Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Saulo Monteiro Martinho de Matos

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • dignidade humana sem metafísica: direitos humanos, humilhação e formas de vida na filosofia do direito contemporânea
  • A ideia de dignidade humana está diretamente associada a narrativas sobre como a nossa forma de vida pode ser colocada, fundamentalmente, em questão através de ações (intencionais) de outros indivíduos, coletividades e instituições. Em que pese a importância desse conceito para a filosofia moral moderna, é possível observar uma tendência teórica de considerar a dignidade como um conceito, extremamente, indeterminado, que deve ser evitado no âmbito do discurso prático. Este estudo parte do diagnóstico de que o conceito de dignidade humana padece de três patologias sociais: a sua (super) dogmatização jurídica, naturalização e ideologização. No que concerne à (super) dogmatização, desde que foi incorporada através de textos legislativos ao direito positivo, a doutrina jurídica e jurisprudência passaram a desenvolver um leque de justificações para a derivação de todo e qualquer direito jurídico do conceito de dignidade humana. Em que pese os avanços trazidos por essa prática em décadas de jurisprudência no Brasil e em diversos outros países do Ocidente, é inegável o gradativo esvaziamento do conceito durante esse período. A segunda patologia social tem relação com a tentativa de sustentar tal conceito sob um pressuposto incontestável e auto-evidente, uma espécie de ponto arquimediano ou metafísico, do qual a natureza humana qua dignidade pode ser deduzida. Por fim, a ideologização do conceito de dignidade humana se refere à transformação desse conceito em parte de uma racionalidade meramente estratégica para alcançar objetivos políticos específicos. Dessa forma, o primeiro passo para qualquer estudo sobre a dignidade como valor moral ou político é definir qual conceito de dignidade é o mais adequado para solução de desacordos morais ou políticos. Os conceitos de dignidade que serão analisados no âmbito deste estudo são: (a) conceito absoluto de dignidade: “Porque os seres humanos possuem dignidade, vale o seguinte conjunto de direitos.”; e (b) conceito contingente de dignidade: “Para que os seres humanos possam viver com dignidade, vale o seguinte conjunto de direitos.”. Na contramão da tendência de emprego do conceito absoluto ou necessário, este estudo busca defender um conceito contingente de dignidade humana no âmbito dos direitos jurídicos e políticos. Este estudo se insere, portanto, no rol de teorias normativas da dignidade humana, as quais assumem o seu caráter contingente como pressuposto metafísico e epistemológico, sendo inspirado, em especial, em recentes estudos de Margalit (1998), Weber-Guskar e Brandhorst (2017), Bieri (2015) Ronald Dworkin (2011), Nida-Rümelin (2009, 2016), Martha Nussbaum (2007; 2013a; 2013b), Honneth (2010; 2015) e Jeremy Waldron (2015). Ao cabo, a hipótese a ser discutida ao longo da pesquisa é se a dignidade humana pode ser melhor compreendida como um direito subjetivo a não ser humilhado, sendo a humilhação o ato de colocar em xeque a nossa própria forma de vida.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Saulo Relison Tintino

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • atividade antibacteriana, modificadora da ação de antibióticos e verificação de inibição de mecanismo de efluxo e possíveis efeitos antagônicos pela serie de 1,8-naftiridinas sulfonamídicas
  • O número de infecções causadas por bactérias multirresistentes à antibióticos, tem aumentado mundialmente, muitas vezes, essas infecções são causadas por bactérias resistentes. As bactérias podem ser resistentes intrinsecamente a certos antibióticos, mas também podem adquirir resistência. Podem desenvolver resistência aos antibióticos através de vários mecanismos, e um deles é bomba de efluxo. As bombas de efluxo exercem importante papel na resistência a quimioterápicos. Neste sentido, a busca por compostos que atuem inibindo os mecanismos de resistência bacteriana é constante. As naftiridinas, também chamadas de piridopiridinas, elas são compostos heterocíclicos diazanaftalênicos que possuem em cada anel um átomo de nitrogênio. Portanto, tem se mostrado grande interesse por esta classe de compostos, isto pode ser visto em várias revisões, onde se mostra um aumento significativo no número publicações com suas propriedades químicas e biológicas. Portanto, o objetivo desse estudo é avaliar a atividade antibacteriana, modificadora de antibióticos e verificação de inibição de mecanismo de efluxo e possíveis efeitos antagônicos pela serie de 1,8-Naftiridinas sulfonamídicas. Para material e métodos seram utilizados as cepas utilizadas portadoras de bomba de efluxo e não portadoras. Será realizado o ensaio de concentração inibitória mínima de todas as substâncias, utilizando o método de microdiluição em caldo. Para verificar o efeito de redução do CIM do brometo de etídeo e do antibiótico e verificação de fluorescência, será utilizado inóculos a parti de placas incubadas em estufa bacteriológica por 24h a 37ºC com o repique do estoque. Serão ainda avaliados efeitos diretos sobre a expressão gênica e causa dos possíveis efeitos observados no antagonismo. Pretende-se com o presente trabalho verificar o potencial antibacteriano pela serie de 1,8-Naftiridinas sulfonamídicas, assim como avaliar sua capacidade de melhorar a ação de antibióticos, visando redução da concentração inibitória mínima. Além disso, avaliar seu potencial inibidor do mecanismo de efluxo utilizado brometo de etídeo e também verificar a causa dos possíveis efeitos antagônicos quando observado. Visando a obtenção de um produto que melhore a eficácia de antibióticos já disponíveis no mercado.
  • Universidade Regional do Cariri - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022