Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Sebastiao de Campos Valadares Filho

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • inct de ciência animal
  • A criação do INCT-CA em 2009 permitiu a estruturação das instituições participantes e a melhoria na formação de recursos humanos, na qualidade das pesquisas produzidas e na transferência de tecnologia para a sociedade, além de forte internacionalização da pesquisa. O INCT-CA foi proposto com 7 Instituições de pesquisa, sendo ao final acrescidas mais 3, cujos detalhes podem ser visualizados em www.inctca.ufv.br. As atividades de pesquisa foram conduzidas em cinco redes: Rede 1 - Pesquisa em Avaliação de Alimentos; Rede 2 - Nutrição e Produção de Ruminantes Rede 3 – Nutrição e Produção de Monogástricos; Rede 4 - Avaliação Genética Quantitativa e Molecular em Animais de Produção, e Rede 5 – Avaliação e Redução de Gases de Efeito Estufa na Pecuária, destacando-se que esta rede foi a última criada, não sendo possível sua conclusão. Ao final dessa chamada, todas as principais metas foram concluídas. A continuidade do Instituto aumentará a interação de grupos de pesquisa no Brasil uma vez que a nova proposta apresenta a formação de um grupo muito maior, constituído de 24 Instituições de todas as regiões do país (norte a sul), com aproximadamente 100 pesquisadores, demonstrando o grande sucesso do primeiro INCT-CA. Tal fato demonstra ainda que a condução de pesquisa em rede é um processo excelente e que deve ser adotado para todas as áreas do conhecimento, uma vez que estimula a cooperação científica e o uso compartilhado de laboratórios e equipamentos, e permite gerar produtos de alta qualidade e de amplo acesso para a sociedade brasileira. As Instituições envolvidas são EMBRAPA; EPAMIG; UESB; UESC; UFBA; UFC; UFGD; UFLA; UFMG; UFMT-CUIABÁ; UFMT-SINOP; UFPB; UFPI; UFRA; UFRB; UFRPE; UFSJ; UFV; UFVJM; UNESP-BOT.; UNESP-JAB.; UNIMONTES; UNIOESTE; USP-PIR. Assim, o INCT-CA propõe nova estrutura em 7 redes que serão resumidamente destacadas abaixo. Rede 1: Desenvolvimento, otimização e normatização de métodos para avaliação de alimentos e desempenho animal, coordenada por Edenio Detmann – UFV; Produto Principal: Manual de analises de alimento (versão 2.0) em português e inglês e um Manual de procedimentos experimentais. Rede 2: Avaliação de Exigências Nutricionais de animais de produção, coordenada por Sebastião C. Valadares Filho – UFV; Produtos: Publicar a 3a edição do BR-CORTE e atualizar o software BR-Corte 2.0. Publicar a 1a edição do BR-LEITE e desenvolver o Sistema Brasileiro de Exigências Nutricionais de Pequenos Ruminantes. Rede 3: Estudo da biologia muscular e qualidade de carne em sistemas tropicais, coordenada por Simone Eliza Facioni Guimarães – UFV. Produtos: Agregação de valor na qualidade da carne de suínos, aves e ruminantes em sistemas tropicais de produção para atender as demandas da indústria e do mercado consumidor interno e externo e estruturação de laboratório multiusuário de proteômica e biologia estrutural. Rede 4: Avaliação e redução do impacto ambiental pela atividade pecuária nos trópicos, coordenada por Telma Teresinha Berchielli–UNESP/Jaboticabal. Produtos: Estabelecimento de métricas para pegada de carbono em propriedades e leite e corte e Publicação do inventário de gases do efeito estufa em sistemas pecuários no Brasil. Rede 5: Realização de estudos sobre microbiologia zootécnica,coordenada por Odilon Gomes Pereira – UFV. Produtos: Elaboração do manual de práticas de manejo de silagem e desenvolver cepas para aplicação biotecnologica em diferentes processos fermentativos. Rede 6: Avaliação de Alimentos funcionais e aditivos melhoradores de desempenho animal,coordenada por Paulo Borges Rodrigues – UFLA. Produto: Manual de uso de aditivos para alimentação de animais ruminantes e não-ruminantes. Rede 7: Avaliação e seleção de bovinos leiteiros nos trópicos, coordenada por Cláudio Nápolis Costa – EMBRAPA/Gado de leite. Produtos: Sumários de Touros com resultados das avaliações genéticas nas raças Gir Leiteiro, Guzerá, Girolando e Holandesa; Painel customizado para target sequencing de genes reguladores do metabolismo de lipídios na glândula mamária; e Identificação de marcadores moleculares para a resistência ao carrapato e à mastite para utilização nos programas de melhoramento genético das raças zebuínas e Girolando. Além dos produtos citados acima, espera-se a conclusão da orientação de aproximadamente 300 dissertações/teses, a orientação de centenas de bolsistas de iniciação científica e de apoio técnico e a publicação de centenas de artigos científicos em periódicos de elevado fator de impacto. Como contribuição geral, espera-se que os resultados obtidos dentro de cada uma destas redes possam gerar padronização de análises de alimentos, desenvolver novos métodos de pesquisa científica; publicar tabelas de exigências nutricionais para gado de corte, gado de leite e caprinos e ovinos que devem auxiliar todo o setor produtivo nacional. Além disso pretende-se entender o desenvolvimento muscular e qualidade de carne em bovinos, suínos e aves para atender demandas da agroindústria por carne de qualidade; reduzir o impacto ambiental pela atividade pecuária nos trópicos, apresentando estratégias de mitigação de metano entérico e estratégias de suplementação e manejo de pastagens em sistemas integrados para aumentar o estoque de carbono no solo. Também serão feitas prospecção de microrganismos e avaliação de silagens em condições tropicais e avaliação funcional do bioma de ruminantes com a finalidade de obter novos inoculantes e entender o crescimento microbiano ruminal; estudar alimentos funcionais e aditivos melhoradores de desempenho animal e melhorar a avaliação e seleção de bovinos leiteiros nos trópicos.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 28/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Sebastiao de Campos Valadares Filho

