Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ísis Eloah Machado

Ciências da Saúde

Nutrição
  • impactos financeiros e à saúde devidos à alimentação inadequada e ao excesso de peso no brasil e unidades federativas
  • Na atualidade, grande parte do aumento dos custos em saúde é decorrente das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), que são a causa mais comum de morbimortalidade no Brasil e as quais têm como fatores de risco em comum o excesso de peso e as dietas ricas em alimentos ultraprocessados. O impacto desses fatores de risco sobre os custos no adoecimento por esse grupo de doenças permanece inespecificado na literatura nacional. Nesse sentido, o projeto atual objetiva estimar a carga DCNT e os custos financeiros para o Sistema Único de Saúde (SUS) relacionados à alimentação inadequada e ao excesso de peso na população adulta para o Brasil e Unidades Federativas, tendo como objetivos específicos: a) estimar a carga de doenças crônicas não transmissíveis (mortes, anos de vida perdidos por mortalidade prematura (YLL), anos de vida vividos com incapacidade (YLD) e os anos de vida perdidos ajustados pela incapacidade (DALY) atribuíveis à dieta rica em carnes processadas, bebidas açucaradas, sódio e gorduras trans no Brasil em 2019 e sua tendência no período de 1990 a 2019; b) estimar os custos financeiros diretos das internações e procedimentos de média e alta complexidade por doenças e agravos atribuíveis à alimentação inadequada no SUS em 2019; c) estimar os custos financeiros diretos das internações e procedimentos de média e alta complexidade por doenças e agravos atribuíveis ao excesso de peso no SUS em 2019; d) identificar as modificações no consumo de alimentos que sejam mais acessíveis, culturalmente aceitáveis e mais efetivas para redução da carga de DCNT no Brasil; e) avaliar a relação entre custo da alimentação e custos financeiros das internações e procedimentos de média e alta complexidade por DCNT atribuíveis à alimentação inadequada no SUS. Para tanto, por meio da abordagem comparativa de avaliação de risco, será estimada a proporção da carga específica da doença atribuível a cada fator de risco alimentar (consumo elevado de bebidas açucaradas, carnes processadas, gorduras trans e sódio) e ao excesso de peso. Para tanto, esta análise incluirá a ingestão de cada fator dietético e o índice de massa corporal médio na população, o tamanho do efeito do fator de risco para cada doença crônica não transmissível e o nível de exposição associado ao menor risco de mortalidade. Então, pelo cálculo de frações atribuíveis populacionais de doenças específicas, será estimada a mortalidade, os YLL, os YLD e os DALY relacionados aos riscos dietéticos e ao excesso de peso. A fração atribuível populacional também será utilizada para o cálculo dos custos para o SUS relacionados às internações, consultas, procedimentos complementares e medicamentos atribuíveis ao excesso de peso. Para análise de tendência temporal será calculado o percentual médio de variação anual com seu intervalo de incerteza. Modelos de otimização de dados por programação linear serão utilizados para identificar a modificações no consumo alimentar da população consistente com a redução da carga global de doenças. Essas estimativas servirão de subsídio para a formulação de políticas, programas e ações baseada em evidências, favorecendo a otimização dos investimentos do SUS no que diz respeito à promoção da saúde e cumprimento da agenda de alimentação e nutrição no país.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 01/01/2020-31/12/2021
Foto de perfil

Isis Martins Figueiredo

Ciências Biológicas

Biofísica
  • design de sondas fluorescentes tipo off-on para aplicações biomédicas e bioanalíticas
  • As serino-hidrolases desempenham papéis cruciais em muitos processos biológicos, e várias destas enzimas são alvo de medicamentos aprovados, como diabetes tipo 2, doença de Alzheimer e doenças infecciosas. Apesar disso, a maioria das serino-hidrolases humanas (das quais há mais de 200) permanecem mal caracterizadas com respeito a suas funções fisiológicas e substratos, e a falta de inibidores seletivos in vivo. Desta forma, neste projeto, a proponente irá usar a expertise na área de mapeamento de interações macromolécula-ligante por meio de técnicas espectroscópicas para o desenvolvimento de inibidores de enzimas ligados às sondas fluorescentes do tipo off-on no intuito de desenvolver uma metodologia rápida para determinação da atividade enzimática, bem como, estudo cinético inibitório. Para o desenvolvimento desta metodologia será usada uma quimiotripsina de serino-protease conhecida como elastase de neutrófilos humanos (HNE) que degrada as proteínas da matriz de tecidos, como a elastina, quando liberada dos grânulos azurofílicos em neutrófilos e tem sido um alvo terapêutico para a descoberta de drogas anti-inflamatórias. Várias disfunções pulmonares resultam da migração de neutrófilos para os pulmões durante a inflamação e a posterior liberação de enzimas proteolíticas. O desequilíbrio entre HNE e seus inibidores endógenos leva a feridas esqueléticas graves resultando em uma variedade de doenças, como doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), artrite reumatóide, enfisema pulmonar e psoríase. Além disso, postulou-se que a HNE pode contribuir para a progressão do câncer de pulmão. No entanto, poucos progressos foram feitos nos ensaios que medem a atividade da HNE, especialmente em substratos sintéticos, que desempenham papel essencial na determinação da atividade de HNE. Assim, o projeto de sondas baseadas na atividade de pequenas moléculas (ABPs) provou ser uma abordagem bem-sucedida para rastrear a localização espacial-temporal e a atividade das proteases. Neste contexto, trabalhos da literatura tem repostado o uso de derivados 4-oxo-β-lactamas substituídas com núcleo 1,2,3-triazol como inibidores de HNE. O potencial inibitório (IC50) observado para estes compostos foi na faixa de nanomolar. Com base nestes resultados, neste projeto, uma série de híbridos formados a partir do núcleo 4-oxo-β-lactama ligado a diferentes sondas fluorogênicas (benzotiazóis, resorufina, cumarinas e hidroxifenilquinalozinona) serão projetados e avaliados como substratos para HNE. Um teste fluorimétrico "turn on" será desenvolvido com esses híbridos para determinação rápida da atividade de HNE e do estudo cinético inibitório. Esses compostos serão testados com base em sua resposta específica para HNE em diferentes hidrolases ou proteínas e serão usados diretamente para detectar a atividade elevada da HNE no soro de pacientes com COPD em comparação com os controles saudáveis. Essas sondas economicamente viáveis e de baixa toxicidade facilitarão a descoberta de inibidores de HNE com alta frequência e o diagnóstico clínico rápido de doenças relacionadas à elastase. A necessidade de compreender eventos de reconhecimento molecular em sistemas biológicos tem levado esforços para o desenvolvimento de novas sondas químicas. Assim, o uso de ABPs que visam HNE pode levar a uma metodologia fácil para a quantificação da atividade da HNE em transtornos pulmonares e, em última instância, pode levar a novas ferramentas de diagnóstico que funcionam através de protocolos não invasivos. Portanto, no final deste projeto, pretendemos identificar a atividade de reconhecimento seletivo da protease para validação de biomarcadores e desenvolvimento de novas ferramentas de diagnóstico.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Islândia Maria Carvalho de Sousa

