os principais desafios encontrados são a ausência de biomarcadores preditivos, especialmente para metástase linfonodal, condição que reduz consideravelmente a sobrevida dos pacientes. Diante disso, o presente estudo visa identificar e caracterizar assinaturas genômicas e metagenômica em câncer de pênis em uma área de alta incidência (Maranhão). Para isso, serão coletadas amostras de swab peniano (metagenômica) e tecido tumoral primário (Detecção HPV, exoma e mRNA-seq) e de linfonodos metastático (exoma e mRNA-seq) de pacientes em três hospitais no Maranhão. Esses pacientes serão caracterizados no âmbito sociocompoartamental, clínico e histopatológico. As amostras de swab serão submetidas a extração de DNA (DNeasy Powersoil, QIAGEN) e sequenciamento do microbioma utilizando a plataforma Illumina Novaseq (paired-end). As amostras de tecido (tumor e metástase) serão submetidas a extração de DNA e mRNA (AllPrep - QIAGEN) e sequenciamento do exoma e mRNA pelas plataformas NovaSeq S4 (2x150) e NovaSeq S4 (2x100), respectivamente. Os dados moleculares serão analisados por bioinformática utilizando pipelines específicos para cada metodologia. A detecção de HPV será realizada por dois métodos: (1) PCR qualitativa seguida de sequenciamento (método direto) e (2) Imuno-histoquímica (método indireto). Com uma abordagem inovadora e colaborativa entre a Universidade Federal do Maranhão e Universidade de São Paulo, acreditamos que a análise integrada dos dados obtidos nesta pesquisa contribuirá significativamente para identificação e caracterização de biomarcadores genômicos/metagenômicos de valor preditivo no câncer de pênis. Ademais, poderá revolucionar nosso entendimento sobre esse grave problema de saúde pública, especialmente no Brasil.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Gyselle Chrystina Baccan

Ciências Biológicas

Imunologia
  • envelhecimento e doença pulmonar obstrutiva crônica: estudo das relações entre os sistemas endócrino e imune
  • A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) é causada pela inalação de gases nocivos, que acarretam alterações nas vias áreas com limitação do fluxo aéreo decorrente de inflamação crônica. Fatores de risco, relacionados a sexo e idade, contribuem para o desenvolvimento ou agravamento da DPOC. Pacientes do sexo feminino apresentam mais dispneia, bronquite crônica e pior qualidade de vida. Dados do nosso grupo, indicam que as diferenças entre sexos observadas nos parâmetros clínicos da DPOC, estão relacionadas a diferentes respostas imunológicas, provavelmente devido a ação imunorregulatória da testosterona na produção de IL-10. Em relação à idade, existe uma maior prevalência da doença em pacientes acima de 60 anos, sendo que a DPOC é considerada uma enfermidade associada ao envelhecimento. Os pacientes idosos apresentam mais comorbidades associadas, maiores taxas de hospitalização e de mortalidade. Em relação à resposta imunológica, tanto a DPOC quanto o envelhecimento compartilham alterações semelhantes, e acredita-se que isso acarrete um “envelhecimento acelerado” nos pacientes. Durante o envelhecimento e a DPOC ocorre elevação da produção de citocinas, como IL-6 e TNF que levam a um declínio da resposta adaptativa e estimulação do sistema imune inato, resultando em um estado pró-inflamatório. Considerando-se que durante o envelhecimento ocorrem importantes alterações hormonais, interações entre os sistemas endócrino e imune poderiam contribuir para este estado de “envelhecimento acelerado”. Poucos estudos investigaram alterações endócrinas do envelhecimento em pacientes com DPOC e não encontramos artigos que relacionem essas alterações com resposta imunológica. Neste projeto, pretendemos investigar alterações endócrinas (DHEA, GH, cortisol) em pacientes com DPOC e avaliar possíveis associações com marcadores clínicos e citocinas. Assim, aspiramos elucidar mecanismos que contribuem para o desenvolvimento do estado de “envelhecimento acelerado” na DPOC.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 25/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Haiana Charifker Schindler