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • atualização do br-corte 3.0 em português e em inglês, substituição de farelo de soja por uréia e validação de curvas para estimar a composição de alimentos e fezes de bovinos usando o nirs
  • O BR-CORTE publicado inicialmente em 2006, teve sua última edição escrita em 2016 (BR-CORTE 3.0) e o software em 2020 (www.brcorte.com.br). Com o aumento dos preços de milho e soja, alternativas têm sido necessárias para substituí-los, e dentre elas a substituição do farelo de soja por ureia. Além disso, o uso do NIRS para estimar a composição dos alimentos e fezes tem aumentado em razão de seu menor custo, maior rapidez e redução de poluentes no ambiente. As hipóteses desse projeto são que atualizar o BR-CORTE 3.0, incluindo a revisão ou inclusão de novos capítulos pode resultar em redução das exigências nutricionais e melhoria na eficiência alimentar de bovinos de corte; que o uso de ureia, substituindo parcial ou totalmente o farelo de soja, pode reduzir os custos de produção de bovinos em confinamento, e que o NIRS pode substituir os métodos convencionais de análises laboratoriais dos nutrientes de alguns volumosos, concentrados e fezes de bovinos. Os objetivos desse projeto são: 1) Atualizar e/ou validar em rebanhos comerciais as equações de predição do consumo de matéria seca de zebuínos puros e cruzados de corte e de leite;2) Atualizar e/ou validar as equações para estimar a eficiência microbiana;3) Gerar novas equações para obter as exigências de energia líquida para ganho de peso e para estimar a curva de lactação de vacas Nelore manejadas a pasto; 4) Atualizar as equações para estimar as exigências de proteína para ganho de peso de bovinos de corte e incluir nesse capítulo as exigências de aminoácidos; 5) Incluir novos capítulos para estimar as exigências nutricionais de água, e recomendar o uso de aditivos e vitaminas em dietas de bovinos de corte. Além disso, avaliar os efeitos da substituição parcial ou total do farelo de soja por ureia em dietas de bovinos em confinamento e desenvolver curvas de calibração para a predição composição química de alimentos e fezes, usando o NIRS.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Sebastião Elielton da Silva Ferreira

