Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Eudes Eterno Fileti

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • investigação de propriedades de interação entre eletrodos e eletrólitos em dispositivos de armazenamento de energia
  • Este projeto aborda o desenvolvimento e investigação de componentes de eletrólitos e eletrodos para aplicações de armazenamento de energia. A dinâmica molecular e as técnicas DFT são um método poderoso para o desenvolvimento e estudo de novos materiais. Três tópicos distintos são propostos: um enfoca a melhoria das propriedades de eletrólitos, como líquidos iônicos ou eletrólitos aquosos, alterando a composição, íons constituintes, frações molares e misturas aquosas e orgânicas. Um segundo, concentra-se em aumentar o rendimento do supercapacitor, empregando materiais 2D com propriedades exclusivas para fornecer uma resposta aprimorada do eletrodo. E um terceiro, visa a investigação computacional do mecanismo de corrosão na interface eletrodo-eletrólito, com base na tensão induzida em diferentes eletrodos de grafeno modificados.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Eufrânio Nunes da Silva Júnior

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • aplicação da catálise e suas diferentes facetas no desenvolvimento de processos catalíticos modernos e eficientes: uma abordagem multidisciplinar
  • A atual pandemia associada ao novo corona vírus explicitou a relevância da ciência para a solução de problemas que afetam a sociedade. Vacinas precisaram ser desenvolvidas rapidamente para atender a uma demanda mundial, exemplificando como o conhecimento científico e sua aplicação no desenvolvimento de novas tecnologias está intrinsicamente relacionado ao crescimento e sustentabilidade de uma nação. A catálise, presente em uma infinidade de processos industriais, é um importante tema da ciência que permite alcançar o desenvolvimento sustentável de um país respeitando a tríade - Economia, Social e Ambiental. A relevância do tema para a indústria nacional é indiscutível e projetos com o objetivo principal de produzir conhecimento visando novas tecnologias, baseadas nos conceitos de sustentabilidade, e, com possiblidade de serem inseridas em um sistema de economia circular são importantes para o contínuo melhoramento social e econômico do país. Assim, tendo em vista que, a catálise é estratégica para o contínuo crescimento da nação, este projeto tem como objetivo principal a busca pelo estado da arte da catálise, subdivida nos seguintes temas: (a) Catálise aplicada à síntese de moléculas bioativas, visando contribuir para que o país se torne menos dependente de Insumos Farmacêuticos Ativos importados; (b) Uso da nanociência para o desenvolvimento de nanocatalisadores aplicados a importantes processos industriais; (c) Processos catalíticos para a transformação de biomassa em produtos de valor agregado. Devido a interdisciplinaridade da catálise, o presente projeto também visa integrar cientistas de diferentes áreas do conhecimento. Temos especialistas em Química Orgânica, Inorgânica, Computacional, Físico-Química, Cristalografia, Nanotecnologia para estudos detalhados envolvendo síntese, cinética, dentre outros. Formação de recursos humanos altamente qualificados, divulgação da ciência, parcerias com o setor produtivo e internacionalização também são foco deste projeto.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 23/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Eugenio Damaceno Hottz

Ciências Biológicas

Imunologia
  • mecanismos de tromboinflamação na obesidade
  • A obesidade é um problema de saúde pública global associado a diversas comorbidades como hipertensão, diabetes e alto risco cardiovascular. A obesidade está relacionada a um estado pró-inflamatório e pró-trombótico que suporta o desenvolvimento da aterosclerose e a ocorrência eventos tromboembólicos, uma importante causa de mortalidade precoce em obesos. No entanto, mecanismos tromboinflamatótios que suportam o estado pró-trombótico, e como ele se relaciona com a inflamação crônica característica da obesidade, permanecem elusivos. Neste projeto, nós estudaremos células e tecidos de pessoas com obesidade e sobrepeso, e utilizaremos modelos inovadores e estabelecidos de interação ex vivo para investigar mecanismos e funções imunes de plaquetas e vesículas extracelulares (VE) pró-coagulantes. Além disso, analisaremos importantes aspectos da interação plaqueta-leucócitos na imunorregulação e amplificação inflamatória durante a obesidade. Plaquetas são efetores fundamentais da coagulação e da trombose patológica que vêm ganhando atenção pela sua participação em processos imunes e inflamatórios, contribuindo na regulação imune via interação com leucócitos, secreção de mediadores inflamatórios e liberação de VE. Nós pretendemos gerar observações clínicas translacionais a partir da caracterização de VE circulantes e derivadas do tecido adiposo, e dos agregados plaqueta-leucócitos circulantes, incluindo as principais subpopulações de linfócitos, monócitos e neutrófilos. A partir de ensaios funcionais ex vivo e in vitro, nós investigaremos os mecanismos que regulam processos patológicos na imunidade inata e adaptativa associados ao risco cardiovascular e inflamação crônica na obesidade. Nossa hipótese central é de que os mecanismos de ativação da coagulação e da resposta imunológica estão conectados em uma alça de amplificação recíproca que alimenta os mecanismos fisiopatológicos associados à inflamação e o alto risco cardiovascular em indivíduos obesos.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Eugenio Fernandes Queiroga

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • os sistemas de espaços livres nas transformações contemporaneas da paisagem: políticas e projetos
  • O projeto abordará a urbanização brasileira contemporânea, e de forma geral, latino-americana, a partir do entendimento da transformação do Sistema de Espaços Livres e da Paisagem resultante em Regiões Metropolitanas. O forte crescimento econômico na década de 2000 imprimiu transformações nas formas de apropriação e organização do território, implementando infraestruturas, com acentuada ampliação de áreas urbanizadas por população vulnerável, que resultaram em mudanças expressivas na sua configuração. Os impactos não se restringem aos tecidos urbanos consolidados, mas consideram os espaços intermunicipais e a urbanização fragmentada. Afetam diretamente as áreas de preservação ambiental e as estruturas naturais como rios e florestas, e a fauna associada. Os conflitos e os processos dinâmicos pressupõem análise sistêmica para sua apreensão. Pretende-se inovar e desenvolver abordagens que permitam compreender, conceituar e cartografar as transformações na forma, no papel e na apropriação dos Sistemas de Espaços Livres das cidades incorporando os espaços livres não urbanos, bem como os processos socioeconômicos e culturais envolvidos. Deste modo, inova-se em três frentes pouco consolidadas: (i) escala, do local ao intermunicipal e regional; (ii) estudo das transformações, por buscar estratégias de compreensão e mapeamento de processos dinâmicos, investigando as inter-relações entre os vários sistemas antrópicos e naturais; e ao incorporar o (iii) estudo das formas de apropriação dos espaços livres nas suas múltiplas escalas, das ruas à Paisagem. Dando continuidade aos dois projetos temáticos desenvolvidos desde 2006 e coordenados pelo LabQUAPÁ-FAUUSP, pretende-se desenvolver Oficinas nas Regiões Metropolitanas selecionadas, no estado de São Paulo e no México, envolvendo universidades, poder público e representantes da sociedade civil para discussão da problemática levantada, com especial atenção às políticas e projetos, visando cooperar com políticas públicas.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Eurico de Arruda Neto

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • prospecção metagenômica de vírus patogênicos com potencial pandêmico em morcegos.
  • A pandemia de COVID-19 causada pelo coronavírus SARS-CoV-2 é a ameaça mais significativa à saúde humana desde 1918. Outros coronavírus causadores de epidemias no século XXI, como SARS-CoV e MERS-CoV, emergiram de spillovers a partir morcegos, infectando ou não outros animais como hospedeiros intermediários ou potenciais reservatórios. A emergência de vírus a partir de animais silvestres, com ênfase em morcegos, é muito importante em saúde humana, e sua prospecção permite antecipar problemas e enfrentá-los proativamente, criando bases científicas para o desenvolvimento de métodos de diagnóstico e medidas preventivas e terapêuticas, de máxima utilidade por ocasião de epidemias. Neste projeto objetivamos fazer prospecção, identificação e caracterização de vírus importantes em saúde pública, em morcegos de ambientes silvestres e periurbanos. O projeto é viável pois a equipe se compõe de pesquisadores de três instituições com as condições para fazê-lo, com contrapartidas materializadas em bolsas já concedidas em projetos vigentes, com laboratórios NB3 e NB2, e com experiência em virologia e saúde pública humana e animal, além de expertise em prospecção e detecção de vírus, filogenia e filo-geografia de vírus. Temos também acesso a tecidos e amostras de morcegos, muitos já coletados e armazenados em repositórios locais, e também com capacidade de novas capturas. Tecidos de morcegos capturados antes e durante a pandemia de COVID-19 nos estados de São Paulo e Ceará serão usados para extração de ácidos nucleicos e sequenciamento de nova geração. Análises de bioinformática permitirão montar genomas virais e fazer análises filogenéticas e filodinâmicas, assim permitindo estudar evolução, possíveis vias de transmissão, e distribuições espacial. Após identificação dos vírus, ensaios de PCR específicos poderão ser desenvolvidos para diagnóstico dos vírus detectados. Muitas novas avenidas de pesquisa podem ser abertas dependendo das descobertas feitas na metagenômica.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 25/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Eurico de Arruda Neto

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • coronavírus humanos: estudos de virologia aplicada sobre diagnóstico rápido, patogênese, prevenção e persistência de sars-cov-2.
  • A emergência de infecção por um novo coronavírus humano (HCoV) na China em dezembro de 2019 resultou em uma pandemia que se tornou um dos mais significantes problemas de saúde da história da humanidade. O novo HCoV foi denominado SARS-CoV-2 e a doença por ele causada COVID-19. A COVID-19 varia de sintomas e sinais de infecção respiratória leve até pneumonia grave com insuficiência respiratória e morte. Em cerca de cinco meses COVID-19 já foi relatada em todos os continentes exceto a Antártida, com 2,858,635 casos confirmados e 196,295 óbitos. Apesar da intensa pesquisa sobre SARS-CoV-2 no mundo inteiro com rápida geração de conhecimentos em virologia, epidemiologia e aspectos clínicos da infecção, muitos ainda são os gaps no conhecimento sobre este agente tão importante em saúde pública. Dados recentes mostram que passagens seriadas do vírus em células Vero, largamente usadas mundialmente, induzem adaptação de SARS-CoV-2, especialmente no sítio de clivagem entre regiões S1 e S2 da espícula glicoproteica, com alteração fenotípica importante, inclusive no ensaio de placas de lise, gerando progênie com acentuada redução de infectividade. Isso é preocupante, pois indica que é preciso utilizar-se estoques produzidos em células humanas para ensaios in vitro, já que resultados obtidos com estoques feitos em Vero (de macaco) podem produzir resultados não confiáveis em ensaios de neutralização e em caracterização de isolados clínicos de SARS-CoV-2 brasileiros. No curso da pandemia de COVID-19 temos feito ensaios de neutralização para identificar plasmas de doadores para tratamento de doentes graves, e para isso usamos estoques após número variável de passagens em células Vero E6, e temos percebido claramente que há variações na capacidade neutralizante, dependendo do estoque viral usado. Neste projeto pretendemos padronizar ensaios de neutralização adequados, usando com estoques de SARS-CoV-2 passados em células humanas, e testando a neutralização em células humanas. Já identificamos células HUH7 e células A549 tratadas infectadas em meio com tripsina como boas candidatas. Até o presente são conhecidos sete HCoVs que infectam o homem: os quatro HCoVs ditos endêmicos (229E, OC43, NL63 e HKU1), que frequentemente causam infecções respiratórias em geral leves. Todavia, nosso grupo recentemente demonstrou que esses coronavírus podem causar infecção grave em lactentes e neonatos, inclusive com risco aumentado de necessitarem de admissão na UTI pediátrica. Além disso, nós demonstramos a presença de HCoVs humanos em secreções e tecidos obtidos de patologias crônicas do trato respiratório superior e de cavidades adjacentes (ouvido médio e seios maxilares) em diversas circunstâncias. Temos fortes evidências de que os vírus respiratórios, inclusive os coronavírus, persistem em células linfo-hematopoiéticas humanas de tonsilas, e é razoável supor que o mesmo acontecerá com SARS-CoV-2 após a pandemia o que será possível investigar dentro das parcerias que já temos com docentes da Otorrinolaringologia da FMRP-USP. Outra questão crítica é o desenvolvimento de testes diagnósticos rápidos, especialmente do tipo point of care, e para isso estamos produzindo antissoros policlonais em camundongo e coelho, para serem usados em testes de captura de antígenos em secreções respiratórias, em formato simples como aglutinação de látex, o que poderá resultar no desenvolvimento e padronização de teste de baixo custo. Finalmente, com base na nossa experiência prévia com o desenvolvimento de modelo experimental de infecção por vírus em hamster, e considerando que modelos experimentais de SARS-CoV-2 e SARS-CoV em hamster foram bem sucedidos, pretendemos adaptar esse modelo no laboratório BSL3 da FMRP-USP, permitindo utilizá-lo para testar vacinas, tratamentos e estudar patogênese. Temos estrutura para infectar e manter hamsters na nossa facility BSL3. O objetivo geral do projeto é desenvolver pesquisas em virologia de SARS-CoV-2 na realidade pandêmica do Brasil, priorizando experimentos e hipóteses que tenham caráter prático, possibilitando aplicações no diagnóstico, testagem de produtos em modelo animal, além de contribuir para o entendimento da patogênese da infecção por SARS-CoV-2. Tudo isso será feito permitindo a formação de recursos humanos, criando massa crítica para o enfrentamento de pandemias no Brasil. Nossos objetivos específicos são: 1)Desenvolver métodos de diagnóstico rápido para SARS-CoV-2 mediante detecção de antígeno viral em amostras clínicas de secreção respiratória e/ou saliva; 2)Padronizar ensaios de neutralização para uso em estudos de patogênese, usando estoques adequados de SARS-CoV-2 obtidos de amostras, passados em linhagens de células humanas, para identificar resposta sorológica protetora na população, e para selecionar doadores de plasma hiperimune; 3)Obter isolados clínicos de SARS-CoV-2 brasileiros para avaliação comparativa de fitness, curva de replicação, fenótipo de placa de lise e virulência em animal experimental; 4)Avaliar após o pico de maior atividade da pandemia, a persistência de SARS-CoV-2 em tecidos associados ao trato respiratório humano: tonsilas (adenoide e amígdalas) e mucosas nasal e de seios maxilares; 5)Estabelecer e otimizar na facility BSL-3 da FMRP-USP um modelo experimental de infecção por SARS-CoV-2 em hamster, que sirva para testar vacinas candidatas, tratamentos em estudo pré-clínico e patogênese da infecção. Esperamos contribuir com produtos e descobertas que possam ser aplicados ao melhor enfrentamento da pandemia de COVID-19 no Brasil.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 27/08/2020-26/09/2022
Foto de perfil

