Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Everton Castelão Tetila

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • aplicações de visão computacional e aprendizagem de máquina para detecção de insetos-praga, doenças e plantas daninhas na cultura da soja e do milho
  • A soja e o milho são duas culturas agrícolas com bom perfil nutricional e importante respaldo econômico para a indústria alimentícia. No entanto, ambas culturas estão sujeitas a ataques bióticos de pragas, doenças e plantas daninhas, podendo ocasionar a depreciação do produto final. Métodos de amostragem manuais, como pano-de-batida, rede-de-varredura, exame visual de plantas e exame de amostras de solo têm sido utilizados no Manejo Integrado de Pragas (MIP), Doenças (MID) e Plantas Daninhas (MIPD) e seus danos na cultura. Os resultados indicam que o manejo integrado pode reduzir os custos de produção ao diminuir o número médio de aplicações por pulverização, contribuindo com o equilíbrio ecológico e a preservação do meio ambiente. Por outro lado, inspeções regulares no campo são difíceis de serem realizadas com o MIP/MID/MIPD quando se tem grandes áreas de cultivo. Para superar essas questões, há uma motivação crescente ao uso de VANT na agricultura. Eles são capazes de sobrevoar uma plantação a poucos metros de altura com câmeras de alta resolução espacial para capturar imagens RGB em alta definição, o que torna possível desenvolver aplicações de visão computacional para detectar diferentes problemas no campo. Particularmente, estamos interessados em utilizar métodos de detecção de última geração (YOLOv5 e Faster R-CNN), capazes em detectar espécies de plantas daninhas, doenças e insetos-pragas presentes na cultura da soja e do milho. Com base nos resultados gerados pela detecção, os insumos podem ser aplicados em taxas variáveis nos pontos localizados com problemas, com o uso de arquivos de dados geoespaciais construídos na forma de mapas de recomendação de aplicação (shapefile), exportados para o maquinário agrícola que utiliza automação baseada em GPS. As tecnologias disponíveis indicam que há potencial para gerar sistemas de recomendação de aplicação de insumos de forma mais eficiente, com alta probabilidade de retorno econômico e baixo impacto ambiental.
  • Universidade Federal da Grande Dourados - MS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ezequiel Roberto Zorzal

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • realidade virtual aplicada ao ensino e treinamento médico sobre pé diabético
  • O Pé Diabético é uma das complicações mais comuns do Diabetes Mellitus e a principal causa não traumática de amputações de membros inferiores no Brasil. Estas complicações são evitáveis mediante diagnóstico precoce e atendimento oportuno. No entanto, mesmo em um contexto de ampliação do atendimento básico em saúde, este problema segue aumentando, o que sugere uma lacuna na capacitação dos profissionais da atenção básica em saúde no que tange ao diagnóstico e tratamento do Pé Diabético. Este projeto propõe o desenvolvimento de um simulador com Realidade Virtual para o treinamento dos estudantes e profissionais da atenção básica em saúde, visando colaborar no preenchimento desta lacuna. A aplicação será desenvolvida usando a game engine Unity, otimizada para a plataforma Oculus Quest e contará com elementos de gamificação para aumentar o engajamento dos usuários. O contexto de um atendimento médico em atenção básica será simulado com uma variedade de casos clínicos, incluindo diversos pacientes virtuais com diferentes estágios relacionados ao Pé Diabético, buscando prover uma gama de experiências verossímeis e distintas aos potenciais usuários. Pretendemos verificar a usabilidade, eficácia e quaisquer efeitos colaterais (cybersickness). A intenção é realizar estudos de campo com alunos e profissionais qualificados para identificar os principais benefícios e obstáculos à aplicação da tecnologia.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiana Andrade Machado

Ciências da Saúde

Educação Física
  • potência pico ou crítica: qual é o melhor preditor de desempenho em prova contrarrelógio de 20 km? uma proposta para a prescrição de treinamento em ciclistas de endurance recreacionais
  • Potência pico (Ppico) e potência crítica (PC) são variáveis aeróbias associadas à modalidade de ciclismo, utilizadas para avaliação, prescrição e monitoramento do treinamento de endurance e apresentam poder de predição para essas provas. No entanto, até o presente momento, não foram encontrados estudos que tenham associado essas duas variáveis, Ppico e PC no ciclismo, determinadas em rolo de treinamento smart interativo com provas contrarrelógio de 20 km em ciclistas de endurance recreacionais. Sendo assim, o objetivo será: i) comparar os efeitos de 12 semanas de treinamento de endurance sistematizado prescrito pela Ppico e seu tempo limite (tlim) com o treinamento prescrito pela PC determinadas em rolo de treinamento smart sobre variáveis fisiológicas, perceptuais e de desempenho e ii) correlacionar a Ppico e PC, com a prova contrarrelógio de 20 km em ciclistas recreacionais. A hipótese é que a Ppico apresenta maior correlação e poder de predição com o desempenho desta prova, sendo mais efetiva para a prescrição do treinamento comparada à PC, visto que a Ppico é uma intensidade determinada em teste de esforço máximo associada à IV̇O2máx e V̇O2máx e a PC é uma intensidade estimada. Serão 12 semanas de treinamento e 5 avaliações pré e pós-treinamento. Após as avaliações os cliclistas serão divididos em 2 grupos: GPP – treino pela Ppico e tlim e GPC – treino pela PC. As avaliações serão realizadas na bicicleta do participante usando rolo smart interativo. As relações entre as variáveis com a prova contrarrelógio de 20 km serão demonstradas pelo coeficiente de correlação de Pearson e erro padrão da estimativa. Modelos de regressão linear simples serão ajustados para estabelecer relação entre cada variável com a prova contrarrelógio de 20 km; Anova mista de medidas repetidas para comparar diferenças entre os testes e a prova contrarrelógio de 20 km, e comparação intra e intergrupos entre os momentos. Será calculado tamanho do efeito, com nível de significânci
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Cristina Frigieri de Vitta

Ciências Humanas

Educação
  • formação inicial de professores para a educação de bebês: percepção dos docentes nos cursos de pedagogia
  • Embora a promulgação da Base Nacional Comum Curricular tenha ocorrido no final de 2017, alterações nos currículos dos cursos responsáveis pela formação de profissionais para o atendimento aos bebês ainda estão em estudo, mas são desejáveis e necessárias. É importante que profissionais das diversas áreas que atuam com desenvolvimento e aprendizagem da criança nessa faixa etária possam contribuir para essa formação. A formação do professor para esta faixa etária deve contemplar a discussão do desenvolvimento infantil e as formas de promovê-lo, envolvendo as atividades da rotina de cuidados e o brincar. O objetivo do presente estudo será analisar e discutir a formação para o uso de atividades – de vida diária (AVD - higiene, alimentação e vestuário), com brinquedos, equipamentos de playground e música - na atuação educacional junto a bebês a partir da visão de docentes dos cursos de pedagogia da Unesp. Será realizado um estudo observacional, analítico e prospectivo com os docentes dos cursos de pedagogia da Universidade Estadual Paulista (campi de Araraquara, Rio Claro, Bauru, Marília, Presidente Prudente, São José do Rio Preto) que aceitarem e assinarem o termo de consentimento livre e esclarecido. A coleta de dados será com docentes responsáveis por disciplinas relacionadas à educação do bebê: questionário, seguindo roteiro semelhante ao dos graduandos e entrevista para aprofundamento dos temas. Após a organização dos dados, serão utilizadas análises descritivas e de conteúdo para cada etapa, com auxílio do software Atlas.ti. Por fim, os resultados dos dois instrumentos serão confrontados, permitindo ampliar o quadro relacionado à formação inicial do professor para atender a bebês na educação infantil. Este projeto acrescentará conhecimento na área de Educação, especificamente para a formação de professores e organização das práticas pedagógicas, com a colaboração da Terapia Ocupacional, que auxiliará no aprimoramento de uma educação de qualidade.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana de Souza Orlandi

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • covid-19, saúde mental e qualidade de vida: adaptação e validação de instrumentos para uso no brasil
  • A pandemia COVID-19 é uma grande crise de saúde que mudou a vida de milhões de pessoas em todo o mundo. Estudos confirmam que o surto de COVID-19 e o distanciamento social tiveram um alto impacto na saúde mental e qualidade de vida (QV) da população mundial. Neste contexto, a disponibilização de instrumentos de medida associados à esta relevante temática é imprescindível, tanto para prática clínica, quanto para pesquisa. Sendo assim, esta proposta almeja disponibilizar três instrumentos para uso no Brasil, sendo um específico para avaliação de comportamentos de proteção contra COVID-19 (Protective Behaviors towards COVID-19 Scale - PBCS), um questionário sobre experiências relacionadas ao coronavírus (Coronavirus Experiences Questionnaire - CEQ) e uma escala de avaliação do impacto da COVID-19 na qualidade de vida (COVID-19–Impact on Quality of Life - COV19-QoL), que aborda as principais áreas da QV em relação à saúde mental. Para tanto, almeja-se traduzir, adaptar e validar o PBCS, o CEQ e a COV19-QoL para amplo uso no Brasil. Trata-se de um estudo metodológico, que seguirá as etapas preconizadas por Beaton et al. (2000), que são: tradução, síntese das traduções, retrotradução, avaliação por comitê de especialistas, pré teste (n=40 participantes), apresentação e avaliação dos relatórios do processo de adaptação cultural e avaliação das propriedades psicométricas dos instrumentos. A validação será realizada com 300 participantes como recomenda literatura, aplicando-se instrumento de caracterização, o PBCS, o CEQ e a COV19-QoL (adaptados), a Escala de depressão, ansiedade e estresse (DASS-21) e a Escala de Desejabilidade Social de Marlowe Crowne e o instrumento de QV SF-36. Além disso, espera-se testar as propriedades psicométricas da versão brasileira dos instrumentos com profissionais de saúde e estudantes universitários de diferentes áreas. E também almeja-se criar aplicativos com as versões brasileiras do PBCS, do CEQ e da COV19-QoL.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Generoso de Izaga

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • painel maré de potências: cartografias em rede para inclusão e sustentabilidade
  • Painel Maré de Potências é um dispositivo inovador de tecnologia da informação no formato de dashboard que reunirá dados e informações sobre temáticas relevantes – potências – do conjunto de favelas da Maré (130 mil hab.), no Rio de Janeiro. A plataforma digital associará produtos de ações interdisciplinares iniciadas em 2019 e os da parceria constituída na UFRJ entre integrantes do Lab. de Estudos e Pesquisas em Cidades (LEC) do Programa de Pós-Graduação em Urbanismo (PROURB-FAU) e os professores e discentes de três outras instituições de ensino e pesquisa colaboradoras, numa ação conjunta com o Observatório de Favelas, destacada organização da sociedade civil, com sede na Maré. Busca contribuir para a construção articulada de processos de inovação social e tecnológica aliados à produção consistente de conhecimento e pesquisa sobre territórios populares historicamente invisibilizados. Há considerável número de estudos e pesquisas sobre áreas vulneráveis. No caso da Maré, encontra-se vasta produção intelectual oriunda tanto de instituições locais, bem como do ambiente acadêmico, mas que carecem de espaço de sistematização e atualização. Em termos metodológicos, as temáticas inicialmente abordadas organizam-se em três eixos, que interconectam campos disciplinares: Evolução Urbana e Cultura Política; Espaço Público e Práticas Culturais; Mobilidade Urbana e Sustentabilidade. A reunião e consolidação de pesquisas interdisciplinares, desenvolvidas por professores e discentes de graduação e pós-graduação oriundos de diferentes áreas do saber, resulta em ações em rede que buscam criar um amplo conjunto de dados territoriais antigos e recentes, construindo um corpo de saberes sobre a Maré. O Painel Maré consolidará conhecimento inédito sobre o território e disponibilizará os resultados através de ferramentas complexas de análise de dados, a fim de contribuir para ações públicas e privadas orientadas para a superação das desigualdades no Rio de Janeiro.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Kömmling Seixas

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • plataforma de bcg auxotrófico recombinante aplicada a saúde humana e animal
  • Mycobacterium bovis BCG é mundialmente usada contra tuberculose (TB) e como um dos tratamentos para câncer de bexiga e melanoma metastático. Esta vacina induz resposta humoral e celular e apresenta efeito protetor heterólogo contra doenças não relacionadas, além de possuir vantagens como potencial adjuvante, estabilidade a temperatura ambiente e baixo custo de produção. Por isso, estudos tem explorado a construção e uso de cepas recombinantes de BCG (rBCG) expressando antígenos heterólogos como vetor vacinal, com possibilidade de licenciamento para uso humano e animal, devido ao seu comprovado e seguro histórico de uso há mais de 100 anos. Nosso grupo tem trabalhado há mais de duas décadas na construção de rBCG aplicada à saúde humana e animal, com uma série de teses, artigos e patentes publicados junto ao PPGB/UFPel. Desenvolvemos uma cepa de M. bovis BCG ΔleuD auxotrófica para leucina. A inserção de um plasmídeo com o gene deletado complementa a mutação, mantendo a pressão seletiva in vivo sem empregar gene de resistência a antibiótico, contribuindo para maior estabilidade e segurança das cepas. Ainda, construímos uma série de plasmídeos que se replicam e expressam antígenos em BCG, usando uma estratégia de clonagem nomeada Biobricks, padronizando a clonagem de sequências em micobactéria. Assim, este projeto visa desenvolver e caracterizar vetores Biobricks para construir cepas de rBCG auxotróficas para leucina e avaliar o potencial destas cepas como plataforma para expressar antígenos bacterianos (Corynebacterium pseudotuberculosis), virais (SARS-CoV-2), parasitários (Trypanossoma cruzi) e como imunoterapêuticos para melanoma humano e canino, visando atender a demanda por vacinas e terapias mais eficazes para essas doenças de impacto à saúde humana e animal. Por fim, pretendemos caracterizar o perfil de resposta imune induzida por estas cepas in vivo, em animais imunizados com as vacinas recombinantes, e in vitro, em contato com células tumorais em cultivo.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 06/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Magalhães Teixeira Mendes

Ciências da Saúde

Nutrição
  • laboratórios em nanotecnologias – sisnano para o cenano
  • O INT é uma unidade de pesquisa integrante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC) e coloca o tema nanotecnologia como portador de futuro, integrando o plano diretor institucional. A nanotecnologia é tema de grande importância para o Instituto Nacional de Tecnologia, que há muito realiza iniciativas buscando consolidar ações na área. Tais ações possibilitaram a criação do centro de caracterização em nanotecnologia para materiais e catálise (CENANO). Os projetos de desenvolvimento e inovação na esfera deste laboratório possuem ação transversal e atendem às demandas estratégicas do país elencando entre seus temas prioritários aplicações na área de saúde, meio ambiente e energia (tradicionais e renováveis). As principais competências do INT em nanotecnologia são síntese, processamento e caracterização de nanopartículas e nanoestruturas. Neste contexto, destacam-se as áreas de Catálise e Processos Químicos (DCAP), Processamento e Caracterização de Materiais (DPCM), Corrosão e Degradação (DCOR) e de Ensaios de Materiais e Produtos (DEMP), que desde 2001 uniram esforços para implantar e consolidar o capital intelectual e a infraestrutura necessários ao desenvolvimento da nanotecnologia no INT. O CENANO visa atender as demandas de diversos setores, como órgãos governamentais, instituições de ensino e empresas privadas e estatais, atuando assim como instrumento de apoio às políticas governamentais e contribui para o avanço tecnológico do país. Além das pesquisas em nanotecnologia, o CENANO também corrobora com estudos (fora da dimensão nano) envolvendo biocombustíveis, ensaios de corrosão, e outros dedicados às demandas dos setores industriais. As principais competências do INT em nanotecnologia são síntese, processamento e caracterização de nanoestruturas. Na área de materiais há projetos relacionados à síntese e modificação química de nanopartículas, nanoencapsulamento de fármacos e suplementos alimentares, processamento de nanocompósitos e nanobiocompósitos poliméricos, desenvolvimento de nanoporosidade em superfícies de titânio, revestimento superficial de titânio com nanohidroxiapatita, síntese de membranas de nanofiltração e biocidas para remoção de microrganismos, entre outros. A área de catálise atua extensivamente no desenvolvimento de catalisadores com estruturas bem definidas em escala nanométrica. Sendo assim, é extremamente importante estudar a superfície dos materiais, a interação eletrônica da superfície e interfaces, morfologia, estrutura e a correlação destas com a reatividade e as modificações ocorridas nos processos de síntese e aplicação das nanoestruturas. Dentro das diversas atividades de pesquisa destacam-se dois temas: (i) Nanotecnologia aplicada à saúde e meio ambiente e (ii) Nanotecnologia aplicada à Energia. Neste escopo, podemos citar de forma resumida alguns projetos em andamento:
  • Instituto Nacional de Tecnologia - RJ - Brasil
  • 18/12/2019-31/12/2023
Foto de perfil

Fabiana Marion Spengler

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • ontem, hoje e amanhã: cartografia das políticas públicas brasileiras auto e heterocompositivas de acesso à justiça.
  • O Poder Judiciário não vem conseguindo oferecer respostas adequadas ao atual e complexo contingente conflitivo. Este cenário se agravou diante da situação de pandemia mundial (infecção por coronavírus – COVID19). Há cerca de uma década começaram a ser criadas resoluções e promulgadas leis instituindo e alterando políticas públicas autocompositivas (mediação, conciliação) e heterocompositivas (jurisdição estatal/não estatal e arbitragem) de solução de conflitos objetivando, dentre outras coisas, fortalecer e aprimorar o acesso à justiça previsto na Constituição Federal brasileira. Diante deste cenário, o projeto aqui proposto pretende a analisar a cartografia das políticas públicas brasileiras de acesso à justiça, especialmente no pós pandemia. Pretende-se responder ao seguinte problema de pesquisa: quais são as atuais políticas públicas (auto/heterocompositivas) de acesso à justiça, de que modo sua implementação e execução vêm sendo desempenhadas e quais são as perspectivas que se apresentam no pós pandemia, considerando a última década, no Brasil? A importância do tema de pesquisa proposto se justifica considerando que o acesso à justiça é um direito humano que garante o acesso a outros direitos, tais como o direito à vida, à liberdade e à dignidade. Estes direitos tornaram-se mais passíveis de violação no período pandêmico, mostrando-se ainda mais importante acessar à justiça como caminho para garanti-los. Assim, a hipótese trabalhada indica que o acesso à justiça brasileiro apresenta evolução, especialmente nos últimos 10 anos, com a inclusão/fomento de políticas públicas autocompositivas e heterocompositivas, especialmente implementadas e praticadas em plataformas virtuais no período (pós)pandêmico. A plausibilidade dessa hipótese está especialmente consolidada na legislação e na prática do sistema de justiça mundial (notadamente Itália e Espanha). O método de abordagem utilizado é dedutivo,de procedimento monográfico, a técnica de pesquisa monográfica.
  • Universidade de Santa Cruz do Sul - RS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiana Pilarski