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • avaliação econômica e de efetividade das práticas integrativas e complementares em saúde na atenção primária em saúde no sistema único de saúde
  • Cada vez mais as instituições de pesquisas no campo da saúde pública, especificamente no Sistema Único de Saúde (SUS), tem buscado contribuir com a eficiência e efetividade do sistema realizando investigações acerca das políticas públicas e suas implicações na qualidade de vida dos usuários do SUS. No que se refere as Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas é cada vez mais evidente o seu uso e disseminação nos serviços públicos de saúde em todo o mundo (OMS, 2013). Apesar da sua crescente disponibilidade e popularidade, a implantação e o financiamento público dessas medicinas não são consensuais e tem sido apontada a necessidade do aumento de estudos acerca da sua efetividade, eficácia e custo-efetividade (HERMAN et al., 2012; KOOREMAN; BAARS, 2012). No Brasil, as Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas foram designadas pelo Ministério da Saúde como Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) e implantadas no  SUS por meio da Política Nacional de Práticas Integrativas (PNPIC) em 2006 e o Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. A PNPIC tem como objetivo a prevenção de agravos, a promoção e recuperação da saúde, com ênfase na atenção primária. Em sua implantação, formalizou a oferta de cinco práticas no SUS: homeopatia, Medicina Tradicional Chinesa, Medicina antroposófica, termalismo social e crenoterapia, plantas medicinais e fitoterapia. Entre 2017 e 2018, o escopo foi ampliado e outras 24 práticas foram incorporadas: arteterapia, ayurveda, biodança, dança circular, meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, quiropraxia, reflexoterapia, reiki, shantala, terapia comunitária integrativa, yoga, apiterapia, aromaterapia, bioenergética, constelação familiar, cromoterapia, geoterapia, hipnoterapia, imposição de mãos, ozonioterapia e terapia de florais (BRASIL, 2015; 2017; 2018a; DE SOUSA; DE AQUINO; BEZERRA, 2017). As PICS fazem parte da rotina de muitos serviços de Saúde Pública e cresceram junto com o SUS, com registros desde a década de 1980. A maioria das experiências em PICS no SUS nasceu a partir das necessidades/demandas dos municípios. Antes da publicação da PNPIC existiam experiências em vários municípios, fato verificado por uma pesquisa realizada em 2004, pelo Ministério da Saúde (MS) para conhecer o que vinha sendo realizado no SUS e revisado em 2008 quando identificou sua oferta em mais de 800 municípios (BRASIL, 2006; 2011; CONTATORE et al., 2015; OTANI; BARROS, 2011). No entanto, esta ampliação não foi seguida no investimento em pesquisas acerca de sua efetividade e custo, havendo a serem esclarecidas, entre elas: Qual o custo efetividade da implantação da PNPIC? Todas as práticas integrativas podem ser vistas como efetivas de modo indistinto? Para quais tipos de problemas/condições podem ser efetivas? Neste sentido, considerando que no contexto brasileiro as PICS são majoritariamente ofertadas na APS, e que algumas das experiências denotam que o maior público são usuários em condições crônicas, este estudo tem como objetivo realizar a avaliação econômica e de efetividade das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde implementadas na Atenção Primária em Saúde no SUS para usuários em condições crônicas. Propomos avaliar a prática das PICS ofertadas na APS do SUS sob dois ângulos: 1) a efetividade do uso das PICS na vida dos usuários portadores de condições crônicas (indicadores individuais e populacionais) na APS dos municípios-caso selecionado; e 2) avaliação econômica (custo-efetividade e análise de impacto orçamentário) da oferta de PICS no municípios-caso. A seleção do município se dará considerando um caso tipo ideal, visto que possui todas as informações necessárias (econômicas e clínicas) e, casos que não tenham todas as informações necessárias, mas haja condições para estimar. No momento, não há estudos publicados que indiquem o custo-efetividade, ou o impacto econômico da inserção das práticas pertencentes às PICS no Sistema Único de Saúde, no âmbito da Atenção Primária à Saúde. Assim, este estudo visa ofertar evidências quanto aos aspectos positivos da oferta de PICS por meio da APS e demonstrar as suas possíveis deficiências; bem como, avaliar a efetividade das equipes de APS com oferta de PICS na busca de potencializar seus efeitos e minimizar os riscos para os usuários portadores de condições crônicas, considerando que estes têm sido usuários habituais das PICS. Nos últimos cinco anos, as nossas pesquisas foram direcionadas à identificação da oferta, uso, cobertura e avaliação dos serviços de PICS disponibilizados no SUS em território nacional. Porém, ressalta-se que o Grupo de Pesquisa Saberes e Práticas em Saúde (GPS) da Fiocruz-PE vem desenvolvendo pesquisas envolvendo a temática das PICS há dez anos e desenvolvido, em conjunto com o grupo de Economia Política da UFPE, estudos no campo da Economia da Saúde. Assim, neste projeto buscará envolver diferentes pesquisadores que relacionem oferta-efetividade-custo. Deste modo, este projeto consiste em aprofundamento e desdobramentos de pesquisas anteriores de estudos de casos desenvolvidos desde 2002 (SOUSA; VIEIRA, 2004; SANTOS et al., 2011; TESSER; SOUSA, 2011; SOUSA et al., 2012; SOUSA; TESSER, 2017; SOUSA; HORTALE; BODSTEIN, 2018) pelo Grupo de Pesquisa Saberes e Práticas em Saúde da Fiocruz-PE em parceria com outros Grupos de Pesquisas: Grupo de Economia Política da Saúde da UFPE, do Departamento de Medicina Social da Universidade Federal de Santa Catarina e com os grupos de Pesquisas da UFPE: Saúde Integrativa – PNPICS, Racionalidades em Saúde; Sistemas Médicos e Práticas Complementares e Integrativas, sediado na Universidade Federal Fluminense. O projeto será desenvolvido em rede, buscando associar especialistas/pesquisadores de diferentes grupos de pesquisa que possam contribuir na coleta e análise dos dados. Além da articulação com gestores de saúde municipais e federal.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Ismael Andre Heisler

