Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adriane Belló Klein

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • mecanismos fisiopatológicos envolvidos na caquexia cardíaca induzida por hipertensão arterial pulmonar: avaliação do papel protetor da melatonina
  • O projeto propõe avaliar o papel da melatonina na prevenção da caquexia muscular induzida pela hipertensão arterial pulmonar (HAP). Sabe-se que a insuficiência cardíaca provocada pela HAP desencadeia um aumento na atividade de vias catabólicas e caquexia. A ação benéfica da melatonina já foi constatada nas complicações da HAP; porém, não existem estudos que explorem seu impacto sobre a caquexia decorrente da HAP. Portanto, hipotetizamos que a melatonina reduz a caquexia induzida pela HAP, devido à sua ação antioxidante, anti-inflamatória e estimulatória das vias de sobrevivência celular. Este tema é bastante relevante, pois pacientes com caquexia associada a doenças cardiovasculares apresentam pior prognóstico e maior mortalidade, e não há estratégias terapêuticas para prevenir essa condição. A proposta é induzir a caquexia por monocrotalina em camundongos e ratos e acompanhar a função cardíaca e o estado de caquexia. A melatonina será fornecida como terapia durante 8 e 4 semanas em camundongos e ratos, respectivamente. Serão avaliados a força de contração muscular e indicadores de caquexia. Além disso, o papel do estresse oxidativo, do sistema imunitário e inflamatório, do estresse de retículo endoplasmático e as vias de morte e sobrevivência celular também serão foco do estudo. Dos seis pesquisadores proponentes, 3 são bolsistas de produtividade em pesquisa do CNPq e possuem diversos artigos em colaboração na área do estresse oxidativo, inflamação e sistema cardiovascular. A UFRGS será a instituição executora e a UFPel e Hospital de Clínicas de POA serão colaboradoras. O projeto propõe uma nova estratégia para o tratamento da caquexia, portanto, além da perspectiva translacional do projeto, cujos resultados podem contribuir para o tratamento de uma doença com alta mortalidade, este estudo irá acrescentar conhecimentos importantes para a compreensão de mecanismos moleculares envolvidos com a ação da melatonina no músculo caquético que ainda não foram explorados.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adriane Orenha Ottaiano

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • desenvolvimento de uma metodologia e aprimoramentos de recursos lexicográficos para uma plataforma on-line de dicionários de colocações acadêmicas em português e inglês
  • Devido à crescente demanda por publicações de textos acadêmicos e divulgação de estudos em congressos nacionais e internacionais, o desenvolvimento de trabalhos lexicográficos específicos, como dicionários na área acadêmica, é um tema de suma importância. Entre os muitos usuários que podem se beneficiar dessa ferramenta auxiliar lexicográfica especializada estão os estudantes universitários, além de professores universitários e pesquisadores. Face a essa demanda, é inegável que se fazem necessárias ferramentas lexicográficas desenvolvidas especialmente para escritores acadêmicos. Desse modo, esta pesquisa visa desenvolver uma metodologia para a criação de dicionários de colocações acadêmicas guiados por corpus, neste caso uma coletânea de textos acadêmicos em formato eletrônico, bem como aprimorar os recursos existentes (Orenha Ottaiano, 2020, 2021) para a criação de uma Plataforma On-line de Dicionários Monolíngues de Colocações Acadêmicas em Português do Brasil e em Inglês. Para tanto, estabeleceremos critérios para definir colocações acadêmicas e elaboraremos um método de identificação e extração automática de colocações acadêmicas (Kuhn, 2017), a partir de corpora de textos acadêmicos já compilados em português e inglês (Kuhn; Ferreira, 2020; Kosem, 2010). Além disso, aprimoraremos recursos lexicográficos desenvolvidos (Orenha-Ottaiano et al., 2020, 2021) para a Plataforma On-line de Dicionário de Colocações Multilíngues (PLATCOL – Proc. Fapesp 2020/01783-2), devidamente adaptado à linguagem acadêmica. Após essas etapas, adequaremos a interface de usuário final existente da PLATCOL para atender às características macro e microestruturais dos Dicionários de Colocações Acadêmicas e sua publicação on-line como protótipos em português brasileiro e inglês. Ao fornecer tais ferramentas aos usuários, esperamos que sua competência colocacional na escrita acadêmica seja aprimorada, resultando em uma melhor produção de textos acadêmicos.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 26/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adriane Regina Todeschini