Ciências Humanas

Filosofia
  • jornada científica estadual - exposição de cientistas notáveis acrianos
  • Realizar a Jornada cientifica no Estado, promovendo as ações de difusão científica desenvolvidas anualmente pelas instituições de CT&I, através da disseminação de atividades de popularização da ciência com foco na promoção e a inclusão social, prioritariamente estudantes de baixa renda, em todos os níveis escolares, em comunidades periféricas, indígenas, ribeirinhas e municípios isolados. Dentro dessa realidade esse projeto visa o enriquecimento sustentável da população amazônica do Acre ao mesmo tempo em que se preserva e respeita as leis ambienteis vigentes no país e se promove a geração de riquezas para as comunidades tradicionais com a divulgação de áreas protegidas e visitação destas. Enfatizar a importância da continuidade do desenvolvimento cientifico e sustentável e mostrar através de ações conjuntas a efetividade e a eficácia do evento.
  • Governo do Estado do Acre - AC - Brasil
  • 29/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Sebastião Elielton da Silva Ferreira

Outra

Divulgação Científica
  • semana nacional de ciência e tecnologia em senador guiomard - acre
  • Ao longo dos anos a Semana de Ciência e Tecnologia no Acre (SNCT/AC) segue avançando progressivamente excedendo as metas anualmente estabelecidas. No Acre, a rede de Parceiros vem se consolidando nos últimos três anos e isso tem sido fundamental para que estes resultados tenham sido alcançados. Dessa forma, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é o vínculo que agrega todos estes atores em um mesmo cenário, trazendo a comunidade para dentro da academia, promovendo a transferência de conhecimentos científicos, promovendo a interação e a inclusão social. Ressalta- se o comprometimento pelo qual, a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Acre, desde que assumiu a coordenação da SNCT no ano de 2013. Tornando-se fato isolado apenas dentro de alguns municípios. Em 2022, a 1ª Expotec terá como foco central a capacitação da comunidade, através de oficinas, palestras e minicursos com base temática nacional, além de outros temas transversais de acordo com a necessidade apontada pela comunidade acadêmica e instituições inseridas no projeto. O objetivo principal do projeto vem da necessidade de suprir as demandas da sociedade relativas ao conhecimento científico, através da divulgação e popularização da ciência, para isso, unem-se forças com o Governo do Estado através da Secretaria de Estado de Educação, Prefeitura Municipal de Senador Guiomard, Instituto Federal de Ciência, Tecnologia e Inovação do Acre, União Educacional do Norte, Faculdade Meta, Faculdade da Amazônia Ocidental, Serviço de Apoio à Micro e Pequenas Empresas e demais entidades governamentais, para promoção da feira.
  • Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Acre - AC - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Sebastião Elielton da Silva Ferreira

Outra

Divulgação Científica
  • semana nacional de ciência e tecnologia no acre
  • Ao longo dos anos a Semana de Ciência e Tecnologia no Acre (SNCT/AC) segue avançando progressivamente excedendo as metas anualmente estabelecidas. No Acre, a rede de Parceiros vem se consolidando nos últimos três anos e isso tem sido fundamental para que estes resultados tenham sido alcançados. No ano de 2015, encontraram-se várias dificuldades relacionadas ao aporte de recursos para a execução da SNCT. Sabe- se que o Brasil se encontra em um cenário de crise econômica, desta forma os Estados da região norte são os mais prejudicados. O Acre participa de 3,4210% dos 25% do Fundo de Participação dos Estados (FPE) pertencentes à Região Norte, de forma que em 2015 este fundo teve um saldo negativo de R$115,1 milhões em relação à 2014 (Portal da Transparência da Controladoria Geral da União). Desta forma o governo dispôs de contrapartida mínima para o desenvolvimento das atividades da Secretaria de Ciência e Tecnologia e demais entidades vinculadas. Há que destacar que o Estado possui cerca de 264.593 estudantes da educação básica matriculados (MEC/INEP/DEAES 2020), a atenção dedicada sob seus aspectos educacionais deixam em evidência o grande impacto social e a indiscutível atuação direta em cada indivíduo, promovendo a integração de eventos que geralmente são individualmente organizados por cada instituição, unificando em um mesmo ambiente um grande número de trabalhos científicos. O vínculo que agrega todos estes atores em um mesmo cenário, trazendo a comunidade para dentro da academia, promovendo a transferência de conhecimentos científicos, promovendo a interação e a inclusão social. Em 2022, a Expociência terá como foco central a capacitação da comunidade, através de oficinas, palestras e minicursos com base temática nacional “Bicentenário da Independência: 200 anos de ciência, tecnologia e inovação no Brasil”, além de outros temas transversais de acordo com a necessidade apobjetivo principantada pela comunidade acadêmica e instituições inseridas no projeto.
  • Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Acre - AC - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Sebastiao Jose Nascimento de Padua

