Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Andreia Morales Cascaes

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • relação entre o consumo de alimentos ultraprocessados e a saúde bucal na infância e adolescência
  • Alimentos ultraprocessados são produtos elaborados a partir de formulações industriais e contém ingredientes de uso exclusivo da indústria, como realçadores de sabor, aditivos e conservantes. Tipicamente, apresentam alta densidade energética, alta carga glicêmica, baixo índice de fibras e micronutrientes, além de concentrar altas quantidades de tipos não saudáveis de gorduras, açúcares e sódio. Quando consumidos com frequência, esses alimentos tornam-se extremamente prejudiciais à saúde. Seu consumo está cada vez mais presente na dieta da população mundial e brasileira. A grande maioria dos alimentos ultraprocessados contém açúcares em sua composição. A relação causal entre açúcares e cárie é bem estabelecida na literatura. Embora a sacarose seja o açúcar mais estudado na relação com a saúde bucal, evidências atuais apontam que outros carboidratos fermentáveis, provenientes de alimentos ultraprocessados, desempenham papel importante. Considerando as mudanças no padrão alimentar da população, as evidências sobre a relação entre açúcares e saúde bucal em termos de dose-resposta, frequência, quantidades e tipos de alimentos mais associados, assim como o papel de intervenções em nível individual e populacional têm sido questionadas na literatura e lacunas no conhecimento vem sendo discutidas recentemente. Ademais, as pesquisas desconsideram o conceito mais recente sobre o grau de processamento de alimentos. Torna-se relevante conhecer o papel dos alimentos ultraprocessados no desenvolvimento de problemas bucais, traduzindo informações relevantes de forma mais simples, além de fornecer recomendações para a população na mesma linguagem utilizada por outras áreas da saúde. Este projeto tem por objetivo analisar as evidências atuais sobre a relação entre o consumo de alimentos ultraprocessados e a saúde bucal na infância e adolescência. Para tanto, propõe-se uma combinação de resultados provenientes de: a) revisão sistemática, b) análises de dados longitudinais de um estudo de intervenção comunitário randomizado e controlado, e c) análises longitudinais de um estudo de coorte de nascimentos. A partir deste projeto de pesquisa, espera-se preencher lacunas no conhecimento, gerando um conjunto de evidências que poderão embasar protocolos relevantes para a prática de intervenções a nível clínico e populacional, bem como reforçar as ações de caráter multidisciplinar e intersetorial no combate às principais doenças crônicas do Brasil.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Andreia Pereira Matos

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • química orgânica: a química dos óleos essenciais e suas aplicações
  • A Química Orgânica é a área da Química que estuda o carbono e os compostos por ele formados, atualmente temos mais de 25 milhões de compostos derivados do carbono e muitos deles estão presentes no nosso dia-a-dia, nas mais diversas áreas, como cosmética, farmacêutica, alimentícia, inseticidas, dentre outras. A roupa que vestimos, seja ela de uma substância natural como a lã ou o algodão ou de uma substância sintética como o náilon ou um poliéster, é feita de compostos de carbono. Muitos dos materiais que participam das casas que nos protegem são orgânicos. A gasolina que impulsiona nossos automóveis, a borracha dos pneus e os plásticos do seu interior são todos orgânicos. Muitos dos medicamentos que nos ajudam a curar doenças e aliviam nosso sofrimento são compostos orgânicos. Um grande número de árvores e outras plantas exala aromas agradáveis, que resultam de misturas complexas de compostos orgânicos voláteis denominadas óleos essenciais. Esse óleo produzido pela planta pode ser extraído utilizando prensagem, destilação por arraste a vapor e extração por solventes. A extração e comercialização destes óleos essenciais são atividades importantes para a indústria de perfumes, alimentos, fármacos e materiais de limpeza. Dentre os óleos mais importantes podemos destacar os de eucalipto, canela, hortelã, jasmim, lavanda, limão, rosa. Este projeto objetiva-se tem despertar o interesse vocacional de estudantes do sexo feminino dos ensinos fundamental, médio e superior para carreiras nas áreas de Engenharias e Ciências Exatas através da pesquisa, ensino e extensão. Como pesquisa, será realizado a extração de diversos óleos essenciais que posteriormente serão caracterizados e utilizados em atividades a serem realizadas nas escolas participantes e no laboratório de Química do campus Lagoa de Sino. Dentre as atividades serão realizadas aulas experimentais em laboratório, oficinas de preparação de sabonetes artesanais, sais de banho e travesseiros aromáticos, Feira de Ciências, participação em eventos da universidade com a objetivo de consolidar a parceria universidade-escola. Espera-se com esse projeto, potencializar o número de meninas em áreas de Química e Engenharia e apresentar as escolas participantes a universidade, para que cada vez um número maior de alunos estejam presentes na nossa universidade.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 01/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Andréia Rosane de Moura Valim

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • qualificação do programa de pós-graduação em tecnologia ambiental
  • Vide projeto anexo
  • Universidade de Santa Cruz do Sul - RS - Brasil
  • 08/01/2020-08/01/2025
Foto de perfil

