Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Barbara Lopes Amaral

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • não-localidade e contextualidade na era das tecnologias quânticas
  • Contextualidade e não-localidade são duas das características mais fascinantes da Física Quântica. Além do papel que essas propriedades ocupam na busca por uma compreensão de aspectos fundamentais da teoria, tecnologias que exploram esses fenônomenos prometem levar a uma revolução transformadora para ciência, indústria e sociedade. Essas características foram identificadas como recursos essenciais em diversos protocolos de informação e computação e, por esse motivo, é fundamental estudá-las do ponto de vista de Teorias de Recursos, que fornecem uma estrutura poderosa para o tratamento formal de uma propriedade física como um recurso operacional, adequada para sua caracterização, quantificação e manipulação. O objetivo desse projeto é buscar o desenvolvimento de uma Teoria de Recursos unificada para contextualidade e não-localidade em suas formas mais gerais. Esperamos também utilizar a perspectiva trazida pela informação quântica para produzir materiais didáticos que nos permitam introduzir os principais conceitos da Física Quântica para alunos ainda no Ensino Médio.
  • Universidade Federal de São João Del-Rei - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bárbara Maria Giaccom Ribeiro

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • sistemas urbanos e regionais: análise espacial e configuracional do caso de cachoeira do sul (rs, brasil)
  • O presente projeto tem como objetivo descrever e analisar a estrutura espacial e configuracional do município de Cachoeira do Sul (RS), bem como sua inserção na rede de cidades em âmbito regional. Uma série de investigações tem trazido avanços no conhecimento da relação entre a morfologia urbana e o uso do solo. Os estudos configuracionais urbanos constituem-se numa abordagem teórico-metodológica que permite associar características da forma urbana a seus atributos sociofuncionais, contribuindo para identificar estados, processos e dinâmicas urbanas. Esta pesquisa será desenvolvida no grupo de pesquisa em Sistemas Urbanos e Regionais, sediado na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus de Cachoeira do Sul, e pretende avançar na aproximação entre abordagens sobre a forma urbana e aquelas voltadas ao arranjo dos usos do solo. O estudo pretende contribuir no avanço do conhecimento sobre padrões de distribuição das atividades urbanas, bem como investigar a natureza e o papel da configuração urbana nesses processos. A estruturação de uma base de dados geoespacial tem potencial de contribuir para análises da estrutura espacial e configuracional de sistemas urbanos e regionais e para o estabelecimento de indicadores de desempenho espacial. A construção do conhecimento por meio da constituição das bases de dados espaciais e das análises decorrentes tende a contribuir tanto para o desenvolvimento regional, para uma integração entre academia e sociedade e entre academia e poder público. Os resultados alcançados poderão ser disponibilizados aos gestores públicos e órgãos municipais, com o objetivo de facilitar ao poder executivo possíveis encaminhamentos para proposta de elaboração e/ou revisão do planejamento municipal, uma vez que informações de ordem técnica são essenciais no subsídio a decisões de ações de planejamento. Ademais, será possibilitado aos acadêmicos do Curso de Arquitetura e Urbanismo ter contato com as teorias e modelos de uso do solo e de morfologia urbana, além de se amparar no sensoriamento remoto, no geoprocessamento, na análise geoestatística e na modelagem configuracional destinadas à análise espacial e sistêmica.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bartira Mendes Gorgulho

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • organização do cuidado às pessoas com dcnt em mato grosso: diagnóstico e capacitação
  • A maior parte das ações de controle e prevenção da obesidade e das DCNT acontecem na Atenção Primária à Saúde (APS), ou Atenção Básica (AB). No entanto, embora haja o plano de enfrentamento e controle das DCNT realizado pelo MS, com a proposta de implementação da Rede de Cuidado pelo SUS, sabe-se que nem todos os Estados já conseguiram implementá-lo, incluindo o Mato Grosso (BRASIL, 2019). Neste contexto, busca-se diagnosticar a organização da gestão do cuidado às pessoas com Doênças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) na Atenção Primária a Saúde (APS) do Estado de Mato Grosso, com ênfase nos fatores de risco modificáveis para diabetes, hipertensão arterial e obesidade, apoiando os municípios e territórios no planejamento, monitoramento e avaliação das ações e estratégias, bem como na organização de suas equipes, no reconhecimento dos equipamentos disponíveis e da intersetorialidade e transdisciplinaridade necessárias. Dessa forma, com base nos dados resultantes de avaliação situacional, com ênfase na obesidade (prevenção e estratégias de tratamento), serão planejadas e executadas atividades semipresenciais de formação em saúde, tanto para os gestores, quanto para os profissionais de saúde da rede.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 07/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Bartolomeu Cruz Viana Neto

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo das propriedades físicas de interface em sistemas 2d heteroestruturados
  • O projeto proposto tem como objetivos a síntese e estudo das propriedades físicas de materiais híbridos bidimensionais (2D), com o controle das interfaces entre os materiais 2D, bem como, através dos processos de modificações por dopagem, tratamento térmico e funcionalização desenhar novas propriedades. A ideia é baseada no fato que materiais de espessura atômica (2D) com diferentes tipos de composição química e propriedades eletrônicas podem ser perfeitamente conectados promovendo propriedades eletrônicas diferenciadas derivadas de heterojunções. Isto possibilita a criação de novos dispositivos eletrônicos com diferentes funcionalidades. Entretanto, a estrutura, estabilidade e propriedades eletrônicas das heterojunções ainda são matéria de intenso estudo na literatura atual. Assim, o objetivo principal é estudar a natureza fundamental das interações entre elétrons e fônons através das junções 2D em domínios atômicos, como junções metal-semicondutor-isolante, entendendo a relação entre as propriedades eletrônicas, ópticas e térmicas nas heterojunções. Tudo isso modificando métodos de síntese para produzir estas junções de maneira controlada de acordo com objetivos pré determinados. Grafeno, nitreto de boro hexagonal, Dicalcogênios de metais de transição (TMDs) e carbetos de metais de transição (TMCs) são exemplos de estruturas 2D que serão utilizadas como blocos de construção para desenvolver heterojunções multifuncionais e complexas. Tendo em vista que esses materiais são estratégicos para o desenvolvimento das nanotecnologias em geral, o projeto representa um esforço para sedimentar o conhecimento nesse tema com uma visão interdisciplinar nesta área de fronteira da ciência atual, consolidando o Brasil no cenário do desenvolvimento da nanotecnologia, com ênfase nos processos de síntese, funcionalização e caracterização das nanoestruturas híbridas 2D. As propriedades eletrônicas, ópticas (estrutura de bandas, fotoluminescência, etc...) e vibracionais dos sulfetos metálicos 2D nas mais variadas morfologias têm sido amplamente estudadas usando ferramentas experimentais e teóricas. No entanto, ainda existem vários aspectos das propriedades destes sistemas que necessitam de estudos mais aprofundados. Dentre estes, se destacam as propriedades luminescentes, eletrônicas e vibracionais, mais especificamente de como essas propriedades variam com a morfologia ou forma da borda do sistema, e de como mudanças estruturais afetam as suas propriedades. Esta proposta objetiva sintetizar, de maneira controlada, e caracterizar heteroestruturas baseadas em TMDs e TMCs puros e dopados, usando ou não grafeno de nitreto de boro. Possibilitando uma nova geração de “blocos de construção” na fabricação de nanocompósitos, dispositivos eletrônicos, sensores, etc. No cenário atual, estudar e entender as propriedades fundamentais de heteroestruturas 2D e suas junções atomicamente finas é de grande importância para o desenvolvimento futuro de dispositivos híbridos com funcionalidades únicas e maiores rendimentos. Para tal, o uso de múltiplas técnicas de caracterização em escala atômica são primordiais para o entendimento da estrutura formada nas interfaces e suas propriedades. Questões fundamentais a respeito da optoeletrônica através das interfaces serão estudadas com o objetivo de explorar propriedades únicas das heterojunções de materiais 2D. Assim, os resultados deste projeto contribuirão para que esses sistemas possam ser utilizados como novos materiais em condições controladas ainda não relatados na literatura até o presente momento.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bartolomeu Warlene Silva de Souza

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • filmes e revestimentos comestíveis utilizando subprodutos do pescado e sua aplicação em produtos pesqueiros
  • Na presente proposta, macromoléculas (quitosana, gelatina e colágeno) serão obtidas de resíduos do pescado que são fontes da biomassa local (resíduo do caranguejo, camarão e resíduos da tilápia), objetivando desenvolver e caracterizar esses novos materiais e suas aplicações em produtos pesqueiros. O Núcleo propõe o desenvolvimento de filmes e revestimentos, para aplicação em produtos pesqueiros com o objetivo de melhorar a qualidade do pescado produzido no estado do Ceará, aumentando assim seu tempo de prateleira. As ações ora propostas pelo Núcleo de Desenvolvimento e Aplicação de Biomateriais em Alimentos contribuem para a estruturação de uma base científico-tecnológica no campo da tecnologia de alimentos e Engenharia de Pesca, propiciando a formação científica de pessoal e colaborando para o fortalecimento de grupos de pesquisa voltados à valorização do resíduo do pescado com foco em biopolímeros, fortalecendo desta forma o desenvolvimento do estado do Ceará.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beate Saegesser Santos

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • nanoplataformas fluorescentes e plasmônicas para intensificação da ação fotodinâmica
  • A Terapia Fotodinâmica (TFD) é uma modalidade de tratamento que emprega a combinação de um composto fotossensível, denominado fotossensibilizador (FS), e luz visível, gerando espécies reativas de oxigênio capazes de induzir a inviabilização de células. Este procedimento, aprovado mundialmente para tratamento de tumores, tanto benignos quanto malignos, vem sendo também utilizado em dermatologia (para psoríase, acne, procedimentos estéticos) e odontologia (tratamento da periodontite e outras infecções relacionadas). Atualmente, devido ao aumento de resistência bacteriana a antibióticos, o uso da TFD para inativação microbiana (photodynamic antimicrobial chemotherapy, PACT) foi intensificada, sugerindo-se sua utilização como tratamento complementar de infecções localizadas, assim como, para desinfecção de água e de sangue. Dentre as várias classes existentes de FS uma das que se destacam são as porfirinas, compostos macrociclos tetrapirrólicos, que estão presentes em sistemas biológicos, mas que podem também ser obtidos sinteticamente. Além de alta absorptividade na região de luz visível, as porfirinas apresentam baixa toxicidade na ausência de luz, fotoestabilidade, localização preferencial no tecido alvo, e alto rendimento quântico do estado triplete. Para que haja eficiência fotodinâmica é necessário um eficiente mecanismo de conversão de fotoluminescência do FS gerando espécies reativas de oxigênio. Na última década, sistemas híbridos mais complexos estão sendo sugeridos para tornar a conversão energética do FS mais eficiente. Um sistema de captação energética, como por exemplo, uma espécie que tenha um poder de absorção eficiente e com conversão energética imediata ressonante com o FS, tanto através de transferência radiativa de luz quanto através de efeito plasmônico, tem o papel de amplificar o efeito fotodinâmico do FS. No presente projeto vamos testar estas hipóteses através da associação de porfirinas com dois sistemas nanoestruturados distintos: (i) pontos quânticos de materiais semicondutores (PQs) e (ii) nanoprismas de Ag ou nanobastões de Au. PQs são nanocristais fluorescentes em regime de confinamento quântico, onde o controle das propriedades ópticas é sintonizado pelo tamanho das partículas. Além de possuírem uma ampla banda de absorção de luz, os PQs apresentam eficiente recombinação excitônica e grande eficiência quântica. Nanopartículas de Ag prismáticas e/ou nanobastões de Au são obtidos através de crescimento anisotrópico em meio aquoso, podendo-se variar sua banda plasmônica em toda a região do visível (400 – 800 nm). Estes sistemas, quando devidamente sintonizados com espécies luminescentes, podem amplificar a conversão energética das espécies por efeitos de amplificação de campo local. A ideia central deste projeto é associar porfirinas catiônicas metaladas à superfície dos sistemas nanoestruturados e induzir a otimização de seus efeitos fotodinâmicos. O grupo de pesquisas Nanotecnologia Biomédica da UFPE, onde o projeto será realizado, possui extenso know-how no preparo e utilização destes sistemas para aplicações biomédicas. Neste projeto, as lectinas (proteínas não imunogênicas) serão utilizadas para direcionar as nanoestruturas híbridas (PQs/Porfirinas) ou (NPs/Porfirinas) para as membranas celulares de bactérias de cepas multirresistentes, tanto de vida livre quanto na forma de biofilmes, visando sua inativação fotodinâmica.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatrice Padovani Ferreira

