Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Débora Marques de Miranda

Ciências da Saúde

Medicina
  • diagnostico e tratamento precoces de lesoes auditivas associadas a toxoplasmose congenita
  • A toxoplasmose congenita decorre de uma infeccao primaria da mae durante a gestacao ou por reagudizacao de infeccao previa em maes portadoras de imunodeficiencia. Na forma congenita, caracteriza-se pelas sequelas neurologicas decorrentes de afeccoes do sistema nervoso central. A toxoplasmose congenita e potencial indicador de risco para surdez, sendo observada a ocorrencia de perda auditiva neurossensorial nas criancas afetadas (Salviz et al., 2013). Sabemos que o sistema auditivo periferico apresenta-se totalmente formado ao nascimento, enquanto o sistema auditivo central se desenvolvera ate os dois anos de idade. Este periodo corresponde ao de maior plasticidade neuronal da via auditiva. A identificacao precoce da perda auditiva e a reabilitacao de processos sao essenciais para o desenvolvimento da fala, da linguagem e outras funcoes cognitivas importantes durante a idade escolar. No entanto, pouco se sabe sobre os mecanismos neurais subjacentes as mudancas do neurodesenvolvimento, em grande parte porque ha um numero limitado de tecnicas nao-invasivas disponiveis para medir a funcao cerebral em criancas. Os disturbios do desenvolvimento de linguagem podem ser decorrentes da alteracao central da audicao. Esta realidade pode explicar a incidencia de atraso no desenvolvimento da linguagem, disturbios de aprendizagem, deficits intelectuais presentes em crianças com toxoplasmose congenita. Para avaliar as perguntas desse estudo, pretende-se identificar marcadores de neuroimagem, sorologicos e inflamatorios relacionados com a lesao auditiva e sua correlacao com a aquisicao linguistica destas criancas. Assim, ha o potencial de desenhar estrategias preventivas para minimizar a deficiencia auditiva e suas consequencias.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Débora Pereira Laurino

Ciências Humanas

Educação
  • ciências na educação básica: ações formativas entre a escola e o centro de educação ambiental, ciências e matemática – ceamecim
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 12/08/2019-30/11/2021
Foto de perfil

Débora Schmitt Kavalek

Outra

Divulgação Científica
  • mostra científica nas escolas do campo: um elo entre o conhecimento científico e o contexto social de meninas e meninos do campo
  • O estudante da escola do campo possui uma visão de mundo muito rica, onde os saberes populares misturam-se aos místicos, às crenças, à cultura e às experiências vivenciadas. Essa riqueza de conceitos deve ser valorizada e ampliada no ambiente escolar, auxiliando na construção do conhecimento científico. Deve haver um elo, a interface entre o conhecimento científico e o contexto social. Não é citar exemplos como ilustração ao final de algum conteúdo, mas é propor problemas reais e buscar o conhecimento para entendê-los. Diante do exposto, se faz necessário a prática de um ensino que relacione os conteúdos das ciências com o cotidiano dos meninas e dos meninos do campo, respeitando as diversidades de cada um, visando à formação do cidadão do campo, e o exercício de seu senso crítico. O jovem deve reconhecer o valor da ciência no cotidiano, num envolvimento não só cognitivo, mas afetivo. O presente projeto tem por objetivo contribuir para uma ação docente e formas de organização do ambiente escolar que promovam a iniciação científica na escola, através da construção coletiva de uma proposta de Mostra Científica nas escolas do campo, para que o aluno compreenda e se integre aos problemas do campo, buscando soluções, com a participação da comunidade escolar, dialogando saberes. A Mostra ocorrerá nas escolas do campo municipais e estaduais do município de São Mateus/ES.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Décio Gatti Júnior

Ciências Humanas

Educação
  • o ensino de história da educação em perspectiva comparada: formação de professores, programas de ensino e manuais disciplinares no brasil e em portugal (séculos xix e xx)
  • Trata-se de uma investigação na área de Educação, subárea de História da Educação, na temática da História Disciplinar da História da Educação, cujo objeto privilegiado será o percurso do ensino de História da Educação no Brasil e em Portugal, no período compreendido entre os séculos XIX e XX, por meio da compreensão do desenvolvimento da disciplina nas instituições de formação de professores, nos programas de ensino e nos manuais disciplinares de História da Educação. Em termos gerais objetiva-se compreender os elementos comuns e diferenciados do percurso disciplinar da História da Educação no Brasil e em Portugal, especialmente dos aspectos institucionais relacionados à formação de professores, dos programas de ensino e dos manuais disciplinares empregados no ensino de História da Educação em ambos países, em correspondência com o processo de difusão mundial da escola e da formação de professores. Para tanto, serão realizados: o exame da literatura acadêmica existente no Brasil e em Portugal; o elenco das instituições dedicadas a formação de professores no Brasil e em Portugal, com seleção daquelas que serão objeto de aprofundamento investigativo; o exame dos programas de ensino e dos manuais escolares de História da Educação; a análise dos elementos comuns e diferenciados das proposições relacionadas ao ensino de História da Educação no Brasil e em Portugal.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Decio Souza Cotrim

