Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Simone Raposo Cotta

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • o uso de comunidades microbianas sintéticas (syncom) na melhoria da eficiência da fertilização fosfatada de plantas
  • A cobrança por parte da sociedade pelo desenvolvimento de tecnologias que promovam uma agricultura sustentável e economicamente viável vem crescendo nos últimos anos. Nesse contexto, novas pesquisas estão sendo desenvolvidas com o intuito de compreender as interações que são estabelecidas entre as plantas e os microrganismos no ambiente da rizosfera e, dessa forma, manipular esse microbioma com a finalidade de aumentar a produtividade agrícola. Partindo da premissa que quanto mais diverso e ativo for o sistema biológico dos solos melhor será o desenvolvimento da planta (utilizando o conceito de biodiversity-ecosystem functioning), o objetivo principal desse projeto consiste em avaliar o efeito da diversidade microbiana do solo e da rizosfera sobre os mecanismos microbianos de disponibilização de fósforo para a planta (solubilização e mineralização) e estabelecer qual seria o microbioma mínimo necessário para que o processo de disponibilização desse nutriente não seja comprometido. Utilizando esse “microbioma mínimo” como referência, será construída uma comunidade sintética (SynCom) com o intuito de promover a fertilização fosfatada para a planta. Essa comunidade sintética será avaliada em relação a sua sobrevivência, estabilidade, funcionalidade e eficiência na disponibilização de fósforo em experimentos que serão desenvolvidos em casa de vegetação. Desta forma, o presente projeto propõe-se a gerar conhecimento fundamental para a formulação de bioinoculantes mais eficientes, pois leva em consideração a diversidade biológica do sistema e as interações estabelecidas entre microrganismos e microrganismos x plantas para a melhora na nutrição vegetal.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Simone Raquel Batista Ferreira

Ciências Humanas

Geografia
  • saberes e territorialidades tradicionais na foz do rio doce (es)
  • O Projeto de Pesquisa Saberes e Territorialidades Tradicionais na Foz do Rio Doce tem como objetivo principal identificar e cartografar os territórios tradicionalmente ocupados por comunidades pesqueiras, ribeirinhas, indígenas e quilombolas na região da foz do rio Doce. Os povos e comunidades tradicionais são sujeitos sociais historicamente impactados pela implantação do projeto colonial e moderno no Brasil, através dos Estados Modernos Ibéricos (séculos XV-XVI). Expandindo-se sobre outros territórios, a colonização efetivou um doloroso processo de dominação e expropriação de povos dali originários, transformando natureza e gente em mercadorias que alimentaram o lucrativo comércio colonial enriquecedor de uma determinada classe social europeia, em detrimento dos povos originários dos territórios colonizados - que viriam a ser denominados América, África e Ásia. Ademais, enquanto justificativa do novo padrão mundial de poder que se inaugurava, a colonização construiu uma classificação hierárquica dos povos fundamentada na ideia da raça, uma supostamente distinta estrutura biológica que situava os povos conquistados em situação natural de inferioridade em relação aos povos conquistadores. Os povos originários dos territórios colonizados se orientavam por referenciais econômicos, culturais e cognitivos distintos da matriz de racionalidade eurocêntrica, colonial e moderna. Herdeiros da matriz de racionalidade dos povos originários, ainda hoje os povos e comunidades tradicionais se relacionam com a terra e demais atributos da natureza para o usufruto comum, e organizam a reprodução da própria existência a partir de referenciais que não correspondem ao padrão hegemônico. A região da foz do rio Doce traz a presença de diversas comunidades tradicionais, originárias, sobretudo, dos povos indígenas que aí se territorializavam desde tempos anteriores ao processo colonial e se encontraram com povos de outras origens, como africanos, afrodescendentes e também europeus. A partir da colonização, o processo de abertura da região da foz do rio Doce aos projetos desenvolvimentistas passou a incidir sobre os territórios tradicionalmente ocupados pelos povos indígenas e, posteriormente, pelas comunidades tradicionais que lhes são descendentes. Orientados por matrizes de racionalidade distintas daquela dos povos originários e comunidades tradicionais, os projetos desenvolvimentistas passaram a se sobrepor e a tornar invisíveis seus territórios. Portanto, embora o momento histórico moderno colonial tenha oficialmente cessado, no atual padrão de poder mundial ainda permanecem práticas de colonialidade que teimam em manter a dominação, expropriação e invisibilidade territorial dos povos originários, que continuam classificados como “inferiores” frente ao modelo desenvolvimentista capitalista. Nesse sentido, estamos propondo esse projeto de pesquisa, no intuito de contribuir para a produção da visibilidade dos territórios tradicionalmente ocupados na foz do rio Doce, que apresentam formas de relação com a natureza vista como sustentação da vida, saberes específicos que constituem conhecimento patrimonial e apontam para possibilidades de outros modos de existir. Por meio do trabalho teórico e empírico, onde se encontram saberes acadêmicos e populares, busca-se contribuir para a formação diferenciada de estudantes e pesquisadores, orientada por uma perspectiva de descolonização do olhar, ao reconhecer a presença territorial e valorizar esses saberes que foram subalternizados.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Simone Schneider Weber