Eurico Oliveira Matos Neto

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • discurso de ódio online e aplicativos de mensagem instantânea: uma abordagem sociotécnica de interações no whatsapp e no telegram
  • A circulação de discurso de ódio em ambientes on-line configura-se como um dos principais desafios para as democracias contemporâneas. A literatura tem apontado que a discriminação contra grupos vulnerabilizados em razão de características identitárias (gênero, raça, orientação sexual, origem etc.) ganha especificidades quando praticada nas mídias digitais (BROWN, 2018; SIEGEL, 2020). O aumento, por exemplo, da visibilidade de símbolos de supremacia branca e de ataques a grupos étnicos sinaliza a necessidade de governos, pesquisadores e organizações civis combaterem os desdobramentos do discurso de ódio praticado na internet (PAREKH, 2012; SILVA, 2016). Esta pesquisa examina como as características sociotécnicas das plataformas de mensagem instantânea estruturam a produção, a circulação e o combate ao discurso de ódio on-line. O estudo foca especificamente no debate em grupos públicos do WhatsApp e do Telegram no contexto brasileiro, reconhecendo a centralidade destas plataformas para a comunicação cotidiana e a consolidação do celular como principal canal de acesso à internet no país (IBGE, 2015). A hipótese central é de que a dinâmica do debate mediado por esses aplicativos resulta da negociação entre as normas de sociabilidade estabelecidas por grupos de usuários e o que chamaremos de "gramática das plataformas" (OMENA, RABELLO e MINTZ, 2020), ou seja, o conjunto de funcionalidades expressas materialmente nas interfaces de um determinado meio digital, sobre o qual se inscrevem usos possíveis, planejados ou não. Assim, intencionamos saber: que tecnicidades oportunizam os discursos de ódio nesses ambientes? Por meio de que práticas? Que apropriações viabilizam? Quais táticas de enfrentamento às discriminações permitem? Com base em uma abordagem quali-quantitativa, a pesquisa vai monitorar grupos públicos nos referidos aplicativos, analisar a interface das ferramentas que disponibilizam e realizar entrevistas semiestruturadas com usuários.
  • Fundação Getúlio Vargas - RJ - Brasil
  • 02/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Euripedes Constantino Miguel Filho

Ciências da Saúde

Medicina
  • inct de psiquiatria do desenvolvimento para crianças e adolescentes
  • Os transtornos mentais têm início em fases precoces da vida e estão entre as maiores fontes de incapacitação e de gastos em saúde. Dados epidemiológicos gerados por nossa equipe demonstraram que apenas 20% das crianças brasileiras com problemas de saúde mental têm acesso a cuidados adequados. O Instituto Nacional de Psiquiatria do Desenvolvimento para Crianças e Adolescentes (INPD) foi criado em 2009, tem como missão a geração de conhecimento e formação de recursos humanos em saúde mental infantil e adolescente usando o referencial da psiquiatria do desenvolvimento. Tendo como premissa as evidências de que os transtornos mentais estão relacionados a alterações precoces no desenvolvimento cerebral e que, intervindo nesse processo, podemos revertê-las. Na atual proposta, desenvolvemos a segunda fase do INPD (INPD II), onde iremos implementar um programa que articula ciência e tecnologia com o desenvolvimento de recursos humanos, transferência de conhecimento para a sociedade (setores público e privado), e internacionalização. Nosso objetivo é continuar dois bem sucedidos estudos de coorte, iniciar uma nova intervenção para os estágios mais precoces do desenvolvimento e criar um centro para integração de dados. A Coorte de Alto Risco é um estudo de neurociência populacional que utiliza um desenho de coorte acelerado para mapear o desenvolvimento de 2.500 crianças, avaliadas inicialmente entre 6-14 anos e num seguimento de três anos. No INPD II, serão avaliados em idades entre 12 e 20 anos, quando o início da maioria dos transtornos já é detectável. Este projeto combina tecnologias de ponta, incluindo sofisticadas técnicas de neuroimagem, avaliação cognitiva, genética e biologia molecular, para caracterizar as trajetórias de neurodesenvolvimento associadas aos transtornos mentais. A Coorte de Nascimento Butantã inclui 900 crianças de comunidades vulneráveis, cujo desenvolvimento foi monitorado a partir da 26 ª semana de gestação até 2 anos. No INPD II, os sujeitos serão avaliados aos cinco anos para investigar quão precocemente é possível detectar alterações no neurodesenvolvimento associadas ao desenvolvimento cognitivo pré-escolar. Vamos ainda testar o Programa Visitando Jovens Mães em um ensaio randomizado controlado com gestantes de alto risco para promover o desenvolvimento intrauterino saudável. Será avaliado o efeito de uma série de estímulos ambientais e sociais associados à intervenção sobre o neurodesenvolvimento. Além disso, pretende-se criar um Centro de Integração de Dados, para integrar a enorme quantidade de dados e desenvolver modelos de predição oriundos de abordagens multimodais. Este centro vai promover a troca de dados de forma segura intra e extramuros, nutrindo colaborações nacionais e internacionais. No INPD II várias iniciativas serão implementadas para melhorar a massa crítica na área de saúde mental infantil e adolescente, proporcionando uma formação de ponta em psiquiatria do desenvolvimento, incluindo centros menos desenvolvidos do Brasil. Vamos criar o Programa Internacional de Pós-Graduação Especial Tripartite em Neurociência Translacional do Desenvolvimento para atrair estudantes brasileiros e estrangeiros promissores, que buscam o título de doutorado, e um programa de certificação de um ano em saúde mental infantil para profissionais de saúde que trabalham no sistema público de saúde. Para Transferir Conhecimentos para a Sociedade, vamos criar o e-Cuidar de Saúde Mental de Crianças e Adolescente e do Desenvolvimento, uma plataforma de ponta para divulgar o conhecimento com interfaces de web e de celulares, onde informações científicas relevantes serão traduzidas para o público em geral. Para atingir esta meta, estabelecemos uma parceria com o Centro Harvard de Desenvolvimento da Criança, que irá nos ajudar no desenvolvimento de conteúdo. Numa parceria com a empresa de telefonia VIVO, vamos divulgar estas informações através de telefones celulares, ampliando significativamente nosso alcance na população geral. Várias iniciativas foram designadas para promover a transferência de conhecimento em grande escala aos setores público e privado. Implementaremos o Programa de Intervenção Visitando Jovens Mães, em colaboração com a Secretaria de Saúde da cidade de São Paulo e Maria Cecília Couto Vidigal, em várias áreas de cidade. O Projeto Cuca Legal, um programa escolar de conhecimento sobre saúde mental, desenvolvido e testado pela equipe do INPD, será ampliado para os professores de mais de mil escolas públicas do país. Em parceria com Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino, vamos construir uma plataforma de software para combinar dados em larga escala com o objetivo de identificar indivíduos em risco para transtornos mentais, o que pretende ser transformado em uma empresa (spin-off). Com foco na Internacionalização do INPD II, nós vamos avançar nos programas já estabelecidos com a Yale University, Harvard Medical School, King’s College London, University of Toronto e o Karolinska Institute. Vamos criar o programa ResearchMatch que estabelecer um direcionamento para promover o intercâmbio de pesquisadores entre o INPD e outras instituições internacionais. Ao investir nestas estratégias, e em outras como tornar acessível o nosso Centro de Integração de Dados, esperamos atrair estudantes e professores de instituições das Américas, Europa e sudeste asiático. Intervenções iniciadas precocemente nas vidas de crianças carentes tem muito maior retorno econômico do que as tardias. O INPD é um exemplo de time de pesquisa altamente produtivo trabalhando para colocar o Brasil entre os melhores grupos de pesquisa na área de neurodesenvolvimento no mundo. Com um portfolio de projetos sinérgicos focados no desenvolvimento infantil, nós estamos confiantes que a renovação dos recursos para o INPD II terá um impacto direto no desenvolvimento das nossas crianças e proverá inovações radicais que terão um impacto no cenário mundial de saúde mental.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Euzeli da Silva Brandão

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • lesões de pele relacionadas ao uso de produtos e equipamentos de proteção individual em profissionais de saúde no contexto da covid 19: estudo caso-controle
  • Introdução: Apesar da falta de esclarecimentos sobre a história natural e de medidas de efetividade inquestionáveis para manejo clínico dos casos de infecção humana pelo SARS-CoV-2, sabe-se que o vírus é altamente transmissível e provoca uma síndrome respiratória aguda. Assim, recomenda-se durante o cuidado direto ao paciente o uso de produtos para higiene das mãos como sabões e antissépticos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Neste contexto ressalta-se a maior vulnerabilidade da pele dos profissionais as agressões química e física, em especial, no contexto do Covid 19, onde a frequência do uso de produtos como sabões e antissépticos e tempo de uso de EPIs se tornam maiores. Objetivo geral: Investigar os fatores associados ao desenvolvimento de lesões de pele em profissionais de saúde no contexto da COVID 19. Método: estudo amostral observacional do tipo caso controle. Serão participantes da pesquisa os profissionais de saúde envolvidos no atendimento a pessoas com COVID 19 no período da pandemia. Os dados de interesse serão obtidos mediante aplicação de um questionário, convertido para o formato online, através do Google forms. Para análise dos dados, será realizado teste de significância para verificar se ocorreu diferença significativa entre as proporções dos grupos, “casos” e “controle”. A razão de chance ou chance relativa (odds ratio) permite avaliar a grandeza do efeito por meio das observações de uma única amostra definida como o quociente entre a probabilidade de um determinado evento ocorrer e a probabilidade de não ocorrer. Quanto mais forte for a associação, maior será a possibilidade de haver relação causal entre o fator de exposição e a ocorrência de lesão de pele em profissionais de saúde. Todos os preceitos éticos serão contemplados.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Euzeneia Carlos do Nascimento

Ciências Humanas

Sociologia
  • movimentos sociais e políticas públicas: ativismos e políticas de direitos humanos no brasil contemporâneo
  • Este projeto busca compreender a relação entre movimentos sociais, políticas públicas e democracia no Brasil contemporâneo. Especificamente pretende investigar as consequências políticas dos movimentos sociais na produção de políticas públicas e no ativismo da sociedade civil, no contexto posterior ao Impeachment de 2016, período marcado por um processo de desinstitucionalização de práticas participativas e de políticas na área de Direitos Humanos, sobretudo nos setores de políticas para as mulheres, população LGBTQI e de inclusão racial. Ao longo das duas últimas décadas no Brasil, a abertura de oportunidades políticas por governos possibilitou que organizações de movimentos interagissem com a lógica burocrática do Estado e muitos ativistas passaram a ocupar cargos na burocracia estatal, produzindo consequências institucionais e influenciando as políticas públicas. Contudo, nos últimos anos, as mudanças contextuais marcadas por desdemocratização e desinstitucionalização dão indícios de transformação nas políticas influenciadas por movimentos e no ativismo da sociedade civil. Como o processo de desdemocratização em curso no país impulsionou, entre 2016 e 2022, transformações nos movimentos sociais, em termos organizacionais e biográficos, e nas suas consequências na produção de políticas públicas nos casos do movimento feminista, LGBTQI e do movimento negro. O projeto se baseia na metodologia de estudos de casos comparados, investigados por meio de dados documentais e entrevistas com ativistas e agentes governamentais, operacionalizada por desenho de pesquisa que combina os métodos qualitativo e quantitativo. O projeto busca contribuir para a agenda de pesquisa acerca dos resultados políticos da ação coletiva, no que concerne as consequências de movimentos sociais nas políticas públicas e no ativismo na área de Direitos Humanos, decorrentes em grande medida das interações socioestatais que envolvem atores governamentais e da sociedade civil.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 17/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Evaldo Mendonca Fleury Curado

