Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Sayonara de Fatima Faria Barbosa

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • desenvolvimento, validação e avaliação de aplicativo móvel para avaliação e tratamento de feridas
  • O presente projeto intitulado “Desenvolvimento, validação e avaliação de aplicativo móvel para avaliação e tratamento de feridass” amplia a pesquisa “mAPP®: Plataforma móvel aberta para desenvolvimento de sistemas m-saúde na inovação do cuidado humano”, que é uma produção tecnológica móvel aberta para a criação de sistemas /m-Aprendizagem a partir das orientações do Comitê Técnico – TC 215 Health Informatics dos padrões de usabilidade ISO 9241-11, em desenvolvimento pelo GIATE, grupo de pesquisa ao qual esta proposta de pesquisa está vinculada. Dentre as diversas alterações no processo de saúde-doença, destacam-se as feridas, que podem ocorrer em qualquer momento do ciclo vital humano, além de poderem ser causadas muito variadas, e serem agudas ou crônicas, algumas de difícil tratamento. A sua ocorrência é comum na prática de enfermagem, que necessita avaliar a ferida adequadamente para implementar o cuidado mais adequado de modo a propiciar a sua recuperação. Para realização desta prática, é necessário um conhecimento específico na área, além de disponibilidade de tempo para coletar os dados, processar a informação, propor intervenção e avaliar os resultados. O avanço tecnológico, particularmente com a tecnologia da informação e comunicação trouxe para a área da saúde novas possibilidades, destacando-se o m-saúde, que diz respeito à utilização de aplicativos móveis para a área da saúde. Esta proposta de estudo está voltada para o desenvolvimento e avaliação de um aplicativo que pode ser utilizado a partir de smartphones e tablets, que contribui para a avaliação de diferentes tipos de feridas, com a incorporação de recurso de fotografia e análise de imagem, indicando coberturas adequadas conforme os dados inseridos e considerados na avaliação da ferida. Além disso, o aplicativo também visa o armazenamento de informação permitindo a evolução da ferida de acordo com a intervenção implementada.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Sayuri Miyamoto

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • análise global de lipídeos intactos e oxidados em als
  • O sistema nervoso central é extremamente enriquecido em lipídeos. Entre eles, o ácido docosahexaenóico (DHA) e o colesterol são dois lipídeos importantes encontrados em abundância cérebro. Ambos são fundamentais para o funcionamento cerebral e estudos tem reportado alterações em seu conteúdo e/ou sua oxidação em doenças neurodegenerativas. A esclerose lateral amiotrófica (ALS do inglês Amyotrophic Lateral Sclerosis) é uma doença neurodegenerativa devastadora em que há evidências de aumento de lesões oxidativas e neuroinflamação. Nestas condições os lipídeos, em particular os insaturados, podem ser alvos de oxidação não-enzimática (mediado por espécies reativas) e/ou enzimática (envolvendo lipoxigenases, ciclooxigenases) gerando uma gama bastante extensa de produtos oxigenados (hidroperóxidos, hidróxidos, cetonas, epóxidos) com propriedades químicas e biológicas bastante distintas. Visando contribuir para um entendimento melhor dos mecanismos que levam ao desenvolvimento da doença ALS, nosso projeto tem dois grandes objetivos: 1-caracterizar (quali- e quantitativamente) os principais lipídeos e seus respectivos produtos de oxidação em ratos e células modelo para ALS; 2-estudar o efeito de lipídeos oxidados no processo de modificação e agregação de proteínas. Dentro deste contexto, nosso grupo vem trabalhando no desenvolvimento de ferramentas analíticas sensíveis para detecção, caracterização e quantificação de produtos específicos formados na oxidação do DHA, colesterol e cardiolipina. Com foco em uma caracterização mais ampla, o atual projeto prevê a realização de uma análise compreensiva de lipídeos e seu produtos oxidados (análise oxi-lipidômica targeted e untargeted) em ALS.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Sebastián Alberto Urrutia

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • alcançabilidade em grafos muito grandes
  • Dados um grafo direcionado acíclico $G=(V,E)$ e dois vértices quaisquer $u, v \in V$, o problema de alcançabilidade consiste em responder se a partir de $u$ é possível alcançar $v$ percorrendo as arestas do grafo. Para grafos muito grandes, com milhoes de vértices, não é prático realizar uma busca no grafo a cada consulta ou armazenar o fecho transitivo completo já que o espaço necessário é da ordem de $O(|V|^2)$. Abordagens intermediárias geram índices para efetuar cortes negativos e positivos durante a execução das consultas. Neste projeto de pesquisa, formalizamos e atacamos problemas relacionados à geração e uso destes índices. Uma abordagem promisora para a obtenção de índices se baseia no computo de ordenações topológicas do grafo. Esse tipo de abordagens usam o fato de que se o vétice $u$ aparece depois do vértice $v$ em alguma ordenação topológica então pode-se deduzir que $u$ não alcança $v$. No tratamento dessa e outras abordagens aparecem problemas interessantes tanto teóricos (complexidade, aproximabilidade, etc) quanto práticos (tempo e espaço necessários para construção dos índices, tempo de consulta, etc.). O principal objetivo deste projeto de pesquisa é a geração de uma nova abordagem de criação de índices que supere em desempenho o estado da arte do problema.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sebastian Yuri Cavalcanti Catunda

Outra

Microeletrônica
  • condicionamento de sinais e interface com sensores
  • Pretende-se neste projeto, de uma forma geral, estudar, caracterizar, projetar e, desenvolver o interfaceamento de sensores com sistemas de medição preferencialmente integrados. Serão considerados três linhas de subprojetos: métodos de excitação para sensores moduladores aplicadas a sensores termorresistivos, arquiteturas de circuitos de conversores A/D para aplicações de medição multicanais, e circuitos de condicionamento de sinais programáveis. Será dada ênfase em arquiteturas que aperfeiçoem o desempenho do sistema de medição para determinadas grandezas, assim como arquiteturas que possibilitem sua reconfiguração para o alcance de um maior número de sensores e aplicações.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sebastião Antônio Mendanha Neto

Ciências Biológicas

Biofísica
  • interações de terpenos com domínios lipídicos de membranas modelo, de linfomas folicular e difuso de grandes células b estudadas por microscopia confocal de fluorescência e por espectroscopias de ressonância paramagnética eletrônica e de fluorescência
  • As bicamadas lipídicas que formam as membranas celulares têm sido consideradas como homogêneas durante muitos anos. Entretanto, surgiu a necessidade de se introduzir heterogeneidades laterais e micro-domínios lipídicos no modelo para a estrutura e dinâmica da bicamada. Domínios lipídicos denominados lipid rafts, tem sido associadas a uma diversidade de patologias incluindo o câncer. Neste contexto, a busca por moléculas naturais que possam interagir e alterar tais tipos de domínios é uma excelente alternativa no combate à essas doenças. O projeto proposto busca avaliar o efeito de pequenas moléculas extraídas principalmente de óleos vegetais (mono- sesqui- di- e tri-terpenos) sobre a dinâmica de domínios lipídicos das membranas plasmáticas de células de linfomas folicular e difuso de grandes células B e também em vesículas unilamelares gigantes e pequenas, utilizando as técnicas espectroscópicas de fluorescência e de ressonância paramagnética eletrônica além da microscopia confocal de fluorescência.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Sebastiao Carlos Velasco e Cruz

