Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Yule Roberta Ferreira Nunes

Ciências Biológicas

Ecologia
  • colapso das veredas no sertão mineiro (fase ii): efeitos sobre a biodiversidade, serviços ecossistêmicos e saúde única
  • As veredas são um tipo fitofisionômico do Cerrado que apresentam comunidades hidrófilas associadas à palmeira Mauritia flexuosa L.f. (buriti). São ambientes que desempenham um papel fundamental no equilíbrio hidrológico dos cursos d’água e possuem grande importância ecológicae papel social ímpar. Apesar das veredas serem reconhecidas como Áreas de Proteção Ambiental, a ocupação antrópica de suas áreas naturaistem levado à exaustão destes ambientes. As veredas no norte de Minas estão secando. Na perspectiva de monitor e entender o processo de secamento das veredas sobre a biodiversidade, em 2016 foi aprovado o sítio PELD-VERE. A proposta aqui apresentada baseia-se na continuidade do sítio de pesquisa, que tem monitorado as variações climáticas e hídricas, a vegetação e seus processos ecológicos. Nesta perspectiva, a principal questão norteadora do PELD-VERE Fase II é: quais as consequências do secamento das veredas para biodiversidade, serviços ecossistêmicos e saúde única? Neste sentido, seguindo o desenvolvimento de diferentes sub-projetos que integram essa questão, várias questões foram endereçadas para o sítio PELD-VERE, nesta segunda fase: (1) qual limiar de tolerância da vegetação ao rebaixamento do lençol freático?; (2) qual o efeito da mudança do regime hidrológico na dinâmica espaço-temporal em termos de biomassa da vegetação?; (3) quais as linhas de tendência dos cenários bioclimáticos das veredas? (4) existe diferença na dinâmica do carbono do solo entre veredas em diferentes condições hídricas?; (5) quais mudanças estruturais e demográficas da comunidade vegetal ao longo do tempo?; (6) existem diferenças nas métricas de diversidade taxonômica (beta), funcional e filogenética em veredas sob diferentes condições hídricas?; (7) o comportamento fenológico reprodutivo nas diferentes veredas se manterá divergente, como resposta a mudanças na composição florística?; (8) o secamento das veredas influencia na época e intensidade das fenofases vegetativas e reprodutivas do buriti (Mauritia flexuosa L.f.) e do xiriri (Mauritiella armata Mart.), espécies-chave deste sistema?; (9) a deposição da serapilheira, decomposição e ciclagem de nutrientes responde as variações hídricas das veredas estudadas?; (10) qual é a contribuição do buriti e xiriri para o acúmulo de carbono e qual o impacto da diminuição da população destas espécies para o sequestro de carbono?; (11) aspectos da semente e germinação podem explicar a distribuição das espécies nos diferentes microambientes de veredas?; (12) como os fatores ambientais interferem na dinâmica do banco de sementes e como diásporos e plântulas das palmeiras-chave respondem ao estresse?; (13) quais são os efeitos do estresse hídrico imposto pelo processo de secamento na expressão de atributos estruturais e funcionais de galhas e sua relação com o ataque pelos inimigos naturais; (14) quais são os efeitos da mudança no regime hidrológico sobre a comunidade de insetos terrestres bioindicadores?; (15) existem efeitos da mudança no regime hidrológico sobre as interações ecológicas e no funcionamento dos processos ecossistêmicos?; e (16) a mudança no regime hidrológico das veredas promove o aumento do contato entre homens, animais silvestres e vetores de doenças? Em síntese, a proposta aqui apresentada mantém a coleta de dados iniciado na implantação do sítio e inicia uma abordagem ecossistêmica e de saúde ambiental, identificando as respostas da biodiversidade, serviços ecossistêmicos e saúde única frente as mudanças ambientais, causadas pelo secamento das veredas. Vários aspectos aqui abordados são essenciais para ações de gestão ambiental e na adoção de programas de conservação e restauração deste ecossistema, além de fornecer subsídios para políticas públicas que garantam a saúde única. Neste sentido, o PELD-VERE (Fase II) traz a perspectiva de mostrar a relação do impacto do secamento nos serviços ecossistêmicos e saúde única. Assim, o colapso das veredas não somente impacta a conservação da biodiversidade, mas afeta diretamente e as pessoas, pela perda dos serviços ecossistêmicos e pelo aumento da potencial ameaça de doenças zoonóticas.
  • Universidade Estadual de Montes Claros - MG - Brasil
  • 03/12/2020-31/12/2024
Foto de perfil

Yunier Garcia Basabe

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • obtenção e caracterização de heterojunções híbridas orgânico/inorgânico tipo n-p baseadas em materiais bidimensional (2d) e polímeros semicondutores orgânicos
  • Neste projeto temos como objetivo obtenção e estudo das propriedades das heterojunções híbridas n-p orgânico/inorgânico baseadas em matérias bidimensionais (2D) tipo-grafeno e polímeros semicondutores orgânicos. O projeto se dedicará a desenvolver e aperfeiçoar os métodos de sínteses de heterojunções n-p combinando as propriedades ópticas, eléctricas e mecânicas dos materiais lamelares 2D com as dos polímeros semicondutores, assim como, estudar suas propriedades optoeletrônicas visando contribuir na área de eletrônica flexível. Serão estudados principalmente matérias semicondutores inorgânicos bidimensionais do tipo “Dicalcogenetos de metal de transição com siglas em inglês (TMDs) como componente tipo-n das heterojunções e polímeros semicondutores tipo-p derivados do poli(tiofeno) como componente orgânico. Os Dicalcogenetos de metal de transição serão obtidos por diferentes vias físicas e químicas: esfoliação mecânica, química e deposição por vapor em baixo vácuo (LP-CVD) sobre substratos de natureza diferentes. As heterojunções n-p TMDs/Polímero serão obtidas por evaporação térmica ou spin-coating. As amostras produzidas serão analisadas por espectroscopia Raman, microscopia eletrônica de varredura, espectroscopia de fotoelétron (XPS e UPS), espectroscopia de absorção UV/Vis, espectroscopia de absorção de Raios-X, Auger Ressonante, microscopia de força atômica e, espectroscopia de fotoluminescência. As propriedades elétricas serão estudadas em dispositivos como transistores de efeito de campo (FET) e células fotovoltaicas.
  • Universidade Federal da Integração Latino-Americana - PR - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021