Ciências Agrárias

Agronomia
  • grupo de agroecologia sinergia: reconectando produção e consumo
  • O presente projeto de pesquisa-ensino-extensão propõe a conexão entre agricultores familiares, estudantes ecologistas da UFPEL, pesquisadores, extensionistas e professores da UFPEL e da UFRGS, formando o “Grupo de Agroecologia Sinergia-GRASI”. Esses têm como objetivo assessorar grupos rurais de economia solidária da experiência Tecsol, formados por agricultores familiares em situação de fragilidade social, nos municípios gaúchos de Pelotas, Canguçu e Morro Redondo, para a transição agroecológica, buscando a viabilização do fornecimento de alimentos saudáveis em circuitos curtos de comercialização. Metodologicamente serão desenvolvidos cursos de formação em Agroecologia e Economia Solidária, a utilização de um conjunto de técnicas e ferramentas participativas nas atividades de ensino-pesquisa-extensão e pesquisas focadas em mercados de proximidade, qualidade de solos e sistema de produção de base ecológica. Os resultados esperados do projeto são a consolidação dos grupos rurais da economia solidária que atendem a Feira Virtual da experiência Tecsol, a formação de estudantes e profissionais, a ampliação e consolidação do Grupo de Agroecologia Sinergia e a ampliação da rede de agricultores envolvidos com a produção agroecológica.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Decio Souza Cotrim

Ciências Agrárias

Agronomia
  • grupo de agroecologia sinergia: valoração dos serviços ecossistêmicos na construção participativa de sistemas agroflorestais
  • O projeto sistêmico de pesquisa-ensino-extensão ao qual essa proposta está inserida busca a conexão entre agricultores familiares, estudantes ecologistas da UFPEL, pesquisadores da EMBRAPA e professores da UFPEL, UFRGS e UFRJ, formando o “Grupo de Agroecologia Sinergia-GRASI”. Esse grupo tem como objetivo o assessoramento aos grupos rurais de economia solidária da experiência Tecsol que é composta por agricultores familiares em situação de fragilidade social residentes nos municípios gaúchos de Pelotas, Canguçu e Morro Redondo. Essa assessoria é voltada para a transição agroecológica buscando a viabilização do fornecimento de alimentos saudáveis em circuitos curtos de comercialização. Para esse edital é destacado o projeto de pesquisa voltado a ao processo participativo de avaliação ecossistêmica dos sistemas agroflorestais-SAF implantadas no território da Serra dos Tapes RS. Devida a complexidade do SAF existem dificuldades nos procedimentos e na aplicação de tradicionais métodos de valoração econômica nestas áreas, dessa forma, esse projeto optou pelo estabelecimento de um conjunto de alternativas de valoração para estimar a possibilidade de convergência entre os valores obtidos. Para esse estudo piloto serão constituídas três etapas sendo elas: uma análise teórica das possibilidades e limites de cada um dos métodos para a análise dos SAF implantados e em implantação; a seleção dos métodos mais adequados e um estudo de caso com aplicação destes as áreas de SAF; e finalmente a construção de uma metodologia de valoração participativa a partir da perspectiva dos envolvidos na produção e utilização dos serviços ecossistêmicos dos SAF. Dentre os resultados esperados do projeto estão a construção de uma metodologia participativa para valoração pluralística dos SAF e seus serviços ecossistêmicos com suas contribuições ao bem-estar humano, a consolidação dos grupos de agricultores rurais da economia solidária ligados a experiência Tecsol, a qualificação do manejo dentro das agroflorestas por agricultores e técnicos, a formação de estudantes e profissionais, a consolidação do GRASI e a ampliação da rede de agricultores envolvidos com a produção agroecológica.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Deise Lisboa Riquinho

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • a exposição a agrotóxicos e os desfechos perinatais no estado do rio grande do sul
  • O consumo de agrotóxicos no Brasil torna-se cada vez mais frequente devido ao modelo hegemônico de produção agrícola vigente. Contudo, o impacto do uso disseminado e exacerbado desses insumos químicos provocam agravos à saúde humana e danos ao meio ambiente. Estudos apontam que a exposição humana, principalmente durante o período de desenvolvimento fetal, pode acarretar graves desfechos perinatais. Devido à relevância da temática e os impactos na saúde humana, tem-se a necessidade de aprofundar o conhecimento sobre o assunto e fomentar a criação de políticas públicas para a modificação dessa realidade. Por isso, o projeto tem por objetivo investigar a associação entre a exposição materna aos agrotóxicos e os seguintes desfechos perinatais: baixo peso ao nascer, prematuridade e anomalia congênita. Trata-se de um estudo epidemiológico, do tipo caso controle, em que as informações serão obtidas por meio de consulta ao SINASC/RS - Sistema de Informações Sobre Nascidos Vivos do Estado do Rio Grande do Sul. A população do estudo serão todas as duplas (binômio) mães/nascidos vivos a partir do registro de Declaração de Nascido Vivo, entre o período de janeiro de 2012 a dezembro de 2015. A análise estatística da amostra será realizada pelo programa SPSS, versão 18.0, considerando-se um nível de significância de 5% (p<0,05), com proporção de 1:4 casos e controles, obtendo-se um total mínimo de 1.495 nascidos vivos com anomalias e 5.980 nascidos vivos sem anomalias congênitas, que serão coletados nos últimos dois anos de registro no DATASUS de forma aleatória. Para as variáveis categóricas, será utilizado o teste Qui Quadrado, e para as variáveis numéricas, será realizado o teste t Student. Serão selecionados os tipos de cultivo nos municípios com registro desses desfechos, e feito o georreferenciamento pelo software ArcGIS 10®. Para verificar a associação dos agrotóxicos com os desfechos perinatais, será consultada a quantidade comercializada, por esses municípios, no Sistema Integrado de Gestão de Agrotóxicos (SIGA). A partir da análise dos resultados pretende-se divulgá-los a diferentes setores, da saúde, educação, agricultura e meio ambiente, para ampliar a fiscalização da comercialização e exposição aos agrotóxicos, a fim de minimizar seus impactos sociais e econômicos. Além disso, o estudo servirá de apoio para o aperfeiçoamento dos serviços de saúde na identificação e atendimento às gestantes e aos recém-nascidos com os desfechos mencionados anteriormente.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Deisy das Graças de Souza

