Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Simone Costa Nunes

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • gestão da diversidade e inclusão de pessoas com deficiência: análise do papel de recursos humanos
  • Este projeto de pesquisa tem como objetivo analisar como as áreas de Recursos Humanos (RH) percebem a gestão da diversidade e inclusão de pessoas com deficiência e em que medida vêm cumprindo seu papel como responsáveis pela implementação de políticas e práticas para sua efetividade. Embora o acesso ao trabalho seja um direito civil individual, na maioria das vezes, as pessoas com deficiência encontram obstáculos para ingressar no mercado laboral. Especialmente a partir dos anos 1990, um conjunto de leis e decretos-lei específicos vêm sendo sancionados no Brasil para garantir o direito e acessibilidade ao mercado de trabalho de pessoas com deficiência. Dentre as leis mais difundidas no mercado, encontram-se a Lei de Cotas nº 8.213, de 1991 que se constituiu como um marco para as práticas de inclusão, obrigando que as organizações também ofertassem oportunidades de trabalho abrangendo pessoas com deficiência, e a Lei no. 8.112, de 1990, que assegura às pessoas com deficiência o direito de se inscreverem em concurso público para provimento de cargo. Entretanto, apesar de toda sua importância, a legislação não teve ainda o poder de transformar a sociedade, já que a sensibilização e efetiva aceitação das pessoas, especialmente no universo organizacional, ainda se encontram alicerçadas em práticas discriminatórias. Tal realidade inclui profissionais das áreas de Recursos Humanos das empresas dos quais se esperariam atitudes e ações de inclusão baseadas no desenho de políticas e práticas voltadas para a melhor adaptação deste público às realidades organizacionais. Entretanto, o que se observa, é uma ainda incipiente ação das empresas nessa direção, e uma baixa incidência de estudos sobre o tema, no caso da academia. Para o desenvolvimento da pesquisa propõe-se uma abordagem qualitativa e quantitativa, com a definição de etapas que incluem: (1) levantamento bibliográfico sobre o tema diversidade e inclusão de pessoas com deficiência; (2) Sistematização e análise de dados secundários da publicação do Guia “As Melhores Empresas para Você Trabalhar” (MEPT) no qual consta item específico sobre diversidade; (3) Sistematização e análise de dados secundários do “Guia Exame de Diversidade”, cuja publicação objetiva reconhecer as melhores práticas empresariais em políticas e ações junto aos públicos diversos; (4) Aplicação do Índice de Maturidade em Gestão Inclusiva (IMGI) nas empresas selecionadas a partir da avaliação dos resultados constantes na MEPT e no Guia Exame de Diversidade; (5) Seleção das empresas para estudo de caso em profundidade; (6) Análise documental das empresas selecionadas; (7) Definição de respondentes e realização de entrevistas e grupos de foco; (8) Análise dos dados; (9) Devolutiva da pesquisa aos envolvidos. A relevância e contribuição desta pesquisa estão na ampliação do conhecimento sobre a temática da diversidade e, em especial, da inclusão de pessoas com deficiência no contexto empresarial brasileiro, contribuindo para que as possibilidades de uma adequada inclusão sejam ampliadas no mercado de trabalho. O papel das áreas de Recursos Humanos nas empresas, nesse sentido, é fundamental, de modo a sensibilizar e garantir as contratações, além de promover a inclusão no ambiente laboral.
  • Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022