Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Anderson de Sá Nunes

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • morte de linfócitos induzida pela saliva de aedes aegypti e sua eferocitose in vitro e in vivo
  • A saliva de fêmeas do Aedes aegypti é composta por uma mistura de moléculas que participam do combate à hemostasia e ao sistema imunológico do hospedeiro vertebrado no momento do repasto sanguíneo. Patógenos podem se aproveitar dessa particularidade da saliva para se estabelecer no hospedeiro e causar doenças. Dentre as atividades imunomoduladoras encontradas na saliva desse vetor está uma citotoxicidade rápida, potente e seletiva sobre linfócitos, mediada por uma molécula presente somente na saliva de fêmeas da espécie e descrita recentemente por nosso grupo. Essa morte está associada a exposição de fosfatidilserina na porção externa da membrana plasmática, mas somente essa informação não permite uma classificação precisa do tipo de morte celular envolvida. Além disso, não se conhecem ainda suas consequências biológicas e se fagócitos seriam capazes de reconhecer as células mortas e eliminá-las pelo processo de eferocitose. Neste projeto, pretendemos a realizar a caracterização bioquímica e molecular da morte de linfócitos induzida pela saliva de A. aegypti e avaliar o papel da eferocitose como consequência dessa citotoxicidade in vitro e in vivo. Para isso, linfócitos incubados com os componentes salivares serão co-cultivados com macrófagos e com células dendríticas in vitro e um modelo de exposição de camundongos às picadas do mosquito será empregado para avaliações in vivo. Esse estudo aprimorará o entendimento do microambiente criado pela saliva do A. aegypti na pele do hospedeiro no momento da picada e seu papel na transmissão dos arbovírus causadores de doenças humanas, contribuindo com futuros estudos para gerar novas alternativas de combate ao mosquito e dos patógenos transmitidos por esses vetores.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson Guimarães Baptista Costa

Ciências Biológicas

Imunologia
  • papel das proteínas da saliva de flebotomíneos na resposta inflamatória inicial ao parasito leishmania.
  • As leishmanioses, transmitidas pela picada do inseto vetor flebotomíneo, são zoonoses causadas por parasitos do gênero Leishmania. Durante o repasto sanguíneo de um flebotomíneo, componentes derivados do vetor ou do parasito, como saliva, proteofosfoglicanos e exosomas, são regurgitados na área da picada e possuem capacidade de modular a reposta imune do hospedeiro vertebrado em favor da sobrevivência do parasito. Logo após a picada do inseto, os neutrófilos são as primeiras células recrutadas para o sítio infeccioso e são as primeiras células infectadas pelo parasito. Este influxo precoce de neutrófilos nos tecidos infectados é associado à susceptibilidade, tanto no modelo murino de leishmaniose cutânea causada por L. major, quanto de leishmaniose visceral causada por L. chagasi. Um fato interessante é que a picada de um inseto não infectado gera o mesmo recrutamento de neutrófilos à picada de um inseto infectado, sugerindo que o influxo de neutrófilos ocorre a despeito da presença do parasito. Ainda, sugere que fatores derivados do inseto são responsáveis pelo recrutamento de neutrófilos para o local da picada. Nós trabalhamos com a hipótese de que a saliva do inseto possui um fator quimiotático específico para neutrófilos. Avaliamos o papel da saliva de L. longipalpis, vetor de leishmaniose visceral nas Américas, e P. duboscqi, vetor de leishmaniose cutânea, no recrutamento de neutrófilos para o local da picada do inseto. Neste trabalho, estamos descrevendo (manuscrito em preparação) que as salivas destes insetos vetores possuem uma família de proteínas (proteínas yellow) que agem como quimiocinas, recrutando neutrófilos de forma direta in vitro e in vivo. Desta forma, acreditamos que o primeiro influxo de neutrófilos, após a picada do inseto, é ditado por sua saliva e não somente pelo dano causado pela picada. Além disso, observamos que o influxo de neutrófilos induzido pelas proteínas yellow exacerba a infecção em camundongos C57BL/6. O projeto atual, aqui apresentado, é um aprofundamento dos nossos dados anteriores, cujo os objetivos visam entender os mecanismos envolvidos no processo de recrutamento dos neutrófilos causado pela saliva dos flebotomíneos, bem como entender os mecanismos envolvidos no processo de exacerbação da infecção.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson Luiz Rezende Mól

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • inovação e o papel do conselho de administração: evidências do mercado brasileiro e americano
  • CEO conservadores tendem a preferir projetos com fluxos de caixa menos voláteis para reduzir o risco de comprometer sua riqueza ou perder seus empregos. Neste aspecto, têm pouco incentivo para inovar. Os acionistas bem diversificados, em contrapartida, tendem a preferir projetos arriscados porque o valor de suas ações pode apropriar das expectativas futuras de elevação dos fluxos de caixa. Isto posto, estabelece-se um problema clássico de agência. Nesse contexto, a atuação do conselho de Administração assume contornos fundamentais por possuir condições de atuar sobre a gestão do CEO de forma a garantir os interesses dos acionistas. Assim, este projeto de pesquisa propõe investigar se e como o papel desempenhado pelos conselhos de administração influencia as decisões de investimento em inovação em uma estrutura de regressão em painel dinâmico. O locus de investigação compreenderá companhias partícipes dos mercados de capitais brasileiro e americano. Partimos do pressuposto de que o problema do fluxo de caixa livre inflige investimentos de capital, enquanto o conservadorismo gerencial prejudica principalmente os investimentos em inovação. Neste aspecto espera-se que companhias maiores, em setores tradicionais, em mercados não competitivos e de alta alavancagem tendam a investir menos em inovação e, por conseguinte, demandem dos Conselhos de Administração uma atuação ancorada na função de gerência. Do ponto de vista do perfil de atuação do conselho a partir de suas funções (gerência e supervisão) como antecessores da inovação a literatura ainda é omissa, o que confere relevância do ponto de vista da contribuição teórico-empírico à academia.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson Luiz Ribeiro de Paiva