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • identificação e diagnóstico automático de parasitoses em peixes de produção utilizando machine learning
  • A produção mundial de peixes tem sido crescente nas últimas décadas e este desenvolvimento tem sido impulsionado por uma combinação do crescimento populacional, aumento da renda, urbanização e forte expansão da produção de peixes. Todavia, juntamente com o desenvolvimento da piscicultura, há uma crescente preocupação com a questão sanitária, em que a atividade vem enfrentando entraves na produção e comercialização, por problemas com doenças, principalmente parasitos, que causam impacto negativo no desempenho produtivo e elevada taxa de mortalidade, além de propiciarem a colonização bacteriana. Portanto, a identificação de parasitos que acometem peixes é fundamental para tomada de decisão do gestor da produção, no entanto, para uma correta identificação exige-se um treinamento técnico longo e constante, no qual a maior parte dos empreendimentos não possuem, assim, o uso de sistemas robóticos na aquicultura têm gerado fazendas mais lucrativas e ecologicamente corretas. Estas novas tecnologias estão melhorando a avaliação da saúde e desempenho dos organismos aquáticos, permitindo que sistemas maiores e mais remotos tenham maior controle, eficiência e segurança da atividade aquícola. Dentre os desafios para o desenvolvimento desta tecnologia, estão a falta de um banco de dados robusto com imagens de qualidade dos parasitos e doenças em organismos aquáticos para treinar e desenvolver algoritmos. Assim, este projeto tem como objetivo desenvolver um banco de dados (Bigdata) com imagens dos principais parasitos que acometem os peixes de água doce (Argulus sp., Dolops sp., Epistylis sp., Ichthyophthirius sp., Lernaea sp., monogenéticos, Perulernaea sp., Piscinoodinium sp., tricodinídeos, tripanossomas e Neoechinorhynchus sp.) em pisciculturas comerciais no Brasil e utilizar a inteligência artificial (machine learning) para desenvolver algoritmos que auxiliem no diagnóstico automático destas doenças.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiana Quoos Mayer

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • caracterização da microbiota bacteriana e viral associada à tuberculose bovina
  • A tuberculose bovina é uma zoonose endêmica no Brasil, causada principalmente por Mycobacterium bovis. A doença é responsável por prejuízos econômicos ao setor pecuário e também por riscos de saúde pública relacionados à potencial transmissão do patógeno a humanos. A imunidade do hospedeiro desempenha um papel importante na susceptibilidade e patogênese da tuberculose. Por sua vez, a resposta imunológica à tuberculose é complexa e pode ser influenciada pela microbiota do hospedeiro. Assim, estudos prévios mostram que a composição e diversidade da microbiota intestinal podem influenciar na susceptibilidade e gravidade de doenças respiratórias em humanos, incluindo a tuberculose. Estudos também mostram que a microbiota das vias aéreas pode ser alterada no contexto de doenças respiratórias. Ainda, as alterações na microbiota relacionadas à infecção podem ser usadas como biomarcadores de status e progressão de doenças. Em bovinos, no entanto, o potencial impacto da microbiota intestinal e respiratória para o desenvolvimento da tuberculose é pouco conhecido. Assim, este projeto propõe investigar a composição e diversidade da microbiota bacteriana e viral, bem como a potencial associação à ocorrência de tuberculose em bovinos. Para isso, será realizado um estudo caso-controle no qual serão avaliados animais com e sem tuberculose, amostrados durante o abate. Será aplicado sequenciamento de alto desempenho e ferramentas de bioinformática para análise da microbiota bacteriana intestinal, pulmonar e do tecido linfático dos animais. Além disso, será também avaliado o viroma destes mesmos órgãos, por meio de uma abordagem metagenômica, possibilitando aprofundar a identificação dos vírus circulantes em bovinos, associados ou não à tuberculose. Espera-se que os resultados do estudo ajudem a elucidar a patogênese da tuberculose bovina e ampliar o conhecimento acerca da microbiota de bovinos.
  • Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação/RS - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Rossi Varallo

Ciências da Saúde

Farmácia
  • avaliação do impacto do cuidado farmacêutico em indivíduos com epilepsia farmacorresistente: modelagem farmacocinética/farmacodinâmica para a monitorização terapêutica baseada em amostras de saliva
  • O tratamento da epilepsia farmacorresistente é empírico, devido a ausência de diretrizes clínicas com evidências robustas para o manejo desta enfermidade. Por isso, recomenda-se a monitorização terapêutica (MT) de fármacos antiepilépticos (FAE) para aqueles em politerapia que não obtiveram o controle das crises epilépticas, que possuam risco de intoxicação, reações adversas e interações medicamentosas com desfechos clinicamente relevantes. O sangue é a matriz biológica mais comum para o doseamento sérico de FAE, mas por ser um procedimento invasivo, diminui a adesão do paciente. Evidências sugerem que a MT em saliva é viável para alguns FAE. Por isso, o estudo visa responder se a modelagem farmacocinética (PK)/farmacodinâmica (PD) e a MT de ácido valpróico, carbamazepina, fenitoína, fenobarbital, lamotrigina, levetiracetam e topiramato com o uso da saliva de indivíduos com epilepsia farmacorresistente contribui para a identificação, prevenção e resolução de problemas relacionados à farmacoterapia; e se há correlação das concentrações destes FAE nas matrizes biológicas estudadas (sangue e saliva). Para tanto, será conduzido um ensaio clínico não randomizado de braço único no Ambulatório de Epilepsia de Difícil Controle (AEDC) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, com a finalidade de avaliar o impacto do cuidado farmacêutico na individualização da farmacoterapia, efetividade, segurança e adesão ao tratamento, com o auxílio da modelagem e simulação farmacocinética/farmacodinâmica populacional dos FAE na saliva como ferramentas para a coleta de dados objetivos durante a anamnese farmacêutica.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiana Schneck

Ciências Biológicas

Ecologia
  • respostas tardias de comunidades aquáticas ao histórico de supressão e recuperação da vegetação de campos nativos
  • A conversão da paisagem é uma das principais ameaças à biodiversidade aquática. Porém, comunidades biológicas podem não responder imediatamente a mudanças na paisagem, fazendo com que paisagens similares possam diferir na diversidade de espécies devido a histórias distintas de mudanças. Ou seja, a diversidade atual pode ser mais relacionada a uma condição pretérita do que presente. Respostas tardias das espécies podem levar a um débito de extinção, quando espécies não são extintas logo após um impacto, ou podem resultar em um crédito de imigração, quando ainda não houve tempo suficiente para organismos colonizarem uma área após recuperação da paisagem. Assim, é fundamental compreender a importância do histórico de mudanças na paisagem sobre a biodiversidade. Iremos avaliar se riqueza e composição taxonômica e funcional atual de insetos, diatomáceas e bactérias em riachos de paisagens campestres são explicadas pelo legado (cobertura vegetal no passado) e pela trajetória (magnitude e direção) de mudanças no uso da terra ao longo de 36 anos, considerando as escalas local e da bacia de drenagem e tipos distintos de mudança no uso da terra (agricultura ou pastagem). Esperamos uma relação negativa entre riqueza e cobertura vegetal em trajetórias de perda de vegetação nativa, mas uma relação positiva em trajetórias de ganho. Prevemos ainda que a perda da vegetação nativa para uso agrícola tenha efeito mais pronunciado que outros usos, principalmente se ocorrer na escala local, pois tal uso leva a modificações duradouras nas características físicas de riachos. Além disso, a composição das comunidades deve ser mais homogênea entre paisagens com trajetórias de perda de vegetação, devido à perda de espécies sensíveis, que naquelas com ganho. Amostraremos 50 riachos com históricos distintos de perda ou ganho de vegetação nativa no bioma Pampa. Utilizaremos abordagens que permitem estimar atrasos nas respostas e técnicas analíticas modernas, além de técnicas de geoprocessamento.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Testa Moura de Carvalho Vicentini

Ciências da Saúde

Farmácia
  • vacina peptídica para uso tumoral: desenvolvimento e avaliação de nanopartículas biológicas como sistema carreador
  • O surgimento da pandemia causada pelo vírus SARS-CoV-2 impulsionou o desenvolvimento de novas vacinas com aprovação de vacinas utilizando tanto plataformas tecnológicas tradicionais como mais inovadoras. Nessa nova era de vacinas de subunidades feitas de proteínas, peptídeos ou antígenos de DNA, há uma necessidade maior de adjuvantes potentes que aumentem a imunogenicidade. Presente projeto propõe desenvolver e avaliar sistemas de liberação para veiculação de uma vacina peptídica para uso no tratamento de melanoma. Apesar da doença COVID-19 e melanoma apresentarem fisiopatologias, epidemiologias e outros aspectos divergentes, a busca por novos tipos profiláticos ou terapêuticos baseados em vacinas representa um ponto convergente e relevante tanto para contenção de uma pandemia, quanto para o estabelecimento de plataformas sólidas no tratamento de doenças como câncer. Objetivo final do projeto é a obtenção de uma formulação vacinal capaz de quebrar a imunossupressão que existe no ambiente tumoral para gerar uma resposta eficaz contra o mesmo. Considerando que são limitantes para as abordagens utilizando tecnologias imunoterapêuticas no tratamento de câncer o uso de adjuvantes imunológicos fracos, escolha inadequada do antígeno tumoral ou problemas na entrega da vacina, essa proposta se pautou de algumas estratégias para minimizá-los: Será utilizada uma vacina peptídica (EGFrvIII), associada à tumorigenicidade pelo aumento da proliferação celular e inibição da apoptose, com alta taxa de incidência em pacientes com melanoma e com o epitopo (PEPvIII) tumor específico e; Serão desenvolvidos e avaliados sistemas de liberação baseados em ferritina, proteína que possui uma estrutura capaz de se auto organizar em nanopartículas, e em função dessa propriedade, mais recentemente foi reconhecida por seu potencial como sistema carreador de fármacos. Os resultados obtidos contribuirão para a estruturação de uma nova linha de pesquisa a partir de um tema inovador,nanovacinologia.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiane Gomes de Moraes Rego

Ciências da Saúde

Farmácia
  • busca de biomarcadores e novas moléculas terapêuticas para o diabetes mellitus tipo 1
  • O Diabetes mellitus tipo 1 (DM1) decorre do déficit absoluto na produção da insulina, resultando em hiperglicemia crônica, que está associada a múltiplas complicações (retinopatia, nefropatia, neuropatia). O DM1 de início precoce (crianças) se diferencia daquele de início tardio (adultos) e ambos vem aumentando na população mundial. O projeto está centrado em três vertentes com eixo no controle glicêmico. 1º) biomarcadores séricos e moleculares (variabilidade genética) associados para identificar o DM1 precocemente (risco e/ou proteção) e suas complicações (controle glicêmico), 2º) avaliação in vitro (cultivo celular) de compostos de Vanádio em células hepáticas (HepG2) avaliando a eficácia destes compostos no metabolismo da glicose, e 3º) avaliação in vivo (Ratos Wistar; diabéticos-streptozotocinicos) do efeito dos compostos de Vanádio em estudo sobre o metabolismo da glicose e controle glicêmico como adjuvante à insulinoterapia. A relevância do estudo está assentada no fato que, a par da insulinoterapia e das medições da glicemia e hemoglobina glicada (HbA1c), poucas opções terapêuticas e de biomarcadores específicos estão disponíveis para o DM1. No contexto, investigamos a hipótese de compostos de Vanádio, que apresentam na literatura, redução da glicemia, melhora do perfil lipídico e do processo inflamatório, possam atuar como adjuvantes na terapia do DM1 melhorando o controle glicêmico e os riscos associados ao diabetes. Em paralelo, investigamos biomarcadores séricos (albumina glicada, apoB, citocinas, sRAGE, metaloproteinases, TNF-alfa, VEGFA, interleucinas, entre outros) e moleculares (polimorfismos) que permitam o diagnóstico precoce com elevada sensibilidade e especificidade, nos tipos de DM1 em estudo (crianças e adultos), e estratificação do controle glicêmico. Múltiplas evidências na literatura suportam as hipóteses propostas e a metodologia preconizada, sólida e estabelecida, permitem responder com consistência científica as premissas levantadas.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiane Santana Previtali

Ciências Humanas

Educação
  • trabalho docente na educação básica pública sob a nova gestão pública e as tecnologias digitais: uma abordagem brasil, argentina e portugal
  • Vivencia-se a introdução/difusão de tecnologias digitais nos processos produtivos, bem como o aprofundamento do neoliberalismo que reordena a esfera político-jurídica de regulação social sob os princípios da Nova Gestão Pública (NGP), os quais enfatizam as regras de mercado na esfera pública, levando à privatizações e terceirizações. Embora esse movimento seja global, países e regiões apresentam características particularidades em função de suas configurações histórico-sociais. A educação básica pública não está alheia às mudanças e as reformas educacionais tem sido implementadas sob orientação de organismos globais como FMI e OCDE e têm impactado trabalho docente que se vê sob novas exigências formativas, maior qualificação, e sob novas condições laborais flexibilizadas O objetivo do projeto é analisar as mudanças no trabalho docente, especialmente os jovens profissionais (até 6 anos de ingresso na docência após a licenciatura) quanto às demandas de formação profissional, às novas relações laborais e a configuração de uma nova subjetividade docente, especialmente a partir da Pandemia Covi-19 quando se tem a implementação do ensino remoto e do teletrabalho docente. A hipótese é que tem havido uma ampla reestruturação do trabalho docente cujos desdobramentos, qualitativos e quantitativos, impactam particularmente os/as jovens profissionais incluíndo-se o ensino e aprendizagem, em um processo que se aprofunda e traz novos elementos concernentes à rápida expansão do universo digital sob relações laborais mais flexíveis e com menor proteção social. A metodologia remete à análise comparativa, envolvendo uma rede de pesquisadores do Brasil (regiões sudeste, centro-oeste e sul), Argentina (região de Buenos Aires) e Portugal (Lisboa e região), de forma se reconhecer o sentido geral das mudanças, mas também confrontar as suas singularidades. O projeto se justifica pelos seus impactos inovadores no campo científico para a área, quanto à metodologia e impactos sociais.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 25/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano André Narciso Fernandes

Engenharias

Engenharia Química
  • aplicação da tecnologia de plasma frio para o melhoramento da qualidade de alimentos
  • O mercado de alimentos tem sofrido diversas mudanças nas últimas duas décadas, com consumidores comprando mais alimentos baseados nos benefícios que eles oferecem em termos de saúde e bem-estar. As novas demandas abrem novas oportunidades para as áreas de engenharia química e engenharia de alimentos. Neste contexto, a tecnologia de plasma frio coloca como destaque, pois ao processar alimentos a temperaturas próximas da temperatura ambiental há uma preservação da qualidade nutricional muito maior do que quando se utiliza as tradicionais tecnologias térmicas. A proposta principal deste projeto é de utilizar a tecnologia de plasma frio para melhorar as propriedades relativas à qualidade nutricional de dois produtos de alta relevância no mercado interno e nas exportações brasileiras: o suco de laranja e o café. E, também, de aprimorar as qualidades de um produto regional de grande relevância, o suco de caju, que sofre com as vendas ao mercado interno e externo devido a sua alta adstringência. O objetivo específico deste trabalho é utilizar a tecnologia de plasma frio e avaliar o efeito desta tecnologia na composição química de compostos alvos (compostos bioativos, compostos de aroma e sabor e efeito funcional dos produtos processados). Para tanto, as tecnologias mais avançadas em termos de caracterização de compostos químicos serão utilizadas. Além disso, os mecanismos envolvidos na alteração dos compostos alvo (fenólicos, flavonoides, ésteres, terpenóides e outros) contribuirão para elucidação dos mecanismos de interação entre as tecnologias de plasma frio e a matriz alimentar. Dentre as metas do projeto estão a redução dos compostos de off-flavor do suco de laranja, a redução da adstringência do suco de caju, e a modulação de aroma e sabor do café para produção de cafés especiais. A originalidade do projeto consiste na resolução destes problemas induzindo reações químicas similares as dos processos metabólicos, sem recorrer a uso de produtos químicos não-naturais.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiano Azevedo Dorça

Ciências Humanas

Educação
  • um sistema de recomendação personalizada de conteúdo em um ambiente inteligente de aprendizagem: uma abordagem baseada em ontologia e agente conversacional
  • Os sistemas de recomendação são amplamente usados no e-commerce, como sites de vendas e Netflix, para a recomendação inteligente de produtos, filmes e séries da preferência do usuário. No contexto do ensino-aprendizagem, o desafio desses sistemas é a recomendação personalizada de conteúdo educacional que atenda às necessidades do estudante conforme seu nível de instrução, conhecimento prévio e estilos de aprendizagem e cognitivo. Esse conteúdo educacional, tecnicamente denominado objeto de aprendizagem (OA), pode ser qualquer conteúdo que o estudante use para aprender, como textos, imagens, vídeos, exercícios de fixação, animações, páginas wiki e slides. Diversas pesquisas mostram que os estudantes podem aprender mais e em menos tempo por meio de bons sistemas de recomendação personalizada de conteúdo educacional. Esses sistemas tentam sugerir os melhores caminhos de aprendizagem considerando as características do estudante, reduzindo, assim, possíveis dificuldades pedagógicas. Um problema desses sistemas de recomendação é que o conteúdo dos OAs que eles recomendam aborda apenas um assunto e não é garantido que cubram diversos conceitos. Desconsiderar os múltiplos conceitos que o estudante precisa aprender é uma limitação desses sistemas que impede uma recomendação de OAs mais personalizada ao conhecimento do estudante. Além disto, sofrem dos problemas cold-start e esparsidade de ratings. O cold-start ocorre no contexto do e-learning devido à falta de avaliações (ratings) iniciais para novos estudantes ou novos recursos educacionais, o que inviabiliza recomendações confiáveis. A esparsidade de ratings ocorre quando há poucas avaliações de estudantes para o mesmo recurso educacional e não há sobreposição nas preferências de classificação. Para lidar com esses problemas, propõe-se um sistema de recomendação e sequenciamento de OAs baseado em um processo de recomendação híbrida que ameniza os problemas citados usando uma ontologia para modelar o conhecimento.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano Guimarães Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • sistemas integrados de produção agropecuária e segurança alimentar
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 07/01/2020-07/01/2025
Foto de perfil

Fabiano Guimarães Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • título: desenvolvimento de manejos para a polinização por abelhas sem ferrão em cultivo protegido e agricultura vertical (indoor) com sistema de iluminação artificial, visando à produção de morangos isentos de agrotóxicos e rico em bioativos
  • A adoção de sistemas agrícolas sustentáveis que forneçam alimentos mais nutritivos, isentos de agrotóxicos e que contribuam para a redução da insegurança alimentar, é estratégico para minimizar os efeitos das mudanças climáticas na produtividade e biodiversidade. A integração dos serviços de polinização por abelhas em ambiente protegido com sistema de iluminação pode ajudar nesse sentido. Abelhas sem ferrão, como a jataí, podem ser manejadas em sistemas de cultivo para garantir a polinização eficiente e melhorar o desenvolvimento de frutos como o morango. Aliado ao serviço de polinização, o cultivo de plantas em ambiente protegido com sistema de iluminação pode otimizar o desempenho fisiológico, as características nutracêuticas e o potencial produtivo. Sendo assim, objetiva-se com esta pesquisa desenvolver metodologias de manejo para o uso de abelhas sem ferrão em cultivo protegido (casa de vegetação e agricultura vertical indoor) com sistema de iluminação, visando a eficiência no cultivo de morango com alto valor fisiológico, alimentício e maior teor de bioativos. Os estudos serão subdivididos em três ensaios, 1 - avaliação do potencial da qualidades de luz de LEDs (branca, RGB 6:1:3, azul/vermelho 1:2 e azul/vermelho 1:3) no desempenho fisiológico, bioquímico e a produção de bioativos na cultura do morango; 2 - avaliação de comportamentos visuoespaciais das abelhas expostas a LEDs de distintas irradiâncias e a flores artificiais que simulam as estruturas florais e a reflectância natural do morangueiro; 3 - Estudos de pré-adaptação e aprendizagem das abelhas sem ferrão no ambiente de cultivo. Serão realizadas análises fisiológicas, bioquímicas e de produção, bem como a avaliação físico-química dos frutos, inclusive compostos bioativos e a viabilidade econômica do processo. Espera-se que essa proposta proporcione a criação de um sistema de manejo ambiental e economicamente sustentável, bem como contribua para a qualificação técnico-científica de recursos humanos.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 01/08/2022-31/08/2025
Foto de perfil