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • inct de sistemas complexos
  • A área dos Sistemas Complexos tornou-se recentemente um tema de grande interesse interdisciplinar, levando a uma notável convergência de áreas tais como física, química, biologia, medicina, informática, economia, engenharias, ciências sociais, e outras. Estes sistemas são normalmente compostos por um grande número de elementos simples, interagindo entre si, podendo apresentar um comportamento coletivo complicado (genericamente não linear), bastante diferente do comportamento individual de suas unidades. O tipo de interação entre estes elementos desempenha um papel fundamental nestes sistemas, podendo se estender em escalas temporais e/ou espaciais de longo alcance, como acontece nos fractais, multifractais e outras estruturas hierárquicas. Como exemplo típico de um Sistema Complexo podemos mencionar o cérebro, cujo comportamento coletivo é bastante diferente daquele de um único neurônio; neste caso, as interações entre neurônios, desempenhadas pelas sinapses, são fundamentais para o rico comportamento do cérebro. O uso sistemático de dois pilares epistemológicos, ou seja, matemática e física estatística, caracteriza a área dos Sistemas Complexos. A matemática nos ensina que, na base de qualquer ciência quantitativa, o que encontramos são estruturas abstratas. A física estatística e sua teoria central, a mecânica estatística, nos ensinam que a compreensão profunda de fenômenos naturais, artificiais e sociais é frequentemente implementada operacionalmente (tanto na teoria quanto na prática) através das conexões entre as suas diversas escalas (microscópica, mesoscópica, macroscópica). A física estatística, com suas técnicas apropriadas para o estudo de sistemas de muitos corpos, tem se apresentado frequentemente como o arcabouço natural para a investigação dos Sistemas Complexos. O interesse recente nestes sistemas tem sido acompanhado pelo constante crescimento da potência computacional (como por exemplo, processadores mais velozes, memórias maiores e computação em paralelo e distribuída). Isto possibilitou investigar numericamente problemas complicados, cuja abordagem era praticamente impossível há algumas décadas atrás. Este interesse pode ser visto claramente em todo o mundo através da criação de centros científicos avançados de grande prestígio nesta área, como o Santa Fe Institute, New Mexico (USA), o Max-Planck-Institut fur Physik Complexer Systeme, Dresden (Germany), e o Istituto dei Sistemi Complessi (ISC), Rome (Italy). Aqui no Brasil, um grande passo nesta direção foi dado através da criação do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Sistemas Complexos (INCT-SC) em 2009, com sede no Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (Rio de Janeiro - RJ), o qual envolve pesquisadores de diferentes regiões do país; o projeto presente refere-se a uma continuidade deste empreendimento de sucesso. A seguir, faremos uma breve revisão de algumas contribuições do INCT-SC, iniciado em 2009. Do ponto de vista científico, notamos um aumento significativo no número de colaborações ocorrido após a criação do INCT-SC. Estas colaborações foram incentivadas pelo aporte de fundos para viagens entre diferentes cidades nas quais residem membros do INCT-SC. Além disto, o INCT-SC tem promovido reuniões anuais envolvendo todos os seus membros, onde resultados das pesquisas mais recentes são apresentados, levando também ao começo de novas colaborações entre membros. Hoje, mais de 300 publicações dos seus membros e colaboradores surgiram na literatura, nos quais aparece o nome INCT-SC explicitamente. O alto padrão científico dos seus membros pode ser constatado através do número total aproximado de mais de (acumulativo) 3 400 artigos publicados em revistas científicas, mais de 60 000 citações (Web of Science) envolvendo todos os membros e mais de 500 teses de mestrado e doutorado já orientadas. Também, durante o período 2009-2014, em torno de 60 teses foram concluídas sob a supervisão de membros do INCT-SC, resultando em aproximadamente 35 novos graus de mestres e 25 de doutores no país. Além das contribuições acima, várias iniciativas de divulgação científica abertas ao público foram desenvolvidas pelo INCT-SC, incluindo palestras em escolas, programas de TV e rádio. Dentre estes, podemos destacar o "Programa Fronteiras da Ciência", coordenado por um dos membros do INCT-SC, Jeferson J. Arenzon (UFRGS) (ver http://www.ufrgs.br/frontdaciencia/), transmitido para diversas rádios, incluindo Amparo FM (São Paulo) e Morabeza (Cabo Verde - Africa). O presente projeto, que pretende dar continuidade à iniciativa de sucesso do INCT-SC que começou em 2009, está focada basicamente em três temas fortemente inter-conectados, que serão descritos mais detalhadamente abaixo. É principalmente neste pontos específicos que o desempenho do grupo deve ser avaliado ao longo do período a que se refere o presente projeto. Estes temas são: (i) Complexidade em sistemas biológicos; (ii) Complexidade em sistemas econômicos e sociais; (iii) Complexidade em sistemas físicos e mecânica estatística não extensiva.
  • Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas - RJ - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Evandro Barbosa

Ciências Humanas

Filosofia
  • pandemia e relações morais: o papel das emoções no comportamento moral em tempos de covid-19.
  • Este projeto tem o objetivo de estabelecer o papel que a constituição fisiológica de mamíferos sociais, especialmente humanos, têm na expressão de emoções sociais básicas no contexto da pandemia do COVID-19. A relevância social das emoções para estas relações estabelecidas em pequenos grupos será investigada tanto em bases conceituais, como a partir de uma perspectiva empírico-experimental, com enfoque no papel dos movimentos expressivos possuem na comunicação de aprovação e censura social em canídeos e primatas sociais. Pesquisas recentes têm discutido como as condições extremas agem como gatilhos para certas emoções. O problema surge quando fenômenos como o de uma pandemia produzem condições extremas nas quais os nossos juízos morais são distorcidos por uma série de fatores (preconceitos, ansiedades e preocupação com seus próprios problemas), dificultando que nossa capacidade moral de agência se manifeste. Estas falhas morais somam-se aos limites de nossa condição natural (deficiência de conhecimento, raciocínio e juízo), dificultando nossas escolhas. No que toca ao estudo relativo às expressões emocionais, ele será realizado mediante a apresentação dos princípios gerais das emoções realizados por Darwin (2000) em combinação com as análises contemporâneas desenvolvidos pela psicologia experimental e biologia comportamental sobre o tema. Tomando-se como base o estudo sobre emoções básicas desenvolvido por Ekman (1999), serão desenvolvidos estudos para mapear os movimentos expressivos de mamíferos sociais com relação as emoções básicas. A hipótese é que, caso esses princípios sejam homólogos em diferentes espécies, isso agregará força à explicação evolucionista sobre a relação entre emoções e comportamento social, oferecendo uma chave de leitura empiricamente sólida para entender as relações de viscosidade social em núcleos familiares suscitada pelo contexto pandêmico.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 23/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Evandro Fernandes de Lima

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • caracterização do potencial de reservatórios vulcânicos para o armazenamento de co2 antropogênico
  • As crescentes taxas de emissão de CO2 antropogênico desde o início da Revolução Industrial resultaram em mudanças climáticas significativas no ecossistema global. A redução das emissões totais de CO2, como proposto pelo IPCC, é um passo importante para mitigar estas mudanças climáticas. A presente proposta busca caracterizar o potencial físico e químico das diferentes litofácies vulcânicas do Grupo Serra Geral como reservatórios de CO2 antropogênico através da carbonatação in-situ. Como metodologia serão utilizadas a análise e identificação de fácies vulcânicas a partir de dados petrofísicos em poços exploratórios (Bacia do Paraná e Bacia de Santos), correlação destes dados com análogos de campo e dados de petrofísica de laboratório (porosidade e permeabilidade) para a definição das características litológicas e definição de potenciais intervalos reservatórios. O mapeamento e correlação destas fácies fornecerá estimativas da extensão areal e volume das facies porosas, permitindo assim, avaliar a capacidade de armazenamento de CO2 nestes intervalos. Adicionalmente, após a caracterização petrofísica das diferentes litofácies (porosidade-permeabilidade), serão realizados ensaios de reatividade química em laboratório para estimar a capacidade de precipitação de CO2 na forma de carbonatos a partir de reações entre o gás injetado e a rocha hospedeira. Uma vantagem no uso das rochas ígneas para o armazenamento de CO2 é que estas litologias não necessitam de uma camada selante, uma vez que o CO2 injetado é potencialmente convertido para minerais de carbonato. O presente projeto representa um estudo inédito do potencial de uso de extensas sequências vulcânicas para o armazenamento de CO2 antropogênico em território brasileiro e a metodologia desenvolvida em rochas terrestres pode ser replicada para análogos das bacias da margem brasileira, expandindo dessa forma a sua aplicação e potencial.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Evandro Leite de Souza

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • lifepro: investigação integrada das funcionalidades fisiológicas de nova formulação nutracêutica composta por cepas de limosilactobacillus fermentum probióticas e polifenois
  • O reconhecimento da influência da modulação da microbiota intestinal (MI) no estabelecimento e na manutenção da saúde do hospedeiro tem impulsionado o interesse na investigação de cepas de microrganismos probióticos (PROB) e polifenois dietéticos (PD) com capacidade de influenciar positivamente a composição/diversidade e atividade metabólica do microbioma intestinal. Evidências têm indicado a ingestão combinada de PROB e PD como estratégia para melhorar mutuamente os seus efeitos positivos sobre a microbiota intestinal e promover benefícios à saúde do hospedeiro. Em estudo prévio do nosso grupo de pesquisa foi desenvolvida uma nova formulação nutracêutica contendo cepas de Limosilactobacillus fermentum (Lf) caracterizadas como PROB em combinação com os PD quercetina (QUE) e resveratrol (RES). Neste projeto, se propõem dar continuidade dos estudos sobre as funcionalidades fisiológicas desta formulação, aqui nominada LifePro, por meio da realização de experimentos in vitro e in vivo. Para isso, será produzida a formulação (LifePro) composta por cepas de Lf PROB, QUE e RES; avaliadas diferentes funções fisiológicas/metabólicas das células de Lf, conteúdo de QUE e RES e capacidade antioxidante na formulação durante digestão gastrointestinal simulada; avaliados os efeitos da formulação sobre a microbiota intestinal, conteúdo de QUE, RES e de seus metabólitos durante fermentação colônica in vitro; e investigados a segurança e efeitos da formulação sobre a microbiota e permeabilidade intestinal, parâmetros metabólicos/bioquímicos, inflamatórios, reatividade vascular e enzimas antioxidantes em modelo animal de aterosclerose. A execução do projeto possibilitará avanços na elucidação das propriedades funcionais da formulação LifePro, caracterizando-a como produto de elevado valor agregado e potencial de mercado elaborado com cepas de PROB de origem brasileira, além da obtenção de informações não disponíveis na literatura com a geração de produção intelectual qualificada.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Evandro Luiz Lopes

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • superando os efeitos do isolamento social: um estudo experimental com estímulos de marketing
  • O isolamento social causado pela pandemia decorrente da propagação da COVID-19 tem afetado a vida de milhões de pessoas ao redor do planeta. Além do grande impacto econômico, nas relações de trabalho, na vida de estudantes, na dinâmica das organizações públicas e privadas, o comportamento dos consumidores também tem sido fortemente alterado. Neste projeto, propõe-se a realização de um estudo causal, por meio de um conjunto de ensaios experimentais, que tem como objetivo principal analisar os efeitos do isolamento social no aumento do consumo de produtos alimentares indulgentes e, sobretudo, quais gatilhos podem ser utilizados para mitigar esses efeitos. Dois estudos experimentais de laboratório são propostos, com o intuito de analisar o fenômeno do comportamento de escolha de produtos indulgentes, ao mesmo tempo em que se busca identificar ações mercadológicas que podem melhorar o desempenho dos consumidores. O Estudo 1 terá como objetivo testar as hipóteses H1 e H2 (H1 – Indivíduos com alta [versus baixa] percepção de isolamento social farão escolhas mais [versus menos] indulgentes de consumo; H2 – A ansiedade modera positivamente a relação entre a percepção de isolamento social e as escolhas indulgentes de consumo). O Estudo 2 terá como objetivo testar a hipótese 3 (H3 – A autoeficácia do indivíduo mitigará a influência da ansiedade na relação entre isolamento social e o consumo indulgente), além de testar novamente as duas primeiras hipóteses propostas. Espera-se, por meio do estudo sugerido, entender o papel da ansiedade como gatilho para o consumo indulgente e, principalmente, confirmar o potenciar mitigador da autoeficácia na redução do consumo de alimentos indulgentes.
  • ASSOCIACAO ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING - RJ - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Evandro Paese

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • estudo paramétrico do processo de conformação eletromagnética: modelagem numérica acoplada, investigação experimental e otimização dos parâmetros do processo
  • O processo de conformação eletromagnética (EMF) é baseado em uma força repulsiva gerada por campos magnéticos opostos em condutores adjacentes, do qual pode-se obter altas taxas de deformação. Este tem sido estudado, mas a sua utilização na indústria Brasileira ainda não aconteceu, diferentemente de outros países que já vem utilizando esta tecnologia, principalmente onde os processos tradicionais falham. As principais vantagens na utilização deste processo são a alta taxa de deformação imposta ao componente, a qual melhora substancialmente a conformabilidade dos metais, possibilidade a produção de componentes que não podem ser obtidos por processos tradicionais ou ainda produzir componentes leves com materiais de difícil conformação como as ligas de alumínio e de magnésio. Além disso, em oposição aos sistemas convencionais, na conformação eletromagnética não há contato mecânico com a peça, não havendo necessidade de lubrificantes, sendo assim, um processo mais limpo ambientalmente. Entretanto, as principais limitações à utilização industrial desta tecnologia resultam do fato da conformação eletromagnética ainda possuir limitações no seu desenvolvimento, sendo que um estudo paramétrico visando a otimização do processo EMF pode contribuir com a disseminação desta tecnologia. Ainda mais a aplicação deste processo necessita de competências interdisciplinares para realização de análises de problemas eletro-magnético-mecânico acoplados. O objetivo do estudo paramétrico visa a utilização de técnicas estatísticas como projeto de experimentos (DOE), ANOVA (análise de variância) e RSM (metodologia de superfície de resposta), visando a otimização do processo EMF. É também proposto a modelagem numérica acoplada do processo EMF. Esta proposta pretende contribuir no entendimento científico e gerar subsídios tecnológicos para a otimização das aplicações industriais deste processo e fazer com que a aplicação deste processo no meio industrial possa avançar também no Brasil.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Evandro Piva