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • peld tamandaré - dinâmica espacial e temporal da paisagem marinha: conectividade, resiliência e uso sustentável no sul de pernambuco
  • O sítio PELD TAMS se localiza na região costeira sul de Pernambuco e se estende da costa até o talude continental. O ambiente é reconhecido como hotspot de biodiversidade, com uma rica área estuarina e costeira, formada por um mosaico de habitats que incluem manguezais, pradarias de fanerógamas e recifes costeiros. Tradicionalmente, a maioria dos estudos se concentram em áreas costeiras, de mais fácil acesso e uso humano mais intenso. No entanto, os ecossistemas se distribuem em um contínuo sobre a plataforma continental, recortada por canais submersos onde recifes profundos formam habitats responsáveis por suportar recursos que sustentam a intensa atividade de pesca. A ecologia da paisagem marinha requer uma compreensão integrada das massas d’água e de sua dinâmica. Sobre esta base topográfica, se distribui um sistema marinho interconectado pelo fluxo de energia, por meta-populações e por populações que se deslocam ocupando diferentes habitats ao longo de seu ciclo de vida. Na escala temporal, efeitos de ciclos sazonais, interanuais e decadais têm sido observados, com diferentes impactos na zona costeira. A intensidade, duração e frequência destes fenômenos mediados por conexões interoceânicas têm apresentado variações, e os efeitos nos ciclos das populações e comunidades, bem como efeitos ecossistêmicos de curto e longo prazo, ainda são pouco estudados no Atlântico tropical. Os impactos humanos, como poluição, modificação/supressão de habitats e remoção de organismos pela pesca, agravam as consequências destes fenômenos e podem, em sinergia, levar sistemas ao colapso. A continuidade do monitoramento destes fenômenos e das possíveis respostas biológicas a longo prazo é essencial para a compreensão da dinâmica temporal operante e dos impactos de fenômenos climáticos em escala global e local, e consequentemente para o direcionamento de decisões de gestão e prevenção e mitigação de possíveis impactos. O Projeto para o sítio PELD-TAMS (Programa Ecológico de Longa Duração - Tamandaré Sustentável) foi aprovado pelo CNPq em 2017, porém estudos têm sido desenvolvidos na região há mais de duas décadas. Estes estudos têm fundamentado a gestão, com contribuições tanto para a criação de UCs federais, estaduais e municipais, quanto para seus planos de manejo. O PELD-TAMS inclui a primeira zona de recuperação recifal da costa nordeste, criada em 1999, e se desenvolve em estreita parceria com o Centro de Estudos da Biodiversidade do Nordeste (CEPENE) do ICMBio e com gestores das unidades de conservação locais. Assim, a integração da pesquisa com as ações de gestão são constantes no programa. O sítio PELD-TAMS (ILTER 18) tem atraído novas e importantes parcerias, e busca o acompanhamento dos efeitos das intervenções e a observação das respostas a curto, médio e longo prazo. A presente proposta do sítio PELD é a continuidade do estudo da paisagem marinha, com novas perspectivas obtidas a partir de avanços tecnológicos de observação remota (satelital) das tendências temporais de cobertura de habitats submersos, de feições do fundo marinho e associações de usos e diversidade. Devido ao histórico de impactos de origem terrestre, a proposta do sítio incorpora agora estudos de contaminantes e seus efeitos na biota. Concentrado em áreas costeiras consideradas berçários de recurso pesqueiros, estas informações visam fortalecer a abordagem ecossistêmica no manejo pesqueiro e seus territórios. Em conjunto, estes estudos que são desenvolvidos em forte parceria com gestores e comunidade local, objetivam subsidiar a gestão numa abordagem adaptativa e de planejamento espacial marinho.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 07/12/2020-31/12/2024
Foto de perfil

Beatriz Brandão Polivanov

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • cenas de música eletrônica e (in)visibilidade feminina: negociações e disputas na cultura digital
  • Este projeto de pesquisa foca em cenas de música eletrônica de pista (MEP) e nos modos como as mulheres que delas participam profissionalmente (seja como DJs, produtoras musicais ou de eventos) vão reivindicar seus lugares de fala, maior visibilidade e inserção social e mercadológica. Busca-se especificamente atentar neste primeiro momento para cenas do Brasil e do Canadá e as mediações Norte-Sul dos embates discursivos e materiais a partir de ferramentas da cultura digital. Para tal são propostos três eixos centrais de discussão teórica: a) o conceito de cenas musicais e suas dimensões virtuais; b) os estudos de gênero feminino na música, especialmente música eletrônica e c) as noções de performance. Como procedimentos metodológicos serão utilizados preceitos e técnicas advindos da etnografia, notadamente a observação participante de ambientes como sites de redes sociais e blogs, bem como eventos, e a realização de entrevistas, também tanto on quanto off-line. Espera-se com esta pesquisa contribuir para preencher uma lacuna nos estudos de comunicação e música, em seus diálogos com estudos de gênero e cultura digital.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz D'Agord Schaan

Ciências da Saúde

Medicina
  • rastreamento da retinopatia diabética no diabetes mellitus: implementação de fluxo para acesso universal à retinografia através da validação de métodos inovadores (machine learning) potencialmente mais sensíveis (tomografia de coerência óptica)
  • Esta proposta foi preparada em consonância com os objetivos do edital, visando avançar no conhecimento científico, fornecer subsídios para a tomada de decisões para as políticas de saúde e proporcionar melhorias na qualidade de vida da população através de estudo com foco específico em pacientes com diabetes mellitus, propondo fluxo de atendimento que proporcione acesso universal à avaliação oftalmológica de rastreamento de retinopatia diabética e edema macular, única forma que reconhecidamente pode prevenir a amaurose nessa população. Adicionalmente, utilizando bancos de imagens de retinografias da população brasileira (Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto - ELSA-Brasil e TelessaúdeRS/UFRGS Teleoftalmo) e coleta prospectiva de novas retinografias, algumas delas acrescidas de realização de tomografia de coerência óptica (OCT), propõe-se, neste projeto, algoritmo inovador (machine learning) que identificará as imagens com alterações iniciais, de tal forma que o oftalmologista só seria acionado para percentual limitado de exames. O mesmo banco de imagens, altamente representativo, será utilizado para descrever a prevalência das diferentes classes de retinopatia diabética, o que poderá trazer importantes informações relacionadas a entendimento de recursos públicos a serem empregados na prevenção da amaurose nessa população. Por fim, propõe-se avaliar a capacidade do aumento de acesso e a custo-efetividade da implantação do rastreamento proposto e do diagnóstico de retinopatia diabética/edema macular através de diferentes tipos de rastreamento (retinografias com e sem OCT; retinografias com e sem dados clínicos inseridos no modelo). Toda a metodologia proposta poderá trazer resultados com benefícios diretos e imediatos aos pacientes em nível de acesso, acolhimento e gestão pelo Sistema Único de Saúde (SUS), os quais serão de fácil aplicabilidade em qualquer hospital terciário que já trabalhe com esta linha de cuidado. Este processo poderá auxiliar, como estratégia de rastreamento, nos diversos níveis de atenção à saúde. Pontos fortes da proposta: ● Proposição de fluxo para rastreamento da doença oftálmica (retinopatia diabética e do edema macular) do diabetes mellitus (DM), única forma de garantir acesso e gestão deste recurso a todos os pacientes com a doença, e que reconhecidamente foi capaz de reduzir a amaurose quando implantado em outros cenários (países desenvolvidos). ● Proposta de construção de novas ferramentas por tecnologia inovadora (machine learning) que permitam uso mais eficiente de recursos menos disponíveis (oftalmologista, OCT) no diagnóstico e no manejo da retinopatia diabética e do edema macular. ● Avaliação de capacidade, impacto e custo-efetividade do fluxo e das ferramentas propostas. ● A proponente e os pesquisadores associados a esta proposta têm ampla experiência com estudos na área de DM e suas complicações crônicas, epidemiologia de doenças crônicas não-transmissíveis, inteligência artificial e custo-efetividade.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Gallotti Mamigonian

Ciências Humanas

História
  • a liberdade precária e a escravização ilegal no brasil oitocentista
  • Este projeto pretende investigar a prática da escravização de pessoas livres e a maneira como foi criminalizada e julgada no Brasil ao longo do século XIX. Traçando paralelos com o trabalho análogo a de escravo no Brasil contemporâneo, a pesquisa buscará os casos (e sujeitos) no limite entre a liberdade e a escravidão, buscando recuperar os termos das reivindicações de condiçõe dignas e apurar o que era considerado aceitável e o que era intolerável para os trabalhadores e o judiciário. Além dos processos-crime por “redução à escravidão de pessoas livres” (artigo 179 do Código criminal) a pesquisa buscará ações cíveis envolvendo pessoas em liberdade condicional que foram escravizadas ilegalmente ou sofriam ameaça de sê-lo. Desta maneira, o projeto pretende contribuir para a história do trabalho e do direito, assim como dialogar com os estudos sobre trabalho escravo contemporâneo na busca do entendimento das fronteiras conceituais da escravidão.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Gomes Guimarães

Ciências Biológicas

Biofísica
  • caracterização de fatores da maquinaria de tradução de tripanossomatídeos como potenciais alvos para o desenho de inibidores
  • Protozoários patogênicos do grupo dos tripanossomatídeos permanecem um grande problema de saúde mundial. O Trypanosoma cruzi é o agente causador da doença de Chagas, mais de 20 espécies de Leishmania causam múltiplas formas de leishmaniose e duas subespécies de T. brucei estão envolvidas na tripanossomíase humana africana. O número estimado de pessoas portadoras da doença de Chagas foi relatado recentemente: 5,75 milhões na América Latina (o CDC dos EUA estima 8 milhões), com aproximadamente 61 milhões em risco. A leishmaniose, em suas diferentes formas, foi detectada em 102 países. As estimativas para a tripanossomíase humana africana indicam 69 milhões de pessoas em risco em 36 países da região subsaariana, com aproximadamente 3000 novos casos por ano relatados nos últimos anos, embora o número real de casos possa ser muito maior. Atualmente, não existem vacinas para a prevenção dessas doenças. Seus tratamentos são baseados em quimioterapia que, apesar de serem relativamente eficazes, estão associados a uma ampla lista de problemas, incluindo alto custo, duração e baixa eficiência dos tratamentos, além de efeitos colaterais graves. Além disso, os mecanismos de ação da maioria dos compostos são desconhecidos. Esses fatos reforçam a necessidade do desenvolvimento de compostos mais específicos contra esses parasitas. Recentemente, iniciamos um esforço para validar os componentes da maquinaria de síntese protéica, essencial para a viabilidade celular, como alvos de inibidores específicos contra os tripanossomatídeos. A iniciação da tradução em eucariotos é um processo complexo e altamente regulado, dependente da ação de várias proteínas para montar as subunidades ribossomais com o iniciador metionil-tRNA posicionado no códon inicial do mRNA. A associação do fator de iniciação eIF4E com a estrutura cap da extremidade 5 ' do mRNA é uma etapa fundamental para a tradução. Essa associação é complementada por uma interação com o fator eIF4G, uma proteína que desempenha uma função de ancoragem durante a formação do complexo eIF4F de iniciação da tradução. A maquinaria de síntese protéica dos tripanossomatídeos apresenta várias diferenças importantes quando comparada às células de mamíferos, que podem ser exploradas para o desenho de inibidores específicos. Essas diferenças incluem a estrutura do chamado cap-4 encontrado na extremidade 5 ' dos mRNAs, o número de genes que codificam para homólogos de eIF4E e eIF4G e o modo de interação entre os fatores de iniciação da tradução. O cap-4 é de particular interesse, pois exibe um conjunto único de modificações covalentes em comparação com outros eucariotos, que antecipam fortemente a existência de um modo de interação específico para o complexo EIF4E-cap-4 em tripanossomatídeos. Os principais pontos a serem explorados são as regiões de EIF4E que mediam interações com a estrutura cap-4, EIF4G e as proteínas de ligação a poli-A (PABPs). Poucas informações estruturais estão disponíveis a respeito destas proteínas. Portanto, o objetivo principal desta proposta é determinar as estruturas tridimensionais dos homólogos de eIF4E de T. cruzi e seus complexos com cap-4 e outros parceiros nos complexos de iniciação da tradução. Pretendemos assim contribuir para uma melhor compreensão do papel do cap-4 e das diferentes EIF4Es na síntese proteica e/ou mecanismos de regulação da tradução em tripanossomatídeos, bem como para o desenvolvimento de estratégias para o desenho de inibidores da síntese proteica seletivos para estes parasitas.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 05/12/2019-31/08/2022
Foto de perfil

Beatriz Gondim Matos

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • consumo colaborativo e economia criativa na região do cariri
  • O consumo colaborativo e suas práticas vem sendo incorporados aos estudos de marketing e consumo a fim de se pensar em novos modelos de negócios. Associado aos modelos emergentes de negócios quais combinam o intermédio da tecnologia, maior envolvimento do consumidor-usuário e distintas lógicas de troca em serviços, a economia criativa parece suscitar um campo promissor a estes estudos. Assim, esta pesquisa tem como objetivo geral: compreender a relação entre consumo colaborativo e economia criativa. E, como objetivos específicos, pretende-se identificar as atividades/setores criativos da região do Cariri; e, compreender as características dos sujeitos criativos que apresentam potenciais adesão às práticas colaborativas. A pesquisa, natureza exploratória e caráter qualitativo será realizada utilizando-se a estratégias pesquisa narrativa.
  • Universidade Federal do Cariri - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Mello Carvalho

Ciências Biológicas

Genética
  • desafios teóricos na datação molecular filogenômica
  • O estabelecimento de escalas de tempo biológicas é um passo fundamental na realização de análises evolutivas. Atualmente, a análise Bayesiana é a principal abordagem utilizada na inferência de tempos de divergência a partir de dados moleculares, devido a sua alta flexibilidade. Entretanto, na era de big data, os métodos Bayesianos não são capazes de lidar com a quantidade massiva de dados moleculares disponíveis. Isso torna a datação molecular Bayesiana um procedimento exaustivo e muitas vezes impraticável, pois envolve um número enorme de parâmetros a serem estimados. Assim, na última década, várias metodologias de datação molecular foram desenvolvidas com intuito de analisar conjuntos de dados filogenômicos. Esses métodos aceleram o conhecimento e permitem a realização de testes de hipóteses empregando big data. Contudo, nenhum estudo que compare amplamente a performance desses métodos foi realizado até o momento. Essa avaliação é fundamental para a continuidade das pesquisas em datação molecular, já que a tendência geral em filogenética e evolução molecular é o acúmulo crescente de dados e a reconstrução de mega-filogenias. Portanto, o projeto atual visa comparar as diferentes metodologias disponíveis para estimativa de tempos de divergência na era de big data. Para tal, serão utilizados datasets simulados que repliquem os conjuntos de dados genômicos utilizados em filogenética. Também serão empregados dados empíricos de diversos grupos biológicos já disponíveis. Dessa forma, será possível avaliar a acurácia, precisão e eficiência computacional de tais métodos. Como consequência, será proposto um manual de boas práticas em datação molecular filogenômica, fornecendo aos pesquisadores guidelines a serem utilizados na inferência de tempos de divergência empregando dados genômicos.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira Toso