Fabiano Guimarães Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • desenvolvimento de metodologias e sistemas de iluminação leds para a produção de hortifruti ricos em bioativos, em cultivo protegido e agricultura vertical
  • A prática de agricultura urbana vertical com sistemas de automação da iluminação é uma alternativa que pode contribuir para melhorar a sustentabilidade, a resiliência das cidades e a segurança alimentar. Apesar dos inúmeros trabalhos existentes sobre o uso da luz, há uma lacuna sobre os métodos de cultivo e de adequação da luz que efetivamente contribuam com o melhor desempenho de culturas economicamente importantes como os hortifrutis, tomate e morango. Sendo assim, o objetivo dessa proposta é gerar tecnologias e conhecimentos no desenvolvimento de um sistema de agricultura urbana automatizado em ambiente controlado [casa de vegetação e sala de crescimento (indoor)], visando a eficiência no cultivo de morango e tomate com alto vigor fisiológico, valor alimentício e maior teor de bioativos. Para tal, inicialmente será realizada a criação de um módulo de iluminação de LEDs associado a um sistema de automação que monitore e controle a intensidade e qualidade da luz nos ambientes de cultivo. Os experimentos serão conduzidos em ambiente indoor e em cultivo protegido com suplementação luminosa, com 4 qualidades de luz (luz branca, azul, vermelha e azul/vermelha 1:1) e 2 sistemas de iluminação (intensidade constante e flutuação senoidal). Serão realizadas avaliações morfoanatômicas, fisiológicas, bioquímicas e nutricionais. Esta proposta, além de gerar conhecimentos sobre a eficiência das diferentes qualidades de luz na otimização da produtividade e no acúmulo de bioativos benéficos para a saúde, permitirá a criação de um sistema de cultivo sustentável com controle de operação remota, ofertando plantas mais produtivas e com maior qualidade nutricional. Adicionalmente, a participação de professoras doutoras em ciências agrárias da rede estadual de ensino e do doutor do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) contribuirão para a divulgação, popularização das técnicas e qualificação de recursos humanos nas tecnologias desenvolvidas.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano Lemes Ribeiro

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • leis de escala e aplicações em sistemas urbanos
  • Dado os enormes problemas associados à densificação das cidades, é urgente o desenvolvimento de uma ciência das cidades, que possibilite decisões técnicas e sistemáticas por parte dos gestores. Este projeto caminha nesta direção, com o objetivo de usar uma enorme quantidade de dados para identificar padrões urbanos e consequentemente explorar este conhecimento em políticas públicas e melhoria das condições sócio-econômicas das cidades. Mais especificamente, este projeto de pesquisa propõem o estudo de leis de escala em fenômenos urbanos, desde a coleta massiva de dados, passando pela análise e identificação de padrões e, finalmente, num cenário otimista, na proposição de teorias para conectar e explicar possíveis padrões identificados. Uma das vertentes a serem estudadas diz respeito ao número ótimo e localização de estabelecimentos comerciais. Segundo o IBGE, 6 em cada 10 empresas fecham suas portas ainda nos seus primeiros 5 anos de existência. Muitas vezes a razão deste fechamento se deve simplesmente pela má posição geográfica destes estabelecimentos. Gostaríamos de identificar nestes dados quais regiões em determinadas cidades de diferentes tamanhos são mais propensas (ou não) para o sucesso de uma empresa. Evidências empíricas mostram que a quantidade de infraestrutura per capita decai com o tamanho da cidade seguindo uma lei de potência bem definida. Isso implica em uma economia de escala que poderia explicar excessos ou carências de oferta/demanda em alguns setores comerciais dentro de uma cidade . Além de usarmos dados de agências especializadas, também usaremos o arcabouço da mecânica estatística para explicar os padrões observados, em especial os aparatos relacionados à teoria de escala, processos estocásticos e simulações computacionais.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • vibrios como biossensores de mudanças globais
  • A temperatura média da superfície do oceano global aumentou pelo menos 0,85 °C no último século. Ao mesmo tempo, os ecossistemas marinhos estão ameaçados pela exacerbação da acidificação e eutrofização. Abordagens inovadoras são necessárias para o estudo destas mudanças. Vibrios são considerados sensores para mudanças globais (Baker-Austin et al. 2017). Vibrios também são excelentes sensores para mudanças locais (Coutinho et al. 2019a). Verificamos que a água do mar mais quente e com maior concentração de fósforo e nitrogênio acelera a multiplicação desses microrganismos potencialmente patogênicos. Outros estudos no Atlântico Norte, Mediterrâneo, e Pacifico também tem demonstrado incremento de vibrios patogênicos nas últimas décadas (Vezzulli et al. 2012, 2013, 2016). Embora países desenvolvidos da Europa e de outros continentes já tenham reconhecido a necessidade de redes de estudo e monitoramento da saúde dos oceanos (Le Roux et al. 2015; Alter et al. 2011, Huehn et al. 2014, http://www.vibrionet.de/, https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs00103-011-1359-1 ), esforços conjuntos do BRICS ainda são escassos. Neste contexto propomos estabelecimento de projeto Brasil-India-China, coordenado pela UFRJ, para alavancar estudos avançados sobre a saúde do oceano global. Promoveremos a aplicação dos conhecimentos para melhoria dos padrões sócio-econômicos e de inovação.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 08/08/2019-31/12/2023
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • esponjas como biosensores de mudanças globais e como fonte para inovação em biotecnologia
  • Nosso projeto pioneiro propõe o uso de holobiontes esponjas (hospedeiro animal+microbiota) como biosensores de mudanças globais no continente Antártico e no extremo sul do continente sul americano. Outro aspecto inovador é o uso de esponjas como fonte para descoberta de novos produtos biotecnológicos. Faremos o levantamento da biodiversidade de microbiomas de esponjas e estudo das relações filogeográficas de esponjas da Antártida/América do Sul, visando mapear a diversidade em um contexto oceanográfico amplo que permita entender a biocomplexidade destes sistemas. Para tanto, usaremos análises de DNA, incluindo metagenômica, e marcadores moleculares (por ex. 28S e coi), e metabolômica para determinar a diversidade de esponjas, incluindo a diversidade taxonômica e funcional (por exemplo, com a exploração de possíveis micróbios simbióticos que conferem vantagens adaptativas aos seus hospedeiros holobiontes e clusters gênicos que codificam moléculas de interesse biotecnológico). Os microbiomas das esponjas Mycale magellanica, Mycale acerata, Kirkpatrickia variolosa, Phorbas, Sphaerotylus antarcticus, e Dendrilla antarctica serão avaliados por métodos independentes e dependentes de cultura. As esponjas podem ser importantes fontes de novas biomoléculas para produção de lipídios de armazenamento (TAG e/ou ésteres de cera), antimicrobianos, heparinas, e enzimas adaptadas ao frio. Os objetivos são i. obter os perfis taxonômicos e funcionais dos holobiontes de esponja selecionados de diferentes locais; ii. estabelecer uma coleção de isolados microbianos com relevância biotecnológica; iii. obter isolados microbianos produtores de lipídios; iv. obter isolados microbianos produtores de lipase; v. estabelecer uma coleção de clusters de genes com relevância biotecnológica e vi. expandir nosso banco de dados on-line do Bamba. Este projeto engloba pesquisa científica, tecnológica e inovação com foco no desenvolvimento da biotecnologia marinha e no uso de biosensores (holobiontes esponjas) para detectar possíveis mudanças globais. O estudo do microbioma de holobiontes esponjas deve revelar assinaturas metagenômicas e caracteres biogeoquímicos que evidenciam mudanças globais e a biocomplexidade dos sistemas marinhos. Estabelecemos equipe multi e interdisciplinares, incluindo pesquisadores das áreas de biogeoquímica, poluição marinha, microbiologia, biologia de esponjas, química de produtos naturais, e biotecnologia marinha. A nossa equipe engloba pelo menos 13 instituições brasileiras (UFRJ, UENF, LNCC, USP, FURG, UFSC, UFPE, UNB, UFAL, UFC, UFPA, UFPA e UFRGS) de diversas regiões geográficas, e cooperação internacional relevante, com equipes de pesquisadores de ponta da Argentina, Chile, Australia, Espanha, e Bélgica, todos com experiência em pesquisa na Antártica e ambiente austral. Vale destacar a participação de 6 instituições do norte/nordeste/centro-oeste. Esta rede contribuirá significativamente para a produção científica brasileira de qualidade e para a geração de conhecimentos científicos, tecnológicos e em inovação relacionados à biocomplexidade da Antártica.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 25/12/2018-31/12/2022
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • biodegradação, biorremediação e monitoramento de derrames de petróleo em sistemas marinhos da amazônia azul
  • Petróleo é lançado nos oceanos (> 600 mil toneladas/ano) naturalmente, ou devido a incidentes de derrame. Derrames de petróleo são comuns. Em agosto de 2019, manchas de petróleo pesado apareceram nas praias da Paraíba e Sergipe. As manchas se espalharam para mais de 500 localidades em Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Espírito Santo e no Rio de Janeiro (https://g1.globo.com/natureza/noticia/2019/10/08/lista-de-praias-atingidas-pelas-manchas-de-oleo-no-nordeste.ghtml). Já foram coletadas pelo menos 370 toneladas de resíduos nas praias nordestinas, principais afetadas pelo derrame, incluindo mais de dez áreas marinhas protegidas. Vale destacar a chegada de petróleo no Banco de Abrolhos, o maior sistema recifal do Atlântico Sul. A biotecnologia marinha oferece abordagens relevantes para o combate aos derrames de óleo, tais como, i. biodegradação, biorremediação, cultivos de microalgas degradadoras, consórcios biosurfactantes, e biopilhas para depuração de água e sedimento; ii, biosensores (metagenomas e metabolomas) para monitorar efeitos de poluentes nos sistemas marinhos, iii. monitoramento de sistemas marinhos por meio de abordagens ecológicas e mergulho, e iv. ensaios ecotoxicológicos acoplados com elucidação metabolômica. Estas abordagens permitem determinar os possíveis impactos causados por derrames de óleo nos sistemas marinhos. São opções tecnológicas relevantes para o desenvolvimento da biotecnologia marinha no Brasil. No presente projeto multidisciplinar, pretendemos analisar estas diferentes opções tecnológicas. O projeto abrange quinze instituições brasileiras, das regiões sul, sudeste, nordeste e centro-oeste. São sete pesquisadores Pq1 do CNPq, e quatro pesquisadores Pq2 do CNPq, de um total de 74 pessoas. A equipe inclui estudantes de IC, mestrado, doutorado, pós-docs, e técnicos. Como resultados esperados pretendemos contribuir para estabelecimento de tecnologias de ponta para o combate a derrames de óleo. Também pretendemos obter panorama abrangente sobre a saúde dos sistemas coralíneos de diferentes localidades (Pernambuco, Alagoas, Bahia) e contribuir para estabelecimento de protocolo para gestão de resíduos de derrame de óleo. O projeto multidisciplinar visa também estabelecer abordagens de ciência cidadã, educação ambiental, disseminação do conhecimento, e formação de recursos humanos na graduação e pós-graduação. Como principais impactos socio-econômicos e ambientais deste projeto podemos destacar i. formulação de tecnologias para aplicação no campo, ii. plano de gestão de resíduos, iii. valoração da biodiversidade com a aplicação em processos biotecnológicos e ampliação do campo da bioeconomia, iv. plano de combate aos derrames, empregando abordagens da biotecnologia marinha, v. disseminação do conhecimento em diferentes segmentos socioeconômicos, vi. tecnologia (plataforma de análise metabolômica) inovadora e transferível aos setores produtivos afins à cadeia de produção de petróleo e derivados, vii. engajamento de estudantes e comunidades nas problemáticas abordadas pelo projeto com abordagem de educação ambiental, e viii. inovação e formação de recursos humanos em biotecnologia, área prioritária para o MCTI de acordo com a Portaria MCTIC nº 1.122, de 19.03.2020 (http://www.mctic.gov.br/mctic/opencms/salaImprensa/noticias/arquivos/2020/03/MCTIC_define_prioridades_para_o_periodo_de_2020_a_2023.html http://www.mctic.gov.br/mctic/opencms/legislacao/portarias/Portaria_MCTIC_n_1122_de_19032020.html). O projeto ainda contribui para a formação de redes de pesquisa no Brasil, trazendo contra-partidas de infra-estrutura, recursos humanos, know how, e parcerias relevantes no Brasil e no exterior. A coerência da proposta está calcada nas suas metas, indicadores, e produtos esperados, visando contribuir igualmente para inovação e para questões socioambientais do nosso país.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Fabiano Quadros Rückert

Ciências Humanas

História
  • história e memória do saneamento básico no centro-oeste: abastecimento de água, coleta de esgoto e gestão de resíduos sólidos no mato grosso e mato grosso do sul (1964-2020)
  • A proposta visa investigar a expansão do saneamento básico nos Estados de Mato Grosso (MT) e Mato Grosso do Sul (MS), no período entre 1964 e 2020. O recorte cronológico destaca, no seu ponto inicial, a implantação do Regime Civil-Militar, e, no seu marco final, remete à Promulgação da Lei Federal n. 14.0620/2020. O projeto pretende explorar quatro fatores que impactaram na expansão das redes de água potável e esgoto e nas práticas de gestão de resíduos sólidos nas unidades federais contempladas. Esses fatores são: (1) os investimentos procedentes do Plano Nacional de Saneamento (PLANASA), executado entre 1971 e 1986; (2) o crescimento demográfico no MT e MS; (3) a redução nos investimentos públicos para o saneamento no período pós-PLANASA; e (4) o agravamento dos problemas socioambientais decorrentes da poluição hídrica e do descarte incorreto dos resíduos sólidos. Metodologicamente, propomos articular a coleta e análise de dados quantitativos e qualitativos, desenvolvendo uma pesquisa qualiquantitativa. Os dados quantitativos serão extraídos de instituições ligadas ao poder público, dentre as quais destacamos a extinta Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (SUDECO), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). No âmbito dos Estados, nos interessam dados produzidos pelas Companhia de Saneamento do Estado de Mato Grosso (SANEMAT). Os dados qualitativos, por sua vez, serão coletados em duas fontes distintas: a imprensa e os relatos orais. A opção pelo uso da imprensa se justifica pela possibilidade de identificar múltiplas percepções sociais a respeito das obras e serviços de saneamento ofertados pelo poder público. Quanto à opção pelo estudo de fontes orais, que será feita por meio da História Oral, ela se justifica pela possibilidade de coletar e analisar memórias de cidadãos que testemunharam a expansão do saneamento no MT e MS.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 24/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Almeida de Carvalho

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • literatura indígena: teoria, crítica e autoria em tempos de diversidade
  • A presente proposta se estrutura em dois eixos interdependentes: 1- no primeiro, se compromete a dar continuidade a realização de atividades de coleta, tradução, organização e publicação de textos originais da arte verbal indígena e, de forma conexa, aprofundar o processo de formação de mão-de-obra especializada (com a inclusão de sujeitos indígenas) para atuar como professores e pesquisadores da arte verbal indígena no contexto multifacetado e multicultural em que ora vivemos; 2 - No segundo, a proposta também se volta para o aprofundamento dos estudos sobre a maneira que as diferentes formas de manifestação da arte verbal indígena afetam e são afetadas pelas(s) concepção(ões) de autoria em que se estruturam, discutindo a questão autoral, esteio dos estudos literários, à luz da emergência da literatura indígena e do processo de reconfiguração da figura autoral em tempos de diversidade; 3 - em feixe, estes dois eixos, voltados para coleta, a tradução e a publicação de textos indígenas, bem como para a análise e o desenvolvimento de concepções teóricas capazes de lançar alguma luz sobre o caráter difuso da questão autoral em nossos dias, apontam para o enfrentamento de uma questão candente para o desenvolvimento da inteligência de nosso tempo, a qual encontra na equipe reunida em torno da presente proposta o melhor esteio para o seu enfrentamento.
  • Universidade Federal de Roraima - RR - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabio Carlos da Rocha

Engenharias

Engenharia Civil
  • teoria microestrutural de mindlin aplicada à análise de compósitos com defeitos estruturais via os métodos de elementos finitos e de contorno combinados com homogeneização matemática
  • O avanço nas aplicações dos materiais compósitos nos campos da defesa nacional, segurança pública, energia, mecânica, aeroespacial e construção civil, e conforme as diretrizes apresentadas no documento “Materiais Avançados no Brasil 2010-2022 (CGEE/MCTI)” evidencia a relevância da pesquisa na modelagem dos compósitos para a independência tecnológica do Brasil. Assim, este projeto propõe analisar a influência de defeitos em compósitos modelados pela Teoria Microestrutural de Mindlin (TMM) combinando Homogeneização Matemática (HM) e os Métodos dos Elementos Finitos (MEF) e de Contorno (MEC) considerando contato imperfeito não-uniforme. Salvo melhor conhecimento, esta abordagem integradora de técnicas analíticas e computacionais aplicada a este tipo de problema é inovadora. Nesta análise, serão considerados coeficientes rapidamente oscilantes em aplicações de compósitos laminados, fibrosos ou perfurados. Conforme evidenciado por trabalhos publicados, a análise pela HM é uma ferramenta relevante quando há separação de escalas estruturais, o que justifica sua utilização nas análises de problemas envolvendo micro e macro escala presente na TMM. Contudo, devido às dificuldades de resolução direta proporcionada pela complexidade da geometria, torna os métodos numéricos uma ferramenta complementar para acoplamento à resolução via HM. Em particular, pretende-se realizar a formulação variacional do acoplamento MEC/MEF para modelar as diferentes fases do domínio dos problemas locais que resultam da HM, começando pela lei de Hooke generalizada. Os casos particulares dos resultados obtidos serão inicialmente comparados com as soluções existentes, inclusive com algumas publicações desta equipe. Uma vez validada a abordagem proposta HM/MEC/MEF, inclusive para análise da influência dos defeitos estruturais, pretende-se estender sua aplicação na modelagem de compósitos que respondem à TMM e gerar resultados pilotos de referência para trabalhos futuros.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 07/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fábio Corrêa de Castro

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • a matemática a serviço da evolução humana
  • Nossa proposta é manter viva a nossa Mostra de Matemática e continuar levando diversão e conhecimento até às fronteiras do nosso Estado.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Fábio Costa Morosini