Ciências da Saúde

Odontologia
  • avaliação da estabilidade química e propriedades seletivas de materiais odontológicos como determinante do estabelecimento de prazo de validade e validação de protocolo shelf-life para materiais odontológicos poliméricos e biocerâmicos.
  • Dentre os materiais de uso odontológico, os materiais a base de resina e os materiais a base de MTA proporcionam uma vasta gama aplicações clinicas como materiais restauradores e reparadores que fazem dessas duas classes de materiais atualmente os mais versáteis para os diferentes segmentos da odontologia. A introdução de produtos novos ou modificados no mercado exige a garantia de que esses materiais podem ser armazenados por um período prolongado sem qualquer redução no desempenho que possa afetar a segurança e eficácia quando esses produtos são aplicados. Neste contexto, tem sido proposto conjuntos de diversos critérios químicos e físicos para determinar quais são e como medir os níveis aceitáveis de estabilidade destes materiais, no entanto, não existe nenhum padrão ou protocolo especialmente concebido para ajudar a determinar a vida útil estimada e a data de validade de materiais para uso em odontologia. Diante disso, o objetivo desta proposta é validar e estabelecer um protocolo de envelhecimento acelerado com fim de determinar o shelf-life e o prazo de validade de materiais odontológicos poliméricos e biocerâmicos, monitorando a estabilidade de diversas propriedades deles ao longo do tempo. A fim de validar um protocolo simplificado de envelhecimento acelerado diversos materiais odontológicos serão sometidos a diferentes protocolos de envelhecimento: envelhecimento em tempo real, envelhecimento acelerado com temperatura controlada e envelhecimento acelerado com temperatura e umidade controladas. Propriedades físico-químicas dos materiais como morfologia superficial, tamanho de partícula, resistência compressiva e tempo de presa serão avaliadas em materiais biocerâmicos em diferentes intervalos de tempo. Para o caso dos materiais poliméricos, propriedades tais como grau de conversão, resistência a flexão, alteração de cor e resistência de união serão analisados em diferentes intervalos de tempo. A análise dos resultados destes testes, permitirá, além de publicações e formação de recursos humanos, a elaboração de um guia para orientação do setor regulado para a realização de estudos de estabilidade em materiais odontológicos como forma adicional de socialização do conhecimento e impacto no sistema nacional de P,D&I.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Evandro Vagner Tambarussi

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • seleção genômica e associação genômica ampla em linhagens parcialmente endog micas como estratégia de obtenção de clones superiores de eucaliptos
  • Existem quase 7 milhões de hectares plantados com Eucalyptus no Brasil e que contribuem com a maior parte do 1,2% do PIB oriundo das florestas plantadas. O melhoramento genético é uma das principais ferramentas responsáveis pelo sucesso da silvicultura brasileira, no entanto, atualmente, as empresas públicas e privadas do setor florestal vem encontrando dificuldades em obter ganhos genéticos devido ao tipo de seleção realizada, bem como pela baixa intensidade de seleção praticada. Dessa forma, o objetivo desta pesquisa é avaliar, em um contexto quantitativo e molecular, o efeito da depressão endogâmica e heterose em uma população F2 de Eucalyptus spp. Avaliaremos 600 indivíduos oriundos de 20 genitores autofecundados de Eucalyptus, sendo 11 deles de Eucalyptus “urograndis”, 5 de Eucalyptus urophylla, 1 de Eucalyptus grandis e 3 de Eucalyptus spp. do programa de melhoramento da Suzano S.A. Os indivíduos serão genotipados utilizando Illumina BeadChip e serão mensurados os caracteres fenotípicos de crescimento, como o DAP e a altura, a qualidade da madeira aos três anos e a resistência à ferrugem. Com essa pesquisa, pretendemos i) examinar o padrão genômico da heterozigosidade e a presença de variantes recessivas; ii) detectar alelos potenciais pela análise de GWAS; iii) estimar a depressão por endogamia, heterose, efeitos aditivos e de dominância e iv) usar a seleção genômica para selecionar indivíduos para a serem utilizados na geração de obtenção de clones superiores em futuros cruzamentos dialélicos. Este estudo permitirá a análise do efeito genômico em parâmetros muito pouco estudados nos Eucalyptus, bem como será o pioneiro em aplicar a seleção genômica em uma população F2 de Eucalyptus. Ainda, com o presente projeto, temos a perspectiva de revitalizar a ideia de aplicar a utilização de linhagens parcialmente endogâmicas para a produção de híbrido simples, fato que já se mostrou como uma das principais e mais importantes técnicas de melhoramento nas alógamas.
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste - PR - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Evaristo Jorge Oliveira de Souza

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • blend de metabólitos secundários de plantas comumente encontradas na caatinga para produção de ovinos em ambiente semiárido
  • Apesar da grande disponibilidade de compostos bioativos presentes na maioria das plantas encontradas na Caatinga, são raros os estudos utilizando metabólitos secundários na dieta de ovinos. Apesar de promover melhorias na performance animal, a inclusão de ionóforos na dieta eleva os custos e é condenada por diversos grupos organizados de consumidores. Assim, a utilização de compostos bioativos na ração de ovinos torna-se uma alternativa. Desta forma, objetivou-se viabilizar o uso de blend de metabólitos secundários oriundos de plantas comumente encontradas na Caatinga na produção de ovinos mantidos em ambiente semiárido. A presente proposta será dividida em três experimentos. Experimento 1: Tem como objetivo identificar plantas encontradas na Caatinga produtoras de metabólitos secundários para elaboração do blend, quais compostos apresentam melhores resposta na produção de gás in vitro. Experimento 2: Será realizado um quadrado latino duplo 5 x 5 para encontrar, de acordo com os parâmetros de fermentação ruminal, o melhor blend que será utilizado no terceiro experimento. Os tratamentos serão compostos de três blends compostos de diferentes relações taninos:alcalóide (2:1; 1:1 e 1:2), bem como um ionóforo e um tratamento controle. O nível do blend na ração será de acordo com os resultados obtidos do ensaio da produção de gás in vitro (0,25, 0,5 ou até 1% em relação a MS). Experimento 3: De acordo com os dados obtidos no segundo experimento, será verificado o desempenho e qualidade da carne de ovinos mantidos em área de Caatinga suplementados com blend. Os tratamentos serão constituídos por dieta: sem suplementação, apenas pastejo em Caatinga, pastejo em Caatinga mais o blend de metabólitos secundários, pastejo em Caatinga e suplementação com volumoso e concentrado e pastejo em Caatinga, suplementação volumoso e concentrado mais blend de metabólitos secundários. Com os dados advindos desta pesquisa, espera-se obter informações sobre a aplicação de compostos bioativos.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Evelise Roman Corbalan Góis Freire

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • fluidodinâmica computacional aplicada na otimização de floculador hidráulico de fluxo vertical via software livre openfoam
  • Melhorar o desempenho das unidades de uma Estação de Tratamento de Água (ETA) é fundamental para aumento da eficiência de remoção de substâncias deletérias à saúde em todo processo e potabilização das águas de mananciais para distribuição à população atendida. O processo de floculação visa promover o choque entre as partículas coloidais, aumentando sua massa específica para remoção no decantador e clarificando a água para a filtração. O floculador hidráulico de fluxo vertical em placas paralelas perfuradas foi projetado pelo pesquisador mineiro Marcos R. Vianna na década de 1970, visando melhorar a eficiência do processo de floculação com espaço de instalação reduzido. Apesar de pouco estudado computacionalmente, estima-se que este equipamento esteja presente em mais de 200 ETAs em Minas Gerais. O tanque conta com duas configurações geométricas: cilindro e paralelepípedo. A eficiência do floculador depende da análise de parâmetros como os gradientes de velocidade, tempo de mistura, zonas mortas e curto-circuitos, envolvendo aumento de custos na análise de protótipos experimentais. No entanto, o funcionamento não otimizado dos equipamentos reduz a eficiência do processo de tratamento como um todo e, por consequência, prejudica a população atendida pela ETA. Neste contexto, objetiva-se analisar computacionalmente esses parâmetros usando recursos de fluidodinâmica computacional, mais especificamente, o ambiente livre OpenFOAM, de forma a propor melhorias de funcionamento menos invasivas, rápidas e de fácil execução. Além de aumentar a eficiência do equipamento, a análise computacional reduz os custos dos experimentos, aumentando a viabilidade das análises e reduzindo impactos ambientais. Os resultados das simulações serão validados por meio de medições experimentais na unidade de floculação da ETA da Universidade Federal de Lavras, que trata, em média, 7 L/s de água e é autônoma ao prover água tratada para a comunidade universitária, economizando R$ 6 milhões por ano.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 03/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Evelyn Aparecida Mecenero Sanchez

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • testando o 'boring million': contribuições micropaleontológicas das unidades pré-são francisco na bahia e minas gerais
  • A Era Mesoproterozoica abrange o período entre 1600 e 1000 milhões de anos antes do presente e marca um importante momento evolutivo do Sistema Terra. Estudos disponíveis apontam que, ao mesmo tempo que a biosfera registrava inovações evolutivas chaves na diversificação dos eucariontes, o planeta experimentava uma relativa estagnação tectônica com a drástica diminuição da dinâmica terrestre. O termo 'boring billion' tem sido utilizado para descrever esta fase de estagnação, cuja natureza e mecanismos controladores continuam controversos, especialmente, considerando o nítido contraste entre o registro paleontológico e as inovações evolutivas atribuídas a este intervalo de tempo. Grande parte de limitações desta natureza reside na escassez de registros rochosos completos e preservados, bem como estudos micropaleontológicos. Esta proposta de pesquisa tem como objeto de estudo o conteúdo micropaleontológico de rochas sedimentares mesoproterozoicas dos grupos Conselheiro Mata e Chapada Diamantina, expostas em Minas Gerais e Bahia, respectivamente. Tais sucessões constituem registro único em termos de preservação e idade, além de disporem de um amplo acervo de dados tectônicos e estratigráficos de detalhe. Portanto, seu estudo permitirá avanços no entendimento da evolução da biosfera no Mesoproterozoico e sua conexão com os principais processos geológicos registrados pelas sucessões estudadas. Combinados, os resultados contribuirão para o teste, sob a perspectiva paleontológica, do chamado ‘boring billion’. Para tal, a pesquisa pretende identificar de forma detalhada os microfósseis preservados em pelitos, sua morfologia, diversidade e conexão com a arquitetura estratigráfica e demais elementos geológicos. Será conduzida a partir da seleção e coleta criteriosa de amostras, análise petrográfica e petrológica, geoquímica elementar e isotópica, análise micropaleontologica e análise paleoambiental integrando com dados tectono-estratigráficos e geomorfológicos.
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Evelyn de Almeida Orlando

Ciências Humanas

Educação
  • educação, gênero e religião: circulação, representação, formação e práticas femininas em cenário religioso e educativo
  • A presente proposta apresenta um Projeto Integrado de Pesquisa realizado em articulação por pesquisadores de cinco universidades: Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Universidade Federal do Recôncavo Baiano, Universidade Federal de Sergipe, Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Universidade de Lisboa. Circunscrito ao campo da História da Educação, o projeto tematiza a relação entre “Educação, Gênero e Religião”, e se desdobra em múltiplos caminhos teóricos e metodológicos que buscam analisar as desdobramentos sociais, culturais, educacionais e políticos de práticas religiosas das mulheres em diferentes contextos regionais e da própria confissão religiosa, a partir de três principais eixos de análise: instituições, sujeitos e práticas educativas. A educação é compreendida aqui em seu sentido mais amplo. Não apenas os processos de educação formal, mas, sobretudo, os processos de educação não formal serão considerados, pelo sentido formativo que possuem e pela força que representam na constituição dos sujeitos. Nossa hipótese é de que os múltiplos caminhos trilhados e as diversas práticas empreendidas nessa direção expressam uma participação efetiva de mulheres na organização da sociedade e na formação dos sujeitos, como produtoras e mediadoras culturais que, por meio da religião (especialmente, as cristãs), encontraram uma via legítima de ocupação do espaço público. O principal problema norteador dessa pesquisa abre discussões sobre como e por quais caminhos as mulheres participaram na (re)produção de uma cultura religiosa no Brasil e em Portugal. Permite, ainda, indagar sobre possíveis impactos desse papel para a construção de sua identidade e as repercussões que tal exercício teriam desempenhado em sua constituição como sujeitos históricos. Para tanto, consideramos desde sua formação até as suas táticas de produção e de circulação de um conjunto de habitus que configuram uma das principais bases de organização da sociedade que é a cultura.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Evelyn Goyannes Dill Orrico

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • impacto da ciência de alimentos na bioeconomia: valorização de resíduos agroindustriais e alimentos não convencionais para obtenção de compostos bioativos e de interesse biotecnológico
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 08/01/2020-08/01/2025
Foto de perfil

Everaldo Barreiros de Souza

Outra

Ciências Ambientais
  • vulnerabilidade socioambiental e análise integrada de risco aos extremos climáticos nos municípios amazônicos: cenários futuros cmip5/cmip6
  • No contexto das temáticas científicas de aquecimento global/mudanças climáticas e transformações do bioma natural decorrente das atividades antrópicas de uso da terra, os fenômenos climáticos extremos se destacam pelas suas ameaças naturais à sociedade e aos ecossistemas. Na Amazônia, tais extremos associam-se primordialmente aos eventos anômalos de precipitação que deflagram enchentes e secas, os quais impactam direta ou indiretamente os diversos setores da sociedade, sendo que os efeitos e consequências tendem a ser mais graves nos locais com maior vulnerabilidade socioambiental. Diante dessa problemática atual das ciências ambientais, apresenta-se neste projeto uma abordagem interdisciplinar acerca da vulnerabilidade (abrangendo as dimensões de suscetibilidade, capacidade de adaptação e de resposta) combinada com o fator exposição dos extremos climáticos (representados pelos eventos extremos de precipitação), visando ao final estabelecer um diagnóstico integrado do risco socioambiental/climático ao longo do território Amazônico. A escala de análise ou setor estratégico é municipal e a metodologia objetiva baseada em indicadores de diferentes naturezas serão aplicados nos municípios dos estados que compõem a Amazônia Legal Brasileira. Posteriormente, gerar-se-á o mapeamento (espacialização dos resultados da base municipal) do Índice de risco socioambiental/climático (IRISC) sobre a Amazônia obtido em função do Índice de extremos climáticos (IEXTCLI) e do Índice de vulnerabilidade socioambiental (IVSA), todos classificados em três categorias (baixo, médio e alto). O IEXTCLI considera a frequência dos extremos chuvosos e secos extraídos de diferentes bases de dados (estações in situ e estimativas de satélites) do clima presente (últimos dois períodos de 20 anos, 1980/1999 e 2000/2019) e do clima futuro (próximos dois períodos de 20 anos, 2021/2040 e 2041/2060) provenientes das simulações globais das bases do CMIP5 (5º Relatório do IPCC 2013) e mais recentemente do CMIP6 (6º Relatório do IPCC a ser publicado em 2021/22). Não obstante, também serão incluídos nos cálculos do IEXTCLI os resultados do dowscaling dinâmico em alta resolução sobre o domínio da Amazônia a ser realizado com o modelo regional RegCM4 aninhado as condições de contorno fornecidas por alguns dos modelos globais do CMIP5 e CMIP6. Os resultados esperados da análise integrada da vulnerabilidade socioambiental e o grau de exposição dos extremos climáticos considerando a escala municipal é apropriada para a geração de conhecimento científico que possa contribuir para as questões de sustentabilidade e desenvolvimento regional da Amazônia, bem como fornecer informações potencialmente úteis nas ações de políticas públicas de adaptação e mitigação frente aos cenários climáticos futuros.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 15/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Everaldo Marcelo Souza da Costa