Ciências Humanas

Ciência Política
  • inct para estudos sobre os estados unidos
  • A proposta de renovação do INCT-INEU, que ora apresentamos, retoma as linhas gerais do programa original, e o renova profundamente -- pela ampliação de suas áreas e linhas de pesquisa, pela significativa expansão de sua equipe, pela diversificação e maior cobertura das instituições compreendidas em sua rede. O projeto inicial nascia da constatação de uma dupla disparidade nas relações culturais entre o Brasil e os Estados Unidos. É sabida a ignorância, se não o desinteresse, do público americano em geral sobre a realidade brasileira -- a qual, entretanto, é objeto de estudo sistemático e aprofundado de amplo universo de especialistas. No Brasil, a imagem parece inverter-se: os dados da cultura e da sociedade norte-americana são socialmente difundidos, e todos demonstram grande interesse neles -- mas carecemos de um corpo reconhecível de analistas dedicados ao estudo sistemático dessa sociedade. Na verdade, a impressão de familiaridade que temos com as coisas dos Estados Unidos é ilusória, pois ela não resulta de um trabalho de busca conscientemente efetuado. Ao contrário, ela tende a refletir, mais ou menos passivamente, a imagem de si mesmo que esse país projeta no mundo. Ora, como os Estados Unidos não são um país qualquer, como o mundo no qual vivemos -- em suas dimensões econômica, política, cultural, para não falar da militar -- é fortemente impactado por sua políticas e pelos processos que se desenvolvem em sua sociedade, entendemos que o desafio de estuda-lo a fundo precisava ser enfrentado. Esse o objetivo maior do INCT-INEU: produzir conhecimento qualificado sobre os Estados Unidos, com ênfase nas relações exteriores desse país e nos processos internos -- econômicos, políticos e sociais -- que as afetam. Em termos práticos, pretende-se habilitar os públicos-alvos do Instituto a decifrar diferentes aspectos da política externa dos EUA, em suas diferentes esferas, e em suas relações significativas com instituições e processos internos, a fim de que possam avaliar o significado de eventos particulares e de processos em curso do ponto de vista de seus efeitos sobre o papel desse país no sistema internacional e de suas implicações para o Brasil. Mas os objetivos do INCT-INEU no campo da pesquisa acadêmica não terminam aí. Tendo por base o diagnóstico rapidamente aludido no início deste resumo, pretende-se envidar esforços com vistas à conformação e consolidação no Brasil de um campo votado aos estudos sobre os Estados Unidos. Esta foi uma das preocupações que nortearam as atividades do Instituto no período que está prestes a se encerrar. Retomaremos tais iniciativas na próxima etapa, e pretendemos dar-lhes um alcance ainda maior. Entre outras coisas, pensamos em abrir um debate com colegas, de variadas instituições, que compartilham conosco o interesse sistemático no tema, sobre a possibilidade e a conveniência de criarmos uma associação científica voltada especificamente para essa área de estudo. Como pede o Programa, as atividades do INCT-INEU desdobram-se em três dimensões básicas: pesquisa, formação de recursos humanos, e transferência de conhecimento para a sociedade. No que diz respeito à primeira, o programa do INCT-INEU abrange um vasto espectro de temas, cobertos em 25 linhas de pesquisa, distribuídas em sete áreas e subáreas. Embora resumido, o quadro abaixo dá ao leitor uma idéia da amplitude e da complexidade deste programa. 1. Política Exterior dos Estados Unidos. 1.1. Política Econômica Internacional dos Estados Unidos; Número de linhas de pesquisa: 4 1.2. Grande Estratégia e Política de Segurança dos Estados Unidos; Número de linhas de pesquisa: 5 1.3. O Papel dos Estados Unidos nas Estruturas de Governança Global; Número de linhas de pesquisa: 4 2. Instituições, Processos e Políticas Governamentais nos Estados Unidos. Número de linhas de pesquisa: 5 3. Integração e Crise na América Latina e a Política dos Estados Unidos para a Região. Número de linhas de pesquisa: 4 4. Brasil e Estados Unidos. Desafios e Oportunidades de Uma Relação Complexa. Número de linhas de pesquisa: 3 Acolhida esta proposta, na segunda etapa de sua existência o INCT-INEU vai ampliar e diversificar significativamente o seu programa de formação de recursos humanos. Trata-se em parte de efeito mecânico da expansão da equipe, mas vai muito além dele. Nos cinco anos de funcionamento, assistimos à incorporação, como docentes universitários, de muitos dos pesquisadores que estavam ainda completando sua formação ao se integrar no Instituto. Ativos em suas respectivas instituições, esses jovens pesquisadores vêm se empenhando no desenvolvimento dos programas de ensino em seus Institutos e Departamentos. Dessa atividade já resultaram propostas de criação de dois novos cursos de Mestrado, que se encontram em análise na CAPES, no presente. O resultado conjunto desses dois movimentos -- a ampliação da equipe, e seu amadurecimento -- é a multiplicação de disciplinas sobre os Estados Unidos ofertadas, e do número de trabalhos acadêmicos (monografias, Dissertações, e Teses) concluídos. Quanto à transferência de conhecimentos à sociedade, daremos continuidade ao trabalho que já vinha sendo realizado, expandindo o raio do público alcançado e nele introduzindo duas inovações importantes: a implantação de um sofisticado banco de dados, que será, acreditamos, de interesse de órgãos públicos e setores privados, e a criação do Núcleo de Produção Audiovisual, que abrirá novas formas de linguagem ao INCT-INEU e lhe permitirá atingir um público muito mais vasto.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Sebastiao de Campos Valadares Filho