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • direito internacional economico heterodoxo: evidencias empiricas a partir do estudo dos investimentos chineses em economias de renda media
  • O papel que a China exerce no direito internacional econômico tem sido uma fonte de grande interesse no campo do direito internacional. A literatura emergente sobre a ordem economica chinesa argumenta que a novidade da interação da China com a ordem jurídica existente está na maneira como o país, ao tempo em que não abandona as ferramentas tradicionais do direito internacional econômico - como acordos de comércio e tratados bilaterais de investimento - desenvolve espacos regulatorios alternativos, e ferramentas jurídicas inovadoras para acomodar os seus interesses. Esta literatura, entretanto está majoritariamente concentrada em análises de impacto da ordem econômica chinesa em países desenvolvidos ou de menor desenvolvimento relativo. Este projeto de pesquisa, por sua vez, foca um uma categoria de países ainda muito pouco explorada na literatura, que sao as economias de renda media, como o Brasil. Este projeto objetiva 1) descrever as ferramentas de direito internacional econômico que emergem do encontro da economia chinesa (via investimentos diretos) com um grupo especifico de paises denominados de economias de renda media; e 2) teorizar essas ferramentas no contexto da ortodoxia do direito internacional economico. A principal hipótese desta pesquisa é que o encontro da ordem econômica chinesa com economias de renda média, a partir da análise dos investimentos chineses, produz um direito internacional econômico ainda não capturado pela literatura especializada. Para tanto, examinamos, em parceria com pesquisadores nacionais e estrangeiros, os instrumentos juridicos nos niveis macro, meso e micro mobilizados pela China no encontro com as seguintes jurisdicoes: Australia, Brasil, India, Nigeria e Uzbequistao. A pesquisa se ancora em pesquisa bibliografica e empirica, com o auxílio de um Computer-assisted qualitative data analysis software (CAQDAS), especificamente com o uso do software Atlas.ti©.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio de Souza Mendonça

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • plantas tóxicas para ruminantes em pernambuco, paraíba and alagoas
  • As intoxicações por plantas têm particular importância no território brasileiro pois surtos de intoxicação em herbívoros domésticos costumam ocorrer com frequência. Resultados prévios do indicam que Tephrosia noctiflora pode estar relacionada à ocorrência de uma nova doença de bovinos que ocorre na Zona da Mata de Alagoas, Pernambuco e Paraíba denominada por nosso grupo de pesquisa de “dermatopatia com aspecto de pele de elefante”. Com base em resultados prévios, identificamos que no Agreste Meridional de Pernambuco e na Zona da Mata de Alagoas, três espécies de Psychotria (P. hoffmannseggiana, P. colorata e P. capitata) podem ser importantes para bovinos por causarem surtos de intoxicação com evolução aguda e morte, similar ao quadro de intoxicações por plantas que contém monofluoracetato de sódio. Desta forma, estudos adicionais sobre a epidemiologia, sinais clínicos, patologia e a reprodução experimental dessas intoxicações precisam ser realizados para que se comprove a importância dessas espécies, como plantas tóxicas de interesse pecuário. Com esse projeto objetiva-se estudar a epidemiologia, os sinais clínicos e descrever as lesões macro e microscópicas da intoxicação espontânea por T. noctiflora em bovinos; Reproduzir experimentalmente a intoxicação por T. noctiflora em cobaias e ovinos; Determinar a concentração de rotenoides nas folhas e sementes de T. noctiflora; Estudar a epidemiologia, os sinais clínicos e as lesões macro e microscópicas da intoxicação espontânea por Psychotria spp. em bovinos; Reproduzir experimentalmente a intoxicação por Psychotria spp em coelhos e Identificar monofluoracetato de sódio em P. hoffmannseggiana, P. colorata e P. capitata. A epidemiologia, sinais clínicos e a patologia das intoxicações espontâneas por essas plantas serão realizadas nos municípios onde se obtiveram os históricos das doenças.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Fedrizzi Vidor

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • simulação e implementação de uma rede em corrente contínua (cc) de baixa tensão com a inserção de recursos energéticos distribuídos
  • Impulsionadas pelo aumento da conscientização ecológica com vistas a sustentabilidade, fontes de energia renováveis de pequeno porte vem se proliferando nas matrizes energéticas nacional e internacionais. Desta forma, o planejamento de sistemas de energia futuros deve considerar uma massiva inserção de recursos energéticos distribuídos (DER) tanto na geração quanto no armazenamento da energia. Tendo em mente a inadequação frente a inserção destes DER no sistema atual de baixa tensão que opera em corrente alternada (CA), a presente proposta visa explorar redes de baixa tensão em corrente contínua (CC) de modo a facilitar a inserção e operação destes recursos distribuídos. Além de redes CC não possuírem potência reativa e seus condutores apresentarem uma menor resistência equivalente, elas contam com um controle de tensão e sincronismo facilitados para a inserção de DER intermitentes (ex.: geração eólica e solar). Adicionalmente, se considerar que a grande maioria das DER são intrinsecamente fontes de energia CC ou que possuem uma etapa de retificação e inversão para sincronismo com redes CA, múltiplas etapas de conversão de energia (CC->CA ou CA->CC->CA) são evitadas ao se utilizar diretamente uma rede CC, aumentando assim a eficiência global do sistema. A metodologia empregada será baseada em simulações e na implementação prática de uma rede CC de baixa tensão em escala. Adicionalmente, diferentes modos de operação da rede (normal e com falta) serão avaliados, além dos procedimentos para modificação de redes CA para redes CC com o mínimo de alterações possíveis. Em suma, juntamente com o avanço dos estudos relacionados a redes CC para inserção de DER, a presente proposta tem como objetivo a implementação prática de uma rede em escala para validação e complementação das simulações executadas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabio Fonseca de Castro

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • comunicação, diversidade sociocultural e desenvolvimento na amazônia. uma etnografia das práticas comunicacionais em mocajuba, pará.
  • A evidente relação entre a Comunicação, diversidade sociocultural e desenvolvimento social sustentável resta pouco investigada, tanto no campo comunicacional como em suas áreas conexas. Não obstante, muitas são as práticas e estratégias de comunicação – midiática, interpessoal e social – utilizadas na vida cotidiana de populações tradicionais, em sua relação com os agentes econômicos, com o poder público e com as demais instituições da sociedade civil. Esses processos são particularmente intrigantes em espaços com grande complexidade sociocultural, pouca cobertura jornalística e midiática e acesso prejudicado às tecnológicas de produção e difusão de conteúdos, como é o caso da Amazônia. O objetivo deste projeto de pesquisa é compreender como práticas e estratégias de comunicação são utilizadas, por certas populações amazônicas do município de Mocajuba, Pará, tradicionais ou subalternizadas, no seu relacionamento com a sociedade que as envolve. O projeto constrói a hipótese central de pesquisa de que as interconexões comunicacionais entre as redes urbanas e rurais amazônicas e entre as experiências e saberes locais e as experiências e saberes globais se auto-produzem como uma bricolagem produtora de materialidades e estratégias que permitem utilizar os instrumentos e práticas comunicacionais na reivindicação de direitos. Especificamente, procuraremos compreender como o uso dos meios de comunicação e das tecnologias de informação e comunicação (TICs), seja enquanto fonte de informação, seja como dispositivos de produção da opinião pública, seja, ainda, como dispositivos de conexão social, permitem a interação, a ponderação e a consolidação de percepções de mundo e tomadas de posição diante das questões relativas ao desenvolvimento. O projeto busca compreender as experiências sociais comunicacionais desdobradas em territórios amazônicos e como essas mesmas experiências tanto derivam como constituem as várias paisagens e realidades amazônicas.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabio Frezatti

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • usos diagnóstico e interativo do sistema de controle gerencial como potencializadores das respostas estratégicas em tempo de pandemia
  • 1.A pandemia COVID-19 gerou mudanças enormes e as organizações adotaram diferentes opções em termos de respostas estratégicas para seus negócios, trazendo consequências para a própria sustentabilidade delas. 2.Algumas dessas respostas afetam estritamente o curto prazo e outras também o médio e longo prazos e, num primeiro momento, o mais importante era dar sequência às atividades; num segundo momento, espera-se sequência que produzam resultados de longo prazo. 3. Algumas respostas decorreram da existência ou não de estrutura de controle gerencial e/ou perfil de resultados financeiros. As lacunas identificadas e que motivaram a pesquisa foram: i.os trabalhos anteriores sobre as respostas estratégicas das empresas foram desenvolvidos durante o momento de ocorrência da pandemia, sem que fosse possivel obter um olhar de resultados obtidos, ii.análise das combinações dos “pacotes” das respostas estratégias associadas ao sistema de controle com uso diagnóstico e uso interativo e iii associação de resultados financeiros com os diferentes “pacotes” de respostas estratégicas. 4. O objetivo desta pesquisa consiste em identificar as várias respostas estratégicas implementadas e verificar associação com os mecanismos de uso diagnóstico e de uso interativo das organizações investigando o perfil do pacote de respostas estratégicas. A macro questão da pesquisa é: quais os principais fatores que influenciaram as respostas estratégicas das organizações? 5. A pesquisa é viável pois: i.existem construtos disponíveis, tais como o das respostas estratégicas (Wenzel, Stanske, & Lieberman, 2021) e dos sistemas de controle diagnostico e interativo (Simons, 1995), ii. o desenvolvimento do levantamento é viável e a equipe já desenvolveu pesquisas similares, dominando os elementos conceituais e técnicos. 6. Consiste em pesquisa quantitativa, a partir de aplicação de questionário sobre população de empresas brasileiras e tratamento por estatística multivariada.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Gonçalves Daura Jorge

Ciências Biológicas

Ecologia
  • efeitos sistêmicos de uma rara cooperação boto-pescador
  • Cooperação é um paradoxo evolutivo e uma escolha geralmente incompreendida. Em um mundo de ações egoístas, como emerge a cooperação? Interações cooperativas entre indivíduos ou entre espécies intrigam pesquisadores por mais de século—um debate acadêmico que originou uma sólida base teórica em múltiplas disciplinas acadêmicas. Porém, tal avanço também gerou uma lacuna entre teoria e mundo real. Pouca atenção foi dada a estudos empíricos que validem as expectativas teóricas, e muito menos às consequências da cooperação além de custos e benefícios individuais. Pode um evento cooperativo influenciar a dinâmica da população, comunidade e de um sistema ecológico como um todo? Esta proposta representa uma rara oportunidade de combinar dados empíricos com modelos teóricos para responder tais perguntas mediante um estudo em longo prazo de uma cooperação interespecífica entre botos e pescadores artesanais forrageando por um recurso comum, a tainha. Esta interação compõe o repertório cultural local—tanto de pescadores quanto de botos—por mais de 120 anos, porém pouco se sabe sobre os mecanismos que a mantém e suas consequências para as populações e ecossistemas em que está inserida. Entender tais mecanismos é fundamental para predizer as condições mínimas de disponibilidade de recursos e perturbações antrópicas para que os serviços ecossistêmicos desta interação sejam mantidos. A partir de coleta sistemática de dados empíricos, desvendaremos os mecanismos comportamentais da interação boto-pescador, e estimaremos parâmetros populacionais de botos, pescadores e recursos pesqueiros. Para investigar se a interação influencia a dinâmica e viabilidade das populações de botos e pescadores, desenvolveremos múltiplos modelos matemáticos—jogos estratégicos, numéricos e estocásticos—para predizer a estabilidade da interação boto-pescador e trajetórias populacionais em diferentes cenários de disponibilidade de recurso e perturbações antrópicas. Como esta interação é parte de um ecossistema maior, o Sistema Estuarino de Laguna (SEL), é preciso entender como ela pode influenciar níveis mais altos de organização—tanto o ecossistema quanto o contextos social e econômico a ele associados. Para compreender a interdependência entre esta interação cooperativa e os demais contextos, combinaremos dados biológicos da comunidade ecológica com dados sociais humanos em modelos ecossistêmicos e bioeconômicos. Estimaremos diversos componentes biológicos do SEL para construir um modelo ecossistêmico que descreva o funcionamento do ecossistema em diversos cenários de variações na dinâmica pesqueira e da interação boto-pescador. Estimaremos também o papel das atividades pesqueiras nesse ecossistema mediante a construção de modelos bioeconômicos para buscar soluções economicamente ótimas, socialmente justas e ecologicamente sustentáveis para o manejo de um conjunto de pescarias. Esta etapa final considerará o conhecimento integrado do ecossistema para criar cenários preditivos que integrem aspectos ecológicos, sociais e econômicos do SEL para então serem discutidos de forma participativa com os principais atores do SEL em busca de soluções. Ao desvendar fundamentos de interações ecológicas e gerar novas hipóteses sobre suas influências através de escalas biológicas, esta proposta contribuirá com o conhecimento teórico de ecologia comportamental, de populações, comunidades e ecossistemas. Ao compreender o funcionamento deste sistema, poderão ser fomentados esforços de conservação integrados, que considerem a interação do contexto ecológico com os culturais, sociais e econômicos das pessoas que dele dependem. Assim, esta abordagem interdisciplinar integrará todos os saberes e pesquisas em um novo sítio de Pesquisa Ecológica de Longa Duração que combine ecologia teórica e aplicada para gerar conhecimento científico que ofereça soluções para as demandas da sociedade.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 10/12/2020-31/12/2024
Foto de perfil

Fabio Henrique Barros de Lima

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • investigação de reações envolvidas em conversão eletroquímica de energia
  • O cenário atual, com o acentuado efeito negativo sobre o meio ambiente da liberação de dióxido de carbono na atmosfera, leva à necessidade de pesquisas em energias renováveis. Assim, é desejável desenvolver e aumentar a eficiência e a versatilidade de sistemas de conversão de energia tais como eletrolizadores e células a combustível. Em consonância com estes aspectos, os principais objetivos deste projeto incluem investigações de processos eletrocatalíticos relacionados com a (i) redução eletroquímica de dióxido de carbono para "armazenar" energia elétrica e, ao mesmo tempo, produzir moléculas combustíveis ou precursoras para a produção de combustíveis, tais como metano, etileno ou outras moléculas maiores, e monóxido de carbono; (ii) eletrólise da água e de nitrogênio molecular, com o objetivo de gerar vetores transportadores de energia como hidrogênio e amônia, para posterior uso em células a combustível (ou em turbinas a gás, para o caso de hidrogênio) para a geração de energia elétrica e; (iii) a eletrocatálise da oxidação de álcoois produzidos pela biomassa, como o etanol, para a sua conversão em energia elétrica ou reforma eletroquímica para a produção de hidrogênio. Em todos os casos das pesquisas mencionadas acima, esta proposta terá foco no desenvolvimento eletrocatalisadores com alta atividade e eficientes, com investigações guiadas por técnicas acopladas com células eletroquímicas, principalmente com cromatografia gasosa associada com espectrometria de massas. A meta final é o desenvolvimento de eletrolisadores e células a combustível que operam em condições reais de aplicação prática. A interpretação dos resultados eletroquímicos associados com as técnicas analíticas será baseada nos mecanismos reacionais globais e o tratamento dos dados será realizado tendo-se como ponto de partida as bases conceituais e o formalismo desenvolvidos em experiências prévias da equipe de pesquisadores desta proposta.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Henrique Gomes Ribeiro

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • educação musical e democracia: relações entre posicionamento político-ideológico e contextos de prática e formação musical especializada
  • Esta proposta tem como tema as relações entre música e democracia. Considerando a complexa realidade democrática atual e estudos desenvolvidos sobre práticas musicais e processos de formação em música, pretende-se avançar na compreensão das relações entre tais dimensões e posicionamentos político-ideológicos no contexto brasileiro, a partir da realidade específica da cidade de João Pessoa/PB. Assim, propõe-se identificar e compreender as principais relações entre os posicionamentos político-ideológicos de estudantes de música em escolas especializadas e seus contextos de prática e formação musical. Esse direcionamento investigativo possibilitará a compreensão da realidade democrática a partir de um campo ainda pouco explorado, vinculado fundamentalmente às práticas musicais e formativas, possibilitando uma perspectiva teórica centralizada no campo da música, mas com aberturas epistemológicas significativas. Embora existam estudos musicais que contemplem dimensões político-ideológicas, estes se apresentam de forma transversal, cedendo lugar a outras perspectivas centralizadoras. Esta realidade tem nos apontado a necessidade de um direcionamento investigativo centralizado nas relações entre os aspectos performáticos, educativos e político-ideológicos da música. Assim, tem-se uma perspectiva teórica e analítica transdisciplinar mediada pelas subáreas da etnomusicologia, da educação musical e da ciência política em torno de estudos da performance, da formação musical em contextos especializados e dos estudos sobre posicionamentos politico-ideológicos na juventude. O trabalho está metodologicamente delineado como um estudo de casos múltiplos a partir de uma abordagem mista de pesquisa, compondo-se de instrumentos quantitativos e qualitativos de coleta, produção e organização de dados. A base analítica e interpretativa será organizada a partir de uma abordagem fundamentalmente qualitativa, articulando as dimensões teóricas e empíricas do estudo.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Hissa Vieira Hazin

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • ecologia, pesca e genotoxicidade de peixes no arquipélago de são pedro e são paulo
  • O Arquipélago de São Pedro e São Paulo (ASPSP) é o menor e mais distante grupo de ilhas oceânicas brasileiras, e é considerado um “hotspot” de biodiversidade, apresentando o mais elevado grau de endemismo insular. Além disso, é um importante sítio de reprodução e alimentação para diversas espécies pelágicas e migratórias e um dos mais remotos pontos de pesca comercial. No intuito de manter o equilíbrio, a produtividade e a biodiversidade local, o presente projeto objetiva, em parte, dar continuidade a metas estabelecidas em projetos anteriores, e ao mesmo tempo, propõe objetivos inovadores, como analisar a contaminação por presença de microplásticos em estômagos de peixes e avaliar a genotoxicidade ambiental no ASPSP. A despeito do conhecimento prévio referente à composição das capturas provenientes da pesca comercial no ASPSP, tencionamos investigar informações mais recentes acerca da abundância relativa, das tendências anuais, e das variações sazonais das principais espécies capturadas nas pescarias, atualizando uma série histórica de vinte anos de atividade pesqueira, e em adição, traçar um mapeamento detalhado das operações de pesca, especialmente em razão das fortes variações sazonais observadas nesse remoto ecossistema insular. Metodologias não letais, como gravação de vídeos por meio de Baited Remote Underwater Video (BRUVs) e marcação com transmissores acústicos, com o intuito de verificar a movimentação diária dos tubarões nos arredores do ASPSP, serão continuados no desenvolvimento dos estudos de biodiversidade e comportamento dos animais. A continuidade dos estudos de ecologia reprodutiva e trófica dos peixes pelágicos e o estabelecimento de estudos de idade e crescimento de espécies locais de água profundas, são fundamentais para compreender o impacto que a pesca comercial pode ter sobre os estoques e a história de vida das espécies demersais, em particular quando se considera a lacuna de informação para espécies de mar profundo em ambientes tropicais. Embora a biologia e a estrutura populacional de diversas espécies de teleósteos e elasmobrânquios presentes no ASPSP já tenham sido elucidadas pela equipe proponente, tencionamos investigar ainda a biologia de Canthidermes sufflamen, Promethichthys prometheus e Physiculus cirm em função das capturas pouco expressivas realizadas em projetos anteriores. Os estudos de genotoxicidade do ambiente pretende averiguar a redução de diversidade no ASPSP, verificando a ocorrência de dano genômico nas células dos organismos através de análise de amostras sanguíneas de espécies-alvo da pesca comercial e também da fauna acompanhante. Diante do exposto, a presente proposta delineia seus objetivos visando o planejamento adequado das ações de ordenamento e conservação necessárias para assegurar a sustentabilidade da atividade pesqueira e a conservação das espécies que frequentam e que habitam esse importante ecossistema.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 03/02/2020-31/08/2022
Foto de perfil