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • valores sociais de produtos tecnológicos realmente novos
  • Devido ao crescimento do consumo de produtos realmente novos (RNPs), motivado pela necessidade de apresentação dos consumidores com vistas à manutenção e/ou ampliação de sua rede social, esse projeto tem como objetivo avaliar o efeito de características sociais (prestígio e conspicuidade) de dispositivos tecnológicos inovadores, na atratividade desse tipo de produto quando motivados pelo materialismo dos consumidores. O desenvolvimento metodológico se dará em duas etapas; sendo a primeira qualitativa, com o uso da Netnografia como principal método de coleta e análise de dados; e a segunda etapa, de caráter quantitativo, com o uso da modelagem de equações estruturais com a técnica Partial least squares (PLS), para verificação dos efeitos das características sociais da inovação à geração de intenção de consumo. Os estudos fornecerão aos gestores e desenvolvedores de RNPs tecnológicos, ideias sobre como a conspicuidade e o prestígio das características funcionais podem ser usados para fortalecer a intenção de compra em termos de estratégias de desenvolvimento de produtos e promoções. O valor social percebido pelos consumidores de RNPs fornece orientações sobre como usar as características conspícuas do produto e as características funcionais geradoras de admiração e deferência em campanhas promocionais. Apesar de já existir uma rica literatura sobre valor social, apenas um número limitado de estudos pesquisou as características sociais de produtos realmente novos (RNPs) tecnológicos e como essas características podem ser determinantes na intenção de consumo e consequente sucesso do produto. Esta pesquisa expande o conhecimento na área, fornecendo novas ideias sobre a influência das características sociais da inovação na busca por valor social dos consumidores quando os mesmos têm necessidades de consumo materialista.
  • Fundação Instituto para o Desenvolvimento da Amazônia - PA - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Everton Castelão Tetila

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • aplicações de visão computacional e aprendizagem de máquina para detecção de insetos-praga, doenças e plantas daninhas na cultura da soja e do milho
  • A soja e o milho são duas culturas agrícolas com bom perfil nutricional e importante respaldo econômico para a indústria alimentícia. No entanto, ambas culturas estão sujeitas a ataques bióticos de pragas, doenças e plantas daninhas, podendo ocasionar a depreciação do produto final. Métodos de amostragem manuais, como pano-de-batida, rede-de-varredura, exame visual de plantas e exame de amostras de solo têm sido utilizados no Manejo Integrado de Pragas (MIP), Doenças (MID) e Plantas Daninhas (MIPD) e seus danos na cultura. Os resultados indicam que o manejo integrado pode reduzir os custos de produção ao diminuir o número médio de aplicações por pulverização, contribuindo com o equilíbrio ecológico e a preservação do meio ambiente. Por outro lado, inspeções regulares no campo são difíceis de serem realizadas com o MIP/MID/MIPD quando se tem grandes áreas de cultivo. Para superar essas questões, há uma motivação crescente ao uso de VANT na agricultura. Eles são capazes de sobrevoar uma plantação a poucos metros de altura com câmeras de alta resolução espacial para capturar imagens RGB em alta definição, o que torna possível desenvolver aplicações de visão computacional para detectar diferentes problemas no campo. Particularmente, estamos interessados em utilizar métodos de detecção de última geração (YOLOv5 e Faster R-CNN), capazes em detectar espécies de plantas daninhas, doenças e insetos-pragas presentes na cultura da soja e do milho. Com base nos resultados gerados pela detecção, os insumos podem ser aplicados em taxas variáveis nos pontos localizados com problemas, com o uso de arquivos de dados geoespaciais construídos na forma de mapas de recomendação de aplicação (shapefile), exportados para o maquinário agrícola que utiliza automação baseada em GPS. As tecnologias disponíveis indicam que há potencial para gerar sistemas de recomendação de aplicação de insumos de forma mais eficiente, com alta probabilidade de retorno econômico e baixo impacto ambiental.
  • Universidade Federal da Grande Dourados - MS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ezequiel Roberto Zorzal

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • realidade virtual aplicada ao ensino e treinamento médico sobre pé diabético
  • O Pé Diabético é uma das complicações mais comuns do Diabetes Mellitus e a principal causa não traumática de amputações de membros inferiores no Brasil. Estas complicações são evitáveis mediante diagnóstico precoce e atendimento oportuno. No entanto, mesmo em um contexto de ampliação do atendimento básico em saúde, este problema segue aumentando, o que sugere uma lacuna na capacitação dos profissionais da atenção básica em saúde no que tange ao diagnóstico e tratamento do Pé Diabético. Este projeto propõe o desenvolvimento de um simulador com Realidade Virtual para o treinamento dos estudantes e profissionais da atenção básica em saúde, visando colaborar no preenchimento desta lacuna. A aplicação será desenvolvida usando a game engine Unity, otimizada para a plataforma Oculus Quest e contará com elementos de gamificação para aumentar o engajamento dos usuários. O contexto de um atendimento médico em atenção básica será simulado com uma variedade de casos clínicos, incluindo diversos pacientes virtuais com diferentes estágios relacionados ao Pé Diabético, buscando prover uma gama de experiências verossímeis e distintas aos potenciais usuários. Pretendemos verificar a usabilidade, eficácia e quaisquer efeitos colaterais (cybersickness). A intenção é realizar estudos de campo com alunos e profissionais qualificados para identificar os principais benefícios e obstáculos à aplicação da tecnologia.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiana Andrade Machado

Ciências da Saúde

Educação Física
  • potência pico ou crítica: qual é o melhor preditor de desempenho em prova contrarrelógio de 20 km? uma proposta para a prescrição de treinamento em ciclistas de endurance recreacionais
  • Potência pico (Ppico) e potência crítica (PC) são variáveis aeróbias associadas à modalidade de ciclismo, utilizadas para avaliação, prescrição e monitoramento do treinamento de endurance e apresentam poder de predição para essas provas. No entanto, até o presente momento, não foram encontrados estudos que tenham associado essas duas variáveis, Ppico e PC no ciclismo, determinadas em rolo de treinamento smart interativo com provas contrarrelógio de 20 km em ciclistas de endurance recreacionais. Sendo assim, o objetivo será: i) comparar os efeitos de 12 semanas de treinamento de endurance sistematizado prescrito pela Ppico e seu tempo limite (tlim) com o treinamento prescrito pela PC determinadas em rolo de treinamento smart sobre variáveis fisiológicas, perceptuais e de desempenho e ii) correlacionar a Ppico e PC, com a prova contrarrelógio de 20 km em ciclistas recreacionais. A hipótese é que a Ppico apresenta maior correlação e poder de predição com o desempenho desta prova, sendo mais efetiva para a prescrição do treinamento comparada à PC, visto que a Ppico é uma intensidade determinada em teste de esforço máximo associada à IV̇O2máx e V̇O2máx e a PC é uma intensidade estimada. Serão 12 semanas de treinamento e 5 avaliações pré e pós-treinamento. Após as avaliações os cliclistas serão divididos em 2 grupos: GPP – treino pela Ppico e tlim e GPC – treino pela PC. As avaliações serão realizadas na bicicleta do participante usando rolo smart interativo. As relações entre as variáveis com a prova contrarrelógio de 20 km serão demonstradas pelo coeficiente de correlação de Pearson e erro padrão da estimativa. Modelos de regressão linear simples serão ajustados para estabelecer relação entre cada variável com a prova contrarrelógio de 20 km; Anova mista de medidas repetidas para comparar diferenças entre os testes e a prova contrarrelógio de 20 km, e comparação intra e intergrupos entre os momentos. Será calculado tamanho do efeito, com nível de significânci
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Cristina Frigieri de Vitta

Ciências Humanas

Educação
  • formação inicial de professores para a educação de bebês: percepção dos docentes nos cursos de pedagogia
  • Embora a promulgação da Base Nacional Comum Curricular tenha ocorrido no final de 2017, alterações nos currículos dos cursos responsáveis pela formação de profissionais para o atendimento aos bebês ainda estão em estudo, mas são desejáveis e necessárias. É importante que profissionais das diversas áreas que atuam com desenvolvimento e aprendizagem da criança nessa faixa etária possam contribuir para essa formação. A formação do professor para esta faixa etária deve contemplar a discussão do desenvolvimento infantil e as formas de promovê-lo, envolvendo as atividades da rotina de cuidados e o brincar. O objetivo do presente estudo será analisar e discutir a formação para o uso de atividades – de vida diária (AVD - higiene, alimentação e vestuário), com brinquedos, equipamentos de playground e música - na atuação educacional junto a bebês a partir da visão de docentes dos cursos de pedagogia da Unesp. Será realizado um estudo observacional, analítico e prospectivo com os docentes dos cursos de pedagogia da Universidade Estadual Paulista (campi de Araraquara, Rio Claro, Bauru, Marília, Presidente Prudente, São José do Rio Preto) que aceitarem e assinarem o termo de consentimento livre e esclarecido. A coleta de dados será com docentes responsáveis por disciplinas relacionadas à educação do bebê: questionário, seguindo roteiro semelhante ao dos graduandos e entrevista para aprofundamento dos temas. Após a organização dos dados, serão utilizadas análises descritivas e de conteúdo para cada etapa, com auxílio do software Atlas.ti. Por fim, os resultados dos dois instrumentos serão confrontados, permitindo ampliar o quadro relacionado à formação inicial do professor para atender a bebês na educação infantil. Este projeto acrescentará conhecimento na área de Educação, especificamente para a formação de professores e organização das práticas pedagógicas, com a colaboração da Terapia Ocupacional, que auxiliará no aprimoramento de uma educação de qualidade.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana de Souza Orlandi

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • covid-19, saúde mental e qualidade de vida: adaptação e validação de instrumentos para uso no brasil
  • A pandemia COVID-19 é uma grande crise de saúde que mudou a vida de milhões de pessoas em todo o mundo. Estudos confirmam que o surto de COVID-19 e o distanciamento social tiveram um alto impacto na saúde mental e qualidade de vida (QV) da população mundial. Neste contexto, a disponibilização de instrumentos de medida associados à esta relevante temática é imprescindível, tanto para prática clínica, quanto para pesquisa. Sendo assim, esta proposta almeja disponibilizar três instrumentos para uso no Brasil, sendo um específico para avaliação de comportamentos de proteção contra COVID-19 (Protective Behaviors towards COVID-19 Scale - PBCS), um questionário sobre experiências relacionadas ao coronavírus (Coronavirus Experiences Questionnaire - CEQ) e uma escala de avaliação do impacto da COVID-19 na qualidade de vida (COVID-19–Impact on Quality of Life - COV19-QoL), que aborda as principais áreas da QV em relação à saúde mental. Para tanto, almeja-se traduzir, adaptar e validar o PBCS, o CEQ e a COV19-QoL para amplo uso no Brasil. Trata-se de um estudo metodológico, que seguirá as etapas preconizadas por Beaton et al. (2000), que são: tradução, síntese das traduções, retrotradução, avaliação por comitê de especialistas, pré teste (n=40 participantes), apresentação e avaliação dos relatórios do processo de adaptação cultural e avaliação das propriedades psicométricas dos instrumentos. A validação será realizada com 300 participantes como recomenda literatura, aplicando-se instrumento de caracterização, o PBCS, o CEQ e a COV19-QoL (adaptados), a Escala de depressão, ansiedade e estresse (DASS-21) e a Escala de Desejabilidade Social de Marlowe Crowne e o instrumento de QV SF-36. Além disso, espera-se testar as propriedades psicométricas da versão brasileira dos instrumentos com profissionais de saúde e estudantes universitários de diferentes áreas. E também almeja-se criar aplicativos com as versões brasileiras do PBCS, do CEQ e da COV19-QoL.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Generoso de Izaga