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • inct de ciência animal
  • A criação do INCT-CA em 2009 permitiu a estruturação das instituições participantes e a melhoria na formação de recursos humanos, na qualidade das pesquisas produzidas e na transferência de tecnologia para a sociedade, além de forte internacionalização da pesquisa. O INCT-CA foi proposto com 7 Instituições de pesquisa, sendo ao final acrescidas mais 3, cujos detalhes podem ser visualizados em www.inctca.ufv.br. As atividades de pesquisa foram conduzidas em cinco redes: Rede 1 - Pesquisa em Avaliação de Alimentos; Rede 2 - Nutrição e Produção de Ruminantes Rede 3 – Nutrição e Produção de Monogástricos; Rede 4 - Avaliação Genética Quantitativa e Molecular em Animais de Produção, e Rede 5 – Avaliação e Redução de Gases de Efeito Estufa na Pecuária, destacando-se que esta rede foi a última criada, não sendo possível sua conclusão. Ao final dessa chamada, todas as principais metas foram concluídas. A continuidade do Instituto aumentará a interação de grupos de pesquisa no Brasil uma vez que a nova proposta apresenta a formação de um grupo muito maior, constituído de 24 Instituições de todas as regiões do país (norte a sul), com aproximadamente 100 pesquisadores, demonstrando o grande sucesso do primeiro INCT-CA. Tal fato demonstra ainda que a condução de pesquisa em rede é um processo excelente e que deve ser adotado para todas as áreas do conhecimento, uma vez que estimula a cooperação científica e o uso compartilhado de laboratórios e equipamentos, e permite gerar produtos de alta qualidade e de amplo acesso para a sociedade brasileira. As Instituições envolvidas são EMBRAPA; EPAMIG; UESB; UESC; UFBA; UFC; UFGD; UFLA; UFMG; UFMT-CUIABÁ; UFMT-SINOP; UFPB; UFPI; UFRA; UFRB; UFRPE; UFSJ; UFV; UFVJM; UNESP-BOT.; UNESP-JAB.; UNIMONTES; UNIOESTE; USP-PIR. Assim, o INCT-CA propõe nova estrutura em 7 redes que serão resumidamente destacadas abaixo. Rede 1: Desenvolvimento, otimização e normatização de métodos para avaliação de alimentos e desempenho animal, coordenada por Edenio Detmann – UFV; Produto Principal: Manual de analises de alimento (versão 2.0) em português e inglês e um Manual de procedimentos experimentais. Rede 2: Avaliação de Exigências Nutricionais de animais de produção, coordenada por Sebastião C. Valadares Filho – UFV; Produtos: Publicar a 3a edição do BR-CORTE e atualizar o software BR-Corte 2.0. Publicar a 1a edição do BR-LEITE e desenvolver o Sistema Brasileiro de Exigências Nutricionais de Pequenos Ruminantes. Rede 3: Estudo da biologia muscular e qualidade de carne em sistemas tropicais, coordenada por Simone Eliza Facioni Guimarães – UFV. Produtos: Agregação de valor na qualidade da carne de suínos, aves e ruminantes em sistemas tropicais de produção para atender as demandas da indústria e do mercado consumidor interno e externo e estruturação de laboratório multiusuário de proteômica e biologia estrutural. Rede 4: Avaliação e redução do impacto ambiental pela atividade pecuária nos trópicos, coordenada por Telma Teresinha Berchielli–UNESP/Jaboticabal. Produtos: Estabelecimento de métricas para pegada de carbono em propriedades e leite e corte e Publicação do inventário de gases do efeito estufa em sistemas pecuários no Brasil. Rede 5: Realização de estudos sobre microbiologia zootécnica,coordenada por Odilon Gomes Pereira – UFV. Produtos: Elaboração do manual de práticas de manejo de silagem e desenvolver cepas para aplicação biotecnologica em diferentes processos fermentativos. Rede 6: Avaliação de Alimentos funcionais e aditivos melhoradores de desempenho animal,coordenada por Paulo Borges Rodrigues – UFLA. Produto: Manual de uso de aditivos para alimentação de animais ruminantes e não-ruminantes. Rede 7: Avaliação e seleção de bovinos leiteiros nos trópicos, coordenada por Cláudio Nápolis Costa – EMBRAPA/Gado de leite. Produtos: Sumários de Touros com resultados das avaliações genéticas nas raças Gir Leiteiro, Guzerá, Girolando e Holandesa; Painel customizado para target sequencing de genes reguladores do metabolismo de lipídios na glândula mamária; e Identificação de marcadores moleculares para a resistência ao carrapato e à mastite para utilização nos programas de melhoramento genético das raças zebuínas e Girolando. Além dos produtos citados acima, espera-se a conclusão da orientação de aproximadamente 300 dissertações/teses, a orientação de centenas de bolsistas de iniciação científica e de apoio técnico e a publicação de centenas de artigos científicos em periódicos de elevado fator de impacto. Como contribuição geral, espera-se que os resultados obtidos dentro de cada uma destas redes possam gerar padronização de análises de alimentos, desenvolver novos métodos de pesquisa científica; publicar tabelas de exigências nutricionais para gado de corte, gado de leite e caprinos e ovinos que devem auxiliar todo o setor produtivo nacional. Além disso pretende-se entender o desenvolvimento muscular e qualidade de carne em bovinos, suínos e aves para atender demandas da agroindústria por carne de qualidade; reduzir o impacto ambiental pela atividade pecuária nos trópicos, apresentando estratégias de mitigação de metano entérico e estratégias de suplementação e manejo de pastagens em sistemas integrados para aumentar o estoque de carbono no solo. Também serão feitas prospecção de microrganismos e avaliação de silagens em condições tropicais e avaliação funcional do bioma de ruminantes com a finalidade de obter novos inoculantes e entender o crescimento microbiano ruminal; estudar alimentos funcionais e aditivos melhoradores de desempenho animal e melhorar a avaliação e seleção de bovinos leiteiros nos trópicos.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 28/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Sebastiao de Campos Valadares Filho

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • impactos da redução de minerais em dietas de bovinos nelore;efeitos do grão de milho processado ou sorgo na digestão do amido;consumo restrito e exigências nutricionais de bovinos holandês x zebu;e publicação da 3ª edição do br corte
  • O projeto de pesquisa consta de 4 subprojetos, sendo Subprojeto I – Impactos da redução de cálcio, fósforo e microminerais em dietas para bovinos Nelore: balanço mineral,exigências nutricionais e comportamento ingestivo;Subprojeto II – Efeito de dietas contendo grão de milho em diferentes formas ou sorgo moído nos locais de digestão do amido e demais nutrientes em bovinos; Subprojeto III – Consumo alimentar restrito, validação de equações para estimação da composição corporal e exigências nutricionais de machos Holandês × Zebu não castrados; e Subprojeto IV – Publicação da 3ª edição das Tabelas Brasileiras de Exigências Nutricionais de Zebuínos e cruzados – BR CORTE.O Subprojeto I apresenta as seguintes hipóteses:1- a ausência de suplementação com fontes inorgânicas de cálcio, fósforo e microminerais não afeta o desempenho animal;2- os tecidos que atuam como reserva de cada mineral têm a concentração diminuída pelo não fornecimento desses minerais na dieta afetando os níveis dos hormônios reguladores da reabsorção e deposição desses minerais; e 3- o comportamento ingestivo dos animais é afetado pela suplementação mineral.Objetivos do subprojeto I:Avaliar os efeitos da ausência de suplementação sobre o consumo, desempenho, características de carcaça e composição corporal de bovinos Nelore;Quantificar o perfil mineral em diversas partes do organismo de bovinos com diferentes níveis de fornecimento, assim como os níveis de possíveis indicadores à mobilização e/ou metabolismo; e Comparar o comportamento ingestivo de matéria seca e de água de bovinos Nelore em confinamento. O Subprojeto II apresenta como hipóteses:que as digestibilidades ruminal e intestinal do amido e dos demais nutrientes são maiores nas dietas com menor granulometria;que há menor oscilação do pH ruminal quanto maior a granulometria da dieta; e que o grão de sorgo apresenta menor digestão ruminal que o grão de milho na granulometria fina. Objetivos do subprojeto II: Avaliar o efeito do processamento do milho e do grão de sorgo moído sobre a digestão ruminal e intestinal de amido e dos demais nutrientes das dietas; e Avaliar o efeito do processamento do milho sobre o pH, a temperatura ruminal, e a concentração de nitrogênio amoniacal de bovinos alimentados com milho em diferentes granulometrias, ou grãos de sorgo moído. O Subprojeto III apresenta como hipóteses que a restrição alimentar e subsequente alimentação ad libitum durante a terminação promove redução do consumo alimentar total e aumento da eficiência alimentar, sem, contudo, afetar o desempenho animal e as características finais da carcaça de machos Holandês × Zebu (mestiços) não castrados;que o comportamento ingestivo de machos mestiços está associado com características produtivas como consumo de matéria seca, eficiência alimentar e desempenho animal; e que as equações propostas por Hankins & Howe (1946) não são aplicáveis para a estimação da composição química e física da carcaça de machos mestiços, e podem ser substituídas por aquelas propostas por Costa e Silva (2016). Objetivos do subprojeto III: Avaliar o efeito da duração da restrição alimentar e subsequente alimentação ad libitum sobre consumo, digestibilidade dos nutrientes, eficiência microbiana, quantidade total de alimentos consumidos, dejetos produzidos e excreção de potenciais poluentes (CH4, N e P), eficiência alimentar, desempenho animal, composição corporal e características de carcaça de machos mestiços não castrados em terminação; Avaliar o efeito da restrição alimentar sobre o comportamento ingestivo, bem como determinar sua relação com características produtivas. Além disso, obter dados sobre consumo de água de machos mestiços submetidos a diferentes manejos alimentares; estimar as exigências de energia e proteína de machos Holandês × Zebu não castrados em terminação e avaliar as equações propostas por Costa e Silva (2016) para estimar a composição da carcaça, dos componentes não carcaça e do corpo vazio de machos mestiços não castrados. O Subprojeto IV apresenta como hipóteses que a atualização da publicação do BR CORTE 3.0 em português e em Inglês beneficia todo o setor produtivo nacional e que o número de acessos on line deve atingir 50.000 anualmente; atualmente o número de acessos é de 20.000 conforme google analytics. Objetivos do subprojeto IV: publicar a 3ª edição das Tabelas Brasileiras de Exigências Nutricionais de Zebuínos Puros e Cruzados – BR CORTE em português e em inglês.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Sebastião Elielton da Silva Ferreira