Ciências Humanas

Psicologia
  • inct sobre comportamento, cognição e ensino (inct-ecce): aprendizagem relacional e funcionamento simbólico
  • Esta é uma proposta de continuidade do atual Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino (INCT-ECCE). O atual INCT-ECCE é um grupo de pesquisadores multi-institucional e multidisciplinar que vem se mantendo ativo por quase duas décadas, tendo sido previamente financiado pelo programa PRONEX (Programa de Apoio a Grupos de Excelência). As pesquisas do Instituto têm enfocado a análise comportamental do funcionamento simbólico, com base no Paradigma de Equivalência de Estímulos (do inglês, SEP). O SEP define relações simbólicas como relações de equivalência entre estímulos, de forma que estímulos equivalentes podem se substituir uns aos outros e, portanto, levanta a possibilidade de se simular a aquisição de função simbólica por estímulos arbitrários. É então possível examinar como os estímulos arbitrários se tornam símbolos e adquirem significado e, adicionalmente, é possível investigar variáveis relacionadas a esse processo. O SEP também torna possível estabelecer ou melhorar repertórios simbólicos, particularmente (mas não só) quando há deficiência nesse funcionamento. O Instituto proposto continuará este trabalho com o principal objetivo de desenvolver programas de ensino ou intervenção para três principais tipos de repertório simbólico: linguagem, competências sociais e habilidades acadêmicas (com foco em alfabetização, matemática, segunda língua e música). Esse é um esforço em andamento e se espera que, durante a vigência do Instituto proposto, os programas já desenvolvidos aumentem em eficiência e atratividade, além de atingirem maior parcela da população, e que novos programas sejam desenvolvidos e cientificamente avaliados. Esses programas enfocam desafios relacionados a populações (particularmente crianças) com atraso no desenvolvimento de alguns repertórios simbólicos. Os principais desafios enfrentados serão os atrasos ou limitações de repertório simbólico devidos a: transtornos do espectro do autismo, distúrbios de comunicação, deficiência intelectual, déficit visual ou auditivo, implante coclear e desempenho escolar insuficiente. Outra população alvo enfocada pelo Instituto é a de crianças pequenas (12 a 36 meses): mesmo quando não apresentam qualquer atraso ou transtorno de desenvolvimento, seu repertório e condições motivacionais configuram considerável desafio para programas de pesquisa e intervenção. . O Instituto também continuará a conduzir pesquisa básica sobre processos subjacentes ao funcionamento simbólico de forma geral. Espera-se que a pesquisa básica contribua para aumentar a efetividade de programas de ensino e intervenção. A pesquisa básica continuará abordando o desenvolvimento de relações de equivalência e seus precursores, particularmente o controle de estímulos e a aprendizagem relacional. Comportamento de observação, como pré-requisito para aprendizagem, será também um dos focos principais. Programas de ensino e intervenção terão muito a ganhar com a pesquisa básica de variáveis que influenciam a observação dos estímulos, o controle de estímulos e a aprendizagem relacional. Tanto a pesquisa básica quanto a aplicada farão uso da tecnologia assistiva que tem se tornado economicamente acessível e progressivamente poderosa, e que pode, atualmente, tornar laboratórios científicos mais efetivos e informativos, além de apoiar aplicações dessa ciência para superar ou contornar desafios aos quais nossos programas são dirigidos. Enquanto processos e repertórios simbólicos têm seu interesse intrínseco, nossa principal preocupação passou a ser o grau no qual os repertórios-alvo contribuem para a solução de problemas da sociedade. Espera-se que os programas desenvolvidos pelo Instituto aumentem gradualmente em escala, atingindo progressivamente amostras maiores de aprendizes. Espera-se que, crescendo em escopo e efetividade, o INCT-ECCE possa contribuir com os objetivos do Plano Nacional de Educação com respeito à educação regular e especial. Além dos objetivos relativos à pesquisa básica, translacional e aplicada, o instituto permanecerá atento a suas responsabilidades de formação de pessoal. O presente Instituto formou aproximadamente 60 doutores e 120 mestres e proveu oportunidade de pós-doutoramento para 18 jovens cientistas, muitos dos quais absorvidos pelo sistema público ou privado de ensino superior, o que vem contribuindo para o fortalecimento dessa área de pesquisa e intervenção. Espera-se que o Instituto proposto intensifique esse esforço, com o desenvolvimento de novos líderes de pesquisa distribuídos no território nacional e também com a promoção de oportunidades de iniciação científica na graduação. Também serão intensificados esforços dirigidos à difusão do conhecimento para a sociedade e à geração de tecnologia social. O INCT está ciente da importância de expandir sua inserção internacional, para (1) dar maior visibilidade aos esforços brasileiros em sua esfera de atuação (na qual tem desempenhando um papel de liderança em algumas direções, como na extensão das aplicações do SEP à proposição de currículos para uma ampla gama de repertories acadêmicos, e na reabilitação auditiva de crianças com implante coclear), e (2) ampliar as oportunidades de desenvolvimento de nova geração de cientistas, pelo contato com ambientes diversificados e avançados. Visando atingir seus objetivos científicos, assim como os de seus outros programas, o INCT propôs uma nova organização para seu funcionamento, que se espera aumentar o envolvimento da maioria de seus membros e, como tal, garantir eficiência da equipe e, também, promover interações mais fortes e sistemáticas entre seus membros, os Laboratórios Associados, a sede e a coordenação do INCT.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Deivid Ilecki Forgiarini