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • painel maré de potências: cartografias em rede para inclusão e sustentabilidade
  • Painel Maré de Potências é um dispositivo inovador de tecnologia da informação no formato de dashboard que reunirá dados e informações sobre temáticas relevantes – potências – do conjunto de favelas da Maré (130 mil hab.), no Rio de Janeiro. A plataforma digital associará produtos de ações interdisciplinares iniciadas em 2019 e os da parceria constituída na UFRJ entre integrantes do Lab. de Estudos e Pesquisas em Cidades (LEC) do Programa de Pós-Graduação em Urbanismo (PROURB-FAU) e os professores e discentes de três outras instituições de ensino e pesquisa colaboradoras, numa ação conjunta com o Observatório de Favelas, destacada organização da sociedade civil, com sede na Maré. Busca contribuir para a construção articulada de processos de inovação social e tecnológica aliados à produção consistente de conhecimento e pesquisa sobre territórios populares historicamente invisibilizados. Há considerável número de estudos e pesquisas sobre áreas vulneráveis. No caso da Maré, encontra-se vasta produção intelectual oriunda tanto de instituições locais, bem como do ambiente acadêmico, mas que carecem de espaço de sistematização e atualização. Em termos metodológicos, as temáticas inicialmente abordadas organizam-se em três eixos, que interconectam campos disciplinares: Evolução Urbana e Cultura Política; Espaço Público e Práticas Culturais; Mobilidade Urbana e Sustentabilidade. A reunião e consolidação de pesquisas interdisciplinares, desenvolvidas por professores e discentes de graduação e pós-graduação oriundos de diferentes áreas do saber, resulta em ações em rede que buscam criar um amplo conjunto de dados territoriais antigos e recentes, construindo um corpo de saberes sobre a Maré. O Painel Maré consolidará conhecimento inédito sobre o território e disponibilizará os resultados através de ferramentas complexas de análise de dados, a fim de contribuir para ações públicas e privadas orientadas para a superação das desigualdades no Rio de Janeiro.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Kömmling Seixas

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • plataforma de bcg auxotrófico recombinante aplicada a saúde humana e animal
  • Mycobacterium bovis BCG é mundialmente usada contra tuberculose (TB) e como um dos tratamentos para câncer de bexiga e melanoma metastático. Esta vacina induz resposta humoral e celular e apresenta efeito protetor heterólogo contra doenças não relacionadas, além de possuir vantagens como potencial adjuvante, estabilidade a temperatura ambiente e baixo custo de produção. Por isso, estudos tem explorado a construção e uso de cepas recombinantes de BCG (rBCG) expressando antígenos heterólogos como vetor vacinal, com possibilidade de licenciamento para uso humano e animal, devido ao seu comprovado e seguro histórico de uso há mais de 100 anos. Nosso grupo tem trabalhado há mais de duas décadas na construção de rBCG aplicada à saúde humana e animal, com uma série de teses, artigos e patentes publicados junto ao PPGB/UFPel. Desenvolvemos uma cepa de M. bovis BCG ΔleuD auxotrófica para leucina. A inserção de um plasmídeo com o gene deletado complementa a mutação, mantendo a pressão seletiva in vivo sem empregar gene de resistência a antibiótico, contribuindo para maior estabilidade e segurança das cepas. Ainda, construímos uma série de plasmídeos que se replicam e expressam antígenos em BCG, usando uma estratégia de clonagem nomeada Biobricks, padronizando a clonagem de sequências em micobactéria. Assim, este projeto visa desenvolver e caracterizar vetores Biobricks para construir cepas de rBCG auxotróficas para leucina e avaliar o potencial destas cepas como plataforma para expressar antígenos bacterianos (Corynebacterium pseudotuberculosis), virais (SARS-CoV-2), parasitários (Trypanossoma cruzi) e como imunoterapêuticos para melanoma humano e canino, visando atender a demanda por vacinas e terapias mais eficazes para essas doenças de impacto à saúde humana e animal. Por fim, pretendemos caracterizar o perfil de resposta imune induzida por estas cepas in vivo, em animais imunizados com as vacinas recombinantes, e in vitro, em contato com células tumorais em cultivo.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 06/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Magalhães Teixeira Mendes

Ciências da Saúde

Nutrição
  • laboratórios em nanotecnologias – sisnano para o cenano
  • O INT é uma unidade de pesquisa integrante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC) e coloca o tema nanotecnologia como portador de futuro, integrando o plano diretor institucional. A nanotecnologia é tema de grande importância para o Instituto Nacional de Tecnologia, que há muito realiza iniciativas buscando consolidar ações na área. Tais ações possibilitaram a criação do centro de caracterização em nanotecnologia para materiais e catálise (CENANO). Os projetos de desenvolvimento e inovação na esfera deste laboratório possuem ação transversal e atendem às demandas estratégicas do país elencando entre seus temas prioritários aplicações na área de saúde, meio ambiente e energia (tradicionais e renováveis). As principais competências do INT em nanotecnologia são síntese, processamento e caracterização de nanopartículas e nanoestruturas. Neste contexto, destacam-se as áreas de Catálise e Processos Químicos (DCAP), Processamento e Caracterização de Materiais (DPCM), Corrosão e Degradação (DCOR) e de Ensaios de Materiais e Produtos (DEMP), que desde 2001 uniram esforços para implantar e consolidar o capital intelectual e a infraestrutura necessários ao desenvolvimento da nanotecnologia no INT. O CENANO visa atender as demandas de diversos setores, como órgãos governamentais, instituições de ensino e empresas privadas e estatais, atuando assim como instrumento de apoio às políticas governamentais e contribui para o avanço tecnológico do país. Além das pesquisas em nanotecnologia, o CENANO também corrobora com estudos (fora da dimensão nano) envolvendo biocombustíveis, ensaios de corrosão, e outros dedicados às demandas dos setores industriais. As principais competências do INT em nanotecnologia são síntese, processamento e caracterização de nanoestruturas. Na área de materiais há projetos relacionados à síntese e modificação química de nanopartículas, nanoencapsulamento de fármacos e suplementos alimentares, processamento de nanocompósitos e nanobiocompósitos poliméricos, desenvolvimento de nanoporosidade em superfícies de titânio, revestimento superficial de titânio com nanohidroxiapatita, síntese de membranas de nanofiltração e biocidas para remoção de microrganismos, entre outros. A área de catálise atua extensivamente no desenvolvimento de catalisadores com estruturas bem definidas em escala nanométrica. Sendo assim, é extremamente importante estudar a superfície dos materiais, a interação eletrônica da superfície e interfaces, morfologia, estrutura e a correlação destas com a reatividade e as modificações ocorridas nos processos de síntese e aplicação das nanoestruturas. Dentro das diversas atividades de pesquisa destacam-se dois temas: (i) Nanotecnologia aplicada à saúde e meio ambiente e (ii) Nanotecnologia aplicada à Energia. Neste escopo, podemos citar de forma resumida alguns projetos em andamento:
  • Instituto Nacional de Tecnologia - RJ - Brasil
  • 18/12/2019-31/12/2023
Foto de perfil

Fabiana Marion Spengler

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • ontem, hoje e amanhã: cartografia das políticas públicas brasileiras auto e heterocompositivas de acesso à justiça.
  • O Poder Judiciário não vem conseguindo oferecer respostas adequadas ao atual e complexo contingente conflitivo. Este cenário se agravou diante da situação de pandemia mundial (infecção por coronavírus – COVID19). Há cerca de uma década começaram a ser criadas resoluções e promulgadas leis instituindo e alterando políticas públicas autocompositivas (mediação, conciliação) e heterocompositivas (jurisdição estatal/não estatal e arbitragem) de solução de conflitos objetivando, dentre outras coisas, fortalecer e aprimorar o acesso à justiça previsto na Constituição Federal brasileira. Diante deste cenário, o projeto aqui proposto pretende a analisar a cartografia das políticas públicas brasileiras de acesso à justiça, especialmente no pós pandemia. Pretende-se responder ao seguinte problema de pesquisa: quais são as atuais políticas públicas (auto/heterocompositivas) de acesso à justiça, de que modo sua implementação e execução vêm sendo desempenhadas e quais são as perspectivas que se apresentam no pós pandemia, considerando a última década, no Brasil? A importância do tema de pesquisa proposto se justifica considerando que o acesso à justiça é um direito humano que garante o acesso a outros direitos, tais como o direito à vida, à liberdade e à dignidade. Estes direitos tornaram-se mais passíveis de violação no período pandêmico, mostrando-se ainda mais importante acessar à justiça como caminho para garanti-los. Assim, a hipótese trabalhada indica que o acesso à justiça brasileiro apresenta evolução, especialmente nos últimos 10 anos, com a inclusão/fomento de políticas públicas autocompositivas e heterocompositivas, especialmente implementadas e praticadas em plataformas virtuais no período (pós)pandêmico. A plausibilidade dessa hipótese está especialmente consolidada na legislação e na prática do sistema de justiça mundial (notadamente Itália e Espanha). O método de abordagem utilizado é dedutivo,de procedimento monográfico, a técnica de pesquisa monográfica.
  • Universidade de Santa Cruz do Sul - RS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiana Pilarski

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • identificação e diagnóstico automático de parasitoses em peixes de produção utilizando machine learning
  • A produção mundial de peixes tem sido crescente nas últimas décadas e este desenvolvimento tem sido impulsionado por uma combinação do crescimento populacional, aumento da renda, urbanização e forte expansão da produção de peixes. Todavia, juntamente com o desenvolvimento da piscicultura, há uma crescente preocupação com a questão sanitária, em que a atividade vem enfrentando entraves na produção e comercialização, por problemas com doenças, principalmente parasitos, que causam impacto negativo no desempenho produtivo e elevada taxa de mortalidade, além de propiciarem a colonização bacteriana. Portanto, a identificação de parasitos que acometem peixes é fundamental para tomada de decisão do gestor da produção, no entanto, para uma correta identificação exige-se um treinamento técnico longo e constante, no qual a maior parte dos empreendimentos não possuem, assim, o uso de sistemas robóticos na aquicultura têm gerado fazendas mais lucrativas e ecologicamente corretas. Estas novas tecnologias estão melhorando a avaliação da saúde e desempenho dos organismos aquáticos, permitindo que sistemas maiores e mais remotos tenham maior controle, eficiência e segurança da atividade aquícola. Dentre os desafios para o desenvolvimento desta tecnologia, estão a falta de um banco de dados robusto com imagens de qualidade dos parasitos e doenças em organismos aquáticos para treinar e desenvolver algoritmos. Assim, este projeto tem como objetivo desenvolver um banco de dados (Bigdata) com imagens dos principais parasitos que acometem os peixes de água doce (Argulus sp., Dolops sp., Epistylis sp., Ichthyophthirius sp., Lernaea sp., monogenéticos, Perulernaea sp., Piscinoodinium sp., tricodinídeos, tripanossomas e Neoechinorhynchus sp.) em pisciculturas comerciais no Brasil e utilizar a inteligência artificial (machine learning) para desenvolver algoritmos que auxiliem no diagnóstico automático destas doenças.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiana Quoos Mayer

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • caracterização da microbiota bacteriana e viral associada à tuberculose bovina
  • A tuberculose bovina é uma zoonose endêmica no Brasil, causada principalmente por Mycobacterium bovis. A doença é responsável por prejuízos econômicos ao setor pecuário e também por riscos de saúde pública relacionados à potencial transmissão do patógeno a humanos. A imunidade do hospedeiro desempenha um papel importante na susceptibilidade e patogênese da tuberculose. Por sua vez, a resposta imunológica à tuberculose é complexa e pode ser influenciada pela microbiota do hospedeiro. Assim, estudos prévios mostram que a composição e diversidade da microbiota intestinal podem influenciar na susceptibilidade e gravidade de doenças respiratórias em humanos, incluindo a tuberculose. Estudos também mostram que a microbiota das vias aéreas pode ser alterada no contexto de doenças respiratórias. Ainda, as alterações na microbiota relacionadas à infecção podem ser usadas como biomarcadores de status e progressão de doenças. Em bovinos, no entanto, o potencial impacto da microbiota intestinal e respiratória para o desenvolvimento da tuberculose é pouco conhecido. Assim, este projeto propõe investigar a composição e diversidade da microbiota bacteriana e viral, bem como a potencial associação à ocorrência de tuberculose em bovinos. Para isso, será realizado um estudo caso-controle no qual serão avaliados animais com e sem tuberculose, amostrados durante o abate. Será aplicado sequenciamento de alto desempenho e ferramentas de bioinformática para análise da microbiota bacteriana intestinal, pulmonar e do tecido linfático dos animais. Além disso, será também avaliado o viroma destes mesmos órgãos, por meio de uma abordagem metagenômica, possibilitando aprofundar a identificação dos vírus circulantes em bovinos, associados ou não à tuberculose. Espera-se que os resultados do estudo ajudem a elucidar a patogênese da tuberculose bovina e ampliar o conhecimento acerca da microbiota de bovinos.
  • Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação/RS - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Rossi Varallo

Ciências da Saúde

Farmácia
  • avaliação do impacto do cuidado farmacêutico em indivíduos com epilepsia farmacorresistente: modelagem farmacocinética/farmacodinâmica para a monitorização terapêutica baseada em amostras de saliva
  • O tratamento da epilepsia farmacorresistente é empírico, devido a ausência de diretrizes clínicas com evidências robustas para o manejo desta enfermidade. Por isso, recomenda-se a monitorização terapêutica (MT) de fármacos antiepilépticos (FAE) para aqueles em politerapia que não obtiveram o controle das crises epilépticas, que possuam risco de intoxicação, reações adversas e interações medicamentosas com desfechos clinicamente relevantes. O sangue é a matriz biológica mais comum para o doseamento sérico de FAE, mas por ser um procedimento invasivo, diminui a adesão do paciente. Evidências sugerem que a MT em saliva é viável para alguns FAE. Por isso, o estudo visa responder se a modelagem farmacocinética (PK)/farmacodinâmica (PD) e a MT de ácido valpróico, carbamazepina, fenitoína, fenobarbital, lamotrigina, levetiracetam e topiramato com o uso da saliva de indivíduos com epilepsia farmacorresistente contribui para a identificação, prevenção e resolução de problemas relacionados à farmacoterapia; e se há correlação das concentrações destes FAE nas matrizes biológicas estudadas (sangue e saliva). Para tanto, será conduzido um ensaio clínico não randomizado de braço único no Ambulatório de Epilepsia de Difícil Controle (AEDC) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, com a finalidade de avaliar o impacto do cuidado farmacêutico na individualização da farmacoterapia, efetividade, segurança e adesão ao tratamento, com o auxílio da modelagem e simulação farmacocinética/farmacodinâmica populacional dos FAE na saliva como ferramentas para a coleta de dados objetivos durante a anamnese farmacêutica.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiana Schneck