Andrelson Wellington Rinaldi

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • síntese e caracterização de materiais auto-regenerativos contendo nanoestruturas metal orgânicas para engenharia de tecidos e liberação controlada de drogas
  • Materiais com propriedades ajustáveis, como os hidrogeis, têm atraído significativo interesse científico a partir do século XXI. Um dos maiores desafios desta área é o desenvolvimento de materiais cujas propriedades mimetizem as capacidades auto-regenerativas intrínsecas em tecidos vivos. A auto-regeneração é definida como a capacidade que um material possui de restaurar a normalidade frente à danos e ainda restaurar suas características mecânicas. O processo auto-regenerativo de hidrogeis é caracterizado por dois aspectos principiais: (i) restauração da micro e nanoestrutura tridimensional, refazendo a morfologia e topografia e (ii) restabelecimento das propriedades mecânicas e reológicas. Várias tentativas têm sido feitas no sentido de produzir hidrogeis com boas propriedades mecânicas e com capacidade auto-regenerativa. Entretanto, os hidrogeis mecanicamente estáveis têm apresentado auto-regeneração limitada. Os problemas frequentemente observados são: (i) o processo de auto-regeneração não é autômato, requerendo condições severas para ocorrer como altas temperaturas, pH extremos, etc.; (ii) a regeneração não é completa indicando que as propriedades mecânicas das amostras regeneradas são mais limitadas do que aquelas das amostras originais; (iii) algumas incertezas relacionadas a biocompatibilidade das amostras regeneradas e aos polímeros utilizados. Para produzir hidrogeis com propriedades mecânicas satisfatórias e com capacidade de auto-regeneração é necessário desenvolver novas técnicas. A proposta deste trabalho é obter um hidrogel baseado em (Metal Organic Frameworks – MOF’s), proteína (BSA) e sulfato de condroitina (SC) suportadas por ligações dissulfeto. Para isso, monômeros vinílicos contendo ligações dissulfetos (VSS) serão sintetizados a partir da reação do ácido acrílico modificado na presença de dimetilacetamida e de 4-fenilamina dissulfeto. A inclusão de ligações dissulfeto será responsável pelas dissociações e recombinações dinâmicas de interações moleculares, bem como a reticulação química desses grupos com BSA e SC proporcionará um hidrogel estável com incremento nas propriedades mecânicas e biocompatibilidade aceitável. Pretende-se estabelecer duas abordagens diferentes em relação ao tema, visando o desenvolvimento de conhecimento científico e técnico em relação a sistemas químicos com aplicação biomédica: (i) Hidrogeis auto-regenerativos constituídos de MOF’s para aplicações em recuperação de tecidos. (ii) Estudo da impregnação e liberação in vitro de fármacos: avaliação da cinética de liberação e estabilidade físico-química em função das propriedades químicas do fármaco, metodologia de impregnação; tipo de nanopartículas e condições de liberação.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Andrés Armando Mendiburu Zevallos

Engenharias

Engenharia Aeroespacial
  • caracterização da aceleração de chamas pré-misturadas de combustíveis alternativos num duto com obstáculos
  • O aproveitamento dos combustíveis alternativos produto da gaseificação de biomassa ou de processos de reformação de outros combustíveis está condicionado pelo limitado conhecimento existente sobre as características da combustão destes combustíveis. Numa aplicação industrial uma mistura inflamável poderia ser ignizada por uma faísca ou pelo contato com uma superfície quente. Sabe-se que as chamas subsônicas, são classificadas como deflagrações e as supersônicos como detonações. A propagação acidental de uma chama é muito mais perigosa quando a mesma pode se tornar numa detonação, pois o aumento de pressão pode chegar a ser 20 vezes o valor da pressão inicial, no caso de misturas gasosas. Para uma detonação acontecer, a chama deve acelerar até se tornar supersônica, e a aceleração de uma chama é promovida pela interação com obstáculos físicos no seu caminho de propagação. O presente projeto de pesquisa tem por objetivo caracterizar a aceleração das chamas pré-misturadas de combustíveis alternativos em dutos. No primeiro lugar, e como base de comparação, é considerado o caso em que o duto está livre de obstáculos. No segundo lugar é considerado o caso no qual o duto tem obstáculos no seu interior. Então, a aceleração das chamas será promovida pelos obstáculos no segundo caso. Este último caso constitui uma situação mais relevante para o âmbito industrial, porque vários obstáculos poderiam estar presentes no caminho de uma chama que começa se propagar acidentalmente.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Andrés Koropecki

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • dinâmica em dimensões baixas
  • O projeto visa obter recursos para o desenvolvimento e a consolidação do grupo de pesquisa em sistemas dinâmicos em baixas dimensões da UFF. Trata-se de um grupo composto por $5$ professores que fazem parte do grupo de Sistemas Dinâmicos da UFF, e com uma produção científica bastante significativa. O grupo também conta atualmente com 3 pós-doutorandos (dois dos quais são bolsistas de excelência IMPA/Capes) e 3 alunos de doutorado. O financiamento desse projeto ajudará na consolidação das relações e colaborações já estabelecidas com científicos de outras instituições, tanto nacionais como internacionais. O objetivo científico do projeto é continuar aprofundando o estudo de sistemas dinâmicos em espaços de baixas dimensões. Entre os temas abordados destacam-se os seguintes: dinâmica topológica de homeomorfismos de superfícies, cohomologia dinâmica, ações de grupos em superfícies, aplicações unidimensionais reais e holomorfas.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Andres Martin Passaro

