Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Christiane Bischof dos Santos

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • desenvolvimento de competências e capacidades digitais para alavancar a competitividade de indústrias em um contexto de economia digital.
  • Empresas brasileiras encontram desafios para se adequar no contexto atual denominado de Economia Digital. Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI, 2018), a crescente digitalização e a defasagem tecnológica do Brasil em relação ao resto do mundo é um dos motivos pelos quais o país encontra-se em um quadro de estagnação. O presente projeto explora a aplicação das tecnologias voltadas à IoT – Internet das Coisas, para assegurar sobrevivência e competitividade às empresas, em um ambiente dinâmico. Portanto tem como objetivo geral identificar e analisar as capacidades dinâmicas necessárias para criação e implementação de competências digitais em empresas do setor industrial do Brasil. Para atingir o objetivo proposto, o estudo é conduzido em duas etapas: a primeira qualitativa que consiste em uma revisão sistemática e um estudo de multicascos para a construção de um modelo teórico-empírico. A segunda etapa consistirá em uma pesquisa do tipo survey com o intuito de avaliar o modelo teórico empírico proposto. Este estudo contribui para a comunidade acadêmica por apresentar quais capacidades dinâmicas utilizar e como desenvolvê-las a fim de alavancar seu desempenho e competitividade em um contexto de Economia Digital.
  • FAE Centro Universitário - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Christiane Inocêncio Vasques

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • evidências e monitoramento clínico de eventos adversos relacionados ao uso de imunoterápicos inibidores de checkpoints
  • A imunoterapia tem se consolidado como um dos pilares do tratamento oncológico nos últimos anos. Dentre ela se destacam os medicamentos classificados como inibidores imunes de checkpoints, a saber: nivolumabe, pembrolizumabe e ipilimumabe. Apesar de serem medicamentos que agem em alvos específicos, seu uso não está livre de eventos adversos. Por se tratar de terapia mais recente, faz-se necessário que os profissionais que lidam com estes pacientes conheçam os possíveis eventos adversos relacionados ao uso para que possam determinar formas de manejar tais eventos. O presente projeto prevê a realização de 3 estudos, a saber: estudo 1 que busca identificar as evidências científicas acerca da prevalência de toxicidade dermatológica relacionada ao uso de inibidores imunes de checkpoints. Trata-se de revisão sistemática da literatura; estudo 2 que tem como objetivo analisar a prevalência de eventos adversos em pacientes com câncer submetidos ao uso de inibidores imunes de checkpoints. Trata-se de estudo transversal que avaliará pacientes mensalmente em relação ao desenvolvimento de evento adverso e classificação da severidade do evento apresentado e, por fim, estudo 3 que busca construir e validar um manual de orientações para pacientes em uso de inibidores imunes de checkpoints. Trata-se de pesquisa metodológica que fará a validação de aparência e conteúdo do manual elaborado pelos pesquisadores.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Christianne Alves Pereira Calheiros

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • atenção à amamentação: desenvolvimento, aplicação e avaliação de um aplicativo digital educativo
  • O objetivo do presente trabalho é desenvolver um protótipo de aplicativo digital educativo que auxilie na atenção à amamentação. Trata-se de uma pesquisa metodológica do tipo aplicada. O desenvolvimento do aplicativo seguirá três fases: definição de informações com busca da literatura; desenvolvimento e validação do aplicativo e aplicação do protótipo com sua instalação e manutenção caracterizada pela correção de erros e de adaptações às exigências dos usuários, bem como avaliação do seu uso. A proposta de desenvolvimento deste aplicativo digital educativo voltado para amamentação, faz parte de um projeto maior, em que a Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG vem desenvolvendo em parceria com a Superintendência Regional de Saúde de Alfenas, que abrange 27 municípios do sul do Estado de Minas Gerais. Esta parceria nasceu diagnóstico realizado pelo Comitê de Mortalidade Materna da SRS de Alfenas, quando identificaram dificuldades dos enfermeiros e médicos em realizarem consultas de pré-natal e puerpério, bem como educação, acompanhamento e avaliação da amamentação. Assim, após contato com a universidade, foi proposto um a Capacitação em Consulta de Pré-natal de risco habitual e puerpério. Esta capacitação aconteceu no período de abril a setembro de 2018. Desta experiência, verificamos a necessidade inicialmente de construirmos um instrumento que pudesse contribuir para a educação das gestantes/puérperas e seus companheiros/familiares, bem como para o acompanhamento e sucesso da amamentação, quando se propõe criar uma rede de orientação à gestante/puérperas e seus familiares e acompanhamento por profissionais que as atendem nas consultas pré-natal, bem possibilitar à Secretaria Municipal de Saúde dos 27 municípios e também à Superintendência Regional de Saúde verificar e avaliar a assistência prestada no (s) município para o sucesso da amamentação. Este aplicativo, posteriormente será adicionado à proposta de criação de um aplicativo educativo sobre puerpério, para auxiliar nas consultas puerperais.
  • Universidade Federal de Alfenas - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Christianne Elisabete da Costa Rodrigues

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • intensificação do processo de extração alcoólica de óleo de borra de café utilizando líquido pressurizado e ultrassom
  • O café é um dos produtos da agroindústria mais consumidos mundialmente, sendo que para a viabilização de seu consumo na forma de pó instantâneo são gerados grandes montantes de um resíduo proveniente do processo de extração dos sólidos solúveis contidos nos grãos utilizando-se água como solvente, resíduo nomeado borra de café. Este material normalmente é queimado na própria indústria para geração de energia, apesar de possuir características bastante interessantes, tal como um teor de lipídeos significativo, ao redor de 20 % em massa, o que pode indicar a possibilidade de utilizações mais nobres para o material. Além disso, nos últimos anos, tem-se cada vez mais a preocupação com a saúde associada ao consumo de produtos processados com a utilização de insumos reconhecidos como seguros. Neste sentido, vale mencionar que a indústria processadora de matrizes oleaginosas utiliza para a extração de óleos vegetais um solvente, uma mistura de isômeros do n-hexano, que possui alta inflamabilidade e alta capacidade poluidora, além de ser considerado neurotóxico. Com base nestas informações é proposto este projeto de pesquisa, o qual está suportado nos seguintes pilares: minimização de resíduos da indústria processadora de café com possível produção de insumo para as indústrias alimentícia, de cosméticos e de fármacos, óleo de borra de café, utilizando-se solventes renováveis e seguros para a extração, etanol e isopropanol. O projeto será conduzido considerando duas diferentes frentes: a) Estudo da cinética de extração e determinação dos coeficientes de partição do óleo de borra de café em experimentos de extração a pressão atmosférica utilizando-se álcoois como solventes; b) Estudo da intensificação do processo de extração através da utilização de líquido pressurizado (PLE, pressurized liquid extraction) e de ultrassom (UAE, ultrasound assisted extraction), visando-se obter óleo vegetal enriquecido em compostos minoritários tais como os ácidos clorogênicos.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Christina Alves Peixoto

