Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Wanius José Garcia da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • química bioinorgânica de monooxigenases líticas de polissacarídeos de insetos
  • As monooxigenases líticas de polissacarídeos (LPMOs) formam uma classe de metaloenzimas (dependentes de Cu+2) recentemente descobertas que se ligam a regiões cristalinas de polissacarídeos e realizam a sua clivagem através de mecanismo de oxidação. Quatro famílias dessas enzimas foram identificadas as quais podem oxidar diferentes polissacarídeos como celulose, quitina e amido. Essas metaloenzimas oxidativas atuam facilitando a ação de outras enzimas hidrolíticas aumentando a eficiência de degradação de diferentes polissacarídeos. Neste contexto, as LPMOs são enzimas com grande potencial para aplicações tecnológicas, especialmente como complementos em coquetéis lignocelulósicos para a degradação da biomassa e produção de etanol de segunda geração. Neste projeto de pesquisa, nós propomos estudar as LPMOs dos insetos Coptotermes gestroi, Drosophila yakuba e Bombyx mori. As metaloenzimas de insetos serão clonadas, produzidas em bactéria e purificadas através de métodos cromatográficos. As atividades enzimáticas (especificidades) serão estudadas em diferentes polissacarídeos. A termodinâmica de interação das LPMOs com íons metálicos será estudada por espectroscopia de fluorescência e calorimetria de titulação isotérmica (ITC). As estruturas secundária e terciária das LPMOs serão estudadas por espectroscopia de dicroísmo circular (CD), espalhamento dinâmico de luz (DLS) e espalhamento de raios X a baixos ângulos (SAXS). As estruturas tridimensionais das LPMOs serão determinadas por difração de raios X (XRD, cristalografia de proteínas). Os resultados oriundos deste projeto de pesquisa permitirão uma melhor compreensão do modo de ação das LPMOs de insetos e do papel de íons metálicos (química bioinorgânica) no mecanismo catalítico dessas enzimas. Essas LPMOs de insetos possuem grande potencial como suplementos em coquetéis lignocelulósicos comerciais.
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022