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • produção do cuidado e validação de protocolo de fluxo para serviços de atenção domiciliar a crianças com necessidades especiais de saúde
  • Introdução: Os avanços tecnológicos e a qualificação dos profissionais de saúde, nas últimas décadas, refletiram na transição epidemiológica da infância, com diminuição da mortalidade infantil. Contudo, esse cenário proporcionou o crescimento das condições crônicas na infância, fazendo emergir o grupo de Crianças e adolescentes que necessitam de atenção especial à saúde (CRIANES). Estas crianças demandam cuidados diferenciados, que podem variar entre reabilitação psicomotora e social, dispositivos e tecnologias, fármacos e cuidados habituais modificados. Frente ao exposto, surge a necessidade de mudanças na forma de atenção à saúde e, neste contexto, a Atenção Domiciliar (AD) pode ser considerada uma das respostas do sistema de saúde para atender às demandas presentes nas condições crônicas. Objetivos: Este estudo, na fase 1 tem por objetivo: descrever o cuidado prestado às crianças e adolescentes com necessidades especiais de saúde nos serviços de atenção domiciliar que compõem o estudo, na perspectiva dos profissionais de saúde e da família; e na fase 2: validar protocolo de fluxo de cuidado a crianças com necessidades especiais de saúde na atenção domiciliar, modalidade dois. Metodologia: Pesquisa descritiva e exploratória, de abordagem qualiquantitativa, do tipo estudo de casos múltiplos, executada por meio de triangulação de métodos. A fase um divide-se em duas etapas. Na primeira, será desenvolvida a coleta de dados por meio de aplicação de formulário aos profissionais dos Serviços de Atenção Domiciliar (SAD) dos estados participantes, por telefone e correio eletrônico, a fim de conhecer e descrever os serviços às CRIANES atendidas e como é realizado o acompanhamento destas. A análise dos dados de caracterização dos serviços será estatística descritiva. A segunda etapa contemplará entrevista com roteiro estruturado com familiares e ou cuidadores das crianças atendidas pelos SAD, para compreender sua percepção dos cuidados prestados nos serviços, as quais serão submetidas à análise temática indutiva. Na segunda fase do estudo, após a compreensão do funcionamento dos serviços existentes, serão realizados procedimentos para validação de um protocolo de fluxo de cuidados específico às CRIANES na AD, elaborado no estado do Paraná. A validação psicométrica deste protocolo de fluxo irá ocorrer nos serviços participantes, por meio de validação de face, conteúdo e clínica. A taxa adequada de concordância para o consenso será de 90% e o valor de Kappa igual ou maior a 0,7, assim como Alfa de Cronbach acima de 0,9 para a consistência interna. Ainda será aplicado o teste de Kaiser Meyer-Olkin (KMO) para o ajuste na análise fatorial. Resultados esperados: A partir da análise dos serviços na perspectiva dos profissionais e da família assim como da validação de um protocolo de fluxo de cuidado com estratégias específicas para o acompanhamento das CRIANES, espera-se subsidiar a qualificação do cuidado na atenção domiciliar a estas crianças, de forma sistematizada, contribuindo com o desenvolvimento de tecnologias em saúde.
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Belchior Monteiro Lima Neto

Ciências Humanas

História
  • a áfrica na antiguidade greco-romana: identidades múltiplas, alteridades e estigmatização
  • Busca-se, com a pesquisa que ora se apresenta, contrapor a Imagem eivada de alteridade e de estigmatização construída acerca da África e dos africanos por diversos autores greco-romanos, entres eles Salústio, Estrabão, Pompônio Mela e Tácito, com a percepção oferecida pelos próprios africanos acerca de sua identidade e de sua inserção na sociedade romana imperial, presente em fontes escritas, epigráficas, musivas, funerárias e numismáticas, procedimento que acreditamos oferecer uma nova compreensão acerca das relações do Império Romano com as populações autóctones africanas, aproximando-se de uma perspectiva multifacetada em termos de transformação sociocultural.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Belita Koiller

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • informação quântica
  • Esta proposta apresenta o projeto para a realização de um novo Instiuto de Ciência e Tecnologia em Informação Quântica, estendendo e aperfeiçoando o Instituto atualmente em atividade. A pesquisa em Informação Quântica no Brasil atingiu um grau considerável de organização, coerência e maturidade durante os últimos anos. Como resultado imediato deste processo, a produtividade quantitativa e qualitativa teve aumento significativo, bem como o número de doutores e mestres formados na área. Nota-se ainda uma melhoria na qualificação do pessoal formado e a intensificação das cooperações internacionais. Vários recém-doutores foram contratados para posições na carreira de universidades e centros de pesquisa e agora participam deste projeto como pesquisadores e orientadores. Isto produziu uma renovação no grupo de pesquisadores participantes em comparação com o Instituto de 2008-presente, o que pode ser quantificado pelos 28 pesquisadores contratados em posições permanentes durante os ultimos 3 anos, entre os 107 cientistas participantes deste projeto. Além destes 107 pesquisadores, o Instituto engloba 15 Laboratórios associados, 28 estagiários de pós-doutorado, 100 estudantes de doutorado, 43 estudantes de mestrado e 35 estudantes de iniciação científica, totalizando uma equipe de 313 pesquisadores distribuídos em 24 grupos de pesquisa em 25 universidades e centros de pesquisa brasileiros, localizados em 12 estados da federação. Observamos nos últimos anos um crescente e forte interesse da comunidade internacional, inclusive no Brasil, em temas como correlações quânticas, termodinâmica quântica e metrologia quântica/controle quântico. Estes três temas foram portanto somados aos temas de comunicação e computação quântica, para estabelecer um foco renovado em torno de cinco linhas de pesquisa. O trabalho nestas linhas inclui o aprofundamento dos estudos dos atributos quânticos de diferentes sistemas físicos, que vão desde os fenômenos ópticos e atômicos até os sistemas de matéria condensada, visando identificar os melhores candidatos para a implementação de dispositivos de processamento, transmissão e armazenamento de dados. Notamos que a comunicação quântica ainda é o tema mais próximo das aplicações práticas e pretendemos explorar este caminho. Verificamos também que a computação quântica se diversificou e a simulação quântica passou a desempenhar um papel importante, abrindo o caminho para a realização de computadores quânticos dedicados. O objetivo geral da presente proposta é consolidar grupos ativos de pesquisa em torno dos cinco temas, buscando otimizar o entendimento e o controle de sistemas quânticos para solucionar ou melhorar soluções conhecidas para processamento, armazenamento e a transmissão de informação. O detalhamento do projeto pode ser encontrado no arquivo anexo.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Bellisa de Freitas Barbosa

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • papel funcional da molécula de adesão intercelular (icam)-1 na transmissão congênita de toxoplasma gondii em modelos experimentais humano (in vitro) e murino (in vivo)
  • A toxoplasmose congênita é um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo. A cada 10.000 nascimentos no Brasil, 5 a 23 crianças apresentam-se infectadas congenitamente por Toxoplasma gondii (DUBEY et al., 2012), podendo ocorrer problemas neurológicos, cegueira, retardamento mental, lesões oculares e abortos (DUBEY et al., 2012; KHAN; KHAN, 2018). O estado de Minas Gerais se destacou pela alta frequência de casos de toxoplasmose congênita entre os anos de 2006 e 2007, alcançando níveis de 13% no estado, quando comparado com os demais estados brasileiros, que chegaram a 6% (DUBEY et al., 2012). No entanto, um estudo mais recente realizado em Minas Gerais demonstrou 190 casos confirmados de toxoplasmose congênita num grupo de 146.307 recém-nascidos examinados pelo Programa Estadual de Triagem Neonatal de Minas Gerais (PETN-MG), o que equivale a 0,13% de positividade para T. gondii em crianças de Minas Gerais (CARELLOS et al., 2014). Portanto, é perceptível que as frequências de casos de toxoplasmose congênita variam consideravelmente ao longo dos anos, possivelmente pela falta de medidas preventivas, terapêuticas e/ou educacionais eficazes por parte da população geral e políticas de saúde. Em adição, o tratamento atual para reduzir os índices de toxoplasmose congênita se limita ao uso de espiramicina, sulfadiazina e pirimetamina (MONTOYA; LIENSENFELD, 2004; MONTOYA; REMINGTON, 2008). Entretanto, o uso de pirimetamina não é recomendado durante o primeiro trimestre de gestação por ter efeitos teratogênicos, incluindo supressão da atividade da medula óssea (KAYE, 2011; MONTOYA; REMINGTON, 2008). Recentemente, um estudo conduzido em Minas Gerais verificou alta porcentagem (44%) de efeitos hematológicos adversos em recém-nascidos com toxoplasmose congênita tratados com sulfadiazina e pirimetamina (CARELLOS et al., 2017). Assim, além dos elevados índices de toxoplasmose congênita no Brasil, os métodos terapêuticos tradicionais não trazem resultados satisfatórios, o que torna necessário novos estudos sobre a biologia de T. gondii na interface materno-fetal para elaborar futuras estratégias profiláticas, terapêuticas e/ou educacionais. Estas estratégias são de extremo interesse para o nosso país e também para o mundo, uma vez que a redução da infecção congênita impacta diretamente na melhoria de condições de vida das crianças, diminuindo mortalidade e morbidade, bem como na diminuição das despesas públicas. Para alcançar todos esses objetivos de melhoria da saúde pública no que tange à toxoplasmose congênita, torna-se necessário entender os mecanismos que favorecem a transmissão transplacentária de T. gondii, ou seja, precisamos compreender o que ocorre na interface materno-fetal quando esta é acometida pela infecção, permitindo a passagem do parasito para os tecidos embrionários ou fetais. T. gondii pode migrar pelos tecidos extracelularmente, o qual atravessa a barreira celular utilizando a via paracelular dependente da ligação de micronema (MIC)-2, uma proteína do parasito, e molécula de adesão intercelular (ICAM)-1, uma proteína de membrana das células dos hospedeiros. Portanto, é possível que T. gondii faça uso de ICAM-1 das células hospedeiras para migrar até locais do organismo ditos como imunologicamente privilegiados, como o microambiente placentário (BARRAGAN; BROSSIER; SIBLEY, 2005). De acordo com este raciocínio, estudos prévios mostraram que placentas com inflamações provocadas por T. gondii tiveram influxo de macrófagos para dentro da placenta, já que a expressão de ICAM-1 pelo trofoblasto proporcionou a adesão dessas células e, simultaneamente, favoreceu a infecção desses tecidos (JULIANO; BLOTTA; ALTERMANI, 2006). Entretanto, não se sabe praticamente nada ainda a respeito do papel de ICAM-1 na transmissão transplacentária de T. gondii. Assim, estudos que demonstrem o papel de ICAM-1 durante a transmissão transplacentária de T. gondii são extremamente necessários para verificar o papel desta molécula no desencadeamento da toxoplasmose congênita. Se verificarmos que ICAM-1 pode influenciar ativamente na transmissão vertical de T. gondii, esta proteína das células hospedeiras pode ser um futuro alvo terapêutico para a prevenção ou tratamento da toxoplasmose congênita, um sério problema de saúde pública no Brasil e no mundo.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Belmira Lara da Silveira Andrade da Costa

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • análise da biocompatibilidade de celulose bacteriana obtida em melaço da cana de açúcar em modelo experimental de traumatismo cranio-encefálico e na proliferação e diferenciação de células tronco neurais adultas
  • Exopolissacarídeos sintetizados por bactérias têm atraído interesse para Engenharia de tecidos como um biomaterial de elevada pureza, atóxico, capaz de ser incorporado ao tecido hospedeiro, permitindo a neovascularização e recuperação tecidual. A Neuroengenharia é uma área de estudo promissora na busca por biomateriais que possam atuar como suporte adequado à regeneração do tecido neural, principalmente pelas sequelas e severidade que lesões a este tecido podem ocasionar. Neste sentido, o traumatismo crânio-encefálico destaca-se como uma das causas prevalentes de morbidade no mundo, atingindo principalmente a população jovem. O implante intracerebral de polímeros naturais no local da lesão traumática abre uma perspectiva para recuperação das células residentes e repovoamento de novas células. O presente estudo visa testar a hipótese de que a celulose bacteriana produzida a partir do melaço da cana-de açúcar (CBCA), pode ser um novo biomaterial viável para futuro uso em Neuroengenharia de tecidos. Sua biocompatibilidade como substrato tridimensional, na forma de hidrogel coloidal, será investigada adotando-se um modelo de traumatismo craniano para avaliar a sua capacidade em permitir a incorporação de células neurais durante o processo de recuperação tecidual. Além disto, utilizando culturas bi e tri-dimensionais, será testada a sua adequação à proliferação e diferenciação de células-tronco neurais do cérebro adulto. A CBCA já vem sendo testada, com sucesso, em ensaios clínicos de fase II em outros tecidos. Além, disto, o fato desta celulose bacteriana ser produzida a partir de recursos renováveis de baixo custo, e capaz de gerar resíduos não poluentes são aspectos importantes que encorajam o presente estudo na busca por soluções alternativas futuras para minimizar custos na área da saúde e o impacto ambiental.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ben Hur Marimon Junior