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • ensaio de formação de biofilme de staphylococcus epidermidis em diferentes condições experimentais que mimetizam o processo infectivo e bioprospecção de peptídeos antimicrobianos a partir de espécies da flora nativa da amazônia
  • Dentre os mecanismos de virulência de S. epidermidis, destaca-se principalmente sua habilidade de aderência a superfícies abióticas e formação de um biofilme bacteriano. O surgimento de cepas de Staphylococcus coagulase negativo meticilina resistente (MRCoNS) torna ainda mais complexo o controle de infecções causadas por esses agentes, o que nos faz pensar em alternativas coadjuvantes eficazes ao tratamento dessas infecções. Atualmente, os peptídeos antimicrobianos (AMPs) são considerados potencialmente a próxima geração de antibióticos (ATB), os quais devido suas características catiônica e hidrofóbicas tende a ter maior facilidade em interagir e se inserir em paredes celulares aniônicas ou em membranas fosfolipídicas de microrganismos. Os mecanismos de resistência, em especial a formação de biofilme, abre uma oportunidade de estudarmos os fatores envolvidos na adesão bacteriana durante o processo infectivo, para que possamos desenvolver novas estratégias de controle e tratamento. Nesse sentido, a presente proposta tem por objetivo compreender os mecanismos pelos quais S. epidermidis meticilina resistente vence as barreiras de defesa do hospedeiro, bem como testar peptídeos antimicrobianos, extraídos da flora amazônica, sobre a formação de biofilme em condições que mimetizam o processo infectivo.
  • Universidade Federal do Amazonas - AM - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Simone Sehnem

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • inovação disruptiva, nível de maturidade e modelos de negócios de economia circular: um estudo em startups latino-americanas
  • Esta proposta de estudo parte do pressuposto de que a competitividade das empresas, especialmente aquelas atuantes com modelos de negócios de economia circular tem ampla relação com a inovação disruptiva. Em um ambiente dinâmico, globalizado e incerto, no qual competem empresas cujas premissas foram idealizadas para atuarem numa perspectiva de circularidade, a inovação disruptiva e o nível de maturidade do negócio fazem parte da base de constituição e atuação destas empresas. Acredita-se que a disrupção dos modelos de negócios e das práticas adotadas nas organizações contribui para o desenvolvimento de empresas circulares. Assim, os modelos de negócios de economia circular são vistos como mecanismos de tornar o planeta mais sustentável e otimizar o uso de recursos naturais, pensando novos produtos desde o design até a reintrodução como insumos em novas cadeias de produção. A perspectiva da desmaterialização e nível de maturidade também passam a ser valorados. Utilizando um estudo quantitativo com um método hipotético com coleta de dados realizada por meio de um levantamento com as melhores universidades da América Latina, este estudo objetiva analisar a relação entre inovação disruptiva, nível de maturidade e modelos de negócios de economia circular.
  • Universidade do Oeste de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Simone Souza Monteiro

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • testagem rápida para o hiv e promoção da saúde entre mulheres trans/travestis, gays/hsh e trabalhadoras sexuais: uma revisão integrativa
  • Segundo documentos oficiais recentes, a realização do teste de HIV é crucial para o sucesso da estratégia conhecida como “Tratamento para Todas as Pessoas” (TTP) ou “Tratamento como Prevenção” (TcP). Dado o compromisso do Brasil com as políticas globais de Aids, as respostas programáticas para o controle da epidemia vêm se apoiando em variadas iniciativas de ampliação do acesso ao diagnóstico com fins de prevenção. Projetos e programas de promoção da saúde e prevenção do HIV vêm assumindo o compromisso de oferecer o diagnóstico precoce e a remissão oportuna ao tratamento das populações consideradas chave pelas políticas, como mulheres trans/travestis, gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH) e profissionais do sexo. Tais iniciativas, nacionais e internacionais, vêm oferecendo testagem em lugares públicos, privados e em horários variados a fim de alcançar grupos populacionais com maior dificuldade de acesso e acolhimento nas unidades convencionais da rede de saúde. Organizações não-governamentais (ONGs), locais de sociabilidade e de interação sexual e domicílios (por meio do autoteste) tornam-se espaços alternativos para a realização da testagem para o HIV. Embora apresentem relevantes resultados, esses programas e ações de testagem não têm alcançado uniformemente as populações definidas como chave nas políticas de prevenção. Ademais se articulam, de forma diferenciada, com estratégias de prevenção e iniciativas mais amplas de promoção da saúde. Nesse sentido, o presente projeto pretende analisar os desafios implicados na tradução das atuais políticas globais de Aids para as realidades locais, focalizando seus alcances segundo os diferentes universos populacionais aos quais se destinam. Assim, tem-se o intuito de reunir e sistematizar achados da produção acadêmica a respeito do desenvolvimento de ações e programas de promoção da saúde e de controle epidemiológico baseadas na testagem de HIV, por meio de uma revisão integrativa. Tal revisão visa contemplar pesquisas acadêmicas e formativas, nacionais e internacionais, publicadas em bases de dados, durante o período de 2010 a 2019, que abordem estratégias de prevenção e promoção da saúde e de oferta da testagem de HIV junto a mulheres trans/travestis, gays/HSH e trabalhadoras sexuais. A revisão da literatura pretende trazer luzes sobre desdobramentos específicos das políticas globais entre populações sexualmente marginalizadas e mais vulneráveis ao HIV e outras ISTs. A compilação e a análise dessa produção científica têm o potencial de indicar os alcances e limites das estratégias de prevenção apoiadas na testagem do HIV, visando superar seus obstáculos e lacunas
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 06/01/2020-31/01/2023
Foto de perfil