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • ação dos prebióticos (fruto-oligossacarídeos e galacto-oligossacarídeos) e sua associação com a fluoxetina sobre as vias de sinalização da neuroinflamação, cognição e depressão em modelo animal de obesidade induzida por dieta
  • A depressão é uma doença mental associada a fatores ambientais, genéticos e psicológicos. Estudos recentes indicam que a inflamação crônica causada por uma dieta rica em gordura (HFD) pode desempenhar um papel importante na indução da neuroinflamação e da depressão, por alterar o microbioma intestinal, as vias metabólicas, a produção de neurotransmissores e de outras moléculas de sinalização neuronal e de comportamento (Hassan et al., 2018). Por outro lado, a disbiose intestinal causa um desequilíbrio da homeostase energética que, por sua vez, leva à obesidade. Portanto, existe uma interligação entre obesidade, microbiota intestinal e depressão (Schachter et al., 2018). Os microrganismos intestinais podem sintetizar e reconhecer uma série de substâncias neuroquímicas, incluindo neurotransmissores (GABA, serotonina e dopamina), ácidos graxos de cadeia curta (SCFAs), ácidos biliares secundários e outras moléculas pequenas biologicamente ativas. Os SCFAs são os produtos finais da fermentação anaeróbica de fibras alimentares, com efeitos antidepressivos por estimular a produção de BDNF, um importante regulador da plasticidade neuronal, além de modular receptores de GABA e de glutamato (Maqsood e Stone, 2016). Adicionalmente, a neuroinflamação pode induzir alterações na via do triptofano que além de reduzir os níveis de serotonina, estimulam a produção de produtos do catabolismo do Triptofano (TRYCATS), que contribuem para o aparecimento de sintomas neuropsiquiátricos. Por sua vez, os inibidores de recaptação de serotonina (SSRIs), tal como a Fluoxetina (FLX), exercem efeitos antidepressivos através da regulação da síntese de serotonina (Fitzgerald e Bronstein, 2013), bem como regulam o balanço energético, sensibilidade à leptina através do BDNF (Scabia et al., 2018), inibição de neuropeptídeo Y (NPY), produção de pro-opiomelanocortina (POMC) e de hormônio estimulante de melanócito α (α-MSH), resultando na saciedade (Barros et al., 2018). Recentes estudos têm demonstrado que prebióticos [fruto- e galacto-oligossacarídeos (FOS e GOS) apresentam efeito antidepressivo, através da normalização da microbiota intestinal (Burokas et al., 2017), e que portanto, poderiam atuar como uma estratégia promissora em associação com os antidepressivos convencionais. Deste modo, o presente estudo pretende investigar os efeitos do tratamento com prebióticos (FOS e GOS), associados ou não com inibidor de recaptação de serotonina (FLX) sobre as vias de sinalização da neuroinflamação, cognição e depressão em modelo de obesidade induzida por dieta.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Cibele Cardoso de Castro

Ciências Agrárias

Agronomia
  • diagnóstico da polinização e manejo de polinizadores de hortaliças no nordeste brasileiro
  • A polinização por animais favorece a produção da maioria das espécies cultivadas, representando grande valor econômico. Apesar de sua importância, as populações desses animais estão em declínio, assim como a produção de culturas agrícolas que deles dependem. Assim, torna-se premente a investigação e divulgação de estratégias que favoreçam o aumento de polinizadores nas culturas e sua conservação. As hortaliças são exemplo de culturas que podem ser favorecidas com o manejo de polinizadores. No entanto, para saber se o manejo é necessário e, caso seja, para que tenha êxito, precisa-se também conhecer a biologia reprodutiva, identificar déficits de polinização e determinar os polinizadores mais eficientes da cultura. Este projeto tem como objetivo geral fazer um diagnóstico da polinização de hortaliças e sua influência na produção e nas características comercialmente importantes de frutos e de sementes para plantio, usando como modelo plantios do nordeste brasileiro. Serão coletados dados de biologia floral, sistema sexual, sistema reprodutivo, polinização e limitação polínica, bem como será avaliada a presença de déficit de polinização usando o protocolo estabelecido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Experimentos de introdução de abelhas serão conduzidos em algumas culturas. Dados abióticos tais como paisagem do entorno, histórico de uso da área, clima e solo também serão incluídos na análise. A partir dos dados coletados, Pretende-se atingir as seguintes metas: a) Produzir três dissertações de mestrado (uma já está em andamento) e uma tese de doutorado (em andamento); b) Apresentar dez trabalhos em congressos; c) Produzir, no mínimo, cinco artigos científicos em revistas com fator de impacto maior que 1,0; d) Ampliar o volume de dados relacionados à polinização de culturas, testando modelos que podem ser usados por pesquisadores do Brasil e do mundo; e) criar estratégias de orientação de agricultores nordestinos em relação à conservação e manejo de polinizadores na agricultura e f) obter resultados que contribuam para a compreensão e mitigação da crise mundial de polinizadores em culturas agrícolas.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cibelle Celestino Silva

Ciências Humanas

Educação
  • a historicidade do conhecimento científico em uma proposta histórico-investigativa de ensino de física
  • O ensino de ciências é uma atividade que envolve, entre outras coisas, a aprendizagem sobre ciência, a compreensão acerca de sua natureza, bem como aspectos relacionados à sua prática. A formação inicial de professores é um dos momentos cruciais para a reflexão acerca de aspectos metacientíficos e também para a promoção do diálogo entre diversas estratégias de ensino, como a História, Filosofia e Sociologia da Ciência e a experimentação. Ambas aliadas formam a chamada abordagem histórico-investigativa. A questão central, no entanto, reside na forma como este tipo de abordagem é desenvolvida pelos licenciandos e em suas dificuldades de efetivá-la em sala de aula. Nosso foco estará na interação entre o licenciando e seu planejamento. Compreender esse processo e as dificuldades nele envolvidas é relevante para que boas práticas dialógicas sejam realizadas. O episódio histórico escolhido na criação e implementação das sequências de atividades histórico-experimentais envolve temas de eletricidade, particularmente a invenção da garrafa de Leiden. A pesquisa é apoiada na Design-Based Research, em que o campo de atuação será a própria realidade da sala de aula e os sujeitos da pesquisa são eminentemente estudantes de licenciatura. As sequências didáticas a serem aplicadas em situação de estágio supervisionado serão construídas considerando os quadros teóricos didáticos e as três dimensões da historicidade do conhecimento científico visando promover a reflexão, além de fomentar e explicitar os níveis de argumentação e compreensão dos conhecimentos por parte do licenciando.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cicefran Souza de Carvalho