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • fabricação digital aplicada à arquitetura e urbanismo: estudo e execução para habitação de baixo custo e baixo impacto ambiental em impressão 3d
  • A formação arquitetônica deve desenvolver habilidades técnicas e estéticas para a realização de projetos de construção. As novas máquinas de fabricação digital aplicadas à arquitetura permitem a produção de modelos reais a partir dos modelos virtuais, gerando novas capacidades que devem ser adequadamente integradas ao ensino da profissão. As novas tecnologias tem impacto direto na compreensão material e das novas lógicas de desenho ensinadas, modificando a condição cognitiva dos projetos, além de terem projeção industrial e social, já que as novas ferramentas geram transformações produtivas. Portanto, esses novos recursos obrigam a uma revisão da ação profissional e educativa da arquitetura, motivando sua inserção e aprimoramento em pesquisas relacionadas. O Projeto FABRICAÇÃO DIGITAL APLICADA À ARQUITETURA: ESTUDO PARA HABITAÇÃO DE BAIXO CUSTO E BAIXO IMPACTO AMBIENTAL EM IMPRESSÃO 3D vem, junto ao Laboratório de Modelos 3D – LAMO – PROURB-FAU-UFRJ, buscar uma atualização do meio acadêmico com a prática experimental da profissão, que vem avançando na busca de novas ferramentas e soluções para a arquitetura. Seu enfoque na habitação impressa em 3d visa contribuir com soluções a um crônico déficit habitacional brasileiro, buscando soluções rápidas e baratas que proporcionem qualidade ao ambiente construído. As novas máquinas de fabricação digital permitem realizar objetos físicos diretamente a partir de desenhos computacionais, sejam protótipos ou elementos definitivos. A arquitetura, que há algum tempo usufrui das facilidades de criação, modificação, análise e simulação permitidas pelo desenho assistido por computador (CAD), agora passa a usufruir do maquinário, antes exclusivo da indústria, na sua produção, Manufatura Assistida por Computador (CAM). Essa nova Revolução Industrial atualmente chamada de Industria 4.0 não trata apenas de mudanças no modo de produção, mas de seus meios, trazendo novas formas de colaboração e produção de conhecimentos. Os sistemas de fabricação digital consistem em equipamento que recebem informação geométrica de um computador e elaboram elementos físicos por processos subtrativos ou aditivos. Os sistemas subtrativos extraem material por meio de fresas, laser, plasma ou até jato d’água, em mesas de trabalho com eixos deslizantes ou braços robóticos, executando volumes rebaixados ou cortando elementos planos. Os sistemas aditivos solidificam o material a partir de; gases + pó, materiais pastosos e/ou materiais fluidos, elaborando formas complexas, mas até então com resultados em escalas reduzidas. Estes equipamentos se denominam máquinas CNC (Controle Numérico por Computador), CAD/CAM (Desenho e Manufatura Assistidos por Computador), RP (Prototipagem Rápida), router e impressoras 3D. Diferenciam-se por tamanho e capacidade de trabalho, pela quantidade de eixos de movimento, como também pelos materiais passíveis de serem utilizados. (ALVARADO, 2009) A busca por habitação de baixo custo conta com a indústria nacional e seus produtos de catálogo, isto é, aquilo que já é produzindo em larga escala e é facilmente encontrado nas lojas de material de construção. No entanto, a forma de produção dessa habitação pode se diferenciar tirando partido das novas ferramentas, que estão cada vez mais acessíveis à sociedade independente, e das informações que circulam de forma cada vez mais livre, principalmente pela internet. Essa tendência maker torna qualquer pessoa um potencial construtor, a “fábrica” pode estar em qualquer lugar e o “designer” pode ser qualquer pessoa interessada. Partindo dessa ideia, o grupo WikiHouse criou um sistema construtivo baseado em encaixes de peças de madeira compensada que permite que qualquer pessoa projete, compartilhe, faça o download e adapte o sistema para a “impressão” de casas, um sistema open source que incentiva a inclusão de colaboradores por todo mundo ao sistema WikiHouse. A concretização do projeto Casa Revista instalada nos jardins da reitoria em 2015 foi o marco de entrada da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo na era digital, sendo o primeiro projeto fabricado digitalmente construído em escala real no Brasil. Tendo pesquisado as técnicas subtrativas durante os quatro últimos anos, difundido ela em congressos e workshops, decidimos investir na pesquisa em técnicas aditivas, e para tal construímos recentemente uma impressora 3d de médio porte com o objetivo de imprimir e testar materiais pastosos como ser; cerâmica, terracota, e argamassas de cimento. O projeto agora foca na manipulação desse sistema, o qual está em fase de calibragem para a realização dos primeiros testes, de pequeno porte, adaptando-o para a realidade local, tanto climática e cultural, e a sua construção para avaliação do sistema como um todo. Atualmente estamos elaborado um manual de montagem que possa replicar essa experiência em diversos outros locais, faculdades e centros de pesquisa. A ideia do projeto vem sendo desenvolvida a partir das experiências realizadas no LAMO –PROURB-FAU-UFRJ, com a prototipagem de modelos 2D e 3D que em um primeiro momento empregaram o sistema WikiHouse. O objeto deste projeto é a montagem de uma impressora 3d de grande porte que permita a construção teste de protótipos de habitação em escala real. As novas tecnologias estão produzindo mudanças para a renovação da arquitetura através da exploração de novos processos de projeto, ferramentas, conceitos espaciais e novas formas e sistemas de construção, gerando um trabalho experimental que abre possibilidades inovadoras para a profissão e o ensino.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Andres Rodriguez Veloso