Simone Teresinha Protti Zanatta

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • a atenção à tuberculose em consultório na rua no município de são paulo/sp
  • O presente projeto resulta da colaboração de pesquisadores da Área Epidemiológica e Operacional da Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose (REDE-TB). Participam pesquisadores de diferentes programas de pós-graduação envolvendo as instituições: UFSCar, USP, e UNIFESP. Este projeto tem como objetivo analisar a produção dos sentidos dos discursos dos profissionais de saúde que atuam nas equipes de Consultório na Rua no município de São Paulo. Com o propósito de se aproximar e atender aos objetivos desta pesquisa, utilizaremos como recurso teórico-metodológico a Análise de Discurso de matriz francesa. O estudo será realizado no município de São Paulo e serão entrevistados os profissionais de saúde de nível médio e superior (médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem) pertencentes às equipes de Consultório de Rua envolvidos da atenção à tuberculose e, consequentemente, que atuam nas 18 eCnaR no município de São Paulo. As entrevistas serão áudio-gravadas e realizadas por meio de questões abertas e norteadoras, propiciando a construção de informações a atender o objeto do estudo. Para a análise será utilizada a fundamentação teórico-metodológico da Análise de Discurso de matriz francesa buscando a compreensão dos processos de produção de sentidos bem como a identificação da posição discursiva que o sujeito ocupa e como se fundamenta no encontro com a história, psicologia e ideologia. Os resultados deste estudo poderão oferecer subsídios para aprofundar conhecimentos e compreensão acerca das Equipes de Consultório na Rua, contribuindo para o planejamento, organização, monitoramento e acompanhamento da população em situações de rua acometida pela tuberculose; subsidiar o planejamento e execução de ações de controle da TB e contribuir para o desenvolvimento de pesquisas e formação de recursos humanos.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Simone Tostes de Oliveira Stedile

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • leptospirose na saúde pública: a importância da leptospirúria em cães e gatos assintomáticos na sua epidemiologia
  • A leptospirose é uma enfermidade infecto-contagiosa, de notificação obrigatória, que acomete tanto o ser humano quanto animais silvestres e domésticos.O Brasil é considerado uma área endêmica para esta enfermidade, e a mesma constitui um sério problema de saúde pública. A transmissão da doença acontece principalmente devido ao contato com a urina de roedores e cães infectados, mas outros animais também podem transmitir as leptospiras. O papel de gatos saudáveis ou com doença subclínica como hospedeiros reservatórios pode ter sido subestimado no passado,mas pesquisas recentes demonstraram leptospirúria em gatos e com isso os caracterizaram como reservatórios. Entretanto, o risco exato de contaminação de outros mamíferos, incluindo os seres humanos, a partir de gatos infectados ainda é desconhecido e tem grande importância na saúde pública. A realização desse projeto tem como objetivo avaliar a habilidade de cães e gatos em eliminar leptospiras na urina sem desenvolver sinais clínicos. Os animais avaliados serão naturalmente expostos a fatores de risco e com estreito contato com humanos. Serão coletados amostras de sangue e urina para a realização de exames de reação em cadeia da polimerase (PCR), miscroscopia de campo escuro e soroaglutinação microscópica (SAM).
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Simone Vasconcelos Ribeiro Galina