Ciências Biológicas

Ecologia
  • transição cerrado-amazônia: bases ecológicas e socioambientais para a conservação (etapa iv)
  • O PELD-TRAN iniciou em 2010 com o edital MCT/CNPq 59/2009 e continuou com as chamadas MCTI/CNPq/FAPs 34/2012 e CNPq/Capes/FAPs/BC-Fundo Newton 15/2016, perfazendo mais de 10 anos de ações socioambientais, coleta de dados e publicações, cujo foco é a transição entre o Cerrado e Amazônia, abrangendo uma linha de traçado sinuoso que ultrapassa 6.000 km, que está sob ameaça extrema e intensa por conta de atividades antrópicas. A equipe do PELD-TRAN já monitora a vegetação da transição há mais de 25 anos e está avaliando os impactos causados por eventos climáticos extremos e os impactos antrópicos, como o fogo e desmatamentos. Em 10 anos de pesquisas do PELD-TRAN já foram publicados 92 artigos científicos, alguns em periódicos de altíssimo impacto, e as atividades do Sítio contribuíram com o treinamento, formação e capacitação de 158 alunos e deram suporte para a produção de 105 monografias, dissertações e teses. Esta nova proposta representa o amadurecimento da equipe PELD-TRAN, que após amplos e detalhados estudos agora está pronta para alçar voos mais altos que envolverão análises mais complexas, que além de incluírem a transição Cerrado-Amazônia também incluirão os próprios biomas. Na primeira etapa a área de estudo (e base do Sítio) se restringiu a uma unidade de conservação (Parque Municipal do Bacaba), na segunda etapa foram englobadas parcelas de monitoramento em toda a região leste de Mato Grosso e o sul do Pará e, na terceira, o Sítio se expandiu para a transição de todo o estado de Mato Grosso, englobando núcleos de monitoramento em Alta Floresta, Cáceres e Tangará da Serra. Uma vez consolidada essa rede de monitoramento da vegetação e os dados já depositados na Plataforma ForestPlots, estamos prontos para realizar análises em escala Neotropical e até Global. Um grande desafio para essa nova etapa será o mapeamento e a elaboração de políticas públicas para a faixa de transição Cerrado-Amazônia em todo o território brasileiro, bem como avaliar o uso de agrotóxicos por produtores agrícolas. Também incluiremos análises e comparações climáticas e edáficas em ampla escala e continuaremos com ações socioambientais visando a divulgação científica e a formação de coletores da Rede de Sementes do Xingu, os quais apresentam papel-chave na recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APPs) que estão no entorno do Parque Indígena do Xingu (PIX). A região de abrangência do PELD-TRAN foi recentemente sugerida em um artigo como sendo um “super sítio”, sendo recomendada a fazer parte de uma rede global de amostragem para dar suporte aos cálculos de biomassa da vegetação determinados por sensoriamento remoto. Assim, o Sítio PELD-TRAN foi indicado como um dos potenciais “super sítios” globais, pois além de atender a quase todos os requisitos sugeridos pelos autores do artigo, conta também com uma equipe permanente de cientistas locais realizando o monitoramento da vegetação em longo prazo. O PELD-TRAN, nesta quarta etapa, continuará buscando respostas para questões de longa duração relacionadas ao funcionamento dos ecossistemas e de como estes respondem às mudanças climáticas e de uso da terra. Para tanto, levantamos cinco QUESTÕES DE LONGA DURAÇÃO: 1) Como a vegetação muda ao longo do tempo e como os eventos climáticos extremos afetam a dinâmica, estrutura, composição e o balanço do carbono da vegetação da transição? Para responder a pergunta realizaremos inventários e reinventários da vegetação arbórea para entendermos os efeitos de eventos climáticos extremos; 2) Como os parâmetros edáficos determinam os padrões da vegetação da transição? Para tanto coletaremos amostras de solos e analisaremos quais os efeitos desses parâmetros na dinâmica, resistência e resiliência da vegetação; 3) Qual a resposta da vegetação à intensificação ou redução de impactos antrópicos na transição? Realizaremos reinventários da vegetação e avaliaremos a sucessão em áreas alteradas, sendo uma excelente oportunidade para elaborar propostas de manejo e restauração dessas áreas; 4) Qual é a área da faixa de transição entre os biomas Cerrado e Amazônia em todo o território brasileiro e como as atividades socioeconômicas afetam a dinâmica da vegetação e a integridade da faixa ao longo dos anos? Utilizaremos dados de inventários da vegetação para mapearmos a faixa de transição e realizarmos a caracterização socioeconômica e ambiental e elaborarmos políticas públicas de sustentabilidade; 5) De que forma as ações de educação ambiental, a comunicação pública dos resultados do projeto e o treinamento de coletores da Rede de Sementes do Xingu (RSX) contribuirão com a conservação da biodiversidade e com o uso sustentável dos recursos naturais da transição Cerrado-Amazônia? Avaliaremos o efeito prático das ações educacionais, de divulgação científica e de qualificação de coletores da RSX. Em um estado, cuja economia está quase que integralmente baseada na agricultura e pecuária, jamais poderá deixar de prestar atenção em estudos que se propõem a compreender os efeitos do clima sobre a vegetação e os efeitos do uso de agrotóxicos sobre a saúde ambiental e humana. Infelizmente, ainda temos muitas incertezas sobre as atuais tendências climáticas, porém alguns estudos recentes demonstraram que os serviços que as florestas tropicais prestam para compensar os desmatamentos e as emissões de combustíveis fósseis podem estar ameaçados face às mudanças climáticas cada vez mais evidentes e incertas. Compreendendo melhor esses fatores poderemos recomendar ações para o manejo e a conservação da biodiversidade de áreas naturais. Uma vez que essas áreas sejam conservadas e preservadas de modo eficaz, garantindo a manutenção dos serviços ecossistêmicos, é esperado que as flutuações climáticas diminuam. Com isso, o maior beneficiário será o setor agrícola e pecuário, minimizando as perdas de safras e as reduções no peso animal, contribuindo para o sucesso socioeconômico de todo os agricultores do estado de Mato Grosso.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 11/12/2020-31/12/2024
Foto de perfil

Benar Fux Svaiter

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • teoria, algoritmos e aplicações em programação matemática e modelagem
  • Pretendemos desenvolver métodos de descida para otimização multiobjetivo de funções convexas não diferenciáveis, uma classe de problemas para os quais ainda não existem métodos de descida. Isto vai incluir o desenvolvimento de um novo método para otimização escalar convexa não diferenciável. Pretendemos desnvolver novas variantes do método híbrido proximal-extragradiente, uma modificação do método proximal que aceita erros relativos em cada iteração. Esta característica faz o método híbrido especialmente adequado para aplicações práticas e análise de complexidade Os métodos de decomposição permitem tratar problemas envolvendo soma operadores tratando um operador por vez em cada iteração. Há numerosos problemas que não poderiam ser resolvidos de forma factível, sem os métodos de decomposição. Pretendemos desenvolver novos métodos de decomposição, paralelos e sequenciais, para encontrar zeros de operadores monótonos e minimizar somas de funções convexas.Os métodos acelerados têm desempenho teórico nitidamente superior aos clássicos. No entanto, não há uma diferença tão grande no seu desempenho prático. Pretendemos desenvolver novas variantes de métodos acelerados, visando obter um ganho correspondente no desempenho prático dos mesmos Muitos problemas têm natureza estocástica, devido às incertezas. Mesmo em problemas determinísticos, algoritmos clássicos podem ser acelerados pela introdução de estocacidade na sua implementação. Estudaremos métodos estocásticos em otimização escalar para problemas determinísticos e estocásticos. Pretendemos aplicar técnicas de otimização e análise convexa à resolução de problemas inversos, que são problemas mal-postos que aparecem frequentemente na área de reconstrução de imagens e identificação de parâmetros. Pesquisaremos algoritmos para o problema de máquina de suporte vetorial, um problema fundamental na área de aprendizado de máquina em inteligência artificial. Pretendemos aplicaremos técnicas de otimização na área de reconhecimento de padrões e processamento de informação em grafos Tambem pretendemos aplicar métodos de otimização para o tratamento de problemas de economia matematica. Pretendemos modelar e avaliar a etiologia da leucemia aguda da infancia no Brasil usando diagramas causais e cadeias de Markov
  • Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benedito Gonçalves Eugênio

Ciências Humanas

Educação
  • currículo, diversidade cultural e relações étnico- raciais na educação escolar quilombola
  • O projeto objetiva investigar o trabalho com as relações étnico- raciais e sua intersecção com diversidade cultural e gênero por meio da análise das práticas curriculares desenvolvidas em escolas rurais quilombolas na região Sudoeste do Estado da Bahia. Após o levantamento das comunidades dos municípios que compõem o sudoeste baiano, pretendemos adentrar o cotidiano de duas escolas localizadas em comunidades quilombolas a fim de investigar suas práticas curriculares na interface com as relações étnicas/ culturais/de gênero. A metodologia empregada para a recolha dos dados será a etnografia, na perspectiva proposta por Geertz. Também contará com o recurso a instrumentos e procedimentos como: análise documental, entrevistas, observações. Teoricamente fará uso dos estudos críticos de currículo articulados aos estudos sobre a diversidade numa perspectiva intercultural.
  • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benedito Prado Dias Filho

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • desenvolvimento e caracterização de micro e nanoparticulas contendo produtos naturais e sintéticos c
  • A microencapsulação assim como a nanoencapsulação de substâncias ativas apresentam-se como alternativas inovadoras para melhorar o valor terapêutico de fármacos solúveis e insolúveis em água, melhorando assim sua biodisponibilidade, solubilidade, toxicidade, tempo de meia vida no organismo, reduzir o tempo de tratamento e também o número de dose necessária. Com isso o presente trabalho visa desenvolver novas formas farmacêuticas, como creme e enxaguatório bucal, para proporcionar aos indivíduos que sofrem de candidíase tanto tópica quanto oral possam ter um tratamento mais efetivo contra esse microrganismo. Isso se dará através da incorporação de micropartículas de alginato contendo berberina e fluconazol em bases de creme aniônicas e nâo aniônicas, e também a incorporação da mesma na formulação de enxanguatório bucal. A micropartículas produzidas serão submetidas a análises térmicas gravitacional, morfologia e difratometria de raio-x. As formulações serão avaliadas quanto ao aspecto, densidade relativa, estabilidade relativa, espalhabilidade, características organoléptica e ensaios de liberação. O projeto visa também a obtenção do extrato, frações e isolados das raízes de Piper corcovadensis e a avaliação das atividades contra Mycobacterium tuberculosis e fungos dermatófitos e ensaios de linearidade, precisão, exatidão sensibilidade e robustez. O desenvolvimento, caracterização e estudo da estabilidade de nanopartículas lipídicas sólidas do extrato bruto de P. corcovadensis (NLSPC) que serão avaliados quanto ao pH, estabilidade, tamanho, análise de dispersão, potencial zeta, eficiência de encapsulação, microscopia eletrônica de transmissão, atividade citotóxica em células. A atividade antifúngica do extrato bruto (EBPC) e compostos isolados livres ou encapsulados será determinada pela concentração inibitória e fungicida mínima contra Tricophyton mentagrophytes e T. rubrum, visando o desenvolvimento de diferentes formulações farmacêuticas para o tratamento de micoses superficiais.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Benedito Rodrigues da Silva Neto

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • identificação de alvos moleculares de protótipos antifúngicos: docking molecular, atividade enzimática e quimioproteômica.
  • A elevada incidência e taxa de mortalidade por infeções fúngicas despertam o interesse pela busca por fármacos mais eficazes e menos tóxicos para o tratamento dessas infecções. A candidíase, por exemplo, é uma infecção fúngica considerada como grave problema de saúde pública devido às elevadas taxas de incidência, e muitas vezes, com alto custo hospitalar e grande mortalidade em pacientes imunodeprimidos, o que desperta a busca de novos medicamentos com ação mais eficaz. Outra doença fúngica causada por leveduras é a Criptococose a qual o arsenal antifúngico disponível para o tratamento ainda é restrito e está relacionado à elevada toxicidade e efeitos colaterais de alguns fármacos, causando grande prejuízo aos pacientes. Neste contexto, se faz necessário descobrir novos bioativos para enfrentar as infecções e reduzir os efeitos adversos. As plantas apresentam rica fonte de metabólitos secundários bioativos como taninos, terpenóides, saponinas, alcalóides, flavonoides e outros compostos, registrados com expressiva propriedade antimicrobiana. Portanto, a pesquisa de compostos naturais e derivados de produtos naturais tem sido pertinente nos últimos anos, devido à sua relevância na descoberta de novos medicamentos, além do que, a associação de fármacos ou compostos, com diferentes mecanismos de ação tem sido utilizada como alternativa na terapia convencional. A bioinformática, juntamente com a química computacional, tem mostrado um excelente direcionamento ao planejamento racional de fármacos através do sucesso envolvendo importantes fármacos e métodos baseados no docking molecular e busca virtual por candidatos a protótipo. A utilização destas tecnologias nos últimos anos tem sido promissoras, haja vista a descoberta de isoflavonoides como inibidores não-esteroidais da 5α-redutase. A multidisciplinaridade em pesquisa científica é um fator essencial que pode conduzir descobertas e avanços ainda maiores, nesse contexto a quimioproteoma é uma técnica capaz de integrar bioquímica e biologia celular com síntese orgânica e espectrometria de massas. Ela permite uma análise mais direta do modo de ação de fármacos no contexto de proteômica, pois demonstra a interação direta com os alvos celulares. Sabemos que moléculas bioativas atuam ligando-se aos seus alvos de forma física, por isso a detecção das interações dessas moléculas com seus alvos acaba sendo essencial para a caracterização dos seus modos de ação e efeitos colaterais, já que os fármacos interagem com alvos múltiplos e ligações promíscuas podem ter papel crítico. Existem várias abordagens para se tentar elucidar esses alvos terapêuticos para fármacos por quimioproteoma, uma delas é a imobilização de compostos, onde os compostos de interesse são imobilizados em um suporte sólido, o fármaco imobilizado é então incubado com a amostra proteica de interesse, as proteínas com as quais o composto interage são eluídas e identificadas por espectrometria de massas. Assim torna-se viável, pelo direcionamento in silico, e ao mesmo tempo efetivo pela acurácia in vitro, entender o mecanismo de ação de flavonoides sobre os fungos Candida e Criptococcus, pela execução de uma proposta que gere conhecimento dos mecanismos que sejam eficazes no possível tratamento destas infecções.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benemar Alencar de Souza