Fábio Inácio Pereira

Ciências Humanas

História
  • 4a. feira de ciências júnior pucpr - câmpus maringá
  • 4ª. Feira de Ciência Junior da PUCPR – Campus Maringá tem como objetivo estimular o desenvolvimento técnico e científico entre os estudantes do Ensino Básico das escolas públicas e privadas, nos níveis Fundamental II, Médio e Técnico da cidade de Maringá, de modo a contribuir para a melhoria destas etapas de ensino, além de despertar de vocações científicas e tecnológicas e identificar potenciais talentos para pesquisa e inovação. A Feira será um evento anual que visa, ainda, incentivar a pesquisas voltadas para problemas socioculturais contemporâneos, além de auxiliar na divulgação da Ciência. Assim, acredita-se estar fortalecendo os vínculos entre a Universidade, a Escola e a comunidade em geral, por meio da produção científica de estudantes.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Fábio Junior Margotti

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • construção de um sistema para aquisição de dados e reconstrução de imagens na tomografia por impedância elétrica para monitoramento de escoamentos multifásicos
  • 1. A Tomografia por Impedância Elétrica (EIT) é um procedimento no qual eletrodos são afixados à superfície de um objeto condutivo e correntes elétricas são aplicadas. Os potenciais elétricos resultantes são então medidos nesses mesmos eletrodos e com essas informações, deseja-se reconstruir uma imagem da distribuição de condutividade (ou permissividade, ou ambas) elétrica no interior do objeto. 2. Do ponto de vista matemático, a EIT é um problema inverso severamente mal-posto. Isso significa que mesmo um nível de ruído pequeno na leitura dos potenciais, pode acarretar erros enormes na imagem reconstruída. Já do ponto de vista da engenharia, a medição precisa dos potenciais elétricos é bastante difícil. Esse conjunto de fatores, torna a EIT um problema muito desafiador. 3. A EIT é uma alternativa de baixo custo para outros tipos de tomografias, e.g. a tomografia por raios-X. Ela possui diversas aplicações físicas, médicas, industriais, geológicas, etc. Recentemente, a aplicação da EIT vem sendo proposta para a reconstrução de imagens ou outros parâmetros de interesse em escoamentos multifásicos (na indústria de petróleo ou de alimentos por exemplo). Esse tipo de problema é particularmente complicado quando uma das fases consiste num material não condutivo (como óleo, ou alguns tipos de gases). 4. Nesse projeto propomos a construção de um sistema de EIT para a aquisição de dados e reconstrução de imagens no monitoramento de escoamentos multifásicos de líquidos e gases, possivelmente com fases não condutivas. 5. UMA VERSÃO PRELIMINAR DESSE SISTEMA JÁ ESTÁ OPERACIONAL. PARA DETALHES, VEJA O LINK: https://fabiomargotti.paginas.ufsc.br/prototipo2/ 6. O sistema proposto nesse projeto é semelhante, porém esse novo modelo será capaz de reconstruir imagens simultâneas da condutividade e da permissividade elétrica. Serão então executados experimentos estáticos para decidir se é possível aplicar esse sistema para o monitoramento de escoamentos com fases não condutivas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 24/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabio Kon

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • inct da internet do futuro
  • As transformações radicais nas formas de comunicação humana possibilitadas pela Internet na última década do século passado têm sido tanto refinadas quanto expandidas neste início de Século 21, impactando a vida de grande parte da população mundial. Recentemente, com a popularização das tecnologias da Computação em Nuvem e da Computação Móvel e com o crescente uso de Redes de Sensores e de tecnologias de Big Data, uma infinidade de novas possibilidades estão surgindo. Essa convergência de tecnologias aliada às necessidades e preocupações relativas às aplicações digitais do futuro levaram pesquisadores a propor novas abordagens de investigação científica e tecnológica que possibilitem o desenvolvimento da "Internet do Futuro". A Internet do Futuro será resultante da convergência da computação móvel com a computação em nuvem, integrará sistemas de grande porte construídos a partir da composição de milhares de serviços distribuídos, executados em uma grande quantidade de máquinas físicas e virtuais, manipulando grandes quantidades de dados multimídia gerados a partir de várias fontes e interagindo diretamente com o mundo físico através de sensores e atuadores da Internet das Coisas. Essa Internet do Futuro será o elemento chave que possibilitará a realização das Cidades Inteligentes, nas quais a infraestrutura urbana será utilizada em sua plenitude de modo a oferecer uma melhor qualidade de vida aos seus habitantes. A cidade inteligente do futuro fará uso de telefones celulares e outros aparelhos de uso pessoal em conjunto com sensores e sistemas embutidos na infraestrutura física da cidade, todos interconectados via Internet. De forma descentralizada mas coordenada, toda essa ciberinfraestrutura oferecerá o suporte para a gestão otimizada da cidade. As plataformas de software da cidade inteligente contribuirão não só para o dia-a-dia das cidades mas também para o planejamento de longo prazo e para a concepção de políticas públicas. A fim de atacar os desafios científicos e tecnológicos e oferecer soluções inovadoras para os problemas em torno da Internet do Futuro e das Cidades Inteligentes, o instituto aqui proposto irá desenvolver pesquisa científica e tecnológica e atividades de ensino, difusão, colaboração internacional e extensão abrangendo as diferentes camadas que compõem a Internet, colaborando com o desenvolvimento da Internet do Futuro e contribuindo com a concretização das cidades inteligentes, com especial foco em problemas de mobilidade urbana das cidades brasileiras. A pesquisa irá abordar a infraestrutura básica, middleware e serviços e aplicações da Internet do Futuro e será dividida em três linhas de pesquisa fundamentais: (1) Redes e Computação Distribuída de Alto Desempenho (2) Engenharia de Software para Internet do Futuro e (3) Análise e Modelagem Matemática para Internet do Futuro e Cidades Inteligentes. Os resultados científicos e tecnológicos do INCT serão validados por meio de aplicações em Cidades Inteligentes: haverá uma aplicação de referência principal no contexto de mobilidade urbana e transportes enquanto que três outras aplicações mais simples (nas áreas de acessibilidade, saúde e artes) auxiliarão na generalização dos resultados. A pesquisa será conduzida por um time de cientistas de alto nível de 12 instituições brasileiras da academia, indústria e governo que já tem histórico de colaborações de sucesso e possuem as habilidades necessárias para a produção de conhecimento com grande potencial de impacto na ciência e na sociedade. O INCT irá gerar software livre inovador, que poderá ser utilizado por governos, empresas e pesquisadores, publicações em veículos de primeira linha, recursos humanos de alto nível, colaborações científicas internacionais, educação universitária e treinamento de pessoal de empresas e governo, divulgação científica para a sociedade em geral e transferência de tecnologia, tanto para grandes empresas quanto para startups.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 25/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Fábio Lameiro Rodrigues

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • avaliação de impactos da pesca artesanal do camarão-rosa penaeus paulensis (pérez farfante, 1967) com o petrecho berimbau, no complexo estuarino-lagunar tramandaí-armazém (rs)
  • Os estuários são tradicionalmente utilizados por atividades pesqueiras extrativistas, que quando praticadas de forma sustentável, garantem a subsistência e segurança alimentar de muitas famílias. A pesca do camarão-rosa é a atividade mais representativa nas lagunas Tramandaí-Armazém/RS, envolvendo cerca de 50 pescadores artesanais, que utilizam aviãozinho, tarrafa e berimbau para a captura do crustáceo. A legislação atual para a pesca dos camarões nos estuários do RS não permite o uso de petrechos arrastados de forma manual ou por embarcações, como é o caso do berimbau. No entanto, tal arte é amplamente utilizada nos estuários do RS e sendo permitida no norte de SC, PR e SP, onde existem leis específicas para o seu uso. A proibição desta arte de pesca artesanal, está no fato de ser arrastada, o que causaria impactos no ecossistema semelhantes aos causados pelo arrasto de fundo. Porém, sabemos que tal comparação não procede e que pescadores que utilizam o petrecho, relatam uma baixa captura de peixes juvenis como fauna acompanhante, e que por isso, causaria menos impacto ao ecossistema, se comparado com as outras modalidades de pesca, que capturam muitos peixes juvenis. O que talvez os pescadores não percebam, é que o berimbau pode causar um impacto ainda desconhecido nos pequenos organismos bentônicos e estrutura física do sedimento, qualidade da água e fluxo de matéria orgânica. Desta forma, qual seria o grau de impacto causado pela pesca artesanal com berimbau neste ecossistema estuarino? Para avaliarmos o impacto dos arrastos, faremos experimentos simulando operações de pesca, onde iremos monitorar o comportamento da biota e a qualidade da água, do sedimento e da matéria orgânica. Espera-se que além de afetar a biodiversidade, os arrastos aumentem os fluxos de carbono para a coluna d’água, afetando a qualidade e a biodisponibilidade do carbono orgânico para os consumidores, alterando diretamente o estado energético e trófico das áreas rasas estuarinas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabio Lanza

Ciências Humanas

Sociologia
  • os documentos inéditos dos arquivos do sni (paraná-br), do projeto opening the archives e da cia (eua)
  • A produção acadêmica das Ciências Humanas e Sociais a respeito da ditadura militar (1964-1985) no Brasil, a partir dos arquivos do SNI (Brasil-PR), do projeto "Opening the Archives" e dos documentos desclassificados da CIA (EUA), é restrita devido ao recorte temporal em que as respectivas fontes se tornaram públicas no século XXI. Sendo uma urgente demanda epistemológica, o objetivo desta proposta consiste em analisar e compreender como os agentes de informação brasileiros e representantes estadunidenses vigiaram, investigaram e colaboraram com o silenciamento (repressão) das pessoas (civis e religiosas) que fizeram oposição à ditadura militar no estado do Paraná. Apesar da grande quantidade de documentos estadunidenses disponíveis em formato digital, o registro em inglês contribui para a baixa taxa de realização de pesquisas, demandando assim uma sistematização temática dos documentos que possa fomentar e subsidiar novas análises e investigações. A principal metodologia de pesquisa é a investigação documental, que contará com apoio de pesquisadores especialistas de instituições nacionais e internacionais. Parte-se da hipótese de que os agentes nacionais e internacionais atuavam sob a matriz ideológica vinculada aos interesses norte-americanos na América Latina, disseminavam e colaboravam com a Doutrina de Segurança Nacional em favor da manutenção das estruturas sócio-históricas brasileiras. Os resultados da pesquisa permitirão a produção/curadoria de Exposições Itinerantes (audiovisuais) em locais públicos e coletivos, alcançando a comunidade externa e o meio acadêmico; organização e sistematização de Repositórios Temáticos digitais abertos, disponibilizados pelo Núcleo de Documentação e Pesquisa Histórica/UEL para estimular futuras pesquisas, disseminação de trabalhos científicos em eventos e em periódicos (nacionais e internacionais) e organização de Ebook com todos os trabalhos desenvolvidos e as novas metodologias de pesquisa digitais aberta entre Brasil e EUA.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fábio Lera Orsatti

Ciências da Saúde

Educação Física
  • hsp27 plasmática induzida pelo exercício e seus efeitos imunomoduladores e sinalização intracelular em monócitos de mulheres na pré e pós-menopausa
  • A aterosclerose é uma doença cardiovascular inflamatória crônica. A proteína de choque térmico 27kDa (HSP27 ou HSPB1) plasmática, ateroprotetora e anti-inflamatória, é um biomarcador e uma nova terapia para a aterosclerose e outros distúrbios inflamatórios. Sendo a liberação de HSP27 facilitada pelo estrogênio (via ER-b), esta é implicada no paradoxo de que as mulheres estão protegidas contra aterosclerose até a menopausa. Embora o exercício físico exerça efeito anti-inflamatório, o mecanismo pelo qual isto acontece é incerto. O exercício aumenta transitoriamente as concentrações de HSP27 muscular, plasmática e na superfície de monócitos (MO). Como já identificados receptores e mecanismos de liberação de HSP27 da célula, abre-se a possibilidade do aumento da HSP27 na superfície de MO ser de origem extracelular. Enquanto a secreção de pequenas moléculas ("exercinas") e seus efeitos subsequentes em diferentes tecidos são evidentes, os efeitos na resposta imune é atualmente desconhecido, com poucos mecanismos moleculares identificados. Nossa hipótese é que o aumento da HSP27 plasmática induzido pelo exercício resistido e pelo exercício intervalado de alta intensidade (EIAI) exercerão efeitos imunomoduladores em subpopulações de MO, tanto em mulheres pré como pós-menopausadas. Estudos in vitro revelaram efeito imunomodulador de HSP27 em subpopulações de MO, aumentado citocinas anti- e reduzindo pró-inflamatória. Para tanto, coletas de sangue serão realizadas em pré (n=24) e pós-menopausadas (n=24) antes e após (0h, 1h, 2h, 12h e 24h) dois protocolos de exercícios (resistido e EIAI) intercalados por 15 dias. No plasma, serão analisados HSP27, citocinas e hormônios (relacionados ao trânsito de MO). Os MO serão isolados e avaliados quanto à fenotipagem e expressão de receptores toll-like (TLR3 e TLR4), ER-b, HSP27, citocinas, vias de sinalização do TLR4 (MyD88/NfkB–pró-inflamatório) e TLR3(TRAM/TRAF3–anti-inflamatório).
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fábio Lotti Oliva

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • análise dos riscos associados à gestão do conhecimento disperso na inovação aberta
  • A estratégia organizacional é cada vez mais dependente de sua própria estratégia de inovação que deve responder às demandas de um ambiente de negócios em constante transformação. Nesse contexto, a inovação aberta configura um dos tipos de arranjos interorganizacionais mais aplicados no âmbito da inovação. Nesse sentido, as relações entre agentes envolvidos nos arranjos interorganizacionais são as principais fontes de riscos na gestão do conhecimento disperso. A pesquisa consiste no estudo sobre os riscos associados à gestão do conhecimento disperso nos arranjos interorganizacionais para inovação. Os objetivos específicos desta pesquisa são: • Identificar os riscos associados à gestão do conhecimento disperso na inovação aberta; • Analisar os riscos associados à gestão do conhecimento disperso na inovação aberta; • Propor e aprimorar um modelo de análise dos riscos associados à gestão do conhecimento em inovação aberta. O desenho metodológico consiste na revisão sistemática da literatura, revisão teórica, entrevistas com especialistas e elaboração de estudos de caso. A revisão sistemática da literatura considerará os conceitos que fazem a conexão entre gestão do conhecimento, arranjos interorganizacionais para inovação e riscos. A revisão teórica sobre inovação aberta, particularmente nos contextos da gestão do conhecimento disperso, agentes, relações e riscos. Pretende-se desenvolver um modelo de análise dos riscos associados à gestão do conhecimento em inovação aberta que deve ser validado por especialistas. Em posse dele, pretende-se aplicar o modelo proposto por meio de estudos de caso em grandes empresas. Desta maneira, espera-se propor e aprimorar um modelo de análise dos riscos associados à gestão do conhecimento em inovação aberta, objetivando a publicação em revistas internacionais de relevante impacto, publicação de estudos de caso, publicação em revistas de negócio e proposição e coordenação de nova special issue em top journal.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 30/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Fabio Luis Zabotto

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • interação multiferroica e magnetoelétrica sistematizada pelas conectividades, tamanhos e composições
  • O desempenho de novos dispositivos depende intimamente das propriedades físicas apresentadas por seus materiais, sendo esta a chave para a proposição de novas tecnologias. Entre diversas propriedades físicas existentes, as propriedades ferroicas, caracterizada por dois estados de orientação chaveáveis sob ação de forças externas, se tornaram alvo de investigação pelas suas versatilidades de aplicações em diversas áreas. O controle do chaveamento em sistemas ferroicos e/ou multiferroico (interação cruzada entre diferentes ordens ferroicas) não está vinculado somente às propriedades intrínsecas dos materiais, mas é também pautada nas influências dos campos externos sobre a estrutura cristalina e propriedades mesoscópicas desses materiais. Em adição, a natureza do acoplamento multiferroico pode ser modificada por efeitos de interface. O controle do ordenamento multiferroico é explorado em diversos trabalhos, porém existem explicações distintas para sua correlação com estrutura e interface. Respostas a estes questionamentos poderão ser alcançadas pela investigação sistematizada das propriedades estruturais e de ordenamento ferroico e multiferroico pela aplicação de campos externos para sistemas magnetoelétricos compósitos cerâmica-cerâmica e compósitos magnetoelétricos polímero-cerâmica. A escolha dessas classes de materiais possibilita a existência de diferentes tipos de interação entre fases e ordens ferroicas, incluindo possíveis interação interfaciais com ou sem mediação mecânica. Este cenário facilitará o entendimento sobre a correta correlação entre acoplamento multiferroico e estrutura cristalina, assim como, possíveis mudança na natureza do acoplamento multiferroico para diferentes tamanhos/dimensionalidade/composição, o que agregará a este tema contribuições para um melhor conhecimento das interações multiferroicas, consolidando experiência nesta estratégica área de pesquisa e agregando conhecimento científico e tecnológico no Brasil.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 08/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Luiz Melquiades

Engenharias

Engenharia Nuclear
  • sensores espectrométricos para avaliação de atributos de fertilidade e erosão em solos agrícolas
  • A manutenção da fertilidade do solo é fundamental para a produtividade de uma área de plantio. Práticas de manejo com base no histórico de erosão e a agricultura de precisão como uma abordagem para dosagem variável de fertilizantes são essenciais para o sistema de produção agrícola. A erosão de solo é um problema constante nas áreas de cultivo intensivo no Brasil. A erosão de sulcos micro e macro são de fácil identificação. Porém, há um tipo de erosão muito prejudicial à fertilidade do solo, que não é considerada pelos produtores, que é o processo de erosão superficial, imperceptível a olho nu. A caracterização espacial e temporal da fertilidade do solo exige uma alta densidade de amostragem e análise. Atualmente, isso gera altos custos e um longo tempo de análise. O uso de sensores de solo proximais baseados em métodos espectrométricos são uma tendência para oferecer alternativas práticas para análise de solo. Este projeto visa: i) Otimizar a análise dos atributos de fertilidade de solos agrícolas utilizando sensores espectrométricos e estatística multivariada (espectrometria gama, espectrometria de raios X, espectrometria NIR e FTIR e Colorimetria). Aprofundar o entendimento das variáveis que contribuem para a robustez dos modelos de previsão para um único sensor ou através da fusão de dados; ii) Constituir um banco de dados das diferentes faixas do espectro eletromagnético para solos agrícolas do Estado do Paraná; iii) Monitorar os processos erosivos através da quantificação de Césio-137 (histórico erosivo do solo) e Berílio-7 (erosão superficial anual); iv) Determinar a composição de radionuclídeos e elementar para avaliar a redistribuição de solo em megaparcelas. Serão analisadas uma grande quantidade de amostras de 3 áreas de cultivo, ao longo de 3 anos. Estudos preliminares da composição de solo com análise de componentes principais mostram que pontos com características erosivas se agrupam diferentemente de pontos sem deposição de solo.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fábio Nelson Gava