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • capacidade de absorção através de alianças para inovação: comparativo brasil e europa
  • A literatura tem apontado que as empresas que se internacionalizaram tardiamente, geralmente provenientes de países em desenvolvimento (PED), procuram mecanismos distintos das empresas tradicionais por estarem num ambiente diferente do das empresas de países desenvolvidos (PD) quando essas começaram a se internacionalizar. Uma das principais diferenças é que ao contrário das multinacionais consolidadas, que exploram seus recursos domésticos para internacionalização (geralmente estão em países desenvolvidos e, portanto, contam com recursos igualmente desenvolvidos), as empresas de PED se internacionalizam (também) para buscar recursos, que estão inacessíveis no país de origem, para então desenvolver um posicionamento competitivo global. A visão de que a busca por conhecimento deve ocorrer fora do país de origem, especialmente para empresas de PED, é semelhante à de Doz, Santos, Williamson (2001) em sua abordagem de companhia metanacional, que defende que as empresas, especialmente as que atuam em mercados dinâmicos e globais, devem mobilizar conhecimento disperso para criar inovações de alcance mundial. No entanto é importante considerar que a heteregoneidade obtida na internacionalização também tem pontos negativos, como altos custos de coordenação. Assim observa-se firmas obtendo vantagem da diversidade e novidade do conhecimento disperso e distante geograficamente, enquanto desenvolvem capacidade para compreender, interiorizar e utilizar o conhecimento de parceiros distantes. Observamos assim um efeito compensatório de distância geográfica e cultural por meio da utilização de recursos estratégicos e do desenvolvimento de capacidades que possibilitem à firma absorver conhecimento obtido internacionalmente. A capacidade dinâmica (DC), que é a habilidade da empresa em integrar, construir e reconfigurar competências internas e externas em resposta aos ambientes de rápidas mudanças (Teece et al., 1997), tem sido observada como relevante para tirar proveito da internacionalização (Teece, 2014). Uma dessas CD é a capacidade de absorção (CA), que segundo Cohen e Levinthal (1990, p. 128) é a “habilidade de reconhecer informações externas, assimilá-las e aplicá-las com fins comerciais”. Embora amplamente estudado, o constructo de capacidade de absorção é insuficientemente validado empiricamente devido a dificuldade de operacionalização e tem sido tratado como uma ‘caixa-preta’. É relevante mencionar que os trabalhos sobre CA têm focado majoritariamente empresas de países desenvolvidos, sendo que comparações entre PD e PED são praticamente inexistentes. Ainda, espera-se que a CA tenha um papel mediador na relação entre diversidade da aliança e performance inovadora, no entanto isso tem sido pouco estudado (vide detalhes no detalhamento do projeto). Considerando o exposto, é possível afirmar que, especialmente em setores dinâmicos e globais e em empresas provenientes de PED – ou seja, com condições minimizadas de desenvolvimento tecnológico – é relevante que as empresas desenvolvam e mantenham capacidades dinâmicas para permanecerem competitivas na sua adaptação ao mercado a partir das habilidades de absorção e de inovação. Assim, buscando preencher as lacunas teóricas existentes, esta pesquisa tem o intuito de responder a seguinte pergunta: Qual a contribuição das alianças para o desenvolvimento dos componentes da capacidade de absorção e consequente inovação nas empresas de setores inovadores? Este projeto de pesquisa surgiu como continuidade de um projeto anterior, cujo intuito foi investigar o impacto das parcerias de empresas de TIC (Tecnologia de Informação e Comunicação) no desenvolvimento de suas capacidades e consequentemente no seu desempenho inovador. O projeto anterior (2014 a 2015) foi realizado com análise de microdados da PINTEC/IBGE. Seus resultados (Galina, 2018; Galina, et al. 2016; Alves e Galina, 2016; Alves et al., 2016) mostram que as alianças afetam positivamente o desenvolvimento da capacidade de absorção e esta, por sua vez, impacta no desempenho inovador. E essa relação é influenciada pelas alianças realizadas no Brasil, no entanto não há significância para as alianças feitas com parceiros no exterior. Além disso, observa-se que essa influência é diferente dependendo do tipo de parceiro (acadêmico ou comercial), e também levanta-se uma série de questões interessantes a partir da observação das variáveis mediadoras e de controle utilizadas (existência de P&D interna, capacitação dos pesquisadores internos, tamanho da empresa). Assim sendo, esta proposta de pesquisa pretende ampliar o estudo empírico para além do Brasil e do setor de TIC, avaliar estatisticamente algumas hipóteses que não obtivemos significância (como a de alianças no exterior, conforme citado acima), e aprofundar análise das questões levantadas como resultantes da pesquisa anterior. Isso será realizado com a incorporação de dados de outras indústrias inovadoras e a comparação entre os dados brasileiros e os dados de países europeus, o que possibilita uma análise cross-country, bastante valorizada academicamente. Finalmente essa comparação permitirá avaliar as diferenças existentes entre países em desenvolvimento (Brasil) e desenvolvidos (europeus) no que se refere ao modelo conceitual deste estudo que é o impacto das alianças (feitas no país de origem ou no exterior) no desenvolvimento de capacidades de absorção e consequentemente no desempenho inovador.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Simone Wajnman

Ciências Sociais Aplicadas

Demografia
  • uma desigualdade leva à outra: diferenciais socioeconômicos na produção, consumo e transferência de trabalho doméstico não remunerado e as implicações para o mercado de trabalho
  • Nas sociedades modernas, a produção de bens e serviços nos domicílios para o consumo direto das famílias ocupa parte significativa do trabalho social. Essa produção é feita através do trabalho doméstico não remunerado. Há várias décadas, pesquisadores vêm chamando a atenção para a importância do trabalho doméstico dentro da economia e criticando o fato de essa produção não ser incluída na contabilidade da produção nacional, ignorando as longas jornadas nas atividades domésticas que as mulheres realizam, subestimando tanto a contribuição feminina para a economia como também o consumo das famílias. Para analisar a produção doméstica, as pesquisas de uso do tempo são essenciais. Atualmente, o Brasil não possui nenhuma pesquisa de uso do tempo representativa a nível nacional, o que limitou, por muito tempo, as possibilidades de análises. Essa limitação foi contornada a partir do desenvolvimento de uma metodologia que estima, a partir da PNAD, uma informação de melhor qualidade sobre o tempo que indivíduos dedicam ao trabalho doméstico não remunerado. O projeto ora proposto dará sequência a uma série de análises que se utilizarão da metodologia desenvolvida e aplicada aos dados das PNADs, que permite estimar informações inéditas sobre produção, consumo e transferência de tempo de trabalho doméstico não remunerado no Brasil. Uma vez que se dispõe, pela primeira vez, dessas informações, o objetivo é analisar os diferenciais entre homens e mulheres, em diferentes contextos socioeconômicos e arranjos domiciliares na produção doméstica e as conexões desses diferenciais com as desigualdades observadas no mercado de trabalho.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Simoni Margareti Plentz Meneghetti

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • meninas na biorrefinaria
  • A presente proposta visa despertar o interesse vocacional, com consequente estímulo à participação/formação de mulheres na área de Química, pela realização de atividades contextualizadas no âmbito da temática da Biorrefinaria. Para tanto são propostas várias atividades que garantirão o atingimento desse objetivo. Processos de biorrefinaria envolvem o uso de biomassa (e seus resíduos) como matéria-prima sustentável e abundantemente disponível (e, portanto de custos competitivos), que pode complementar ou substituir os insumos fósseis para produção de produtos químicos. Os produtos obtidos da transformação da biomassa têm várias aplicações importantes, tais como biocombustíveis, aditivos de combustíveis, fragrâncias, solventes, plastificantes, entre outros. Exemplos consolidados de produtos químicos obtidos por rotas de Biorrefinaria são os biocombustíveis bioetanol e o biodiesel. O mercado global de insumos fósseis (petróleo, carvão, etc.) enfrenta desafios relacionados ao aumento de custo de produção e grande pressão ecológica. Tal cenário é decorrência do alto valor das matérias-primas e da energia, associado à constante demanda por parte dos consumidores pelo aumento da qualidade dos produtos com redução de impactos ambientais, maior sustentabilidade e segurança industrial. Nesse contexto, a possibilidade de introduzir meninas nessa temática será extremamente valiosa, pois várias dimensões serão abordadas e aspectos ambientais, econômicos e sociais poderão ser discutidos. Isso sem dúvida proporcionará uma ampla formação com potencial de despertar a vocação para a carreira científica, calcada em conceitos de sustentabilidade e química verde.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 01/12/2018-31/05/2020
Foto de perfil