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • aprimoramento e difusão da técnica de filtração em margem para captação de água com melhor qualidade
  • A ocorrência de poluentes de origem antropogênica nas águas superficiais e subterrâneas vem se tornando um problema preocupante em função da diversidade e complexidade dos vários compostos usados. Isto representa sério risco à saúde da população que depende direta ou indiretamente desses mananciais para os mais variados usos. Faz-se necessário buscar alternativas de tratamento de água eficiente e de baixo custo que possam oferecer água de qualidade. O uso de técnicas alternativas de baixo custo, como a Filtração em Margem (FM), para obtenção de água de melhor qualidade é de grande importância para o abastecimento público, como já vem sendo utilizado em alguns países. Na Filtração em Margem um poço é bombeado próximo à um manancial superficial e induz o fluxo de água do rio através do meio poroso para o poço por percolação no solo. Durante a passagem da água pelos sedimentos das margens do leito, ocorrem processos hidrodinâmicos, mecânicos, biológicos e físico-químicos, responsáveis por produzir água de melhor qualidade, quando comparada à água extraída diretamente do corpo d’água, geralmente poluída e imprópria ao consumo humano. Muitos países têm utilizado a técnica de FM, sendo reconhecida como um eficiente processo de atenuação da poluição assegurando sustentabilidade no fornecimento de água para o abastecimento público. Nesse contexto, a técnica de Filtração nas Margens surge como uma alternativa bastante promissora que além da eficiência em sistemas de tratamento de água, o seu baixo custo enfatiza a importância do processo beneficiando grandes e pequenas cidades na aquisição de água de melhor qualidade para abastecimento. O desafio ressaltado por este projeto é, o refinamento de metodologias utilizadas e a seleção e uso de novas metodologias. Além de possibilitar o desenvolvimento de pesquisas científicas, o projeto contribui também para a formação de recursos humanos na área de Recursos Hídricos. O projeto intitulado " Aprimoramento e difusão da técnica de Filtração em Margem para captação de água com melhor qualidade”, está sendo submetido à CHAMADA UNIVERSAL MCTIC/CNPQ no 28/2018, no intuito de obter apoio financeiro para execução de suas atividades. Nesta proposta pretende-se avaliar a eficácia do sistema de Filtração em Margem para remoção de poluentes emergentes, propiciando um fornecimento de água de melhor qualidade para a população pernambucana em diferentes escalas e situações de campo. Para tal, será instalação um novo projeto piloto no semiárido, complementar ao que já existe no rio Beberibe. Os estudos serão realizados com monitoramento quantitativo e qualitativo das águas captadas pelos poços e da fonte de água superficial. Também serão realizadas análises laboratoriais de fármacos, da composição da meiofauna e dos sedimentos do leito na zona hiporreica.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Anderson Messias Rodrigues

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • explorando a diversidade genética em agentes da esporotricose usando marcadores aflp (amplified fragment length polymorphism)
  • Sporothrix (Ophiostomatales) está frequentemente associado à infecção em mamíferos e inclui diferentes espécies de interesse clínico, i.e.: S. brasiliensis, S. schenckii, S. globosa e S. luriei, as quais formam um grupo monofilético. Estes fungos apresentam dimorfismo térmico e alcançam o hospedeiro via inoculação traumática pelo contato com vegetais, solo, e animais, entre eles, felinos e tatus. A esporotricose tem distribuição mundial, com focos endêmicos em países de clima tropical e subtropical. Nas últimas décadas foram relatados surtos da doença no Brasil, principalmente por S. brasiliensis a qual está intimamente relacionada à transmissão zoonótica por gatos. Este projeto tem como objetivo principal desenvolver marcadores AFLP (do inglês Amplified Fragment Lenght Polymorphisms) para investigar a diversidade genética dos isolados de Sporothrix oriundos de diferentes regiões geográficas brasileiras, cobrindo importante variação temporal e geográfica durante epizootias e zoonoses. Serão analisados cerca de 50 isolados provenientes de diferentes populações de Sporothrix de interesse clínico. A diferenciação populacional será investigada e os padrões de fluxo gênico serão estimados. A existência de etapas iniciais de especiação e a provável ocorrência de espécies crípticas serão avaliadas em conjunto com os resultados de sequenciamento de loci nucleares. Os dados contribuirão para o conhecimento da epidemiologia do fungo e servirão de subsídio para novas pesquisas, visando à elaboração de estratégias para o controle da doença.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022