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • estudo de avaliação e validação clínica-laboratorial de testes diagnósticos rápidos point of care, de fácil uso e acessível em regiões com altos índices de tuberculose no brasil e índia.
  • A OMS vem priorizando a descoberta de biomarcadores em amostras biológicas diferente do escarro usados em testes point of care, no qual poderia ser utilizado no ponto de atendimento clínico para diagnosticar rapidamente todas as formas clínicas de tuberculose (incluindo a extrapulmonar) em indivíduos de todas as idades. A partir disso, a presente proposta visa obter validar testes diagnósticos inovadores tipo point of care, recomendados pela OMS, que seja rápido, de custo baixo e eficiente para diagnosticar a doença. Trata-se de uma doença negligenciada e apresentar-se como um sério problema mundial de Saúde Pública. Nos países em desenvolvimento é uma das principais causas de morbimortalidade. O controle da doença está focado no diagnóstico precoce e início rápido do tratamento específico. Porém, os métodos convencionais (baciloscopia e cultura) apresentam lacunas no diagnóstico, como baixa sensibilidade e demora na obtenção dos resultados, sobretudo em grupos vulneráveis. O GeneXpert é uma tecnologia de alto custo e não atende a proposta de teste ser point-of-care. A possibilidade de se ter acesso a técnicas inovadoras que podem trazer vários benefícios como possibilidades diagnósticas rápidas, com bom desempenho e point-of-care disponíveis nos serviços de saúde, sobretudo para população de baixas condições socioeconômicas, certamente, levará a um maior controle da doença, contribuindo assim, no planejamento de ações específicas, conjuntas, intersetoriais e articuladas, impactando na melhoria da eficácia do programa de controle da TB no Brasil. Além do que, esta pesquisa favorecerá a articulação entre pesquisadores nacionais e internacionais, profissionais de saúde e sociedade civil, possibilitando um aumento da sensibilização, captação, diagnóstico, e tratamento precoces.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/06/2020-30/06/2023
Foto de perfil

Haide Maria Hupffer

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • inteligência artificial para um futuro sustentável: desafios jurídicos e éticos
  • A Inteligência Artificial (AI) desponta como uma tecnologia que tem contribuído para a sustentabilidade socioambiental e econômica, destacando-se sistemas de IA para o desenvolvimento de energia limpa, gestão de impactos ambientais, cidades inteligentes, descontaminações, cadeias de fornecimento sustentável, monitoramento ambiental, agricultura de precisão e redução de emissões de gases de efeito estufa. Contudo, existe uma série de riscos que podem acarretar problemas quanto a previsibilidade, confiabilidade e robustez técnica e segurança de sistemas de IA projetados. Estes incluem: maior adaptabilidade quando as condições ambientais alteram ou mudam o seu funcionamento em resposta a desastres, superexploração dos recursos naturais, aumento da interação de múltiplos sistemas no mesmo espaço geográfico. A questão fundante da pesquisa está em responder o seguinte questionamento: Quais direcionamentos sistêmicos podem ser realizados pelo Direito neste novo terreno interessado nos avanços da IA para questões socioambientais e econômicas e ao mesmo tempo ser sensível aos riscos que podem gerar impactos ambientais e ao ser humano?A partir da matriz sistêmico-construtivista, a hipótese que se desenha parte da governança da IA entre os sistemas do Direito, Político, Econômico, Socioambiental e da Ciência, estruturas transdisciplinares capazes de identificar qualquer ação que lesione o meio ambiente e de assegurar que a IA seja capaz de realizar a distinção entre objetivos de sustentabilidade ambiental e objetivos meramente econômicos, diferenciar se não haverá, por decorrência de falhas e enviesamentos algorítmicos, danos ao ser humano e ao meio ambiente, assim como formas de mitigar riscos e danos ambientais. Objetiva-se indicar um conjunto de diretrizes e orientações jurídicas e éticas voltadas à sustentabilidade e responsabilidade ecológica como subsídios à resolução de conflitos e responsabilização do agente econômico em caso de falhas do sistema ou lesão aos direitos.
  • Universidade Feevale - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Halyson Irene Baltazar