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • miocardite: contribuição da análise de deformação segmentar miocárdica em situações experimentais e clínicas
  • A miocardite é definida como uma doença inflamatória do miocárdio, causada por agentes infecciosos ou não infecciosos, com abordagem diagnóstica ainda desafiadora. Apresenta altos índices de mortalidade em seres humanos e animais, uma vez que gera graves consequências como arritmias e baixo débito cardíaco. Devido à grande incidência de miocardite em pacientes acometidos com SARS-Cov-2 durante a pandemia de Covid-19 e a limitação diagnóstica enfrentada, constatou-se a necessidade de mais estudos, como demonstrado na publicação da Nature Reviews- Cardiology (2021), a qual aponta lacunas ainda existentes e direcionamentos para investigações científicas futuras. Esta proposta pretende contribuir para a abordagem diagnóstica da miocardite, utilizando a análise da deformação segmentar miocárdica (Strain) por meio da tecnologia ecocardiográfica Speckle tracking bidimensional (2D-STE) em um estudo laboratorial (ratos) e dois estudos clínicos (cães, multicêntrico). Sabendo-se que a miocardite gera diminuição de contratilidade e que os índices ecocardiográficos de função sistólica global utilizados atualmente podem se alterar apenas tardiamente, a hipótese a ser investigada é: a análise da deformação segmentar miocárdica (Strain) pode auxiliar no diagnóstico precoce da miocardite? O uso do 2D-STE mostrou-se eficaz em demonstrar alteração de deformação em modelo experimental de infarto do miocárdio em ratos, em pesquisa com participação do nosso grupo (Gava et al., 2021) e também em pacientes com doença coronariana aguda (Eslami et al., 2021). Para avaliar a contribuição dessa tecnologia na abordagem diagnóstica da miocardite, será utilizado o 2D-STE para análise da deformação em três estudos: 1) sepse experimental induzida em ratos antes e durante o tratamento com angiotensina- (1-7); 2) cães naturalmente infectados com Leptospira spp antes e após o tratamento; 3) cães naturalmente infectados com Parvovirus canino antes e após tratamento com transplante de microbiota fecal.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabio Ramos Alves

Ciências Agrárias

Agronomia
  • caracterização da interação entre melodogyne spp. e fusarium spp. em coffea canephora e análise morfológica, fisiológica, nutricional e da resistência genética de clones de c. canephora var. centenária parasitados por meloidogyne spp
  • Apesar do Estado do Espirito Santo (ES) ser o maior produtor de café conilon do Brasil, doenças causadas por Meloidogyne spp. e Fusarium spp. tem reduzido a sua produtividade. Objetiva-se com este estudo i) caracterizar a interação entre M. incognita e M. paranaensis e Fusarium solani em clones comerciais de C. canephora cultivados no ES e ii) avaliar a morfologia, fisiologia, nutrição e a resistência genética de clones de C. canephora var. Centenária parasitados por M. incognita ou M. Paranaensis. O primeiro experimento será conduzido em DIC em esquema fatorial 2 x 2 (2 clones: LB1 da variedade clonal Jequitibá: padrão de suscetibilidade a F. solani e Meloidogyne spp. e clone 14 variedade clonal Vitoria Incaper 8142: padrão de resistência aos patógenos) com 9 repetições. Cada parcela experimental será constituída por um vaso de 25 L contendo uma planta. O experimento será repetido uma vez. As plantas serão monitoradas semanalmente para a observação do surgimento de sintomas característicos da fusariose. Serão realizadas mensalmente avaliações morfológicas, fisiológicas e nutricionais dos clones até os 180 dias após a instalação do experimento. O segundo experimento será conduzido em DIC, em esquema fatorial 9 (clones de C. canephora var. Centenária) x 2 (espécies de nematoide de galhas, M. incognita ou M. paranaensis) x 2 níveis de inóculo dos nematoides (0 ou 10.000 indivíduos/planta) com 9 repetições. Cada parcela experimental será constituída por um recipiente de 25 litros contendo uma muda de cafeeiro. O experimento será repetido uma vez. Os clones V1 e V6 da variedade Vitória Incaper 8142 serão utilizados como tratamentos adicionais (padrão de suscetibilidade e resistência, respectivamente). Mensalmente serão realizadas avaliações morfológicas, fisiológicas, nutricionais e de resistência genética dos clones testados até os 180 dias após instalação do experimento.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabio Roberto Passador

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • nanocompósito híbrido de alto desempenho
  • O desenvolvimento de materiais comerciais a base de grafeno é essencial para estimular o desenvolvimento da produção e consumo desse material no Brasil gerando uma demanda interna pelo material. As indústrias de eletrônicos, defesa, automobilística e aeroespacial serão um dos potenciais consumidores desses materiais levando-se em conta a relação custo-benefício inicial desses materiais. A nacionalização desses produtos é um alicerce para a consolidação dessa tecnologia no Brasil. Este projeto propõe o desenvolvimento de materiais com excelentes propriedades mecânicas, térmicas e eletromagnéticas que atendam as indústrias de produção de bens de consumo, principalmente relacionadas as carcaças de componentes eletrônicos, e também para aplicações aeroespaciais e de defesa. O produto a ser comercializado trata-se de grânulos que atendam as propriedades para essas aplicações e filamentos para impressão 3D.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 27/09/2021-31/03/2023
Foto de perfil

Fabio Roland Ferreira da Silva

Ciências Biológicas

Ecologia
  • lagos artificiais: efeitos ecológicos na regulação do clima e na produção de alimentos
  • Desde os tempos mais remotos, lagos artificiais são construídos para usos diversos - potabilidade, agricultura, geração de energia, aquicultura, recreação entre outros. O cenário climático e o ciclo da água, globalmente, vem sofrendo profundas alterações derivadas de modificações antrópicas. Tais interferências humanas convergem para um dos maiores desafios contemporâneos para o desenvolvimento humano: quais são as implicações ecológicas de lagos construídos na regulação do clima e produção de alimentos. No Brasil, o país com a maior disponibilidade de água doce do mundo, as intervenções na paisagem (seja por mudança no regime físico de ecossistemas aquáticos seja pelo uso da terra) e a pressão urbana vem incrementando a insegurança hídrica. O Brasil já exibe quase 1/4 dos recursos hídricos dispostos em águas superficiais composto por lagos artificiais; mapear esses dados e avaliar os efeitos ecológicos será de grande valia para o inventário nacional de mudanças climáticas. Este projeto tem como missão ampliar uma rede de pesquisadores que estuda lagos artificiais no Brasil. A rede é fundamentada na cooperação da UFJF com instituições nos EUA e na Europa; a ideia é ampliar nacionalmente. As metas do projeto são: (1) realizar um amplo programa amostral em lagos artificiais localizados em um grande espectro espacial no Brasil, de modo a estudar os estoques e processos de ciclagem de nutrientes, com foco inicial na qualidade da água e emissão de gases do efeito estufa; (2) experimentalmente, avaliar parâmetros ecológicos controladores da produção aquícola em lagos artificiais, (3) localizar e mapear de lagos artificiais, principalmente de pequeno porte, no Brasil e (4) estudar efeito da sustentabilidade hídrica de lagos artificiais. As instituições envolvidas dispõe de toda infraestrutura necessária, incluindo áreas de experimentações, viveiros de peixes e laboratórios de análises e processamento de dados. O projeto terá um robusto plano de divulgação científica.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 15/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Soares de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • as pérolas de darwin: biogeoquímica, mineralogia, ciclagem e importância ambiental dos fosfatos do arquipélago de são pedro e são paulo, atlântico norte.
  • As ilhas oceânicas são ambientes extremamente favoráveis à interação entre a atividade da avifauna e os substratos geológicos. Essa interação pode gerar feições e produtos conhecidos como ornitogênicos, muito ricos em fósforo, como crostas, eflorescências, solos, guano etc. O estudo destes materiais é fundamental para estimar as reservas de fósforo nas ilhas e para compreender como ocorre o ciclo local deste elemento, que é fundamental para a vida no planeta e um dos responsáveis pela produtividade marinha das áreas do entorno. O Arquipélago de São Pedro e São Paulo se destaca como uma área em que a ornitogênese é muito antiga e intensa, tendo diversas feições associadas a ela. Esses materiais despertaram a atenção de Darwin, o primeiro a citá-los, e que destacou sua importância e beleza, fazendo referência ao brilho perolado que possuem. Este projeto visa aprofundar o estudo destes materiais, compreender de maneira ampla como ocorre a ornitogênese no ASPSP. Para isso, utilizará procedimentos metodológicos variados, interdisciplinares, incluindo coletas de rochas, solos, sedimentos e água, e realizando análises físicas, químicas, mineralógicas, biológicas, isotópicas e datações. Esses procedimentos convergem para atender aos seguintes objetivos: i - aprofundar o estudo morfológico (macro e micro), geoquímico e mineralógico dos produtos da ornitogênese no ASPSP; ii - modelar o ciclo biogeoquímico do fosforo no local; iii - compreender as interações entre o guano e o singular substrato geológico do ASPSP e iv - realizar um estudo geomicrobiológico nas feições e produtos da ornitogênese do ASPSP. Espera-se que os resultados contribuam com o entendimento de como o fosforo se comporta em sistemas naturais, do seu papel na conservação dos ecossistemas insulares, na melhoria do seu manejo na agricultura e para o avanço do conhecimento da mineralogia de fosfatos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/01/2020-31/10/2022
Foto de perfil

Fabio Toshio Kanizawa

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • desenvolvimento de sistemas para geração de energia distribuída através de ciclos rankine orgânicos combinados com armazenamento térmico em pcm
  • Este projeto de pesquisa foca no desenvolvimento de sistemas de geração de energia distribuída utilizando ciclos Rankine orgânicos (ORC) e reservatórios de energia térmica com materiais de mudança de fase (PCM). O aproveitamento de energia solar para geração de energia elétrica tem aumentado progressivamente, empregando células fotovoltaicas, tal como coletores solares integrados com ORCs. Devido à variação da energia solar incidente ao longo do dia, torna-se necessário o uso de reservatórios de energia para mitigar flutuações na capacidade de geração de energia elétrica, bem como atender a períodos de maior demanda. Dentre as alternativas de armazenamento energético, reservatórios térmicos baseados em PCMs apresentam vantagens relacionadas à elevada capacidade de armazenamento por volume, e reduzida variação de temperatura durante processos de carga e descarga. Será feita uma investigação experimental e teórica de sistemas ORC e de reservatórios baseados em PCM operando com coletores solares. A etapa experimental consistirá no dimensionamento e construção do aparato para determinação de parâmetros de transferência de calor durante processos de ebulição e convecção em condições operacionais típicas para ORC, e de carga e descarga para o reservatório térmico. Com base nos resultados, um protótipo de reservatório térmico em escala será construído para avaliação de desempenho, operando em conjunto com circuito ORC. Ademais, pretende-se realizar a modelagem teórica e simulações numéricas dos processos envolvidos e validação com os resultados experimentais. Desta forma, pode-se modelar sistemas completos para geração de energia elétrica baseados em ORC, visando estimar a geração de energia em condições transientes. Por fim, pretende-se analisar a utilização de tecnologias de desumidificação dessecante para aproveitar a energia rejeitada de ORCs para redução do consumo de energia elétrica em sistemas de refrigeração, melhorando assim a eficiência energética combinada.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabio Tozi

Ciências Humanas

Geografia
  • capitalismo de plataforma, empresas de delivery e circuitos da economia urbana: uberização do trabalho e gestão algorítmica do território em são paulo (sp) e belo horizonte (mg)
  • O projeto busca compreender o fenômeno da expansão de empresas privadas de delivery por aplicativos no capitalismo de plataforma e as novas morfologias do trabalho, mais precárias, que se apoiam na gestão remota dos trabalhadores, controle algorítmico geolocalizado da oferta, demanda e distribuição. Essa uberização tem levado a mudanças na regulação, organização e uso do território. As plataformas de delivery representam um dos setores que mais se expandem dentro do processo de digitalização, impulsionadas pelas medidas sanitárias e o isolamento durante a pandemia de Covid-19. As empresas hegemônicas do setor são a brasileira IFood e a colombiana Rappi, embora as corporações globais cresçam (UberEats e 99 Food). A problemática visa compreender a cidade como lócus da reprodução ampliada do capitalismo de plataforma a partir da ação dessas plataformas digitais. Propõe-se pensar de maneira conjunta a gestão algorítmica do trabalho e do território. A hipótese é a de que há uma extração de renda geograficamente diferencial a partir do conhecimento real-time que as plataformas possuem dos territórios. Empiricamente, a análise de São Paulo e Belo Horizonte objetiva aprofundar, analiticamente, as especificidades das empresas de delivery a partir da análise de pequenos estabelecimentos comerciais do ramo alimentício que utilizam aplicativos. Os objetivos específicos são: i) compreender a expansão das plataformas de delivery no Brasil; ii) analisar as especificidades do uso do território pelas empresas em São Paulo e Belo Horizonte; iii) investigar os impactos das plataformas de delivery na economia urbana e nos estabelecimentos locais e os novos nexos financeiros e informacionais com as plataformas; iv) compreender o trabalho just-in-time/just-in-place de entregadores. Os resultados esperados incluem compreender as estratégias territoriais das plataformas de delivery, as adaptações dos estabelecimentos locais e mapear as formas de organização e resistência a esses processos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 11/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabio Trindade Maranhão Costa

Ciências da Saúde

Medicina
  • identificação de assinaturas metabolômicas associadas ao carreamento de hipnozoítos em plasmodium vivax (hipnoprint)
  • Em pacientes acompanhados em uma instituição de referência, com recaída verdadeira, de forma bem caracterizada por informações epidemiológicas e marcadores moleculares, pretende-se buscar em sangue periférico a presença de biomarcadores, bem como em amostras não-invasivas, como urina, saliva e imprint de pele, por meio de abordagem metabolômica. A identificação de tais marcadores permitirá a realização de inquéritos de campo, em um cenário de eliminação da doença, evitando assim a administração em massa de drogas, o que pode não ter boa aceitação pela população.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 01/01/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Fabio Vizeu Ferreira

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • levantamento bibliográfico como mapeamento de um campo acadêmico: contribuições da hermenêutica filosófica para uma proposta de metodologia qualitativa
  • O levantamento bibliográfico é uma das atividades mais relevantes no fazer acadêmico. Além de suportar a fundamentação teórica dos argumentos apresentados pelo autor do trabalho acadêmico, tal proceder permite a conexão com a comunidade acadêmica, promovendo a revisão, a consolidação, ou mesmo o avanço do conhecimento acadêmico-científico. Segundo premissas da filosofia da linguagem, esse fazer é, em essência, comunicacional, onde por meio de horizontes de interpretação que se tocam, constituem-se caminhos de legitimação para o conhecimento produzidos pela comunidade acadêmica. Importante notar que esse processo não ocorre sem disputas e tensões, tendo em vista que a comunidade de ciências humanas e sociais apresenta uma forte diferenciação em suas bases epistemológicas e políticas, o que se revela pela constituição de distintos subcampos de comunicação acadêmica, baseados em léxicos especializados próprios. Particularmente por conta desse último aspecto, é necessário que se constitua um protocolo de levantamento bibliográfico mais condizente com os aspectos sociais que organizam o campo acadêmico, que também são determinados pela lógica da comunicação científica. Esse é o objetivo do presente projeto, que irá desenvolver uma nova proposta metodológica, de cunho qualitativo, para a prática do levantamento bibliográfico. Essa proposta irá nortear os caminhos de acadêmicos para desenvolver seus referenciais de literatura considerando o campo como uma comunidade de fala, onde se destacam discursos e argumentos, e onde há divergências e possibilidades que devem ser consideradas de forma a gerar conversação com membros da comunidade de referência. Metodologicamente, iremos desenvolver a pesquisa pelo método da hermenêutica de profundidade, proposto por Thompson e delimitado pelo proponente em outras oportunidades.
  • Centro de Pesquisa da Universidade Positivo - PR - Brasil
  • 04/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Fabíola Castelo de Souza Cordovil

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • raízes da metropolização no eixo maringá e londrina: políticas públicas, planos e agentes na década de 1970
  • A década de 1970 marca a consolidação da rede urbana do norte do Paraná. O fim do ciclo cafeeiro e a introdução da monocultura da soja, a industrialização e a urbanização do estado se dão num quadro de modernização conservadora, politicamente autoritária, economicamente associada e concentradora, socialmente excludente e ambientalmente predadora, consubstanciada nos Planos Nacionais de Desenvolvimento e em grandes obras de infraestrutura. Este quadro se rebate no planejamento territorial e urbano-regional, com criação da Região Metropolitana de Curitiba e a concepção das cidades médias do estado enquanto polos regionais. Pretende-se elucidar como as políticas públicas territoriais, os planos urbano-regionais, os agentes e instrumentos de desenvolvimento urbano geraram, numa lógica social e espacialmente segregadora, a concentração populacional, econômica e de infraestrutura nas cidades de Maringá e Londrina, e o concomitante esvaziamento das cidades de pequeno porte entre elas, durante a ditadura civil-militar. Isso se desdobra no território e no espaço intraurbano com a concentração fundiária, dispersão, periferização, os vazios urbanos e a alocação diferenciada de infraestrutura entre as cidades-polo e as cidades pequenas, entre centro e periferia. A pesquisa preenche, assim, uma lacuna existente na historiografia sobre a modernização, a história urbana e o planejamento urbano brasileiros e da região de colonização recente, especificamente no caso de cidades de pequeno e médio porte, nas décadas de 1970 e 1980. O estudo possui caráter qualitativo e exploratório e adotará o método da pesquisa histórica, com uma abordagem que parte do corpus empírico em direção ao conteúdo teórico. Este último cobre, por sua vez, as dimensões de análise, que enfatizam a questão metropolitana. Para tanto, divide-se as estratégias de pesquisa em pesquisa bibliográfica e documental, além dos mapeamentos para subsidiar as análises sobre os efeitos das políticas sobre o território.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabíola Hermes Chesani