Outra

Divulgação Científica
  • matemática e inteligência artificial: como a matemática contribui para a criação de inteligências artificiais, a nova fronteira da ciência brasileira pós pandemia do covid-19
  • A VII Semana de Matemática da URCA / UD Campos Sales, no ano de 2020, terá como tema Matemática e Inteligência Artificial: Como a Matemática contribui para a criação de inteligências artificiais, a nova Fronteira da Ciência Brasileira pós Pandemia do COVID-19 e acontecerá no período de 17 a 23 de outubro de 2020, como evento da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, e, este ano, buscará verificar como os modelos matemáticos poderão influenciar a criação de inteligências artificiais buscando prever novos focos da SARS-COV-2 no mundo após essa primeira onda da epidemia em nosso País e no mundo e como a matemática poderá contribuir com a reorganização da economia mundial, também influindo na criação de modelos matemáticos que, através da inteligência artificial poderá mostrar as soluções coerentes, eficazes e concretas esse grandes desafio que será sanar a grave crise econômica mundial ocasionada pela pandemia do Coronavírus, que serão realizadas a priori na modalidade presencial através de palestras, oficinas e minicursos, desde que liberadas pelos órgãos de saúde, com protocolos de segurança e higiene, buscando, ainda, estarmos de acordo com as regras sanitárias protocoladas por estas instituições. Na impossibilidade da realização na modalidade presencial por conta, ainda, da pandemia, serão realizadas na modalidade à distância, por videoconferências, através de sites especializados para fazer essa transmissão. A Semana de Matemática da URCA / UD Campos Sales desde as suas primeiras versões possui a função de formação e atualização de Professores, acadêmicos e comunidade em geral dos municípios de sua abrangência, dos mais recentes estudos, metodologias, notícias e assuntos relacionados à matemática e à ciência, buscando sua inserção na realidade local, tão necessários para a melhoria da qualidade de vida dos indivíduos da microrregião do Cariri Oeste. A presença de pesquisadores de renome nacional e até internacional no cotidiano regional, mostra que a Matemática pode ser utilizada com uma ciência interdisciplinar na busca de soluções sustentáveis para melhoria da economia do cariri oeste através de políticas de desenvolvimento sustentável economicamente corretas associadas à utilização dos recursos naturais renováveis, associada às práticas científicas; inclusive com a disseminação do que vem a ser inteligência artificial em uma região que, até então, desconhecem com profundidade científica esse assunto. Serão ofertados atividades científicas abertas às comunidades acadêmicas das diversas universidades da região; dos municípios da região do cariri; estudantil de escolas de educação básica e dos municípios da região do cariri; bem como a todos que tiverem o interesse de participação. Todas as atividades ofertadas serão gratuitas e terão o intuito de mostrar o desenvolvimento e evolução da Matemática como ciência e as suas vertentes transdisciplinares como a educação estatística e Educação Matemática no mundo moderno, assim como apresentar e debater como a área de matemática ao longo dos últimos anos tem contribuído para a ciência e para o desenvolvimento de softwares com modelos matemáticos, inclusive aqueles voltados para as inteligências artificiais; como também irá buscar a fomentação da pesquisa em nível local, com apresentação de trabalhos desenvolvidos pelos estudantes de nossa Unidade Descentralizada nas mais diferentes modalidades da Matemática; estudantes da educação básica; pesquisadores convidados; e público em geral que possuam trabalhos relevantes e que tenham interesse de participação no evento.
  • Universidade Regional do Cariri - CE - Brasil
  • 20/10/2020-30/04/2021
Foto de perfil

Cícero Manoel dos Santos

Ciências Agrárias

Agronomia
  • monitoramento das condicionantes climáticas na área experimental da faculdade de engenharia agronômica / campus universitária de altamira - ufpa.
  • Uma estação meteorológica moderna de medidas contínuas usa múltiplos sensores para monitorar as condicionantes climáticas: temperatura do ar, umidade relativa do ar, pressão atmosférica, direção e velocidade do vento, precipitação e radiação solar. Estas informações são importantes para diversas finalidades: previsão do tempo, estudos climáticos, aplicações agrometeorológicas, estudos oceânicos, aplicações aeronáuticas, entre outros. O monitoramento diário e contínuo exige que os sensores estejam operando sem falhas, sem interrupções e com menor erro possível. Para que isso aconteça é necessário que os sensores sejam calibrados ou que os sensores queimados/danificados sejam substituídos por outros sensores novos. A Faculdade de Engenharia Agronômica (FEA) da Universidade Federal do Pará (UFPA), Campus Universitário de Altamira, possui uma estação agrometeorológica instalada na área experimental. A estação e os dados coletados têm a finalidade aplicações no ensino, pesquisa e extensão. No entanto, não dispomos de recursos financeiros para repor sensores queimados/danificados e/ou sensores reservas para efetuar a calibração dos sensores em operação no campo. A presente proposta busca recursos para a compra de novos sensores (para temperatura e umidade, pressão, velocidade e direção do vento, precipitação e radiação solar) para estação agrometeorológica da FEA / UFPA, Campus Universitário de Altamira. Além disto, buscamos recursos para financiar outros equipamentos e materiais permanentes (Computador desktop completo, HD externo, impressora a laser, entre outros), diárias e passagens aéreas (participação em eventos científicos) e materiais de consumo (toner para impressora, resma de papel A4, pincel para quadro branco, entre outros). Com a aprovação da proposta, acreditamos que daremos um avanço considerável na região para a continuação do monitoramento das condicionantes climáticas e divulgação dos resultados que obteremos.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cícero Rafael Cena da Silva