Ciências Biológicas

Ecologia
  • respostas tardias de comunidades aquáticas ao histórico de supressão e recuperação da vegetação de campos nativos
  • A conversão da paisagem é uma das principais ameaças à biodiversidade aquática. Porém, comunidades biológicas podem não responder imediatamente a mudanças na paisagem, fazendo com que paisagens similares possam diferir na diversidade de espécies devido a histórias distintas de mudanças. Ou seja, a diversidade atual pode ser mais relacionada a uma condição pretérita do que presente. Respostas tardias das espécies podem levar a um débito de extinção, quando espécies não são extintas logo após um impacto, ou podem resultar em um crédito de imigração, quando ainda não houve tempo suficiente para organismos colonizarem uma área após recuperação da paisagem. Assim, é fundamental compreender a importância do histórico de mudanças na paisagem sobre a biodiversidade. Iremos avaliar se riqueza e composição taxonômica e funcional atual de insetos, diatomáceas e bactérias em riachos de paisagens campestres são explicadas pelo legado (cobertura vegetal no passado) e pela trajetória (magnitude e direção) de mudanças no uso da terra ao longo de 36 anos, considerando as escalas local e da bacia de drenagem e tipos distintos de mudança no uso da terra (agricultura ou pastagem). Esperamos uma relação negativa entre riqueza e cobertura vegetal em trajetórias de perda de vegetação nativa, mas uma relação positiva em trajetórias de ganho. Prevemos ainda que a perda da vegetação nativa para uso agrícola tenha efeito mais pronunciado que outros usos, principalmente se ocorrer na escala local, pois tal uso leva a modificações duradouras nas características físicas de riachos. Além disso, a composição das comunidades deve ser mais homogênea entre paisagens com trajetórias de perda de vegetação, devido à perda de espécies sensíveis, que naquelas com ganho. Amostraremos 50 riachos com históricos distintos de perda ou ganho de vegetação nativa no bioma Pampa. Utilizaremos abordagens que permitem estimar atrasos nas respostas e técnicas analíticas modernas, além de técnicas de geoprocessamento.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiana Testa Moura de Carvalho Vicentini

Ciências da Saúde

Farmácia
  • vacina peptídica para uso tumoral: desenvolvimento e avaliação de nanopartículas biológicas como sistema carreador
  • O surgimento da pandemia causada pelo vírus SARS-CoV-2 impulsionou o desenvolvimento de novas vacinas com aprovação de vacinas utilizando tanto plataformas tecnológicas tradicionais como mais inovadoras. Nessa nova era de vacinas de subunidades feitas de proteínas, peptídeos ou antígenos de DNA, há uma necessidade maior de adjuvantes potentes que aumentem a imunogenicidade. Presente projeto propõe desenvolver e avaliar sistemas de liberação para veiculação de uma vacina peptídica para uso no tratamento de melanoma. Apesar da doença COVID-19 e melanoma apresentarem fisiopatologias, epidemiologias e outros aspectos divergentes, a busca por novos tipos profiláticos ou terapêuticos baseados em vacinas representa um ponto convergente e relevante tanto para contenção de uma pandemia, quanto para o estabelecimento de plataformas sólidas no tratamento de doenças como câncer. Objetivo final do projeto é a obtenção de uma formulação vacinal capaz de quebrar a imunossupressão que existe no ambiente tumoral para gerar uma resposta eficaz contra o mesmo. Considerando que são limitantes para as abordagens utilizando tecnologias imunoterapêuticas no tratamento de câncer o uso de adjuvantes imunológicos fracos, escolha inadequada do antígeno tumoral ou problemas na entrega da vacina, essa proposta se pautou de algumas estratégias para minimizá-los: Será utilizada uma vacina peptídica (EGFrvIII), associada à tumorigenicidade pelo aumento da proliferação celular e inibição da apoptose, com alta taxa de incidência em pacientes com melanoma e com o epitopo (PEPvIII) tumor específico e; Serão desenvolvidos e avaliados sistemas de liberação baseados em ferritina, proteína que possui uma estrutura capaz de se auto organizar em nanopartículas, e em função dessa propriedade, mais recentemente foi reconhecida por seu potencial como sistema carreador de fármacos. Os resultados obtidos contribuirão para a estruturação de uma nova linha de pesquisa a partir de um tema inovador,nanovacinologia.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiane Gomes de Moraes Rego

Ciências da Saúde

Farmácia
  • busca de biomarcadores e novas moléculas terapêuticas para o diabetes mellitus tipo 1
  • O Diabetes mellitus tipo 1 (DM1) decorre do déficit absoluto na produção da insulina, resultando em hiperglicemia crônica, que está associada a múltiplas complicações (retinopatia, nefropatia, neuropatia). O DM1 de início precoce (crianças) se diferencia daquele de início tardio (adultos) e ambos vem aumentando na população mundial. O projeto está centrado em três vertentes com eixo no controle glicêmico. 1º) biomarcadores séricos e moleculares (variabilidade genética) associados para identificar o DM1 precocemente (risco e/ou proteção) e suas complicações (controle glicêmico), 2º) avaliação in vitro (cultivo celular) de compostos de Vanádio em células hepáticas (HepG2) avaliando a eficácia destes compostos no metabolismo da glicose, e 3º) avaliação in vivo (Ratos Wistar; diabéticos-streptozotocinicos) do efeito dos compostos de Vanádio em estudo sobre o metabolismo da glicose e controle glicêmico como adjuvante à insulinoterapia. A relevância do estudo está assentada no fato que, a par da insulinoterapia e das medições da glicemia e hemoglobina glicada (HbA1c), poucas opções terapêuticas e de biomarcadores específicos estão disponíveis para o DM1. No contexto, investigamos a hipótese de compostos de Vanádio, que apresentam na literatura, redução da glicemia, melhora do perfil lipídico e do processo inflamatório, possam atuar como adjuvantes na terapia do DM1 melhorando o controle glicêmico e os riscos associados ao diabetes. Em paralelo, investigamos biomarcadores séricos (albumina glicada, apoB, citocinas, sRAGE, metaloproteinases, TNF-alfa, VEGFA, interleucinas, entre outros) e moleculares (polimorfismos) que permitam o diagnóstico precoce com elevada sensibilidade e especificidade, nos tipos de DM1 em estudo (crianças e adultos), e estratificação do controle glicêmico. Múltiplas evidências na literatura suportam as hipóteses propostas e a metodologia preconizada, sólida e estabelecida, permitem responder com consistência científica as premissas levantadas.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiane Santana Previtali

Ciências Humanas

Educação
  • trabalho docente na educação básica pública sob a nova gestão pública e as tecnologias digitais: uma abordagem brasil, argentina e portugal
  • Vivencia-se a introdução/difusão de tecnologias digitais nos processos produtivos, bem como o aprofundamento do neoliberalismo que reordena a esfera político-jurídica de regulação social sob os princípios da Nova Gestão Pública (NGP), os quais enfatizam as regras de mercado na esfera pública, levando à privatizações e terceirizações. Embora esse movimento seja global, países e regiões apresentam características particularidades em função de suas configurações histórico-sociais. A educação básica pública não está alheia às mudanças e as reformas educacionais tem sido implementadas sob orientação de organismos globais como FMI e OCDE e têm impactado trabalho docente que se vê sob novas exigências formativas, maior qualificação, e sob novas condições laborais flexibilizadas O objetivo do projeto é analisar as mudanças no trabalho docente, especialmente os jovens profissionais (até 6 anos de ingresso na docência após a licenciatura) quanto às demandas de formação profissional, às novas relações laborais e a configuração de uma nova subjetividade docente, especialmente a partir da Pandemia Covi-19 quando se tem a implementação do ensino remoto e do teletrabalho docente. A hipótese é que tem havido uma ampla reestruturação do trabalho docente cujos desdobramentos, qualitativos e quantitativos, impactam particularmente os/as jovens profissionais incluíndo-se o ensino e aprendizagem, em um processo que se aprofunda e traz novos elementos concernentes à rápida expansão do universo digital sob relações laborais mais flexíveis e com menor proteção social. A metodologia remete à análise comparativa, envolvendo uma rede de pesquisadores do Brasil (regiões sudeste, centro-oeste e sul), Argentina (região de Buenos Aires) e Portugal (Lisboa e região), de forma se reconhecer o sentido geral das mudanças, mas também confrontar as suas singularidades. O projeto se justifica pelos seus impactos inovadores no campo científico para a área, quanto à metodologia e impactos sociais.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 25/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano André Narciso Fernandes

Engenharias

Engenharia Química
  • aplicação da tecnologia de plasma frio para o melhoramento da qualidade de alimentos
  • O mercado de alimentos tem sofrido diversas mudanças nas últimas duas décadas, com consumidores comprando mais alimentos baseados nos benefícios que eles oferecem em termos de saúde e bem-estar. As novas demandas abrem novas oportunidades para as áreas de engenharia química e engenharia de alimentos. Neste contexto, a tecnologia de plasma frio coloca como destaque, pois ao processar alimentos a temperaturas próximas da temperatura ambiental há uma preservação da qualidade nutricional muito maior do que quando se utiliza as tradicionais tecnologias térmicas. A proposta principal deste projeto é de utilizar a tecnologia de plasma frio para melhorar as propriedades relativas à qualidade nutricional de dois produtos de alta relevância no mercado interno e nas exportações brasileiras: o suco de laranja e o café. E, também, de aprimorar as qualidades de um produto regional de grande relevância, o suco de caju, que sofre com as vendas ao mercado interno e externo devido a sua alta adstringência. O objetivo específico deste trabalho é utilizar a tecnologia de plasma frio e avaliar o efeito desta tecnologia na composição química de compostos alvos (compostos bioativos, compostos de aroma e sabor e efeito funcional dos produtos processados). Para tanto, as tecnologias mais avançadas em termos de caracterização de compostos químicos serão utilizadas. Além disso, os mecanismos envolvidos na alteração dos compostos alvo (fenólicos, flavonoides, ésteres, terpenóides e outros) contribuirão para elucidação dos mecanismos de interação entre as tecnologias de plasma frio e a matriz alimentar. Dentre as metas do projeto estão a redução dos compostos de off-flavor do suco de laranja, a redução da adstringência do suco de caju, e a modulação de aroma e sabor do café para produção de cafés especiais. A originalidade do projeto consiste na resolução destes problemas induzindo reações químicas similares as dos processos metabólicos, sem recorrer a uso de produtos químicos não-naturais.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiano Azevedo Dorça

Ciências Humanas

Educação
  • um sistema de recomendação personalizada de conteúdo em um ambiente inteligente de aprendizagem: uma abordagem baseada em ontologia e agente conversacional
  • Os sistemas de recomendação são amplamente usados no e-commerce, como sites de vendas e Netflix, para a recomendação inteligente de produtos, filmes e séries da preferência do usuário. No contexto do ensino-aprendizagem, o desafio desses sistemas é a recomendação personalizada de conteúdo educacional que atenda às necessidades do estudante conforme seu nível de instrução, conhecimento prévio e estilos de aprendizagem e cognitivo. Esse conteúdo educacional, tecnicamente denominado objeto de aprendizagem (OA), pode ser qualquer conteúdo que o estudante use para aprender, como textos, imagens, vídeos, exercícios de fixação, animações, páginas wiki e slides. Diversas pesquisas mostram que os estudantes podem aprender mais e em menos tempo por meio de bons sistemas de recomendação personalizada de conteúdo educacional. Esses sistemas tentam sugerir os melhores caminhos de aprendizagem considerando as características do estudante, reduzindo, assim, possíveis dificuldades pedagógicas. Um problema desses sistemas de recomendação é que o conteúdo dos OAs que eles recomendam aborda apenas um assunto e não é garantido que cubram diversos conceitos. Desconsiderar os múltiplos conceitos que o estudante precisa aprender é uma limitação desses sistemas que impede uma recomendação de OAs mais personalizada ao conhecimento do estudante. Além disto, sofrem dos problemas cold-start e esparsidade de ratings. O cold-start ocorre no contexto do e-learning devido à falta de avaliações (ratings) iniciais para novos estudantes ou novos recursos educacionais, o que inviabiliza recomendações confiáveis. A esparsidade de ratings ocorre quando há poucas avaliações de estudantes para o mesmo recurso educacional e não há sobreposição nas preferências de classificação. Para lidar com esses problemas, propõe-se um sistema de recomendação e sequenciamento de OAs baseado em um processo de recomendação híbrida que ameniza os problemas citados usando uma ontologia para modelar o conhecimento.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano Guimarães Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • sistemas integrados de produção agropecuária e segurança alimentar
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 07/01/2020-07/01/2025
Foto de perfil