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • epigenética, experiência e responsabilidade: implicações para distúrbios do neurodesenvolvimento
  • Estima-se que existam 2 milhões de pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) no Brasil. O Centro Especializado em Reabilitação II (CERII) na Univali em Itajaí é referência no diagnóstico de autismo para 11 municípios. Desde o início do atendimento, em 2014, 900 crianças já passaram pelo serviço. Neuroepigenética é uma proposta interdisciplinar que tenta responder a questões que são relevantes e precisam de contribuições da filosofia, da biologia, filosofia da psiquiatria, meta-ética, ética aplicada e prática clínica e investiga as implicações da epigenética para distúrbios do neurodesenvolvimento e para isto serão usados métodos teóricos e empíricos para investigar como certos conceitos (inatos / biológicos / genéticos/ambientais) afetam as maneiras como os profissionais, pessoas com transtorno do neurodesenvolvimento e suas famílias concebem a responsabilidade. Este trabalho responderá as seguintes questões: Como conceitos como inato / adquirido, biológico / psicossocial, genético / ambiental afetam os profissionais, pessoas com transtorno do neurodesenvolvimento e suas famílias, e como estes concebem a responsabilidade no contexto de distúrbios do neurodesenvolvimento? Trata-se de uma pesquisa realizada em convênio com a Universidade de Antuérpia, na Bélgica que objetiva investigar como os indivíduos com TEA e suas famílias vivenciam a interação entre sua condição e seu ambiente biológico e social e seu transtorno no contexto de responsabilidade. Serão entrevistados profissionais, pais de crianças e adolescentes e adultos com transtornos do neurodesenvolvimento, especialmente o TEA. Ocorrerá uma adaptação transcultural de vinhetas elaboradas pela equipe de pesquisadores Belgas para o Português. A Análise Fenomenológica Interpretativa será usada para questionar, em um desenho longitudinal, como pessoas com transtorno do neurodesenvolvimento e pais de crianças com transtorno do neurodesenvolvimento vivenciam os desafios e sua capacidade de superá-los.
  • Universidade do Vale do Itajaí - SC - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiola Mara Ribeiro

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • superexpressão da negr1 utilizando o sistema de crispr/dcas9 como ferramenta para o tratamento da doença de alzheimer.
  • A doença de Alzheimer (DA) é a causa mais comum de demência no mundo, afetando 32% da população acima dos 85 anos. Não existe nenhuma droga disponível capaz de modificar o curso da DA. Sabe-se que o principal fator correlato com a progressão da DA é a perda de terminais sinápticos. Além disso, já foi demonstrado que o Abeta é capaz de se ligar à PrPc, ativando a via patológica Abeta/PrPC/mGluR5. Nossos dados indicam que a NEGR1 interage com o mGluR5 e a nossa hipótese é que NEGR1 compita com o PrPc para ligação ao mGluR5. Já foi demonstrado que a expressão de NEGR1 encontra-se diminuída no córtex de pacientes com DA e que essa diminuição correlaciona-se à piora de marcadores patológicos da DA. Além disso, a NEGR1 promove sinaptogênese no cérebro. Assim, o principal objetivo desse projeto de pesquisa é determinar se a superexpressão de NEGR1 é capaz de diminuir, ou mesmo parar, a progressão da DA por diminuir a ativação da via patológica Abeta/PrPC/mGluR5 e aumentar o número de terminais sinápticos, o que levaria a uma melhora dos déficits de memória típicos da DA. Para tal, a nossa proposta é desenvolver ferramentas baseadas na utilização de CRISPR/dCas9 (lentiGuide-Hygro-eGFP + lenti-EF1a-dCas9-VPR-Puro), capazes de aumentar a expressão de NEGR1 em camundongos modelo da DA (APPswe/PS1deltaE9), bem como em neurônios e neurosferas derivados de iPSCs de pacientes apresentando a DA. A NEGR1 nunca foi testada como um alvo terapêutico em doenças neurodegenerativas ou como uma estratégia de reduzir o efeito deletério de Abeta. De acordo com o World Alzheimer Report 2019, demência afeta mais de 50 milhões de pessoas no mundo, sendo que a expectativa é que esse número aumente para 152 milhões até 2050. O custo anual com demência é estimado em US$ 1 trilhão. Esses dados deixam clara a importância de se desenvolver estratégias terapêuticas eficazes, capazes de propiciar qualidade de vida a pacientes idosos e diminuir o déficit orçamentário que tais patologias vêm ocasionando ao SUS.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 07/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Fabíola Traina

Ciências da Saúde

Medicina
  • prospecção de novos alvos terapêuticos relacionados a autofagia, inflamassoma e hemostasia em leucemia mieloide aguda
  • Os processos de autofagia e de ativação de inflamassoma participam da homeostase intracelular e inflamação, e a desregulação desses processos está associada à patogênese de neoplasias. A interação entre estes dois processos influencia as respostas pró-tumor ou antitumorais dependendo dos tipos de câncer. A autofagia neutraliza a hiperativação dos inflamassomas, e a ativação dos inflamassomas pode levar à liberação de fator tecidual (um iniciador essencial da coagulação) por macrófagos piroptóticos, situando os inflamassomas na interface entre inflamação e trombose. A inibição recíproca entre ativação do inflamassoma e autofagia, e o papel controverso e dependente do contexto recentemente destacado da autofagia na leucemia apontam para a modulação da autofagia como um possível alvo terapêutico em leucemia mieloide aguda (LMA). A leucemia promielocítica aguda (LPA) é um subtipo de LMA na qual a ativação da hemostasia é responsável por alta morbimortalidade. A correlação entre autofagia, inflamassoma e hemostasia em LMA ainda é pouco explorada. Neste projeto, propomos investigar a participação dos processos de autofagia, inflamassoma e hemostasia em LMA. Utilizaremos uma abordagem exploratória através de análise da correlação da expressão de genes moduladores da autofagia, inflamassoma e hemostasia, obtidos por RNAseq, de coortes públicas de pacientes com LMA, incluindo LPA. Os estudos exploratórios têm o potencial de gerar as evidências de correlação entre estes três processos na LMA e gerar novas perguntas científicas. Prevemos ainda investigar a participação da proteína inflamatória podoplanina (PDPN) na leucemogênese e coagulopatia em LMA e LPA, através de estudo de sua expressão e da correlação com marcadores da coagulação e desfechos clínicos. Por fim, prevemos realizar estudos funcionais para investigar o processo de autofagia como mecanismo de resistência a inibidores tirosinoquinase em modelos celulares de LMA.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabricia Silva da Rosa

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • observatório de contabilidade e sustentabilidade no agronegócio: compreendendo a sinergia entre ecossistemas de inovação e contabilidade ambiental na cadeia produtiva de carnes do brasil
  • O objetivo deste projeto é analisar como a sinergia entre ecossistema de inovação e práticas de contabilidade podem elevar a sustentabilidade na cadeia produtiva de carnes. É motivada pelo fato que agronegócio brasileiro é importante economicamente, mas gera impactos ambientais significativos. Para lidar com esse paradoxo instituições internacionais têm enfatizado a urgência de uma consciência global, incluindo a ONU que em 2015 instituiu os 17 ODS. Dentre as pautas levantadas, direcionar as nações em um ambiente de cooperação tem sido apontada como relevante para o alcance da sustentabilidade. No entanto, a sustentabilidade desta cadeia produtiva é complexa e dinâmica, e a interação entre seu ecossistema e as práticas gerenciais nem sempre são bem compreendidos. Assim, o problema consiste em conhecer como ocorre a sinergia entre ecossistemas de inovação e práticas de contabilidade da cadeia produtiva para a sustentabilidade. Para isso, a estratégia metodológica tem como base o trabalho em rede de uma equipe multidisciplinar e internacional, com experiências em conjunto sobre pesquisa e inovação. Esta equipe é composta por pesquisadores de 04 universidades internacionais e 06 nacionais, da EMBRAPA e da indústria SSA São Salvador Alimentos SA (Super Frango). O desenvolvimento da pesquisa ocorrerá em 4 grandes etapas: Primeiro, com o mapeamento do ecossistema de inovação na qual se inserem cadeias produtivas de carnes. Segundo, com o desenvolvendo de ferramentas de contabilidade. Terceiro, analisando o efeito simultâneo do ecossistema de inovação e das ferramentas de contabilidade de gestão ambiental na sustentabilidade da cadeia produtiva. Quarto, constituindo o observatório sobre contabilidade e sustentabilidade do agronegócio. Espera-se assim, contribuir com: fronteiras do conhecimento, formação acadêmica e técnica de excelência, disseminação de conhecimento, transferência de tecnologia, e definição de políticas públicas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabricio Beggiato Baccaro

Ciências Biológicas

Ecologia
  • impactos antrópicos no ecossistema de floresta tropical sítio manaus
  • Atualmente, impactos antrópicos locais, como desmatamento e urbanização, se combinam à impactos antrópicos globais, como aquecimento global. Compreender e comunicar os efeitos da degradação ambiental, das mudanças climáticas e suas interações é a linha principal desta proposta. Nos últimos 20 anos, o PELD IAFA (1) desenvolveu e aplicou métodos para entender a distribuição de populações, comunidades e processos ecossistêmicos em função da variação ambiental no espaço; (2) estabeleceu a linha de base para o estudo dos impactos de ações antrópicas diretas sobre componentes das florestas amazônicas de terra-firme; (3) analisou os potenciais efeitos das mudanças climáticas globais sobre animais e plantas; (4) desvendou padrões de variação espacial e dinâmica temporal dos organismos (5) demonstrou que os efeitos sinérgicos das mudanças climáticas e as perturbações antrópicas locais podem ser fundamentais para explicar as respostas de cada grupo taxonômico aos diferentes tipos de perturbação. Os avanços alcançados pelo PELD IAFA foram infelizmente acompanhados por um aumento na quantidade e magnitude dos impactos antrópicos sobre a floresta Amazônica, tornando a necessidade de integração das ações de pesquisa com os usuários da biodiversidade ainda mais urgente. Nesta proposta, pretendemos expandir este monitoramento incluindo uma nova área para o Sítio PELD IAFA: o Campus da UFAM. Com isso pretendemos inserir o PELD IAFA no contexto urbano e mais próximo à sociedade. O PELD IAFA continuará monitorando as áreas que já fazem parte deste sítio (Reserva Ducke, ARIE PDFF, Estação Experimental de Silvicultura Tropical). Juntamente com o Campus da UFAM, estas áreas constituem um mosaico de áreas originalmente selecionadas para cobrir diferentes níveis de impacto antrópico. Desta forma, o objetivo geral desta nova proposta para o PELD IAFA é monitorar a dinâmica espacial e temporal de plantas, animais, fungos, e de processos e serviços ecossistêmicos, bem como comunicar e produzir resultados de forma integrada com a sociedade. As ações do PELD IAFA demandam monitoramento de longo prazo e continuam a compor a espinha dorsal das quatro linhas principais de pesquisa desta proposta. Na linha 1, avaliaremos os potenciais efeitos de mudanças climáticas sobre a biodiversidade. Para isso, continuaremos o monitoramento de alguns grupos taxonômicos (peixes, aves, formigas, fungos entomopatogenicos, árvores e lianas) para compreender os efeitos de mudanças climáticas sobre a biodiversidade em ambientes não perturbados. Além disso, iniciaremos o monitoramento de borboletas frugívoras, como uma iniciativa colaborativa com outros sítios PELD. Na linha 2, determinaremos a dinâmica temporal de populações e comunidades e sua interação com o espaço. Para isso, monitoraremos de forma intensiva árvores e fungos e os fatores microclimáticos, para entender melhor como a umidade e temperatura afetam padrões de crescimento e parâmetros demográficos em diferentes escalas geográficas e temporais. Na linha 3, estudaremos a sinergia entre efeitos de mudanças climáticas e as perturbações antrópicas locais. Para isso, monitoraremos e descreveremos a dinâmica nos estoques de carbono da biomassa vegetal em pé e comunidades selecionadas, em função de mudanças antrópicas diretas, mudanças climáticas e suas sinergias. Por fim, na linha 4, integraremos as ações de pesquisa com a sociedade e usuários da biodiversidade. Para isso, apoiaremos e criaremos de forma participativa ações socioecológicas junto às comunidades que vivem no entorno do Campus da UFAM. Esperamos que ao final desta nova proposta PELD IAFA possamos identificar com confiança não só os efeitos sinergéticos e de longo prazo das perturbações locais naturais e antrópicas na biodiversidade, como também entender como a conscientização ambiental e a reintegração com a natureza beneficia a qualidade de vida das pessoas e a recomposição da biodiversidade em áreas urbanas.
  • Universidade Federal do Amazonas - AM - Brasil
  • 03/12/2020-31/12/2024
Foto de perfil

Fabrício Benevenuto de Souza

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • uma abordagem computacional para mitigar desinformação e ódio nas plataformas digitais
  • As eleições americanas de 2016 colocaram em dúvida a crença de que as redes sociais online vieram para trazer o ideal libertário e a democratização. Nos últimos anos, plataformas digitais com o Facebook, Twitter e WhatsApp se tornaram palco para uma verdadeira guerra de informações em períodos eleitorais. Como as redes sociais são ambientes em que as pessoas influenciam e são influenciadas, há muito espaço nessas plataformas para que o marketing político possa atuar de forma abusiva. Em particular, nos EUA, as estratégias de marketing político abusaram de propagandas impulsionadas no Facebook e tornaram o debate sobre as eleições americanas um verdadeiro caos. Nas eleições de 2018 no Brasil as campanhas de desinformação encontraram novos meios para atuarem, abusando de aplicativos para troca de mensagens, como o WhatsApp. A rápida difusão e ampla propagação de informação são propriedades das mídias sociais que podem ser abusadas para fins de propaganda não solicitada, interrupção de comunicação legítima ou mesmo a realização de campanhas de manipulação de opinião através dessas plataformas. Esses ambientes têm sido um ambiente propício para o espalhamento de boatos ou calúnias e muito pouco se sabe sobre a credibilidade da informação que se espalha nesses sistemas. Nesse contexto, esse projeto apresenta uma proposta para mitigar esse grave problema buscando trazer transparência para as campanhas políticas realizadas nas redes sociais online. A ideia é explorar soluções tecnológicas capazes de expor dados das campanhas de desinformação dentro das redes sociais, de forma a permitir a atuação de jornalistas, checadores de fatos, legisladores e consultores jurídicos ou mesmo permitindo atuações do poder público, se constatadas irregularidades por nossas abordagens, a partir da transparência.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabricio Bitu Sousa

Ciências da Saúde

Odontologia
  • influência da modulação imune por laserterapia de baixa potência no controle da diseugia induzida por quimioterapia antineoplásica
  • A disgeusia induzida pela quimioterapia está fortemente associada a alterações neuroinflamatórias dos botões gustativos, portanto, objetivamos avaliar a influência da modulação imune por laserterapia de baixa potência no seu controle e nos mecanismos. Para isso, um ensaio clínico de fase II, randomizado, triplo cego e placebo-controlado em que 110 pacientes com câncer de mama tratados com quimioterapias antineoplásicas (doxorrubicina/ciclofosfamida/taxanos) que apresentem escore de diseugia 1 ou 2 (escala CTCAE) serão incluídos e aleatoriamente divididos em dois grupos: um grupo teste, tratado com 2J de luz vermelha e 3J de luz infravermelha, e um grupo placebo tratado com simulação da aplicação (cegamento de paciente, avaliador e estatístico). Serão coletados os dados clínico-patológicos, testes objetivo e subjetivo do paladar (EVA, CTCAE e STTA), qualidade de vida (OHIP-14), saliva (dosagem de Fator de Necrose Tumoral alfa, TNF-α), escores de saúde geral (ECOG) e outros efeitos adversos no dia do ciclo de quimioterapia em que o paciente apontou diseugia, e antes de iniciar o ciclo seguinte. Paralelamente, uma pesquisa in vivo incluirá 80 camundongos Siwss fêmeas divididas em um grupo controle negativo tratado com diluente, um grupo controle positivo, tratado com docetaxel 15mg/kg s.c. semanalmente e três grupos testes co-tratados semanalmente com 0.24J de laser vermelho, ou infliximabe (anti-TNF-α) ou etanercept (anti-TNFR), ambos 5mg/kg. Após 14 e 28 dias os animais serão eutanasiados (n=8/grupo/dia) para avaliação de peso, ingesta alimentar, diarreia e escalas de Grimace e remoção das línguas para análise histomorfométrica dos botões gustativos e imuno-histoquímica (escores 0-3 para CK7, S-100, EMA, TNFR1, TNFR2, TNFR3, iNOS e nNOS). Testes t pareado ou Wilcoxon, qui-quadrado, ANOVA-1-way ou -2-way/Bonferroni e Kruskal-Wallis/Dunn serão utilizados para análise estatística (SPSS 20,0; p<0,05).
  • Instituto de Pesquisa e Educação Científica - CE - Brasil
  • 25/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabrício de Andrade Caxito

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • a influência dos orógenos neoproterozoico-cambrianos nos sistemas geoquímicos e biológicos do paleocontinente gondwana ocidental
  • Controles fundamentais dos processos relacionados à tectônica de placas sobre as diversas esferas do Sistema Terra vem sendo demonstrados nos últimos anos. Por exemplo, o vulcanismo nos arcos magmáticos fornece gases de efeito estufa, enquanto a colisão continental e o intemperismo de regiões montanhosas consome CO2, modulando o clima. A exumação e erosão de zonas de sutura fornece detritos ricos em nutrientes, e o soterramento de carbono sob estes detritos libera grandes quantidades de oxigênio, ambos necessários para o desenvolvimento de formas de vida complexa. Um problema central para compreender e ligar os processos em orógenos acrescionários e colisionais às variações nas condições biogeoquímicas é o controle temporal refinado dos processos atuantes nestes dois ambientes, necessário para permitir a correlação e a provável interpretação causal entre estes processos. A hipótese específica a ser investigada neste projeto é a influência do desenvolvimento de arcos magmáticos, zonas de sutura e colisão continental nas condições biogeoquímicas das bacias do paleocontinente Gondwana Ocidental durante o Neoproterozoico. O território brasileiro é privilegiado por conter o registro de processos orogênicos contemporâneos a variações climáticas extremas (Terra Bola de Neve) e ao surgimento das primeiras formas de vida complexa, tornando a hipótese de influência dos processos atuantes em uma destas esferas nas outras altamente plausível. A metodologia envolverá trabalhos de campo para levantamento de seções e coleta de amostras, petrografia, geoquímica e geocronologia multi-método a fim de demarcar temporalmente os processos de subducção, colisão, exumação e erosão nos orógenos e as variações nas condições biogeoquímicas, disponibilidade de oxigênio e nutrientes e de conteúdo fossilífero nas bacias. O objetivo é construir um modelo integrado de evolução entre as diversas esferas do Sistema Terra, utilizando o paleocontinente Gondwana Ocidental como laboratório natural.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabrício Figueiró