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • espectroscopia eletrônica e vibracional multidimensional ultrarrápida para o estudo de materiais energéticos
  • Uma questão urgente que sociedades bem-sucedidas no século XXI terão de abordar é o desenvolvimento de novas fontes de energia “limpas” e sustentáveis. Devido ao seu baixo custo de produção e grande versatilidade de uso como, por exemplo, em células solares, fotodetectores, diodos emissores de luz, etc., dispositivos optoeletrônicos baseados em materiais orgânicos conjugados são uma alternativa promissora aos seus equivalentes inorgânicos. O entendimento (foto)físico básico subjacente à atividade óptica e eletrônica de materiais optoeletrônicos orgânicos é uma área de pesquisa muito ativa devido à complexidade dos estados excitados de tais estruturas. Várias questões ainda restam ser esclarecidas: como descrever exatamente a natureza física do(s) estado(s) excitado(s) quando os fótons são absorvidos? Quais níveis de energia estão envolvidos ou suportam os portadores de carga quando a corrente está fluindo? A partir de qual nível de energia a fluorescência (perda de energia) se origina (ou seja, qual é o estado excitado de mais baixa energia)? É exatamente aqui que a pesquisa baseada em espectroscopia ultrarrápida pode contribuir substancialmente, como já foi mostrado com aplicações recentes bem-sucedidas a diversos sistemas naturais e sintéticos. Esta proposta visa iniciar o desenvolvimento de métodos experimentais de vanguarda que permitam uma compreensão da estrutura eletrônica e dinâmica de sistemas moleculares em nano escala, e também apoiar o desenvolvimento de teoria, disseminação e colaboração interdisciplinar para extrair o maior benefício possível de se ter tal infraestrutura de espectroscopia avançada. Pela sua própria natureza, os métodos que pretendemos desenvolver têm aplicações multidisciplinares, envolvendo conceitos físicos fundamentais, química sintética, ciência dos materiais e processos biofísicos e bioquímicos. Pretendemos realizar um estudo sistemático e detalhado de estruturas orgânicas semicondutoras, as quais estão sendo produzidas no grupo de Dispositivos Optoeletrônicos Orgânicos do departamento de Física da UFPR.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ismael Casagrande Bellettini

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento e aplicações de complexos de polieletrólitos produzidos a partir de polímeros modificados
  • A proposta tem como objetivo apresentar um projeto de pesquisa que pretende-se desenvolver a modificação de polímeros sintéticos e/ou naturais e aplicá-los na formação de complexos poliméricos. Esses complexos podem ser utilizados para diversas aplicações, como, por exemplo, na liberação controlada de fármacos, uso na terapia genética (gene delivery), na produção de nanofibras, hidrogéis, entre outros. Os polímeros modificados serão caracterizados por diferentes técnicas de análises, os complexos de polieletrólitos (PEC) desenvolvidos serão investigados por diferentes técnicas de medida, assim como suas aplicações na área de interesse. Uma diversidade de pesquisa avançada está sendo realizada com polieletrólitos e seus complexos, muitos desses biodegradáveis, biocompatíveis e podem ser utilizados para diversas aplicações nos campos farmacêutico e biomédico. A combinação das propriedades de dois polímeros diferentes apresentam características únicas, o que leva ao avanço no desenvolvimento de novos sistemas. As propriedades e as caracterizações dos PECs podem ser otimizadas, a partir do conhecimento da proporção de polieletrólito na preparação dos complexos, que é de importância fundamental para o desenvolvimento de aplicações farmacêuticas e biomédicas. Os polieletrólitos modificados podem ser projetados com recursos especiais para otimizar suas propriedades e aplicações.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ismael Forte Freitas Júnior

Ciências da Saúde

Educação Física
  • efeitos do treinamento aeróbio sobre a composição corporal, metabolismo lipídico e resposta inflamatória de mulheres em tratamento hormonal para câncer de mama
  • Introdução: O câncer de mama é uma das principais causas de morbi-mortalidade no mundo. Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA, 2018), no Brasil se estimam 59.700 casos novos desta patologia para cada ano 2018 e 2019 respectivamente, estima-se também um risco de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres. O tratamento com hormonioterapia, considerado como um quimioterápico, é forma farmacológica utilizada normalmente para reduzir a probabilidade de recidiva tumoral e metástase na paciente. Entretanto, apresenta diversos efeitos adversos como: perda de densidade mineral óssea, aumento do peso corporal, alterações metabólicas (lipídica, glicêmica e inflamação sistêmica de baixo grau), diminuição da capacidade funcional e, consequentemente, menor qualidade de vida. O treinamento físico tem sido utilizado como forma de diminuição desses efeitos adversos, porém não se tem um protocolo definido sobre qual modelo de treinamento seja eficaz para pacientes nessa fase de tratamento, que é feito, normalmente, com duas categorias de medicamento: Tamoxifeno e Inibidor de Aromatase. Objetivo: Comparar o efeito do treinamento aeróbio sobre variáveis da composição corporal, por meio de três diferentes técnicas, metabólicas e inflamatórias de mulheres em tratamento para câncer de mama que utilizam Tamoxifeno ou Inibidor de Aromatase. Método: A amostra deste ensaio clínico será formada por 45 mulheres, sendo 15 mulheres sem câncer (grupo controle) e 30 mulheres sob tratamento com hormonioterapia (15 que fazem uso de tamoxifeno e 15 que fazem uso de inibidores de aromatase) por, no máximo três anos e que estejam sendo acompanhadas pelo serviço público para tratamento de câncer de mama da cidade de Presidente Prudente-SP. A amostra total será distribuída em três grupos: Grupo Treinamento Aeróbio Tamoxifeno (GTT); Grupo Treinamento Aeróbio Inibidor de Aromatase (GTA) e Grupo Treinamento Aeróbio sem Câncer (GTC). Serão realizadas avaliações das variáveis de interesse no momento inicial (baseline) e após 24 semanas de intervenção. Serão analisados: biomarcadores (Tumor Necrosis Factor-Alpha, interleucina -IL- 6 e 10 e adiponectina), variáveis da composição corporal por absortiometria de raios x de dupla energia (DXA) e por antropometria convencional e digital, perfil lipídico (triglicérides, colesterol total e colesterol não HDL, APOA1, APOB, APOB48, LDL oxidada, tamanho de HDL, subfixação do LDL e HDL. A intervenção com treinamento aeróbio será realizada e esteira ergométrica e terá duração de 24 semanas, na qual os grupos realizarão os exercícios três vezes por semana em dias intercalados, tendo a intensidade controlada pela frequência cardíaca máxima. As comparações entre grupos no baseline será feita pela ANOVA One Way e as comparações entre grupo e momento serão realizadas por meio da ANOVA two way. Esta análise possibilitará avaliar os efeitos do tempo, treinamento e interação entre ambos. O potencial uso da antropometria digital será analisado comparando os resultados com os obtidos com a técnica referência DXA, e avaliando o erro técnico da medida. Além dessas análises, também será realizado cálculo do tamanho do efeito (effect size). Todas as análises serão realizadas no software SPSS versão 25.0, com um nível de significância de 5%.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ismael Gonçalves Alves