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • estudo de nano e biomateriais para desenvolvimento de materiais com aplicações diversas
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 05/02/2020-04/02/2025
Foto de perfil

Benhur de Godoi

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • síntese e avaliação da reatividade de o- e n-heterociclos contendo calcogênios
  • A presente proposta consiste no estudo e desenvolvimento metodologias sintéticas alternativas para a preparação de compostos heterocíclicos oxigenados e nitrogenados derivados de organocalcogênios. Dentre as metodologias a serem empregadas, destacam-se reações de ciclização mediadas por sais de metais de transição. Através destas metodologias, pretende-se viabilizar a síntese de diferentes classes heterociclos como indóis, ciclocarbonatos e oxazinonas, contendo grupamentos organocalcogênios ligados à unidade heterocíclica. A fim de estudar e explorar a aplicabilidade sintética dos produtos obtidos, estes serão submetidos às reações de acoplamento catalisadas por sais de metais de transição dos tipos Sonogashira, Suzuki e Negishi, para a preparação de substâncias orgânicas diferentemente funcionalizadas.
  • Universidade Federal da Fronteira Sul - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benildo Sousa Cavada

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • produção da lectina recombinante de canavalia bonariensis (rcabo) e comparação com a lectina do tipo selvagem (cabo) em relação às características estruturais e toxicidade frente a artemia sp e células de glioma da linhagem c6
  • Lectinas são proteínas capazes de decifrar o código contido nas estruturas dos glicanos devido a sua propriedade de interagir de forma específica e reversível a carboidratos. É sabido que os carboidratos formam polímeros altamente ramificados e essa característica estrutural permite o armazenamento de informações na sua estrutura, formando o glicocódigo. Um dos processos patológicos com participação desse código é o câncer, no qual dentre os seus diversos tipos, os gliomas são os tumores cerebrais primários mais prevalentes e difíceis de serem tratados, de modo que em alguns tipos como o glioblastoma multiforme a sobrevida dos pacientes diagnosticados não passa de 12 meses. Nesse contexto, estudos recentes têm mostrado a capacidade de algumas lectinas de plantas, em especial lectinas do tipo ConA-like, de afetar negativamente células de glioma e inclusive induzir morte celular, efeitos esses que ocorrem via interação com glicanos na superfície celular que, em células malignas, apresentam estruturas diferentes das células normais devido a mudanças na maquinaria responsável pela glicosilação o que gera perfis de glicosilações diferentes. A aplicação das lectinas exige um estudo das suas características físico-químicas, estruturais e de interação com carboidratos. Para isso há a necessidade da purificação da lectina a partir do material vegetal ou, alternativamente, a produção da mesma de forma heteróloga, o que é bastante eficiente para a obtenção de moléculas com alto grau de pureza e rendimento, além de ser independente da sazonalidade ou disponibilidade do material de origem na natureza. A lectina de Canavalia bonariensis, CaBo, aplicada no presente estudo apresentou efeito antiglioma e teve sua estrutura tridimensional determinada experimentalmente. Considerando o apresentado anteriormente, o presente projeto visa produzir a lectina recombinante de Canavalia bonariensis, realizar a caracterização físico-química e estrutural, bem como comparar a lectina do tipo selvagem e recombinante em relação às suas características e a toxicidade frente a células de glioma da linhagem C6 e Artemia salina. A interação com carboidratos e glicanos também será avaliada experimentalmente por testes de inibição da hemaglutinação e computacionalmente por meio de simulações de docking e dinâmica molecular.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benito Bisso Schmidt

Ciências Humanas

História
  • histórias lgbt de porto alegre: produção acadêmica, acervos, ensino de história e história pública
  • O projeto busca incentivar a pesquisa e a divulgação da história LGBT de Porto Alegre ao longo do século XX, focando em personagens, espaços, eventos e processos relacionados às sexualidades desviantes da heteronormatividade. Para tanto, por um lado, pretende articular pesquisas em andamento ou recém-finalizadas sobre a temática e promover a reunião de acervos documentais e bibliográficos, e de entrevistas com vistas à formação do Centro de Referência sobre História LGBT; por outro, objetiva difundir os conhecimentos produzidos por meio de uma exposição e da elaboração de materiais (vídeo e livro paradidático) a serem utilizados nas redes estadual e municipal de ensino. O foco em Porto Alegre atende a objetivos operacionais, mas não se trata de uma proposta de história local. Ao contrário, quer-se, com o projeto, construir uma experiência de pesquisa e ensino da história LGBT capaz de incentivar atividades semelhantes em outros espaços.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benjamin Miranda Tabak

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • o processo de decisão, políticas públicas e testosterona: uma abordagem experimental
  • A literatura recente tem apontado que o hormônio testosterona está correlacionado à tomada de decisões de agentes econômicos em ambiente de risco. Essa pesquisa tem apresentado uma série de resultados relevantes para a compreensão das decisões econômicas, tais como as de consumo, poupança e investimento. Para medir o nível de testosterona, será utilizado a razão 2D:4D - que é conhecida na literatura como uma proxy para a testosterona. Consiste em método não invasivo e de fácil aplicação, sem riscos para os participantes. O objetivo geral desta pesquisa é o de testar se o hormônio testosterona - mensurado por meio da razão 2D:4D - está relacionado ao processo de tomada de decisões dos agentes econômicos. Por meio de experimentos, verificaremos se indivíduos com maior exposição à testosterona têm maior propensão a serem mais competitivos, disporem de maior educação financeira, terem maior excesso de confiança e outros vieses cognitivos. A pesquisa será aplicada a estudantes universitários e formuladores de políticas. Neste trabalho, procuramos contribuir para a literatura estudanto alguns vieses cognitivos e sua relação com os níveis de testosterona pré-natal (mensurados pela razão 2D:4D) que ainda não foram estudados. Também, serão realizados experimentos com formuladores de políticas públicas de modo a testar a prevalência desses vieses com profissionais da Administração Pública e sua relação com os níveis de testosterona. De modo a trazer maior relevância para a pesquisa, a equipe é formada por pesquisadores de vários estados, possibilitando que os experimentos sejam realizados em localidades distintas. A condução do experimento em diversos locais gera heterogeneidades no cross-section que conferem maior robustez às análises econométricas que iremos realizar para estudar a relação entre o hormônio testosterona e a tomada de decisão.
  • Fundação Getúlio Vargas - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benjamin Rache Salles

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • filmes finos multifuncionais para eletrônica moderna: 1. nanocompósitos magnéticos poliméricos e 2. filmes memrisitvos
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benny Kramer Costa

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • engajamento de stakeholders na cocriação de valor da atividade do turismo: uma investigação sistemática, propositiva e empírica.
  • A conexão entre os temas cocriação de valor e stakeholders vem ganhando cada vez mais a atenção de estudiosos e praticantes no campo da administração, no Brasil e internacionalmente, e em aplicações setoriais específicas, dentre estes, o turismo. Deste modo, O objetivo deste projeto de pesquisa consiste em Identificar e analisar a evolução e o estado da arte do conhecimento, internacional e brasileiro, em engajamento de stakeholders no contexto da cocriação de valor, nos campos da administração e do turismo; de forma a conceber um framework para a temática; bem como, verificar as práticas deste engajamento, mediante estudo empírico em localidades turísticas; e propor agenda de pesquisa no Brasil, para a atividade do turismo. No método, serão usadas técnicas scientométricas e de revisão sistemática, para levantar e analisar a evolução teórico-conceitual e estado da arte do tema ora em investigação, e de análise de conteúdo em relação aos casos múltiplos investigados em 11 localidades no Brasil. Espera-se com este trabalho mapear todo o conteúdo teórico sobre o tema aqui proposto, entender as manifestações ocorridas nos casos pesquisados, e criar uma agenda de pesquisa nacional, em relação ao engajamento de stakeholders na cocriação de valor, na atividade do turismo.
  • Universidade Nove de Julho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benvindo Rodrigues Pereira Júnior

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • análise de sistemas de distribuição considerando as modernas fontes de energia
  • Este projeto de pesquisa visa estudos direcionados aos sistemas de distribuição de energia considerando a operação e instalação de tecnologias como a geração distribuída (GD) e dispositivos de armazenamento de energia (DAE). Nos últimos anos, muitos fatores, como questões ambientais, as modificações estruturais no mercado elétrico, o desenvolvimento de novas tecnologias, as novas políticas energéticas têm contribuído para a expansão da GD conectadas aos sistemas de distribuição. Além disso, os avanços tecnológicos nos dias atuais permitiram a utilização de DAE na operação de redes de distribuição. A presença destas novas tecnologias tem gerado mudanças estruturais e operacionais levantando novos desafios a serem resolvidos, afim de alcançar um sistema de distribuição mais eficiente e que seja capaz de operar com recursos energéticos sustentáveis. Um dos principais impactos causados pela inserção da GD no sistema está na aleatoriedade da produção de energia, os quais podem ser minimizados mediante a correta operação dos DAE. Sendo assim, os diversos modelos e técnicas de solução propostos na literatura devem ser reformulados e adaptados para considerar as novas tecnologias e características dos modernos sistemas de distribuição. Neste sentido, este projeto de pesquisa propõe estudar alguns dos problemas relacionados ao planejamento e operação dos sistemas de distribuição, como a reconfiguração de redes, instalação de banco de capacitores e reguladores de tensão, recondutoramento de linhas, planejamento do sistema de controle e proteção considerando a instalação ou presença de GD e DAE nos sistemas de distribuição. Encontrar soluções de qualidade para os problemas citados anteriormente, não é uma tarefa simples, uma vez que, matematicamente são problemas combinatoriais e altamente complexos contendo variáveis reais, contínuas, discretas e binárias. Além dos fatores mencionados deve-se ressaltar a natureza multiobjectivo que estes problemas apresentam, a qual deve ser tratada corretamente a fim de evitar que elementos de tomada de decisão sejam implicitamente incorporados aos modelos, deixando a responsabilidade de escolha para o planejador/operador. Face ao exposto, o principal desafio deste projeto de pesquisa é o desenvolvimento de ferramentas matemáticas capazes de fornecer soluções de qualidade e em tempo adequado, considerando as naturezas multiobjetivo e estocástica de cada um deles, que possam ser utilizadas pelos tomadores de decisão das empresas das empresas que administram os sistemas de distribuição em estudos de viabilidade técnico-econômica dos investimentos relacionados à qualidade e confiabilidade do fornecimento de energia elétrica. Na grande maioria dos trabalhos encontrados na literatura para os problemas de planejamento apresentados neste projeto com GD, consideram apenas a empresa de distribuição de energia nas tomadas de decisão. Neste projeto em complemento a este tipo de estudo considerando a iniciativa das empresas no planejamento considerando GD e DAE, propõe-se também realizar estudos considerando diferentes agentes tomadores de decisão, neste caso a empresa de distribuição e os proprietários da GD e DAE. Assim o presente projeto de pesquisa visa contribuir com o esclarecimento de lacunas existentes nos problemas relacionados ao planejamento e operação de sistemas de distribuição com GD e DAE.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Berenice Alves de Melo Bento

Ciências Humanas

Sociologia
  • quem pode habitar o estado-nação? estudo sociológico das disputas em torno da lei do ventre livre
  • Uma pergunta sobre a relação entre raça e gênero que precisa ser posta como problema de pesquisa diz respeito ao lugar que as mulheres negras escravizadas ocuparam na sustentação da vida econômica durante o período escravocrata. Seus corpos geravam filhos/as que seriam completamente absorvidos/as na esfera produtiva. A composição da mão de obra escrava era formada por dois caminhos: pelos/as filhos/a gerados/as pelas mulheres escravizadas e pelo tráfico de pessoas negras oriundas da África. No entanto, entre os anos de 1850 (quando se proíbe definitivamente o tráfico negreiro) e 1871, ou seja, por 21 anos, são as mulheres negras escravizadas que irão produzir a mão de obra nova para o sistema escravocrata. Em 28 de setembro de 1871 é aprovada a proposição que passou para a história como “Lei do Ventre Livre”. A Lei do Ventre Livre colocará formalmente um fim à escravidão de crianças filhas de mulheres escravizadas nascidas no Império. O objetivo desta pesquisa será analisar as disputas que aconteceram no parlamento brasileiro em torno desta proposição. Interessa-nos perguntar como foi possível se chegar a uma “solução” legal para transição do trabalho escravo para o trabalho livre, via positivação legal, que manteve a mãe escrava e o/a filho/a livre. Além dos Anais da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, os jornais do período também comporão o corpus analítico da pesquisa. Embora esta pesquisa tenha um escopo limitado, seja por seu recorte temático ou pela delimitação temporal, se propõe a contribuir para uma discussão central na contemporaneidade, qual seja: a importância de se interseccionar gênero, raça, classe e sexualidade na interpretação da estruturação e reprodução do Estado-nação brasileiro (CRENSHAW:1989, 2002; PISCITELLI: 2008), questão que atravessa os estudos decoloniais (LANDER, 2005).
  • Universidade Brasil - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Berenice Bilharinho de Mendonça