Simoni Tormohlen Gehlen

Ciências Humanas

Educação
  • contribuições de paulo freire para a educação em ciências na bahia e alagoas
  • Objetiva-se investigar de que forma pesquisadores da América Latina, da área de Educação em Ciências, têm explorado pressupostos freireanos na organização de programas curriculares e na formação de professores de Ciências. De posse dessas informações, também se busca investigar limites e possibilidades da elaboração e desenvolvimento de processos formativos de professores da Educação Básica e o processo de inserção desses pressupostos em cursos de Licenciatura em Física e Pedagogia. Metodologicamente, a pesquisa compreende três etapas: i) levantamento de pesquisas em Educação em Ciências que tem como foco a abordagem do referencial freireano, realizadas em países da América Latina, e publicadas em periódicos nacionais e internacionais; ii) elaboração de processos formativos de professores de Ciências em parceria com Secretarias Municipais de Educação e escolas da Educação Básica, na região sul da Bahia; ii) implementação de algumas atividades didático-pedagógicas em cursos de Licenciatura em Física na UFRB e na UESC e Licenciatura em Pedagogia na UFAL. Como instrumentos para obtenção de informações serão utilizadas entrevistas com pesquisadores latino-americanos identificados por meio do levantamento e, no contexto do processo de formação continuada e inicial de professores, diário com registros das reuniões, videogravações das reuniões, produções dos professores e licenciandos, e narrativas, as quais serão analisadas por meio da Análise Textual Discursiva. Dentre os resultados, espera-se compreender como a pesquisa em Educação em Ciências, realizada na América Latina, tem incorporado elementos do referencial freireano na organização curricular e na formação de professores. Além disso, busca-se compreender limites e possibilidades de processos de formação inicial e continuada de professores estruturados com base na Investigação Temática, tendo como referência as ideias de Paulo Freire, bem como contribuir com a aproximação entre Universidade-Escola, por meio da elaboração e desenvolvimento de Temas Geradores na Educação Básica.
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Simony Lira do Nascimento

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • incontinência urinária no pós-parto: avaliação ultrassonográfica transperineal, funcionalidade do assoalho pélvico e composição corporal materna
  • Introdução: Sabe-se que as alterações anatômicas, morfológicas, biomecânicas e hormonais que ocorrem durante a gravidez e no parto podem causar lesões nos músculos do assoalho pélvico (MAP). A incontinência urinária (IU) é a principal queixa em relação às disfunções dos MAP no pós-parto prevalente em torno de 25% das puérperas até 6 meses após o parto, no entanto este sintomas poder perdurar e eventualmente piorar ao longo da vida da mulher. Alguns fatores são associados IU no pós-parto, sendo a gestação em si um dos principais, outros seriam a paridade, o parto vaginal e o fórceps, lacerações e episiotomia, além de fatores relacionados a variação do peso materno. Recentemente, os estudos vêm mostrando maior interesse em pesquisar a correlação entre as alterações morfológicas das estruturas perineais visualizadas pelo ultrassom (US) transperineal e a presença de disfunções do assoalho pélvico pós-parto, mas os poucos resultados ainda são contraditórios. O US transperineal possibilita a investigação da estrutura e função muscular sem penetração vaginal, é clinicamente viável, uma técnica segura para ser utilizado em mulheres grávidas e no pós-parto. Além de apresentar confiabilidade para medir as dimensões do hiato genital e traumas no músculo levantador do ânus. Objetivos: O objetivo primário dessa pesquisa é investigar a associação entre as alterações morfológicas perineais, visualizadas através do US transperineal, e a presença da incontinência urinária em mulheres no pós-parto. E os objetivos secundários são avaliar associação da via de parto, função do assoalho pélvico e composição corporal com a presença de incontinência e de alterações morfológicas do assoalho pélvico. Métodos: Estudo do tipo observacional, de caso-controle e será executado em uma maternidade pública terciária. A amostra será do tipo não-probabilística por conveniência e serão incluídas participantes do sexo feminino, primíparas, cujo parto tenha sido a termo (≥ 37 semanas). As mulheres serão convidadas a participar do estudo durante sua internação na maternidade no pós-parto imediato. Aquelas que aceitarem participar do estudo e assinarem o termo de consentimento serão incluídas no estudo. Neste momento serão coletados os dados sociodemográficos, da gestação, parto e recém-nascido através do cartão de pré-natal e prontuários. As avaliações clínica e ultrassonográfica serão agendadas no período de três a seis meses após o parto. Inicialmente a participante realizará medidas antropométrica, seguida da avaliação da funcionalidade dos MAP através da palpação digital (método Oxford modificado) e do biofeedback pressórico, e em seguida, será realizada a avaliação com o US transperineal conforme protocolo. Para prevenir o viés de observação, somente ao final dos exames e registro dos dados a puérpera responderá um questionário validado para o diagnóstico de incontinência urinária (ICIQ-SF), de acordo com qual serão formados dois grupos: o grupo caso com mulheres incontinentes (GI) e um grupo controle com mulheres sem queixas de IU (GC). Baseado em achados de estudos anteriores, o cálculo amostral evidenciou a necessidade 35 mulheres por grupo. O trabalho será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa e seguirá as normas da resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. Análise dos dados: A análise bivariada será realizada para avaliar a associação entre a variável dependente (presença de incontinência urinária) e as variáveis independentes (alterações morfológicas do MAP, função do MAP, via de parto, IMC pré-gestacional, ganho de peso gestacional e composição corporal materna). Serão utilizados os seguintes testes: t de Student (paramétrico) ou Mann-Whitney (não paramétrico) para as variáveis contínuas, e qui-quadrado ou Exato de Fisher para as variáveis categóricas. A análise de regressão logística múltipla será utilizada ao final para identificar quais o fatores associados a presença de incontinência no pós-parto. Os dados coletados serão armazenados em EXEL e processados e analisados no SPSS 18.0. O nível de significância assumido será de 5%.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Sinaida Maria Vasconcelos