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • sistema de inovação para cooperativas
  • O objetivo deste projeto de pesquisa é refinar o modelo Sistema de Inovação para Cooperativas - SIC que deriva de estudos em empresas mercantis (Garcia, 2010). No momento de proposição desse projeto o SIC já está sendo aplicado em uma cooperativa de infraestrutura no Rio Grande do Sul. Assim, a presente proposta visa viabilizar uma etapa importante na trajetória de criação, testes, refinamento e disseminação do método. No SIC são considerados oito fatores relevantes na estrutura organizacional e de gestão das cooperativas. Esses fatores, ao serem desenvolvidos, podem melhor a postura inovadora da cooperativa. Esta é uma iniciativa original pois irá lapidar o que pode vir a ser o primeiro modelo efetivamente desenvolvido para a realidade cooperativa. Essa iniciativa é relevante pois talvez sem um modelo específico para as cooperativas estas podem encontrar mais dificuldades na aplicação de métodos para inovação que, via de regra, são desenvolvidos por empresas mercantis industriais. Outro aspecto de relevância é o fato de que um modelo alinhado com os princípios cooperativistas tende a encontrar menor resistência nas próprias cooperativas, em comparação com modelos criados e testados em outras formas organizacionais. O potencial de aplicabilidade é alto pois a partir do refinamento do modelo outras cooperativas podem se inspirar nos relatos dos casos vivenciados nessa pesquisa para melhorar suas respectivas posturas inovadoras e, em decorrência disso, seu posicionamento competitivo.
  • Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do RS - RS - Brasil
  • 08/09/2018-30/09/2021
Foto de perfil

Dejahyr Lopes Junior

Ciências da Saúde

Fonoaudiologia
  • fecintec 2020 - feira de ciência e tecnologia de campo grande-ms
  • A Feira de Ciências, Inovação e Tecnologia de Campo Grande (FECINTEC) tem como missão despertar o interesse dos alunos do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas e privadas para a produção da pesquisa e da inovação. Acreditamos que desta maneira sejam despertadas vocações científicas e/ou tecnológicas e identificados jovens talentosos que possam ser estimulados a seguir no caminho da pesquisa de ciência e tecnologia. Entendemos também que a feira se tornará um instrumento de fortalecimento pedagógico do processo educativo dos estudantes campo-grandenses, além do incentivo à cultura investigativa, de inovação e empreendedorismo em nossa cidade. A FECINTEC 2020 contará com a apresentação de projetos de pesquisa das diversas áreas do conhecimento, os quais serão desenvolvidos por alunos do Ensino Fundamental, Médio e técnico.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 02/12/2019-31/12/2020
Foto de perfil

Dejane Santos Alves

Ciências Agrárias

Agronomia
  • bioatividade de óleos essenciais e nanoformulações de anonáceas para spodoptera frugiperda e seletividade para trichogramma spp.
  • A lagarta-do-cartucho Spodoptera frugiperda (JE Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) é uma importante praga agrícola, cujos métodos de controle, comumente empregados, geralmente se mostram ineficientes, além de causarem efeitos adversos para espécies não alvos. Assim, faz-se de fundamental importância a realização de estudos com vistas a buscar novos métodos para o seu controle. Dessa forma, o objetivo desse trabalho é desenvolver novos produtos para o controle de S. frugiperda baseados em nanoformulações de óleos essenciais, provenientes de plantas da família Annonaceae, e que sejam seletivos a inimigos naturais do gênero Trichogramma. Inicialmente, serão obtidos óleos essenciais oriundos de dez plantas da família Annonaceae, os óleos essenciais serão submetido(s) a ensaios com S. frugiperda com vistas à seleção do material botânico mais bioativo. O(s) óleo(s) essencial(is) mais bioativo(s) será(ão) submetidos a caracterização química empregando-se Cromatografia Gasosa acoplada a Espectrometria de Massas (CG-EM), concomitantemente o material será nanoencapsulado e nanoemulsionado. As nanoformulações serão caracterizadas com base no espalhamento dinâmico de luz e a quantidade de óleo essencial incorporada será medida por termogravimetria. Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) será empregada para análise da morfologia das nanoformulações. Adicionalmente, a estabilidade das nanoformulações será avaliada por centrifugação, empregando-se diferentes temperaturas. As nanoformulações serão submetidas a novos ensaios com S. frugiperda e será avaliada a seletividade para os inimigos naturais Trichogramma pretiosum Riley e Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner (Hymenoptera: Trichogrammatidae). Apesar dos óleos essenciais, muitas das vezes, se apresentarem bioativos para insetos é sabido que um dos fatores que impedem a sua comercialização é a baixa estabilidade no ambiente. Assim, espera-se que com o desenvolvimento da presente proposta tenha-se produtos estáveis e seletivos a inimigos naturais, os quais futuramente possam vir a serem comercializados para o controle de S. frugiperda.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Delano Dias Schleder