Ciências da Saúde

Medicina
  • papel do sequenciamento exômico no diagnóstico etiológico dos distúrbios do desenvolvimento sexual 46,xx testicular e ovotesticular sry-negativo
  • Resumo O desenvolvimento sexual em mamíferos é um processo dinâmico e complexo que requer a interação de múltiplos genes que se autoregulam. Defeitos nestes genes são causas dos distúrbios da determinação sexual (DDS) em humanos. Os distúrbios de desenvolvimento sexual são condições congênitas heterogêneas, com amplo espectro de apresentações fenotípicas, que se manifestam desde hipospádias até completa reversão sexual XY e XX. A diferenciação ovariana é a via normal de diferenciação gonadal em fetos humanos 46,XX. Entretanto, em raros casos, as gônadas 46,XX podem se diferenciar completamente em testículos, condição conhecida como DDS 46,XX testicular ou, permitir a coexistência de tecidos testicular e ovariano em um mesmo indivíduo, dando origem a condição denominada de DDS 46, XX ovotesticular. A presença de fragmentos do cromossomo Y, contendo o gene SRY, anormalmente translocados para o cromossomo X ou em algum autossomo é identificada em cerca de 80% dos pacientes 46, XX testicular que não apresentam atipia da genitália externa. Entretanto nos pacientes portadores de DDS 46, XX testicular com atipia genital e DDS 46, XX ovotesticular este gene é raramente identificado. Na busca de novos mecanismos responsáveis por este processo de desenvolvimento gonadal anormal são propostas duas causas principais: o aumento da expressão de genes pró-testicular ou insuficiente expressão gênica pró-ovariana/anti-testicular. Estas hipóteses são ratificadas pela identificação de pacientes DDS 46,XX, SRY negativo com mutações inativadoras no gene RSPO1 (pró-ovariano) e pacientes com excesso de expressão de genes SOX9 e SOX3 (pró-testiculares).Promover um diagnóstico molecular para o paciente com DDS e sua família pode trazer múltiplos benefícios: nomear a causa contribuiu para aceitação da doença, reduz o estigma e culpa, cria guias e diretrizes cruciais para o manejo clínico e aconselhamento genético corretos. O ambulatório de Endocrinologia do Desenvolvimento/ Laboratório de Hormônios e Genética Molecular LIM42 do Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina da USP, no qual o projeto irá se desenvolver, representa um centro de referência na triagem diagnóstica e tratamento dos DDS no Brasil, contando com uma equipe multidisciplinar especializada e laboratórios que dispõem de metodologia avançada de investigação e pessoal altamente capacitado para oferecer uma abordagem rápida e cuidadosa destes pacientes. A expertise e as contribuições deste grupo de pesquisadores são reconhecidas nacional e internacionalmente.Os estudos de coortes de pacientes criteriosamente selecionadas com DDS 46,XX testicular e 46,XX ovotesticular, utilizando as técnicas sequenciamento paralelo de larga escala (SPLE) são escassos na literatura e representam uma rara oportunidade para a obtenção de dados inéditos e contribuições importantes como a identificação de novos genes candidatos envolvidos no complexo processo do desenvolvimento gonadal. Desta forma, propomos o estudo de membros (afetados, seus pais e irmãos não afetados) de 3 famílias não relacionadas, utilizando a metodologia de SPLE, acompanhadas na referida Unidade de Endocrinologia do HC-FMUSP, com diagnostico histológico confirmado de DDS 46,XX testicular ou ovotesticular..
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Berenice Vahl Vaniel

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • 8ª feira municipal do conhecimento de são lourenço do sul
  • Este projeto tem por objetivo promover a investigação científica na Educação Básica do Município de São Lourenço do Sul por meio do processo formativo pautado no educar pela pesquisa, na interdisciplinaridade e nas tecnologias digitais e sociais, culminando com a realização da 8ª Feira Municipal do Conhecimento. A proposta será realizada em três etapas: a) Formação de professores/as multiplicadores a partir do educar pela pesquisa, da interdisciplinaridade e da reflexão sobre os desafios, das potencialidades das tecnologias digitais e sociais em um contexto de pandemia-Covid 19; b) Feira de Conhecimento nas escolas da educação básica participantes, sejam elas públicas da rede municipal ou estadual de ensino, ou particulares; c) Realização da 8ª Feira do Conhecimento do Município de São Lourenço do Sul na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT, em 2021. Este projeto terá a abrangência municipal e será executado por docentes e acadêmicos/as da Universidade Federal do Rio Grande - FURG, campus São Lourenço do Sul, em parceria e cooperação com professores/as e equipe técnica-administrativa da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto (SMECD) do Município, diretores, coordenadores pedagógicos e docentes da Educação Básica. A rede Municipal de ensino de São Lourenço do Sul é composta por 10 escolas de Educação Infantil, 06 escolas de Ensino Fundamental na Sede, 07 escolas na zona rural, sendo 06 escolas Polos de Ensino Fundamental e 01 escola Multisseriadas. Ao todo, atende-se 3.175 alunos do Ensino Fundamental e 750 da Educação Infantil, com efetivo de 444 professores. No campus São Lourenço do Sul, da FURG, criou-se em 2013 o curso de Licenciatura em Educação do Campo: ênfase em Ciências da Natureza e Ciências Agrárias. Este tem por objetivo formar educadores/as para “atuar de maneira crítica, criativa, ética e solidária no âmbito da Educação Básica, tendo em vista ao fortalecimento da identidade do campo” (FURG, 2018). Em 2020, o campus passou a contar com o curso de Letras - Português e Literaturas de Língua Portuguesa para fortalecer a formação de educadores/as na Educação Básica. Sendo assim, a etapa 1, a formação de professores, integrará acadêmicos e professores formadores dos cursos de Licenciatura em Educação do Campo e de Letras, assim como professores da rede básica de ensino. A proposta da 8ª Feira Municipal do Conhecimento de São Lourenço do Sul - 2021 assume o educar pela pesquisa (MORAES, MANCUSO, 2004) como princípio pedagógico, e propõe desenvolver-se a partir da abordagem sociocultural, pois “apostar nesses princípios significa apostar no diálogo, na leitura na escrita, na elaboração e negociação de argumentos fundamentados empírica e teoricamente.” (MORAES, RAMOS, GALIAZZI, 2004, p. 97).Neste sentido, compreendemos que a implementação desta proposta, a partir dos princípios destacados pelos autores citados acima, contribuirá para estimular uma cultura investigativa no contexto da Educação Básica e da formação docente inicial e continuada. A partir de um movimento propiciado pelo diálogo, questionamentos, leituras e pela construção de argumentos relacionados às questões de estudos vinculados ao contexto em que estão inseridos os sujeitos participantes do processo que culminará com a Feira. Processo esse, que tendo um objeto único poderá ser investigado, explicado e interpretado pelas múltiplas áreas do conhecimento. Por isso, ressalta-se a importância das múltiplas determinações e mediações históricas que o constituem (FRIGOTO, 2008) ao promover esta forma de trabalho coletivo e interdisciplinar. Na etapa 1 da Feira, propomos a reflexão sobre os desafios, as potencialidades das tecnologias digitais e sociais em um contexto de pandemia Covid-19, interagindo com diferentes áreas do conhecimento, desde as ciências da natureza até as ciências humanas e agrárias. Neste sentido, é importante pensar nas inúmeras possibilidades de utilização de software, aplicativos,vídeos e de objetos de aprendizagem digital que podem compor a dinâmica do ambiente educacional para promover a investigação, o aprender, de forma a reinventar a Educação. Buscar-se-a compreender as possibilidades e facilitar o acesso às redes de conhecimentos, propiciar o compartilhamento das informações e das experiências vividas, despertando a criatividade, a imaginação e a inteligência coletiva. (LÈVY, 1999). Da mesma forma, o processo formativo incluirá a discussão das tecnologias sociais, que se propõem a atuar sobre um problema social, dialogando com o desenvolvimento da sociedade. A dimensão social coloca-se como uma alternativa ao considerar os saberes dos diferentes sujeitos sociais envolvidos nas questões do nosso tempo. São tecnologias de baixo custo, sustentáveis e que promovem a autonomia dos sujeitos em um cenário em que precisam se reinventar. Traz-se a discussão das tecnologias sociais no âmbito da educação básica com a intenção de incentivar o pensamento crítico e a construção de conhecimento que propõe alternativas para situações do seu cotidiano. Portanto, essas ações fomentarão o surgimento de novos cientistas e pesquisadores/as em tecnologias sociais. A etapa 2, realização das Feiras de Conhecimento nas escolas, será articulada pela equipe de professores multiplicadores que participaram do processo formativo, com apoio dos acadêmicos e professores da FURG, bem com o envolvimento de práticas educativas embasadas nos Programas Institucionais: PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência) e Residência Pedagógica. Cada escola irá realizar sua própria feira, preferencialmente no período de julho a setembro, selecionando trabalhos para participar da 8ª Feira Municipal do Conhecimento. A etapa 3, realização da 8ª Feira do Conhecimento do Município de São Lourenço do Sul será realizada em um amplo espaço proporcionado pela Prefeitura Municipal de São Lourenço do Sul, responsável pela estrutura e logística.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 29/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Bergson Guedes Bezerra

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • balanço de energia, água e cabono no bioma caatinga e áreas de pastagens no rio grande do norte
  • O aumento da concentração de CO2 tem profundas implicações no clima do planeta. Esse aumento em grande parte se deve a diversas atividades antrópicas, dentre algumas a queima de combustíveis fosseis, o desmatamento descontrolado e a falta de manejo na agropecuária. A maior parte do CO2 emitido para a atmosfera é absorvida pelos oceanos, porém uma parcela considerável é absorvida pelos ecossistemas terrestre. Assim, investigar as trocas de energia e CO2 massa, bem como o armazenamento de CO2 pela biomassa, dos mais variados ecossistemas terrestres tem grande relevância, pois permite o arregimento de conhecimento suficiente para melhor compreender os mecanismos que controlam o ciclo do CO2. No Brasil, a dinâmica do CO2 tem sido estudada em vários ecossistemas a exemplo do cerrado, cerradão e principalmente a floresta amazônica. Por outro lado, no ecossistema Caatinga e em ambientes agrícolas do Nordeste do Brasil, estudos dessa natureza ainda são iniciativas incipientes. A Caatinga desempenha um papel importante na manutenção do processo macroecológico regional, bem como, indiretamente no suporte as regiões com maior diversidade e endemismo. Diante desse contexto, a presente proposta tem por objetivo determinar o balanço de energia, água e carbono em áreas do Bioma Caatinga e em ambientes de pastagem tropical no Estado do Rio Grande do Norte. Será utilizada a técnica a técnica das correlações dos vórtices turbulentos em sítios experimentais já em atividade no RN situados na Estação Ecológica do Seridó (Caatinga Preservada), em Assu e na Estação Experimental da Escola Agrícola de Jundiaí, Macaíba-RN.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Berilo Luigi Deiró Nosella

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • iluminação cênica e metateatro: o fazer e o pensamento da iluminação entre o real e o ficcional
  • O presente projeto de pesquisa, em continuidade à pesquisa de pós-doutoramento “Capocomicato e metateatro: o fazer e o pensamento da iluminação na dramaturgia pirandelliana”, propõe um aprofundamento da investigação histórica da iluminação cênica, agora focando nos aspectos técnicos e tecnológicos de seu fazer. Nesse contexto, sua realização se propõe em três ações fundamentais, que se apresentam como uma proposta de investigação histórica, teórica e prática da iluminação cênica tendo como eixo a questão da fricção do real com o ficcional: 1) propor, em continuidade e a partir das análises de caráter histórico, já realizadas no pós-doutoramento, das peças metateatrais de Luigi Pirandello, a análise técnica das propostas de iluminação ali percebidas, com base em novas fontes oriundas das encenações da Cia. Teatro D’Arte de Roma, sob direção de Pirandello, presentes em D’Amico (1987). Aqui, a pergunta-chave é: como traduzir em projetos de iluminação, considerando-se o contexto de desenvolvimento técnico da época, as propostas cênicas já verificadas na dramaturgia de Pirandello? 2) a partir dessas análises, agora de caráter técnico/tecnológico, propor a prática de laboratórios de iluminação cênica (com um grupo formado por alunos), cujos objetivos contemplam a proposição e a execução de projetos de luz que possam concretizar o tal pensamento sobre o fazer da iluminação, investigado anteriormente, no próprio contexto das peças em seu momento de criação. A pergunta-chave, que deverá ser respondida teórica e praticamente, é: como Pirandello propôs o uso da iluminação nesse seu conjunto de obras para dar conta da questão da fricção do real ficcional na modernidade?; 3) em conjunto com outros professores da linha de pesquisa em Cultura, Política e Memória do PPGAC/UFSJ, experimentar propostas de iluminação da cena, a partir de suas pesquisas de investigação artísticas, em laboratórios conjuntos de encenação. A pergunta-chave é: como podemos propor o uso da iluminação, considerando a questão central da fricção do real com o ficcional, em nossos dias?
  • Universidade Federal de São João Del-Rei - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernadette Dora Gombossy de Melo Franco

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • atividade proteolítica e potencial funcional de bactérias láticas para a redução in vitro da atividade imunogênica do glúten
  • Alimentos que contém glúten podem causar a doença celíaca, uma enteropatia inflamatória crônica que acomete o intestino delgado de indivíduos geneticamente pré-dispostos. O glúten, encontrado no endosperma de sementes (trigo, cevada, centeio e outras), é um complexo proteico formado por gliadinas e glutenina. Algumas bactérias láticas, além de apresentarem características funcionais (por exemplo, probióticos), podem também hidrolisar gliadinas e glutenina, constituindo uma alternativa tecnológica para a redução da atividade imunogênica do glúten presente nos alimentos. Neste projeto, pretende-se preparar um fermento natural com farinha de trigo, que será empregado para a triagem de cepas de bactérias láticas com atividade proteolítica sobre as proteínas do glúten. Objetiva-se caracterizar a atividade proteolítica, identificar as cepas selecionadas, avaliar seu potencial funcional e anti-alergênico, avaliar sua segurança para aplicação em alimentos e verificar o efeito das proteínas hidrolisadas sobre a produção de citocinas pró-inflamatórias no epitélio intestinal, utilizando um modelo celular (Caco-2). Espera-se que os resultados deste projeto forneçam evidências científicas concretas sobre os possíveis benefícios destas bactérias para o desenvolvimento de alimentos com teor reduzido de glúten. Este projeto será desenvolvido em parceria com pesquisadores do Centro de Referência para Lactobacilos (CERELA, Tucumán, Argentina) e do Institut National de la Recherche Agronomique (Biopolymères Interactions Assemblages, INRA-Nantes, França).
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Almeida Iglesias