Ciências Humanas

História
  • cuidando das famílias pobres: a assistência social materno-infantil na região carbonífera catarinense (1930-1980)
  • A pesquisa ora apresentada tem por finalidade analisar aspectos relevantes na produção de políticas de proteção materno-infantis no sul do Estado de Santa Catarina, destinadas às camadas populares ligadas às atividades carboníferas. Embora o Estado brasileiro tenha ampliado consideravelmente, desde o início do século XX, os serviços de assistência social por meio de políticas públicas, tais ações não foram capazes de alcançar a todas as camadas da população da mesma forma, intercalando ações públicas e privadas no auxilio aos necessitados. Nesta pesquisa, privilegiaremos a investigação das políticas sociais materno-infantis circunscritas às cidades de Lauro Müller, Criciúma e Tubarão , que durante os anos de 1930 a 1980 formaram os principais polos extratores e beneficiadores do carvão mineral catarinense, e que por isso sofreram duramente os impactos negativos deste tipo de atividade industrial sobre a vida de sua população. Assim, o estudo das políticas assistenciais proposto neste projeto possui o intuito de inventariar e analisar a participação dos diversos seguimentos sociais – Estado, entidades filantrópicas, empresariado local – na formação de uma rede de proteção materno-infantil local, ocasionando profundos impactos na assistência às mães pobres e ao combate da mortalidade infantil; considerados graves entraves para o desenvolvimento local.
  • Universidade do Extremo Sul Catarinense - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Israel Teoldo da Costa

Ciências da Saúde

Educação Física
  • influência das habilidades percepto-cogntivas sobre a tomada de decisão e o comportamento tático de jogadores de futebol
  • Futebol está entre os cinco esportes com maior demanda por habilidades perceptivo-cognitivas. Esta exigência ocorre por causa do alto número de estímulos ambientais disponíveis no jogo que os jogadores têm de avaliar para tomar decisões. O objetivo desta pesquisa é verificar a influência das habilidades percepto-cognitivas sobre a tomada de decisão e o comportamento tático de jogadores de futebol. Para tal, a amostra será composta por no mínimo 90 jogadores de futebol. Estes jogadores deverão pertencer a ligas de futebol universitário ou as categorias de base de um clube e/ou escolinha. Serão avaliadas as habilidades percepto-cognitivas (comportamento pupilar e a estratégia de busca visual) através do Mobile Eye Tracking e de testes de simulação em vídeo. A capacidade de tomada de decisão será avaliada através do teste de campo do FUT-SAT e através de quatro testes video-simulados. A análise dos dados será feita por meio de testes da estatística descritiva, teste de Kolmogorov-Smirnov, teste de Levene, correlações de Pearson e de Spearman e o teste Kappa de Cohen. Todos os procedimentos estatísticos terão nível de significância de p≤0,05 e serão realizados nos softwares SPSS (Statistical Package for Social Science) for Windows®, versão 20.0 e/ou EQS (Structural Equation Modeling) for Windows®, versão 6.1. Afigura-se importante mencionar que trata-se do primeiro projeto a ser implementado no Brasil utilizando as técnicas de avaliação da tomada de decisão utilizadas pelo grupo de pesquisa do Prof. Dr. Mark Williams da Brunel University London e que foram aprendidas pelo proponente deste projeto durante o seu treinamento de pós-doutoramento no ano acadêmico 2014-2015.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/12/2021
Foto de perfil

Ita Pfeferman Heilberg

Ciências da Saúde

Medicina
  • estudo das relações entre o sistema nervoso autônomo e o metabolismo mineral ósseo na obesidade.
  • A obesidade representa um dos maiores problemas de saúde pública no mundo atual, devido ao elevado risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, diabetes mellitus tipo 2, síndrome metabólica, hipertensão arterial e doenças renais tais como a litíase renal e as glomerulopatias. Adicionalmente, a obesidade afeta o metabolismo mineral ósseo de maneira importante. Apesar do aumento de peso corporal ter sido considerado tradicionalmente como fator protetor contra a osteoporose devido à ação benéfica da maior carga mecânica, efeitos deletérios sobre a massa óssea têm sido observados mais recentemente. O aumento da adiposidade visceral associa-se com o estímulo da atividade do sistema nervoso autônomo (SNA) simpático. O tecido adiposo é um órgão endócrino, secretor de vários hormônios e citocinas, dentre elas a leptina, que tem papel na regulação do metabolismo mineral ósseo através do sistema nervoso central. Enquanto as ações periféricas da leptina favorecem o aumento da massa óssea, seu efeito em nível central parece ser inibitório sobre a formação óssea através de uma via serotoninérgica (tronco cerebral para o hipotálamo) e através do tônus simpático do SNA gerado pelo hipotálamo. Foi demonstrado que a sinalização simpática nos osteoblastos promove maior expressão do ligante do receptor ativador do fator nuclear kappa B (RANKL) resultando em aumento da reabsorção óssea via estimulação osteoclástica. Estudos recentes têm ressaltado a importância de alguns microRNAs (miRs) no controle da homeostase óssea. No entanto, o impacto da obesidade na expressão de tais miRs ainda é desconhecido. Considerando-se a controvérsia vigente acerca dos efeitos benéficos ou não da obesidade sobre a massa óssea e em vista dos conceitos mais recentes de que a leptina e outros hormônios sintetizados pelo tecido adiposo são regulados pelo SNA, um estudo em um modelo animal de obesidade para explorar as relações entre o metabolismo mineral ósseo e o SNA faz-se importante para compreensão dos mecanismos fisiopatogênicos envolvidos. Os objetivos do presente projeto serão o de avaliar o metabolismo mineral ósseo em um modelo animal de obesidade em ratos machos submetidos à dieta hiperlipídica contendo 60% de gordura durante 18 semanas. Serão utilizadas técnicas de histomorfometria com dupla marcação pela tetraciclina para avaliação da microarquitetura óssea, imuno-histoquímica para expressão de proteínas ósseas e qRT-PCR para análise da expressão gênica de citocinas, fatores de crescimento e receptores envolvidos na mineralização óssea em tecido ósseo, adiposo e renal. Durante o protocolo, serão coletadas amostras de sangue para dosagem de função renal, hormônios calciotrópicos bem como dos marcadores de formação e reabsorção óssea. Adicionalmente, a expressão gênica de vários miRs será quantificada no soro e no tecido ósseo. Por fim, serão determinados os efeitos da denervação aguda do SNA sobre o metabolismo mineral ósseo.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Itabajara da Silva Vaz Junior