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • avaliação de diferentes combinações de algas pardas como aditivo alimentar na dieta do camarão-branco-do-pacífico cultivado em sistema de bioflocos
  • Condições ambientais podem afetar significantemente na homeostase fisiológica dos animais. Estresses abióticos, tais como temperatura, hipóxia, salinidade e concentração de amônia são amplamente conhecidos por impactar negativamente a fisiologia de animais aquáticos, em especial a resposta imune. Litopenaeus vannamei é uma espécie tropical de camarão que é susceptível a baixas temperaturas. Quando exposto ao frio, L. vannamei demonstrou diversos problemas fisiológicos, tais como danos no DNA e na defesa antioxidante e imunológica. Portanto, o estresse térmico, em especial por baixas temperaturas, representa um importante mecanismo desencadeador de surtos de enfermidades no cultivo de camarões. A doença da Mancha Branca (WSD, do inglês White Spot Disease) é considerada a mais significativa para indústria camaroeira mundial. No Brasil, esta enfermidade causou sérios danos econômicos, particularmente no sul do Brasil, onde quase dizimou a setor da carcinicultura. Coincidentemente, no sul do Brasil as condições climáticas são mais severas, especialmente devido a recorrentes frentes frias. Em nosso estudos anteriores, os camarões alimentados com o maior nível da biomassa seca de Undaria pinnatifida (4%) e o menor nível de Sargassum filipendula (0,5%) demonstraram uma melhora geral na resposta imune, microbiologia do trato digestivo, morfo-fisiologia digestiva, bem como menor mortalidade após desafio com WSD (48% e 56%, respectivamente, comparado a 72% do controle). Considerando o choque térmico, 0,5% de S. filipendula reduziu significativamente a mortalidade após o choque (3% comparado a 57% do controle), enquanto que os crescentes níveis de U. pinnatifida tiverem impacto negativo na resistência ao choque térmico, com a concentração de 4% causando 100% de mortalidade. Portanto, decidiu-se avaliar o efeito combinado das algas pardas sobre a resistência dos camarões às condições supracitadas, adicionando S. filipendula e U. pinnatifida na dieta nas seguintes proporções 0,5%:1%, 0,5%:2% e 0,5%:4%, respectivamente. Como resultado, as combinações 0,5%:2% e 0,5%:4% reduziram ainda mais a mortalidade após desafio viral (28 e 30%, respectivamente), quando comparado ao controle (74%). As análises de MALDI-TOF MS (do inglês Matrix-assisted laser desorption/ionization time-of-flight mass spectrometry) relacionaram a maior resistência com o aumento da intensidade de sinal de alguns peptídeos antimicrobianos, com a indução de apoptose nos estágios iniciais da infecção e a redução do suprimento de lipídios para montagem viral. E ainda, a adição de 0,5% de S. filipendula compensou o efeito negativo dos diferentes níveis de U. pinnatifida sobre a resistência ao choque térmico, mas não foi suficiente para superá-lo e reduzir a mortalidade após o choque térmico em relação ao grupo controle. Com base no exposto, a presente proposta tem como objetivo avaliar o efeito da adição de diferentes níveis de combinação das algas pardas S. filipendula e U. pinnatifida na dieta (0,5%:2%, 0,5%:4%, 1%:2% e 1%:4%, respectivamente) sobre o desempenho zootécnico, resposta imune, atividade de enzimas digestivas, perfil lipídico dos hemócitos, microbiologia e histologia do trato digestivo, e resistência ao choque térmico e ao desafio com WSD do camarão-branco-do-pacífico durante as fases de berçário e engorda em sistema de bioflocos. Primeiramente, pós-larvas (PLs) de camarão serão alimentadas com dietas contendo diferentes combinações das algas durante a fase de berçário em sistema de bioflocos, utilizando tanques de 400 L estocados a 1500 PLs m-3. O experimento será conduzido até os animais atingirem 1g (30-40 dias de duração). Ao final do período de cultivo, serão avaliados o desempenho zootécnico, contagem bacteriana do intestino em placas, e os animais serão submetidos ao choque térmico. No segundo experimento, serão utilizados camarões de 3g, os quais serão cultivados em tanque de 800 L (densidade de 300 camarões m-3) em sistema de bioflocos, e alimentados com dietas contendo pelo menos uma combinação de algas selecionada. O experimento será conduzido até que os animais atinjam 12g (70-90 dias de duração). Após o período experimental, serão avaliados os parâmetros zootécnicos, atividade de enzimas digestivas, parâmetros hemato-imunológicos, microbiologia (contagem em placa e metagenômica) e histologia do trato digestivo, e resistência ao choque térmico e ao desafio com WSD. Além disso, serão realizadas análises de MALDI-TOF MS antes a após do choque térmico e do desafio viral. Com a execução da presente proposta, espera-se obter como produtos e impactos científicos, primeiramente a identificação de um nível de combinação das algas que seja capaz de melhorar o desempenho zootécnico, resposta imune, microbiologia e fisiologia do trato digestivo. Uma vez identificada, a utilização da biomassa seca de macroalgas como aditivo alimentar apresenta elevada viabilidade para incorporação nas dietas comercias, pois não há necessidade de realizar nenhum processamento adicional, e ainda apresenta a vantagem de ser um aditivo biodegradável que pode atuar como medida profilática, em substituição aos antibióticos e demais compostos sintéticos, tornando assim uma prática mais sustentável para a indústria de nutrição animal. Adicionalmente, espera-se com a presente proposta compreender os efeitos causados pelas algas sobre a fisiologia do camarão, especialmente, por meio das técnicas de metagenômica e MALDI-TOF MS, as quais poderão definitivamente revelarem novas informações acerca dos grupos de bactérias, particularmente os não cultiváveis, que estão relacionados a respostas fisiológicas benéficas nos camarões, em especial no status imune e na resistência a doenças, bem como podem ajudar na melhor compreensão dos mecanismos celulares mediados por lipídios subjacentes às respostas fisiológicas frente ao choque térmico e desafio viral, e quais estão mais fortemente relacionados com a resistência provocada pela adição das algas pardas.
  • Instituto Federal Catarinense - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Delfim Soares Júnior

