Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adriana de Andrade Mesquita

Ciências Sociais Aplicadas

Serviço Social
  • a (re)configuração da política de assistência social brasileira na cena contemporânea
  • A implantação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), em 2005, trouxe inflexões significativas à institucionalidade da assistência social no Brasil. Buscando introduzir uma lógica integrada entre serviços, programas e benefícios, o SUAS veio dar materialidade à previsão constitucional de um sistema descentralizado e participativo para a área. Desde então, o SUAS expandiu suas ações, seja em termos de benefícios e programas, seja no que tange à oferta de serviços, possibilitando incorporar segmentos sociais anteriormente excluídos ou com enormes dificuldades de acessar os direitos sociais. Mas o processo de constituição do SUAS também tem enfrentado limites e contradições, postos por elementos de ordem estrutural relativos à acumulação capitalista em seu estágio atual quanto por um conjunto de aspectos políticos-institucionais que tem conformado sua condução no país. Esses limites têm se aprofundado na conjuntura que se abre no país em anos recentes, quando uma série de medidas adotadas pelo governo federal radicaliza o projeto neoliberal, acarretando cortes nos gastos sociais, desmonte do sistema de proteção social constituído no pós-88 e retrocessos nos direitos sociais. Examinar essas mudanças recentes no âmbito da política de assistência social no Brasil e como elas afetam a configuração político-institucional do SUAS é a preocupação que orienta a pesquisa. O objetivo central é analisar a configuração institucional da política nacional de assistência social (PNAS) diante da atual conjuntura. Para alcance dos objetivos, nos apropriamos de metodologias diversas: pesquisa bibliográfica, documental, ciência de dados, survey e entrevistas que melhor auxiliem no processo de desenvolvimento da pesquisa. Entendemos que a aproximação à temática gerará informações importantes para a apreensão da realidade, construção de conhecimento científico e propostas de intervenções entre estudiosos, gestores e formuladores de política que lidam diretamente com a PNAS.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Adriana de Miranda-Ribeiro

Ciências Sociais Aplicadas

Demografia
  • fatores escolares determinantes da alta qualidade do ensino médio da rede pública: uma análise para a brasil, unidades da federação e capitais
  • O ensino médio, última etapa do ensino básico no país, prepara os jovens para o mercado de trabalho ou para a entrada no ensino superior. No Brasil, apesar da expansão do número de vagas, o percentual de jovens matriculados no ensino médio ainda é baixo, quando comparado ao ensino fundamental e suas estatísticas são marcadas pelos elevados índices de evasão e abandono. Realidades distintas e heterogeneidade em diversos níveis fazem de qualquer análise do ensino médio público no país um grande desafio. Nessa condição, a qualidade dos serviços prestados assume proporções ainda mais relevantes. O que está por trás do bom desempenho dos alunos de uma determinada escola? Que fatores impactam positivamente na qualidade do ensino? Quais características da escola estão associadas aos melhores resultados? O presente projeto se insere nesse contexto, ao propor a compreensão da relação entre fatores escolares e qualidade do ensino médio público, na busca por evidências que possam contribuir para a melhoria do sistema educacional público brasileiro. O objetivo principal é identificar quais os fatores escolares são determinantes da alta qualidade do ensino das escolas públicas de ensino médio das administrações federal e estadual no Brasil, Unidades da Federação e capitais. Utilizaremos conjuntamente as bases de dados do Censo Escolar (2018) – para identificar os fatores escolares - e do Exame Nacional do Ensino Médio (2016 a 2020) – para mensurar a qualidade do ensino, aplicando a mineração de dados e modelos estatísticos. As unidades de análise serão o Brasil, unidades da Federação e capitais. Pretendemos contribuir para o entendimento dos fatores determinantes da qualidade do ensino médio público no país e criar parâmetros que possam auxiliar a proposição de políticas públicas que visem a melhoria da qualidade do ensino médio público no país.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025