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • o bem-estar alimentar do público infantil em famílias de baixa renda
  • A partir do estudo seminal de Block et al (2011) surgiu uma área de pesquisa que se preocupa com o bem-estar alimentar dos indivíduos, o qual é definido como o relacionamento psicológico, físico, emocional e social positivo existente com alimentos nos níveis individual e social. Esse bem estar sofre influência de fatores culturais, ambientais e legais que governam atitudes e comportamentos alimentares das pessoas, afetando positiva ou negativamente o bem estar alimentar dos indivíduos. Está em curso no Brasil um fenômeno que tem causado o crescimento das taxas de obesidade e sobrepeso entre as crianças brasileiras (Jardim e De Souza, 2017). Para compreender melhor este cenário, foi selecionada uma aluna de Iniciação Científica para conduzir um estudo qualitativo, por meio de entrevistas em profundidade. Com base nas 17 entrevistas em profundidade realizadas identificou-se está em curso um processo de deterioração da qualidade do bem-estar alimentar envolvendo famílias e crianças de baixa renda. As famílias estão pressionadas pela falta de tempo e pela propaganda de alimentos de baixo valor nutricional. Isso tem aumentado o consumo de alimentos ultra processados, com alto teor de sódio e açúcar. A falta de conhecimento sobre questões alimentares faz com que mesmo as famílias com alta preocupação em relação à alimentação infantil incorram em equívocos. O foco central da proposta atual é aprofundar os conhecimentos obtidos neste estudo inicial. Os resultados já encontrados serão a base para o desenvolvimento de novas entrevistas em profundidade e grupos de foco. A partir dos resultados dessa etapa qualitativa, será desenvolvida uma etapa quantitativa. Será elaborado um questionário que será aplicado com famílias de baixa renda para identificar de forma mais abrangente qual o nível de bem estar alimentar dessas famílias. A partir desses resultados espera-se propor alternativas de ação social que possam ser implantadas pelo poder público, visando a melhoria da capacidade das famílias de baixa renda em ter uma alimentação mais saudável.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Andres Zarankin

Ciências Humanas

Arqueologia
  • paisagens da expansão e exploração lobeiro-baleeira no fim do mundo: aproximações a materialidade dos acampamentos de caça na terra do fogo e nas ilhas shetland do sul (século xix)
  • O objetivo geral do presente plano de trabalho é discutir e comparar as trajetórias particulares que seguiram a expansão e exploração lobeiro-baleeira na Terra do Fogo e na Antártica, observando a materialidade das paisagens associadas à ação dos caçadores. Por sua vez, o objetivo específico propõe a analisar a diversidade de formas em que a materialidade das novas paisagens associadas dos lobeiro-baleeiros na Terra do Fogo e Antártica foram produto e produtora de práticas e relações sociais específicas (que, pelo menos no caso da Terra do Fogo, não haviam afetado unicamente os ocidentais, mas também os grupos indígenas com o qual participaram). Como hipótese, consideramos que enquanto a materialidade de ditas paisagens pode ser variada, a mesma manteve uma relação dialética com a conformação de dinâmicas sociais heterogêneas. Para simplificar a análise, se considerará a materialidade daqueles “lugares” que formaram parte da paisagem, e que foram especialmente significativos para os caçadores. Por esse motivo, se levará em conta especialmente os acampamentos de trabalho dos lobeiro-baleeiros: instalações temporárias onde realizaram a caça e o processamento dos animais, e desenvolveram outras atividades vinculadas com sua subsistência (habitação, alimentação, entre outros) até concluírem suas tarefas. A metodologia proposta retoma ferramentas da arqueologia histórica, incluindo a análise e integração de evidência documental e arqueológica.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Andresa Silva da Costa Mutz