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • sobre rigidez e deformações de métricas riemannianas e teoria do potencial em variedades riemannianas
  • Foi conjecturado em 1980 que métricas críticas do funcional curvatura escalar total, restrito ao espaço das métricas com curvatura escalar constante e volume unitário devem ser Einstein. Assim, nosso interesse principal será investigar sobre que condições esta conjectura é verdadeira. Destacamos os seguintes direcionamentos: A conjectura é verdadeira se a curvatura de Ricci for não-negativa? É possível provar a conjectura CPE sob a condição de curvatura de Weyl fracamente harmônica? Tal resultado estenderia, por exemplo, o caso W=0 obtido por Lafontaine, assim como o resultado mais recente sobre divW=0 provado por Baltazar, e outros. Outra temática surge quando Miao e Tam 2009 estudaram propriedades variacionais do funcional volume restrito ao espaço das métricas de curvatura escalar constante sobre uma variedade Riemanniana com métrica prescrita no bordo. Eles provaram que, dentre os domínios compactos em espaços forma simp. conexos, bolas geodésicas são as únicas métricas críticas. Os dois problemas relativos ao tema ficam então estabelecidos como: Dada uma métrica de Miao-Tam em um domínio compacto de Rn, Hn ou Sn, é possível mostrar que tais conjuntos são de fato as bolas geodésicas munidas com as métricas canônicas? As únicas métricas de Miao-Tam simplesmente conexas com bordo isométrico à esfera canônica são as bolas geodésicas em espaços forma? Em outra linha, estudaremos critérios para a hiperbolicidade e a biparabolicidade de uma variedade através de estimativas integrais. De um lado investigaremos o problema de Doyle proposto por A. Grigoryan sobre hiperbolicidade. Já para biparabolicidade vale ressaltar que estimativas integrais envolvendo o crescimento de volume, bem como sua relação com existência de funções potenciais e teoria de capacidade ainda não foram estabelecidas. Por fim, com o desenvolvimento de novas técnicas da teoria do potencial para mínimas, estudaremos novas condições para validade para conjectura de Liouville proposta por W. Meeks.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Harald Rene Klammler

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • análise dos mecanismos de recarga dos aquíferos urucuia e são sebastião através do uso de isótopos ambientais: contribuições para a gestão integrada de águas
  • O gerenciamento de recursos hídricos vem sendo praxe, desde longo tempo, em diversos países. O estudo e acompanhamento sistemático da explotação e contaminação dos aquíferos vem permitindo a adoção de medidas efetivas de gestão, visando à utilização racional desses recursos. Nesse contexto se inserem os dois aquíferos principais da Bahia, o Urucuia e São Sebastião, que vêm sofrendo intensa utilização das suas águas para atividades agrícolas e industriais, sendo necessária a definição de parâmetros específicos para a sua utilização racional e conservação. A recarga e tempo de residência de aquíferos são parâmetros fundamentais dentro do ciclo hidrológico. O seu conhecimento permite um melhor gerenciamento dos recursos hídricos e do uso do solo, também permitindo minimizar impactos adversos de transporte de contaminantes. Contudo, grandes incertezas permanecem em relação a diversos processos do ciclo hidrológico incluindo (1) a formação de infiltração profunda através da zona de solo, e (2) o armazenamento e transporte vertical da umidade infiltrada através da zona não-saturada de até 100 m e mais de espessura na região Urucuia, por exemplo. Enquanto (1) determina a quantidade efetiva de recarga, o conjunto de (1) e (2) determina a dinâmica dessa recarga no momento de atingir o lençol freático. Buscamos determinar a relevância destes processos no balanço hídrico dos dois aquíferos de estudo em termos de (1) armazenamento de volumes de água correspondentes a vários anos de recarga, (2) atraso de recarga até a zona saturada de vários anos, e (3) amortecimento de picos sazonais. Propomos a avaliação dos mecanismos de recarga através de amostragem e análise de isótopos ambientais de 2H e 18O com sensibilidade a evaporação na zona de solo, e de 3H, 13C e 14C para datação e estimativas de tempo de trânsito da recarga até a zona saturada. Elas serão feitas, levando em consideração a sazonalidade, em poços profundos, em águas superficiais e de precipitação.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025