Outra

Divulgação Científica
  • semana estadual de ciência e tecnologia do acre
  • SEMANA ESTADUAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ACRE Evento que reuni trabalhos de pesquisadores, graduandos e alunos de escolas Estaduais que tenham contribuição ao desenvolvimento científico e tecnológico estadual. Portanto, a Fundação de Amparo à Pesquisa - Fapac, agente propulsor da divulgação científica no Estado, traz à sociedade uma exposição científica que reúna os trabalhos de estudantes das universidades e instituições de pesquisa, aproximando a comunidade do conhecimento científico, a ser realizado como programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2019, coordenado pelo Governo do Estado do Acre, através da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado.
  • Governo do Estado do Acre - AC - Brasil
  • 08/10/2019-30/04/2020
Foto de perfil

Sebastião Elviro de Araújo Neto

Ciências Agrárias

Agronomia
  • (re)construção de teorias e práticas agroecológicas na agricultura familiar do baixo rio acre
  • Esta proposta tem como finalidade a aproximação da comunidade acadêmica (5 docentes e 13 discentes) com a comunidade de trabalhadores rurais em diferentes localidades, esta aproximação de diferentes realidades possibilita a construção de conhecimento na educação dos discentes da UFAC, indissociado da pesquisa e extensão. A metodologia participativa adotada pelo projeto, aplicando a teoria da dialogicidade de Paulo Freire, permitirá a construção do conhecimento nas comunidades de trabalhadores rurais e da equipe acadêmica, que irá alimentar a problemática de pesquisa nos campos agronômicos, sociais e econômicos, com base em princípios da agroecologia. Esta é a proposta do NEA/UFAC que tem como princípio pedagógico a construção do conhecimento agroecológico a partir do conhecimento dos agricultores num processo de problematização com a realidade, incentivando-os a serem experimentadores para que possa fortalecer a agricultura de base ecológica e aumentar a oferta de agricultores experimentadores para realização de intercâmbios. Este projeto irá dar continuidade de assistência e extensão rural aos agricultores familiares que iniciaram o processo de conversão os agricultores do grupo “Horta Nativa” do P.A. Zaquel Machado no Município de Capixaba e as agricultoras do Movimento de Mulheres Camponesas (MMC), dos assentamentos: P.A. Espinhara (Vila Tomé) km52, da BR364, Ramal Bujarí; P.A. Walter Acer – Ramal Bujarí; P.A. Dom Moacir – km 35 da BR364; P.A. Antônio de Olanda, km 35 da BR364. Está previsto a assistência ao povo indígena Runicuim no Município de Plácido de Castro a 110 km de Rio Branco. E continuaram sendo assistidos os agricultores ecológicos do P.A. Humaitá (GAEH), Pólo Agroflorestal Benfica e Pólo Agroflorestal Wilson Pinheiro. As atividades de ensino, pesquisa e extensão serão desenvolvidas em quatro eixos. Primeiro Eixo – Ação de formação Treinar o pessoal do projeto, professores, técnicos e alunos: a) Nivelamento sobre produção agroecológica e legislação de produção orgânica. b) Definir as diferenças entre agricultura familiar capitalista e agricultura familiar camponesa, assim como as diferentes formas de abordagem nessas duas classes levando em consideração a trajetória histórico-cultural dos agricultores; c) Treinar a equipe com relação a pesquisa-ação (com os agricultores). Segundo eixo – Ação de campo Para o processo pesquisa-extensão, será adotado o modelo de “Agricultor para Agricultor” definido por Peraci (2004), modificado para a região. Criando a figura do Agricultor promotor em cada localidade, que pode ter mais de um agricultor promotor. Este deve ser escolhido entre aqueles com maior engajamento com a pesquisa e liderança na comunidade. Já foram identificados na ação anterior, dois agricultores experimentadores no P.A. Humaitá e dois possível Agricultores/Experimentadores no P.A. Zaquel Machado, Não serão programados cursos para os agricultores a não ser que seja demanda natural das comunidades, as ações de extensão serão realizadas por meio de visitas técnicas, dias de campo e intercâmbio entre grupos de agricultores. Nessas visitas o conhecimento será problematizado com os agricultores. O tema será definido pelos agricultores. Assim, se os agricultores escolherem controle de pragas e doenças, o NAE levará para a visita técnica, demonstrações práticas de confecção de caldas, extratos, biocontroles, armadilhas e outros métodos de controle e será aberto o espaço para a problematização do conhecimento, buscando alternativas que os agricultores possam conhecer e estimulando a pesquisa com produtos regionais que possam servir de iscas, repelentes ou inseticidas naturais. O NAE acredita que a discussão dos problemas econômicos e sociais devem ser discutidos com os agricultores. E deve estimular esta discussão como elemento preparatório para a construção de feiras locais com venda direta de produtos orgânicos para a população local. A teoria-prática testada nas pesquisas será desenvolvida com os agricultores a partir de demanda de cada agricultor, de forma que a equipe técnica irá apoiar e acompanhar os agricultores nas atividades, tornando-os protagonistas da pesquisa. Serão instaladas cinco estufas e cinco viveiros de produção de mudas com arquitetura local em cada comunidade assistida. Terceiro eixo - Assistência técnica Serão distribuídos produtos biológicos para o controle de pragas (Trichoderma spp., Metarhizium anisopliae, Bacillus thuringienses e Beauveria bassiana), óleo de nin, enxofre, biofertilizante, cal e plantas inseticidas, cravo de defunto e citronela, na tentativa de estimular o uso alternativo deste materiais e buscar a eliminação de agroquímicos nas propriedades, além de estimular a busca por novidades para o controle de pragas. Serão estimulados a diversificação com espécies frutíferas, instalando cinco espaldeiras de maracujá e viveiro para produção de mudas enxertadas de tomate e pimentão nas comunidades assistidas. Quarto eixo - Pesquisa aplicada O NEA possui diversas pesquisas em campo, que geram conhecimentos que podem ser adotados ou adaptados pelos agricultores. Outros projetos de pesquisa podem surgir a partir de demandas dos agricultores durante a assistência aos mesmos. Alguns projetos de pesquisa em campo: a) Plantio de maracujá e mamoeiro com raiz profunda: Este projeto visa aumentar a adaptação das plantas durante o período de estiagem na região. b) Teste de substratos e recipientes para produção de mudas orgânicas; c) Uso de produtos naturais no controle de pragas e doenças em plantas; d) Métodos de manejo da vegetação espontânea; e) Itinerário técnico para espécies nativas ou exóticas pouco cultivadas, como jambú, ora pra nobis, chicória do Pará, vinagreira dentre outras.
  • Universidade Federal do Acre - AC - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Sebastiao Ferreira Palmeira Junior