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • adubos - adubação utilizando blow-spun nanofibras
  • O projeto envolve a aplicação de nanofibras polímericas, produzidas pela técnica de solution blow-spinning, para entrega controlada de fertilizantes a planta ou a sementes. Os testes a serem desenvolvidos, empregando diferentes matrizes polímericas, será aplicado especificamente na germinação da soja, embora, estes estudos possam ser aplicados para qualquer cultura, ou mesmo para entrega controlada de pesticidas e fungicidas. A literatura aborda diversos estudos envolvendo técnicas de produção de fibras como a electrospinning para entrega controlada de medicamentos, enquanto que a entrega de fertilizantes, geralmente envolve a aplicação de hidrogéis. Entretanto, nenhum destes sistemas se mostra tão promissor quanto a técnica de solution blow-spinning para aplicações industriais de larga escala, que alia a cinética de entrega de nanofibras dos sistemas tradicionais produzidos por electrospinning à facilidade de processamento e robustes desta nova técnica. Outro problema que abordaremos neste projeto é a determinação de nutrientes do tipo Nitrogênio, Potassio e Fosforo, entregues pelas nanofibras. Em nossos estudos, pretendemos ainda avaliar a entrega destes nutrientes estudando espectros de absorção no infravermelho por transformada de fourier de plantas e sementes submetidas a adubação com nanofibras com base em análises de PCA (principal component analysis). Estes dados serão confrontados com técnicas de análise elementar.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cid Manso de Mello Vianna

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • taxação de bebidas adoçadas: análise do custo-efetividade da sua implantação e o impacto na produção e emprego das empresas produtoras
  • A obesidade é um determinante importante da carga de doença atribuível às as doenças não transmissíveis. Atualmente, 60% da população mundial tem sobrepeso, enquanto 25% são considerados obesos. As doenças atribuíveis à obesidade causam mais de 17 milhões de mortes globais a cada ano e em torno de 2050 serão responsáveis por aproximadamente 92 milhões de mortes prematuras. Este fenômeno é multicausal. Alterações nos padrões alimentares e atividade física levaram ao aumento no peso corporal e de doenças metabólicas. Nesse contexto, existe evidência da associação entre o consumo de refrigerantes e outras bebidas adoçadas (RBAs) e o aumento da ingestão de energia, levando ao ganho de peso e a obesidade. Os RBAs estão entre os alimentos mais consumidos pela população brasileira. Dados de consumo alimentar pessoal indicam que essas bebidas estão entre os dez alimentos mais consumidos por brasileiros acima de 10 anos para ambos os sexos. Este projeto buscará gerar evidências sobre o impacto econômico do imposto sobre o consumo excessivo as RBAs e na saúde. Para isto, pretende-se realizar uma avaliação de custo efetividade do impacto da taxação de bebidas adoçadas na prevalência da obesidade e das variáveis socioeconômicas em comparação com a manutenção do estado atual e estimar o impacto dessa taxação sobre variáveis da economia (estrutura de mercado, geração de emprego, balança comercial do setor saúde, Produto Interno Bruto, salário e produtividade).
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 06/01/2020-31/01/2022
Foto de perfil

Cidoval Morais de Sousa

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • tecnologias sociais e educação ambiental para o controle vetorial de arboviroses: promovendo a saúde e a qualidade de vida no semiárido paraibano
  • O presente projeto resulta da articulação de pesquisadores de quatro instituições com atuação no Semiárido Nordestino: Universidade Estadual da Paraíba (UEPB); Universidade Federal de Campina Grande (UFCG); Instituto Nacional do Semiárido (INSA) e Fundação Oswaldo Cruz Pernambuco (FIOCRUZ-PE). Pretende-se, como foco central, investigar as compreensões e práticas da relação saúde-doença no contexto da tríplice epidemia (Dengue, Zika e Chikungunya) que tem como um dos vetores o mosquito Aedes aegypti e, de outro, proporcionar processos formativos inovadores que favoreçam a interrelação educação-saúde e o desenvolvimento de processos, técnicas e tecnologias que possam ser apropriados socialmente, de modo a contribuir para a experimentação do bem viver no Semiárido Nordestino. O projeto será desenvolvido em escolas públicas de municípios em situação de risco (baixo IDH, alta incidência da tríplice epidemia, intermitência no fornecimento de água), integrantes de um consórcio intermunicipal (São Saruê, no Cariri Paraibano) com base na pesquisa participativa,mediante a integração de professores, alunos, pais, gestores e profissionais de educação e saúde, organizações não governamentais e outros atores com atuação relevante na área de abrangência do referido Consórcio. Para o enfrentamento das arboviroses, sobretudo levando em conta os seus determinantes sociais, torna-se fundamental possibilitar às pessoas envolvidas aprofundar sua problematização e se tornarem protagonistas de todo o processo de superação. Isso só é possível por intermédio da compreensão sistêmica do problema, priorizando, por um lado, a apropriação social de conceitos de educação em saúde, saneamento básico, controle da proliferação de vetores dos vírus Zika, Dengue e Chikungunya, implantação e manejo de hortas comunitárias e educacionais, agroecologia e gestão racional do uso de mananciais hídricos e outros recursos naturais. Por outro, adotando precipuamente diferentes tipos de técnicas ou ferramentas de diagnóstico, intervenção e avaliação, através das quais todos os participantes interagem.A proposta deste projeto baseia-se na abordagem eco-bio-social para o controle de vetores e a realização de ações de educação sanitária e ambiental, envolvendo estudantes, educadores, gestores, pais e a comunidade em geral, no sentido de ações de desenvolvimento rural e urbano que visem melhorar a qualidade de vida, sob o ponto de vista da sustentabilidade e de um enfoque ecossistêmico. O enfoque ecossistêmico busca realizar a integração interdisciplinar da saúde e do ambiente por meio do desenvolvimento da ciência e tecnologia, gerada e aplicada em consonância com gestores públicos, privados, sociedade civil e segmentos populacionais afetados. Partindo de inquietações práticas do ponto de vista das realidades concretas, o enfoque tem por objetivo desenvolver novos conhecimentos sobre a relação saúde-ambiente, de forma a permitir a implantação de ações apropriadas e saudáveis de sujeito para sujeito, constituindo uma via concreta para desenvolver as capacidades dos sujeitos individuais e fortalecer ações comunitárias, dentro de uma perspectiva holística e ecológica da promoção da saúde. Toma-se como referência a ideia de qualidade de vida concebida por Leff (2001), caracterizando formas inéditas de identidade, cooperação, solidariedade, participação e realização que entrelaçam a satisfação de necessidades e aspirações derivadas do consumo com diferentes formas de efetivação, através de processos de trabalho, funções criativas e atividades recreativas. Qualidade de vida não significa quantidade de vida. Não pode ser aquilatada na balança dos níveis de renda, dos salários reais e das normas de satisfação de necessidades estabelecidas cientificamente e distribuídas como cotas de bem-estar distribuídas pelo Estado; nem tampouco dimensionada a partir de um padrão homogêneo de bem-estar, pois não admite a planificação centralizada das condições de existência de uma população culturalmente diversa. Adota-se, também, como fonte de iluminação, das leituras discussões e práticas, o conceito de bem Buen Vivir, nos termos de Acosta (2010) , para quem, tal conceito, exige que se repense a forma atual de organização da vida, no campo e na cidade, nas unidades produtivas, nos espaços de convivência sociais, nos centros educativos e de saúde. Segundo ele, o capitalismo é um sistema essencialmente predatório e explorador que “vive de sufocar a vida e o mundo da vida”. O Buen Vivir propõe uma mudança civilizatória. É um caminho que deve ser imaginado para ser construído por cada sociedade, com fins de mudar este mundo e construir democraticamente outro que seja sustentável, justo, igualitário, livre e, seguramente, mais humano.
  • Universidade Estadual da Paraíba - PB - Brasil
  • 07/11/2016-30/11/2020
Foto de perfil

