Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Washington Leite Junger

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • saúde em ambientes urbanos (fase 3): poluição atmosférica, fatores climáticos e áreas verdes
  • O presente projeto visa contribuir para a consolidação do conhecimento sobre os efeitos das exposições urbanas como poluição atmosférica e extremas meteorológicas na saúde das populações residentes em grandes centros urbanos. Este projeto busca também estender a investigação para os efeitos que outros elementos do ambiente em centros urbanos podem exercer sobre a saúde, por exemplo, os benefícios de áreas verdes como parques e jardins. O objetivo principal deste projeto é avaliar os efeitos do espaço urbano construído, em termos de poluição atmosférica, fatores climáticos e disponibilidade de áreas verdes, na saúde da população das capitais brasileiras. Um objetivo secundário do projeto é o desenvolvimento de metodologias para quantificação da exposição da poluição atmosférica ambiental e avaliação de intervenções a fim de reduzir riscos ambientais. Os objetivos específicos são: (i) estimar a associação entre material particulado fino (PM2,5) e mortalidade por doenças respiratórias e cardiovasculares na cidade do Rio de Janeiro; (ii) estudar a associação entre poluição atmosférica e danos no DNA e a potencial modificação de efeitos de polimorfismos genéticos em crianças e adolescentes asmáticos no município do Rio de Janeiro; (iii) estimar o efeito da temperatura e das ondas de calor na mortalidade por DIC e DCBV no município do Rio de Janeiro; (iv) investigar o efeito da temperatura e do estresse térmico na mortalidade por doenças cardiovasculares nas populações das capitais brasileiras, bem como impactos futuros segundo diferentes modelos e cenários climáticos; (v) estimar a associação entre áreas verdes e mortalidade por doenças cardiovasculares, no município do Rio de Janeiro considerando aspectos sociodemográficos e ambientais; (vi) explorar a aplicabilidade de modelos de simulação baseada em agentes para avaliar o impacto de intervenções de mitigação dos efeitos das mudanças climáticas no ambiente urbano na saúde da população; e (vii) avaliar a associação entre áreas verdes no ambiente construído e os Transtornos Mentais Comuns. Este projeto também visa fortalecer a cooperação internacional com o ISGlobal (Instituto de Salud Global Barcelona, Espanha) com a participação de um pesquisador dessa instituição.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022