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • avaliação do papel de micrornas derivados de exossomos na imunomodulação e na progressão do glioblastoma
  • As células que compõe um tumor transmitem informações através de vesículas que carregam, entre outros componentes, microRNAs (miRNAs) capazes de alterar o sistema imune. Os miRNAs são mediadores em destaque na comunicação intercelular no microambiente tumoral através da modulação da expressão gênica. Após muitas décadas de estudo do câncer, ainda não compreendemos os principais fatores que limitam o enfrentamento, pelo sistema imune, das células neoplásicas. Nesse âmbito, crescentes evidências relacionam miRNAs carreados por exossomos (EXOs), um tipo de vesícula extracelular, com a evasão imune no glioblastoma (GBM), um tumor cerebral de péssimo prognóstico. Deste modo, este projeto pretende investigar os miRNAs, carreados por exossomos, relevantes para a imunomodulação e progressão do GBM. Para isso, selecionaremos os principais miRNAs envolvidos com imunomodulação a partir de análises in silico e ex vivo. Os miRNAs superexpressos serão silenciados a partir da cultura primária e os respectivos exossomos, com miRNAs silenciados (EXOmiRNAs-), serão incubados com linfócitos B e T para análises de imunomodulação. Para a co-cultura, linfócitos tratados com EXOmiRNAs- serão cultivados com células de GBM para avaliação da atividade antitumoral. Além disso, os miRNAs previamente selecionados serão quantificados a partir de EXOs de sangue periférico de pacientes com GBM, incubados com linfócitos B e T para as avaliações de imunomodulação e correlacionados com as características clínico-laboratoriais dos pacientes. Por fim, as análises acima serão combinadas com análise in silico de banco dados de transcriptoma para propor os mecanismos envolvidos na imunomodulação mediada por miRNAs. Com o desenho experimental proposto, análises in silico, validação ex vivo e correlações clínico-laboratoriais, planejamos aprofundar o entendimento da imunomodulação no microambiente tumoral e selecionar miRNAs com potencial translacional em diagnóstico, prognóstico e/ou alvos terapêuticos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabrício Gonzalez Nogueira

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • modelagem e controle lpv de uma planta de dessalinizaçãopor osmose reversa acionada por sistema fotovoltáico
  • Este projeto de pesquisa propõe o estudo e implementação de malhas de controle em uma planta de dessalinização por osmose reversa (RO, do inglês reverse osmosis) através do uso de técnicas de controle de sistemas lineares com parâmetros variantes (LPV, do inglês linear parameter-varying). A planta de RO em estudo é multivariável com forte acoplamento e está sujeita a diferentes condições de operação e perturbações externas. O nível de pressão da água salobra de alimentação é variável, fato esse devido ao acionamento por uma bomba alimentada por sistema fotovoltáico com radiação intermitente. O comportamento dinâmico da planta é também fortemente afetado pelos diferentes níveis de salinidade da água salobra de alimentação. Além de lidar com as não linearidades e perturbações externas, o sistema de controle proposto também visa uma operação eficiente e um prolongamento da vida útil das membranas de RO, atenuando efeitos indesejáveis nas tubulações e membranas de RO, tal como sobre pressões e o golpe de ariete. O sistema proposto terá como variáveis controladas a pressão de entrada nos pré-filtros, a pressão de entrada no conjunto de membranas e a vazão de saída de água permeada. A atuação será realizada através de bombas e 2 eletroválvulas proporcionais. Para fins de projeto, a dinâmica da planta será representada através de modelos LPV MIMO 3x3, o qual será estimado a partir de dados coletados experimentalmente. A partir do modelo LPV da planta os controladores LPV serão determinados via a solução de problemas de otimização convexa, na forma de LMI dependente de parâmetros com solução através de métodos de relaxação. O controlador LPV será projetado de modo a garantir a estabilidade e o desempenho do sistema para uma ampla faixa de condições operacionais, o que geralmente não é possível de obter com controladores convencionais a parâmetros fixos. O estudo será validado através de testes experimentais em uma planta piloto com capacidade de 20 l/h de permeado.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabrício Kitazono de Carvalho

Ciências da Saúde

Odontologia
  • avaliação de métodos de diagnóstico da gravidade da hipomineralização molar-incisivo e de suas repercussões no sistema estomatognático.
  • A Hipomineralização Molar-Incisivo (HMI) é uma malformação qualitativa do esmalte dentário que atinge em média 15% da população, sendo um dos defeitos de desenvolvimento do esmalte mais comuns. Clinicamente ela apresenta opacidades demarcadas, de extensão e coloração variadas, afetando no mínimo um primeiro molar permanente. O diagnóstico da HMI é fundamentalmente clínico, sendo possível de ser realizado apenas após o aparecimento do elemento dentário na cavidade bucal, no processo de erupção. A determinação da gravidade da HMI é realizada atualmente por critérios como a localização, extensão e coloração da lesão, além de fatores como presença de hipersensibiliade dentária e idade da criança, dentre outros. O diagnóstico precoce e a correta determinação da gravidade da HMI é fundamental para adoção de protocolos de tratamento menos invasivos e mais eficazes. Não existe até o momento métodos e tecnologias auxiliares no diagnóstico da presença e gravidade da HMI. O objetivo do projeto é o de avaliar a acurácia e viabilidade de diferentes métodos para auxílio no diagnóstico e determinação da gravidade da HMI. O projeto será iniciado in vitro, em dentes oriundos de um Biobanco, seguido de um estudo clínico, com escolares de 06 a 12 anos. Testes de eficácia e de viabilidade (variáveis de custo e logística) no diagnóstico da HMI serão realizados com a Espectroscopia RAMAN, a Tomografia de Coerência Optica, a VistaCam iX, sendo seus dados comparados ao diagnóstico visual e histológico. Nas crianças, serão realizadas avaliações dos métodos anteriormente descritos, que tenham apresentado viabilidade para execução clínica. Além disso, serão realizadas avaliações de parâmetros musculares e mastigatórios de crianças com ou sem HMI, em diferentes níveis de gravidade, por meio da eletromiografia, mensuração da força de mordida e da pressão da musculatura bucal. Estudos pilotos foram realizados com os métodos descritos, sendo métodos promissores para o diagnóstico clínico da HMI.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabrício Leal de Oliveira

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • planejamento e assessoria popular em conflitos urbanos e territoriais no brasil
  • Os investimentos em renovação urbana em Nova Iorque nos anos 1940 e 1950 engendraram movimentos que reivindicavam a reconfiguração dos processos de planejamento especialmente centrados em organizações comunitárias. No caso brasileiro, especialmente na década de 1970, mobilizações de movimentos de moradia em São Paulo e outras metrópoles, além de diversos conflitos fundiários urbanos e rurais envolvendo movimentos sociais, também acionaram experiências de planejamento comunitário ou popular como repertório de ação política. Nos últimos anos, diversas iniciativas promovidas pelo Estado e parceiros privados têm produzido processos de despossessão da população de baixa renda no Brasil. Em contraponto, diversas experiências de resistência têm confrontado esses processos, recorrendo a estratégias variadas. Nessa perspectiva, o objetivo geral deste projeto é identificar e caracterizar experiências de planejamento e de assessoria popular articuladas a iniciativas autônomas de comunidades e movimentos sociais relacionadas à luta pela terra e a resistências a processos de remoção, despossessão e desterritorialização, dentre outras mobilizações sociais relacionadas ao processo de produção da cidade e do território. A diversidade dos contextos de conflito, das práticas e metodologias de assessoria e planejamento, dos agentes envolvidos, tem ensejado iniciativas de análise, sistematização e teorização sobre tais experiências, como aquelas desenvolvidas por redes e grupos aos quais se integra a equipe reunida nesse projeto. A pesquisa proposta visa consolidar esse processo. O trabalho será desenvolvido em 2 etapas: (i) levantamento de experiências brasileiras de planejamento e assessoria, identificando o contexto e as configurações dos conflitos; (ii) desenvolvimento de análises temáticas, por meio de estudos multicaso, com ênfase nos repertórios de ação e nas características dos conflitos associados, visando uma aproximação crítica que contribua para a teorização sobre o tema.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabrício Lima Brasil

Engenharias

Engenharia Biomédica
  • um herói (hand exoskeleton for rehabilitation objectives and intervention) para a reabilitação de pacientes que sofreram acidente vascular encefálico
  • O acidente vascular encefálico (AVE) causa déficit motor. Equipamentos robóticos associados a interfaces cérebro-máquina (ICM) podem auxiliar na reabilitação desses pacientes. A ICM permite a comunicação direta de sujeitos com equipamentos robóticos. ICMs que envolvem controle de órteses por imagética motora, na qual se imagina um movimento sem mover os músculos, foram bem-sucedidas na restauração de movimentos em pacientes com AVE. Nesse contexto, novos estudos apresentam propostas de desenvolver interfaces que combinam o uso de eletromiografia (EMG) e eletroencefalografia (EEG), para melhorar o controle robótico. Assim, propomos otimizar uma órtese de baixo custo (HERÓI - Hand Exoskeleton for Rehabilitation Objectives and Intervention) para a reabilitação de movimentos da mão controlada por ICM híbrida com EEG e EMG, e testar o dispositivo em pacientes de AVE. Um estudo Alemão em 2013 mostrou que a ICM foi eficaz na reabilitação de pacientes com AVE, mas utilizaram uma órtese grande, pesada e cara. Aqui propomos a utilização de impressão 3D devido sua flexibilidade, praticidade e baixo custo. Nós hipotetizamos que os pacientes que controlarem o HERÓI ativamente apresentarão uma melhora motora significativamente maior do que os pacientes do grupo controle. Serão recrutados 60 sujeitos acometidos por AVE e estes serão separados aleatoriamente em um grupo experimental com 30 sujeitos, que realizará um mês de reabilitação com o HERÓI e fisioterapia, e outros 30 sujeitos no grupo controle, com fisioterapia, mas o funcionamento aleatório do HERÓI. Os pacientes serão avaliados antes e depois das intervenções pela escala Fugl-Meyer (FMA) adaptada para movimentos realizados com a mão. O HERÓI deve ainda ser uma alternativa de baixo custo para reabilitação de pacientes com AVE. No futuro, esse dispositivo poderá ser utilizado em larga escala por hospitais, clínicas particulares, ou pelo próprio usuário para reabilitação intensiva e utilização nas atividades de vida diária.
  • Instituto Santos Dumont - RN - Brasil
  • 13/06/2022-30/06/2025
Foto de perfil

Fabricio Lyrio Santos

Ciências Humanas

História
  • semear a fé, ordenar o mundo. construção e desenvolvimento da malha paroquial na diocese da bahia (1551-1822)
  • Fundada em 1551, a diocese da Bahia estabeleceu-se inicialmente no litoral, onde foram edificadas as primeiras paróquias, observando uma tendência geral da colonização portuguesa. Nas décadas seguintes, a expansão da malha paroquial pelo recôncavo e sertões tomou caminhos distintos, ora acompanhando os interesses econômicos, ora seguindo os propósitos missionários no impulso de conversão dos povos indígenas. Esta difusão do catolicismo revelou-se fundamental para a estruturação da colônia, dando origem a muitas povoações e vilas. O presente projeto tem por objetivo principal investigar a formação do espaço diocesano da Bahia, desde a sua criação – quando englobava todo o Brasil –, passando pela elevação a arcebispado em 1676 e pelas profundas transformações decorridas no Setecentos, até a Independência. Para tanto, compreende-se a importância de identificar as paróquias, curatos, missões, oratórios e capelas particulares que se estabeleceram no território diocesano ao longo do tempo. Adotar-se-á como estratégia metodológica a reconstituição destes espaços a partir da documentação escrita e da circunscrição dos lugares de culto, por meio de missões de estudos e do levantamento de fontes em bibliotecas e arquivos nacionais e estrangeiros, públicos e eclesiásticos, que guardam fontes relativas à história da Igreja e aos agentes nela envolvidos. Esta pesquisa deverá mostrar a relevância do estudo da geografia diocesana para uma melhor compreensão de como se produziu a assistência religiosa à população luso-afro-brasileira e indígena, e de como a Igreja concorreu para a formação dos espaços e da sociedade colonial. Ao estender seu interesse aos agentes do processo de expansão e consolidação da malha paroquial na diocese da Bahia, este projeto pretende, igualmente, contribuir para ampliar consideravelmente o conhecimento sobre o papel do clero secular no enquadramento religioso das populações e seu impacto no ordenamento político e social no Brasil colônia.
  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - BA - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabrício Maciel Gomes

Engenharias

Engenharia de Produção
  • novas estratégias para otimização de processos com múltiplas respostas
  • A otimização de processo contendo múltiplas respostas (MRO – Multiple Response Optimization) consiste na busca pelas melhores configurações em um problema com respostas conflitantes. Neste contexto, entende-se como otimização a busca de parâmetros que possam gerar melhorias no processo e não a determinação das condições ótimas. O MRO é realizado seguindo as etapas: desenho experimental; coleta de dados experimentais; construção de modelos matemáticos; validação estatística de modelos; aglutinação das respostas dos modelos em apenas uma função a ser otimizada; otimização da função aglutinada; validação experimental das melhores condições. A obtenção dos modelos matemáticos é, portanto, uma etapa fundamental na otimização de processos contendo múltiplas respostas, uma vez que a qualidade de predição dos modelos impacta diretamente na otimização do processo em função das propriedades de previsão do modelo. Atualmente, o método mais empregado é a técnica da regressão múltipla empregando-se o método dos mínimos quadrados, entretanto, este método acaba restringindo os modelos a somente funções polinomiais, o que pode gerar um baixo poder de previsibilidade. O Este projeto de pesquisa objetiva a determinação de uma estratégia robusta de modelagem matemática de dados oriundos de uma matriz experimental de DOE (Planejamento de Experimentos - Desgn of Experiments), empregando a técnica da regressão simbólica via programação genética. Os modelos serão gerados com funções polinomiais e exponenciais. Os modelos obtidos serão aglutinados pela função Desairability e empregados na otimização do processo utilizando-se como método de busca o Gradiente reduzido generalizado e algoritmos genéticos. Ao final dos procedimentos experimentais, espera-se determinar uma estratégia de otimização de processo mais robusta que as tradicionalmente aplicadas.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 28/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabrício Mezzomo Collares

Ciências da Saúde

Odontologia
  • desenvolvimento de materiais bioativos e antimicrobianos para manufatura aditiva
  • Mais de 500 milhões de restaurações são feitas por ano no mundo, sendo que aproximadamente 50% são substituições, em sua maioria, por cárie secundária. Materiais com propriedades antimicrobianas e remineralizantes podem diminuir sua chance de falha. A manufatura aditiva em Odontologia é incipiente e o desenvolvimento de materiais bioativos por impressão 3D não é uma realidade. A presente proposta visa desenvolver materiais inovadores para a Grande Área da Saúde dentro da Odontologia na subárea de Materiais Odontológicos por meio da avaliação de cargas inorgânicas bioativas e compostos antimicrobianos para resinas odontológicas produzidas por manufatura aditiva. A proposta contempla pesquisadores com ampla expertise, em instituições de renome nacional e internacional de forma a gerar complementaridade de conhecimento. Com isso, busca-se otimizar a produção de tratamentos personalizados em Odontologia por meio da impressão de materiais a serem aplicados no planejamento e execução de tratamentos odontológicos combinando a estes a capacidade de estímulo à deposição de mineral e de controle bacteriano. A equipe multicêntrica (UFRGS, UPF, Yller) apresenta expertise em formulação de materiais resinoso antimicrobianos, bioativos, e em manufatura aditiva. A competência e treinamento da equipe nos temas desse projeto complexo e inovador são fatores garantidores da exequibilidade dos marcos propostos que abrangem a formulação de compósitos antimicrobianos e bioativos por manufatura aditiva (3D) e sua caracterização físico-químico e biológica. Pretende-se que as estruturas impressas apresentem propriedades antimicrobianas e remineralizantes, sem incremento na citotoxicidade e com grau de conversão, resistência à flexão e cor adequados para aplicação clínica. A proposta foi delineada e será executada por uma equipe de pesquisadores com treinamento e competência, apresenta um parque instalado para o desenvolvimento dos compósitos inovadores, e contempla os requisitos do edital.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabrizio de Luiz Rosito Listo

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • cartografia participativa e vulnerabilidade social em áreas de risco a inundações: caso comparativo recife (brasil) e buenos aires (argentina).
  • Mapeamentos realizados por comunidades as tornam encorajadas a modelar detalhes relevantes de seus territórios. A cartografia participativa pode nortear à gestão de áreas vulneráveis, fortalecendo a percepção do risco e reduzindo desastres. Os recentes marcos internacionais (ex. Hyogo e Sendai) foram formulados priorizando a atuação das comunidades, as quais, deixam de ser passivas às decisões gestoras tornando-se agentes de sua própria segurança. Na cidade de Recife (PE), é frequente a ocorrência de inundações, causando a destruição de moradias com vítimas fatais e aumentando, a cada ano, o número de áreas de risco. Nesse contexto, a bacia do Tejipió (30% do território Recifense) tem registrado muitas inundações com situações catastróficas (ex. acidentes em ocupações riberinhas). Paralelamente, a cidade de Buenos Aires (Argentina) tem apresentado diversos problemas de inundações nas últimas décadas. Processos de reestruturação de áreas urbanas foram ativados em áreas suscetíveis, todavia, com poucos resultados positivos. O bairro de Palermo (nordeste de Buenos Aires) destaca-se quanto à ocorrência destes processos. Em um contexto de renovação urbana, muitas edificações proliferaram ao redor da drenagem, elevando níveis de impermeabilização. Assim, o objetivo geral consiste em desenvolver uma abordagem participativa e comparativa entre Recife (Brasil) e Buenos Aires (Argentina), visando a hierarquização do grau de risco a inundações nos bairros de Tejipió e Palermo, com vistas à redução de desastres. Tal investigação é plausível, pois existem parcerias firmadas, respectivamente, com a Defesa Civil do Recife e com o Departamento de Geografia da Universidade de Buenos Aires (UBA). Os procedimentos metodológicos consistem na setorização das áreas de risco; avaliação da vulnerabilidade (ficha de campo); aplicação de ficha participativa de risco aos moradores e desenvolvimento da percepção para julgamento do grau de risco pelos próprios residentes.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Farid Chemale Junior

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • "estudos integrados sobre a evolução paleoclimatica e paleoceanográfico do segmento austral do atlântico sul com base no registro tecnotoestratigráfico e bioestratigrafico da bacia de pelotas",
  • Estudos de margens passivas do setor austral da América do Sul são complexos pois envolvem interação entre processos de espalhamento de fundo oceânico, formação dos Andes e rearranjo das placas da América do Sul, Antártica e Pacífica. O principal foco deste estudo é definir com precisão as principais superfícies estratigráficas das bacias de Pelotas, Punta del Este e Malvinas com base a bioestratigrafia, geologia isotópica e correlação de superfícies sismoestratigraficas. Estas informações integradas aos estudos multiescalres de bacias (dados de geofísica e poços de subsuperfície publicos da ANP, ANCAP e IODP) e modelagem numérica de bacia permitirão entender melhor a dinâmica das placas da América do Sul e os seus eventos tectônicos, glácio-estutáticos e evolução das correntes marinhas ao longo do Mesocenozóico. Dentre as principais questões, a correlação dos eventos deposicionais, erosivos de soerguimento e subsidência ao longo da margem passiva é somente possível com determinação absoluta apoiada por bioestratigrafia detalhada, que permitirão que os dados sísmicos possam ser melhor aproveitados na determinação das superfícies estratigráficas e eventos tectonosedimentares. Assim, é necessário que os dados de subsuperfície disponíveis sejam integrados de forma multidisciplinar com a abordagem dos processos iniciais de fragmentação dos continentes (com geração dos Seaward Deep Reflector), formação das fases rift até a dispersão dos continentes com a geração da sedimentação marinha rasa a profunda. Aqueles processos compressionais associados a tectônica andina e extensionais à dispersão de placas e formação da Passagem de Drake serão detalhados para definir melhor os padrões de circulação de correntes, a geração de depocentros sedimentares, formação de leques submarinos (ex. Cone de Rio Grande) e sua associação com contoritos.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025