Cilene Aparecida Nunes Rodrigues Nevins

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • referência pronominal: estruturação e desestruturação
  • O presente projeto insere-se na linha de pesquisa sobre linguagem e cognição, e, dentro do arcabouço teórico formal da gramática, versa sobre a estruturação da referência de pronomes pela gramática e sua desestruturação frente a distúrbios mentais do construto da esquizotipia, em especial a esquizofrenia. Trata-se de dois braços de investigação. O primeiro, de natureza teórica, é sobre aspectos gramaticais dos pronomes, buscando compreender em que medida a distinção entre pronomes fortes e fracos pode ser estabelecida em função da carga estrutural, formada a partir de traços formais, interna aos pronomes (Cardinaletti & Starke, 1999). Concentra-se na divisão de trabalho entre pronomes plenos e nulos em línguas de pro-drop pleno e parcial, estabelecendo generalizações cross-linguísticas robustas sobre o comportamento sintático-semântico destes pronomes, para então tecer um melhor entendimento teórico sobre suas estruturas internas. O segundo braço de investigação volta-se para a hipótese de que a esquizofrenia envolve déficits gramaticais, na combinação e estruturação dos traços formais necessários para a computação da referência (Hizen, 2015). Nossa meta neste braço do projeto é usar estruturas sintático-semânticas de controle obrigatório e não obrigatório para a verificação da hipótese em questão. Propomos também pesquisa sobre a possibilidade de a iconicidade facilitar a interface Sintaxe-Forma Lógica (hipótese de Schlenker (2018)). Nossa proposta é usar dados de referência pronominal em esquizofrenia para verificação dessa hipótese, acoplando o loci pronominal da língua de sinais brasileira a pronomes do português brasileiro nos itens experimentais de testagem. Com uso de metodologia teórico-experimental de coleta de dados linguísticos, o projeto no geral objetiva: (a) contribuir para um melhor entendimento teórico do papel da gramática na computação da referência pronominal; (b) contribuir com diferentes áreas do conhecimento para compreensão dos déficits linguísticos observados na esquizofrenia; (c) contribuir na elaboração de testes linguísticos efetivos para o diagnóstico do distúrbio mental em questão; (d) desenvolver estratégias linguísticas facilitadoras da comunicação com pacientes de esquizofrenia.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cilene Gomes

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • metropolização e metrópole onipresente: discussão teórica e confrontação com a região metropolitana do vale do paraíba e litoral norte, sp
  • A problematização geral da institucionalização da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte (RMVPLN-SP), em 2012, e a controvérsia teórica gerada acerca da presença ou não do fato metropolitano nessa região instigou ao estudo teórico sobre a natureza do processo de metropolização e da organização do espaço metropolitano, em suas relações com a globalização em curso, com a finalidade de criar uma perspectivação teórico-metodológica, baseada em uma articulação conceitual a partir do conceito de metrópole onipresente (Milton Santos) com outros conceitos afins, que oriente a verificação da suposta existência (ou não) de grandezas referencias do fenômeno metropolitano na realidade urbano-regional heterogênea da referida região. A pesquisa tenta se inserir em discussões acadêmicas e debate social mais amplo sobre as incertezas e apreensões quanto aos destinos da política territorial e do planejamento urbano e regional no país, considerando as normativas do Estatuto da Metrópole e, particularmente, no Estado de São Paulo, a organização/planificação regional estadual instrumentalizada por normas específicas e um plano de ações direcionadas ao que se define como macrometrópole pauslita, da qual a RMVPLN é integrante. Com essa ordem de preocupações, a questão da relação indissociável entre as instâncias político-institucional e cultural-ideológica torna-se relevante para compor a análise histórico-crítica da ação social, dos rumos da regionalização institucional e dos acontecimentos conjunturais que deverão confluir na elaboração do PDUI para a região valeparaibana. Nesse contexto, o problema da gênese teórica não se desvincula da ação política, encerrando a necessidade de reorientação e revalidação do método para o tratamento de proposições e hipóteses que, diante do quadro crítico de ordem civilizatória e política que se vive hoje no país e no mundo, afirmam o engendramento de pré-condições do novo “período demográfico” da história, fundadas na perspectiva do humanismo concreto, da radicalização democrática e da constituição de novos centros/centralidades da vida social, ancorada na emergência de novas forças de conscientização e agregação social, nascidas das contra-racionalidades e resistências às ideologias e modus operandi hegemônicos (perversos). Para isso, o método dialético e sistêmico se interpõe como gerador dos meios de regulação da dinâmica da pesquisa no trânsito das proposições teóricas às observações empíricas circunscritas ao caso da região do Vale do Paraíba e Litoral Norte à ordem de conexões que a integram na estrutura macrometropolitana de funcionalização e transformações do estado paulista e da formação socioespacial brasileira. Nesse sentido, o equacionamento lógico e de explicitação dos referenciais e conteúdos teórico-empíricos define-se tendo em vista as necessárias confrontações de análise e interpretação da onipresença metropolitana e de uma ordem específica de conexões, estabelecida na psicoesfera e noosfera social. Envolvendo os instrumentais técnicos de coleta de informações e seleção de dados e fatos pertinentes à problemática e hipóteses da pesquisa, as observações e análise documental e os estudos de caso e estudos comparativos direcionam-se à valorização da informação, comunicação e formas de organização social como variáveis significativas para estudo da metropolitanização de lugares.
  • Universidade do Vale do Paraíba - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cilson Cesar Fagiani