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • do papel para a mesa ótica: teoria e experimentos fotônicos de física quântica fundamental
  • Ao incorporar as leis da teoria quântica no armazenamento, processamento e transmissão de dados, a informação e computação quântica podem resolver problemas ainda sem solução. Fótons são utilizados para a transmissão de informação quântica, pois exibem efeitos quânticos à temperatura ambiente, podem ser distribuídos em longas distâncias no espaço livre ou em fibras óticas, com aplicações na distribuição de chaves quânticas, em metrologia/sensoriamento quântico e computação quântica. Sistemas de matéria condensada têm maior escalabilidade para a computação quântica e presenciamos recentemente a demonstração da “vantagem quântica” em computadores com circuitos supercomputadores e avanços com processadores quânticos de silício. Um dos problemas do aumento do número de qubits em processadores quânticos são os efeitos de decoerência. Caracterizar sistemas quânticos abertos é portanto essencial. Um dos temas do nosso projeto é o monitoramento e quantificação de não-markovianidade em sistemas quânticos abertos. O segundo tema são os estudos de fundamentos da física quântica. Testaremos os fundamentos visando a sua aplicação no sensoriamento quântico, imagens quânticas, metrologia quântica e comunicação quântica. Estudaremos novos interferômetros abordando a interferência quântica, medições sequenciais, testes de não-localidade e contextualidade. O terceiro tema é o estudo de emaranhamento em sistemas unidimensionais de muitos corpos sujeitos a uma situação de não-equilíbrio dinâmico. A metodologia do projeto consiste em explorar os problemas propostos pelos pesquisadores teóricos em experimentos nos laboratórios de Ótica Quântica da UFMG, em mesas óticas ou circuitos fotônicos (fabricados no Laboratório de Ótica do IF-UFAL, IFSC/USP ou IF-Unicamp). Usaremos os experimentos com fótons para avaliar protocolos e aspectos fundamentais da comunicação e da computação quântica com o objetivo de testar a sua viabilidade em setups mais complexos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Sebastião Rodrigo Ferreira

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • potencial biotecnológico de piper macedoi, planta nativa da mata atlântica, para a produção de uma pomada para leishmaniose e um repelente contra mosquitos.
  • O potencial biotecnológico brasileiro encontra-se sob ameaça diante da perda progressiva de áreas nativas e da biodiversidade, o que pode implicar extinção de espécies ainda não caracterizadas. Esta realidade é agravada em áreas da Mata Atlântica no Extremo Sul da Bahia, em razão da monocultura de eucalipto. Uma das espécies endêmicas desse território, Piper macedoi Yunck, foi recentemente caracterizada por nosso grupo quanto a algumas das propriedades químicas e biológicas de suas frações. Os extratos (óleo volátil e extratos com solventes orgânicos) de P. macedoi apresentaram, in vitro, atividade leishmanicida contra Leishmania amazonensis, além de demonstrar ação inseticida e repelente contra Aedes aegypti e carrapaticida contra Rhipicephalus sanguineus. Ainda, apresentaram baixa citotoxicidade sobre as linhagens de celulares de mamíferos. Esses resultados promissores nos encorajam a propor a exploração do potencial biotecnológico dos extratos dessa espécie, justificada pelo cenário epidemiológico da leishmaniose tegumentar (LT), doença negligenciada, de tratamento difícil, caro e com muitos efeitos colaterais. Ainda, a alta prevalência de arboviroses requer o controle do A. aegypti como principal estratégia de prevenção, na qual o uso de repelentes é essencial para conter o avanço dessas doenças. Assim, o objetivo desta proposta é avaliar a atividade biológica in vivo dos extratos de P. macedoi incorporados a uma pomada para tratamento da LT e uma emulsão a ser testada como repelente. As propriedades citotóxicas e imunomoduladoras dos extratos purificados serão avaliadas in vitro em leucócitos obtidos do sangue periférico de voluntários humanos e em linhagem de células epiteliais. Os ensaios in vivo da pomada contendo óleo e extrato serão realizados em camundongos parasitados com L. amazonensis a fim de avaliar a atividade leishmanicida e imunomodulatória. A ação repelente será avaliada expondo a mão de voluntários humanos a fêmeas de A. aegypti livre de vírus
  • Universidade Federal do Sul da Bahia - BA - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Selene Elifio Esposito