Outra

Divulgação Científica
  • feira de ciência do estado de alagoas - feceal
  • O projeto de Feira de Ciências do Estado de Alagoas - FECEAL é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Educação de Alagoas - SEDUC, com apoio de instituições parceiras: Instituto Federal de Alagoas - IFAL, Instituto do Meio Ambiente - IMA e Universidade Federal de Alagoas - UFAL, com o objetivo de estimular o interesse e a produção científica dos estudantes alagoanos do ensino fundamental e médio e consiste no processo de mediação de educação e cultura científica que culmina em dois dias de atividades integradas envolvendo todas as escolas públicas e privadas. Levando em consideração que a Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou 2019 como o Ano Internacional da Tabela periódica durante a 74º Reunião Plenária, realizada em 20 de dezembro de 2017, a FECEAL incentivará trabalhos voltados para os desafios da educação e o desenvolvimento sustentável, ressaltando a química como uma ciência provedora de soluções para geração e consumo de energia, produção de alimentos e saúde. Outro tema relevante, também definido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) é que 2019 será também, o ano Internacional das Línguas Indígenas. Nesse contexto, o projeto buscará envolver todas estas questões colocadas acima nas diversas áreas do conhecimento, onde serão desenvolvidas pesquisas científicas pelos professores e estudantes das escolas da Educação Básica de Alagoas. A execução do projeto inicia-se com a articulação dos parceiros e terá prosseguimento nas diversas atividades operacionais. A culminância será a exposição competitiva de 80 trabalhos selecionados dos níveis fundamental e médio, exposições, visitas programadas e atividades artísticas e culturais. De acordo com critérios estabelecidos no regimento do evento, a comissão julgadora classificará os melhores trabalhos, cujos estudantes autores serão premiados com bolsas de iniciação científica júnior (ICJ), por um período de doze meses. Haverá ainda, como premiação, o credenciamento para evento científico similar ou de maior porte, para a melhor pesquisa cientifica apresentada.
  • Governo do Estado de Alagoas - AL - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Sebastiao Jose Nascimento de Padua

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • informação quântica e circuitos fotônicos
  • O desenvolvimento de aplicações com sistemas quânticos é o grande desafio da área de informação quântica. Fonte de fótons correlacionados em diferentes graus de liberdade têm sido estudadas visando o seu uso em comunicação ótica, metrologia quântica, processamento de informação quântica e computação quântica. Várias aplicações de portas lógicas quânticas e outros circuitos quânticos foram demonstrados em montagens interferométricas sobre mesas óticas. No entanto, essas demonstrações não são escaláveis e os interferômetros óticos sofrem com instabilidades térmicas e mecânicas. A produção de circuitos fotônicos possuem várias vantagens: escalabilidade com a possibilidade de muitos interferômetros desenhados no mesmo dispositivo, estabilidade mecânica e possível integração no futuro da fonte, interferômetros e detectores O objetivo principal deste projeto, é desenvolver uma infraestrutura para realizar testes com fontes quânticas de luz (pares de fótons gerados pela conversão paramétrica descendente) em circuitos integrados fotônicos. Iniciamos recentemente esse tópico de pesquisa em colaboração com Prof. Cleber Renato Mendonça do IFSC-USP que coordenará a fabricação dos circuitos fotônicos em vidros pela técnica de escrita direta de laser de femtosegundo e Prof. Filippo Ghiglieno, da UFSCAR que auxiliará no design dos circuitos fotônicos. As propriedades quânticas serão caracterizadas no laboratório de óptica quântica da UFMG, em Belo Horizonte. Fibras óticas e acopladores de fibras conectados a estágios de translação com altíssima resolução e boa estabilidade mecânica serão utilizados para acoplar a luz da conversão paramétrica descendente nos circuitos fotônicos para posterior caracterização dos dispositivos quânticos via detecção de fótons únicos com diodos de avalanche, câmera para contagem de fótons e técnica de contagem em coincidência. Circuito fotônico com guias de onda e um acoplador direcional será inicialmente testado. Em seguida, circuitos mais complexos serão fabricados visando: a) montagem de uma fonte de dois fótons em estado de dois qudits n x m (n  m guias de ondas) ; b) circuito para realização de tomografia de um qudit c) circuito para demonstração de medidas sequenciais.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Sebastiao Mardonio Pereira de Lucena

Engenharias

Engenharia Química
  • estruturas metalorgânicas como nanocarreadores de fármacos para tratamento de cancer
  • O tratamento de doenças oncológicas através de quimioterapia apesar de eficientes, sofrem de baixa especificidade e elevada toxidade para as células saudáveis. Uma possivel estratégia para lidar com este problema consiste no uso de partículas manométricas com capacidade de reter a droga (nanocarreadores), atravessar os tecidos saudáveis, acumulando-se no tecido afetado. Recentemente, foi comprovado que estruturas metalorgânicas (MOFs) são capazes de armazenar e liberar de forma controlada varias classes de fármacos. Os MOFs são materiais híbridos formados a partir da combinação de clusters inorgânicos e ligantes orgânicos. Devido à grande disponibilidade de diferentes clusters metálicos e ligantes orgânicos, uma quantidade crescente de MOFs vem sendo sintetizada e testada para uso em nanomedicina. Apesar do número consistente de exemplos bem sucedidos, o mecanismo de retenção e liberação nesta peneiras ainda é desconhecido. Esta proposta tem como objetivo investigar através de simulação molecular a interação fármaco-MOF de forma viabilizar a aplicação desta nanotecnologia em medicina. Serão aplicadas técnicas de Monte Carlo, dinâmica molecular e quânticas (DFT) para caracterização em larga escala de fármacos em estruturas de MOFs biocompatíveis quanto a sua capacidade de retenção/liberação. Reavaliações experimentais de quantidade retida serão implementada quando necessário. Os sistemas fármaco/MOF mais promissores serão examinados para identificação de sítios de adsorção, calores de adsorção e deslocamento quadrático médio. Para este estudo serão desenvolvidos novos conjuntos de campos de força para MOFs e um algoritmo de busca em larga escala das interações fármacos-MOF. Os MOFs possuem muitos graus de liberdade quanto a escolha de ligantes orgânicos e cluster metálicos, assim a elucidação do mecanismo de interação das moléculas de fármacos nas estruturas MOFs é fundamental para orientar a síntese. Estes desenvolvimentos contarão com a colaboração do Prof. Guillaume Maurin da Universidade de Montpellier que mantêm cooperação com o Instituto Lavoisier (França).
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sebastião Tavares de Rezende