Fabiano Guimarães Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • título: desenvolvimento de manejos para a polinização por abelhas sem ferrão em cultivo protegido e agricultura vertical (indoor) com sistema de iluminação artificial, visando à produção de morangos isentos de agrotóxicos e rico em bioativos
  • A adoção de sistemas agrícolas sustentáveis que forneçam alimentos mais nutritivos, isentos de agrotóxicos e que contribuam para a redução da insegurança alimentar, é estratégico para minimizar os efeitos das mudanças climáticas na produtividade e biodiversidade. A integração dos serviços de polinização por abelhas em ambiente protegido com sistema de iluminação pode ajudar nesse sentido. Abelhas sem ferrão, como a jataí, podem ser manejadas em sistemas de cultivo para garantir a polinização eficiente e melhorar o desenvolvimento de frutos como o morango. Aliado ao serviço de polinização, o cultivo de plantas em ambiente protegido com sistema de iluminação pode otimizar o desempenho fisiológico, as características nutracêuticas e o potencial produtivo. Sendo assim, objetiva-se com esta pesquisa desenvolver metodologias de manejo para o uso de abelhas sem ferrão em cultivo protegido (casa de vegetação e agricultura vertical indoor) com sistema de iluminação, visando a eficiência no cultivo de morango com alto valor fisiológico, alimentício e maior teor de bioativos. Os estudos serão subdivididos em três ensaios, 1 - avaliação do potencial da qualidades de luz de LEDs (branca, RGB 6:1:3, azul/vermelho 1:2 e azul/vermelho 1:3) no desempenho fisiológico, bioquímico e a produção de bioativos na cultura do morango; 2 - avaliação de comportamentos visuoespaciais das abelhas expostas a LEDs de distintas irradiâncias e a flores artificiais que simulam as estruturas florais e a reflectância natural do morangueiro; 3 - Estudos de pré-adaptação e aprendizagem das abelhas sem ferrão no ambiente de cultivo. Serão realizadas análises fisiológicas, bioquímicas e de produção, bem como a avaliação físico-química dos frutos, inclusive compostos bioativos e a viabilidade econômica do processo. Espera-se que essa proposta proporcione a criação de um sistema de manejo ambiental e economicamente sustentável, bem como contribua para a qualificação técnico-científica de recursos humanos.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 01/08/2022-31/08/2025
Foto de perfil

Fabiano Guimarães Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • desenvolvimento de metodologias e sistemas de iluminação leds para a produção de hortifruti ricos em bioativos, em cultivo protegido e agricultura vertical
  • A prática de agricultura urbana vertical com sistemas de automação da iluminação é uma alternativa que pode contribuir para melhorar a sustentabilidade, a resiliência das cidades e a segurança alimentar. Apesar dos inúmeros trabalhos existentes sobre o uso da luz, há uma lacuna sobre os métodos de cultivo e de adequação da luz que efetivamente contribuam com o melhor desempenho de culturas economicamente importantes como os hortifrutis, tomate e morango. Sendo assim, o objetivo dessa proposta é gerar tecnologias e conhecimentos no desenvolvimento de um sistema de agricultura urbana automatizado em ambiente controlado [casa de vegetação e sala de crescimento (indoor)], visando a eficiência no cultivo de morango e tomate com alto vigor fisiológico, valor alimentício e maior teor de bioativos. Para tal, inicialmente será realizada a criação de um módulo de iluminação de LEDs associado a um sistema de automação que monitore e controle a intensidade e qualidade da luz nos ambientes de cultivo. Os experimentos serão conduzidos em ambiente indoor e em cultivo protegido com suplementação luminosa, com 4 qualidades de luz (luz branca, azul, vermelha e azul/vermelha 1:1) e 2 sistemas de iluminação (intensidade constante e flutuação senoidal). Serão realizadas avaliações morfoanatômicas, fisiológicas, bioquímicas e nutricionais. Esta proposta, além de gerar conhecimentos sobre a eficiência das diferentes qualidades de luz na otimização da produtividade e no acúmulo de bioativos benéficos para a saúde, permitirá a criação de um sistema de cultivo sustentável com controle de operação remota, ofertando plantas mais produtivas e com maior qualidade nutricional. Adicionalmente, a participação de professoras doutoras em ciências agrárias da rede estadual de ensino e do doutor do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) contribuirão para a divulgação, popularização das técnicas e qualificação de recursos humanos nas tecnologias desenvolvidas.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano Lemes Ribeiro

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • leis de escala e aplicações em sistemas urbanos
  • Dado os enormes problemas associados à densificação das cidades, é urgente o desenvolvimento de uma ciência das cidades, que possibilite decisões técnicas e sistemáticas por parte dos gestores. Este projeto caminha nesta direção, com o objetivo de usar uma enorme quantidade de dados para identificar padrões urbanos e consequentemente explorar este conhecimento em políticas públicas e melhoria das condições sócio-econômicas das cidades. Mais especificamente, este projeto de pesquisa propõem o estudo de leis de escala em fenômenos urbanos, desde a coleta massiva de dados, passando pela análise e identificação de padrões e, finalmente, num cenário otimista, na proposição de teorias para conectar e explicar possíveis padrões identificados. Uma das vertentes a serem estudadas diz respeito ao número ótimo e localização de estabelecimentos comerciais. Segundo o IBGE, 6 em cada 10 empresas fecham suas portas ainda nos seus primeiros 5 anos de existência. Muitas vezes a razão deste fechamento se deve simplesmente pela má posição geográfica destes estabelecimentos. Gostaríamos de identificar nestes dados quais regiões em determinadas cidades de diferentes tamanhos são mais propensas (ou não) para o sucesso de uma empresa. Evidências empíricas mostram que a quantidade de infraestrutura per capita decai com o tamanho da cidade seguindo uma lei de potência bem definida. Isso implica em uma economia de escala que poderia explicar excessos ou carências de oferta/demanda em alguns setores comerciais dentro de uma cidade . Além de usarmos dados de agências especializadas, também usaremos o arcabouço da mecânica estatística para explicar os padrões observados, em especial os aparatos relacionados à teoria de escala, processos estocásticos e simulações computacionais.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • vibrios como biossensores de mudanças globais
  • A temperatura média da superfície do oceano global aumentou pelo menos 0,85 °C no último século. Ao mesmo tempo, os ecossistemas marinhos estão ameaçados pela exacerbação da acidificação e eutrofização. Abordagens inovadoras são necessárias para o estudo destas mudanças. Vibrios são considerados sensores para mudanças globais (Baker-Austin et al. 2017). Vibrios também são excelentes sensores para mudanças locais (Coutinho et al. 2019a). Verificamos que a água do mar mais quente e com maior concentração de fósforo e nitrogênio acelera a multiplicação desses microrganismos potencialmente patogênicos. Outros estudos no Atlântico Norte, Mediterrâneo, e Pacifico também tem demonstrado incremento de vibrios patogênicos nas últimas décadas (Vezzulli et al. 2012, 2013, 2016). Embora países desenvolvidos da Europa e de outros continentes já tenham reconhecido a necessidade de redes de estudo e monitoramento da saúde dos oceanos (Le Roux et al. 2015; Alter et al. 2011, Huehn et al. 2014, http://www.vibrionet.de/, https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs00103-011-1359-1 ), esforços conjuntos do BRICS ainda são escassos. Neste contexto propomos estabelecimento de projeto Brasil-India-China, coordenado pela UFRJ, para alavancar estudos avançados sobre a saúde do oceano global. Promoveremos a aplicação dos conhecimentos para melhoria dos padrões sócio-econômicos e de inovação.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 08/08/2019-31/12/2023
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • esponjas como biosensores de mudanças globais e como fonte para inovação em biotecnologia
  • Nosso projeto pioneiro propõe o uso de holobiontes esponjas (hospedeiro animal+microbiota) como biosensores de mudanças globais no continente Antártico e no extremo sul do continente sul americano. Outro aspecto inovador é o uso de esponjas como fonte para descoberta de novos produtos biotecnológicos. Faremos o levantamento da biodiversidade de microbiomas de esponjas e estudo das relações filogeográficas de esponjas da Antártida/América do Sul, visando mapear a diversidade em um contexto oceanográfico amplo que permita entender a biocomplexidade destes sistemas. Para tanto, usaremos análises de DNA, incluindo metagenômica, e marcadores moleculares (por ex. 28S e coi), e metabolômica para determinar a diversidade de esponjas, incluindo a diversidade taxonômica e funcional (por exemplo, com a exploração de possíveis micróbios simbióticos que conferem vantagens adaptativas aos seus hospedeiros holobiontes e clusters gênicos que codificam moléculas de interesse biotecnológico). Os microbiomas das esponjas Mycale magellanica, Mycale acerata, Kirkpatrickia variolosa, Phorbas, Sphaerotylus antarcticus, e Dendrilla antarctica serão avaliados por métodos independentes e dependentes de cultura. As esponjas podem ser importantes fontes de novas biomoléculas para produção de lipídios de armazenamento (TAG e/ou ésteres de cera), antimicrobianos, heparinas, e enzimas adaptadas ao frio. Os objetivos são i. obter os perfis taxonômicos e funcionais dos holobiontes de esponja selecionados de diferentes locais; ii. estabelecer uma coleção de isolados microbianos com relevância biotecnológica; iii. obter isolados microbianos produtores de lipídios; iv. obter isolados microbianos produtores de lipase; v. estabelecer uma coleção de clusters de genes com relevância biotecnológica e vi. expandir nosso banco de dados on-line do Bamba. Este projeto engloba pesquisa científica, tecnológica e inovação com foco no desenvolvimento da biotecnologia marinha e no uso de biosensores (holobiontes esponjas) para detectar possíveis mudanças globais. O estudo do microbioma de holobiontes esponjas deve revelar assinaturas metagenômicas e caracteres biogeoquímicos que evidenciam mudanças globais e a biocomplexidade dos sistemas marinhos. Estabelecemos equipe multi e interdisciplinares, incluindo pesquisadores das áreas de biogeoquímica, poluição marinha, microbiologia, biologia de esponjas, química de produtos naturais, e biotecnologia marinha. A nossa equipe engloba pelo menos 13 instituições brasileiras (UFRJ, UENF, LNCC, USP, FURG, UFSC, UFPE, UNB, UFAL, UFC, UFPA, UFPA e UFRGS) de diversas regiões geográficas, e cooperação internacional relevante, com equipes de pesquisadores de ponta da Argentina, Chile, Australia, Espanha, e Bélgica, todos com experiência em pesquisa na Antártica e ambiente austral. Vale destacar a participação de 6 instituições do norte/nordeste/centro-oeste. Esta rede contribuirá significativamente para a produção científica brasileira de qualidade e para a geração de conhecimentos científicos, tecnológicos e em inovação relacionados à biocomplexidade da Antártica.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 25/12/2018-31/12/2022
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • biodegradação, biorremediação e monitoramento de derrames de petróleo em sistemas marinhos da amazônia azul
  • Petróleo é lançado nos oceanos (> 600 mil toneladas/ano) naturalmente, ou devido a incidentes de derrame. Derrames de petróleo são comuns. Em agosto de 2019, manchas de petróleo pesado apareceram nas praias da Paraíba e Sergipe. As manchas se espalharam para mais de 500 localidades em Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Espírito Santo e no Rio de Janeiro (https://g1.globo.com/natureza/noticia/2019/10/08/lista-de-praias-atingidas-pelas-manchas-de-oleo-no-nordeste.ghtml). Já foram coletadas pelo menos 370 toneladas de resíduos nas praias nordestinas, principais afetadas pelo derrame, incluindo mais de dez áreas marinhas protegidas. Vale destacar a chegada de petróleo no Banco de Abrolhos, o maior sistema recifal do Atlântico Sul. A biotecnologia marinha oferece abordagens relevantes para o combate aos derrames de óleo, tais como, i. biodegradação, biorremediação, cultivos de microalgas degradadoras, consórcios biosurfactantes, e biopilhas para depuração de água e sedimento; ii, biosensores (metagenomas e metabolomas) para monitorar efeitos de poluentes nos sistemas marinhos, iii. monitoramento de sistemas marinhos por meio de abordagens ecológicas e mergulho, e iv. ensaios ecotoxicológicos acoplados com elucidação metabolômica. Estas abordagens permitem determinar os possíveis impactos causados por derrames de óleo nos sistemas marinhos. São opções tecnológicas relevantes para o desenvolvimento da biotecnologia marinha no Brasil. No presente projeto multidisciplinar, pretendemos analisar estas diferentes opções tecnológicas. O projeto abrange quinze instituições brasileiras, das regiões sul, sudeste, nordeste e centro-oeste. São sete pesquisadores Pq1 do CNPq, e quatro pesquisadores Pq2 do CNPq, de um total de 74 pessoas. A equipe inclui estudantes de IC, mestrado, doutorado, pós-docs, e técnicos. Como resultados esperados pretendemos contribuir para estabelecimento de tecnologias de ponta para o combate a derrames de óleo. Também pretendemos obter panorama abrangente sobre a saúde dos sistemas coralíneos de diferentes localidades (Pernambuco, Alagoas, Bahia) e contribuir para estabelecimento de protocolo para gestão de resíduos de derrame de óleo. O projeto multidisciplinar visa também estabelecer abordagens de ciência cidadã, educação ambiental, disseminação do conhecimento, e formação de recursos humanos na graduação e pós-graduação. Como principais impactos socio-econômicos e ambientais deste projeto podemos destacar i. formulação de tecnologias para aplicação no campo, ii. plano de gestão de resíduos, iii. valoração da biodiversidade com a aplicação em processos biotecnológicos e ampliação do campo da bioeconomia, iv. plano de combate aos derrames, empregando abordagens da biotecnologia marinha, v. disseminação do conhecimento em diferentes segmentos socioeconômicos, vi. tecnologia (plataforma de análise metabolômica) inovadora e transferível aos setores produtivos afins à cadeia de produção de petróleo e derivados, vii. engajamento de estudantes e comunidades nas problemáticas abordadas pelo projeto com abordagem de educação ambiental, e viii. inovação e formação de recursos humanos em biotecnologia, área prioritária para o MCTI de acordo com a Portaria MCTIC nº 1.122, de 19.03.2020 (http://www.mctic.gov.br/mctic/opencms/salaImprensa/noticias/arquivos/2020/03/MCTIC_define_prioridades_para_o_periodo_de_2020_a_2023.html http://www.mctic.gov.br/mctic/opencms/legislacao/portarias/Portaria_MCTIC_n_1122_de_19032020.html). O projeto ainda contribui para a formação de redes de pesquisa no Brasil, trazendo contra-partidas de infra-estrutura, recursos humanos, know how, e parcerias relevantes no Brasil e no exterior. A coerência da proposta está calcada nas suas metas, indicadores, e produtos esperados, visando contribuir igualmente para inovação e para questões socioambientais do nosso país.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/12/2020-31/12/2023