Ciências Humanas

Educação
  • a questão ambiental na mídia jornalística gaúcha: saberes e práticas em tensão
  • A presente investigação tem como objetivo geral mapear as enunciações acerca do meio ambiente nas matérias de capa, reportagens, artigos e colunas do jornal impresso Zero Hora buscando verificar em que medida tais enunciações se relacionam à educação ambiental. A intenção é responder a seguinte questão de pesquisa: Como está constituído, em parte da mídia impressa gaúcha, o regime discursivo em torno da sustentabilidade? A questão desdobra-se, ainda, nos seguintes objetivos específicos a serem atingidos: a) aprofundar o conceito de discurso e enunciado como operadores analíticos; b) estudar também a noção de governamento para problematizar os efeitos do imperativo da crise ambiental sobre os sujeitos na contemporaneidade; c) mapear os enunciados acerca do meio ambiente nos exemplares do jornal Zero Hora no período compreendido entre março de 2019 e março de 2020; d) analisar o modo como são acionados no interior de tal discurso as noções de meio ambiente, natureza e educação ambiental; e) se for o caso, desnaturalizar as “verdades” que a mídia ensina acerca da sustentabilidade, estabelecendo relação com o cenário mais amplo de políticas públicas de educação ambiental. O campo teórico-metodológico da pesquisa é proveniente dos Estudos Culturais em Educação, em sua vertente pós-estruturalista, entre eles Michel Foucault, Alfredo Veiga-Neto, Paula Corrêa Henning, Leandro Belinaso Guimarães, Marisa Vorraber Costa, Rosa Maria Bueno Fischer. Como resultado desta pesquisa, pretende-se: a) quanto à produção científica, socializar as reflexões teóricas e os resultados obtidos junto à comunidade acadêmica por meio de artigos submetidos em eventos científicos internacionais e em revistas científicas qualificadas; b) no que diz respeito a articulação com o ensino a pesquisa permitirá novos elementos científicos para discutir, em atividades como palestras, aulas, colóquios, etc. com os alunos do Bacharelado Interdisciplinar, bem como os demais cursos do Campus Litoral Norte da UFRGS e com os alunos da pós-graduação do curso de Mestrado e Doutorado em Educação Ambiental da FURG, sobre o modo como, uma vez que assume um estatuto pedagógico, a mídia “ensina” verdades sobre o meio ambiente, colocando, desse modo sob suspeita os saberes e práticas de sustentabilidade que ela faz circular; c) e no que se refere à inserção social, o projeto qualificará a formação da docente proponente de modo que seja possível a ela propor ações de extensão junto aos professores da Educação Básica dos municípios litorâneos do Rio Grande do Sul nas comunidades do entorno da Universidade executora (UFRGS) e parceira (FURG) de modo a socializar os resultados da pesquisa e construir junto com este setor específico novos significados para a questão ambiental, levando em conta as particularidades da região, os saberes por eles já constituídos e o cenário atual de implementação da Base Nacional Comum Curricular.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Andressa Aita Ivo

Ciências Humanas

Educação
  • programa pacto nacional pela alfabetização na idade certa (pnaic): efeitos sobre a gestão, o currículo e o trabalho docente
  • A Educação Básica, e de modo especial, o Ensino Fundamental tem recebido grande atenção, de modo que, a partir da década de 1990 o Ministério da Educação tem atuado diretamente na elaboração de um amplo sistema de avaliações em larga escala, como o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB), Prova Brasil, Provinha Brasil, dentre outros. Além das avaliações o MEC também criou o Índice de Desenvolvimento da Educação (IDEB), a fim de assegurar uma melhoria da qualidade da educação no Brasil. Com vistas a melhorar os índices e indicadores, o Ministério da Educação tem proposto uma série de programas e iniciativas, dentre as quais destacamos o Programa Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Nesta direção este projeto de pesquisa tem como objetivo realizar uma análise das ações do PNAIC/RS e suas repercussões no trabalho docente, currículo e IDEB da rede pública de ensino de Santa Maria e Pelotas - RS.Esta pesquisa adotará os pressupostos da abordagem qualitativa, com base na abordagem do ciclo de políticas proposto por Ball (2004). A partir da estrutura e organização do PNAIC, optamos por desenvolver os estudos nos municípios de Santa Maria e de Pelotas – RS com os seguintes campos temáticos: gestão, trabalho docente e currículo, centrando o olhar mais especificamente em cada um desses elementos. Para tal o estudo será realizado em 5 etapas, sendo desenvolvido paralelamente seminários de discussão com atividades específicas para cada campo temático.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 01/06/2017-30/11/2020
Foto de perfil

Andressa da Silva de Mello

Ciências da Saúde

Educação Física
  • associação entre o estado hormonal e a motivacão de nadadores paralímpicos em uma temporada competitiva
  • O esporte paralímpico tem evoluído muito nos últimos anos, conduzindo os atletas à busca constante do alto desempenho atlético com o planejamento do treinamento físico, técnico e psicológico. Nesse contexto, aspectos psicobiológicos como a motivação é fundamental para o desempenho no esporte e pode estar relacionado com o estado hormonal, dentre eles a testosterona e o cortisol. Assim o objetivo do presente estudo será investigar as associações entre concentrações de Testosterona livre salivar e de Cortisol salivar na motivação em um grupo de atletas da Seleção Brasileira de Natação Paralímpica em uma temporada competitiva. Serão avaliados 30 atletas homens convocados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para as etapas de treinamento 2016/2017. As avaliações serão compostas pela coleta de saliva para análise de Testosterona e Cortisol, e ainda será realizado a aplicação de questionários de motivação e recuperação durantes as três fases do estudo: Pré-competição (antes das Paralímpiadas – RIO 2016), Final da temporada de 2016 (Pós-Paralímpiadas – RIO 2016) e início da temporada de 2017. Por meio desta investigação espera-se proporcionar uma maior compreensão dos diferentes aspectos envolvidos no comportamento motivacional e a influência destes hormônios (Testosterona e Cortisol) em domínios físicos e psicológicos de atletas Paralímpicos de Natação.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Andressa Novatski

