Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Andre Talvani Pedrosa da Silva

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • dispositivos fototerápicos com a luz azul como estratégia terapêutica complementar durante a infecção por trypanosoma cruzi - do controle parasitário à modulação da resposta imune em mamíferos
  • A doença de Chagas, causada pelo Trypanosoma cruzi, permanece negligenciada, debilitante e endêmica na América Latina, cujo tratamento etiológico (benznidazol/Bz) apresenta alta citotoxicidade e falha terapêutica devido a características genéticas do parasito e do hospedeiro. Alterações leves, moderadas ou graves na estrutura e função do coração, e de outros órgãos, apresentam relação direta com a resposta inflamatória no hospedeiro infectado. Diante da resistência do T.cruzi ao arsenal quimioterápico vigente, a fototerapia com luz azul (FLA) poderia atuar como potencial estratégia de controle parasitário, uma vez que na faixa de 400 a 470nm, ela eleva o estresse oxidativo, altera organelas citoplasmáticas e induz morte em bactérias e fungos. Pela inexistência destes estudos em protozoários, demonstramos que a FLA controla a replicação parasitária no sangue e músculo cardíaco de animais infectados por T.cruzi, sem danos estruturais à célula hospedeira. Nesta proposta, exploraremos como a FLA atua na biologia do parasito e da célula hospedeira, em presença do Bz. Pretendemos elucidar se a FLA seria uma estratégia viável de complementação terapêutica e de proteção anti-T.cruzi. Para isso, serão desenvolvidos dispositivos de FLA para aplicação em cultura de células Vero e em camundongos C57BL/6 infectadas(os) com as cepas Y, Colombiana e VL-10 do T.cruzi, na presença e ausência de Bz. Nas células Vero e em fragmentos de coração, encéfalo, gastrocnêmio e tec. adiposo epididimal haverá (i)quantificação de parasitos e de mediadores inflamatórios, (ii)expressão gênica de receptores e proteínas intracelulares, (iii)avaliação proteômica, (iv) fenotipagem do infiltrado inflamatório e (v)avaliação histomorfológica e apoptótica. Será avaliado, ao final, a proteção da FLA em pele escoriada de animais expostos ao T.cruzi, num modelo similar à transmissão vetorial. Na derme será quantificado o DNA do T.cruzi e avaliados parâmetros imuno-histológicos e angiogênicos locais.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

André Telles da Cunha Lima

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • detecção, controle e remediação preventiva de acidentes com transporte de óleo e combustíveis ao largo da costa brasileira
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 10/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Andre Viana Custodio

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • articulação intersetorial para proteção de crianças e adolescentes contra a violação de direitos.
  • O projeto de pesquisa tem como tema a violação dos direitos de crianças e adolescentes e a articulação intersetorial de políticas públicas de atendimento proteção e justiça. O objetivo geral é estudar as estratégias e ações intersetoriais para o atendimento de crianças e adolescentes vítimas de violações de direitos para a garantia dos direitos fundamentais no marco jurídico da teoria da proteção integral. Os objetivos específicos são: analisar o contexto das violações de direitos de crianças e adolescentes com ênfase na exploração do trabalho infantil, violências, abuso e exploração sexual; sistematizar a legislação de proteção contra a violação dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes e estudar os parâmetros para a articulação intersetorial de políticas públicas de atendimento, proteção e justiça para os casos de violação de direitos de crianças e adolescentes. O problema questiona como o reordenamento das políticas públicas de atendimento, proteção e justiça podem contribuir para a garantia dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes no Brasil. Como hipótese tem-se que a articulação intersetorial das políticas públicas de atendimento, proteção e justiça podem alcançar maior eficiência mediante a formulação de diagnóstico, fluxos de encaminhamento e capacitação integrada da rede de atendimento. Considerando estes aspectos, busca-se como resultado o desenho metodológico de pressupostos para processos de formulação de diagnóstico rápido e participativo das políticas públicas para crianças e adolescentes em âmbito local; a formulação de fluxos de encaminhamento de crianças e adolescentes considerando as responsabilidades setoriais e intersetoriais de acordo com a competência de cada órgão do sistema de garantias de direitos da criança e do adolescente e o levantamento dos conteúdos básicos para capacitação dos operadores do sistema e da rede de atendimento à criança e ao adolescente no município.
  • Universidade de Santa Cruz do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025