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • glutationa s-transferases de carrapatos e o desenvolvimento de vacina multi-espécie contra carrapatos
  • O carrapato Rhipicephalus microplus é um ectoparasita hematófago presente nas regiões tropicais e subtropicais do mundo, e representa um dos principais problemas econômicos para criadores de gado. O nosso grupo de pesquisa isolou e caracterizou proteínas de carrapatos presentes em diferentes vias metabólicas que, quando utilizadas como imunógenos vacinais, induziram proteção contra a infestação por R. microplus e outros carrapatos. Das proteínas testadas até o momento, uma glutationa S-transferase do carrapato Haemaphysalis longicornis é a que induz os melhores índices de proteção contra infestação de carrapatos (60% na redução da infestação e 15% no ganho de peso dos bovinos vacinados). Uma estratégia para aumentar a eficácia de uma vacina é combinar dois ou mais antígenos. Assim sendo, o uso de coquetéis vacinais poderia resultar na maximização da proteção conferida pela vacinação mono-antigênica utilizando-se glutationa S-transferase de H. longicornis. Resultados preliminares do nosso grupo mostraram que a GST de H. longicornis tem potencial para ser um antígeno vacinal para proteger bovinos contra infestações de algumas espécies de carrapatos presentes na África. Com este objetivo iremos estudar as GST de carrapatos africanos, principalmente Rhipicephalus appendiculatus, Rhipicephalus decoloratus e Amblyomma variegatum e comparar com resultados obtidos no Brasil visando o desenvolvimento de uma vacina multi-espécie
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Italo Fernando Scotá Cunha

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • segurança de tráfego interdomínio na internet: identificação de origem falsificada em pacotes
  • Apesar da sociedade depender mais e mais de serviços na Internet, estes serviços continuam vulneráveis. Os ataques de negação de serviço (DDoS) recentes demonstraram que dispositivos infectados podem derrubar o alvo de um ataque e serviços relacionados. Sequestros de prefixos maliciosos permitem atividades ilegais como phishing de e-mail e roubo de Bitcoin. A falta de controle e visibilidade sobre roteamento na Internet pode expor tráfego a entidades terceiras quaisquer, por exemplo quando tráfego doméstico dos EUA foram roteados através da Islândia. Estes ataques são possíveis devido a sérias vulnerabilidades no projeto básico da Internet. A internet provê um plano de controle, responsável por estabelecer rotas entre destinos, e um plano de dados, responsável pelo encaminhamento de dados nestas rotas. Os protocolos utilizados em ambos estes planos não possuem autenticação. A falta de autenticação permite que redes declarem posse de rotas a destinos de outras redes (sequestro de prefixo, prefix hijack), por exemplo para atrair tráfego; e permite que dispositivos declarem que o tráfego que enviam veio de outra origem (falsificação de endereço IP de origem, source IP spoofing), por exemplo para realização de ataques. Por causa destas vulnerabilidades, pesquisa em roteamento é um aspecto crítico da segurança em redes. Porém, pesquisadores não conseguem executar experimentos de roteamento na Internet que sejam ambos realistas e controlados, visto que medições e simulações têm sérias limitações. Técnicas tradicionais de medição como traceroute só conseguem medir o estado corrente da Internet, e pesquisadores não têm a habilidade de manipular rotas para medir como a Internet reage ou quantificar o impacto de mudanças. Simulações proveem este controle, mas não proveem fidelidade, visto que nossa habilidade de configurar simulações é limitada pela nossa habilidade de medir a Internet. Um aspecto da Internet que técnicas atuais não conseguem medir de forma satisfatória é quais redes permitem envio de tráfego com endereço IP de origem falsificado ou realização de sequestro de prefixos. Apesar destes ataques serem possíveis devido à falta de autenticação nos protocolos da Internet, as comunidades de pesquisadores e operadores desenvolveram técnicas para filtrar tráfego no plano de controle (Route Origin Validation (ROV)) e no plano de dados (BCP38 ingress filtering). Porém, a adoção de mecanismos de filtragem permanece limitada e sua configuração é sujeita a erros em ambos planos de controle e de dados. Medir quais redes filtram e quais redes permitem ataques é um passo crítico para localização de ataques, encorajar instalação de filtros, e aumentar a segurança da Internet. Porém, esforços atuais para identificar falsificação de endereços IP de origem não têm cobertura satisfatória. Sem experimentos controlados para manipular rotas e observar como as medições mudam, é impossível identificar qual a explicação correta para observações e inferir precisamente quais redes filtram ou não filtram pacotes com origem falsificada. Neste projeto iremos estender a plataforma PEERING, permitindo a realização de novas pesquisas por outros pesquisadores, sobretudo na área de segurança de roteamento na Internet. Iremos estudar um problema de segurança no plano de dados da Internet: identificação de fontes de pacotes com origem falsificada. Por último, nossos resultados têm aplicações práticas, particularmente para operadores de rede.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ítalo Herbert Lucena Cavalcante