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • preparação e caracterização das propriedades termo-ópticas e espectroscópicas de vidros teluretos dopados com terras-raras
  • Esse projeto tem por objetivo a preparação de vidros teluretos dopados com ions terras raras, assim como a caracterização das propriedades termo-opticas e espectroscopicas destes materiais.Visando a aplicação destes em dispositivos opticos na regiao do visivel e infravermelho. Pesquisas recentes mostraram que o sistema vitreo TeO2-Li2O-ZnO é um material promissor para hospedar ions opticamente ativos. Atenção particular será dada para as medidas de luminescencia e tempo de vida, bem como as tecnicas fototermicas aplicadas na caracterizaçao das amostras. Enfim, esse projeto visa contribuir consideravelmente no entendimento dos processos envolvidos na obtençao de amostras com boas qualidades opticas alem de contribuir na formaçao de recursos humanos qualificados com visao abrangente e interdisciplinar na area de fisica da materia condensada.
  • Universidade Estadual de Ponta Grossa - PR - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Andressa Paladini

Ciências Biológicas

Zoologia
  • sistemática de cercopoidea: sequencias de dna e morfometria geométrica como ferramentas complementares em estudos taxonômicos baseados em morfologia.
  • Os insetos incluídos em Cercopoidea compreendem aproximadamente 3000 espécies descritas, alocadas em 320 gêneros, 34 tribos e cinco famílias: Cercopidae, Aphrophoridae, Machaerotidae e Epypigidae com distribuição mundial sendo a maior riqueza de diversidade encontrada na zona tropical do novo mundo. O presente projeto de pesquisa tem como objetivo a taxonomia e análise filogenética de gêneros de Cercopidae Neotropicais além de, uma tentativa de associação de adultos com as ninfas das famílias Aphrophoridae e Epypigidae bem como a utilização da morfometria geométrica como ferramenta auxiliar em estudos taxonômicos. De acordo com esse projeto de pesquisa, estudos taxonômicos enfocando a família Cercopidae serão realizados, visando à descrição de táxons desconhecidos e a realização de coletas no estado do Rio Grande do Sul em áreas pouco amostradas, além da formação de pessoal qualificado na taxonomia desse grupo e criação de uma coleção de referência na Universidade Federal de Santa Maria.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Andressa Sasaki Vasques Pacheco

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • da predição à ação: framework para a gestão da evasão no ensino superior
  • A evasão estudantil representa perdas sociais, acadêmicas e econômicas. A utilização de modelos preditivos de evasão estudantil tem se apresentado como potencial ferramenta para a gestão de instituições educacionais. A presente proposta de projeto tem o objetivo de construir um framework para a gestão da evasão de cursos de graduação, a partir de modelos preditivos, dando continuidade a uma pesquisa já realizada que possui como resultado parcial a predição correta de mais de 80% dos alunos que evadiram dos cursos estudados. Para o alcance do objetivo traçado, serão a) analisadas práticas de gestão da evasão em diferentes contextos, por meio de pesquisa bibliográfica, documental e aplicação de questionário com dirigentes universitários; b) identificadas as possibilidades de ações relacionadas ao acompanhamento e controle da evasão, com base em questionários e entrevistas com alunos, docentes, técnicos administrativos e especialistas na temática; c) construídos modelos preditivos à evasão via análise de regressão logística binária, realizados a partir de dados de uma universidade pública federal brasileira; e d) validado um framework para a gestão da evasão de estudantes de graduação. Como resultados, espera-se fornecer uma visão consolidada das práticas de gestão da evasão utilizadas e suas potencialidades; mapear possíveis ações de acompanhamento e controle da evasão, destacadas pelos sujeitos pesquisados; generalizar a aplicação do método de análise de regressão logística binária para a gestão da evasão estudantil, com base em dados reais; e obter uma estrutura conceitual para a gestão da evasão de alunos de graduação, validada em uma instituição real. Além dos resultados imediatos para a Mesorregião da Grande Fronteira Mercosul, onde está localizada a UFFS, Universidade participante da pesquisa, os resultados obtidos poderão ser utilizados em outras IES, possibilitando que os desperdícios causados pela evasão sejam diminuídos em um contexto mais amplo. O projeto terá início no mês de março de 2019 e finalização em abril de 2021, com despesas estimadas em R$35.280,00.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Andrey Chaves

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • gtmc-2dlab: laboratório de estudos teóricos sobre materiais bidimensionais
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Andrey Jorge Serra