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • análise do secretoma do fungo fitopatogênico chrysoporthe cubensis cultivado em farelo de trigo e caracterização das enzimas envolvidas na sacarificação de biomassa lignocelulósica
  • A crescente preocupação com a escassez de combustíveis fósseis, o aumento da emissão de gases do efeito estufa e a poluição do ar pela combustão incompleta, tem resultado no interesse por fontes de energia alternativas que sejam sustentáveis e limpas. Pesquisas têm se concentrado no desenvolvimento de tecnologias que utilizam a biomassa de resíduos agroindustriais como matéria-prima para a produção de biocombustíveis. O Brasil se destaca como o maior produtor de cana-de-açúcar do mundo e a indústria sucroalcooleira tem manifestado interesse em tecnologias sustentáveis que possam ser agregadas à sua cadeia produtiva, visando benefícios econômicos, sociais e ambientais. A utilização da biomassa lignocelulósica proveniente do bagaço de cana-de-açúcar para a produção de etanol de segunda geração torna-se uma alternativa promissora para a redução dos impactos ambientais provenientes do uso de combustíveis fósseis. Considerando o processo completo de conversão bioquímica de biomassa lignocelulósica em etanol, a hidrólise enzimática é normalmente referida como a etapa limitante, devido ao custo elevado de enzimas comerciais. A degradação enzimática da lignocelulose requer a ação combinada de celulases, hemicelulases e ligninases que atuam em sinergismo promovendo a liberação de hexoses e pentoses para a subsequente fermentação. Coquetéis enzimáticos comerciais utilizados para a sacarificação de materiais lignocelulósicos apresentam uma eficiência abaixo do ideal para uma produção comercial em larga-escala. Assim, é necessária uma prospecção contínua por microrganismos celulolíticos que sejam capazes de produzir glicosil hidrolases e componentes acessórios em grande quantidade, em proporções balanceadas e que promovam uma eficiente degradação de biomassa lignocelulósica. Avanços nas técnicas de análises proteômicas e de bioinformática têm possibilitado o aumento do número de investigações do secretoma de fungos filamentosos, sendo essas análises indispensáveis para o conhecimento da identidade, função e interação do arsenal de enzimas extracelulares que participam da degradação de biomassa. Trabalhos recentes realizados pelo nosso grupo de pesquisa mostraram que o fungo fitopatogênico Chrysoporthe cubensis cultivado em estado sólido usando farelo de trigo como fonte de carbono, produz enzimas com eficiência superior aos coquetéis enzimáticos comerciais, para hidrólise do bagaço de cana-de-açúcar. O extrato de C. cubensis apresentou atividades enzimáticas específicas elevadas principalmente em relação a endoglucanase, β-glicosidase, β-xilosidase, pectinase e lacase. Sendo este fungo altamente promissor na produção de enzimas degradadoras de biomassa lignocelulósica, torna-se essencial o estudo do seu secretoma, o que irá permitir não só a identificação de todo o arsenal de enzimas e proteínas produzidas, mas também poderá fornecer informações qualitativas e quantitativas das proteínas de interesse e possibilitar a compreensão dos mecanismos hidrolíticos para a sacarificação eficiente do bagaço de cana-de-açúcar. Neste projeto, em uma primeira etapa, propomos o estudo do bioinfosecretoma de C. cubensis, por meio de predições in silico de proteínas candidatas a secreção utilizando ferramentas de bioinformática, uma vez que a sequência completa do genoma desse fungo foi recentemente publicada. As predições in silico proporcionam uma visão abrangente do conjunto completo de possíveis proteínas secretadas, o que pode ser muito vantajoso, por tornar possível uma análise preliminar do potencial, diversidade e exclusividade do conjunto de proteínas do secretoma, independente das condições as quais o fungo está submetido. Além disso, permite uma identificação rápida de genes de proteínas de potencial interesse e que ainda não foram exploradas. Na segunda parte do projeto, propomos a obtenção de informações biológicas, por meio de análises proteômicas, para caracterização do secretoma do C. cubensis cultivado em estado sólido com farelo de trigo. A abordagem adotada para a identificação e caracterização das proteínas secretadas será a técnica de separação e pré-fracionamento baseada em gel unidimensional (1D-PAGE) e bidimensional (2D-PAGE), seguida pela digestão in-gel e cromatografia líquida acoplada a espectrômetro de massas em tandem (LC-MS/MS) e posterior análise dos resultados usando o algoritmo MASCOT combinado com buscas de identificação por similaridade de sequência em bancos de dados específicos. Em adição, será realizada a investigação da presença de possíveis complexos celulolíticos no extrato protéico secretado pelo fungo, utilizando a técnica de Blue Native PAGE (BN-PAGE), ideal para a identificação da interação proteína-proteína em meio aquoso. A integração dos resultados computacionais com os dados proteômicos irá proporcionar economia de tempo e auxiliará na identificação de enzimas e proteínas auxiliares secretadas pelo fungo, com potencial interesse para sacarificação de biomassa lignocelulósica, contribuindo para melhor compreensão das bases moleculares do sistema hidrolítico de C. cubensis. Por fim, os conhecimentos adquiridos com o estudo do secretoma de C.cubensis permitirá, futuramente, aprimorar as propriedades do coquetel enzimático deste fungo, tornando-o mais vantajoso para aplicações industriais.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Sébastien Olivier Charneau

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • estudo de interações entre proteínas em plasmodium falciparum por marcação de proximidade baseado em apex2 mediado pelo sistema crispr/cas9
  • O processo de invasão é o primeiro passo da interação parasito-hospedeiro. A malária se deve ao desenvolvimento e multiplicação de parasitos Plasmodium dentro de eritrócitos humanos e aos seus ciclos eritrocitários repetidos, alterando a sua célula hospedeira. Uma vez que bloquear a invasão deve impedir o crescimento do parasito, uma melhor compreensão da biologia do ciclo eritrocitário de P. falciparum e das interações moleculares com o eritrócito hospedeiro são um pré-requisito fortemente esperado para desenvolver estratégias terapêuticas alternativas. Um estudo detalhado das redes de interação proteína-proteína (IPP) é muito útil para a caracterização funcional de proteínas. Nesse contexto, dois aspectos da invasão eritrocitária pelo merozoíto, a forma infecciosa, interessam ao meu grupo. Por um lado, a invasão da célula hospedeira pelo merozoíto é um processo ativo alimentado por um complexo motor actina-miosina localizado entre a membrana plasmática do parasito e a organela chamada de Complexo de Membrana Interno (- CMI - um conjunto de cisternas de membranas ligadas abaixo da membrana plasmática). A identificação de proteínas que se localizam nos componentes de CMI e interagem com o motor poderia revelar alguns componentes importantes para a invasão. Além disso, o estudo recente do palmitoma de P. falciparum permitiu a identificação de um número significativo de proteínas palmitoiladas que desempenham um papel crucial na interação entre P. falciparum e a célula hospedeira, incluindo na invasão eritrocitária e na patogênese, várias delas localizadas no CMI. Esta modificação pós-traducional (MPT) lipídica, palmitoilação, parece particularmente importante na regulação da estrutura ou função do CMI. Determinar com precisão quais proteínas são palmitoiladas por palmitoil-acil-transferase (PAT) e quais interagem com PAT expressa em merozoíto poderia revelar importante(s) mecanismo(s) da invasão. Por outro lado, a calmodulina (CaM) é uma proteína mensageira intermediária multifuncional que transmite sinais de cálcio ao ligar-se a esses íons. Após a formação do complexo de CaM-Ca2+, este interage com e regula vários alvos proteicos, incluindo as proteínas cinases. Foi relatado o envolvimento de PfCaM-Ca2+ na invasão eritrocitária e a identificação de uma via de sinalização que envolve a ativação da proteína cinase B-like (PfPKB) por PfCaM-Ca2+. Além disso, PfPKB interage com o CMI e ativa por fosforilação a PfGAP45, um componente do motor actina-miosina. Muito poucos alvos de CaM foram identificados em P. falciparum. O estudo dos interatomas com PfCaM-Ca2+ e com PfPKB poderia revelar vias de sinalização de invasão de eritrócitos. Os métodos existentes de identificação de proteínas de complexos proteicos, tais como a análise de bioinformática, geração de anticorpos monoclonais, purificação de afinidade, e de screening por duplo híbrido em levedura, todos têm inconvenientes e as limitações técnicas são comuns. No entanto, durante meu recente estágio no grupo do Dr. Julian Rayner do Malaria Programme do Wellcome Trust Sanger Institute, Genome Campus, Cambridgeshire, Inglaterra com bolsa PDE/CNPq, participei na implantação da inovadora técnica de manipulação genética, o sistema CRISPR-Cas9, que surgiu recentemente e foi demonstrada como prova de conceito em P. falciparum. Ademais adaptei a técnica de marcação pelo tag APEX2 desenvolvida recentemente em outros organismos, em P. falciparum. Esta marcação permite isolar os parceiros proteicos de interação mais próximos da proteína de interesse por biotinilização em células vivas in vitro, sem exigência de solubilidade em detergente. Neste projeto, serão empregadas estas técnicas para o uso em P. falciparum para atender a duas problemáticas: 1) Como a palmitoilação e os componentes do CMI estão especificamente envolvidos na invasão eritrocitária pelo merozoíto? 2) Como a via de transdução de sinal desencadeada por PfCaM-Ca2+ está envolvida na invasão eritrocitária pelo merozoíto, além de como através da PfPKB esta via está relacionada aos componentes do CMI? Assim, para buscar responder a essas perguntas, queremos avaliar, através de modificação genética e transfecção, o papel de 4 proteínas de interesse, GAPM2 um componente do CMI, a palmitoil-acil-transferase DHHC9 que se localiza no CMI, a PfCaM, e a PfPKB, na invasão eritrocitária pelo merozoíto, identificando os parceiros ligantes que estão interagindo com as proteínas de interesse e para realizar sua citolocalização. Vamos aplicar a estratégia de enriquecimento citada acima, com proteína de interesse fusionada à APEX2 obtida pelo sistema CRISPR/Cas9, seguida de identificação usando das proteínas parceiras por nanoLC-MS/MS. Este projeto fortalecerá minha nova colaboração internacional, e permitira de transferir e implementar as técnicas de genética e de tranfecção no laboratório da Universidade de Brasília.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Segundo Sacramento Urquiaga Caballero