Engenharias

Engenharia Civil
  • uma metodologia integrada para previsão e mitigação de vibrações induzidas por cravação de estacas
  • É de conhecimento amplo que a cravação de estacas gera vibrações no solo e que estas vibrações podem danificar estruturas e perturbar populações ou outras atividades presentes nas redondezas do processo. A dificuldade de previsão dos níveis de vibração induzidos pela cravação de estacas restringe suas aplicações em muitas situações, impondo consideráveis perdas tanto do ponto de vista técnico, quanto econômico. A presente proposta de pesquisa visa desenvolver, implementar e explorar um modelo numérico avançado para a previsão de vibrações e seus efeitos em construções circunvizinhas, ocasionados por operações de cravação de estacas. O modelo em questão será validado por intermédio de comparações entre resultados calculados e medidos, sendo estes últimos coletados em experimentos de campo. Estas medidas experimentais, de igual forma, permitirão alcançar um discernimento mais aprofundado acerca do complexo fenômeno de geração e propagação de vibrações devido a atividades de estaqueamento. O projeto está organizado em 7 tarefas ou atividades básicas. A tarefa 1 é dedicada à revisão bibliográfica, estando as tarefas 2 e 3 relacionadas ao desenvolvimento de modelos matemáticos e numéricos, e a tarefa 4 à análise experimental do fenômeno. Os modelos desenvolvidos são então utilizados nas tarefas 5 e 6 para se obter melhor compressão do problema e para se estudar medidas de remediação dos efeitos das vibrações nas estruturas circundantes. Com as conclusões destes estudos, é pretendido, como parte da tarefa 6, se propor recomendações técnicas relativas à cravação de estacas em áreas urbanas e, como parte da tarefa 7, a publicação dos resultados obtidos.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Delma de Mattos Vidal

Engenharias

Engenharia Civil
  • comportamento no tempo dos componentes de sistemas fechados em geotêxtil para desaguamento de resíduos com baixo teor de sólidos
  • A necessidade crescente de dispor corretamente os resíduos gerados nas atividades econômicas/sociais tem significado um aumento na demanda por sistemas que permitam realizar uma disposição segura dos resíduos. Dentre as soluções interessantes que os geossintéticos propiciam para a disposição de resíduos, a disposição de lodos e sedimentos com baixo teor de sólidos em sistemas fechados formados por bolsas ou tubos em geotêxtil costurado, tem significado relevante neste país, por sua capacidade de dispor com segurança um resíduo com grande potencial de impacto ambiental, por ser uma solução econômica e relativamente simples. Entretanto diversas questões ainda se colocam, em especial quanto: a previsão do tempo de desaguamento ou tempo no qual o material pode ser reaproveitado ou sobre o qual uma nova camada de resíduos em desaguamento pode ser colocada, ou seja, a superposição de tubos/bolsas, diretamente ligado a sua resistência mecânica; a capacidade de armazenamento e de reenchimento destes sistemas, sua eficiência de filtração e de desaguamento, e a durabilidade do sistema tendo em vista que em alguns casos a exposição a processos de degradação pode ocorrer em prazos relativamente longos. Esta proposta visa qualificar o laboratório de geossintéticos do ITA para realizar os ensaios necessários para obter as respostas a estas questões, e desenvolver modelos que permitam melhor prever o comportamento de longo prazo dos componentes envolvidos nestes sistemas.
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Delmaci Ribeiro de Jesus