Ciências Biológicas

Biofísica
  • transição mesenquimal-epitelial como alvo para suprimir a resistência ao tratamento em câncer de mama
  • O câncer é uma doença com elevadas taxas de incidência e mortalidade, que vem se tornando um problema de saúde pública no Brasil e no mundo. A resistência ao tratamento e progressão tumoral são as principais causas de mortes em pacientes oncológicos. Nessa interface, se encontra a transição epitélio-mesenquimal (TEM), um programa biológico que converte células epiteliais em um estado fenotípico mesenquimal. Esse processo é ativado por sinais intra e extracelulares e requer alterações em vias de sinalização e a regulação diferencial de circuitos gênicos. Dentre os sinais que modulam a TEM, podemos destacar fatores do microambiente tumoral, como as citocinas pró-inflamatórias e os fatores de crescimento, condições de hipóxia e privação de nutrientes, tratamento com drogas-alvo e agentes genotóxicos, como a quimioterapia e a radioterapia. Como resultado da TEM, as células passam a exibir características mais agressivas, como o fenótipo tronco, a capacidade de invasividade e colonização de órgãos distantes e o desenvolvimento de resistência terapêutica. Sendo assim, a TEM desempenha um papel importante tanto no desenvolvimento, quanto na contribuição para a metástase tumoral e recaída da doença. Diante desse panorama, o objetivo do presente projeto, que envolve pesquisadores da UFRJ, UFF, UERJ e do INCA, é investigar mecanismos celulares e moleculares que atuem na interface entre o fenótipo TEM e de resistência ao tratamento do câncer. A exploração dessas vulnerabilidades tumorais permitiu a identificação de alvos moleculares e de novas abordagens visando o bloqueio da TEM em neoplasias que serão exploradas nesta proposta. A melhor compreensão da dinâmica da plasticidade celular durante a ativação do programa TEM pode prover o racional para o desenho de novas estratégias capazes de suprimir mecanismos de resistência e melhorar a resposta às terapias anticâncer.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adriano Akira Ferreira Hino

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • determinantes motivacionais para a prática de atividade física em diferentes ciclos da vida: uma análise das evidências científicas
  • A motivação para a atividade física é reconhecida como um elemento central no entendimento de porque algumas pessoas são ativas e outras não. Assim, esse estudo tem como objetivo analisar as evidências científicas sobre os determinantes motivacionais da atividade física por ciclos da vida (crianças, adolescentes, adultos e idosos) e grupos populacionais específicos (mulheres, pessoas com deficiência, de baixa renda e gestantes) em diferentes domínios de prática (lazer, deslocamento, no trabalho, em casa e na escola) com foco em ações vinculadas ao Sistema Único de Saúde. Para tanto, será formada uma Rede de Pesquisadores, a fim planejar, executar e interpretar as informações científicas oriundas de três revisões sistemáticas, incluindo dados nacionais e internacionais: a) uma revisão das revisões sobre fatores que motivam para a prática de atividade física; b) uma revisão das evidências nacionais sobre motivadores para atividade física por ciclo da vida e contexto de prática; c) avaliação da aplicabilidade dos determinantes motivacionais da atividade física no contexto do SUS. As decisões metodológicas das sínteses de evidências a serem realizadas no presente projeto de pesquisa serão baseadas em manuais e diretrizes internacionais (PRISMA, PRESS). A aplicabilidade dos determinantes do contexto do SUS será analisado por meio de uma análise qualitativa que terá dois principais objetivos: a) avaliar a aplicabilidade dos determinantes motivacionais da atividade física nas ações de promoção da atividade física no contexto do SUS e b) identificar oportunidades e meios para divulgar as conclusões do projeto para este grupo. Para que esta etapa seja cumprida, serão formados o que chamaremos de "painel de especialistas". Este painel será composto por um grupo de profissionais para cada ciclo da vida (crianças, adolescentes, adultos e idosos) e grupo populacional específico (mulheres, pessoas com deficiência, de baixa renda e gestantes), que participaram de grupos focais para anteder aos objetivos propostos. Espera-se que o projeto tenha seus desfechos em quatro tópicos: (1) formação de recursos humanos; (2) produção técnica; (3) produção científica; e, (4) ações de difusão científica e tradução do conhecimento. Por fim, serão utilizadas diferentes estratégias para disseminar a síntese das evidências produzidas e elaborar recomendações sobre os determinantes motivacionais para atividade física no contexto do Sistema Único de Saúde. Destaca-se como ponto forte da proposta a integração de pesquisadores de diferentes regiões do Brasil que atuam em programas de Pós-graduação e possuem vivências de pesquisa e formação de recursos humanos voltados ao contexto do SUS. Espera-se que os resultados da construção das evidências dos motivadores para atividade física possam contribuir para ações que promovam maior engajamento populacional em atividade física.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 21/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Adriano Beiras

Ciências Humanas

Psicologia
  • variáveis psicossociais associadas ao feminicídio em santa catarina
  • O objetivo desta pesquisa é analisar os inquéritos policiais de homicídio de mulheres instaurados em Santa Catarina (SC) entre os anos de 2018 a 2020 para compreender o processo de tomada de decisão dos delegados para definir um homicídio de mulher como feminicídio, bem como analisar as variáveis psicossociais associadas aos casos. Para isso a pesquisa será realizada em duas etapas: 1) esta etapa já está em processo - análise de todos os inquéritos policiais (IP) que tiveram como sugestão final a qualificadora do feminicídio, instaurados entre os anos de 2018 e 2020 (aproximadamente 150), e o número equivalente de IPs de homicídios femininos não qualificados como feminicídio. 2) Realizaremos entrevistas semiestruturadas com aproximadamente 20 delegados/as que já tenham presidido pelo menos um IP de homicídio de mulher, após a aprovação da Lei do Feminicídio. Com essa pesquisa esperamos mapear as particularidades regionais referentes aos homicídios de mulheres e assim avançar nos estudos sobre a temática, fornecendo uma importante fonte de dados para futuras pesquisas. A sistematização destes resultados tem o potencial de auxiliar na criação de políticas públicas efetivas, baseadas nas realidades das mesorregiões catarinenses. Além disso, com um panorama delineado desses homicídios, poderão ser oferecidas capacitações para policiais civis que trabalham diretamente com as investigações de assassinatos de mulheres, considerando as razões de gênero e os objetivos do desenvolvimento sustentável da ONU.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025