Ciências Biológicas

Morfologia
  • atingindo os alvos terapêuticos do neuroblastoma com toxinas derivadas da saliva do carrapato amblyomma sculptum
  • Neuroblastoma é uma neoplasia maligna que incide principalmente nos gânglios simpáticos e medula adrenal de crianças de até 5 anos de idade. Mesmo que os avanços científicos e terapêuticos tenham beneficiado pacientes de baixo e médio risco, o cenário para o grupo de alto risco não se alterou nos últimos 40 anos, com sobrevida de 50% em 5 anos. A principal razão é a progressão da lesão, refratária à terapia convencional, que se correlaciona com a idade no diagnóstico, características histológicas e alterações cromossomais segmentares, além do status do número de cópias no oncogene MYCN. Tais casos justificam o esforço na busca de novos alvos e estratégicas terapêuticas. Componentes da biodiversidade oferecem ampla gama de produtos de importância econômica, com destaque para a indústria farmacêutica. Dados obtidos por nosso grupo de pesquisa demonstram que a saliva do carrapato Amblyomma sculptum tem alta citotoxicidade e efeito antiproliferativo in vitro sobre diferentes linhagens tumorais. Células de neuroblastoma apresentaram alta sensibilidade à saliva, com 60% de redução na viabilidade e 90% de positividade para anexina-V com a ativação de apoptose mitocondrial dependente de caspases, além de acúmulo de células na fase G(0)/G1(>60%), redução do potencial de membrana mitocondrial, associado à desestabilização do citoesqueleto. Vale ressaltar que os sinais de citotoxicidade não foram observados em fibroblastos humanos, sugerindo a especificidade de ação da saliva em células com alto grau de proliferação. Demonstramos ainda, a ação anti-angiogênica in vitro pela saliva com inibição da proliferação, migração e formação de tubos de células endoteliais, associada à desestabilização do citoesqueleto. No presente projeto pretendemos ampliar o estudo de componentes obtidos pelo fracionamento da saliva bruta em busca do entendimento dos mecanismos de ação e potenciais aplicações.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 09/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Selma Maria Bezerra Jeronimo

Ciências da Saúde

Medicina
  • história natural da infecção por leishmania infantum e co-morbidades
  • Nossos estudos têm sido direcionados para a compreensão dos fatores de risco em doenças infecciosas incluindo leishmaniose visceral (LV), hanseníase, arboviroses e SARS-CoV2. O risco de adoecer por agentes causadores dessas doenças pode ser influenciado por fatores ambientais e genéticos. A infecção por Leishmania pode evoluir de forma espectral, variando de infecção assintomática à doença (LV). Nossos estudos de expressão gênica global (estudos em humanos e de caninos) mostraram vias gênicas associadas à LV sintomática, incluindo vias do inflamassoma, do metabolismo lipídico e do proteossoma. A presente proposta buscará responder as seguintes questões: (1) Quais os marcadores para a infecção por L. infantum assintomática? (2) Quais respostas inflamatórias estão associadas e potencialmente contribuem para a gravidade da LV? (3) Como as coinfecções ou sobrepeso, obesidade ou Diabetes mellitus alteram a resposta imune à infecção por L. infantum? (4) como a imunidade treinada está envolvida na resistência à recaída e (5) como a coinfecção HIV-Leishmania induz um risco maior de LV e maior risco de morte? Com este racional, o objetivo geral desta proposta é examinar como a infecção por L. infantum pode ser influenciada por comorbidades e quais são os fatores de resistência. Os objetivos específicos são: #1. Avaliar a cinética da infecção por Leishmania infantum em pessoas com infecções assintomáticas versus sintomáticas; #2. Determinar se o tipo de respostas inflamatórias inatas e adaptativas presentes em pessoas com LV influenciam o prognóstico; #3: Avaliar se a imunidade treinada em pessoas infectadas com L. infantum está envolvida na resistência a desenvolver LV ou recaida da LV e #4. Identificar biomarcadores preditivos de evolução nas coinfecções Leishmania-HIV. A estratégia metodológica a ser utilizada baseia-se em estudos transversais, seguidos de componentes de estudos prospectivos permitindo avaliar o desfecho das questões levantadas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 29/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Selma Suely Baçal de Oliveira

Outra

Divulgação Científica
  • consolidação dos programas de pós-graduação da universidade federal do amazonas através da mobilidade nacional.
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Amazonas - AM - Brasil
  • 21/02/2020-20/02/2025