Ciências Agrárias

Agronomia
  • bioestimulação da mangueira ‘kent’ no semiárido
  • O Brasil destaca-se como oitavo maior produtor mundial de manga com aproximadamente 67% da produção nacional colhida na região Nordeste, especialmente na região do Vale do São Francisco, que contribui para que os estados da Bahia e de Pernambuco sejam os maiores produtores nacionais e responsáveis, em 2017, por quase 90% das exportações brasileiras de manga. As exportações brasileiras de manga destinam-se em sua maioria à União Européia, mercado exigente em frutos com pouca ou nenhuma fibra, sabor superior e coloração intensa. Dentre as diversas cultivares produzidas no Brasil, a cultivar Kent apresenta sabor agradável e quantidade de fibra reduzida, o que a torna uma opção para exportação. A região do Vale do São Francisco possui clima semiárido tropical caracterizado por elevadas temperaturas e baixos índices pluviométricos, o que demanda práticas culturais específicas, especialmente visando à redução do estresse vegetal causado tanto pelas elevadas temperaturas, quanto pela redução de lâmina de irrigação que é necessária antes do período de indução floral, visando à uniformidade da floração. Ao se associar o sistema produtivo da mangueira adotado no Vale do São Francisco com as condições edafoclimáticas regionais peculiares, verifica-se, especialmente para a variedade ‘Kent’ que problemas de estresse abiótico causado pelas elevadas temperaturas tem comumente ocorrido e interferido negativamente no sistema produtivo da mangueira. As plantas ativam diferentes mecanismos de proteção em resposta a condições abióticas adversas, dentre os quais o acúmulo de solutos orgânicos de baixo peso molecular (prolina, proteína, carboidratos) nos tecidos, que vem sendo estudado especialmente em relação a estresse hídrico, térmico, salino ou estresses causados por patógenos, anaerobiose, deficiência de nutrientes, poluição atmosférica e radiação UV, e até mesmo a todos esses estresses de forma combinada “estresses múltiplos”. Alguns estudos vêm sendo desenvolvidos com o objetivo de mitigar os efeitos deletérios de efeitos abióticos especialmente com fornecimento exógeno de extratos vegetais (Ascophyllum nodosum) e prolina com resultados satisfatórios, embora para a cultura da mangueira em condições semiáridas ainda constitui uma lacuna na literatura científica. Mediante o exposto e pela importância social e econômica da fruticultura para o Vale do São Francisco, o presente projeto vem a contribuir com a sustentabilidade da atividade frutícola nacional, através da avaliação de prolina associada a Ascophyllum nodosum (L.) como mitigadores do estresse vegetal visando a redução da queda prematura de frutos na variedade ‘Kent’. O experimento será instalado em esquema fatorial 4 x 2 x 2, correspondentes à: i) concentrações de prolina: testemunha (sem prolina), 0,287; 0,575; e 1,150%; ii) Ascophyllum nodosum (L.) (com e sem) e iii) forma de aplicação (foliar ou via fertirrigação). Os tratamentos serão distribuídos em blocos ao acaso, com quatro repetições e cinco plantas de mangueira ‘Kent’ por parcela. Espera-se com o presente projeto obter uma combinação adequada entre prolina e extrato de alga Ascophyllum nodosum, que possa mitigar efeitos abióticos e reduzir a queda extemporânea de frutos de manga ‘Kent’ no semiárido tropical; promover um registro de um produto no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) voltado à mitigação do estresse abiótico especificamente para a mangueira; e fornecer ao produtor uma opção eficiente e desenvolvida sob as condições edafo-climáticas do semiárido para a queda extemporânea de frutos de manga ‘Kent’.
  • Universidade Federal do Vale do São Francisco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Italo Marcos Nunes de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • propriedades ópticas, térmicas e hidrodinâmicas de sistemas líquido-cristalinos dopados com nanobastões de ouro
  • O presente projeto é dedicado ao estudo dos efeitos da adição de nanopartículas de ouro sobre as propriedades ópticas, térmicas e hidrodinâmicas de cristais líquidos. Em particular, será investigado como a adição de nanobastões de ouro com diferentes razões de aspecto afeta a dinâmica de reorientação do eixo óptico de amostras sob condições de contorno torcionadas. Usando uma técnica experimental que permite medir o transiente na intensidade de um feixe de luz polarizada transmitido pela amostra, será posssível determinar como a fotoexcitação dos nanobastõesde ouro em diferentes comprimentos de onda pode modificar as propriedades eletro-ópticas dos cristais líquidos. Outro aspecto a ser investigado é a possibilidade de armazenar informações nas amostras líquido-cristalinas dopadas, explorando para isso o processo formação de grades holográficas nas amostras líquido-cristalinas dopadas com os nanobastões. No que diz respeito as propriedades térmicas, o projeto visa ainda investigar como as transições de fase de filmes livremente suspensos na fase esmética-A são afetadas pela introdução de nanobastões de ouro.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Itamar Borges Junior

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • abordagens estáticas e dinâmicas em química teórica-computacional aplicada a fotovoltaicos orgânicos, materiais energéticos e espectroscopia de massas
  • Neste projeto serão empregados variados métodos no estado-da-arte da química teórica-computacional para estudar três classes de importantes problemas. Nos fotovoltaicos orgânicos, o foco é nos processos de transferência de carga envolvendo os estados eletrônicos excitados cruciais para a geração de corrente elétrica. Em materiais energéticos, as propriedades eletrônicas de nitraminas, moléculas componentes de explosivos mais eficientes e cada vez mais empregados, serão examinadas com especial ênfase na correlação de sensibilidade a detonação com propriedades moleculares. Novas moléculas com potencial energético também serão investigadas, assim como seus estados eletrônicos excitados em fase gasosa e em solvente. Em espectroscopia de massas, serão investigados alcalóides de pirrolizidina, moléculas naturais encontradas em plantas que têm papel importante em seus mecanismos de defesa contra insetos, e moléculas de explosivos. O objetivo é elucidar os mecanismos de fragmentação e racionalizar espectros de massas medidos destas moléculas. Os métodos estáticos a serem empregados incluirão cálculos de estrutura eletrônica com funções de onda ab initio e teoria do funcional da densidade (DFT) do estado fundamental e de estados excitados. As abordagens de dinâmica molecular para investigar a evolução temporal de processos moleculares envolverão apenas o estado eletrônico fundamental ou incluirão também os estados eletrônicos excitados. Os resultados desta pesquisa produzirão avanços fundamentais no entendimento atomístico-molecular nos três tópicos do projeto, poderão ter impacto em aplicações práticas e contribuirão para a formação de novos pesquisadores.
  • Instituto Militar de Engenharia - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Iuri Drumond Louro