Outra

Divulgação Científica
  • ii semana de ciência e tecnologia do centro de ciências e planetário do pará
  • A divulgação científica é importante para a democratização da sociedade, tornando-a mais livre, responsável e mais culta cientificamente. Os Planetários, Centros e Museus de Ciências contemporâneos têm desempenhado importante papel no aumento do nível de conhecimento e capacitação do cidadão, no campo da Ciência e Tecnologia (SCHALL, 2002). O Brasil, país de dimensões continentais, marcado pela distribuição desigual do capital cultural, científico e tecnológico entre as suas regiões, ainda precisa vencer o desafio de reduzir essas assimetrias regionais no que diz respeito à distribuição de instituição promotoras da popularização da ciência, como os Museus, Centros e Planetários. O Pará, segundo maior estado brasileiro em extensão territorial, enfrenta desafios geográficos e socioeconômicos para a interiorização do que é produzido pelas poucas instituições de Ciência e Tecnologia, em sua maior parte concentradas na capital. Dentro deste cenário o Planetário do Pará “Sebastião Sodré da Gama”, único na região Norte do Brasil, surge em 1999 com a missão de criar possibilidades de melhorias do ensino e aprendizagem de ciências, principalmente da Astronomia. O Planetário do Pará ao longo de sua história se consolidou como espaço de geração e difusão de educação e cultura. Em 2012 a Universidade do Estado do Pará, com a intenção contribuir para popularização da ciência, e consolidar ações de ensino, pesquisa e extensão, inaugurou o Centro de Ciências, disponibilizando à população paraense um espaço de divulgação científica lúdico e interativo, dando origem, assim, ao Centro de Ciências e Planetário do Pará (CCPP). Tendo diante de si o desafio de levar a Ciência ao conhecimento do público para facilitar a reflexão e o acesso de forma experimental e criativa, o CCPP iniciou em 2009 a realização de atividades itinerantes, participando das Mostras de Ciência e Cultura da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação -SECTI. Ao longo desse período já tendo atendido mais de 100.000 pessoas. Além das Mostras, o CCPP também tem integrado a programação das Semanas de Ciência e Tecnologia, promovidas pelo MCT, e organizadas pela SECTET. No ano de 2013, o Grupo de Pesquisa CTENF, estabelecido no CCPP, aprovou junto ao CNPQ o projeto Desvendando os céus do equador: o Planetário do Pará no interior amazônico, que possibilitou a aquisição de uma Planetário Móvel, o que permitiu que mais de 20 municípios fossem atendidos desde maio de 2014, quando o projeto começou a ser implementado. Como resultado dessa jornada, mais de 20.000 cidadãos paraenses, em especial o público infanto-juvenil, foram atendidos. Visando mitigar as limitações impostas aos referidos sujeitos, o I Semana de Ciência e Tecnologia do CCPP pretende contribuir para divulgação e popularização da Ciência e para a melhoria do ensino de Ciências e Matemática no estado do Pará, desenvolvendo estratégias de apropriação e aproximação entre o povo paraense e o conhecimento científico-tecnológico, através de ações educativas pautadas nos princípios da cultura científica, da inclusão social, e da cidadania. As ações desenvolvidas durante a II Semana de Ciência e Tecnologia do CCPP podem ser agrupadas em quatro modalidades de eventos distintas: II Seminário CTENF; Planetário de Portas Abertas; Oficinas de Ciência Tecnologia e Meio Ambiente; e Ciência Móvel. As ações a princípio estão previstas para serem realizadas durante 03 (três) meses, a partir do período da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia/ 2019, porém, tendo em vista a continuidade das ações: Oficinas de Ciência Tecnologia e Meio Ambiente; e Ciência Móvel, , e o impacto que pode resultar da utilização das ferramentas produzidas a partir do projeto, é possível prever a continuidade das ações para além dos três meses estabelecidos no cronograma, na medida em que os professores que forem alcançados pelo projeto representarão agentes multiplicadores de estendendo as ações do projeto para outros municípios, nos próximos meses/anos.
  • Universidade do Estado do Pará - PA - Brasil
  • 21/10/2019-30/04/2020
Foto de perfil

Sinaida Maria Vasconcelos

Ciências Humanas

Educação
  • ciência dentro e fora da escola: diálogos entre escolas e espaços não formais de educação
  • Vide projeto anexo
  • Universidade do Estado do Pará - PA - Brasil
  • 12/08/2019-30/11/2021
Foto de perfil