Outra

Divulgação Científica
  • iii feira municipal de ciências das escolas de catu-ba
  • A III FECEEC, Feira MUNICIPAL DE CIÊNCIAS DAS ESCOLAS DE CATU-BA acontecerá nos dias 10 e 11 de outubro de 2019, na cidade de Catu, na praça de eventos do município. Com o objetivo maior de estimular a prática e a valorização da pesquisa científica no ensino fundamental e médio, contribuindo para popularizar as ciências nos mais diversos meios de ensino. O evento é uma iniciativa do Colégio Estadual Maria Isabel de Melo Góes ? Secretaria de Educação do Estado da Bahia, em parceria com escolas da rede municipal de ensino, através da coordenação da Secretaria de Educação do Município de Catu e escolas da rede estadual de ensino. O presente projeto está voltado para a ampliação da Feira de Ciências que ocorre anualmente no Colégio estadual Maria Isabel de Melo Góes.. Através da FECEEC, pretendemos provocar o interesse dos discentes no desenvolvimento de projetos de tecnologia e de ciências que possibilitem a ampliação do campo de atuação da proposta da Educação Científica na cidade de Catu. Para a segunda FECEEC, que ocorrerá em 2019, estipulamos a meta de 40 projetos e a participação das unidades escolares do município em 70%. Desta forma intentamos difundir ainda mais as práticas da pesquisa como princípio educativo em Catu, bem como o estímulo dos jovens estudantes para atuarem em carreiras científicas e/ou tecnológicas. O presente projeto propõe a realização de atividades mais pontuais focadas no estímulo de professores e estudantes da rede básica e técnica do nosso município, sobretudo em instituições que não detém tradição na prática da educação científica. Os estudantes envolvidos nas apresentações dos projetos serão avaliados por uma comissão formada por estudantes do curso de Pós-Graduação em Educação Científica e popularização das Ciências do IFBaiano e serão premiados com o credenciamento para participarem de outras feiras de Ciências no Brasil, além de pleitear bolsas de iniciação Científica Júnior. Cientes da falta de experiência não só dos discentes, mas também de muitos professores que serão os orientadores dos projetos, a FECEEC promoverá, em parceria com o Instituto Federal Baiano, Campus Catu (IFBaiano), cursos de formação para os interessados sobretudo focando práticas e métodos para Iniciação Científica Júnior e para a orientação desses projetos (no caso dos professores). Nesse sentido, a 2ª Feira de Ciências das Escolas Estaduais de Catu- Ba (2ª FECEEC-BA) tem como objetivo central estimular e disseminar a prática da pesquisa na educação básica e técnica do município de Catu- Ba, através da realização de um evento centrado na participação ativa de estudantes e professores da rede municipal e estadual. Com isso intentamos contribuir para a formação de jovens que possam se tornar futuros acadêmicos (engenheiros, cientistas e professores) e cidadãos mais atuantes dentro da comunidade.
  • Secretaria de Educação do Estado da Bahia - BA - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Delmárcio Gomes da Silva

Ciências Humanas

Educação
  • nanotecnologia nas escolas - nano'stem: desenvolvimento de cursos de extensão para professores de escolas públicas para divulgação e ensino da nanotecnologia no currículo do ensino médio
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Presbiteriana Mackenzie - SP - Brasil
  • 12/08/2019-31/01/2022
Foto de perfil

Délton Winter de Carvalho

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • aprendendo com os desastres: interfaces comparadas
  • Nos primórdios da história da humanidade, os desastres foram considerados atos divinos e, em outro momento, reações exclusivas da natureza. Contudo, a evolução tecnológica e científica da Sociedade Contemporânea Pós-Industrial desencadeou a ampliação da capacidade de intervenção humana sobre a natureza, passando a existir o fator antropogênico em quase todos os desastres. A influência antropogênica, inclusive, apresentou-se como a principal causa das emergentes mudanças climáticas, as quais potencializam a frequência, a duração, a intensidade e o período das catástrofes. Por isso, na gênese de grande parte dos desastres, encontra-se a sinergia dos efeitos das ações humanas, havendo um deslocamento de perspectiva: os desastres deixam de ser vistos como algo fora do controle humano, assumindo a posição de desafios que exigem respostas rápidas e de longo, médio e curto prazo. O Direito assume posição relevante na elaboração dessas respostas, adquirindo o papel de antecipador e protagonista na orientação e na imposição de deveres de proteção e cuidado em relação às instituições competentes. E é sobre esse papel do Direito como “colonizador dos desastres” que esta proposta de pesquisa irá desenvolver pela Teoria sistêmica e pela Teoria do Risco, o estudo do Direito dos Desastres no Brasil e suas interfaces comparadas, utilizando principalmente a experiente doutrina norte-americana sobre o tema.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Demétrio Antônio da Silva Filho