Ciências Agrárias

Agronomia
  • nova estratégia agrícola para o norte fluminense: avaliação de genótipos de soja nas condições edafoclimáticas da região norte e noroeste do estado do rio de janeiro
  • A cultura da soja vem sendo apontada como uma alternativa para preencher a lacuna deixada com a drástica redução da atividade canavieira fluminense. Pesquisas nas décadas de 80 e 90, coordenadas pela PESAGRO-Rio com a cultura, obtiveram variedades com rendimentos de grãos próximos a 4000 kg ha-1, bem acima da média nacional na atualidade. Fatores diversos, em especial a dificuldade do escoamento da produção, acabaram impedindo o desenvolvimento comercial da cultura. Atualmente, com a estruturação do porto de Açu como terminal de exportação de grãos, especialmente vindos de Minas Gerais, abriu-se uma nova e importante possibilidade de escoamento da soja através da venda para o mercado externo. Com esse projeto, pretende-se retomar as pesquisas com a cultura da soja no Estado no intuito de gerar informações técnicas que subsidiem produtores no cultivo comercial da cultura nas regiões Norte e Noroeste. Sendo assim, o objetivo geral deste projeto é avaliar o potencial e adaptação de 20 genótipos de soja, cultivados em duas épocas de semeadura diferentes e em 3 propriedades, áreas situadas nos municípios de Campos dos Goytacazes-RJ, Macaé-RJ e Itaocara-RJ nas safras 2019/2020, 2020/2021 e 2021/2022. Já os objetivos específicos são: 1) Avaliar o valor de cultivo e uso (VCU), indicadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que são: cor flor, cor pubescência, data flor, altura de plantas em R2 e R8, e altura da 1ª vagem dos 20 genótipos de soja nas diferentes épocas de semeadura e áreas experimentais. 2) Avaliar o ciclo, estande final, altura de inserção da 1ª vagem (cm), altura das plantas (cm), peso de 100 sementes (g), acamamento, produtividade (kg ha-1), teor de proteína e óleo dos 20 genótipos de soja. 3) Quantificar a contribuição da fixação biológica de nitrogênio (FBN) dos genótipos de soja, através da avaliação da produção de biomassa aérea e determinação do teor de N total e abundância natural de 15N. 4) Estimar os custos de produção e lucratividade da lavoura de soja para a região de estudo.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Selene Maia de Morais

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • potencial das plantas no tratamento da leishmaniose visceral: triagem in vitro e in vivo de produtos naturais e de seus constituintes químicos contra leishmania (l.) infantum
  • A leishmaniose visceral é uma doença endêmica em 88 países. No Brasil, o estado do Ceará de 1990 a 2013 confirmou 8.450 casos da doença em humanos com 325 óbitos. As medidas de controle preconizadas não estão surtindo efeito, pois a incidência permanece elevada. Além disso, o protocolo terapêutico padrão ainda é a administração de drogas por via parenteral de elevada toxicidade que ocasionam abandono do tratamento e assim favorecem o surgimento de parasitos resistentes. Desta forma, o objetivo deste projeto é desenvolver um produto natural livre ou ligado à lipossoma contra a Leishmania infantum. A partir de plantas dos biomas Caatinga e Amazônia, foram escolhidas as seguintes plantas para esse projeto: Astronium fraxinifolium (Gonçalo-Alves), Spondias mombim (Cajazeira), Croton nepetaefolius (Marmeleiro sabiá), Croton argyrophyloides (Marmeleiro prateado), Copaifera reticulata (Copaíba), Carapa guianensis (Andiroba), Annona muricata (Graviola), Dimorphandra gardneriana (Fava d’anta) e Ricinus communis (Mamona). Os óleos (essenciais e/ou fixos/de resina), extratos/frações e respectivos constituintes químicos terão seus efeitos in vitro avaliados contra promastigotas, amastigotas intracelulares e axênicas de L. infantum. A seguir serão realizados testes de citotoxicidade e toxicidade in vivo, e para o segundo será determinada a dose letal em camundongos do produto mais eficiente na etapa anterior. Os resultados dos testes leishmanicida sobre promastigotas e amastigotas axênicas in vitro serão analisados pela microscopia confocal. Na etapa in vivo será avaliada a eficácia do bioproduto livre e associado à lipossoma em hamsters experimentalmente infectados por L. infantum. Além disso, a biodisponibilidade do produto natural será determinada pela cromatografia líquida de alta eficiência. A determinação do possível mecanismo de ação do produto mais efetivo será realizada pela análise proteômica, bem como será determinada o tipo de indução imunológica a partir da análise de produção dos tipos de citocinas e produção do óxido nítrico.
  • Universidade Estadual do Ceará - CE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Selma Elaine Mazzetto