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • caracterização genômica de promotores de hipertrofia cardíaca ligados a sinalização da calcineurina em ratos exercitados e submetidos a hiperatividade adrenérgica com isoproterenol
  • A hiperatividade adrenérgica é condição comum presente em diferentes situações patológicas que afligem o sistema cardiovascular. Pesa como importante consequência desta condição o desenvolvimento de hipertrofia cardíaca (HC), o que é determinante para piora prognóstica, morte súbita e sobrevida reduzida do paciente. Estes dados fomentam a necessidade de intervenções que, de alguma forma, mitiguem o remodelamento cardíaco adverso imposto pela hiperatividade adrenérgica. Nosso grupo de pesquisa é consoante a esta necessidade e, nos últimos anos, se dedica a caracterizar os efeitos do pré-condicionamento miocárdico com exercício físico (EXF) na HC experimental por administrações crônicas do mimético de noradrenalina, isoproterenol (ISO). Nossos resultados iniciais foram promissores, em que o EXF preveniu hipertrofia, necrose, apoptose e fibrose induzida pelo ISO. Em trabalho posterior, nós verificamos que o EXF preveniu a disfunção diastólica do ventrículo esquerdo, a depressão inotrópica e inflamação miocárdica despertada pelo ISO. Recentemente, com o propósito de determinar os mecanismos moleculares participantes da cardioproteção, nós verificamos que o EXF induziu modulação positiva da via de sinalização do sistema calicreína-cininas e angiogênese. Esta proposta está condicionada em determinar o mecanismo molecular inerente a cardioproteção da HC induzida pelo ISO, o que nos remete a analisar a sinalização intracelular da cálcio-calmudolina/Calcineurina-NFAT. Esta via de sinalização tem sua participação bem documentada na HC associada a hiperativavidade adrenérgica. A hipótese a ser considerada é que a prevenção da HC induzida pelo ISO envolva modulação positiva da via de sinalização da Calcineurina/NFATc3/GATA-4 em ratos submetidos EXF. Para esta proposta, nós aplicaremos técnicas de imunofluorescência, imunoblotting de extratos citosólicos e nucleares, expressão gênica, ensaio de interação proteina-proteina. Para identificar os possíveis promotores de HC modulados pelo ISO e EXF, nós valemos do sequenciamento por técnica de Chip-seq com imunoprecipitação de cromatina para análise de transcritos via Calcineurina/NFATc3/GATA4.
  • Universidade Nove de Julho - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Andrey Moreira Cardoso

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • infecção respiratória aguda e fatores associados no primeiro ano de vida: um estudo em duas coortes de nascimentos indígenas guarani no sul e sudeste do brasil
  • Mundialmente, as infecções respiratórias agudas (IRA) permanecem entre as principais causas de morbimortalidade, acometendo desproporcionalmente crianças. Análises epidemiológicas no Brasil indicam grandes avanços no controle das IRA. Entre povos indígenas, contudo, a situação é bastante diferente. As IRA estão entre as principais causas de adoecimento e morte, particularmente entre crianças. Recente pesquisa conduzida entre os indígenas Guarani no Sul e Sudeste do Brasil revelou que 71,9% das hospitalizações em < 5 anos eram devidas às IRA, bem como mais de dois terços dos óbitos nesse grupo etário. Foram apontados, por meio de estudo caso-controle, alguns fatores de risco para hospitalização por IRA nas crianças Guarani, se constituindo no primeiro estudo sobre o tema em indígenas no Brasil. Segundo a OMS, a identificação de fatores de risco associados às IRA em diferentes populações é a base para formulação de políticas mais efetivas e de estratégias para melhorar a saúde global. O presente estudo, já em desenvolvimento desde 2014, visou aprofundar as pesquisas sobre IRA realizadas na população infantil Guarani, a fim de responder a inúmeras lacunas do conhecimento a respeito da saúde respiratória infantil indígena no país. Trata-se de estudo em duas coortes de nascimentos Guarani em 66 aldeias no Sul e Sudeste do Brasil, com o objetivo principal de estimar a incidência de IRA no primeiro ano de vida e investigar fatores etiológicos para IRA. Adicionalmente, será prodecida a detecção de vírus respiratórios nas aldeias, caracterizando a circulação viral e a sazonalidade das viroses respiratórias nas crianças indígenas. Para tal, foram elaborados 6 instrumentos de coleta de dados em formato digital. A identificação de casos de IRA será feita por meio de visitas domiciliares semanais durante o primeiro ano de vida, nas crianças participantes. O banco de dados será gerado automaticamente pelo preenchimento dos questionários digitalizados em computadores de mão. Serão descritas incidência de IRA e fatores associados, por meio de estimativas de riscos relativos e razões de taxas ajustadas em modelos multivariados. Com o estudo, espera-se: implantar um sistema de vigilância das IRA nas aldeias Guarani, em articulação com o Subsistema de Atenção à Saúde Indígena; contribuir para a formação de recursos humanos na saúde indígena e para o aprimoramento da informação em saúde indígena; estimar a incidência de IRA e identificar seus fatores associados; caracterizar sazonalidade e etiologia das IRA; estimar as proporções de nascimentos pré-termo, com crescimento intra-uterino restrito e com baixo peso ao nascer e fatores associados; estimar a mortalidade infantil e identificar fatores associados; bem como analisar a efetividade das vacinas utilizadas no esquema vacinal indígena; e elaborar protocolo de atenção à saúde da criança Guarani, com ênfase no manejo e controle das IRA na infância.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-28/02/2021
Foto de perfil