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo da teórico da estrutura eletrônica de perovskitas híbridas
  • Um dos maiores desafios atuais dos cientistas de materiais é como produzir painéis fotovoltaicos mais baratos e eficientes. As células solares à base de perovskitas surgiram em 2009 e, com um o crescimento em eficiência sem precedentes (de 3,8% a 22,1%), atraíram a atenção tanto da indústria quanto da academia. Atualmente, a pesquisa está focada no desenvolvimento de dispositivos mais eficientes e estáveis, bem como com toxicidade reduzida. Neste projeto, propomos combinar nossa expertise em semicondutores orgânicos com o uso de métodos teóricos de estado-da-arte na descrição da estrutura eletrônica de perovskitas híbridas para aplicações em painéis fotovoltaicos. Ao entendermos a estrutura eletrônica destes novos sistemas, poderemos passar par a investigação de importantes mecanismos, tais como a formação, o transporte e a dissociação de éxcitons, processos estes cruciais para o funcionamento das células fotovoltaicas à base destes novos materiais.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denis Boing

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • avaliação das alterações microgeométricas decorrentes do desgaste em ferramentas de pcbn sobre a integridade de superfícies usinadas em aços endurecidos
  • O crescente aumento de iniciativas globais para a utilização de veículos elétricos vem acelerando o desenvolvimento de tecnologias associadas ao segmento, como: motores, sistemas autônomos, sistemas de segurança e transmissão. Nos veículos movidos a combustão interna, o sistema de transmissão tem rotação média de 3 500 rpm. Atualmente, nos veículos elétricos, a rotação do motor varia de 12 000 a 18 000 rpm. Entretanto, a rotação pode chegar a 30 000 rpm com base na tendência de desenvolvimento associada à redução do tamanho e peso. Neste contexto, o sistema de transmissão de veículos elétricos está sujeito a solicitações mecânicas variantes muito maiores do que nos veículos a combustão interna. Quando se trata de vida em fadiga de elementos submetidos aos esforços dinâmicos alternados, pode-se associá-la diretamente com as tensões residuais resultantes do processo de usinagem na superfície e nas camadas subsuperficiais dos componentes. Ao longo da cadeia de fabricação, os processos de acabamento dos elementos de transmissão construídos em aços endurecidos podem ser realizados pelo processo de retificação e/ou torneamento. O processo de torneamento de aços endurecidos é preferido em decorrência dos seguintes fatores: compatibilidade ambiental, flexibilidade do processo e, principalmente, pela possibilidade da indução de tensões residuais compressivas nas camadas subsuperficiais do componente usinado – fator que tende a aumentar a vida em fadiga do componente. Para a viabilidade econômica do processo de torneamento de aços endurecidos, as ferramentas de PCBN precisam ser utilizadas até o limite de vida. Entretanto, a alteração microgeométrica das ferramentas PCBN em função do desgaste altera a distribuição e a magnitude das componentes da força de usinagem, bem como a própria área de contato ferramenta-peça. Neste contexto, o objetivo principal deste projeto consiste em determinar o impacto da alteração microgeométrica das ferramentas de PCBN em função do desgaste na integridade da superfície usinada (alterações microestruturais e tensões residuais). Pretende-se especificar as condições de contorno para a geometria e microgeometria de ferramentas de PCBN, especificando as condições de projeto das ferramentas, porta-ferramentas e sistema de usinagem. Como resultado global, busca-se atingir a estabilidade do processo produtivo quando à integridade da superfície usinada, contribuindo para o desenvolvimento e fabricação de componentes de transmissão de alto desempenho.
  • Centro Universitário de Brusque - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denis Silva da Silveira

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • avaliação da eficácia cognitiva dos modelos de processos de negócio
  • Hoje em dia, a modelação dos processos de negócios é cada vez mais utilizada para definir e descrever os processos de negócio das organizações. Esta para além de ser utilizada por especialistas, também é utilizada pelos stakeholders dos projetos. Esta grande utilização deve-se ao fato destes modelos serem uma ponte entre os seus utilizadores. Uma vez que esta modelagem pode envolve várias de pessoas, levantam-se alguns problemas na construção e interpretação de modelos de processos de negócios. Uma maneira de perceber os defeitos existentes nos modelos, consiste em avaliar a complexidade e a consequente dificuldade na compreensão destes. Atualmente existem estudos sobre a qualidade dos modelos, referentes à complexidade e correção destes, mas estes estudos baseiam-se unicamente nos modelos, não recorrendo a dados externos (por exemplo, a interpretação de voluntários) para perceber a sua compreensão. O foco deste projeto será endereçado na compreensão dos modelos BPMN. Para proceder à avaliação será utilizada a abordagem Goal-Question-Metric. Esta abordagem será utilizada para determinar os objetivos da avaliação e as questões que permitam responder aos objetivos, que por sua vez serão respondidas com a implementação de métricas, podendo estas serem novas ou já existentes. A recolha de dados através das métricas, será realizada de duas maneiras complementares, o primeiro caso consiste em retirar informações unicamente relativas ao modelo, enquanto que o último caso consiste na recolha de dados relativos à compreensão dos leitores, com auxílio do dispositivo eye-tracker. Este dispositivo permite recolher dados de determinadas reações faciais das pessoas, tais como, o movimento dos olhos, a dilatação das pupilas e a taxa de pestanejos num determinado intervalo de tempo. A avaliação destes modelos permitirá retirar ilações sobre a compreensão dos modelos ao nível dos seus elementos e modelação. Esta pode resultar numa melhor modelagem, eliminando os elementos de modelagem que geram uma maior complexidade de compreensão e/ou as interpretações incorretas dos modelos.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022