Ciências Humanas

Educação
  • desafios da formação do jovem trabalhador no contexto das políticas educacionais: aproximações entre brasil e portugal
  • Este é um projeto de pesquisa de natureza interdisciplinar e de abrangência interinstitucional no Brasil e internacional, em desenvolvimento na Universidade de Uberaba - UNIUBE, na região do Triângulo Mineiro em Minas Gerais no âmbito do Programa de Pós-graduação em Educação, na Linha de Pesquisa Desenvolvimento Profissional, Trabalho docente e Processo de Ensino Aprendizagem a qual abrange investigações e estudos sobre formação e desenvolvimento profissional, analisando o trabalho docente em suas diferentes dimensões, práticas e perspectivas, de modo a compreender e a intervir nos processos ensino-aprendizagem em diferentes contextos, níveis e modalidades. A referida linha contempla ainda pesquisas sobre a Educação Básica, Formação inicial e continuada de professores e as formas de participação na gestão do sistema e de unidades de ensino; inserção de novas tecnologias no trabalho docente; educação e práticas de cidadania e direitos humanos; educação e trabalho; educação de pessoas com necessidades educacionais especiais. O projeto vincula-se ao grupo de pesquisa Trabalho Sociedade e Educação, sob a coordenação da Profa. Fabiane Santana Previtali, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia (PPGED/UFU) e ao grupo de pesquisa Política Educacional, Gestão Educativa e Neoliberalismo, sob coordenação do Prof. Afrânio Mendes Catâni da Universidade de São Paulo. No âmbito internacional o projeto vincula-se ao grupo de pesquisa “História Global do Trabalho e dos Conflitos Sociais”, coordenado pela Profa. Dra. Raquel Varela no Instituto de História Contemporânea – IHC/UNL e com a Profa. Teresa Medina da Universidade do Porto, ambas de Portugal. O proponente é doutor em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia (2016) e pós-doutor em Educação pela Universidade de São Paulo sob a supervisão do professor Dr. Afrânio Mendes Catâni. É Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas “Trabalho, Educação e as Transformações Sociais Globais” e pesquisador associado junto à Universidade Nova de Lisboa – UNL, vinculado ao Grupo de Pesquisa “História Global do Trabalho e dos Conflitos Sociais”. O projeto ora apresentado consubstancia o conjunto de reflexões acumuladas e resultados de pesquisa amplamente divulgados em periódicos científicos nacionais e internacionais, livros, capítulos de livros, apresentações em eventos científicos ao longo da trajetória acadêmica deste proponente, justificando-se a submissão do projeto ao presente edital. Dessa forma, entende-se que o projeto vem contribuindo significativamente para o desenvolvimento e aprofundamento do conhecimento científico na area e sub-area da pesquisa, bem como para a divulgação dos resultados obtidos, inclusive internacionalmente, através do estabelecimento de redes de pesquisa de abrangência internacional. Ademais, ao envolver estudantes de graduação e pós-graduação, o projeto possibilita a formação de recursos humanos altamente qualificados e com experiência no trabalho interdisciplinar aptos a atuar em um mercado de trabalho marcado pela competitividade internacional. Convém mencionar que as análises comparativas constituem uma forma de conhecimento fundamental, seja para analisar os fatos sociais contingentes, seja para construir categorias analíticas. Muito se recorre às comparações internacionais para confrontar a singularidade das configurações históricas e culturais de cada país. Dessa forma, analisar os dois países permitirá indagar sobre as formas que assumem a formação educacional do jovem trabalhador e em que medida estão relacionadas à competitividade econômica dos países. A hipótese geral que norteia a pesquisa é que a formação educacional do jovem trabalhador no país, no estado de Minas Gerais, em particular na região do Triângulo Mineiro, não atende adequadamente as demandas específicas do novo mercado de trabalho, marcado pela globalização e internacionalização das empresas associadas e à introdução e difusão das novas tecnologias de informação. Em outras palavras, os jovens formados na Educação Básica estão aquém das necessidades exigidas pelos diferentes setores econômicos no estado de Minas Gerais para um salto qualitativo quanto à inserção na competitividade global. Vale lembrar que a Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional (LEI Nº 9.394/1996), em seu artigo 39, determina que mesmo a educação profissional deve conduzir o cidadão "ao permanente desenvolvimento de aptidões para a vida produtiva", intimamente integrada às diferentes formas de educação, ao trabalho, à ciência e à tecnologia. Assim, o debate sobre trabalho e educação, e particularmente a formação dos sujeitos no contexto da Educação Básica, Educação Profissional e Ensino Superior é essencial para o desenvolvimento socioeconômico, bem como para a inserção qualificada do país no cenário competitivo internacional. A metodologia e as técnicas de pesquisa utilizadas consistem na revisão de literatura, levantamento de banco de dados, análise documental e pesquisa empírica mediante aplicação de questionários com perguntas estruturadas e semi-estruturadas. Para tanto, recorre-se a abordagem comparativa de análise de forma a apontar semelhanças, estabelecer contrastes, continuidades e rupturas e, principalmente, problematizar as relações existentes entre as demandas das empresas e as políticas educacionais, com especial atenção para a questão da mudança tecnológica, qualificação dos trabalhadores e sua formação básica. No que diz respeito aos aspectos organizativos, a pesquisa conta com cronogramas de reuniões periódicas da equipe envolvida, de forma a avaliar o processo coletivamente, visando à resolução de problemas e o continuo aperfeiçoamento das atividades.
  • Universidade de Uberaba - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cimélio Bayer