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • associação do roundup® com modificações epigenéticas em linhagens de câncer de mama e análise da influência dos agentes 3-deazaplanocina-a (dznep), 5-aza-2'-desoxicitidina (dac) e tricostatina a (tsa) na re-expressão dos genes silenciados.
  • O câncer de mama é o tipo de tumor mais frequente nas mulheres. Estima-se que anualmente ocorram 1,7 milhões de novos casos e 521.900 mortes em decorrência da doença em todo o mundo. A iniciação e a progressão do câncer de mama podem ser relacionadas tanto com mutações hereditárias ou somáticas quanto com alterações epigenéticas que podem ser promovidas por fatores ambientais diversos, tais como a exposição a agentes químicos. Nos últimos anos, com o crescimento mundial do uso do glifosato, um agrotóxico do tipo herbicida, estudos têm indicado sua atuação como desregulador endócrino e mitógeno e sua influência na taxa de crescimento tumoral. Embora estejam disponíveis alguns trabalhos acerca das alterações na expressão gênica relacionadas a esses eventos, a literatura ainda carece de estudos capazes de apontar as mudanças epigenéticas subjacentes à exposição ao glifosato. Baseado em dados preliminares obtidos através da técnica de microarray, nosso grupo constatou que baixas concentrações e Roundup® (formulação mais comercializada do glifosato) estão relacionadas à desregulação de genes envolvidos no ciclo celular e genes ligados ao reparo do DNA em linhagens celulares de câncer de mama estrógeno-positivo e estrógeno-negativo. Dessa forma, o presente trabalho almeja identificar em linhagens de câncer de mama e mama normal se os genes RARβ2, SFRP2, PCNA, XPA e BRCA1, importantes genes supressores tumorais envolvidos na progressão do ciclo celular e reparo do DNA, possuem sua expressão alterada após a exposição ao Roundup®. Diferente do estudo anteriormente realizado, o qual analisou a influência do herbicida em cultura celular por até 48 horas, o presente projeto irá expor as células por um período prolongado (1 a 7 dias), a fim de observar a sobrevida e resposta celular das células tratadas. Além disso, pretende-se avaliar a potencialidade de agentes moduladores epigenéticos 3-deazaplanocina-A (DZNep), 5-aza-2'-desoxicitidina (DAC) e tricostatina A (TSA) no restabelecimento da função gênica. Nesse intuito, o nível de expressão dos genes selecionados será investigado por meio da técnica de PCR em tempo real em linhagens expostas ao Roundup®. Aqueles genes que apresentarem expressão alterada serão avaliados quanto ao perfil de metilação de sua região promotora, por meio da técnica PCR específica para metilação (MS-PCR), e quanto à detecção da expressão da proteína por western blotting. Uma vez identificados os genes epigeneticamente silenciados após a exposição ao Roundup®, as linhagens serão expostas aos compostos DZNep, 5-aza-dC e TSA no intuito de avaliar sua eficácia no restabelecimento da expressão gênica. Os resultados obtidos poderão trazer mais informações a respeito da ação dos agrotóxicos, especialmente o Roundup®, no organismo dos indivíduos expostos. Esse entendimento associado a outros poderá auxiliar na predição do risco e prognóstico do câncer de mama em indivíduos expostos ao Roundup®, assim como a resposta ao tratamento com DZNep, DAC e TSA fornecerá informações que poderão auxiliar no tratamento da doença.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ivair Aparecido dos Santos

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • desenvolvimento de microssensores magnetoelétricos multifuncionais via manufatura aditiva
  • Nas últimas décadas, a ideia de produzir materiais e dispositivos inteligentes tem atraído à atenção de muitos pesquisadores das mais diversas áreas do conhecimento, nas mais diversas partes do mundo. Entre os chamados materiais inteligentes, aqueles denominados como multiferroicos, tais como os magnetoelétricos, magnetoelásticos e os eletroelásticos despertam especial interesse devido as suas propriedades físicas peculiares. De fato, tais materiais já vêm sendo empregados na tentativa de produzir protótipos de transformadores e sensores de estado sólido. Tais dispositivos, obtidos a partir de materiais multiferroicos, podem teoricamente ser integrados aos modernos sistemas eletrônicos de elevação de tensão ou detecção de sinais de baixíssima intensidade. Neste contexto de extrema relevância estratégica tanto do ponto de vista tecnológico aplicado quanto de saúde pública e uso racional de energia, e que figura como principal tema de estudo e desenvolvimento deste projeto, o desenvolvimento de microssensores magnetoelétricos multifuncionais ultrassensíveis e sintonizáveis para aplicação em medicina, mecatrônica, robótica e em eletroeletrônica, com a utilização de materiais multiferroicos, emerge como um tema de pesquisa altamente inovador e com elevado potencial de quebra de paradigmas científicos e tecnológicos. Neste projeto, o principal ponto inovador, de caráter tecnológico aplicado, reside no desenvolvimento de microssensores magnetoelétricos multifuncionais ultrassensíveis e sintonizáveis para aplicação multifuncional, de altíssima resolução (baixa relação sinal/ruído), e baixo consumo de energia, com princípio de funcionamento fundamentado no efeito magnetoelétrico e produzidos por manufatura aditiva. Esses microssensores, que serão obtidos por manufatura aditiva (impressão 3D com impressora de jato de tinta cerâmica) explorarão o efeito magnetoelétrico apresentado em microcompósitos laminares de materiais multiferroicos que, em função da aplicação de campos magnéticos estáticos e/ou oscilantes, apresentem sintonabilidade com relação à frequência de operação, elevada estabilidade térmica e baixa relação sinal/ruído. Tais sensores poderão vir a contribuir de forma significativa em várias áreas do desenvolvimento tecnológico e em inovação tecnológica, já que várias subáreas diferentes poderão vir a ser atendidas em função das propriedades/características dos sensores, numa relação custo/benefício muito mais atraente do que aqueles baseados em SQUIDS. Além disso, tais microssensores possuem um atributo não encontrado em nenhum outro tipo de sensor usado para as mesmas finalidades, que é sua portabilidade, potencialidade de miniaturização e seu baixíssimo nível de consumo de energia (ausência de correntes de Eddy e baixa perda dielétrica), o que vai ao encontro das políticas governamentais de acesso à saúde, uso racional de energia elétrica e de recursos naturais.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ivaldo Itabaiana Júnior

