Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

William Reis de Araujo

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de sensores químicos portáteis em plataformas de papel visando aplicações forenses, clínicas e ambientais
  • Atualmente o desenvolvimento de sensores químicos em plataformas de papel vem ganhando grande destaque em Química Analítica devido à sua portabilidade, fácil operação e baixo custo. Devido às características analíticas mencionadas, esses dispositivos estão despertando o interesse de diversas companhias dos setores forense, clínico e ambiental. Entretanto, por ser uma área recente de pesquisa muito há de ser feito com relação ao desenvolvimento de novos sensores e combinação de técnicas de detecção para disseminar e ampliar suas aplicações. Neste sentido, o presente projeto tem como objetivo desenvolver novos sensores em papel utilizando detectores eletroquímicos e colorimétricos para aplicações remotas de interesse forense, clínico/medicinal e ambiental. Pretende-se combinar a portabilidade dessas técnicas e associá-las para obtenção de maior robustez e maior abrangência de analitos detectáveis. Para tanto, tais sensores serão construídos sempre levando em conta que a metodologia aplicada seja de fácil disseminação, reprodutível e barata; sendo atrativa para aplicações em campo e sem a necessidade de pessoal altamente treinado.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

William Roberto Wolf

Engenharias

Engenharia Aeroespacial
  • investigação de escoamentos compressíveis turbulentos de estol dinâmico utilizando simulações de alta fidelidade
  • O fenômeno de estol dinâmico é geralmente encontrado em rotores de helicópteros que estão em voo frontal ou em operação de manobras e é responsável por causar grandes cargas torcionais e vibrações nas pás do rotor. Assim, ele é um fator limitante para o desempenho de helicópteros. Sabe-se que quando a extensão da região viscosa é da ordem da espessura do aerofólio, i.e. em condições de estol leve, o amortecimento negativo é mais propenso a ocorrer. Nesse regime, a geometria do aerofólio, a frequência reduzida, o ângulo de incidência máximo e números de Reynolds e Mach influenciam no comportamento dinâmico do escoamento. Além disso, quando ondas de choque estão presentes, elas alteram o mecanismo de formação do estol dinâmico por meio da separação da camada limite. Diversos modelos matemáticos e métodos de mecânica dos fluidos computacional foram empregados na tentativa de predizer os efeitos do estol dinâmico. No entanto, eles falharam em prover resultados satisfatórios em números de Reynolds e Mach apropriados para o ambiente de rotores de helicópteros. Ademais, tanto os mecanismos físicos que ocorrem em estol dinâmico, mesmo em casos incompressíveis, quanto em interações de choque e turbulência ainda não são completamente compreendidos. Nesse sentido, esse trabalho propõem empregar simulações de grandes escalas com esquemas de alta-resolução para estudar escoamentos turbulentos compressíveis condizentes com situações que possam ser encontradas em rotores aeronáuticos. Concomitantemente, técnicas de análises estatísticas serão conduzidas para investigar os padrões de estruturas turbulentas coerentes a fim de se entender a física dos escoamentos compressíveis estudados.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022