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • novas porfirinas e novos corróis em química bioinorgânica: síntese, caracterização e aplicação dos derivados em terapia fotodinâmica
  • O projeto aqui apresentado para esta chamada está diretamente conectado a linha de pesquisa que vem sendo desenvolvida no Laboratório de Bioinorgânica e Materiais Porfirínicos (LBMP) da UFSM nos últimos 03 anos com os demais colaboradores e que busca aliar os avanços da química de coordenação e nanotecnologia, em especial os nanobiomateriais, com o estado da arte da química bioinorgânica para o desenvolvimento de novas moléculas funcionalizadas e destinadas a aplicações biomédicas e em terapia fotodinâmica. Especificamente, no presente projeto, pretende-se utilizar e gerar novos derivados sintéticos de porfirinas (porfirinas e/ou corróis), ligados agora com unidades coordenantes externas que tenham a capacidade de formar novos complexos periféricos com metais de transição, sendo que a mesma tem sido utilizada como molécula-chave em diversos estudos na área da química inorgânica, bioinorgânica, medicinal, fotobiologia, entre outros
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Baldisserotto

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • óleos essenciais de plantas como anestésicos e aditivos em rações no crescimento de jundiá: parâmetros endócrinos, metabólicos, oxidativos e osmorregulatórios
  • Nosso grupo de pesquisa vem trabalhando há alguns anos com óleos essenciais de plantas como anestésicos e sedativos para peixes, obtendo novas alternativas menos tóxicas. Além de anestesiar, alguns desses óleos podem melhorar o crescimento e/ou parâmetros oxidativos quando adicionados à ração do jundiá, Rhamdia quelen. Assim, o presente trabalho tem por objetivos avaliar a atividade anestésica/sedativa de óleos essenciais ainda não testados e compostos isolados dos mesmos e como aditivos em rações em relação ao crescimento e parâmetros endócrinos, metabólicos, oxidativos e osmorregulatórios do jundiá. Além disso, continuaremos a análise da expressão gênica de transportadores iônicos nas brânquias, hormônios do eixo hipotálamo-hipófise-interrenais e proteínas de choque. Após determinar a eficácia anestésica e sedativa de óleos essenciais ou compostos isolados, peixes serão expostos por 8 h a duas concentrações que causarem apenas sedação, com coleta de sangue e tecidos ao final deste tempo. Em experimentos de crescimento, diferentes concentrações dos óleos essenciais/substâncias isoladas serão adicionadas à ração (0; 0,25; 0,5; 1,0 e 2,0 mL/kg) (um experimento diferente para cada óleo/substância) e será monitorado o crescimento dos jundiás por 60 dias. Ao final deste período, além de determinação de dados biométricos para o crescimento serão feitas análises de íons plasmáticos, atividade e expressão de transportadores iônicos, proteínas de choque térmico e hormônios e análise de parâmetros metabólicos e oxidativos. Deste modo, este estudo continuará a fornecer dados relacionados à osmorregulação do jundiá, espécie nativa mais cultivada no sul do Brasil, bem como testar produtos naturais que venham a contribuir para a piscicultura como anestésicos ou aditivos em rações que sejam indutoras do crescimento. A determinação dos parâmetros endócrinos, metabólicos, oxidativos e osmorregulatórios visa explicar possíveis alterações provocadas por esses óleos/substâncias isoladas e como estão atuando no crescimento.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-31/12/2022
Foto de perfil

Bernardo Berenchtein

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • nanoparticulas de extratos vegetais de plantas nativas do rio grande do sul, na dieta de leitões recém desmamados como alternativa ao uso de antimicrobianos
  • A utilização de antimicrobianos, acarretam o aparecimento de formas microbianas resistentes e prejudiciais à saúde e à terapia humana quando necessárias. A possibilidade de resistência cruzada com patógenos humanos fez com que a Europa proibisse a maioria dos antibióticos como promotores de crescimento na alimentação animal a partir de 1999. Tal proibição determinou que pesquisadores e nutricionistas buscassem novas alternativas, entre as quais a utilização de extratos vegetais. Tais extratos são normalmente fabricados através da micronização, a inovação deste projeto é elaborar e sintetizar nanopartículas de prata com extratos vegetais, com efeitos antimicrobianos comprovados, como a Carqueja (Baccharis trimera), Erva Mate (Ilex paraguariensis) e Losna (Artemisia absinthium L), com o objetivo de potencializar a ação bacteriostática destes extratos em dietas de leitões recém-desmamados.  Diante disto, objetiva-se com este projeto, avaliar a utilização de extratos vegetais de plantas nativas do Rio Grande do Sul, nanoparticulados ou não, em dietas de leitões recém desmamados na fase de creche, sob os aspectos de desempenho, digestibilidade total das dietas, incidência de diarreias, morfometria de órgãos digestivos e histologia do epitélio intestinal. Para isso, serão utilizados 192 leitões recém-desmamados, os quais serão divididos em um delineamento de blocos casualizados, com oito tratamentos, cada qual composto por seis repetições de três animais: dieta controle negativo (ração sem antimicrobianos), dieta controle positivo (ração com antimicrobianos comerciais), seguido de três tratamentos com dietas contendo extratos micronizados de Carqueja (Baccharis trimera), Erva Mate (Ilex paraguariensis) e Losna (Artemisia absinthium L) e três tratamentos, com a inclusão da mesma concentração dos extratos de Carqueja (Baccharis trimera), Erva Mate (Ilex paraguariensis) e Losna (Artemisia absinthium L), nanopartículados  adicionados às dietas experimentais. O peso dos animais e o consumo de ração serão verificados semanalmente e ao término do experimento, que terá duração de cinco semanas, onde posteriormente serão avaliados o consumo diário de ração, o ganho de peso diário e a conversão alimentar dos leitões. As fezes serão monitoradas diariamente, com a atribuição de escores relacionados à consistência das mesmas. A digestibilidade total das dietas será realizada após a avaliação da energia bruta das dietas, bem como da análise dos nutrientes de interesse, seguida da energia bruta e dos demais nutrientes das excretas (fezes e urina). Para a morfometria dos órgãos, ao final do experimento, será selecionado um leitão por baia, aquele mais próximo do peso médio do bloco, o qual será abatido após insensibilização por eletronarcose, e posterior coleta do fígado, coração, baço e segmentados o intestino delgado e o intestino grosso, para posterior análise da pesagem e medição do comprimento dos diferentes segmentos. Após isto, será realizada a histologia do epitélio intestinal dos leitões avaliados neste estudo.
  • Universidade Federal da Fronteira Sul - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Garziera Gasperin

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • efeito dos esteroides ovarianos sobre o ambiente uterino e fertilidade em bovinos
  • Em animais de produção, especialmente na bovinocultura leiteria, problemas reprodutivos vêm sendo cada vez mais frequentes e o número de fêmeas que falham em conceber após múltiplos serviços (repeat breeders; RB) está crescendo. A infertilidade é uma das principais causas de descarte precoce de animais, causando grandes perdas econômicas e diminuindo a longevidade das vacas nos rebanhos do mundo inteiro. Neste sentido, diversos estudos demonstram que a exposição a níveis adequados de estrógeno no proestro e estro são importantes para a fertilidade. Ainda, sugere-se que o tratamento de vacas RB com uma dose de estrógeno ou a exposição ao estrógeno por longos períodos, como nos protocolos de indução artificial da lactação (IAL), possuem um efeito positivo sobre a fertilidade. Uma vez que os mecanismos envolvidos na mediação dos efeitos de estrógeno sobre a fertilidade não são conhecidos, investigaremos como diferentes perfis endócrinos influenciam o ambiente uterino. Serão obtidas amostras de células endometriais bovinas antes e depois do tratamento com doses de estrógeno utilizadas em protocolos de inseminação artificial em tempo fixo (IATF) e IAL. Serão identificados genes e rotas de sinalização modulados pelos diferentes níveis de estrógeno. Posteriormente, utilizando cultivo in vitro de células epiteliais endometriais bovinas, serão investigadas as rotas envolvidas na modulação exercida pelo estrógeno, bem como a inter-relação dos esteroides ovarianos (progesterona e estrógeno) e a relação com a rota do fator de crescimento epidermal (EGF) e do seu receptor (EGFR). As análises fornecerão informações para o entendimento do suposto efeito que o estradiol (E2) e a rota do EGF exercem sobre a fertilidade. Posteriormente, os efeitos do estrógeno sobre os mecanismos de defesa, estrutura histológica e ambiente uterino serão avaliados in vivo, para que possamos testar um protocolo terapêutico para vacas leiteiras. Portanto, com a presente proposta teremos condições de propor estratégias para aprimorar protocolos de biotécnicas da reprodução, bem como estabelecer novas estratégias para o tratamento da infertilidade. A realização da presente proposta possibilitará um avanço significativo do ponto de vista de pesquisa básica e aplicada, contribuindo no entendimento de mecanismos associados à fertilidade, utilizando uma espécie de grande relevância econômica e, ao mesmo tempo, um excelente modelo experimental para estudos de fisiopatologia da reprodução.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Lanza Queiroz

Ciências Sociais Aplicadas

Demografia
  • estimativas da mortalidade por causas de morte para pequenas áreas no brasil, 1996 a 2016
  • Antecedentes: O eficiente planejamento de políticas públicas de saúde requer, de antemão, o conhecimento adequado dos níveis de mortalidade, além dos seus padrões, ou estrutura por idade das causas de morte e a suas características geográficas. Nos últimos anos diversos trabalhos buscaram obter estimativas adequadas de mortalidade para pequenas áreas no Brasil (Queiroz, et.al, 2017; Schmertmann & Gonzaga, 2018; Lima e Queiroz, 2014, entre outros). A obtenção dessas estimativas permitem avançar nos estudos de mortalidade no Brasil e entender melhor os diferenciais regionais e no tempo. Uma parcela do diferencial de mortalidade no Brasil está associada as condições sociais e econômicas de cada localidade, todavia, diferenças no perfil das causas de morte afetam fortemente o ritmo de variação da mortalidade. Objetivos: O objetivo principal do projeto é produzir estimativas de mortalidade por causas - neoplasias, doenças cardiovasculares, causas externas, doenças respiratórias e doenças infecciosas - para pequenas áreas no Brasil, de 1996 a 2015. Dados e Métodos: com base nos dados do Sistema de Informação de Mortalidade do Datasus. Focamos no período a partir de 1996, pois a partir dessa data o Brasil adota a versão X da Classificação Internacional de Doenças (CID-10). O trabalho propõe a combinação de métodos demográficos e estatísticos para obter estimativas robustas de mortalidade por sexo, idade e causas de morte para pequenas áreas no país. O segundo objetivo do projeto, com base nas estimativas produzidas no primeiro objetivo, é fazer uma análise do padrão espacial/temporal e fatores associados aos principais grupos de causas de morte no Brasil. Para esse segundo objetivo usaremos métodos tradicionais de estatística espacial. Contribuições: Acreditamos que os resultados produzidos pelo projeto ajudarão a entender a dinâmica da mortalidade no Brasil,analisando mudanças no tempo e seus diferenciais no espaço e auxiliar gestores de políticas de saúde. Melhores estimativas de mortalidade por causas de morte ajudam a entender o diferencial de mortalidade,oferecem subsídios para a projeção da mortalidade e contribuem para melhor entender as diferenças observadas entre o Brasil e outros países em desenvolvimento e desenvolvidos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Mançano Fernandes

Ciências Humanas

Geografia
  • atualização dos estudos sobre a territorialização do mst no brasil no contexto de mundialização da questão agrária (2000-2020)
  • Com este projeto ampliaremos a escala e o período de estudo sobre a territorialização do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST. Em meu doutorado (1995-1999) estudei a formação e territorialização do MST em vinte e três unidades da Federação no período de 1979 a 1999. Neste projeto estudarei mais dois estados (Tocantins e Roraima) e atualizarei os outros vinte e três estados onde o MST se territorializou ou ampliou sua territorialização para o período de 2000 a 2020; também estudarei a participação do MST na Via Campesina e as ações desta articulação de movimentos camponeses em escala mundial desde sua criação até 2020. Um dos desafios desta pesquisa, no contexto do debate paradigmático, é a reflexão dos estudos sobre paradigma da questão agrária e sobre o paradigma do capitalismo agrário nas interpretações dos novos elementos construídos pelo avanço do neoliberalismo na mundialização da questão agrária. Outro é analisar o MST nas vinte e cinco unidades da federação, por onde ele se territorializou, estudar as conflitualidades e disputas territoriais entre as alternativas sustentáveis e a aliança latifúndio-agronegócio, como partes de um complexo de sistema organizado em rede e em escala mundial, compondo o modelo hegemônico de desenvolvimento da agricultura. Como resultados deste projeto publicaremos três livros, sendo um em inglês. Trabalharemos na formação de pesquisadores em nível de graduação, mestrado e doutorado nos programas de pós-graduação em Geografia, campus de Presidente Prudente, Desenvolvimento Territorial na América Latina e Caribe, campus de São Paulo da UNESP e em outros programas no Brasil e exterior como professor visitante. Supervisionaremos pós-doutorado do Brasil e de outros países que tenham como objeto de estudo os movimentos socioterritoriais. Proporemos a elaboração de projetos de políticas públicas para o desenvolvimento territorial sustentável a partir da produção agroecológica. Contribuiremos com o fortalecimento de outros programas de pós-graduação no Brasil e em outros países, com os quais temos acordos de cooperação.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Melo de Carvalho