Ciências Agrárias

Agronomia
  • avanços no entendimento da dinâmica da matéria orgânica e da emissão de gases de efeito estufa em solos tropicais e subtropicais através de técnicas isotópicas (13c e 15n) em experimentos de longa duração
  • O ponto focal da presente proposta de pesquisa é associar o uso de técnicas isotópicas (13C e 15N) e experimentos de longa duração para o avanço no entendimento da estabilização da matéria orgânica e da emissão de gases de efeito estufa (GEE) em solos tropicais/subtropicais brasileiros sob sistemas conservacionistas de manejo. Cinco experimentos de longa duração (24-40 anos) serão a base dos sete estudos propostos, sendo cinco relacionados à avaliação dos mecanismos associados à estabilização da matéria orgânica no solo e dois relacionados às fontes e processos envolvidos na emissão de N2O e de CH4 do solo. Nos estudos envolvendo a estabilização da matéria orgânica, será realizado o enriquecimento de plantas com 13C (estudos 1-3 e 7), e com 13C e 15N (estudo 4) os quais serão aplicados ao solo e avaliada a eficiência de estabilização (acúmulo) do 13C aportado na matéria orgânica em função do déficit de saturação de C no solo (Estudo 1), da textura e mineralogia do solo (Estudo 3) e da qualidade do resíduo vegetal de plantas de cobertura de solo (Estudo 4). No estudo 2 será avaliada a estabilização do 13C aportado pelo sistema radicular e pela biomassa aérea das plantas de cobertura. Em solo de terras baixas sob cultivo de arroz irrigado, os mecanismos de estabilização do 13C da biomassa do arroz em preparo convencional e plantio direto serão avaliados (Estudo 7). Nos estudos envolvendo a emissão de GEE, serão avaliadas as fontes e processos envolvidos na emissão de N2O em solo de terras altas (Estudo 5) e na emissão de CH4 em solo de terras baixas sob cultivo de arroz irrigado (Estudo 6). Leguminosas de cobertura de solo e fertilizante nitrogenado (ureia) e a combinação de ambos serão avaliados quanto fonte de N2O para a atmosfera, bem como quanto ao seu efeito na intensificação da emissão deste gás resultante da mineralização acelerada do N nativo do solo (“priming effect”). No estudo em solo sob cultivo de arroz irrigado, a biomassa de azevém de inverno e os exsudatos radiculares do arroz em desenvolvimento serão avaliados quanto a fonte de emissão de 13CH4 do solo para atmosfera. O desenvolvimento do projeto permitirá qualificar o treinamento de quatro estudantes de doutorado do PPG Ciência do Solo no uso de técnicas isotópicas em estudos de matéria orgânica do solo e de gases de efeito estufa, e é prevista a publicação de ao menos 10 artigos científicos em periódicos de alto impacto (JCR>2). A realização das ações de pesquisa demanda um investimento de R$ 118.000,00, o qual é complementar aos recursos disponíveis de outros projetos no âmbito do grupo de pesquisa, mas que é extremamente necessário devido ao alto custo dos insumos de 13C e 15N.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cimone Rozendo de Souza

Ciências Humanas

Sociologia
  • saberes e fazeres agroecológicos: experiências e aprendizados no território do mato grande/rn
  • O projeto Saberes e fazeres agroecológicos: experiências e aprendizados no Território do Mato Grande/RN tem o objetivo de constituir um Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica (NEA), a partir das diretrizes da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO), da Educação Popular, da Pedagogia da Alternância e das tecnologias agroecológica. O Núcleo envolve pesquisadores e alunos das Universidades Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Federal Rural do Semiarido (UFERSA), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, de Ipanguaçu (IFRN), agricultores/as, técnicos de ATER que atuam no Território do Mato Grande/RN. A proposta é mapear e caracterizar as iniciativas de produção agroecológica e orgânica desenvolvidas no território como forma de subsidiar futuras ações do NEA. Além disso, o projeto pretende implantar 4 quintais produtivos como unidades referenciais do fazer e saber agroecológicos, envolvendo, preferencialmente, mulheres e jovens nos municípios de São Miguel do Gostoso e Touros. Experiências com os “Quintais Produtivos” já vêm sendo implementadas nesses municípios por técnicos de ATER (parceiros deste projeto como AACC e TECHNE) com diferentes níveis de desenvolvimento (algumas embrionárias outras mais consolidadas), fortemente veiculadas as ideias de garantia da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e à promoção do protagonismo de jovens e mulheres. A proposta é, portanto, potencializar essas ações, aproveitando o capital social existente e as condições materiais já instauradas. Estão previstas, também, ações de formação que envolverão debates, seminários, intercâmbios e cursos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Cinthia Baú Betim Cazarin

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • desenvolvimento de pão funcional com inclusão de farinha de casca de jabuticaba (myrciaria cauliflora): efeito antioxidante e no comportamento glicêmico de indivíduos saudáveis
  • É crescente a busca por alimentos que além de simplesmente fornecer nutrientes, sejam capazes de trazer benefícios à saúde, como ação antioxidante, aumento do consumo de fibras, diminuição de processos inflamatórios, e que promovam uma melhora na integridade do organismo. Para tanto o desenvolvimento de produtos capazes de prevenir ou retardar condições patológicas tem se tornado algo necessário. Na flora brasileira encontramos uma biodiversidade de alimentos e/ou produtos de origem vegetal com potencial para fabricação destes produtos, como por exemplo, algumas frutas ricas em compostos fenólicos e flavonoides. A jabuticaba (Myrciaria jaboticaba), uma fruta nativa brasileira, tem apresentado resultados promissores com relação aos efeitos anti-obesogênico, na redução da glicemia e na prevenção do diabetes e do câncer. O objetivo do presente estudo é formular um pão artesanal funcional com a inclusão da farinha da casca de jabuticaba. Para o desenvolvimento do produto e garantia de sua qualidade será realizada a caracterização da composição centesimal da farinha da casca da jabuticaba e do pão, a avaliação da estabilidade dos compostos antioxidantes após o processo de forneamento e sua atividade funcional será avaliada em um ensaio pré-clínico. Indivíduos saudáveis serão recrutados para determinação da resposta glicêmica, insulinêmica e perfil antioxidante sérico após o consumo do pão funcional. Por fim, será realizada análise sensorial para determinação da formulação com maior aceitação pelos provadores.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cinthia Cabral da Costa

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • instrumentos digitais para adubação de precisão economicamente ótima
  • Estudos que analisam os impactos econômicos da aplicação variada de fertilizantes indicam resultados divergentes. Assim, investigar as condições que afetam a eficiência econômica torna-se importante para uma decisão do produtor sobre quando é melhor utilizá-la. Além do tipo de aplicação do fertilizante na área, o lucro do produtor também depende da recomendação de fertilizante. A recomendação economicamente ótima considera as condições de preço do produto e do insumo. Um sistema de recomendação desse tipo é inexistente no Brasil e pode gerar ganhos econômicos para o produtor, uma vez que é o sistema de recomendação de fertilizantes economicamente mais preciso. Portanto, o desafio deste projeto é produzir Application Programming Interface (API) para software e Aplicativos para dispositivos móveis (Apps), a fim de obter: um instrumento de tomada de decisão econômica entre a aplicação uniforme ou variada de fertilizantes e; um instrumento de recomendação economicamente ideal de fertilizantes. Uma grande pesquisas de revisão de literatura e reuniões com especialistas sobre o comportamento dos nutrientes em cada cultura analisada deve ser feita para a obtenção de indicações mais precisas a serem inseridas nestes instrumentos. Estas são as principais informações para obter uma boa recomendação de fertilizantes, que afetam diretamente os resultados para a tomada de decisão entre os usos de aplicação uniforme ou variada do mesmo. Portanto, um grande esforço e tempo neste projeto deve ser feito para esta parte. Neste contexto, serão utilizados os macronutrientes nitrogênio, fósforo e potássio e os cultivos agrícolas, feijão, soja, milho e trigo. Além da API e do Apps, o objetivo deste projeto é também produzir documentos indicando o impacto econômico para o produtor e para a economia brasileira derivados do uso dessas novas ferramentas digitais.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cinthia Pereira Machado Tabchoury