Andrey Pupasov-Maksimov

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • sistemas dinâmicos inspirados pela mecânica quântica supersimétrica e suas aplicações
  • Objetivo central deste Projeto é desenvolver o metodo de transformação de Darboux em mecânica quântica e considerar aplicações dele para various modelos fisicos. Transformação de Darboux pode ser formulado em termos algebricos que implica uma simetria especial de equação de Schrodinger. Diz-se, que a transformação de Darboux define uma extenção supersimetrico de mecânica quântica (SUSY QM). Mesmo que o metodo de transformação de Darboux é considerado em detalhas para equação de Schrödinger escalar, existe grande interesse para consideração de equação de Schrödinger matricial. O assunto tem interesse teórico, já que este equação pode ser usado para descrever o comportamento de particulas quanticas co estrutura interna em processos multicanais de colisão. Esse assunto é também de grande interesse nas algumas áreas experimentais, tais como física nuclear e atomica, optica quântica, computações quânticas, e outras. Outra questão está relacionada com a correspondência entre os modelos analíticos obtidos através da transformação de Darboux e pelo método de Lax eo método de curva espectral. Embora para a equação de Schrodinger escalar muitas soluções, como potenciais de solitons, coincidem, a correspondência explícita não é bem compreendido. Além disso, os nossos estudos preliminares implicam que a transformação de Darboux pode resultar em novos modelos analíticos para o caso da equação de Schrodinger matricial. Esta observação baseia-se na existência de transformações de Darboux especiais, que permitem a introdução de acoplamento entre canais, sem afectar de espectro e auto-valores de S-matriz.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Andrey Ricardo da Silva

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • desenvolvimento de uma prótese de voz
  • A estimativa de incidência do Câncer de Laringe é de 7670 novos casos da doença no Brasil para cada ano do biênio de 2018-2019 (Instituto Nacional de Cancer - INCA, 2018). Este é o tumor mais comum na região da cabeça e do pescoço, e é o segundo tipo mais comum de câncer do sistema respiratório no mundo, atrás apenas do câncer de pulmão. Apesar da alta estatística de sobrevida à doença – chega-se a 73% quando o diagnóstico é realizado a tempo – a retirada total da laringe é realizada em aproximadamente 80% dos casos diagnosticados no Brasil. A consequência mais dramática da extração da laringe (laringctomia) é a perda total da capacidade de falar dos pacientes sujeitos as este procedimento. Dessa forma, tais pacientes passam a enfrentar restrições imediatas em todas as formas de interação social que dependem da fala, umas vez que a voz é o veículo que transmite, para além das palavras, características da identidade física, emocional e sócio-cultural do sujeito. A forma mais efetiva para a reconstituição da voz em pacientes laringectomizados é conhecida como prótese traqueoesofágica (PTE) ou, simplesmente, prótese de voz. A PTE é uma válvula unidirecional inserida em uma fístula construída entre a traqueia e o esôfago. A válvula permite que o ar advindo dos pulmões passe para o esôfago e induza a vibração dos tecidos remanescentes nessa região, que passam a produzir som. A voz resultante é considerada bastante natural, uma vez que se assemelha à voz de um falante saudável com rouquidão moderada. Apesar das vantagens da PTE, há hoje no mundo apenas dois fabricantes da prótese, nenhum dos quais é brasileiro. Por consequência, o alto custo associado ao uso da válvula é o principal entrave para sua difusão junto ao Sistema Único de Saúde (SUS). Para se entender a dimensão do problema, o direito à prótese vocal foi instituído pela portaria n 2036/GM do Ministério da Saúde em 2003, tendo-se definido o valor tabelado pelo SUS de R$375,00, que permanece inalterado desde aquela data (lista do SUS No 93481411). No entanto, a válvula importada tem um custo de R$1.700,00. Além disso, a prótese necessita ser substituída a cada seis meses por motivos clínicos, o que onera ainda mais o sistema de saúde. Por esses motivos, o acesso à PTE ainda é bastante limitado no Brasil. É importante ressaltar que, embora seja o método de reabilitação da comunicação mais eficaz atualmente, a PTE atual é incapaz de ajustar-se às características fisiológicas intrínsecas a cada paciente. Isso ocorre porque o projeto atual das válvulas importadas atende às características fisiológicas médias de pacientes do sexo masculino e fenótipo norte-europeu. Além disso, a válvula não prevê variações das propriedades mecânicas dos tecidos do sistema traqueia-esôfago que ocorrem devido ao tratamento radioterápico pós-operatório. Em muitos casos, esse tratamento causa o enrijecimento dos tecidos, exigindo uma alta capacidade pulmonar para a indução da vibração que produz a voz. Dessa forma, a atual válvula torna-se ineficaz em muitos casos, principalmente no Brasil. O presente projeto tem como meta atender à crescente demanda de pacientes que perderam a voz por consequência da laringectomia. Neste sentido, o projeto se divide em dois grandes objetivos. Em primeiro lugar, desenvolver ma prótese de voz por similaridade, baseando-se em próteses de voz importadas, atualmente disponíveis no mercado. Em segundo lugar, objetiva-se desenvolver uma nova patente prótese de voz que possibilite a adequação de suas características acústicas de acordo com as características fisiológicas de cada paciente. O projeto já está em andamento e conta com recursos advindos da Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP, sob o convênio 01.16.0044.00(0346/15) por meio da chamada pública Viver sem Limite de 2015. Apesar de ter recebido os recursos para a aquisição de todos os bens de capital necessários para a condução desta pesquisa, o projeto não recebeu as bolsas inicialmente previstas para a contratação de pesquisadores dedicados às suas atividades. Além disso, o projeto sofreu cortes financeiros para a aquisição de bens de consumo, os quais são absolutamente fundamentais para a condução das atividades previstas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022