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • sobre dinâmica hiperbólica
  • Hiperbolicidade é uma noção importante na teoria dos sistemas dinâmicos. Apareceu no início dos anos sessenta com os trabalhos de Anosov e Smale e tem sido o principal tema de pesquisa entre muitos matemáticos desde então. Em sistemas hiperbólicos, cada espaço tangente se divide em dois subespaços invariantes, sendo o primeiro contraído uniformemente, e o segundo expandido uniformemente, pela ação da derivada. A dinâmica de tais sistemas pode ser bem descrita em ambos pontos de vista topológicos e estatísticos, no entanto, alguns problemas específicos permanecem abertos. Neste projeto, planejamos desenvolver ainda mais a dinâmica hiperbólica estudando, por um lado, propriedades topológicas e geométricas de tais sistemas e, por outro lado, propriedades fractais de seus gráficos. Nós dividimos esse projeto em três partes. Na primeira, consideramos os difeomorfismos Anosov definidos em variedades de curvatura seccional não positiva e exploramos as técnicas introduzidas pelo autor (em trabalhos anteriores) para obter interseções de conjuntos estáveis e instáveis no recobrimento universal. Isso obteria uma estrutura de produto global, o que, por sua vez, implica transitividade topológica. Na segunda parte, consideramos algumas generalizações de hiperbolicidade topológica que estão tendo atenção recentemente. Planejamos discutir exemplos e a dinâmica dos homeomorfismos n-expansivos com a propriedade de sombreamento definida em espaços métricos compactos e mais especificamente em superfícies. Esperamos provar que existem poucos exemplos de tais sistemas, além dos expansivos, e que tais exemplos admitem uma dinâmica muito rica, como um número infinito de classes recorrentes por cadeia. A última parte é dedicada a investigar propriedades fractais de gráficos invariantes de produtos tortos hiperbólicos. Planejamos calcular precisamente a dimensão Hausdorff de tais gráficos, usando técnicas recentes que calculam a dimensão Hausdorff da função de Weierstrass clássica.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-31/08/2023
Foto de perfil

Bernardo Petriz de Assis

Ciências da Saúde

Educação Física
  • análise do exercício aeróbio como agente terapêutico na modulação da microbiota intestinal em modelo animal de obesidade induzida
  • A obesidade é uma doença de origem multifatorial com elevada associação com disfunções metabólicas, como a diabetes tipo II, e doenças cardiovasculares como a hipertensão arterial. Na última década, a composição da microbiota intestinal tem sido amplamente investigada devido a sua íntima relação com a patogênese da obesidade. Neste sentido, tem sido evidenciado que a composição da microbiota de fenótipos obesogênicos são caracterizadas por uma menor diversidade microbiana, porem maior habilidade de extração energética do meio influenciando assim o metabolismo do hospedeiro. Além deste fator, sabe-se que o sedentarismo é um dos maiores contribuintes para o desenvolvimento da obesidade e demais doenças metabólicas. Por outro lado, o exercício físico tem sido amplamente utilizado como um agente não farmacológico na prevenção e tratamento destas doenças, assim como na manutenção da saúde. Uma série de estudos, incluindo os nossos, tem evidenciado o exercício físico como um agente externo capaz de modular a microbiota intestinal em sua composição e diversidade. Atualmente busca-se identificar os mecanismos pelo qual o exercício modula o eixo microbiota-intestino-cérebro para futuramente traçar novas estratégias no processo de prevenção e tratamento da obesidade. Todavia, até o presente momento, pouco se sabe a respeito da influência do exercício físico no microbioma intestinal e os mecanismos moleculares que regulam sua relação com o metabolismo energético do hospedeiro, especialmente frente a modelos patológicos como a obesidade. Levando em consideração os poucos relatos sobre os aspectos positivos na modulação da microbiota intestinal, a almejar o controle da obesidade, o presente estudo, propõe-se a analisar o efeito do treinamento aeróbio moderado no perfil metagenômico e metaproteômico da microbiota intestinal de modelo animal induzido a obesidade por meio de dieta de hipercalórica.
  • Universidade Católica de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Rego Barros de Almeida Leite

Outra

Microeletrônica
  • amplificadores de potência cmos e transformadores integrados para radiofrequência
  • Os amplificadores de potência (PAs) são elementos cruciais em transmissores de radiofrequência (RF). Eles são os principais responsáveis por fornecer níveis de potência suficientemente altos para uma comunicação sem fio aceitável. Para realizar esta função, entretanto, a potência consumida pelo amplificador é, em geral, significativamente alta e sua eficiência torna-se um fator de elevada importância. Além disso, o PA é o bloco RF que traz maiores desafios para a integração completa de transceptores em CMOS. Esta dificuldade deve-se em parte à condutividade do substrato de silício e à baixa tensão de ruptura dos transistores. Para contornar estas limitações, PAs CMOS em geral requerem o uso de topologias paralelas de modo que elementos baseados em transformadores tais como combinadores de potência tornam-se fundamentais. Sabe-se ainda que padrões de comunicação sem fio modernos têm se caracterizado por esquemas de modulações que impõem fortes restrições em termos de linearidade. Para respeitar estas exigências, configurações tradicionais de PAs adotam dimensionamentos de modo que sua eficiência somente é alta para valores de potência de saída próximos à potência de saturação do amplificador. Ainda, sinais com as características destas modulações apresentam uma grande disparidade entre os níveis máximo e médio de suas potências. Assim, durante a maior parte do tempo de transmissão, a eficiência do PA permanece baixa. Entre as soluções propostas para reduzir o consumo de energia para estas potências de recuo, destacam-se o uso de PAs reconfiguráveis, topologias Doherty e células de potência adaptativas. O desenvolvimento deste projeto abrangerá etapas de estudo bibliográfico, projeto e simulação de amplificadores de potência integrados em tecnologias CMOS para RF usando softwares dedicados e a sua caracterização experimental. Os PAs projetados visarão a obtenção de altos níveis de linearidade e eficiência, privilegiando comportamentos reconfiguráveis e adaptativos. Além disso, uma parcela importante do trabalho consistirá no projeto, simulação eletromagnética e caracterização de transformadores integrados e estruturas derivadas tais como combinadores de potência. As atividades propostas serão realizadas dentro do grupo de concepção de circuitos e sistemas integrados (GICS) da UFPR, com a participação de estudantes de doutorado, mestrado e graduação.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bertúlio de Lima Bernardo

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo da termodinâmica quântica no âmbito dos fenômenos ópticos
  • O estudo da termodinâmica quântica está vivenciando um momento importante do seu desenvolvimento, e isso se deve em grande parte à miniaturização dos dispositivos mecânicos e eletrônicos até um ponto em que efeitos quânticos não podem mais ser negligenciados. Neste regime, além das influências de caráter clássico como temperatura e entropia, a coerência quântica também passa a ter um papel decisivo nos processos que ocorrem nesta escala de uma forma que ainda não é bem compreendida. Além disso, tem sido observado que processos termodinâmicos que tiram o sistema equilíbrio durante a sua ocorrência podem ser melhor entendidos se tratados quanticamente. Dessa forma, nossa meta nesse projeto é estudar vários aspectos da termodinâmica quântica.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Betania Leite Ramalho

Ciências Humanas

Educação
  • cartografia georreferenciada da vulnerabilidade escolar de alunos da rede estadual do ensino fundamental do rio grande do norte. possibilidades para a gestão pedagógica.
  • A educação básica é concebida, segundo o artigo 4º da LDB, como um direito do cidadão à educação e um dever do Estado de atendê-lo mediante oferta qualificada. Soares (2016, p. 141) destaca que o direito à educação se expressa pelo direito de aprender, que só é concretizado quando ocorre o atendimento aos três objetivos pautados pela Constituição Federal do Brasil, de 1988: a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa; seu preparo para o exercício da cidadania; sua qualificação para o trabalho. Entretanto, os direitos sociais não devem estar apenas escritos em leis, sendo preciso que instituições os atendam e, além disso, tornem possível seu monitoramento. As estatísticas nacionais (notadamente do SAEB/INEP) revelam uma improdutividade recorrente do sistema escolar traduzidas pelas dificuldades de aprendizagens dos estudantes no percurso formativo da Educação Básica, no que se refere à leitura, escrita e matemática. Esse cenário exige aprofundamento da compreensão dos múltiplos agentes que afetam a qualidade da educação básica e os fatores de vulnerabilidade escolar de natureza diversa, tais como: sociais, econômicos e demográficos, pedagógicos, dentre outras. Neste projeto se propõe o estudo e desenvolvimento de uma Cartografia Georeferenciada da Vulnerabilidade Escolar de estudantes de escolas da rede estadual do Ensino Fundamental do Rio Grande do Norte. Essa cartografia criar hipótese explicativas como referência (não determinista) de fatores que podem ser associados à vulnerabilidade escolar de estudantes, na qual se inclui os desempenhos, erros e dificuldades de aprendizagem evidenciados na Prova Brasil, para o quinto ano em Matemática e Língua Portuguesa das últimas cinco edições. A pesquisa contribuirá para o desenvolvimento científico pelo emprego de metodologias estatísticas inovadoras. A análise dos dados exigirá manipulação do banco de dados que hoje tem informação de mais de 90 milhões de alunos. As técnicas empregadas serão originalmente testadas e desenvolvidas no projeto. Os resultados serão compartilhados com o INEP, que possui demanda por análises dos dados que eles possuem. Esse tipo de cooperação já foi realizado em outras oportunidades pelos pesquisadores do grupo. A pesquisa parte de um estudo maior e desenvolve-se por meio de redes colaborativas, interdisciplinares, envolvendo pesquisadores de instituições de ensino superior do Brasil e do exterior de diferentes áreas de conhecimento como: Educação, Estatística, Computação e Tecnologia da Informação, assim como professores da Educação Básica da rede estadual de ensino, estudantes de graduação e da pós-graduação.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bianca Denise Barbosa da Silva

Ciências Biológicas

Botânica
  • abordagem morfológica e molecular da diversidade de fungos gasteroides (basidiomycota) no estado da bahia, brasil
  • Os fungos gasteroides, também conhecidos como gasteromicetos, estão representados por diversas linhagens distintas de Agaricomycetes que, embora não compartilhem da mesma ancestralidade, possuem similaridades intrigantes, como os basidiomas angiocárpicos e dispersão passiva dos esporos (estatismósporos). Análises filogenéticas recentes vêm provocando significativas alterações na classificação dos fungos gasteroides, especialmente, em níveis hierárquicos elevados, como classe e ordem. Trata-se de um grupo, ainda, pouco estudado no Brasil. No entanto, apresenta alta diversidade em toda América do Sul. Atualmente, cerca de 300 espécies de fungos gasteroides são registradas para o país, sendo 90 conhecidas para a região Nordeste, e apenas nove para o estado da Bahia. O estudo sobre fungos neste estado, sobretudo de macrofungos, ainda é escasso. Tendo em vista, os diversos domínios vegetacionais existentes no estado, pode-se estimar que há muitas espécies de fungos ocorrentes e ainda desconhecidas. Nesse sentindo, o objetivo do presente projeto é realizar estudos taxonômicos sobre fungos gasteroides baseando-se em critérios macro- e micromorfológicos, e ainda, utilizar ferramantas moleculares para descrição de táxons novos, bem como, para resolução de problemas taxônomicos dentro do grupo. Serão realizadas coletas de basidiomas na Serra da Jibóia, Mucugê, RPPN Espinita, Parque Estadual da Serra do Conduru e no Parque Estadual do Morro do Chapéu. Para análises macro- e microscópica, o material será estudado nos Laboratórios de Sistemática de Fungos, e no de Anatomia Vegetal e Identificação de Madeiras. Ainda, será realizada análise molecular das espécies propostas como novas para ciência e com problemas taxonomicos, no Laboratório de Genética e Evolução Vegetal. A extração de DNA do material será realizada a partir de fragmentos do basidioma preservados em tubos de microcentrífuga contendo sílica gel. As regiões ITS, LSU e ATP6, serão amplificadas utilizando combinações de iniciadores ITS5/ITS4 ou ITS1/ITS4, LR0R/LR7r e ATP6-1/ATP6-2, respectivamente. A análise filogenética será realizada com dados concatenados no PAUP e MrBayes, com Máxima Parcimônia e análise Bayesiana, respectivamente. Este estudo ampliará, significativamente, o conhecimento da micota no estado da Bahia, com perspectivas de novos táxons para a ciência; fortalecimento do acervo de fungos do Herbário Alexandre Leal Costa da UFBA; inclusão de dados moleculares fortalecendo o banco de dados de sequências on line; e conhecimento da distribuição biogeográfica de linhagens de basidiomicetos gasteroides.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bianca Laís Zimmermann

Ciências Biológicas

Zoologia
  • taxonomia integrativa em isópodos terrestres neotropicais (crustacea, oniscidea) - revelando espécies e suas relações
  • Embora novos dados e metodologias estejam conquistando espaço no campo da taxonomia, tal como a taxonomia integrativa, a grande maioria das espécies de isópodos terrestres ainda é descrita com base apenas na morfologia. O gênero Benthana (Oniscidea, Philosciidae) foi recentemente revisado e é atualmente composto por 28 espécies com distribuição restrita ao sul da América do Sul. No entanto, a ampla distribuição geográfica de algumas das espécies, somada à presença de poucos caracteres diagnósticos, levanta dúvidas sobre a validade das espécies descritas. Nesse contexto, o presente estudo visa testar a aplicabilidade do DNA Barcoding nas espécies que compõem o gênero Benthana, de modo a verificar se há congruência entre a identificação morfológica e a identificação molecular desses animais, além de formular hipóteses sobre suas relações. Ademais, pretende-se investigar nesses animais a presença de bactérias Wolbachia, endossimbiontes com grande influência na ecologia e biologia dos isópodos terrestres. Os animais serão previamente identificados com base na morfologia e, posteriormente, terão seu DNA extraído com auxílio de kit de extração. As amplificações serão realizadas com o gene mitocondrial citocromo oxidase I. As sequências obtidas serão analisadas através de análises filogenéticas bayesianas e de máxima verossimilhança. Métodos de delimitação de espécies também serão aplicados. Espera-se que utilização da taxonomia integrativa possa auxiliar na descrição de novas espécies e no entendimento das relações evolutivas dos isópodos terrestres, permitindo assim, um maior conhecimento dessa biodiversidade ainda pouco explorada.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022