Ciências da Saúde

Odontologia
  • estudos para otimização da determinação química de fluoreto de dentifrícios e de metodologias como marcador da sua biodisponibilidade salivar (efeito anticárie) e sistêmica (risco de fluorose)
  • Dentifrício fluoretado é considerado o meio mais racional de uso de fluoreto (F) para o controle da cárie, porque ao mesmo tempo que o biofilme dental é desorganizado pela escovação, o F é disponibilizado para o meio ambiente bucal para interferir com o processo de desenvolvimento de lesões de cárie. Esta concentração de fluoreto deve estar quimicamente solúvel na formulação de modo que possa exercer seu efeito, reduzindo a des- e ativando a remineralização do esmalte e da dentina. Por outro lado, quanto do F está quimicamente solúvel na formulação também afeta sua biodisponibilidade sistêmica em termos de absorção gastro-intestinal e risco de fluorose dental. Assim, a capacidade de liberação do fluoreto das formulações de dentifrício deve ser avaliada não só como um pré-teste de seu potencial anticárie, como do seu efeito sistêmico quando ingerido. Isso é particularmente relevante para dentifrícios à base de MFP/CaCO3, os quais são os mais vendidos nos países em desenvolvimento, mas que com o tempo há uma redução gradual da concentração de fluoreto quimicamente solúvel. Assim, o presente projeto tem como objetivos: 1) aprimorar e otimizar o método de determinação de fluoreto total (FT) e fluoreto solúvel total (FST) em dentifrícios, utilizando o eletrodo íon-específico de fluoreto pela técnica direta, de modo a aumentar a precisão da determinação de FT em dentifrícios à base de MFP/CaCO3 e tornar esta metodologia aplicável a outras formulações de dentifrícios; 2) validar um teste in vitro de liberação de fluoreto de dentifrícios, que mostre uma correlação com a biodisponibilidade de fluoreto in vivo quando os dentes são escovados; 3) avaliar a relação entre a concentração de FST em dentifrício à base de MFP/CaCO3 com a biodisponibilidade bucal de FST na saliva durante a escovação; 4) Validar a solubilidade em HCl 0,01 N do fluoreto quimicamente solúvel em dentifrícios a base de MFP/CaCO3 como um indicador da sua biodisponibilidade sistêmica. Para tal, serão realizados 4 estudos. Estudo 1: estudo analítico experimental in vitro, no qual alguns parâmetros da técnica direta de determinação da concentração de fluoretos com eletrodo íon-específico de fluoreto serão testados, de modo a determinar/confirmar a melhor massa de dentifrício para dosagem, tempo de centrifugação, velocidade de centrifugação e tempo de hidrólise do MFP. Cada fator de teste será modificado individualmente e as concentrações de FT e FST serão determinadas nos dentifrícios. Estudo 2: estudo in vivo do tipo cruzado, randomizado e cego, com 3 fases experimentais, com os seguintes dentifrícios: 1 – Sorriso Dentes Brancos (MFP/CaCO3); 2 – Close Up Triple (MFP/CaCO3) ou Tandy (NaF/SiO2); 3 – Close Up Ação Profunda (NaF/SiO2). Em cada fase, amostras de saliva não estimulada serão coletadas antes da escovação. Os participantes escovarão seus dentes por 1 min com 0,7 g dos dentifrícios citados acima. Todo o resíduo produzido durante a escovação será expectorado em um copo plástico pré-pesado. O copo será pesado novamente para estimar o volume de saliva durante a escovação. Alíquotas do volume expectorado serão imediatamente centrifugadas para a determinação de FST no sobrenadante. O volume restante será utilizado para determinar a concentração de FT. Após a escovação, os participantes farão bochecho com água, o conteúdo será coletado e analisado quanto à concentração de FT e FST. Em seguida, amostras de saliva serão coletadas durante 120 min e também analisadas quanto à concentração de FT e FST. Estudo 3: estudo in vivo, duplo-cego e do tipo cruzado-falso com 5 fases experimentais. Participantes adultos serão submetidos aos seguintes grupos de tratamentos: 1- Dentífrico placebo de fluoreto; 2- Sorriso Dentes Brancos® (MFP/CaCO3, 1450 ppm F) recentemente formulado; Grupos 3 a 5 - Sorriso Dentes Brancos® submetidos ao envelhecimento acelerado para gerar uma concentração de fluoreto insolúvel (Fins) correspondente a 20%, 40% e 60% do FT. Os participantes escovarão os dentes de manhã durante 1 min com 0,7 g do respectivo dentifrício e as amostras de saliva serão coletadas antes, durante a escovação e nos tempos de 3, 6, 9, 15, 30, 45, 60 e 120 min após a escovação. A concentração de FT será determinada em amostras de saliva e o resto da amostra será centrifugado para a determinação de FST. Os resultados serão analisados estatisticamente, considerando-se a relação entre FST nos dentifrícios e a concentração de FST na saliva zero (ato de escovar) e a área sob a curva de concentração em função do tempo (0 a 120 min) será estatisticamente avaliada por análise de regressão. Estudo 4: consta de duas etapas, in vivo e in vitro. O estudo in vitro será cego, em quatro fases experimentais, feito com amostras (n=6/ por grupo) de dentifrício fresco à base de MFP/CaCO3 (1450 µg F/g), distribuído nos seguintes grupos: Grupo 1: Dentifrício à base de MFP/CaCO3 (1450 ppm de F) recém-adquirido; Grupos 2 a 4: Dentifrício à base de MFP/CaCO3 (1450 ppm de F) submetido a envelhecimento acelerado para gerar diferentes porcentagens de fluoreto insolúvel (Fins): a 20%, 40% e 60% do fluoreto total. O estudo in vivo será cruzado com restrição, em quatro fases, nas quais os participantes ingerirão em cada fase 70,0 µg FT/kg de peso corporal (dose limite de risco de fluorose), de uma das bisnagas de dentifrícios preparadas na seguinte ordem: dentifrício fresco, ~20%, ~40% e ~60% de fluoreto insolúvel. Antes e por 180 min após a ingestão, amostras de sangue e saliva serão coletadas para determinação da concentração de F. Urina de 24 h será coletada no dia anterior (controle) e no dia do experimento. A concentração de F nas amostras de sangue, saliva e urina serão determinadas com eletrodo íon específico. Os resultados obtidos nos diferentes estudos serão analisados estatisticamente. O nível de significância estabelecido será de 5% e os testes estatísticos serão definidos de acordo com o delineamento experimental de cada estudo.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022