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • biocatálise da levoglucosana como plataforma para a obtenção de moléculas de alto valor agregado
  • Anualmente, toneladas de resíduos agroindustriais são geradas no Brasil, e apenas cerca de 10% são de fato reaproveitados. Portanto, novas estratégias são necessárias para agregar valor a estes commodities. Nesta tendência, o emprego de enzimas é uma alternativa promissora para a química sintética na busca de novos produtos de interesse industrial. O setor sucroalcoleiro possui elevada representatividade na utilização de biomassa lignocelulósica para a obtenção de biocombustíveis, como o etanol de primeira geração, além de pequeno reaproveitamento do bagaço para a obtenção de etanol de segunda e terceira gerações. Sendo assim, novos métodos de valorização desta biomassa têm sido desenvolvidos e aprimorados, como a pirólise, que gera variados compostos orgânicos em tempos curtos. Dentre os produtos de pirólise rápida está o bio-óleo, mistura viscosa resultante da oxidação dos polímeros de biomassa, cujo principal componente é a levoglucosana, açúcar anidro que pode ser hidrolisado a glicose, ou ser assimilado diretamente como fonte de carbono em processos fermentativos para a obtenção de diversos bioprodutos, como os exopolissacarídeos (EPS), sintetizados após a fase de crescimento ou sob condições de estresse em fungos, bactérias e leveduras. A possibilidade de modificação enzimática destes compostos, além da diversidade estrutural e potenciais atividades biológicas, fazem dos EPS moléculas atraentes industrialmente como agentes de viscosidade, surfactantes, estabilizantes, e até mesmo como imunomodulador. Além disso, nenhum trabalho explorou a utilização de levoglucosana como fonte de carbono na produção de EPS. Entretanto, a levoglucosana também oferece outras possibilidades químicas – por apresentar grupamentos hidroxilas livres, e relativa parte hidrofóbica, esta pode ser esterificada por ácidos graxos e gerar mono e diésteres com interessantes balanços hidrofílico-hidrofóbico, característica de grande apreciação nos emulsificantes atualmente disponíveis e aplicados nos mais diversos setores industriais. Considerando nossa experiência em biocatálise, principalmente na imobilização e aplicação de lípases na síntese de biocompostos como alternativa à síntese orgânica tradicional, é proposto um estudo pautado para a pirólise de bagaços de sorgo e cana-de-açúcar, visando a obtenção de bio-óleo enriquecido com levoglucosana, com sua posterior purificação e aplicação na esterificação com diversos ácidos graxos, catalisada por lípases imobilizadas em partículas magnéticas, em reatores de batelada e fluxo contínuo, além da investigação e o entendimento de sua assimilação para a produção de EPS por vias fermentativas, aplicando cepas de Streptomyces spp, Geotrichum Spp e Trichoderma spp disponíveis em nosso laboratório. Tais produtos serão caracterizados e investigados quanto às suas propriedades biológicas, farmacêuticas e bioquímicas. Nenhum trabalho publicado até hoje abordou estas estratégias para a levoglucosana. Estas estratégias têm sido tema de estudos de dissertações e teses em andamento, o que justifica a robustez e importância deste projeto.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ivan Aritz Aldaya Garde

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • mitigação de impedimentos físicos em sistemas de comunicações ópticas com formatos avançados de modulação
  • Este projeto descreve a pesquisa a ser realizada num período de três anos. O objetivo principal é analisar o desempenho e mitigas os impedimentos físicos em sistemas de comunicações ópticas de próxima geração que usam formatos de modulação avançados. Em particular se compararam e optimizaram diferentes técnicas de compensação de não linearidades e se avaliaram novos esquemas. Além disso, se estudaram novos formatos de modulação baseados em modulação conjunta de amplitude e polarização. O desempenho e a viabilidade das diferentes abordagens serão avaliados por meio de simulações numéricas e de processamento de dados experimentais.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ivan Bergier Tavares de Lima

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • desenvolvimento de aplicação mobile/cloud aws para transações comerciais na cadeia produtiva da pecuária de corte com base no protagonismo dos stakeholders
  • Vide projeto anexo
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 21/08/2020-31/08/2022
Foto de perfil

Ivan Guilhon Mitoso Rocha

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo ab initio de materiais bidimensionais do grupo iv parcialmente funcionalizados
  • O estudo de materiais bidimensionais (2D) tem atraído grande atenção tanto da academia como da indústria. Nos últimos anos, a comunidade científica investigou diversos materiais 2D, entre os quais podemos destacar o grupo de materiais semelhantes ao grafeno compostos por elementos da família IV-A, como siliceno, germaneno e estanheno. Esses materiais caracterizam-se por apresentarem bandgap de energia muito pequenos, associados principalmente a efeito de acoplamento spin-órbita, no entanto essas características podem ser modificadas mediante adição de grupos funcionais através tratamento químico desses materiais. Controlando tais processos de funcionalização, é possível sintetizar compostos com propriedades ajustadas para otimizar o desempenho de novos dispositivos. Sistemas parcialmente funcionalizados podem ser entendidos intermediários entre um sistema não funcionalizado e um sistema completamente funcionalizado, podendo apresentar características intermediárias entre esses dois extremos. Essas características possibilitam o seu estudo com ferramentas análogas ao de ligas semicondutoras e o seu uso em uma engenharia de bandgap. O domínio desses processos pode ser interessante para dispor de materiais de diferentes propriedades baseados nos mesmos elementos químicos e processos de fabricação, podendo ser economicamente mais interessante que o uso de materiais 2D de diferentes naturezas. Contudo, sob certas condições esses sistemas podem sofrer efeitos análogos a separação de fase de ligas. Ao invés de gerar um material de caráter intermediário entre os dois extremos citados, pode ser observada a formação de domínio de alto e de baixo grau de funcionalização, o que pode influenciar fortemente a propriedades eletrônicas e ópticas do sistema. Dessa forma, o estudo de materiais 2D parcialmente funcionalizados considerando modelos termodinâmicos de estabilidade é de grande valia. Neste trabalho, propomos estudos pioneiros sobre as propriedades estruturais, eletrônicas, ópticas e termodinâmicas das materiais bidimensionais da família IV parcialmente funcionalizados com hidrogênios e halogênios. Para realizar essas investigações, combinamos os cálculos ab initio baseados na teoria funcional da densidade com uma abordagem estatística baseada em uma expansão de clusters e um ensemble grand-canônico, que corresponde a uma generalização da aproximação quase-química generalizada (GQCA, do inglês Generalized Quasi-Chemical Approximation). A metodologia proposta é capaz de fornecer uma descrição das propriedades físicas dos sistemas funcionalizados obtidos sob determinadas condições ambientes de potencial químico e temperatura.
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022