Sinara Borborema

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • processamento termomecânico da liga ti-12mo-13nb para aplicação biomédica
  • As ligas de Ti do tipo β metaestável possuem propriedades mecânicas, em especial um módulo de elasticidade que depende não somente de sua composição mais também dos tratamentos termomecânicos aplicados. Estas ligas para serem usadas em aplicações ortopédicas requerem um balanço entre alta resistência mecânica e baixo módulo de elasticidade a fim de evitar o efeito “stress shielding” (escudo de tensão) e ao mesmo tempo atender os requisitos de biocompatibilidade. Estudos preliminares no desenvolvimento da liga Ti-12Mo-13Nb compostas de elementos não citotóxicos (Mo e Nb) após tratamentos termomecânicos mostraram que dentre as diferentes condições de processamento, a maior relação dureza específica / módulo de elasticidade foi obtida na condição envelhecida a 500 °C / 24 h decorrente de uma microestrutura consistindo de α + β. Porém, como o forjamento a frio é uma rota muito pouca utilizada para conformação destas ligas, faz-se necessário um estudo mais abrangente onde a rota de conformação adotada seja o forjamento a quente seguido do envelhecimento na temperatura de 500 °C por 10 min, 4h e 24h, de forma a poder comparar os resultados, entender melhor a metalurgia física desta liga e verificar se é possível obter um melhor balanço de propriedades (dureza /módulo de elasticidade) para que este material possa ser uma alternativa a liga Ti-6Al-4V
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Sinara Mônica Vitalino de Almeida

Ciências da Saúde

Farmácia
  • elucidação do mecanismo antitumoral de novos derivados de acridina
  • O câncer é uma das doenças mais temidas pela população, em razão da sua alta incidência e elevadas taxas de mortalidade para determinados tipos da doença. Nas últimas décadas, foram obtidos avanços significativos no entendimento da patogênese, nas características e nas terapias do câncer. A quimioterapia é frequentemente o tratamento escolhido para muitos tipos de câncer e por este motivo a pesquisa por novos agentes quimioterápicos constitui um dos alicerces na luta contra o câncer. Os intercaladores orgânicos são compostos poliaromáticos que podem se inserir entre pares de bases adjacentes da dupla fita de DNA e inibir a síntese de ácido nucléico in vivo, essa propriedade é comumente observada em drogas anticâncer usadas na terapia clínica. Por isto, a descoberta de novos intercaladores do DNA tem sido considerada uma abordagem prática e um número expressivo de moléculas tem sido avaliado quanto às suas propriedades intercaladoras. Dentre os intercaladores clássicos destacam-se os derivados de acridina que apresentam atividade antitumoral devido intercalação ao DNA e inibição de enzimas topoisomerases. Esse projeto visa dar continuidade a síntese, caracterização estrutural e avaliação das atividades biológicas de novos derivados de acridina, avaliando suas interações com alvos biológicos bem estabelecidos: o DNA e enzimas topoisomerases I e II. Além disso, o estudo da correlação com a atividade antiproliferativa frente a linhagens tumorais permitirá a proposição do mecanismo de ação dos derivados obtidos. Adicionalmente, pretende-se estabelecer as sequências específicas de interação com DNA (sequências ricas em C-G ou A-T) avançando no entendimento da relação estrutura-atividade dos derivados propostos. A modificação estrutural dos derivados de acridina com atividades antiproliferativa (APHCA e AMTAC`s) por meio de substituição do anel acridina com grupamentos metoxi e cloro e subsequente avaliação da interação com DNA e inibição da atividade topoisomerase, fornecerá informações acerca da importância do anel acridina para atividade antitumoral dessa classe de compostos.
  • Universidade de Pernambuco - PE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Sinara Pollom Zardo

Ciências Humanas

Educação
  • a organização do sistema educacional inclusivo e a inclusão de estudantes com deficiência visual no ensino médio: um estudo comparado entre o distrito federal e goiás
  • A discussão sobre a reforma do ensino médio tem assumido centralidade no contexto da política educacional brasileira, principalmente após a promulgação da Lei nº 13.415/2017 e da publicação da Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio pelo Ministério da Educação (MEC). Nessa conjuntura, as unidades federativas, responsáveis pela oferta da última etapa da educação básica, são orientadas a reformular as políticas curricular e organizacional de forma a atender as premissas das normativas nacionais. O presente projeto tem como objetivo geral compreender a organização da educação especial no sistema de ensino do Distrito Federal e do Goiás e o processo de inclusão escolar de estudantes com deficiência visual no ensino médio. A pesquisa é de abordagem qualitativa e será desenvolvida em duas escolas públicas de ensino médio do Distrito Federal e do Goiás, identificadas pelo maior número de estudantes com deficiência visual (cegueira e baixa visão) matriculados, conforme último Censo Escolar MEC/INEP. Serão participantes da pesquisa: gestores estaduais responsáveis pela política de educação especial e do ensino médio das unidades federativas pesquisadas; gestores e professores que atuam no ensino médio com estudantes com deficiência visual nas escolas pesquisadas; professores que atuam nas salas de recursos e estudantes com deficiência visual que frequentam o ensino médio nas instituições escolares selecionadas. O desenvolvimento da pesquisa prevê a utilização de três instrumentos de coleta de dados: análise de documentos, questionários e entrevistas. Para a análise dos dados será utilizado o Método Documentário, em suas quatro fases: a interpretação formulada, a interpretação refletida, a análise comparativa e a construção de tipos. A pesquisa pretende contribuir para a formulação de políticas educacionais inclusivas no Distrito Federal, no Goiás, bem como na região Centro-Oeste.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sinclair Mallet Guy Guerra