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • química fina - macromoléculas derivadas de biomassa vegetal nordestina: síntese, caracterização, produção de filmes finos e comportamento líquido cristalino aplicados no setor produtivo
  • Porfirinas e ftalocianinas são compostos macrocíclicos aromáticos que apresentam estruturas relativamente planares e rígidas. Estas macromoléculas apresentam aspectos que as tornam atraentes para a indústria em geral tais como: versatilidade sintética, estabilidade térmica, catálise homogênea e heterogênea, propriedade fotoquímicas, sistema π conjugado extenso e respostas elétricas ou magnéticas. Quando metaladas produzem mudanças significativas na sua simetria, onde o tamanho do cátion influencia na conformação do anel e, consequentemente, na estabilidade dessas macromoléculas. Os substituintes periféricos, assim como a metalação, também promovem mudanças nas características desta classe de substâncias, como proteção do macrociclo a destruição oxidativa (auto-oxidação), formação de dímeros, aumento do fator resposta a campos elétricos e/ou magnéticos etc. Trabalhos recentes têm mostrado que algumas porfirinas e ftalocianinas apresentam comportamento líquido cristalino, estando esta propriedade intimamente relacionada com o tamanho da cadeia periférica e com o metal inserido na cavidade central do macrociclo. Substituintes apresentando menos de 12 átomos de carbono, na quase totalidade dos casos, não possuem esta característica. Portanto, estas duas classes de compostos são membros importantes da família dos cristais líquidos discóticos, e a obtenção de novas estruturas com essas características passam a ser tema de grande relevância e interesse científico. Cientes dessa importancia, o Laboratório de Produtos e Tecnologia em Processos (LPT) vem desenvolvendo suas atividades de pesquisa com o objetivo de satisfazer as necessidades tecnológicas e inovadoras do setor produtivo, através de projetos voltados às necessidades reais do País, buscando sempre que possível o uso de matérias-primas de baixo impacto ambiental, minimizar gargalos operacionais, o ineditismo nos produtos e processos gerados, valoração e a competitividade industrial. Um exemplo desse desenvolvimento é o Cardanol: constituinte majoritário do Líquido da Casca da Castanha de Caju (LCC) obtido após agroindustrialização das Amêndoas da Castanha de Caju (ACC). O LCC é categorizado como um subproduto de baixíssimo valor agregado, de estocagem restrita e inviável em termos de descarte em função dos impactos ambientais negativos causados a atmosfera, lençóis freáticos e rios, devido aos seus constituintes secundários, especialmente o Cardol pela sua toxicidade. A exportação do LCC é totalmente dependente de cartéis americanos que o adquirem a preços irrisórios considerando suas potencialidades – atualmente é comercializado por US$ 300/t - para exploração de produtos de baixo valor agregado, como borrachas e lonas de freio. O foco é dar continuidade as pesquisas através da utilização da Química Fina como veículo tecnológico e inovador para o aproveitamento dessa biomassa renovável e biodegradável, encontrada exclusivamente no Nordeste do Brasil. Dessa forma, o projeto em questão tem como atividade fim dar continuidade as pesquisas já existentes nessa área no LPT, agora através do desenvolvimento de novos produtos, porfirinas assimétricas e ftalocianinas (base livre e seus análogos metalados) derivadas do cardanol, o que inclui a síntese e caracterização dessas estruturas, a produção de seus filmes finos, a investigação do comportamento líquido cristalino dessas macromoléculas e sua potencial aplicação em mostradores digitais: telas de televisão, computadores, relógios, dentre outros. Esse projeto é uma etapa subsequente de um projeto anterior, aprovado pelo CNPq – Chamada MCTI/CNPq no 14/2012, cujo foco central esteve em torno da obtenção de meso-porfirnas base livre e metaladas. Os resultados obtidos encorajaram a continuidade deste projeto, no aspecto em que todos os compostos investigados formaram fases líquido cristalinas com estrutura discótica colunar hexagonal (Colh), cujos domínios são esferulíticos. Os estudos também mostraram que a meso-porfirina base livre e o complexo porfirínico de Zinco formaram estruturas hexagonal colunar (Colh), as quais são características de cristais líquidos discóticos. Assim sendo, passa a ser de grande importância dar continuidade a estes estudos, agora investigando o comportamento das porfirinas assimétricas e ftalocianinas, ambas base livre e com seus análogos metalados, buscando quais as melhores estruturas para aplicação industrial. O ineditismo do trabalho, além da obtenção das moléculas e suas potencialidades industriais, está focado na origem dessas estruturas, biomassa vegetal regional, onde os constituintes periféricos conterão 15 átomos de carbono cada. A incorporação do cardanol, em função da extensão das suas longas cadeias alquílicas (C15), influenciará fortemente as propriedades eletrônicas do macrocíclo em decorrência da sua natural funcionalização, o que reflete diretamente no aumento da solubilidade das moléculas formadas, baixos pontos de fusão e, principalmente, alteração do estado de agregação, apresentando-se como excelentes candidatos na química supramolecular e na obtenção de filmes finos e cristais líquidos. Essas classes de moléculas vem se destacando, principalmente, pela versatilidade na aplicação nos mais variados setores industriais, indo desde processos de sensores a gás, terapia fotodinâmica, conversão de energia solar, catálise, células solares, até na elaboração de dispositivos moleculares. O projeto está estruturado na consolidação de estudos sobre os resíduos da agroindústria da castanha de caju, com alvo no desenvolvimento industrial, bens de consumo e de capital, a partir de resultados da pesquisa aplicada e do desenvolvimento tecnológico em laboratório. O Brasil é o maior produtor em Castanha de Caju em Casca, entretanto, não existe uma política em agregar valor aos produtos e processos da Química Fina originários desse agronegócio.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Selma Giorgio

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • leishmanioses de importância médica no brasil: avaliação de candidatos vacinais contra leishmania infantum e estudo funcional de isolados clínicos de l. infantum e l. braziliensis
  • As leishmanioses são zoonoses tropicais negligenciadas e a quimioterapia apresenta efeitos colateraisbe casos de resistência. Apesar de não existir vacinas para uso em humanos, há vacinas veterinárias. No primeiro subprojeto avaliaremos se a imunização de camundongos com parasitas suicidas (parasitas transfectados com plasmideos que expressam genes da amastina e proteínas tóxicas e que morrem após diferenciação para amastigotas) confere proteção contra a infecção com L. infantum. Diferentes parâmetros parasitológicos e imunológicos serão estudados com o objetivo de avaliar a proteção adquirida. Com os resultados desse estudo podemos desenvolver um modelo vacinal para a leishmaniose. No segundo subprojeto, considerando-se a importância de preservar e estudar os isolados clínicos de parasitas, pois essas populações sofrem pressões seletivas distintas gerando diferentes fenótipos, serão realizadas análises do fenótipo de virulência e infectividade, comportamento em cultura axênica, susceptibilidade aos fármacos e identificação molecular de isolados clínicos de pacientes e cães com leishmanioses visceral, cutanêa e mucocutanêa da região de Campinas, São Paulo.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Selma Maria Bezerra Jeronimo

Ciências da Saúde

Medicina
  • história natural da infecção pelo vírus zika e suas complicações
  • O Brasil, em especial a região nordeste, está sofrendo uma epidemia de microcefalia, de Síndrome de Guillain-Barré e encefalites desde meados de 2015. Essas epidemias ocorreram concomitante à introdução dos vírus Zika (ZIKV) e Chikungunya (CHIKV). O presente projeto tem como objetivos identificar os determinantes epidemiológicos e os fatores moleculares envolvidos com a patogênese da Síndrome de Guillain-Barré, encefalites e microcefalia. Serão identificadas pessoas com microcefalia, Síndrome de Guillain-Barré, encefalites, além de pessoas assintomáticas ZIKV assintomáticas oriundas do Estado do Rio Grande do Norte, entre janeiro de 2015 a dezembro de 2018, já foram foram avaliadas grupos em cada fenótipo. O recrutamento dessas pessoas permitirá realizar os seguintes objetivos: 1. Determinar a história natural da infecção pelo vírus Zika oriundas de uma área geográfica do Rio Grande do Norte com relatos de casos de Guillain-Barré e de microcefalia; 2. Caracterizar o fenótipo neural e genotípico de crianças com microcefalia nascidas entre janeiro de 2013 a dezembro de 2017; 3. Determinar o perfil imunológico de gestantes com gravidez microcefálica; 4. Determinar a assinatura gênica de pessoas infectadas pelo vírus Zika com Síndrome de Guillain-Barré e assintomáticos; 5. Determinar a Natureza e seletividade da interação entre proteínas do envelope do vírus Zika e glicoconjugados de superfície celular: implicações para infectividade. Esse conjunto de estudos permitirá trazer dados sobre a história natural e, eventualmente, contribuir com formas de combate a epidemias de flavivirus, como também meios de bloquear a progressão das complicações advindas de ZIKV ou devido a outros influenciadores ainda não conhecidos. -Objetivo geral: Formar um grupo de trabalho, com formação multidisciplinar, incluindo pesquisadores brasileiros e estrangeiros (Universidade de Iowa, Universidade da Virginia, Cambridge/Western Australia), com o objetivo de implementar uma ação coordenada e concentrada de investigação científica com foco específico em desvendar os fatores causais das epidemias de microcefalia e síndrome de Guillain-Barré documentadas no Brasil em 2015. Essas epidemias têm como fator causal presuntivo a infecção pelo vírus Zika. A área selecionada para o estudo tem casos de microcefalia, Síndrome de Guillain-Barré, e encefalites. Nós já estamos trabalhando nas áreas de risco para exposição, com centenas de pessoas já identificadas infectadas pelo vírus Zika, diagnosticadas por RT-qPCR, confirmando nossa capacidade de realizar os estudos propostos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 01/11/2016-31/10/2020