Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Sônia Maria Guedes Gondim

Ciências Humanas

Psicologia
  • criatividade e inovação em organizações brasileiras e espanholas: explorando antecedentes e consequentes para subsidiar políticas de gestão
  • Este projeto tem como objetivo aprofundar a compreensão dos fatores individuais, grupais e contextuais que podem contribuir para a criatividade e a inovação organizacional, visando oferecer insumos para o desenvolvimento de políticas de gestão do trabalho e de capacitação de equipes de alto desempenho ou equipes de inovação. O presente projeto está inserido em um projeto maior de cooperação internacional entre Brasil-Espanha que visa a ampliação de um estudo conjunto iniciado em 2013. Até o momento o estudo está sendo realizado por meio de um survey que contém um inventário que explora diversos fatores individuais e contextuais apontados em estudos de meta-análise como tendo papel relevante na explicação da criatividade e inovação organizacional. O survey é apresentado em três idiomas (português, castellano e euskera), sendo dirigido e respondido por trabalhadores de organizações públicas e privadas de variados ramos de atividades. O inventário foi uma iniciativa de pesquisadores da Universidad del País Vasco e da Universidad Autónoma de Madrid e contou com a colaboração de pesquisadora da Universidade Federal da Bahia que se encontrava em estágio pós-doutoral na Espanha em 2013. Para desenvolver o referido estudo ampliaram-se as parcerias com pesquisadores e organizações de outros países da América do Sul (Chile, Argentina) e também do Brasil (Universidade Salgado de Oliveira – RJ, SEBRAE, Parque Tecnológico do Estado da Bahia). Espera-se que a cooperação internacional permita desenvolver novos estudos a partir dos resultados do survey, que se encontra em fase de ampliação de participantes brasileira, e que produza conhecimento em qualidade e quantidade sobre fatores individuais, ambientais, formas de organização do trabalho e modelos de liderança que favorecem a criatividade e inovação organizacional. A expectativa também é a de gerar insumos para a elaboração de programas de treinamento, desenvolvimento e capacitação profissional de equipes de trabalho de alto desempenho focadas em criatividade e inovação e que preservem o bem-estar no trabalho. Espera-se como resultado desse estudo, que leva em conta similaridades e diversidades de países e culturas, a ampliação das possibilidades de transferência de tecnologias de gestão, assim como a produção de orientações adequadas a tais tecnologias e às realidades locais.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Sonia Regina Lourenço

Ciências Humanas

Antropologia
  • cosmopolíticas quilombolas: a relação afroindígena, a terra e os territórios
  • A experiência de pesquisa de campo forneceu um solo etnográfico fértil a partir do qual a proposta de pesquisa apresentada se encontra assentada. A reflexão focaliza a perspectiva e as relações que os quilombolas estabelecem entre os seres humanos e não-humanos que conferem à vida nos quilombos, os sentidos do habitar, do viver e da extensão do sentido de humanidade para além dos seres humanos, incorporando plantas, animais e seres sobrenaturais como sujeitos que coabitam o mundo. Neste projeto de pesquisa, pretende-se estudar como a cosmologia destes coletivos negros se constitui de fluxos e pertencimentos, composições e criações que apontam para teorias locais sobre a natureza, o território e a vida, delineando, assim, os contornos e os modos de existência afroindígenas. Os encontros entre a população africana e os povos indígenas no estado de Mato Grosso presentes tanto nas narrativas de viajantes quanto nas narrativas de quilombolas e indígenas contemporâneos apontam para a existência de composições e criações ético-estéticas no sentido cosmopolítico de outros mundos possíveis.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022