Engenharias

Engenharia de Energia
  • impactos socioambientais causados pela exploração do shale gas no pontal do paranapanema – são paulo
  • A descoberta de enormes reservas de gá não convencional ou também conhecido como shale gas vem gerando grande expectativa no mercado mundial de energia.Os USA tem a maior reserva mundial de shale gas e são os pioneiros na sua exploração e produção. O Brasil possui a décima maior reserva mundial de shale gas (EIA, 2011). O estudo também possibilitará maior compreensão dos impactos socioambientais causados pela exploração do shale gas contribuindo para com o aumento de dados sobre o assunto e favorecendo o embasamento para o debate energético sobre essa fonte energética na sociedade.
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Sinval Pinto Brandão Filho

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • detecção de anticorpos contra antígenos salivares de lutzomyia migonei e lutzomyia longipalpis como um possível marcador indireto de exposição à leishmania spp. em cães
  • Flebotomíneos são vetores de protozoários do gênero Leishmania, os quais são transmitidos a um hospedeiro susceptível durante o repasto sanguíneo de fêmeas infectadas. Neste mesmo momento, proteínas salivares imunogênicas também são depositadas no hospedeiro induzindo uma resposta imunológica com a produção de anticorpos. A detecção destes anticorpos anti-saliva no hospedeiro permite estimar a exposição do mesmo a picadas de flebotomíneos em áreas onde as leishmanioses são endêmicas. Lutzomyia longipalpis é o principal vetor de Leishmania infantum nas Américas. Adicionalmente, a espécie Lutzomyia migonei é bastante comum em algumas áreas endêmicas para as leishmanioses, sendo vetor permissivo de várias espécies de Leishmania, incluindo L. infantum. Estudos para detecção de anticorpos anti-saliva de algumas espécies de flebotomíneos já foram realizados, mas não existem estudos para a detecção de anticorpos anti-saliva de Lu. migonei. Portanto, o objetivo desse trabalho é detectar anticorpos anti-saliva de Lu. migonei e de Lu. longipalpis em cães de áreas endêmicas para leishmaniose visceral e cutânea e com a presença de ambas espécies de flebotomíneos, como ferramenta para avaliar o risco de exposição desses cães à infecção por Leishmania spp. Para tanto 300 amostras de soro de cães naturalmente expostos a flebotomíneos serão testados por sorologia (ELISA) para detecção de anticorpos anti-saliva de ambas espécies de flebotomíneos. Adicionalmente, amostras de sangue total também serão testadas para detecção de DNA de Leishmania spp. utilizando PCR em tempo real. Espera-se encontrar associação significativa infecções por Leishmania spp. e anticorpos anti-saliva de Lu. migonei e Lu. longipalpis em cães de áreas endêmicas. A detecção de anticorpos anti-saliva poderá ser uma ferramenta útil para detectar a exposição do hospedeiro a flebotomíneos, estimando assim o risco de exposição desses à infecção Leishmania spp. em áreas endêmicas.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Siomar de Castro Soares

Ciências Biológicas

Genética
  • análise comparativa do transcriptoma da linhagem probiótica lactoccocus lactis subsp. lactis ncdo 2118 após passagem pelo intestino
  • As bactérias láticas (BL) compõem um dos grupos bacterianos mais importantes da área biotecnológica. Nele, Lactococcus lactis se destaca pelo seu uso na produção de produtos fermentados, macromoléculas e na sua aplicação terapêutica, uma vez que são espécies geralmente reconhecidas como seguras (GRAS – do inglês: generally recognized as safe). Neste cenário, Lactococcus lactis subsp. lactis NCDO 2118 se sobressai como uma linhagem fermentadora de xilose e produtora de ácido gama-aminobutírico (GABA) isolada de ervilha congelada, além de sua capacidade anti-inflamatória, comprovada recentemente. O GABA pode contribuir no relaxamento muscular, além de apresentar atividade hipotensora. Entretanto, apesar destas características importantes, pouco ainda se conhece sobre os mecanismos envolvidos nos efeitos probióticos da linhagem. Neste contexto, o grupo de trabalho deste projeto realizou o sequenciamento e estudos de genômica comparativa de L. lactis NCDO 2118, onde foram identificados diversos fatores genéticos possivelmente envolvidos no efeito probiótico da bactéria. Contudo, ainda existe uma necessidade de aprofundar tais estudos através da análise de transcrição gênica de tais fatores situações diversas através de análises transcriptômicas. No presente projeto, serão realizadas análises bioinformáticas de transcriptômica comparativa visando identificar potenciais genes diferencialmente regulados na linhagem probiótica L. lactis subsp. lactis NCDO 2118 antes e após passagem pelo intestino de camundongos normais e com colite induzida. Para tanto, será utilizada a metodologia de RNA-seq na plataforma ION torrent, seguido de análises bioinformáticas utilizando os softwares CLC Bio além de pipeline próprio desenvolvido pelo grupo. Os resultados deste trabalho visam não somente ampliar o conhecimento acerca da base molecular de L. lactis NCDO 2118 e de seus efeitos probióticos produzidos no trato gastrointestinal do hospedeiro, como também será um valioso recurso para a consolidação do futuro uso da referida linhagem bacteriana em indústrias alimentícias e farmacêuticas.
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020